SlideShare uma empresa Scribd logo
EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DE MOVIMENTAÇÃO DE ESTOQUE
Prof. Valbertone C. Araújo
Página 1
EXERCÍCIO PROPOSTO DE CONTROLE DE ESTOQUE
a) Com base nas informações abaixo, elaborar fichas de movimentação de estoque pelos 3 (três)
métodos: Custo Médio, PEPS e UEPS;
b) Informar o Custo dos produtos Vendidos;
c) Calcular o Valor do Lucro Bruto.
Uma determinada entidade apresentou as seguintes movimentações em seu estoque de Mercadorias
para Revenda:
Data Histórico Quant. Vlr. Unit. Vlr. Total
01/01/2013 Est. Inicial 18 R$ 2.160,00
05/01/2013 Compras 35 R$ 4.550,00 Frete de R$350,00
10/01/2013 Compras 25 R$ 142,00
15/01/2013 Dev. parcial de compra efetuada no dia 10/01/2013 = 10 Unid.
20/01/2013 Venda 40 R$ 277,55 Frete de R$ 120,00 11.1
25/01/2013 Compras 50 R$ 256,65 18.0
26/01/2013 Dev. parcial de venda de 20/01/2013 = 10 unidades 29.1
30/01/2013 Venda 60 R$ 300,00 -2.7
As empresas brasileiras utilizam principalmente o custo médio. Pois, por este critério o valor médio
de cada unidade em estoque altera-se pelas compras de outras mercadorias por um preço diferente.
Este método evita o controle de custos por lotes de compras, como no PEPS e no UEPS, mas
implica um numero maior de cálculos ao mesmo tempo em que foge dos extremos, dando como
custo de aquisição o valor médio das compras.
EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DE MOVIMENTAÇÃO DE ESTOQUE
Prof. Valbertone C. Araújo
Página 2
Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$
01/01/2013 Est. Inicial 18 120,0000 2.160,00
05/01/2013 Compras 35 130,0000 4.550,00
Frete 350,00 53 133,2075 7.060,00
10/01/2013 Compras 25 142,0000 3.550,00 78 136,0256 10.610,00
15/01/2013 Dev. Comp. -10 142,0000 -1.420,00 68 135,1471 9.190,00
20/01/2013 Venda 40 135,1471 5.405,88 28 135,1471 3.784,12
25/01/2013 Compras 50 256,6500 12.832,50 78 213,0336 16.616,62
26/01/2013 Dev. Vend. -10 135,1471 -1.351,47 88 204,1828 17.968,09
30/01/2013 Venda 60 204,1828 12.250,97 28 204,1828 5.717,12
100 Compras 19.862,50 CMV 16.305,38
ef
EF 5.717,12
VENDAS: 11.102,00
VENDAS: 18.000,00
Dev.Vendas -2.775,50
V. Líquida. 26.326,50
C.M.V. -16.305,38
L. BRUTO 10.021,12 R$ 20.042,24
FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE - CUSTO MÉDIO PONDERADO
DATA OPERAÇÃO
ENTRADA SAÍDA SALDO
Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$
01/01/2013 Est. Inicial 18 120,0000 2.160,00
05/01/2013 Compras 35 130,0000 4.550,00
Frete 350,00 53 133,2075 7.060,00
10/01/2013 41284 25 142,0000 3.550,00 78 136,0256 10.610,00
15/01/2013 Dev. Comp. -10 142,0000 -1.420,00 68 135,1471 9.190,00
25/01/2013 Compras 50 12.832,50 118 186,6314 22.022,50
30/01/2013 41284 90 186,6314 16.796,82 28 186,6314 5.225,68
S.I. 2.160,00 .+ Compras 19.862,50 .- CMV 16.796,82 .= Saldo Final 5.225,68
V. Líquida. 26.326,50
C.M.V. -16.796,82
L. BRUTO 9.529,68
ENTRADA SAÍDA SALDO
FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE - CUSTO MÉDIO FIXO
DATA OPERAÇÃO
Como o controle pelo Custo Médio Fixo as baixas são efetuadas no final do período, tendo
como valor base o custo médio apurado, considerando o saldo inicial mais as compras líquidas,
a tendência do Custo Médio apurado (em uma economia inflacionária) será maior por unidade.
Nas indústria, normalmente a movimentação dos estoques de Produtos em Elaboração e
Produtos acabados é feita utilizando este critério. Motivo: No momento da Venda dos Produtos
Acabados nem sempre se tem o cálculo do custo unitário para efeito de determinar a baixa de
estoque.
EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DE MOVIMENTAÇÃO DE ESTOQUE
Prof. Valbertone C. Araújo
Página 3
Através do PEPS, a empresa vai dando baixa nos estoques a partir das primeiras compras. Esse
ponto de vista é reforçado por Favaro H.L.ett all (1997, p.226), que pensa da seguinte maneira: O
PEPS refere-se ao critério de considerar o CMV correspondente ao custo da compra da mercadoria
mais antiga, remanescente no estoque”. Isso equivale dizer que se vendem ou consomem-se antes
