SlideShare uma empresa Scribd logo
Homos sapiens
Alunas: Danubia de Souza  n°09 Suellenn Martins  nº33 Elionay Fernandes  nº38
Homos sapiens A espécie homo sapiens foi encontrado na França, com idade calculada em torno de 40 mil anos. Esta espécie prevaleceu e expandiu-se pelo mundo, enquanto o homem de neandertal foi extinto. A evolução é um processo permante na natureza e uma característica dos grupos de seres vivos, a espécie humana também continua a evoluir.
Sistema locomotor  o esqueleto A postura ereta e a locomoção bípede, característica exclusiva do ser humano, estão relacionados oas ossos que compõe o esqueleto.A coluna em forma de (S) os ossos alongados da perna, e ossos estreitos e achatados do ombro e da pelva são adaptações. Além das sustentações locomoção o esqueleto também protege os órgãos internos. A parência dura e resistem dos ossos podem não transmitir que são estruturas vivas, que recebem  nutrientes oxigênio hormônios pelo sangue. Os ossos são envolvidos por tecido fibroso e apresenta cartilagem, ossos propriamente dito é formado por células e material orgânico e inogânicoque elas secretam: a matriz óssea. As fibras colágenas do osso tem uma grande força elástica e os sais de cálcio apresentam força de compressão. No interior dos ossos existe uma cavidade na matriz rígida onde se forma medula óssea amarela, nos ossos longos existe também a medula óssea vermelha. A matriz óssea sofre um processo continuo de deposição absorção pelas células óssea. Esses processos antagônicos de deposição e absorção, são importantes para manter a rigidez dos ossos, pois a matriz perde sua resistência com tempo. Na fase de crianças e adolescente os ossos apresentam maior proporção de cartilagem menor quantidade de sais depositados conferindo mais flexibilidade. Em geral pessoas acima de 50 anos passam apresentar descalcificação de certo ossos em função de alterações hormonais relacionado com a idade.
Os músculos envolvidos na locomoção Os ossos envolvidos é chamada estriada esquelética e estão ligados aos ossos por tendões. O comprimento pode reduzir a metade durante a contração. No caso da flexão dos antebraços, dois músculos antagonistas estão envolvidos: o bíceps e o tríceps. Cada músculo esquelético é constituindo por feixes de fibras musculares. A fibra muscular é a célula muscular que é bastante alonga e cada uma possuem em seu citoplasma a chamada miofibrilas que são responsáveis pela contração os aspectos estriado que da nome a esse tipo de musculatura é devido as proteínas nos sarcômeros. O comprimento deles podem variar. Eles se encurtam e toda a fibra muscular sofre encurtamento e o músculo se contrai. Depois quando voltam ao comprimento inicial, toda fibra muscular se estande e músculo esta relaxado as células musculares que obtem energia para a contração são: atp, adp,ou amp.
Regulação nervosa da contração muscular Os sarcômeros não se contraem sozinhos; eles são estimulados por um sinal eletroquímico do sistema nervoso. O estimulo parte do sistema e chega as fibras musculares pelo nervos motores. Existem músculos estriados com sarcômeros organizados em bandas, semelhantes ao das musculaturas esquelética, como é o caso dos músculos que controlam a abertura da pupila no olho, e do músculo diafragrama.
Sistema nervoso O sistema nervoso e o sistema endócrino, são os repensáveis pela maioria das funções de controle do organismo. Este sistema controla as contrações musculares, o funcionamento das vísceras, os movimentos cardio-respiratórios e até o ritmo de secreção de hormônios pela glândulas. Este controle é possível porque possue a capacidade de receber informações sensórias de todas as partes do corpo. O sistema nervoso humano, é centralizado, isto, e apresentam reunião de células nervosas em órgãos. O sistema nervoso central (SNC) é formado pelo encéfalo, que esta dentro da caixa craniana, e pela medula espinhal, que é envolvida pela vértebras da coluna. O encéfalo é dividido em regiões:  Cérebro; região