SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Gestão da
      mudança                Factores de           Obstáculos a              Acções
      SÍNTESE                  sucesso               vencer                prioritárias

A BE deve ser encarada      Disponibilizar         Falta de                 Reuniões, formais
como espaço de              recursos de            reconhecimento da        ou informais,
trabalho e de construção    informação em          importância da BE        com os docentes
do conhecimento. O          diferentes suportes,   e do papel da            Apresentação do
aluno não pode receber      suficientemente        professora               plano de acção da
passivamente a              actualizada e de       bibliotecária            BE e
informação, mas tem de      qualidade, de          Resistência dos          disponibilização
ser envolvido na            acordo com as          docentes à               total da
construção do               necessidades dos       colaboração com a        professora
conhecimento, tem de        utilizadores. De       BE na melhoria da        bibliotecária para
desenvolver                 salientar a            qualidade das            reuniões de
capacidades para usar a     necessidade de         aprendizagens dos        trabalho com os
informação na               criar ambientes        alunos                   docentes
construção desse            virtuais de            Falta de verba           Desenvolver
conhecimento e na           aprendizagem e de      para aquisição de        acções de
compreensão do mundo        disponibilizar         documentos que           formação no
pois aprender é saber       informação digital     vão ao encontro          âmbito da
como fazer, é               de modo a estar        dos interesses dos       literacia
desenvolver                 pronta a usar no       alunos e docentes    Desenvolver acções
(competências). A           quadro interactivo     Falta de formação    de promoção da
Biblioteca tem um papel     Proporcionar os        dos elementos da     leitura e de
imprescindível no           equipamentos           equipa em várias     desenvolvimento de
desenvolvimento destas      necessários            áreas                competências de
capacidades, pelo que o     Organizar o espaço     Gestão adequada      leitura
trabalho colaborativo       de modo a permitir     do tempo para
com os docentes é           o trabalho             dedicar à
fundamental. Há que         individual ou em       formação e à
proceder                    grupo                  preparação das
sistematicamente à          Desenvolver um         acções a
avaliação do impacto do     trabalho               desenvolver com
trabalho nas                colaborativo com       os alunos
aprendizagens dos           os docentes na
alunos, o nível de          identificação das
eficácia dos serviços       dificuldades dos
prestados, identificar as   alunos para
boas e as más práticas e,   posterior
com base nestas             planificação de
evidências, ajuizar e       estratégias e
decidir o rumo a dar à      desenvolvimento
acção. O papel da           de actividades
Biblioteca é                educativas e de
imprescindível e deve       aprendizagem,
ser reconhecido como        estabelecendo
tal.                        ligação com o
                            currículo. Esta será
                            a base da selecção
                            de recursos
                            Envolver os alunos
na construção do
conhecimento
Proporcionar
formação de
literacias de
informação
Ajudar os
professores na
rentabilização dos
recursos
tecnológicos
Afectar um
professor
bibliotecário
qualificado e uma
equipa
Desenvolver
estratégias de
avaliação baseada
na recolha
sistemática de
evidências. É
preciso analisar
constantemente se
as práticas estão a
surtir os efeitos
desejados, através
de um sistemático
feedback dos
professores e
alunos sobre o
impacto da BE nas
aprendizagens e
definir expectativas
e objectivos claros
e realizáveis em
tempo realista. Os
elementos de
recolha de
evidências devem
ser estabelecidos
por cada escola,
cada realidade
Proceder à
formação contínua
por parte da equipa
da Biblioteca
Comunicar e
colaborar com
bibliotecas públicas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (15)

Rede de Capacitação
Rede de CapacitaçãoRede de Capacitação
Rede de Capacitação
 
MAABE - BE 2009
MAABE - BE 2009MAABE - BE 2009
MAABE - BE 2009
 
Projeto de ação na escola vera leal_sls
Projeto de ação na escola vera leal_slsProjeto de ação na escola vera leal_sls
Projeto de ação na escola vera leal_sls
 
