SlideShare uma empresa Scribd logo
3
Inf. 875 - STF www.estrategiaconcursos.com.br Página 1 de 5
INFORMATIVO ESTRATÉGICO
INFORMATIVO STF 875
INFORMATIVO STF 875
destaques pelos Professores
Estratégia
Sumário
1 - Direito Processual Penal............................................................................. 1
2 - Direito Administrativo................................................................................ 2
3 - Direito Tributário...................................................................................... 3
4 - Direito Processual Civil .............................................................................. 4
1 - Direito Processual Penal
EXECUÇÃO PROVISÓRIA DA PENA. A Primeira Turma, por maioria, não conheceu de “habeas corpus”
em que discutido o direito do paciente permanecer em liberdade até o trânsito em julgado da
condenação.
HC 139391/RN, rel. orig. Min. Marco Aurélio, red. p/ o ac. Min. Alexandre de Moraes, julgamento em
29.8.2017.
COMENTÁRIOS PELO PROF. RENAN ARAÚJO
A) APRESENTAÇÃO RESUMIDA DO CASO
Trata-se de habeas corpus no qual se impugnava decisão do STJ que, ao restabelecer
condenação que havia sido reformada pelo Tribunal de Justiça, determinou o início da
execução provisória da pena.
B) CONTEÚDO TEÓRICO PERTINENTE
Neste caso, existem dois pontos relevantes: 1) a possibilidade de manejo do HC
perante o STF contra decisão proferida monocrática proferida pelo relator, no
STJ; e 2) a possibilidade de execução provisória da pena.
Com relação ao primeiro aspecto, é pacífico o entendimento do STF no sentido de que
há impedimento ao conhecimento do HC impetrado perante o STF neste caso, uma vez
que se impugnava decisão monocrática de ministro do STJ.
De fato, conforme a jurisprudência consolidada do STF, o exaurimento da instância
recorrida é, como regra, um dos pressupostos para o cabimento do HC perante do STF.
Neste caso, o HC estaria sendo usado como substitutivo recursal, mesmo havendo
previsão de recurso cabível para a hipótese (agravo regimental). Assim, a Turma
decidiu pelo não conhecimento do habeas corpus.
3
Inf. 875 - STF www.estrategiaconcursos.com.br Página 2 de 5
INFORMATIVO ESTRATÉGICO
INFORMATIVO STF 875
No que toca à possibilidade de execução provisória da pena, o STF, no julgamento do
HC 126.292, decidiu (entendimento confirmado posteriormente, nas ADCs 43 e 44) que
o cumprimento da pena pode se iniciar com a mera condenação em segunda instância
por um órgão colegiado (TJ, TRF, etc.). Isso significa que o STF relativizou o princípio
da presunção de inocência, admitindo que a “culpa” (para fins de cumprimento da pena)
já estaria formada nesse momento (embora a CF/88 seja expressa em sentido
contrário). Embora haja entendimento em sentido contrário dentro da própria Corte,
pugnando pela derrubada dessa orientação, este é o entendimento que atualmente
prevalece.
Isto posto, a Turma ressaltou que, ainda que o HC pudesse ser conhecido, no mérito,
não seria concedida a ordem, não sendo relevante o fato de que a execução provisória
da pena tenha sido determinada apenas em sede de embargos de divergência.
C) QUESTÃO DE PROVA
“José foi condenado em primeira instância pela prática do crime de roubo. O Tribunal
de Justiça reformou a sentença, para absolver José. O MP recorreu ao STJ, que deu
provimento ao recurso, restabelecendo a condenação, mas silenciando quanto à
execução provisória de pena. A defesa interpôs embargos de divergência, cujo
provimento fora negado monocraticamente pelo relator, no STJ.
Neste caso, não será cabível o manejo de HC, perante o STF, para impugnar a decisão
do relator. ”
GABARITO: CORRETA
2 - Direito Administrativo
Aposentadoria compulsória de magistrado: processo disciplinar e prova emprestada. A Primeira
Turma, por maioria, negou provimento a agravo regimental em que questionada a legalidade de ato do
Conselho Nacional de Justiça (CNJ) quanto à aplicação da pena de aposentadoria compulsória a
magistrado estadual por prática de infração disciplinar grave.
MS 30361 AgR/DF, rel. Min. Rosa Weber, julgamento em 29.8.2017.
COMENTÁRIOS PELO PROF. ERICK ALVES
A) APRESENTAÇÃO RESUMIDA DO CASO
Trata-se de agravo regimental em que foi questionada a legalidade de ato do Conselho
Nacional de Justiça (CNJ) quanto à aplicação da pena de aposentadoria compulsória
a magistrado estadual por prática de infração disciplinar grave.
Neste julgado, o STF reafirmou alguns entendimentos importantes da sua
jurisprudência: (i) a possibilidade de utilização de dados obtidos por descoberta fortuita
em interceptações telefônicas devidamente autorizadas como prova emprestada em
processo administrativo disciplinar, e (ii) a competência originária e concorrente
do CNJ conferida pela Constituição, na aplicação de medidas disciplinares.
B) CONTEÚDO TEÓRICO PERTINENTE
3
Inf. 875 - STF www.estrategiaconcursos.com.br Página 3 de 5
INFORMATIVO ESTRATÉGICO
INFORMATIVO STF 875
O Estatuto da Magistratura prevê como pena disciplinar aplicável aos magistrados a
aposentadoria compulsória com vencimentos proporcionais ao tempo de serviço.
Conforme o art. 93, VII da Constituição Federal, “o ato de remoção, disponibilidade e
aposentadoria do magistrado, por interesse público, fundar-se-á em decisão por voto
da maioria absoluta do respectivo tribunal ou do Conselho Nacional de Justiça,
assegurada ampla defesa”.
C) QUESTÃO DE PROVA
A aplicação da pena de aposentadoria compulsória a magistrado pode se fundamentar
em prova emprestada de processo judicial
Gabarito: Certa
3 - Direito Tributário
MAJORAÇÃO DE TAXA POR PORTARIA E PRINCÍPIO DA RESERVA LEGAL. A Primeira Turma, por
maioria, deu provimento a agravo regimental para determinar o seguimento de recurso extraordinário
em que discutida a possibilidade de majoração, por portaria do Ministério da Fazenda, da alíquota da
Taxa de Utilização do Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex).
RE 959274 AgR/SC, rel. orig. Min. Rosa Weber, red. p/ o ac. Min. Roberto Barroso, julgamento em
29.8.2017.
COMENTÁRIOS PELO PROF. FÁBIO DUTRA
A) APRESENTAÇÃO RESUMIDA DO CASO
Trata-se de ato ministerial que majorou em 500% os valores atribuídos à Taxa de
Utilização do Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex). Referido tributo
foi instituído pela Lei 9.716/1998, na qual não há qualquer delegação de
competência ao chefe do Poder Executivo para alteração no valor da taxa em
questão.
B) CONTEÚDO TEÓRICO PERTINENTE
Para entender este caso, é necessário nos lembrarmos que, em 2016, o Plenário do
