SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ 
Secretaria Municipal de Educação 
Rua Pedro Alves Cabral, 01 – Aeroporto – 59607-140 Mossoró / RN 
· IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE EDUCACIONAL: 
Nome: Escola Municipal Francisco Ferreira Souto 
Endereço: Assentamento Favela, s/n. 
Bairro: Zona Rural de Mossoró telefone ( 84 ) 8879-1960
Email: afonsosmagnus@yahoo.com.br 
APRESENTAÇÃO 
A Escola Municipal Francisco Ferreira Souto, foi criada e denominada 
através do Decreto nº 851/90, na gestão da Prefeita Rosalba Ciarlini Rosado. 
No ato de sua criação a escola oferecia apenas a 1ª e 2ª série do ensino 
fundamental e funcionava em condições precárias em um galpão cedido pela 
comunidade e também um curso de alfabetização para adultos, através de um 
convênio AACC/SINE-RN, com monitores do próprio assentamento. A 
instalação da escola foi uma necessidade reivindicada pelos assentados, 
através, do plano de desenvolvimento local do projeto de assentamento. 
Em 2002 com o advento da nucleação a escola tornou-se a sede do 
Núcleo de Educação Rural Francisco Ferreira Souto, o acontecimento foi um 
marco na vida da escola, que passou a ter uma nova estrutura pedagógica e 
administrativa, oferecendo o Ensino Infantil e o Fundamental da 1ª a 4ª série; 
quadro de professores e funcionários concursados e a posse do seu primeiro 
diretor o professor Afonso Magnus Fonseca da Silveira. 
Outro momento marcante para escola e comunidade foi em novembro 
de 2003, com a construção da nova sede que elevou a autoestima de todos e o 
processo ensino-aprendizagem. 
A denominação da escola foi uma homenagem ao empresário Francisco 
Ferreira Souto, então proprietário das terras onde fica localizada a comunidade 
e que serviram para a reforma agrária. Hoje, denominada de Assentamento 
Favela (árvore típica da região), distante 40 km da cidade de Mossoró. 
A Escola Francisco Ferreira Souto, dispõe dos seguintes recursos 
humanos: 01 diretor; 01 supervisor pedagógico (vacância); 03 professores; 01 
secretária geral; 01 merendeira e 01 auxiliar de serviços gerais compõem a 
sede do núcleo. Está localizada no Assentamento Favela, município de 
Mossoró, por acessos de estradas sem boas condições. Quase todas as 
pessoas que trabalham na escola deslocam-se diariamente em carros 
particulares fretados. 
O espaço físico da escola tem boas condições, mas já nasceu com 
problema. Na estrutura física da escola não dispomos de salas para biblioteca; 
laboratório de informática e sala de professores. Dispõe apenas de 01 sala com
09 (nove) m² para abrigar todas as necessidades administrativas. A escola 
oferece Educação Infantil em turma única (níveis I e II); Ensino Fundamental: 
Ciclo da Infância em turma multisseriada do 1º ao 3º ano (com duração de três 
anos, distribuídos em três fases) e turma multisseriada com 4º e 5º ano em 
regime anual, sua clientela são filhos dos assentados e crianças residentes na 
vizinha vila rural da Guanabara, município de Serra do Mel. 
O nosso universo escolar é marcado por conflitos, num ambiente que, 
por um lado reproduz os valores hegemônicos da sociedade, e que por outro, 
pelos impasses enfrentados dentro e fora das salas de aulas, também participa 
da transformação desses valores, pois é um lugar fundamental na construção 
de sujeitos. Enquanto organização e instituição social têm a função social de 
