SlideShare uma empresa Scribd logo
HISTÓRIA DO BRASIL 6
PERÍODO JOANINO
Cursinho Popular Unioeste
Fernanda Caroline Stang
QUEDA DO ANTIGO REGIME
• Revolução Industrial x Mercantilismo
• Revolução Francesa x Absolutismo
• Independência dos EUA x Interesses da colônia e da metrópole
• Independência: sem luta armada, sem participação popular, sem riscos
POR QUE D. JOÃO VEIO PARA O
BRASIL?
Contexto:
• Expansão napoleônica
• França x Inglaterra
• Bloqueio Continental
• 1808 – Chegada da família real ao Brasil
ADMINISTRAÇÃO JOANINA
• Abertura dos portos às nações amigas.
• Fim do Pacto Colonial
• Independência econômica do Brasil em relação à Portugal.
• Criação de um aparelho de governo e administração
• Orientação econômica e social
• Transferência de Lisboa para o Rio de Janeiro o centro de autoridade política do
Brasil.
1810 – TRATADO DE ALIANÇA E
AMIZADE, COMÉRCIO E NAVEGAÇÃO
• Ingleses aqui residentes teriam plena liberdade religiosa e seriam julgados em
qualquer caso por juízes ingleses.
• O governo português comprometia-se a abolir gradualmente o trabalho escravo.
• Tarifas alfandegárias:
• Ingleses – 15%
• Portugueses – 16%
• Demais nações – 24%
• Significado: da dependência econômica portuguesa para a dependência econômica
inglesa.
ADMINISTRAÇÃO JOANINA
• Imprensa Régia
• Academia Real Militar
• Biblioteca Pública
• Banco do Brasil
• Jardim Botânico
• Missão artística
ADMINISTRAÇÃO JOANINA
• 1815 – Brasil se torna “Reino Unido”
• Capital – Rio de Janeiro
• Invasão à Guiana Francesa
• Anexação da Província Cisplatina
História do Brasil - Aula 6
E O QUE ACONTECIA EM
PORTUGAL?
• Até 1815 – Domínio francês
• Queda de Napoleão – domínio inglês
• 1820 – Revolução Liberal do Porto
• Elite portuguesa volta ao poder
• Cortes (parlamento)
• Constituição liberal (fim do absolutismo)
• D. João retorna a Portugal sob pena de perder o direito ao trono
• 1821 – D. Pedro assume adm Brasil
A REGÊNCIA DE
D. PEDRO
1821-1822
O QUE ESTAVA ROLANDO
• Política recolonizadora das cortes de Lisboa
• Dia do “Fico” (9 de janeiro)
• Nenhuma lei de Lisboa seria obedecida sem o “cumpra-se” do regente.
• Convocação de uma Assembleia Constituinte que deveria organizar uma constituição para o
Brasil.
• Considerar inimigas quaisquer tropas enviadas por Portugal.
• Proibição da posse de funcionários enviados por Lisboa.
• José Bonifácio – representante da aristocracia e verdadeiro articulador da independência
INDEPENDÊNCIA OU
MORTE
7 de setembro de 1822
CONSEQUÊNCIAS IMEDIATAS
• O Brasil continuou um país....
• Agrário
• Latifundiário
• Escravista
• Dependente do mercado externo
PRIMEIRO REINADO (1822-1831)
• Revoltas internas – portugueses
• Reconhecimento externo
• EUA – primeiro país a reconhecer a independência brasileira
• Doutrina Monroe – “A América para os americanos”
• Aristocracia rural no poder
• Não queriam mudanças socioeconômicas
• A monarquia lhes convinha
• Privilégios econômicos da elite
• Aliança com a Inglaterra
PRIMEIRO REINADO (1822-1831)
• 1825 – Exigências portuguesas
• O pagamento de 2 milhões de libras esterlinas a título de indenização.
• O título honorário, dado a D. João VI, de imperador do Brasil
PRIMEIRA CONSTITUIÇÃO DO
BRASIL
• Centrada nos interesses dos proprietários rurais.
• Anteprojeto – Constituição da Mandioca
• Liberal e antilusitano
• Voto censitário
• Limitava os poderes de D. Pedro e dos portugueses no Brasil
• Noite da Agonia
• Assembleia dissolvida
• Vários constituintes presos, inclusive os irmãos Andrada
• Constituição de D. Pedro
• Manteve o caráter liberal da Monarquia Constituicional do anteprojeto
• Manteve o voto censitário
• Poder Moderador – Centralização do poder
PRIMEIRA CONSTITUIÇÃO DO
BRASIL
• Outorgada em 1824
• Submissão da igreja ao Estado
• O Senado tornou-se vitalício.
• Igreja Católica – religião oficial do Estado
• Foi garantida a liberdade religiosa
• Brasil dividido em províncias
• As eleições para a assembleia tornaram-se indiretas
POR QUE D. PEDRO ABDICOU?
• Fechamento da constituinte -> rompimento com a elite rural -> fica isolado
politicamente
• Reação dos setores médios e populares contra o imperador:
• Crise econômica
• Confederação do Equador (PE) – Frei Caneca
• Adesão de outras províncias
• Chegaram a proclamar a República
• Constituição da Colômbia
• Impostos
• Centralização política
• Guerra contra os Argentinos pelo Uruguai
POR QUE D. PEDRO ABDICOU?
• Morte de D. João
• Censura à imprensa
• D. Pedro abdica em favor de seu filho mais velho, na época com 5 anos de idade.
• A abdicação de D. Pedro encerra o processo de independência.
• Consolidação do grupo agrário no poder e afastamento definitivo do perigo da
recolonização.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Brasil nos anos 1920
Brasil nos anos 1920Brasil nos anos 1920
Brasil nos anos 1920
Valéria Shoujofan
 
