SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
DIREITO AULA 001
HISTÓRIAANTROPOLOGIA
FABRÍCIO CARLOS ZANIN
PALMAS
SEJAM
BEM VIND@S!
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR
# NOME
# FORMAÇÃO
# ÁREAS DE INTERESSE
# HORÁRIOS
# PLANOS
# FORA DA SALA DE AULA
professorzanin.t
k
APRESENTAÇÃO
DOS ALUNOS
# QUESTIONÁRIO
NOME  IDADE  CIDADE MORA  TRABALHO  EMAIL  TELEFONE WHATSAPP
APRESENTAÇÃO
DA DISCIPLINA
# PLANO DE ENSINOANTES, GRUPO DO WHATSAPP DA DISCIPLINA. QUEM?
CURSO Direito
ANOSEMESTRE 2016/1 TURMA 20161 PERÍODO 1º
DISCIPLINA História e Antropologia do Direito CÓDIGO 016002002
CARGA HORÁRIA TOTAL 30h TEÓRICA 30h
PROFESSOR Fabrício Carlos Zanin
EMAIL <fabriciozanin@gmail.com>.
EMAIL <fabricio.cz@unitins.br>.
LATTES <lattes.cnpq.br/3258935280144372>.
FACEBOOK <fabriciocarlos.zanin>.
BLOG <professorzanin.blogspot.com.br>.
LINKEDIN <fabrício-carlos-zanin>.
Estudo crítico das características evolutivas do direito,
desde suas primeiras manifestações até a
contemporaneidade, com abordagem especial de aspectos
relevantes da evolução histórica e cultural do direito.
Movimentos étnico-culturais. Método e conceitos básicos
da história e da antropologia. Estudo da história e da
antropologia e suas relações com o direito. Antropologia
contemporânea e escolas nacionais. História e suas
escolas teóricas.
Introduzir o aluno no campo da ciência histórica e
antropológica, familiarizando-o com seus objetos e os
métodos e, a seguir, mostrar sua importância para uma
abordagem mais ampla, profunda, humanista e radical da
ciência jurídica, fazendo-o compreender a complexidade
do fenômeno jurídico.
Com base nos processos de construção de conhecimento
mediante autonomia e interdisciplinaridade, o conteúdo da
disciplina será desenvolvido através de uma metodologia
dialética, expressa na prática docente através de pesquisas,
debates e discussões, seminários, estudo de textos, de casos,
solução de problemas e estudo da realidade, além de aulas
expositivas e dialogadas.
Os recursos utilizados serão visuais, auditivos, audiovisuais e
tecnológicos. Os recursos visuais serão: lousa, desenhos,
gráficos, fluxogramas, mapas mentais, revistas, jornais, etc. Os
recursos auditivos serão: músicas, rádio, you tube, etc. Os
recursos audiovisuais serão filmes, documentários, slides, etc.
Os recursos tecnológicos serão: e-mail, blog, ambiente virtual de
aprendizagem (EDUC@), redes sociais, etc.
AVALIAÇÕES
A1
REGRAS DATA CONTEÚDO VALOR
A1 20 questões.
Objetivas.
Sem consulta.
Individual.
15abr A1-A8 7.0
0.35 cada
Intermediária
A1
20 questões.
Objetivas.
Sem consulta.
Individual.
11mar A1-A4 2.0
0.1 cada
Trabalhos
Coletivos
01 e 02
Grupos.
Em sala.
26fev
01abr
A3 e A7 0.5 + 0.5
AVALIAÇÕES
A2
REGRAS DATA CONTEÚDO VALOR
A2 20 questões.
Objetivas.
Sem consulta.
Individual.
21jun A10-A18 7.0
0.35 cada
Intermediária
A2
20 questões.
Objetivas.
Sem consulta.
Individual.
27maio A10-A14 2.0
0.1 cada
Trabalhos
Coletivos
03 e 04
Grupos.
Em sala.
06maio
10jun
A12 e A17 0.5 + 0.5
EXAME
FINAL
REGRAS DATA CONTEÚDO VALOR
Exame final 30 questões.
Objetivas.
Sem consulta.
Individual.
01jul A1-19 10.0
0.34 cada
1 A ciência da história e seu contato com a ciência do
direito nas sociedades primitivas
2 Mesopotâmia e Egito, Direito Hebraico
3 Direito Grego e Direito Romano
4 Idade Média e Direito Germânico
5 Direito Canônico, Inquisição e Modernidade
6 Direito Islâmico, Direito Indiano e Direito Chinês
7 Direito no Brasil: Colônia, Império e República
8 Antropologia cultural: objeto e método. Dinamismo e
evolução
9 Evolucionismo e difusionismo
10 Funcionalismo e estruturalismo
11 Diferenciação social e parentesco
12 Economia e política
13 Religião, linguagem e comunicação
14 Artes e folclore
De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Direito
(DCN, Res. N.9, MEC, CNE, CES, de 2004), a história do direito e a
antropologia jurídica são disciplinas que fazem parte do eixo de formação
fundamental do profissional bacharel em Direito.