sistematização no processo formativo que visa valores, ensinamentos e 
normas da sociedade, fazendo a mediação entre os conteúdos historicamente 
produzidos pela humanidade e o aluno, procurando formas para que esses 
conhecimentos sejam apropriados pelos indivíduos, contribuindo para a 
formação de novas gerações de seres humanos. (SAVIANI, 2003). 
Somos uma escola do Campo que significa fazer uma escola para se 
viver no campo, inverter a lógica de que se estuda para sair do campo. Escola 
do campo significa pensar e fazer a escola a partir do projeto educativo dos 
sujeitos do campo. 
INDICADORES DE RENDIMENTOS DO 1º AO 5º ANO: 2009 A 2013. 
ANOS APROVAÇÃO REPROVAÇÃO ABANDONO 
2009 74% 26% 0% 
2010 94% 6% 0% 
2011 96% 4% 0% 
2012 95% 5% 0% 
2013 95% 5% 0% 
Fonte: Escola/Educacenso. 
EVOLUÇÃO DA MATRICULA: 2009 a 2013.
TURMAS 2009 2010 2011 2012 2013 
Pré-escola 13 12 11 12 14 
1º ano 08 06 09 04 10 
2º ano 10 07 06 08 07 
3º ano 12 16 10 08 09 
4º ano 16 14 12 11 11 
5º ano 09 09 14 11 11 
TOTAL 68 64 62 54 62 
Fonte: Censo Escolar/MEC 
INDICADOR DE ALFABETIZAÇÃO DO 1º AO 5º: 2009 A 2013 
2009 47% 
2010 79% 
2011 90% 
2012 85% 
2013 91% 
Fonte: escola 
DIAGNÓSTICO DA PROVINHA BRASIL: 2009 A 2013. 
ANOS PROVINHA BRASIL – 
1ª FASE 
PROVINHA BRASIL – 
2ª FASE 
2009 2 3 
2010 2 3 
2011 3 3 
2012 4 5 
2013 5 5 
Fonte: SMED 
CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA 
· NÍVEIS E MODALIDADES DE ENSINO OFERTADO: 
Educação Infantil 
( ) Creche 
( x ) Pré-escola
Ensino Fundamental 
( x ) Anos Iniciais 
( ) Anos Finais 
( ) Educação de Jovens e Adultos 
· PERÍODO DE FUNCIONAMENTO: 
( x ) Manhã ( ) Tarde ( ) Noite Horário Integral ( ) Creche ( ) Mais 
Educação 
· NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA: 
TURMAS 
Infantil 
I e II 
1º, 2º e 
3º Ano 
4º e 5º 
Ano 
TOTAL 
Manhã 14 26 22 62 
Tarde - - - - 
Noite - - - - 
Integral - - - - 
· NÚMERO TOTAL DE ALUNOS/MÉDIA GLOBAL: 
Total de alunos Média Global da Escola 
48 67,5 
· INDICADORES DESEMPENHO DA ESCOLA: 
A- EDUCAÇÃO INFANTIL: 
I 
NDICADOR 
ANO 
MATRICULA 
FINAL 
TAXA DE 
APROVAÇÃO 
(%) 
TAXA DE 
REPROVAÇÃO 
(%) 
TAXA DE 
ABANDONO 
(%) 
TAXA DE 
DISTORÇÃO 
IDADE/SÉRIE 
(%) 
Nº DE CRIANÇAS 
NO PROCESSO DE 
ALFABETIZAÇÃO 
2012 12 100 0 0 0 1 
2013 14 100 0 0 0 1 
B- ANOS INICIAIS:
I 
NDICADOR 
ANO 
MATRICULA 
FINAL 
TAXA DE 
APROVAÇÃO 
(%) 
TAXA DE 
REPROVAÇÃO 
(%) 
TAXA DE 
ABANDONO 
(%) 
TAXA DE 
DISTORÇÃO 
IDADE/SÉRIE 
(%) 
TAXA DE 
ALFABETIZAÇÃO 
(%) 
2012 42 95 5 0 21 75 
2013 48 95 5 0 6 91 
C - ANOS FINAIS: 
IN 
DICADOR 
ANO 
MATRICULA 
FINAL 
TAXA DE 
APROVAÇÃO 
(%) 
TAXA DE 
REPROVAÇÃO 
(%) 
TAXA DE 
ABANDONO 
(%) 
TAXA DE 
DISTORÇÃO 
IDADE/SÉRIE 
(%) 
2012 
2013 
D - EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: 
I 
NDICADOR 
ANO 
MATRICULA 
FINAL 
TAXA DE 
APROVAÇÃO 
(%) 
TAXA DE 
REPROVAÇÃO 
(%) 
TAXA DE 
ABANDONO 
(%) 
TAXA DE 
DISTORÇÃO 
IDADE/SÉRIE 
(%) 
TAXA DE 
ALFABETIZAÇÃO 
2012 
2013 
· DADOS DA PROVINHA BRASIL/IDEB: 
ANO 
PROVINHA BRASIL 
1ª FASE 
PROVINHA BRASIL 
2ª FASE 
IDEB 
1º ao 5º ano 6º ao 9º ano 
2012 4 5 
2013 5 5 
· DADOS DOS ALUNOS DESTAQUE 
ANO ESCOLAR 
5° ANO 
NOME COMPLETO 
Gislany Mirely da Silva 
ANO ESCOLAR 
MÉDIA 
FINAL 
PERC. DE 
FREQUÊNCIA 
LÍNGUA PORTUGUESA 8,9 9,1% 
MATEMÁTICA 8,4 
CIÊNCIAS 9,2 
HISTÓRIA 8,0 
GEOGRAFIA 8,3
ENSINO DA ARTE - 
ENSINO RELIGIOSO - 
EDUCAÇÃO FÍSICA - 
MÉDIA E FREQUÊNCIA GLOBAL 8,5 9,1%

