SlideShare uma empresa Scribd logo
SINDICATO DASINDÚSTRIASMETALÚRGICAS, MECÂNICASEDEMATERIAL ELÉTRICO EELETRÔNICO DESÃO LEOPOLDO
Ano 4 Nº24 Setembro / Outubro - 2010
www.sindimetalrs.org.br
Ameepreserve
Página
16CRK na
VITRINE
Informações
Jurídicas
Página
11
SINDIMETALINAUGURA PONTOSDEATENDIMENTO
EM SAPIRANGA ESÃO SEBASTIÃO DO CAÍ
Páginas 08 e 09
Página
03
Página
05Grupos setoriaisPalestra com
Heitor Müller
OESPAÇO SINDIMETAL nº 24 apresenta nesta edição os assuntos,
que estão em evidência na entidade. Confira, na página 03, a
matéria sobre a visão inovadora na gestão empresarial, abordada pelo
empresário Heitor Müller, que esteve no SINDIMETAL recentemente. A
agenda de atividades, incluindo a Confraternização de Final de Ano, no dia
03 de dezembro, é destaque na página 04, onde também podem ser
conhecidas as novas empresas associadas. Os grupos setoriais têm
ampliado a sua atuação e aperfeiçoado o trabalho, com atividades
diversificadas. Conheçaasaçõeslendoaspáginas05 e06.
Neste ano, o SINDIMETAL estará presente na Mercopar, com a
maior área comercial da feira, reunindo empresas de diversos segmentos e
consolidando a sua participação em Caxias do Sul. Veja, na página 07,
quais as empresas que estarão participando. Orientações jurídicas e
esclarecimentos importantes para os empresários podem ser conhecidos
nas páginas 11, 12 e13. O Banco de Alimentos Vale do Sinos completou
dois anos. A cobertura desta festa pode ser vista na página 14. Divulgamos
também, na página 15, a data de inauguração da Unidade Regional da
ABIFA, no Centro das Indústrias. Empresários ligados ao SINDIMETAL
estiveram participando de uma missão empresarial rumo a China. Leia
sobre o assunto na página 15 e, conheça também, lendo a Vitrine, uma
empresa com 20 anosdeatuação emuita determinação. ACRK, agora com
sedeem SãoLeopoldo, éahomenageadadessaedição.
Boa leitura e até a próxima edição!
Ostrabalhosassinadossãoderesponsabilidadedeseusautores.
tento aos novos desafios, o SINDIMETAL, juntamente com o
ASebrae, inaugurou, no dia 15 de setembro, em Sapiranga, a
primeira unidade do Projeto Base Avançada, que funciona como
pontodeatendimentodasentidadesparceiras. Nodia07 deoutubro,
a iniciativa ocorreu em São Sebastião do Caí. As cidades integram a
base territorial, composta por 35 municípios, e passam a ser um
braço do sindicato, queestará pronto a acolher as demandas desuas
empresas associadas e filiadas. Além dos respectivos municípios, as
duas bases também irão atender as cidades da região localizadas em
tornodestasunidades.
A meta dos pontos de atendimento é expandir as atividades,
na base territorial, a partir de uma estrutura física adequada às
diversasatividadesprevistas. Anovidadecheganum momentomuito
propício para o SINDIMETAL, que apoia e incentiva o empreendedo-
rismo individual e coletivo dos associados e filiados a entidade.
Estamos na realidade “espalhando sementes” todas as vezes que
oportunizamosoacessomaisdiretoerápidoaosindicatoe“colhendo
resultados” quandoestetrabalhoencontraecojuntoaosempresários.
Esta feliz iniciativa reúne, em sua essência, a descentraliza-
çãoeoapoioàsempresas, quevivem umaretomadagradativadasua
forçaeprodução.
Opasso, queestásendodado, resultaráem curtoprazo, numa
ação estruturada de atendimento com ganhos ilimitados, para toda a
região. Teremos acesso a novos conceitos e soluções integradas, que
contribuirãoparaocrescimentoeofortalecimentodasentidades.
A palavra inovação talvez seja o principal clichê empresarial
deste século. Como entidade, o SINDIMETAL tem sido incansável na
busca e efetiva realização de ações, que tragam aos empresários
subsídios para facilitar a caminhada, neste universo que muda cada
vez mais rápido. A inauguração, destas duas bases avançadas do
sindicato, consolidaestaideia.
Inovar e empreender, ter aptidão e um desejo permanente de
explorar novaspossibilidades, certamenteserá o nosso maior desafio
como facilitadores deste processo. Que estas oportunidades atinjam
plenamente os seus objetivos e representem um passo importante
também paraosempreendedoresdaregião.
Sucesso a todos os parceiros e parabéns aos municípios de
Sapiranga e de São Sebastião do Caí, bem como as demais cidades
localizadas em torno destes pontos de atendimento, que passarão a
usufruir maisrapidamentedosserviçosdoSINDIMETAL.
Opapeldesteinformativoéproveniente
deárvoresdeflorestamento.
Diretoria
Diretor Executivo: Valmir Pizzutti
Redação: Jornalista Neusa Medeiros (Mtb 5062)
Criaçãoearte: Claudionor Oliveira Gomes Junior
Informativobimestral
Tiragem: 2300 exemplares
Circulação: gratuita e dirigida
Fotos: divulgação
EdiçãoeProdução: Edição 3 Comunicação Empresarial
Gráfica: Impressos Portão Ltda.
Endereço
Rua José Bonifácio, nº 204 - Centro das Indústrias
São Leopoldo/RS - Fone (51) 3590.7702
www.sindimetalrs.org.br
relacionamento@sindimetalrs.org.br
Editorial
Raul Heller
PresidentedoSINDIMETAL
100%
DOS IMPRESSOS EM PAPEL
FABRICADO NO
BRASIL
PROVÊM DE FLORESTAS
PL ANTADAS
ESPALHANDOSEMENTESE
COLHENDORESULTADOS
PRESIDENTE DELEGADOS REPRESENTANTES
JUNTO À FIERGS
VICE – PRESIDENTES TITULARES
SUPLENTES
DELEGADOS REPRESENTANTES
SECRETÁRIO
TESOUREIRO
DIRETORES
CONSELHO FISCAL
TITULARES
SUPLENTES
Raul Heller
Celso Luiz Rodrigues Raul Heller
Marcelo Fleck Marcelo Fleck
Norberto Cossio Dias
Pedro Vicente Isquierdo Gonçales Celso Luiz Rodrigues
Renato Nunes Norberto Cossio Dias
Roberto Dauber
Sapucaia do Sul/Esteio
Rodrigo Paesi Ademir Luiz Costella
Sapiranga
Sérgio de Bortoli Galera Emílio Neury Haag
São Sebastião do Caí/Montenegro
Ademir Luiz Costella Geovani Lorscheitter
Arno Tomasini Estância Velha/Dois
Claus Carlos Teodoro Mohr Irmãos/Ivoti/Morro Reuter
Darlan Geremia Marcelino Leopoldo Barth
Darlei Fabian F. da Silva Tupandi
Emílio Neury Haag Roberto Petroll
Fernando José Dutra Parreira
Geovani Lorscheitter MetalValley - Exportar
Jeferson Ribeiro Correa Darlan Geremia
Luis Gustavo von Hohendorff Valemetalsinos
Marcus Coester Darlei Fabian Ferrasso da Silva
Muciano Niederauer Dias Saúde, Segurança e Meio Ambiente
Roberto Alexandre Schroer Roberto Dauber
Silvino Geremia Fundi-RS
Simone Marcon Geovani Lorscheitter
Recursos Humanos
Heloisa Gaelzer Müller
Luiz Antônio Gonçalves Fórum dos Diretores Industriais
Roberto Petroll Arno Tomasini
Roque Silveira da Rocha Fórum de Desenvolvimento de
Lideranças
Christine Lange Sofia Copé Heller Michel
Marcelino Leopoldo Barth Central de Negócios
Ramon Ariel Bonilla Cabrera Rodrigo Paesi
Tributário
Severino Piovezan
COMITÊS SETORIAIS
Expediente
“Você sabia que o Nylon leva de 30 a 40 anos para ser absorvido pela natureza?”Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos 03
O
vice-presidente da FIERGS, empresário Heitor Müller criatividade para inovar sempre, inclusive na vida pessoal. “Nunca
proferiu uma palestra sobre Visão inovadora na gestão devemosparar dequestionar osprocessoseasrotinas. Aacomoda-
empresarial, direcionada aos empresários de diferentes ção abre espaço para a concorrência”, afirma o palestrante,
setores, dia 22 de setembro, no auditório SINDIMETAL, no Centro enfatizandoqueinvestimentosem educaçãoepesquisanopaíssão
dasIndústrias. os maiores ativos de uma sociedade competitiva. “Precisamos
Opalestrante apontou caminhos para que as empresas mudar paradigmas e investir no conhecimento, que é um bem
sobrevivam e prosperem em meio ao mercado global. Aderir à intransferível”, dizMüller.
inovação tecnológica e também unir forças com o concorrente Na ocasião, também apresentou particularidades
foram algumas orientações pontuadas pelo empresário. Segundo referentes à evolução da avicultura brasileira. “O grande segredo
Heitor Müller “manter os talentos na empresa; ser honesto com os que nos impulsionou em direção à exportação e consolidou a
colaboradores e investir numa relação onde todos ganhem”, têm avicultura no país foi a ideia arrojada, que tivemos há doze anos
sido uma receita que procura seguir. Com uma trajetória marcada atrás, denos unirmos em prol da mesma causa. 'Caçar em bando e
pelo empreendedorismo, Müller afirma que uma característica nosdefender em bando' foi uma estratégia quedeu certo. Por esta e
sempre o acompanha: a paixão pelo que faz. “Trabalhar com outras razões, defendo sempre o associativismo. Quem está
paixão, com vontade de acertar, além de possuir uma boa base vinculado a uma entidade sindical adquire mais força para enfren-
familiar fizeram adiferençanaminhavida”, destaca. tar asturbulências”, conclui Müller.
Outro aspecto enfatizado pelo palestrante foi o uso da
HEITOR MÜLLER FALA NO SINDIMETAL SOBRE
VISÃO INOVADORA NA GESTÃO EMPRESARIAL
H
eitor Müller éum dos sócios fundadores da FRANGOSUL S.A. –
AgroAvícolaIndustrial, atual DOUX-FRANGOSUL; daAGROGEN
S.A. - Agroindustrial; atuando na NOVAGRO GRANJA AVÍCOLA
S.A., com sede em Montenegro, onde também é sócio fundador, bem
comodaDELTAPARINVESTIMENTOSS.A., empresafundadaem 2002, e
que detém o controle da FUNDIMISA – FUNDIÇÃO E USINAGEM LTDA.,
com sedeem SantoÂngelo.
Empreendedor por natureza, Heitor Müller é vice–presidente da
Associação Brasileira dos Exportadores de Frangos (ABEF); presidente da
Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV); fundador e presidente do
Sindicato das Indústria de Produtos Avícolas do Estado do Rio Grande do
Sul (SIPARGS), já tendo atuado como presidente da União Brasileira de
Avicultura(UBA), maior entidadevoltadaaaviculturabrasileira. Heitor Müller
As empresas Enipelli Couros e Metalúrgica Ltda. –
Facas Riograndense e Feitosa e Feitosa Ltda., ambas de
São Leopoldo, passaram a integrar o grupo das associadas
do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de
Material Elétrico e Eletrônico de São Leopoldo.
Bem-vindas ao SINDIMETAL!
Atualize o cadastro e o e-mail da sua empresa, no site
www.sindimetalrs.org.br ou através do e-mail
relacionamento@sindimetalrs.org.br
14, 15 e 22 - Curso PCP
06 e 07, 13 e 14 - Curso Ferramentas da Qualidade
18, 19, 20 e 21 - Curso Setup
18 a 22 - Curso Cipa
19 a 22 - Exposição à Feira Mercopar – Caxias do Sul
21 - Missão à Feira Mercopar – Caxias do Sul
08 a 12 - SIPAT Comunitária Montenegro
22 a 26 - Curso Cipa
22, 23/ 11 e 1º e 02/ 12 - Curso PCP
24, 25, 29, 30/ 11 e 1º/ 12 - Curso Técnicas de Vendas
24 – Inauguração da Unidade Regional da ABIFA
Período a definir - Curso de Otimização de Usinagem com Foco
nos Custos
03 - Confraternização dos Associados
OUTUBRO
NOVEMBRO
DEZEMBRO
25 - V Encontro de Negócios Vale do Caí
Confira a agenda e participe dos eventos do SINDIMETAL. Mais
detalhes através do portal www.sindimetalrs.org.br
Agenda SINDIMETAL
OUTUBRO/NOVEMBRO/DESEMBRO
NOVASASSOCIADAS
Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos04
INVESTINDONACAPACITAÇÃO
A TPM
CIPA
EFICIÊNCIAENERGÉTICANAÁREATÉRMICA NR10RECICLAGEM
s empresas associadas e filiadas ao SINDIMETAL possuem térmica ocorrerá no período de 25 a 29 de outubro e nos dias 1º, 03,
mensalmente opções de cursos e capacitações, que objetivam 04, 05 e08 denovembro.
reciclar eatualizar osprofissionaisnosmaisdiversosassuntos. – Em parceria com o SEBRAE e o SENAI, ocorreu no
Os cursos são efetivados mediante a adesão mínima de 20 SINDIMETAL, nos dias 30 e 31 de agosto, 1º, 02 e 03 de setembro, o
pessoas. cursoManutençãoProdutivaTotal - TPM, somando21 horas/ aula.
– No período de 27 de setembro a 1º de outubro, teve lugar, no Os participantes receberam orientações sobre Manutenção
Centro das Indústrias, o curso de CIPA, numa promoção do de Rotina, Corretiva, Preventiva e Preditiva; Benefícios da Manutenção
SINDIMETAL e do SESI. A atividade, com um total de 20 horas/ aula, Produtiva; Elaboração e Verificação das Folhas de Rotina; Localização
oportunizou aos participantes a revisão de conceitos e normas de Defeitos e Pequenos Reparos; Eliminação de Desperdícios;
obrigatórias para a segurança no local de trabalho, além da prevenção Implantação e Execução das Rotinas Oficiais e Execução de
deacidentes. ManutençãoEspontâneaeTrabalhosCompartilhados, entreoutros.
- Nos dias 30 e 31 de - Foi realizado, em parceria com o SENAI, no dia
agosto, 1º, 02,03, 08, 09, 10, 13 e 14 de setembro, das 18h às 22h, 20 de agosto, o curso NR 10 Reciclagem. Entre os assuntos em pauta,
no Centro das Indústrias, numa iniciativa do SINDIMETAL, FIERGS - foram abordadososRiscosem InstalaçõeseServiçoscom Eletricidade;
SENAI, Petrobras, CTGAS-ER e SulGás teve lugar o curso Eficiência Técnicas de Análise de Risco; Medidas de Controle de Risco Elétrico;
energéticanaáreatérmica. Regulamentação do MTE; Documentação de Instalações Elétricas e
Este programa proporcionou desenvolver os princípios RiscosAdicionais.
fundamentais das metodologias de gestão de diagnóstico energético e Para os interessados em participar de uma próxima edição
sua implementação, visando à eficiência energética em processos e do NR 10 Reciclagem, o pré-requisito é o Ensino Fundamental
sistemas produtivos. Ocurso, totalizando 40 horas de aulas práticas e Incompleto e já ter cursado, com aprovação, o Curso Básico em
teóricas, foi programado com base nos fundamentos de engenharia, Segurançaem InstalaçõeseServiçoscom Eletricidade.
economia e administração, com destaque para as técnicas de
engenhariadaqualidade.
A próxima edição do curso deEficiência energética na área
De volt a aos anos 70
s associados do SINDIMETAL estão convidados a participar da
confraternização de final de ano, que ocorrerá no dia 03 de
Odezembro, sexta-feira, às 20h, no Centro das Indústrias, rua José
Bonifácio, nº 204, Centro, em SãoLeopoldo.
A festa “De volta aos anos 70” será uma oportunidade para
relembrar este período de mudanças e inovações, que incluiu o
surgimento do movimento em defesa do meio ambiente e a revolução
comportamental em relaçãoàdécadaanterior. Participem!
PlanejandoNovidadespara2011
final do ano está chegando e já é o momento de planejarmos
algumas ações para 2011. Pensando em atender sempre melhor
Oas empresas, o SINDIMETAL estará encaminhando, em breve,
uma pesquisa onde poderão ser apontadas as capacitações, que serão
bem-vindasem 2011.
Participe da pesquisa. Desejamos construir esta agenda junto
com osassociadosdoSINDIMETAL.
SAPIRANGA - O Ponto de Atendimento SEBRAE, em parceria com
o SINDIMETAL, CDL e Abicalçados está localizado na rua João
Corrêa, nº 1260, sala 17, no Centro. Inscrições através do
telefone (51) 3599-1076.
18 e 19 de outubro - Oficina: Entendendo o Planejamento
Estratégico
25 e 26 de outubro - Oficina: Elaborando um Plano de Negócios
29 de novembro - Oficina: Logística Comercial: Boas Práticas em
Vendas
SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ - O Ponto de Atendimento SEBRAE, em
parceria com o SINDIMETAL, CDL, ACIS e apoio da Prefeitura está
localizado na rua Esperanto, nº 20, bairro Quilombo. Inscrições
através do telefone (51) 3635-1745.
26 de outubro: Oficina: Administrando o Fluxo de Caixa
03 e 04 de novembro - Oficina: Entendendo o Planejamento
Estratégico
8 a 12 de novembro: Curso Gestão da Qualidade: D' Olho na
Qualidade
22 a 26 de novembro: Curso Gestão da Inovação
AGENDADOSPONTOSDEATENDIMENTO
BASESAVANÇADAS
“Você sabia que o chiclete leva 5 anos para ser absorvido pela natureza?”Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos 05
orientações para os integrantes doFórum de Desenvolvimento de Lideranças, que está sob a
grupo. A palestra realizada nocoordenação de Sofia Copé Heller Michel, objetiva
Centro das Indústrias, sobreestimular o espírito de liderança e a troca de experiênciasO Liderança X Poder foi apresentadaentre os participantes, que já estão atuando nas empresas
com foco no livro “O verdadeiroassociadas do SINDIMETAL. As atividades têm contribuído para
poder”, deVicenteFalconi.fortalecer o grupo e ampliar o conhecimento em diversas áreas
Segundo Parreira, diretor do SINDIMETAL, entre osfundamentaisparaaboagestão.
fatores fundamentais para a obtenção deresultados, a liderançaUma destas iniciativas foi a Oficina de Comunicação e
éoquehádemaisimportantenumaorganização. “Sem elanadaOratória, queocorreu nosdias24 e25 desetembro, noCentrodas
acontece, por esta razão, uma pessoa deve ser constantementeIndústrias, contou com a presença da instrutora Débora Da Col.
desafiada a buscar novos conhecimentos”. E alertou: “a agendaJornalista há 17 anos, com experiência em assessorias de
do líder é fácil de listar, mas nem sempre fácil de implementar,comunicação, integrando jornalismo, publicidade e relações
levatempo. Por isto, aliderançadeveser cultivada”.públicas, Débora é pós-graduada em Educação e
Outra constatação: “todas as pessoas bem sucedidasDesenvolvimento, pela Universidade de Brasília e em Marketing,
amam oquefazem. Nósnãotrabalhamossomentepelodinheiropela FGV. Professora e palestrante, ela também atua como
que recebemos. Promova o sonho e inspire as pessoas. Sonharconsultoraparaprojetosespeciais.
grande dá o mesmo trabalho que sonhar pequeno”, concluiOs participantes desta oficina tiveram oportunidade de
Parreira.ampliar os seus conhecimentos sobre comunicação não-verbal,
Segundo a coor denador a do Fór um deincluindo a importância do gestual, da voz e das expressões no
Desenvolvimentoeranças, ”o palestrante relatou aspectosdiscurso; voz e interpretação: trabalhando ritmo, tom e volume;
fundamentais para a atuação nas empresas, focando quecomo controlar o medo de falar em público, além de orientações
liderança significa alcançar metas com o time e fazendo certo”,paraplanejar eexecutar apresentaçõesdesucesso.
destacaSofia. Aofinal dapalestra, osintegrantesdogrupoforamOutra promoção do Fórum de Desenvolvimento de
presenteados pelo SINDIMETAL, com um exemplar do livroLideranças ocorreu no dia 27 de setembro, ocasião em que a
analisado.experiência profissional do diretor Executivo da Gerdau Sul,
Fernando José Dutra Parreira contribuiu com mais subsídios e
PromoveaOficinaComunicaçãoeOratória
otivados a conhecer mais de perto a estrutura de Trabalho, além de cursos de qualificação, de iniciação e de
diferentes centros de educação profissional, o Fórum aperfeiçoamentoprofissionais.
Mde Diretores Industriais esteve realizando algumas No dia 09 de setembro, os diretores industriais, que
visitastécnicas. Aprimeiraocorreu nodia11 deagosto, noCentro integram o grupo setorial do SINDIMETAL, realizaram uma visita
Tecnológico de Mecânica de Precisão - SENAI - CETEMP, um técnica ao Centro Tecnológico de Polímeros SENAI - CETEPO,
complexo educacional e tecnológico localizado às margens da reconhecido pelo INMETROpara ensaio em polímeros, com base
rodovia BR 116, em São Leopoldo. Inaugurado em 1983, o na norma NBR ISO/IEC 17025: 2005. Localizado em São
mesmo évoltado à capacitação derecursos humanos eprestação Leopoldo, o CETEPO conta com instalações e profissionais
de serviços às empresas da região, atendendo ao segmento especializados para proporcionar à indústria brasileira de
industrial, nasáreasdemetalmecânica, siderurgia, petroquímica, elastômeros todo o suporte necessário ao seu desenvolvimento.
celulose e eletroeletrônica, através de cursos de educação Assessorias, pesquisas, cursos, informações tecnológicas,
profissional, além deassessoriatécnicaetecnológica, informação projetos e ensaios na área de elastômeros são alguns dos serviços
tecnológica, pesquisaaplicadaeserviçoslaboratoriais. prestadospeloCETEPO.
O CETEMP possui área construída de 9.000m², com Conforme a agenda do Fórum de Diretores Industriais, sob
laboratórios, oficinas, salas de aula e setores de apoio, a coordenação de Arno Tomasini, a próxima visita técnica será
possibilitando o desenvolvimento dos cursos técnicos de realizada no mês de outubro, no Centro de Educação Profissional
Mecânica de Precisão, Instrumentação Industrial e Segurança do SENAI LindolfoCollor, com sedeem SãoLeopoldo.
Débora Da Col
DLDL Desenvolvimento de Lideranças
DIDI Diretores Industriais
Grupovisitacentrosde
educação profissional
Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos06
Apresentando
grupo setorial MetalValley, las, independente de já estarem ou não em andamento e contam também com a
coordenado pelo empresário Darlan exportando. Visa, também, discutir e especialista em Negócios Internacionais,
OGeremia, objetiva capacitar as encaminhar projetos em direção às futuras Mônica Büchel, queestá atuando, junto ao
empresas para os processos da exportação iniciativas, voltadasaomercadoexterno. MetalValley, como Consultora em
e importação com o propósito de qualificá- Conheça algumas ações que estão Exportação.
ProjetoPresençaDigital
urante o mês de julho, a empresa Sirius Prime, responsável
pelo desenvolvimento do Portal MetalValley, coletou
Dinformações básicas de todas as empresas participantes do
projeto, com o objetivo de planejar a estrutura do site. No dia 09 de
agosto, ocorreu a reunião do grupo para apresentação e aprovação
da estrutura e do projeto gráfico do novo portal. Na ocasião, foram
sanadasdúvidaseapresentadassugestões.
Atualmente, estão sendo solicitadas às empresas as
informações definitivas, que constarão do site e que serão
traduzidas para o Inglês e o Espanhol, pela consultora Mônica
Büchel. Olançamentodoportal estáprevistoparaofinal deoutubro.
ConsultoriaemComércioExterior
urante os meses de julho e agosto, a consultora Mônica
Büchel visitou as 15 empresas do Grupo Metalvalley, que
Destão participando do Projeto Presença Digital. O objetivo
das visitas foi conhecer de perto as empresas, seus produtos e
serviços, avaliando o estágio em que se encontram em relação à
inserçãonomercadointernacional, incluindoestrutura, açõesque
estão desenvolvendo, expectativas, etc. Com base nestas
informações, serão planejadas e sugeridas ações de promoção
comercial paraasempresasenvolvidas.
A consultoria também está prestando suporte, às empresas
interessadas em questões relacionadas a cadastros, como por
exemplo, o Mapeamento da Cadeia Produtiva do RS, iniciativa da
FIERGS; cadastro no Catálogo Navipeças, da ONIP (Organização
Nacional da Indústria do Petróleo), além do atendimento visando
fornecer paraaáreadeÓleoeGás, entreoutros.
Empresas interessadas em obter mais informações sobre o
grupo MetalValley e a agenda de reuniões poderão contatar com
Paulo, do SINDIMETAL, através do fone (51)3590-7710 ou pelo
e-mail desenvolvimento1@sindimetalrs.org.br.
Fortalecealgumasações
Ogrupo setorial de Recursos trabalho, que envolvam os colaboradores e RH está sob a responsabilidade de Heloísa
Humanos do SINDIMETAL visa a empresa. Voltado aos assuntos de Gaelzer Müller, daRexnord CorrentesLtda.
apoiar e integrar os profissionais da interesse da equipe e das empresas que Acompanhe algumas atividades do
área de RH, nas questões relacionadas ao representa, a coordenação do Comitê de grupodeRH em andamento.
MódulodeRelaçõesdeTrabalho
Realizado no dia 30 de setembro, o Módulo de Relações do
Trabalho contou com a presença dos executivos de
Recursos Humanos e empresários vinculados a entidade.
Com a finalidade de discutir os assuntos em andamento no
cenário brasileiro, a iniciativa teve a parceria da CNI, IEL e do
SINDIMETAL.
PlanejamentoEstratégico
OPlanejamento Estratégico do Grupo de RH está em pleno
andamento e prevê para 2011 um evento para discutir a
gestão de pessoas e de processos em Recursos Humanos, o
“Meeting em RH”. A atividade deverá oportunizar a participação em
palestras, seminários, oficinas e cases, e deverá contar com a
presençadeentidadesparceiras, além deuniversidades.
MetalValleyBrazillian Metal MechanicExport Group
Recursos HumanosRHRH
resultados
Módulo Relações do Trabalho
SitedoMetalValley
“Você sabia que uma pilha pequena pode contaminar 20.000 litros de água?” - Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos 07
Participantes investindo na qualificação profissional
MAIORÁREACOMERCIALNAMERCOPAR
EMCAXIASDOSULSERÁDOSINDIMETAL
município de Montenegro será sede do V Encontro de
Negócios Vale do Caí, que ocorrerá no dia 25 de
Onovembro, no Clube Riograndense, no horário das 14h às
19h. O evento promovido pelo SINDIMETAL, contará com a
parceriadoSebrae, ACI - MontenegroeSicredi.
NaRodadadeNegócios, osencontrosentreasempresas
compradoras e as vendedoras, com agendas previamente
organizadas de no máximo 20 minutos, contribuem para que
sejam negociadosprodutoseserviços, além deestabelecer novas
parcerias, envolvendo interesses recíprocos. “Produzir reuniões
de negócios entre contratantes, as grandes empresas, e
subcontratadas, micros e pequenas empresas, através de
encontros empresariais previamente agendados, facilita o canal
de comunicação e impulsiona o desenvolvimento desta prática
no meio empresarial”, afirma o diretor Executivo do
SINDIMETAL, Valmir Pizzutti.
Está prevista a participação de 15 empresas
compradoras. As inscrições para as empresas vendedoras
encerram no dia 09 de novembro e devem ser realizadas através
dositedoSebraewww.sebrae-rs.com.br/rodadasdenegocios
RODADADENEGOCIOSVALEDOCAI
OCORRERÁNOMÊSDENOVEMBRO
Sistema
FIERGS
CIERGS
SESI
SENAI
IEL
UNIDADE DO
steespaçodisponibilizaorientaçõeseinformaçõessobreos
serviços oferecidos pelo SESI, SENAI e Instituto Euvaldo