anterior do encéfalo, e a mais desenvolvida  Tálamo e hipotálamo; fazem partem de uma região chamada diencéfalo. Atua transmitindo informações sensórias para o cérebro. Cerebelo; apresentam células envolvidas motora e na percepção da localização do espaço e na postura. Tronco encefálico; formado por ponte e bulbo na região de comunicação e medula espinhal. O aumento do cérebro é uma característica na evolução da espécie humana a medula espinhal é um cordão por células nervosas que conduzem informações sensórias para o encéfalo e diversos órgãos. Estes são envolvidos pela menbramas resistentes chamada de meninges. Os nervos espinhais e cranianos constituem os sistema periférico( SNP). No SNP existem também geânglios nervosos que são os corpos celulares. A parte autônoma do sistema nervoso consiste em duas divisões: a simpática, que formam gânglios paralelos a medula. A outra divisão é parassimpatica, que apresentam nervo na extremidade da medula espinhal e os gânglios são formados próximos ou até dentro dos órgãos.
Os sentidos Existem terminações nervosas que constituem os receptores sensoriais,capazes de detectar estímulos do ambiente ou do interior do organismo e enviar este estimulo para o sistema nervoso por um nervo sensorial.Existem tipos de receptores que diferem ao tipo de estimulo que são capazes de reconhecer:estímulos mecânicos,diferenças de temperatura e presença substâncias químicas,luz e dor.Determinadas estruturas ou regiões do corpo são chamadas “órgãos dos sentidos” por apresentarem um tipo particular de receptor e permitir percepção do ambiente externo.
Tato O órgão relacionado ao sentido do tato é a pele. As terminações nervosas da pele são classificados de acordo com a estrutura e a função. Em conjunto os receptores da pele detectam estímulos mecânicos como contatos de objetos, sensações térmicas e estímulos de dor.
Visão Os olhos que são órgãos  sensoriais relacionado com a visão constituídos por sistema de lentes, que reajusta o formato e promove a focalização dos raios de luz na retina. A primeira lente do olho é a córnea, é fixa, que corresponde a região transparente da esclera. Após a córnea esta a íris parte colorida do olho, que possui um orifício central á pupila. Ao passar pela pupila a luz atravessa a segunda  lente o cristalino. O cristalino é uma lente sustentada por ligamentos que originam por músculos ciliares. Os raios atinge a retina onde estão os fotorreceptores, os humanos apresentam dois tipos de receptores: os cones,e os bastonetes.
Audição A estrutura que recebe, os sons é a orelha. Podemos dividir em três regiões: orelha média,orelha externa,e orelha interna. O pavilhão e o canal auditivo, constituem a orelha externa conduzem as ondas sonoras até o tímpano. As onda sonoras fazem o tímpano vibrar, essa vibração é transmitida oas três ossículos da orelha: martelo, bigorna e estribo. A vibração é amplificada e atinge a uma membrana chamada janela oval. A janela oval comunica com um tubo enrolado e preenchido com liquido: a cóclea. Na superfície da cóclea esta o órgão espiral onde se localiza os receptores. Eles detectam  a vibração do liquido estimula o nervo coclear ou aditivo. A informação é transmitida ao cérebro, onde o som é interpretado.
Paladar A percepção dos sabores é realizada por receptores na língua. Podem distinguir os sabores doce, amargo,azedo. Os receptores que detectam o sabor doce são estimulados pela presença de moléculas de carboidratos, como a glicose.
Olfato O órgão sensorial que abriga os receptores relacionados ao olfato é o nariz. Estão os quimiorreceptores que reconhecem moléculas existente no ar, corresponde oas odores, a ativação dos receptores provoca estimulo do nervo olfatório que retransmite ao cérebro.
Ilustrações sobre os Homo Sapiens
Sistema locomotor
Os músculos
Sistema Nervoso
Sentidos do corpo humano
Bibliografia Livro:Biologia Autor:laurence.J Editora:Nova Geração Edição:2008 Sites: www.cabuloso.com/esqueleto www.ibb.Unesp.br/.../sentidos.jpg