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Boletim expresso agosto1
Boletim expresso agosto1Boletim expresso agosto1
Boletim expresso agosto1Marcia Pereira
 
Orientações de planejamento iinicio das aulas 2011
Orientações de planejamento iinicio das aulas 2011Orientações de planejamento iinicio das aulas 2011
Orientações de planejamento iinicio das aulas 2011educacaomesquita
 
COLÔMBIA EDUCA
COLÔMBIA EDUCACOLÔMBIA EDUCA
COLÔMBIA EDUCAblog2012
 
Resultado final – Edital 01/2016
Resultado final –  Edital 01/2016Resultado final –  Edital 01/2016
Resultado final – Edital 01/2016cecilia vasconcelos
 
Contexto histórico da EJAI (educação de jovens, adultos e idosos em bom jardi...
Contexto histórico da EJAI (educação de jovens, adultos e idosos em bom jardi...Contexto histórico da EJAI (educação de jovens, adultos e idosos em bom jardi...
Contexto histórico da EJAI (educação de jovens, adultos e idosos em bom jardi...Adilson P Motta Motta
 
Monitores De Visita2010 R I O
Monitores De  Visita2010  R I OMonitores De  Visita2010  R I O
Monitores De Visita2010 R I OClaudia Oliveira
 
Resultado 1ª fase - Análise Curricular EEEP Lysia Pimentel
Resultado 1ª fase  -  Análise Curricular  EEEP Lysia Pimentel Resultado 1ª fase  -  Análise Curricular  EEEP Lysia Pimentel
Resultado 1ª fase - Análise Curricular EEEP Lysia Pimentel cecilia vasconcelos
 
Resumo lariss amaranh+úo
Resumo lariss amaranh+úoResumo lariss amaranh+úo
Resumo lariss amaranh+úoJeh Antunes
 
Edital de professor coordenador pedagogico
Edital de professor coordenador pedagogicoEdital de professor coordenador pedagogico
Edital de professor coordenador pedagogicoblog2012
 
TRANSPORTE ESCOLAR 2016
TRANSPORTE ESCOLAR 2016TRANSPORTE ESCOLAR 2016
TRANSPORTE ESCOLAR 2016blog2012
 
Edital Inglês 2016
Edital Inglês 2016Edital Inglês 2016
Edital Inglês 2016blog2012
 
Painel da escola 2011
Painel da escola 2011Painel da escola 2011
Painel da escola 2011petagronomia
 

Mais procurados (18)

Boletim expresso agosto1
Boletim expresso agosto1Boletim expresso agosto1
Boletim expresso agosto1
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Seminário de percurso curricular
Seminário de percurso curricularSeminário de percurso curricular
Seminário de percurso curricular
 
Seminário de percurso curricular
Seminário de percurso curricularSeminário de percurso curricular
Seminário de percurso curricular
 
Orientações de planejamento iinicio das aulas 2011
Orientações de planejamento iinicio das aulas 2011Orientações de planejamento iinicio das aulas 2011
Orientações de planejamento iinicio das aulas 2011
 
COLÔMBIA EDUCA
COLÔMBIA EDUCACOLÔMBIA EDUCA
COLÔMBIA EDUCA
 
Painel de gestão2011
Painel de gestão2011Painel de gestão2011
Painel de gestão2011
 
Resultado final – Edital 01/2016
Resultado final –  Edital 01/2016Resultado final –  Edital 01/2016
Resultado final – Edital 01/2016
 
Contexto histórico da EJAI (educação de jovens, adultos e idosos em bom jardi...
Contexto histórico da EJAI (educação de jovens, adultos e idosos em bom jardi...Contexto histórico da EJAI (educação de jovens, adultos e idosos em bom jardi...
Contexto histórico da EJAI (educação de jovens, adultos e idosos em bom jardi...
 
