SlideShare uma empresa Scribd logo
Farmácia Integrada
 
 
 
A Farmácia e seus públicos
“ A missão da prática farmacêutica é prover medicamentos e outros produtos e serviços para a saúde e ajudar as pessoas e a sociedade a utilizá-los da melhor forma possível”. Declaração de Tóquio OMS - 1993
O Contexto Histórico ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
O Contexto Histórico ,[object Object],[object Object]
O Contexto Histórico ,[object Object],[object Object]
O Contexto Histórico ,[object Object],[object Object]
Farmácia Integrada ao Sistema Nacional de Saúde ,[object Object],[object Object]
Farmácia Integrada ao Sistema Nacional de Saúde ,[object Object],[object Object]
Farmácia Integrada aos Pacientes e Usuários ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Deve, também, compreendê-lo: E deve contar com ele ou ela, como agente ativo no processo terapêutico.
Farmácia Integrada à Comunidade ,[object Object],[object Object]
Farmácia Integrada à Comunidade População Brasileira ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Cada município tem um perfil epidemiológico, bem como características sócio-econômico-culturais   próprias . Os diferentes indicadores e as informações de saúde do município são a base para que o farmacêutico comunitário defina suas prioridades de trabalho, seja no âmbito de sua Farmácia ou da coletividade.
Farmácia Integrada nos Setores ou Categorias de Produtos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Farmácia Integrada nos Setores ou Categorias de Produtos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Farmácia Integrada em seus Serviços ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Farmácia Integrada em seus Serviços O conjunto de serviços oferecidos demonstra aos pacientes,  aos usuários e à sociedade  o compromisso que a Farmácia tem com a saúde. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Serviços Farmacêuticos orientados aos pacientes e usuários
Consenso Brasileiro de Atenção Farmacêutica ,[object Object],Consenso Brasileiro de Atenção Farmacêutica. Organização Panamericana Saúde. Brasília. 2002
Projeto Orientação sobre o uso de medicamentos na comunidade ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Projeto Implementado pelos alunos, ex-alunos e docentes do Curso de Pós-Graduação em Atenção Farmacêutica – Formação em Farmácia Clínica do Instituto Racine
Farmácia Integrada aos Profissionais da Saúde Ainda hoje, a  farmacoterapia é a forma de intervenção médica mais freqüentemente utilizada.  Além disso, as situações de múltiplos prescritores para um mesmo paciente é uma realidade cada vez mais presente nas populações, que têm visto suas expectativas de vida aumentarem expressivamente a cada década. Este contexto, faz do  Farmacêutico Comunitário um elo de enorme importância na cadeia sanitária .  Sua facilidade de acesso, seus vínculos de confiança com a comunidade, seu amplo conhecimento desses indivíduos e sua capacidade de influência, são valiosos reforços aos procedimentos terapêuticos definidos pelos demais profissionais  envolvidos em uma decisão terapêutica .
Farmácia Integrada aos Profissionais da Saúde Responsabilidades compartilhadas na busca  de resultados positivos na farmacoterapia. A Farmácia é, normalmente, um local isolado de outros estabelecimentos sanitários. Por isso, o farmacêutico comunitário deve ter sempre uma  atitude ativa  na busca do relacionamento com os outros profissionais da saúde.
Farmácia Integrada à Equipe ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Farmácia Integrada à Educação Farmacêutica O conhecimento é transitório e os saberes, os recursos e a sociedade evoluem ao longo do tempo. Diante desta realidade, os farmacêuticos comunitários devem assumir o compromisso com o desenvolvimento contínuo de suas competências. Este compromisso, é uma das  Sete Estrelas do Farmacêutico Vancouver, 1997 Decisor Comunicador Líder Administrador Educador Aprendiz Permanente Prestador de cuidados
“ É evidente a importância do medicamento em nosso cotidiano, seja pela freqüência com que o utilizamos, pelos riscos a que estamos expostos quando o fazemos, pelo seu impacto econômico em nosso orçamento ou pelos benefícios que podemos ter por seu uso racional”.  Barbosa, N. Farmácia Integrada: ambiente, produtos, serviços, pessoas e atitudes coerentes com a proposta de zelar pela saúde. Revista Racine ed 82, p 54 – 66, 2004.
“ O modo como traduzirmos o nosso compromisso com a sociedade, por meio de nossa prática diária, será o elemento vital para que esta sociedade, bem como para que as demais profissões da área da saúde, considerem o exercício profissional farmacêutico na Farmácia Comunitária como imprescindível para a garantia da vida”. Barbosa, N. Farmácia Integrada: ambiente, produtos, serviços, pessoas e atitudes coerentes com a proposta de zelar pela saúde. Revista Racine ed 82, p 54 – 66, 2004.
Farmacêutico Um profissional da saúde que, atuando na farmácia comunitária, é de acesso gratuito e facilitado...  24 horas por dia ...  ... 365 dias por ano.
A organização das idéias da Farmácia Integrada aqui apresentadas são de autoria da farmacêutica  Nilce Barbosa, presidente do Grupo Racine. Este trabalho foi realizado com o propósito de inspirar os profissionais farmacêuticos da Farmácia Comunitária a projetarem sua atuação para além do medicamento, incorporando à sua prática diária novos saberes, novas habilidades e  novas atitudes. Afinal, uma profissão existe para atender às necessidades da sociedade, dentro de um contexto histórico. E, se esta sociedade se transforma, é fundamental que as profissões se transformem com ela. São Paulo, 2009