História do brasil 11 - República do Café II
História do brasil 11 - República do Café IIHistória do brasil 11 - República do Café II
História do brasil 11 - República do Café II
fernandacarolinestang
 
Crise do ii reinado e a proclamação da
Crise do ii reinado e a proclamação daCrise do ii reinado e a proclamação da
Crise do ii reinado e a proclamação da
Anomino Anomino
 
Brasil república
Brasil repúblicaBrasil república
Brasil república
dmflores21
 
República velha 1
República velha 1República velha 1
República velha 1
harlissoncarvalho
 
E.u.a. 1900-1920
E.u.a.   1900-1920E.u.a.   1900-1920
E.u.a. 1900-1920
profcacocardozo
 
República velha
República velhaRepública velha
República velha
Francisco Cougo Jr
 
3º ano era vargas
3º ano   era vargas3º ano   era vargas
3º ano era vargas
Daniel Alves Bronstrup
 
Brasil monárquico
Brasil monárquicoBrasil monárquico
Brasil monárquico
Marcela Marangon Ribeiro
 
8 aula 6 república velha
8   aula 6 república velha8   aula 6 república velha
8 aula 6 república velha
profdu
 
Brasil República - 1889-1920
Brasil República - 1889-1920Brasil República - 1889-1920
Brasil República - 1889-1920
Murilo Cisalpino
 
República velha
República velhaRepública velha
Hb hg 3
Hb hg 3Hb hg 3
o primeiro reinado (1822-1831)
o primeiro reinado (1822-1831)o primeiro reinado (1822-1831)
o primeiro reinado (1822-1831)
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
1159
11591159
1159
Pelo Siro
 
A década de 1920 e a revolução de 1930
A década de 1920 e a revolução de 1930A década de 1920 e a revolução de 1930
A década de 1920 e a revolução de 1930
Edenilson Morais
 
Brasil Republicano: revoltas, lutas e conquistas. - Prof. Medeiros
Brasil Republicano: revoltas, lutas e conquistas. - Prof. MedeirosBrasil Republicano: revoltas, lutas e conquistas. - Prof. Medeiros
Brasil Republicano: revoltas, lutas e conquistas. - Prof. Medeiros
João Medeiros
 
