SlideShare uma empresa Scribd logo
O EXPORTA FÁCIL




 SEGMENTO INTERNACIONAL
          2012
APRESENTAÇÃO


O comércio internacional   promove a    equalização da distribuição mundial de bens e
serviços, assim reduz as disparidades entre o escasso e o abundante. Além de equalizar
os custos de produção, reduzindo a disparidade entre os preços de oferta e de demanda. A
economia mundial passa por experiências de dois processos:
   * O processo da globalização e;
   * Formação de grandes blocos regionais.

A globalização é um processo de integração da economia global, fenômeno tão antigo
quanto a história do mundo, encontra-se num estágio, em face a evolução tecnológica nas
telecomunicações, com a utilização acelerada e crescente da informática, que revoluciona
as relações mundias pela velocidade de informação.

O processo dado para essa abertura de mercado é a exportação para o país, que gera
divisas, aumento de renda, produção e emprego, com objetivo a busca da redução de
custos e o aumento na escala de produção, além de melhorar a imagem e internacionalizar
a economia.

Mercados integrados disponibilizam produtos podendo ser ofertados em qualquer parte do
mundo. Para o consumidor significa conforto e interesse econômico, já que permite o
acesso a produtos com maior qualidade e preços diferenciados. Todos esses processos
acontecem com o intuito aumentar as relações comerciais entre países e promover o bem-
estar das populações. Assim se dá a integração econômica, tendência almejada hoje no
mundo.

O Brasil na busca por uma nova política de Comércio Exterior, iniciada desde a década
de 90, criou vários programas para fomentar exportações contemplando Empresas       de
Pequeno Porte.
Visando atender a demanda exportadora oferecendo um serviço de qualidade o Segmento
Internacional dos Correios na DR/BA desenvolveu o módulo de treinamento com
informações sobre Exportação Simplificada e o Exporta Fácil a ser aplicado no treinamento
aos empresários que participarão do XVI ENCONTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS
DO NORDESTE – EINNE realizado pelo SEBRAE/BA em Salvador.
O QUE É EXPORTAÇÃO?


           É a transferência de responsabilidade (Contrato
           Internacional de Compra e Venda), na        saída de
           mercadoria do território aduaneiro (compreeende todo
           o território nacional), gerando divisas.



A empresa que pretende exportar deve levar em consideração as premissas:

POR QUE EXPORTAR?
O QUE EXPORTAR?
PARA ONDE EXPORTAR?

A realização de pesquisas para analisar as perspectivas de venda de determinado produto
no mercado externo e a maneira de obter os melhores resultados é muito importante

COMO EXPORTAR?

Uma vez definido o que exportar e para onde exporta, a empresa depara-se com as
exigências legais e administrativas do processo de exportação e a negociação.


NEGOCIAÇÃO

Chama-se de negociação à fase que vai desde os primeiros contatos com o importador até
o final do fechamento do negócio.

Normalmente esse contato com o importador está dividido em duas fases:

Pode-se fazer com que o produto chegue ao conhecimento do importador de várias
maneiras, dentre elas:

•   Consórcio promocional;
•   Feiras;
•   Rodadas de negócios
•   Vitrine do exportador;
•   E-commerce;
•   Mala direta para os principais compradores de artesanato no mercado escolhido

É justamente nesta fase, que começarão as dificuldades do pequeno empresário, pois aqui
será necessário conhecimentos específicos sobre a operacionalização do comércio
exterior. (toda esta fase está facilitada pelo uso da DSE - Declaração Simplificada de
Exportação e do Simplex).

Na Exportação Simplificada o empresário tem o Exporta Fácil como um grande facilitador
nos processos de exportação.
O QUE É O EXPORTA FÁCIL?



          É o serviço dos Correios que veio facilitar as exportações das micro e
          pequenas empresas eliminando a burocracia, os custos elevados e as
          dificuldades de transporte. Com esse serviço, o exportador só precisa
               preencher um formulário para fazer suas remessas ao exterior.


Na exportação os Correios recebem as remessas, em quaisquer das modalidades dos
serviços internacionais (Econômica, Prioritária ou Expressa), no valor máximo de US$
50.000,00, por operação, sem limite mínimo. Qualquer valor pode ser caracterizado como
transação comercial, desde que seja uma venda.

Todas as modalidades incluem seguro gratuito e o usuário pode optar pelo Seguro
Opcional         (consultar       Fichário      de         países        no       site
http://www.correios.com.br/produtosaz/complementos/pdf/anexo_10_fichario_de_paises.pd
f.

Clientes com contrato: tem direito a pagamento a faturar (sem cota mínima mensal de
faturamento) e coleta em domicílio.

Os Correios cuidam do recebimento da remessa, elaboração da DSE (Declaração
Simplificada de Exportação) no Sistema Integrado de Comércio Exterior (SISCOMEX –
Sistema Integrado do Comércio Exterior), liberação alfandegária no Brasil, transporte ao
país de destino.


EXPORTAÇÃO SIMPLIFICADA – DSE

O Exporta Fácil se caracteriza pela simplificação dos processos. Os serviços são
totalmente baseados na DSE Eletrônica (Declaração Simplificada de Exportação). A DSE
Eletrônica foi instituída pela Secretaria da Receita Federal e pela SECEX (Secretaria de
Comércio Exterior).

Para entender: após a postagem, os objetos seguem para o setor SISCOMEX no Centro
de Tratamento Internacional em São Paulo (E M S, Sedex Mundi, Prioritário e Econômico)
todas as mercadorias documentos, e lá é cadastrado on-line no sistema da Receita
Federal.
Os exportadores habituais, aqueles que atuam há mais tempo no mercado internacional,
também podem se beneficiar da simplicidade do serviço de exportação dos Correios.

As exportações via postal são amparadas pela Instrução Normativa SRF n.º 611 de 18 de
janeiro de 2006 alterada pela IN RFB nº 908, de 9 de janeiro de 2009.
O valor máximo para cada remessa é US$50.000,00. Podendo um mesmo exportador
enviar remessas acima desse limite, para um mesmo importador, em um mesmo dia,
desde que fracione as remessas em até US$ 50.000,00.
Não há limite mínimo para uma exportação. As unidades poderão receber remessas de
qualquer valor.
Documentos Necessários:


O produto final da negociação deverá ser todo materializado em um documento chamado
Fatura Pro Forma. Após o envio da fatura Pro forma inicia-se o processo de envio da
mercadoria.

No processo de exportação o exportador precisa primeiro definir o NCM ( Nomenclatura
comum do Mercosul) da mercadoria ( código que identifica a mercadoria) para o cálculo do
Imposto de Importação lá no destino. Esse código pode ser pesquisado no site dos
Correios    http://www.correios.com.br/exportafacil/cfm/ncm/default.cfm ou    no     site
Brasilglobalnet http://www.brasilglobalnet.gov.br/frmprincipal.aspx.

Com o código do produto definido o exportador precisa elaborar a documentação:

1) Nota Fiscal: Valor total da remessa da exportação

1.1)Nas exportações diretas:
    Nota Fiscal - Modelo 1 – Série B – Emitir em nome do importador fazendo constar:
    Natureza da operação: Código 7.11 – Exportação (venda de produção do
    estabelecimento);
    Isento do IPI – Artigo 44 – Inciso I, Decreto nº 87.981/82
    ICMS – Não incidência – Artigo 32, Inciso I da Lei Complementar nº 87/96

1.2) Nas exportações indiretas, por meio de terceiros:
     Nota Fiscal -
      Modelo 1 – Série B – Se o exportador estiver localizado na mesma
      unidade federativa do fabricante;
      Modelo 1 – Série C – Se o exportador estiver localizado em unidade
      federativa distinta daquela em que o fabricante está instalado. Emitir
      em nome da empresa que fará a exportação (o terceiro pode ser uma
      cooperativa, um comerciante, etc.). Fazer constar:
      Natureza da operação: Código 5.11 (vendas para dentro do estado) e
      Código 6.11 (vendas para fora do estado)
       Suspensão do IPI – Artigo 36, Inciso VIII, letra a do Decreto nº
       87.981/82
       ICMS – Suspensão – Artigo 32, Inciso I, Parágrafo Único da Lei
       Complementar nº 87/96.


 2) Fatura Comercial ( Comercial Invoice):
Documento que acompanha a mercadoria seu valor total é igual ao da nota fiscal.
Documento similar a uma nota fiscal preenchido na língua do país importador ou em
inglês.
    * Valor total igual ao da Nota fiscal porém na moeda de negociação. Ex.: Dólar
 4 vias da fatura comercial que se encontra o modelo no site dos Correios no arquivo Excel
 http://www.correios.com.br/exportafacil/cfm/formularioAWB.cfm ,         mesmo arquivo da
 AWB.
3) Informe de Embarque - AWB (Air Way Bill) -

Esse documento é de informe de embarque aéreo. É específico de cada caixa. Se a
remessa da exportação tiver 10 caixas cada caixa terá que ter um conjunto de 4 vias com
a informação do que tem dentro dela com valor correspondente. Assim a soma do total dos
conjuntos das AWBs dos 10 pacotes tem que ser igual ao valor total da Nota fiscal e da
Fatura comercial com a conversão da moeda.
   * 4 vias por pacote. Cada caixa tem um conjunto de 4 vias da AWB.
O       arquivo    da     AWB       eletrônica    está      no     site    dos  Correios
http://www.correios.com.br/exportafacil/cfm/formularioAWB.cfm. Para o seu preenchimento
se faz necessário a atualização do dólar, na planilha, logo na primeira página.