Ficha de inscrição tênis de mesa jesm_2010
Ficha de inscrição tênis de mesa jesm_2010Ficha de inscrição tênis de mesa jesm_2010
Ficha de inscrição tênis de mesa jesm_2010
 
Monitores De Visita2010 R I O
Monitores De  Visita2010  R I OMonitores De  Visita2010  R I O
Monitores De Visita2010 R I O
 
Dica de curso
Dica de cursoDica de curso
Dica de curso
 
Resultado 1ª fase - Análise Curricular EEEP Lysia Pimentel
Resultado 1ª fase  -  Análise Curricular  EEEP Lysia Pimentel Resultado 1ª fase  -  Análise Curricular  EEEP Lysia Pimentel
Resultado 1ª fase - Análise Curricular EEEP Lysia Pimentel
 
Resumo lariss amaranh+úo
Resumo lariss amaranh+úoResumo lariss amaranh+úo
Resumo lariss amaranh+úo
 
Edital de professor coordenador pedagogico
Edital de professor coordenador pedagogicoEdital de professor coordenador pedagogico
Edital de professor coordenador pedagogico
 
TRANSPORTE ESCOLAR 2016
TRANSPORTE ESCOLAR 2016TRANSPORTE ESCOLAR 2016
TRANSPORTE ESCOLAR 2016
 
Edital Inglês 2016
Edital Inglês 2016Edital Inglês 2016
Edital Inglês 2016
 
Painel da escola 2011
Painel da escola 2011Painel da escola 2011
Painel da escola 2011
 

Semelhante a Dossiê 2014 ano

Plano de gestão travassos 2014 atualizado
Plano de gestão travassos 2014  atualizadoPlano de gestão travassos 2014  atualizado
Plano de gestão travassos 2014 atualizadoJosefa Martins
 
Modelo do dossiê 2014 - prêmio escola de qualidade
Modelo do dossiê  2014 - prêmio escola de qualidadeModelo do dossiê  2014 - prêmio escola de qualidade
Modelo do dossiê 2014 - prêmio escola de qualidadeem_raimundofernandes
 
Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011
Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011
Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011pibiduergsmontenegro
 
Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011
Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011
Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011pibiduergsmontenegro
 
Caracterização da escola 2
Caracterização da escola 2Caracterização da escola 2
Caracterização da escola 2Superestagio
 
Modelo do dossiê 2014 - pronto
Modelo do dossiê  2014 - prontoModelo do dossiê  2014 - pronto
Modelo do dossiê 2014 - prontonayanapaula3
 
Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...
Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...
Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...Cejar Ribeiro
 
PLANO DE AÇÃO DO GESTOR ESCOLAR (2014-2016).pdf
PLANO DE AÇÃO DO GESTOR ESCOLAR (2014-2016).pdfPLANO DE AÇÃO DO GESTOR ESCOLAR (2014-2016).pdf
PLANO DE AÇÃO DO GESTOR ESCOLAR (2014-2016).pdfProfessorValdecifran
 
Projeto político pedagógico escolas do campo 2011
Projeto político pedagógico escolas do campo 2011Projeto político pedagógico escolas do campo 2011
Projeto político pedagógico escolas do campo 2011Jornadel Pereira da Silva
 
{1 bfdf409 7457-4701-8a2d-0b5c4056cf84}-plano a¦+o see-atual (1)
{1 bfdf409 7457-4701-8a2d-0b5c4056cf84}-plano a¦+o see-atual (1){1 bfdf409 7457-4701-8a2d-0b5c4056cf84}-plano a¦+o see-atual (1)
{1 bfdf409 7457-4701-8a2d-0b5c4056cf84}-plano a¦+o see-atual (1)Osiel Oliveira
 