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula erno
Aula ernoAula erno
Aula erno
Inaiara Bragante
 
Pca Tool - Apresentação Joel Navarro
Pca Tool - Apresentação Joel NavarroPca Tool - Apresentação Joel Navarro
Pca Tool - Apresentação Joel Navarro
jimisilveira
 
Iv congresso internacional de serviço social
Iv congresso internacional de serviço socialIv congresso internacional de serviço social
Iv congresso internacional de serviço social
Vilma Pereira da Silva
 
AUTOMEDICAÇÃO
AUTOMEDICAÇÃOAUTOMEDICAÇÃO
AUTOMEDICAÇÃO
Andréa Dantas
 
FGV / IBRE – A Governança e Gestão do HRTN O Modelo de Linhas de Cuidado
FGV / IBRE – A Governança e Gestão do HRTN O Modelo de Linhas de CuidadoFGV / IBRE – A Governança e Gestão do HRTN O Modelo de Linhas de Cuidado
FGV / IBRE – A Governança e Gestão do HRTN O Modelo de Linhas de Cuidado
FGV | Fundação Getulio Vargas
 
PPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de Saúde
PPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de SaúdePPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de Saúde
PPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de Saúde
Isabel Henriques
 
Lei de Bases na Saúde
Lei de Bases na SaúdeLei de Bases na Saúde
Lei de Bases na Saúde
Fábio Simões
 
Apresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimentoApresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimento
Felipe Cavalcanti
 
Módulo 1 - aula 1
Módulo 1 - aula 1Módulo 1 - aula 1
Módulo 1 - aula 1
eadsantamarcelina
 
Glossário rncci
Glossário rncciGlossário rncci
Glossário rncci
Inês Polme
 
Homero_Educacao_permanente_saude
Homero_Educacao_permanente_saudeHomero_Educacao_permanente_saude
Homero_Educacao_permanente_saude
comunidadedepraticas
 
FamíLia E Equipe De SaúDe
FamíLia E Equipe De SaúDeFamíLia E Equipe De SaúDe
FamíLia E Equipe De SaúDe
Luiza Farias
 

Mais procurados (12)

Aula erno
Aula ernoAula erno
Aula erno
 
Pca Tool - Apresentação Joel Navarro
Pca Tool - Apresentação Joel NavarroPca Tool - Apresentação Joel Navarro
Pca Tool - Apresentação Joel Navarro
 
Iv congresso internacional de serviço social
Iv congresso internacional de serviço socialIv congresso internacional de serviço social
Iv congresso internacional de serviço social
 
