SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo
Ecoturismo e Turismo de Aventura
IFSP Campus Cubatão | 2016
Prof. Aristides Faria Lopes dos Santos
Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo
Ecoturismo e Turismo de Aventura
• Material analisado
– Manual de Ecoturismo de Base
Comunitária: ferramentas para
um planejamento.
– WWF Brasil (Brasília, 2003)
• Mais informações
– http://www.wwf.org.br/
Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo
Planejamento turístico no Brasil
• Para a consolidação do turismo
no país é necessária a avaliação
cuidadosa dos seguintes
aspectos:
– Destinos a serem desenvolvido
• 65 destinos indutores
– Objetivos a serem alcançados
– Os meios e recursos necessários
para atingi-los
– Atores atuantes nos mercados
regional e nacional
Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo
Planejamento turístico no Brasil
Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo
Participação da sociedade
• Estratégia governamental (federal) para o desenvolvimento do setor:
– Integração das diversas políticas governamentais que incentivam, afetam ou inibem a
atividade turística, envolvendo diferentes órgãos da administração direta e indireta, assim
como as instituições públicas e multilaterais de financiamento e investimento no setor;
– Normatização e regulamentação da atividade, principalmente com relação ao uso e
ocupação do solo, códigos ambientais e planos de desenvolvimento responsável do
turismo, orientando governos estaduais e municipais na adoção de políticas e sistemas
de gestão sustentável da atividade;
– A efetiva participação das comunidades envolvidas nos destinos turísticos nas tomadas
de decisão para planejamento e gestão do turismo;
Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo
Participação da sociedade
• Continuação:
– Manutenção da sustentabilidade de áreas naturais protegidas (unidades de conservação),
com a efetiva implementação e gestão sustentável e participativa, envolvendo suas
populações de entorno [atores], complementando e incrementando as suas atividades
econômicas sustentáveis [diversificação da matriz econômica] e valorizando e
priorizando a manutenção da biodiversidade;
– A capacitação e qualificação profissional das empresas e das associações comunitárias
voltadas ao turismo, facilitando o acesso à tecnologias limpas e outras linhas de crédito;
– A educação de consumidores, funcionários e fornecedores de serviços turísticos para o
consumo do turismo de forma socialmente e ambientalmente amigável.
Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo
Ecoturismo: planejamento e princípios
• Os princípios norteadores do Ecoturismo são:
– Contribuir para a conservação do meio ambiente;
– Promover, onde possível, a valorização cultural das comunidades, bem como sua
capacitação para o gerenciamento participativo e de mínimo impacto dos recursos
envolvidos;
– Buscar a diversificação e integração econômica para a melhoria da qualidade de vida das
comunidades;
– No desenvolvimento do ecoturismo, a integração e equilíbrio entre conservação
ambiental, respeito pela cultura local e a diversificação de atividades econômicas devem
ocorrer via processo participativo.
Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo
Impactos do turismo
• Ações para minimizar os impactos ambientais negativos:
– Profissionalização: planejamento e gestão baseados em estudos e conhecimentos
específicos:
• Zoneamento da área: conservação (uso público) x preservação (pesquisa científica);
• Capacidade de carga: definição dos limites aceitáveis de câmbio;
• Indicadores ambientais: monitoramento contínuo de impactos, por meio de indicadores pré-
estabelecidos e de fácil verificação (divulgação científica);
• Educação Ambiental (EA): informação e educação diferenciadas para visitantes e residentes;
• Linha de frente (anfitrião profissional): capacitação dos profissionais intermediários entre
visitantes e residentes (gestores, administradores, proprietários, guias, funcionários de unidades
de conservação etc.);
• Viabilidade financeira: planejamento financeiro que viabilize atividades de manejo, criação e
manutenção de unidades de conservação, apoio à gestão, voluntariado, pesquisa científica, etc.
• Importante: ações realizadas por meio da mobilização de voluntários (social e ambiental).
Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo
Impactos do turismo
• O profissional do turismo deve atentar à viabilização do retorno econômico e social
para as comunidades que vivem dentro ou no entorno de UCs, “permitindo” a
geração de benefícios diretos e indiretos a partir do uso sustentável do ecoturismo
na UC.
• Estratégias mais comuns:
– Participação nos conselhos gestores da unidades de conservação, opinando e propondo
estratégias de uso sustentável;
– Avaliações da capacidade local de desenvolver negócios sustentáveis de interesse direto
(artesanato, condução de grupos, abertura e manutenção de atrativos e trilhas, etc.) ou indireto
(agricultura, extrativismo, marcenaria, pesca etc.) para o ecoturismo;
– Preparo, capacitação e convite à sociedade local para participar do processo de terceirização de
serviços em parques nacionais.
• Importante!
– O ecoturismo deve promover, onde possível, a valorização cultural das comunidades, bem
como sua capacitação para o gerenciamento participativo e de mínimo impacto dos recursos
envolvidos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 03 e 04)
Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 03 e 04)Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 03 e 04)
Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 03 e 04)
Aristides Faria
 
Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 07)
Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 07)Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 07)
Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 07)
Aristides Faria
 
Aula inaugural de Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao)Aula inaugural de Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao)
Aristides Faria
 
Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Aristides Faria
 
Aula inaugural de Organizacao de Eventos (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Organizacao de Eventos (IFSP Campus Cubatao)Aula inaugural de Organizacao de Eventos (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Organizacao de Eventos (IFSP Campus Cubatao)
Aristides Faria
 
Disciplina Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)Disciplina Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Aristides Faria
 
Aula inaugura de Fundamentos do Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugura de Fundamentos do Turismo (IFSP Campus Cubatao)Aula inaugura de Fundamentos do Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugura de Fundamentos do Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aristides Faria
 
Disciplina Organização de Eventos (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Organização de Eventos (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)Disciplina Organização de Eventos (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Organização de Eventos (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Aristides Faria
 
Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aristides Faria
 
Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Aristides Faria
 
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 05
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 05Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 05
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 05
Aristides Faria
 
Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a...
Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a...Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a...
Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a...
Aristides Faria
 
Aula inaugural de Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao)Aula inaugural de Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao)
Aristides Faria
 
Ecoturismo e Turismo de Aventura: planejamento 2017
Ecoturismo e Turismo de Aventura: planejamento 2017Ecoturismo e Turismo de Aventura: planejamento 2017
Ecoturismo e Turismo de Aventura: planejamento 2017
Aristides Faria
 
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 02 e 03
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 02 e 03Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 02 e 03
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 02 e 03
Aristides Faria
 
Slide conceitos
Slide conceitosSlide conceitos
Slide conceitos
Karlla Costa
 
Gestão Pública: aula 05
Gestão Pública: aula 05Gestão Pública: aula 05
Gestão Pública: aula 05
Aristides Faria
 
Segmentação do Turismo e o Mercado
Segmentação do Turismo e o MercadoSegmentação do Turismo e o Mercado
Segmentação do Turismo e o Mercado
Secretaria de Município de Turismo - Santa Maria / RS
 
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 07 a 09
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 07 a 09Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 07 a 09
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 07 a 09
Aristides Faria
 
Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 12 a 14)
Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 12 a 14)Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 12 a 14)
Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 12 a 14)
Aristides Faria
 

Mais procurados (20)

Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 03 e 04)
Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 03 e 04)Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 03 e 04)
Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 03 e 04)
 
Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 07)
Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 07)Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 07)
Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 07)
 
Aula inaugural de Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao)Aula inaugural de Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao)
 
Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Gestão Pública (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
 
Aula inaugural de Organizacao de Eventos (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Organizacao de Eventos (IFSP Campus Cubatao)Aula inaugural de Organizacao de Eventos (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Organizacao de Eventos (IFSP Campus Cubatao)
 
Disciplina Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)Disciplina Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
 
Aula inaugura de Fundamentos do Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugura de Fundamentos do Turismo (IFSP Campus Cubatao)Aula inaugura de Fundamentos do Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugura de Fundamentos do Turismo (IFSP Campus Cubatao)
 
Disciplina Organização de Eventos (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Organização de Eventos (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)Disciplina Organização de Eventos (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Organização de Eventos (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
 
Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Marketing e Turismo (IFSP Campus Cubatao)
 
Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a 04)
 
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 05
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 05Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 05
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 05
 
Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a...
Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a...Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a...
Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aulas 02 a...
 