STF julgou que seria constitucional a definição do valor da taxa cobrada pela
ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) por ato infralegal, desde que
dentro dos limites estabelecidos na lei instituidora da referida taxa.
No presente, caso, nota-se que não houve qualquer delegação de competência
ao chefe do Poder Executivo para alteração no valor da taxa. Ademais, o STF
considerou que, por se tratar de taxa, e não de imposto, não há permissivo
constitucional para excepcionar-se o princípio da reserva legal em matéria
tributária.
Desse modo, o ato ministerial que majorou a taxa ofende o princípio da
legalidade tributária, consignado no art. 150, I, da Constituição Federal.
3
Inf. 875 - STF www.estrategiaconcursos.com.br Página 4 de 5
INFORMATIVO ESTRATÉGICO
INFORMATIVO STF 875
C) QUESTÃO DE PROVA
INÉDITA/2017 – Ato ministerial é instrumento normativo hábil para majorar
alíquota de taxa, mesmo diante de ausência legal, uma vez que a própria
Constituição Federal autoriza esta alteração.
Comentário: O STF decidiu que não se pode manejar as alíquotas das taxas por ato
infralegal, por ofensa ao princípio da legalidade. Questão errada.
4 - Direito Processual Civil
ALEGAÇÃO DE NULIDADE E APROVEITAMENTO DE ATOS PROCESSUAIS. A Segunda Turma negou
provimento a agravo regimental em mandado de segurança em que discutida a nulidade de procedimento
administrativo avocado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).
MS 34666 AgR/DF, rel. Min. Dias Toffoli, julgamento em 29.8.2017.
COMENTÁRIOS PELO PROF. RICARDO TORQUES
A) APRESENTAÇÃO RESUMIDA DO CASO
A discussão da 2ª Turma envolve a possibilidade de aproveitamento de atos processuais
de procedimento administrativo anulado. O STF concluiu pelo aproveitamento dos atos
processuais consistente em provas documentais e depoimentos das testemunhas
ouvidas sob o crivo do contraditório.
Segundo a Corte Suprema, os membros declarados suspeitos não participaram da
produção de tais provas de modo que não há que se cogitar prejuízo, que se aplica
como pressuposto para definição dos atos processuais a serem aproveitados.
B) CONTEÚDO TEÓRICO PERTINENTE
Fala-se, na doutrina processual, do aproveitamento dos atos processuais defeituosos,
em razão da fungibilidade. Assim, somente há de se verificar nulidade de ato do
procedimento ou do procedimento como um todo, na hipótese de impossibilidade de
aproveitamento.
Cumpre ao julgador verificar o prejuízo efetivo nos atos praticados. No caso, o CNMP,
em procedimento administrativo, efetuou a produção de provas documentais e oitivas
de testemunhas em contraditório sem a participação dos membros do MP, declarados
suspeitos, de modo que não há se falar em prejuízo no aproveitamento dessas provas.
De acordo com a doutrina1:
O princípio da fungibilidade dos meios processuais é a manifestação doutrinária e jurisprudencial
mais clara de aplicação do princípio do aproveitamento dos atos processuais defeituosos. De acordo
com tal princípio, é possível aproveitar um ato processual, indevidamente praticado, como outro
ato.
Esse entendimento é consentâneo com o art. 282, do NCPC, que prevê:
Art. 282. Ao pronunciar a nulidade, o juiz declarará que atos são atingidos e ordenará as
providências necessárias a fim de que sejam repetidos ou retificados.
1 DIDIER JR., Fredie. Curso de Direito Processual Civil, volume 1, 18ª edição, rev., ampl. e atual.,
Bahia: Editora JusPodvim, 2016, p.412.
3
Inf. 875 - STF www.estrategiaconcursos.com.br Página 5 de 5
INFORMATIVO ESTRATÉGICO
INFORMATIVO STF 875
§ 1o O ato não será repetido nem sua falta será suprida quando não prejudicar a parte.
§ 2o Quando puder decidir o mérito a favor da parte a quem aproveite a decretação da nulidade, o
juiz não a pronunciará nem mandará repetir o ato ou suprir-lhe a falta.
Não obstante, no caso, tratar-se de procedimento administrativo, perfeitamente
aplicáveis as regras acima.
C) QUESTÃO DE PROVA
Em provas:
Em razão do princípio do aproveitamento dos atos processuais, ainda que anulado o procedimento
administrativo é admissível o aproveitamento de atos processuais consistentes em provas
(documentais e orais), produzidas em contraditório e sem demonstração de efetivo prejuízo às
partes.
Correto o item.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Informativo STF 848 - Informativo Estratégico
Informativo STF 848 - Informativo EstratégicoInformativo STF 848 - Informativo Estratégico
Informativo STF 848 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STJ 877 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 877 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 877 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 877 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STJ 604 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 604 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 604 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 604 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STJ 612 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 612 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 612 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 612 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 878 - Informativo Estratégico
Informativo STF 878 - Informativo EstratégicoInformativo STF 878 - Informativo Estratégico
Informativo STF 878 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STJ 602 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 602 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 602 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 602 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STJ 598 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 598 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 598 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 598 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 873 - Informativo Estratégico
Informativo STF 873 - Informativo EstratégicoInformativo STF 873 - Informativo Estratégico
Informativo STF 873 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STJ 609 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 609 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 609 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 609 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 887 | Informativo Estratégico
Informativo STF 887 | Informativo EstratégicoInformativo STF 887 | Informativo Estratégico
Informativo STF 887 | Informativo Estratégico
estrategiacj
 
