SlideShare uma empresa Scribd logo
COLÉGIO DEO VOLENTE 
FEIRA DO CONHECIMENTO 
2014 
Apresentação do tema para a Feira do Conhecimento de 2014. 
Professores responsáveis: Rodrigo Alcantara Gaspar 
Sammy Eduardo Eugênio
ANTES DE ABORDARMOS O TEMA DA 
NOSSA FEIRA CULTURAL, VAMOS 
FAZER UMA REFLEXÃO
SE SENTIR TRISTE, AS VEZES É NORMAL?
MAS, QUAL É O TAMANHO DESSA 
TRISTEZA?
CUIDADO ISSO PODE SER...
VAMOS ENTENDER UM POUCO MAIS 
SOBRE ISSO...
EU TINHA UM CACHORRO PRETO 
• Este vídeo foi criado e publicado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) 
para ajudar pessoas que sofrem ou conhecem alguém próximo que sofre do 
"mal do século 21", a chamada depressão. Atualmente, a depressão afeta 
mais de 350 milhões de pessoas em todo o mundo. Projeções da OMS 
estimam que no ano de 2030, entre todas as doenças, a depressão será a 
mais comum. Existem tratamentos, mas menos da metade dos afetados pela 
doença recebem qualquer tipo de tratamento. Como existe uma grande 
hipótese da depressão se tornar uma doença crónica em que a pessoa pode 
ficar várias vezes doente ao longo da vida, o tratamento é fundamental. 
MUITO SE FALA DE DEPRESSÃO, MAS POUCOS 
CONSEGUEM REALMENTE ENTENDER O PROBLEMA.
VOCÊ DEVE ESTAR SE PERGUNTANDO: 
MAS QUAL A DIFERENÇA ENTRE A 
TRISTEZA E A DEPRESSÃO?
TRISTEZA X DEPRESSÃO 
TRISTEZA DEPRESSÃO 
• A depressão é uma tristeza profunda e 
sem conteúdo. Mesmo se algo 
maravilhoso acontecer, como ganhar 
na loteria ou passar no vestibular, a 
pessoa continuará triste. 
• A profundidade da tristeza também é 
importante. Pensamentos suicidas 
podem indicar depressão. 
• Quando deprimida, a pessoa sente, 
pelo menos, duas semanas de uma 
tristeza profunda e contínua. 
• A tristeza sempre tem motivo. A 
pessoa sabe porque está triste. 
• A pessoa triste pode ter sintomas no 
corpo: sentir um aperto no peito, ter 
taquicardia, chorar. 
• Quem está triste costuma ter 
pensamentos repetitivos sobre a razão 
da tristeza.
APRESENTA:
DEPRESSÃO NÃO É 
FRESCURA, É 
DOENÇA!
INTRODUÇÃO 
• Escolhemos este tema 
porque é relevante do 
ponto de vista da 
atualidade mundial. 
• Por mais difícil que seja 
explicar cientificamente 
essa doença tentaremos 
elucidar as eventuais 
dúvidas sobre o assunto.
A DEPRESSÃO 
• A depressão é uma 
doença silenciosa que 
pode afetar pessoas de 
todas as idades, 
incluindo crianças e 
jovens. Trata-se de um 
conjunto de sinais e 
sintomas que provocam 
um profundo sofrimento 
psíquico o que, por sua 
vez, leva a alterações 
comportamentais.
A DEPRESSÃO 
• O deprimido tem uma 
autoestima muito baixa e 
torna-se, por isso, um 
alvo fácil das más 
companhias, e, por 
muitas das vezes, 
escolhem o caminho do 
álcool e das drogas para 
“superar” a tristeza.
DEPRESSÃO NA ADOLESCÊNCIA 
• Na adolescência é 
frequente confundir as 
mudanças de humor, cuja 
origem se deve às 
hormonas, com estados 
depressivos. A depressão 
caracteriza-se pela 
permanência de humor 
negativo, com sintomas a 
nível físico.
SINTOMAS DE DEPRESSÃO 
• Os sintomas mais comuns que 
evidenciam a depressão são: 
• Tristeza ou sensação de vazio; 
• Pessimismo ou culpa, falta de 
esperança; 
• Sentimento de inutilidade; 
• Incapacidade de tomar decisões; 
• Concentração e memorização 
reduzidas; 
• Falta de interesse ou prazer por 
atividades normais como desportos e 
música; 
• Problemas na escola e com a família; 
• Perda de energia e motivação; 
• Insónias; 
• Falta de apetite e Irritabilidade; 
• Desejo de ficar sozinho a maior parte 
do tempo; 
• Abuso de bebidas alcoólicas ou 
drogas; 
• Conversas sobre morte.
• Muitas pessoas julgam a 
Depressão como frescura, 
como covardia. Entretanto 
como veremos em nossos 
estudos Depressão se trata 
de uma doença séria que se 
não tratada a tempo pode ter 
efeitos desastrosos. 
• PRECONCEITO TAMBÉM 
TEM CURA! 
PRECONCEITO
TRATAMENTO 
• A primeira coisa a fazer é procurar 
ajuda de um profissional. O 
deprimido, os familiares e o médico 
devem chegar a uma decisão sobre 
o tipo mais adequado de tratamento. 
Para alguns deprimidos, o 
aconselhamento pode ser a única 
terapia necessária mas para outros 
não é o suficiente sendo necessário 
o uso de medicamentos juntamente 
com o aconselhamento que envolve 
o deprimido e sua família.
TRATAMENTO 
ATIVIDADES FÍSICAS ATIVIDADES FÍSICAS 
• A prática de exercícios 
físicos pode se tornar o 
grande remédio contra a 
depressão. 
• É uma forma de fazer com 
que a pessoa se torne mais 
ocupada tendo menos 
momentos de solidão.
ACHOU QUE ACABOU? 
ESSE É APENAS O 
COMEÇO...