ELodi (IEL-RS), quecompõem o“SistemaS”.
O atendimento em São Leopoldo ocorre de segunda a
sexta-feira, no Centro das Indústrias, na Rua José Bonifácio, 204,
sala 08, das 8h30min às 17h30min. Maiores informações
poderão ser obtidas com Jefferson Braga, técnico administrativo
do Sistema FIERGS, pelos telefones 3589-6712 e9147-4864 ou
atravésdoe-mail atendimento@fiergs.org.br
FIERGS disponibiliza informação
e treinamento em comércio exterior
Agenda de Cursos do CIN-RS
10 de novembro - Quanto custa Importar
17 de novembro – Exportação de Serviços
23 de novembro – Classificação Fiscal de Mercadorias e
Multas por Enquadramento Incorreto
Apresenta uma visão prática sob os custos diretos nas
importações brasileiras.
Visa apresentar os aspectos tributários de importação, utilizando
exercícios práticos para fixação.
Horário: das 9 às 18 horas
Local: FIERGS - Av. Assis Brasil, 8787 - Porto Alegre/RS
Esse novo módulo tem o objetivo de facilitar a compreensão das
fases do processo de exportação de serviços. Ao final, o
empresário será capaz de operacionalizar com maior segurança
as vendas de serviços para o exterior.
Horário: das 9h às 18h
Local: FIERGS - Av. Assis Brasil, 8787 - Porto Alegre/RS
Propiciar aos participantes uma visão geral dos conceitos, das
regras básicas e da metodologia aplicada na classificação fiscal
dos produtos.
Horário: das 9h às 18h
Local: Centro Tecnológico do Calçado Senai
Avenida Pedro Adams Filho, 6338 - Novo Hamburgo/RS
Centro de Negócios Internacionais da Federação das
Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) trabalha para
Oinserir as empresas gaúchas no mercado global. As ações
ocorrem através de promoção comercial, cooperação com outros
países e entidades, projetos de internacionalização, capacitação e
inteligênciacompetitiva.
Ciente de que o cenário mundial globalizado requer das
empresas um processo contínuo e crescente de aquisição de
informações, o Centro de Negócios Internacionais (CIN-RS)
também disponibilizaconhecimentoatualizadodoquesepassano
mundo em relação aos negócios. O CIN-RS dispõe de acesso a
bancos de dados de organizações privadas e governamentais
voltados para o comércio internacional e disponibiliza um serviço
de Inteligência Comercial que foca num interesse específico da
empresa. Informações pelo telefone (51) 3347-8675 ou e-mail
cin@fiergs.org.br.
19ª edição da Feira de Subcontratação e Inovação
Industrial (Mercopar) ocorrerá, de 19 a 22 de outubro, das
14h às 21h, no Centro de Feiras e Eventos Festa da Uva,Aem Caxias do Sul. O SINDIMETAL, com apoio do Sebrae, estará
presentenumaáreatotal deexposiçãode396m² , distribuídaem
quatro ilhas, sendo que 18 empresas participarão do estande
coletivo, com 198 m², e 12 empresas em estandes individuais,
em três ilhas distintas, de 78m², 72m² e 48m². Estes espaços
ocupados pelas empresas, ligadas ao SINDIMETAL, representam
em conjuntoamaior áreacomercial naMercopar.
A pujança da região poderá ser conferida de perto nesta
feira, que anualmente oportuniza negócios e novos contatos
profissionais. No dia 21 de outubro, está prevista uma missão
empresarial à Mercopar, onde os associados e filiados à entidade
poderãoparticipar também deumavisitatécnica.
Estarãoparticipandodoestandede198m² asseguintes
empresas: ALU-CEKIndústriaeComércioLtda., BMDBorrachas,
BWR Ferramentas Pneumáticas Ltda., Energizar Montagem e
Instalações Ltda., ENIPELLE Couros e Metalúrgica, Ernesto
Müller & Cia. Ltda., Exettech SoluçõesIndustriaisLtda., Indústria
deEquipamentosJacui, Ingabor BorrachasLtda., Manufaturados
de Metais Ouro Branco Ltda., Metalúrgica Jonevale Ltda.,
Multitec Service Automação Industrial Ltda., Rodatec - Técnica
em Transportes, Sanlarte Ltda., São Carlos Ar Condicionado,
Tavelli Industrial Metalúrgica Ltda., TEC- BOR Borrachas Ltda.,
Traterm –CentrodeTratamentoTérmicoLtda.
Nosdemaisestandes, estarãoàsempresas: Artestampo
Indústria Metalúrgica Ltda., Belton Pneumática Ltda., CRK
Automação Industrial Ltda., Indústria de Ferramentas Ifla Ltda.,
Paesi Metalúrgica Ltda., RD-Flex do Brasil Acoplamentos Ltda.,
R i j e z a I n d ú s t r i a
Metalúrgica Ltda., Sebras
Indústria e Comércio
Lt d a. , Tec n of u n d i
FundiçãodeMetaisLtda.,
Tecnoindustrial Industrial
e C o m é r c i o d e
Equipamentos Ltda., Viva
Cor Comercial Ltda. e
Wietti MetalúrgicaLtda.
Fonte: UNICOM/ FIERGS
Projeto do estande coletivo
Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos08
Através da chamada pública nº 02/ 2010, o Sebrae abriu espaço para as entidades participarem, por meio de já est
parceria,daRededeAtendimentoaoEmpreendedor. do S
Oobjetivodestaaçãoéestimular osurgimentodenovos empreendimentos,aampliaçãoeadiversificaçãodenegócios muni
ENTIDADESUNEMFORÇASEAMPLIAMOATE
om a meta de ampliar o atendimento e expandir o acesso dos
serviços às empresas associadas e filiadas, o SINDIMETAL
inaugurou no dia 15 de setembro, a primeira base avançada daCentidade, no município de Sapiranga, junto à sede da Câmara de
DirigentesLojistas(CDL),localizadanaruaJoãoCorrêa,nº 1260,sala17.
A partir de uma estrutura física adequada às diversas atividades
previstas,a iniciativa em Sapiranga conta também com a participaçãoda
CDLedaAssociaçãoBrasileiradasIndústriasdeCalçados(Abicalçados).
A ação inovadora e marcante para o desenvolvimento econômico
da região irá atender igualmente os municípios localizados nas
proximidades de Sapiranga, aproximando os empresários da região e
oportunizandooacessoaosserviçoseinformações.
“Como entidade, o SINDIMETAL tem sido incansável na busca e
efetiva realização de ações, que tragam aos empresários subsídios para
facilitar a caminhada, neste universo que muda cada vez mais rápido. A
inauguração da primeira base avançada do sindicato, num município da
suabaseterritorial,consolidaestaideia”,afirmaRaulHeller,presidentedo
SINDIMETAL.
Para opresidenteda Câmara deDirigentes Lojistas deSapiranga,
Fabrício Werb o momento é de comemoração. “Desejamos divulgar e
promover ocrescimentodaregião,através dos serviços ebenefícios,que
serãooferecidosaosempresárioseacomunidadeemgeral”,enfatiza.
Segundo o diretor Executivo da Abicalçados, Heitor Klein,
“consolidar o segmento e investir na capacitação profissional são metas
daentidade,queestáhonradaemintegrar estepontodeatendimento”.
A inauguração da nova unidade de atendimento do Sebrae,busca
intensificar as ações de fomento às micro e pequenas empresas da
região.“Desejamosdar um impulsonosetor docomércio,comojádemos
naindústriaenoagronegócio,emarcar presençaondeestãoprecisando
dos serviços oferecidos pela Sebrae”, afirma o diretor-superintendente
MarcelodeCarvalhoLopes.Entreasmetasestãoamelhoriadaqualidade
edaprodutividade;ainovaçãoearenovaçãodeconceitos paraaumentar
acompetitividade.
Em seu pronunciamento, o prefeito municipal de Sapiranga,
Nelson Spolaor, finalizou agradecendo as parcerias. “As entidades que
compartilhamdestaunidade,certamenteestãopensandonoprogressoe
nodesenvolvimentodaregião.Desejamosqueainiciativapossacontribuir
para o fortalecimento cada vez maior da nossa economia”, destaca o
prefeito.
Após o desenlace da fita inaugural, todos os presentes
conheceramasnovasinstalaçõesdoPontodeAtendimento.
INAUGURADABASEAVANÇADADOSINDIMETALEMSAPIRANGA
NOVOHAM
SA
CAMPOB
SÃOLEOPOLDO
ESTEIO
SAPUCAIADOSUL
DOIS
IRMÃOS
MORROREU
ESTÂNCIA
VELHA
BARÃO
BROCHIER
MONTENEGRO
CAPELADESANTANA
TUPANDI
POÇODASANTAS
SALVADORDOSUL
PARECI
NOVO
MARATÁ
HARMONIA
SÃOPEDRODASERRA
ALTOFELIZ
FELIZ
BOM
PRINCÍPIO
PORTÃO
PICADACAFÉ
IVOTI
LINDOLFO
COLLOR
LINHA
NOVA
PRESIDENTE
LUCENASÃOJOSÉ
DOHORTÊNCIO
SÃOSEBASTIÃO
DOCAÍ
VALEREAL
Presidente Raul Heller
Spolaor, Heller, Klein, Lopes e Werb
Público no ponto de atendimento em São Sebastião do Caí
Espaço Sindimetal * Nº 24 * Programas & Projetos 09
SINDIMETALinaugurou,nodia07 deoutubro, empresários, levando conhecimento e soluções
a sua segunda unidade do Projeto Base através do Sebrae, aproximando ainda mais o
Avançada, que funciona como ponto de SINDIMETALdasuabaseterritorialcompostapor 35Oatendimentodas entidades parceiras.Amesmaestá municípios”,declaraRaulHeller.
localizada junto a Câmara de Dirigentes Lojistas Odiretor-superintendentedoSebrae,Marcelo
(CDL), na rua Esperanto, nº 20, no bairro Quilombo, Lopes,destacaque"estaaçãonospermiteaumentar
em São Sebastião do Caí, e irá atender também os a capilaridade da Instituição no Estado. Atuando em
municípios próximos a esta sede.Ainiciativa possui a parcerias, em vez de instalarmos uma estrutura
participação do Sebrae, da Câmara de Dirigentes própriaem cadamunicípio,contamoscom aforçaeo
Lojistas(CDL)edaAssociaçãoComercial,Industriale apoio de várias entidades e podemos canalizar
de Serviços do município (ACIS),além de contar com nossos recursos para odesenvolvimentodeprojetos
o apoiodaPrefeituraMunicipal. eaçõesembenefíciodosempreendedoresgaúchos".
Segundo a presidente da CDL, Silvane de Os parceiros são responsáveis por oferecer a
Mello, o maior desafio é contribuir para o estrutura física adequada em cada cidade, incluindo
desenvolvimento da região. ”Fazer melhor; ser móveis e equipamentos necessários para o
eficiente e atuar com dedicação numa economia desenvolvimento do trabalho. Já o Sebrae fica
dignadomercado”,afirma.ParaopresidentedaACIS encarregadodaestruturaçãodoserviço,oferecendo
“qualificar o trabalho e despertar nos profissionais o metodologias,soluções eacessoaos sistemas.Cada
desejo de ampliar os seus conhecimentos são uma das 11 novas unidades tem a parceria de
objetivos que serão implementados a partir deste integrantes de, pelo menos, três entidades
pontodeatendimento”,destacaAlexandreOderich. representativas da comunidade local e dos
A inovação e o empreendedorismo estão em interessesdasmicroepequenasempresas.
alta, exigindo conhecimento, lider ança e Paraoprefeitomunicipal deSãoSebastiãodo
desacomodação. Pensando assim é que o Caí, Darci José Lauermann, “neste mundo
SINDIMETAL sempre tem caminhado em busca de globalizado, não temos mais espaço para o
novas opções, que contemplem e auxiliem as individualismo. Por esta razão, a iniciativa conjunta é
empresas. “A inauguração dessa base avançada do bem-vinda e contribui para ampliar as possibilidades
sindicato, somada a já existente em Sapiranga, deempregos,alémdequalificar omercado”,conclui.
consolidaestaideiaefortaleceovínculo,ampliandoo Após aassinaturadoTermodeCompromisso
diálogo, tão necessário, no meio empresarial”, da Rede de Atendimento ao Empreendedor entre o
argumentaopresidentedoSINDIMETAL.“Desejamos Sebrae e as entidades parceiras, as autoridades
prestar esclarecimentos e orientações aos conheceramasinstalaçõesdanovaunidade.
SINDIMETALPRESENTETAMBÉMEMSÃOSEBASTIÃODOCAÍ
Sebrae abriu a chamada pública nº 04/ preenchimentodasvagasdisponíveispor regional.
O SINDIMETAL já está analisando a2010,paraselecionar propostasvisando
possibilidade de inaugurar a terceira base avançadaOà criação de outros 39 novos pontos de
da entidade,em parceria com oSebrae,desta veznoatendimento no Rio Grande do Sul. "A ideia é termos
municípiodeMontenegro.uma Rede de Atendimento ao Empreendedor com
Mais informações sobre a nova chamada50 pontos no Estado", ressalta o superintendente
pública podem ser obtidas pelo 0800.570.0800 ouMarcelo Lopes. Não existe prazo para as inscrições,
atravésdositewww.sebrae-rs.com.brque soment e ser ão encer r adas com o
ABERTANOVACHAMADAPÚBLICA
io de já estabelecidos,além de prestar esclarecimentos e orientações aos empresários,levando conhecimento esoluções através
do Sebrae e das demais entidades envolvidas. Até o momento, o SINDIMETAL já inaugurou duas bases avançadas nos
ócios municípiosdeSapirangaeSãoSebastiãodoCaí,estandoprevistaumanovaparcerianomunicípiodeMontenegro.
MOATENDIMENTOÀSEMPRESASDAREGIÃO
NOVOHAMBURGO
ARARICÁ
NOVAHARTZ
SAPIRANGA
CAMPOBOM
SÃOLEOPOLDO
TEIO
SAPUCAIADOSUL
SANTAMARIA
DOHERVAL
DOIS
IRMÃOS
MORROREUTER
ÂNCIA
LHA
PICADACAFÉ
IVOTI
LFO
R
HA
VA
PRESIDENTE
LUCENA
Werb
o Sebastião do Caí
Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos10
SINDIMETALPARTICIPOUCOMESTANDECOLETIVO
7ª edição da Feira e Congresso Internacional de Tecnologia Metais Ltda., Profunde Indústria e Comércio de Fundição Alumínio
para Fundição, Forjaria, Alumínio e Serviços ocorreu no Ltda., Proinje Indústria e Comércio de Injeção em Alumínio Ltda. e
Aperíodo de 14 a 17 de setembro. O SINDIMETAL, que MetaisRuch Ltda.
participa desde 2006, da Feira Metalurgia, em Joinville, Santa A feira Metalurgia está consolidada como o segundo mais
Catarina, este ano prestigiou o evento comparecendo com 12 importante evento da indústria de fundição do Brasil, reunindo
empresas da região. Oestande coletivo, com 130 m² de área, onde expositores nos segmentos de fundição, siderurgia, forjaria, alumínio,
os participantes expuseram os seus produtos e serviços, foi bem serviços, educação entre outros. Segundo os organizadores, a
visitado durante a feira. “A região é estratégica para os nossos participação de 450 expositores em 283 estandes, vindos de
associados e oportunizou bons contatos e possibilidades de diferentespaíses, edistribuídosnumaáreade20 mil m², contou com a
negócios”, avaliou Paulo Ziegler, secretário executivo do presença de23 mil visitanteseuma estimativa denegóciosdeR$ 450
SINDIMETAL, que esteve acompanhando o grupo. Além da milhões, em atéseismesespós-feira.
exposição, ocorreu nos dias 16 e 17 de setembro, com o apoio do O estande coletivo do SINDIMETAL contou com a participação
Sebrae, uma missão empresarial e uma visita técnica à WEG das seguintes empresas: Alumínios Almin Ltda., Belton Pneumáticca
Fundição, dirigida aos empresários, que prestigiaram também a Ltda., Borrachas Urano Ltda., Ernesto Müller & Cia. Ltda., Indústria
feira e tiveram contato mais direto com novos fornecedores. As Metalúrgica Lorscheitter Ltda., Ingabor Borrachas Ltda., Metalurgica
empresasqueparticiparam damissão: MetaisKonrath Ltda., Tavelli Gerling Ltda., Paesi Metalúrgica Ltda., Rijeza Indústria Metalúrgica
Indústria Metalúrgica Ltda., Metalúrgica Daniel Ltda., Controlzinco Ltda., Schmidt Indústria e Comércio de Moldes Ltda., Tavelli Indústria
Reciclagem de Metais Ltda., Fourmaq Metalúrgica Ltda., CBM Metalúrgica Ltda. e Tecnoindustrial Industrial e Comércio de
Indústria Química Ltda., FAMEC Metalúrgica e Estamparia de EquipamentosLtda.
MISSÃO EMPRESARIAL
FEIRARIOOIL& GÁS-RIODEJANEIRO
missão empresarial à feira Rio Oil & Gás, promovida pelo
SINDIMETAL, em conjunto com o Sebrae, ocorreu nos dias
14 e 15 de setembro. As empresas participantes foram RD-AFlex Acoplamentos Ltda., Talent Desenvolvimento Empresarial
Ltda., Metais Konrath Ltda., Viva Cor Tintas Ltda. e Frenzel
Indústria de Borracha e Plásticos Ltda. Além da missão, os
empresários realizaram uma visita técnica à empresa IMBEL -
Fábrica de Material de Comunicações e Eletrônica, no Rio de
Janeiro.
O SINDIMETAL também esteve bem representado, através Durante a feira, a Petrobras detalhou seus planos de construção de
das empresas associadas Coester Automação S.A., Ferramentas novas refinarias, já que as que existentes não têm mais como serem
Gedore do Brasil S.A., Higra Industrial Ltda., Indústria de Peças expandidas. O Brasil é autosuficiente em petróleo, mas não em
Inpel Ltda., Rijeza Indústria Metalúrgica Ltda. e Valdir Geremia derivados. No primeiro semestre, teve que importar gasolina, em
Indústria e Comércio Ltda. - Valge, além da filiada Loewe virtude da queda no consumo de etanol, que subiu de preço. As cifras
Equipamentos, quemarcaram presençanafeiraRioOil & Gás, onde dos investimentos no País, nos próximos anos, são bilionárias, sendo
tiveram oportunidade de expor os seus produtos e serviços, que 70% deve ser para a indústria nacional, segundo o diretor de
viabilizando negócios e estabelecendo parcerias com grandes AbastecimentodaPetrobras, PauloRobertoCosta.
indústriasdacadeiaprodutivadopetróleo, gáseenergia. A dinâmica de crescimento para a próxima década irá provocar
Principal evento de Petróleo e Gás da América Latina, a Rio uma explosão na demanda por energia. Ocrescimento de 7% do PIB,
Oil & Gás Expo and Conference é realizada a cada dois anos no que é o mínimo esperado para 2010, significa uma expansão de 12%
Centro de Convenções do Riocentro, no Rio de Janeiro. nomercadodederivadosdepetróleo.
Participantes da missão
Passado um ano da publicação do Decreto 6957/2009, que somente serão consideradas para o processamento do FAP do ano seguinte.
introduziu critérios de aplicação, acompanhamento e avaliação do Fator Assim, ocorrendo problemas de informações e cadastro que impossibilitem o
Acidentário de Prevenção (FAP), ainda são constantes muitas críticas e cálculo do FAPpara uma empresa, ovalor FAPatribuído será igual a 1,0000.
discussões acerca de sua metodologia, entre os mais diversos ramos da Se no processamento anual seguinte do FAP for averiguado problema que
economiaeaPrevidênciaSocial. impossibilite, novamente, o calculo do FAP, será atribuído valor igual a
O FAP é um instrumento para majoração ou redução da alíquota do 1,5000. Apartir doterceiroprocessamentoconsecutivocom impossibilidade
Seguro de Acidentes de Trabalho (SAT), formulado a partir de uma de cálculo do FAP por problemas de informações e cadastro, a empresa terá
metodologia que define parâmetros de tarifação individual para cada valor FAP atribuído igual a 2,0000. Ao efetuar as correções, entretanto, no
empresa, considerado o seu desempenho (índices de frequência, de anoseguinteàcorreçãooFAPserácalculadonormalmente.
gravidade e de custo) nos indicadores relativos à prevenção de acidentes e Senão bastassem as alterações já mencionadas, em 23 desetembro
doenças do trabalho, com relação às demais empresas integrantes da sua de 2010, foram promovidas novas alterações no FAP por intermédio da
categoria econômica (CNAE). Com o FAP, as empresas com mais acidentes e Portaria MPS/MFn.º 451, expedida pelosMinistrosdeEstadoda Previdência
acidentesmaisgravespassarãoacontribuir com um valor maior, enquantoas Social edaFazenda, acrescentandoasseguintesdisposições:
empresas com menor acidentalidade terão uma redução no valor da - Foram divulgados os novos índices de frequência, gravidade e custo, por
contribuição. atividade econômica, a serem considerados para o cálculo do FAP do ano de
Seu cálculo tem periodicidadeanual, tendo por baseosdadosdedois 2010, com vigênciaparaoanode2011.
anos imediatamente anteriores ao ano de processamento. Assim, o primeiro - A portaria definiu, ainda, que o Ministério da Previdência Social divulgará
processamento do FAP, divulgado em 30 de setembro de 2009, levou em em seu site, no dia 30 de setembro de 2010, o FAP do ano de 2010.
conta os dados relativos aos anos de 2007/2008 e teve suas alíquotas Estabeleceu, ainda, que este fator e os seus elementos previdenciários,
aplicadas a partir dejaneiro de2010. Já o FAP 2011, a ser divulgado em 30 poderão ser contestados em formulário eletrônico (a ser disponibilizado no
de setembro de 2010, terá por base os dados relativos aos anos de site do MPS e da Receita Federal) no período de 1º de novembro de 2010 a
2008/2009 evigênciaapartir de01.01.2011. 30 de novembro de 2010, perante o Departamento de Políticas de Saúde e
Ocorre que, no dia 31 de maio de 2010, mediante a aprovação da Segurança Ocupacional, da Secretaria de Políticas de Previdência Social, do
Resolução CNPS/MPSnº 1.316, o Conselho Nacional de Previdência Social, MPS.
ciente da necessidade de aperfeiçoamento da metodologia, promoveu - Consignou que o resultado do julgamento da contestação será publicado no
alterações na sistemática, sendo que algumas dessas mudanças já Diário Oficial da União e o inteiro teor da decisão será divulgado no site da
repercutiram na efetiva redução do custo do SAT para muitas empresas, a Previdência Social, com acesso restrito à empresa, cabendo recurso da
partir de01.09.2010. decisãonoprazode30 dias.
As alterações que já repercutirão a partir de 01.09.2010, são as - Definiu que as empresas que estiverem impedidas de receber FAP inferior a
seguintes: 1,0000 por apresentarem casos de morte ou de invalidez permanente (trava
- Quando a empresa não apresentar, no período-base de cálculo do FAP, demorteou deinvalidez) poderãoafastar esseimpedimento secomprovarem
registro de acidente ou doença do trabalho, benefício acidentário concedido ter realizado investimentos em recursos materiais, humanos e tecnológicos
sem CATvinculadaequalquer benefícioprevidenciárioconcedido(B91, B92, em melhoria na segurança do trabalho, com o acompanhamento dos
B93 e B94), com data de despacho do benefício no período-base do cálculo, sindicatosdostrabalhadoresedosempregadores.
seus índices de frequência, gravidade e custo serão nulos e assim o FAP será - Também, às empresas que estiverem impedidas de receber FAP inferior a
igual a0,5000, por definição. 1,0000 por apresentarem Taxa Média deRotatividade(trava derotatividade)
- De outro lado, em sendo comprovado a partir de fiscalização de que a acima de 75%, poderão afastar esse impedimento se comprovarem ter
empresa não apresentou notificação de acidente ou doença do trabalho, nos observado as normas de Saúde e Segurança do Trabalho em casos de
termos do artigo 22 da Lei nº 8213/91, medianteprotocolo deCAT, o FAP da demissõesvoluntáriasou términodaobra.
empresa será, por definição, igual a 2,0000, independentemente de - A propósito, as comprovações relativas às “travas” acima, serão feitas
quaisquer outroscritérios. mediante formulário eletrônico "Demonstrativo de Investimentos em
Assim, caso a empresa se enquadre na possibilidade de redução de Recursos Materiais, Humanos e Tecnológicos em Melhoria na Segurança do
alíquota prevista acima, o que deverá ser verificado mediante consulta na Trabalho", entre1º deoutubrode2010 e1º denovembrode2010, edeverão
página do Ministério da Previdência Social, deverá utilizar a nova alíquota ser homologadas pelo sindicato dos trabalhadores da categoria até o dia 17
para o pagamento do SAT relativo aos meses de setembro a dezembro de denovembrode2010.
2010. Por outro lado, as empresas que não apresentarem modificação na Em síntese, evidencia-sequeasalteraçõesrealizadasrefletem efetivas
alíquota informada, permanecerão pagando, até dezembro de 2010, o melhoras no cálculo do FAP, reduzindo as distorções metodológicas
mesmopercentual quejávem sendoaplicadodesdejaneirode2010. existentes. Isso porque, promoveram mecanismos de desestímulo à
JánoqueconcerneaoprocessamentodoFAP2010, aincidir apartir subnotificação, aos problemas de enquadramento e à plausibilidade do
de janeiro de 2011, serão observadas, entre outros critérios, as novas calculo quando da ocorrência de casos de morte e invalidez permanente nas
definições: empresas.
- Aprimoramento da regra de empates. Assim, quando ocorrer empate de Todavia, várias outras questões e insubsistências havidas na referida
empresas na primeira posição em um rol de qualquer um dos índices metodologia ainda não foram sanadas, e ainda justificam a ilegalidade e
(frequência, gravidade e custo), a primeira empresa posicionada inconstitucionalidade do FAP. Tanto é assim que diversas empresas e
imediatamente após as posições ocupadas pelas empresas empatadas será entidades sindicais têm promovido ações junto à Justiça Federal objetivando
reclassificada para a posição do Nordem no empate, e as demais que a declaração de ilegalidade e inconstitucionalidade do FAP, com a suspensão
estiverem em posições posteriores terão suas novas posições recalculadas. dos seus efeitos e devolução das quantias já pagas desde o início da sua
Ou seja, aempresacolocadaimediatamenteapósoempateinicial equivalerá, vigência. Considerando que a matéria é recente, as ações ainda não
por definição, àposiçãomédianogrupodeempate. apresentaram decisões terminativas. Os entendimentos atuais são
- Manutenção para os anos seguintes do desconto de 25% no Malus de controvertidos, sendo que alguns Juízes, inclusive do nosso Estado, já
empresas com FAP maior que 1, com exceção de empresas que tenham afastaram a aplicabilidade da metodologia declarando afronta à legislação
alguma ocorrência de morte ou invalidez permanente (exceto em acidente de pátria e aos princípios orientadores do direito tributário. Outrossim, nenhum
trajeto). resultadoatéentãoobtidoédefinitivo.
- Outra novidade decorre do fato de que as alterações de cadastro realizadas
pela empresa (inclusive quanto à informação do CNAE da atividade
preponderante), ocorridas a partir da data da formação da base de dados,
Espaço SINDIMETAL * Nº 24 * Jurídico Trabalhista 11
FAP – ALTERAÇÕES PARA 2010
E PERSPECTIVAS PARA 2011
*Integrante da equipe de profissionais do escritório Garcez Advogados
Associados.
*Júnior Eduardo Arnecke
OAB/RS 67941
Espaço SINDIMETAL * N°24 * Jurídico Trabalhista12
Os valores despendidos em benefícios previdenciários mais recorrente dos empregadores: “Mas já pago as contribuições
concedidos aos empregados, em face de acidente do trabalho ou sociaiseo SAT/RAT, respeitando asvariações do FAP, emesmo assim