Informativo STF 868 - Informativo Estratégico
Informativo STF 868 - Informativo EstratégicoInformativo STF 868 - Informativo Estratégico
Informativo STF 868 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo stf 857- Informativo Estratégico
Informativo stf 857-  Informativo EstratégicoInformativo stf 857-  Informativo Estratégico
Informativo stf 857- Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STJ 600 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 600 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 600 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 600 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STJ 601 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 601 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 601 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 601 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo stj 593 vp
Informativo stj 593   vpInformativo stj 593   vp
Informativo stj 593 vp
Ricardo Torques
 
Informativo STF 867 - Informativo Estratégico
Informativo STF 867 - Informativo EstratégicoInformativo STF 867 - Informativo Estratégico
Informativo STF 867 - Informativo Estratégico
Paulo André Caminha Guimarães Filho
 
Informativo STF 870 - Informativo Estratégico
Informativo STF 870 - Informativo EstratégicoInformativo STF 870 - Informativo Estratégico
Informativo STF 870 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 851
Informativo STF 851Informativo STF 851
Informativo stj 591
Informativo stj 591Informativo stj 591
Informativo STF 855
Informativo STF 855Informativo STF 855

Mais procurados (20)

Informativo STF 848 - Informativo Estratégico
Informativo STF 848 - Informativo EstratégicoInformativo STF 848 - Informativo Estratégico
Informativo STF 848 - Informativo Estratégico
 
Informativo STJ 877 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 877 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 877 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 877 - Informativo Estratégico
 
Informativo STJ 604 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 604 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 604 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 604 - Informativo Estratégico
 
Informativo STJ 612 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 612 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 612 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 612 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 878 - Informativo Estratégico
Informativo STF 878 - Informativo EstratégicoInformativo STF 878 - Informativo Estratégico
Informativo STF 878 - Informativo Estratégico
 
Informativo STJ 602 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 602 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 602 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 602 - Informativo Estratégico
 
Informativo STJ 598 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 598 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 598 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 598 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 873 - Informativo Estratégico
Informativo STF 873 - Informativo EstratégicoInformativo STF 873 - Informativo Estratégico
Informativo STF 873 - Informativo Estratégico
 
Informativo STJ 609 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 609 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 609 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 609 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 887 | Informativo Estratégico
Informativo STF 887 | Informativo EstratégicoInformativo STF 887 | Informativo Estratégico
Informativo STF 887 | Informativo Estratégico
 
Informativo STF 868 - Informativo Estratégico
Informativo STF 868 - Informativo EstratégicoInformativo STF 868 - Informativo Estratégico
Informativo STF 868 - Informativo Estratégico
 
Informativo stf 857- Informativo Estratégico
Informativo stf 857-  Informativo EstratégicoInformativo stf 857-  Informativo Estratégico
Informativo stf 857- Informativo Estratégico
 
Informativo STJ 600 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 600 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 600 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 600 - Informativo Estratégico
 
Informativo STJ 601 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 601 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 601 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 601 - Informativo Estratégico
 
Informativo stj 593 vp
Informativo stj 593   vpInformativo stj 593   vp
Informativo stj 593 vp
 
Informativo STF 867 - Informativo Estratégico
Informativo STF 867 - Informativo EstratégicoInformativo STF 867 - Informativo Estratégico
Informativo STF 867 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 870 - Informativo Estratégico
Informativo STF 870 - Informativo EstratégicoInformativo STF 870 - Informativo Estratégico
Informativo STF 870 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 851
Informativo STF 851Informativo STF 851
Informativo STF 851
 