4) Precisa verificar nos países de destino se a NCM definida do produto tem algum
documento exigido nessa mercadoria além dos documentos acima citados. Exemplo
algum certificado de origem. Essas informações o importador pode ajudar também.


* Para elaborar esses documentos precisa antes que seja embalada toda a mercadoria ,
o peso máximo por caixa no EMS (Expresso) é 30kg (depende do país de destino)
http://www.correios.com.br/exportafacil/pdf/ANEXO_10_FICHARIO_DE_PAISES.pdf.

Exemplo: Se a remessa tiver 100kg precisará fracionar em caixas que não ultrapasse os
30kg e que suas dimensões não ultrapasse 1,50m ( Comprimento ou altura ou espessura)
ou 3m para a soma do comprimento com o maior perímetro.

É obrigatória a declaração de conteúdo para todos os serviços internacionais de transporte
de mercadorias, independentemente de ser Exportação Comercial ou Não-comercial;

A tarifa de envio pelos Correios pode ser simulada no site dos Correios
http://www.correios.com.br/exportafacil/cfm/tarifas.cfm.

* Quando estiver com todas as caixas arrumadas e a nota fiscal, a fatura comercial (4
vias), as AWBs ( 4 vias por caixa) e os documentos necessários exigidos pelo país de
destino, basta ir a agência mais próxima ou caso tenha contrato com os Correios solicitar
a coleta pelo disque coleta ou verificar com o consultor comercial.


 No site: http://www.correios.com.br/exportafacil/ o cliente pode fazer simulação
   de postagem, consultar preços, prazos e serviços opcionais; ter acesso e realizar
   o preenchimento do formulário AWB e da fatura comercial.
MODALIDADES


Exporta Fácil                                                      Modalidades
Características    EMS                                 Prioritária                    Econômica
Dimensão Máxima    Mercadoria - Caixa:1,50             Mercadoria - Caixa e envelope: Mercadoria - Caixa e envelope:
                   m(comprimento ou altura ou          Comprimento + largura +            Comprimento + largura + espessura = 900
                   espessura) ou 3,00 m para a soma    espessura = 900 mm, sendo a        mm, sendo a maior dimensão inferior a
                   do comprimento com maior            maior dimensão inferior a 900      600 mm.            Rolo: Duas vezes o
                   perímetro. Rolo: duas vezes o       mm.              Rolo: Duas        diâmetro + comprimento = 1040 mm,
                   diâmetro + comprimento = 3,00m,     vezes o diâmetro + comprimento     sendo a maior dimensão inferior a
                   sendo a maior dimensão inferior a   = 1040 mm, sendo a maior           900mm.                Documento -
                   1,50 m.         Documento -         dimensão inferior a 900 mm.        Caixa e envelope: Comprimento + largura
                   Caixa e envelope: Comprimento +     Documento - Caixa e envelope:      + espessura = 900 mm, sendo a maior
                   largura + espessura = 900mm,        Comprimento + largura +            dimensão inferior a 600 mm.
                   sendo a maior dimensão inferior a   espessura = 900 mm, sendo a        Rolo: Duas vezes o diâmetro +
                   600mm.                      Rolo:   maior dimensão inferior a 600      comprimento = 1040 mm, sendo a maior
                   Duas vezes o diâmetro +             mm.             Rolo: Duas vezes   dimensão inferior a 900 mm.
                   comprimento = 1040 mm, sendo a      o diâmetro + comprimento = 1040
                   maior dimensão inferior a 900 mm.   mm, sendo a maior dimensão
                                                       inferior a 900 mm.



Dimensão Mínima    Mercadoria - Caixa:90mm x           Mercadoria - Caixa e envelope: Mercadoria - Caixa e envelope: 90mm x
                   140mm Rolo: Duas vezes o            90mm x 140mm.                      140mm.                 Rolo: Duas
                   diâmetro + comprimento = 170mm,     Rolo: Duas vezes o diâmetro +      vezes o diâmetro + comprimento =
                   sendo a menor dimensão superior     comprimento = 170mm, sendo a       170mm, sendo a menor dimensão
                   a 100mm Documento - Caixa e         menor dimensão superior a          superior a 100mm.
                   envelope: 90mm x 140mm              100mm.                             Documento - Caixa e envelope: 90mm x
                   Rolo: Duas vezes o diâmetro +       Documento - Caixa e envelope:      140mm.                 Rolo: Duas
                   comprimento = 170mm, sendo a        90mm x 140mm.                      vezes o diâmetro + comprimento =
                   menor dimensão superior a           Rolo: Duas vezes o diâmetro +      170mm, sendo a menor dimensão
                   100mm.                              comprimento = 170mm, sendo a       superior a 100mm.
                                                       menor dimensão superior a
                                                       100mm.
Peso Máximo        Mercadoria - 30kg                   Mercadoria - 2kg                   Mercadoria - 20kg
                   Documento - 5kg                     Documento - 2kg                    Mercadoria Leve Econômico - 2Kg
                                                                                          Documento - 5kg

Distribuição       Em torno de 170 países              Em torno de 200 países             Em torno de 200 países
Prazo de entrega   Padrão Expresso                     Padrão Urgente                     Padrão Não Urgente
Seguro Gratuito    Para o E M S 100,00                 R$ 30,00 postagem para             R$ 20,00 postagem para documentos
                   documento e R$200,00                documentos Leve prioritário        Leve Econômico e Mercadoria
                   mercadoria e para o SEDEX           R$100,00 valor da postagem         Econômica R$100,00 postagem para
                   MUNDI R$450,00 postagem             para mercadoria                    mercadoria
                   para documento e mercadorias

Valor Máximo       U$50,000.00 de acordo o valor Leve Prioritário R$1.000,00              Leve Econômico R$1.000,00;
                   máximo do país de destino
                                                                                    Econômico U$50,000.00
Seguro Opcional    Verificar valor máximo na tabela (por país). Aplicar 0,5% sobre o valor que exceder o seguro gratuito
                   por modalidade de serviço. No E M S o ad valorem é de 1%




CARACTERÍSTICAS COMERCIAIS DOS SERVIÇOS

Econômico
Documentos até 5kg e mercadorias até 20kg que não têm urgência em chegar ao destino.
Sua remessa tem valor mercantil? Então lembre-se que o serviço de Registro garante a
sua remessa um Seguro Automático e a comprovação da postagem. Mas não esqueça
de que você pode optar também por um Seguro Opcional, no caso de sua encomenda ter
valor maior que aquele já garantido pelo seguro automático.
Benefícios do Correio Econômico:

   •   Preços atrativos e diferenciados para documentos e mercadorias até 5kg;

   •   Rede de distribuição em mais de 200 países;

   •   Possibilidade de faturamento dos serviços prestados, inclusive os serviços
       opcionais;

   •   Possibilidade coleta domiciliar programada (para encomendas), cliente com
       contrato;

   •   Possibilidade de utilização de embalagens padronizadas, comercializadas pelos
       Correios;

   •   Registro automático para mercadorias e possibilidade de registro para documentos;

   •   Seguro gratuito automático de R$ 20,00 para remessas registradas contendo
       exclusivamente documentos e de R$ 100,00 para remessas contendo mercadorias;

   •   Seguro opcional para mercadorias, variando conforme o país de destino;

   •   Possibilidade de customização para clientes com contrato;
       Confirmação de entrega, mediante pesquisa, para objetos registrados.


Prioritário
O Correio Prioritário está voltado especialmente para você que prioriza a qualidade, sem
desconsiderar o preço. E você pode enviar remessas prioritárias com até 2kg para mais de
200 países, com preços diferenciados para documentos e mercadorias. Você pode ainda
optar pelo serviço de Registro e garantir, assim, um seguro automático à remessa. Você
também pode fazer um Seguro Opcional no caso do envio de bens com valor.
Benefícios do Correio Prioritário:

   • Preços diferenciados para documentos e mercadorias até 2kg;
   • Rede de distribuição em mais de 200 países;
   • Possibilidade de faturamento dos serviços prestados, inclusive os serviços
       opcionais;

   • Possibilidade de utilização de embalagens padronizadas, comercializadas pelos
       Correios (Caixas de Encomenda e Envelope Carta Mundial);

   • Seguro gratuito automático de R$ 30,00 para remessas registradas contendo
       exclusivamente documentos e de R$ 100,00 para remessas contendo mercadorias;

   • Seguro opcional para mercadorias, variando conforme o país de destino;
   • Possibilidade de customização para clientes com contrato.
• Confirmação de entrega, mediante pesquisa, para objetos registrados.