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pregação 16.07.17 depressão 1
Pregação 16.07.17 depressão 1Pregação 16.07.17 depressão 1
Pregação 16.07.17 depressão 1
Dagmar Wendt
 
Depressão dor anonima
Depressão dor anonimaDepressão dor anonima
Depressão dor anonima
Wellington Oliveira
 
Um homem de Deus em depressão
Um homem de Deus em depressãoUm homem de Deus em depressão
Um homem de Deus em depressão
Moisés Sampaio
 
Depressao na mulher
Depressao na mulherDepressao na mulher
Depressao na mulher
Marta Elini Borges
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
UNIME
 
Depressão - Ansiedade
Depressão - AnsiedadeDepressão - Ansiedade
Depressão - Ansiedade
Novo Tempo
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
Bárbara Thais
 
Depressão palestra
Depressão   palestraDepressão   palestra
Depressão palestra
Isabel Teixeira
 
Vencendo a depressão
Vencendo a depressãoVencendo a depressão
Vencendo a depressão
ESTUDANTETEOLOGIA
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
Solange Leite
 
Ministerio da educação e desporto da ilha do maio
Ministerio da educação e desporto da ilha do maioMinisterio da educação e desporto da ilha do maio
Ministerio da educação e desporto da ilha do maio
riderramos
 
Depressão na pessoa idosa rui grilo
Depressão na pessoa idosa    rui griloDepressão na pessoa idosa    rui grilo
Depressão na pessoa idosa rui grilo
Rui Grilo
 
17. comece depressão na adolescência - 06.2013
17. comece   depressão na adolescência - 06.201317. comece   depressão na adolescência - 06.2013
17. comece depressão na adolescência - 06.2013
comece
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
Inês Lucas
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
Miriam Gorender
 
Citologia - Depressao
Citologia - DepressaoCitologia - Depressao
Citologia - Depressao
Lincolm Aguiar
 
Depressão na 3ª idade
Depressão na 3ª idadeDepressão na 3ª idade
Depressão na 3ª idade
Cras Macatuba
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
Lisete B.
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
BrendaMello7
 