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Anatomia e fisiologia
Anatomia e fisiologiaAnatomia e fisiologia
Anatomia e fisiologia
Luísa Romanov
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Roberta Mendes
 
Medresumos 2016 neuroanatomia 08 - nervos cranianos
Medresumos 2016   neuroanatomia 08 - nervos cranianosMedresumos 2016   neuroanatomia 08 - nervos cranianos
Medresumos 2016 neuroanatomia 08 - nervos cranianos
Jucie Vasconcelos
 
Anatomia humana
Anatomia humanaAnatomia humana
Anatomia humana
Stephany Strombeck
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
AnailtOn Silva Jr.
 
Sistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonalSistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonal
cnaturais9
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Marcos Júnior
 
Anatomia e fisiologia
Anatomia e  fisiologiaAnatomia e  fisiologia
Anatomia e fisiologia
Luis Antonio Cezar Junior
 
Aula 04 anatomia e fisiologia humana
Aula 04 anatomia e fisiologia humanaAula 04 anatomia e fisiologia humana
Aula 04 anatomia e fisiologia humana
LUCAS MENDES SILVA OLIVEIRA
 
Anatomia humana síntese
Anatomia humana sínteseAnatomia humana síntese
Anatomia humana síntese
Claudio Poeta
 
Noçoes basicas de anatomia
Noçoes basicas de anatomiaNoçoes basicas de anatomia
Noçoes basicas de anatomia
Wallace Silva
 
Sistema neuro hormonal - Nervoso
Sistema neuro hormonal - NervosoSistema neuro hormonal - Nervoso
Sistema neuro hormonal - Nervoso
Isabel Lopes
 
Anatofisiologia 09 (1)
Anatofisiologia 09 (1)Anatofisiologia 09 (1)
Anatofisiologia 09 (1)
Rosane Pio Bruno
 
Fisiologia e Anatomia Básica
Fisiologia e Anatomia BásicaFisiologia e Anatomia Básica
Fisiologia e Anatomia Básica
Carlos Priante
 
Anatomia - Sistema Muscular
Anatomia - Sistema MuscularAnatomia - Sistema Muscular
Anatomia - Sistema Muscular
Pedro Miguel
 
Sistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonalSistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonal
Leonardo Alves
 
Histologia vegetal
Histologia vegetalHistologia vegetal
Histologia vegetal
Adrian Rafael Macedo
 
Medresumos 2016 anatomia topográfica - tórax
Medresumos 2016   anatomia topográfica - tóraxMedresumos 2016   anatomia topográfica - tórax
Medresumos 2016 anatomia topográfica - tórax
Jucie Vasconcelos
 

Mais procurados (18)

Anatomia e fisiologia
Anatomia e fisiologiaAnatomia e fisiologia
Anatomia e fisiologia
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Medresumos 2016 neuroanatomia 08 - nervos cranianos
Medresumos 2016   neuroanatomia 08 - nervos cranianosMedresumos 2016   neuroanatomia 08 - nervos cranianos
Medresumos 2016 neuroanatomia 08 - nervos cranianos
 
Anatomia humana
Anatomia humanaAnatomia humana
Anatomia humana
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Sistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonalSistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonal
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Anatomia e fisiologia
Anatomia e  fisiologiaAnatomia e  fisiologia
Anatomia e fisiologia
 
Aula 04 anatomia e fisiologia humana
Aula 04 anatomia e fisiologia humanaAula 04 anatomia e fisiologia humana
Aula 04 anatomia e fisiologia humana
 
Anatomia humana síntese
Anatomia humana sínteseAnatomia humana síntese
Anatomia humana síntese
 
Noçoes basicas de anatomia
Noçoes basicas de anatomiaNoçoes basicas de anatomia
Noçoes basicas de anatomia
 
Sistema neuro hormonal - Nervoso
Sistema neuro hormonal - NervosoSistema neuro hormonal - Nervoso
Sistema neuro hormonal - Nervoso
 
Anatofisiologia 09 (1)
Anatofisiologia 09 (1)Anatofisiologia 09 (1)
Anatofisiologia 09 (1)
 