Expresso

Os Serviços Expressos internacionais dos CORREIOS são aqueles especialmente
indicados para quem deseja enviar documentos ou mercadorias a outros países em um
curtíssimo espaço de tempo e com alto nível de qualidade.
Os Serviços Expressos são indicados para quem tem como maior necessidade a urgência
de entrega. São os serviços de mais alto valor agregado do Correio Internacional.


Principais Características:

   • Alto grau de valores agregados;
   • Prazo previsto para a entrega entre 1 e 5 dias úteis, de acordo com o tipo de
       serviço e variando conforme as cidades de origem e de destino;

   • Prioridade máxima de tratamento;
   • Sistema de Informação;
   • Seguro automático gratuito

Os serviços expressos internacionais são os seguintes:

   •   EMS, para praticamente todos os países;

   •   Sur Postal documento, para os países do Mercosul.

EMS

O EMS é o serviço ideal para quem tem pressa para ganhar o mundo com a parceria de
quem melhor conhece o território de cada país deste planeta: os Correios mundiais. Com o
EMS, documentos até 5kg e mercadorias até 30kg chegam a mais de 170 países com total
prioridade desde a postagem até a entrega ao destinatário final. O peso máximo admitido
pelos países pode variar. Informe-se em nossas agências ou pelo nosso serviço Fale com
os Correios: http://www.correios.com.br/servicos/falecomoscorreios/default.cfm
Os prazos previstos de entrega do EMS vão de dois a cinco dias úteis, variando conforme
as cidades de origem e de destino da remessa. As mercadorias podem necessitar de um
dia a mais, devido a liberação alfandegária. Consulte nossa tabela de prazos. O EMS já
oferece um seguro automático e você pode optar ainda por um seguro opcional no caso do
envio de bens com valor. Você pode também adquirir as caixas padronizadas dos Correios
especialmente desenvolvidas para o envio seguro dos objetos. E os clientes com contrato
podem ainda se beneficiar de coleta gratuita e pagamento a faturar.
Benefícios do EMS:
•   Rapidez, segurança e prioridade na entrega;

   •   Destinado a mais de 170 países;

   •   Preços diferenciados para documentos e mercadorias até 5kg;

   •   Seguro gratuito automático de R$ 100,00 para remessas registradas contendo
       exclusivamente documentos e de R$ 200,00 para remessas contendo mercadorias;

   •   Seguro opcional para mercadorias, variando conforme o país de destino;

   •   Possibilidade coleta domiciliar programada;

   •   Possibilidade de pagamento a faturar; inclusive dos serviços agregados;

   •   Possibilidade de utilização de embalagens padronizadas;

   •   Confirmação de entrega mediante pesquisa.

Sur Postal

Os documentos enviados pelo Sur postal Express têm prazo previsto de entrega de três a
quatro dias úteis. Podem ser postados nas principais cidades brasileiras com destino a
praticamente todas as cidades da Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile e Bolívia. Se não for
possível entregar seu documento ao destinatário da primeira vez, uma nova tentativa será
feita sem nenhum custo adicional.
O envelope do Sur postal Express também é pré-franqueado e tem capacidade para até
250g de papéis. Em caso de perda ou extravio da remessa, um seguro automático garante
a devolução do valor pago pelo envelope.
Benefícios do Sur postal Express:

   •   Garantia de qualidade dos Correios do Mercosul;

   •   Seguro gratuito no valor do envelope, em caso de extravio;

   •   Possibilidade coleta domiciliar programada;

   •   Possibilidade de pagamento a faturar;

   •   Envelope pré-franqueado padronizado;

   •   Confirmação de entrega mediante pesquisa;

   •   Central de Informação por telefone.

CONTRATO INTERNACIONAL

Os serviços do Internacional são contemplados no contrato múltiplo que são os seguintes:
Econômico, Prioritário e Expresso (E M S e Sedex Mundi), Aerograma Internacional e
Carta Mundial.
REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA


Módulo Exportação, Universidade Banco do Brasil – 2004

BRASIL. Ministério das Relações Exteriores. Departamento de Promoção Comercial.
Exportação Passo a Passo. Brasília: 2004

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria de
Comércio       Exterior.   Aprendendo      a       Exportar.    Disponível       em
http://www.aprendendoaexportar.gov.br

BRASIL. Portaria nº23, de 14 de julho de 2011. Dispõe sobre os Processos Administrativos
da Exportação. Ministério da Indústria e Comércio Exterior. Secretaria de comércio
Exterior. Disponível em: www.mdic.gov.br.

BRASIL. Instrução Normativa SRF nº611, de 18 de janeiro de 2006 (com alterações até
2009) Dispõe sobre a utilização de DSE. Secretaria da Receita Federal. Disponível em:
www.receita.fazenda.gov.br.

Módulo Comércio Exterior e Serviços Internacionais dos Correios, Segmento Internacional
– 2011.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Material da Palestra: Análise de custos na importação
Material da Palestra: Análise de custos na importaçãoMaterial da Palestra: Análise de custos na importação
Material da Palestra: Análise de custos na importação
ABRACOMEX
 
O papel da aduana
O papel da aduanaO papel da aduana
O papel da aduana
ABRACOMEX
 
Despacho aduaneiro da exportação
Despacho aduaneiro da exportaçãoDespacho aduaneiro da exportação
Despacho aduaneiro da exportação
Ramon Franco
 
Aula Inaugural: Formação de Despacho Aduaneiro
Aula Inaugural: Formação de Despacho AduaneiroAula Inaugural: Formação de Despacho Aduaneiro
Aula Inaugural: Formação de Despacho Aduaneiro
ABRACOMEX
 
Comex Infoco: Como Habilitar Exportadora e Importadora no Radar / RFB
Comex Infoco: Como Habilitar Exportadora e Importadora no Radar / RFBComex Infoco: Como Habilitar Exportadora e Importadora no Radar / RFB
Comex Infoco: Como Habilitar Exportadora e Importadora no Radar / RFB
ABRACOMEX
 
Noções Básicas de Comércio Exterior
Noções Básicas de Comércio ExteriorNoções Básicas de Comércio Exterior
Noções Básicas de Comércio Exterior
Ana Maria Walcher
 
Legislacao aduaneira
Legislacao aduaneiraLegislacao aduaneira
Legislacao aduaneira
csampaio1
 
A Tecnologia e o Comércio Exterior
A Tecnologia e o Comércio ExteriorA Tecnologia e o Comércio Exterior
A Tecnologia e o Comércio Exterior
Comexlabs.com.br
 
Abepra 2015 - Portos Secos e Clias
Abepra 2015 - Portos Secos e CliasAbepra 2015 - Portos Secos e Clias
Abepra 2015 - Portos Secos e Clias
Fernando Macedo
 
A importância do Despachante Aduaneiro
A importância do Despachante AduaneiroA importância do Despachante Aduaneiro
A importância do Despachante Aduaneiro
ABRACOMEX
 
Sld 4 (1)
Sld 4 (1)Sld 4 (1)
Sld 4 (1)
Sandro Mrib
 
Seminário de logística porto seco
Seminário de logística  porto secoSeminário de logística  porto seco
Seminário de logística porto seco
Helton Francelino
 
A sua empresa pretende exportar? Conheça o essencial para ter sucesso! - Part...
A sua empresa pretende exportar? Conheça o essencial para ter sucesso! - Part...A sua empresa pretende exportar? Conheça o essencial para ter sucesso! - Part...
A sua empresa pretende exportar? Conheça o essencial para ter sucesso! - Part...
UWU Solutions, Lda.
 
Diferença entre trading company e comercial exportadora
Diferença entre trading company e comercial exportadoraDiferença entre trading company e comercial exportadora
Diferença entre trading company e comercial exportadora
RippeeParker
 
Dados sobre mercados e fontes de informações pronatec comex
Dados sobre mercados e fontes de informações  pronatec comexDados sobre mercados e fontes de informações  pronatec comex
Dados sobre mercados e fontes de informações pronatec comex
Gilson Deretti
 
Comercio internacional
Comercio internacionalComercio internacional
Comercio internacional
Ptx Bsb
 
VI Encontro CECIEx - Ana Junqueira
VI Encontro CECIEx - Ana JunqueiraVI Encontro CECIEx - Ana Junqueira
VI Encontro CECIEx - Ana Junqueira
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Sobre Portos Secos
Sobre Portos SecosSobre Portos Secos
Sobre Portos Secos
Sergio Grisa
 

Mais procurados (18)

Material da Palestra: Análise de custos na importação
Material da Palestra: Análise de custos na importaçãoMaterial da Palestra: Análise de custos na importação
Material da Palestra: Análise de custos na importação
 
O papel da aduana
O papel da aduanaO papel da aduana
O papel da aduana
 
Despacho aduaneiro da exportação
Despacho aduaneiro da exportaçãoDespacho aduaneiro da exportação
Despacho aduaneiro da exportação
 
Aula Inaugural: Formação de Despacho Aduaneiro
Aula Inaugural: Formação de Despacho AduaneiroAula Inaugural: Formação de Despacho Aduaneiro
Aula Inaugural: Formação de Despacho Aduaneiro
 