Tarefa2
Tarefa2Tarefa2
Tarefa2
 
Tabela
Tabela Tabela
Tabela
 
Sessão 3
Sessão 3 Sessão 3
Sessão 3
 
Pb trabalhosunid1
Pb trabalhosunid1Pb trabalhosunid1
Pb trabalhosunid1
 
Primeira Aula
Primeira AulaPrimeira Aula
Primeira Aula
 
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
 
Tabela para o_trabalho_1_
Tabela para o_trabalho_1_Tabela para o_trabalho_1_
Tabela para o_trabalho_1_
 
Tabela Matriz
Tabela MatrizTabela Matriz
Tabela Matriz
 
Apresentacao ao Conselho Pedagogico
Apresentacao ao Conselho PedagogicoApresentacao ao Conselho Pedagogico
Apresentacao ao Conselho Pedagogico
 
ApresentaçãO Maabe
ApresentaçãO MaabeApresentaçãO Maabe
ApresentaçãO Maabe
 
DomíNio D2
DomíNio D2DomíNio D2
DomíNio D2
 
Maabe (Ana Paula Couto)
Maabe (Ana Paula Couto)Maabe (Ana Paula Couto)
Maabe (Ana Paula Couto)
 

Destaque

Campeonato Asturias 09
Campeonato Asturias 09Campeonato Asturias 09
Campeonato Asturias 09elarcoestandar
 
Com Pro 1
Com Pro 1Com Pro 1
Com Pro 1home
 
Políticos e Internet: las elecciones europeas 2009
Políticos e Internet: las elecciones europeas 2009Políticos e Internet: las elecciones europeas 2009
Políticos e Internet: las elecciones europeas 2009Yuri Morejon
 
Com Pro 2
Com Pro 2Com Pro 2
Com Pro 2home
 
A Confissao
A ConfissaoA Confissao
A ConfissaoJNR
 
Sistemas Operativos
Sistemas OperativosSistemas Operativos
Sistemas Operativosalexiud
 
ComentáRio Do JoãO
ComentáRio Do JoãOComentáRio Do JoãO
ComentáRio Do JoãOclaudinapires
 
Efeito Do Vento Nas Linhas De TransmissãO
Efeito Do Vento Nas Linhas De TransmissãOEfeito Do Vento Nas Linhas De TransmissãO
Efeito Do Vento Nas Linhas De TransmissãOmesart
 
Dia Municipal em Memória às Vítimas do Holocausto
Dia Municipal em Memória às Vítimas do HolocaustoDia Municipal em Memória às Vítimas do Holocausto
Dia Municipal em Memória às Vítimas do HolocaustoPLETZ.com -
 
Cual es mi competencia inicial
Cual es mi competencia inicialCual es mi competencia inicial
Cual es mi competencia inicialDemetrio Silva
 
Midwest IP rev 1 2016
Midwest IP rev 1 2016Midwest IP rev 1 2016
Midwest IP rev 1 2016Alex Fjelstad
 
BOLETIM 25.10.2009
BOLETIM 25.10.2009BOLETIM 25.10.2009
BOLETIM 25.10.2009imelriocasca
 

Destaque (19)

Campeonato Asturias 09
Campeonato Asturias 09Campeonato Asturias 09
Campeonato Asturias 09
 
Com Pro 1
Com Pro 1Com Pro 1
Com Pro 1
 
Políticos e Internet: las elecciones europeas 2009
Políticos e Internet: las elecciones europeas 2009Políticos e Internet: las elecciones europeas 2009
Políticos e Internet: las elecciones europeas 2009
 
Com Pro 2
Com Pro 2Com Pro 2
Com Pro 2
 
A Confissao
A ConfissaoA Confissao
A Confissao
 
Boletim informativo de Jaú - Novembro de 2009
Boletim informativo de Jaú - Novembro de 2009Boletim informativo de Jaú - Novembro de 2009
Boletim informativo de Jaú - Novembro de 2009
 
Poteitos
PoteitosPoteitos
Poteitos
 
Boletim Informativo de Andradina - Agosto/2009
Boletim Informativo de Andradina - Agosto/2009Boletim Informativo de Andradina - Agosto/2009
Boletim Informativo de Andradina - Agosto/2009
 