Depressão e Suicício
Depressão e SuicícioDepressão e Suicício
Depressão e Suicício
Laís Maria da Cruz
 

Mais procurados (20)

Pregação 16.07.17 depressão 1
Pregação 16.07.17 depressão 1Pregação 16.07.17 depressão 1
Pregação 16.07.17 depressão 1
 
Depressão dor anonima
Depressão dor anonimaDepressão dor anonima
Depressão dor anonima
 
Um homem de Deus em depressão
Um homem de Deus em depressãoUm homem de Deus em depressão
Um homem de Deus em depressão
 
Depressao na mulher
Depressao na mulherDepressao na mulher
Depressao na mulher
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Depressão - Ansiedade
Depressão - AnsiedadeDepressão - Ansiedade
Depressão - Ansiedade
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Depressão palestra
Depressão   palestraDepressão   palestra
Depressão palestra
 
Vencendo a depressão
Vencendo a depressãoVencendo a depressão
Vencendo a depressão
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Ministerio da educação e desporto da ilha do maio
Ministerio da educação e desporto da ilha do maioMinisterio da educação e desporto da ilha do maio
Ministerio da educação e desporto da ilha do maio
 
Depressão na pessoa idosa rui grilo
Depressão na pessoa idosa    rui griloDepressão na pessoa idosa    rui grilo
Depressão na pessoa idosa rui grilo
 
17. comece depressão na adolescência - 06.2013
17. comece   depressão na adolescência - 06.201317. comece   depressão na adolescência - 06.2013
17. comece depressão na adolescência - 06.2013
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Citologia - Depressao
Citologia - DepressaoCitologia - Depressao
Citologia - Depressao
 
Depressão na 3ª idade
Depressão na 3ª idadeDepressão na 3ª idade
Depressão na 3ª idade
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Depressão e Suicício
Depressão e SuicícioDepressão e Suicício
Depressão e Suicício
 

Destaque

A Depressão
A DepressãoA Depressão
A Depressão
Marisa Almeida
 
Depressão
Depressão Depressão
Depressão
Natália Lopes
 
Tristeza e depressão
Tristeza e depressãoTristeza e depressão
Tristeza e depressão
Marlon Reikdal
 
Por que algumas pessoas sofrem de depressão?
Por que algumas pessoas sofrem de depressão? Por que algumas pessoas sofrem de depressão?
Por que algumas pessoas sofrem de depressão?
João Marcos Professor Literatura
 
Depressão - Marcelly e Marcilene
Depressão -  Marcelly e MarcileneDepressão -  Marcelly e Marcilene
Depressão - Marcelly e Marcilene
mahvieira
 
Depressão infantil
Depressão infantilDepressão infantil
Depressão infantil
Janayane Souza
 
Depression Summary Portuguese
Depression Summary  PortugueseDepression Summary  Portuguese
Depression Summary Portuguese
Claudio Pericles
 
Depression Summary Portuguese
Depression Summary PortugueseDepression Summary Portuguese
Depression Summary Portuguese
Claudio Pericles
 
Vacina contra depressão
Vacina contra depressãoVacina contra depressão
Vacina contra depressão
Fórum Espírita
 
Proposta pedagógica2
Proposta pedagógica2Proposta pedagógica2
Proposta pedagógica2
presidentemedici
 
Jornada pedagógica palestra délia
Jornada pedagógica palestra déliaJornada pedagógica palestra délia
Jornada pedagógica palestra délia
Delia Ladeia
 
Araucária semana pedagógica 2011 daniel 3
Araucária semana pedagógica 2011  daniel 3Araucária semana pedagógica 2011  daniel 3
Araucária semana pedagógica 2011 daniel 3
Educação Smed
 
Drogas que atuam
Drogas que atuamDrogas que atuam
Drogas que atuam
thamirys
 
Slide psicologia
Slide psicologia Slide psicologia
Slide psicologia
rubisantos89
 
O papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informação
O papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informaçãoO papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informação
O papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informação
Ministério da Educação
 