as primeiras mercadorias compradas. Na suposição do Primeiro a Entrar, Primeiro a Sair, atribuem-
se custos mais antigos às unidades vendidas, e, consequentemente, custos mais recentes às
unidades no estoque final. Em outras palavras, admite-se que mercadorias mais antigas são
utilizadas em primeiro lugar. Essa suposição é compatível com a boa prática da administração do
fluxo físico de mercadorias.
Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$
01/01/2013 SI 18 120,0000 2.160,00
05/01/2013 Compras 35 130,0000 4.550,00
Frete 350,00 18 120,0000 2.160,00
35 140,0000 4.900,00
05/01/2013 SALDO 53 7.060,00
10/01/2013 Compras 25 142,0000 3.550,00 18 120,0000 2.160,00
35 140,0000 4.900,00
25 142,0000 3.550,00
10/01/2013 SALDO 78 10.610,00
15/01/2013 Dev. Comp. -10 142,0000 -1.420,00 18 120,0000 2.160,00
35 140,0000 4.900,00
15 142,0000 2.130,00
15/01/2013 SALDO 68 9.190,00
20/01/2013 Venda 18 120,0000 2.160,00
22 140,0000 3.080,00
40 5.240,00 13 140,0000 1.820,00
15 142,0000 2.130,00
20/01/2013 SALDO 28 3.950,00
25/01/2013 Compras 50 256,6500 12.832,50 13 140,0000 1.820,00
15 142,0000 2.130,00
50 256,6500 12.832,50
25/01/2013 SALDO 78 16.782,50
26/01/2013 Dev. Vd. -10 140,0000 -1.400,00 23 140,0000 3.220,00
15 142,0000 2.130,00
50 256,6500 12.832,50
26/01/2013 SALDO 88 18.182,50
30/01/2013 Venda 23 140,0000 3.220,00
15 142,0000 2.130,00
22 256,6500 5.646,30
60 10.996,30
30/01/2013 SALDO 28 256,6500 7.186,20
compras 100 R$ 19.862,50
VENDAS CMV 90 R$ 14.836,30 11102,0000
SALDO FINAL 28 -2775,5000 R$ 7.186,20
18000,0000
VENDAS R$ 26.326,50 LB R$ 11.490,20 26326,5000
FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE - MÉTODO P.E.P.S.
DATA OPERAÇÃO
ENTRADA SAÍDA SALDO
EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DE MOVIMENTAÇÃO DE ESTOQUE
Prof. Valbertone C. Araújo
Página 4
Baseando-se no UEPS para valoração dos estoques a empresa vai dando baixa nos estoques a
partir das últimas compras o que equivale ao seguinte raciocínio: vendem-se ou consomem-se antes
as últimas mercadorias compradas. Para Oliveira (1999, p.193), “o UEPS é o método ideal, sob o
ponto de vista teórico, para períodos inflacionários, porque os resultados apurados através dele são
mais recentes tornando os lucros menores e como consequência a carga de imposto de renda
também diminui”. Poderia concluir-se, então que o UEPS implica um lucro com alta qualidade, mas
essa conclusão seria incorreta, pois esse método não reflete o fluxo físico das mercadorias já que
pode conter custo de itens adquiridos há muitos anos.
Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$
01/01/2013 Est. Inicial 18 120,0000 2.160,00
05/01/2013 Compras 35 130,0000 4.550,00
05/01/2013 Frete 350,00 18 120,0000 2.160,00
35 140,0000 4.900,00
05/01/2013 SALDO 53 7.060,00
10/01/2013 Compras 25 142,0000 3.550,00 18 120,0000 2.160,00
35 140,0000 4.900,00
25 142,0000 3.550,00
10/01/2013 SALDO 78 10.610,00
15/01/2013 dev.compr. -10 142,0000 -1.420,00 18 120,0000 2.160,00
35 140,0000 4.900,00
15 142,0000 2.130,00
15/01/2013 SALDO 68 9.190,00
20/01/2013 VENDA 15 142,0000 2.130,00
25 140,0000 3.500,00
40 5.630,00 18 120,0000 2.160,00
10 140,0000 1.400,00
20/01/2013 SALDO 28 3.560,00
25/01/2013 COMPRA 50 256,6500 12.832,50 18 120,0000 2.160,00
10 140,0000 1.400,00
50 256,6500 12.832,50
25/01/2013 SALDO 78 16.392,50
26/01/2013 DEV.VEND. -10 140,0000 -1.400,00 18 120,0000 2.160,00
20 140,0000 2.800,00
50 256,6500 12.832,50
26/01/2013 SALDO 88 17.792,50
30/01/2013 Venda 50 256,6500 12.832,50
10 140,0000 1.400,00
60 14.232,50 18 120,0000 2.160,00
10 140,0000 1.400,00
30/01/2013 SALDO 28 3.560,00
COMPRAS 100 19.862,50R$
CMV 90 18.462,50R$
U E P S SALDO FINAL 28 R$ 3.560,00
VENDAS R$ 26.326,50
L. BRUTO R$ 7.864,00
FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE - MÉTODO U.E.P.S.
DATA OPERAÇÃO
ENTRADA SAÍDA SALDO
RESUMO DOS 3 (TRES) MÉTODOS
PEPS Custo Médio UEPS
VENDAS MERC R$ 26.326,50 R$ 26.326,50 R$ 26.326,50
CMV R$ 14.836,30 R$ 16.305,38 R$ 18.462,50
RCM (L..BRUTO) R$ 11.490,20 R$ 10.021,12 R$ 7.864,00
SALDO EST. R$ 7.186,20 R$ 5.717,12 R$ 3.560,00