Sistemas Operativos
Sistemas OperativosSistemas Operativos
Sistemas Operativos
 
ComentáRio Do JoãO
ComentáRio Do JoãOComentáRio Do JoãO
ComentáRio Do JoãO
 
Boletim Informativo de Diadema – Agosto/2009
Boletim Informativo de Diadema – Agosto/2009Boletim Informativo de Diadema – Agosto/2009
Boletim Informativo de Diadema – Agosto/2009
 
Efeito Do Vento Nas Linhas De TransmissãO
Efeito Do Vento Nas Linhas De TransmissãOEfeito Do Vento Nas Linhas De TransmissãO
Efeito Do Vento Nas Linhas De TransmissãO
 
Dia Municipal em Memória às Vítimas do Holocausto
Dia Municipal em Memória às Vítimas do HolocaustoDia Municipal em Memória às Vítimas do Holocausto
Dia Municipal em Memória às Vítimas do Holocausto
 
Cual es mi competencia inicial
Cual es mi competencia inicialCual es mi competencia inicial
Cual es mi competencia inicial
 
Carta David
Carta DavidCarta David
Carta David
 
Boletim Informativo de São Carlos - Setembro de 2009
Boletim Informativo de São Carlos - Setembro de 2009Boletim Informativo de São Carlos - Setembro de 2009
Boletim Informativo de São Carlos - Setembro de 2009
 
Midwest IP rev 1 2016
Midwest IP rev 1 2016Midwest IP rev 1 2016
Midwest IP rev 1 2016
 
BOLETIM 25.10.2009
BOLETIM 25.10.2009BOLETIM 25.10.2009
BOLETIM 25.10.2009
 
Madeira rubra que cupim não rói
Madeira rubra que cupim não róiMadeira rubra que cupim não rói
Madeira rubra que cupim não rói
 

Semelhante a Gestão da mudança BE

S1 T1 Tabela Desafios Oprtunidades 02 Nov
S1 T1 Tabela Desafios Oprtunidades 02 NovS1 T1 Tabela Desafios Oprtunidades 02 Nov
S1 T1 Tabela Desafios Oprtunidades 02 Novbiblioteclar
 
Maabe tarefa 2ª sessão
Maabe  tarefa 2ª sessãoMaabe  tarefa 2ª sessão
Maabe tarefa 2ª sessãosandraazevedo
 
Maabe tarefa 2ª sessão
Maabe  tarefa 2ª sessãoMaabe  tarefa 2ª sessão
Maabe tarefa 2ª sessãosandraazevedo
 
Nelida nabais forum 1 25 de outubro 01 de novembro
Nelida nabais forum 1 25 de outubro 01 de novembroNelida nabais forum 1 25 de outubro 01 de novembro
Nelida nabais forum 1 25 de outubro 01 de novembronelidavbn
 
Modelo Auto-avaliação BE
Modelo Auto-avaliação BEModelo Auto-avaliação BE
Modelo Auto-avaliação BElidia76
 
Tabela 1
Tabela 1Tabela 1
Tabela 1tritao
 
Tabela Matriz Novo Curso Manuela Varejao
Tabela Matriz   Novo Curso Manuela VarejaoTabela Matriz   Novo Curso Manuela Varejao
Tabela Matriz Novo Curso Manuela VarejaoManuela Varejao
 
O Modelo de Auto-Avaliação no contexto da escola/ agrupamento
O Modelo de Auto-Avaliação no contexto da escola/ agrupamentoO Modelo de Auto-Avaliação no contexto da escola/ agrupamento
O Modelo de Auto-Avaliação no contexto da escola/ agrupamentoTeresa Gonçalves
 
Tabela Matriz Sessão 1
Tabela Matriz  Sessão 1Tabela Matriz  Sessão 1
Tabela Matriz Sessão 1Gloria Lopes
 
Tarefa 3 Da Isabel
Tarefa 3 Da IsabelTarefa 3 Da Isabel
Tarefa 3 Da Isabelguestf37c1e
 