3º ano - Era Vargas 1930-1945
3º ano  - Era Vargas 1930-19453º ano  - Era Vargas 1930-1945
3º ano - Era Vargas 1930-1945
Daniel Alves Bronstrup
 
3° ano - Independência e Brasil Império (1° Reinado)
3° ano -  Independência e Brasil Império (1° Reinado)3° ano -  Independência e Brasil Império (1° Reinado)
3° ano - Independência e Brasil Império (1° Reinado)
Daniel Alves Bronstrup
 
A crise do segundo reinado
A crise do segundo reinadoA crise do segundo reinado
A crise do segundo reinado
Nelia Salles Nantes
 

Mais procurados (20)

Brasil nos anos 1920
Brasil nos anos 1920Brasil nos anos 1920
Brasil nos anos 1920
 
História do brasil 11 - República do Café II
História do brasil 11 - República do Café IIHistória do brasil 11 - República do Café II
História do brasil 11 - República do Café II
 
Crise do ii reinado e a proclamação da
Crise do ii reinado e a proclamação daCrise do ii reinado e a proclamação da
Crise do ii reinado e a proclamação da
 
Brasil república
Brasil repúblicaBrasil república
Brasil república
 
República velha 1
República velha 1República velha 1
República velha 1
 
E.u.a. 1900-1920
E.u.a.   1900-1920E.u.a.   1900-1920
E.u.a. 1900-1920
 
República velha
República velhaRepública velha
República velha
 
3º ano era vargas
3º ano   era vargas3º ano   era vargas
3º ano era vargas
 
Brasil monárquico
Brasil monárquicoBrasil monárquico
Brasil monárquico
 
8 aula 6 república velha
8   aula 6 república velha8   aula 6 república velha
8 aula 6 república velha
 
Brasil República - 1889-1920
Brasil República - 1889-1920Brasil República - 1889-1920
Brasil República - 1889-1920
 
República velha
República velhaRepública velha
República velha
 
Hb hg 3
Hb hg 3Hb hg 3
Hb hg 3
 
o primeiro reinado (1822-1831)
o primeiro reinado (1822-1831)o primeiro reinado (1822-1831)
o primeiro reinado (1822-1831)
 
1159
11591159
1159
 
A década de 1920 e a revolução de 1930
A década de 1920 e a revolução de 1930A década de 1920 e a revolução de 1930
A década de 1920 e a revolução de 1930
 
Brasil Republicano: revoltas, lutas e conquistas. - Prof. Medeiros
Brasil Republicano: revoltas, lutas e conquistas. - Prof. MedeirosBrasil Republicano: revoltas, lutas e conquistas. - Prof. Medeiros
Brasil Republicano: revoltas, lutas e conquistas. - Prof. Medeiros
 
3º ano - Era Vargas 1930-1945
3º ano  - Era Vargas 1930-19453º ano  - Era Vargas 1930-1945
3º ano - Era Vargas 1930-1945
 
3° ano - Independência e Brasil Império (1° Reinado)
3° ano -  Independência e Brasil Império (1° Reinado)3° ano -  Independência e Brasil Império (1° Reinado)
3° ano - Independência e Brasil Império (1° Reinado)
 
A crise do segundo reinado
A crise do segundo reinadoA crise do segundo reinado
A crise do segundo reinado
 

Destaque

Formação em Comunicação Comunitária
Formação em Comunicação ComunitáriaFormação em Comunicação Comunitária
Formação em Comunicação Comunitária
INSTITUTO GENS
 
Projeto de Assessoria de Comunicação - Aula 01
Projeto de Assessoria de Comunicação - Aula 01Projeto de Assessoria de Comunicação - Aula 01
Projeto de Assessoria de Comunicação - Aula 01
Fabricio Bazé
 
Criacao Aula06
Criacao Aula06Criacao Aula06
Criacao Aula06
Douglas Miquelof
 
Direito à comunicação comunitária
Direito à comunicação comunitáriaDireito à comunicação comunitária
Direito à comunicação comunitária
Jefferson Sampaio
 