Formação 2013 ppp
Formação 2013   pppFormação 2013   ppp
Formação 2013 ppp
WALTER ALENCAR DE SOUSA
 
Experiência do CONASS - Laboratório de Inovação na Atenção Condições Crônicas
Experiência do CONASS - Laboratório de Inovação na Atenção Condições CrônicasExperiência do CONASS - Laboratório de Inovação na Atenção Condições Crônicas
Experiência do CONASS - Laboratório de Inovação na Atenção Condições Crônicas
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Laboratório de Inovação - Conhecimento e Inovações em Saúde - Opas
Laboratório de Inovação - Conhecimento e Inovações em Saúde - OpasLaboratório de Inovação - Conhecimento e Inovações em Saúde - Opas
Laboratório de Inovação - Conhecimento e Inovações em Saúde - Opas
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
+Amor.um pedido dosanimais
+Amor.um pedido dosanimais+Amor.um pedido dosanimais
+Amor.um pedido dosanimais
Fórum Espírita
 
Slides semana pedagógica
Slides  semana pedagógicaSlides  semana pedagógica
Slides semana pedagógica
Walter de Carvalho Baptista
 

Destaque (20)

A Depressão
A DepressãoA Depressão
A Depressão
 
Depressão
Depressão Depressão
Depressão
 
Tristeza e depressão
Tristeza e depressãoTristeza e depressão
Tristeza e depressão
 
Por que algumas pessoas sofrem de depressão?
Por que algumas pessoas sofrem de depressão? Por que algumas pessoas sofrem de depressão?
Por que algumas pessoas sofrem de depressão?
 
Depressão - Marcelly e Marcilene
Depressão -  Marcelly e MarcileneDepressão -  Marcelly e Marcilene
Depressão - Marcelly e Marcilene
 
Depressão infantil
Depressão infantilDepressão infantil
Depressão infantil
 
Depression Summary Portuguese
Depression Summary  PortugueseDepression Summary  Portuguese
Depression Summary Portuguese
 
Depression Summary Portuguese
Depression Summary PortugueseDepression Summary Portuguese
Depression Summary Portuguese
 
Vacina contra depressão
Vacina contra depressãoVacina contra depressão
Vacina contra depressão
 
Proposta pedagógica2
Proposta pedagógica2Proposta pedagógica2
Proposta pedagógica2
 
Jornada pedagógica palestra délia
Jornada pedagógica palestra déliaJornada pedagógica palestra délia
Jornada pedagógica palestra délia
 
Araucária semana pedagógica 2011 daniel 3
Araucária semana pedagógica 2011  daniel 3Araucária semana pedagógica 2011  daniel 3
Araucária semana pedagógica 2011 daniel 3
 
Drogas que atuam
Drogas que atuamDrogas que atuam
Drogas que atuam
 
Slide psicologia
Slide psicologia Slide psicologia
Slide psicologia
 
O papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informação
O papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informaçãoO papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informação
O papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informação
 
Formação 2013 ppp
Formação 2013   pppFormação 2013   ppp
Formação 2013 ppp
 
Experiência do CONASS - Laboratório de Inovação na Atenção Condições Crônicas
Experiência do CONASS - Laboratório de Inovação na Atenção Condições CrônicasExperiência do CONASS - Laboratório de Inovação na Atenção Condições Crônicas
Experiência do CONASS - Laboratório de Inovação na Atenção Condições Crônicas
 
Laboratório de Inovação - Conhecimento e Inovações em Saúde - Opas
Laboratório de Inovação - Conhecimento e Inovações em Saúde - OpasLaboratório de Inovação - Conhecimento e Inovações em Saúde - Opas
Laboratório de Inovação - Conhecimento e Inovações em Saúde - Opas
 
+Amor.um pedido dosanimais
+Amor.um pedido dosanimais+Amor.um pedido dosanimais
+Amor.um pedido dosanimais
 