Fisiologia e Anatomia Básica
Fisiologia e Anatomia BásicaFisiologia e Anatomia Básica
Fisiologia e Anatomia Básica
 
Anatomia - Sistema Muscular
Anatomia - Sistema MuscularAnatomia - Sistema Muscular
Anatomia - Sistema Muscular
 
Sistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonalSistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonal
 
Histologia vegetal
Histologia vegetalHistologia vegetal
Histologia vegetal
 
Medresumos 2016 anatomia topográfica - tórax
Medresumos 2016   anatomia topográfica - tóraxMedresumos 2016   anatomia topográfica - tórax
Medresumos 2016 anatomia topográfica - tórax
 

Semelhante a Homos Sapiens Trab Bilo

Anatomia humana
Anatomia humanaAnatomia humana
Anatomia humana
isisbranquinha
 
414747629 atendente-de-farmacia-drogaria-e-consultorio-medico
414747629 atendente-de-farmacia-drogaria-e-consultorio-medico414747629 atendente-de-farmacia-drogaria-e-consultorio-medico
414747629 atendente-de-farmacia-drogaria-e-consultorio-medico
mirenefrana1
 
Anatomia fisiologia humana
Anatomia fisiologia humanaAnatomia fisiologia humana
Anatomia fisiologia humana
LACLASSE Med pedro juanCaballero
 
Anatomia do Sistema Nervoso Humano
Anatomia do Sistema Nervoso HumanoAnatomia do Sistema Nervoso Humano
Anatomia do Sistema Nervoso Humano
Egberto Neto
 
6-Ano-Vida-e-Evolução-Sistema Locomotor e interação com sistema nervso.pptx
6-Ano-Vida-e-Evolução-Sistema Locomotor e interação com sistema nervso.pptx6-Ano-Vida-e-Evolução-Sistema Locomotor e interação com sistema nervso.pptx
6-Ano-Vida-e-Evolução-Sistema Locomotor e interação com sistema nervso.pptx
GilneyCdeOliveira
 
Psicofisiologia
Psicofisiologia Psicofisiologia
Psicofisiologia
Silvia Revez
 
Aula 2-ZG.pptxbbbbbbbbbbbbhhgghhhhhhhggggg
Aula 2-ZG.pptxbbbbbbbbbbbbhhgghhhhhhhgggggAula 2-ZG.pptxbbbbbbbbbbbbhhgghhhhhhhggggg
Aula 2-ZG.pptxbbbbbbbbbbbbhhgghhhhhhhggggg
agrapacanatejuga
 
Sistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro HormonalSistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro Hormonal
leonorsm
 
12333
1233312333
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Rodrigo Sama
 
O sistema nervoso
O sistema nervosoO sistema nervoso
O sistema nervoso
Gustavo Sousa
 
Sistema Sensorial Completo
Sistema Sensorial CompletoSistema Sensorial Completo
Sistema Sensorial Completo
Renata Oliveira
 
Neurociências 2prova
Neurociências 2provaNeurociências 2prova
Neurociências 2prova
andreaflima
 
Resumo de ciências
Resumo de ciênciasResumo de ciências
Resumo de ciências
Marcos Schwartz
 
Resumo De CiêNcias
Resumo De CiêNciasResumo De CiêNcias
Resumo De CiêNcias
Marcos Schwartz
 
Anatomia e Fisiologia.pptx
Anatomia e Fisiologia.pptxAnatomia e Fisiologia.pptx
Anatomia e Fisiologia.pptx
ThallesDouglas1
 
O sistema nervoso
O sistema nervoso O sistema nervoso
O sistema nervoso
Nubia Karla
 
Sistema nervoso biologia 1 ano texto.pdf
Sistema nervoso biologia 1  ano texto.pdfSistema nervoso biologia 1  ano texto.pdf
Sistema nervoso biologia 1 ano texto.pdf
itamirvieira1
 
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptxAULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
FabianoDoVale
 
Anatomia - Atlas Visual do Corpo Humano.PDF
Anatomia - Atlas Visual do Corpo Humano.PDFAnatomia - Atlas Visual do Corpo Humano.PDF
Anatomia - Atlas Visual do Corpo Humano.PDF
Miguel Dante Cervantes Saldaña
 