Tabela Matriz Novo Curso
Tabela Matriz   Novo CursoTabela Matriz   Novo Curso
Tabela Matriz Novo Cursobibliotecasalir
 
Tabela Matriz Novo Curso
Tabela Matriz   Novo CursoTabela Matriz   Novo Curso
Tabela Matriz Novo Cursobibliotecasalir
 
Tarefa 7 Actividade 2
Tarefa 7   Actividade 2Tarefa 7   Actividade 2
Tarefa 7 Actividade 2luinog
 
"Domínio D.2. - evidências extraídas dos documentos"
"Domínio D.2. - evidências extraídas dos documentos""Domínio D.2. - evidências extraídas dos documentos"
"Domínio D.2. - evidências extraídas dos documentos"Sandra Alves
 
Tabela Matriz 1ª Semana De FormaçãO
Tabela Matriz 1ª Semana De FormaçãOTabela Matriz 1ª Semana De FormaçãO
Tabela Matriz 1ª Semana De FormaçãObecrepombais
 
Tabela Matriz Novo Curso[1]
Tabela Matriz   Novo Curso[1]Tabela Matriz   Novo Curso[1]
Tabela Matriz Novo Curso[1]Macogomes
 
Síntese Modelo Autoavaliação da Biblioteca Escolar
Síntese Modelo Autoavaliação da Biblioteca EscolarSíntese Modelo Autoavaliação da Biblioteca Escolar
Síntese Modelo Autoavaliação da Biblioteca Escolarflorafialho
 

Semelhante a Gestão da mudança BE (20)

S1 T1 Tabela Desafios Oprtunidades 02 Nov
S1 T1 Tabela Desafios Oprtunidades 02 NovS1 T1 Tabela Desafios Oprtunidades 02 Nov
S1 T1 Tabela Desafios Oprtunidades 02 Nov
 
Maabe tarefa 2ª sessão
Maabe  tarefa 2ª sessãoMaabe  tarefa 2ª sessão
Maabe tarefa 2ª sessão
 
Maabe tarefa 2ª sessão
Maabe  tarefa 2ª sessãoMaabe  tarefa 2ª sessão
Maabe tarefa 2ª sessão
 
Nelida nabais forum 1 25 de outubro 01 de novembro
Nelida nabais forum 1 25 de outubro 01 de novembroNelida nabais forum 1 25 de outubro 01 de novembro
Nelida nabais forum 1 25 de outubro 01 de novembro
 
Modelo Auto-avaliação BE
Modelo Auto-avaliação BEModelo Auto-avaliação BE
Modelo Auto-avaliação BE
 
Tabela 1
Tabela 1Tabela 1
Tabela 1
 
Tabela Matriz Novo Curso Manuela Varejao
Tabela Matriz   Novo Curso Manuela VarejaoTabela Matriz   Novo Curso Manuela Varejao
Tabela Matriz Novo Curso Manuela Varejao
 
O Modelo de Auto-Avaliação no contexto da escola/ agrupamento
O Modelo de Auto-Avaliação no contexto da escola/ agrupamentoO Modelo de Auto-Avaliação no contexto da escola/ agrupamento
O Modelo de Auto-Avaliação no contexto da escola/ agrupamento
 
Tabela Matriz Sessão 1
Tabela Matriz  Sessão 1Tabela Matriz  Sessão 1
Tabela Matriz Sessão 1
 
Tarefa 3 Da Isabel
Tarefa 3 Da IsabelTarefa 3 Da Isabel
Tarefa 3 Da Isabel
 
Tabela Matriz Novo Curso
Tabela Matriz   Novo CursoTabela Matriz   Novo Curso
Tabela Matriz Novo Curso
 
Tabela Matriz Novo Curso
Tabela Matriz   Novo CursoTabela Matriz   Novo Curso
Tabela Matriz Novo Curso
 
Tarefa 7 Actividade 2
Tarefa 7   Actividade 2Tarefa 7   Actividade 2
Tarefa 7 Actividade 2
 
