SlideShare uma empresa Scribd logo
9 de Agosto
O Tribunal de
Cristo e os
Galardões
1º Trimestre 2016
Elinaldo Renovato
Lição 6
Porque todos devemos
comparecer ante o
tribunal de Cristo, para
que cada um receba
segundo o que tiver
feito por meio do
corpo, ou bem, ou
mal. 2 Coríntios 5:10
TEXTO AUREO
VERDADE PRÁTICA
Todos os crentes
deverão comparecer
diante do Tribunal de
Cristo para que cada
um receba a sua
recompensa
11- Porque ninguém pode pôr outro fundamento além
do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.
12- E, se alguém sobre este fundamento formar um
edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira,
feno, palha,
13- A obra de cada um se manifestará; na verdade o
dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e
o fogo provará qual seja a obra de cada um.
14- Se a obra que alguém edificou nessa parte
permanecer, esse receberá galardão.
15- Se a obra de alguém se queimar, sofrerá
detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo
fogo.
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE – 1ª Coríntios 3: 11-15
INTRODUÇÃO
Na lição de hoje estudaremos acerca
do tribunal de Cristo e dos galardões
Todos os crentes terão
que comparecer a este
tribunal, não para serem
julgados, mas, para
serem recompensados
pelo que fizeram durante
o tempo que na terra
viveram e trabalharam no
Reino de Deus
E, eis que cedo
venho, e o meu
galardão está
comigo, para dar a
cada um segundo a
sua obra. Apocalipse
22:12
1º PONTO – O TRIBUNAL DE CRISTO E
OS CRENTES
I – O julgamento
TODOS OS SALVOS ESTARÃO DIANTE DO
TRIBUNAL DE CRISTO
Porque todos devemos
comparecer ante o tribunal
de Cristo, para que cada um
receba segundo o que tiver
feito por meio do corpo, ou
bem, ou mal. 2 Cor. 5:10
TODOS OS CRENTES SALVOS, SE
PERMANECEREM FIÉIS, EM SANTIDADE,
NÃO PASSARÃO POR QUALQUER TIPO DE
CONDENAÇÃO
Portanto, agora nenhuma condenação há para os que
estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a
carne, mas segundo o Espírito. Romanos 8:1
QUEM ESTÁ EM CRISTO
ESTÁ SALVO, E QUEM
PERMANECER SALVO
ESTARÁ DIANTE DO
TRIBUNAL DE CRISTO,
PARA QUE SEJAM
JULGADAS AS SUAS
OBRAS PRATICADAS NA
TERRA E SEJAM
GALARDOADOS
E, eis que cedo
venho, e o meu
galardão está
comigo, para dar a
cada um segundo a
sua obra. Ap 22:12
II – Quando se dará
OS CRENTES SALVOS
SERÃO
RECOMPENSADOS
LOGO ENTRAREM NO
CÉU. APOCALÍPSE
22:12 DIZ QUE JESUS
TRARÁ O GALARDÃO
POIS ESTARÁ COM ELE
Mas esforçai-vos, e não
desfaleçam as vossas
mãos; porque a vossa
obra tem uma
recompensa. 2 Cr15:7
II – QUANDO SE DARÁ
O Apóstolo Paulo
sofreu todos os tipos
de adversidades por
amor a Cristo, desde
fome a surras e
prisões, “ELE
AFIRMOU RECEBER
NAQUELE DIA A SUA
RECOMPENSA”
Desde agora, a coroa da
justiça me está guardada, a
qual o Senhor, justo juiz, me
dará naquele dia; e não
somente a mim, mas
também a todos os que
amarem a sua vinda.2Tm 4:8
ATÉ HOJE A IGREJA ENCONTRA
MUITAS DIFICULDADES PARA
FAZER A OBRA DE DEUS; EMBORA
SOFREMOS PERSEGUIÇÕES,
DISCRIMINAÇÕES E
IMPEDIMENTOS, DEVEMOS
PERMANECER FIRMES E
ANIMADOS, POIS COM CERTEZA
RECEBEREMOS DO SENHOR
DONO DESTA OBRAA MELHOR
RECOMPENSA