Ee. takako suzuki plano quadrienal
Ee. takako suzuki   plano quadrienalEe. takako suzuki   plano quadrienal
Ee. takako suzuki plano quadrienalbrgsto
 
O ensino superior em Bom Jardim e considerações ao PROEB
O ensino superior em Bom Jardim e considerações ao PROEBO ensino superior em Bom Jardim e considerações ao PROEB
O ensino superior em Bom Jardim e considerações ao PROEBAdilson P Motta Motta
 

Semelhante a Dossiê 2014 ano (20)

Plano de gestão travassos 2014 atualizado
Plano de gestão travassos 2014  atualizadoPlano de gestão travassos 2014  atualizado
Plano de gestão travassos 2014 atualizado
 
Ppp escola leodgard atual
Ppp  escola leodgard atualPpp  escola leodgard atual
Ppp escola leodgard atual
 
Modelo do dossiê 2014 - prêmio escola de qualidade
Modelo do dossiê  2014 - prêmio escola de qualidadeModelo do dossiê  2014 - prêmio escola de qualidade
Modelo do dossiê 2014 - prêmio escola de qualidade
 
Modelo do dossiê 2013
Modelo do dossiê 2013Modelo do dossiê 2013
Modelo do dossiê 2013
 
Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011
Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011
Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011
 
Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011
Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011
Projeto político pedagógico colégio estadual a. j. renner, 2009 a 2011
 
Caracterização da escola 2
Caracterização da escola 2Caracterização da escola 2
Caracterização da escola 2
 
Modelo do dossiê 2014 - pronto
Modelo do dossiê  2014 - prontoModelo do dossiê  2014 - pronto
Modelo do dossiê 2014 - pronto
 
Plano de gestão 2014
Plano de gestão 2014Plano de gestão 2014
Plano de gestão 2014
 
Ppp 2014 26 02 2014
Ppp 2014 26 02 2014Ppp 2014 26 02 2014
Ppp 2014 26 02 2014
 
Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...
Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...
Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...
 
PLANO DE AÇÃO DO GESTOR ESCOLAR (2014-2016).pdf
PLANO DE AÇÃO DO GESTOR ESCOLAR (2014-2016).pdfPLANO DE AÇÃO DO GESTOR ESCOLAR (2014-2016).pdf
PLANO DE AÇÃO DO GESTOR ESCOLAR (2014-2016).pdf
 
Ppp 2015
Ppp 2015Ppp 2015
Ppp 2015
 
Projeto político pedagógico escolas do campo 2011
Projeto político pedagógico escolas do campo 2011Projeto político pedagógico escolas do campo 2011
Projeto político pedagógico escolas do campo 2011
 
{1 bfdf409 7457-4701-8a2d-0b5c4056cf84}-plano a¦+o see-atual (1)
{1 bfdf409 7457-4701-8a2d-0b5c4056cf84}-plano a¦+o see-atual (1){1 bfdf409 7457-4701-8a2d-0b5c4056cf84}-plano a¦+o see-atual (1)
{1 bfdf409 7457-4701-8a2d-0b5c4056cf84}-plano a¦+o see-atual (1)
 
Ee. takako suzuki plano quadrienal
Ee. takako suzuki   plano quadrienalEe. takako suzuki   plano quadrienal
Ee. takako suzuki plano quadrienal
 
Programa Ressignificacao Ierp
Programa Ressignificacao IerpPrograma Ressignificacao Ierp
Programa Ressignificacao Ierp
 
Projeto Político Pedagógico 2017
Projeto Político Pedagógico 2017Projeto Político Pedagógico 2017
Projeto Político Pedagógico 2017
 
Plano gestão
Plano gestãoPlano gestão
Plano gestão
 
O ensino superior em Bom Jardim e considerações ao PROEB
O ensino superior em Bom Jardim e considerações ao PROEBO ensino superior em Bom Jardim e considerações ao PROEB
O ensino superior em Bom Jardim e considerações ao PROEB
 

Mais de Franciscosouto6

Projeto leitura escrita séries iniciais 2014
Projeto leitura escrita séries iniciais 2014Projeto leitura escrita séries iniciais 2014
Projeto leitura escrita séries iniciais 2014Franciscosouto6
 
Projeto leitura escrita séries iniciais
Projeto leitura escrita séries iniciais Projeto leitura escrita séries iniciais
Projeto leitura escrita séries iniciais Franciscosouto6
 