Informativo stj 591
Informativo stj 591Informativo stj 591
Informativo stj 591
 
Informativo STF 855
Informativo STF 855Informativo STF 855
Informativo STF 855
 

Destaque

Informativo STF 871 - Informativo Estratégico
Informativo STF 871 - Informativo EstratégicoInformativo STF 871 - Informativo Estratégico
Informativo STF 871 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 876 - Informativo Estratégico
Informativo STF 876 - Informativo EstratégicoInformativo STF 876 - Informativo Estratégico
Informativo STF 876 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 872 - Informativo Estratégico
Informativo STF 872 - Informativo EstratégicoInformativo STF 872 - Informativo Estratégico
Informativo STF 872 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 874 - Informativo Estratégico
Informativo STF 874 - Informativo EstratégicoInformativo STF 874 - Informativo Estratégico
Informativo STF 874 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 879 - Informativo Estratégico
Informativo STF 879 - Informativo EstratégicoInformativo STF 879 - Informativo Estratégico
Informativo STF 879 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Resumo Contabilidade
Resumo ContabilidadeResumo Contabilidade
Resumo Contabilidade
Gabrielrabelo87
 
Informativo STJ 611 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 611 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 611 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 611 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 869 - Informativo Estratégico
Informativo STF 869 -  Informativo EstratégicoInformativo STF 869 -  Informativo Estratégico
Informativo STF 869 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STJ 595 Comentado
Informativo STJ 595 ComentadoInformativo STJ 595 Comentado
Informativo STJ 595 Comentado
Ricardo Torques
 
Informativo STF 859 - Informativo Estratégico
Informativo STF 859 - Informativo EstratégicoInformativo STF 859 - Informativo Estratégico
Informativo STF 859 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 861 - Informativo Estratégico
Informativo STF 861 - Informativo EstratégicoInformativo STF 861 - Informativo Estratégico
Informativo STF 861 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STJ 596 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 596 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 596 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 596 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 860 - Informativo Estratégico
Informativo STF 860 - Informativo EstratégicoInformativo STF 860 - Informativo Estratégico
Informativo STF 860 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 858 - Informativo Estratégico
Informativo STF 858 - Informativo EstratégicoInformativo STF 858 - Informativo Estratégico
Informativo STF 858 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 854 Comentado
Informativo STF 854 ComentadoInformativo STF 854 Comentado
Informativo STF 854 Comentado
Ricardo Torques
 

Destaque (15)

Informativo STF 871 - Informativo Estratégico
Informativo STF 871 - Informativo EstratégicoInformativo STF 871 - Informativo Estratégico
Informativo STF 871 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 876 - Informativo Estratégico
Informativo STF 876 - Informativo EstratégicoInformativo STF 876 - Informativo Estratégico
Informativo STF 876 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 872 - Informativo Estratégico
Informativo STF 872 - Informativo EstratégicoInformativo STF 872 - Informativo Estratégico
Informativo STF 872 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 874 - Informativo Estratégico
Informativo STF 874 - Informativo EstratégicoInformativo STF 874 - Informativo Estratégico
Informativo STF 874 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 879 - Informativo Estratégico
Informativo STF 879 - Informativo EstratégicoInformativo STF 879 - Informativo Estratégico
Informativo STF 879 - Informativo Estratégico
 
Resumo Contabilidade
Resumo ContabilidadeResumo Contabilidade
Resumo Contabilidade
 
Informativo STJ 611 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 611 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 611 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 611 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 869 - Informativo Estratégico
Informativo STF 869 -  Informativo EstratégicoInformativo STF 869 -  Informativo Estratégico
Informativo STF 869 - Informativo Estratégico
 
Informativo STJ 595 Comentado
Informativo STJ 595 ComentadoInformativo STJ 595 Comentado
Informativo STJ 595 Comentado
 
Informativo STF 859 - Informativo Estratégico
Informativo STF 859 - Informativo EstratégicoInformativo STF 859 - Informativo Estratégico
Informativo STF 859 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 861 - Informativo Estratégico
Informativo STF 861 - Informativo EstratégicoInformativo STF 861 - Informativo Estratégico
Informativo STF 861 - Informativo Estratégico
 
Informativo STJ 596 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 596 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 596 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 596 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 860 - Informativo Estratégico
Informativo STF 860 - Informativo EstratégicoInformativo STF 860 - Informativo Estratégico
Informativo STF 860 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 858 - Informativo Estratégico
Informativo STF 858 - Informativo EstratégicoInformativo STF 858 - Informativo Estratégico
Informativo STF 858 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 854 Comentado
Informativo STF 854 ComentadoInformativo STF 854 Comentado
Informativo STF 854 Comentado
 

Semelhante a Informativo STF 875 - Informativo Estratégico

Informativo STF 842
Informativo STF 842Informativo STF 842
Informativo STF 842
Ricardo Torques
 
Recursos Trabalhistas
Recursos TrabalhistasRecursos Trabalhistas
Recursos Trabalhistas
Cesar Machado
 
Informativo stf 836
Informativo stf 836Informativo stf 836
Informativo STF 836 Comentado - Informativo Estratégico
Informativo STF 836 Comentado - Informativo EstratégicoInformativo STF 836 Comentado - Informativo Estratégico
Informativo STF 836 Comentado - Informativo Estratégico
Estratégia Concursos
 