Aula inaugural de Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao)Aula inaugural de Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao)
Aula inaugural de Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao)
 
Ecoturismo e Turismo de Aventura: planejamento 2017
Ecoturismo e Turismo de Aventura: planejamento 2017Ecoturismo e Turismo de Aventura: planejamento 2017
Ecoturismo e Turismo de Aventura: planejamento 2017
 
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 02 e 03
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 02 e 03Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 02 e 03
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 02 e 03
 
Slide conceitos
Slide conceitosSlide conceitos
Slide conceitos
 
Gestão Pública: aula 05
Gestão Pública: aula 05Gestão Pública: aula 05
Gestão Pública: aula 05
 
Segmentação do Turismo e o Mercado
Segmentação do Turismo e o MercadoSegmentação do Turismo e o Mercado
Segmentação do Turismo e o Mercado
 
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 07 a 09
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 07 a 09Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 07 a 09
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aulas 07 a 09
 
Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 12 a 14)
Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 12 a 14)Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 12 a 14)
Disciplina Fundamentos do Turismo (I) (IFSP Campus Cubatao) (aulas 12 a 14)
 

Semelhante a Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aula 06)

Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 06
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 06Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 06
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 06
Aristides Faria
 
Lazer Em Hospitalidade Meio Para Ea
Lazer Em Hospitalidade   Meio Para EaLazer Em Hospitalidade   Meio Para Ea
Lazer Em Hospitalidade Meio Para Ea
Aristides Faria
 
Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aula 11)
Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aula 11)Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aula 11)
Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aula 11)
Aristides Faria
 
Seminário de abertura
Seminário de aberturaSeminário de abertura
Seminário de abertura
Karlla Costa
 
Apresentação - Sustentar 2013
Apresentação - Sustentar 2013Apresentação - Sustentar 2013
Apresentação - Sustentar 2013
forumsustentar
 
Turismo de base_comunitaria_em_uc_2017
Turismo de base_comunitaria_em_uc_2017Turismo de base_comunitaria_em_uc_2017
Turismo de base_comunitaria_em_uc_2017
Suzi Marcuzzo
 
Ecoturismo
EcoturismoEcoturismo
Fundamentos do Turismo (I): aula 04
Fundamentos do Turismo (I): aula 04Fundamentos do Turismo (I): aula 04
Fundamentos do Turismo (I): aula 04
Aristides Faria
 
Ecoturismo
EcoturismoEcoturismo
Ecoturismo
Cristina Miranda
 
CONMATUR 32º Encontro Nacional da RBMA.ppt
CONMATUR 32º Encontro Nacional da RBMA.pptCONMATUR 32º Encontro Nacional da RBMA.ppt
CONMATUR 32º Encontro Nacional da RBMA.ppt
ReservadaBiosferadaM
 
Turismo sustentável slides (2)
Turismo sustentável slides (2)Turismo sustentável slides (2)
Turismo sustentável slides (2)
rosaband
 
desenvolvimento sustentavel do turismo
 desenvolvimento sustentavel do turismo  desenvolvimento sustentavel do turismo
desenvolvimento sustentavel do turismo
Karlla Costa
 
Aula educação ambiental 2- formal e informal
Aula educação ambiental 2- formal e informalAula educação ambiental 2- formal e informal
Aula educação ambiental 2- formal e informal
henrique-182
 
Ciclo de Oficinas sobre DTBC 2013 - 1a. O que é DTBC
Ciclo de Oficinas sobre DTBC 2013 - 1a. O que é DTBC Ciclo de Oficinas sobre DTBC 2013 - 1a. O que é DTBC
Ciclo de Oficinas sobre DTBC 2013 - 1a. O que é DTBC
Ronaldo Weigand Jr
 
Texto 4 turismo sustentavel
Texto 4   turismo sustentavelTexto 4   turismo sustentavel
Texto 4 turismo sustentavel
Karlla Costa
 
PTDS - MEIO AMBIENTE
PTDS - MEIO AMBIENTEPTDS - MEIO AMBIENTE
PTDS - MEIO AMBIENTE
Josete Sampaio
 
Apresentação inicial Plano de Desenvolvimento do Ecoturismo em Itanhaém
Apresentação inicial Plano de Desenvolvimento do Ecoturismo em ItanhaémApresentação inicial Plano de Desenvolvimento do Ecoturismo em Itanhaém
Apresentação inicial Plano de Desenvolvimento do Ecoturismo em Itanhaém
Tales Oliver
 