Projeto combatendo a dengue.
Projeto combatendo a dengue. Projeto combatendo a dengue.
Projeto combatendo a dengue. Franciscosouto6
 
Projeto qualidade de vida 2014.
Projeto qualidade de vida 2014.Projeto qualidade de vida 2014.
Projeto qualidade de vida 2014.Franciscosouto6
 
Dossiê 2014 ano base 2013
Dossiê 2014 ano base 2013 Dossiê 2014 ano base 2013
Dossiê 2014 ano base 2013 Franciscosouto6
 
Informações sobre conselho
Informações sobre conselho Informações sobre conselho
Informações sobre conselho Franciscosouto6
 
Projeto leitura escrita séries iniciais
Projeto leitura escrita séries iniciais Projeto leitura escrita séries iniciais
Projeto leitura escrita séries iniciais Franciscosouto6
 
Fotos escola francisco ferreira souto
Fotos escola francisco ferreira soutoFotos escola francisco ferreira souto
Fotos escola francisco ferreira soutoFranciscosouto6
 
Informações sobre conselho escolar
Informações sobre conselho escolarInformações sobre conselho escolar
Informações sobre conselho escolarFranciscosouto6
 
Projeto combatendo a dengue 2014
Projeto combatendo a dengue  2014Projeto combatendo a dengue  2014
Projeto combatendo a dengue 2014Franciscosouto6
 
Projeto leitura escrita séries iniciais 2014
Projeto leitura escrita séries iniciais  2014Projeto leitura escrita séries iniciais  2014
Projeto leitura escrita séries iniciais 2014Franciscosouto6
 
Projeto qualidade de vida 2014
Projeto qualidade de vida 2014Projeto qualidade de vida 2014
Projeto qualidade de vida 2014Franciscosouto6
 
Projeto qualidade de vida 2014
Projeto qualidade de vida 2014Projeto qualidade de vida 2014
Projeto qualidade de vida 2014Franciscosouto6
 

Mais de Franciscosouto6 (15)

Projeto leitura escrita séries iniciais 2014
Projeto leitura escrita séries iniciais 2014Projeto leitura escrita séries iniciais 2014
Projeto leitura escrita séries iniciais 2014
 
Projeto leitura escrita séries iniciais
Projeto leitura escrita séries iniciais Projeto leitura escrita séries iniciais
Projeto leitura escrita séries iniciais
 
Fotos
Fotos Fotos
Fotos
 
Projeto combatendo a dengue.
Projeto combatendo a dengue. Projeto combatendo a dengue.
Projeto combatendo a dengue.
 
Projeto qualidade de vida 2014.
Projeto qualidade de vida 2014.Projeto qualidade de vida 2014.
Projeto qualidade de vida 2014.
 
Dossiê 2014 ano base 2013
Dossiê 2014 ano base 2013 Dossiê 2014 ano base 2013
Dossiê 2014 ano base 2013
 
Informações sobre conselho
Informações sobre conselho Informações sobre conselho
Informações sobre conselho
 
Projeto leitura escrita séries iniciais
Projeto leitura escrita séries iniciais Projeto leitura escrita séries iniciais
Projeto leitura escrita séries iniciais
 
Fotos da escola
Fotos da escolaFotos da escola
Fotos da escola
 
Fotos escola francisco ferreira souto
Fotos escola francisco ferreira soutoFotos escola francisco ferreira souto
Fotos escola francisco ferreira souto
 
Informações sobre conselho escolar
Informações sobre conselho escolarInformações sobre conselho escolar
Informações sobre conselho escolar
 
Projeto combatendo a dengue 2014
Projeto combatendo a dengue  2014Projeto combatendo a dengue  2014
Projeto combatendo a dengue 2014
 
Projeto leitura escrita séries iniciais 2014
Projeto leitura escrita séries iniciais  2014Projeto leitura escrita séries iniciais  2014
Projeto leitura escrita séries iniciais 2014
 
Projeto qualidade de vida 2014
Projeto qualidade de vida 2014Projeto qualidade de vida 2014
Projeto qualidade de vida 2014
 
Projeto qualidade de vida 2014
Projeto qualidade de vida 2014Projeto qualidade de vida 2014
Projeto qualidade de vida 2014
 