Apelação cível. ação anulatória. processo
Apelação cível. ação anulatória. processoApelação cível. ação anulatória. processo
Apelação cível. ação anulatória. processo
Informa Jurídico
 
As reformas contemporaneas do cpc (rodolfo silva de sa)
As reformas contemporaneas do cpc (rodolfo silva de sa)As reformas contemporaneas do cpc (rodolfo silva de sa)
As reformas contemporaneas do cpc (rodolfo silva de sa)
Koychi1980
 
Direito Sao Bernardo InventáRio Julgado Stj 090828 Julgado 02
Direito Sao Bernardo   InventáRio   Julgado Stj   090828   Julgado 02Direito Sao Bernardo   InventáRio   Julgado Stj   090828   Julgado 02
Direito Sao Bernardo InventáRio Julgado Stj 090828 Julgado 02
Pedro Kurbhi
 
Transcendência RR - Regras, Desafios e Estratégias
Transcendência RR - Regras, Desafios e EstratégiasTranscendência RR - Regras, Desafios e Estratégias
Transcendência RR - Regras, Desafios e Estratégias
Gaudio de Paula
 
Edcl agrg-resp 1100517-pe_1291309723532
Edcl agrg-resp 1100517-pe_1291309723532Edcl agrg-resp 1100517-pe_1291309723532
Edcl agrg-resp 1100517-pe_1291309723532
Leandro Santos da Silva
 
Informativo STF 853 - Informativo Estratégico
Informativo STF 853 - Informativo EstratégicoInformativo STF 853 - Informativo Estratégico
Informativo STF 853 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
04 efeitos
04   efeitos04   efeitos
04 efeitos
CrisTosh
 
Notas Especiais a Respeito do Processo Previdenciário Acidentário
Notas Especiais a Respeito do Processo Previdenciário AcidentárioNotas Especiais a Respeito do Processo Previdenciário Acidentário
Notas Especiais a Respeito do Processo Previdenciário Acidentário
Alfredo Júnior
 
Notas Especiais a Respeito do Processo Previdencipário Acidentário
Notas Especiais a Respeito do Processo Previdencipário AcidentárioNotas Especiais a Respeito do Processo Previdencipário Acidentário
Notas Especiais a Respeito do Processo Previdencipário Acidentário
Alfredo Júnior
 
Decisão de liminar Yves Ribeiro
Decisão de liminar Yves RibeiroDecisão de liminar Yves Ribeiro
Decisão de liminar Yves Ribeiro
AliceAlbuquerque11
 
Revista Síntese Trabalhista e Previdenciária #260 | Síntese
Revista Síntese Trabalhista e Previdenciária #260 | SínteseRevista Síntese Trabalhista e Previdenciária #260 | Síntese
Revista Síntese Trabalhista e Previdenciária #260 | Síntese
Editora Síntese
 
Notaimprescritibilidade
NotaimprescritibilidadeNotaimprescritibilidade
Manifestação da PGR sobre HC pedido pela defesa de Lula
Manifestação da PGR sobre HC pedido pela defesa de LulaManifestação da PGR sobre HC pedido pela defesa de Lula
Manifestação da PGR sobre HC pedido pela defesa de Lula
R7dados
 
Paracer MPF favorável ao fgts no STJ
Paracer MPF favorável ao fgts no STJParacer MPF favorável ao fgts no STJ
Paracer MPF favorável ao fgts no STJ
PETICIONAR SOLUÇÕES PARA ADVOGADOS
 
Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...
Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...
Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...
Luís Carlos Nunes
 
STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...
STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...
STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...
Luís Carlos Nunes
 

Semelhante a Informativo STF 875 - Informativo Estratégico (20)

Informativo STF 842
Informativo STF 842Informativo STF 842
Informativo STF 842
 
Recursos Trabalhistas
Recursos TrabalhistasRecursos Trabalhistas
Recursos Trabalhistas
 
Informativo stf 836
Informativo stf 836Informativo stf 836
Informativo stf 836
 
Informativo STF 836 Comentado - Informativo Estratégico
Informativo STF 836 Comentado - Informativo EstratégicoInformativo STF 836 Comentado - Informativo Estratégico
Informativo STF 836 Comentado - Informativo Estratégico
 
Apelação cível. ação anulatória. processo
Apelação cível. ação anulatória. processoApelação cível. ação anulatória. processo
Apelação cível. ação anulatória. processo
 
As reformas contemporaneas do cpc (rodolfo silva de sa)
As reformas contemporaneas do cpc (rodolfo silva de sa)As reformas contemporaneas do cpc (rodolfo silva de sa)
As reformas contemporaneas do cpc (rodolfo silva de sa)
 
Direito Sao Bernardo InventáRio Julgado Stj 090828 Julgado 02
Direito Sao Bernardo   InventáRio   Julgado Stj   090828   Julgado 02Direito Sao Bernardo   InventáRio   Julgado Stj   090828   Julgado 02
Direito Sao Bernardo InventáRio Julgado Stj 090828 Julgado 02
 
Transcendência RR - Regras, Desafios e Estratégias
Transcendência RR - Regras, Desafios e EstratégiasTranscendência RR - Regras, Desafios e Estratégias
Transcendência RR - Regras, Desafios e Estratégias
 
Edcl agrg-resp 1100517-pe_1291309723532
Edcl agrg-resp 1100517-pe_1291309723532Edcl agrg-resp 1100517-pe_1291309723532
Edcl agrg-resp 1100517-pe_1291309723532
 