Slides semana pedagógica
Slides  semana pedagógicaSlides  semana pedagógica
Slides semana pedagógica
 

Semelhante a Feira do conhecimento 2014 - DEPRESSÃO

Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Rose Zanonato
 
depressão roteiro.docx
depressão roteiro.docxdepressão roteiro.docx
depressão roteiro.docx
AcacioCosta8
 
depressão tem cura
depressão tem curadepressão tem cura
depressão tem cura
axminsojsv
 
UBS JARDIM ADELAIDE ....................
UBS JARDIM ADELAIDE ....................UBS JARDIM ADELAIDE ....................
UBS JARDIM ADELAIDE ....................
martins15anacarolina
 
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trataA depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
Cosmo Palasio
 
Trabalho de grupo (depressão)
Trabalho de grupo (depressão)Trabalho de grupo (depressão)
Trabalho de grupo (depressão)
gomespereira64
 
Trabalho de grupo (depressão)
Trabalho de grupo (depressão)Trabalho de grupo (depressão)
Trabalho de grupo (depressão)
gomespereira64
 
DEPRESSãobgggggghjuytfyxfd\swae45rtyfghv
DEPRESSãobgggggghjuytfyxfd\swae45rtyfghvDEPRESSãobgggggghjuytfyxfd\swae45rtyfghv
DEPRESSãobgggggghjuytfyxfd\swae45rtyfghv
mhliraa2005
 
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptxSetembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Telma Lima
 
Saiba Como Controlar a Ansiedade, Prevenir e Tratar a Depressão pdf
Saiba Como Controlar a Ansiedade, Prevenir e Tratar a Depressão   pdfSaiba Como Controlar a Ansiedade, Prevenir e Tratar a Depressão   pdf
Saiba Como Controlar a Ansiedade, Prevenir e Tratar a Depressão pdf
Ederson Bezerra
 
TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.
TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.
TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.
Gustavo Malvestiti de Oliveira
 
depressao.pdf
depressao.pdfdepressao.pdf
depressao.pdf
JanikeleLeite1
 
COMO SUPERAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE NA VIDA DAS PESSOAS NO MUNDO EM QUE VI...
COMO SUPERAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE NA VIDA DAS PESSOAS NO MUNDO EM QUE VI...COMO SUPERAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE NA VIDA DAS PESSOAS NO MUNDO EM QUE VI...
COMO SUPERAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE NA VIDA DAS PESSOAS NO MUNDO EM QUE VI...
Faga1939
 
Palestra André
Palestra AndréPalestra André
Palestra André
assefrak
 
Quem ama não adoece depressão!
Quem ama não adoece depressão!Quem ama não adoece depressão!
Quem ama não adoece depressão!
Leonardo Pereira
 
Como lidar com a ansiedade
Como lidar com a ansiedadeComo lidar com a ansiedade
Como lidar com a ansiedade
bia_alice
 
Depressão marcelly e marcilene
Depressão   marcelly e marcileneDepressão   marcelly e marcilene
Depressão marcelly e marcilene
mahvieira
 
ELETIVAS – a vida em movimento.pptx
ELETIVAS – a vida em movimento.pptxELETIVAS – a vida em movimento.pptx
ELETIVAS – a vida em movimento.pptx
Suzy De Abreu Santana
 
depressao.pdf
depressao.pdfdepressao.pdf
depressao.pdf
acl_sousa
 
doenças mentais
doenças mentaisdoenças mentais
doenças mentais
Renata Fernandes
 

Semelhante a Feira do conhecimento 2014 - DEPRESSÃO (20)

Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
 
depressão roteiro.docx
depressão roteiro.docxdepressão roteiro.docx
depressão roteiro.docx
 
depressão tem cura
depressão tem curadepressão tem cura
depressão tem cura
 
UBS JARDIM ADELAIDE ....................
UBS JARDIM ADELAIDE ....................UBS JARDIM ADELAIDE ....................
UBS JARDIM ADELAIDE ....................
 
