SlideShare uma empresa Scribd logo
OS GREGOS NO SÉCULO V a.C  O EXEMPLO DE ATENAS
OS GREGOS NO SÉCULO V a.C ATENAS Os Gregos chamavam ao Mundo Grego antigo:  HÉLADE E a si mesmos :  Helenos ou MUNDO HELÉNICO (os habitantes da Hélade) Mas o que era a Mundo Helénico no Século V a. C ?  (observa o mapa no diapositivo seguinte)
MUNDO HELÉNICO Grécia Continental ; Peninsular; Balcânica Grécia Asiática Cidades costeiras da Ásia Menor Grécia Insular  - Ilhas do Mar Egeu Grécia Colonial
OS GREGOS E AS CIDADES -ESTADO "A PÓLIS" Os Gregos viviam em cidades – estado. A Formação da Grécia e a geografia, que levou ao isolamento das populações , explica a formação destas cidades – estado. O que eram Cidades-Estado? Eram cidades  independendentes, com o seu território, governo, leis e economia próprias. Quais as principais cidades-estado gregas? Olímpia Corinto Atenas Mileto Esparta Delfos
ACRÓPOLE  e ÁGORA A acrópole e o ágora eram os dois mais importantes espaços de qualquer cidade -  estado grega. Todas as cidades gregas tinham estes dois locais. A beleza e grandiosidade destes espaços, dependia do tamanho e riqueza da cidade. Em Atenas, a acrópole e o ágora eram  locais espaçosos, muito bem tratados e muito bonitos. A ACRÓPOLE  – situava-se geralmente na zona alta da cidade e era o centro religioso e cívico da cidade. Na acrópole situavam-se os principais templos religiosos e os edifícios cívicos mais importantes. Em caso de necessidade, a acrópole podia servir de última defesa da cidade, como prova a grossa muralha que a rodeava (no caso de Atenas). O ÁGORA –  Era a praça - pública da cidade. Rodeada de edifícios com belos jardins e estátuas, o (a) ágora, servia para o convívio, o passeio, as reuniões políticas, e mesmo como local de comércio.
ACRÓPOLE acrópole actual Reconstituição em maquete da acrópole O Parténon, o grande templo em honra da deusa Atena, protectora da cidade
ATENAS ÁGORA
ÁGORA 1 Cenas da Vida Quotidiana no ágora
A SOCIEDADE ATENIENSE Eram cerca de 10% da população de Atenas Homens livres, com mais de 18 anos, com serviço militar cumprido Filhos de pais atenienses Só eles podiam possuir terras Só eles tinham direitos políticos: votar, ser eleitos, ocupar cargos. Eram considerados “estrangeiros” em Atenas. Homens livres mas sem direitos políticos Dedicavam-se ao comércio e artesanato Homens não -livres, prisioneiros de guerra, condenados por dívidas, comprados. Trabalhavam nos campos , nas minas, como remadores, como domésticos, etc. Geralmente eram bem tratados
A DEMOCRACIA ATENIENSE Atenas era uma cidade rica e a mais importante do mundo helénico no Século V a. C Apesar do solo ser pobre, a agricultura e pecuária eram importantes, embora o artesanato  estivesse muito desenvolvido. O Comércio marítimo era a grande riqueza de Atenas, pois dispunham de um grande e belo porto – O Pireu, uma grande e poderosa frota naval e uma moeda forte (o dracma).Exportavam  vinho, azeite, armas, produtos de artesanato em cerâmica e importavam (compravam a outros povos) trigo, gado, madeira. Assim , a riqueza de Atenas vinha de uma rica economia  marítima ,  mercantil  (comercial) e  monetária  (moeda). Era de tal maneira rica e poderosa esta cidade, que perante o perigo dos Persas que invadiram a Grécia, as cidades gregas uniram-se , formando uma aliança a  LIGA DE DELOS  - pagando todas um imposto para a defesa militar e naval, mas Atenas, acabou por controlar o Tesouro da Liga, e tornar-se ainda mais rica, ficando muitas cidades-estado gregas, debaixo do seu domínio (IMPERIALISMO). A cidade de Atenas ao longo da sua história passou por vários regimes políticos – Monarquia (reis), Oligarquia (famílias ricas e poderosas), Tirania (ditadores), mas no final do Século VI a. C, alguns políticos fizeram reformas importantes, como Sólon e sobretudo  CLÍSTENES.  Este homem pode ser chamado o Pai da Democracia em Atenas: - Dividiu a Ática em demos (áreas) , onde todos eram iguais e se elegiam anualmente os cidadãos para os órgãos da cidade O nome da família ou a fortuna deixou de ser condição para ser eleito para um cargo Com  Péricles , todos os cidadãos eleitos para os cargos, recebiam um subsídio.
A DEMOCRACIA ATENIENSE 1 Pela primeira vez na História, uma cidade escolhe uma forma de governo nova: os seus cidadãos, através do voto, escolhiam os governantes e aqueles que iam ocupar os cargos. Pela primeira vez na História uma cidade fazia eleições, os cargos tinham duração limitada e os cidadãos participavam directamente na vida política da sua cidade. Mas… seria perfeita, completamente justa a DEMOCRACIA em Atenas, se a olharmos com os olhos de hoje? Claro que Não! -   Apesar de serem a minoria da população, só os cidadãos tinham direitos políticos. Só eles podiam votar, ser eleitos, ocupar cargos. As mulheres não possuíam quaisquer direitos, políticos, ou outros. Existia escravatura, e numa democracia, existe liberdade, como tal, impossível haver escravos. Muitas vezes os eleitos para os cargos, tinham comprado o voto e não possuíam capacidades para os exerceram e, por isso, governavam mal. Atenas foi imperialista, dominando outras cidades pela força. Existia a pena de morte.
