SlideShare uma empresa Scribd logo
PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ
Secretaria Municipal de Educação e Desporto
Rua Pedro Alves Cabral, 01 – Aeroporto – 59607-140 Mossoró / RN
 IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE EDUCACIONAL:
Nome_ESCOLA MUNICIPAL MARINEIDE PEREIRA DA CUNHA
Endereço RUA HENRIQUE MACIEL DE LIMA, 2050
Bairro SANTA DELMIRA I_Telefone ( 84 ) 3315-4827
Emailescolamp1@hotmail.com
JUSTIFICATIVA
1. APRESENTAÇÃO
O discurso oficial que hoje se apresenta sobre escola e sociedade coloca a educação como a
grande responsável pela modernização de nossas sociedades, por suas maiores e menores
possibilidades de integrar-se no mundo globalizado e na sociedade do conhecimento, que por
sua vez exigem altos níveis de competências e domínio de habilidades de caráter cognitivo,
científico e tecnológico, assim como o desenvolvimento da capacidade de interação grupal,
iniciativa, criatividade e uma elevada autoestima. A educação é encarada como esperança para
o futuro.
No entanto ainda persistem no continente altos índices de analfabetismo, evasão, repetência
e desigualdades de oportunidades educacionais entre diferentes países inclusive o Brasil. Em
muitos casos ainda é grave a crise da escola pública. Neste sentido, refletir sobre a qualidade
da educação é uma tarefa extremamente desafiadora dada à relevância e a complexidade que
envolve a temática, haja vista que a educação é considerada uma das áreas mais importante
para a sociedade, tendo assim uma nobre tarefa a desempenhar.
Para LIBÂNEO (1994, p.24), a educação escolar constitui-se num sistema de instrução e
ensino com propósitos intencionais, práticas sistematizadas e alto grau de organização, ligado
intimamente às demais práticas sociais. Pela educação escolar democratizam-se os
conhecimentos, sendo que é na escola que os trabalhadores continuam tendo a oportunidade de
prover escolarização formal aos seus filhos, adquirindo conhecimentos científicos e formando
a capacidade de pensar criticamente os problemas e desafios postos na realidade social.
Nesta compreensão a escola de qualidade é a afirmação do valor da educação como espaço
público onde a construção do conhecimento está a serviço da produção de valores
emancipatórios, libertadores, formadores de sujeitos históricos, críticos e conscientes, capazes
de conquistar e exercer a cidadania. Corroborando com estas afirmações situamos a ESCOLA
MUNICIPAL MARINEIDE PEREIRA DA CUNHA localizada à Rua Henrique Maciel de
Lima, 2050, Santa Delmira I. Está situada entre a Favela do Fio e Conjunto Parque das Rosas,
e conj. Santa Delmira I, considerada área de risco haja vista os dados de violência nesta região
conhecidos pela comunidade escolar, divulgados rotineiramente pela mídia local. Está
construída numa área de 1.297,06 m² com estrutura de alvenaria, piso em granito e cobertura
de telhas. Em 2013 todas as salas da escola ganharam pintura nova, ventiladores e Caixas de
Som, criando-se assim um ambiente mais agradável e comunicador para toda comunidade
escolar, promovendo-se melhores condições de trabalho para os profissionais e de
aprendizagem para os alunos. A escola tem apresentado capacidade de acolher e trabalhar com
compromisso e responsabilidade com foco em metas de melhoria da qualidade da educação
que é ofertada aos alunos. Funciona no turno matutino e vespertino ofertando o ensino
fundamental I e II e no noturno com o PROJOVEM URBANO que em 2013 realizou matricula
de 145 alunos. A procura por vagas na escola aumenta ano a ano, entretanto a oferta é menor
que a procura, uma vez que a quantidade de salas de aulas não atende a demanda da
comunidade, principalmente alunos do fundamental II. Mesmo com espaço restrito em 2013 a
matricula atingiu 408 alunos do ensino fundamental regular mais 21 alunos do AEE
Atendimento Educacional Especializado, sendo 15 alunos da própria escola e 06 alunos de
outras escolas totalizando uma matrícula de 429 alunos, conforme Boletim do Censo(Anexo
1). O crescimento da matrícula, geral e de alunos com deficiência demonstra o respeito da
comunidade ao perfil que a escola vem construindo no dia a dia. “A educação inclusiva
concebe a escola como um espaço de todos, no qual os alunos constroem o conhecimento
segundo suas capacidades, expressam suas ideias livremente, participam ativamente das tarefas
de ensino e se desenvolvem como cidadão, nas suas diferenças”.
A clientela da escola é oriunda do conjunto Parque das Rosas, da Favela do Fio, do
Conjunto Redenção e Conjunto Santa Delmira I. Grande contingente de alunos são filhos de
pais separados, moram com avós, e estes alunos revelam comportamentos atípicos sendo
necessário a escola buscar constantemente ajuda de outras instituições como CRAS, CAPS,
Conselho Tutelar,(Ofício de encaminhamento/Fichas-Anexo 02) para minimização das
situações de relacionamentos, violência, infrequência e baixa estima dos alunos. Estas ações
refletiram significativamente na promoção da permanência do aluno na escola e
consequentemente zerou a evasão. Focados no sucesso dos alunos em 2013 a escola deu
continuidade ao projeto Educação e Saneamento Básico, (Anexo 3) considerado de grande
importância para a conscientização da comunidade em torno da escola sobre direitos e deveres
do cidadão com relação a saúde individual e coletiva bem como a responsabilidade de cada um
para a construção de um ambiente saudável e melhoria da qualidade de vida de todos. Este
projeto promoveu a construção de um grande elo entre a família e a escola e consolidou à
interação das famílias à escola melhorado consideravelmente o ambiente em que vivem, uma
vez que o cuidado para com a rede de esgoto da comunidade tem mostrado avanços na
qualidade de vida de todos. O Seminário das famílias ( foto) realizado pela escola, também
tem se mostrado de relevante importância no fortalecimento da participação dos pais nas
atividades da escola e contribuído para elevação do nível de responsabilização dos mesmos na
aprendizagem dos alunos. Esta ação tem gerado impactos significativos na melhoria da
qualidade do trabalho e da elevação da autoestima e do rendimento dos alunos. (Tabelas e
Gráficos)
0
0,1
0,2
0,3
0,4
0,5
0,6
0,7
0,8
0,9
1
2012 2013
0 0
Índice de Evasão
88%
89%
89%
90%
90%
91%
91%
2012 2013
91%
89%
Índice de Aprovaçãodo 1º ao 5º ano
74%
75%
76%
77%
78%
79%
2012 2013
79%
76%
Índice de Aprovaçãode 6º ao 9º ano
34%
36%
38%
40%
42%
44%
2012 2013
37%
43%
Distorção Idade Série de 6º ao 9º
ano
0%
5%
10%
15%
20%
2012 2013
17%
8%
Distorção Idade Série de 1º ao 5º
ano
84%
85%
86%
87%
88%
89%
89%
86%
Total de alunos Alfabetizados
2012 2013
CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA
 NÍVEIS E MODALIDADES DE ENSINO OFERTADO:
Educação Infantil
( ) Creche
( ) Pré-escola
Ensino Fundamental
( x ) Anos Iniciais
( x ) Anos Finais
( x ) Educação de Jovens e Adultos
 PERÍODO DE FUNCIONAMENTO:
( x ) Manhã ( x ) Tarde ( x) Noite Horário Integral ( ) Creche
( x ) Mais Educação
 NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA:
TURMAS
1º
ANO
2º
ANO
3º
ANO
4º
ANO
5º
ANO
6º
ANO
7º
ANO
8º
ANO
9º
ANO
Manhã
26 23 28 58 56
Tarde
75 67 49 26
Noite
Integral
23 26 54 38 71 ------ ----- -----
 NÚMERO TOTAL DE ALUNOS/MÉDIA GLOBAL:
Total de alunos Média Global da Escola
620 6,5
 INDICADORES DESEMPENHO DA ESCOLA:
A- EDUCAÇÃO INFANTIL:
INDICADOR
ANO
MATRICULA
FINAL
TAXA DE
APROVAÇÃO
(%)
TAXA DE
REPROVAÇÃO
(%)
TAXA DE
ABANDONO
(%)
TAXA DE
DISTORÇÃO
IDADE/SÉRIE (%)
Nº DE CRIANÇAS
NO PROCESSO DE
ALFABETIZAÇÃO
2012
2013
B- ANOS INICIAIS:
INDICADOR
ANO
MATRICULA
FINAL
TAXA DE
APROVAÇÃO
(%)
TAXA DE
REPROVAÇÃO
(%)
TAXA DE
ABANDONO
(%)
TAXA DE
DISTORÇÃO
IDADE/SÉRIE (%)
TAXA DE
ALFABETIZAÇÃO
2012 179 91 9 0,0 17 89
2013 184 88.6 11.4 0.0 14 86
C - ANOS FINAIS:
INDICADOR
ANO
MATRICULA
FINAL
TAXA DE
APROVAÇÃO
(%)
TAXA DE
REPROVAÇÃO
(%)
TAXA DE
ABANDONO
(%)
TAXA DE
DISTORÇÃO
IDADE/SÉRIE (%)
2012 221 79 21 0,0 37
2013 210 75.7 24.3 0,0 42.9
D - EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS:
INDICADOR
ANO
MATRICULA
FINAL
TAXA DE
APROVAÇÃO
(%)
TAXA DE
REPROVAÇÃO
(%)
TAXA DE
ABANDONO
(%)
TAXA DE
DISTORÇÃO
IDADE/SÉRIE (%)
TAXA DE
ALFABETIZAÇÃO
2012
2013
 DADOS DA PROVINHA BRASIL/IDEB:
ANO
PROVINHA BRASIL
1ª FASE
PROVINHA BRASIL
2ª FASE
IDEB
1º ao 5º ano 6º ao 9º ano
2012 3 4
2013 3 5
 DADOS DOS ALUNOS DESTAQUE
ANO ESCOLAR
5° ANO
VICTOR EMANUEL GOMES DE SOUZA
ANO ESCOLAR
MÉDIA
FINAL
PERC. DE
FREQUÊNCIA
LÍNGUA PORTUGUESA 9,2 99%
MATEMÁTICA 9,2 99%
CIÊNCIAS 9,7 99%
HISTÓRIA 9,7 99%
GEOGRAFIA 9,6 99%
ENSINO DA ARTE ---- 99%
ENSINO RELIGIOSO ---- 99%
EDUCAÇÃO FÍSICA --- 99%
MÉDIA E FREQUÊNCIA GLOBAL 9,4 99%
ANO ESCOLAR
9° ANO
YATAMURI RAFAELLY COSME DA SILVA
ANO ESCOLAR
MÉDIA
FINAL
PERC. DE
FREQUÊNCIA
LÍNGUA PORTUGUESA 8,7 98%
MATEMÁTICA 8,5 98%
CIÊNCIAS 8,7 98%
HISTÓRIA 7,3 98%
GEOGRAFIA 7,2 98%
ENSINO DA ARTE ........ 98%
ENSINO RELIGIOSO ........ 98%
EDUCAÇÃO FÍSICA ....... 98%
LINGUA INGLESA 9,1 98%
MÉDIA E FREQUÊNCIA GLOBAL 8,2 98%
Mossoró, 25/07/2014.
COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO – CPA
MOSSORÓ, 06/06/2014.
MARIA DE FÁTIMA ROCHA DA
NÓBREGA
MARLUZA DE SOUSA SÁ
ALZINETE PEREIRA REGIS
RITA IRES DIAS DE PAULA
ZILDA MARIA FERNANDES
BEZERRA
ROSELY DE SOUSA FERNANDES
OBSERVAÇÕES:
 Os dados devem ser coletados em documentos oficiais: boletins do Censo, Mapa Educacional 2013 e
em documentos da escola.
 Anexar ata da reunião do Conselho Escolar/Comissão para preenchimento dos documentos que
compõem a FASE DE AUTOAVALIAÇÃO.
 A INSTITUIÇÃO EDUCACIONAL DEVERÁ ENTREGAR O DOSSIÊ ATÉ O DIA 28/07/2014
- (ATÉ AO MEIO DIA).
CONSOLIDADO DA AUTOAVALIAÇÃO – PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” –
EDIÇÃO 2009/2013.
DIMENSÃO PARÂMETROS
INDICADOR
1 2 3 4 5
1. Gestão pedagógica:
Abrange processos e práticas de gestão
pedagógica orientados para assegurar a
aprendizagem dos alunos, em
consonância com o Projeto Pedagógico
da escola.
# Garante o acesso e a permanência dos alunos, inclusive com
necessidades educacionais especiais nas classes comuns do
ensino regular.
x
# Realiza práticas de organização do tempo/espaço, de modo
que assegure ações que aprimoram a qualidade do ensino e o
atendimento às necessidades de aprendizagens dos alunos.
x
# Garante a atualização e validação do Projeto Político
Pedagógico anualmente, com a participação de todos os
segmentos da comunidade escolar.
x
PESO: 4,0 Subtotal
2. Gestão de pessoas:
Abrange processos e práticas de gestão
dos profissionais da educação.
# Promove o desenvolvimento profissional em relação aos
conhecimentos, habilidades e atitudes, através de ações de
formação continuada com base nas necessidades identificadas.
x
# Adota práticas avaliativas do desempenho de professores e
dos demais profissionais, ao longo do ano letivo.
x
# Promove práticas de valorização e reconhecimento do
trabalho e esforço dos professores e demais profissionais da
escola no sentido de reforçar ações voltadas para melhoria da
qualidade do ensino.
X
PESO: 1,0 Subtotal
3. Planejamento e gestão: Abrange
processos e práticas de gestão dos
serviços de apoio, recursos físicos e
financeiros.
# Realiza de forma sistemática, coletiva e cooperativa o
planejamento dos serviços e das atividades escolares
oferecidas.
x
# Zela pela transparência da gestão, utilizando os canais de
comunicação da escola para divulgar informações de prestação
de contas dos recursos, dos resultados obtidos pela escola e
das estratégias utilizadas na resolução de problemas.
x
# Desenvolve projetos nas áreas de saúde, esporte, assistência
social e/ou cultura, ampliando as atividades internas e externas
da escola, firmando parcerias externas a comunidade escolar.
x
# Aplica os recursos conforme plano de aplicação construído
coletivamente, dando prioridade as necessidades.
x
PESO: 2,0 Subtotal
4. Avaliação e resultados: Abrange
processos e práticas de gestão voltadas
para assegurar a melhoria dos
resultados de desempenho da escola –
rendimento, frequência e proficiência
dos alunos.
# Desenvolve um sistema de monitoramento das metas e ações
estabelecidas no Projeto Político Pedagógico, garantindo
condições de efetivação e sucesso.
x
# Acompanha cada aluno da escola individualmente, mediante
registro de sua frequência e do seu desempenho nas
avaliações.
x
# Alfabetiza as crianças até, no máximo, os oito anos de
idade, aferindo os resultados por exame periódico específico.
X
# Adota ações de combate à evasão e repetência, com
sistemática de monitoramento a fim de garantir o a efetividade
e sucesso dos alunos.
x
PESO: 3,0 Subtotal
TOTAL GERAL
LEGENDA 1:
1. MUITO AQUÉM DO ESPERADO
2. AQUÉM DO ESPERADO
3. NÍVEL ACEITAVÉL
4. ALÉM DO ESPERADO
5. MUITO ALÉM DO ESPERADO
DETALHAMENTO DA AUTOAVALIAÇÃO - PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” –
EDIÇÃO 2009/2013.
a) Gestão pedagógica: Abrange processos e práticas de gestão pedagógica orientados para
assegurar a aprendizagem dos alunos, em consonância com o Projeto Pedagógico da escola.
Estabelece como foco a melhoria da qualidade do processo de ensino e de aprendizagem.
PARÂMETRO CRITÉRIO
MARQUE
APENAS UMA
ALTERNATIVA
# Garante o acesso e a permanência dos
alunos, inclusive com necessidades
educacionais especiais nas classes
comuns do ensino regular.
1. Não houve matrícula nova e a evasão foi superior a
10%.
2. Não houve matrícula nova e houve evasão até 5%.
3. Houve matrícula nova e menos de 5% de evasão.
4. Houve expansão de matrícula e não houve evasão. X
5. Houve expansão acima de 20% e não houve evasão.
# Realiza práticas de organização do
tempo/espaço, de modo que assegure
ações que aprimoram a qualidade do
ensino e o atendimento às necessidades
de aprendizagens dos alunos.
1. Não foi apresentada nenhuma prática inovadora por
nenhum dos professores.
2. Foram apresentadas praticas inovadoras por menos de
10% dos professores.
3. Foram apresentadas praticas inovadoras por mais de
10% dos professores
X
4. Foram apresentadas praticas inovadoras por 20% dos
professores.
5. Foram apresentadas praticas inovadoras por mais de
20% dos professores
# Garante a atualização e validação do
Projeto Político Pedagógico anualmente,
com a participação de todos os segmentos
da comunidade escolar.
1. O PPP não foi atualizado e nem validado.
2. O PPP foi atualizado, mas NÃO foi validado com a
participação dos segmentos da comunidade escolar.
3. O PPP foi atualizado e validado com a participação de
representantes dos segmentos da comunidade escolar.
X
4. O PPP foi atualizado e validado com a participação de
representantes dos segmentos da comunidade escolar, com
resultados positivos.
5. O PPP foi atualizado e validado com a participação de
representantes dos segmentos da comunidade escolar, com
resultados positivos e inovadores.
Total de pontos
* Quando a expansão da matrícula foi limitada pelo espaço físico considerar o nível 5.
RELATÓRIO POR PARÂMETRO
A) Garante o acesso e a permanência dos alunos, inclusive com necessidades educacionais especiais nas
classes comuns do ensino regular. A dimensão da cultura inclusiva é a possibilidade da criação de
uma comunidade escolar segura, acolhedora, colaborativa e estimulante na qual cada sujeito é
valorizado. Na Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha estes valores são compartilhados por
toda a comunidade escolar (estudantes, familiares, membros do conselho escolar, professores