Informativo STF 853 - Informativo Estratégico
Informativo STF 853 - Informativo EstratégicoInformativo STF 853 - Informativo Estratégico
Informativo STF 853 - Informativo Estratégico
 
04 efeitos
04   efeitos04   efeitos
04 efeitos
 
Notas Especiais a Respeito do Processo Previdenciário Acidentário
Notas Especiais a Respeito do Processo Previdenciário AcidentárioNotas Especiais a Respeito do Processo Previdenciário Acidentário
Notas Especiais a Respeito do Processo Previdenciário Acidentário
 
Notas Especiais a Respeito do Processo Previdencipário Acidentário
Notas Especiais a Respeito do Processo Previdencipário AcidentárioNotas Especiais a Respeito do Processo Previdencipário Acidentário
Notas Especiais a Respeito do Processo Previdencipário Acidentário
 
Decisão de liminar Yves Ribeiro
Decisão de liminar Yves RibeiroDecisão de liminar Yves Ribeiro
Decisão de liminar Yves Ribeiro
 
Revista Síntese Trabalhista e Previdenciária #260 | Síntese
Revista Síntese Trabalhista e Previdenciária #260 | SínteseRevista Síntese Trabalhista e Previdenciária #260 | Síntese
Revista Síntese Trabalhista e Previdenciária #260 | Síntese
 
Notaimprescritibilidade
NotaimprescritibilidadeNotaimprescritibilidade
Notaimprescritibilidade
 
Manifestação da PGR sobre HC pedido pela defesa de Lula
Manifestação da PGR sobre HC pedido pela defesa de LulaManifestação da PGR sobre HC pedido pela defesa de Lula
Manifestação da PGR sobre HC pedido pela defesa de Lula
 
Paracer MPF favorável ao fgts no STJ
Paracer MPF favorável ao fgts no STJParacer MPF favorável ao fgts no STJ
Paracer MPF favorável ao fgts no STJ
 
Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...
Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...
Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...
 
STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...
STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...
STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...
 

Mais de Ricardo Torques

Lei Maria da Penha - Revisão
Lei Maria da Penha - RevisãoLei Maria da Penha - Revisão
Lei Maria da Penha - Revisão
Ricardo Torques
 
Informativo STF 882 - Informativo Estratégico
Informativo STF 882 - Informativo EstratégicoInformativo STF 882 - Informativo Estratégico
Informativo STF 882 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Informativo STF 880 - Informativo Estratégico
Informativo STF 880 - Informativo EstratégicoInformativo STF 880 - Informativo Estratégico
Informativo STF 880 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
PLANO DE ESTUDOS OAB
PLANO DE ESTUDOS OABPLANO DE ESTUDOS OAB
PLANO DE ESTUDOS OAB
Ricardo Torques
 
Plano de Estudos TRE-RJ
Plano de Estudos TRE-RJPlano de Estudos TRE-RJ
Plano de Estudos TRE-RJ
Ricardo Torques
 
Informativo STJ 605 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 605 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 605 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 605 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 
Lista de Questões Direito Eleitoral - CONSULPLAN
Lista de Questões Direito Eleitoral - CONSULPLANLista de Questões Direito Eleitoral - CONSULPLAN
Lista de Questões Direito Eleitoral - CONSULPLAN
Ricardo Torques
 
Informativo STJ 603 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 603 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 603 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 603 - Informativo Estratégico
Ricardo Torques
 

Mais de Ricardo Torques (8)

Lei Maria da Penha - Revisão
Lei Maria da Penha - RevisãoLei Maria da Penha - Revisão
Lei Maria da Penha - Revisão
 
Informativo STF 882 - Informativo Estratégico
Informativo STF 882 - Informativo EstratégicoInformativo STF 882 - Informativo Estratégico
Informativo STF 882 - Informativo Estratégico
 
Informativo STF 880 - Informativo Estratégico
Informativo STF 880 - Informativo EstratégicoInformativo STF 880 - Informativo Estratégico
Informativo STF 880 - Informativo Estratégico
 
PLANO DE ESTUDOS OAB
PLANO DE ESTUDOS OABPLANO DE ESTUDOS OAB
PLANO DE ESTUDOS OAB
 
Plano de Estudos TRE-RJ
Plano de Estudos TRE-RJPlano de Estudos TRE-RJ
Plano de Estudos TRE-RJ
 
Informativo STJ 605 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 605 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 605 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 605 - Informativo Estratégico
 
Lista de Questões Direito Eleitoral - CONSULPLAN
Lista de Questões Direito Eleitoral - CONSULPLANLista de Questões Direito Eleitoral - CONSULPLAN
Lista de Questões Direito Eleitoral - CONSULPLAN
 
Informativo STJ 603 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 603 - Informativo EstratégicoInformativo STJ 603 - Informativo Estratégico
Informativo STJ 603 - Informativo Estratégico
 

Último

Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 

Último (20)

Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 

Informativo STF 875 - Informativo Estratégico

  • 1. 3 Inf. 875 - STF www.estrategiaconcursos.com.br Página 1 de 5 INFORMATIVO ESTRATÉGICO INFORMATIVO STF 875 INFORMATIVO STF 875 destaques pelos Professores Estratégia Sumário 1 - Direito Processual Penal............................................................................. 1 2 - Direito Administrativo................................................................................ 2 3 - Direito Tributário...................................................................................... 3 4 - Direito Processual Civil .............................................................................. 4 1 - Direito Processual Penal EXECUÇÃO PROVISÓRIA DA PENA. A Primeira Turma, por maioria, não conheceu de “habeas corpus” em que discutido o direito do paciente permanecer em liberdade até o trânsito em julgado da condenação. HC 139391/RN, rel. orig. Min. Marco Aurélio, red. p/ o ac. Min. Alexandre de Moraes, julgamento em 29.8.2017. COMENTÁRIOS PELO PROF. RENAN ARAÚJO A) APRESENTAÇÃO RESUMIDA DO CASO Trata-se de habeas corpus no qual se impugnava decisão do STJ que, ao restabelecer condenação que havia sido reformada pelo Tribunal de Justiça, determinou o início da execução provisória da pena. B) CONTEÚDO TEÓRICO PERTINENTE Neste caso, existem dois pontos relevantes: 1) a possibilidade de manejo do HC perante o STF contra decisão proferida monocrática proferida pelo relator, no STJ; e 2) a possibilidade de execução provisória da pena. Com relação ao primeiro aspecto, é pacífico o entendimento do STF no sentido de que há impedimento ao conhecimento do HC impetrado perante o STF neste caso, uma vez que se impugnava decisão monocrática de ministro do STJ. De fato, conforme a jurisprudência consolidada do STF, o exaurimento da instância recorrida é, como regra, um dos pressupostos para o cabimento do HC perante do STF. Neste caso, o HC estaria sendo usado como substitutivo recursal, mesmo havendo previsão de recurso cabível para a hipótese (agravo regimental). Assim, a Turma decidiu pelo não conhecimento do habeas corpus.
  • 2. 3 Inf. 875 - STF www.estrategiaconcursos.com.br Página 2 de 5 INFORMATIVO ESTRATÉGICO INFORMATIVO STF 875 No que toca à possibilidade de execução provisória da pena, o STF, no julgamento do HC 126.292, decidiu (entendimento confirmado posteriormente, nas ADCs 43 e 44) que o cumprimento da pena pode se iniciar com a mera condenação em segunda instância por um órgão colegiado (TJ, TRF, etc.). Isso significa que o STF relativizou o princípio da presunção de inocência, admitindo que a “culpa” (para fins de cumprimento da pena) já estaria formada nesse momento (embora a CF/88 seja expressa em sentido contrário). Embora haja entendimento em sentido contrário dentro da própria Corte, pugnando pela derrubada dessa orientação, este é o entendimento que atualmente prevalece. Isto posto, a Turma ressaltou que, ainda que o HC pudesse ser conhecido, no mérito, não seria concedida a ordem, não sendo relevante o fato de que a execução provisória da pena tenha sido determinada apenas em sede de embargos de divergência. C) QUESTÃO DE PROVA “José foi condenado em primeira instância pela prática do crime de roubo. O Tribunal de Justiça reformou a sentença, para absolver José. O MP recorreu ao STJ, que deu provimento ao recurso, restabelecendo a condenação, mas silenciando quanto à execução provisória de pena. A defesa interpôs embargos de divergência, cujo provimento fora negado monocraticamente pelo relator, no STJ. Neste caso, não será cabível o manejo de HC, perante o STF, para impugnar a decisão do relator. ” GABARITO: CORRETA 2 - Direito Administrativo Aposentadoria compulsória de magistrado: processo disciplinar e prova emprestada. A Primeira Turma, por maioria, negou provimento a agravo regimental em que questionada a legalidade de ato do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) quanto à aplicação da pena de aposentadoria compulsória a magistrado estadual por prática de infração disciplinar grave. MS 30361 AgR/DF, rel. Min. Rosa Weber, julgamento em 29.8.2017. COMENTÁRIOS PELO PROF. ERICK ALVES A) APRESENTAÇÃO RESUMIDA DO CASO Trata-se de agravo regimental em que foi questionada a legalidade de ato do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) quanto à aplicação da pena de aposentadoria compulsória a magistrado estadual por prática de infração disciplinar grave. Neste julgado, o STF reafirmou alguns entendimentos importantes da sua jurisprudência: (i) a possibilidade de utilização de dados obtidos por descoberta fortuita em interceptações telefônicas devidamente autorizadas como prova emprestada em processo administrativo disciplinar, e (ii) a competência originária e concorrente do CNJ conferida pela Constituição, na aplicação de medidas disciplinares. B) CONTEÚDO TEÓRICO PERTINENTE