CULTURA E RELIGIÃO Educação dos Jovens Atenienses Para os Gregos, a educação era o desenvolvimento das capacidades físicas, intelectuais e morais. Pode-se resumir a educação grega na expressão “ corpo são em mente sã”! Até aos 7 anos as crianças ficavam em casa educadas pelos pais. Entre os 7 e os 15 anos, as raparigas continuavam em casa, onde na zona da casa destinada às mulheres, o gineceu, aprendiam com a mãe as tarefas domésticas, estudavam música e poesia. Os rapazes iam para a escola, acompanhados muitas vezes pelo seu “pedagogo”, que podia ser um escravo. Nesta primeira escola, aprendiam leitura, escrita e aritmética, bem como aprendiam música, decoravam poemas importantes e praticavam ginástica. A partir dos 15 anos, os rapazes iam para o  Ginásio , onde aprendiam diversas disciplinas entre elas gramática, música, e arte de falar - argumentar. Continuavam o seu exercício físico, praticando diversas modalidades num recinto ao ar livre chamado  palestra . Aos 18 anos iniciavam a sua preparação militar (2 anos), para se tornarem cidadãos de pleno direito.
OS DEUSES E O CULTO Os Gregos eram politeístas. Uma curiosidade é que acreditavam que os deuses apesar de deuses,  tinham qualidades e defeitos dos homens , ou seja, existiam deuses bons e maus, bondosos e vingativos, belos e feios, etc. Para os gregos os deuses eram  invisíveis ,  imortais , e com o  poder de transformação  no que quisessem. Viviam como uma família no monte mais alto da Grécia, o monte Olimpo.  Claro que existiam deuses mais e menos importantes e cada cidade venerava o seu deus, embora alguns fossem muito importantes e conhecidos no mundo helénico. Os Gregos acreditam nos  Heróis , que com forma humana, tinham poderes sobrenaturais e realizavam  feitos extraordinários que lhes davam a imortalidade: Hércules. Ulisses, Aquiles foram alguns destes Heróis. O  culto  era realizado em casa, nos tempos e altares públicos das cidades; realizavam-se grandes festas aos deuses nas respectivas cidades, como por exemplo, as Panateneias em honra da deusa Atena, as festas em Delfos em honra de Dionísio, ou as de Olímpia em honra de Zeus. Céus - pai dos deuses Atena - Sabedoria Ares - Guerra Apolo – Sol e Artes Dionísio - Vinho Afrodite - Amor Poseidon - Mar
OS JOGOS HELÉNICOS Os Jogos eram uma das importantes manifestações culturais da Grécia. Várias cidades tinham os seus Jogos, mas os mais importantes eram os que se realizavam na cidade de Olímpia de 4 em 4 anos em honra de Zeus. Nos jogos existiam várias modalidades, desde as corridas de cavalos, as corridas de carros, o atletismo, o boxe etc.
JOGOS HELÉNICOS 1 A prova mais importante dos Jogos era um conjunto de provas, conhecida por  PENTATLO,  em que os mesmos atletas tinham de realizar 5 provas de modalidades diferentes ( corrida, salto, lançamento do disco, lançamento do dardo e luta). Corrida Salto Disco Dardo Luta Os Jogos helénicos tinham um carácter  desportivo ,  religioso  (eram realizados em honra de deuses e até durante festas religiosas),  cultural  (durante os jogos realizavam-se concursos de teatro, poesia, música, etc.) e  serviam para unir o povo grego , pois competiam atletas de todo o mundo helénico, as guerras paravam, e espectadores de várias cidades – estado,  assistiam aos jogos, comerciavam, conviviam.
O TEATRO GREGO Os Gregos foram os inventores do Teatro. O Teatro não servia só para o divertimento, ele educava o pensamento e obrigava os espectadores a tirar conclusões morais e a desenvolver o seu espírito crítico. O teatro também permitia de uma forma inteligente, aprender História e Mitologia e,  assim ajudar à união do Povo Helénico A TRAGÉDIA Os temas estão relacionados com lendas e mitos sobre deuses e heróis Os conflitos da alma humana, como o amor, o ódio, a vingança, a justiça, o heroísmo, a cobardia, o amor à cidade As peças trágicas procuravam desperta no espectador, emoções, sentimentos, bem como educá-los na História e mitos. Três grandes autores trágicos foram : Ésquilo; Eurípedes; Sófocles A COMÉDIA Os temas eram mais relacionados com o presente As peças procuravam criticar os defeitos da sociedade, dos costumes, dos políticos, dos seres humanos, levando os espectadores ao riso, mas obrigando-os a pensar e compreender! Um grande autor cómico foi : Aristófanes Máscara de Tragédia Máscara de Comédia
A HISTÓRIA, A FILOSOFIA, A POESIA, A ORATÓRIA Os Gregos sempre procuraram conhecer o seu passado , para dele tirarem lições, por isso, gostavam da  HISTÓRIA Os acontecimento do passado eram contados, depois de investigação dos factos e sua análise. Heródoto e Tucídides foram grandes historiadores. Heródoto O gosto pelo saber, a curiosidade sobre problemas da humanidade como o bem e o mal, a beleza, a justiça, a origem do mundo, levaram os gregos a pôr questões a a procurar respostas para estes problemas. Nasceu a  FILOSOFIA Sócrates Platão Aristóteles Tucídides Na  Poesia  destacou-se  Homero  com os dois poemas épicos :  ILÍADA  e  ODISSEIA Na   Oratória  destacou-se   Demóstenes
ARTE GREGA  Arquitectura A arquitectura grega mostrava uma preocupação com o equilíbrio, a harmonia, as proporções dos edifícios.  Os templos, apesar de belos, não eram muito gigantesco, mas feitos à medida humana. Quais as principais partes de um templo grego?  Frontão Entablamento Coluna Capitel da coluna Friso Arquitrave Fuste da coluna Cornija
ARTE GREGA ARQUITECTURA 1 As Ordens Arquitectónicas Os templos gregos eram construídos segundo padrões e regras estabelecidas. Assim existiam três ordens arquitectónicas que se podem distinguir, olhando para o capitel das colunas Ordem Dórica Ordem Jónica Ordem Coríntia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modelo grego parte 1
Modelo grego parte 1Modelo grego parte 1
Modelo grego parte 1
cattonia
 