AUTOMEDICAÇÃO
AUTOMEDICAÇÃOAUTOMEDICAÇÃO
AUTOMEDICAÇÃO
 
FGV / IBRE – A Governança e Gestão do HRTN O Modelo de Linhas de Cuidado
FGV / IBRE – A Governança e Gestão do HRTN O Modelo de Linhas de CuidadoFGV / IBRE – A Governança e Gestão do HRTN O Modelo de Linhas de Cuidado
FGV / IBRE – A Governança e Gestão do HRTN O Modelo de Linhas de Cuidado
 
PPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de Saúde
PPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de SaúdePPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de Saúde
PPT UFCD 6558_Atividade Profissional do Técnico Auxiliar de Saúde
 
Lei de Bases na Saúde
Lei de Bases na SaúdeLei de Bases na Saúde
Lei de Bases na Saúde
 
Apresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimentoApresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimento
 
Módulo 1 - aula 1
Módulo 1 - aula 1Módulo 1 - aula 1
Módulo 1 - aula 1
 
Glossário rncci
Glossário rncciGlossário rncci
Glossário rncci
 
Homero_Educacao_permanente_saude
Homero_Educacao_permanente_saudeHomero_Educacao_permanente_saude
Homero_Educacao_permanente_saude
 
FamíLia E Equipe De SaúDe
FamíLia E Equipe De SaúDeFamíLia E Equipe De SaúDe
FamíLia E Equipe De SaúDe
 

Destaque

Guerreiros da luz vol 1
Guerreiros da luz   vol 1Guerreiros da luz   vol 1
Guerreiros da luz vol 1
Marcos Patricio
 
Visa - AFE
Visa -  AFEVisa -  AFE
Administração de Materiais Farmacêuticos
Administração de Materiais FarmacêuticosAdministração de Materiais Farmacêuticos
Administração de Materiais Farmacêuticos
Safia Naser
 
Apresentacao gestao de custos hospitalares (rj) por sergio lopes bento
Apresentacao gestao de custos hospitalares (rj) por sergio lopes bentoApresentacao gestao de custos hospitalares (rj) por sergio lopes bento
Apresentacao gestao de custos hospitalares (rj) por sergio lopes bento
Odé Lonim
 
Farmacia Hospitalar
Farmacia HospitalarFarmacia Hospitalar
Farmacia Hospitalar
Safia Naser
 
Farmácia Hospitalar: Uma compreensão dos processos de armazenagem de medicame...
Farmácia Hospitalar: Uma compreensão dos processos de armazenagem de medicame...Farmácia Hospitalar: Uma compreensão dos processos de armazenagem de medicame...
Farmácia Hospitalar: Uma compreensão dos processos de armazenagem de medicame...
Anderson Queiroz
 
Deontologia farmacêutica
Deontologia farmacêuticaDeontologia farmacêutica
Deontologia farmacêutica
iolanda_goncalves
 
Legislação farmaceutica
Legislação farmaceuticaLegislação farmaceutica
Legislação farmaceutica
Safia Naser
 
Automação aplicada à gestão em farmácia hospitalar
Automação aplicada à gestão em farmácia hospitalarAutomação aplicada à gestão em farmácia hospitalar
Automação aplicada à gestão em farmácia hospitalar
Adriano Heitz Nascimento
 
Aula 1 legislação aplicada a farmácia
Aula 1 legislação aplicada a farmáciaAula 1 legislação aplicada a farmácia
Aula 1 legislação aplicada a farmácia
Patrícia Lopes
 
Noções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêuticaNoções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêutica
Leonardo Souza
 
Materiais médicos hospitalares 2
Materiais médicos hospitalares 2Materiais médicos hospitalares 2
Materiais médicos hospitalares 2
cristianoafranca
 
Introdução à Atenção Farmacêutica
Introdução à Atenção FarmacêuticaIntrodução à Atenção Farmacêutica
Introdução à Atenção Farmacêutica
Cassyano Correr
 
Farmacia Hospitalar Introducao
Farmacia Hospitalar IntroducaoFarmacia Hospitalar Introducao
Farmacia Hospitalar Introducao
Jose Carlos
 
Atenção farmacêutica aula i
Atenção farmacêutica    aula iAtenção farmacêutica    aula i
Atenção farmacêutica aula i
Larissa Oliveira Rocha
 