Aquele que leva a preciosa
semente, andando e
chorando, voltará, sem
dúvida, com alegria,
trazendo consigo os seus
molhos. Salmos 126:6
III – Quem Será o Juiz?
CONFORME A PALAVRA DE
DEUS, JESUS CRISTO SERÁ O
JUÍZ;
O apóstolo Paulo disse na 2ª
Timóteo que o Senhor justo Juiz
o recompensará naquele dia,
Paulo estava se referindo ao que
Jesus disse em João 5:22, E
também o Pai a ninguém julga
mas deu ao filho todo o juízo
SÍNTESE DO TÓPICO 1
Todos os crentes passarão
pelo tribunal de Cristo
2º PONTO – AS OBRAS DO CRENTE E
O JULGAMENTO DE CRISTO
I – A precisão do julgamento
O processo do
julgamento será
preciso, porque
passará pelo
crivo de Jesus
NO CRIVO DE JESUS, AS OBRAS DOS TRABALHADORES DO
REINO DE DEUS, PASSARÃO PELO FOGO DIVINO E
REVELERÁ COM QUAL INTENSÃO FORA REALIZADA
1ª CORINTIOS 3:12
II – OURO, PRATA E PEDRAS PRECIOSAS
OURO
OURO
SIMBOLIZAM OBRAS REALIZADAS
PARA A GLÓRIA DE DEUS, POR
CRENTES COM CORAÇÃO
QUEBRANTADO, QUE TEM PARCERIA
E COMUNHÃO COM O SENHOR
Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens,
para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a
vosso Pai, que está nos céus. Mateus 5:16
PRATA
A PRATA SIMBOLIZA TUDO QUE O CRENTE REALIZA NO
REINO DE DEUS E IMPLICA NA OBRA DE SACRIFÍCIO E
REDENÇÃO DE CRISTO PARA TRANSFORMAR A ALMA
DO PECADOR QUE SE ARREPENDE
Mas nós pregamos a Cristo
crucificado, que é escândalo
para os judeus, e loucura para
os gregos. 1 Coríntios 1:23
PEDRAS PRECIOSAS
SIMBOLIZA TUDO QUE SE FAZ ATRAVÉZ DO ESPÍRITO SANTO.
SÃO OBRAS FEITAS PELO DOM E PODER DO ESPÍTO SANTO
Portanto, vos quero fazer compreender que
ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz:
Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que
Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo.
Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito
é o mesmo. E há diversidade de ministérios,
mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade
de operações, mas é o mesmo Deus que
opera tudo em todos. 1 Coríntios 12:3-6
III – As obras que perecerão
Se a obra de alguém se queimar, sofrerá
detrimento; mas o tal será salvo, todavia como
pelo fogo. 1 Coríntios 3:15
NESSE TEXTO VEMOS QUE HAVERÁ OBRAS
DOS CRENTES SALVOS QUE NÃO RESISTIRÃO
AO PASSAR PELO CRIVO DO FOGO DIVINO
MADEIRA
MADEIRA É SIMBOLO DAS
COISAS HUMANAS; NO FOGO
DO JULGAMENTO, VAI
APARECER OBRAS DE QUEM
FEZ MUITO NA IGREJA,
POREM PARA SUA GLÓRIA E
NÃO PARAA GLÓRIA DE
DEUS; ESSAS OBRAS
DESAPARECERÃO NO FOGO
Portanto, quer comais
quer bebais, ou façais
outra qualquer coisa, fazei
tudo para glória de Deus.
1 Coríntios 10:31
FENO
Assim como o feno é um capim que se consome com
o fogo, são as obras feitas para Deus com interesse
de fama, poder e dinheiro; estes já receberam o seu
galardão aqui mesmo
Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta,…. Em
verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mateus 6:2
E, quando orares, não sejas como os hipócritas;…. Em verdade vos
digo que já receberam o seu galardão. Mateus 6:5
E, quando jejuardes, não vos mostreis contristados…. Em verdade
vos digo que já receberam o seu galardão. Mateus 6:16
PALHA