funcionários e gestores). Uma comunidade acolhedora é a base para a convivência de respeito e
valorização das diferenças e implica no desenvolvimento de valores que mobilizam as pessoas a
pensarem, viverem e organizarem o espaço da escola, incluindo nele todas as crianças. A inclusão na
escola Municipal Marineide Pereira da Cunha é o centro do desenvolvimento da escola, fomentando
todas as ações e as políticas para que melhore a aprendizagem e a participação de todo o alunado. Em
2013 a escola assegurou vagas para alunos com deficiência tanto na sala comum quanto na sala de
Recursos Multifuncionais conforme declaração do censo ( Anexo 4 ) A matrícula deste segmento é
sempre realizada antes do período da matrícula regular, demonstrando a responsabilidade da escola
com todas as crianças respeitando o princípio de acessibilidade e permanência dos alunos que é o foco
da gestão escolar, considerando que a matrícula inicial, é apenas ponto de chegada à escola, mas é o
princípio de permanência que dá garantia à continuidade do educando no sistema. Criou-se
oportunidade de formação da equipe para melhor compreensão, da necessidade de todos estarem
envolvidos e preparados para lidar com os princípios da inclusão e para a construção de uma visão de
respeito às diferenças. ( Atas de formação -anexo 5 ) A evasão continua zerada, haja vista o
trabalho de monitoramento realizado pela equipe pedagógica através de ligações telefônicas para os
familiares de alunos faltosos, as visitas domiciliares realizadas pela equipe pedagógica e a parceria com
a Promotoria da Infância e o Conselho Tutelar que contribui para o resgate de alunos ausentes.
(Ofícios de encaminhamento- anexo 2). Compreende-se então que escola inclusiva é aquela que
garante a qualidade da educação ofertada aos seus alunos, reconhecendo e respeitando as suas
diversidades e atendendo a cada um de acordo com suas potencialidades. A Escola Municipal
Marineide Pereira da Cunha vem construindo um perfil de grande credibilidade junto a sociedade
por trabalhar o processo de inclusão disponibilizando recursos materiais e humanos para efetivação da
inclusão na escola, o acolhimento e atenção da sala de AEE o que justifica o crescimento da matrícula
ano a ano e a permanência dos alunos na escola sem ocorrência de evasão desde 2011, conforme
quadro de rendimento final anual. ( Anexo 6 ).Em 2013 a matrícula cresceu 10% em relação a 2012 e a
evasão atingiu 2,1%. Conforme Boletim do Censo Educacional 2013 (anexo 1).
B) Realiza práticas de organização do tempo/espaço, de modo que assegure ações que aprimoram a
qualidade do ensino e o atendimento às necessidades de aprendizagens dos alunos.
A escola desenvolveu Projeto de Jogos Educativos no Recreio (anexo 07) objetivando aproveitar
melhor o tempo escolar e diminuir violência entre as crianças.
Figura 1 - Projeto de Jogos Educativos, alunos do 1° ano A, 15/05/2014.
RESULTADOS DO PROJETO.
O clima escolar melhorou bastante, diminuiu a violência.
IMPACTOS:
Melhoria da aprendizagem.
Os conceitos de espaço e de tempo são construções sociais e históricas da atividade humana. A
ideia que se tem hoje sobre essas categorias na organização curricular, a nosso ver, constitui parte
das mediações produzidas nos movimentos de construção histórica da escola. Com base nestas
premissas a Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha, organizou seus tempos e espaços com
foco em seu Projeto Pedagógico, propondo uma logística que contemplasse as atividades
curriculares na perspectiva didática- pedagógico e recreativo. Na perspectiva pedagógica
realizaram-se atividades lúdicas com cunho pedagógico como exemplo o, a utilização da biblioteca
e laboratório de informática para realização de atividades que contribuem para melhoria da
aprendizagem dos alunos de forma lúdica e prazerosa. A escola promoveu aulas de campo para
biblioteca pública, para praças e museus da cidade, bem como viagens para Lajedo de Soledade na
perspectiva de oferecer aos alunos a oportunidade construção de novos conhecimentos e cultura da
região. No recreio deu-se continuidade ao projeto “Recreio sem violência” que vem gerando
impactos positivos na minimização de atitudes de violência entre os alunos. O Projeto poetas e
poesias no recreio proponha a declamação de textos poéticos no horário do recreio através da
Radio Escola do Programa Mais Educação, promovendo-se um clima de alegria e reduzindo
atitudes de violência e hostilidades neste espaço. A escola também utilizou a música e atividades
esportivas através do Programa Atletas na Escola para promoção da alegria e da confraternização
entre os alunos e o prazer de estar no espaço escolar. O clima na escola melhorou
consideravelmente, a violência diminuiu e gerou impacto na aprendizagem dos alunos. (Anexo 7)
Projeto Recreio Sem Violência Foto: Emanuelle Projeto Recreio Sem Violência Foto : Emanuelle
C) Garante a atualização e validação do Projeto Político Pedagógico anualmente, com a
participação de todos os segmentos da comunidade escolar.
O projeto Político Pedagógico da Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha se constitui num
instrumento de gestão pedagógica e administrativa, sendo ele um referencial para a execução de
atividades e identificador das principais dificuldades e dos fatores facilitadores em relação ao
processo de ensino e aprendizagem. É um instrumento que é validado e monitorado
sistematicamente, uma vez que a escola é dinâmica e os processos precisam ser ajustados para que
o resultado do trabalho seja significativo. O PPP (Anexo 8 ) é validado pelo conselho escolar ,
registrado em atas, observando-se as ações e metas planejadas seus avanços e retrocessos, no
sentido de se construir ações significativas que promovam o andamento do processo educativo e
atinja os objetivos propostos pela comunidade escolar. Em 2013 verificou-se avanços em termos
de elaboração, discussão e participação coletiva dos projetos pedagógicos, e da implementação dos
mesmos possibilitando impactos na aprendizagem dos alunos e na construção da identidade da
escola. O PPP foi apresentado e discutido em reunião, posteriormente aprovado e homologado pelo
Conselho Escolar. (ata - anexo 9 )
 ANEXAR DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CADA PARÂMETRO
INDICADO.
DETALHAMENTO DA AUTOAVALIAÇÃO - PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” – EDIÇÃO
2009/2013.
b) Gestão de pessoas: Abrange processos e práticas de gestão dos profissionais da educação:
Estabelece como foco o envolvimento e o compromisso das pessoas (professores e demais profissionais,
pais e alunos) com o projeto pedagógico da escola e as inovações na gestão.
PARÂMETRO CRITÉRIO
MARQUE
APENAS
UMA
ALTERNA
TIVA
# Promove o desenvolvimento
profissional em relação aos
conhecimentos, habilidades e
atitudes, através de ações de
formação continuada com base
nas necessidades identificadas.
1. Não houve ações de formação continuada.
2. Houve apenas uma ação de formação
continuada com base nas necessidades e
envolveu menos de 50% dos profissionais da
escola.
3. Houve apenas cinco ações de formação
continuada com base nas necessidades,
envolvendo 50% dos profissionais da escola.
x
4. Houve mais de cinco e menos de dez ações
de formação continuada com base nas
necessidades, envolvendo mais 50% dos
profissionais da escola.
5. Houve mais de dez ações de formação
continuada com base nas necessidades,
envolvendo 100% dos profissionais da escola.
# Adota práticas avaliativas do
desempenho de professores e dos
demais profissionais, ao longo do
ano letivo.
1. Não foi realizada nenhuma prática
avaliativa do desempenho dos profissionais.
2. Foram realizadas práticas avaliativas
apenas dos professores.
3. Foram realizadas práticas avaliativas do
desempenho dos profissionais da educação
pela equipe gestora.
4. Foram realizadas práticas avaliativas do
desempenho dos profissionais da educação
pelo Conselho Escolar 1 vez por ano.
5. Foram realizadas práticas avaliativas do
desempenho dos profissionais da educação
pelo Conselho Escolar 1 vez por semestre.
x
# Promove práticas de
valorização e reconhecimento do
trabalho e esforço dos professores
e demais profissionais da escola
no sentido de reforçar ações
voltadas para melhoria da
qualidade do ensino.
1. Não promove ações.
2. Promove ações pontuais sem planejamento.
3. Promove ações com base em diagnóstico e
planejamento.
4. Promove ações, monitora e avalia os
resultados.
x
5. Promove ações proativas e tem resultados
positivos.
Total de pontos
RELATÓRIO POR PARÂMETRO
# Promove o desenvolvimento profissional em relação aos conhecimentos, habilidades e
atitudes, através de ações de formação continuada com base nas necessidades identificadas.
A ESCOLA MUNICIPAL MARINEIDE PEREIRA DA CUNHA em 2013 desenvolveu várias
atividades relativas ao processo formativo dos profissionais da educação na perspectiva de
contemplar o vínculo orgânico entre teoria e prática, dimensionando bases teóricas e exercício
constante no chão da sala de aula, dimensionando os problemas reais da formação destes
profissionais, levando-se em consideração o monitoramento das ações e as necessidades
apresentadas e diagnosticadas. As ações se voltaram para questões de inclusão, de avaliação da
aprendizagem e questões metodológicas. A escola cumpre a sua responsabilidade com a
formação dos profissionais da educação, contemplando a produção de novos conhecimentos,
metodologias e tecnologias, visando a inovação das praticas pedagógicas dos Professores para a
melhoria da aprendizagem dos alunos. Em 2013 a escola promoveu atividades de formação para
professores e funcionários técnicos, administrativos e de apoio. Apoiou os profissionais para
participação em cursos de formação, levando em consideração a necessidade de construção de
conhecimentos e habilidades inerentes ao trabalho de cada equipe e as metas do plano de ação.
(anexo 10)
As atividades de extrarregência (Fotos) foram muito bem aproveitados para o desenvolvimento
de atividades de formação entre elas estudo sobre inclusão de alunos com deficiência na
perspectiva de uma escola para todos, estudo sobre deficiência visual oficinas sobre
planejamento, estudo sobre elaboração de projetos, a importância do laboratório de Informática
como recurso pedagógico, estudo sobre a escolha responsável do livro didático além de estudo
sobre a avaliação como parte integrante do processo de aprendizagem dos alunos. Oportunizou-se
a formação para merendeiras e para o pessoal de apoio realizados pela SMED, além de oficinas
de relações humanas realizadas pela escola.
Oficina de Informática Foto: Maura Fernandes Oficina sobre Inclusão Foto: Rosely Fernandes
Podemos afirmar que as atividades de formação realizadas pela escola e as oferecidas pela
SMED contribuíram de forma significativa para a melhoria do clima escolar e da prática
pedagógica dos servidores, e envolveu mais de 50% dos profissionais resultando na melhoria do
trabalho pedagógico e causando impacto na elevação dos dados de aprendizagem dos alunos da
escola. (Atas - anexo 11)
# Adota práticas avaliativas do desempenho de professores e dos demais profissionais, ao
longo do ano letivo.
A Avaliação do desempenho da equipe da Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha tem
caráter pedagógico, formativo, pois consiste em uma experiência social significativa que aborda
valores e promove mudanças, potencializando o desenvolvimento humano e institucional. A
avaliação do trabalho contribuiu para se entender os processos de construção da realidade
escolar, mediante a lógica da coleta e interpretação de dados a fim de detectar comportamentos
sociais e práticas cotidianas, na perspectiva de melhoria do trabalho pedagógico e
consequentemente da elevação dos dados da escola. Essa prática vem sendo adotada pela equipe
pedagógica e gestora, por entender que a avaliação Interna é um processo necessário que deve ser
contínuo, por meio do qual uma instituição constrói conhecimentos sobre sua própria realidade, e
busca compreender os significados do conjunto de suas atividades para melhorar a qualidade
educativa e alcançar maior relevância social. Como procedimento para confirmar esta pratica
adota-se visitas às salas de aulas utilizando-se fichas avaliativas (Ficha - anexo 12) para verificar
a prática dos professores, apresentando-se posteriormente análise de relatórios de visitas, na
perspectiva de contribuição para melhoria da prática didático-pedagógica e consequentemente
elevar os dados de rendimento dos alunos. A Lei de Responsabilidade Educacional que trás em
seu bojo a avaliação do desempenho profissional garante à escola efetivar a prática avaliativa do
desempenho do trabalho de cada servidor tendo em vista que a qualidade da educação ofertada
pela escola depende do desempenho de cada um e de todos.
# Promove práticas de valorização e reconhecimento do trabalho e esforço dos professores e
demais profissionais da escola no sentido de reforçar ações voltadas para melhoria da
qualidade do ensino.
A promoção de iniciativas de valorização e reconhecimento do trabalho dos profissionais que
atuam na Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha está vinculada ao reconhecimento do
trabalho e esforço de seus professores e demais profissionais, no sentido de elevação da
autoestima dos servidores e do aprimoramento de seu desempenho. Tem se realizado a partir de
práticas de confraternização em datas especiais, como Dia da Mulher, Dia do Professor,
comemoração de datas alusivas a aniversários, ao Funcionário público, o Supervisor Pedagógico
e confraternização natalina. Estes momentos são transformados em momentos especiais com
distribuição de brindes e mensagens de agradecimentos e reconhecimento do trabalho e
valorização das equipes. Nas reuniões de avaliação de resultados os professores são
parabenizados pelos resultados positivos dos alunos e esta prática, tem produzido maior
envolvimento e comprometimento dos profissionais nas atividades, fortalecendo-se
procedimentos de participação das equipes que se apresentaram mais atuante e compromissada
com os desafios do cotidiano escolar contribuindo dessa forma para a melhoria da qualidade da
gestão educacional e dos indicadores da escola. (Anexo 13- Fotos )
NÃO USA ESSA PÁGINA
ANEXAR DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CADA PARÂMETRO INDICADO.
DETALHAMENTO DA AUTOAVALIAÇÃO - PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” –
EDIÇÃO 2009/2013.
c) Planejamento e gestão: Abrangem processos e práticas de gestão dos serviços de apoio,
recursos físicos e financeiros.
Estabelecer como foco os processos e práticas eficientes e eficazes de gestão dos serviços de
apoio, recursos físicos e financeiros.
PARÂMETRO CRITÉRIO
MARQUE APENAS
UMA ALTERNATIVA
# Realiza de forma sistemática, coletiva
e cooperativa o planejamento dos
serviços e das atividades escolares
oferecidas.
1. Não planeja.
2. Planeja sem participação da comunidade escolar.
3. Planeja com os professores, supervisores e
demais profissionais da escola.
4. Planeja coletivamente, monitora e avalia
5. Planeja efetivamente, monitora e avalia com toda
equipe escolar
x
# Zela pela transparência da gestão,
utilizando os canais de comunicação da
escola para divulgar informações de