Atenas - Grécia
Atenas - GréciaAtenas - Grécia
Atenas - Grécia
João França
 
A GréCia
A GréCiaA GréCia
Grecia Antiga
Grecia AntigaGrecia Antiga
Grecia Antiga
Grecia AntigaGrecia Antiga
Grecia Antiga
Sara Silva
 
Os gregos
Os gregosOs gregos
Os gregos
Murillo Raggio
 
1° ano - Grécia Antiga
1° ano -  Grécia Antiga1° ano -  Grécia Antiga
1° ano - Grécia Antiga
Daniel Alves Bronstrup
 
Historia A - Grécia
Historia A - Grécia Historia A - Grécia
Historia A - Grécia
Lucas Nunes
 
Koneski Grécia antiga
Koneski Grécia antigaKoneski Grécia antiga
Koneski Grécia antiga
Tavinho Koneski Westphal
 
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
Nefer19
 
Aula 02 o mundo grego e a democracia
Aula 02   o mundo grego e a democraciaAula 02   o mundo grego e a democracia
Aula 02 o mundo grego e a democracia
Janaina Flavia Santos Azevedo
 
A ReligiãO Em Atenas
A ReligiãO Em AtenasA ReligiãO Em Atenas
A ReligiãO Em Atenas
Sílvia Mendonça
 
Grécia antiga
Grécia antigaGrécia antiga
Grécia antiga
thiago2013
 
A pólis grega 2016
A pólis grega   2016A pólis grega   2016
A pólis grega 2016
Eduard Henry
 
A civilização grega
A civilização gregaA civilização grega
A civilização grega
Darlene Celestina
 
O modelo ateniense
O modelo atenienseO modelo ateniense
O modelo ateniense
Escoladocs
 
Atenas 7c
Atenas  7cAtenas  7c
Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.
Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.
Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.
thunderbold
 
Grécia Antiga
Grécia AntigaGrécia Antiga
Grécia Antiga
ricardup
 
A Cultura da Ágora
A Cultura da ÁgoraA Cultura da Ágora
A Cultura da Ágora
Hca Faro
 

Mais procurados (20)

Modelo grego parte 1
Modelo grego parte 1Modelo grego parte 1
Modelo grego parte 1
 
Atenas - Grécia
Atenas - GréciaAtenas - Grécia
Atenas - Grécia
 
A GréCia
A GréCiaA GréCia
A GréCia
 
Grecia Antiga
Grecia AntigaGrecia Antiga
Grecia Antiga
 
Grecia Antiga
Grecia AntigaGrecia Antiga
Grecia Antiga
 
Os gregos
Os gregosOs gregos
Os gregos
 
1° ano - Grécia Antiga
1° ano -  Grécia Antiga1° ano -  Grécia Antiga
1° ano - Grécia Antiga
 