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Logistica
LogisticaLogistica
Logistica
Studiesfree
 
Operações e rotinas de trabalho do almoxarifado
Operações e rotinas de trabalho do almoxarifadoOperações e rotinas de trabalho do almoxarifado
Operações e rotinas de trabalho do almoxarifado
Benjamim Garcia Netto
 
contabilidade-basica-peps-ueps
contabilidade-basica-peps-uepscontabilidade-basica-peps-ueps
contabilidade-basica-peps-ueps
Waister Marques
 
Cadeia de Suprimentos
Cadeia de SuprimentosCadeia de Suprimentos
Cadeia de Suprimentos
Adeildo Caboclo
 
Contabilidade de custos exercicios gabarito
Contabilidade de custos exercicios gabaritoContabilidade de custos exercicios gabarito
Contabilidade de custos exercicios gabarito
custos contabil
 
Exercícios sobre balanço patrimonial
Exercícios sobre balanço patrimonialExercícios sobre balanço patrimonial
Exercícios sobre balanço patrimonial
capitulocontabil
 
Aula de introdução a curva abc
Aula de introdução a curva abcAula de introdução a curva abc
Aula de introdução a curva abc
Moises Ribeiro
 
Gestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de SuprimentosGestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de Suprimentos
Gerisval Pessoa
 
Aulas de Investimentos (VPL)
Aulas de Investimentos (VPL)Aulas de Investimentos (VPL)
Aulas de Investimentos (VPL)
Adriano Bruni
 
Livro diário
Livro diárioLivro diário
Livro diário
rjalexandre
 
Estoque
Estoque Estoque
Estoque
Laercio27
 
Exercício - Análise Curva ABC
Exercício - Análise Curva ABCExercício - Análise Curva ABC
Exercício - Análise Curva ABC
Faculdade Cidade Verde
 
2 aula produtividade
2 aula produtividade2 aula produtividade
2 aula produtividade
Angélica Batista
 
Balanço patrimonial
Balanço patrimonialBalanço patrimonial
Balanço patrimonial
contacontabil
 
Gestao de suprimentos_(slide)
Gestao de suprimentos_(slide)Gestao de suprimentos_(slide)
Gestao de suprimentos_(slide)
Antonio Bacelar
 
Logistica empresarial
Logistica empresarialLogistica empresarial
Logistica empresarial
Denis Carlos Sodré
 
Logística - Fundamentos
Logística - FundamentosLogística - Fundamentos
Fluxo de Caixa: teoria e prática
Fluxo de Caixa: teoria e práticaFluxo de Caixa: teoria e prática
Fluxo de Caixa: teoria e prática
Elmano Cavalcanti
 
Aula 03 dre
Aula 03 dreAula 03 dre
Aula 03 dre
Endryelle Santos
 
Just in time (jit)
Just in time (jit)Just in time (jit)
Just in time (jit)
Robson Costa
 

Mais procurados (20)

Logistica
LogisticaLogistica
Logistica
 
Operações e rotinas de trabalho do almoxarifado
Operações e rotinas de trabalho do almoxarifadoOperações e rotinas de trabalho do almoxarifado
Operações e rotinas de trabalho do almoxarifado
 
contabilidade-basica-peps-ueps
contabilidade-basica-peps-uepscontabilidade-basica-peps-ueps
contabilidade-basica-peps-ueps
 