prestação de contas dos recursos, dos
resultados obtidos pela escola e das
estratégias utilizadas na resolução de
problemas.
1. Não zela pela transparência da gestão.
2.. Divulga os resultados e publica prestação de
constas 1 vez no ano.
3. Divulga os resultados e publica prestação de
constas semestralmente nos murais da escola
4. Divulga os resultados e publica prestação de
constas da escola, mensalmente, em vários canais.
x
5. Divulga os resultados e publica prestação de
constas da escola, mensalmente, avaliando os
impactos.
# Desenvolve projetos nas áreas de
saúde, esporte, assistência social e/ou
cultura, ampliando as atividades internas
e externas da escola, firmando parcerias
externas a comunidade escolar.
1. Não desenvolve projetos.
2. Desenvolve projetos apenas na área da saúde.
3. Desenvolve projetos em mais de duas áreas, sem
parcerias.
4. Desenvolve projetos internos nas diversas áreas,
com parcerias.
x
5. Desenvolve projetos internos e externos nas
diversas áreas, com várias parcerias.
# Aplica os recursos conforme plano de
aplicação construído coletivamente,
dando prioridade as necessidades.
1. Não constrói Plano de Aplicação.
2. Constrói Plano de Aplicação sem a consultar o
Conselho e sem respeitar as prioridades.
3. Constrói Plano de Aplicação com consulta ao
Conselho e sem respeitar as prioridades.
4. Constrói Plano com consulta ao Conselho, e
aplica recursos respeitando as prioridades.
x
5. Constrói Plano com consulta ao Conselho, aplica
os recursos respeitando as prioridades e amplia com
parcerias.
Total de pontos
RELATÓRIO POR PARÂMETRO
# Realiza de forma sistemática, coletiva e cooperativa o planejamento dos serviços e das
atividades escolares oferecidas.
O planejamento escolar é uma tarefa docente que inclui tanto a previsão das atividades em termos
de organização e coordenação em face dos objetivos propostos, quanto a sua revisão e adequação
no decorrer do processo de ensino.
O planejamento é um meio para programar as ações docentes, mas é também um momento de
pesquisa e reflexão que estão intimamente ligados à avaliação.
O planejamento das atividades pedagógicas da Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha
se desenvolve a partir da elaboração do Mapa Educacional,(Anexo 10) instrumento da Lei
Responsabilidade Educacional – Nº 2717/10- Lei Niná Rebouças. As metas e ações traçadas no
Mapa são realizadas de forma individual e coletiva, onde cada professor traça sua própria meta e
assim compromete-se com a meta geral da escola. O planejamento participativo envolve o
Conselho Escolar na perspectiva de gestão democrática entendendo-se que a gestão participativa
somente se consolida através da participação de todos os segmentos os quais são representados
pelo Conselho Escolar. Bimestralmente acontece o Planejamento das atividades socio-culturais e
educativas previstas no calendário escolar, sistematizando assim, os tempos e espaços
pedagógicos. O planejamento é participativo e cooperativo uma vez que respeita as peculiaridades
de cada segmento e considera as metas da escola e a realidade do contexto escolar.
As atividades desenvolvidas pelas equipes são planejadas, monitoradas e avaliadas
sistematicamente para se evitar decisões equivocadas e isoladas dos objetivos traçados.
Bimestralmente realiza-se avaliação e análise do rendimento dos alunos junto a pais, professores e
Conselho Escolar buscando-se estratégias para novas formas de enfrentamento das questões
consideradas responsáveis pelos objetivos que possam não ter sido alcançados. (Atas - anexo 14)
# Zela pela transparência da gestão, utilizando os canais de comunicação da escola para
divulgar informações de prestação de contas dos recursos, dos resultados obtidos pela escola
e das estratégias utilizadas na resolução de problemas.
O estímulo à transparência pública é um dos objetivos essenciais da moderna Administração
Pública. A ampliação da divulgação das ações dos gestores públicos, além de contribuir para o
fortalecimento da democracia, prestigia e desenvolve as noções de cidadania. A Lei de
Responsabilidade Fiscal ( LRF), a Lei da Transparência, além dos princípios contidos no artigo 37
da constituição Federal consagra a transparência da gestão como mecanismo de controle social e é
indispensável para redefinição do papel dos gestores, além de se constituir uma temática que vem
sendo colocada no foco das discussões da sociedade brasileira.
.A Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha, trabalha com foco na LRF e convoca a atuação
efetiva do Conselho Fiscal Escolar para participar da construção e acompanhamento do plano de
aplicação dos recursos levando-se em consideração as prioridades (Ata – anexo 15) Os recursos
são monitorados através do Plano de Aplicação e prestações de contas. (anexo 16) A escola
apresenta prestações de contas aos órgãos de direito dentro dos prazos estabelecidos, após análise
aprovação e homologação das prestações de contas pelo Conselho Fiscal. (Ata e foto de
divulgação - anexo 17) As prestações de conta são divulgadas sistematicamente a toda
comunidade escolar, nos murais da escola e portais eletrônicos para possibilitar o acesso de todos e
enfatizar a transparência acerca da prestação de contas dos recursos da escola no (blog: marineide-
marineidepc.blogspot.com e murais da escola.
# Desenvolve projetos nas áreas de saúde, esporte, assistência social e/ou cultura, ampliando
as atividades internas e externas da escola, firmando parcerias externas a comunidade
escolar.
A Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha em parceria com a Unidade Básica de Saúde e
outras instituições parceiras de ensino superior-UNP e UERN através dos grupos de estágio dos
cursos de enfermagem e nutrição, que desenvolvem atividades de orientação e promoção da saúde
das crianças e adolescentes. O Programa Saúde na Escola (PSE) contribui para a formação integral
dos estudantes por meio de ações de promoção da saúde, prevenção de doenças e agravos à saúde e
atenção à saúde, visando o enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno
desenvolvimento de crianças, adolescentes e jovens da rede pública de ensino. Em 2013
consolidaram-se parcerias com a UERN, UNP CAERN Vigilância Sanitária, e projetos de
relevante importância para a comunidade foram desenvolvidos: Saneamento básico na perspectiva
de garantir melhores condições de saúde para as pessoas da comunidade Parque das Rosas,
evitando a contaminação e proliferação de doenças causadas pelo mau uso do esgoto sanitário, ao
mesmo tempo, garantir a preservação do meio ambiente. Na escola realizaram-se ações de
combate a dengue estendendo-se a comunidade com a realização de panfletagem realizada pelos
alunos. Em parceria com a UNP realizou-se palestras de orientações sobre prevenção de doenças
sexualmente transmissíveis, ações de combate às drogas com o desenvolvimento de ações relativas
ao projeto deixa Eu falar sobre... CRACK, para adolescentes e familiares, o monitoramento dos
cartões de vacinas e a avaliação antropomédica realizada em parceria com a UBS do bairro.
Também se realizou oficinas sobre alimentação saudável, meio ambiente, Orientações sobre o
trânsito, verificação de pressão arterial e controle de glicose de alunos e profissionais da escola.
Atividades esportivas foram realizadas, como capoeira, futsal e atividades culturais como Festa
Junina, Festival Literário, Sarau Literário, festival literário, festa em comemoração ao dia das
mães, dia das crianças, natal das crianças. Todas essas atividades focaram na melhoria da
qualidade de vida e nos aspectos cultural e social da comunidade escolar gerando impactos
positivos na participação e inserção das famílias na escola. (Projetos - anexo 18 )
# Aplica os recursos conforme plano de aplicação construído coletivamente, dando
prioridade as necessidades.
O processo de construção da gestão democrática da escola é fortalecido pela descentralização das
ações e pela participação dos segmentos nas tomadas de decisões tendo como referência as suas
necessidades. Para efetivar esse princípio a Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha realizou
em 2013 reuniões com os segmentos para análise da realidade e planejar aplicação de recursos
com foco nas prioridades.
O plano de Aplicação dos recursos da escola foi construído de forma articulada com o Conselho
Escolar e efetivou-se conforme planejamento, levando-se em consideração o entendimento de
todos acerca das demandas prioritárias da unidade educacional e o impacto que as mesmas
poderiam gerar na melhoria da qualidade do trabalho educativo. (Anexo 16 )
ANEXAR DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CADA PARÂMETRO INDICADO.
DETALHAMENTO DA AUTOAVALIAÇÃO - PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” –
EDIÇÃO 2009/2013.
d) Avaliação e resultados: Abrange processos e práticas de gestão voltadas para assegurar a
melhoria dos resultados de desempenho da escola – rendimento, freqüência e proficiência dos
alunos.
Estabelece como foco a aprendizagem, apontando resultados concretos a atingir.
PARÂMETRO CRITÉRIO
MARQUE APENAS
UMA
ALTERNATIVA
# Desenvolve um sistema de
monitoramento das metas e ações
estabelecidas no Projeto Político
Pedagógico, garantindo condições de
efetivação e sucesso.
1. Não desenvolve sistema de monitoramento do
PPP.
2. Tem o sistema e não desenvolve o
monitoramento.
3. Tem o sistema de monitoramento o PPP.
4. Tem sistema de efetivo monitoramento das metas
e ações do PPP.
5. Tem sistema de efetivo monitoramento das metas
e ações do PPP, redimensionando o planejamento
da escola.
x
# Acompanha cada aluno da escola
individualmente, mediante registro de
sua frequência e do seu desempenho nas
avaliações.
1. Não faz acompanhamento dos alunos.
2. Faz o acompanhamento e não registra as
informações.
3. Faz o acompanhamento e registra as
informações.
4. Faz o acompanhamento, registra e analisa as
informações.
5. Faz o acompanhamento, registra, analisa e faz
uso dessas informações no planejamento.
x
# Alfabetiza as crianças até, no máximo,
os oito anos de idade, aferindo os
resultados por exame periódico
específico.
1. Não alfabetizou as crianças.
2. Alfabetizou até 50% das crianças com oito anos.
3. Alfabetizou até 70% das crianças com até oito
anos.
x
4. Alfabetizou mais 90% das crianças com até oito
anos.
5. Alfabetizou 100% das crianças com até oito
anos.
# Adota ações de combate à evasão e
repetência, com sistemática de
monitoramento a fim de garantir o a
efetividade e sucesso dos alunos.
1. Não adota ações de combate a evasão.
2. Adota ações de combate a evasão, sem
monitoramento.
3. Adota ações de combate à evasão, com
monitoramento, e mesmo assim apresentou índice
de evasão abaixo de 10%.
4. Adota ações de combate à evasão, com
monitoramento, zerando o índice de evasão.
x
5. Adota ações de combate à evasão, com
monitoramento, zerando o índice de evasão e
garantindo o sucesso dos alunos.
Total de pontos
RELATÓRIO POR PARÂMETRO
# Desenvolve um sistema de monitoramento das metas e ações estabelecidas no Projeto
Político Pedagógico, garantindo condições de efetivação e sucesso.
A Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha desenvolveu em 2013 um sistema de
monitoramento de suas metas e ações utilizando coleta sistemática e análise de informações, com
vista a melhorar a eficiência e eficácia de seu projeto pedagógico. Entendendo que o
monitoramento de metas e ações são ferramentas indispensáveis para efetivação de um trabalho de
qualidade e o efetivo sucesso dos alunos. A escola realizou reuniões para análise de resultados,
planejou estratégias diversificadas, como Plano de intervenção Pedagógica e delegou ações aos
diferentes segmentos e monitorou o desenvolvimento das atividades constantes do Mapa
Educacional com vistas a garantir a efetivação dos objetivos do PPP e das metas propostas para
2013. (Relatório de monitoramento Pedagógico/Plano de intervenção -
anexo 19 )
# Acompanha cada aluno da escola individualmente, mediante registro de sua frequência e
do seu desempenho nas avaliações.
A escola adota acompanhamento sistemático do processo de aprendizagem dos alunos
monitorando as metas e ações estabelecidas no mapa educacional na perspectiva de garantir
condições de melhoria da qualidade da aprendizagem dos educandos. Em 2013 desenvolveu-se o
acompanhamento do desempenho e frequência do aluno por meio de programa IEDUCAR, fichas
de registro e acompanhamento em sala de aula, análise do rendimento através de instrumentos de
avaliação focando-se nos alunos com baixo desempenho, e baixa frequência propondo-se ações
junto aos professores e famílias e órgãos competentes, visando a superação das dificuldades de
aprendizagem e a efetivação dos objetivos e metas da escola.( Anexos 20)
# Alfabetiza as crianças até, no máximo, os oito anos de idade, aferindo os resultados por
exame periódico específico.
A equipe da Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha abraçou as metas da escola e assumiu o
compromisso e responsabilidade com a alfabetização das crianças na idade certa. A equipe
participou de formação (PNAIC) e aplicou na escola os conhecimentos necessários para a melhoria
da qualidade do trabalho pedagógico e a elevação dos resultados da aprendizagem dos alunos.
Melhorou estratégias do processo ensino e aprendizagem, realizou monitoramento, cumpriu as
atividades do calendário escolar e desenvolveu ações de elevação da autoestima dos professores na
perspectiva de melhorar a atuação dos mesmos e a aprendizagem dos alunos. A Provinha Brasil,
foi utilizada como instrumento verificador do nível de aprendizagem do 2º ano e oferecer suporte
para verificação e confirmação dos dados apresentados. Ver tabela
ANO PROVINHA BRASIL
1ª FASE
PROVINHA BRASIL
2ª FASE
IDEB
1º ao 5º
ano
2012 4,0 4,0
2013 4,0 5,0
# Adota ações de combate à evasão e repetência, com sistemática de monitoramento a fim de
garantir a efetividade e sucesso dos alunos.
A evasão escolar é um grande desafio que conseguimos vencer desde 2011. O trabalho que
desenvolvemos de visitas domiciliares e reuniões de pais de alunos ausentes, parceria com
Conselho Tutelar, foi considerado estratégias que chamaram atenção dos mesmos acerca da
importância do controle da frequência dos alunos e os prejuízos causados pela infrequência. Estas
ações apresentaram resultado significativo, uma vez que conseguimos zerar a evasão desde 2011.
A parceria com a Promotoria também foi de suma importância com relação ao apoio oferecido por
esta instituição à escola para atingirmos nossas metas de frequência. Mais uma vez a integração da
escola com a família e as ações de valorização da mesma contribuiu para a dinamização das
atividades propostas pela escola. Aulas de reforço do Programa Mais Educação bem como as
parcerias com outras instituições, também subsidiaram as ações da escola. (Ofícios de
encaminhamento-Anexo 02 )
ANEXAR DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CADA PARÂMETRO INDICADO.
ANEXO COMPLEMENTARES:
Anexo 21 : Termo de Homologação da Eleição do Conselho Escolar.
Anexo 22 : Documentos comprobatórios das formações do corpo docente e funcionários da escola.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Orientaes curriculares 2011
Orientaes curriculares 2011Orientaes curriculares 2011
Orientaes curriculares 2011
JONAS AMBROSIO
 