Último

Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 

Último (20)

Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 

Dossiê 2014 ano

  • 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ Secretaria Municipal de Educação Rua Pedro Alves Cabral, 01 – Aeroporto – 59607-140 Mossoró / RN · IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE EDUCACIONAL: Nome: Escola Municipal Francisco Ferreira Souto Endereço: Assentamento Favela, s/n. Bairro: Zona Rural de Mossoró telefone ( 84 ) 8879-1960
  • 2. Email: afonsosmagnus@yahoo.com.br APRESENTAÇÃO A Escola Municipal Francisco Ferreira Souto, foi criada e denominada através do Decreto nº 851/90, na gestão da Prefeita Rosalba Ciarlini Rosado. No ato de sua criação a escola oferecia apenas a 1ª e 2ª série do ensino fundamental e funcionava em condições precárias em um galpão cedido pela comunidade e também um curso de alfabetização para adultos, através de um convênio AACC/SINE-RN, com monitores do próprio assentamento. A instalação da escola foi uma necessidade reivindicada pelos assentados, através, do plano de desenvolvimento local do projeto de assentamento. Em 2002 com o advento da nucleação a escola tornou-se a sede do Núcleo de Educação Rural Francisco Ferreira Souto, o acontecimento foi um marco na vida da escola, que passou a ter uma nova estrutura pedagógica e administrativa, oferecendo o Ensino Infantil e o Fundamental da 1ª a 4ª série; quadro de professores e funcionários concursados e a posse do seu primeiro diretor o professor Afonso Magnus Fonseca da Silveira. Outro momento marcante para escola e comunidade foi em novembro de 2003, com a construção da nova sede que elevou a autoestima de todos e o processo ensino-aprendizagem. A denominação da escola foi uma homenagem ao empresário Francisco Ferreira Souto, então proprietário das terras onde fica localizada a comunidade e que serviram para a reforma agrária. Hoje, denominada de Assentamento Favela (árvore típica da região), distante 40 km da cidade de Mossoró. A Escola Francisco Ferreira Souto, dispõe dos seguintes recursos humanos: 01 diretor; 01 supervisor pedagógico (vacância); 03 professores; 01 secretária geral; 01 merendeira e 01 auxiliar de serviços gerais compõem a sede do núcleo. Está localizada no Assentamento Favela, município de Mossoró, por acessos de estradas sem boas condições. Quase todas as pessoas que trabalham na escola deslocam-se diariamente em carros particulares fretados. O espaço físico da escola tem boas condições, mas já nasceu com problema. Na estrutura física da escola não dispomos de salas para biblioteca; laboratório de informática e sala de professores. Dispõe apenas de 01 sala com
  • 3. 09 (nove) m² para abrigar todas as necessidades administrativas. A escola oferece Educação Infantil em turma única (níveis I e II); Ensino Fundamental: Ciclo da Infância em turma multisseriada do 1º ao 3º ano (com duração de três anos, distribuídos em três fases) e turma multisseriada com 4º e 5º ano em regime anual, sua clientela são filhos dos assentados e crianças residentes na vizinha vila rural da Guanabara, município de Serra do Mel. O nosso universo escolar é marcado por conflitos, num ambiente que, por um lado reproduz os valores hegemônicos da sociedade, e que por outro, pelos impasses enfrentados dentro e fora das salas de aulas, também participa da transformação desses valores, pois é um