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
Bilson António José Carlos
 
Organização serviços de saúde
Organização serviços de saúdeOrganização serviços de saúde
Organização serviços de saúde
calinesa
 
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALARORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
Centro Universitário Ages
 
Aula Central de material Esterilizado
Aula Central de material EsterilizadoAula Central de material Esterilizado
Aula Central de material Esterilizado
Conceição Quirino
 

Destaque (19)

Guerreiros da luz vol 1
Guerreiros da luz   vol 1Guerreiros da luz   vol 1
Guerreiros da luz vol 1
 
Visa - AFE
Visa -  AFEVisa -  AFE
Visa - AFE
 
Administração de Materiais Farmacêuticos
Administração de Materiais FarmacêuticosAdministração de Materiais Farmacêuticos
Administração de Materiais Farmacêuticos
 
Apresentacao gestao de custos hospitalares (rj) por sergio lopes bento
Apresentacao gestao de custos hospitalares (rj) por sergio lopes bentoApresentacao gestao de custos hospitalares (rj) por sergio lopes bento
Apresentacao gestao de custos hospitalares (rj) por sergio lopes bento
 
Farmacia Hospitalar
Farmacia HospitalarFarmacia Hospitalar
Farmacia Hospitalar
 
Farmácia Hospitalar: Uma compreensão dos processos de armazenagem de medicame...
Farmácia Hospitalar: Uma compreensão dos processos de armazenagem de medicame...Farmácia Hospitalar: Uma compreensão dos processos de armazenagem de medicame...
Farmácia Hospitalar: Uma compreensão dos processos de armazenagem de medicame...
 
Deontologia farmacêutica
Deontologia farmacêuticaDeontologia farmacêutica
Deontologia farmacêutica
 
Legislação farmaceutica
Legislação farmaceuticaLegislação farmaceutica
Legislação farmaceutica
 
Automação aplicada à gestão em farmácia hospitalar
Automação aplicada à gestão em farmácia hospitalarAutomação aplicada à gestão em farmácia hospitalar
Automação aplicada à gestão em farmácia hospitalar
 
Aula 1 legislação aplicada a farmácia
Aula 1 legislação aplicada a farmáciaAula 1 legislação aplicada a farmácia
Aula 1 legislação aplicada a farmácia
 
Noções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêuticaNoções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêutica
 
Materiais médicos hospitalares 2
Materiais médicos hospitalares 2Materiais médicos hospitalares 2
Materiais médicos hospitalares 2
 
Introdução à Atenção Farmacêutica
Introdução à Atenção FarmacêuticaIntrodução à Atenção Farmacêutica
Introdução à Atenção Farmacêutica
 
Farmacia Hospitalar Introducao
Farmacia Hospitalar IntroducaoFarmacia Hospitalar Introducao
Farmacia Hospitalar Introducao
 
Atenção farmacêutica aula i
Atenção farmacêutica    aula iAtenção farmacêutica    aula i
Atenção farmacêutica aula i
 
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
 
Organização serviços de saúde
Organização serviços de saúdeOrganização serviços de saúde
Organização serviços de saúde
 
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALARORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
 
Aula Central de material Esterilizado
Aula Central de material EsterilizadoAula Central de material Esterilizado
Aula Central de material Esterilizado
 

Semelhante a Farmácia Integrada 2009

Os desafios da profissão farmacêutica
Os desafios da profissão farmacêuticaOs desafios da profissão farmacêutica
Os desafios da profissão farmacêutica
Leonara Rezende
 
Farmácia Clínica como iniciar a fazer .
Farmácia Clínica como iniciar a fazer .Farmácia Clínica como iniciar a fazer .
Farmácia Clínica como iniciar a fazer .
OdilonCalian1
 
Política nacional de medicamentos
Política nacional de medicamentosPolítica nacional de medicamentos
Política nacional de medicamentos
Ana Barth
 
O papel do farmacêutico na saúde mental
O papel do farmacêutico na saúde mentalO papel do farmacêutico na saúde mental
O papel do farmacêutico na saúde mental
petsmufrn
 