"Domínio D.2. - evidências extraídas dos documentos"
"Domínio D.2. - evidências extraídas dos documentos""Domínio D.2. - evidências extraídas dos documentos"
"Domínio D.2. - evidências extraídas dos documentos"
 
Tabela Matriz 1ª Semana De FormaçãO
Tabela Matriz 1ª Semana De FormaçãOTabela Matriz 1ª Semana De FormaçãO
Tabela Matriz 1ª Semana De FormaçãO
 
Formação BE 6b
Formação BE 6bFormação BE 6b
Formação BE 6b
 
Trabalho 1
Trabalho 1Trabalho 1
Trabalho 1
 
Tabela Matriz Novo Curso[1]
Tabela Matriz   Novo Curso[1]Tabela Matriz   Novo Curso[1]
Tabela Matriz Novo Curso[1]
 
Tarefa 2
Tarefa 2Tarefa 2
Tarefa 2
 
Síntese Modelo Autoavaliação da Biblioteca Escolar
Síntese Modelo Autoavaliação da Biblioteca EscolarSíntese Modelo Autoavaliação da Biblioteca Escolar
Síntese Modelo Autoavaliação da Biblioteca Escolar
 

Mais de Sandra Alves

Bd ciclo agua_inag
Bd ciclo agua_inagBd ciclo agua_inag
Bd ciclo agua_inagSandra Alves
 
Seca adultos poupar_agua
Seca adultos poupar_aguaSeca adultos poupar_agua
Seca adultos poupar_aguaSandra Alves
 
Plantar árvores para curar a terra
Plantar árvores para curar a terraPlantar árvores para curar a terra
Plantar árvores para curar a terraSandra Alves
 
Jornal 3º período
Jornal 3º períodoJornal 3º período
Jornal 3º períodoSandra Alves
 
3 ¦ desafio- biblioteca
3 ¦ desafio- biblioteca3 ¦ desafio- biblioteca
3 ¦ desafio- bibliotecaSandra Alves
 
Jornal 2º período
Jornal 2º períodoJornal 2º período
Jornal 2º períodoSandra Alves
 
Desafio kate perry_solucoes
Desafio kate perry_solucoesDesafio kate perry_solucoes
Desafio kate perry_solucoesSandra Alves
 
Desafio semana da floresta
Desafio semana da  floresta Desafio semana da  floresta
Desafio semana da floresta Sandra Alves
 
O dia internacional da mulher desafio be
O dia internacional da mulher   desafio beO dia internacional da mulher   desafio be
O dia internacional da mulher desafio beSandra Alves
 
Manual do utilizador
Manual do utilizadorManual do utilizador
Manual do utilizadorSandra Alves
 
Regulamento interno da biblioteca escolar
Regulamento interno da biblioteca escolarRegulamento interno da biblioteca escolar
Regulamento interno da biblioteca escolarSandra Alves
 
Pesquisa na internet
Pesquisa na internetPesquisa na internet
Pesquisa na internetSandra Alves
 
O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher   O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher Sandra Alves
 
O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher  O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher Sandra Alves
 

Mais de Sandra Alves (20)

Agenda escolar
Agenda escolarAgenda escolar
Agenda escolar
 
Bd ciclo agua_inag
Bd ciclo agua_inagBd ciclo agua_inag
Bd ciclo agua_inag
 
Seca adultos poupar_agua
Seca adultos poupar_aguaSeca adultos poupar_agua
Seca adultos poupar_agua
 
Seca poupar agua
Seca poupar aguaSeca poupar agua
Seca poupar agua
 
Plano de acção
Plano de acçãoPlano de acção
Plano de acção
 
Plantar árvores para curar a terra
Plantar árvores para curar a terraPlantar árvores para curar a terra
Plantar árvores para curar a terra
 
Jornal 3º período
Jornal 3º períodoJornal 3º período
Jornal 3º período
 
f livro 2011
 f  livro 2011 f  livro 2011
f livro 2011
 
1 de maio
1 de maio1 de maio
1 de maio
 
3 ¦ desafio- biblioteca
3 ¦ desafio- biblioteca3 ¦ desafio- biblioteca
3 ¦ desafio- biblioteca
 