Cadeia de Suprimentos
Cadeia de SuprimentosCadeia de Suprimentos
Cadeia de Suprimentos
 
Contabilidade de custos exercicios gabarito
Contabilidade de custos exercicios gabaritoContabilidade de custos exercicios gabarito
Contabilidade de custos exercicios gabarito
 
Exercícios sobre balanço patrimonial
Exercícios sobre balanço patrimonialExercícios sobre balanço patrimonial
Exercícios sobre balanço patrimonial
 
Aula de introdução a curva abc
Aula de introdução a curva abcAula de introdução a curva abc
Aula de introdução a curva abc
 
Gestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de SuprimentosGestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de Suprimentos
 
Aulas de Investimentos (VPL)
Aulas de Investimentos (VPL)Aulas de Investimentos (VPL)
Aulas de Investimentos (VPL)
 
Livro diário
Livro diárioLivro diário
Livro diário
 
Estoque
Estoque Estoque
Estoque
 
Exercício - Análise Curva ABC
Exercício - Análise Curva ABCExercício - Análise Curva ABC
Exercício - Análise Curva ABC
 
2 aula produtividade
2 aula produtividade2 aula produtividade
2 aula produtividade
 
Balanço patrimonial
Balanço patrimonialBalanço patrimonial
Balanço patrimonial
 
Gestao de suprimentos_(slide)
Gestao de suprimentos_(slide)Gestao de suprimentos_(slide)
Gestao de suprimentos_(slide)
 
Logistica empresarial
Logistica empresarialLogistica empresarial
Logistica empresarial
 
Logística - Fundamentos
Logística - FundamentosLogística - Fundamentos
Logística - Fundamentos
 
Fluxo de Caixa: teoria e prática
Fluxo de Caixa: teoria e práticaFluxo de Caixa: teoria e prática
Fluxo de Caixa: teoria e prática
 
Aula 03 dre
Aula 03 dreAula 03 dre
Aula 03 dre
 
Just in time (jit)
Just in time (jit)Just in time (jit)
Just in time (jit)
 

Destaque

Logística integrada apostila
Logística integrada   apostilaLogística integrada   apostila
Logística integrada apostila
Taís Faria
 
Aula 10 - Administração de Materiais
Aula 10 - Administração de MateriaisAula 10 - Administração de Materiais
Aula 10 - Administração de Materiais
pcm1nd
 
Exercicios gestao de estoque I
Exercicios gestao de estoque IExercicios gestao de estoque I
Exercicios gestao de estoque I
Janaina Fidalgo
 
Administração de materiais
Administração de materiaisAdministração de materiais
Administração de materiais
Denis Carlos Sodré
 
Atividade..
Atividade..Atividade..
Atividade..
andreoticas
 
Custos Logísticos - Conceitos
Custos Logísticos - ConceitosCustos Logísticos - Conceitos
Custos Logísticos - Conceitos
Willian dos Santos Abreu
 
Gabaritos exercicios aula_09
Gabaritos exercicios aula_09Gabaritos exercicios aula_09
Gabaritos exercicios aula_09
zeramento contabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 04 cathedra icms-rj
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 04 cathedra icms-rjExercicios resolvidos contabilidade   aula 04 cathedra icms-rj
Exercicios resolvidos contabilidade aula 04 cathedra icms-rj
contacontabil
 
10 filmes de motivação e liderança para a força de vendas
10 filmes de motivação e liderança para a força de vendas 10 filmes de motivação e liderança para a força de vendas
10 filmes de motivação e liderança para a força de vendas
Agendor
 

Destaque (9)

Logística integrada apostila
Logística integrada   apostilaLogística integrada   apostila
Logística integrada apostila
 
Aula 10 - Administração de Materiais
Aula 10 - Administração de MateriaisAula 10 - Administração de Materiais
Aula 10 - Administração de Materiais
 
Exercicios gestao de estoque I
Exercicios gestao de estoque IExercicios gestao de estoque I
Exercicios gestao de estoque I
 
Administração de materiais
Administração de materiaisAdministração de materiais
Administração de materiais
 
Atividade..
Atividade..Atividade..
Atividade..
 