8 As relações entre turismo, biodiversidade e áreas protegidas.pdf
8 As relações entre turismo, biodiversidade e áreas protegidas.pdf8 As relações entre turismo, biodiversidade e áreas protegidas.pdf
8 As relações entre turismo, biodiversidade e áreas protegidas.pdf
HianaBrito1
 
Ecoturismo
EcoturismoEcoturismo
Ecoturismo
Aristides Faria
 
Relatório de Estágio em Educação Ambiental
Relatório de Estágio em Educação AmbientalRelatório de Estágio em Educação Ambiental
Relatório de Estágio em Educação Ambiental
Marcio Nicknig
 

Semelhante a Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aula 06) (20)

Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 06
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 06Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 06
Ecoturismo e Turismo de Aventura: aula 06
 
Lazer Em Hospitalidade Meio Para Ea
Lazer Em Hospitalidade   Meio Para EaLazer Em Hospitalidade   Meio Para Ea
Lazer Em Hospitalidade Meio Para Ea
 
Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aula 11)
Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aula 11)Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aula 11)
Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aula 11)
 
Seminário de abertura
Seminário de aberturaSeminário de abertura
Seminário de abertura
 
Apresentação - Sustentar 2013
Apresentação - Sustentar 2013Apresentação - Sustentar 2013
Apresentação - Sustentar 2013
 
Turismo de base_comunitaria_em_uc_2017
Turismo de base_comunitaria_em_uc_2017Turismo de base_comunitaria_em_uc_2017
Turismo de base_comunitaria_em_uc_2017
 
Ecoturismo
EcoturismoEcoturismo
Ecoturismo
 
Fundamentos do Turismo (I): aula 04
Fundamentos do Turismo (I): aula 04Fundamentos do Turismo (I): aula 04
Fundamentos do Turismo (I): aula 04
 
Ecoturismo
EcoturismoEcoturismo
Ecoturismo
 
CONMATUR 32º Encontro Nacional da RBMA.ppt
CONMATUR 32º Encontro Nacional da RBMA.pptCONMATUR 32º Encontro Nacional da RBMA.ppt
CONMATUR 32º Encontro Nacional da RBMA.ppt
 
Turismo sustentável slides (2)
Turismo sustentável slides (2)Turismo sustentável slides (2)
Turismo sustentável slides (2)
 
desenvolvimento sustentavel do turismo
 desenvolvimento sustentavel do turismo  desenvolvimento sustentavel do turismo
desenvolvimento sustentavel do turismo
 
Aula educação ambiental 2- formal e informal
Aula educação ambiental 2- formal e informalAula educação ambiental 2- formal e informal
Aula educação ambiental 2- formal e informal
 
Ciclo de Oficinas sobre DTBC 2013 - 1a. O que é DTBC
Ciclo de Oficinas sobre DTBC 2013 - 1a. O que é DTBC Ciclo de Oficinas sobre DTBC 2013 - 1a. O que é DTBC
Ciclo de Oficinas sobre DTBC 2013 - 1a. O que é DTBC
 
Texto 4 turismo sustentavel
Texto 4   turismo sustentavelTexto 4   turismo sustentavel
Texto 4 turismo sustentavel
 
PTDS - MEIO AMBIENTE
PTDS - MEIO AMBIENTEPTDS - MEIO AMBIENTE
PTDS - MEIO AMBIENTE
 
Apresentação inicial Plano de Desenvolvimento do Ecoturismo em Itanhaém
Apresentação inicial Plano de Desenvolvimento do Ecoturismo em ItanhaémApresentação inicial Plano de Desenvolvimento do Ecoturismo em Itanhaém
Apresentação inicial Plano de Desenvolvimento do Ecoturismo em Itanhaém
 
8 As relações entre turismo, biodiversidade e áreas protegidas.pdf
8 As relações entre turismo, biodiversidade e áreas protegidas.pdf8 As relações entre turismo, biodiversidade e áreas protegidas.pdf
8 As relações entre turismo, biodiversidade e áreas protegidas.pdf
 