Comunicação Comunitária
Comunicação ComunitáriaComunicação Comunitária
Comunicação Comunitária
Karina Rocha
 
14-03-18_Comunicacao-Comunitaria
14-03-18_Comunicacao-Comunitaria14-03-18_Comunicacao-Comunitaria
14-03-18_Comunicacao-Comunitaria
Agnes Arruda
 
Assessoria de comunicação e construção de imagem
Assessoria de comunicação e construção de imagemAssessoria de comunicação e construção de imagem
Assessoria de comunicação e construção de imagem
Rafaela Martins Namorato
 
Comunicacao comunitaria mod1
Comunicacao comunitaria mod1Comunicacao comunitaria mod1
Comunicacao comunitaria mod1
Joanna Alimonda
 
A Historia Da Imprensa No Brasil Colonial
A Historia Da  Imprensa  No Brasil ColonialA Historia Da  Imprensa  No Brasil Colonial
A Historia Da Imprensa No Brasil Colonial
Fabio Santos
 
Comunicacao Comunitaria
Comunicacao ComunitariaComunicacao Comunitaria
Comunicacao Comunitaria
Liliane Luz
 
Estrutura de assessoria de imprensa
Estrutura de assessoria de imprensaEstrutura de assessoria de imprensa
Estrutura de assessoria de imprensa
Guilherme Carvalho
 
Assessoria de Comunicação - Como atuar?
Assessoria de Comunicação - Como atuar?Assessoria de Comunicação - Como atuar?
Assessoria de Comunicação - Como atuar?
Márcia Machado
 
Newsmaking
NewsmakingNewsmaking
Newsmaking
Jennyffer Mesquita
 
História da Comunicação no Brasil
História da Comunicação no BrasilHistória da Comunicação no Brasil
História da Comunicação no Brasil
UTFPR
 
Tipos de assessoria de imprensa
Tipos de assessoria de imprensaTipos de assessoria de imprensa
Tipos de assessoria de imprensa
Jennyffer Mesquita
 
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 6
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 6Laboratório de Comunicação Popular - Aula 6
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 6
Diedro Barros
 
Sobre A ProfissãO De Jornalista
Sobre A ProfissãO De JornalistaSobre A ProfissãO De Jornalista
Sobre A ProfissãO De Jornalista
Manuel Pinto
 
Planejamento Estratégico em Assessoria de Comunicação
Planejamento Estratégico em Assessoria de ComunicaçãoPlanejamento Estratégico em Assessoria de Comunicação
Planejamento Estratégico em Assessoria de Comunicação
Rafaela Martins Namorato
 
História do jornalismo
História do jornalismoHistória do jornalismo
História do jornalismo
Daniela Ribeiro
 
História do jornalismo
História do jornalismoHistória do jornalismo
História do jornalismo
aulasdejornalismo
 

Destaque (20)

Formação em Comunicação Comunitária
Formação em Comunicação ComunitáriaFormação em Comunicação Comunitária
Formação em Comunicação Comunitária
 
Projeto de Assessoria de Comunicação - Aula 01
Projeto de Assessoria de Comunicação - Aula 01Projeto de Assessoria de Comunicação - Aula 01
Projeto de Assessoria de Comunicação - Aula 01
 
Criacao Aula06
Criacao Aula06Criacao Aula06
Criacao Aula06
 
Direito à comunicação comunitária
Direito à comunicação comunitáriaDireito à comunicação comunitária
Direito à comunicação comunitária
 
Comunicação Comunitária
Comunicação ComunitáriaComunicação Comunitária
Comunicação Comunitária
 
14-03-18_Comunicacao-Comunitaria
14-03-18_Comunicacao-Comunitaria14-03-18_Comunicacao-Comunitaria
14-03-18_Comunicacao-Comunitaria
 