Semelhante a Homos Sapiens Trab Bilo (20)

Anatomia humana
Anatomia humanaAnatomia humana
Anatomia humana
 
414747629 atendente-de-farmacia-drogaria-e-consultorio-medico
414747629 atendente-de-farmacia-drogaria-e-consultorio-medico414747629 atendente-de-farmacia-drogaria-e-consultorio-medico
414747629 atendente-de-farmacia-drogaria-e-consultorio-medico
 
Anatomia fisiologia humana
Anatomia fisiologia humanaAnatomia fisiologia humana
Anatomia fisiologia humana
 
Anatomia do Sistema Nervoso Humano
Anatomia do Sistema Nervoso HumanoAnatomia do Sistema Nervoso Humano
Anatomia do Sistema Nervoso Humano
 
6-Ano-Vida-e-Evolução-Sistema Locomotor e interação com sistema nervso.pptx
6-Ano-Vida-e-Evolução-Sistema Locomotor e interação com sistema nervso.pptx6-Ano-Vida-e-Evolução-Sistema Locomotor e interação com sistema nervso.pptx
6-Ano-Vida-e-Evolução-Sistema Locomotor e interação com sistema nervso.pptx
 
Psicofisiologia
Psicofisiologia Psicofisiologia
Psicofisiologia
 
Aula 2-ZG.pptxbbbbbbbbbbbbhhgghhhhhhhggggg
Aula 2-ZG.pptxbbbbbbbbbbbbhhgghhhhhhhgggggAula 2-ZG.pptxbbbbbbbbbbbbhhgghhhhhhhggggg
Aula 2-ZG.pptxbbbbbbbbbbbbhhgghhhhhhhggggg
 
Sistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro HormonalSistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro Hormonal
 
12333
1233312333
12333
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
O sistema nervoso
O sistema nervosoO sistema nervoso
O sistema nervoso
 
Sistema Sensorial Completo
Sistema Sensorial CompletoSistema Sensorial Completo
Sistema Sensorial Completo
 
Neurociências 2prova
Neurociências 2provaNeurociências 2prova
Neurociências 2prova
 
Resumo de ciências
Resumo de ciênciasResumo de ciências
Resumo de ciências
 
Resumo De CiêNcias
Resumo De CiêNciasResumo De CiêNcias
Resumo De CiêNcias
 
Anatomia e Fisiologia.pptx
Anatomia e Fisiologia.pptxAnatomia e Fisiologia.pptx
Anatomia e Fisiologia.pptx
 
O sistema nervoso
O sistema nervoso O sistema nervoso
O sistema nervoso
 
Sistema nervoso biologia 1 ano texto.pdf
Sistema nervoso biologia 1  ano texto.pdfSistema nervoso biologia 1  ano texto.pdf
Sistema nervoso biologia 1 ano texto.pdf
 
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptxAULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
 
Anatomia - Atlas Visual do Corpo Humano.PDF
Anatomia - Atlas Visual do Corpo Humano.PDFAnatomia - Atlas Visual do Corpo Humano.PDF
Anatomia - Atlas Visual do Corpo Humano.PDF
 

Mais de Daniela F Almenara

Trabalho mandalas
Trabalho mandalasTrabalho mandalas
Trabalho mandalas
Daniela F Almenara
 
Aec 9º-ano-1º-bim
Aec 9º-ano-1º-bimAec 9º-ano-1º-bim
Aec 9º-ano-1º-bim
Daniela F Almenara
 
Atividade em classe 1º bim 6º ano
Atividade em classe 1º bim 6º anoAtividade em classe 1º bim 6º ano
Atividade em classe 1º bim 6º ano
Daniela F Almenara
 
Atividade extraclasse 1º ano
Atividade extraclasse 1º anoAtividade extraclasse 1º ano
Atividade extraclasse 1º ano
Daniela F Almenara
 
Mandalas
MandalasMandalas
Mandalas
MandalasMandalas
Pg
PgPg
Função horária das posições
Função horária das posiçõesFunção horária das posições
Função horária das posições
Daniela F Almenara
 