Historia A - Grécia
Historia A - Grécia Historia A - Grécia
Historia A - Grécia
 
Koneski Grécia antiga
Koneski Grécia antigaKoneski Grécia antiga
Koneski Grécia antiga
 
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
 
Aula 02 o mundo grego e a democracia
Aula 02   o mundo grego e a democraciaAula 02   o mundo grego e a democracia
Aula 02 o mundo grego e a democracia
 
A ReligiãO Em Atenas
A ReligiãO Em AtenasA ReligiãO Em Atenas
A ReligiãO Em Atenas
 
Grécia antiga
Grécia antigaGrécia antiga
Grécia antiga
 
A pólis grega 2016
A pólis grega   2016A pólis grega   2016
A pólis grega 2016
 
A civilização grega
A civilização gregaA civilização grega
A civilização grega
 
O modelo ateniense
O modelo atenienseO modelo ateniense
O modelo ateniense
 
Atenas 7c
Atenas  7cAtenas  7c
Atenas 7c
 
Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.
Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.
Trabalho sobre a grécia antiga, sua arte e sua cultura 2.
 
Grécia Antiga
Grécia AntigaGrécia Antiga
Grécia Antiga
 
A Cultura da Ágora
A Cultura da ÁgoraA Cultura da Ágora
A Cultura da Ágora
 

Destaque

Thomas Watson/Randy Lowe - A natureza do verdadeiro arrependimento
Thomas Watson/Randy Lowe - A natureza do verdadeiro arrependimentoThomas Watson/Randy Lowe - A natureza do verdadeiro arrependimento
Thomas Watson/Randy Lowe - A natureza do verdadeiro arrependimento
Portal Cristão
 
O mundo helénico no séc V a. C. -
O  mundo helénico no séc V  a. C.  - O  mundo helénico no séc V  a. C.  -
O mundo helénico no séc V a. C. -
Carlos Pinheiro
 
el mundo helénico. grecia
el mundo helénico. grecia el mundo helénico. grecia
el mundo helénico. grecia
Claudia Vidal
 
Griegos 1
Griegos 1Griegos 1
Griegos 1
cecilia diaz
 
A religiao e a cultura na grecia antiga
A religiao e a cultura na grecia antigaA religiao e a cultura na grecia antiga
A religiao e a cultura na grecia antiga
putomiguel
 
08 hebreus e fenícios
08   hebreus e fenícios08   hebreus e fenícios
08 hebreus e fenícios
Carla Freitas
 
Presentación Grecia Antigua
Presentación Grecia AntiguaPresentación Grecia Antigua
Presentación Grecia Antigua
fermaestro
 
O Povo Hebreu
O Povo HebreuO Povo Hebreu
O Povo Hebreu
Josemi Medeiros
 
Os Gregos no Século V a. C.
Os Gregos no Século V a. C.Os Gregos no Século V a. C.
Os Gregos no Século V a. C.
Rainha Maga
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
Margarida Moreira
 

Destaque (10)

Thomas Watson/Randy Lowe - A natureza do verdadeiro arrependimento
Thomas Watson/Randy Lowe - A natureza do verdadeiro arrependimentoThomas Watson/Randy Lowe - A natureza do verdadeiro arrependimento
Thomas Watson/Randy Lowe - A natureza do verdadeiro arrependimento
 
O mundo helénico no séc V a. C. -
O  mundo helénico no séc V  a. C.  - O  mundo helénico no séc V  a. C.  -
O mundo helénico no séc V a. C. -
 
el mundo helénico. grecia
el mundo helénico. grecia el mundo helénico. grecia
el mundo helénico. grecia
 
Griegos 1
Griegos 1Griegos 1
Griegos 1
 
A religiao e a cultura na grecia antiga
A religiao e a cultura na grecia antigaA religiao e a cultura na grecia antiga
A religiao e a cultura na grecia antiga
 
08 hebreus e fenícios
08   hebreus e fenícios08   hebreus e fenícios
08 hebreus e fenícios
 
Presentación Grecia Antigua
Presentación Grecia AntiguaPresentación Grecia Antigua
Presentación Grecia Antigua
 
O Povo Hebreu
O Povo HebreuO Povo Hebreu
O Povo Hebreu
 
Os Gregos no Século V a. C.
Os Gregos no Século V a. C.Os Gregos no Século V a. C.
Os Gregos no Século V a. C.
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
 

Semelhante a Grécia antig apps

Os Gregos No SéCulo V
Os Gregos No SéCulo VOs Gregos No SéCulo V
Os Gregos No SéCulo V
Sílvia Mendonça
 
Civilização grega
Civilização gregaCivilização grega
Civilização grega
mundica broda
 