Assessoria de comunicação e construção de imagem
Assessoria de comunicação e construção de imagemAssessoria de comunicação e construção de imagem
Assessoria de comunicação e construção de imagem
 
Comunicacao comunitaria mod1
Comunicacao comunitaria mod1Comunicacao comunitaria mod1
Comunicacao comunitaria mod1
 
A Historia Da Imprensa No Brasil Colonial
A Historia Da  Imprensa  No Brasil ColonialA Historia Da  Imprensa  No Brasil Colonial
A Historia Da Imprensa No Brasil Colonial
 
Comunicacao Comunitaria
Comunicacao ComunitariaComunicacao Comunitaria
Comunicacao Comunitaria
 
Estrutura de assessoria de imprensa
Estrutura de assessoria de imprensaEstrutura de assessoria de imprensa
Estrutura de assessoria de imprensa
 
Assessoria de Comunicação - Como atuar?
Assessoria de Comunicação - Como atuar?Assessoria de Comunicação - Como atuar?
Assessoria de Comunicação - Como atuar?
 
Newsmaking
NewsmakingNewsmaking
Newsmaking
 
História da Comunicação no Brasil
História da Comunicação no BrasilHistória da Comunicação no Brasil
História da Comunicação no Brasil
 
Tipos de assessoria de imprensa
Tipos de assessoria de imprensaTipos de assessoria de imprensa
Tipos de assessoria de imprensa
 
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 6
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 6Laboratório de Comunicação Popular - Aula 6
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 6
 
Sobre A ProfissãO De Jornalista
Sobre A ProfissãO De JornalistaSobre A ProfissãO De Jornalista
Sobre A ProfissãO De Jornalista
 
Planejamento Estratégico em Assessoria de Comunicação
Planejamento Estratégico em Assessoria de ComunicaçãoPlanejamento Estratégico em Assessoria de Comunicação
Planejamento Estratégico em Assessoria de Comunicação
 
História do jornalismo
História do jornalismoHistória do jornalismo
História do jornalismo
 
História do jornalismo
História do jornalismoHistória do jornalismo
História do jornalismo
 

Semelhante a História do Brasil - Aula 6

O processo da independência
O processo da independênciaO processo da independência
O processo da independência
Eliphas Rodrigues
 
Processo de independência
Processo de independênciaProcesso de independência
Processo de independência
secretaria estadual de educação
 
Família real no brasil
Família real no brasilFamília real no brasil
Família real no brasil
harlissoncarvalho
 
Resumo processo de independência do brasil
Resumo   processo de independência do brasilResumo   processo de independência do brasil
Resumo processo de independência do brasil
Claudenilson da Silva
 
Primeiro reinado
Primeiro reinadoPrimeiro reinado
Primeiro reinado
Lucas Reis
 
O brasil no século XIX
O brasil no século XIXO brasil no século XIX
O brasil no século XIX
Camila Souza
 
A família real no brasil até independencia
A família real no brasil até independenciaA família real no brasil até independencia
A família real no brasil até independencia
daviprofessor
 
Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasil Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasil
Anderson Torres
 
Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820
Maria Gomes
 
Família Real no Brasil, Independência e Primeiro Reinado
Família Real no Brasil, Independência e Primeiro ReinadoFamília Real no Brasil, Independência e Primeiro Reinado
Família Real no Brasil, Independência e Primeiro Reinado
Valéria Shoujofan
 
Cap. 04 primeiro reinado
Cap. 04   primeiro reinadoCap. 04   primeiro reinado
Cap. 04 primeiro reinado
Evanildo Pitombeira
 
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
Marco Aurélio Gondim
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
Isabel Aguiar
 
35 revolução liberal de 1820
35   revolução liberal de 182035   revolução liberal de 1820
35 revolução liberal de 1820
Carla Freitas
 
Brasil colônia 4
Brasil colônia 4Brasil colônia 4
Brasil colônia 4
harlissoncarvalho
 
Independência Brasil (1).pptx
Independência Brasil (1).pptxIndependência Brasil (1).pptx
Independência Brasil (1).pptx
MichaelAgnes2
 