A PALHA É FRACA, INSTÁVEL E NÃO RESISTE A
FORÇA DO FOGO; NÃO TEM FIRMESA
As obras semelhante a
palha são de crentes
inconstantes que não se
firmam em nenhuma igreja;
São levados como palha
por todo vento de doutrina
Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de
doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. Efésios 4:14
SÍNTESE DO TÓPICO 2
As obras dos crentes serão
julgadas pelo justo juiz
3º PONTO – A PRESTAÇÃO DE CONTA
DO CRENTE E OS GALARDÕES
I – OS PASTORES DARÃO CONTA DOS SEUS REBANHOS
SER PASTOR É UM GRANDE PRIVILÉGIO, MAS
TAMBÉM UMA RESPONSABILBIDADE MUITO GRANDE
A salvação é
individual, mas os
pastores terão que
dar conta da igreja a
qual liderou na terra
Ezequiel criticou os pastores de
Israel, por cuidarem de si e não
cuidar do povo de Deus, apontou o
pecado e pronunciou o julgamento
…,ó pastores, ouvi a palavra do Senhor:…as minhas ovelhas
foram entregues à rapina, …vieram a servir de pasto a todas as
feras do campo,…, meus pastores não procuraram as minhas
ovelhas; …apascentaram a si mesmos,…; das suas mãos
demandarei as minhas ovelhas, …deixarão de apascentar as
ovelhas; …não se apascentarão mais a si mesmos; …livrarei as
minhas ovelhas da sua boca, e não lhes servirão mais de
pasto. Ezequiel 34:7-10
OS PASTORES QUE DEDICAM SUAS VIDAS,
CUIDANDO COM ZELO DA IGREJA DO SENHOR,
BUSCANDO O EXEMPLO DO BOM PASTOR PARA
LIDERAREM O REBANHO DE DEUS, RECEBERÃO O
JUSTO GALARDÃO PELO TRABALHO REALIZADO
Eu sou o bom Pastor;
o bom Pastor dá a
sua vida pelas
ovelhas. João 10:11
II – Crentes darão conta de seus talentos
TALENTOS SÃO
HABILIDADES QUE
ALGUÉM POSSUI PARA
DESEMPENHAR ALGUM
TRABALHO “AQUI, NO
NOSSO CASO” ALGUMA
TAREFA EM FAVOR DO
REINO DE DEUS
Jovens em quem não houvesse
defeito algum, de boa aparência, e
instruídos em toda a sabedoria, e
doutos em ciência, e entendidos no
conhecimento, e que tivessem
habilidade para assistirem no palácio
do rei, e que lhes ensinassem as
letras e a língua dos caldeus. Dn 1:4
UNS RECEBERAM MAIS QUE OUTROS E FORAM DISTRIBUIDOS DE
ACORDO COM A CAPACIDADE DE CADA UM
O Senhor nos deu
talentos, esperando
que o venhamos
desenvolver com
responsabilidade,
zelo e dedicação
MATEUS
25:14-28
NÃO SEJAMOS COMO O
SERVO NEGLIGENTE QUE
ENTERROU O SEU TALENTO.
NOSSO SENHOR ESTÁ
VOLTANDO E ESPERA QUE NÓS
TENHAMOS EMPREGADO
NOSSAS HABILIDADES EM SUA
OBRA, ELE PEDIRÁ CONTAS E
RECOMPENSARÁ COM
JUSTIÇA A CADA UM
E o seu senhor lhe disse:
Bem está, servo bom e
fiel. Sobre o pouco foste
fiel, sobre muito te
colocarei; entra no gozo
do teu senhor. Mat 25:21
5+5=10
2+2=4
1+0=1
X
SINTESE DO TÓPICO 3
Os crentes prestarão contas
de suas ações e de suas obras
ao passarem pelo crivo do
Senhor e receberão galardões
Conclusão
NO TRIBUNAL DE
CRISTO VAMOS VER
QUE VALEU A PENA
SUPORTAR AS AFLIÇÕES
Porque para mim tenho
por certo que as aflições
deste tempo presente não
são para comparar com a
glória que em nós há de
ser revelada. Rom 8:18
E, eis que cedo venho, e o
meu galardão está
comigo, para dar a cada
um segundo a sua obra.
Apocalipse 22:12
IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM PORTUGAL
DEUS ABENÇOE SUA VIDA E SUA FAMÍLIA