Atividade de reforço algarismos romanos
Atividade de reforço algarismos romanosAtividade de reforço algarismos romanos
Atividade de reforço algarismos romanos
Daniela F Almenara
 
Dilatação térmica
Dilatação térmicaDilatação térmica
Dilatação térmica
Daniela F Almenara
 
6º ano-avaliação-diagnótica-2016
6º ano-avaliação-diagnótica-20166º ano-avaliação-diagnótica-2016
6º ano-avaliação-diagnótica-2016
Daniela F Almenara
 
Avaliação de diagnóstica 8º ano
Avaliação de diagnóstica 8º ano Avaliação de diagnóstica 8º ano
Avaliação de diagnóstica 8º ano
Daniela F Almenara
 
As formas geométricas espaciais
As formas geométricas espaciaisAs formas geométricas espaciais
As formas geométricas espaciais
Daniela F Almenara
 
2º atv em classe 2º bim 2014
2º atv em classe  2º bim 20142º atv em classe  2º bim 2014
2º atv em classe 2º bim 2014
Daniela F Almenara
 
Álbum 7º C
Álbum 7º CÁlbum 7º C
Álbum 7º C
Daniela F Almenara
 
Álbum 7º B
Álbum  7º BÁlbum  7º B
Álbum 7º B
Daniela F Almenara
 
Álbum 7º A
Álbum 7º  AÁlbum 7º  A
Álbum 7º A
Daniela F Almenara
 
Dilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidosDilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidos
Daniela F Almenara
 
Atividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º anoAtividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º ano
Daniela F Almenara
 
Aula 1 temperatura
Aula 1   temperaturaAula 1   temperatura
Aula 1 temperatura
Daniela F Almenara
 

Mais de Daniela F Almenara (20)

Trabalho mandalas
Trabalho mandalasTrabalho mandalas
Trabalho mandalas
 
Aec 9º-ano-1º-bim
Aec 9º-ano-1º-bimAec 9º-ano-1º-bim
Aec 9º-ano-1º-bim
 
Atividade em classe 1º bim 6º ano
Atividade em classe 1º bim 6º anoAtividade em classe 1º bim 6º ano
Atividade em classe 1º bim 6º ano
 
Atividade extraclasse 1º ano
Atividade extraclasse 1º anoAtividade extraclasse 1º ano
Atividade extraclasse 1º ano
 
Mandalas
MandalasMandalas
Mandalas
 
Mandalas
MandalasMandalas
Mandalas
 
Pg
PgPg
Pg
 
Função horária das posições
Função horária das posiçõesFunção horária das posições
Função horária das posições
 
Atividade de reforço algarismos romanos
Atividade de reforço algarismos romanosAtividade de reforço algarismos romanos
Atividade de reforço algarismos romanos
 
Dilatação térmica
Dilatação térmicaDilatação térmica
Dilatação térmica
 
6º ano-avaliação-diagnótica-2016
6º ano-avaliação-diagnótica-20166º ano-avaliação-diagnótica-2016
6º ano-avaliação-diagnótica-2016
 
Avaliação de diagnóstica 8º ano
Avaliação de diagnóstica 8º ano Avaliação de diagnóstica 8º ano
Avaliação de diagnóstica 8º ano
 
As formas geométricas espaciais
As formas geométricas espaciaisAs formas geométricas espaciais
As formas geométricas espaciais
 
2º atv em classe 2º bim 2014
2º atv em classe  2º bim 20142º atv em classe  2º bim 2014
2º atv em classe 2º bim 2014
 
Álbum 7º C
Álbum 7º CÁlbum 7º C
Álbum 7º C
 
Álbum 7º B
Álbum  7º BÁlbum  7º B
Álbum 7º B
 
Álbum 7º A
Álbum 7º  AÁlbum 7º  A
Álbum 7º A
 
Dilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidosDilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidos
 
Atividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º anoAtividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º ano
 
Aula 1 temperatura
Aula 1   temperaturaAula 1   temperatura
Aula 1 temperatura
 

Último

Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 

Último (20)

Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 

Homos Sapiens Trab Bilo

  • 2. Alunas: Danubia de Souza n°09 Suellenn Martins nº33 Elionay Fernandes nº38
  • 3. Homos sapiens A espécie homo sapiens foi encontrado na França, com idade calculada em torno de 40 mil anos. Esta espécie prevaleceu e expandiu-se pelo mundo, enquanto o homem de neandertal foi extinto. A evolução é um processo permante na natureza e uma característica dos grupos de seres vivos, a espécie humana também continua a evoluir.
  • 4. Sistema locomotor o esqueleto A postura ereta e a locomoção bípede, característica exclusiva do ser humano, estão relacionados oas ossos que compõe o esqueleto.A coluna em forma de (S) os ossos alongados da perna, e ossos estreitos e achatados do ombro e da pelva são adaptações. Além das sustentações locomoção o esqueleto também protege os órgãos internos. A parência dura e resistem dos ossos podem não transmitir que são estruturas vivas, que recebem nutrientes oxigênio hormônios pelo sangue. Os ossos são envolvidos por tecido fibroso e apresenta cartilagem, ossos propriamente dito é formado por células e material orgânico e inogânicoque elas secretam: a matriz óssea. As fibras colágenas do osso tem uma grande força elástica e os sais de cálcio apresentam força de compressão. No interior dos ossos existe uma cavidade na matriz rígida onde se forma medula óssea amarela, nos ossos longos existe também a medula óssea vermelha. A matriz óssea sofre um processo continuo de deposição absorção pelas células óssea. Esses processos antagônicos de deposição e absorção, são importantes para manter a rigidez dos ossos, pois a matriz perde sua resistência com tempo. Na fase de crianças e adolescente os ossos apresentam maior proporção de cartilagem menor quantidade de sais depositados conferindo mais flexibilidade. Em geral pessoas acima de 50 anos passam apresentar descalcificação de certo ossos em função de alterações hormonais relacionado com a idade.
  • 5. Os músculos envolvidos na locomoção Os ossos envolvidos é chamada estriada esquelética e estão ligados aos ossos por tendões. O comprimento pode reduzir a metade durante a contração. No caso da flexão dos antebraços, dois músculos antagonistas estão envolvidos: o bíceps e o tríceps. Cada músculo esquelético é constituindo por feixes de fibras musculares. A fibra muscular é a célula muscular que é bastante alonga e cada uma possuem em seu citoplasma a chamada miofibrilas que são responsáveis pela contração os aspectos estriado que da nome a esse tipo de musculatura é devido as proteínas nos sarcômeros. O comprimento deles podem variar. Eles se encurtam e toda a fibra muscular sofre encurtamento e o músculo se contrai. Depois quando voltam ao comprimento inicial, toda fibra muscular se estande e músculo esta relaxado as células musculares que obtem energia para a contração são: atp, adp,ou amp.
  • 6. Regulação nervosa da contração muscular Os sarcômeros não se contraem sozinhos; eles são estimulados por um sinal eletroquímico do sistema nervoso. O estimulo parte do sistema e chega as fibras musculares pelo nervos motores. Existem músculos estriados com sarcômeros organizados em bandas, semelhantes ao das musculaturas esquelética, como é o caso dos músculos que controlam a abertura da pupila no olho, e do músculo diafragrama.
  • 7. Sistema nervoso O sistema nervoso e o sistema endócrino, são os repensáveis pela maioria das funções de controle do organismo. Este sistema controla as contrações musculares, o funcionamento das vísceras, os movimentos cardio-respiratórios e até o ritmo de secreção de hormônios pela glândulas. Este controle é possível porque possue a capacidade de receber informações sensórias de todas as partes do corpo. O sistema nervoso humano, é centralizado, isto, e apresentam reunião de células nervosas em órgãos. O sistema nervoso central (SNC) é formado pelo encéfalo, que esta dentro da caixa craniana, e pela medula espinhal, que é envolvida pela vértebras da coluna. O encéfalo