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trataA depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
 
Trabalho de grupo (depressão)
Trabalho de grupo (depressão)Trabalho de grupo (depressão)
Trabalho de grupo (depressão)
 
Trabalho de grupo (depressão)
Trabalho de grupo (depressão)Trabalho de grupo (depressão)
Trabalho de grupo (depressão)
 
DEPRESSãobgggggghjuytfyxfd\swae45rtyfghv
DEPRESSãobgggggghjuytfyxfd\swae45rtyfghvDEPRESSãobgggggghjuytfyxfd\swae45rtyfghv
DEPRESSãobgggggghjuytfyxfd\swae45rtyfghv
 
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptxSetembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
 
Saiba Como Controlar a Ansiedade, Prevenir e Tratar a Depressão pdf
Saiba Como Controlar a Ansiedade, Prevenir e Tratar a Depressão   pdfSaiba Como Controlar a Ansiedade, Prevenir e Tratar a Depressão   pdf
Saiba Como Controlar a Ansiedade, Prevenir e Tratar a Depressão pdf
 
TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.
TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.
TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.
 
depressao.pdf
depressao.pdfdepressao.pdf
depressao.pdf
 
COMO SUPERAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE NA VIDA DAS PESSOAS NO MUNDO EM QUE VI...
COMO SUPERAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE NA VIDA DAS PESSOAS NO MUNDO EM QUE VI...COMO SUPERAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE NA VIDA DAS PESSOAS NO MUNDO EM QUE VI...
COMO SUPERAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE NA VIDA DAS PESSOAS NO MUNDO EM QUE VI...
 
Palestra André
Palestra AndréPalestra André
Palestra André
 
Quem ama não adoece depressão!
Quem ama não adoece depressão!Quem ama não adoece depressão!
Quem ama não adoece depressão!
 
Como lidar com a ansiedade
Como lidar com a ansiedadeComo lidar com a ansiedade
Como lidar com a ansiedade
 
Depressão marcelly e marcilene
Depressão   marcelly e marcileneDepressão   marcelly e marcilene
Depressão marcelly e marcilene
 
ELETIVAS – a vida em movimento.pptx
ELETIVAS – a vida em movimento.pptxELETIVAS – a vida em movimento.pptx
ELETIVAS – a vida em movimento.pptx
 