Civilização grega
Civilização gregaCivilização grega
Civilização grega
ana_abreu
 
GréCia
GréCiaGréCia
Resumo
ResumoResumo
Resumo
Sandra Costa
 
O Mundo HeléNico No SéC
O Mundo HeléNico No SéCO Mundo HeléNico No SéC
O Mundo HeléNico No SéC
Sílvia Mendonça
 
Módulo 1
Módulo 1Módulo 1
Módulo 1
cattonia
 
Revisão hist. 1º ano
Revisão hist. 1º anoRevisão hist. 1º ano
Revisão hist. 1º ano
eunamahcado
 
A CivilizaçãO Grega
A CivilizaçãO GregaA CivilizaçãO Grega
A CivilizaçãO Grega
Sílvia Mendonça
 
Civilizacaogrega
CivilizacaogregaCivilizacaogrega
Civilizacaogrega
Nuno Pinto
 
M1.1 o modelo ateniense
M1.1 o modelo atenienseM1.1 o modelo ateniense
M1.1 o modelo ateniense
João Neves
 
GréCia Antiga
GréCia AntigaGréCia Antiga
GréCia Antiga
Sílvia Mendonça
 
GRÉCIA ANTIGA - CIVILIZAÇÃO CLASSICA.pptx
GRÉCIA ANTIGA - CIVILIZAÇÃO CLASSICA.pptxGRÉCIA ANTIGA - CIVILIZAÇÃO CLASSICA.pptx
GRÉCIA ANTIGA - CIVILIZAÇÃO CLASSICA.pptx
VivianeSimoes7
 
Grécia Antiga - Aula 2
Grécia Antiga - Aula 2Grécia Antiga - Aula 2
Grécia Antiga - Aula 2
Escola Modelo de Iguatu
 
GRÉCIA ANTIGA
GRÉCIA ANTIGAGRÉCIA ANTIGA
GRÉCIA ANTIGA
Jackeline Póvoas
 
A heranca do_mediterraneo_antigo_1
A heranca do_mediterraneo_antigo_1A heranca do_mediterraneo_antigo_1
A heranca do_mediterraneo_antigo_1
Fatima Gouveia
 
6 ano 3 trimestre exercicios rev provao
6 ano 3 trimestre exercicios rev provao6 ano 3 trimestre exercicios rev provao
6 ano 3 trimestre exercicios rev provao
Carlos Zaranza
 
Módulo 1 contexto histórico regular
Módulo 1   contexto histórico regularMódulo 1   contexto histórico regular
Módulo 1 contexto histórico regular
Carla Freitas
 
Atividades discursivas grécia antiga
Atividades discursivas grécia antigaAtividades discursivas grécia antiga
Atividades discursivas grécia antiga
PAULO APARECIDO DOS SANTOS
 
Os Gregos
Os GregosOs Gregos

Semelhante a Grécia antig apps (20)

Os Gregos No SéCulo V
Os Gregos No SéCulo VOs Gregos No SéCulo V
Os Gregos No SéCulo V
 
Civilização grega
Civilização gregaCivilização grega
Civilização grega
 
Civilização grega
Civilização gregaCivilização grega
Civilização grega
 
GréCia
GréCiaGréCia
GréCia
 
Resumo
ResumoResumo
Resumo
 
O Mundo HeléNico No SéC
O Mundo HeléNico No SéCO Mundo HeléNico No SéC
O Mundo HeléNico No SéC
 
Módulo 1
Módulo 1Módulo 1
Módulo 1
 
Revisão hist. 1º ano
Revisão hist. 1º anoRevisão hist. 1º ano
Revisão hist. 1º ano
 
A CivilizaçãO Grega
A CivilizaçãO GregaA CivilizaçãO Grega
A CivilizaçãO Grega
 
Civilizacaogrega
CivilizacaogregaCivilizacaogrega
Civilizacaogrega
 
M1.1 o modelo ateniense
M1.1 o modelo atenienseM1.1 o modelo ateniense
M1.1 o modelo ateniense
 
GréCia Antiga
GréCia AntigaGréCia Antiga
GréCia Antiga
 
GRÉCIA ANTIGA - CIVILIZAÇÃO CLASSICA.pptx
GRÉCIA ANTIGA - CIVILIZAÇÃO CLASSICA.pptxGRÉCIA ANTIGA - CIVILIZAÇÃO CLASSICA.pptx
GRÉCIA ANTIGA - CIVILIZAÇÃO CLASSICA.pptx
 
Grécia Antiga - Aula 2
Grécia Antiga - Aula 2Grécia Antiga - Aula 2
Grécia Antiga - Aula 2
 
GRÉCIA ANTIGA
GRÉCIA ANTIGAGRÉCIA ANTIGA
GRÉCIA ANTIGA
 
A heranca do_mediterraneo_antigo_1
A heranca do_mediterraneo_antigo_1A heranca do_mediterraneo_antigo_1
A heranca do_mediterraneo_antigo_1
 