Comex Infoco: Como Habilitar Exportadora e Importadora no Radar / RFB
Comex Infoco: Como Habilitar Exportadora e Importadora no Radar / RFBComex Infoco: Como Habilitar Exportadora e Importadora no Radar / RFB
Comex Infoco: Como Habilitar Exportadora e Importadora no Radar / RFB
 
Noções Básicas de Comércio Exterior
Noções Básicas de Comércio ExteriorNoções Básicas de Comércio Exterior
Noções Básicas de Comércio Exterior
 
Legislacao aduaneira
Legislacao aduaneiraLegislacao aduaneira
Legislacao aduaneira
 
A Tecnologia e o Comércio Exterior
A Tecnologia e o Comércio ExteriorA Tecnologia e o Comércio Exterior
A Tecnologia e o Comércio Exterior
 
Abepra 2015 - Portos Secos e Clias
Abepra 2015 - Portos Secos e CliasAbepra 2015 - Portos Secos e Clias
Abepra 2015 - Portos Secos e Clias
 
A importância do Despachante Aduaneiro
A importância do Despachante AduaneiroA importância do Despachante Aduaneiro
A importância do Despachante Aduaneiro
 
Sld 4 (1)
Sld 4 (1)Sld 4 (1)
Sld 4 (1)
 
Seminário de logística porto seco
Seminário de logística  porto secoSeminário de logística  porto seco
Seminário de logística porto seco
 
A sua empresa pretende exportar? Conheça o essencial para ter sucesso! - Part...
A sua empresa pretende exportar? Conheça o essencial para ter sucesso! - Part...A sua empresa pretende exportar? Conheça o essencial para ter sucesso! - Part...
A sua empresa pretende exportar? Conheça o essencial para ter sucesso! - Part...
 
Diferença entre trading company e comercial exportadora
Diferença entre trading company e comercial exportadoraDiferença entre trading company e comercial exportadora
Diferença entre trading company e comercial exportadora
 
Dados sobre mercados e fontes de informações pronatec comex
Dados sobre mercados e fontes de informações  pronatec comexDados sobre mercados e fontes de informações  pronatec comex
Dados sobre mercados e fontes de informações pronatec comex
 
Comercio internacional
Comercio internacionalComercio internacional
Comercio internacional
 
VI Encontro CECIEx - Ana Junqueira
VI Encontro CECIEx - Ana JunqueiraVI Encontro CECIEx - Ana Junqueira
VI Encontro CECIEx - Ana Junqueira
 
Sobre Portos Secos
Sobre Portos SecosSobre Portos Secos
Sobre Portos Secos
 

Destaque

Template l.p.o
Template l.p.o Template l.p.o
Template l.p.o
Confidential
 
Impacto dos custos logísticos no Comércio Exterior do Ceará Leopoldo Nunes
Impacto dos custos logísticos no Comércio Exterior do Ceará Leopoldo NunesImpacto dos custos logísticos no Comércio Exterior do Ceará Leopoldo Nunes
Impacto dos custos logísticos no Comércio Exterior do Ceará Leopoldo Nunes
Leopoldo Nunes
 
Imagens Logística Incrível - Portos
Imagens Logística Incrível - PortosImagens Logística Incrível - Portos
Imagens Logística Incrível - Portos
IBSolutions Soluções em Comércio Internacional
 
Template
TemplateTemplate
Template
Yash Gowda
 
Planejamento Financeiro: A chave para o Sucesso
Planejamento Financeiro: A chave para o SucessoPlanejamento Financeiro: A chave para o Sucesso
Planejamento Financeiro: A chave para o Sucesso
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Estudo: Coeficientes de Exportação e Importação
Estudo: Coeficientes de Exportação e ImportaçãoEstudo: Coeficientes de Exportação e Importação
Estudo: Coeficientes de Exportação e Importação
Fiesp Federação das Indústrias do Estado de SP
 
Manualimportacao2011
Manualimportacao2011Manualimportacao2011
Manualimportacao2011
Rossejane Maria
 
Projeto de Importação de óculos de sol
Projeto de Importação de óculos de solProjeto de Importação de óculos de sol
Projeto de Importação de óculos de sol
IBSolutions Soluções em Comércio Internacional
 
Resumo com-comercio internacional
Resumo com-comercio internacionalResumo com-comercio internacional
Resumo com-comercio internacional
Mik Sousa
 
Invoice format
Invoice formatInvoice format
Invoice format
Arun Verma
 
Proforma Invoice example 1
Proforma Invoice example 1Proforma Invoice example 1
Proforma Invoice example 1
marcelskoumal
 
Apresentação sobre os regimes aduaneiros especiais
Apresentação sobre os regimes aduaneiros especiaisApresentação sobre os regimes aduaneiros especiais
Apresentação sobre os regimes aduaneiros especiais
ABRACOMEX
 
Contabilidade geral livro
Contabilidade geral livroContabilidade geral livro
Contabilidade geral livro
Mikathews
 
Tabela de códigos de serviço, cálculo, livro, declaração e documentos fiscais...
Tabela de códigos de serviço, cálculo, livro, declaração e documentos fiscais...Tabela de códigos de serviço, cálculo, livro, declaração e documentos fiscais...
Tabela de códigos de serviço, cálculo, livro, declaração e documentos fiscais...
denisfiscal
 
Livro comércio exterior
Livro comércio exteriorLivro comércio exterior
Livro comércio exterior
tatilf
 
Apostila planejamento financeiro
Apostila planejamento financeiroApostila planejamento financeiro
Apostila planejamento financeiro
Luiz Fernando Anselmo
 
32 slides gestão de custos logístico 31 mar 2015
32 slides  gestão de custos logístico  31 mar 201532 slides  gestão de custos logístico  31 mar 2015
32 slides gestão de custos logístico 31 mar 2015
delano chaves gurgel do amaral
 
Comex INfoco: “Gestão Portuária: Oportunidades e Desafios da Profissão no Bra...
Comex INfoco: “Gestão Portuária: Oportunidades e Desafios da Profissão no Bra...Comex INfoco: “Gestão Portuária: Oportunidades e Desafios da Profissão no Bra...
Comex INfoco: “Gestão Portuária: Oportunidades e Desafios da Profissão no Bra...
ABRACOMEX
 
Apostila de comércio exterior
Apostila de comércio exteriorApostila de comércio exterior
Apostila de comércio exterior
Keila Maria
 
Livro contabilidade intermediaria 2
Livro contabilidade intermediaria 2Livro contabilidade intermediaria 2
Livro contabilidade intermediaria 2
zeramento contabil
 

Destaque (20)

Template l.p.o
Template l.p.o Template l.p.o
Template l.p.o
 
Impacto dos custos logísticos no Comércio Exterior do Ceará Leopoldo Nunes
Impacto dos custos logísticos no Comércio Exterior do Ceará Leopoldo NunesImpacto dos custos logísticos no Comércio Exterior do Ceará Leopoldo Nunes
Impacto dos custos logísticos no Comércio Exterior do Ceará Leopoldo Nunes
 
Imagens Logística Incrível - Portos
Imagens Logística Incrível - PortosImagens Logística Incrível - Portos
Imagens Logística Incrível - Portos
 
Template
TemplateTemplate
Template
 
Planejamento Financeiro: A chave para o Sucesso
Planejamento Financeiro: A chave para o SucessoPlanejamento Financeiro: A chave para o Sucesso
Planejamento Financeiro: A chave para o Sucesso
 
Estudo: Coeficientes de Exportação e Importação
Estudo: Coeficientes de Exportação e ImportaçãoEstudo: Coeficientes de Exportação e Importação
Estudo: Coeficientes de Exportação e Importação
 
Manualimportacao2011
Manualimportacao2011Manualimportacao2011
Manualimportacao2011
 
Projeto de Importação de óculos de sol
Projeto de Importação de óculos de solProjeto de Importação de óculos de sol
Projeto de Importação de óculos de sol
 
Resumo com-comercio internacional
Resumo com-comercio internacionalResumo com-comercio internacional
Resumo com-comercio internacional
 
Invoice format
Invoice formatInvoice format
Invoice format
 
Proforma Invoice example 1
Proforma Invoice example 1Proforma Invoice example 1
Proforma Invoice example 1
 
Apresentação sobre os regimes aduaneiros especiais
Apresentação sobre os regimes aduaneiros especiaisApresentação sobre os regimes aduaneiros especiais
Apresentação sobre os regimes aduaneiros especiais
 
Contabilidade geral livro
Contabilidade geral livroContabilidade geral livro
Contabilidade geral livro
 
Tabela de códigos de serviço, cálculo, livro, declaração e documentos fiscais...
Tabela de códigos de serviço, cálculo, livro, declaração e documentos fiscais...Tabela de códigos de serviço, cálculo, livro, declaração e documentos fiscais...
Tabela de códigos de serviço, cálculo, livro, declaração e documentos fiscais...
 