Custos Logísticos - Conceitos
Custos Logísticos - ConceitosCustos Logísticos - Conceitos
Custos Logísticos - Conceitos
 
Gabaritos exercicios aula_09
Gabaritos exercicios aula_09Gabaritos exercicios aula_09
Gabaritos exercicios aula_09
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 04 cathedra icms-rj
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 04 cathedra icms-rjExercicios resolvidos contabilidade   aula 04 cathedra icms-rj
Exercicios resolvidos contabilidade aula 04 cathedra icms-rj
 
10 filmes de motivação e liderança para a força de vendas
10 filmes de motivação e liderança para a força de vendas 10 filmes de motivação e liderança para a força de vendas
10 filmes de motivação e liderança para a força de vendas
 

Semelhante a Exercicio proposto de_controle_de_estoque

Relatorio de compras mes agosto 2013
Relatorio de compras mes agosto 2013Relatorio de compras mes agosto 2013
Relatorio de compras mes agosto 2013
José Luiz Graunna
 
Atps de contabilidade de custos
Atps  de contabilidade de custosAtps  de contabilidade de custos
Atps de contabilidade de custos
alanadm
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Administração 5
Administração 5Administração 5
Administração 5
Josylene Borges Silva
 
Gestão Industrial.pptx
Gestão Industrial.pptxGestão Industrial.pptx
Gestão Industrial.pptx
PauloRutemberg1
 
Boletim (17)
Boletim (17)Boletim (17)
Boletim (17)
Gabriela Rodrigues
 
Boletim (15)
Boletim (15)Boletim (15)
Boletim (15)
Gabriela Rodrigues
 
Boletim (19)
Boletim (19)Boletim (19)
Boletim (19)
Gabriela Rodrigues
 
Boletim (12)
Boletim (12)Boletim (12)
Boletim (12)
Gabriela Rodrigues
 
Boletim (18)
Boletim (18)Boletim (18)
Boletim (18)
Gabriela Rodrigues
 
Boletim (13)
Boletim (13)Boletim (13)
Boletim (13)
Gabriela Rodrigues
 
Apresentação FINANCE - Exemplos de Relatórios
Apresentação FINANCE - Exemplos de RelatóriosApresentação FINANCE - Exemplos de Relatórios
Apresentação FINANCE - Exemplos de Relatórios
souzAraujo Treinamento e Consultoria Empresarial Ltda.
 
Relatorio de compras do mes dezembro 2013
Relatorio de compras do mes dezembro 2013Relatorio de compras do mes dezembro 2013
Relatorio de compras do mes dezembro 2013
José Graunna
 
Boletim (14)
Boletim (14)Boletim (14)
Boletim (14)
Gabriela Rodrigues
 
Boletim (14)
Boletim (14)Boletim (14)
Boletim (14)
Gabriela Rodrigues
 
Boletim (2)
Boletim (2)Boletim (2)
Boletim (2)
Gabriela Rodrigues
 
Boletim (5)
Boletim (5)Boletim (5)
Boletim (5)
Gabriela Rodrigues
 
Boletim (1)
Boletim (1)Boletim (1)
Boletim (1)
Gabriela Rodrigues
 
Boletim 3109 contabil_1
Boletim 3109 contabil_1Boletim 3109 contabil_1
Boletim 3109 contabil_1
Maria Das Dores
 
Boletim
BoletimBoletim

Semelhante a Exercicio proposto de_controle_de_estoque (20)

Relatorio de compras mes agosto 2013
Relatorio de compras mes agosto 2013Relatorio de compras mes agosto 2013
Relatorio de compras mes agosto 2013
 
Atps de contabilidade de custos
Atps  de contabilidade de custosAtps  de contabilidade de custos
Atps de contabilidade de custos
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
 
Administração 5
Administração 5Administração 5
Administração 5
 
Gestão Industrial.pptx
Gestão Industrial.pptxGestão Industrial.pptx
Gestão Industrial.pptx
 
Boletim (17)
Boletim (17)Boletim (17)
Boletim (17)
 
Boletim (15)
Boletim (15)Boletim (15)
Boletim (15)
 
Boletim (19)
Boletim (19)Boletim (19)
Boletim (19)
 
Boletim (12)
Boletim (12)Boletim (12)
Boletim (12)
 
Boletim (18)
Boletim (18)Boletim (18)
Boletim (18)
 
Boletim (13)
Boletim (13)Boletim (13)
Boletim (13)
 
Apresentação FINANCE - Exemplos de Relatórios
Apresentação FINANCE - Exemplos de RelatóriosApresentação FINANCE - Exemplos de Relatórios
Apresentação FINANCE - Exemplos de Relatórios
 
Relatorio de compras do mes dezembro 2013
Relatorio de compras do mes dezembro 2013Relatorio de compras do mes dezembro 2013
Relatorio de compras do mes dezembro 2013
 