Capitulo 09 10 independencia do brasil
Capitulo 09 10 independencia do brasilCapitulo 09 10 independencia do brasil
Capitulo 09 10 independencia do brasil
Educandário Imaculada Conceição
 
Revliberal1820
Revliberal1820Revliberal1820
Revliberal1820
José Lopes
 
A fr no brasil e a independência
A fr no brasil e a independênciaA fr no brasil e a independência
A fr no brasil e a independência
Wilton Moretto
 
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASILEMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
Isabel Aguiar
 

Semelhante a História do Brasil - Aula 6 (20)

O processo da independência
O processo da independênciaO processo da independência
O processo da independência
 
Processo de independência
Processo de independênciaProcesso de independência
Processo de independência
 
Família real no brasil
Família real no brasilFamília real no brasil
Família real no brasil
 
Resumo processo de independência do brasil
Resumo   processo de independência do brasilResumo   processo de independência do brasil
Resumo processo de independência do brasil
 
Primeiro reinado
Primeiro reinadoPrimeiro reinado
Primeiro reinado
 
O brasil no século XIX
O brasil no século XIXO brasil no século XIX
O brasil no século XIX
 
A família real no brasil até independencia
A família real no brasil até independenciaA família real no brasil até independencia
A família real no brasil até independencia
 
Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasil Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasil
 
Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820
 
Família Real no Brasil, Independência e Primeiro Reinado
Família Real no Brasil, Independência e Primeiro ReinadoFamília Real no Brasil, Independência e Primeiro Reinado
Família Real no Brasil, Independência e Primeiro Reinado
 
Cap. 04 primeiro reinado
Cap. 04   primeiro reinadoCap. 04   primeiro reinado
Cap. 04 primeiro reinado
 
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
35 revolução liberal de 1820
35   revolução liberal de 182035   revolução liberal de 1820
35 revolução liberal de 1820
 
Brasil colônia 4
Brasil colônia 4Brasil colônia 4
Brasil colônia 4
 
Independência Brasil (1).pptx
Independência Brasil (1).pptxIndependência Brasil (1).pptx
Independência Brasil (1).pptx
 
Capitulo 09 10 independencia do brasil
Capitulo 09 10 independencia do brasilCapitulo 09 10 independencia do brasil
Capitulo 09 10 independencia do brasil
 
Revliberal1820
Revliberal1820Revliberal1820
Revliberal1820
 
A fr no brasil e a independência
A fr no brasil e a independênciaA fr no brasil e a independência
A fr no brasil e a independência
 
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASILEMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
 

Mais de fernandacarolinestang

Revisão Enem 2017
Revisão Enem 2017Revisão Enem 2017
Revisão Enem 2017
fernandacarolinestang
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
fernandacarolinestang
 
Revolução francesa (1789 1799)
Revolução francesa (1789 1799)Revolução francesa (1789 1799)
Revolução francesa (1789 1799)
fernandacarolinestang
 
A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
fernandacarolinestang
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
fernandacarolinestang
 
As revoluções inglesas
As revoluções inglesasAs revoluções inglesas
As revoluções inglesas
fernandacarolinestang
 
O reino dos francos e a formação do feudalismo
O reino dos francos e a formação do feudalismoO reino dos francos e a formação do feudalismo
O reino dos francos e a formação do feudalismo
fernandacarolinestang
 
A baixa idade média
A baixa idade médiaA baixa idade média
A baixa idade média
fernandacarolinestang
 
Os modernos estados nacionais
Os modernos estados nacionaisOs modernos estados nacionais
Os modernos estados nacionais
fernandacarolinestang
 
Civilização Romana - Império
Civilização Romana - ImpérioCivilização Romana - Império
Civilização Romana - Império
fernandacarolinestang
 
Roma Antiga Editado
Roma Antiga EditadoRoma Antiga Editado
Roma Antiga Editado
fernandacarolinestang
 
Civilização grega II
Civilização grega IICivilização grega II
Civilização grega II
fernandacarolinestang
 