  • 3. 3 Inf. 875 - STF www.estrategiaconcursos.com.br Página 3 de 5 INFORMATIVO ESTRATÉGICO INFORMATIVO STF 875 O Estatuto da Magistratura prevê como pena disciplinar aplicável aos magistrados a aposentadoria compulsória com vencimentos proporcionais ao tempo de serviço. Conforme o art. 93, VII da Constituição Federal, “o ato de remoção, disponibilidade e aposentadoria do magistrado, por interesse público, fundar-se-á em decisão por voto da maioria absoluta do respectivo tribunal ou do Conselho Nacional de Justiça, assegurada ampla defesa”. C) QUESTÃO DE PROVA A aplicação da pena de aposentadoria compulsória a magistrado pode se fundamentar em prova emprestada de processo judicial Gabarito: Certa 3 - Direito Tributário MAJORAÇÃO DE TAXA POR PORTARIA E PRINCÍPIO DA RESERVA LEGAL. A Primeira Turma, por maioria, deu provimento a agravo regimental para determinar o seguimento de recurso extraordinário em que discutida a possibilidade de majoração, por portaria do Ministério da Fazenda, da alíquota da Taxa de Utilização do Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex). RE 959274 AgR/SC, rel. orig. Min. Rosa Weber, red. p/ o ac. Min. Roberto Barroso, julgamento em 29.8.2017. COMENTÁRIOS PELO PROF. FÁBIO DUTRA A) APRESENTAÇÃO RESUMIDA DO CASO Trata-se de ato ministerial que majorou em 500% os valores atribuídos à Taxa de Utilização do Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex). Referido tributo foi instituído pela Lei 9.716/1998, na qual não há qualquer delegação de competência ao chefe do Poder Executivo para alteração no valor da taxa em questão. B) CONTEÚDO TEÓRICO PERTINENTE Para entender este caso, é necessário nos lembrarmos que, em 2016, o Plenário do STF julgou que seria constitucional a definição do valor da taxa cobrada pela ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) por ato infralegal, desde que dentro dos limites estabelecidos na lei instituidora da referida taxa. No presente, caso, nota-se que não houve qualquer delegação de competência ao chefe do Poder Executivo para alteração no valor da taxa. Ademais, o STF considerou que, por se tratar de taxa, e não de imposto, não há permissivo constitucional para excepcionar-se o princípio da reserva legal em matéria tributária. Desse modo, o ato ministerial que majorou a taxa ofende o princípio da legalidade tributária, consignado no art. 150, I, da Constituição Federal.
  • 4. 3 Inf. 875 - STF www.estrategiaconcursos.com.br Página 4 de 5 INFORMATIVO ESTRATÉGICO INFORMATIVO STF 875 C) QUESTÃO DE PROVA INÉDITA/2017 – Ato ministerial é instrumento normativo hábil para majorar alíquota de taxa, mesmo diante de ausência legal, uma vez que a própria Constituição Federal autoriza esta alteração. Comentário: O STF decidiu que não se pode manejar as alíquotas das taxas por ato infralegal, por ofensa ao princípio da legalidade. Questão errada. 4 - Direito Processual Civil ALEGAÇÃO DE NULIDADE E APROVEITAMENTO DE ATOS PROCESSUAIS. A Segunda Turma negou provimento a agravo regimental em mandado de segurança em que discutida a nulidade de procedimento administrativo avocado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). MS 34666 AgR/DF, rel. Min. Dias Toffoli, julgamento em 29.8.2017. COMENTÁRIOS PELO PROF. RICARDO TORQUES A) APRESENTAÇÃO RESUMIDA DO CASO A discussão da 2ª Turma envolve a possibilidade de aproveitamento de atos processuais de procedimento administrativo anulado. O STF concluiu pelo aproveitamento dos atos processuais consistente em provas documentais e depoimentos das testemunhas ouvidas sob o crivo do contraditório. Segundo a Corte Suprema, os membros declarados suspeitos não participaram da produção de tais provas de modo que não há que se cogitar prejuízo, que se aplica como pressuposto para definição dos atos processuais a serem aproveitados. B) CONTEÚDO TEÓRICO PERTINENTE Fala-se, na doutrina processual, do aproveitamento dos atos processuais defeituosos, em razão da fungibilidade. Assim, somente há de se verificar nulidade de ato do procedimento ou do procedimento como um todo, na hipótese de impossibilidade de aproveitamento. Cumpre ao julgador verificar o prejuízo efetivo nos atos praticados. No caso, o CNMP, em procedimento administrativo, efetuou a produção de provas documentais e oitivas de testemunhas em contraditório sem a participação dos membros do MP, declarados suspeitos, de modo que não há se falar em prejuízo no aproveitamento dessas provas. De acordo com a doutrina1: O princípio da fungibilidade dos meios processuais é a manifestação doutrinária e jurisprudencial mais clara de aplicação do princípio do aproveitamento dos atos processuais defeituosos. De acordo com tal princípio, é possível aproveitar um ato processual, indevidamente praticado, como outro ato. Esse entendimento é consentâneo com o art. 282, do NCPC, que prevê: Art. 282. Ao pronunciar a nulidade, o juiz declarará que atos são atingidos e ordenará as providências necessárias a fim de que sejam repetidos ou retificados. 1 DIDIER JR., Fredie. Curso de Direito Processual Civil, volume 1, 18ª edição, rev., ampl. e atual., Bahia: Editora JusPodvim, 2016, p.412.
  • 5. 3 Inf. 875 - STF www.estrategiaconcursos.com.br Página 5 de 5 INFORMATIVO ESTRATÉGICO INFORMATIVO STF 875 § 1o O ato não será repetido nem sua falta será suprida quando não prejudicar a parte. § 2o Quando puder decidir o mérito a favor da parte a quem aproveite a decretação da nulidade, o juiz não a pronunciará nem mandará repetir o ato ou suprir-lhe a falta. Não obstante, no caso, tratar-se de procedimento administrativo, perfeitamente aplicáveis as regras acima. C) QUESTÃO DE PROVA Em provas: Em razão do princípio do aproveitamento dos atos processuais, ainda que anulado o procedimento administrativo é admissível o aproveitamento de atos processuais consistentes em provas (documentais e orais), produzidas em contraditório e sem demonstração de efetivo prejuízo às partes. Correto o item.