Boletim (14)
Boletim (14)Boletim (14)
Boletim (14)
 
Boletim (14)
Boletim (14)Boletim (14)
Boletim (14)
 
Boletim (2)
Boletim (2)Boletim (2)
Boletim (2)
 
Boletim (5)
Boletim (5)Boletim (5)
Boletim (5)
 
Boletim (1)
Boletim (1)Boletim (1)
Boletim (1)
 
Boletim 3109 contabil_1
Boletim 3109 contabil_1Boletim 3109 contabil_1
Boletim 3109 contabil_1
 
Boletim
BoletimBoletim
Boletim
 

Mais de Antonio Mankumbani Chora

Capitulo ii
Capitulo iiCapitulo ii
Exercicio resolvidos de estatistica 2
Exercicio resolvidos de estatistica 2Exercicio resolvidos de estatistica 2
Exercicio resolvidos de estatistica 2
Antonio Mankumbani Chora
 
Exercicios de estatistica resolvido
Exercicios de estatistica resolvidoExercicios de estatistica resolvido
Exercicios de estatistica resolvido
Antonio Mankumbani Chora
 
Exercicios de estatistica resolvido.5
Exercicios de estatistica resolvido.5Exercicios de estatistica resolvido.5
Exercicios de estatistica resolvido.5
Antonio Mankumbani Chora
 
Exercicios de estatistica resolvido.4
Exercicios de estatistica resolvido.4Exercicios de estatistica resolvido.4
Exercicios de estatistica resolvido.4
Antonio Mankumbani Chora
 
Exercicios de estatistica resolvido.3
Exercicios de estatistica resolvido.3Exercicios de estatistica resolvido.3
Exercicios de estatistica resolvido.3
Antonio Mankumbani Chora
 
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formandoEstatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Antonio Mankumbani Chora
 
Unidade
UnidadeUnidade
1 ativo
1 ativo1 ativo
1 ativo
1 ativo1 ativo

Mais de Antonio Mankumbani Chora (11)

Capitulo ii
Capitulo iiCapitulo ii
Capitulo ii
 
Exercicio resolvidos de estatistica 2
Exercicio resolvidos de estatistica 2Exercicio resolvidos de estatistica 2
Exercicio resolvidos de estatistica 2
 
Exercicios de estatistica resolvido
Exercicios de estatistica resolvidoExercicios de estatistica resolvido
Exercicios de estatistica resolvido
 
Exercicios de estatistica resolvido.5
Exercicios de estatistica resolvido.5Exercicios de estatistica resolvido.5
Exercicios de estatistica resolvido.5
 
Exercicios de estatistica resolvido.4
Exercicios de estatistica resolvido.4Exercicios de estatistica resolvido.4
Exercicios de estatistica resolvido.4
 
Exercicios de estatistica resolvido.3
Exercicios de estatistica resolvido.3Exercicios de estatistica resolvido.3
Exercicios de estatistica resolvido.3
 
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formandoEstatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
 