Como tais, essas disciplinas são, na sua essência, interdisciplinares, pois
fundamentam-se no contato da ciência jurídica com outras ciências – no caso,
história e antropologia – a partir de metodologias inter-, trans- e
multidisciplinares, resultantes de um amplo debate na filosofia da ciência ou
epistemologia contemporânea.
Não se trata apenas do contato externo da ciência jurídica com outras
ciências, mas também e fundamentalmente do contato interno, ou seja, desta
disciplina com outras disciplinas da própria ciência jurídica.
ASSIS, Olney Queiroz; KUMPEL, Vitor Frederico. Manual de
Antropologia Jurídica. São Paulo: Saraiva.
COLAÇO, Thais Luzia. Elementos de Antropologia Jurídica. São
Paulo: Conceito Editorial.
PAULINO, Gustavo Smizmaul. Antropologia Jurídica – Coleção
Roteiros Jurídicos. São Paulo: Saraiva.
NASCIMENTO, Walter Vieira do. Lições de História do Direito. São
Paulo: Forense.
NEDER, Gislene. História e Direito: jogos de encontros e
transdiciplinaridade. São Paulo: Revan.
SILVA, Ângelo Roberto Ilha da. Da inimputabilidade penal em face
do atual desenvolvimento da psicopatologia e da antropologia.
Porto Alegre: Livraria do Advogado.
ALVES, Elizete Lanzoni. Iniciação à Antropologia Jurídica: por onde
caminha a humanidade? São Paulo: Conceito.
KANT, Roberto Lima. Ensaios de Antropologia e Direito. São Paulo:
Lumen Juris.
GUEDES, Armando Marques. Entre Factos e Razões: contextos e
enquadramentos da Antropologia Jurídica. Lisboa: Almedina.
COULANGES, Fustel de. A Cidade Antiga. São Paulo: Edipro.
CASTRO, Flávia Lages de. História do Direito: Geral e do Brasil. São
Paulo: Lumen Juris.
<http:www.estadodedireito.com.br>.
<http:www.conpedi.org.br>.
<http://www.scielo.org>.
<http://www.capes.gov.br>.
<http://scholar.google.com.br>.
<http://www.ihuonline.unisinos.br/>.
<http://www.dhnet.org.br/>.
<http://www.abant.org.br/>.
<http://www.aibr.org/>.
<http://ww.ibhd.org.br>.
<http://www.4shared.com/>.
<http://pt.scribd.com/>.
<http://www.youtube.com/>.
<http://www.stf.jus.br>.
<http://www.todospelaeducacao.org.br/>.
<http://www.direitodoestado.com/revista>.
<http://www.direitopublico.com.br>.
<http://www.dominiopublico.gov.br>.
<http://www.academia.edu>.
<http://www.passeidireto.com.br>.
AULA DATA CONTEÚDOS
AULA01 12fev Apresentação professor, alunos e disciplina. Conceitos de
história, de antropologia e de Direito.
AULA02 19fev Mesopotâmia e Egito. Direito Hebraico
AULA03 26fev Direito Grego e Direito Romano
TRABALHO COLETIVO 01
AULA04 04mar Idade Média e Direito Germânico
AULA05 11mar INTERMEDIÁRIA A1
AULA06 18mar Direito Canônico, Inquisição e Modernidade
AULA07 01abr Direito Islâmico, Direito Indiano e Direito Chinês
TRABALHO COLETIVO 02
AULA08 08abr Direito no Brasil: Colônia, Império e República
AULA09 15abr AVALIAÇÃO A1
AULA DATA CONTEÚDOS
AULA10 22abr Antropologia cultural: objeto e método. Dinamismo e
evolução
AULA11 29abr Evolucionismo e difusionismo
AULA12 06maio Funcionalismo e estruturalismo
TRABALHO COLETIVO 03
AULA13 13maio Diferenciação social e parentesco
AULA14 20maio FERIADO – ATIVIDADE EDUC@
AULA15 27maio INTERMEDIÁRIA A2
AULA16 03jun Economia e política
AULA17 10jun Religião, linguagem e comunicação
TRABALHO COLETIVO 04
AULA18 17jun Artes e folclore
AULA19 24jun AVALIAÇÃO A2
PARA QUÊ ESTUDAR HISTÓRIADIREITO?
# FORMAÇÃO HUMANÍSTICA CNJ 2009
# DOGMÁTICA E ZETÉTICA
# DESNATURALIZAR E DESCONSTRUIR
PARA QUÊ ESTUDAR ANTROPOLOGIADIREITO?
# FORMAÇÃO HUMANÍSTICA CNJ 2009
# DOGMÁTICA E ZETÉTICA
# VIRADA ANTROPOLÓGICA
# CULTURALIZAR!
FRASES PARA REFLEXÃO
# NÃO HÁ DIREITO SEM O SER HUMANO
# NÃO HÁ SER HUMANO FORA DA CULTURA
# NÃO HÁ CULTURA FORA DA HISTÓRIA
QUAIS LIVROS O PROFESSOR VAI USAR?
1 MACIEL, José Fábio Rodrigues; AGUIAR,
Renan. História do Direito. 6.ed. São
Paulo: Saraiva, 2013.
2 MELLO, Luiz Gonzaga de. Antropologia
Cultural. 19.ed. Petrópolis: Vozes, 2013.
ONDE ENCONTRAR OS LIVROS?
1 EDUC@
2 BLOG
OBRIGADO
BONS ESTUDOS!
ATÉ A PRÓXIMA!
HA001
HA001
HA001
HA001