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a ebd-3o-trimestre-2020-licao-6 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx

Estudo Breve de Escatologia, parte 2
Estudo Breve de Escatologia, parte 2Estudo Breve de Escatologia, parte 2
Estudo Breve de Escatologia, parte 2
Welem C Lourenço
 
34. apocalipse 1
34. apocalipse 134. apocalipse 1
34. apocalipse 1
pohlos
 
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
Pr. Andre Luiz
 
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Gerson G. Ramos
 
O tribunal de cristo e os galardões lição 6 completa
O tribunal de cristo e os galardões   lição 6  completaO tribunal de cristo e os galardões   lição 6  completa
O tribunal de cristo e os galardões lição 6 completa
ANTONIO CORDEIRO DA SILVA - ADORADOR
 
1 reavivamento e-reforma
1 reavivamento e-reforma1 reavivamento e-reforma
1 reavivamento e-reforma
gildiney
 
EPÍSTOLAS DE PEDRO
EPÍSTOLAS DE PEDROEPÍSTOLAS DE PEDRO
EPÍSTOLAS DE PEDRO
Cesar Oliveira
 
LIÇÃO 06 - O TRIBUNAL DE CRISTO E OS GALARDÕES
LIÇÃO 06 - O TRIBUNAL DE CRISTO E OS GALARDÕESLIÇÃO 06 - O TRIBUNAL DE CRISTO E OS GALARDÕES
LIÇÃO 06 - O TRIBUNAL DE CRISTO E OS GALARDÕES
Lourinaldo Serafim
 
Deus prospera os que fazem
Deus prospera os que fazemDeus prospera os que fazem
Deus prospera os que fazem
Pastores Gilson E Fabiana Zimmermann
 
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardõesLição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
Ailton da Silva
 
Arrebatados
ArrebatadosArrebatados
Arrebatados
Ellen Mafra
 
Arrebatados
ArrebatadosArrebatados
Arrebatados
Welem C Lourenço
 
Fevereiro 2011
Fevereiro 2011Fevereiro 2011
Fevereiro 2011
jesmioma
 
Voz da Paróquia - Fevereiro 2011
Voz da Paróquia - Fevereiro 2011Voz da Paróquia - Fevereiro 2011
Voz da Paróquia - Fevereiro 2011
Fernando Chapeiro
 
Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...
Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...
Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...
RODRIGO FERREIRA
 
31 Adventismo (Parte 4)
31   Adventismo (Parte 4)31   Adventismo (Parte 4)
31 Adventismo (Parte 4)
Robson Tavares Fernandes
 
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
Gerson G. Ramos
 
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
Cleide Corrêa
 
Lição 9 - A necessidade de termos uma vida santa
Lição 9 - A necessidade de termos uma vida santa Lição 9 - A necessidade de termos uma vida santa
Lição 9 - A necessidade de termos uma vida santa
Erberson Pinheiro
 
Arrebatamento
ArrebatamentoArrebatamento
Arrebatamento
Dagmar Wendt
 

Semelhante a ebd-3o-trimestre-2020-licao-6 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx (20)

Estudo Breve de Escatologia, parte 2
Estudo Breve de Escatologia, parte 2Estudo Breve de Escatologia, parte 2
Estudo Breve de Escatologia, parte 2
 
34. apocalipse 1
34. apocalipse 134. apocalipse 1
34. apocalipse 1
 
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
 
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
 
O tribunal de cristo e os galardões lição 6 completa
O tribunal de cristo e os galardões   lição 6  completaO tribunal de cristo e os galardões   lição 6  completa
O tribunal de cristo e os galardões lição 6 completa
 
1 reavivamento e-reforma
1 reavivamento e-reforma1 reavivamento e-reforma
1 reavivamento e-reforma
 
EPÍSTOLAS DE PEDRO
EPÍSTOLAS DE PEDROEPÍSTOLAS DE PEDRO
EPÍSTOLAS DE PEDRO
 
LIÇÃO 06 - O TRIBUNAL DE CRISTO E OS GALARDÕES
LIÇÃO 06 - O TRIBUNAL DE CRISTO E OS GALARDÕESLIÇÃO 06 - O TRIBUNAL DE CRISTO E OS GALARDÕES
LIÇÃO 06 - O TRIBUNAL DE CRISTO E OS GALARDÕES
 
Deus prospera os que fazem
Deus prospera os que fazemDeus prospera os que fazem
Deus prospera os que fazem
 
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardõesLição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
 
Arrebatados
ArrebatadosArrebatados
Arrebatados
 
Arrebatados
ArrebatadosArrebatados
Arrebatados
 
Fevereiro 2011
Fevereiro 2011Fevereiro 2011
Fevereiro 2011
 
Voz da Paróquia - Fevereiro 2011
Voz da Paróquia - Fevereiro 2011Voz da Paróquia - Fevereiro 2011
Voz da Paróquia - Fevereiro 2011
 
Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...
Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...
Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...
 
31 Adventismo (Parte 4)
31   Adventismo (Parte 4)31   Adventismo (Parte 4)
31 Adventismo (Parte 4)
 
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
 
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
A igreja que somos, a igreja que queremos ser.
 