doença profissional, agora estão sendo cobrados dos empregadores minha empresa precisa ressarcir o INSS?” Ressaltamos que não é
peloINSS, em sededeaçõesregressivas. possível atribuir uma resposta imediata a tal questionamento, sem
antesanalisar algumasquestõeslatentes.Inicialmente, esclarecemos que ação regressiva é a
modalidade de ação judicial em que a parte acionante busca o Além dessas normas-padrão, incumbe ainda aos
ressarcimento de prejuízos causados a ela pelo réu. No caso, o INSS empregadores o recolhimento das contribuições sociais ao INSS, que
promove a ação regressiva contra o empregador, com o intuito de asseguram aosempregadosoacessoàredeprotetivaprevidenciáriae
reaver os gastos que teve em razão dos benefícios previdenciários custeiam o Sistema Único de Saúde – SUS. Para os casos de
concedidosaoempregadoacidentadoou doente. infortúnios (acidentes do trabalho ou doenças profissionais), a
empresa ainda contribui com o pagamento mensal do SAT/RAT, cujasA autarquia previdenciária não pode agir regressivamente
alíquotas incidem sobre as remunerações pagas ou creditadas aoscontra os empregadores, em face de todos os benefícios
empregados, levam em conta os riscos inerentes à atividadeprevidenciários concedidos aos empregados; somente poderá ser
profissional e os meios protetivos adotados com vistas à eliminaçãopleiteado o ressarcimento de despesas em face de benefícios
ou reduçãodessesriscos.concedidos que decorram de ato imprudente ou negligente do
empregador, na relação empregatícia. Citamos, neste sentido, os Todasessasexplicaçõessejustificam na medida em que, caso
benefícios instituídos sob os códigos 91 (auxílio-doença por acidente a empresa mesmo tendo contribuído com as obrigações fiscais,
do trabalho); 92 (aposentadoria por invalidez por acidente do recolhendo aoscofrespúblicoso quedevido por contribuiçõessociais
trabalho); 93 (pensão por morte por acidente do trabalho); 94 e SAT/RAT, mesmo assim não exime de responsabilidade, caso não
(auxílio acidentepor acidentedo trabalho); e95 (auxílio suplementar tenharespeitadoasnormas-padrãoantesmencionadas.
por acidente do trabalho). Os demais benefícios não poderão ser Imaginamos que uma empresa que esteja quite com o fisco
objeto desse tipo de ação (por exemplo, o auxílio-doença previdenciário, mas não adote as medidas mínimas de segurança e
previdenciário - código 31- ou a aposentadoria por tempo de higiene do trabalho. Na hipótese de um empregado vir a sofrer
contribuição- código42). acidente do trabalho ou adquirir doença profissional, por omissão ou
Repisa-se que para ter cabimento a ação regressiva, é ato culposo da empresa, certamente esta não obterá êxito acaso seja
necessário que na relação empregatícia o empregado tenha sofrido acionadapeloINSS, em açãoregressiva, quebusqueoressarcimento
acidente do trabalho ou adquirido doença profissional, sendo que dos valores alcançados ao empregado por benefício previdenciário e
este infortúnio tenha ocorrido em face de culpa do empregador, pela dasdemaisdespesasmédicascorrespondentes.
inobservância das normas-padrão de segurança e higiene do Assim, é oportuno retomar a ideia do título inicial: atenção
trabalho. Destacamos o artigo 120, da Lei n.º 8.213/91, que é o redobrada na segurança e higiene do ambiente de trabalho,
dispositivo legal “cerne” das ações regressivas previdenciárias, e que observando que as normas-padrão são diretrizes mínimas impostas
assim dispõe: “Noscasosdenegligênciaquantoàsnormas-padrãode aos empregadores na relação empregatícia. Já as contribuições
segurança e higiene do trabalho indicados a proteção individual e sociaiseo SAT/RAT constituem a natureza securitária do Estado para
coletiva, a Previdência Social proporá ação regressiva contra os com o empregado, seja pelo acesso ao serviço de saúde pública, seja
responsáveis.” por acesso a benefícios previdenciários. Por outro lado, o simples
As referidas normas-padrão de segurança e higiene do recolhimento desses tributos não exime as empresas de
trabalho são aquelas medidas mínimas, determinadas em lei, que responsabilidade acaso sejam culpadas, no que respeita as
asseguram a saúde e segurança do trabalhador na relação de mencionadas normas-padrão. Esse binômio “observância das
emprego, tais como a constituição deCIPA; confecção eaplicação do normas-padrão x recolhimentos sociais e SAT/RAT” é o antídoto dos
Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) e do empregadores na defesa das ações regressivas promovidas pelo
Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA); a realização INSS.
detreinamentosdesegurançaedisponibilizaçãoefiscalizaçãodouso
de EPIs, etc. A observância dessas normas-padrão, demonstrando
queo empregador éatento eregular no quedizrespeito àsnormasde
segurançaemedicinadotrabalho, dãoguaridaàtesededefesa.
Entendidos esses aspectos, cumpre-nos destacar a pergunta
* Especialista em Direito Público pela UFRGS e em Direito do
Trabalho pela UNISINOS, integrante da equipe de profissionais do
escritórioGarcezAdvogadosAssociados.
AçõesregressivasdoINSS:
atenção redobrada aos empregadores*Dr. EduardoGomesGaelzer
OAB/ RS58.660
“Um quilo de vidro quebrado faz um quilo de vidro novo e pode ser infinitamente reciclado”. - Espaço SINDIMETAL * Nº 24 * Jurídico Tributário 13
Uns dos temas que provoca constante angústia na atividade existe a responsabilidade pessoal do administrador. Este raciocínio
empresarial, diz respeito ao risco – relativamente ao patrimônio apenas não é válido, se o inadimplemento estiver acompanhado do
pessoal – que esta atividade significa. Em especial, a grande encerramento irregular das atividades. (“fechar as portas” sem a
preocupação reside na responsabilidade dos sócios, em uma devidabaixanoRegistrodoComércio)
sociedade por quotas de responsabilidade limitada, no que tange a O que causa preocupação a todos, é o fato de que a nova
débitos tributários. Ou seja, o grande questionamento é o seguinte: legislação que regulamenta a tributação das micro e pequenas
Em que hipóteses o patrimônio pessoal do sócio responde por empresas, denominada de SUPERSIMPLES (Lei Complementar
débitostributáriosdaempresa? 123/06), rompecom estehistóricotratamento. Anovalei estabelece
Há deseter presente, inicialmente, queo patrimônio pessoal que, aquelas pessoas jurídicas que optarem pelo regime de
não seconfundecom o patrimônio da pessoa jurídica da qual o sócio tributação simplificado, transferem aos seus sócios (a todos
faça parte. De uma forma singela, quando duas pessoas resolvem indistintamente) a responsabilidade por débitos tributários não
constituir uma pessoa jurídica, separam uma parte do patrimônio e honrados pela empresa. O que não é possível compreender é que,
constituem o que se denomina de capital social, o qual, uma vez justamente para aqueles os quais a Constituição determina que
integralizado, desobriga os sócios perante terceiros. Não há de se tenham um tratamento tributário privilegiado, é que a nova
olvidar que esta é a regra, sendo que a responsabilidade pessoal é a legislação extingue a histórica proteção da limitação da
exceção. responsabilidade.
Para fins tributários, existem dois requisitos para que o sócio Enfim, sabe-se que a atividade empresarial mostra-se
de uma empresa venha a ser responsabilizado pessoalmente por crescentemente mais difícil e complexa. Se não forem respeitados
débitos desta: a) que esteja na condição de administrador tradicionais institutos como a limitação da responsabilidade pessoal
formalmente fixada no contrato social; b) que, nesta condição, dos sócios, correr-se-á o risco de se desestimular o desejável
pratiqueatosquepossam configurar ainfraçãoàlei. empreendedorismo empresarial, tão necessário neste país em
Quando semenciona a expressão “infração à lei”, há deseter desenvolvimento. Éóbvio, que não se está a advogar que o sócio, na
cuidado para não incluir, no rol das hipóteses que a configuram, condição de administrador da empresa, possa cometer atos ilícitos
qualquer inobservância de norma jurídica, pois se assim fosse, a sem responder por eles, mas sim de afastar a sua responsabilização
regra da limitação da responsabilidade deixaria de ser regra e em relação ao mero inadimplemento, mesmo porque isto não
passaria a ser uma exceção. Pode-se dizer que, de acordo com o caracterizailícitopenal.
entendimento que parece ser pacífico na jurisprudência do Superior
Tribunal deJustiça, o mero inadimplemento não configura infração à
* Advogado Tributarista, Doutor em Direito, Assessor Jurídico dolei. Ou seja, quando o contribuinte apura seus débitos tributários,
SINDIMETAL.informa ao fisco, mas deixa de recolher os valores respectivos, não
Aresponsabilidadepessoal
dos sócios por dívida tributária
N
uma promoção do SINDIMETAL, teve lugar, no Centro das Assim, havendo substituição tributária do ICMS, “a empresa
Indústrias, no dia 09 de setembro, a palestra Industrialização optantepelo SimplesNacional tem o direito deenquadrar asreceitas
por Encomenda eempresas optantes pelo Simples: adequado decorrentes das operações de industrialização por encomenda,
tratamento das operações pelo ICMS. A mesma esteve a cargo da sujeitas ao diferimento do ICMS, à mesma regra prevista para as
advogada Marina Furlan, integrante da assessoria Jurídica Tributária demaisempresas, nostermosdaprevisãodoartigo13, parágrafo1º,
da entidade e da equipe de profissionais da Buffon e Furlan inciso XIII, “a” da Lei Complementar nº 123/2006. Em vista disso,
AdvogadosAssociados. para fins de apuração do valor total a recolher aos cofres públicos,
A Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, enquadra-sena Tabela 9 da Seção II do Anexo II da Resolução CGSN
dentre várias disposições, instituiu o Simples Nacional, que implica n° 005 de 30/05/2007, ou seja, não pagamento ICMS sobre as
no recolhimento de todos os tributos mediante documento único de operaçõesdeindustrializaçãopor encomenda”.
arrecadação. “Entretanto, o artigo 13, parágrafo 1º, inciso XIII da Lei “O ICMS, no caso de operações internas, quando realizadas
Complementar nº 123/2006, exclui doregimeespecial asoperações por empresas de grande porte (não enquadradas no SIMPLES
sujeitas à substituição tributária do ICMS, que deverão obedecer à NACIONAL), édiferido(transferido) parafrente(etapasubsequente),
legislação aplicável às demais pessoas jurídicas”, segundo os ou seja, as empresas que realizam industrialização por encomenda
profissionais da Buffon e Furlan Advogados Associados. “No tocante transferem por SUBSTITUIÇÃOTRIBUTÁRIA o pagamento do ICMS
aoICMSsobreaindustrializaçãopor encomenda, oartigo1º doLivro para a operação posterior. Logo, se as empresas da categoria geral
III do RICMS prevê o diferimento do ICMS para a etapa posterior têm o direito de usufruir do diferimento, muito mais as empresas
(SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA PARA FRENTE), e o artigo 13, optantes pelo SIMPLES NACIONAL devem receber o mesmo
parágrafo 1º, inciso XIII da Lei Complementar nº 123/2006 tratamento, uma vez que tem menor capacidade contributiva para
determina que as operações sujeitas à substituição tributária do pagar osimpostos, dentreosquais, oICMS", conclui aadvogada.
ICMS, no caso de optantes pelo SIMPLES NACIONAL, devem
observar aregraprevistaparaasdemaisempresas”.
Industrializaçãopor encomendapara
empresasoptantespelosimples
* MarcianoBuffon
OAB34.668
Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projeto14
Autoridades e a comunidade prestigiaram o evento beneficiou 77 entidades credenciadas e atendeu 12.300 pessoas,
comemorativo, quemarcou osegundoaniversáriodoBancode tendosidorealizadasavaliaçõesnutricionaisem 492 crianças.
Alimentos Vale do Sinos. O mesmo ocorreu no dia 16 de Para o presidente do Conselho de Administração, que tem
setembro, às 18h, na sede, localizada no bairro Scharlau, em São acompanhado o trabalho abnegado desta legião de pessoas, a
Leopoldo. Na ocasião, foi apresentada a diretoria executiva do Banco iniciativa e a seriedade da ação coletiva, objetiva amenizar um dos
de Alimentos Vale do Sinos, eleita no dia 12 de agosto deste ano, e maiores problemas deste século: a FOME. “Acreditamos na força do
tevelugar aformaturademaisumaturmadoSESI CozinhaBrasil. trabalho coletivo e na seriedade do projeto. Contamos com o
Inaugurado no dia 11 de setembro de 2008, o Banco de empenho e a dedicação das mantenedoras e dos parceiros
AlimentosValedo Sinos, queenvolveosmunicípiosdeSão Leopoldo, estratégicos, apoiados pelas entidades einstituições, pelos clubes de
Sapucaia do Sul, Esteio e Portão, foi inspirado na experiência bem serviçosepelacomunidadequetem sidosempretãoreceptiva. Como
sucedida do Banco de Alimentos de Porto Alegre, organização criada entidade, o SINDIMETAL sente orgulho de fazer parte desta história,
pelo Conselho de Cidadania do Sistema FIERGS e de outros onde estamos contribuindo para transformar o presente num futuro
partícipes. OConselho deAdministração do Banco deAlimentos Vale maisjustoparatodos”, registraoempresárioRaul Heller
doSinosépresididopeloempresárioRaul Heller, doSINDIMETAL, ea Segundo JoséIvo Follmann, presidentedo Banco deAlimentos
diretoriaexecutivapeloProf. Dr. JoséIvoFollmann, daUnisinos. VSéumaemoçãoparticipar daentidade. “Éumaalegriaintegrar esta
Durante estes dois anos de existência, o Banco de Alimentos corrente, frutodeum trabalhocoletivopelacidadania”, destacou.
Vale do Sinos já arrecadou e distribuiu 240 toneladas de alimentos;
O
Cozinha Brasil é a receita do SESI para melhorar a vida dos
brasileiros e conta com a parceria do Ministério do
Desenvolvimento Social e Combate à Fome. O objetivo
principal desteprograma consisteem ensinar a comunidadea utilizar
melhor seusrecursosnaturais, mostrandoqueépossível sealimentar
com qualidadesem gastar muito.
Os cursos são oferecidos em caminhões adaptados em
cozinhas-escolas, onde os alunos aprendem a preparar e a consumir
integralmente os alimentos aproveitando assim todas as suas
propriedades, além dereduzir odesperdício.
Esta edição do SESI Cozinha Brasil, realizada junto ao Banco
de Alimentos Vale do Sinos, ocorreu em setembro e contou com a
participação de quatro turmas, sendo uma multiplicadora dos
conhecimentos adquiridos, num total de 140 alunos, que nesta
ocasião receberam osrespectivoscertificados.
Ao final da solenidade, todos participaram do coquetel
oferecido pelos alunos e professores do Curso de Gastronomia da
Unisinos e pelos formandos do SESI Cozinha Brasil, além de
degustarem o bolo de aniversário, doado pela Pasta Di Stella.
Apoiaram também este evento comemorativo, além dos
mantenedores e parceiros desta iniciativa, a GFestas, Fabesul e o
MercadoSantaCruz.
Presidente - Pe. José Ivo Follmann, S.J
Unisinos
Vice-Presidente - Valmir Tarciso Pizzutti
SINDIMETAL
Vice-Presidente - Fernando José Dutra Parreira
Gerdau
Vice-Presidente - João Erni de Vargas
ACISE
Vice-Presidente - Loivo Hoff
CâmaradaIndústria, ComércioeServiçosdePortão
Diretora Técnica - Denize Righetto Ziegler
Unisinos
Diretor Financeiro - Sérgio Renato de Quadros Dutra
BancodoBrasil S/ A
Diretor de Marketing e Comunicação - Sandro Felipe P. dos Anjos
Bitnet Brasil InformáticaLtda.
Diretora de Patrimônio - Silveth S. Lima
Gerdau
Diretora Secretaria – Suzana Fialho Reginato
LionsClubesdeSãoLeopoldo, SapucaiadoSul, PortãoeEsteio,
representadospeloLionsClubedeSãoLeopoldo25deJulho
Diretor de Relações com o Mercado - Cláudio Pereira Camacho
SESI –RegiãoII
Diretor de Logística – André de Cesaro
Unidasul
DIRETORIAEXECUTIVADOBANCODEALIMENTOSVALEDOSINOS
GESTÃOAGOSTO/ 2010ADEZEMBRO/ 2011 FORMATURA
COZINHABRASIL
COMEMORADOISANOSDEEXISTÊNCIA
ValedoSinos
No dia 24 de novembro, será inaugurada a Unidade Regional
da Associação Brasileira de Fundição (ABIFA), no Centro das
Indústrias, em São Leopoldo. Neste dia, também haverá a
reunião anual da ABIFA Região Sul, com a presença do presidenteda
entidade, Devanir Brichesi, queestará recepcionandoosempresários
daáreadefundiçãodoEstado.
A Associação Brasileira de Fundição foi fundada em 25 de
abril de 1969, dentro das instalações da Fundição Tupy, em São
Paulo, por um pequeno grupo de empresários. Hoje, com sede na Av.
Paulista, em São Paulo, a ABIFA objetiva incentivar o crescimento
sustentado do setor de fundição, gerando e participando das ações
necessáriasparatorná-loforteeestável.
Para o SINDIMETAL, a presença da ABIFA no Centro das
Indústrias será um marco especialmente para as empresas
vinculadasaoFundi-RS, importantesetorial da entidade, queatua no
desenvolvimentodasempresasdosegmentodefundiçãoeinjeçãode
metaisferrososenãoferrosos.
Os jornais levam de 2 a 6 semanas para serem absorvidos pela natureza?” - Espaço SINDIMETAL * Nº 24 * Programas & Projetos 15
UNIDADEREGIONALDAABIFA
NOCENTRODASINDÚSTRIAS
C en t r al d e N eg ó c io s
EMPRESAS
ASERVIÇODAS
ACentral de Negócios do SINDIMETAL busca, através da
compra coletiva, redução de custos, com qualidade de
serviços, além da possibilidade de acesso a novos
fornecedores. As empresas interessadas em participar das
negociações devem ficar atentas aos e-mails enviados, pois somente
quem manifestainteresseem participar, recebeinformações.
Em setembro, a negociação de barras foi efetivada com êxito,
assim como a de Panos Industriais, a qual teve sua tabela negociada
por um ano, atéagosto de2011. Com relação àsCestasNatalinas, já
ocorreram reuniões com os fornecedores, sendo que as cotações
continuam em andamento. “Até o momento, contamos com o
interessede55 empresaseuma demanda de5.700 cestas”, registra
Andrea Maganha, do setor de Relacionamento do SINDIMETAL e
responsável pelaCentral deNegócios. AstabelasdeEPI eMaterial de
Expediente (Escritório e Limpeza) foram renovadas até 30 de
dezembrodesteano.
Informações complementares poderão ser obtidas através do
e-mail relacionamento@sindimetalrs.org.br ou pelo fone 3590-
7707, com AndreaMaganha.
Recentemente, a Transmaq Redutores de Velocidade foi
apresentada como caseem dissertação demestrado, no Curso
de Gestão Ambiental, da Unisinos. Elaborado e apresentado
pela Profª. Ms. Lisiane Kleinkauf da Rocha, com supervisão do Prof.
Dr. Carlos Alberto Mendes Moraes, a pesquisa tevea duração dedois
anos e envolveu mais de 300 empresas do setor metalmecânico, em
32 cidades, dabaciadoRiodoSinos.
“ATransmaq sente-sehonradacom aescolhaevênestegestoo
reconhecimento do trabalho iniciado por nossos fundadores, ao
plantarem as sementes do respeito e do amor à natureza, a que
damos seguimento. Tudo isto nos faz agradecidos e motivados em
continuar disseminando e executando ações de preservação
ambiental”, comemoraElisabeth Pedroso, diretoradaempresa.
A Indústria de Máquinas e Redutores Transmaq Ltda., com
sede em Sapucaia do Sul, mantém o equilíbrio entre a produtividade
eorespeitoànatureza, tendoaqualidadedoprodutoeoatendimento
ao cliente como suas marcas preferenciais. “Produzir preservando a
natureza- nãosóépossível comonecessário”, conclui Elisabeth.
Transmaq naUnisinos
Representantes de empresas da região estiveram participando
de uma missão organizada pelo Sebrae rumo à maior feira
multissetorial da Ásia, a Canton Fair, na China. A missão fez
partedoProjetoParticipaçãodasMPEsGaúchasem FeiraseMissões
Internacionais, coordenado pela setorial Indústria, que,
paralelamente à capacitação coletiva, oferece consultorias
individuais para auxiliar as participantes a identificar oportunidades
denegócios.
De 15 a 19 de outubro, as micro e pequenas empresas
gaúchas realizaram visita técnica, destinada a fabricantes de
máquinas e equipamentos; bicicletas, motocicletas e peças para
veículos, produtos químicos, hardware, ferramentas e utensílios,
veículos, maquinaria e materiais para construção, entre outros
segmentos. Segundo o empresário Leandro Gervazoni, da Itece
Indústria eComércio deEquipamentos Agrícolas Ltda., “acreditamos
que a participação na Canton Fair abrirá novos mercados, mais
competitivoseinovadores”, avalia.
As empresas foram selecionadas para a Canton Fair por meio
de chamada pública voltada para MPEs interessadas em participar
de missões empresariais a feiras internacionais em 2010. O
superintendente Marcelo Lopes destacou que o Sebrae quer
contribuir no processo de inserção das MPEs do Estado no mercado
internacional.
Estiveram participando da missão chinesa, as seguintes
empresas ligadas ao SINDIMETAL: Alumínios Almin Ltda, Coester
Automação S.A., FercorteIndústria Metalúrgica Ltda., IteceIndústria
e Comércio de Equipamentos Agrícolas Ltda., Metalúrgica Mariani
Ltda. eSchmidt IndústriaeComérciodeMoldesLtda.
EmpresasdoValedoSinos
participamdefeiranaChina
Profª. Ms. Lisiane Kleinkauf da Rocha
VITRINEVITRINE
A
creditar no sonho e investir na qualificação permanente, sempre precisou ser tomada para o crescimento econsolidação da empresa”, afirma
focado no cliente. Assim tem sido a atuação dos sócios da empresa Ricardo. Para o empresário, “além da sorte, como aliada, contamos com a
CRK Automação Industrial Ltda., com sede em São Leopoldo, que no parceria e a confiança das grandes empresas. Talvez o nosso segredo seja o
dia1º denovembroestarácompletando20 anos. “OSINDIMETAL tem atendimento100%, dapequenaatéagrandeempresa”.
alavancado esta história, oportunizando a nossa participação em feiras e Noperíodode2005 a2010, aCRKcresceu echegou aumaáreade
capacitações. Mudamos para melhor. A entidade ofereceu o que 900m², contando com a atuação de 35 pessoas. A ampliação continuou e
precisávamos”, afirma Ricardo Kiszewski, fundador da CRK, juntamente contribuiu para que o grupo iniciasse o trabalho com máquinas maiores. A
com Nestor Freiberger de Medeiros “A cultura da empresa passou por uma produção pode se expandir e o sonho de 20 anos ganhou forma. A empresa,
transformação positiva, também com a participação no Programa de desde o mês de maio, trabalha no sistema de mini fábricas, com 49
Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), implementado pela empresa colaboradores, numa área de 2000m², atuando com elétrica, usinagem,
MotosserrasSTIHL, com oapoiodoSebrae”, destacaNestor. projeto e montagem mecânica. “Não ficamos mais restritos a um segmento
A CRK Au t om aç ão é somente. Quando o mercado oscila
especializada na fabricação de temos como nos adaptar”, afirma
máquinas especiais e automação Juarez. “Trabalhamos também com
industrial desenvolvendo software, usinagem sob encomenda, onde
projetos elétricos e eletrônicos, produzimos peças de reposição e
montagem de quadros de comando e equipamentos eletrônicos especiais. A
instalação de máquinas operatrizes. nossa meta é montarmos na empresa
Completam os serviços desenvolvidos um centro detreinamento atéo início de
pela empresa, a fabricação de 2011, para atendermos cada vez
dispositivos eletrônicos especiais para melhor ocliente”, antecipa.
controle de processos, a montagem A CRK, que constrói máquinas,
mecânica e a usinagem, além da automatiza processos e produz peças,
reforma de máquinas especiais e há três anos entrou também para o
operatrizes. mercado da construção civil, um nicho
A história da CRK Automação com pouca concorrência no País. E os
iniciou modesta, mas com a certeza e resultados, em todas as áreas de
ousadia das grandes empresas. “No período de 1990 a 2000, a primeira atuação, têm sido animadores. A empresa recebeu em 2009, o prêmio de
unidade da empresa, na casa do sócio Ricardo, em Novo Hamburgo, Melhor Fornecedor deMáquinas eEquipamentos, da DHB e, em 2010, o 2º
totalizava 32m². A produção era voltada para a montagem de placas lugar no Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), concedido
eletrônicas e de painéis elétricos”, relata Nestor. Mas o trabalho foi pelaempresaMotosserrasSTIHL.
aumentando e com a chegada do sócio David Cardoso, a empresa, após dez Os quatro sócios são unânimes em afirmar que a boa relação
anos de atuação, agregou aos serviços o sistema de supervisão. No ano de profissional tem sido um fator importante para manter a equipe unida e
2000, já numa área de 110m², os três sócios passaram a atuar também na satisfeita. Mas, epara ossócios, qual a receita detanta parceria eafinidade?
usinagem, contribuindo para quea empresa chegasse, em 2004, a 330m² e “Muito diálogo, cumplicidade, dedicação ao trabalho e confiança plena.
25 colaboradores. Realizamos reuniões todas as terças-feiras e sábados para avaliar os
Nesta época, o grupo somou forças com a chegada de Juarez procedimentos, traçar metas e trocar ideias. O nosso objetivo maior é o
AntônioBueno. Estavaconsolidadaavindademaisum sócio, parafortalecer cliente. Tudo o que fazemos na CRK é qualificar sempre mais a produção e
a equipe e implementar o trabalho. Teve início, então, à fabricação das manter umarelaçãodecumplicidadecom quem confianosnossosserviços”,
primeiras máquinas, um momento decisivo para a empresa. Na realidade, o conclui David Cardoso.
mercadoimpulsionou ogrupoparaestenicho. “Umadecisãodifícil, masque VidalongaparaaCRKesucessonosnovosdesafios!
REALIZANDOSONHOS
A U T O M A Ç Ã O
Nova sede numa área de 2000m²