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Trabalho final do brasil colonial renata e grupo(6)
Trabalho final do brasil colonial renata e grupo(6)Trabalho final do brasil colonial renata e grupo(6)
Trabalho final do brasil colonial renata e grupo(6)Renata A. R.
 
Aula de revisao_-_antropologia_juridica
Aula de revisao_-_antropologia_juridicaAula de revisao_-_antropologia_juridica
Aula de revisao_-_antropologia_juridicaElenir Flores
 
20923217 resumo-historia-do-direito
20923217 resumo-historia-do-direito20923217 resumo-historia-do-direito
20923217 resumo-historia-do-direito82jonas
 
Antropologia jurídica.
Antropologia jurídica. Antropologia jurídica.
Antropologia jurídica. Direito2012sl08
 
Resumão de história do direito
Resumão de história do direitoResumão de história do direito
Resumão de história do direitoInsinuante
 

Destaque (11)

021.HIST.ANT.AUG
021.HIST.ANT.AUG021.HIST.ANT.AUG
021.HIST.ANT.AUG
 
REVISAO.A1.HIST.ANT.AUG
REVISAO.A1.HIST.ANT.AUGREVISAO.A1.HIST.ANT.AUG
REVISAO.A1.HIST.ANT.AUG
 
Trabalho final do brasil colonial renata e grupo(6)
Trabalho final do brasil colonial renata e grupo(6)Trabalho final do brasil colonial renata e grupo(6)
Trabalho final do brasil colonial renata e grupo(6)
 
HA013
HA013HA013
HA013
 
Aula de revisao_-_antropologia_juridica
Aula de revisao_-_antropologia_juridicaAula de revisao_-_antropologia_juridica
Aula de revisao_-_antropologia_juridica
 
Aula 1 para ead
Aula 1 para eadAula 1 para ead
Aula 1 para ead
 
20923217 resumo-historia-do-direito
20923217 resumo-historia-do-direito20923217 resumo-historia-do-direito
20923217 resumo-historia-do-direito
 
Antropologia jurídica.
Antropologia jurídica. Antropologia jurídica.
Antropologia jurídica.
 
Historia do Direito
Historia do DireitoHistoria do Direito
Historia do Direito
 
Resumão de história do direito
Resumão de história do direitoResumão de história do direito
Resumão de história do direito
 
Antropologia
AntropologiaAntropologia
Antropologia
 

Semelhante a HA001

Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 02 - saiba mais
Metolodogia   daniela cartoni - slides - parte 02 - saiba maisMetolodogia   daniela cartoni - slides - parte 02 - saiba mais
Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 02 - saiba maisDaniela Cartoni
 
Conhecimento e Ciência
Conhecimento e CiênciaConhecimento e Ciência
Conhecimento e CiênciaRobson Santos
 
