SlideShare uma empresa Scribd logo
Dia do índio
Texto da rotina: A Vida Indígena / Os filhos
do Brasil.
Objetivos: - Trabalhar datas comemorativas

-Valorizar e respeitar a cultura indígena.
-Desenvolver a linguagem oral e expressividade.
-Compartilhar informações
-Permitir à criança a descoberta de hipóteses.
Desenvolvimento:
1º Momento: Linguagem oral do texto e do poema para os
respectivos anos ou séries.
2º Momento: Uso de imagens (apresentação em slide)
para os alunos criarem um pequeno texto sobre a vivência
indígena e dos textos lidos. (todas as turmas)
3º Momento: Socialização dos Textos produzidos
19 DE ABRIL - DIA
DO ÍNDIO
A vida indígena
Dia do índio
Em 1500, quando os portugueses
chegaram ao Brasil, estimava-se
que havia por aqui cerca de 6
milhões de índios. Passados os
tempos de matança, escravismo e
catequização forçada, atualmente
há cerca de 900.000* índios no
Brasil.
*Fonte:
http://www.brasil.gov.br/noticias/arquivos/2012/08/10/brasiltem-quase-900-mil-indios-de-305-etnias-e-274-idiomas
Organização e Sobrevivência do Grupo
 Os índios brasileiros sobrevivem

utilizando os recursos naturais
oferecidos pelo meio ambiente com a
ajuda de processos rudimentares. Eles
caçam, plantam, pescam, coletam e
produzem os instrumentos necessários a
essas atividades.
Dia do índio
A casa do Índio
 Oca é uma habitação típica dos

povos indígenas. A palavra tem sua
origem na família linguística tupiguarani.
 As ocas são construídas
coletivamente, ou seja, com a
participação de vários integrantes
da tribo.
Dia do índio
O Chefe da Tribo
 Os índios vivem em aldeias e,

muitas vezes, são comandados por
chefes, que são chamados de
cacique, tuxánas ou morubixabas.
 A transmissão da chefia pode ser
hereditária (de pai para filho) ou
não.
Dia do índio
Arte e Cultura
 O esforço das autoridades para manter a

diversidade cultural entre os índios pode
evitar o desaparecimento de muita coisa
interessante é muito importante. A arte se
mistura à vida cotidiana.
 Os trabalhos feitos com penas e plumas de
pássaros constituem a arte plumária
indígena.
 A pintura e o desenho indígena estão sempre
ligados à cerâmica e à cestaria. Os cestos são
comuns em todas as tribos, variando a forma
e o tipo de palha de que são feitos.
Dia do índio
Poema: Somos Filhos do Brasil
Somos filhos da terra cor de urucum.
Dos sons do igarapé e da força do jatobá.
Das águas do Araguaia, do Tapajós, do Iguaçu.
Somos filhos do sol de Kuaray, da lua de Jaci.
E da chuva que semeia o guaraná, a pitanga e o
aipim.
Somos filhos dos mitos.
Do uirapuru e seu canto, do vento e do pranto.
Guerreiros, fortes, sábios.
Somos Ianomânis, Guaranis, Xavantes, Caiabis.
E o que somos nunca deixaremos de ser.
Somos filhos do Brasil!!!
Feliz Dia do
Índio!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Índia: Um país de contrastes
Índia: Um país de contrastesÍndia: Um país de contrastes
Índia: Um país de contrastes
Kbeks
 
Cultura indígena
Cultura indígenaCultura indígena
Cultura indígena
Karoline Rodrigues de Melo
 
Formação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiroFormação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiro
feraps
 
Povos indígenas.
Povos indígenas.Povos indígenas.
Povos indígenas.
Carlos Gabriel Sa Ramos
 
Arte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
Arte Indígena Rituais Música e Dança.pptArte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
Arte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
sezinho1
 
Agricultura e Pecuária
Agricultura e PecuáriaAgricultura e Pecuária
Agricultura e Pecuária
Luciana Blum
 
Cultura Afro Brasileira
Cultura Afro   BrasileiraCultura Afro   Brasileira
Cultura Afro Brasileira
martinsramon
 