6 ano 3 trimestre exercicios rev provao
6 ano 3 trimestre exercicios rev provao6 ano 3 trimestre exercicios rev provao
6 ano 3 trimestre exercicios rev provao
 
Módulo 1 contexto histórico regular
Módulo 1   contexto histórico regularMódulo 1   contexto histórico regular
Módulo 1 contexto histórico regular
 
Atividades discursivas grécia antiga
Atividades discursivas grécia antigaAtividades discursivas grécia antiga
Atividades discursivas grécia antiga
 
Os Gregos
Os GregosOs Gregos
Os Gregos
 

Mais de Arlindo Rodrigues Vieira

Sessão leitura poética 2014
Sessão leitura poética 2014Sessão leitura poética 2014
Sessão leitura poética 2014
Arlindo Rodrigues Vieira
 
O holocausto def
O holocausto   defO holocausto   def
O holocausto def
Arlindo Rodrigues Vieira
 
Do autoritarismo à democracia
Do autoritarismo à democraciaDo autoritarismo à democracia
Do autoritarismo à democracia
Arlindo Rodrigues Vieira
 
O FASCISMO ITALIANO - O NAZISMO
O FASCISMO ITALIANO - O NAZISMOO FASCISMO ITALIANO - O NAZISMO
O FASCISMO ITALIANO - O NAZISMO
Arlindo Rodrigues Vieira
 
O Império Romano no apogeu do império
O Império Romano no apogeu do impérioO Império Romano no apogeu do império
O Império Romano no apogeu do império
Arlindo Rodrigues Vieira
 
A crise dos anos 30
A crise dos anos 30A crise dos anos 30
A crise dos anos 30
Arlindo Rodrigues Vieira
 

Mais de Arlindo Rodrigues Vieira (6)

Sessão leitura poética 2014
Sessão leitura poética 2014Sessão leitura poética 2014
Sessão leitura poética 2014
 
O holocausto def
O holocausto   defO holocausto   def
O holocausto def
 
Do autoritarismo à democracia
Do autoritarismo à democraciaDo autoritarismo à democracia
Do autoritarismo à democracia
 
O FASCISMO ITALIANO - O NAZISMO
O FASCISMO ITALIANO - O NAZISMOO FASCISMO ITALIANO - O NAZISMO
O FASCISMO ITALIANO - O NAZISMO
 
O Império Romano no apogeu do império
O Império Romano no apogeu do impérioO Império Romano no apogeu do império
O Império Romano no apogeu do império
 