A civilização grega i
A civilização grega iA civilização grega i
A civilização grega i
fernandacarolinestang
 
As civilizações do antigo oriente
As civilizações do antigo orienteAs civilizações do antigo oriente
As civilizações do antigo oriente
fernandacarolinestang
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persas
fernandacarolinestang
 
Introdução ao estudo da história e Pré-História
Introdução ao estudo da história e Pré-HistóriaIntrodução ao estudo da história e Pré-História
Introdução ao estudo da história e Pré-História
fernandacarolinestang
 
História do brasil 10
História do brasil 10História do brasil 10
História do brasil 10
fernandacarolinestang
 

Mais de fernandacarolinestang (17)

Revisão Enem 2017
Revisão Enem 2017Revisão Enem 2017
Revisão Enem 2017
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Revolução francesa (1789 1799)
Revolução francesa (1789 1799)Revolução francesa (1789 1799)
Revolução francesa (1789 1799)
 
A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
 
As revoluções inglesas
As revoluções inglesasAs revoluções inglesas
As revoluções inglesas
 
O reino dos francos e a formação do feudalismo
O reino dos francos e a formação do feudalismoO reino dos francos e a formação do feudalismo
O reino dos francos e a formação do feudalismo
 
A baixa idade média
A baixa idade médiaA baixa idade média
A baixa idade média
 
Os modernos estados nacionais
Os modernos estados nacionaisOs modernos estados nacionais
Os modernos estados nacionais
 
Civilização Romana - Império
Civilização Romana - ImpérioCivilização Romana - Império
Civilização Romana - Império
 
Roma Antiga Editado
Roma Antiga EditadoRoma Antiga Editado
Roma Antiga Editado
 
Civilização grega II
Civilização grega IICivilização grega II
Civilização grega II
 
A civilização grega i
A civilização grega iA civilização grega i
A civilização grega i
 
As civilizações do antigo oriente
As civilizações do antigo orienteAs civilizações do antigo oriente
As civilizações do antigo oriente
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persas
 
Introdução ao estudo da história e Pré-História
Introdução ao estudo da história e Pré-HistóriaIntrodução ao estudo da história e Pré-História
Introdução ao estudo da história e Pré-História
 
História do brasil 10
História do brasil 10História do brasil 10
História do brasil 10
 

Último

Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
CarolineSaback2
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
tamirissousa11
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 