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ed01jul07
Ed01jul07Ed01jul07
Ed01jul07
Rafael Mermejo
 
Revista Acontece APAS - OUT 2012 - Ed. 17
Revista Acontece APAS - OUT 2012 - Ed. 17Revista Acontece APAS - OUT 2012 - Ed. 17
Revista Acontece APAS - OUT 2012 - Ed. 17
APAS Associação
 
APAS 2010 - Palestra de Sérgio Bocayuva em 11/05
APAS 2010 - Palestra de Sérgio Bocayuva em 11/05APAS 2010 - Palestra de Sérgio Bocayuva em 11/05
APAS 2010 - Palestra de Sérgio Bocayuva em 11/05
APAS
 
2014 set out
2014 set out2014 set out
2014 set out
Plugged Research
 
Jornal dos Comerciários - Nº 178, Abril de 2016
Jornal dos Comerciários - Nº 178, Abril de 2016Jornal dos Comerciários - Nº 178, Abril de 2016
Jornal dos Comerciários - Nº 178, Abril de 2016
Sindicato dos Comerciários de Nova Iguaçu e Região
 
Revista Acontece - AGO 2013 - Ed. 26
Revista Acontece - AGO 2013 - Ed. 26Revista Acontece - AGO 2013 - Ed. 26
Revista Acontece - AGO 2013 - Ed. 26
APAS Associação
 
Jornal dos Comerciários - Nº 186 - Março 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 186 - Março 2017Jornal dos Comerciários - Nº 186 - Março 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 186 - Março 2017
Sindicato dos Comerciários de Nova Iguaçu e Região
 
Moving Estacionamento - Publicado na revista Case Studies 98 em junho 2013
Moving Estacionamento - Publicado na revista Case Studies 98 em junho 2013Moving Estacionamento - Publicado na revista Case Studies 98 em junho 2013
Moving Estacionamento - Publicado na revista Case Studies 98 em junho 2013
Paulo Ratinecas
 
Jornal dos Comerciários - Nº 177
Jornal dos Comerciários - Nº 177Jornal dos Comerciários - Nº 177
Jornal dos Comerciários - Nº 177
Sindicato dos Comerciários de Nova Iguaçu e Região
 
Empresas: Particularidades Históricas e Caracterizações
Empresas: Particularidades Históricas e CaracterizaçõesEmpresas: Particularidades Históricas e Caracterizações
Empresas: Particularidades Históricas e Caracterizações
TR Consulting
 
Revista Acontece - MAI 2014 - Ed. 34
Revista Acontece - MAI 2014 - Ed. 34Revista Acontece - MAI 2014 - Ed. 34
Revista Acontece - MAI 2014 - Ed. 34
APAS Associação
 
Espaço SINDIMETAL 65
Espaço SINDIMETAL 65Espaço SINDIMETAL 65
Espaço SINDIMETAL 65
SINDIMETAL RS
 
Jornal dos Comerciários - Nº 187 - Abril de 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 187 - Abril de 2017Jornal dos Comerciários - Nº 187 - Abril de 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 187 - Abril de 2017
Sindicato dos Comerciários de Nova Iguaçu e Região
 
Jornal dos Comerciários - Nº 193 - Outubro de 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 193 - Outubro de 2017Jornal dos Comerciários - Nº 193 - Outubro de 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 193 - Outubro de 2017
Sindicato dos Comerciários de Nova Iguaçu e Região
 
Sinduscon Projeto Construção Cultural revista Case Studies 109 abril 2015
Sinduscon Projeto Construção Cultural revista Case Studies 109 abril 2015Sinduscon Projeto Construção Cultural revista Case Studies 109 abril 2015
Sinduscon Projeto Construção Cultural revista Case Studies 109 abril 2015
Paulo Ratinecas
 
Ecosol aquecedores campinas
Ecosol aquecedores campinasEcosol aquecedores campinas
Ecosol aquecedores campinas
Ecosol Aquecedores
 
Jornal dos Comerciários - Nº180
Jornal dos Comerciários - Nº180Jornal dos Comerciários - Nº180
Jornal dos Comerciários - Nº 192 - Setembro de 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 192 - Setembro de 2017Jornal dos Comerciários - Nº 192 - Setembro de 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 192 - Setembro de 2017
Sindicato dos Comerciários de Nova Iguaçu e Região
 
Jornal dos Comerciários - Nº179
Jornal dos Comerciários - Nº179Jornal dos Comerciários - Nº179
Espaço SINDIMETAL 71
Espaço SINDIMETAL 71Espaço SINDIMETAL 71
Espaço SINDIMETAL 71
SINDIMETAL RS
 

Mais procurados (20)

Ed01jul07
Ed01jul07Ed01jul07
Ed01jul07
 
Revista Acontece APAS - OUT 2012 - Ed. 17
Revista Acontece APAS - OUT 2012 - Ed. 17Revista Acontece APAS - OUT 2012 - Ed. 17
Revista Acontece APAS - OUT 2012 - Ed. 17
 
APAS 2010 - Palestra de Sérgio Bocayuva em 11/05
APAS 2010 - Palestra de Sérgio Bocayuva em 11/05APAS 2010 - Palestra de Sérgio Bocayuva em 11/05
APAS 2010 - Palestra de Sérgio Bocayuva em 11/05
 
2014 set out
2014 set out2014 set out
2014 set out
 
Jornal dos Comerciários - Nº 178, Abril de 2016
Jornal dos Comerciários - Nº 178, Abril de 2016Jornal dos Comerciários - Nº 178, Abril de 2016
Jornal dos Comerciários - Nº 178, Abril de 2016
 
Revista Acontece - AGO 2013 - Ed. 26
Revista Acontece - AGO 2013 - Ed. 26Revista Acontece - AGO 2013 - Ed. 26
Revista Acontece - AGO 2013 - Ed. 26
 
Jornal dos Comerciários - Nº 186 - Março 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 186 - Março 2017Jornal dos Comerciários - Nº 186 - Março 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 186 - Março 2017
 
Moving Estacionamento - Publicado na revista Case Studies 98 em junho 2013
Moving Estacionamento - Publicado na revista Case Studies 98 em junho 2013Moving Estacionamento - Publicado na revista Case Studies 98 em junho 2013
Moving Estacionamento - Publicado na revista Case Studies 98 em junho 2013
 
Jornal dos Comerciários - Nº 177
Jornal dos Comerciários - Nº 177Jornal dos Comerciários - Nº 177
Jornal dos Comerciários - Nº 177
 
Empresas: Particularidades Históricas e Caracterizações
Empresas: Particularidades Históricas e CaracterizaçõesEmpresas: Particularidades Históricas e Caracterizações
Empresas: Particularidades Históricas e Caracterizações
 
Revista Acontece - MAI 2014 - Ed. 34
Revista Acontece - MAI 2014 - Ed. 34Revista Acontece - MAI 2014 - Ed. 34
Revista Acontece - MAI 2014 - Ed. 34
 
Espaço SINDIMETAL 65
Espaço SINDIMETAL 65Espaço SINDIMETAL 65
Espaço SINDIMETAL 65
 
Jornal dos Comerciários - Nº 187 - Abril de 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 187 - Abril de 2017Jornal dos Comerciários - Nº 187 - Abril de 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 187 - Abril de 2017
 
Jornal dos Comerciários - Nº 193 - Outubro de 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 193 - Outubro de 2017Jornal dos Comerciários - Nº 193 - Outubro de 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 193 - Outubro de 2017
 
Sinduscon Projeto Construção Cultural revista Case Studies 109 abril 2015
Sinduscon Projeto Construção Cultural revista Case Studies 109 abril 2015Sinduscon Projeto Construção Cultural revista Case Studies 109 abril 2015
Sinduscon Projeto Construção Cultural revista Case Studies 109 abril 2015
 
Ecosol aquecedores campinas
Ecosol aquecedores campinasEcosol aquecedores campinas
Ecosol aquecedores campinas
 
Jornal dos Comerciários - Nº180
Jornal dos Comerciários - Nº180Jornal dos Comerciários - Nº180
Jornal dos Comerciários - Nº180
 
Jornal dos Comerciários - Nº 192 - Setembro de 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 192 - Setembro de 2017Jornal dos Comerciários - Nº 192 - Setembro de 2017
Jornal dos Comerciários - Nº 192 - Setembro de 2017
 
Jornal dos Comerciários - Nº179
Jornal dos Comerciários - Nº179Jornal dos Comerciários - Nº179
Jornal dos Comerciários - Nº179
 
Espaço SINDIMETAL 71
Espaço SINDIMETAL 71Espaço SINDIMETAL 71
Espaço SINDIMETAL 71
 

Semelhante a Espaço SINDIMETAL 24

Espaço SINDIMETAL 46
Espaço SINDIMETAL 46Espaço SINDIMETAL 46
Espaço SINDIMETAL 46
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 20
Espaço SINDIMETAL 20Espaço SINDIMETAL 20
Espaço SINDIMETAL 20
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 74
Espaço SINDIMETAL 74Espaço SINDIMETAL 74
Espaço SINDIMETAL 74
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 77
Espaço SINDIMETAL 77Espaço SINDIMETAL 77
Espaço SINDIMETAL 77
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 16
Espaço SINDIMETAL 16Espaço SINDIMETAL 16
Espaço SINDIMETAL 16
SINDIMETAL RS
 