Ecoturismo
EcoturismoEcoturismo
Ecoturismo
 
Relatório de Estágio em Educação Ambiental
Relatório de Estágio em Educação AmbientalRelatório de Estágio em Educação Ambiental
Relatório de Estágio em Educação Ambiental
 

Mais de Aristides Faria

Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. II)
Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. II)Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. II)
Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. II)
Aristides Faria
 
Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. I).pptx
Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. I).pptxObservatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. I).pptx
Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. I).pptx
Aristides Faria
 
Síntese da Lei n° 10.973, de 2 de dezembro de 2004​
Síntese da Lei n° 10.973, de 2 de dezembro de 2004​Síntese da Lei n° 10.973, de 2 de dezembro de 2004​
Síntese da Lei n° 10.973, de 2 de dezembro de 2004​
Aristides Faria
 
Porto de Santos: desenvolvimento regional do turismo no litoral de Sao Paulo
Porto de Santos: desenvolvimento regional do turismo no litoral de Sao PauloPorto de Santos: desenvolvimento regional do turismo no litoral de Sao Paulo
Porto de Santos: desenvolvimento regional do turismo no litoral de Sao Paulo
Aristides Faria
 
Apresentacao de trabalho no EPTEN 2021
Apresentacao de trabalho no EPTEN 2021Apresentacao de trabalho no EPTEN 2021
Apresentacao de trabalho no EPTEN 2021
Aristides Faria
 
SEMEI IFRR: Oficina Turismo e Inovação
SEMEI IFRR: Oficina Turismo e InovaçãoSEMEI IFRR: Oficina Turismo e Inovação
SEMEI IFRR: Oficina Turismo e Inovação
Aristides Faria
 
Apresentação sobre o projeto SIGESTur na SEMATUR IFSP CBT 2021
Apresentação sobre o projeto SIGESTur na SEMATUR IFSP CBT 2021Apresentação sobre o projeto SIGESTur na SEMATUR IFSP CBT 2021
Apresentação sobre o projeto SIGESTur na SEMATUR IFSP CBT 2021
Aristides Faria
 
WorkIF 2021 - IFMT - SIGESTur - Aristides Faria
WorkIF 2021 - IFMT - SIGESTur - Aristides FariaWorkIF 2021 - IFMT - SIGESTur - Aristides Faria
WorkIF 2021 - IFMT - SIGESTur - Aristides Faria
Aristides Faria
 
IFSP.CBT | Meios de Hospedagem (aula 08.04.2021)
IFSP.CBT | Meios de Hospedagem (aula 08.04.2021)IFSP.CBT | Meios de Hospedagem (aula 08.04.2021)
IFSP.CBT | Meios de Hospedagem (aula 08.04.2021)
Aristides Faria
 
IFSP.CBT | Pesquisa em Turismo (aula 06.04.2021)
IFSP.CBT | Pesquisa em Turismo (aula 06.04.2021)IFSP.CBT | Pesquisa em Turismo (aula 06.04.2021)
IFSP.CBT | Pesquisa em Turismo (aula 06.04.2021)
Aristides Faria
 
Associativismo, cooperacao e hospitalidade
Associativismo, cooperacao e hospitalidadeAssociativismo, cooperacao e hospitalidade
Associativismo, cooperacao e hospitalidade
Aristides Faria
 
Mercado imobiliário: Praia Grande, São Paulo (AirDNA: 02/2019)
Mercado imobiliário: Praia Grande, São Paulo (AirDNA: 02/2019)Mercado imobiliário: Praia Grande, São Paulo (AirDNA: 02/2019)
Mercado imobiliário: Praia Grande, São Paulo (AirDNA: 02/2019)
Aristides Faria
 
Tendências e perspectivas para a gestão de destinos turísticos litorâneos
Tendências e perspectivas para a gestão de destinos turísticos litorâneosTendências e perspectivas para a gestão de destinos turísticos litorâneos
Tendências e perspectivas para a gestão de destinos turísticos litorâneos
Aristides Faria
 