Programa multidisciplinar de atenção farmacêutica
Programa multidisciplinar de atenção farmacêuticaPrograma multidisciplinar de atenção farmacêutica
Programa multidisciplinar de atenção farmacêutica
Fernando Amaral de Calais
 
Aula 1 - AF
Aula 1 - AFAula 1 - AF
Assistência Farmacêutica na Prática
Assistência Farmacêutica na PráticaAssistência Farmacêutica na Prática
Assistência Farmacêutica na Prática
Farmacêutico Digital
 
Atenção farmacêutica teoria e prática um diálogo possível
Atenção farmacêutica   teoria e prática um diálogo possívelAtenção farmacêutica   teoria e prática um diálogo possível
Atenção farmacêutica teoria e prática um diálogo possível
Nemesio Silva
 
Farmácia popular do brasil.pdf
Farmácia popular do brasil.pdfFarmácia popular do brasil.pdf
Farmácia popular do brasil.pdf
TCC_FARMACIA_FEF
 
Farmácia popular do brasil.pdf
Farmácia popular do brasil.pdfFarmácia popular do brasil.pdf
Farmácia popular do brasil.pdf
Giovanni Oliveira
 
11 atendente de farmácia (serviços farmaceuticos)
11   atendente de farmácia (serviços farmaceuticos)11   atendente de farmácia (serviços farmaceuticos)
11 atendente de farmácia (serviços farmaceuticos)
Elizeu Ferro
 
GESTÃO HOSPITALAR ATRIBUIÇÕES DO FARMACÊUTICO
GESTÃO HOSPITALAR ATRIBUIÇÕES DO FARMACÊUTICOGESTÃO HOSPITALAR ATRIBUIÇÕES DO FARMACÊUTICO
GESTÃO HOSPITALAR ATRIBUIÇÕES DO FARMACÊUTICO
JULIANO SOUZA
 
Assistência e Atenção Farmacêutica - Histórico, Conceitos e embasamento legal
Assistência e Atenção Farmacêutica - Histórico, Conceitos e embasamento legalAssistência e Atenção Farmacêutica - Histórico, Conceitos e embasamento legal
Assistência e Atenção Farmacêutica - Histórico, Conceitos e embasamento legal
Marcelo Polacow Bisson
 
Big Cim
Big CimBig Cim
Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...
Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...
Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...
martinsfmf
 
Cobef fala mesa_redonda_2015
Cobef fala mesa_redonda_2015Cobef fala mesa_redonda_2015
Cobef fala mesa_redonda_2015
angelitamelo
 
Artigo
ArtigoArtigo
A importância do farmacêutico no sus
A importância do farmacêutico no susA importância do farmacêutico no sus
A importância do farmacêutico no sus
DESENVOLVA CONSULTORIA
 
Evento educadores fala_mesa_redonda
Evento educadores fala_mesa_redondaEvento educadores fala_mesa_redonda
Evento educadores fala_mesa_redonda
angelitamelo
 
A fitoterapia na rede básica de saúde
A fitoterapia na rede básica de saúdeA fitoterapia na rede básica de saúde
A fitoterapia na rede básica de saúde
Nayara Dávilla
 

Semelhante a Farmácia Integrada 2009 (20)

Os desafios da profissão farmacêutica
Os desafios da profissão farmacêuticaOs desafios da profissão farmacêutica
Os desafios da profissão farmacêutica
 
Farmácia Clínica como iniciar a fazer .
Farmácia Clínica como iniciar a fazer .Farmácia Clínica como iniciar a fazer .
Farmácia Clínica como iniciar a fazer .
 