lugar fundamental na construção de sujeitos. Enquanto organização e instituição social têm a função social de sistematização no processo formativo que visa valores, ensinamentos e normas da sociedade, fazendo a mediação entre os conteúdos historicamente produzidos pela humanidade e o aluno, procurando formas para que esses conhecimentos sejam apropriados pelos indivíduos, contribuindo para a formação de novas gerações de seres humanos. (SAVIANI, 2003). Somos uma escola do Campo que significa fazer uma escola para se viver no campo, inverter a lógica de que se estuda para sair do campo. Escola do campo significa pensar e fazer a escola a partir do projeto educativo dos sujeitos do campo. INDICADORES DE RENDIMENTOS DO 1º AO 5º ANO: 2009 A 2013. ANOS APROVAÇÃO REPROVAÇÃO ABANDONO 2009 74% 26% 0% 2010 94% 6% 0% 2011 96% 4% 0% 2012 95% 5% 0% 2013 95% 5% 0% Fonte: Escola/Educacenso. EVOLUÇÃO DA MATRICULA: 2009 a 2013.
  • 4. TURMAS 2009 2010 2011 2012 2013 Pré-escola 13 12 11 12 14 1º ano 08 06 09 04 10 2º ano 10 07 06 08 07 3º ano 12 16 10 08 09 4º ano 16 14 12 11 11 5º ano 09 09 14 11 11 TOTAL 68 64 62 54 62 Fonte: Censo Escolar/MEC INDICADOR DE ALFABETIZAÇÃO DO 1º AO 5º: 2009 A 2013 2009 47% 2010 79% 2011 90% 2012 85% 2013 91% Fonte: escola DIAGNÓSTICO DA PROVINHA BRASIL: 2009 A 2013. ANOS PROVINHA BRASIL – 1ª FASE PROVINHA BRASIL – 2ª FASE 2009 2 3 2010 2 3 2011 3 3 2012 4 5 2013 5 5 Fonte: SMED CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA · NÍVEIS E MODALIDADES DE ENSINO OFERTADO: Educação Infantil ( ) Creche ( x ) Pré-escola
  • 5. Ensino Fundamental ( x ) Anos Iniciais ( ) Anos Finais ( ) Educação de Jovens e Adultos · PERÍODO DE FUNCIONAMENTO: ( x ) Manhã ( ) Tarde ( ) Noite Horário Integral ( ) Creche ( ) Mais Educação · NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA: TURMAS Infantil I e II 1º, 2º e 3º Ano 4º e 5º Ano TOTAL Manhã 14 26 22 62 Tarde - - - - Noite - - - - Integral - - - - · NÚMERO TOTAL DE ALUNOS/MÉDIA GLOBAL: Total de alunos Média Global da Escola 48 67,5 · INDICADORES DESEMPENHO DA ESCOLA: A- EDUCAÇÃO INFANTIL: I NDICADOR ANO MATRICULA FINAL TAXA DE APROVAÇÃO (%) TAXA DE REPROVAÇÃO (%) TAXA DE ABANDONO (%) TAXA DE DISTORÇÃO IDADE/SÉRIE (%) Nº DE CRIANÇAS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO 2012 12 100 0 0 0 1 2013 14 100 0 0 0 1 B- ANOS INICIAIS:
  • 6. I NDICADOR ANO MATRICULA FINAL TAXA DE APROVAÇÃO (%) TAXA DE REPROVAÇÃO (%) TAXA DE ABANDONO (%) TAXA DE DISTORÇÃO IDADE/SÉRIE (%) TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (%) 2012 42 95 5 0 21 75 2013 48 95 5 0 6 91 C - ANOS FINAIS: IN DICADOR ANO MATRICULA FINAL TAXA DE APROVAÇÃO (%) TAXA DE REPROVAÇÃO (%) TAXA DE ABANDONO (%) TAXA DE DISTORÇÃO IDADE/SÉRIE (%) 2012 2013 D - EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: I NDICADOR ANO MATRICULA FINAL TAXA DE APROVAÇÃO (%) TAXA DE REPROVAÇÃO (%) TAXA DE ABANDONO (%) TAXA DE DISTORÇÃO IDADE/SÉRIE (%) TAXA DE ALFABETIZAÇÃO 2012 2013 · DADOS DA PROVINHA BRASIL/IDEB: ANO PROVINHA BRASIL 1ª FASE PROVINHA BRASIL 2ª FASE IDEB 1º ao 5º ano 6º ao 9º ano 2012 4 5 2013 5 5 · DADOS DOS ALUNOS DESTAQUE ANO ESCOLAR 5° ANO NOME COMPLETO Gislany Mirely da Silva ANO ESCOLAR MÉDIA FINAL PERC. DE FREQUÊNCIA LÍNGUA PORTUGUESA 8,9 9,1% MATEMÁTICA 8,4 CIÊNCIAS 9,2 HISTÓRIA 8,0 GEOGRAFIA 8,3
  • 7. ENSINO DA ARTE - ENSINO RELIGIOSO - EDUCAÇÃO FÍSICA - MÉDIA E FREQUÊNCIA GLOBAL 8,5 9,1%