Programação geral-iii-ciepe
Programação geral-iii-ciepeProgramação geral-iii-ciepe
Programação geral-iii-ciepealdosiebert
 
Educacao_Estetica_-_volume_2_Final.pdf
Educacao_Estetica_-_volume_2_Final.pdfEducacao_Estetica_-_volume_2_Final.pdf
Educacao_Estetica_-_volume_2_Final.pdfDirceGrein
 
Metodologia do Trabalho Científico
Metodologia do Trabalho CientíficoMetodologia do Trabalho Científico
Metodologia do Trabalho Científicosilviofsouza
 
Base de dados Scopus
Base de dados ScopusBase de dados Scopus
Base de dados ScopusLarissa Moura
 
O processo de bolonha e a universidade de aveiro: estudo exploratório
O processo de bolonha e a universidade de aveiro: estudo exploratórioO processo de bolonha e a universidade de aveiro: estudo exploratório
O processo de bolonha e a universidade de aveiro: estudo exploratórioArie Storch
 
A Interlocução de Saberes na Antropologia
A Interlocução de Saberes na AntropologiaA Interlocução de Saberes na Antropologia
A Interlocução de Saberes na AntropologiaAtena Editora
 
Ética um olhar sobre a formação e a prática arquivística
Ética um olhar sobre a formação e a prática arquivísticaÉtica um olhar sobre a formação e a prática arquivística
Ética um olhar sobre a formação e a prática arquivísticaMônica Guimarães
 
Folder feira da cultura 2010
Folder feira da cultura 2010Folder feira da cultura 2010
Folder feira da cultura 2010Reinaldo14
 
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...Essevalter de Sousa
 
Reunião pedagogica com foco em metodologias ativas
Reunião pedagogica com  foco em metodologias ativasReunião pedagogica com  foco em metodologias ativas
Reunião pedagogica com foco em metodologias ativasjosenavas87
 
Calendário tradicional 2016
Calendário tradicional 2016 Calendário tradicional 2016
Calendário tradicional 2016 UNIPLETRAS
 

Semelhante a HA001 (20)

Na Estante da Moda
Na Estante da ModaNa Estante da Moda
Na Estante da Moda
 
Aula inaugural 2011
Aula inaugural 2011Aula inaugural 2011
Aula inaugural 2011
 
Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 02 - saiba mais
Metolodogia   daniela cartoni - slides - parte 02 - saiba maisMetolodogia   daniela cartoni - slides - parte 02 - saiba mais
Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 02 - saiba mais
 
Conhecimento e Ciência
Conhecimento e CiênciaConhecimento e Ciência
Conhecimento e Ciência
 
Programação geral-iii-ciepe
Programação geral-iii-ciepeProgramação geral-iii-ciepe
Programação geral-iii-ciepe
 
Ementas das disciplinas grade nova 2011
Ementas das disciplinas grade nova 2011Ementas das disciplinas grade nova 2011
Ementas das disciplinas grade nova 2011
 
Educacao_Estetica_-_volume_2_Final.pdf
Educacao_Estetica_-_volume_2_Final.pdfEducacao_Estetica_-_volume_2_Final.pdf
Educacao_Estetica_-_volume_2_Final.pdf
 
Pesquisa científica em Direito
Pesquisa científica em DireitoPesquisa científica em Direito
Pesquisa científica em Direito
 
Metodologia do Trabalho Científico
Metodologia do Trabalho CientíficoMetodologia do Trabalho Científico
Metodologia do Trabalho Científico
 
Aula1
Aula1Aula1
Aula1
 
Base de dados Scopus
Base de dados ScopusBase de dados Scopus
Base de dados Scopus
 
O processo de bolonha e a universidade de aveiro: estudo exploratório
O processo de bolonha e a universidade de aveiro: estudo exploratórioO processo de bolonha e a universidade de aveiro: estudo exploratório
O processo de bolonha e a universidade de aveiro: estudo exploratório
 
A Interlocução de Saberes na Antropologia
A Interlocução de Saberes na AntropologiaA Interlocução de Saberes na Antropologia
A Interlocução de Saberes na Antropologia
 
Ética um olhar sobre a formação e a prática arquivística
Ética um olhar sobre a formação e a prática arquivísticaÉtica um olhar sobre a formação e a prática arquivística
Ética um olhar sobre a formação e a prática arquivística
 
Folder feira da cultura 2010
Folder feira da cultura 2010Folder feira da cultura 2010
Folder feira da cultura 2010
 