Índios- Cultura indígena
Índios- Cultura indígenaÍndios- Cultura indígena
Índios- Cultura indígena
Emef Madalena
 
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Unidade 3   7º ano - População do BrasilUnidade 3   7º ano - População do Brasil
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Christie Freitas
 
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileiraHistória da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
Raphael Lanzillotte
 
Cultura negra
Cultura negraCultura negra
Cultura negra
Daniele Lino
 
A cultura do nordeste
A cultura do nordesteA cultura do nordeste
A cultura do nordeste
Nicole Gouveia
 
íNdios do brasil aula 1º ano
íNdios do brasil   aula 1º anoíNdios do brasil   aula 1º ano
íNdios do brasil aula 1º ano
seixasmarianas
 
Apresentação Livro Coisas de Índio - Daniel Munduruku
Apresentação Livro Coisas de Índio - Daniel MundurukuApresentação Livro Coisas de Índio - Daniel Munduruku
Apresentação Livro Coisas de Índio - Daniel Munduruku
kaiertha
 
Slides História do Paraná
Slides História do Paraná Slides História do Paraná
Slides História do Paraná
Arnaldo Szlachta
 
A diversidade cultural do Brasil
A diversidade cultural do BrasilA diversidade cultural do Brasil
A diversidade cultural do Brasil
Andreia Bastos
 
Zona rural e Zona urbana
Zona rural e Zona urbanaZona rural e Zona urbana
Zona rural e Zona urbana
Franmury
 
Cultura Africana e suas influências no Brasil
Cultura Africana e suas influências no BrasilCultura Africana e suas influências no Brasil
Cultura Africana e suas influências no Brasil
Bruna Medeiros
 
CONTRIBUIÇÃO DOS AFRICANOS
CONTRIBUIÇÃO DOS AFRICANOSCONTRIBUIÇÃO DOS AFRICANOS
CONTRIBUIÇÃO DOS AFRICANOS
Valéria Vanessa
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Diogo Mateus
 

Mais procurados (20)

Índia: Um país de contrastes
Índia: Um país de contrastesÍndia: Um país de contrastes
Índia: Um país de contrastes
 
Cultura indígena
Cultura indígenaCultura indígena
Cultura indígena
 
Formação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiroFormação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiro
 
Povos indígenas.
Povos indígenas.Povos indígenas.
Povos indígenas.
 
Arte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
Arte Indígena Rituais Música e Dança.pptArte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
Arte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
 
Agricultura e Pecuária
Agricultura e PecuáriaAgricultura e Pecuária
Agricultura e Pecuária
 
Cultura Afro Brasileira
Cultura Afro   BrasileiraCultura Afro   Brasileira
Cultura Afro Brasileira
 
Índios- Cultura indígena
Índios- Cultura indígenaÍndios- Cultura indígena
Índios- Cultura indígena
 
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Unidade 3   7º ano - População do BrasilUnidade 3   7º ano - População do Brasil
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
 
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileiraHistória da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
 
Cultura negra
Cultura negraCultura negra
Cultura negra
 
A cultura do nordeste
A cultura do nordesteA cultura do nordeste
A cultura do nordeste
 
íNdios do brasil aula 1º ano
íNdios do brasil   aula 1º anoíNdios do brasil   aula 1º ano
íNdios do brasil aula 1º ano
 
Apresentação Livro Coisas de Índio - Daniel Munduruku
Apresentação Livro Coisas de Índio - Daniel MundurukuApresentação Livro Coisas de Índio - Daniel Munduruku
Apresentação Livro Coisas de Índio - Daniel Munduruku
 
Slides História do Paraná
Slides História do Paraná Slides História do Paraná
Slides História do Paraná
 
A diversidade cultural do Brasil
A diversidade cultural do BrasilA diversidade cultural do Brasil
A diversidade cultural do Brasil
 
Zona rural e Zona urbana
Zona rural e Zona urbanaZona rural e Zona urbana
Zona rural e Zona urbana
 
Cultura Africana e suas influências no Brasil
Cultura Africana e suas influências no BrasilCultura Africana e suas influências no Brasil
Cultura Africana e suas influências no Brasil
 