Jornal
JornalJornal
CULTURARTEEN 154 - Destaque Escolar 2015
CULTURARTEEN 154 - Destaque Escolar 2015CULTURARTEEN 154 - Destaque Escolar 2015
CULTURARTEEN 154 - Destaque Escolar 2015
Pery Salgado
 
Informativo Escola Domingos Albuquerque 2017.1
Informativo Escola Domingos Albuquerque 2017.1Informativo Escola Domingos Albuquerque 2017.1
Informativo Escola Domingos Albuquerque 2017.1
Governo do Estado de Pernambuco - Secretaria de Educação
 
Revista 25 final web
Revista 25 final webRevista 25 final web
Revista 25 final web
minesequeira
 
Informativo Escolar 2016.2 - Escola Estadual Domingos Albuquerque
Informativo Escolar 2016.2 - Escola Estadual Domingos AlbuquerqueInformativo Escolar 2016.2 - Escola Estadual Domingos Albuquerque
Informativo Escolar 2016.2 - Escola Estadual Domingos Albuquerque
Governo do Estado de Pernambuco - Secretaria de Educação
 
Projecto educativo
Projecto educativoProjecto educativo
Projecto educativo
ANA GRALHEIRO
 
Caderno Pedagógico 2013. Contribuição ao debate por uma educação de qualidade.
Caderno Pedagógico 2013.  Contribuição ao debate por uma educação de qualidade.Caderno Pedagógico 2013.  Contribuição ao debate por uma educação de qualidade.
Caderno Pedagógico 2013. Contribuição ao debate por uma educação de qualidade.
Waender Soares
 
Jornal Fala José - 2ª edição
Jornal Fala José - 2ª ediçãoJornal Fala José - 2ª edição
Jornal Fala José - 2ª edição
Danilo Vizibeli
 
Ppp 2012 3ª versão com assinaturas
Ppp 2012   3ª versão com assinaturasPpp 2012   3ª versão com assinaturas
Ppp 2012 3ª versão com assinaturas
Marcos Lima
 
Educação na Amazônia: Realidades e Desafios Atuais
Educação na Amazônia: Realidades e Desafios AtuaisEducação na Amazônia: Realidades e Desafios Atuais
Educação na Amazônia: Realidades e Desafios Atuais
Myla Sousa
 
Artigo 13
Artigo 13Artigo 13
Artigo 13
Ladjane
 
As causas da evasão escolar 240904
As causas da evasão escolar 240904As causas da evasão escolar 240904
As causas da evasão escolar 240904
Maria Helena Gavino
 
Espalhafato nº135
Espalhafato nº135Espalhafato nº135
Espalhafato nº135
pioxiicolegiosp
 
JORNAL UNIFACS VIVA - SETEMBRO /OUTUBRO
JORNAL UNIFACS VIVA - SETEMBRO /OUTUBROJORNAL UNIFACS VIVA - SETEMBRO /OUTUBRO
JORNAL UNIFACS VIVA - SETEMBRO /OUTUBRO
Yuri Girardi
 
INFORMATIVO GRE MATA SUL - JANEIRO 2021
INFORMATIVO GRE MATA SUL - JANEIRO 2021INFORMATIVO GRE MATA SUL - JANEIRO 2021
INFORMATIVO GRE MATA SUL - JANEIRO 2021
Governo do Estado de Pernambuco - Secretaria de Educação
 
Informativo Escola Domingos Albuquerque 2016.1
Informativo Escola Domingos Albuquerque 2016.1Informativo Escola Domingos Albuquerque 2016.1
Informativo Escola Domingos Albuquerque 2016.1
Governo do Estado de Pernambuco - Secretaria de Educação
 
Livrocompletomultidef
LivrocompletomultidefLivrocompletomultidef
Livrocompletomultidef
Ana Lúcia Pereira
 
Informativo Escola Hélio Santiago Ramos 2015.1
Informativo Escola Hélio Santiago Ramos 2015.1Informativo Escola Hélio Santiago Ramos 2015.1
Informativo Escola Hélio Santiago Ramos 2015.1
Governo do Estado de Pernambuco - Secretaria de Educação
 
Nossa Escola nº 3
Nossa Escola nº 3Nossa Escola nº 3
Nossa Escola nº 3
Todos Pela Escola
 

Mais procurados (20)

Orientaes curriculares 2011
Orientaes curriculares 2011Orientaes curriculares 2011
Orientaes curriculares 2011
 
Jornal
JornalJornal
Jornal
 
CULTURARTEEN 154 - Destaque Escolar 2015
CULTURARTEEN 154 - Destaque Escolar 2015CULTURARTEEN 154 - Destaque Escolar 2015
CULTURARTEEN 154 - Destaque Escolar 2015
 
Informativo Escola Domingos Albuquerque 2017.1
Informativo Escola Domingos Albuquerque 2017.1Informativo Escola Domingos Albuquerque 2017.1
Informativo Escola Domingos Albuquerque 2017.1
 
Revista 25 final web
Revista 25 final webRevista 25 final web
Revista 25 final web
 
Informativo Escolar 2016.2 - Escola Estadual Domingos Albuquerque
Informativo Escolar 2016.2 - Escola Estadual Domingos AlbuquerqueInformativo Escolar 2016.2 - Escola Estadual Domingos Albuquerque
Informativo Escolar 2016.2 - Escola Estadual Domingos Albuquerque
 
Projecto educativo
Projecto educativoProjecto educativo
Projecto educativo
 
Caderno Pedagógico 2013. Contribuição ao debate por uma educação de qualidade.
Caderno Pedagógico 2013.  Contribuição ao debate por uma educação de qualidade.Caderno Pedagógico 2013.  Contribuição ao debate por uma educação de qualidade.
Caderno Pedagógico 2013. Contribuição ao debate por uma educação de qualidade.
 
Jornal Fala José - 2ª edição
Jornal Fala José - 2ª ediçãoJornal Fala José - 2ª edição
Jornal Fala José - 2ª edição
 
Ppp 2012 3ª versão com assinaturas
Ppp 2012   3ª versão com assinaturasPpp 2012   3ª versão com assinaturas
Ppp 2012 3ª versão com assinaturas
 
Educação na Amazônia: Realidades e Desafios Atuais
Educação na Amazônia: Realidades e Desafios AtuaisEducação na Amazônia: Realidades e Desafios Atuais
Educação na Amazônia: Realidades e Desafios Atuais
 
Artigo 13
Artigo 13Artigo 13
Artigo 13
 
As causas da evasão escolar 240904
As causas da evasão escolar 240904As causas da evasão escolar 240904
As causas da evasão escolar 240904
 
Espalhafato nº135
Espalhafato nº135Espalhafato nº135
Espalhafato nº135
 
JORNAL UNIFACS VIVA - SETEMBRO /OUTUBRO
JORNAL UNIFACS VIVA - SETEMBRO /OUTUBROJORNAL UNIFACS VIVA - SETEMBRO /OUTUBRO
JORNAL UNIFACS VIVA - SETEMBRO /OUTUBRO
 
INFORMATIVO GRE MATA SUL - JANEIRO 2021
INFORMATIVO GRE MATA SUL - JANEIRO 2021INFORMATIVO GRE MATA SUL - JANEIRO 2021
INFORMATIVO GRE MATA SUL - JANEIRO 2021
 
Informativo Escola Domingos Albuquerque 2016.1
Informativo Escola Domingos Albuquerque 2016.1Informativo Escola Domingos Albuquerque 2016.1
Informativo Escola Domingos Albuquerque 2016.1
 
Livrocompletomultidef
LivrocompletomultidefLivrocompletomultidef
Livrocompletomultidef
 
Informativo Escola Hélio Santiago Ramos 2015.1
Informativo Escola Hélio Santiago Ramos 2015.1Informativo Escola Hélio Santiago Ramos 2015.1
Informativo Escola Hélio Santiago Ramos 2015.1
 
Nossa Escola nº 3
Nossa Escola nº 3Nossa Escola nº 3
Nossa Escola nº 3
 

Destaque

Produção de informação em língua estrangeira no meio digital: relatando uma p...
Produção de informação em língua estrangeira no meio digital: relatando uma p...Produção de informação em língua estrangeira no meio digital: relatando uma p...
Produção de informação em língua estrangeira no meio digital: relatando uma p...
Joyce Fettermann
 
Mis vacaciones
Mis vacacionesMis vacaciones
Mis vacaciones
patriciarab
 
Ambrose Study Questions
Ambrose Study QuestionsAmbrose Study Questions
Ambrose Study Questions
Ross Burkenstock Jr.
 
Oficina preenchimento de lattes
Oficina preenchimento de lattesOficina preenchimento de lattes
Oficina preenchimento de lattes
Talita Pereira
 
Stock Entries
Stock EntriesStock Entries
Stock Entries
Ahmad Ahsan
 
Accounting & Management Consultancy Services by KNMA Consultancy Services Che...
Accounting & Management Consultancy Services by KNMA Consultancy Services Che...Accounting & Management Consultancy Services by KNMA Consultancy Services Che...
Accounting & Management Consultancy Services by KNMA Consultancy Services Che...
IndiaMART InterMESH Limited
 
IMG_20160111_0002
IMG_20160111_0002IMG_20160111_0002
IMG_20160111_0002
William D´Jesus Martinez
 
Palestra sobre aprendizagem colaborativa
Palestra sobre aprendizagem colaborativaPalestra sobre aprendizagem colaborativa
Palestra sobre aprendizagem colaborativa
Marta Amaral
 
O professor é um eterno aprendiz
O professor é um eterno aprendizO professor é um eterno aprendiz
O professor é um eterno aprendiz
Norton Guimarães
 
A (re) evolução da cultura moderna por meio do ciberespaço: um recurso para...
A (re) evolução da cultura moderna por meio do ciberespaço:   um recurso para...A (re) evolução da cultura moderna por meio do ciberespaço:   um recurso para...
A (re) evolução da cultura moderna por meio do ciberespaço: um recurso para...
Elaine Teixeira
 
Cuestiones discursivas UERJ con respuesta
Cuestiones discursivas UERJ con respuestaCuestiones discursivas UERJ con respuesta
Cuestiones discursivas UERJ con respuesta
Elaine Teixeira
 
Comunidades de aprendizagem como suporte para a formação do discente na licen...
Comunidades de aprendizagem como suporte para a formação do discente na licen...Comunidades de aprendizagem como suporte para a formação do discente na licen...
Comunidades de aprendizagem como suporte para a formação do discente na licen...
Elaine Teixeira
 
Tecnologias e Educação Infantil
Tecnologias e Educação InfantilTecnologias e Educação Infantil
Tecnologias e Educação Infantil
Vera Zacharias
 
1ºgrado
1ºgrado1ºgrado
1ºgrado
patriciarab
 

Destaque (14)

Produção de informação em língua estrangeira no meio digital: relatando uma p...
Produção de informação em língua estrangeira no meio digital: relatando uma p...Produção de informação em língua estrangeira no meio digital: relatando uma p...
Produção de informação em língua estrangeira no meio digital: relatando uma p...
 