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
 
Buriti 5 ciencias
Buriti 5 cienciasBuriti 5 ciencias
Buriti 5 ciencias
 
Reunião pedagogica com foco em metodologias ativas
Reunião pedagogica com  foco em metodologias ativasReunião pedagogica com  foco em metodologias ativas
Reunião pedagogica com foco em metodologias ativas
 
Calendário tradicional 2016
Calendário tradicional 2016 Calendário tradicional 2016
Calendário tradicional 2016
 
Carta sobreplagio (1)
Carta sobreplagio (1)Carta sobreplagio (1)
Carta sobreplagio (1)
 

Mais de Fabrício Carlos Zanin

EnsinarAFilosofarDaEdBasicaÀUniversidade.pptx
EnsinarAFilosofarDaEdBasicaÀUniversidade.pptxEnsinarAFilosofarDaEdBasicaÀUniversidade.pptx
EnsinarAFilosofarDaEdBasicaÀUniversidade.pptxFabrício Carlos Zanin
 
LEGISLAÇÃO EDUCAÇÃO DO CAMPO AULA 5
LEGISLAÇÃO EDUCAÇÃO DO CAMPO AULA 5LEGISLAÇÃO EDUCAÇÃO DO CAMPO AULA 5
LEGISLAÇÃO EDUCAÇÃO DO CAMPO AULA 5Fabrício Carlos Zanin
 
SOCIOLOGIA/ANTROPOLOGIA JURÍDICAS — AULA 3
SOCIOLOGIA/ANTROPOLOGIA JURÍDICAS — AULA 3SOCIOLOGIA/ANTROPOLOGIA JURÍDICAS — AULA 3
SOCIOLOGIA/ANTROPOLOGIA JURÍDICAS — AULA 3Fabrício Carlos Zanin
 
CONVERSA ASSISTENCIA ESTUDANTIL E CALOUROS
CONVERSA ASSISTENCIA ESTUDANTIL E CALOUROSCONVERSA ASSISTENCIA ESTUDANTIL E CALOUROS
CONVERSA ASSISTENCIA ESTUDANTIL E CALOUROSFabrício Carlos Zanin
 
ORIENTAÇÕES SECRETARIA PARA CALOUROS UFT/UFNT
ORIENTAÇÕES SECRETARIA PARA CALOUROS UFT/UFNTORIENTAÇÕES SECRETARIA PARA CALOUROS UFT/UFNT
ORIENTAÇÕES SECRETARIA PARA CALOUROS UFT/UFNTFabrício Carlos Zanin
 
EXPOMATEC - MÉTODOS DE ENSINO JURÍDICOS
EXPOMATEC - MÉTODOS DE ENSINO JURÍDICOSEXPOMATEC - MÉTODOS DE ENSINO JURÍDICOS
EXPOMATEC - MÉTODOS DE ENSINO JURÍDICOSFabrício Carlos Zanin
 

Mais de Fabrício Carlos Zanin (20)

EnsinarAFilosofarDaEdBasicaÀUniversidade.pptx
EnsinarAFilosofarDaEdBasicaÀUniversidade.pptxEnsinarAFilosofarDaEdBasicaÀUniversidade.pptx
EnsinarAFilosofarDaEdBasicaÀUniversidade.pptx
 
LEGISLAÇÃO EDUCAÇÃO DO CAMPO AULA 5
LEGISLAÇÃO EDUCAÇÃO DO CAMPO AULA 5LEGISLAÇÃO EDUCAÇÃO DO CAMPO AULA 5
LEGISLAÇÃO EDUCAÇÃO DO CAMPO AULA 5
 
SOCIOLOGIA/ANTROPOLOGIA JURÍDICAS — AULA 3
SOCIOLOGIA/ANTROPOLOGIA JURÍDICAS — AULA 3SOCIOLOGIA/ANTROPOLOGIA JURÍDICAS — AULA 3
SOCIOLOGIA/ANTROPOLOGIA JURÍDICAS — AULA 3
 
DIREITO CIVIL - AULA 2 - 20212
DIREITO CIVIL - AULA 2 - 20212DIREITO CIVIL - AULA 2 - 20212
DIREITO CIVIL - AULA 2 - 20212
 
CONVERSA ASSISTENCIA ESTUDANTIL E CALOUROS
CONVERSA ASSISTENCIA ESTUDANTIL E CALOUROSCONVERSA ASSISTENCIA ESTUDANTIL E CALOUROS
CONVERSA ASSISTENCIA ESTUDANTIL E CALOUROS
 