Lição 9 - A necessidade de termos uma vida santa
Lição 9 - A necessidade de termos uma vida santa Lição 9 - A necessidade de termos uma vida santa
Lição 9 - A necessidade de termos uma vida santa
 
Arrebatamento
ArrebatamentoArrebatamento
Arrebatamento
 

Mais de KARINEVONEYVIEIRABAR

ebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptxebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
ebd-3o-trimestre-2020-licao-11 ESPERANÇA E GLORIA PARA OS SALVOS.pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-11 ESPERANÇA E GLORIA PARA OS SALVOS.pptxebd-3o-trimestre-2020-licao-11 ESPERANÇA E GLORIA PARA OS SALVOS.pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-11 ESPERANÇA E GLORIA PARA OS SALVOS.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
ebd-3o-trimestre-2020-licao-12 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-12 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptxebd-3o-trimestre-2020-licao-12 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-12 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-10-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-10-jovens.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-10-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-10-jovens.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
ebd-3o-trimestre-2020-licao-1 O FIM DE TODAS AS COISAS .pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-1 O FIM DE TODAS AS COISAS .pptxebd-3o-trimestre-2020-licao-1 O FIM DE TODAS AS COISAS .pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-1 O FIM DE TODAS AS COISAS .pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-4-para-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-4-para-jovens.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-4-para-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-4-para-jovens.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
ebd-2o-trimestre-licao-9-2018-adulto.pptx
ebd-2o-trimestre-licao-9-2018-adulto.pptxebd-2o-trimestre-licao-9-2018-adulto.pptx
ebd-2o-trimestre-licao-9-2018-adulto.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-13-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-13-jovens.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-13-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-13-jovens.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
Apresentação Cancao de Exilio FACULDADE PERIODO 4 .pptx
Apresentação Cancao de Exilio FACULDADE PERIODO 4 .pptxApresentação Cancao de Exilio FACULDADE PERIODO 4 .pptx
Apresentação Cancao de Exilio FACULDADE PERIODO 4 .pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
O APOCALIPSE. A VITORIA FINAL DE JESUS
O APOCALIPSE.   A VITORIA FINAL DE JESUSO APOCALIPSE.   A VITORIA FINAL DE JESUS
O APOCALIPSE. A VITORIA FINAL DE JESUS
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
O POVO DE DEUS É SELADO. OS 144 MIL SELADOS DE DEUS
O POVO DE DEUS É SELADO. OS 144 MIL SELADOS DE DEUSO POVO DE DEUS É SELADO. OS 144 MIL SELADOS DE DEUS
O POVO DE DEUS É SELADO. OS 144 MIL SELADOS DE DEUS
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
DIGNO É O CORDEIRO APOCALIPSE CAPITULO 4 E 5
DIGNO É O CORDEIRO APOCALIPSE CAPITULO 4 E 5DIGNO É O CORDEIRO APOCALIPSE CAPITULO 4 E 5
DIGNO É O CORDEIRO APOCALIPSE CAPITULO 4 E 5
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
projetoartenaescolaslidesnovo-090413123554-phpapp02.ppt
projetoartenaescolaslidesnovo-090413123554-phpapp02.pptprojetoartenaescolaslidesnovo-090413123554-phpapp02.ppt
projetoartenaescolaslidesnovo-090413123554-phpapp02.ppt
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
O Arrebatamento dos Salvos - Lição 2 .pptx
O Arrebatamento dos Salvos - Lição 2 .pptxO Arrebatamento dos Salvos - Lição 2 .pptx
O Arrebatamento dos Salvos - Lição 2 .pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
DESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE NATURAL.pptx
DESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE  NATURAL.pptxDESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE  NATURAL.pptx
DESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE NATURAL.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
A LITERATURA DE MONTEIRO LOBATO E SUAS CONTRIBUIÇÕES - apresentação .pptx
A LITERATURA DE MONTEIRO LOBATO E SUAS CONTRIBUIÇÕES - apresentação .pptxA LITERATURA DE MONTEIRO LOBATO E SUAS CONTRIBUIÇÕES - apresentação .pptx
A LITERATURA DE MONTEIRO LOBATO E SUAS CONTRIBUIÇÕES - apresentação .pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
DESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE NATURAL.pptx
DESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE  NATURAL.pptxDESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE  NATURAL.pptx
DESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE NATURAL.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
LIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptx
LIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptxLIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptx
LIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 