Mis vacaciones
Mis vacacionesMis vacaciones
Mis vacaciones
 
Ambrose Study Questions
Ambrose Study QuestionsAmbrose Study Questions
Ambrose Study Questions
 
Oficina preenchimento de lattes
Oficina preenchimento de lattesOficina preenchimento de lattes
Oficina preenchimento de lattes
 
Stock Entries
Stock EntriesStock Entries
Stock Entries
 
Accounting & Management Consultancy Services by KNMA Consultancy Services Che...
Accounting & Management Consultancy Services by KNMA Consultancy Services Che...Accounting & Management Consultancy Services by KNMA Consultancy Services Che...
Accounting & Management Consultancy Services by KNMA Consultancy Services Che...
 
IMG_20160111_0002
IMG_20160111_0002IMG_20160111_0002
IMG_20160111_0002
 
Palestra sobre aprendizagem colaborativa
Palestra sobre aprendizagem colaborativaPalestra sobre aprendizagem colaborativa
Palestra sobre aprendizagem colaborativa
 
O professor é um eterno aprendiz
O professor é um eterno aprendizO professor é um eterno aprendiz
O professor é um eterno aprendiz
 
A (re) evolução da cultura moderna por meio do ciberespaço: um recurso para...
A (re) evolução da cultura moderna por meio do ciberespaço:   um recurso para...A (re) evolução da cultura moderna por meio do ciberespaço:   um recurso para...
A (re) evolução da cultura moderna por meio do ciberespaço: um recurso para...
 
Cuestiones discursivas UERJ con respuesta
Cuestiones discursivas UERJ con respuestaCuestiones discursivas UERJ con respuesta
Cuestiones discursivas UERJ con respuesta
 
Comunidades de aprendizagem como suporte para a formação do discente na licen...
Comunidades de aprendizagem como suporte para a formação do discente na licen...Comunidades de aprendizagem como suporte para a formação do discente na licen...
Comunidades de aprendizagem como suporte para a formação do discente na licen...
 
Tecnologias e Educação Infantil
Tecnologias e Educação InfantilTecnologias e Educação Infantil
Tecnologias e Educação Infantil
 
1ºgrado
1ºgrado1ºgrado
1ºgrado
 

Semelhante a Dossiê 2014

Modelo do dossiê 2014 - prêmio escola de qualidade
Modelo do dossiê  2014 - prêmio escola de qualidadeModelo do dossiê  2014 - prêmio escola de qualidade
Modelo do dossiê 2014 - prêmio escola de qualidade
em_raimundofernandes
 
Ppp escola leodgard atual
Ppp  escola leodgard atualPpp  escola leodgard atual
Ppp escola leodgard atual
Irmã Leodgard Gausepohl
 
Pppneyder2013
Pppneyder2013Pppneyder2013
Pppneyder2013
neydersuelly
 
Anexo x plano de melhoria
Anexo x   plano de melhoriaAnexo x   plano de melhoria
Anexo x plano de melhoria
AMG Sobrenome
 
Autiavaliaçao e aspetos a melhorar2012 13 -- Agrupamento d.dinis ODIVELAS
Autiavaliaçao e aspetos a melhorar2012 13 -- Agrupamento d.dinis  ODIVELASAutiavaliaçao e aspetos a melhorar2012 13 -- Agrupamento d.dinis  ODIVELAS
Autiavaliaçao e aspetos a melhorar2012 13 -- Agrupamento d.dinis ODIVELAS
AMG Sobrenome
 
Escola comunitária luta para sobreviver - Jornal A Tarde - 30/12/2013
Escola comunitária luta para sobreviver - Jornal A Tarde - 30/12/2013Escola comunitária luta para sobreviver - Jornal A Tarde - 30/12/2013
Escola comunitária luta para sobreviver - Jornal A Tarde - 30/12/2013
escoladomedilberto
 
Modelo do dossiê 2013
Modelo do dossiê 2013Modelo do dossiê 2013
Modelo do dossiê 2013
em_raimundofernandes
 
Ppp 2015
Ppp 2015Ppp 2015
Ppp 2015
escolaramona
 
Dossiê 2014 ano base 2013
Dossiê 2014 ano base 2013 Dossiê 2014 ano base 2013
Dossiê 2014 ano base 2013
Franciscosouto6
 
Escola Hélio Santiago Ramos - Informativo Escolar 2014.2
Escola Hélio Santiago Ramos - Informativo Escolar 2014.2Escola Hélio Santiago Ramos - Informativo Escolar 2014.2
Escola Hélio Santiago Ramos - Informativo Escolar 2014.2
Governo do Estado de Pernambuco - Secretaria de Educação
 
Modelo do dossiê 2014 - pronto
Modelo do dossiê  2014 - prontoModelo do dossiê  2014 - pronto
Modelo do dossiê 2014 - pronto
nayanapaula3
 
KUAU é destaque no Especial de Educação
KUAU é destaque no Especial de EducaçãoKUAU é destaque no Especial de Educação
KUAU é destaque no Especial de Educação
KuauSonho
 
PPP2012
PPP2012PPP2012
PPP2012
escolaramona
 
Palavra do pedagogico gestores
Palavra do pedagogico   gestoresPalavra do pedagogico   gestores
Palavra do pedagogico gestores
Claudia Souza
 
Proposta necad ultima
Proposta necad ultimaProposta necad ultima
Proposta necad ultima
Jair Melo
 
Soc mariana junqueira camasmie
Soc mariana junqueira camasmieSoc mariana junqueira camasmie
Soc mariana junqueira camasmie
Ivo Fonseca
 
Entrepalavras3 julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...
Entrepalavras3  julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...Entrepalavras3  julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...
Entrepalavras3 julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...
Dores Pinto
 
Sensibilização
SensibilizaçãoSensibilização
Sensibilização
cejad
 
Passoapassomaiseducacao
PassoapassomaiseducacaoPassoapassomaiseducacao
Passoapassomaiseducacao
Cristiana Franco
 
Passoapasso maiseducacao
Passoapasso maiseducacaoPassoapasso maiseducacao
Passoapasso maiseducacao
Raimundo Bezerra
 

Semelhante a Dossiê 2014 (20)

Modelo do dossiê 2014 - prêmio escola de qualidade
Modelo do dossiê  2014 - prêmio escola de qualidadeModelo do dossiê  2014 - prêmio escola de qualidade
Modelo do dossiê 2014 - prêmio escola de qualidade
 
Ppp escola leodgard atual
Ppp  escola leodgard atualPpp  escola leodgard atual
Ppp escola leodgard atual
 
Pppneyder2013
Pppneyder2013Pppneyder2013
Pppneyder2013
 
Anexo x plano de melhoria
Anexo x   plano de melhoriaAnexo x   plano de melhoria
Anexo x plano de melhoria
 
Autiavaliaçao e aspetos a melhorar2012 13 -- Agrupamento d.dinis ODIVELAS
Autiavaliaçao e aspetos a melhorar2012 13 -- Agrupamento d.dinis  ODIVELASAutiavaliaçao e aspetos a melhorar2012 13 -- Agrupamento d.dinis  ODIVELAS
Autiavaliaçao e aspetos a melhorar2012 13 -- Agrupamento d.dinis ODIVELAS
 
Escola comunitária luta para sobreviver - Jornal A Tarde - 30/12/2013
Escola comunitária luta para sobreviver - Jornal A Tarde - 30/12/2013Escola comunitária luta para sobreviver - Jornal A Tarde - 30/12/2013
Escola comunitária luta para sobreviver - Jornal A Tarde - 30/12/2013
 
Modelo do dossiê 2013
Modelo do dossiê 2013Modelo do dossiê 2013
Modelo do dossiê 2013
 
Ppp 2015
Ppp 2015Ppp 2015
Ppp 2015
 
Dossiê 2014 ano base 2013
Dossiê 2014 ano base 2013 Dossiê 2014 ano base 2013
Dossiê 2014 ano base 2013
 
Escola Hélio Santiago Ramos - Informativo Escolar 2014.2
Escola Hélio Santiago Ramos - Informativo Escolar 2014.2Escola Hélio Santiago Ramos - Informativo Escolar 2014.2
Escola Hélio Santiago Ramos - Informativo Escolar 2014.2
 
Modelo do dossiê 2014 - pronto
Modelo do dossiê  2014 - prontoModelo do dossiê  2014 - pronto
Modelo do dossiê 2014 - pronto
 
KUAU é destaque no Especial de Educação
KUAU é destaque no Especial de EducaçãoKUAU é destaque no Especial de Educação
KUAU é destaque no Especial de Educação
 
PPP2012
PPP2012PPP2012
PPP2012
 
Palavra do pedagogico gestores
Palavra do pedagogico   gestoresPalavra do pedagogico   gestores
Palavra do pedagogico gestores
 
Proposta necad ultima
Proposta necad ultimaProposta necad ultima
Proposta necad ultima
 
Soc mariana junqueira camasmie
Soc mariana junqueira camasmieSoc mariana junqueira camasmie
Soc mariana junqueira camasmie
 
Entrepalavras3 julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...
Entrepalavras3  julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...Entrepalavras3  julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...
Entrepalavras3 julho 2014 final - JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ SILV...
 
Sensibilização
SensibilizaçãoSensibilização
Sensibilização
 
Passoapassomaiseducacao
PassoapassomaiseducacaoPassoapassomaiseducacao
Passoapassomaiseducacao
 
Passoapasso maiseducacao
Passoapasso maiseducacaoPassoapasso maiseducacao
Passoapasso maiseducacao
 

Mais de Marineide Pereira da Cunha

Avaliação do Mapa Educacional 2015 - Ano Base 2014
Avaliação do Mapa Educacional  2015 - Ano Base 2014Avaliação do Mapa Educacional  2015 - Ano Base 2014
Avaliação do Mapa Educacional 2015 - Ano Base 2014
Marineide Pereira da Cunha
 
PPP - Plano Politico Pedagógico - 2015
PPP - Plano Politico Pedagógico - 2015 PPP - Plano Politico Pedagógico - 2015
PPP - Plano Politico Pedagógico - 2015
Marineide Pereira da Cunha
 
Projeções Mapa Educacional 2016
Projeções Mapa Educacional 2016Projeções Mapa Educacional 2016
Projeções Mapa Educacional 2016
Marineide Pereira da Cunha
 
Prestaçoes de contas
Prestaçoes de contasPrestaçoes de contas
Prestaçoes de contas
Marineide Pereira da Cunha
 
Prestação de contas 2014 2015
Prestação de contas 2014 2015Prestação de contas 2014 2015
Prestação de contas 2014 2015
Marineide Pereira da Cunha
 
Prestações de Contas - 2013
Prestações de Contas - 2013Prestações de Contas - 2013
Prestações de Contas - 2013
Marineide Pereira da Cunha
 

Mais de Marineide Pereira da Cunha (7)

Avaliação do Mapa Educacional 2015 - Ano Base 2014
Avaliação do Mapa Educacional  2015 - Ano Base 2014Avaliação do Mapa Educacional  2015 - Ano Base 2014
Avaliação do Mapa Educacional 2015 - Ano Base 2014
 
PPP - Plano Politico Pedagógico - 2015
PPP - Plano Politico Pedagógico - 2015 PPP - Plano Politico Pedagógico - 2015
PPP - Plano Politico Pedagógico - 2015
 
Projeções Mapa Educacional 2016
Projeções Mapa Educacional 2016Projeções Mapa Educacional 2016
Projeções Mapa Educacional 2016
 
Prestaçoes de contas
Prestaçoes de contasPrestaçoes de contas
Prestaçoes de contas
 
Prestação de contas 2014 2015
Prestação de contas 2014 2015Prestação de contas 2014 2015
Prestação de contas 2014 2015
 
Ata de eleição do conselho 2013 2016
Ata de eleição do conselho 2013 2016Ata de eleição do conselho 2013 2016
Ata de eleição do conselho 2013 2016
 
Prestações de Contas - 2013
Prestações de Contas - 2013Prestações de Contas - 2013
Prestações de Contas - 2013
 

Último

Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 

Último (20)

Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 

Dossiê 2014

  • 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ Secretaria Municipal de Educação e Desporto Rua Pedro Alves Cabral, 01 – Aeroporto – 59607-140 Mossoró / RN  IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE EDUCACIONAL: Nome_ESCOLA MUNICIPAL MARINEIDE PEREIRA DA CUNHA Endereço RUA HENRIQUE MACIEL DE LIMA, 2050 Bairro SANTA DELMIRA I_Telefone ( 84 ) 3315-4827 Emailescolamp1@hotmail.com
  • 2. JUSTIFICATIVA 1. APRESENTAÇÃO O discurso oficial que hoje se apresenta sobre escola e sociedade coloca a educação como a grande responsável pela modernização de nossas sociedades, por suas maiores e menores possibilidades de integrar-se no mundo globalizado e na sociedade do conhecimento, que por sua vez exigem altos níveis de competências e domínio de habilidades de caráter cognitivo, científico e tecnológico, assim como o desenvolvimento da capacidade de interação grupal, iniciativa, criatividade e uma elevada autoestima. A educação é encarada como esperança para o futuro. No entanto ainda persistem no continente altos índices de analfabetismo, evasão, repetência e desigualdades de oportunidades educacionais entre diferentes países inclusive o Brasil. Em muitos casos ainda é grave a crise da escola pública. Neste sentido, refletir sobre a qualidade da educação é uma tarefa extremamente desafiadora dada à relevância e a complexidade que envolve a temática, haja vista que a educação é considerada uma das áreas mais importante para a sociedade, tendo assim uma nobre tarefa a desempenhar. Para LIBÂNEO (1994, p.24), a educação escolar constitui-se num sistema de instrução e ensino com propósitos intencionais, práticas sistematizadas e alto grau de organização, ligado intimamente às demais práticas sociais. Pela educação escolar democratizam-se os conhecimentos, sendo que é na escola que os trabalhadores continuam tendo a oportunidade de prover escolarização formal aos seus filhos, adquirindo conhecimentos científicos e formando a capacidade de pensar criticamente os problemas e desafios postos na realidade social. Nesta compreensão a escola de qualidade é a afirmação do valor da educação como espaço público onde a construção do conhecimento está a serviço da produção de valores emancipatórios, libertadores, formadores de sujeitos históricos, críticos e conscientes, capazes de conquistar e exercer a cidadania. Corroborando com estas afirmações situamos a ESCOLA MUNICIPAL MARINEIDE PEREIRA DA CUNHA localizada à Rua Henrique Maciel de Lima, 2050, Santa Delmira I. Está situada entre a Favela do Fio e Conjunto Parque das Rosas, e conj. Santa Delmira I, considerada área de risco haja vista os dados de violência nesta região conhecidos pela comunidade escolar, divulgados rotineiramente pela mídia local. Está construída numa área de 1.297,06 m² com estrutura de alvenaria, piso em granito e cobertura de telhas. Em 2013 todas as salas da escola ganharam pintura nova, ventiladores e Caixas de Som, criando-se assim um ambiente mais agradável e comunicador para toda comunidade escolar, promovendo-se melhores condições de trabalho para os profissionais e de aprendizagem para os alunos. A escola tem apresentado capacidade de acolher e trabalhar com compromisso e responsabilidade com foco em metas de melhoria da qualidade da educação
  • 3. que é ofertada aos alunos. Funciona no turno matutino e vespertino ofertando o ensino fundamental I e II e no noturno com o PROJOVEM URBANO que em 2013 realizou matricula de 145 alunos. A procura por vagas na escola aumenta ano a ano, entretanto a oferta é menor que a procura, uma vez que a quantidade de salas de aulas não atende a demanda da comunidade, principalmente alunos do fundamental II. Mesmo com espaço restrito em 2013 a matricula atingiu 408 alunos do ensino fundamental regular mais 21 alunos do AEE Atendimento Educacional Especializado, sendo 15 alunos da própria escola e 06 alunos de outras escolas totalizando uma matrícula de 429 alunos, conforme Boletim do Censo(Anexo 1). O crescimento da matrícula, geral e de alunos com deficiência demonstra o respeito da comunidade ao perfil que a escola vem construindo no dia a dia. “A educação inclusiva concebe a escola como um espaço de todos, no qual os alunos constroem o conhecimento segundo suas capacidades, expressam suas ideias livremente, participam ativamente das tarefas de ensino e se desenvolvem como cidadão, nas suas diferenças”. A clientela da escola é oriunda do conjunto Parque das Rosas, da Favela do Fio, do Conjunto Redenção e Conjunto Santa Delmira I. Grande contingente de alunos são filhos de pais separados, moram com avós, e estes alunos revelam comportamentos atípicos sendo necessário a escola buscar constantemente ajuda de outras instituições como CRAS, CAPS, Conselho Tutelar,(Ofício de encaminhamento/Fichas-Anexo 02) para minimização das situações de relacionamentos, violência, infrequência e baixa estima dos alunos. Estas ações refletiram significativamente na promoção da permanência do aluno na escola e consequentemente zerou a evasão. Focados no sucesso dos alunos em 2013 a escola deu continuidade ao projeto Educação e Saneamento Básico, (Anexo 3) considerado de grande importância para a conscientização da comunidade em torno da escola sobre direitos e deveres do cidadão com relação a saúde individual e coletiva bem como a responsabilidade de cada um para a construção de um ambiente saudável e melhoria da qualidade de vida de todos. Este projeto promoveu a construção de um grande elo entre a família e a escola e consolidou à interação das famílias à escola melhorado consideravelmente o ambiente em que vivem, uma vez que o cuidado para com a rede de esgoto da comunidade tem mostrado avanços na qualidade de vida de todos. O Seminário das famílias ( foto) realizado pela escola, também tem se mostrado de relevante importância no fortalecimento da participação dos pais nas atividades da escola e contribuído para elevação do nível de responsabilização dos mesmos na aprendizagem dos alunos. Esta ação tem gerado impactos significativos na melhoria da qualidade do trabalho e da elevação da autoestima e do rendimento dos alunos. (Tabelas e Gráficos)
  • 5. 88% 89% 89% 90% 90% 91% 91% 2012 2013 91% 89% Índice de Aprovaçãodo 1º ao 5º ano 74% 75% 76% 77% 78% 79% 2012 2013 79% 76% Índice de Aprovaçãode 6º ao 9º ano
  • 6.
  • 7. 34% 36% 38% 40% 42% 44% 2012 2013 37% 43% Distorção Idade Série de 6º ao 9º ano 0% 5% 10% 15% 20% 2012 2013 17% 8% Distorção Idade Série de 1º ao 5º ano
  • 9. CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA  NÍVEIS E MODALIDADES DE ENSINO OFERTADO: Educação Infantil ( ) Creche ( ) Pré-escola Ensino Fundamental ( x ) Anos Iniciais ( x ) Anos Finais ( x ) Educação de Jovens e Adultos  PERÍODO DE FUNCIONAMENTO: ( x ) Manhã ( x ) Tarde ( x) Noite Horário Integral ( ) Creche ( x ) Mais Educação  NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA: TURMAS 1º ANO 2º ANO 3º ANO 4º ANO 5º ANO 6º ANO 7º ANO 8º ANO 9º ANO Manhã 26 23 28 58 56 Tarde 75 67 49 26 Noite Integral 23 26 54 38 71 ------ ----- -----
  • 10.  NÚMERO TOTAL DE ALUNOS/MÉDIA GLOBAL: Total de alunos Média Global da Escola 620 6,5  INDICADORES DESEMPENHO DA ESCOLA: A- EDUCAÇÃO INFANTIL: INDICADOR ANO MATRICULA FINAL TAXA DE APROVAÇÃO (%) TAXA DE REPROVAÇÃO (%) TAXA DE ABANDONO (%) TAXA DE DISTORÇÃO IDADE/SÉRIE (%) Nº DE CRIANÇAS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO 2012 2013 B- ANOS INICIAIS: INDICADOR ANO MATRICULA FINAL TAXA DE APROVAÇÃO (%) TAXA DE REPROVAÇÃO (%) TAXA DE ABANDONO (%) TAXA DE DISTORÇÃO IDADE/SÉRIE (%) TAXA DE ALFABETIZAÇÃO 2012 179 91 9 0,0 17 89 2013 184 88.6 11.4 0.0 14 86 C - ANOS FINAIS: INDICADOR ANO MATRICULA FINAL TAXA DE APROVAÇÃO (%) TAXA DE REPROVAÇÃO (%) TAXA DE ABANDONO (%) TAXA DE DISTORÇÃO IDADE/SÉRIE (%) 2012 221 79 21 0,0 37 2013 210 75.7 24.3 0,0 42.9 D - EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INDICADOR ANO MATRICULA FINAL TAXA DE APROVAÇÃO (%) TAXA DE REPROVAÇÃO (%) TAXA DE ABANDONO (%) TAXA DE DISTORÇÃO IDADE/SÉRIE (%) TAXA DE ALFABETIZAÇÃO 2012 2013  DADOS DA PROVINHA BRASIL/IDEB:
  • 11. ANO PROVINHA BRASIL 1ª FASE PROVINHA BRASIL 2ª FASE IDEB 1º ao 5º ano 6º ao 9º ano 2012 3 4 2013 3 5  DADOS DOS ALUNOS DESTAQUE ANO ESCOLAR 5° ANO VICTOR EMANUEL GOMES DE SOUZA ANO ESCOLAR MÉDIA FINAL PERC. DE FREQUÊNCIA LÍNGUA PORTUGUESA 9,2 99% MATEMÁTICA 9,2 99% CIÊNCIAS 9,7 99% HISTÓRIA 9,7 99% GEOGRAFIA 9,6 99% ENSINO DA ARTE ---- 99% ENSINO RELIGIOSO ---- 99% EDUCAÇÃO FÍSICA --- 99% MÉDIA E FREQUÊNCIA GLOBAL 9,4 99% ANO ESCOLAR 9° ANO YATAMURI RAFAELLY COSME DA SILVA ANO ESCOLAR MÉDIA FINAL PERC. DE FREQUÊNCIA LÍNGUA PORTUGUESA 8,7 98% MATEMÁTICA 8,5 98% CIÊNCIAS 8,7 98% HISTÓRIA 7,3 98% GEOGRAFIA 7,2 98% ENSINO DA ARTE ........ 98% ENSINO RELIGIOSO ........ 98% EDUCAÇÃO FÍSICA ....... 98% LINGUA INGLESA 9,1 98% MÉDIA E FREQUÊNCIA GLOBAL 8,2 98% Mossoró, 25/07/2014.
  • 12. COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO – CPA MOSSORÓ, 06/06/2014. MARIA DE FÁTIMA ROCHA DA NÓBREGA MARLUZA DE SOUSA SÁ ALZINETE PEREIRA REGIS RITA IRES DIAS DE PAULA ZILDA MARIA FERNANDES BEZERRA ROSELY DE SOUSA FERNANDES
  • 13. OBSERVAÇÕES:  Os dados devem ser coletados em documentos oficiais: boletins do Censo, Mapa Educacional 2013 e em documentos da escola.  Anexar ata da reunião do Conselho Escolar/Comissão para preenchimento dos documentos que compõem a FASE DE AUTOAVALIAÇÃO.  A INSTITUIÇÃO EDUCACIONAL DEVERÁ ENTREGAR O DOSSIÊ ATÉ O DIA 28/07/2014 - (ATÉ AO MEIO DIA).
  • 14. CONSOLIDADO DA AUTOAVALIAÇÃO – PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” – EDIÇÃO 2009/2013. DIMENSÃO PARÂMETROS INDICADOR 1 2 3 4 5 1. Gestão pedagógica: Abrange processos e práticas de gestão pedagógica orientados para assegurar a aprendizagem dos alunos, em consonância com o Projeto Pedagógico da escola. # Garante o acesso e a permanência dos alunos, inclusive com necessidades educacionais especiais nas classes comuns do ensino regular. x # Realiza práticas de organização do tempo/espaço, de modo que assegure ações que aprimoram a qualidade do ensino e o atendimento às necessidades de aprendizagens dos alunos. x # Garante a atualização e validação do Projeto Político Pedagógico anualmente, com a participação de todos os segmentos da comunidade escolar. x PESO: 4,0 Subtotal 2. Gestão de pessoas: Abrange processos e práticas de gestão dos profissionais da educação. # Promove o desenvolvimento profissional em relação aos conhecimentos, habilidades e atitudes, através de ações de formação continuada com base nas necessidades identificadas. x # Adota práticas avaliativas do desempenho de professores e dos demais profissionais, ao longo do ano letivo. x # Promove práticas de valorização e reconhecimento do trabalho e esforço dos professores e demais profissionais da escola no sentido de reforçar ações voltadas para melhoria da qualidade do ensino. X PESO: 1,0 Subtotal 3. Planejamento e gestão: Abrange processos e práticas de gestão dos serviços de apoio, recursos físicos e financeiros. # Realiza de forma sistemática, coletiva e cooperativa o planejamento dos serviços e das atividades escolares oferecidas. x # Zela pela transparência da gestão, utilizando os canais de comunicação da escola para divulgar informações de prestação de contas dos recursos, dos resultados obtidos pela escola e das estratégias utilizadas na resolução de problemas. x # Desenvolve projetos nas áreas de saúde, esporte, assistência social e/ou cultura, ampliando as atividades internas e externas da escola, firmando parcerias externas a comunidade escolar. x # Aplica os recursos conforme plano de aplicação construído coletivamente, dando prioridade as necessidades. x PESO: 2,0 Subtotal 4. Avaliação e resultados: Abrange processos e práticas de gestão voltadas para assegurar a melhoria dos resultados de desempenho da escola – rendimento, frequência e proficiência dos alunos. # Desenvolve um sistema de monitoramento das metas e ações estabelecidas no Projeto Político Pedagógico, garantindo condições de efetivação e sucesso. x # Acompanha cada aluno da escola individualmente, mediante registro de sua frequência e do seu desempenho nas avaliações. x # Alfabetiza as crianças até, no máximo, os oito anos de idade, aferindo os resultados por exame periódico específico. X # Adota ações de combate à evasão e repetência, com sistemática de monitoramento a fim de garantir o a efetividade e sucesso dos alunos. x PESO: 3,0 Subtotal TOTAL GERAL LEGENDA 1: 1. MUITO AQUÉM DO ESPERADO 2. AQUÉM DO ESPERADO 3. NÍVEL ACEITAVÉL 4. ALÉM DO ESPERADO 5. MUITO ALÉM DO ESPERADO
  • 15. DETALHAMENTO DA AUTOAVALIAÇÃO - PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” – EDIÇÃO 2009/2013. a) Gestão pedagógica: Abrange processos e práticas de gestão pedagógica orientados para assegurar a aprendizagem dos alunos, em consonância com o Projeto Pedagógico da escola. Estabelece como foco a melhoria da qualidade do processo de ensino e de aprendizagem. PARÂMETRO CRITÉRIO MARQUE APENAS UMA ALTERNATIVA # Garante o acesso e a permanência dos alunos, inclusive com necessidades educacionais especiais nas classes comuns do ensino regular. 1. Não houve matrícula nova e a evasão foi superior a 10%. 2. Não houve matrícula nova e houve evasão até 5%. 3. Houve matrícula nova e menos de 5% de evasão. 4. Houve expansão de matrícula e não houve evasão. X 5. Houve expansão acima de 20% e não houve evasão. # Realiza práticas de organização do tempo/espaço, de modo que assegure ações que aprimoram a qualidade do ensino e o atendimento às necessidades de aprendizagens dos alunos. 1. Não foi apresentada nenhuma prática inovadora por nenhum dos professores. 2. Foram apresentadas praticas inovadoras por menos de 10% dos professores. 3. Foram apresentadas praticas inovadoras por mais de 10% dos professores X 4. Foram apresentadas praticas inovadoras por 20% dos professores. 5. Foram apresentadas praticas inovadoras por mais de 20% dos professores # Garante a atualização e validação do Projeto Político Pedagógico anualmente, com a participação de todos os segmentos da comunidade escolar. 1. O PPP não foi atualizado e nem validado. 2. O PPP foi atualizado, mas NÃO foi validado com a participação dos segmentos da comunidade escolar. 3. O PPP foi atualizado e validado com a participação de representantes dos segmentos da comunidade escolar. X 4. O PPP foi atualizado e validado com a participação de representantes dos segmentos da comunidade escolar, com resultados positivos. 5. O PPP foi atualizado e validado com a participação de representantes dos segmentos da comunidade escolar, com resultados positivos e inovadores. Total de pontos * Quando a expansão da matrícula foi limitada pelo espaço físico considerar o nível 5.