CONVERSA DA BIBLIOTECA COM CALOUROS
CONVERSA DA BIBLIOTECA COM CALOUROSCONVERSA DA BIBLIOTECA COM CALOUROS
CONVERSA DA BIBLIOTECA COM CALOUROS
 
ORIENTAÇÕES SECRETARIA PARA CALOUROS UFT/UFNT
ORIENTAÇÕES SECRETARIA PARA CALOUROS UFT/UFNTORIENTAÇÕES SECRETARIA PARA CALOUROS UFT/UFNT
ORIENTAÇÕES SECRETARIA PARA CALOUROS UFT/UFNT
 
recepção calouros direito UFT 20212
recepção calouros direito UFT 20212recepção calouros direito UFT 20212
recepção calouros direito UFT 20212
 
UFPA DOUTORADO SELEÇÃO
UFPA DOUTORADO SELEÇÃOUFPA DOUTORADO SELEÇÃO
UFPA DOUTORADO SELEÇÃO
 
SLIDES.EDUC.CAMPO
SLIDES.EDUC.CAMPOSLIDES.EDUC.CAMPO
SLIDES.EDUC.CAMPO
 
BemViverIndígena002
BemViverIndígena002BemViverIndígena002
BemViverIndígena002
 
BemViverIndígena001
BemViverIndígena001BemViverIndígena001
BemViverIndígena001
 
EXPOMATEC - MÉTODOS DE ENSINO JURÍDICOS
EXPOMATEC - MÉTODOS DE ENSINO JURÍDICOSEXPOMATEC - MÉTODOS DE ENSINO JURÍDICOS
EXPOMATEC - MÉTODOS DE ENSINO JURÍDICOS
 
Apinajé
ApinajéApinajé
Apinajé
 
CONTEUDISTA013
CONTEUDISTA013CONTEUDISTA013
CONTEUDISTA013
 
CONTEUDISTA012
CONTEUDISTA012CONTEUDISTA012
CONTEUDISTA012
 
CONTEUDISTA011
CONTEUDISTA011CONTEUDISTA011
CONTEUDISTA011
 
CONTEUDISTA010
CONTEUDISTA010CONTEUDISTA010
CONTEUDISTA010
 
CONTEUDISTA009
CONTEUDISTA009CONTEUDISTA009
CONTEUDISTA009
 
CONTEUDISTA008
CONTEUDISTA008CONTEUDISTA008
CONTEUDISTA008
 

Último

Modelo de Avaliação da Deficiência no Brasil
Modelo de Avaliação da Deficiência no BrasilModelo de Avaliação da Deficiência no Brasil
Modelo de Avaliação da Deficiência no Brasilsandro361638
 
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...Fábio Peres
 
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...SimoneDrumondIschkan
 
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITOMAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITOLuanReisfp
 
Efeito doença nas férias na Administração Pública
Efeito doença nas férias na Administração PúblicaEfeito doença nas férias na Administração Pública
Efeito doença nas férias na Administração Públicaapseabra
 
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da SilvaFábio Peres
 
Direito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
Direito tributário.pdf para alunos do curso de DireitoDireito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
Direito tributário.pdf para alunos do curso de DireitoMariaLeonardo24
 

Último (7)

Modelo de Avaliação da Deficiência no Brasil
Modelo de Avaliação da Deficiência no BrasilModelo de Avaliação da Deficiência no Brasil
Modelo de Avaliação da Deficiência no Brasil
 
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
[Modelo] Igreja Evangélica - Ata de fundação, aprovação de estatuto e eleição...
 
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
PARTE 1 2024 Artigo Exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo vir...
 
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITOMAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
MAPA MENTAL Oab 40 DIREITO FILOSOFIA DO DIREITO
 
Efeito doença nas férias na Administração Pública
Efeito doença nas férias na Administração PúblicaEfeito doença nas férias na Administração Pública
Efeito doença nas férias na Administração Pública
 
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
[Modelo] Regimento Interno de Igreja - Fábio Peres da Silva
 
Direito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
Direito tributário.pdf para alunos do curso de DireitoDireito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
Direito tributário.pdf para alunos do curso de Direito
 