é dividido em regiões: Cérebro; região anterior do encéfalo, e a mais desenvolvida Tálamo e hipotálamo; fazem partem de uma região chamada diencéfalo. Atua transmitindo informações sensórias para o cérebro. Cerebelo; apresentam células envolvidas motora e na percepção da localização do espaço e na postura. Tronco encefálico; formado por ponte e bulbo na região de comunicação e medula espinhal. O aumento do cérebro é uma característica na evolução da espécie humana a medula espinhal é um cordão por células nervosas que conduzem informações sensórias para o encéfalo e diversos órgãos. Estes são envolvidos pela menbramas resistentes chamada de meninges. Os nervos espinhais e cranianos constituem os sistema periférico( SNP). No SNP existem também geânglios nervosos que são os corpos celulares. A parte autônoma do sistema nervoso consiste em duas divisões: a simpática, que formam gânglios paralelos a medula. A outra divisão é parassimpatica, que apresentam nervo na extremidade da medula espinhal e os gânglios são formados próximos ou até dentro dos órgãos.
  • 8. Os sentidos Existem terminações nervosas que constituem os receptores sensoriais,capazes de detectar estímulos do ambiente ou do interior do organismo e enviar este estimulo para o sistema nervoso por um nervo sensorial.Existem tipos de receptores que diferem ao tipo de estimulo que são capazes de reconhecer:estímulos mecânicos,diferenças de temperatura e presença substâncias químicas,luz e dor.Determinadas estruturas ou regiões do corpo são chamadas “órgãos dos sentidos” por apresentarem um tipo particular de receptor e permitir percepção do ambiente externo.
  • 9. Tato O órgão relacionado ao sentido do tato é a pele. As terminações nervosas da pele são classificados de acordo com a estrutura e a função. Em conjunto os receptores da pele detectam estímulos mecânicos como contatos de objetos, sensações térmicas e estímulos de dor.
  • 10. Visão Os olhos que são órgãos sensoriais relacionado com a visão constituídos por sistema de lentes, que reajusta o formato e promove a focalização dos raios de luz na retina. A primeira lente do olho é a córnea, é fixa, que corresponde a região transparente da esclera. Após a córnea esta a íris parte colorida do olho, que possui um orifício central á pupila. Ao passar pela pupila a luz atravessa a segunda lente o cristalino. O cristalino é uma lente sustentada por ligamentos que originam por músculos ciliares. Os raios atinge a retina onde estão os fotorreceptores, os humanos apresentam dois tipos de receptores: os cones,e os bastonetes.
  • 11. Audição A estrutura que recebe, os sons é a orelha. Podemos dividir em três regiões: orelha média,orelha externa,e orelha interna. O pavilhão e o canal auditivo, constituem a orelha externa conduzem as ondas sonoras até o tímpano. As onda sonoras fazem o tímpano vibrar, essa vibração é transmitida oas três ossículos da orelha: martelo, bigorna e estribo. A vibração é amplificada e atinge a uma membrana chamada janela oval. A janela oval comunica com um tubo enrolado e preenchido com liquido: a cóclea. Na superfície da cóclea esta o órgão espiral onde se localiza os receptores. Eles detectam a vibração do liquido estimula o nervo coclear ou aditivo. A informação é transmitida ao cérebro, onde o som é interpretado.
  • 12. Paladar A percepção dos sabores é realizada por receptores na língua. Podem distinguir os sabores doce, amargo,azedo. Os receptores que detectam o sabor doce são estimulados pela presença de moléculas de carboidratos, como a glicose.
  • 13. Olfato O órgão sensorial que abriga os receptores relacionados ao olfato é o nariz. Estão os quimiorreceptores que reconhecem moléculas existente no ar, corresponde oas odores, a ativação dos receptores provoca estimulo do nervo olfatório que retransmite ao cérebro.
  • 14. Ilustrações sobre os Homo Sapiens
  • 19. Bibliografia Livro:Biologia Autor:laurence.J Editora:Nova Geração Edição:2008 Sites: www.cabuloso.com/esqueleto www.ibb.Unesp.br/.../sentidos.jpg