Programa GREENFEST
Programa GREENFESTPrograma GREENFEST
Programa GREENFEST
Sofia Cabral
 
Programa detalhado
Programa detalhadoPrograma detalhado
Programa detalhado
Sofia Cabral
 
Espaço SINDIMETAL 76
Espaço SINDIMETAL 76Espaço SINDIMETAL 76
Espaço SINDIMETAL 76
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 67
Espaço SINDIMETAL 67Espaço SINDIMETAL 67
Espaço SINDIMETAL 67
SINDIMETAL RS
 
Revista ABIH - SC
Revista ABIH - SCRevista ABIH - SC
Revista ABIH - SC
alynkaj
 
Espaço SINDIMETAL 80
Espaço SINDIMETAL 80 Espaço SINDIMETAL 80
Espaço SINDIMETAL 80
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 79
Espaço SINDIMETAL 79 Espaço SINDIMETAL 79
Espaço SINDIMETAL 79
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 64
Espaço SINDIMETAL 64Espaço SINDIMETAL 64
Espaço SINDIMETAL 64
SINDIMETAL RS
 
Pequenos Negócios Desafios e Perspectivas - Inovação Vol 3
Pequenos Negócios Desafios e Perspectivas - Inovação Vol 3Pequenos Negócios Desafios e Perspectivas - Inovação Vol 3
Pequenos Negócios Desafios e Perspectivas - Inovação Vol 3
Ramon Ubaldo Waldir da Silva Júnior, MBA
 
Espaço SINDIMETAL 60
Espaço SINDIMETAL 60Espaço SINDIMETAL 60
Espaço SINDIMETAL 60
SINDIMETAL RS
 
Ecosol aquecedores vendas
Ecosol aquecedores vendasEcosol aquecedores vendas
Ecosol aquecedores vendas
Ecosol Aquecedores
 
Jornal da Feira do Empreendedor - 4ª Edição
Jornal da Feira do Empreendedor - 4ª EdiçãoJornal da Feira do Empreendedor - 4ª Edição
Jornal da Feira do Empreendedor - 4ª Edição
Sebrae-SaoPaulo
 
Case Study SMZTO Participações
Case Study SMZTO ParticipaçõesCase Study SMZTO Participações
Case Study SMZTO Participações
AtitudeCom Estratégia em Comunicação Ltda
 
Ecosol aquecedores Corporativo
Ecosol aquecedores CorporativoEcosol aquecedores Corporativo
Ecosol aquecedores Corporativo
Ecosol Aquecedores
 
Apostila de Gstão de Pessoas
Apostila de Gstão de PessoasApostila de Gstão de Pessoas
Apostila de Gstão de Pessoas
Cássio Morelli
 

Semelhante a Espaço SINDIMETAL 24 (20)

Espaço SINDIMETAL 46
Espaço SINDIMETAL 46Espaço SINDIMETAL 46
Espaço SINDIMETAL 46
 
Espaço SINDIMETAL 20
Espaço SINDIMETAL 20Espaço SINDIMETAL 20
Espaço SINDIMETAL 20
 
Espaço SINDIMETAL 74
Espaço SINDIMETAL 74Espaço SINDIMETAL 74
Espaço SINDIMETAL 74
 
Espaço SINDIMETAL 77
Espaço SINDIMETAL 77Espaço SINDIMETAL 77
Espaço SINDIMETAL 77
 
Espaço SINDIMETAL 16
Espaço SINDIMETAL 16Espaço SINDIMETAL 16
Espaço SINDIMETAL 16
 
Programa GREENFEST
Programa GREENFESTPrograma GREENFEST
Programa GREENFEST
 
Programa detalhado
Programa detalhadoPrograma detalhado
Programa detalhado
 
Espaço SINDIMETAL 76
Espaço SINDIMETAL 76Espaço SINDIMETAL 76
Espaço SINDIMETAL 76
 
Espaço SINDIMETAL 67
Espaço SINDIMETAL 67Espaço SINDIMETAL 67
Espaço SINDIMETAL 67
 
Revista ABIH - SC
Revista ABIH - SCRevista ABIH - SC
Revista ABIH - SC
 
Espaço SINDIMETAL 80
Espaço SINDIMETAL 80 Espaço SINDIMETAL 80
Espaço SINDIMETAL 80
 
Espaço SINDIMETAL 79
Espaço SINDIMETAL 79 Espaço SINDIMETAL 79
Espaço SINDIMETAL 79
 
Espaço SINDIMETAL 64
Espaço SINDIMETAL 64Espaço SINDIMETAL 64
Espaço SINDIMETAL 64
 
Pequenos Negócios Desafios e Perspectivas - Inovação Vol 3
Pequenos Negócios Desafios e Perspectivas - Inovação Vol 3Pequenos Negócios Desafios e Perspectivas - Inovação Vol 3
Pequenos Negócios Desafios e Perspectivas - Inovação Vol 3
 
Espaço SINDIMETAL 60
Espaço SINDIMETAL 60Espaço SINDIMETAL 60
Espaço SINDIMETAL 60
 
Ecosol aquecedores vendas
Ecosol aquecedores vendasEcosol aquecedores vendas
Ecosol aquecedores vendas
 
Jornal da Feira do Empreendedor - 4ª Edição
Jornal da Feira do Empreendedor - 4ª EdiçãoJornal da Feira do Empreendedor - 4ª Edição
Jornal da Feira do Empreendedor - 4ª Edição
 
Case Study SMZTO Participações
Case Study SMZTO ParticipaçõesCase Study SMZTO Participações
Case Study SMZTO Participações
 
Ecosol aquecedores Corporativo
Ecosol aquecedores CorporativoEcosol aquecedores Corporativo
Ecosol aquecedores Corporativo
 
Apostila de Gstão de Pessoas
Apostila de Gstão de PessoasApostila de Gstão de Pessoas
Apostila de Gstão de Pessoas
 

Mais de SINDIMETAL RS

Espaço SINDIMETAL 82
Espaço SINDIMETAL 82Espaço SINDIMETAL 82
Espaço SINDIMETAL 82
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 81
Espaço SINDIMETAL 81 Espaço SINDIMETAL 81
Espaço SINDIMETAL 81
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 78
Espaço SINDIMETAL 78 Espaço SINDIMETAL 78
Espaço SINDIMETAL 78
SINDIMETAL RS
 
Espaco SINDIMETAL 75
Espaco SINDIMETAL 75Espaco SINDIMETAL 75
Espaco SINDIMETAL 75
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 73
Espaço SINDIMETAL 73Espaço SINDIMETAL 73
Espaço SINDIMETAL 73
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 72
Espaço SINDIMETAL 72Espaço SINDIMETAL 72
Espaço SINDIMETAL 72
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 70
Espaço SINDIMETAL 70Espaço SINDIMETAL 70
Espaço SINDIMETAL 70
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 69
Espaço SINDIMETAL 69Espaço SINDIMETAL 69
Espaço SINDIMETAL 69
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 66
Espaço SINDIMETAL 66Espaço SINDIMETAL 66
Espaço SINDIMETAL 66
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 63
Espaço SINDIMETAL 63Espaço SINDIMETAL 63
Espaço SINDIMETAL 63
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 62
Espaço SINDIMETAL 62Espaço SINDIMETAL 62
Espaço SINDIMETAL 62
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 61
Espaço SINDIMETAL 61Espaço SINDIMETAL 61
Espaço SINDIMETAL 61
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 59
Espaço SINDIMETAL 59Espaço SINDIMETAL 59
Espaço SINDIMETAL 59
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 58
Espaço SINDIMETAL 58Espaço SINDIMETAL 58
Espaço SINDIMETAL 58
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 57
Espaço SINDIMETAL 57Espaço SINDIMETAL 57
Espaço SINDIMETAL 57
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 56
Espaço SINDIMETAL 56Espaço SINDIMETAL 56
Espaço SINDIMETAL 56
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 55
Espaço SINDIMETAL 55Espaço SINDIMETAL 55
Espaço SINDIMETAL 55
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 54
Espaço SINDIMETAL 54Espaço SINDIMETAL 54
Espaço SINDIMETAL 54
SINDIMETAL RS
 
Espaço SINDIMETAL 53
Espaço SINDIMETAL 53Espaço SINDIMETAL 53
Espaço SINDIMETAL 53
SINDIMETAL RS
 

Mais de SINDIMETAL RS (19)

Espaço SINDIMETAL 82
Espaço SINDIMETAL 82Espaço SINDIMETAL 82
Espaço SINDIMETAL 82
 
Espaço SINDIMETAL 81
Espaço SINDIMETAL 81 Espaço SINDIMETAL 81
Espaço SINDIMETAL 81
 
Espaço SINDIMETAL 78
Espaço SINDIMETAL 78 Espaço SINDIMETAL 78
Espaço SINDIMETAL 78
 
Espaco SINDIMETAL 75
Espaco SINDIMETAL 75Espaco SINDIMETAL 75
Espaco SINDIMETAL 75
 
Espaço SINDIMETAL 73
Espaço SINDIMETAL 73Espaço SINDIMETAL 73
Espaço SINDIMETAL 73
 
Espaço SINDIMETAL 72
Espaço SINDIMETAL 72Espaço SINDIMETAL 72
Espaço SINDIMETAL 72
 
Espaço SINDIMETAL 70
Espaço SINDIMETAL 70Espaço SINDIMETAL 70
Espaço SINDIMETAL 70
 
Espaço SINDIMETAL 69
Espaço SINDIMETAL 69Espaço SINDIMETAL 69
Espaço SINDIMETAL 69
 
Espaço SINDIMETAL 66
Espaço SINDIMETAL 66Espaço SINDIMETAL 66
Espaço SINDIMETAL 66
 
Espaço SINDIMETAL 63
Espaço SINDIMETAL 63Espaço SINDIMETAL 63
Espaço SINDIMETAL 63
 
Espaço SINDIMETAL 62
Espaço SINDIMETAL 62Espaço SINDIMETAL 62
Espaço SINDIMETAL 62
 
Espaço SINDIMETAL 61
Espaço SINDIMETAL 61Espaço SINDIMETAL 61
Espaço SINDIMETAL 61
 
Espaço SINDIMETAL 59
Espaço SINDIMETAL 59Espaço SINDIMETAL 59
Espaço SINDIMETAL 59
 
Espaço SINDIMETAL 58
Espaço SINDIMETAL 58Espaço SINDIMETAL 58
Espaço SINDIMETAL 58
 
Espaço SINDIMETAL 57
Espaço SINDIMETAL 57Espaço SINDIMETAL 57
Espaço SINDIMETAL 57
 
Espaço SINDIMETAL 56
Espaço SINDIMETAL 56Espaço SINDIMETAL 56
Espaço SINDIMETAL 56
 
Espaço SINDIMETAL 55
Espaço SINDIMETAL 55Espaço SINDIMETAL 55
Espaço SINDIMETAL 55
 
Espaço SINDIMETAL 54
Espaço SINDIMETAL 54Espaço SINDIMETAL 54
Espaço SINDIMETAL 54
 
Espaço SINDIMETAL 53
Espaço SINDIMETAL 53Espaço SINDIMETAL 53
Espaço SINDIMETAL 53
 