depressao.pdf
depressao.pdfdepressao.pdf
depressao.pdf
 
doenças mentais
doenças mentaisdoenças mentais
doenças mentais
 

Último

Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 

Feira do conhecimento 2014 - DEPRESSÃO

  • 1. COLÉGIO DEO VOLENTE FEIRA DO CONHECIMENTO 2014 Apresentação do tema para a Feira do Conhecimento de 2014. Professores responsáveis: Rodrigo Alcantara Gaspar Sammy Eduardo Eugênio
  • 2. ANTES DE ABORDARMOS O TEMA DA NOSSA FEIRA CULTURAL, VAMOS FAZER UMA REFLEXÃO
  • 3. SE SENTIR TRISTE, AS VEZES É NORMAL?
  • 4. MAS, QUAL É O TAMANHO DESSA TRISTEZA?
  • 6. VAMOS ENTENDER UM POUCO MAIS SOBRE ISSO...
  • 7. EU TINHA UM CACHORRO PRETO • Este vídeo foi criado e publicado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para ajudar pessoas que sofrem ou conhecem alguém próximo que sofre do "mal do século 21", a chamada depressão. Atualmente, a depressão afeta mais de 350 milhões de pessoas em todo o mundo. Projeções da OMS estimam que no ano de 2030, entre todas as doenças, a depressão será a mais comum. Existem tratamentos, mas menos da metade dos afetados pela doença recebem qualquer tipo de tratamento. Como existe uma grande hipótese da depressão se tornar uma doença crónica em que a pessoa pode ficar várias vezes doente ao longo da vida, o tratamento é fundamental. MUITO SE FALA DE DEPRESSÃO, MAS POUCOS CONSEGUEM REALMENTE ENTENDER O PROBLEMA.
  • 8. VOCÊ DEVE ESTAR SE PERGUNTANDO: MAS QUAL A DIFERENÇA ENTRE A TRISTEZA E A DEPRESSÃO?
  • 9. TRISTEZA X DEPRESSÃO TRISTEZA DEPRESSÃO • A depressão é uma tristeza profunda e sem conteúdo. Mesmo se algo maravilhoso acontecer, como ganhar na loteria ou passar no vestibular, a pessoa continuará triste. • A profundidade da tristeza também é importante. Pensamentos suicidas podem indicar depressão. • Quando deprimida, a pessoa sente, pelo menos, duas semanas de uma tristeza profunda e contínua. • A tristeza sempre tem motivo. A pessoa sabe porque está triste. • A pessoa triste pode ter sintomas no corpo: sentir um aperto no peito, ter taquicardia, chorar. • Quem está triste costuma ter pensamentos repetitivos sobre a razão da tristeza.
  • 11. DEPRESSÃO NÃO É FRESCURA, É DOENÇA!
  • 12. INTRODUÇÃO • Escolhemos este tema porque é relevante do ponto de vista da atualidade mundial. • Por mais difícil que seja explicar cientificamente essa doença tentaremos elucidar as eventuais dúvidas sobre o assunto.
  • 13. A DEPRESSÃO • A depressão é uma doença silenciosa que pode afetar pessoas de todas as idades, incluindo crianças e jovens. Trata-se de um conjunto de sinais e sintomas que provocam um profundo sofrimento psíquico o que, por sua vez, leva a alterações comportamentais.
  • 14. A DEPRESSÃO • O deprimido tem uma autoestima muito baixa e torna-se, por isso, um alvo fácil das más companhias, e, por muitas das vezes, escolhem o caminho do álcool e das drogas para “superar” a tristeza.
  • 15. DEPRESSÃO NA ADOLESCÊNCIA • Na adolescência é frequente confundir as mudanças de humor, cuja origem se deve às hormonas, com estados depressivos. A depressão caracteriza-se pela permanência de humor negativo, com sintomas a nível físico.
  • 16. SINTOMAS DE DEPRESSÃO • Os sintomas mais comuns que evidenciam a depressão são: • Tristeza ou sensação de vazio; • Pessimismo ou culpa, falta de esperança; • Sentimento de inutilidade; • Incapacidade de tomar decisões; • Concentração e memorização reduzidas; • Falta de interesse ou prazer por atividades normais como desportos e música; • Problemas na escola e com a família; • Perda de energia e motivação; • Insónias; • Falta de apetite e Irritabilidade; • Desejo de ficar sozinho a maior parte do tempo; • Abuso de bebidas alcoólicas ou drogas; • Conversas sobre morte.
  • 17. • Muitas pessoas julgam a Depressão como frescura, como covardia. Entretanto como veremos em nossos estudos Depressão se trata de uma doença séria que se não tratada a tempo pode ter efeitos desastrosos. • PRECONCEITO TAMBÉM TEM CURA! PRECONCEITO
  • 18. TRATAMENTO • A primeira coisa a fazer é procurar ajuda de um profissional. O deprimido, os familiares e o médico devem chegar a uma decisão sobre o tipo mais adequado de tratamento. Para alguns deprimidos, o aconselhamento pode ser a única terapia necessária mas para outros não é o suficiente sendo necessário o uso de medicamentos juntamente com o aconselhamento que envolve o deprimido e sua família.
  • 19. TRATAMENTO ATIVIDADES FÍSICAS ATIVIDADES FÍSICAS • A prática de exercícios físicos pode se tornar o grande remédio contra a depressão. • É uma forma de fazer com que a pessoa se torne mais ocupada tendo menos momentos de solidão.
  • 20. ACHOU QUE ACABOU? ESSE É APENAS O COMEÇO...