Livro comércio exterior
Livro comércio exteriorLivro comércio exterior
Livro comércio exterior
 
Apostila planejamento financeiro
Apostila planejamento financeiroApostila planejamento financeiro
Apostila planejamento financeiro
 
32 slides gestão de custos logístico 31 mar 2015
32 slides  gestão de custos logístico  31 mar 201532 slides  gestão de custos logístico  31 mar 2015
32 slides gestão de custos logístico 31 mar 2015
 
Comex INfoco: “Gestão Portuária: Oportunidades e Desafios da Profissão no Bra...
Comex INfoco: “Gestão Portuária: Oportunidades e Desafios da Profissão no Bra...Comex INfoco: “Gestão Portuária: Oportunidades e Desafios da Profissão no Bra...
Comex INfoco: “Gestão Portuária: Oportunidades e Desafios da Profissão no Bra...
 
Apostila de comércio exterior
Apostila de comércio exteriorApostila de comércio exterior
Apostila de comércio exterior
 
Livro contabilidade intermediaria 2
Livro contabilidade intermediaria 2Livro contabilidade intermediaria 2
Livro contabilidade intermediaria 2
 

Semelhante a Exporta fácil

Manual de importação
Manual de importaçãoManual de importação
Manual de importação
Dante Aline
 
Essencial sucesso-abordagem-mercado-externo-exportacao
Essencial sucesso-abordagem-mercado-externo-exportacaoEssencial sucesso-abordagem-mercado-externo-exportacao
Essencial sucesso-abordagem-mercado-externo-exportacao
UWU Solutions, Lda.
 
Logística Internacional
Logística Internacional Logística Internacional
Logística Internacional
Antonio Bacelar
 
Palestra: Passo a Passo para Iniciar uma Exportação
Palestra: Passo a Passo para Iniciar uma ExportaçãoPalestra: Passo a Passo para Iniciar uma Exportação
Palestra: Passo a Passo para Iniciar uma Exportação
ABRACOMEX
 
Aula Inaugural
Aula InauguralAula Inaugural
Aula Inaugural
MiltonMauad1
 
Aula 01 ptt logística internacional
Aula 01   ptt logística internacionalAula 01   ptt logística internacional
Aula 01 ptt logística internacional
Josiel Dias
 
Revisão - Importação e Transporte Internacional
Revisão - Importação e Transporte InternacionalRevisão - Importação e Transporte Internacional
Revisão - Importação e Transporte Internacional
adrianohcampos
 
Roteiro consultoria de exportação
Roteiro consultoria de exportaçãoRoteiro consultoria de exportação
Roteiro consultoria de exportação
César William
 
Guia Básico do Siscomex Exportação
Guia Básico do Siscomex ExportaçãoGuia Básico do Siscomex Exportação
Guia Básico do Siscomex Exportação
ABRACOMEX
 
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de NegóciosPrograma Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Exporta facil
Exporta facil Exporta facil
Exporta facil
einne2012
 
Classificação fiscal de Mercadorias e Incoterms - Logistica Internacional
Classificação fiscal de Mercadorias e Incoterms - Logistica InternacionalClassificação fiscal de Mercadorias e Incoterms - Logistica Internacional
Classificação fiscal de Mercadorias e Incoterms - Logistica Internacional
Andrea Fiuza
 
Logistica Internacional
Logistica InternacionalLogistica Internacional
Logistica Internacional
Willian dos Santos Abreu
 
Artigo exportação maquinas e equipamentos
Artigo exportação maquinas e equipamentosArtigo exportação maquinas e equipamentos
Artigo exportação maquinas e equipamentos
Adilson Mereth
 
Ap logistica internacional_06062017_aprovada
Ap logistica internacional_06062017_aprovadaAp logistica internacional_06062017_aprovada
Ap logistica internacional_06062017_aprovada
Silvia Maria de Marins e Souza
 
Artigo Maira Becker 26 04 2012
Artigo Maira Becker 26 04 2012Artigo Maira Becker 26 04 2012
Artigo Maira Becker 26 04 2012
Maira Cristina Becker
 
Conceitos gerais de comércio exterior
Conceitos gerais de comércio exteriorConceitos gerais de comércio exterior
Conceitos gerais de comércio exterior
ABRACOMEX
 
Informativo DEREX - novembro/2016
Informativo DEREX - novembro/2016Informativo DEREX - novembro/2016
Informativo DEREX - novembro/2016
Fiesp Federação das Indústrias do Estado de SP
 
Importação e exportação
Importação e exportaçãoImportação e exportação
Importação e exportação
Alison Gabriel
 
Noções de Internacionalização de Empresas
Noções de Internacionalização de Empresas Noções de Internacionalização de Empresas
Noções de Internacionalização de Empresas
ubyrajara
 

Semelhante a Exporta fácil (20)

Manual de importação
Manual de importaçãoManual de importação
Manual de importação
 
Essencial sucesso-abordagem-mercado-externo-exportacao
Essencial sucesso-abordagem-mercado-externo-exportacaoEssencial sucesso-abordagem-mercado-externo-exportacao
Essencial sucesso-abordagem-mercado-externo-exportacao
 
Logística Internacional
Logística Internacional Logística Internacional
Logística Internacional
 
Palestra: Passo a Passo para Iniciar uma Exportação
Palestra: Passo a Passo para Iniciar uma ExportaçãoPalestra: Passo a Passo para Iniciar uma Exportação
Palestra: Passo a Passo para Iniciar uma Exportação
 
Aula Inaugural
Aula InauguralAula Inaugural
Aula Inaugural
 
Aula 01 ptt logística internacional
Aula 01   ptt logística internacionalAula 01   ptt logística internacional
Aula 01 ptt logística internacional
 
Revisão - Importação e Transporte Internacional
Revisão - Importação e Transporte InternacionalRevisão - Importação e Transporte Internacional
Revisão - Importação e Transporte Internacional
 
Roteiro consultoria de exportação
Roteiro consultoria de exportaçãoRoteiro consultoria de exportação
Roteiro consultoria de exportação
 
Guia Básico do Siscomex Exportação
Guia Básico do Siscomex ExportaçãoGuia Básico do Siscomex Exportação
Guia Básico do Siscomex Exportação
 
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de NegóciosPrograma Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
 
Exporta facil
Exporta facil Exporta facil
Exporta facil
 
Classificação fiscal de Mercadorias e Incoterms - Logistica Internacional
Classificação fiscal de Mercadorias e Incoterms - Logistica InternacionalClassificação fiscal de Mercadorias e Incoterms - Logistica Internacional
Classificação fiscal de Mercadorias e Incoterms - Logistica Internacional
 
Logistica Internacional
Logistica InternacionalLogistica Internacional
Logistica Internacional
 
Artigo exportação maquinas e equipamentos
Artigo exportação maquinas e equipamentosArtigo exportação maquinas e equipamentos
Artigo exportação maquinas e equipamentos
 
Ap logistica internacional_06062017_aprovada
Ap logistica internacional_06062017_aprovadaAp logistica internacional_06062017_aprovada
Ap logistica internacional_06062017_aprovada
 
Artigo Maira Becker 26 04 2012
Artigo Maira Becker 26 04 2012Artigo Maira Becker 26 04 2012
Artigo Maira Becker 26 04 2012
 
Conceitos gerais de comércio exterior
Conceitos gerais de comércio exteriorConceitos gerais de comércio exterior
Conceitos gerais de comércio exterior
 
Informativo DEREX - novembro/2016
Informativo DEREX - novembro/2016Informativo DEREX - novembro/2016
Informativo DEREX - novembro/2016
 
Importação e exportação
Importação e exportaçãoImportação e exportação
Importação e exportação
 
Noções de Internacionalização de Empresas
Noções de Internacionalização de Empresas Noções de Internacionalização de Empresas
Noções de Internacionalização de Empresas
 

Mais de einne2012

Inovação e compet. francisco teixeira
Inovação e compet. francisco teixeiraInovação e compet. francisco teixeira
Inovação e compet. francisco teixeira
einne2012
 
Exportação caminho da competitividade 2012
Exportação   caminho da competitividade 2012Exportação   caminho da competitividade 2012
Exportação caminho da competitividade 2012
einne2012
 
Avinash kirpal portugues
Avinash kirpal portuguesAvinash kirpal portugues
Avinash kirpal portugues
einne2012
 
Apresentaçao seminario einne 2012 andrea
Apresentaçao seminario einne 2012 andreaApresentaçao seminario einne 2012 andrea
Apresentaçao seminario einne 2012 andrea
einne2012
 
Apresentação peiex einne tiago terra
Apresentação peiex einne tiago terraApresentação peiex einne tiago terra
Apresentação peiex einne tiago terra
einne2012
 
Patricia
PatriciaPatricia
Patricia
einne2012
 
Curso on line PREÇO PARA EXPORTAÇÃO - EINNE
Curso on line   PREÇO PARA EXPORTAÇÃO - EINNECurso on line   PREÇO PARA EXPORTAÇÃO - EINNE
Curso on line PREÇO PARA EXPORTAÇÃO - EINNE
einne2012
 
GUIA RODADA EINNE
GUIA RODADA EINNEGUIA RODADA EINNE
GUIA RODADA EINNE
einne2012
 
RODADA E PREÇO - consultor José Hamilton
RODADA E PREÇO - consultor José HamiltonRODADA E PREÇO - consultor José Hamilton
RODADA E PREÇO - consultor José Hamilton
einne2012
 