  • 16. RELATÓRIO POR PARÂMETRO A) Garante o acesso e a permanência dos alunos, inclusive com necessidades educacionais especiais nas classes comuns do ensino regular. A dimensão da cultura inclusiva é a possibilidade da criação de uma comunidade escolar segura, acolhedora, colaborativa e estimulante na qual cada sujeito é valorizado. Na Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha estes valores são compartilhados por toda a comunidade escolar (estudantes, familiares, membros do conselho escolar, professores funcionários e gestores). Uma comunidade acolhedora é a base para a convivência de respeito e valorização das diferenças e implica no desenvolvimento de valores que mobilizam as pessoas a pensarem, viverem e organizarem o espaço da escola, incluindo nele todas as crianças. A inclusão na escola Municipal Marineide Pereira da Cunha é o centro do desenvolvimento da escola, fomentando todas as ações e as políticas para que melhore a aprendizagem e a participação de todo o alunado. Em 2013 a escola assegurou vagas para alunos com deficiência tanto na sala comum quanto na sala de Recursos Multifuncionais conforme declaração do censo ( Anexo 4 ) A matrícula deste segmento é sempre realizada antes do período da matrícula regular, demonstrando a responsabilidade da escola com todas as crianças respeitando o princípio de acessibilidade e permanência dos alunos que é o foco da gestão escolar, considerando que a matrícula inicial, é apenas ponto de chegada à escola, mas é o princípio de permanência que dá garantia à continuidade do educando no sistema. Criou-se oportunidade de formação da equipe para melhor compreensão, da necessidade de todos estarem envolvidos e preparados para lidar com os princípios da inclusão e para a construção de uma visão de respeito às diferenças. ( Atas de formação -anexo 5 ) A evasão continua zerada, haja vista o trabalho de monitoramento realizado pela equipe pedagógica através de ligações telefônicas para os familiares de alunos faltosos, as visitas domiciliares realizadas pela equipe pedagógica e a parceria com a Promotoria da Infância e o Conselho Tutelar que contribui para o resgate de alunos ausentes. (Ofícios de encaminhamento- anexo 2). Compreende-se então que escola inclusiva é aquela que garante a qualidade da educação ofertada aos seus alunos, reconhecendo e respeitando as suas diversidades e atendendo a cada um de acordo com suas potencialidades. A Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha vem construindo um perfil de grande credibilidade junto a sociedade por trabalhar o processo de inclusão disponibilizando recursos materiais e humanos para efetivação da inclusão na escola, o acolhimento e atenção da sala de AEE o que justifica o crescimento da matrícula ano a ano e a permanência dos alunos na escola sem ocorrência de evasão desde 2011, conforme quadro de rendimento final anual. ( Anexo 6 ).Em 2013 a matrícula cresceu 10% em relação a 2012 e a evasão atingiu 2,1%. Conforme Boletim do Censo Educacional 2013 (anexo 1). B) Realiza práticas de organização do tempo/espaço, de modo que assegure ações que aprimoram a qualidade do ensino e o atendimento às necessidades de aprendizagens dos alunos. A escola desenvolveu Projeto de Jogos Educativos no Recreio (anexo 07) objetivando aproveitar melhor o tempo escolar e diminuir violência entre as crianças. Figura 1 - Projeto de Jogos Educativos, alunos do 1° ano A, 15/05/2014. RESULTADOS DO PROJETO. O clima escolar melhorou bastante, diminuiu a violência. IMPACTOS: Melhoria da aprendizagem.
  • 17. Os conceitos de espaço e de tempo são construções sociais e históricas da atividade humana. A ideia que se tem hoje sobre essas categorias na organização curricular, a nosso ver, constitui parte das mediações produzidas nos movimentos de construção histórica da escola. Com base nestas premissas a Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha, organizou seus tempos e espaços com foco em seu Projeto Pedagógico, propondo uma logística que contemplasse as atividades curriculares na perspectiva didática- pedagógico e recreativo. Na perspectiva pedagógica realizaram-se atividades lúdicas com cunho pedagógico como exemplo o, a utilização da biblioteca e laboratório de informática para realização de atividades que contribuem para melhoria da aprendizagem dos alunos de forma lúdica e prazerosa. A escola promoveu aulas de campo para biblioteca pública, para praças e museus da cidade, bem como viagens para Lajedo de Soledade na perspectiva de oferecer aos alunos a oportunidade construção de novos conhecimentos e cultura da região. No recreio deu-se continuidade ao projeto “Recreio sem violência” que vem gerando impactos positivos na minimização de atitudes de violência entre os alunos. O Projeto poetas e poesias no recreio proponha a declamação de textos poéticos no horário do recreio através da Radio Escola do Programa Mais Educação, promovendo-se um clima de alegria e reduzindo atitudes de violência e hostilidades neste espaço. A escola também utilizou a música e atividades esportivas através do Programa Atletas na Escola para promoção da alegria e da confraternização entre os alunos e o prazer de estar no espaço escolar. O clima na escola melhorou consideravelmente, a violência diminuiu e gerou impacto na aprendizagem dos alunos. (Anexo 7) Projeto Recreio Sem Violência Foto: Emanuelle Projeto Recreio Sem Violência Foto : Emanuelle C) Garante a atualização e validação do Projeto Político Pedagógico anualmente, com a participação de todos os segmentos da comunidade escolar. O projeto Político Pedagógico da Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha se constitui num instrumento de gestão pedagógica e administrativa, sendo ele um referencial para a execução de atividades e identificador das principais dificuldades e dos fatores facilitadores em relação ao processo de ensino e aprendizagem. É um instrumento que é validado e monitorado sistematicamente, uma vez que a escola é dinâmica e os processos precisam ser ajustados para que o resultado do trabalho seja significativo. O PPP (Anexo 8 ) é validado pelo conselho escolar , registrado em atas, observando-se as ações e metas planejadas seus avanços e retrocessos, no
  • 18. sentido de se construir ações significativas que promovam o andamento do processo educativo e atinja os objetivos propostos pela comunidade escolar. Em 2013 verificou-se avanços em termos de elaboração, discussão e participação coletiva dos projetos pedagógicos, e da implementação dos mesmos possibilitando impactos na aprendizagem dos alunos e na construção da identidade da escola. O PPP foi apresentado e discutido em reunião, posteriormente aprovado e homologado pelo Conselho Escolar. (ata - anexo 9 )  ANEXAR DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CADA PARÂMETRO INDICADO.
  • 19. DETALHAMENTO DA AUTOAVALIAÇÃO - PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” – EDIÇÃO 2009/2013. b) Gestão de pessoas: Abrange processos e práticas de gestão dos profissionais da educação: Estabelece como foco o envolvimento e o compromisso das pessoas (professores e demais profissionais, pais e alunos) com o projeto pedagógico da escola e as inovações na gestão. PARÂMETRO CRITÉRIO MARQUE APENAS UMA ALTERNA TIVA # Promove o desenvolvimento profissional em relação aos conhecimentos, habilidades e atitudes, através de ações de formação continuada com base nas necessidades identificadas. 1. Não houve ações de formação continuada. 2. Houve apenas uma ação de formação continuada com base nas necessidades e envolveu menos de 50% dos profissionais da escola. 3. Houve apenas cinco ações de formação continuada com base nas necessidades, envolvendo 50% dos profissionais da escola. x 4. Houve mais de cinco e menos de dez ações de formação continuada com base nas necessidades, envolvendo mais 50% dos profissionais da escola. 5. Houve mais de dez ações de formação continuada com base nas necessidades, envolvendo 100% dos profissionais da escola. # Adota práticas avaliativas do desempenho de professores e dos demais profissionais, ao longo do ano letivo. 1. Não foi realizada nenhuma prática avaliativa do desempenho dos profissionais. 2. Foram realizadas práticas avaliativas apenas dos professores. 3. Foram realizadas práticas avaliativas do desempenho dos profissionais da educação pela equipe gestora. 4. Foram realizadas práticas avaliativas do desempenho dos profissionais da educação pelo Conselho Escolar 1 vez por ano. 5. Foram realizadas práticas avaliativas do desempenho dos profissionais da educação pelo Conselho Escolar 1 vez por semestre. x # Promove práticas de valorização e reconhecimento do trabalho e esforço dos professores e demais profissionais da escola no sentido de reforçar ações voltadas para melhoria da qualidade do ensino. 1. Não promove ações. 2. Promove ações pontuais sem planejamento. 3. Promove ações com base em diagnóstico e planejamento. 4. Promove ações, monitora e avalia os resultados. x 5. Promove ações proativas e tem resultados positivos. Total de pontos
  • 20. RELATÓRIO POR PARÂMETRO # Promove o desenvolvimento profissional em relação aos conhecimentos, habilidades e atitudes, através de ações de formação continuada com base nas necessidades identificadas. A ESCOLA MUNICIPAL MARINEIDE PEREIRA DA CUNHA em 2013 desenvolveu várias atividades relativas ao processo formativo dos profissionais da educação na perspectiva de contemplar o vínculo orgânico entre teoria e prática, dimensionando bases teóricas e exercício constante no chão da sala de aula, dimensionando os problemas reais da formação destes profissionais, levando-se em consideração o monitoramento das ações e as necessidades apresentadas e diagnosticadas. As ações se voltaram para questões de inclusão, de avaliação da aprendizagem e questões metodológicas. A escola cumpre a sua responsabilidade com a formação dos profissionais da educação, contemplando a produção de novos conhecimentos, metodologias e tecnologias, visando a inovação das praticas pedagógicas dos Professores para a melhoria da aprendizagem dos alunos. Em 2013 a escola promoveu atividades de formação para professores e funcionários técnicos, administrativos e de apoio. Apoiou os profissionais para participação em cursos de formação, levando em consideração a necessidade de construção de conhecimentos e habilidades inerentes ao trabalho de cada equipe e as metas do plano de ação. (anexo 10) As atividades de extrarregência (Fotos) foram muito bem aproveitados para o desenvolvimento de atividades de formação entre elas estudo sobre inclusão de alunos com deficiência na perspectiva de uma escola para todos, estudo sobre deficiência visual oficinas sobre planejamento, estudo sobre elaboração de projetos, a importância do laboratório de Informática como recurso pedagógico, estudo sobre a escolha responsável do livro didático além de estudo sobre a avaliação como parte integrante do processo de aprendizagem dos alunos. Oportunizou-se a formação para merendeiras e para o pessoal de apoio realizados pela SMED, além de oficinas de relações humanas realizadas pela escola. Oficina de Informática Foto: Maura Fernandes Oficina sobre Inclusão Foto: Rosely Fernandes Podemos afirmar que as atividades de formação realizadas pela escola e as oferecidas pela SMED contribuíram de forma significativa para a melhoria do clima escolar e da prática pedagógica dos servidores, e envolveu mais de 50% dos profissionais resultando na melhoria do trabalho pedagógico e causando impacto na elevação dos dados de aprendizagem dos alunos da escola. (Atas - anexo 11) # Adota práticas avaliativas do desempenho de professores e dos demais profissionais, ao longo do ano letivo. A Avaliação do desempenho da equipe da Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha tem caráter pedagógico, formativo, pois consiste em uma experiência social significativa que aborda valores e promove mudanças, potencializando o desenvolvimento humano e institucional. A avaliação do trabalho contribuiu para se entender os processos de construção da realidade escolar, mediante a lógica da coleta e interpretação de dados a fim de detectar comportamentos
  • 21. sociais e práticas cotidianas, na perspectiva de melhoria do trabalho pedagógico e consequentemente da elevação dos dados da escola. Essa prática vem sendo adotada pela equipe pedagógica e gestora, por entender que a avaliação Interna é um processo necessário que deve ser contínuo, por meio do qual uma instituição constrói conhecimentos sobre sua própria realidade, e busca compreender os significados do conjunto de suas atividades para melhorar a qualidade educativa e alcançar maior relevância social. Como procedimento para confirmar esta pratica adota-se visitas às salas de aulas utilizando-se fichas avaliativas (Ficha - anexo 12) para verificar a prática dos professores, apresentando-se posteriormente análise de relatórios de visitas, na perspectiva de contribuição para melhoria da prática didático-pedagógica e consequentemente elevar os dados de rendimento dos alunos. A Lei de Responsabilidade Educacional que trás em seu bojo a avaliação do desempenho profissional garante à escola efetivar a prática avaliativa do desempenho do trabalho de cada servidor tendo em vista que a qualidade da educação ofertada pela escola depende do desempenho de cada um e de todos. # Promove práticas de valorização e reconhecimento do trabalho e esforço dos professores e demais profissionais da escola no sentido de reforçar ações voltadas para melhoria da qualidade do ensino. A promoção de iniciativas de valorização e reconhecimento do trabalho dos profissionais que atuam na Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha está vinculada ao reconhecimento do trabalho e esforço de seus professores e demais profissionais, no sentido de elevação da autoestima dos servidores e do aprimoramento de seu desempenho. Tem se realizado a partir de práticas de confraternização em datas especiais, como Dia da Mulher, Dia do Professor, comemoração de datas alusivas a aniversários, ao Funcionário público, o Supervisor Pedagógico e confraternização natalina. Estes momentos são transformados em momentos especiais com distribuição de brindes e mensagens de agradecimentos e reconhecimento do trabalho e valorização das equipes. Nas reuniões de avaliação de resultados os professores são parabenizados pelos resultados positivos dos alunos e esta prática, tem produzido maior envolvimento e comprometimento dos profissionais nas atividades, fortalecendo-se procedimentos de participação das equipes que se apresentaram mais atuante e compromissada com os desafios do cotidiano escolar contribuindo dessa forma para a melhoria da qualidade da gestão educacional e dos indicadores da escola. (Anexo 13- Fotos )
  • 22. NÃO USA ESSA PÁGINA ANEXAR DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CADA PARÂMETRO INDICADO.