Política nacional de medicamentos
Política nacional de medicamentosPolítica nacional de medicamentos
Política nacional de medicamentos
 
O papel do farmacêutico na saúde mental
O papel do farmacêutico na saúde mentalO papel do farmacêutico na saúde mental
O papel do farmacêutico na saúde mental
 
Programa multidisciplinar de atenção farmacêutica
Programa multidisciplinar de atenção farmacêuticaPrograma multidisciplinar de atenção farmacêutica
Programa multidisciplinar de atenção farmacêutica
 
Aula 1 - AF
Aula 1 - AFAula 1 - AF
Aula 1 - AF
 
Assistência Farmacêutica na Prática
Assistência Farmacêutica na PráticaAssistência Farmacêutica na Prática
Assistência Farmacêutica na Prática
 
Atenção farmacêutica teoria e prática um diálogo possível
Atenção farmacêutica   teoria e prática um diálogo possívelAtenção farmacêutica   teoria e prática um diálogo possível
Atenção farmacêutica teoria e prática um diálogo possível
 
Farmácia popular do brasil.pdf
Farmácia popular do brasil.pdfFarmácia popular do brasil.pdf
Farmácia popular do brasil.pdf
 
Farmácia popular do brasil.pdf
Farmácia popular do brasil.pdfFarmácia popular do brasil.pdf
Farmácia popular do brasil.pdf
 
11 atendente de farmácia (serviços farmaceuticos)
11   atendente de farmácia (serviços farmaceuticos)11   atendente de farmácia (serviços farmaceuticos)
11 atendente de farmácia (serviços farmaceuticos)
 
GESTÃO HOSPITALAR ATRIBUIÇÕES DO FARMACÊUTICO
GESTÃO HOSPITALAR ATRIBUIÇÕES DO FARMACÊUTICOGESTÃO HOSPITALAR ATRIBUIÇÕES DO FARMACÊUTICO
GESTÃO HOSPITALAR ATRIBUIÇÕES DO FARMACÊUTICO
 
Assistência e Atenção Farmacêutica - Histórico, Conceitos e embasamento legal
Assistência e Atenção Farmacêutica - Histórico, Conceitos e embasamento legalAssistência e Atenção Farmacêutica - Histórico, Conceitos e embasamento legal
Assistência e Atenção Farmacêutica - Histórico, Conceitos e embasamento legal
 
Big Cim
Big CimBig Cim
Big Cim
 
Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...
Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...
Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...
 
Cobef fala mesa_redonda_2015
Cobef fala mesa_redonda_2015Cobef fala mesa_redonda_2015
Cobef fala mesa_redonda_2015
 
Artigo
ArtigoArtigo
Artigo
 
A importância do farmacêutico no sus
A importância do farmacêutico no susA importância do farmacêutico no sus
A importância do farmacêutico no sus
 
Evento educadores fala_mesa_redonda
Evento educadores fala_mesa_redondaEvento educadores fala_mesa_redonda
Evento educadores fala_mesa_redonda
 
A fitoterapia na rede básica de saúde
A fitoterapia na rede básica de saúdeA fitoterapia na rede básica de saúde
A fitoterapia na rede básica de saúde
 

Mais de Instituto Racine

Concurso de Bolsa de Estudo 2019
Concurso de Bolsa de Estudo 2019Concurso de Bolsa de Estudo 2019
Concurso de Bolsa de Estudo 2019
Instituto Racine
 
O Marketing Farmacêutico na Crise
O Marketing Farmacêutico na CriseO Marketing Farmacêutico na Crise
O Marketing Farmacêutico na Crise
Instituto Racine
 
Sif 2012 - Cotas de Patrocínio
Sif 2012 - Cotas de PatrocínioSif 2012 - Cotas de Patrocínio
Sif 2012 - Cotas de Patrocínio
Instituto Racine
 
Confira os Anais do FARMABR 2012
Confira os Anais do FARMABR 2012Confira os Anais do FARMABR 2012
Confira os Anais do FARMABR 2012
Instituto Racine
 
Problemas de Saúde Causados por Medicamentos
Problemas de Saúde  Causados por MedicamentosProblemas de Saúde  Causados por Medicamentos
Problemas de Saúde Causados por Medicamentos
Instituto Racine
 
Especial CPhI Worldwide 2011 - Pavilhão Brasileiro na CPhI Worldwide 2011: Es...
Especial CPhI Worldwide 2011 - Pavilhão Brasileiro na CPhI Worldwide 2011: Es...Especial CPhI Worldwide 2011 - Pavilhão Brasileiro na CPhI Worldwide 2011: Es...
Especial CPhI Worldwide 2011 - Pavilhão Brasileiro na CPhI Worldwide 2011: Es...
Instituto Racine
 