Marketing & Turismo: estudo de caso sobre o potencial mercadológico do municí...
Marketing & Turismo: estudo de caso sobre o potencial mercadológico do municí...Marketing & Turismo: estudo de caso sobre o potencial mercadológico do municí...
Marketing & Turismo: estudo de caso sobre o potencial mercadológico do municí...
Aristides Faria
 
Tendências recentes e perspectivas futuras do turismo no Polo Costa dos Coque...
Tendências recentes e perspectivas futuras do turismo no Polo Costa dos Coque...Tendências recentes e perspectivas futuras do turismo no Polo Costa dos Coque...
Tendências recentes e perspectivas futuras do turismo no Polo Costa dos Coque...
Aristides Faria
 
Seminário: Annals of Tourism Research
Seminário: Annals of Tourism ResearchSeminário: Annals of Tourism Research
Seminário: Annals of Tourism Research
Aristides Faria
 
Mobilização, Participação e Controle Social (III CGPOP Unifesp)
Mobilização, Participação e Controle Social (III CGPOP Unifesp)Mobilização, Participação e Controle Social (III CGPOP Unifesp)
Mobilização, Participação e Controle Social (III CGPOP Unifesp)
Aristides Faria
 
Apresentação no V FCGTurH (Univali) 2017
Apresentação no V FCGTurH (Univali) 2017Apresentação no V FCGTurH (Univali) 2017
Apresentação no V FCGTurH (Univali) 2017
Aristides Faria
 
Formação Superior em Turismo & Hospitalidade: um fator de competitividade de ...
Formação Superior em Turismo & Hospitalidade: um fator de competitividade de ...Formação Superior em Turismo & Hospitalidade: um fator de competitividade de ...
Formação Superior em Turismo & Hospitalidade: um fator de competitividade de ...
Aristides Faria
 
Projeto de pesquisa (Doutorado em Hospitalidade)
Projeto de pesquisa (Doutorado em Hospitalidade)Projeto de pesquisa (Doutorado em Hospitalidade)
Projeto de pesquisa (Doutorado em Hospitalidade)
Aristides Faria
 

Mais de Aristides Faria (20)

Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. II)
Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. II)Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. II)
Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. II)
 
Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. I).pptx
Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. I).pptxObservatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. I).pptx
Observatório do Turismo & Economia do Mar - 2023-2024 (v. I).pptx
 
Síntese da Lei n° 10.973, de 2 de dezembro de 2004​
Síntese da Lei n° 10.973, de 2 de dezembro de 2004​Síntese da Lei n° 10.973, de 2 de dezembro de 2004​
Síntese da Lei n° 10.973, de 2 de dezembro de 2004​
 
Porto de Santos: desenvolvimento regional do turismo no litoral de Sao Paulo
Porto de Santos: desenvolvimento regional do turismo no litoral de Sao PauloPorto de Santos: desenvolvimento regional do turismo no litoral de Sao Paulo
Porto de Santos: desenvolvimento regional do turismo no litoral de Sao Paulo
 
Apresentacao de trabalho no EPTEN 2021
Apresentacao de trabalho no EPTEN 2021Apresentacao de trabalho no EPTEN 2021
Apresentacao de trabalho no EPTEN 2021
 
SEMEI IFRR: Oficina Turismo e Inovação
SEMEI IFRR: Oficina Turismo e InovaçãoSEMEI IFRR: Oficina Turismo e Inovação
SEMEI IFRR: Oficina Turismo e Inovação
 
Apresentação sobre o projeto SIGESTur na SEMATUR IFSP CBT 2021
Apresentação sobre o projeto SIGESTur na SEMATUR IFSP CBT 2021Apresentação sobre o projeto SIGESTur na SEMATUR IFSP CBT 2021
Apresentação sobre o projeto SIGESTur na SEMATUR IFSP CBT 2021
 
WorkIF 2021 - IFMT - SIGESTur - Aristides Faria
WorkIF 2021 - IFMT - SIGESTur - Aristides FariaWorkIF 2021 - IFMT - SIGESTur - Aristides Faria
WorkIF 2021 - IFMT - SIGESTur - Aristides Faria
 