Mais de KARINEVONEYVIEIRABAR (20)

ebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptxebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3-trimestre-2020-licao-10O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
 
ebd-3o-trimestre-2020-licao-11 ESPERANÇA E GLORIA PARA OS SALVOS.pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-11 ESPERANÇA E GLORIA PARA OS SALVOS.pptxebd-3o-trimestre-2020-licao-11 ESPERANÇA E GLORIA PARA OS SALVOS.pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-11 ESPERANÇA E GLORIA PARA OS SALVOS.pptx
 
ebd-3o-trimestre-2020-licao-12 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-12 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptxebd-3o-trimestre-2020-licao-12 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-12 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptx
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-10-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-10-jovens.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-10-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-10-jovens.pptx
 
ebd-3o-trimestre-2020-licao-1 O FIM DE TODAS AS COISAS .pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-1 O FIM DE TODAS AS COISAS .pptxebd-3o-trimestre-2020-licao-1 O FIM DE TODAS AS COISAS .pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-1 O FIM DE TODAS AS COISAS .pptx
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-4-para-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-4-para-jovens.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-4-para-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-4-para-jovens.pptx
 
ebd-2o-trimestre-licao-9-2018-adulto.pptx
ebd-2o-trimestre-licao-9-2018-adulto.pptxebd-2o-trimestre-licao-9-2018-adulto.pptx
ebd-2o-trimestre-licao-9-2018-adulto.pptx
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-13-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-13-jovens.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-13-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-13-jovens.pptx
 
Apresentação Cancao de Exilio FACULDADE PERIODO 4 .pptx
Apresentação Cancao de Exilio FACULDADE PERIODO 4 .pptxApresentação Cancao de Exilio FACULDADE PERIODO 4 .pptx
Apresentação Cancao de Exilio FACULDADE PERIODO 4 .pptx
 
O APOCALIPSE. A VITORIA FINAL DE JESUS
O APOCALIPSE.   A VITORIA FINAL DE JESUSO APOCALIPSE.   A VITORIA FINAL DE JESUS
O APOCALIPSE. A VITORIA FINAL DE JESUS
 
O POVO DE DEUS É SELADO. OS 144 MIL SELADOS DE DEUS
O POVO DE DEUS É SELADO. OS 144 MIL SELADOS DE DEUSO POVO DE DEUS É SELADO. OS 144 MIL SELADOS DE DEUS
O POVO DE DEUS É SELADO. OS 144 MIL SELADOS DE DEUS
 
DIGNO É O CORDEIRO APOCALIPSE CAPITULO 4 E 5
DIGNO É O CORDEIRO APOCALIPSE CAPITULO 4 E 5DIGNO É O CORDEIRO APOCALIPSE CAPITULO 4 E 5
DIGNO É O CORDEIRO APOCALIPSE CAPITULO 4 E 5
 
projetoartenaescolaslidesnovo-090413123554-phpapp02.ppt
projetoartenaescolaslidesnovo-090413123554-phpapp02.pptprojetoartenaescolaslidesnovo-090413123554-phpapp02.ppt
projetoartenaescolaslidesnovo-090413123554-phpapp02.ppt
 
O Arrebatamento dos Salvos - Lição 2 .pptx
O Arrebatamento dos Salvos - Lição 2 .pptxO Arrebatamento dos Salvos - Lição 2 .pptx
O Arrebatamento dos Salvos - Lição 2 .pptx
 
DESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE NATURAL.pptx
DESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE  NATURAL.pptxDESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE  NATURAL.pptx
DESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE NATURAL.pptx
 
A LITERATURA DE MONTEIRO LOBATO E SUAS CONTRIBUIÇÕES - apresentação .pptx
A LITERATURA DE MONTEIRO LOBATO E SUAS CONTRIBUIÇÕES - apresentação .pptxA LITERATURA DE MONTEIRO LOBATO E SUAS CONTRIBUIÇÕES - apresentação .pptx
A LITERATURA DE MONTEIRO LOBATO E SUAS CONTRIBUIÇÕES - apresentação .pptx
 
DESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE NATURAL.pptx
DESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE  NATURAL.pptxDESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE  NATURAL.pptx
DESCOBRINDO E EXPLORANDO O AMBIENTE NATURAL.pptx
 
LIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptx
LIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptxLIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptx
LIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptx
 

Último

Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 

ebd-3o-trimestre-2020-licao-6 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx

  • 1.
  • 2.
  • 3. 9 de Agosto O Tribunal de Cristo e os Galardões 1º Trimestre 2016 Elinaldo Renovato Lição 6
  • 4. Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal. 2 Coríntios 5:10 TEXTO AUREO
  • 5. VERDADE PRÁTICA Todos os crentes deverão comparecer diante do Tribunal de Cristo para que cada um receba a sua recompensa
  • 6. 11- Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. 12- E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, 13- A obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um. 14- Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão. 15- Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE – 1ª Coríntios 3: 11-15
  • 7. INTRODUÇÃO Na lição de hoje estudaremos acerca do tribunal de Cristo e dos galardões Todos os crentes terão que comparecer a este tribunal, não para serem julgados, mas, para serem recompensados pelo que fizeram durante o tempo que na terra viveram e trabalharam no Reino de Deus E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12
  • 8. 1º PONTO – O TRIBUNAL DE CRISTO E OS CRENTES I – O julgamento TODOS OS SALVOS ESTARÃO DIANTE DO TRIBUNAL DE CRISTO Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal. 2 Cor. 5:10
  • 9. TODOS OS CRENTES SALVOS, SE PERMANECEREM FIÉIS, EM SANTIDADE, NÃO PASSARÃO POR QUALQUER TIPO DE CONDENAÇÃO Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Romanos 8:1
  • 10. QUEM ESTÁ EM CRISTO ESTÁ SALVO, E QUEM PERMANECER SALVO ESTARÁ DIANTE DO TRIBUNAL DE CRISTO, PARA QUE SEJAM JULGADAS AS SUAS OBRAS PRATICADAS NA TERRA E SEJAM GALARDOADOS E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Ap 22:12
  • 11. II – Quando se dará OS CRENTES SALVOS SERÃO RECOMPENSADOS LOGO ENTRAREM NO CÉU. APOCALÍPSE 22:12 DIZ QUE JESUS TRARÁ O GALARDÃO POIS ESTARÁ COM ELE Mas esforçai-vos, e não desfaleçam as vossas mãos; porque a vossa obra tem uma recompensa. 2 Cr15:7 II – QUANDO SE DARÁ
  • 12. O Apóstolo Paulo sofreu todos os tipos de adversidades por amor a Cristo, desde fome a surras e prisões, “ELE AFIRMOU RECEBER NAQUELE DIA A SUA RECOMPENSA” Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.2Tm 4:8
  • 13. ATÉ HOJE A IGREJA ENCONTRA MUITAS DIFICULDADES PARA FAZER A OBRA DE DEUS; EMBORA SOFREMOS PERSEGUIÇÕES, DISCRIMINAÇÕES E IMPEDIMENTOS, DEVEMOS PERMANECER FIRMES E ANIMADOS, POIS COM CERTEZA RECEBEREMOS DO SENHOR DONO DESTA OBRAA MELHOR RECOMPENSA Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos. Salmos 126:6
  • 14. III – Quem Será o Juiz? CONFORME A PALAVRA DE DEUS, JESUS CRISTO SERÁ O JUÍZ; O apóstolo Paulo disse na 2ª Timóteo que o Senhor justo Juiz o recompensará naquele dia, Paulo estava se referindo ao que Jesus disse em João 5:22, E também o Pai a ninguém julga mas deu ao filho todo o juízo
  • 15. SÍNTESE DO TÓPICO 1 Todos os crentes passarão pelo tribunal de Cristo
  • 16. 2º PONTO – AS OBRAS DO CRENTE E O JULGAMENTO DE CRISTO I – A precisão do julgamento O processo do julgamento será preciso, porque passará pelo crivo de Jesus NO CRIVO DE JESUS, AS OBRAS DOS TRABALHADORES DO REINO DE DEUS, PASSARÃO PELO FOGO DIVINO E REVELERÁ COM QUAL INTENSÃO FORA REALIZADA 1ª CORINTIOS 3:12
  • 17. II – OURO, PRATA E PEDRAS PRECIOSAS OURO OURO SIMBOLIZAM OBRAS REALIZADAS PARA A GLÓRIA DE DEUS, POR CRENTES COM CORAÇÃO QUEBRANTADO, QUE TEM PARCERIA E COMUNHÃO COM O SENHOR Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus. Mateus 5:16
  • 18. PRATA A PRATA SIMBOLIZA TUDO QUE O CRENTE REALIZA NO REINO DE DEUS E IMPLICA NA OBRA DE SACRIFÍCIO E REDENÇÃO DE CRISTO PARA TRANSFORMAR A ALMA DO PECADOR QUE SE ARREPENDE Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos. 1 Coríntios 1:23
  • 19. PEDRAS PRECIOSAS SIMBOLIZA TUDO QUE SE FAZ ATRAVÉZ DO ESPÍRITO SANTO. SÃO OBRAS FEITAS PELO DOM E PODER DO ESPÍTO SANTO Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo. Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. 1 Coríntios 12:3-6