HA001

  • 3. APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR # NOME # FORMAÇÃO # ÁREAS DE INTERESSE # HORÁRIOS # PLANOS # FORA DA SALA DE AULA
  • 5. APRESENTAÇÃO DOS ALUNOS # QUESTIONÁRIO NOME IDADE CIDADE MORA TRABALHO EMAIL TELEFONE WHATSAPP
  • 6. APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA # PLANO DE ENSINOANTES, GRUPO DO WHATSAPP DA DISCIPLINA. QUEM?
  • 7. CURSO Direito ANOSEMESTRE 2016/1 TURMA 20161 PERÍODO 1º DISCIPLINA História e Antropologia do Direito CÓDIGO 016002002 CARGA HORÁRIA TOTAL 30h TEÓRICA 30h PROFESSOR Fabrício Carlos Zanin EMAIL <fabriciozanin@gmail.com>. EMAIL <fabricio.cz@unitins.br>. LATTES <lattes.cnpq.br/3258935280144372>. FACEBOOK <fabriciocarlos.zanin>. BLOG <professorzanin.blogspot.com.br>. LINKEDIN <fabrício-carlos-zanin>.
  • 8. Estudo crítico das características evolutivas do direito, desde suas primeiras manifestações até a contemporaneidade, com abordagem especial de aspectos relevantes da evolução histórica e cultural do direito. Movimentos étnico-culturais. Método e conceitos básicos da história e da antropologia. Estudo da história e da antropologia e suas relações com o direito. Antropologia contemporânea e escolas nacionais. História e suas escolas teóricas.
  • 9. Introduzir o aluno no campo da ciência histórica e antropológica, familiarizando-o com seus objetos e os métodos e, a seguir, mostrar sua importância para uma abordagem mais ampla, profunda, humanista e radical da ciência jurídica, fazendo-o compreender a complexidade do fenômeno jurídico.
  • 10. Com base nos processos de construção de conhecimento mediante autonomia e interdisciplinaridade, o conteúdo da disciplina será desenvolvido através de uma metodologia dialética, expressa na prática docente através de pesquisas, debates e discussões, seminários, estudo de textos, de casos, solução de problemas e estudo da realidade, além de aulas expositivas e dialogadas.
  • 11. Os recursos utilizados serão visuais, auditivos, audiovisuais e tecnológicos. Os recursos visuais serão: lousa, desenhos, gráficos, fluxogramas, mapas mentais, revistas, jornais, etc. Os recursos auditivos serão: músicas, rádio, you tube, etc. Os recursos audiovisuais serão filmes, documentários, slides, etc. Os recursos tecnológicos serão: e-mail, blog, ambiente virtual de aprendizagem (EDUC@), redes sociais, etc.
  • 12. AVALIAÇÕES A1 REGRAS DATA CONTEÚDO VALOR A1 20 questões. Objetivas. Sem consulta. Individual. 15abr A1-A8 7.0 0.35 cada Intermediária A1 20 questões. Objetivas. Sem consulta. Individual. 11mar A1-A4 2.0 0.1 cada Trabalhos Coletivos 01 e 02 Grupos. Em sala. 26fev 01abr A3 e A7 0.5 + 0.5
  • 13. AVALIAÇÕES A2 REGRAS DATA CONTEÚDO VALOR A2 20 questões. Objetivas. Sem consulta. Individual. 21jun A10-A18 7.0 0.35 cada Intermediária A2 20 questões. Objetivas. Sem consulta. Individual. 27maio A10-A14 2.0 0.1 cada Trabalhos Coletivos 03 e 04 Grupos. Em sala. 06maio 10jun A12 e A17 0.5 + 0.5
  • 14. EXAME FINAL REGRAS DATA CONTEÚDO VALOR Exame final 30 questões. Objetivas. Sem consulta. Individual. 01jul A1-19 10.0 0.34 cada
  • 15. 1 A ciência da história e seu contato com a ciência do direito nas sociedades primitivas 2 Mesopotâmia e Egito, Direito Hebraico 3 Direito Grego e Direito Romano 4 Idade Média e Direito Germânico 5 Direito Canônico, Inquisição e Modernidade 6 Direito Islâmico, Direito Indiano e Direito Chinês 7 Direito no Brasil: Colônia, Império e República
  • 16. 8 Antropologia cultural: objeto e método. Dinamismo e evolução 9 Evolucionismo e difusionismo 10 Funcionalismo e estruturalismo 11 Diferenciação social e parentesco 12 Economia e política 13 Religião, linguagem e comunicação 14 Artes e folclore