IFSP.CBT | Meios de Hospedagem (aula 08.04.2021)
IFSP.CBT | Meios de Hospedagem (aula 08.04.2021)IFSP.CBT | Meios de Hospedagem (aula 08.04.2021)
IFSP.CBT | Meios de Hospedagem (aula 08.04.2021)
 
IFSP.CBT | Pesquisa em Turismo (aula 06.04.2021)
IFSP.CBT | Pesquisa em Turismo (aula 06.04.2021)IFSP.CBT | Pesquisa em Turismo (aula 06.04.2021)
IFSP.CBT | Pesquisa em Turismo (aula 06.04.2021)
 
Associativismo, cooperacao e hospitalidade
Associativismo, cooperacao e hospitalidadeAssociativismo, cooperacao e hospitalidade
Associativismo, cooperacao e hospitalidade
 
Mercado imobiliário: Praia Grande, São Paulo (AirDNA: 02/2019)
Mercado imobiliário: Praia Grande, São Paulo (AirDNA: 02/2019)Mercado imobiliário: Praia Grande, São Paulo (AirDNA: 02/2019)
Mercado imobiliário: Praia Grande, São Paulo (AirDNA: 02/2019)
 
Tendências e perspectivas para a gestão de destinos turísticos litorâneos
Tendências e perspectivas para a gestão de destinos turísticos litorâneosTendências e perspectivas para a gestão de destinos turísticos litorâneos
Tendências e perspectivas para a gestão de destinos turísticos litorâneos
 
Marketing & Turismo: estudo de caso sobre o potencial mercadológico do municí...
Marketing & Turismo: estudo de caso sobre o potencial mercadológico do municí...Marketing & Turismo: estudo de caso sobre o potencial mercadológico do municí...
Marketing & Turismo: estudo de caso sobre o potencial mercadológico do municí...
 
Tendências recentes e perspectivas futuras do turismo no Polo Costa dos Coque...
Tendências recentes e perspectivas futuras do turismo no Polo Costa dos Coque...Tendências recentes e perspectivas futuras do turismo no Polo Costa dos Coque...
Tendências recentes e perspectivas futuras do turismo no Polo Costa dos Coque...
 
Seminário: Annals of Tourism Research
Seminário: Annals of Tourism ResearchSeminário: Annals of Tourism Research
Seminário: Annals of Tourism Research
 
Mobilização, Participação e Controle Social (III CGPOP Unifesp)
Mobilização, Participação e Controle Social (III CGPOP Unifesp)Mobilização, Participação e Controle Social (III CGPOP Unifesp)
Mobilização, Participação e Controle Social (III CGPOP Unifesp)
 
Apresentação no V FCGTurH (Univali) 2017
Apresentação no V FCGTurH (Univali) 2017Apresentação no V FCGTurH (Univali) 2017
Apresentação no V FCGTurH (Univali) 2017
 
Formação Superior em Turismo & Hospitalidade: um fator de competitividade de ...
Formação Superior em Turismo & Hospitalidade: um fator de competitividade de ...Formação Superior em Turismo & Hospitalidade: um fator de competitividade de ...
Formação Superior em Turismo & Hospitalidade: um fator de competitividade de ...
 
Projeto de pesquisa (Doutorado em Hospitalidade)
Projeto de pesquisa (Doutorado em Hospitalidade)Projeto de pesquisa (Doutorado em Hospitalidade)
Projeto de pesquisa (Doutorado em Hospitalidade)
 

Último

Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 

Último (20)

Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 

Disciplina Ecoturismo e Turismo de Aventura (IFSP Campus Cubatao) (aula 06)