  • 23. DETALHAMENTO DA AUTOAVALIAÇÃO - PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” – EDIÇÃO 2009/2013. c) Planejamento e gestão: Abrangem processos e práticas de gestão dos serviços de apoio, recursos físicos e financeiros. Estabelecer como foco os processos e práticas eficientes e eficazes de gestão dos serviços de apoio, recursos físicos e financeiros. PARÂMETRO CRITÉRIO MARQUE APENAS UMA ALTERNATIVA # Realiza de forma sistemática, coletiva e cooperativa o planejamento dos serviços e das atividades escolares oferecidas. 1. Não planeja. 2. Planeja sem participação da comunidade escolar. 3. Planeja com os professores, supervisores e demais profissionais da escola. 4. Planeja coletivamente, monitora e avalia 5. Planeja efetivamente, monitora e avalia com toda equipe escolar x # Zela pela transparência da gestão, utilizando os canais de comunicação da escola para divulgar informações de prestação de contas dos recursos, dos resultados obtidos pela escola e das estratégias utilizadas na resolução de problemas. 1. Não zela pela transparência da gestão. 2.. Divulga os resultados e publica prestação de constas 1 vez no ano. 3. Divulga os resultados e publica prestação de constas semestralmente nos murais da escola 4. Divulga os resultados e publica prestação de constas da escola, mensalmente, em vários canais. x 5. Divulga os resultados e publica prestação de constas da escola, mensalmente, avaliando os impactos. # Desenvolve projetos nas áreas de saúde, esporte, assistência social e/ou cultura, ampliando as atividades internas e externas da escola, firmando parcerias externas a comunidade escolar. 1. Não desenvolve projetos. 2. Desenvolve projetos apenas na área da saúde. 3. Desenvolve projetos em mais de duas áreas, sem parcerias. 4. Desenvolve projetos internos nas diversas áreas, com parcerias. x 5. Desenvolve projetos internos e externos nas diversas áreas, com várias parcerias. # Aplica os recursos conforme plano de aplicação construído coletivamente, dando prioridade as necessidades. 1. Não constrói Plano de Aplicação. 2. Constrói Plano de Aplicação sem a consultar o Conselho e sem respeitar as prioridades. 3. Constrói Plano de Aplicação com consulta ao Conselho e sem respeitar as prioridades. 4. Constrói Plano com consulta ao Conselho, e aplica recursos respeitando as prioridades. x 5. Constrói Plano com consulta ao Conselho, aplica os recursos respeitando as prioridades e amplia com parcerias. Total de pontos
  • 24. RELATÓRIO POR PARÂMETRO # Realiza de forma sistemática, coletiva e cooperativa o planejamento dos serviços e das atividades escolares oferecidas. O planejamento escolar é uma tarefa docente que inclui tanto a previsão das atividades em termos de organização e coordenação em face dos objetivos propostos, quanto a sua revisão e adequação no decorrer do processo de ensino. O planejamento é um meio para programar as ações docentes, mas é também um momento de pesquisa e reflexão que estão intimamente ligados à avaliação. O planejamento das atividades pedagógicas da Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha se desenvolve a partir da elaboração do Mapa Educacional,(Anexo 10) instrumento da Lei Responsabilidade Educacional – Nº 2717/10- Lei Niná Rebouças. As metas e ações traçadas no Mapa são realizadas de forma individual e coletiva, onde cada professor traça sua própria meta e assim compromete-se com a meta geral da escola. O planejamento participativo envolve o Conselho Escolar na perspectiva de gestão democrática entendendo-se que a gestão participativa somente se consolida através da participação de todos os segmentos os quais são representados pelo Conselho Escolar. Bimestralmente acontece o Planejamento das atividades socio-culturais e educativas previstas no calendário escolar, sistematizando assim, os tempos e espaços pedagógicos. O planejamento é participativo e cooperativo uma vez que respeita as peculiaridades de cada segmento e considera as metas da escola e a realidade do contexto escolar. As atividades desenvolvidas pelas equipes são planejadas, monitoradas e avaliadas sistematicamente para se evitar decisões equivocadas e isoladas dos objetivos traçados. Bimestralmente realiza-se avaliação e análise do rendimento dos alunos junto a pais, professores e Conselho Escolar buscando-se estratégias para novas formas de enfrentamento das questões consideradas responsáveis pelos objetivos que possam não ter sido alcançados. (Atas - anexo 14) # Zela pela transparência da gestão, utilizando os canais de comunicação da escola para divulgar informações de prestação de contas dos recursos, dos resultados obtidos pela escola e das estratégias utilizadas na resolução de problemas. O estímulo à transparência pública é um dos objetivos essenciais da moderna Administração Pública. A ampliação da divulgação das ações dos gestores públicos, além de contribuir para o fortalecimento da democracia, prestigia e desenvolve as noções de cidadania. A Lei de Responsabilidade Fiscal ( LRF), a Lei da Transparência, além dos princípios contidos no artigo 37 da constituição Federal consagra a transparência da gestão como mecanismo de controle social e é indispensável para redefinição do papel dos gestores, além de se constituir uma temática que vem sendo colocada no foco das discussões da sociedade brasileira. .A Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha, trabalha com foco na LRF e convoca a atuação efetiva do Conselho Fiscal Escolar para participar da construção e acompanhamento do plano de aplicação dos recursos levando-se em consideração as prioridades (Ata – anexo 15) Os recursos são monitorados através do Plano de Aplicação e prestações de contas. (anexo 16) A escola apresenta prestações de contas aos órgãos de direito dentro dos prazos estabelecidos, após análise aprovação e homologação das prestações de contas pelo Conselho Fiscal. (Ata e foto de divulgação - anexo 17) As prestações de conta são divulgadas sistematicamente a toda comunidade escolar, nos murais da escola e portais eletrônicos para possibilitar o acesso de todos e enfatizar a transparência acerca da prestação de contas dos recursos da escola no (blog: marineide- marineidepc.blogspot.com e murais da escola.
  • 25. # Desenvolve projetos nas áreas de saúde, esporte, assistência social e/ou cultura, ampliando as atividades internas e externas da escola, firmando parcerias externas a comunidade escolar. A Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha em parceria com a Unidade Básica de Saúde e outras instituições parceiras de ensino superior-UNP e UERN através dos grupos de estágio dos cursos de enfermagem e nutrição, que desenvolvem atividades de orientação e promoção da saúde das crianças e adolescentes. O Programa Saúde na Escola (PSE) contribui para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção da saúde, prevenção de doenças e agravos à saúde e atenção à saúde, visando o enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças, adolescentes e jovens da rede pública de ensino. Em 2013 consolidaram-se parcerias com a UERN, UNP CAERN Vigilância Sanitária, e projetos de relevante importância para a comunidade foram desenvolvidos: Saneamento básico na perspectiva de garantir melhores condições de saúde para as pessoas da comunidade Parque das Rosas, evitando a contaminação e proliferação de doenças causadas pelo mau uso do esgoto sanitário, ao mesmo tempo, garantir a preservação do meio ambiente. Na escola realizaram-se ações de combate a dengue estendendo-se a comunidade com a realização de panfletagem realizada pelos alunos. Em parceria com a UNP realizou-se palestras de orientações sobre prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, ações de combate às drogas com o desenvolvimento de ações relativas ao projeto deixa Eu falar sobre... CRACK, para adolescentes e familiares, o monitoramento dos cartões de vacinas e a avaliação antropomédica realizada em parceria com a UBS do bairro. Também se realizou oficinas sobre alimentação saudável, meio ambiente, Orientações sobre o trânsito, verificação de pressão arterial e controle de glicose de alunos e profissionais da escola. Atividades esportivas foram realizadas, como capoeira, futsal e atividades culturais como Festa Junina, Festival Literário, Sarau Literário, festival literário, festa em comemoração ao dia das mães, dia das crianças, natal das crianças. Todas essas atividades focaram na melhoria da qualidade de vida e nos aspectos cultural e social da comunidade escolar gerando impactos positivos na participação e inserção das famílias na escola. (Projetos - anexo 18 )
  • 26. # Aplica os recursos conforme plano de aplicação construído coletivamente, dando prioridade as necessidades. O processo de construção da gestão democrática da escola é fortalecido pela descentralização das ações e pela participação dos segmentos nas tomadas de decisões tendo como referência as suas necessidades. Para efetivar esse princípio a Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha realizou em 2013 reuniões com os segmentos para análise da realidade e planejar aplicação de recursos com foco nas prioridades. O plano de Aplicação dos recursos da escola foi construído de forma articulada com o Conselho Escolar e efetivou-se conforme planejamento, levando-se em consideração o entendimento de todos acerca das demandas prioritárias da unidade educacional e o impacto que as mesmas poderiam gerar na melhoria da qualidade do trabalho educativo. (Anexo 16 ) ANEXAR DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CADA PARÂMETRO INDICADO.
  • 27. DETALHAMENTO DA AUTOAVALIAÇÃO - PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” – EDIÇÃO 2009/2013. d) Avaliação e resultados: Abrange processos e práticas de gestão voltadas para assegurar a melhoria dos resultados de desempenho da escola – rendimento, freqüência e proficiência dos alunos. Estabelece como foco a aprendizagem, apontando resultados concretos a atingir. PARÂMETRO CRITÉRIO MARQUE APENAS UMA ALTERNATIVA # Desenvolve um sistema de monitoramento das metas e ações estabelecidas no Projeto Político Pedagógico, garantindo condições de efetivação e sucesso. 1. Não desenvolve sistema de monitoramento do PPP. 2. Tem o sistema e não desenvolve o monitoramento. 3. Tem o sistema de monitoramento o PPP. 4. Tem sistema de efetivo monitoramento das metas e ações do PPP. 5. Tem sistema de efetivo monitoramento das metas e ações do PPP, redimensionando o planejamento da escola. x # Acompanha cada aluno da escola individualmente, mediante registro de sua frequência e do seu desempenho nas avaliações. 1. Não faz acompanhamento dos alunos. 2. Faz o acompanhamento e não registra as informações. 3. Faz o acompanhamento e registra as informações. 4. Faz o acompanhamento, registra e analisa as informações. 5. Faz o acompanhamento, registra, analisa e faz uso dessas informações no planejamento. x # Alfabetiza as crianças até, no máximo, os oito anos de idade, aferindo os resultados por exame periódico específico. 1. Não alfabetizou as crianças. 2. Alfabetizou até 50% das crianças com oito anos. 3. Alfabetizou até 70% das crianças com até oito anos. x 4. Alfabetizou mais 90% das crianças com até oito anos. 5. Alfabetizou 100% das crianças com até oito anos. # Adota ações de combate à evasão e repetência, com sistemática de monitoramento a fim de garantir o a efetividade e sucesso dos alunos. 1. Não adota ações de combate a evasão. 2. Adota ações de combate a evasão, sem monitoramento. 3. Adota ações de combate à evasão, com monitoramento, e mesmo assim apresentou índice de evasão abaixo de 10%. 4. Adota ações de combate à evasão, com monitoramento, zerando o índice de evasão. x 5. Adota ações de combate à evasão, com monitoramento, zerando o índice de evasão e garantindo o sucesso dos alunos. Total de pontos
  • 28. RELATÓRIO POR PARÂMETRO # Desenvolve um sistema de monitoramento das metas e ações estabelecidas no Projeto Político Pedagógico, garantindo condições de efetivação e sucesso. A Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha desenvolveu em 2013 um sistema de monitoramento de suas metas e ações utilizando coleta sistemática e análise de informações, com vista a melhorar a eficiência e eficácia de seu projeto pedagógico. Entendendo que o monitoramento de metas e ações são ferramentas indispensáveis para efetivação de um trabalho de qualidade e o efetivo sucesso dos alunos. A escola realizou reuniões para análise de resultados, planejou estratégias diversificadas, como Plano de intervenção Pedagógica e delegou ações aos diferentes segmentos e monitorou o desenvolvimento das atividades constantes do Mapa Educacional com vistas a garantir a efetivação dos objetivos do PPP e das metas propostas para 2013. (Relatório de monitoramento Pedagógico/Plano de intervenção - anexo 19 ) # Acompanha cada aluno da escola individualmente, mediante registro de sua frequência e do seu desempenho nas avaliações. A escola adota acompanhamento sistemático do processo de aprendizagem dos alunos monitorando as metas e ações estabelecidas no mapa educacional na perspectiva de garantir condições de melhoria da qualidade da aprendizagem dos educandos. Em 2013 desenvolveu-se o acompanhamento do desempenho e frequência do aluno por meio de programa IEDUCAR, fichas de registro e acompanhamento em sala de aula, análise do rendimento através de instrumentos de avaliação focando-se nos alunos com baixo desempenho, e baixa frequência propondo-se ações junto aos professores e famílias e órgãos competentes, visando a superação das dificuldades de aprendizagem e a efetivação dos objetivos e metas da escola.( Anexos 20) # Alfabetiza as crianças até, no máximo, os oito anos de idade, aferindo os resultados por exame periódico específico. A equipe da Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha abraçou as metas da escola e assumiu o compromisso e responsabilidade com a alfabetização das crianças na idade certa. A equipe participou de formação (PNAIC) e aplicou na escola os conhecimentos necessários para a melhoria da qualidade do trabalho pedagógico e a elevação dos resultados da aprendizagem dos alunos. Melhorou estratégias do processo ensino e aprendizagem, realizou monitoramento, cumpriu as atividades do calendário escolar e desenvolveu ações de elevação da autoestima dos professores na perspectiva de melhorar a atuação dos mesmos e a aprendizagem dos alunos. A Provinha Brasil, foi utilizada como instrumento verificador do nível de aprendizagem do 2º ano e oferecer suporte para verificação e confirmação dos dados apresentados. Ver tabela
  • 29. ANO PROVINHA BRASIL 1ª FASE PROVINHA BRASIL 2ª FASE IDEB 1º ao 5º ano 2012 4,0 4,0 2013 4,0 5,0 # Adota ações de combate à evasão e repetência, com sistemática de monitoramento a fim de garantir a efetividade e sucesso dos alunos. A evasão escolar é um grande desafio que conseguimos vencer desde 2011. O trabalho que desenvolvemos de visitas domiciliares e reuniões de pais de alunos ausentes, parceria com Conselho Tutelar, foi considerado estratégias que chamaram atenção dos mesmos acerca da importância do controle da frequência dos alunos e os prejuízos causados pela infrequência. Estas ações apresentaram resultado significativo, uma vez que conseguimos zerar a evasão desde 2011. A parceria com a Promotoria também foi de suma importância com relação ao apoio oferecido por esta instituição à escola para atingirmos nossas metas de frequência. Mais uma vez a integração da escola com a família e as ações de valorização da mesma contribuiu para a dinamização das atividades propostas pela escola. Aulas de reforço do Programa Mais Educação bem como as parcerias com outras instituições, também subsidiaram as ações da escola. (Ofícios de encaminhamento-Anexo 02 ) ANEXAR DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CADA PARÂMETRO INDICADO. ANEXO COMPLEMENTARES: Anexo 21 : Termo de Homologação da Eleição do Conselho Escolar. Anexo 22 : Documentos comprobatórios das formações do corpo docente e funcionários da escola.