Doc2
Doc2Doc2
Doc2
 
Unidade
UnidadeUnidade
Unidade
 
1 ativo
1 ativo1 ativo
1 ativo
 
1 ativo
1 ativo1 ativo
1 ativo
 

Exercicio proposto de_controle_de_estoque

  • 1. EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DE MOVIMENTAÇÃO DE ESTOQUE Prof. Valbertone C. Araújo Página 1 EXERCÍCIO PROPOSTO DE CONTROLE DE ESTOQUE a) Com base nas informações abaixo, elaborar fichas de movimentação de estoque pelos 3 (três) métodos: Custo Médio, PEPS e UEPS; b) Informar o Custo dos produtos Vendidos; c) Calcular o Valor do Lucro Bruto. Uma determinada entidade apresentou as seguintes movimentações em seu estoque de Mercadorias para Revenda: Data Histórico Quant. Vlr. Unit. Vlr. Total 01/01/2013 Est. Inicial 18 R$ 2.160,00 05/01/2013 Compras 35 R$ 4.550,00 Frete de R$350,00 10/01/2013 Compras 25 R$ 142,00 15/01/2013 Dev. parcial de compra efetuada no dia 10/01/2013 = 10 Unid. 20/01/2013 Venda 40 R$ 277,55 Frete de R$ 120,00 11.1 25/01/2013 Compras 50 R$ 256,65 18.0 26/01/2013 Dev. parcial de venda de 20/01/2013 = 10 unidades 29.1 30/01/2013 Venda 60 R$ 300,00 -2.7 As empresas brasileiras utilizam principalmente o custo médio. Pois, por este critério o valor médio de cada unidade em estoque altera-se pelas compras de outras mercadorias por um preço diferente. Este método evita o controle de custos por lotes de compras, como no PEPS e no UEPS, mas implica um numero maior de cálculos ao mesmo tempo em que foge dos extremos, dando como custo de aquisição o valor médio das compras.
  • 2. EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DE MOVIMENTAÇÃO DE ESTOQUE Prof. Valbertone C. Araújo Página 2 Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$ 01/01/2013 Est. Inicial 18 120,0000 2.160,00 05/01/2013 Compras 35 130,0000 4.550,00 Frete 350,00 53 133,2075 7.060,00 10/01/2013 Compras 25 142,0000 3.550,00 78 136,0256 10.610,00 15/01/2013 Dev. Comp. -10 142,0000 -1.420,00 68 135,1471 9.190,00 20/01/2013 Venda 40 135,1471 5.405,88 28 135,1471 3.784,12 25/01/2013 Compras 50 256,6500 12.832,50 78 213,0336 16.616,62 26/01/2013 Dev. Vend. -10 135,1471 -1.351,47 88 204,1828 17.968,09 30/01/2013 Venda 60 204,1828 12.250,97 28 204,1828 5.717,12 100 Compras 19.862,50 CMV 16.305,38 ef EF 5.717,12 VENDAS: 11.102,00 VENDAS: 18.000,00 Dev.Vendas -2.775,50 V. Líquida. 26.326,50 C.M.V. -16.305,38 L. BRUTO 10.021,12 R$ 20.042,24 FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE - CUSTO MÉDIO PONDERADO DATA OPERAÇÃO ENTRADA SAÍDA SALDO Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$ 01/01/2013 Est. Inicial 18 120,0000 2.160,00 05/01/2013 Compras 35 130,0000 4.550,00 Frete 350,00 53 133,2075 7.060,00 10/01/2013 41284 25 142,0000 3.550,00 78 136,0256 10.610,00 15/01/2013 Dev. Comp. -10 142,0000 -1.420,00 68 135,1471 9.190,00 25/01/2013 Compras 50 12.832,50 118 186,6314 22.022,50 30/01/2013 41284 90 186,6314 16.796,82 28 186,6314 5.225,68 S.I. 2.160,00 .+ Compras 19.862,50 .- CMV 16.796,82 .= Saldo Final 5.225,68 V. Líquida. 26.326,50 C.M.V. -16.796,82 L. BRUTO 9.529,68 ENTRADA SAÍDA SALDO FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE - CUSTO MÉDIO FIXO DATA OPERAÇÃO Como o controle pelo Custo Médio Fixo as baixas são efetuadas no final do período, tendo como valor base o custo médio apurado, considerando o saldo inicial mais as compras líquidas, a tendência do Custo Médio apurado (em uma economia inflacionária) será maior por unidade. Nas indústria, normalmente a movimentação dos estoques de Produtos em Elaboração e Produtos acabados é feita utilizando este critério. Motivo: No momento da Venda dos Produtos Acabados nem sempre se tem o cálculo do custo unitário para efeito de determinar a baixa de estoque.