Modalidades de pagamento no comércio internacional bb (2)
Modalidades de pagamento no comércio internacional bb (2)Modalidades de pagamento no comércio internacional bb (2)
Modalidades de pagamento no comércio internacional bb (2)
einne2012
 
Apresentação power point sebrae preparando para o xvi einne- 2012
Apresentação power point sebrae   preparando para o xvi einne- 2012Apresentação power point sebrae   preparando para o xvi einne- 2012
Apresentação power point sebrae preparando para o xvi einne- 2012
einne2012
 
Seminario Internacionalizacao Mpe
Seminario Internacionalizacao MpeSeminario Internacionalizacao Mpe
Seminario Internacionalizacao Mpe
einne2012
 
Seminário Fieb - Logística
Seminário Fieb - LogísticaSeminário Fieb - Logística
Seminário Fieb - Logística
einne2012
 
Projeto Brasil Trade Salvador 2012
Projeto Brasil Trade Salvador 2012Projeto Brasil Trade Salvador 2012
Projeto Brasil Trade Salvador 2012
einne2012
 
A Logística como diferencial para a competitividade no mercado internacional
A Logística como diferencial para a competitividade no mercado internacionalA Logística como diferencial para a competitividade no mercado internacional
A Logística como diferencial para a competitividade no mercado internacional
einne2012
 
FILDA 2012 - 17 a 22 julho de 2012
FILDA 2012 - 17 a 22 julho de 2012FILDA 2012 - 17 a 22 julho de 2012
FILDA 2012 - 17 a 22 julho de 2012
einne2012
 
Mecanismos de crédito como diferenciais para a competitividade no mercado int...
Mecanismos de crédito como diferenciais para a competitividade no mercado int...Mecanismos de crédito como diferenciais para a competitividade no mercado int...
Mecanismos de crédito como diferenciais para a competitividade no mercado int...
einne2012
 
Apresentação fabio salvador 28-03 v final (2)
Apresentação fabio salvador   28-03 v final (2)Apresentação fabio salvador   28-03 v final (2)
Apresentação fabio salvador 28-03 v final (2)
einne2012
 
Einne
EinneEinne
Einne
einne2012
 

Mais de einne2012 (19)

Inovação e compet. francisco teixeira
Inovação e compet. francisco teixeiraInovação e compet. francisco teixeira
Inovação e compet. francisco teixeira
 
Exportação caminho da competitividade 2012
Exportação   caminho da competitividade 2012Exportação   caminho da competitividade 2012
Exportação caminho da competitividade 2012
 
Avinash kirpal portugues
Avinash kirpal portuguesAvinash kirpal portugues
Avinash kirpal portugues
 
Apresentaçao seminario einne 2012 andrea
Apresentaçao seminario einne 2012 andreaApresentaçao seminario einne 2012 andrea
Apresentaçao seminario einne 2012 andrea
 
Apresentação peiex einne tiago terra
Apresentação peiex einne tiago terraApresentação peiex einne tiago terra
Apresentação peiex einne tiago terra
 
Patricia
PatriciaPatricia
Patricia
 
Curso on line PREÇO PARA EXPORTAÇÃO - EINNE
Curso on line   PREÇO PARA EXPORTAÇÃO - EINNECurso on line   PREÇO PARA EXPORTAÇÃO - EINNE
Curso on line PREÇO PARA EXPORTAÇÃO - EINNE
 
GUIA RODADA EINNE
GUIA RODADA EINNEGUIA RODADA EINNE
GUIA RODADA EINNE
 
RODADA E PREÇO - consultor José Hamilton
RODADA E PREÇO - consultor José HamiltonRODADA E PREÇO - consultor José Hamilton
RODADA E PREÇO - consultor José Hamilton
 
Modalidades de pagamento no comércio internacional bb (2)
Modalidades de pagamento no comércio internacional bb (2)Modalidades de pagamento no comércio internacional bb (2)
Modalidades de pagamento no comércio internacional bb (2)
 
Apresentação power point sebrae preparando para o xvi einne- 2012
Apresentação power point sebrae   preparando para o xvi einne- 2012Apresentação power point sebrae   preparando para o xvi einne- 2012
Apresentação power point sebrae preparando para o xvi einne- 2012
 
Seminario Internacionalizacao Mpe
Seminario Internacionalizacao MpeSeminario Internacionalizacao Mpe
Seminario Internacionalizacao Mpe
 
Seminário Fieb - Logística
Seminário Fieb - LogísticaSeminário Fieb - Logística
Seminário Fieb - Logística
 
Projeto Brasil Trade Salvador 2012
Projeto Brasil Trade Salvador 2012Projeto Brasil Trade Salvador 2012
Projeto Brasil Trade Salvador 2012
 
A Logística como diferencial para a competitividade no mercado internacional
A Logística como diferencial para a competitividade no mercado internacionalA Logística como diferencial para a competitividade no mercado internacional
A Logística como diferencial para a competitividade no mercado internacional
 
FILDA 2012 - 17 a 22 julho de 2012
FILDA 2012 - 17 a 22 julho de 2012FILDA 2012 - 17 a 22 julho de 2012
FILDA 2012 - 17 a 22 julho de 2012
 
Mecanismos de crédito como diferenciais para a competitividade no mercado int...
Mecanismos de crédito como diferenciais para a competitividade no mercado int...Mecanismos de crédito como diferenciais para a competitividade no mercado int...
Mecanismos de crédito como diferenciais para a competitividade no mercado int...
 
Apresentação fabio salvador 28-03 v final (2)
Apresentação fabio salvador   28-03 v final (2)Apresentação fabio salvador   28-03 v final (2)
Apresentação fabio salvador 28-03 v final (2)
 
Einne
EinneEinne
Einne
 

Último

Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxFoi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applicationsIntroduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
João de Paula Ribeiro Neto
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
InsttLcioEvangelista
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 

Último (6)

Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxFoi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applicationsIntroduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 