Anais do Congresso - CIAD 2010 - 9º Congresso Brasileiro Interndisciplinar de
Anais do Congresso - CIAD 2010 - 9º Congresso Brasileiro Interndisciplinar de Anais do Congresso - CIAD 2010 - 9º Congresso Brasileiro Interndisciplinar de
Anais do Congresso - CIAD 2010 - 9º Congresso Brasileiro Interndisciplinar de
Instituto Racine
 
Anais da 20ª Semana Racine - Congresso de Farmácia
Anais da 20ª Semana Racine - Congresso de FarmáciaAnais da 20ª Semana Racine - Congresso de Farmácia
Anais da 20ª Semana Racine - Congresso de Farmácia
Instituto Racine
 
Abertura do Curso de Pós-Graduação Gestão da Qualidade e Controle Higiênico-S...
Abertura do Curso de Pós-Graduação Gestão da Qualidade e Controle Higiênico-S...Abertura do Curso de Pós-Graduação Gestão da Qualidade e Controle Higiênico-S...
Abertura do Curso de Pós-Graduação Gestão da Qualidade e Controle Higiênico-S...
Instituto Racine
 
3º Seminário Internacional de Atenção Farmacêutica (2007)
3º Seminário Internacional de Atenção Farmacêutica (2007)3º Seminário Internacional de Atenção Farmacêutica (2007)
3º Seminário Internacional de Atenção Farmacêutica (2007)
Instituto Racine
 

Mais de Instituto Racine (10)

Concurso de Bolsa de Estudo 2019
Concurso de Bolsa de Estudo 2019Concurso de Bolsa de Estudo 2019
Concurso de Bolsa de Estudo 2019
 
O Marketing Farmacêutico na Crise
O Marketing Farmacêutico na CriseO Marketing Farmacêutico na Crise
O Marketing Farmacêutico na Crise
 
Sif 2012 - Cotas de Patrocínio
Sif 2012 - Cotas de PatrocínioSif 2012 - Cotas de Patrocínio
Sif 2012 - Cotas de Patrocínio
 
Confira os Anais do FARMABR 2012
Confira os Anais do FARMABR 2012Confira os Anais do FARMABR 2012
Confira os Anais do FARMABR 2012
 
Problemas de Saúde Causados por Medicamentos
Problemas de Saúde  Causados por MedicamentosProblemas de Saúde  Causados por Medicamentos
Problemas de Saúde Causados por Medicamentos
 
Especial CPhI Worldwide 2011 - Pavilhão Brasileiro na CPhI Worldwide 2011: Es...
Especial CPhI Worldwide 2011 - Pavilhão Brasileiro na CPhI Worldwide 2011: Es...Especial CPhI Worldwide 2011 - Pavilhão Brasileiro na CPhI Worldwide 2011: Es...
Especial CPhI Worldwide 2011 - Pavilhão Brasileiro na CPhI Worldwide 2011: Es...
 
Anais do Congresso - CIAD 2010 - 9º Congresso Brasileiro Interndisciplinar de
Anais do Congresso - CIAD 2010 - 9º Congresso Brasileiro Interndisciplinar de Anais do Congresso - CIAD 2010 - 9º Congresso Brasileiro Interndisciplinar de
Anais do Congresso - CIAD 2010 - 9º Congresso Brasileiro Interndisciplinar de
 
Anais da 20ª Semana Racine - Congresso de Farmácia
Anais da 20ª Semana Racine - Congresso de FarmáciaAnais da 20ª Semana Racine - Congresso de Farmácia
Anais da 20ª Semana Racine - Congresso de Farmácia
 
Abertura do Curso de Pós-Graduação Gestão da Qualidade e Controle Higiênico-S...
Abertura do Curso de Pós-Graduação Gestão da Qualidade e Controle Higiênico-S...Abertura do Curso de Pós-Graduação Gestão da Qualidade e Controle Higiênico-S...
Abertura do Curso de Pós-Graduação Gestão da Qualidade e Controle Higiênico-S...
 