Espaço SINDIMETAL 24

  • 1. SINDICATO DASINDÚSTRIASMETALÚRGICAS, MECÂNICASEDEMATERIAL ELÉTRICO EELETRÔNICO DESÃO LEOPOLDO Ano 4 Nº24 Setembro / Outubro - 2010 www.sindimetalrs.org.br Ameepreserve Página 16CRK na VITRINE Informações Jurídicas Página 11 SINDIMETALINAUGURA PONTOSDEATENDIMENTO EM SAPIRANGA ESÃO SEBASTIÃO DO CAÍ Páginas 08 e 09 Página 03 Página 05Grupos setoriaisPalestra com Heitor Müller
  • 2. OESPAÇO SINDIMETAL nº 24 apresenta nesta edição os assuntos, que estão em evidência na entidade. Confira, na página 03, a matéria sobre a visão inovadora na gestão empresarial, abordada pelo empresário Heitor Müller, que esteve no SINDIMETAL recentemente. A agenda de atividades, incluindo a Confraternização de Final de Ano, no dia 03 de dezembro, é destaque na página 04, onde também podem ser conhecidas as novas empresas associadas. Os grupos setoriais têm ampliado a sua atuação e aperfeiçoado o trabalho, com atividades diversificadas. Conheçaasaçõeslendoaspáginas05 e06. Neste ano, o SINDIMETAL estará presente na Mercopar, com a maior área comercial da feira, reunindo empresas de diversos segmentos e consolidando a sua participação em Caxias do Sul. Veja, na página 07, quais as empresas que estarão participando. Orientações jurídicas e esclarecimentos importantes para os empresários podem ser conhecidos nas páginas 11, 12 e13. O Banco de Alimentos Vale do Sinos completou dois anos. A cobertura desta festa pode ser vista na página 14. Divulgamos também, na página 15, a data de inauguração da Unidade Regional da ABIFA, no Centro das Indústrias. Empresários ligados ao SINDIMETAL estiveram participando de uma missão empresarial rumo a China. Leia sobre o assunto na página 15 e, conheça também, lendo a Vitrine, uma empresa com 20 anosdeatuação emuita determinação. ACRK, agora com sedeem SãoLeopoldo, éahomenageadadessaedição. Boa leitura e até a próxima edição! Ostrabalhosassinadossãoderesponsabilidadedeseusautores. tento aos novos desafios, o SINDIMETAL, juntamente com o ASebrae, inaugurou, no dia 15 de setembro, em Sapiranga, a primeira unidade do Projeto Base Avançada, que funciona como pontodeatendimentodasentidadesparceiras. Nodia07 deoutubro, a iniciativa ocorreu em São Sebastião do Caí. As cidades integram a base territorial, composta por 35 municípios, e passam a ser um braço do sindicato, queestará pronto a acolher as demandas desuas empresas associadas e filiadas. Além dos respectivos municípios, as duas bases também irão atender as cidades da região localizadas em tornodestasunidades. A meta dos pontos de atendimento é expandir as atividades, na base territorial, a partir de uma estrutura física adequada às diversasatividadesprevistas. Anovidadecheganum momentomuito propício para o SINDIMETAL, que apoia e incentiva o empreendedo- rismo individual e coletivo dos associados e filiados a entidade. Estamos na realidade “espalhando sementes” todas as vezes que oportunizamosoacessomaisdiretoerápidoaosindicatoe“colhendo resultados” quandoestetrabalhoencontraecojuntoaosempresários. Esta feliz iniciativa reúne, em sua essência, a descentraliza- çãoeoapoioàsempresas, quevivem umaretomadagradativadasua forçaeprodução. Opasso, queestásendodado, resultaráem curtoprazo, numa ação estruturada de atendimento com ganhos ilimitados, para toda a região. Teremos acesso a novos conceitos e soluções integradas, que contribuirãoparaocrescimentoeofortalecimentodasentidades. A palavra inovação talvez seja o principal clichê empresarial deste século. Como entidade, o SINDIMETAL tem sido incansável na busca e efetiva realização de ações, que tragam aos empresários subsídios para facilitar a caminhada, neste universo que muda cada vez mais rápido. A inauguração, destas duas bases avançadas do sindicato, consolidaestaideia. Inovar e empreender, ter aptidão e um desejo permanente de explorar novaspossibilidades, certamenteserá o nosso maior desafio como facilitadores deste processo. Que estas oportunidades atinjam plenamente os seus objetivos e representem um passo importante também paraosempreendedoresdaregião. Sucesso a todos os parceiros e parabéns aos municípios de Sapiranga e de São Sebastião do Caí, bem como as demais cidades localizadas em torno destes pontos de atendimento, que passarão a usufruir maisrapidamentedosserviçosdoSINDIMETAL. Opapeldesteinformativoéproveniente deárvoresdeflorestamento. Diretoria Diretor Executivo: Valmir Pizzutti Redação: Jornalista Neusa Medeiros (Mtb 5062) Criaçãoearte: Claudionor Oliveira Gomes Junior Informativobimestral Tiragem: 2300 exemplares Circulação: gratuita e dirigida Fotos: divulgação EdiçãoeProdução: Edição 3 Comunicação Empresarial Gráfica: Impressos Portão Ltda. Endereço Rua José Bonifácio, nº 204 - Centro das Indústrias São Leopoldo/RS - Fone (51) 3590.7702 www.sindimetalrs.org.br relacionamento@sindimetalrs.org.br Editorial Raul Heller PresidentedoSINDIMETAL 100% DOS IMPRESSOS EM PAPEL FABRICADO NO BRASIL PROVÊM DE FLORESTAS PL ANTADAS ESPALHANDOSEMENTESE COLHENDORESULTADOS PRESIDENTE DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO À FIERGS VICE – PRESIDENTES TITULARES SUPLENTES DELEGADOS REPRESENTANTES SECRETÁRIO TESOUREIRO DIRETORES CONSELHO FISCAL TITULARES SUPLENTES Raul Heller Celso Luiz Rodrigues Raul Heller Marcelo Fleck Marcelo Fleck Norberto Cossio Dias Pedro Vicente Isquierdo Gonçales Celso Luiz Rodrigues Renato Nunes Norberto Cossio Dias Roberto Dauber Sapucaia do Sul/Esteio Rodrigo Paesi Ademir Luiz Costella Sapiranga Sérgio de Bortoli Galera Emílio Neury Haag São Sebastião do Caí/Montenegro Ademir Luiz Costella Geovani Lorscheitter Arno Tomasini Estância Velha/Dois Claus Carlos Teodoro Mohr Irmãos/Ivoti/Morro Reuter Darlan Geremia Marcelino Leopoldo Barth Darlei Fabian F. da Silva Tupandi Emílio Neury Haag Roberto Petroll Fernando José Dutra Parreira Geovani Lorscheitter MetalValley - Exportar Jeferson Ribeiro Correa Darlan Geremia Luis Gustavo von Hohendorff Valemetalsinos Marcus Coester Darlei Fabian Ferrasso da Silva Muciano Niederauer Dias Saúde, Segurança e Meio Ambiente Roberto Alexandre Schroer Roberto Dauber Silvino Geremia Fundi-RS Simone Marcon Geovani Lorscheitter Recursos Humanos Heloisa Gaelzer Müller Luiz Antônio Gonçalves Fórum dos Diretores Industriais Roberto Petroll Arno Tomasini Roque Silveira da Rocha Fórum de Desenvolvimento de Lideranças Christine Lange Sofia Copé Heller Michel Marcelino Leopoldo Barth Central de Negócios Ramon Ariel Bonilla Cabrera Rodrigo Paesi Tributário Severino Piovezan COMITÊS SETORIAIS Expediente
  • 3. “Você sabia que o Nylon leva de 30 a 40 anos para ser absorvido pela natureza?”Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos 03 O vice-presidente da FIERGS, empresário Heitor Müller criatividade para inovar sempre, inclusive na vida pessoal. “Nunca proferiu uma palestra sobre Visão inovadora na gestão devemosparar dequestionar osprocessoseasrotinas. Aacomoda- empresarial, direcionada aos empresários de diferentes ção abre espaço para a concorrência”, afirma o palestrante, setores, dia 22 de setembro, no auditório SINDIMETAL, no Centro enfatizandoqueinvestimentosem educaçãoepesquisanopaíssão dasIndústrias. os maiores ativos de uma sociedade competitiva. “Precisamos Opalestrante apontou caminhos para que as empresas mudar paradigmas e investir no conhecimento, que é um bem sobrevivam e prosperem em meio ao mercado global. Aderir à intransferível”, dizMüller. inovação tecnológica e também unir forças com o concorrente Na ocasião, também apresentou particularidades foram algumas orientações pontuadas pelo empresário. Segundo referentes à evolução da avicultura brasileira. “O grande segredo Heitor Müller “manter os talentos na empresa; ser honesto com os que nos impulsionou em direção à exportação e consolidou a colaboradores e investir numa relação onde todos ganhem”, têm avicultura no país foi a ideia arrojada, que tivemos há doze anos sido uma receita que procura seguir. Com uma trajetória marcada atrás, denos unirmos em prol da mesma causa. 'Caçar em bando e pelo empreendedorismo, Müller afirma que uma característica nosdefender em bando' foi uma estratégia quedeu certo. Por esta e sempre o acompanha: a paixão pelo que faz. “Trabalhar com outras razões, defendo sempre o associativismo. Quem está paixão, com vontade de acertar, além de possuir uma boa base vinculado a uma entidade sindical adquire mais força para enfren- familiar fizeram adiferençanaminhavida”, destaca. tar asturbulências”, conclui Müller. Outro aspecto enfatizado pelo palestrante foi o uso da HEITOR MÜLLER FALA NO SINDIMETAL SOBRE VISÃO INOVADORA NA GESTÃO EMPRESARIAL H eitor Müller éum dos sócios fundadores da FRANGOSUL S.A. – AgroAvícolaIndustrial, atual DOUX-FRANGOSUL; daAGROGEN S.A. - Agroindustrial; atuando na NOVAGRO GRANJA AVÍCOLA S.A., com sede em Montenegro, onde também é sócio fundador, bem comodaDELTAPARINVESTIMENTOSS.A., empresafundadaem 2002, e que detém o controle da FUNDIMISA – FUNDIÇÃO E USINAGEM LTDA., com sedeem SantoÂngelo. Empreendedor por natureza, Heitor Müller é vice–presidente da Associação Brasileira dos Exportadores de Frangos (ABEF); presidente da Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV); fundador e presidente do Sindicato das Indústria de Produtos Avícolas do Estado do Rio Grande do Sul (SIPARGS), já tendo atuado como presidente da União Brasileira de Avicultura(UBA), maior entidadevoltadaaaviculturabrasileira. Heitor Müller
  • 4. As empresas Enipelli Couros e Metalúrgica Ltda. – Facas Riograndense e Feitosa e Feitosa Ltda., ambas de São Leopoldo, passaram a integrar o grupo das associadas do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico e Eletrônico de São Leopoldo. Bem-vindas ao SINDIMETAL! Atualize o cadastro e o e-mail da sua empresa, no site www.sindimetalrs.org.br ou através do e-mail relacionamento@sindimetalrs.org.br 14, 15 e 22 - Curso PCP 06 e 07, 13 e 14 - Curso Ferramentas da Qualidade 18, 19, 20 e 21 - Curso Setup 18 a 22 - Curso Cipa 19 a 22 - Exposição à Feira Mercopar – Caxias do Sul 21 - Missão à Feira Mercopar – Caxias do Sul 08 a 12 - SIPAT Comunitária Montenegro 22 a 26 - Curso Cipa 22, 23/ 11 e 1º e 02/ 12 - Curso PCP 24, 25, 29, 30/ 11 e 1º/ 12 - Curso Técnicas de Vendas 24 – Inauguração da Unidade Regional da ABIFA Período a definir - Curso de Otimização de Usinagem com Foco nos Custos 03 - Confraternização dos Associados OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 25 - V Encontro de Negócios Vale do Caí Confira a agenda e participe dos eventos do SINDIMETAL. Mais detalhes através do portal www.sindimetalrs.org.br Agenda SINDIMETAL OUTUBRO/NOVEMBRO/DESEMBRO NOVASASSOCIADAS Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos04 INVESTINDONACAPACITAÇÃO A TPM CIPA EFICIÊNCIAENERGÉTICANAÁREATÉRMICA NR10RECICLAGEM s empresas associadas e filiadas ao SINDIMETAL possuem térmica ocorrerá no período de 25 a 29 de outubro e nos dias 1º, 03, mensalmente opções de cursos e capacitações, que objetivam 04, 05 e08 denovembro. reciclar eatualizar osprofissionaisnosmaisdiversosassuntos. – Em parceria com o SEBRAE e o SENAI, ocorreu no Os cursos são efetivados mediante a adesão mínima de 20 SINDIMETAL, nos dias 30 e 31 de agosto, 1º, 02 e 03 de setembro, o pessoas. cursoManutençãoProdutivaTotal - TPM, somando21 horas/ aula. – No período de 27 de setembro a 1º de outubro, teve lugar, no Os participantes receberam orientações sobre Manutenção Centro das Indústrias, o curso de CIPA, numa promoção do de Rotina, Corretiva, Preventiva e Preditiva; Benefícios da Manutenção SINDIMETAL e do SESI. A atividade, com um total de 20 horas/ aula, Produtiva; Elaboração e Verificação das Folhas de Rotina; Localização oportunizou aos participantes a revisão de conceitos e normas de Defeitos e Pequenos Reparos; Eliminação de Desperdícios; obrigatórias para a segurança no local de trabalho, além da prevenção Implantação e Execução das Rotinas Oficiais e Execução de deacidentes. ManutençãoEspontâneaeTrabalhosCompartilhados, entreoutros. - Nos dias 30 e 31 de - Foi realizado, em parceria com o SENAI, no dia agosto, 1º, 02,03, 08, 09, 10, 13 e 14 de setembro, das 18h às 22h, 20 de agosto, o curso NR 10 Reciclagem. Entre os assuntos em pauta, no Centro das Indústrias, numa iniciativa do SINDIMETAL, FIERGS - foram abordadososRiscosem InstalaçõeseServiçoscom Eletricidade; SENAI, Petrobras, CTGAS-ER e SulGás teve lugar o curso Eficiência Técnicas de Análise de Risco; Medidas de Controle de Risco Elétrico; energéticanaáreatérmica. Regulamentação do MTE; Documentação de Instalações Elétricas e Este programa proporcionou desenvolver os princípios RiscosAdicionais. fundamentais das metodologias de gestão de diagnóstico energético e Para os interessados em participar de uma próxima edição sua implementação, visando à eficiência energética em processos e do NR 10 Reciclagem, o pré-requisito é o Ensino Fundamental sistemas produtivos. Ocurso, totalizando 40 horas de aulas práticas e Incompleto e já ter cursado, com aprovação, o Curso Básico em teóricas, foi programado com base nos fundamentos de engenharia, Segurançaem InstalaçõeseServiçoscom Eletricidade. economia e administração, com destaque para as técnicas de engenhariadaqualidade. A próxima edição do curso deEficiência energética na área De volt a aos anos 70 s associados do SINDIMETAL estão convidados a participar da confraternização de final de ano, que ocorrerá no dia 03 de Odezembro, sexta-feira, às 20h, no Centro das Indústrias, rua José Bonifácio, nº 204, Centro, em SãoLeopoldo. A festa “De volta aos anos 70” será uma oportunidade para relembrar este período de mudanças e inovações, que incluiu o surgimento do movimento em defesa do meio ambiente e a revolução comportamental em relaçãoàdécadaanterior. Participem! PlanejandoNovidadespara2011 final do ano está chegando e já é o momento de planejarmos algumas ações para 2011. Pensando em atender sempre melhor Oas empresas, o SINDIMETAL estará encaminhando, em breve, uma pesquisa onde poderão ser apontadas as capacitações, que serão bem-vindasem 2011. Participe da pesquisa. Desejamos construir esta agenda junto com osassociadosdoSINDIMETAL. SAPIRANGA - O Ponto de Atendimento SEBRAE, em parceria com o SINDIMETAL, CDL e Abicalçados está localizado na rua João Corrêa, nº 1260, sala 17, no Centro. Inscrições através do telefone (51) 3599-1076. 18 e 19 de outubro - Oficina: Entendendo o Planejamento Estratégico 25 e 26 de outubro - Oficina: Elaborando um Plano de Negócios 29 de novembro - Oficina: Logística Comercial: Boas Práticas em Vendas SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ - O Ponto de Atendimento SEBRAE, em parceria com o SINDIMETAL, CDL, ACIS e apoio da Prefeitura está localizado na rua Esperanto, nº 20, bairro Quilombo. Inscrições através do telefone (51) 3635-1745. 26 de outubro: Oficina: Administrando o Fluxo de Caixa 03 e 04 de novembro - Oficina: Entendendo o Planejamento Estratégico 8 a 12 de novembro: Curso Gestão da Qualidade: D' Olho na Qualidade 22 a 26 de novembro: Curso Gestão da Inovação AGENDADOSPONTOSDEATENDIMENTO BASESAVANÇADAS
  • 5. “Você sabia que o chiclete leva 5 anos para ser absorvido pela natureza?”Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos 05 orientações para os integrantes doFórum de Desenvolvimento de Lideranças, que está sob a grupo. A palestra realizada nocoordenação de Sofia Copé Heller Michel, objetiva Centro das Indústrias, sobreestimular o espírito de liderança e a troca de experiênciasO Liderança X Poder foi apresentadaentre os participantes, que já estão atuando nas empresas com foco no livro “O verdadeiroassociadas do SINDIMETAL. As atividades têm contribuído para poder”, deVicenteFalconi.fortalecer o grupo e ampliar o conhecimento em diversas áreas Segundo Parreira, diretor do SINDIMETAL, entre osfundamentaisparaaboagestão. fatores fundamentais para a obtenção deresultados, a liderançaUma destas iniciativas foi a Oficina de Comunicação e éoquehádemaisimportantenumaorganização. “Sem elanadaOratória, queocorreu nosdias24 e25 desetembro, noCentrodas acontece, por esta razão, uma pessoa deve ser constantementeIndústrias, contou com a presença da instrutora Débora Da Col. desafiada a buscar novos conhecimentos”. E alertou: “a agendaJornalista há 17 anos, com experiência em assessorias de do líder é fácil de listar, mas nem sempre fácil de implementar,comunicação, integrando jornalismo, publicidade e relações levatempo. Por isto, aliderançadeveser cultivada”.públicas, Débora é pós-graduada em Educação e Outra constatação: “todas as pessoas bem sucedidasDesenvolvimento, pela Universidade de Brasília e em Marketing, amam oquefazem. Nósnãotrabalhamossomentepelodinheiropela FGV. Professora e palestrante, ela também atua como que recebemos. Promova o sonho e inspire as pessoas. Sonharconsultoraparaprojetosespeciais. grande dá o mesmo trabalho que sonhar pequeno”, concluiOs participantes desta oficina tiveram oportunidade de Parreira.ampliar os seus conhecimentos sobre comunicação não-verbal, Segundo a coor denador a do Fór um deincluindo a importância do gestual, da voz e das expressões no Desenvolvimentoeranças, ”o palestrante relatou aspectosdiscurso; voz e interpretação: trabalhando ritmo, tom e volume; fundamentais para a atuação nas empresas, focando quecomo controlar o medo de falar em público, além de orientações liderança significa alcançar metas com o time e fazendo certo”,paraplanejar eexecutar apresentaçõesdesucesso. destacaSofia. Aofinal dapalestra, osintegrantesdogrupoforamOutra promoção do Fórum de Desenvolvimento de presenteados pelo SINDIMETAL, com um exemplar do livroLideranças ocorreu no dia 27 de setembro, ocasião em que a analisado.experiência profissional do diretor Executivo da Gerdau Sul, Fernando José Dutra Parreira contribuiu com mais subsídios e PromoveaOficinaComunicaçãoeOratória otivados a conhecer mais de perto a estrutura de Trabalho, além de cursos de qualificação, de iniciação e de diferentes centros de educação profissional, o Fórum aperfeiçoamentoprofissionais. Mde Diretores Industriais esteve realizando algumas No dia 09 de setembro, os diretores industriais, que visitastécnicas. Aprimeiraocorreu nodia11 deagosto, noCentro integram o grupo setorial do SINDIMETAL, realizaram uma visita Tecnológico de Mecânica de Precisão - SENAI - CETEMP, um técnica ao Centro Tecnológico de Polímeros SENAI - CETEPO, complexo educacional e tecnológico localizado às margens da reconhecido pelo INMETROpara ensaio em polímeros, com base rodovia BR 116, em São Leopoldo. Inaugurado em 1983, o na norma NBR ISO/IEC 17025: 2005. Localizado em São mesmo évoltado à capacitação derecursos humanos eprestação Leopoldo, o CETEPO conta com instalações e profissionais de serviços às empresas da região, atendendo ao segmento especializados para proporcionar à indústria brasileira de industrial, nasáreasdemetalmecânica, siderurgia, petroquímica, elastômeros todo o suporte necessário ao seu desenvolvimento. celulose e eletroeletrônica, através de cursos de educação Assessorias, pesquisas, cursos, informações tecnológicas, profissional, além deassessoriatécnicaetecnológica, informação projetos e ensaios na área de elastômeros são alguns dos serviços tecnológica, pesquisaaplicadaeserviçoslaboratoriais. prestadospeloCETEPO. O CETEMP possui área construída de 9.000m², com Conforme a agenda do Fórum de Diretores Industriais, sob laboratórios, oficinas, salas de aula e setores de apoio, a coordenação de Arno Tomasini, a próxima visita técnica será possibilitando o desenvolvimento dos cursos técnicos de realizada no mês de outubro, no Centro de Educação Profissional Mecânica de Precisão, Instrumentação Industrial e Segurança do SENAI LindolfoCollor, com sedeem SãoLeopoldo. Débora Da Col DLDL Desenvolvimento de Lideranças DIDI Diretores Industriais Grupovisitacentrosde educação profissional
  • 6. Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos06 Apresentando grupo setorial MetalValley, las, independente de já estarem ou não em andamento e contam também com a coordenado pelo empresário Darlan exportando. Visa, também, discutir e especialista em Negócios Internacionais, OGeremia, objetiva capacitar as encaminhar projetos em direção às futuras Mônica Büchel, queestá atuando, junto ao empresas para os processos da exportação iniciativas, voltadasaomercadoexterno. MetalValley, como Consultora em e importação com o propósito de qualificá- Conheça algumas ações que estão Exportação. ProjetoPresençaDigital urante o mês de julho, a empresa Sirius Prime, responsável pelo desenvolvimento do Portal MetalValley, coletou Dinformações básicas de todas as empresas participantes do projeto, com o objetivo de planejar a estrutura do site. No dia 09 de agosto, ocorreu a reunião do grupo para apresentação e aprovação da estrutura e do projeto gráfico do novo portal. Na ocasião, foram sanadasdúvidaseapresentadassugestões. Atualmente, estão sendo solicitadas às empresas as informações definitivas, que constarão do site e que serão traduzidas para o Inglês e o Espanhol, pela consultora Mônica Büchel. Olançamentodoportal estáprevistoparaofinal deoutubro. ConsultoriaemComércioExterior urante os meses de julho e agosto, a consultora Mônica Büchel visitou as 15 empresas do Grupo Metalvalley, que Destão participando do Projeto Presença Digital. O objetivo das visitas foi conhecer de perto as empresas, seus produtos e serviços, avaliando o estágio em que se encontram em relação à inserçãonomercadointernacional, incluindoestrutura, açõesque estão desenvolvendo, expectativas, etc. Com base nestas informações, serão planejadas e sugeridas ações de promoção comercial paraasempresasenvolvidas. A consultoria também está prestando suporte, às empresas interessadas em questões relacionadas a cadastros, como por exemplo, o Mapeamento da Cadeia Produtiva do RS, iniciativa da FIERGS; cadastro no Catálogo Navipeças, da ONIP (Organização Nacional da Indústria do Petróleo), além do atendimento visando fornecer paraaáreadeÓleoeGás, entreoutros. Empresas interessadas em obter mais informações sobre o grupo MetalValley e a agenda de reuniões poderão contatar com Paulo, do SINDIMETAL, através do fone (51)3590-7710 ou pelo e-mail desenvolvimento1@sindimetalrs.org.br. Fortalecealgumasações Ogrupo setorial de Recursos trabalho, que envolvam os colaboradores e RH está sob a responsabilidade de Heloísa Humanos do SINDIMETAL visa a empresa. Voltado aos assuntos de Gaelzer Müller, daRexnord CorrentesLtda. apoiar e integrar os profissionais da interesse da equipe e das empresas que Acompanhe algumas atividades do área de RH, nas questões relacionadas ao representa, a coordenação do Comitê de grupodeRH em andamento. MódulodeRelaçõesdeTrabalho Realizado no dia 30 de setembro, o Módulo de Relações do Trabalho contou com a presença dos executivos de Recursos Humanos e empresários vinculados a entidade. Com a finalidade de discutir os assuntos em andamento no cenário brasileiro, a iniciativa teve a parceria da CNI, IEL e do SINDIMETAL. PlanejamentoEstratégico OPlanejamento Estratégico do Grupo de RH está em pleno andamento e prevê para 2011 um evento para discutir a gestão de pessoas e de processos em Recursos Humanos, o “Meeting em RH”. A atividade deverá oportunizar a participação em palestras, seminários, oficinas e cases, e deverá contar com a presençadeentidadesparceiras, além deuniversidades. MetalValleyBrazillian Metal MechanicExport Group Recursos HumanosRHRH resultados Módulo Relações do Trabalho SitedoMetalValley