A crise dos anos 30
A crise dos anos 30A crise dos anos 30
A crise dos anos 30
 

Grécia antig apps

  • 1. OS GREGOS NO SÉCULO V a.C O EXEMPLO DE ATENAS
  • 2. OS GREGOS NO SÉCULO V a.C ATENAS Os Gregos chamavam ao Mundo Grego antigo: HÉLADE E a si mesmos : Helenos ou MUNDO HELÉNICO (os habitantes da Hélade) Mas o que era a Mundo Helénico no Século V a. C ? (observa o mapa no diapositivo seguinte)
  • 3. MUNDO HELÉNICO Grécia Continental ; Peninsular; Balcânica Grécia Asiática Cidades costeiras da Ásia Menor Grécia Insular - Ilhas do Mar Egeu Grécia Colonial
  • 4. OS GREGOS E AS CIDADES -ESTADO "A PÓLIS" Os Gregos viviam em cidades – estado. A Formação da Grécia e a geografia, que levou ao isolamento das populações , explica a formação destas cidades – estado. O que eram Cidades-Estado? Eram cidades independendentes, com o seu território, governo, leis e economia próprias. Quais as principais cidades-estado gregas? Olímpia Corinto Atenas Mileto Esparta Delfos
  • 5. ACRÓPOLE e ÁGORA A acrópole e o ágora eram os dois mais importantes espaços de qualquer cidade - estado grega. Todas as cidades gregas tinham estes dois locais. A beleza e grandiosidade destes espaços, dependia do tamanho e riqueza da cidade. Em Atenas, a acrópole e o ágora eram locais espaçosos, muito bem tratados e muito bonitos. A ACRÓPOLE – situava-se geralmente na zona alta da cidade e era o centro religioso e cívico da cidade. Na acrópole situavam-se os principais templos religiosos e os edifícios cívicos mais importantes. Em caso de necessidade, a acrópole podia servir de última defesa da cidade, como prova a grossa muralha que a rodeava (no caso de Atenas). O ÁGORA – Era a praça - pública da cidade. Rodeada de edifícios com belos jardins e estátuas, o (a) ágora, servia para o convívio, o passeio, as reuniões políticas, e mesmo como local de comércio.
  • 6. ACRÓPOLE acrópole actual Reconstituição em maquete da acrópole O Parténon, o grande templo em honra da deusa Atena, protectora da cidade
  • 8. ÁGORA 1 Cenas da Vida Quotidiana no ágora
  • 9. A SOCIEDADE ATENIENSE Eram cerca de 10% da população de Atenas Homens livres, com mais de 18 anos, com serviço militar cumprido Filhos de pais atenienses Só eles podiam possuir terras Só eles tinham direitos políticos: votar, ser eleitos, ocupar cargos. Eram considerados “estrangeiros” em Atenas. Homens livres mas sem direitos políticos Dedicavam-se ao comércio e artesanato Homens não -livres, prisioneiros de guerra, condenados por dívidas, comprados. Trabalhavam nos campos , nas minas, como remadores, como domésticos, etc. Geralmente eram bem tratados
  • 10. A DEMOCRACIA ATENIENSE Atenas era uma cidade rica e a mais importante do mundo helénico no Século V a. C Apesar do solo ser pobre, a agricultura e pecuária eram importantes, embora o artesanato estivesse muito desenvolvido. O Comércio marítimo era a grande riqueza de Atenas, pois dispunham de um grande e belo porto – O Pireu, uma grande e poderosa frota naval e uma moeda forte (o dracma).Exportavam vinho, azeite, armas, produtos de artesanato em cerâmica e importavam (compravam a outros povos) trigo, gado, madeira. Assim , a riqueza de Atenas vinha de uma rica economia marítima , mercantil (comercial) e monetária (moeda). Era de tal maneira rica e poderosa esta cidade, que perante o perigo dos Persas que invadiram a Grécia, as cidades gregas uniram-se , formando uma aliança a LIGA DE DELOS - pagando todas um imposto para a defesa militar e naval, mas Atenas, acabou por controlar o Tesouro da Liga, e tornar-se ainda mais rica, ficando muitas cidades-estado gregas, debaixo do seu domínio (IMPERIALISMO). A cidade de Atenas ao longo da sua história passou por vários regimes políticos – Monarquia (reis), Oligarquia (famílias ricas e poderosas), Tirania (ditadores), mas no final do Século VI a. C, alguns políticos fizeram reformas importantes, como Sólon e sobretudo CLÍSTENES. Este homem pode ser chamado o Pai da Democracia em Atenas: - Dividiu a Ática em demos (áreas) , onde todos eram iguais e se elegiam anualmente os cidadãos para os órgãos da cidade O nome da família ou a fortuna deixou de ser condição para ser eleito para um cargo Com Péricles , todos os cidadãos eleitos para os cargos, recebiam um subsídio.
  • 11. A DEMOCRACIA ATENIENSE 1 Pela primeira vez na História, uma cidade escolhe uma forma de governo nova: os seus cidadãos, através do voto, escolhiam os governantes e aqueles que iam ocupar os cargos. Pela primeira vez na História uma cidade fazia eleições, os cargos tinham duração limitada e os cidadãos participavam directamente na vida política da sua cidade. Mas… seria perfeita, completamente justa a DEMOCRACIA em Atenas, se a olharmos com os olhos de hoje? Claro que Não! - Apesar de serem a minoria da população, só os cidadãos tinham direitos políticos. Só eles podiam votar, ser eleitos, ocupar cargos. As mulheres não possuíam quaisquer direitos, políticos, ou outros. Existia escravatura, e numa democracia, existe liberdade, como tal, impossível haver escravos. Muitas vezes os eleitos para os cargos, tinham comprado o voto e não possuíam capacidades para os exerceram e, por isso, governavam mal. Atenas foi imperialista, dominando outras cidades pela força. Existia a pena de morte.