Exporta fácil

  • 1. O EXPORTA FÁCIL SEGMENTO INTERNACIONAL 2012
  • 2. APRESENTAÇÃO O comércio internacional promove a equalização da distribuição mundial de bens e serviços, assim reduz as disparidades entre o escasso e o abundante. Além de equalizar os custos de produção, reduzindo a disparidade entre os preços de oferta e de demanda. A economia mundial passa por experiências de dois processos: * O processo da globalização e; * Formação de grandes blocos regionais. A globalização é um processo de integração da economia global, fenômeno tão antigo quanto a história do mundo, encontra-se num estágio, em face a evolução tecnológica nas telecomunicações, com a utilização acelerada e crescente da informática, que revoluciona as relações mundias pela velocidade de informação. O processo dado para essa abertura de mercado é a exportação para o país, que gera divisas, aumento de renda, produção e emprego, com objetivo a busca da redução de custos e o aumento na escala de produção, além de melhorar a imagem e internacionalizar a economia. Mercados integrados disponibilizam produtos podendo ser ofertados em qualquer parte do mundo. Para o consumidor significa conforto e interesse econômico, já que permite o acesso a produtos com maior qualidade e preços diferenciados. Todos esses processos acontecem com o intuito aumentar as relações comerciais entre países e promover o bem- estar das populações. Assim se dá a integração econômica, tendência almejada hoje no mundo. O Brasil na busca por uma nova política de Comércio Exterior, iniciada desde a década de 90, criou vários programas para fomentar exportações contemplando Empresas de Pequeno Porte. Visando atender a demanda exportadora oferecendo um serviço de qualidade o Segmento Internacional dos Correios na DR/BA desenvolveu o módulo de treinamento com informações sobre Exportação Simplificada e o Exporta Fácil a ser aplicado no treinamento aos empresários que participarão do XVI ENCONTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS DO NORDESTE – EINNE realizado pelo SEBRAE/BA em Salvador.
  • 3. O QUE É EXPORTAÇÃO? É a transferência de responsabilidade (Contrato Internacional de Compra e Venda), na saída de mercadoria do território aduaneiro (compreeende todo o território nacional), gerando divisas. A empresa que pretende exportar deve levar em consideração as premissas: POR QUE EXPORTAR? O QUE EXPORTAR? PARA ONDE EXPORTAR? A realização de pesquisas para analisar as perspectivas de venda de determinado produto no mercado externo e a maneira de obter os melhores resultados é muito importante COMO EXPORTAR? Uma vez definido o que exportar e para onde exporta, a empresa depara-se com as exigências legais e administrativas do processo de exportação e a negociação. NEGOCIAÇÃO Chama-se de negociação à fase que vai desde os primeiros contatos com o importador até o final do fechamento do negócio. Normalmente esse contato com o importador está dividido em duas fases: Pode-se fazer com que o produto chegue ao conhecimento do importador de várias maneiras, dentre elas: • Consórcio promocional; • Feiras; • Rodadas de negócios • Vitrine do exportador; • E-commerce; • Mala direta para os principais compradores de artesanato no mercado escolhido É justamente nesta fase, que começarão as dificuldades do pequeno empresário, pois aqui será necessário conhecimentos específicos sobre a operacionalização do comércio exterior. (toda esta fase está facilitada pelo uso da DSE - Declaração Simplificada de Exportação e do Simplex). Na Exportação Simplificada o empresário tem o Exporta Fácil como um grande facilitador nos processos de exportação.
  • 4. O QUE É O EXPORTA FÁCIL? É o serviço dos Correios que veio facilitar as exportações das micro e pequenas empresas eliminando a burocracia, os custos elevados e as dificuldades de transporte. Com esse serviço, o exportador só precisa preencher um formulário para fazer suas remessas ao exterior. Na exportação os Correios recebem as remessas, em quaisquer das modalidades dos serviços internacionais (Econômica, Prioritária ou Expressa), no valor máximo de US$ 50.000,00, por operação, sem limite mínimo. Qualquer valor pode ser caracterizado como transação comercial, desde que seja uma venda. Todas as modalidades incluem seguro gratuito e o usuário pode optar pelo Seguro Opcional (consultar Fichário de países no site http://www.correios.com.br/produtosaz/complementos/pdf/anexo_10_fichario_de_paises.pd f. Clientes com contrato: tem direito a pagamento a faturar (sem cota mínima mensal de faturamento) e coleta em domicílio. Os Correios cuidam do recebimento da remessa, elaboração da DSE (Declaração Simplificada de Exportação) no Sistema Integrado de Comércio Exterior (SISCOMEX – Sistema Integrado do Comércio Exterior), liberação alfandegária no Brasil, transporte ao país de destino. EXPORTAÇÃO SIMPLIFICADA – DSE O Exporta Fácil se caracteriza pela simplificação dos processos. Os serviços são totalmente baseados na DSE Eletrônica (Declaração Simplificada de Exportação). A DSE Eletrônica foi instituída pela Secretaria da Receita Federal e pela SECEX (Secretaria de Comércio Exterior). Para entender: após a postagem, os objetos seguem para o setor SISCOMEX no Centro de Tratamento Internacional em São Paulo (E M S, Sedex Mundi, Prioritário e Econômico) todas as mercadorias documentos, e lá é cadastrado on-line no sistema da Receita Federal. Os exportadores habituais, aqueles que atuam há mais tempo no mercado internacional, também podem se beneficiar da simplicidade do serviço de exportação dos Correios. As exportações via postal são amparadas pela Instrução Normativa SRF n.º 611 de 18 de janeiro de 2006 alterada pela IN RFB nº 908, de 9 de janeiro de 2009. O valor máximo para cada remessa é US$50.000,00. Podendo um mesmo exportador enviar remessas acima desse limite, para um mesmo importador, em um mesmo dia, desde que fracione as remessas em até US$ 50.000,00. Não há limite mínimo para uma exportação. As unidades poderão receber remessas de qualquer valor.
  • 5. Documentos Necessários: O produto final da negociação deverá ser todo materializado em um documento chamado Fatura Pro Forma. Após o envio da fatura Pro forma inicia-se o processo de envio da mercadoria. No processo de exportação o exportador precisa primeiro definir o NCM ( Nomenclatura comum do Mercosul) da mercadoria ( código que identifica a mercadoria) para o cálculo do Imposto de Importação lá no destino. Esse código pode ser pesquisado no site dos Correios http://www.correios.com.br/exportafacil/cfm/ncm/default.cfm ou no site Brasilglobalnet http://www.brasilglobalnet.gov.br/frmprincipal.aspx. Com o código do produto definido o exportador precisa elaborar a documentação: 1) Nota Fiscal: Valor total da remessa da exportação 1.1)Nas exportações diretas: Nota Fiscal - Modelo 1 – Série B – Emitir em nome do importador fazendo constar: Natureza da operação: Código 7.11 – Exportação (venda de produção do estabelecimento); Isento do IPI – Artigo 44 – Inciso I, Decreto nº 87.981/82 ICMS – Não incidência – Artigo 32, Inciso I da Lei Complementar nº 87/96 1.2) Nas exportações indiretas, por meio de terceiros: Nota Fiscal - Modelo 1 – Série B – Se o exportador estiver localizado na mesma unidade federativa do fabricante; Modelo 1 – Série C – Se o exportador estiver localizado em unidade federativa distinta daquela em que o fabricante está instalado. Emitir em nome da empresa que fará a exportação (o terceiro pode ser uma cooperativa, um comerciante, etc.). Fazer constar: Natureza da operação: Código 5.11 (vendas para dentro do estado) e Código 6.11 (vendas para fora do estado) Suspensão do IPI – Artigo 36, Inciso VIII, letra a do Decreto nº 87.981/82 ICMS – Suspensão – Artigo 32, Inciso I, Parágrafo Único da Lei Complementar nº 87/96. 2) Fatura Comercial ( Comercial Invoice): Documento que acompanha a mercadoria seu valor total é igual ao da nota fiscal. Documento similar a uma nota fiscal preenchido na língua do país importador ou em inglês. * Valor total igual ao da Nota fiscal porém na moeda de negociação. Ex.: Dólar 4 vias da fatura comercial que se encontra o modelo no site dos Correios no arquivo Excel http://www.correios.com.br/exportafacil/cfm/formularioAWB.cfm , mesmo arquivo da AWB.
  • 6. 3) Informe de Embarque - AWB (Air Way Bill) - Esse documento é de informe de embarque aéreo. É específico de cada caixa. Se a remessa da exportação tiver 10 caixas cada caixa terá que ter um conjunto de 4 vias com a informação do que tem dentro dela com valor correspondente. Assim a soma do total dos conjuntos das AWBs dos 10 pacotes tem que ser igual ao valor total da Nota fiscal e da Fatura comercial com a conversão da moeda. * 4 vias por pacote. Cada caixa tem um conjunto de 4 vias da AWB. O arquivo da AWB eletrônica está no site dos Correios http://www.correios.com.br/exportafacil/cfm/formularioAWB.cfm. Para o seu preenchimento se faz necessário a atualização do dólar, na planilha, logo na primeira página. 4) Precisa verificar nos países de destino se a NCM definida do produto tem algum documento exigido nessa mercadoria além dos documentos acima citados. Exemplo algum certificado de origem. Essas informações o importador pode ajudar também. * Para elaborar esses documentos precisa antes que seja embalada toda a mercadoria , o peso máximo por caixa no EMS (Expresso) é 30kg (depende do país de destino) http://www.correios.com.br/exportafacil/pdf/ANEXO_10_FICHARIO_DE_PAISES.pdf. Exemplo: Se a remessa tiver 100kg precisará fracionar em caixas que não ultrapasse os 30kg e que suas dimensões não ultrapasse 1,50m ( Comprimento ou altura ou espessura) ou 3m para a soma do comprimento com o maior perímetro. É obrigatória a declaração de conteúdo para todos os serviços internacionais de transporte de mercadorias, independentemente de ser Exportação Comercial ou Não-comercial; A tarifa de envio pelos Correios pode ser simulada no site dos Correios http://www.correios.com.br/exportafacil/cfm/tarifas.cfm. * Quando estiver com todas as caixas arrumadas e a nota fiscal, a fatura comercial (4 vias), as AWBs ( 4 vias por caixa) e os documentos necessários exigidos pelo país de destino, basta ir a agência mais próxima ou caso tenha contrato com os Correios solicitar a coleta pelo disque coleta ou verificar com o consultor comercial.  No site: http://www.correios.com.br/exportafacil/ o cliente pode fazer simulação de postagem, consultar preços, prazos e serviços opcionais; ter acesso e realizar o preenchimento do formulário AWB e da fatura comercial.