  • 17. De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Direito (DCN, Res. N.9, MEC, CNE, CES, de 2004), a história do direito e a antropologia jurídica são disciplinas que fazem parte do eixo de formação fundamental do profissional bacharel em Direito. Como tais, essas disciplinas são, na sua essência, interdisciplinares, pois fundamentam-se no contato da ciência jurídica com outras ciências – no caso, história e antropologia – a partir de metodologias inter-, trans- e multidisciplinares, resultantes de um amplo debate na filosofia da ciência ou epistemologia contemporânea. Não se trata apenas do contato externo da ciência jurídica com outras ciências, mas também e fundamentalmente do contato interno, ou seja, desta disciplina com outras disciplinas da própria ciência jurídica.
  • 18. ASSIS, Olney Queiroz; KUMPEL, Vitor Frederico. Manual de Antropologia Jurídica. São Paulo: Saraiva. COLAÇO, Thais Luzia. Elementos de Antropologia Jurídica. São Paulo: Conceito Editorial. PAULINO, Gustavo Smizmaul. Antropologia Jurídica – Coleção Roteiros Jurídicos. São Paulo: Saraiva. NASCIMENTO, Walter Vieira do. Lições de História do Direito. São Paulo: Forense. NEDER, Gislene. História e Direito: jogos de encontros e transdiciplinaridade. São Paulo: Revan.
  • 19. SILVA, Ângelo Roberto Ilha da. Da inimputabilidade penal em face do atual desenvolvimento da psicopatologia e da antropologia. Porto Alegre: Livraria do Advogado. ALVES, Elizete Lanzoni. Iniciação à Antropologia Jurídica: por onde caminha a humanidade? São Paulo: Conceito. KANT, Roberto Lima. Ensaios de Antropologia e Direito. São Paulo: Lumen Juris. GUEDES, Armando Marques. Entre Factos e Razões: contextos e enquadramentos da Antropologia Jurídica. Lisboa: Almedina. COULANGES, Fustel de. A Cidade Antiga. São Paulo: Edipro. CASTRO, Flávia Lages de. História do Direito: Geral e do Brasil. São Paulo: Lumen Juris.
  • 21. AULA DATA CONTEÚDOS AULA01 12fev Apresentação professor, alunos e disciplina. Conceitos de história, de antropologia e de Direito. AULA02 19fev Mesopotâmia e Egito. Direito Hebraico AULA03 26fev Direito Grego e Direito Romano TRABALHO COLETIVO 01 AULA04 04mar Idade Média e Direito Germânico AULA05 11mar INTERMEDIÁRIA A1 AULA06 18mar Direito Canônico, Inquisição e Modernidade AULA07 01abr Direito Islâmico, Direito Indiano e Direito Chinês TRABALHO COLETIVO 02 AULA08 08abr Direito no Brasil: Colônia, Império e República AULA09 15abr AVALIAÇÃO A1
  • 22. AULA DATA CONTEÚDOS AULA10 22abr Antropologia cultural: objeto e método. Dinamismo e evolução AULA11 29abr Evolucionismo e difusionismo AULA12 06maio Funcionalismo e estruturalismo TRABALHO COLETIVO 03 AULA13 13maio Diferenciação social e parentesco AULA14 20maio FERIADO – ATIVIDADE EDUC@ AULA15 27maio INTERMEDIÁRIA A2 AULA16 03jun Economia e política AULA17 10jun Religião, linguagem e comunicação TRABALHO COLETIVO 04 AULA18 17jun Artes e folclore AULA19 24jun AVALIAÇÃO A2
  • 23. PARA QUÊ ESTUDAR HISTÓRIADIREITO? # FORMAÇÃO HUMANÍSTICA CNJ 2009 # DOGMÁTICA E ZETÉTICA # DESNATURALIZAR E DESCONSTRUIR
  • 24. PARA QUÊ ESTUDAR ANTROPOLOGIADIREITO? # FORMAÇÃO HUMANÍSTICA CNJ 2009 # DOGMÁTICA E ZETÉTICA # VIRADA ANTROPOLÓGICA # CULTURALIZAR!
  • 25. FRASES PARA REFLEXÃO # NÃO HÁ DIREITO SEM O SER HUMANO # NÃO HÁ SER HUMANO FORA DA CULTURA # NÃO HÁ CULTURA FORA DA HISTÓRIA
  • 26. QUAIS LIVROS O PROFESSOR VAI USAR? 1 MACIEL, José Fábio Rodrigues; AGUIAR, Renan. História do Direito. 6.ed. São Paulo: Saraiva, 2013. 2 MELLO, Luiz Gonzaga de. Antropologia Cultural. 19.ed. Petrópolis: Vozes, 2013.
  • 27. ONDE ENCONTRAR OS LIVROS? 1 EDUC@ 2 BLOG