  • 7. “Você sabia que uma pilha pequena pode contaminar 20.000 litros de água?” - Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos 07 Participantes investindo na qualificação profissional MAIORÁREACOMERCIALNAMERCOPAR EMCAXIASDOSULSERÁDOSINDIMETAL município de Montenegro será sede do V Encontro de Negócios Vale do Caí, que ocorrerá no dia 25 de Onovembro, no Clube Riograndense, no horário das 14h às 19h. O evento promovido pelo SINDIMETAL, contará com a parceriadoSebrae, ACI - MontenegroeSicredi. NaRodadadeNegócios, osencontrosentreasempresas compradoras e as vendedoras, com agendas previamente organizadas de no máximo 20 minutos, contribuem para que sejam negociadosprodutoseserviços, além deestabelecer novas parcerias, envolvendo interesses recíprocos. “Produzir reuniões de negócios entre contratantes, as grandes empresas, e subcontratadas, micros e pequenas empresas, através de encontros empresariais previamente agendados, facilita o canal de comunicação e impulsiona o desenvolvimento desta prática no meio empresarial”, afirma o diretor Executivo do SINDIMETAL, Valmir Pizzutti. Está prevista a participação de 15 empresas compradoras. As inscrições para as empresas vendedoras encerram no dia 09 de novembro e devem ser realizadas através dositedoSebraewww.sebrae-rs.com.br/rodadasdenegocios RODADADENEGOCIOSVALEDOCAI OCORRERÁNOMÊSDENOVEMBRO Sistema FIERGS CIERGS SESI SENAI IEL UNIDADE DO steespaçodisponibilizaorientaçõeseinformaçõessobreos serviços oferecidos pelo SESI, SENAI e Instituto Euvaldo ELodi (IEL-RS), quecompõem o“SistemaS”. O atendimento em São Leopoldo ocorre de segunda a sexta-feira, no Centro das Indústrias, na Rua José Bonifácio, 204, sala 08, das 8h30min às 17h30min. Maiores informações poderão ser obtidas com Jefferson Braga, técnico administrativo do Sistema FIERGS, pelos telefones 3589-6712 e9147-4864 ou atravésdoe-mail atendimento@fiergs.org.br FIERGS disponibiliza informação e treinamento em comércio exterior Agenda de Cursos do CIN-RS 10 de novembro - Quanto custa Importar 17 de novembro – Exportação de Serviços 23 de novembro – Classificação Fiscal de Mercadorias e Multas por Enquadramento Incorreto Apresenta uma visão prática sob os custos diretos nas importações brasileiras. Visa apresentar os aspectos tributários de importação, utilizando exercícios práticos para fixação. Horário: das 9 às 18 horas Local: FIERGS - Av. Assis Brasil, 8787 - Porto Alegre/RS Esse novo módulo tem o objetivo de facilitar a compreensão das fases do processo de exportação de serviços. Ao final, o empresário será capaz de operacionalizar com maior segurança as vendas de serviços para o exterior. Horário: das 9h às 18h Local: FIERGS - Av. Assis Brasil, 8787 - Porto Alegre/RS Propiciar aos participantes uma visão geral dos conceitos, das regras básicas e da metodologia aplicada na classificação fiscal dos produtos. Horário: das 9h às 18h Local: Centro Tecnológico do Calçado Senai Avenida Pedro Adams Filho, 6338 - Novo Hamburgo/RS Centro de Negócios Internacionais da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) trabalha para Oinserir as empresas gaúchas no mercado global. As ações ocorrem através de promoção comercial, cooperação com outros países e entidades, projetos de internacionalização, capacitação e inteligênciacompetitiva. Ciente de que o cenário mundial globalizado requer das empresas um processo contínuo e crescente de aquisição de informações, o Centro de Negócios Internacionais (CIN-RS) também disponibilizaconhecimentoatualizadodoquesepassano mundo em relação aos negócios. O CIN-RS dispõe de acesso a bancos de dados de organizações privadas e governamentais voltados para o comércio internacional e disponibiliza um serviço de Inteligência Comercial que foca num interesse específico da empresa. Informações pelo telefone (51) 3347-8675 ou e-mail cin@fiergs.org.br. 19ª edição da Feira de Subcontratação e Inovação Industrial (Mercopar) ocorrerá, de 19 a 22 de outubro, das 14h às 21h, no Centro de Feiras e Eventos Festa da Uva,Aem Caxias do Sul. O SINDIMETAL, com apoio do Sebrae, estará presentenumaáreatotal deexposiçãode396m² , distribuídaem quatro ilhas, sendo que 18 empresas participarão do estande coletivo, com 198 m², e 12 empresas em estandes individuais, em três ilhas distintas, de 78m², 72m² e 48m². Estes espaços ocupados pelas empresas, ligadas ao SINDIMETAL, representam em conjuntoamaior áreacomercial naMercopar. A pujança da região poderá ser conferida de perto nesta feira, que anualmente oportuniza negócios e novos contatos profissionais. No dia 21 de outubro, está prevista uma missão empresarial à Mercopar, onde os associados e filiados à entidade poderãoparticipar também deumavisitatécnica. Estarãoparticipandodoestandede198m² asseguintes empresas: ALU-CEKIndústriaeComércioLtda., BMDBorrachas, BWR Ferramentas Pneumáticas Ltda., Energizar Montagem e Instalações Ltda., ENIPELLE Couros e Metalúrgica, Ernesto Müller & Cia. Ltda., Exettech SoluçõesIndustriaisLtda., Indústria deEquipamentosJacui, Ingabor BorrachasLtda., Manufaturados de Metais Ouro Branco Ltda., Metalúrgica Jonevale Ltda., Multitec Service Automação Industrial Ltda., Rodatec - Técnica em Transportes, Sanlarte Ltda., São Carlos Ar Condicionado, Tavelli Industrial Metalúrgica Ltda., TEC- BOR Borrachas Ltda., Traterm –CentrodeTratamentoTérmicoLtda. Nosdemaisestandes, estarãoàsempresas: Artestampo Indústria Metalúrgica Ltda., Belton Pneumática Ltda., CRK Automação Industrial Ltda., Indústria de Ferramentas Ifla Ltda., Paesi Metalúrgica Ltda., RD-Flex do Brasil Acoplamentos Ltda., R i j e z a I n d ú s t r i a Metalúrgica Ltda., Sebras Indústria e Comércio Lt d a. , Tec n of u n d i FundiçãodeMetaisLtda., Tecnoindustrial Industrial e C o m é r c i o d e Equipamentos Ltda., Viva Cor Comercial Ltda. e Wietti MetalúrgicaLtda. Fonte: UNICOM/ FIERGS Projeto do estande coletivo
  • 8. Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos08 Através da chamada pública nº 02/ 2010, o Sebrae abriu espaço para as entidades participarem, por meio de já est parceria,daRededeAtendimentoaoEmpreendedor. do S Oobjetivodestaaçãoéestimular osurgimentodenovos empreendimentos,aampliaçãoeadiversificaçãodenegócios muni ENTIDADESUNEMFORÇASEAMPLIAMOATE om a meta de ampliar o atendimento e expandir o acesso dos serviços às empresas associadas e filiadas, o SINDIMETAL inaugurou no dia 15 de setembro, a primeira base avançada daCentidade, no município de Sapiranga, junto à sede da Câmara de DirigentesLojistas(CDL),localizadanaruaJoãoCorrêa,nº 1260,sala17. A partir de uma estrutura física adequada às diversas atividades previstas,a iniciativa em Sapiranga conta também com a participaçãoda CDLedaAssociaçãoBrasileiradasIndústriasdeCalçados(Abicalçados). A ação inovadora e marcante para o desenvolvimento econômico da região irá atender igualmente os municípios localizados nas proximidades de Sapiranga, aproximando os empresários da região e oportunizandooacessoaosserviçoseinformações. “Como entidade, o SINDIMETAL tem sido incansável na busca e efetiva realização de ações, que tragam aos empresários subsídios para facilitar a caminhada, neste universo que muda cada vez mais rápido. A inauguração da primeira base avançada do sindicato, num município da suabaseterritorial,consolidaestaideia”,afirmaRaulHeller,presidentedo SINDIMETAL. Para opresidenteda Câmara deDirigentes Lojistas deSapiranga, Fabrício Werb o momento é de comemoração. “Desejamos divulgar e promover ocrescimentodaregião,através dos serviços ebenefícios,que serãooferecidosaosempresárioseacomunidadeemgeral”,enfatiza. Segundo o diretor Executivo da Abicalçados, Heitor Klein, “consolidar o segmento e investir na capacitação profissional são metas daentidade,queestáhonradaemintegrar estepontodeatendimento”. A inauguração da nova unidade de atendimento do Sebrae,busca intensificar as ações de fomento às micro e pequenas empresas da região.“Desejamosdar um impulsonosetor docomércio,comojádemos naindústriaenoagronegócio,emarcar presençaondeestãoprecisando dos serviços oferecidos pela Sebrae”, afirma o diretor-superintendente MarcelodeCarvalhoLopes.Entreasmetasestãoamelhoriadaqualidade edaprodutividade;ainovaçãoearenovaçãodeconceitos paraaumentar acompetitividade. Em seu pronunciamento, o prefeito municipal de Sapiranga, Nelson Spolaor, finalizou agradecendo as parcerias. “As entidades que compartilhamdestaunidade,certamenteestãopensandonoprogressoe nodesenvolvimentodaregião.Desejamosqueainiciativapossacontribuir para o fortalecimento cada vez maior da nossa economia”, destaca o prefeito. Após o desenlace da fita inaugural, todos os presentes conheceramasnovasinstalaçõesdoPontodeAtendimento. INAUGURADABASEAVANÇADADOSINDIMETALEMSAPIRANGA NOVOHAM SA CAMPOB SÃOLEOPOLDO ESTEIO SAPUCAIADOSUL DOIS IRMÃOS MORROREU ESTÂNCIA VELHA BARÃO BROCHIER MONTENEGRO CAPELADESANTANA TUPANDI POÇODASANTAS SALVADORDOSUL PARECI NOVO MARATÁ HARMONIA SÃOPEDRODASERRA ALTOFELIZ FELIZ BOM PRINCÍPIO PORTÃO PICADACAFÉ IVOTI LINDOLFO COLLOR LINHA NOVA PRESIDENTE LUCENASÃOJOSÉ DOHORTÊNCIO SÃOSEBASTIÃO DOCAÍ VALEREAL Presidente Raul Heller Spolaor, Heller, Klein, Lopes e Werb Público no ponto de atendimento em São Sebastião do Caí
  • 9. Espaço Sindimetal * Nº 24 * Programas & Projetos 09 SINDIMETALinaugurou,nodia07 deoutubro, empresários, levando conhecimento e soluções a sua segunda unidade do Projeto Base através do Sebrae, aproximando ainda mais o Avançada, que funciona como ponto de SINDIMETALdasuabaseterritorialcompostapor 35Oatendimentodas entidades parceiras.Amesmaestá municípios”,declaraRaulHeller. localizada junto a Câmara de Dirigentes Lojistas Odiretor-superintendentedoSebrae,Marcelo (CDL), na rua Esperanto, nº 20, no bairro Quilombo, Lopes,destacaque"estaaçãonospermiteaumentar em São Sebastião do Caí, e irá atender também os a capilaridade da Instituição no Estado. Atuando em municípios próximos a esta sede.Ainiciativa possui a parcerias, em vez de instalarmos uma estrutura participação do Sebrae, da Câmara de Dirigentes própriaem cadamunicípio,contamoscom aforçaeo Lojistas(CDL)edaAssociaçãoComercial,Industriale apoio de várias entidades e podemos canalizar de Serviços do município (ACIS),além de contar com nossos recursos para odesenvolvimentodeprojetos o apoiodaPrefeituraMunicipal. eaçõesembenefíciodosempreendedoresgaúchos". Segundo a presidente da CDL, Silvane de Os parceiros são responsáveis por oferecer a Mello, o maior desafio é contribuir para o estrutura física adequada em cada cidade, incluindo desenvolvimento da região. ”Fazer melhor; ser móveis e equipamentos necessários para o eficiente e atuar com dedicação numa economia desenvolvimento do trabalho. Já o Sebrae fica dignadomercado”,afirma.ParaopresidentedaACIS encarregadodaestruturaçãodoserviço,oferecendo “qualificar o trabalho e despertar nos profissionais o metodologias,soluções eacessoaos sistemas.Cada desejo de ampliar os seus conhecimentos são uma das 11 novas unidades tem a parceria de objetivos que serão implementados a partir deste integrantes de, pelo menos, três entidades pontodeatendimento”,destacaAlexandreOderich. representativas da comunidade local e dos A inovação e o empreendedorismo estão em interessesdasmicroepequenasempresas. alta, exigindo conhecimento, lider ança e Paraoprefeitomunicipal deSãoSebastiãodo desacomodação. Pensando assim é que o Caí, Darci José Lauermann, “neste mundo SINDIMETAL sempre tem caminhado em busca de globalizado, não temos mais espaço para o novas opções, que contemplem e auxiliem as individualismo. Por esta razão, a iniciativa conjunta é empresas. “A inauguração dessa base avançada do bem-vinda e contribui para ampliar as possibilidades sindicato, somada a já existente em Sapiranga, deempregos,alémdequalificar omercado”,conclui. consolidaestaideiaefortaleceovínculo,ampliandoo Após aassinaturadoTermodeCompromisso diálogo, tão necessário, no meio empresarial”, da Rede de Atendimento ao Empreendedor entre o argumentaopresidentedoSINDIMETAL.“Desejamos Sebrae e as entidades parceiras, as autoridades prestar esclarecimentos e orientações aos conheceramasinstalaçõesdanovaunidade. SINDIMETALPRESENTETAMBÉMEMSÃOSEBASTIÃODOCAÍ Sebrae abriu a chamada pública nº 04/ preenchimentodasvagasdisponíveispor regional. O SINDIMETAL já está analisando a2010,paraselecionar propostasvisando possibilidade de inaugurar a terceira base avançadaOà criação de outros 39 novos pontos de da entidade,em parceria com oSebrae,desta veznoatendimento no Rio Grande do Sul. "A ideia é termos municípiodeMontenegro.uma Rede de Atendimento ao Empreendedor com Mais informações sobre a nova chamada50 pontos no Estado", ressalta o superintendente pública podem ser obtidas pelo 0800.570.0800 ouMarcelo Lopes. Não existe prazo para as inscrições, atravésdositewww.sebrae-rs.com.brque soment e ser ão encer r adas com o ABERTANOVACHAMADAPÚBLICA io de já estabelecidos,além de prestar esclarecimentos e orientações aos empresários,levando conhecimento esoluções através do Sebrae e das demais entidades envolvidas. Até o momento, o SINDIMETAL já inaugurou duas bases avançadas nos ócios municípiosdeSapirangaeSãoSebastiãodoCaí,estandoprevistaumanovaparcerianomunicípiodeMontenegro. MOATENDIMENTOÀSEMPRESASDAREGIÃO NOVOHAMBURGO ARARICÁ NOVAHARTZ SAPIRANGA CAMPOBOM SÃOLEOPOLDO TEIO SAPUCAIADOSUL SANTAMARIA DOHERVAL DOIS IRMÃOS MORROREUTER ÂNCIA LHA PICADACAFÉ IVOTI LFO R HA VA PRESIDENTE LUCENA Werb o Sebastião do Caí
  • 10. Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projetos10 SINDIMETALPARTICIPOUCOMESTANDECOLETIVO 7ª edição da Feira e Congresso Internacional de Tecnologia Metais Ltda., Profunde Indústria e Comércio de Fundição Alumínio para Fundição, Forjaria, Alumínio e Serviços ocorreu no Ltda., Proinje Indústria e Comércio de Injeção em Alumínio Ltda. e Aperíodo de 14 a 17 de setembro. O SINDIMETAL, que MetaisRuch Ltda. participa desde 2006, da Feira Metalurgia, em Joinville, Santa A feira Metalurgia está consolidada como o segundo mais Catarina, este ano prestigiou o evento comparecendo com 12 importante evento da indústria de fundição do Brasil, reunindo empresas da região. Oestande coletivo, com 130 m² de área, onde expositores nos segmentos de fundição, siderurgia, forjaria, alumínio, os participantes expuseram os seus produtos e serviços, foi bem serviços, educação entre outros. Segundo os organizadores, a visitado durante a feira. “A região é estratégica para os nossos participação de 450 expositores em 283 estandes, vindos de associados e oportunizou bons contatos e possibilidades de diferentespaíses, edistribuídosnumaáreade20 mil m², contou com a negócios”, avaliou Paulo Ziegler, secretário executivo do presença de23 mil visitanteseuma estimativa denegóciosdeR$ 450 SINDIMETAL, que esteve acompanhando o grupo. Além da milhões, em atéseismesespós-feira. exposição, ocorreu nos dias 16 e 17 de setembro, com o apoio do O estande coletivo do SINDIMETAL contou com a participação Sebrae, uma missão empresarial e uma visita técnica à WEG das seguintes empresas: Alumínios Almin Ltda., Belton Pneumáticca Fundição, dirigida aos empresários, que prestigiaram também a Ltda., Borrachas Urano Ltda., Ernesto Müller & Cia. Ltda., Indústria feira e tiveram contato mais direto com novos fornecedores. As Metalúrgica Lorscheitter Ltda., Ingabor Borrachas Ltda., Metalurgica empresasqueparticiparam damissão: MetaisKonrath Ltda., Tavelli Gerling Ltda., Paesi Metalúrgica Ltda., Rijeza Indústria Metalúrgica Indústria Metalúrgica Ltda., Metalúrgica Daniel Ltda., Controlzinco Ltda., Schmidt Indústria e Comércio de Moldes Ltda., Tavelli Indústria Reciclagem de Metais Ltda., Fourmaq Metalúrgica Ltda., CBM Metalúrgica Ltda. e Tecnoindustrial Industrial e Comércio de Indústria Química Ltda., FAMEC Metalúrgica e Estamparia de EquipamentosLtda. MISSÃO EMPRESARIAL FEIRARIOOIL& GÁS-RIODEJANEIRO missão empresarial à feira Rio Oil & Gás, promovida pelo SINDIMETAL, em conjunto com o Sebrae, ocorreu nos dias 14 e 15 de setembro. As empresas participantes foram RD-AFlex Acoplamentos Ltda., Talent Desenvolvimento Empresarial Ltda., Metais Konrath Ltda., Viva Cor Tintas Ltda. e Frenzel Indústria de Borracha e Plásticos Ltda. Além da missão, os empresários realizaram uma visita técnica à empresa IMBEL - Fábrica de Material de Comunicações e Eletrônica, no Rio de Janeiro. O SINDIMETAL também esteve bem representado, através Durante a feira, a Petrobras detalhou seus planos de construção de das empresas associadas Coester Automação S.A., Ferramentas novas refinarias, já que as que existentes não têm mais como serem Gedore do Brasil S.A., Higra Industrial Ltda., Indústria de Peças expandidas. O Brasil é autosuficiente em petróleo, mas não em Inpel Ltda., Rijeza Indústria Metalúrgica Ltda. e Valdir Geremia derivados. No primeiro semestre, teve que importar gasolina, em Indústria e Comércio Ltda. - Valge, além da filiada Loewe virtude da queda no consumo de etanol, que subiu de preço. As cifras Equipamentos, quemarcaram presençanafeiraRioOil & Gás, onde dos investimentos no País, nos próximos anos, são bilionárias, sendo tiveram oportunidade de expor os seus produtos e serviços, que 70% deve ser para a indústria nacional, segundo o diretor de viabilizando negócios e estabelecendo parcerias com grandes AbastecimentodaPetrobras, PauloRobertoCosta. indústriasdacadeiaprodutivadopetróleo, gáseenergia. A dinâmica de crescimento para a próxima década irá provocar Principal evento de Petróleo e Gás da América Latina, a Rio uma explosão na demanda por energia. Ocrescimento de 7% do PIB, Oil & Gás Expo and Conference é realizada a cada dois anos no que é o mínimo esperado para 2010, significa uma expansão de 12% Centro de Convenções do Riocentro, no Rio de Janeiro. nomercadodederivadosdepetróleo. Participantes da missão
  • 11. Passado um ano da publicação do Decreto 6957/2009, que somente serão consideradas para o processamento do FAP do ano seguinte. introduziu critérios de aplicação, acompanhamento e avaliação do Fator Assim, ocorrendo problemas de informações e cadastro que impossibilitem o Acidentário de Prevenção (FAP), ainda são constantes muitas críticas e cálculo do FAPpara uma empresa, ovalor FAPatribuído será igual a 1,0000. discussões acerca de sua metodologia, entre os mais diversos ramos da Se no processamento anual seguinte do FAP for averiguado problema que economiaeaPrevidênciaSocial. impossibilite, novamente, o calculo do FAP, será atribuído valor igual a O FAP é um instrumento para majoração ou redução da alíquota do 1,5000. Apartir doterceiroprocessamentoconsecutivocom impossibilidade Seguro de Acidentes de Trabalho (SAT), formulado a partir de uma de cálculo do FAP por problemas de informações e cadastro, a empresa terá metodologia que define parâmetros de tarifação individual para cada valor FAP atribuído igual a 2,0000. Ao efetuar as correções, entretanto, no empresa, considerado o seu desempenho (índices de frequência, de anoseguinteàcorreçãooFAPserácalculadonormalmente. gravidade e de custo) nos indicadores relativos à prevenção de acidentes e Senão bastassem as alterações já mencionadas, em 23 desetembro doenças do trabalho, com relação às demais empresas integrantes da sua de 2010, foram promovidas novas alterações no FAP por intermédio da categoria econômica (CNAE). Com o FAP, as empresas com mais acidentes e Portaria MPS/MFn.º 451, expedida pelosMinistrosdeEstadoda Previdência acidentesmaisgravespassarãoacontribuir com um valor maior, enquantoas Social edaFazenda, acrescentandoasseguintesdisposições: empresas com menor acidentalidade terão uma redução no valor da - Foram divulgados os novos índices de frequência, gravidade e custo, por contribuição. atividade econômica, a serem considerados para o cálculo do FAP do ano de Seu cálculo tem periodicidadeanual, tendo por baseosdadosdedois 2010, com vigênciaparaoanode2011. anos imediatamente anteriores ao ano de processamento. Assim, o primeiro - A portaria definiu, ainda, que o Ministério da Previdência Social divulgará processamento do FAP, divulgado em 30 de setembro de 2009, levou em em seu site, no dia 30 de setembro de 2010, o FAP do ano de 2010. conta os dados relativos aos anos de 2007/2008 e teve suas alíquotas Estabeleceu, ainda, que este fator e os seus elementos previdenciários, aplicadas a partir dejaneiro de2010. Já o FAP 2011, a ser divulgado em 30 poderão ser contestados em formulário eletrônico (a ser disponibilizado no de setembro de 2010, terá por base os dados relativos aos anos de site do MPS e da Receita Federal) no período de 1º de novembro de 2010 a 2008/2009 evigênciaapartir de01.01.2011. 30 de novembro de 2010, perante o Departamento de Políticas de Saúde e Ocorre que, no dia 31 de maio de 2010, mediante a aprovação da Segurança Ocupacional, da Secretaria de Políticas de Previdência Social, do Resolução CNPS/MPSnº 1.316, o Conselho Nacional de Previdência Social, MPS. ciente da necessidade de aperfeiçoamento da metodologia, promoveu - Consignou que o resultado do julgamento da contestação será publicado no alterações na sistemática, sendo que algumas dessas mudanças já Diário Oficial da União e o inteiro teor da decisão será divulgado no site da repercutiram na efetiva redução do custo do SAT para muitas empresas, a Previdência Social, com acesso restrito à empresa, cabendo recurso da partir de01.09.2010. decisãonoprazode30 dias. As alterações que já repercutirão a partir de 01.09.2010, são as - Definiu que as empresas que estiverem impedidas de receber FAP inferior a seguintes: 1,0000 por apresentarem casos de morte ou de invalidez permanente (trava - Quando a empresa não apresentar, no período-base de cálculo do FAP, demorteou deinvalidez) poderãoafastar esseimpedimento secomprovarem registro de acidente ou doença do trabalho, benefício acidentário concedido ter realizado investimentos em recursos materiais, humanos e tecnológicos sem CATvinculadaequalquer benefícioprevidenciárioconcedido(B91, B92, em melhoria na segurança do trabalho, com o acompanhamento dos B93 e B94), com data de despacho do benefício no período-base do cálculo, sindicatosdostrabalhadoresedosempregadores. seus índices de frequência, gravidade e custo serão nulos e assim o FAP será - Também, às empresas que estiverem impedidas de receber FAP inferior a igual a0,5000, por definição. 1,0000 por apresentarem Taxa Média deRotatividade(trava derotatividade) - De outro lado, em sendo comprovado a partir de fiscalização de que a acima de 75%, poderão afastar esse impedimento se comprovarem ter empresa não apresentou notificação de acidente ou doença do trabalho, nos observado as normas de Saúde e Segurança do Trabalho em casos de termos do artigo 22 da Lei nº 8213/91, medianteprotocolo deCAT, o FAP da demissõesvoluntáriasou términodaobra. empresa será, por definição, igual a 2,0000, independentemente de - A propósito, as comprovações relativas às “travas” acima, serão feitas quaisquer outroscritérios. mediante formulário eletrônico "Demonstrativo de Investimentos em Assim, caso a empresa se enquadre na possibilidade de redução de Recursos Materiais, Humanos e Tecnológicos em Melhoria na Segurança do alíquota prevista acima, o que deverá ser verificado mediante consulta na Trabalho", entre1º deoutubrode2010 e1º denovembrode2010, edeverão página do Ministério da Previdência Social, deverá utilizar a nova alíquota ser homologadas pelo sindicato dos trabalhadores da categoria até o dia 17 para o pagamento do SAT relativo aos meses de setembro a dezembro de denovembrode2010. 2010. Por outro lado, as empresas que não apresentarem modificação na Em síntese, evidencia-sequeasalteraçõesrealizadasrefletem efetivas alíquota informada, permanecerão pagando, até dezembro de 2010, o melhoras no cálculo do FAP, reduzindo as distorções metodológicas mesmopercentual quejávem sendoaplicadodesdejaneirode2010. existentes. Isso porque, promoveram mecanismos de desestímulo à JánoqueconcerneaoprocessamentodoFAP2010, aincidir apartir subnotificação, aos problemas de enquadramento e à plausibilidade do de janeiro de 2011, serão observadas, entre outros critérios, as novas calculo quando da ocorrência de casos de morte e invalidez permanente nas definições: empresas. - Aprimoramento da regra de empates. Assim, quando ocorrer empate de Todavia, várias outras questões e insubsistências havidas na referida empresas na primeira posição em um rol de qualquer um dos índices metodologia ainda não foram sanadas, e ainda justificam a ilegalidade e (frequência, gravidade e custo), a primeira empresa posicionada inconstitucionalidade do FAP. Tanto é assim que diversas empresas e imediatamente após as posições ocupadas pelas empresas empatadas será entidades sindicais têm promovido ações junto à Justiça Federal objetivando reclassificada para a posição do Nordem no empate, e as demais que a declaração de ilegalidade e inconstitucionalidade do FAP, com a suspensão estiverem em posições posteriores terão suas novas posições recalculadas. dos seus efeitos e devolução das quantias já pagas desde o início da sua Ou seja, aempresacolocadaimediatamenteapósoempateinicial equivalerá, vigência. Considerando que a matéria é recente, as ações ainda não por definição, àposiçãomédianogrupodeempate. apresentaram decisões terminativas. Os entendimentos atuais são - Manutenção para os anos seguintes do desconto de 25% no Malus de controvertidos, sendo que alguns Juízes, inclusive do nosso Estado, já empresas com FAP maior que 1, com exceção de empresas que tenham afastaram a aplicabilidade da metodologia declarando afronta à legislação alguma ocorrência de morte ou invalidez permanente (exceto em acidente de pátria e aos princípios orientadores do direito tributário. Outrossim, nenhum trajeto). resultadoatéentãoobtidoédefinitivo. - Outra novidade decorre do fato de que as alterações de cadastro realizadas pela empresa (inclusive quanto à informação do CNAE da atividade preponderante), ocorridas a partir da data da formação da base de dados, Espaço SINDIMETAL * Nº 24 * Jurídico Trabalhista 11 FAP – ALTERAÇÕES PARA 2010 E PERSPECTIVAS PARA 2011 *Integrante da equipe de profissionais do escritório Garcez Advogados Associados. *Júnior Eduardo Arnecke OAB/RS 67941