3º Seminário Internacional de Atenção Farmacêutica (2007)
3º Seminário Internacional de Atenção Farmacêutica (2007)3º Seminário Internacional de Atenção Farmacêutica (2007)
3º Seminário Internacional de Atenção Farmacêutica (2007)
 

Farmácia Integrada 2009

  • 2.  
  • 3.  
  • 4.  
  • 5. A Farmácia e seus públicos
  • 6. “ A missão da prática farmacêutica é prover medicamentos e outros produtos e serviços para a saúde e ajudar as pessoas e a sociedade a utilizá-los da melhor forma possível”. Declaração de Tóquio OMS - 1993
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20. Serviços Farmacêuticos orientados aos pacientes e usuários
  • 21.
  • 22.
  • 23. Farmácia Integrada aos Profissionais da Saúde Ainda hoje, a farmacoterapia é a forma de intervenção médica mais freqüentemente utilizada. Além disso, as situações de múltiplos prescritores para um mesmo paciente é uma realidade cada vez mais presente nas populações, que têm visto suas expectativas de vida aumentarem expressivamente a cada década. Este contexto, faz do Farmacêutico Comunitário um elo de enorme importância na cadeia sanitária . Sua facilidade de acesso, seus vínculos de confiança com a comunidade, seu amplo conhecimento desses indivíduos e sua capacidade de influência, são valiosos reforços aos procedimentos terapêuticos definidos pelos demais profissionais envolvidos em uma decisão terapêutica .
  • 24. Farmácia Integrada aos Profissionais da Saúde Responsabilidades compartilhadas na busca de resultados positivos na farmacoterapia. A Farmácia é, normalmente, um local isolado de outros estabelecimentos sanitários. Por isso, o farmacêutico comunitário deve ter sempre uma atitude ativa na busca do relacionamento com os outros profissionais da saúde.
  • 25.
  • 26. Farmácia Integrada à Educação Farmacêutica O conhecimento é transitório e os saberes, os recursos e a sociedade evoluem ao longo do tempo. Diante desta realidade, os farmacêuticos comunitários devem assumir o compromisso com o desenvolvimento contínuo de suas competências. Este compromisso, é uma das Sete Estrelas do Farmacêutico Vancouver, 1997 Decisor Comunicador Líder Administrador Educador Aprendiz Permanente Prestador de cuidados
  • 27. “ É evidente a importância do medicamento em nosso cotidiano, seja pela freqüência com que o utilizamos, pelos riscos a que estamos expostos quando o fazemos, pelo seu impacto econômico em nosso orçamento ou pelos benefícios que podemos ter por seu uso racional”. Barbosa, N. Farmácia Integrada: ambiente, produtos, serviços, pessoas e atitudes coerentes com a proposta de zelar pela saúde. Revista Racine ed 82, p 54 – 66, 2004.
  • 28. “ O modo como traduzirmos o nosso compromisso com a sociedade, por meio de nossa prática diária, será o elemento vital para que esta sociedade, bem como para que as demais profissões da área da saúde, considerem o exercício profissional farmacêutico na Farmácia Comunitária como imprescindível para a garantia da vida”. Barbosa, N. Farmácia Integrada: ambiente, produtos, serviços, pessoas e atitudes coerentes com a proposta de zelar pela saúde. Revista Racine ed 82, p 54 – 66, 2004.
  • 29. Farmacêutico Um profissional da saúde que, atuando na farmácia comunitária, é de acesso gratuito e facilitado... 24 horas por dia ... ... 365 dias por ano.
  • 30. A organização das idéias da Farmácia Integrada aqui apresentadas são de autoria da farmacêutica Nilce Barbosa, presidente do Grupo Racine. Este trabalho foi realizado com o propósito de inspirar os profissionais farmacêuticos da Farmácia Comunitária a projetarem sua atuação para além do medicamento, incorporando à sua prática diária novos saberes, novas habilidades e novas atitudes. Afinal, uma profissão existe para atender às necessidades da sociedade, dentro de um contexto histórico. E, se esta sociedade se transforma, é fundamental que as profissões se transformem com ela. São Paulo, 2009