  • 3. EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DE MOVIMENTAÇÃO DE ESTOQUE Prof. Valbertone C. Araújo Página 3 Através do PEPS, a empresa vai dando baixa nos estoques a partir das primeiras compras. Esse ponto de vista é reforçado por Favaro H.L.ett all (1997, p.226), que pensa da seguinte maneira: O PEPS refere-se ao critério de considerar o CMV correspondente ao custo da compra da mercadoria mais antiga, remanescente no estoque”. Isso equivale dizer que se vendem ou consomem-se antes as primeiras mercadorias compradas. Na suposição do Primeiro a Entrar, Primeiro a Sair, atribuem- se custos mais antigos às unidades vendidas, e, consequentemente, custos mais recentes às unidades no estoque final. Em outras palavras, admite-se que mercadorias mais antigas são utilizadas em primeiro lugar. Essa suposição é compatível com a boa prática da administração do fluxo físico de mercadorias. Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$ 01/01/2013 SI 18 120,0000 2.160,00 05/01/2013 Compras 35 130,0000 4.550,00 Frete 350,00 18 120,0000 2.160,00 35 140,0000 4.900,00 05/01/2013 SALDO 53 7.060,00 10/01/2013 Compras 25 142,0000 3.550,00 18 120,0000 2.160,00 35 140,0000 4.900,00 25 142,0000 3.550,00 10/01/2013 SALDO 78 10.610,00 15/01/2013 Dev. Comp. -10 142,0000 -1.420,00 18 120,0000 2.160,00 35 140,0000 4.900,00 15 142,0000 2.130,00 15/01/2013 SALDO 68 9.190,00 20/01/2013 Venda 18 120,0000 2.160,00 22 140,0000 3.080,00 40 5.240,00 13 140,0000 1.820,00 15 142,0000 2.130,00 20/01/2013 SALDO 28 3.950,00 25/01/2013 Compras 50 256,6500 12.832,50 13 140,0000 1.820,00 15 142,0000 2.130,00 50 256,6500 12.832,50 25/01/2013 SALDO 78 16.782,50 26/01/2013 Dev. Vd. -10 140,0000 -1.400,00 23 140,0000 3.220,00 15 142,0000 2.130,00 50 256,6500 12.832,50 26/01/2013 SALDO 88 18.182,50 30/01/2013 Venda 23 140,0000 3.220,00 15 142,0000 2.130,00 22 256,6500 5.646,30 60 10.996,30 30/01/2013 SALDO 28 256,6500 7.186,20 compras 100 R$ 19.862,50 VENDAS CMV 90 R$ 14.836,30 11102,0000 SALDO FINAL 28 -2775,5000 R$ 7.186,20 18000,0000 VENDAS R$ 26.326,50 LB R$ 11.490,20 26326,5000 FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE - MÉTODO P.E.P.S. DATA OPERAÇÃO ENTRADA SAÍDA SALDO
  • 4. EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DE MOVIMENTAÇÃO DE ESTOQUE Prof. Valbertone C. Araújo Página 4 Baseando-se no UEPS para valoração dos estoques a empresa vai dando baixa nos estoques a partir das últimas compras o que equivale ao seguinte raciocínio: vendem-se ou consomem-se antes as últimas mercadorias compradas. Para Oliveira (1999, p.193), “o UEPS é o método ideal, sob o ponto de vista teórico, para períodos inflacionários, porque os resultados apurados através dele são mais recentes tornando os lucros menores e como consequência a carga de imposto de renda também diminui”. Poderia concluir-se, então que o UEPS implica um lucro com alta qualidade, mas essa conclusão seria incorreta, pois esse método não reflete o fluxo físico das mercadorias já que pode conter custo de itens adquiridos há muitos anos. Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$ Q VU em R$ VT em R$ 01/01/2013 Est. Inicial 18 120,0000 2.160,00 05/01/2013 Compras 35 130,0000 4.550,00 05/01/2013 Frete 350,00 18 120,0000 2.160,00 35 140,0000 4.900,00 05/01/2013 SALDO 53 7.060,00 10/01/2013 Compras 25 142,0000 3.550,00 18 120,0000 2.160,00 35 140,0000 4.900,00 25 142,0000 3.550,00 10/01/2013 SALDO 78 10.610,00 15/01/2013 dev.compr. -10 142,0000 -1.420,00 18 120,0000 2.160,00 35 140,0000 4.900,00 15 142,0000 2.130,00 15/01/2013 SALDO 68 9.190,00 20/01/2013 VENDA 15 142,0000 2.130,00 25 140,0000 3.500,00 40 5.630,00 18 120,0000 2.160,00 10 140,0000 1.400,00 20/01/2013 SALDO 28 3.560,00 25/01/2013 COMPRA 50 256,6500 12.832,50 18 120,0000 2.160,00 10 140,0000 1.400,00 50 256,6500 12.832,50 25/01/2013 SALDO 78 16.392,50 26/01/2013 DEV.VEND. -10 140,0000 -1.400,00 18 120,0000 2.160,00 20 140,0000 2.800,00 50 256,6500 12.832,50 26/01/2013 SALDO 88 17.792,50 30/01/2013 Venda 50 256,6500 12.832,50 10 140,0000 1.400,00 60 14.232,50 18 120,0000 2.160,00 10 140,0000 1.400,00 30/01/2013 SALDO 28 3.560,00 COMPRAS 100 19.862,50R$ CMV 90 18.462,50R$ U E P S SALDO FINAL 28 R$ 3.560,00 VENDAS R$ 26.326,50 L. BRUTO R$ 7.864,00 FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE - MÉTODO U.E.P.S. DATA OPERAÇÃO ENTRADA SAÍDA SALDO RESUMO DOS 3 (TRES) MÉTODOS PEPS Custo Médio UEPS VENDAS MERC R$ 26.326,50 R$ 26.326,50 R$ 26.326,50 CMV R$ 14.836,30 R$ 16.305,38 R$ 18.462,50 RCM (L..BRUTO) R$ 11.490,20 R$ 10.021,12 R$ 7.864,00 SALDO EST. R$ 7.186,20 R$ 5.717,12 R$ 3.560,00