CONTRIBUIÇÃO DOS AFRICANOS
CONTRIBUIÇÃO DOS AFRICANOSCONTRIBUIÇÃO DOS AFRICANOS
CONTRIBUIÇÃO DOS AFRICANOS
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 

Destaque

Apresentação dia do índio
Apresentação dia do índio Apresentação dia do índio
Apresentação dia do índio
Franciane Mota da Silva
 
Dia do índio ed. infantil vesp.
Dia do índio ed. infantil   vesp.Dia do índio ed. infantil   vesp.
Dia do índio ed. infantil vesp.
camilaegabriel
 
Apresentação dia do indio
Apresentação dia do indioApresentação dia do indio
Apresentação dia do indio
Letícia Siabra
 
O dia do índio
O dia do índio O dia do índio
O dia do índio
Ana Paula Azevedo
 
Projeto semana da pátria
Projeto   semana da pátriaProjeto   semana da pátria
Projeto semana da pátria
camilaegabriel
 
Como organizar feiras de livros
Como organizar feiras de livrosComo organizar feiras de livros
Como organizar feiras de livros
Editora Rosa Rosé
 
Empreendendo e Aprendendo - TDC GYN 2011
Empreendendo e Aprendendo - TDC GYN 2011Empreendendo e Aprendendo - TDC GYN 2011
Empreendendo e Aprendendo - TDC GYN 2011
André Faria Gomes
 
trabalho Dia do índio
trabalho Dia do índiotrabalho Dia do índio
trabalho Dia do índio
Graziele Sousa
 
O índio no contexto atual
O índio no contexto atualO índio no contexto atual
O índio no contexto atual
Alcejane Souza
 
íNdio brasileiro luma
íNdio brasileiro    lumaíNdio brasileiro    luma
íNdio brasileiro luma
leopalasjh
 
Indio brasileiro gabriel malafaia
Indio brasileiro   gabriel malafaiaIndio brasileiro   gabriel malafaia
Indio brasileiro gabriel malafaia
leopalasjh
 
EMI PAPA CAPIM
 EMI PAPA CAPIM EMI PAPA CAPIM
EMI PAPA CAPIM
vivianelima
 
Personagens
PersonagensPersonagens
Personagens
Milleni.23
 
Livro Olhares Cruzados Brasil Paraguai / Guarani Kaiowá - Pai Tavytera
Livro Olhares Cruzados Brasil Paraguai / Guarani Kaiowá - Pai TavyteraLivro Olhares Cruzados Brasil Paraguai / Guarani Kaiowá - Pai Tavytera
Livro Olhares Cruzados Brasil Paraguai / Guarani Kaiowá - Pai Tavytera
imagemdavida
 
índio brasileiro amanda e ana beatriz
índio brasileiro amanda e ana beatrizíndio brasileiro amanda e ana beatriz
índio brasileiro amanda e ana beatriz
leopalasjh
 
O índio brasileiro elias e henrique
O índio brasileiro   elias e henriqueO índio brasileiro   elias e henrique
O índio brasileiro elias e henrique
sr501
 
Apresentação dia do indio
Apresentação dia do indioApresentação dia do indio
Apresentação dia do indio
Franciane Mota da Silva
 
Dia do índio 1ª e 2ª fases
Dia do índio 1ª e 2ª fasesDia do índio 1ª e 2ª fases
Dia do índio 1ª e 2ª fases
guestc3a5b25
 
íNdio brasileiro giórgia e ester
íNdio brasileiro   giórgia e esteríNdio brasileiro   giórgia e ester
íNdio brasileiro giórgia e ester
leopalasjh
 
Testando como um profissional
Testando como um profissionalTestando como um profissional
Testando como um profissional
André Faria Gomes
 

Destaque (20)

Apresentação dia do índio
Apresentação dia do índio Apresentação dia do índio
Apresentação dia do índio
 
Dia do índio ed. infantil vesp.
Dia do índio ed. infantil   vesp.Dia do índio ed. infantil   vesp.
Dia do índio ed. infantil vesp.
 