  • 1. Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo Ecoturismo e Turismo de Aventura IFSP Campus Cubatão | 2016 Prof. Aristides Faria Lopes dos Santos
  • 2. Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo Ecoturismo e Turismo de Aventura • Material analisado – Manual de Ecoturismo de Base Comunitária: ferramentas para um planejamento. – WWF Brasil (Brasília, 2003) • Mais informações – http://www.wwf.org.br/
  • 3. Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo Planejamento turístico no Brasil • Para a consolidação do turismo no país é necessária a avaliação cuidadosa dos seguintes aspectos: – Destinos a serem desenvolvido • 65 destinos indutores – Objetivos a serem alcançados – Os meios e recursos necessários para atingi-los – Atores atuantes nos mercados regional e nacional
  • 4. Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo Planejamento turístico no Brasil
  • 5. Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo Participação da sociedade • Estratégia governamental (federal) para o desenvolvimento do setor: – Integração das diversas políticas governamentais que incentivam, afetam ou inibem a atividade turística, envolvendo diferentes órgãos da administração direta e indireta, assim como as instituições públicas e multilaterais de financiamento e investimento no setor; – Normatização e regulamentação da atividade, principalmente com relação ao uso e ocupação do solo, códigos ambientais e planos de desenvolvimento responsável do turismo, orientando governos estaduais e municipais na adoção de políticas e sistemas de gestão sustentável da atividade; – A efetiva participação das comunidades envolvidas nos destinos turísticos nas tomadas de decisão para planejamento e gestão do turismo;
  • 6. Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo Participação da sociedade • Continuação: – Manutenção da sustentabilidade de áreas naturais protegidas (unidades de conservação), com a efetiva implementação e gestão sustentável e participativa, envolvendo suas populações de entorno [atores], complementando e incrementando as suas atividades econômicas sustentáveis [diversificação da matriz econômica] e valorizando e priorizando a manutenção da biodiversidade; – A capacitação e qualificação profissional das empresas e das associações comunitárias voltadas ao turismo, facilitando o acesso à tecnologias limpas e outras linhas de crédito; – A educação de consumidores, funcionários e fornecedores de serviços turísticos para o consumo do turismo de forma socialmente e ambientalmente amigável.
  • 7. Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo Ecoturismo: planejamento e princípios • Os princípios norteadores do Ecoturismo são: – Contribuir para a conservação do meio ambiente; – Promover, onde possível, a valorização cultural das comunidades, bem como sua capacitação para o gerenciamento participativo e de mínimo impacto dos recursos envolvidos; – Buscar a diversificação e integração econômica para a melhoria da qualidade de vida das comunidades; – No desenvolvimento do ecoturismo, a integração e equilíbrio entre conservação ambiental, respeito pela cultura local e a diversificação de atividades econômicas devem ocorrer via processo participativo.
  • 8. Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo Impactos do turismo • Ações para minimizar os impactos ambientais negativos: – Profissionalização: planejamento e gestão baseados em estudos e conhecimentos específicos: • Zoneamento da área: conservação (uso público) x preservação (pesquisa científica); • Capacidade de carga: definição dos limites aceitáveis de câmbio; • Indicadores ambientais: monitoramento contínuo de impactos, por meio de indicadores pré- estabelecidos e de fácil verificação (divulgação científica); • Educação Ambiental (EA): informação e educação diferenciadas para visitantes e residentes; • Linha de frente (anfitrião profissional): capacitação dos profissionais intermediários entre visitantes e residentes (gestores, administradores, proprietários, guias, funcionários de unidades de conservação etc.); • Viabilidade financeira: planejamento financeiro que viabilize atividades de manejo, criação e manutenção de unidades de conservação, apoio à gestão, voluntariado, pesquisa científica, etc. • Importante: ações realizadas por meio da mobilização de voluntários (social e ambiental).
  • 9. Prof. Aristides Faria | Curso de TurismoProf. Aristides Faria | Curso de Turismo Impactos do turismo • O profissional do turismo deve atentar à viabilização do retorno econômico e social para as comunidades que vivem dentro ou no entorno de UCs, “permitindo” a geração de benefícios diretos e indiretos a partir do uso sustentável do ecoturismo na UC. • Estratégias mais comuns: – Participação nos conselhos gestores da unidades de conservação, opinando e propondo estratégias de uso sustentável; – Avaliações da capacidade local de desenvolver negócios sustentáveis de interesse direto (artesanato, condução de grupos, abertura e manutenção de atrativos e trilhas, etc.) ou indireto (agricultura, extrativismo, marcenaria, pesca etc.) para o ecoturismo; – Preparo, capacitação e convite à sociedade local para participar do processo de terceirização de serviços em parques nacionais. • Importante! – O ecoturismo deve promover, onde possível, a valorização cultural das comunidades, bem como sua capacitação para o gerenciamento participativo e de mínimo impacto dos recursos envolvidos.