Desafio primavera
Desafio primaveraDesafio primavera
Desafio primavera
 
Jornal 2º período
Jornal 2º períodoJornal 2º período
Jornal 2º período
 
Desafio kate perry_solucoes
Desafio kate perry_solucoesDesafio kate perry_solucoes
Desafio kate perry_solucoes
 
Desafio semana da floresta
Desafio semana da  floresta Desafio semana da  floresta
Desafio semana da floresta
 
O dia internacional da mulher desafio be
O dia internacional da mulher   desafio beO dia internacional da mulher   desafio be
O dia internacional da mulher desafio be
 
Manual do utilizador
Manual do utilizadorManual do utilizador
Manual do utilizador
 
Regulamento interno da biblioteca escolar
Regulamento interno da biblioteca escolarRegulamento interno da biblioteca escolar
Regulamento interno da biblioteca escolar
 
Pesquisa na internet
Pesquisa na internetPesquisa na internet
Pesquisa na internet
 
O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher   O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher
 
O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher  O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher
 

Último

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 

Último (20)

Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 

Gestão da mudança BE

  • 1. Gestão da mudança Factores de Obstáculos a Acções SÍNTESE sucesso vencer prioritárias A BE deve ser encarada Disponibilizar Falta de Reuniões, formais como espaço de recursos de reconhecimento da ou informais, trabalho e de construção informação em importância da BE com os docentes do conhecimento. O diferentes suportes, e do papel da Apresentação do aluno não pode receber suficientemente professora plano de acção da passivamente a actualizada e de bibliotecária BE e informação, mas tem de qualidade, de Resistência dos disponibilização ser envolvido na acordo com as docentes à total da construção do necessidades dos colaboração com a professora conhecimento, tem de utilizadores. De BE na melhoria da bibliotecária para desenvolver salientar a qualidade das reuniões de capacidades para usar a necessidade de aprendizagens dos trabalho com os informação na criar ambientes alunos docentes construção desse virtuais de Falta de verba Desenvolver conhecimento e na aprendizagem e de para aquisição de acções de compreensão do mundo disponibilizar documentos que formação no pois aprender é saber informação digital vão ao encontro âmbito da como fazer, é de modo a estar dos interesses dos literacia desenvolver pronta a usar no alunos e docentes Desenvolver acções (competências). A quadro interactivo Falta de formação de promoção da Biblioteca tem um papel Proporcionar os dos elementos da leitura e de imprescindível no equipamentos equipa em várias desenvolvimento de desenvolvimento destas necessários áreas competências de capacidades, pelo que o Organizar o espaço Gestão adequada leitura trabalho colaborativo de modo a permitir do tempo para com os docentes é o trabalho dedicar à fundamental. Há que individual ou em formação e à proceder grupo preparação das sistematicamente à Desenvolver um acções a avaliação do impacto do trabalho desenvolver com trabalho nas colaborativo com os alunos aprendizagens dos os docentes na alunos, o nível de identificação das eficácia dos serviços dificuldades dos prestados, identificar as alunos para boas e as más práticas e, posterior com base nestas planificação de evidências, ajuizar e estratégias e decidir o rumo a dar à desenvolvimento acção. O papel da de actividades Biblioteca é educativas e de imprescindível e deve aprendizagem, ser reconhecido como estabelecendo tal. ligação com o currículo. Esta será a base da selecção de recursos Envolver os alunos
  • 2. na construção do conhecimento Proporcionar formação de literacias de informação Ajudar os professores na rentabilização dos recursos tecnológicos Afectar um professor bibliotecário qualificado e uma equipa Desenvolver estratégias de avaliação baseada na recolha sistemática de evidências. É preciso analisar constantemente se as práticas estão a surtir os efeitos desejados, através de um sistemático feedback dos professores e alunos sobre o impacto da BE nas aprendizagens e definir expectativas e objectivos claros e realizáveis em tempo realista. Os elementos de recolha de evidências devem ser estabelecidos por cada escola, cada realidade Proceder à formação contínua por parte da equipa da Biblioteca Comunicar e colaborar com bibliotecas públicas