  • 12. Espaço SINDIMETAL * N°24 * Jurídico Trabalhista12 Os valores despendidos em benefícios previdenciários mais recorrente dos empregadores: “Mas já pago as contribuições concedidos aos empregados, em face de acidente do trabalho ou sociaiseo SAT/RAT, respeitando asvariações do FAP, emesmo assim doença profissional, agora estão sendo cobrados dos empregadores minha empresa precisa ressarcir o INSS?” Ressaltamos que não é peloINSS, em sededeaçõesregressivas. possível atribuir uma resposta imediata a tal questionamento, sem antesanalisar algumasquestõeslatentes.Inicialmente, esclarecemos que ação regressiva é a modalidade de ação judicial em que a parte acionante busca o Além dessas normas-padrão, incumbe ainda aos ressarcimento de prejuízos causados a ela pelo réu. No caso, o INSS empregadores o recolhimento das contribuições sociais ao INSS, que promove a ação regressiva contra o empregador, com o intuito de asseguram aosempregadosoacessoàredeprotetivaprevidenciáriae reaver os gastos que teve em razão dos benefícios previdenciários custeiam o Sistema Único de Saúde – SUS. Para os casos de concedidosaoempregadoacidentadoou doente. infortúnios (acidentes do trabalho ou doenças profissionais), a empresa ainda contribui com o pagamento mensal do SAT/RAT, cujasA autarquia previdenciária não pode agir regressivamente alíquotas incidem sobre as remunerações pagas ou creditadas aoscontra os empregadores, em face de todos os benefícios empregados, levam em conta os riscos inerentes à atividadeprevidenciários concedidos aos empregados; somente poderá ser profissional e os meios protetivos adotados com vistas à eliminaçãopleiteado o ressarcimento de despesas em face de benefícios ou reduçãodessesriscos.concedidos que decorram de ato imprudente ou negligente do empregador, na relação empregatícia. Citamos, neste sentido, os Todasessasexplicaçõessejustificam na medida em que, caso benefícios instituídos sob os códigos 91 (auxílio-doença por acidente a empresa mesmo tendo contribuído com as obrigações fiscais, do trabalho); 92 (aposentadoria por invalidez por acidente do recolhendo aoscofrespúblicoso quedevido por contribuiçõessociais trabalho); 93 (pensão por morte por acidente do trabalho); 94 e SAT/RAT, mesmo assim não exime de responsabilidade, caso não (auxílio acidentepor acidentedo trabalho); e95 (auxílio suplementar tenharespeitadoasnormas-padrãoantesmencionadas. por acidente do trabalho). Os demais benefícios não poderão ser Imaginamos que uma empresa que esteja quite com o fisco objeto desse tipo de ação (por exemplo, o auxílio-doença previdenciário, mas não adote as medidas mínimas de segurança e previdenciário - código 31- ou a aposentadoria por tempo de higiene do trabalho. Na hipótese de um empregado vir a sofrer contribuição- código42). acidente do trabalho ou adquirir doença profissional, por omissão ou Repisa-se que para ter cabimento a ação regressiva, é ato culposo da empresa, certamente esta não obterá êxito acaso seja necessário que na relação empregatícia o empregado tenha sofrido acionadapeloINSS, em açãoregressiva, quebusqueoressarcimento acidente do trabalho ou adquirido doença profissional, sendo que dos valores alcançados ao empregado por benefício previdenciário e este infortúnio tenha ocorrido em face de culpa do empregador, pela dasdemaisdespesasmédicascorrespondentes. inobservância das normas-padrão de segurança e higiene do Assim, é oportuno retomar a ideia do título inicial: atenção trabalho. Destacamos o artigo 120, da Lei n.º 8.213/91, que é o redobrada na segurança e higiene do ambiente de trabalho, dispositivo legal “cerne” das ações regressivas previdenciárias, e que observando que as normas-padrão são diretrizes mínimas impostas assim dispõe: “Noscasosdenegligênciaquantoàsnormas-padrãode aos empregadores na relação empregatícia. Já as contribuições segurança e higiene do trabalho indicados a proteção individual e sociaiseo SAT/RAT constituem a natureza securitária do Estado para coletiva, a Previdência Social proporá ação regressiva contra os com o empregado, seja pelo acesso ao serviço de saúde pública, seja responsáveis.” por acesso a benefícios previdenciários. Por outro lado, o simples As referidas normas-padrão de segurança e higiene do recolhimento desses tributos não exime as empresas de trabalho são aquelas medidas mínimas, determinadas em lei, que responsabilidade acaso sejam culpadas, no que respeita as asseguram a saúde e segurança do trabalhador na relação de mencionadas normas-padrão. Esse binômio “observância das emprego, tais como a constituição deCIPA; confecção eaplicação do normas-padrão x recolhimentos sociais e SAT/RAT” é o antídoto dos Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) e do empregadores na defesa das ações regressivas promovidas pelo Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA); a realização INSS. detreinamentosdesegurançaedisponibilizaçãoefiscalizaçãodouso de EPIs, etc. A observância dessas normas-padrão, demonstrando queo empregador éatento eregular no quedizrespeito àsnormasde segurançaemedicinadotrabalho, dãoguaridaàtesededefesa. Entendidos esses aspectos, cumpre-nos destacar a pergunta * Especialista em Direito Público pela UFRGS e em Direito do Trabalho pela UNISINOS, integrante da equipe de profissionais do escritórioGarcezAdvogadosAssociados. AçõesregressivasdoINSS: atenção redobrada aos empregadores*Dr. EduardoGomesGaelzer OAB/ RS58.660
  • 13. “Um quilo de vidro quebrado faz um quilo de vidro novo e pode ser infinitamente reciclado”. - Espaço SINDIMETAL * Nº 24 * Jurídico Tributário 13 Uns dos temas que provoca constante angústia na atividade existe a responsabilidade pessoal do administrador. Este raciocínio empresarial, diz respeito ao risco – relativamente ao patrimônio apenas não é válido, se o inadimplemento estiver acompanhado do pessoal – que esta atividade significa. Em especial, a grande encerramento irregular das atividades. (“fechar as portas” sem a preocupação reside na responsabilidade dos sócios, em uma devidabaixanoRegistrodoComércio) sociedade por quotas de responsabilidade limitada, no que tange a O que causa preocupação a todos, é o fato de que a nova débitos tributários. Ou seja, o grande questionamento é o seguinte: legislação que regulamenta a tributação das micro e pequenas Em que hipóteses o patrimônio pessoal do sócio responde por empresas, denominada de SUPERSIMPLES (Lei Complementar débitostributáriosdaempresa? 123/06), rompecom estehistóricotratamento. Anovalei estabelece Há deseter presente, inicialmente, queo patrimônio pessoal que, aquelas pessoas jurídicas que optarem pelo regime de não seconfundecom o patrimônio da pessoa jurídica da qual o sócio tributação simplificado, transferem aos seus sócios (a todos faça parte. De uma forma singela, quando duas pessoas resolvem indistintamente) a responsabilidade por débitos tributários não constituir uma pessoa jurídica, separam uma parte do patrimônio e honrados pela empresa. O que não é possível compreender é que, constituem o que se denomina de capital social, o qual, uma vez justamente para aqueles os quais a Constituição determina que integralizado, desobriga os sócios perante terceiros. Não há de se tenham um tratamento tributário privilegiado, é que a nova olvidar que esta é a regra, sendo que a responsabilidade pessoal é a legislação extingue a histórica proteção da limitação da exceção. responsabilidade. Para fins tributários, existem dois requisitos para que o sócio Enfim, sabe-se que a atividade empresarial mostra-se de uma empresa venha a ser responsabilizado pessoalmente por crescentemente mais difícil e complexa. Se não forem respeitados débitos desta: a) que esteja na condição de administrador tradicionais institutos como a limitação da responsabilidade pessoal formalmente fixada no contrato social; b) que, nesta condição, dos sócios, correr-se-á o risco de se desestimular o desejável pratiqueatosquepossam configurar ainfraçãoàlei. empreendedorismo empresarial, tão necessário neste país em Quando semenciona a expressão “infração à lei”, há deseter desenvolvimento. Éóbvio, que não se está a advogar que o sócio, na cuidado para não incluir, no rol das hipóteses que a configuram, condição de administrador da empresa, possa cometer atos ilícitos qualquer inobservância de norma jurídica, pois se assim fosse, a sem responder por eles, mas sim de afastar a sua responsabilização regra da limitação da responsabilidade deixaria de ser regra e em relação ao mero inadimplemento, mesmo porque isto não passaria a ser uma exceção. Pode-se dizer que, de acordo com o caracterizailícitopenal. entendimento que parece ser pacífico na jurisprudência do Superior Tribunal deJustiça, o mero inadimplemento não configura infração à * Advogado Tributarista, Doutor em Direito, Assessor Jurídico dolei. Ou seja, quando o contribuinte apura seus débitos tributários, SINDIMETAL.informa ao fisco, mas deixa de recolher os valores respectivos, não Aresponsabilidadepessoal dos sócios por dívida tributária N uma promoção do SINDIMETAL, teve lugar, no Centro das Assim, havendo substituição tributária do ICMS, “a empresa Indústrias, no dia 09 de setembro, a palestra Industrialização optantepelo SimplesNacional tem o direito deenquadrar asreceitas por Encomenda eempresas optantes pelo Simples: adequado decorrentes das operações de industrialização por encomenda, tratamento das operações pelo ICMS. A mesma esteve a cargo da sujeitas ao diferimento do ICMS, à mesma regra prevista para as advogada Marina Furlan, integrante da assessoria Jurídica Tributária demaisempresas, nostermosdaprevisãodoartigo13, parágrafo1º, da entidade e da equipe de profissionais da Buffon e Furlan inciso XIII, “a” da Lei Complementar nº 123/2006. Em vista disso, AdvogadosAssociados. para fins de apuração do valor total a recolher aos cofres públicos, A Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, enquadra-sena Tabela 9 da Seção II do Anexo II da Resolução CGSN dentre várias disposições, instituiu o Simples Nacional, que implica n° 005 de 30/05/2007, ou seja, não pagamento ICMS sobre as no recolhimento de todos os tributos mediante documento único de operaçõesdeindustrializaçãopor encomenda”. arrecadação. “Entretanto, o artigo 13, parágrafo 1º, inciso XIII da Lei “O ICMS, no caso de operações internas, quando realizadas Complementar nº 123/2006, exclui doregimeespecial asoperações por empresas de grande porte (não enquadradas no SIMPLES sujeitas à substituição tributária do ICMS, que deverão obedecer à NACIONAL), édiferido(transferido) parafrente(etapasubsequente), legislação aplicável às demais pessoas jurídicas”, segundo os ou seja, as empresas que realizam industrialização por encomenda profissionais da Buffon e Furlan Advogados Associados. “No tocante transferem por SUBSTITUIÇÃOTRIBUTÁRIA o pagamento do ICMS aoICMSsobreaindustrializaçãopor encomenda, oartigo1º doLivro para a operação posterior. Logo, se as empresas da categoria geral III do RICMS prevê o diferimento do ICMS para a etapa posterior têm o direito de usufruir do diferimento, muito mais as empresas (SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA PARA FRENTE), e o artigo 13, optantes pelo SIMPLES NACIONAL devem receber o mesmo parágrafo 1º, inciso XIII da Lei Complementar nº 123/2006 tratamento, uma vez que tem menor capacidade contributiva para determina que as operações sujeitas à substituição tributária do pagar osimpostos, dentreosquais, oICMS", conclui aadvogada. ICMS, no caso de optantes pelo SIMPLES NACIONAL, devem observar aregraprevistaparaasdemaisempresas”. Industrializaçãopor encomendapara empresasoptantespelosimples * MarcianoBuffon OAB34.668
  • 14. Espaço SINDIMETAL * N°24 * Programas & Projeto14 Autoridades e a comunidade prestigiaram o evento beneficiou 77 entidades credenciadas e atendeu 12.300 pessoas, comemorativo, quemarcou osegundoaniversáriodoBancode tendosidorealizadasavaliaçõesnutricionaisem 492 crianças. Alimentos Vale do Sinos. O mesmo ocorreu no dia 16 de Para o presidente do Conselho de Administração, que tem setembro, às 18h, na sede, localizada no bairro Scharlau, em São acompanhado o trabalho abnegado desta legião de pessoas, a Leopoldo. Na ocasião, foi apresentada a diretoria executiva do Banco iniciativa e a seriedade da ação coletiva, objetiva amenizar um dos de Alimentos Vale do Sinos, eleita no dia 12 de agosto deste ano, e maiores problemas deste século: a FOME. “Acreditamos na força do tevelugar aformaturademaisumaturmadoSESI CozinhaBrasil. trabalho coletivo e na seriedade do projeto. Contamos com o Inaugurado no dia 11 de setembro de 2008, o Banco de empenho e a dedicação das mantenedoras e dos parceiros AlimentosValedo Sinos, queenvolveosmunicípiosdeSão Leopoldo, estratégicos, apoiados pelas entidades einstituições, pelos clubes de Sapucaia do Sul, Esteio e Portão, foi inspirado na experiência bem serviçosepelacomunidadequetem sidosempretãoreceptiva. Como sucedida do Banco de Alimentos de Porto Alegre, organização criada entidade, o SINDIMETAL sente orgulho de fazer parte desta história, pelo Conselho de Cidadania do Sistema FIERGS e de outros onde estamos contribuindo para transformar o presente num futuro partícipes. OConselho deAdministração do Banco deAlimentos Vale maisjustoparatodos”, registraoempresárioRaul Heller doSinosépresididopeloempresárioRaul Heller, doSINDIMETAL, ea Segundo JoséIvo Follmann, presidentedo Banco deAlimentos diretoriaexecutivapeloProf. Dr. JoséIvoFollmann, daUnisinos. VSéumaemoçãoparticipar daentidade. “Éumaalegriaintegrar esta Durante estes dois anos de existência, o Banco de Alimentos corrente, frutodeum trabalhocoletivopelacidadania”, destacou. Vale do Sinos já arrecadou e distribuiu 240 toneladas de alimentos; O Cozinha Brasil é a receita do SESI para melhorar a vida dos brasileiros e conta com a parceria do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. O objetivo principal desteprograma consisteem ensinar a comunidadea utilizar melhor seusrecursosnaturais, mostrandoqueépossível sealimentar com qualidadesem gastar muito. Os cursos são oferecidos em caminhões adaptados em cozinhas-escolas, onde os alunos aprendem a preparar e a consumir integralmente os alimentos aproveitando assim todas as suas propriedades, além dereduzir odesperdício. Esta edição do SESI Cozinha Brasil, realizada junto ao Banco de Alimentos Vale do Sinos, ocorreu em setembro e contou com a participação de quatro turmas, sendo uma multiplicadora dos conhecimentos adquiridos, num total de 140 alunos, que nesta ocasião receberam osrespectivoscertificados. Ao final da solenidade, todos participaram do coquetel oferecido pelos alunos e professores do Curso de Gastronomia da Unisinos e pelos formandos do SESI Cozinha Brasil, além de degustarem o bolo de aniversário, doado pela Pasta Di Stella. Apoiaram também este evento comemorativo, além dos mantenedores e parceiros desta iniciativa, a GFestas, Fabesul e o MercadoSantaCruz. Presidente - Pe. José Ivo Follmann, S.J Unisinos Vice-Presidente - Valmir Tarciso Pizzutti SINDIMETAL Vice-Presidente - Fernando José Dutra Parreira Gerdau Vice-Presidente - João Erni de Vargas ACISE Vice-Presidente - Loivo Hoff CâmaradaIndústria, ComércioeServiçosdePortão Diretora Técnica - Denize Righetto Ziegler Unisinos Diretor Financeiro - Sérgio Renato de Quadros Dutra BancodoBrasil S/ A Diretor de Marketing e Comunicação - Sandro Felipe P. dos Anjos Bitnet Brasil InformáticaLtda. Diretora de Patrimônio - Silveth S. Lima Gerdau Diretora Secretaria – Suzana Fialho Reginato LionsClubesdeSãoLeopoldo, SapucaiadoSul, PortãoeEsteio, representadospeloLionsClubedeSãoLeopoldo25deJulho Diretor de Relações com o Mercado - Cláudio Pereira Camacho SESI –RegiãoII Diretor de Logística – André de Cesaro Unidasul DIRETORIAEXECUTIVADOBANCODEALIMENTOSVALEDOSINOS GESTÃOAGOSTO/ 2010ADEZEMBRO/ 2011 FORMATURA COZINHABRASIL COMEMORADOISANOSDEEXISTÊNCIA ValedoSinos
  • 15. No dia 24 de novembro, será inaugurada a Unidade Regional da Associação Brasileira de Fundição (ABIFA), no Centro das Indústrias, em São Leopoldo. Neste dia, também haverá a reunião anual da ABIFA Região Sul, com a presença do presidenteda entidade, Devanir Brichesi, queestará recepcionandoosempresários daáreadefundiçãodoEstado. A Associação Brasileira de Fundição foi fundada em 25 de abril de 1969, dentro das instalações da Fundição Tupy, em São Paulo, por um pequeno grupo de empresários. Hoje, com sede na Av. Paulista, em São Paulo, a ABIFA objetiva incentivar o crescimento sustentado do setor de fundição, gerando e participando das ações necessáriasparatorná-loforteeestável. Para o SINDIMETAL, a presença da ABIFA no Centro das Indústrias será um marco especialmente para as empresas vinculadasaoFundi-RS, importantesetorial da entidade, queatua no desenvolvimentodasempresasdosegmentodefundiçãoeinjeçãode metaisferrososenãoferrosos. Os jornais levam de 2 a 6 semanas para serem absorvidos pela natureza?” - Espaço SINDIMETAL * Nº 24 * Programas & Projetos 15 UNIDADEREGIONALDAABIFA NOCENTRODASINDÚSTRIAS C en t r al d e N eg ó c io s EMPRESAS ASERVIÇODAS ACentral de Negócios do SINDIMETAL busca, através da compra coletiva, redução de custos, com qualidade de serviços, além da possibilidade de acesso a novos fornecedores. As empresas interessadas em participar das negociações devem ficar atentas aos e-mails enviados, pois somente quem manifestainteresseem participar, recebeinformações. Em setembro, a negociação de barras foi efetivada com êxito, assim como a de Panos Industriais, a qual teve sua tabela negociada por um ano, atéagosto de2011. Com relação àsCestasNatalinas, já ocorreram reuniões com os fornecedores, sendo que as cotações continuam em andamento. “Até o momento, contamos com o interessede55 empresaseuma demanda de5.700 cestas”, registra Andrea Maganha, do setor de Relacionamento do SINDIMETAL e responsável pelaCentral deNegócios. AstabelasdeEPI eMaterial de Expediente (Escritório e Limpeza) foram renovadas até 30 de dezembrodesteano. Informações complementares poderão ser obtidas através do e-mail relacionamento@sindimetalrs.org.br ou pelo fone 3590- 7707, com AndreaMaganha. Recentemente, a Transmaq Redutores de Velocidade foi apresentada como caseem dissertação demestrado, no Curso de Gestão Ambiental, da Unisinos. Elaborado e apresentado pela Profª. Ms. Lisiane Kleinkauf da Rocha, com supervisão do Prof. Dr. Carlos Alberto Mendes Moraes, a pesquisa tevea duração dedois anos e envolveu mais de 300 empresas do setor metalmecânico, em 32 cidades, dabaciadoRiodoSinos. “ATransmaq sente-sehonradacom aescolhaevênestegestoo reconhecimento do trabalho iniciado por nossos fundadores, ao plantarem as sementes do respeito e do amor à natureza, a que damos seguimento. Tudo isto nos faz agradecidos e motivados em continuar disseminando e executando ações de preservação ambiental”, comemoraElisabeth Pedroso, diretoradaempresa. A Indústria de Máquinas e Redutores Transmaq Ltda., com sede em Sapucaia do Sul, mantém o equilíbrio entre a produtividade eorespeitoànatureza, tendoaqualidadedoprodutoeoatendimento ao cliente como suas marcas preferenciais. “Produzir preservando a natureza- nãosóépossível comonecessário”, conclui Elisabeth. Transmaq naUnisinos Representantes de empresas da região estiveram participando de uma missão organizada pelo Sebrae rumo à maior feira multissetorial da Ásia, a Canton Fair, na China. A missão fez partedoProjetoParticipaçãodasMPEsGaúchasem FeiraseMissões Internacionais, coordenado pela setorial Indústria, que, paralelamente à capacitação coletiva, oferece consultorias individuais para auxiliar as participantes a identificar oportunidades denegócios. De 15 a 19 de outubro, as micro e pequenas empresas gaúchas realizaram visita técnica, destinada a fabricantes de máquinas e equipamentos; bicicletas, motocicletas e peças para veículos, produtos químicos, hardware, ferramentas e utensílios, veículos, maquinaria e materiais para construção, entre outros segmentos. Segundo o empresário Leandro Gervazoni, da Itece Indústria eComércio deEquipamentos Agrícolas Ltda., “acreditamos que a participação na Canton Fair abrirá novos mercados, mais competitivoseinovadores”, avalia. As empresas foram selecionadas para a Canton Fair por meio de chamada pública voltada para MPEs interessadas em participar de missões empresariais a feiras internacionais em 2010. O superintendente Marcelo Lopes destacou que o Sebrae quer contribuir no processo de inserção das MPEs do Estado no mercado internacional. Estiveram participando da missão chinesa, as seguintes empresas ligadas ao SINDIMETAL: Alumínios Almin Ltda, Coester Automação S.A., FercorteIndústria Metalúrgica Ltda., IteceIndústria e Comércio de Equipamentos Agrícolas Ltda., Metalúrgica Mariani Ltda. eSchmidt IndústriaeComérciodeMoldesLtda. EmpresasdoValedoSinos participamdefeiranaChina Profª. Ms. Lisiane Kleinkauf da Rocha
  • 16. VITRINEVITRINE A creditar no sonho e investir na qualificação permanente, sempre precisou ser tomada para o crescimento econsolidação da empresa”, afirma focado no cliente. Assim tem sido a atuação dos sócios da empresa Ricardo. Para o empresário, “além da sorte, como aliada, contamos com a CRK Automação Industrial Ltda., com sede em São Leopoldo, que no parceria e a confiança das grandes empresas. Talvez o nosso segredo seja o dia1º denovembroestarácompletando20 anos. “OSINDIMETAL tem atendimento100%, dapequenaatéagrandeempresa”. alavancado esta história, oportunizando a nossa participação em feiras e Noperíodode2005 a2010, aCRKcresceu echegou aumaáreade capacitações. Mudamos para melhor. A entidade ofereceu o que 900m², contando com a atuação de 35 pessoas. A ampliação continuou e precisávamos”, afirma Ricardo Kiszewski, fundador da CRK, juntamente contribuiu para que o grupo iniciasse o trabalho com máquinas maiores. A com Nestor Freiberger de Medeiros “A cultura da empresa passou por uma produção pode se expandir e o sonho de 20 anos ganhou forma. A empresa, transformação positiva, também com a participação no Programa de desde o mês de maio, trabalha no sistema de mini fábricas, com 49 Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), implementado pela empresa colaboradores, numa área de 2000m², atuando com elétrica, usinagem, MotosserrasSTIHL, com oapoiodoSebrae”, destacaNestor. projeto e montagem mecânica. “Não ficamos mais restritos a um segmento A CRK Au t om aç ão é somente. Quando o mercado oscila especializada na fabricação de temos como nos adaptar”, afirma máquinas especiais e automação Juarez. “Trabalhamos também com industrial desenvolvendo software, usinagem sob encomenda, onde projetos elétricos e eletrônicos, produzimos peças de reposição e montagem de quadros de comando e equipamentos eletrônicos especiais. A instalação de máquinas operatrizes. nossa meta é montarmos na empresa Completam os serviços desenvolvidos um centro detreinamento atéo início de pela empresa, a fabricação de 2011, para atendermos cada vez dispositivos eletrônicos especiais para melhor ocliente”, antecipa. controle de processos, a montagem A CRK, que constrói máquinas, mecânica e a usinagem, além da automatiza processos e produz peças, reforma de máquinas especiais e há três anos entrou também para o operatrizes. mercado da construção civil, um nicho A história da CRK Automação com pouca concorrência no País. E os iniciou modesta, mas com a certeza e resultados, em todas as áreas de ousadia das grandes empresas. “No período de 1990 a 2000, a primeira atuação, têm sido animadores. A empresa recebeu em 2009, o prêmio de unidade da empresa, na casa do sócio Ricardo, em Novo Hamburgo, Melhor Fornecedor deMáquinas eEquipamentos, da DHB e, em 2010, o 2º totalizava 32m². A produção era voltada para a montagem de placas lugar no Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), concedido eletrônicas e de painéis elétricos”, relata Nestor. Mas o trabalho foi pelaempresaMotosserrasSTIHL. aumentando e com a chegada do sócio David Cardoso, a empresa, após dez Os quatro sócios são unânimes em afirmar que a boa relação anos de atuação, agregou aos serviços o sistema de supervisão. No ano de profissional tem sido um fator importante para manter a equipe unida e 2000, já numa área de 110m², os três sócios passaram a atuar também na satisfeita. Mas, epara ossócios, qual a receita detanta parceria eafinidade? usinagem, contribuindo para quea empresa chegasse, em 2004, a 330m² e “Muito diálogo, cumplicidade, dedicação ao trabalho e confiança plena. 25 colaboradores. Realizamos reuniões todas as terças-feiras e sábados para avaliar os Nesta época, o grupo somou forças com a chegada de Juarez procedimentos, traçar metas e trocar ideias. O nosso objetivo maior é o AntônioBueno. Estavaconsolidadaavindademaisum sócio, parafortalecer cliente. Tudo o que fazemos na CRK é qualificar sempre mais a produção e a equipe e implementar o trabalho. Teve início, então, à fabricação das manter umarelaçãodecumplicidadecom quem confianosnossosserviços”, primeiras máquinas, um momento decisivo para a empresa. Na realidade, o conclui David Cardoso. mercadoimpulsionou ogrupoparaestenicho. “Umadecisãodifícil, masque VidalongaparaaCRKesucessonosnovosdesafios! REALIZANDOSONHOS A U T O M A Ç Ã O Nova sede numa área de 2000m²