  • 7. MODALIDADES Exporta Fácil Modalidades Características EMS Prioritária Econômica Dimensão Máxima Mercadoria - Caixa:1,50 Mercadoria - Caixa e envelope: Mercadoria - Caixa e envelope: m(comprimento ou altura ou Comprimento + largura + Comprimento + largura + espessura = 900 espessura) ou 3,00 m para a soma espessura = 900 mm, sendo a mm, sendo a maior dimensão inferior a do comprimento com maior maior dimensão inferior a 900 600 mm. Rolo: Duas vezes o perímetro. Rolo: duas vezes o mm. Rolo: Duas diâmetro + comprimento = 1040 mm, diâmetro + comprimento = 3,00m, vezes o diâmetro + comprimento sendo a maior dimensão inferior a sendo a maior dimensão inferior a = 1040 mm, sendo a maior 900mm. Documento - 1,50 m. Documento - dimensão inferior a 900 mm. Caixa e envelope: Comprimento + largura Caixa e envelope: Comprimento + Documento - Caixa e envelope: + espessura = 900 mm, sendo a maior largura + espessura = 900mm, Comprimento + largura + dimensão inferior a 600 mm. sendo a maior dimensão inferior a espessura = 900 mm, sendo a Rolo: Duas vezes o diâmetro + 600mm. Rolo: maior dimensão inferior a 600 comprimento = 1040 mm, sendo a maior Duas vezes o diâmetro + mm. Rolo: Duas vezes dimensão inferior a 900 mm. comprimento = 1040 mm, sendo a o diâmetro + comprimento = 1040 maior dimensão inferior a 900 mm. mm, sendo a maior dimensão inferior a 900 mm. Dimensão Mínima Mercadoria - Caixa:90mm x Mercadoria - Caixa e envelope: Mercadoria - Caixa e envelope: 90mm x 140mm Rolo: Duas vezes o 90mm x 140mm. 140mm. Rolo: Duas diâmetro + comprimento = 170mm, Rolo: Duas vezes o diâmetro + vezes o diâmetro + comprimento = sendo a menor dimensão superior comprimento = 170mm, sendo a 170mm, sendo a menor dimensão a 100mm Documento - Caixa e menor dimensão superior a superior a 100mm. envelope: 90mm x 140mm 100mm. Documento - Caixa e envelope: 90mm x Rolo: Duas vezes o diâmetro + Documento - Caixa e envelope: 140mm. Rolo: Duas comprimento = 170mm, sendo a 90mm x 140mm. vezes o diâmetro + comprimento = menor dimensão superior a Rolo: Duas vezes o diâmetro + 170mm, sendo a menor dimensão 100mm. comprimento = 170mm, sendo a superior a 100mm. menor dimensão superior a 100mm. Peso Máximo Mercadoria - 30kg Mercadoria - 2kg Mercadoria - 20kg Documento - 5kg Documento - 2kg Mercadoria Leve Econômico - 2Kg Documento - 5kg Distribuição Em torno de 170 países Em torno de 200 países Em torno de 200 países Prazo de entrega Padrão Expresso Padrão Urgente Padrão Não Urgente Seguro Gratuito Para o E M S 100,00 R$ 30,00 postagem para R$ 20,00 postagem para documentos documento e R$200,00 documentos Leve prioritário Leve Econômico e Mercadoria mercadoria e para o SEDEX R$100,00 valor da postagem Econômica R$100,00 postagem para MUNDI R$450,00 postagem para mercadoria mercadoria para documento e mercadorias Valor Máximo U$50,000.00 de acordo o valor Leve Prioritário R$1.000,00 Leve Econômico R$1.000,00; máximo do país de destino Econômico U$50,000.00 Seguro Opcional Verificar valor máximo na tabela (por país). Aplicar 0,5% sobre o valor que exceder o seguro gratuito por modalidade de serviço. No E M S o ad valorem é de 1% CARACTERÍSTICAS COMERCIAIS DOS SERVIÇOS Econômico Documentos até 5kg e mercadorias até 20kg que não têm urgência em chegar ao destino. Sua remessa tem valor mercantil? Então lembre-se que o serviço de Registro garante a sua remessa um Seguro Automático e a comprovação da postagem. Mas não esqueça
  • 8. de que você pode optar também por um Seguro Opcional, no caso de sua encomenda ter valor maior que aquele já garantido pelo seguro automático. Benefícios do Correio Econômico: • Preços atrativos e diferenciados para documentos e mercadorias até 5kg; • Rede de distribuição em mais de 200 países; • Possibilidade de faturamento dos serviços prestados, inclusive os serviços opcionais; • Possibilidade coleta domiciliar programada (para encomendas), cliente com contrato; • Possibilidade de utilização de embalagens padronizadas, comercializadas pelos Correios; • Registro automático para mercadorias e possibilidade de registro para documentos; • Seguro gratuito automático de R$ 20,00 para remessas registradas contendo exclusivamente documentos e de R$ 100,00 para remessas contendo mercadorias; • Seguro opcional para mercadorias, variando conforme o país de destino; • Possibilidade de customização para clientes com contrato; Confirmação de entrega, mediante pesquisa, para objetos registrados. Prioritário O Correio Prioritário está voltado especialmente para você que prioriza a qualidade, sem desconsiderar o preço. E você pode enviar remessas prioritárias com até 2kg para mais de 200 países, com preços diferenciados para documentos e mercadorias. Você pode ainda optar pelo serviço de Registro e garantir, assim, um seguro automático à remessa. Você também pode fazer um Seguro Opcional no caso do envio de bens com valor. Benefícios do Correio Prioritário: • Preços diferenciados para documentos e mercadorias até 2kg; • Rede de distribuição em mais de 200 países; • Possibilidade de faturamento dos serviços prestados, inclusive os serviços opcionais; • Possibilidade de utilização de embalagens padronizadas, comercializadas pelos Correios (Caixas de Encomenda e Envelope Carta Mundial); • Seguro gratuito automático de R$ 30,00 para remessas registradas contendo exclusivamente documentos e de R$ 100,00 para remessas contendo mercadorias; • Seguro opcional para mercadorias, variando conforme o país de destino; • Possibilidade de customização para clientes com contrato.
  • 9. • Confirmação de entrega, mediante pesquisa, para objetos registrados. Expresso Os Serviços Expressos internacionais dos CORREIOS são aqueles especialmente indicados para quem deseja enviar documentos ou mercadorias a outros países em um curtíssimo espaço de tempo e com alto nível de qualidade. Os Serviços Expressos são indicados para quem tem como maior necessidade a urgência de entrega. São os serviços de mais alto valor agregado do Correio Internacional. Principais Características: • Alto grau de valores agregados; • Prazo previsto para a entrega entre 1 e 5 dias úteis, de acordo com o tipo de serviço e variando conforme as cidades de origem e de destino; • Prioridade máxima de tratamento; • Sistema de Informação; • Seguro automático gratuito Os serviços expressos internacionais são os seguintes: • EMS, para praticamente todos os países; • Sur Postal documento, para os países do Mercosul. EMS O EMS é o serviço ideal para quem tem pressa para ganhar o mundo com a parceria de quem melhor conhece o território de cada país deste planeta: os Correios mundiais. Com o EMS, documentos até 5kg e mercadorias até 30kg chegam a mais de 170 países com total prioridade desde a postagem até a entrega ao destinatário final. O peso máximo admitido pelos países pode variar. Informe-se em nossas agências ou pelo nosso serviço Fale com os Correios: http://www.correios.com.br/servicos/falecomoscorreios/default.cfm Os prazos previstos de entrega do EMS vão de dois a cinco dias úteis, variando conforme as cidades de origem e de destino da remessa. As mercadorias podem necessitar de um dia a mais, devido a liberação alfandegária. Consulte nossa tabela de prazos. O EMS já oferece um seguro automático e você pode optar ainda por um seguro opcional no caso do envio de bens com valor. Você pode também adquirir as caixas padronizadas dos Correios especialmente desenvolvidas para o envio seguro dos objetos. E os clientes com contrato podem ainda se beneficiar de coleta gratuita e pagamento a faturar. Benefícios do EMS:
  • 10. Rapidez, segurança e prioridade na entrega; • Destinado a mais de 170 países; • Preços diferenciados para documentos e mercadorias até 5kg; • Seguro gratuito automático de R$ 100,00 para remessas registradas contendo exclusivamente documentos e de R$ 200,00 para remessas contendo mercadorias; • Seguro opcional para mercadorias, variando conforme o país de destino; • Possibilidade coleta domiciliar programada; • Possibilidade de pagamento a faturar; inclusive dos serviços agregados; • Possibilidade de utilização de embalagens padronizadas; • Confirmação de entrega mediante pesquisa. Sur Postal Os documentos enviados pelo Sur postal Express têm prazo previsto de entrega de três a quatro dias úteis. Podem ser postados nas principais cidades brasileiras com destino a praticamente todas as cidades da Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile e Bolívia. Se não for possível entregar seu documento ao destinatário da primeira vez, uma nova tentativa será feita sem nenhum custo adicional. O envelope do Sur postal Express também é pré-franqueado e tem capacidade para até 250g de papéis. Em caso de perda ou extravio da remessa, um seguro automático garante a devolução do valor pago pelo envelope. Benefícios do Sur postal Express: • Garantia de qualidade dos Correios do Mercosul; • Seguro gratuito no valor do envelope, em caso de extravio; • Possibilidade coleta domiciliar programada; • Possibilidade de pagamento a faturar; • Envelope pré-franqueado padronizado; • Confirmação de entrega mediante pesquisa; • Central de Informação por telefone. CONTRATO INTERNACIONAL Os serviços do Internacional são contemplados no contrato múltiplo que são os seguintes: Econômico, Prioritário e Expresso (E M S e Sedex Mundi), Aerograma Internacional e Carta Mundial.
  • 11. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA Módulo Exportação, Universidade Banco do Brasil – 2004 BRASIL. Ministério das Relações Exteriores. Departamento de Promoção Comercial. Exportação Passo a Passo. Brasília: 2004 BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria de Comércio Exterior. Aprendendo a Exportar. Disponível em http://www.aprendendoaexportar.gov.br BRASIL. Portaria nº23, de 14 de julho de 2011. Dispõe sobre os Processos Administrativos da Exportação. Ministério da Indústria e Comércio Exterior. Secretaria de comércio Exterior. Disponível em: www.mdic.gov.br. BRASIL. Instrução Normativa SRF nº611, de 18 de janeiro de 2006 (com alterações até 2009) Dispõe sobre a utilização de DSE. Secretaria da Receita Federal. Disponível em: www.receita.fazenda.gov.br. Módulo Comércio Exterior e Serviços Internacionais dos Correios, Segmento Internacional – 2011.