  • 12. CULTURA E RELIGIÃO Educação dos Jovens Atenienses Para os Gregos, a educação era o desenvolvimento das capacidades físicas, intelectuais e morais. Pode-se resumir a educação grega na expressão “ corpo são em mente sã”! Até aos 7 anos as crianças ficavam em casa educadas pelos pais. Entre os 7 e os 15 anos, as raparigas continuavam em casa, onde na zona da casa destinada às mulheres, o gineceu, aprendiam com a mãe as tarefas domésticas, estudavam música e poesia. Os rapazes iam para a escola, acompanhados muitas vezes pelo seu “pedagogo”, que podia ser um escravo. Nesta primeira escola, aprendiam leitura, escrita e aritmética, bem como aprendiam música, decoravam poemas importantes e praticavam ginástica. A partir dos 15 anos, os rapazes iam para o Ginásio , onde aprendiam diversas disciplinas entre elas gramática, música, e arte de falar - argumentar. Continuavam o seu exercício físico, praticando diversas modalidades num recinto ao ar livre chamado palestra . Aos 18 anos iniciavam a sua preparação militar (2 anos), para se tornarem cidadãos de pleno direito.
  • 13. OS DEUSES E O CULTO Os Gregos eram politeístas. Uma curiosidade é que acreditavam que os deuses apesar de deuses, tinham qualidades e defeitos dos homens , ou seja, existiam deuses bons e maus, bondosos e vingativos, belos e feios, etc. Para os gregos os deuses eram invisíveis , imortais , e com o poder de transformação no que quisessem. Viviam como uma família no monte mais alto da Grécia, o monte Olimpo. Claro que existiam deuses mais e menos importantes e cada cidade venerava o seu deus, embora alguns fossem muito importantes e conhecidos no mundo helénico. Os Gregos acreditam nos Heróis , que com forma humana, tinham poderes sobrenaturais e realizavam feitos extraordinários que lhes davam a imortalidade: Hércules. Ulisses, Aquiles foram alguns destes Heróis. O culto era realizado em casa, nos tempos e altares públicos das cidades; realizavam-se grandes festas aos deuses nas respectivas cidades, como por exemplo, as Panateneias em honra da deusa Atena, as festas em Delfos em honra de Dionísio, ou as de Olímpia em honra de Zeus. Céus - pai dos deuses Atena - Sabedoria Ares - Guerra Apolo – Sol e Artes Dionísio - Vinho Afrodite - Amor Poseidon - Mar
  • 14. OS JOGOS HELÉNICOS Os Jogos eram uma das importantes manifestações culturais da Grécia. Várias cidades tinham os seus Jogos, mas os mais importantes eram os que se realizavam na cidade de Olímpia de 4 em 4 anos em honra de Zeus. Nos jogos existiam várias modalidades, desde as corridas de cavalos, as corridas de carros, o atletismo, o boxe etc.
  • 15. JOGOS HELÉNICOS 1 A prova mais importante dos Jogos era um conjunto de provas, conhecida por PENTATLO, em que os mesmos atletas tinham de realizar 5 provas de modalidades diferentes ( corrida, salto, lançamento do disco, lançamento do dardo e luta). Corrida Salto Disco Dardo Luta Os Jogos helénicos tinham um carácter desportivo , religioso (eram realizados em honra de deuses e até durante festas religiosas), cultural (durante os jogos realizavam-se concursos de teatro, poesia, música, etc.) e serviam para unir o povo grego , pois competiam atletas de todo o mundo helénico, as guerras paravam, e espectadores de várias cidades – estado, assistiam aos jogos, comerciavam, conviviam.
  • 16. O TEATRO GREGO Os Gregos foram os inventores do Teatro. O Teatro não servia só para o divertimento, ele educava o pensamento e obrigava os espectadores a tirar conclusões morais e a desenvolver o seu espírito crítico. O teatro também permitia de uma forma inteligente, aprender História e Mitologia e, assim ajudar à união do Povo Helénico A TRAGÉDIA Os temas estão relacionados com lendas e mitos sobre deuses e heróis Os conflitos da alma humana, como o amor, o ódio, a vingança, a justiça, o heroísmo, a cobardia, o amor à cidade As peças trágicas procuravam desperta no espectador, emoções, sentimentos, bem como educá-los na História e mitos. Três grandes autores trágicos foram : Ésquilo; Eurípedes; Sófocles A COMÉDIA Os temas eram mais relacionados com o presente As peças procuravam criticar os defeitos da sociedade, dos costumes, dos políticos, dos seres humanos, levando os espectadores ao riso, mas obrigando-os a pensar e compreender! Um grande autor cómico foi : Aristófanes Máscara de Tragédia Máscara de Comédia
  • 17. A HISTÓRIA, A FILOSOFIA, A POESIA, A ORATÓRIA Os Gregos sempre procuraram conhecer o seu passado , para dele tirarem lições, por isso, gostavam da HISTÓRIA Os acontecimento do passado eram contados, depois de investigação dos factos e sua análise. Heródoto e Tucídides foram grandes historiadores. Heródoto O gosto pelo saber, a curiosidade sobre problemas da humanidade como o bem e o mal, a beleza, a justiça, a origem do mundo, levaram os gregos a pôr questões a a procurar respostas para estes problemas. Nasceu a FILOSOFIA Sócrates Platão Aristóteles Tucídides Na Poesia destacou-se Homero com os dois poemas épicos : ILÍADA e ODISSEIA Na Oratória destacou-se Demóstenes
  • 18. ARTE GREGA Arquitectura A arquitectura grega mostrava uma preocupação com o equilíbrio, a harmonia, as proporções dos edifícios. Os templos, apesar de belos, não eram muito gigantesco, mas feitos à medida humana. Quais as principais partes de um templo grego? Frontão Entablamento Coluna Capitel da coluna Friso Arquitrave Fuste da coluna Cornija
  • 19. ARTE GREGA ARQUITECTURA 1 As Ordens Arquitectónicas Os templos gregos eram construídos segundo padrões e regras estabelecidas. Assim existiam três ordens arquitectónicas que se podem distinguir, olhando para o capitel das colunas Ordem Dórica Ordem Jónica Ordem Coríntia