  • 20. III – As obras que perecerão Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo. 1 Coríntios 3:15 NESSE TEXTO VEMOS QUE HAVERÁ OBRAS DOS CRENTES SALVOS QUE NÃO RESISTIRÃO AO PASSAR PELO CRIVO DO FOGO DIVINO
  • 21. MADEIRA MADEIRA É SIMBOLO DAS COISAS HUMANAS; NO FOGO DO JULGAMENTO, VAI APARECER OBRAS DE QUEM FEZ MUITO NA IGREJA, POREM PARA SUA GLÓRIA E NÃO PARAA GLÓRIA DE DEUS; ESSAS OBRAS DESAPARECERÃO NO FOGO Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus. 1 Coríntios 10:31
  • 22. FENO Assim como o feno é um capim que se consome com o fogo, são as obras feitas para Deus com interesse de fama, poder e dinheiro; estes já receberam o seu galardão aqui mesmo Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta,…. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mateus 6:2 E, quando orares, não sejas como os hipócritas;…. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mateus 6:5 E, quando jejuardes, não vos mostreis contristados…. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mateus 6:16
  • 23. PALHA A PALHA É FRACA, INSTÁVEL E NÃO RESISTE A FORÇA DO FOGO; NÃO TEM FIRMESA As obras semelhante a palha são de crentes inconstantes que não se firmam em nenhuma igreja; São levados como palha por todo vento de doutrina Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. Efésios 4:14
  • 24. SÍNTESE DO TÓPICO 2 As obras dos crentes serão julgadas pelo justo juiz
  • 25. 3º PONTO – A PRESTAÇÃO DE CONTA DO CRENTE E OS GALARDÕES I – OS PASTORES DARÃO CONTA DOS SEUS REBANHOS SER PASTOR É UM GRANDE PRIVILÉGIO, MAS TAMBÉM UMA RESPONSABILBIDADE MUITO GRANDE A salvação é individual, mas os pastores terão que dar conta da igreja a qual liderou na terra
  • 26. Ezequiel criticou os pastores de Israel, por cuidarem de si e não cuidar do povo de Deus, apontou o pecado e pronunciou o julgamento …,ó pastores, ouvi a palavra do Senhor:…as minhas ovelhas foram entregues à rapina, …vieram a servir de pasto a todas as feras do campo,…, meus pastores não procuraram as minhas ovelhas; …apascentaram a si mesmos,…; das suas mãos demandarei as minhas ovelhas, …deixarão de apascentar as ovelhas; …não se apascentarão mais a si mesmos; …livrarei as minhas ovelhas da sua boca, e não lhes servirão mais de pasto. Ezequiel 34:7-10
  • 27. OS PASTORES QUE DEDICAM SUAS VIDAS, CUIDANDO COM ZELO DA IGREJA DO SENHOR, BUSCANDO O EXEMPLO DO BOM PASTOR PARA LIDERAREM O REBANHO DE DEUS, RECEBERÃO O JUSTO GALARDÃO PELO TRABALHO REALIZADO Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. João 10:11
  • 28. II – Crentes darão conta de seus talentos TALENTOS SÃO HABILIDADES QUE ALGUÉM POSSUI PARA DESEMPENHAR ALGUM TRABALHO “AQUI, NO NOSSO CASO” ALGUMA TAREFA EM FAVOR DO REINO DE DEUS Jovens em quem não houvesse defeito algum, de boa aparência, e instruídos em toda a sabedoria, e doutos em ciência, e entendidos no conhecimento, e que tivessem habilidade para assistirem no palácio do rei, e que lhes ensinassem as letras e a língua dos caldeus. Dn 1:4
  • 29. UNS RECEBERAM MAIS QUE OUTROS E FORAM DISTRIBUIDOS DE ACORDO COM A CAPACIDADE DE CADA UM O Senhor nos deu talentos, esperando que o venhamos desenvolver com responsabilidade, zelo e dedicação MATEUS 25:14-28
  • 30. NÃO SEJAMOS COMO O SERVO NEGLIGENTE QUE ENTERROU O SEU TALENTO. NOSSO SENHOR ESTÁ VOLTANDO E ESPERA QUE NÓS TENHAMOS EMPREGADO NOSSAS HABILIDADES EM SUA OBRA, ELE PEDIRÁ CONTAS E RECOMPENSARÁ COM JUSTIÇA A CADA UM E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. Mat 25:21 5+5=10 2+2=4 1+0=1 X
  • 31. SINTESE DO TÓPICO 3 Os crentes prestarão contas de suas ações e de suas obras ao passarem pelo crivo do Senhor e receberão galardões
  • 32. Conclusão NO TRIBUNAL DE CRISTO VAMOS VER QUE VALEU A PENA SUPORTAR AS AFLIÇÕES Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada. Rom 8:18 E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12
  • 33. IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM PORTUGAL DEUS ABENÇOE SUA VIDA E SUA FAMÍLIA