História do Brasil - Aula 6

  • 1. HISTÓRIA DO BRASIL 6 PERÍODO JOANINO Cursinho Popular Unioeste Fernanda Caroline Stang
  • 2. QUEDA DO ANTIGO REGIME • Revolução Industrial x Mercantilismo • Revolução Francesa x Absolutismo • Independência dos EUA x Interesses da colônia e da metrópole • Independência: sem luta armada, sem participação popular, sem riscos
  • 3. POR QUE D. JOÃO VEIO PARA O BRASIL? Contexto: • Expansão napoleônica • França x Inglaterra • Bloqueio Continental • 1808 – Chegada da família real ao Brasil
  • 4. ADMINISTRAÇÃO JOANINA • Abertura dos portos às nações amigas. • Fim do Pacto Colonial • Independência econômica do Brasil em relação à Portugal. • Criação de um aparelho de governo e administração • Orientação econômica e social • Transferência de Lisboa para o Rio de Janeiro o centro de autoridade política do Brasil.
  • 5. 1810 – TRATADO DE ALIANÇA E AMIZADE, COMÉRCIO E NAVEGAÇÃO • Ingleses aqui residentes teriam plena liberdade religiosa e seriam julgados em qualquer caso por juízes ingleses. • O governo português comprometia-se a abolir gradualmente o trabalho escravo. • Tarifas alfandegárias: • Ingleses – 15% • Portugueses – 16% • Demais nações – 24% • Significado: da dependência econômica portuguesa para a dependência econômica inglesa.
  • 6. ADMINISTRAÇÃO JOANINA • Imprensa Régia • Academia Real Militar • Biblioteca Pública • Banco do Brasil • Jardim Botânico • Missão artística
  • 7. ADMINISTRAÇÃO JOANINA • 1815 – Brasil se torna “Reino Unido” • Capital – Rio de Janeiro • Invasão à Guiana Francesa • Anexação da Província Cisplatina
  • 9. E O QUE ACONTECIA EM PORTUGAL? • Até 1815 – Domínio francês • Queda de Napoleão – domínio inglês • 1820 – Revolução Liberal do Porto • Elite portuguesa volta ao poder • Cortes (parlamento) • Constituição liberal (fim do absolutismo) • D. João retorna a Portugal sob pena de perder o direito ao trono • 1821 – D. Pedro assume adm Brasil
  • 10. A REGÊNCIA DE D. PEDRO 1821-1822
  • 11. O QUE ESTAVA ROLANDO • Política recolonizadora das cortes de Lisboa • Dia do “Fico” (9 de janeiro) • Nenhuma lei de Lisboa seria obedecida sem o “cumpra-se” do regente. • Convocação de uma Assembleia Constituinte que deveria organizar uma constituição para o Brasil. • Considerar inimigas quaisquer tropas enviadas por Portugal. • Proibição da posse de funcionários enviados por Lisboa. • José Bonifácio – representante da aristocracia e verdadeiro articulador da independência
  • 12. INDEPENDÊNCIA OU MORTE 7 de setembro de 1822
  • 13. CONSEQUÊNCIAS IMEDIATAS • O Brasil continuou um país.... • Agrário • Latifundiário • Escravista • Dependente do mercado externo
  • 14. PRIMEIRO REINADO (1822-1831) • Revoltas internas – portugueses • Reconhecimento externo • EUA – primeiro país a reconhecer a independência brasileira • Doutrina Monroe – “A América para os americanos” • Aristocracia rural no poder • Não queriam mudanças socioeconômicas • A monarquia lhes convinha • Privilégios econômicos da elite • Aliança com a Inglaterra
  • 15. PRIMEIRO REINADO (1822-1831) • 1825 – Exigências portuguesas • O pagamento de 2 milhões de libras esterlinas a título de indenização. • O título honorário, dado a D. João VI, de imperador do Brasil
  • 16. PRIMEIRA CONSTITUIÇÃO DO BRASIL • Centrada nos interesses dos proprietários rurais. • Anteprojeto – Constituição da Mandioca • Liberal e antilusitano • Voto censitário • Limitava os poderes de D. Pedro e dos portugueses no Brasil • Noite da Agonia • Assembleia dissolvida • Vários constituintes presos, inclusive os irmãos Andrada • Constituição de D. Pedro • Manteve o caráter liberal da Monarquia Constituicional do anteprojeto • Manteve o voto censitário • Poder Moderador – Centralização do poder
  • 17. PRIMEIRA CONSTITUIÇÃO DO BRASIL • Outorgada em 1824 • Submissão da igreja ao Estado • O Senado tornou-se vitalício. • Igreja Católica – religião oficial do Estado • Foi garantida a liberdade religiosa • Brasil dividido em províncias • As eleições para a assembleia tornaram-se indiretas
  • 18. POR QUE D. PEDRO ABDICOU? • Fechamento da constituinte -> rompimento com a elite rural -> fica isolado politicamente • Reação dos setores médios e populares contra o imperador: • Crise econômica • Confederação do Equador (PE) – Frei Caneca • Adesão de outras províncias • Chegaram a proclamar a República • Constituição da Colômbia • Impostos • Centralização política • Guerra contra os Argentinos pelo Uruguai
  • 19. POR QUE D. PEDRO ABDICOU? • Morte de D. João • Censura à imprensa • D. Pedro abdica em favor de seu filho mais velho, na época com 5 anos de idade. • A abdicação de D. Pedro encerra o processo de independência. • Consolidação do grupo agrário no poder e afastamento definitivo do perigo da recolonização.