Apresentação dia do indio
Apresentação dia do indioApresentação dia do indio
Apresentação dia do indio
 
O dia do índio
O dia do índio O dia do índio
O dia do índio
 
Projeto semana da pátria
Projeto   semana da pátriaProjeto   semana da pátria
Projeto semana da pátria
 
Como organizar feiras de livros
Como organizar feiras de livrosComo organizar feiras de livros
Como organizar feiras de livros
 
Empreendendo e Aprendendo - TDC GYN 2011
Empreendendo e Aprendendo - TDC GYN 2011Empreendendo e Aprendendo - TDC GYN 2011
Empreendendo e Aprendendo - TDC GYN 2011
 
trabalho Dia do índio
trabalho Dia do índiotrabalho Dia do índio
trabalho Dia do índio
 
O índio no contexto atual
O índio no contexto atualO índio no contexto atual
O índio no contexto atual
 
íNdio brasileiro luma
íNdio brasileiro    lumaíNdio brasileiro    luma
íNdio brasileiro luma
 
Indio brasileiro gabriel malafaia
Indio brasileiro   gabriel malafaiaIndio brasileiro   gabriel malafaia
Indio brasileiro gabriel malafaia
 
EMI PAPA CAPIM
 EMI PAPA CAPIM EMI PAPA CAPIM
EMI PAPA CAPIM
 
Personagens
PersonagensPersonagens
Personagens
 
Livro Olhares Cruzados Brasil Paraguai / Guarani Kaiowá - Pai Tavytera
Livro Olhares Cruzados Brasil Paraguai / Guarani Kaiowá - Pai TavyteraLivro Olhares Cruzados Brasil Paraguai / Guarani Kaiowá - Pai Tavytera
Livro Olhares Cruzados Brasil Paraguai / Guarani Kaiowá - Pai Tavytera
 
índio brasileiro amanda e ana beatriz
índio brasileiro amanda e ana beatrizíndio brasileiro amanda e ana beatriz
índio brasileiro amanda e ana beatriz
 
O índio brasileiro elias e henrique
O índio brasileiro   elias e henriqueO índio brasileiro   elias e henrique
O índio brasileiro elias e henrique
 
Apresentação dia do indio
Apresentação dia do indioApresentação dia do indio
Apresentação dia do indio
 
Dia do índio 1ª e 2ª fases
Dia do índio 1ª e 2ª fasesDia do índio 1ª e 2ª fases
Dia do índio 1ª e 2ª fases
 
íNdio brasileiro giórgia e ester
íNdio brasileiro   giórgia e esteríNdio brasileiro   giórgia e ester
íNdio brasileiro giórgia e ester
 
Testando como um profissional
Testando como um profissionalTestando como um profissional
Testando como um profissional
 

Semelhante a Dia do índio

A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...
henriquecorreia39
 
Sociodiversidade
SociodiversidadeSociodiversidade
Influências Indígenas na Cultura Brasileira
Influências Indígenas na Cultura BrasileiraInfluências Indígenas na Cultura Brasileira
Influências Indígenas na Cultura Brasileira
Gisele Finatti Baraglio
 
AULA 2 - GABRIEL - CULTURA E ARTESANATO INDIGENA NO BRASIL.pdf
AULA 2 - GABRIEL - CULTURA E ARTESANATO INDIGENA NO BRASIL.pdfAULA 2 - GABRIEL - CULTURA E ARTESANATO INDIGENA NO BRASIL.pdf
AULA 2 - GABRIEL - CULTURA E ARTESANATO INDIGENA NO BRASIL.pdf
PaulaMariaMagalhesTe
 
HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...
HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...
HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...
Fábio Fernandes
 
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.doc
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.docA Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.doc
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.doc
henriquecorreia39
 
Texto arte indigena
Texto arte indigenaTexto arte indigena
Texto arte indigena
Laís Paiva
 
Nações indígenas no brasil
Nações indígenas no brasilNações indígenas no brasil
Nações indígenas no brasil
Acrópole - História & Educação
 
Aula de artes indigena
Aula de artes indigenaAula de artes indigena
Aula de artes indigena
Janete Garcia de Freitas
 
OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...
OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...
OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...
Claudia Elisabete Silva
 
Plano de aula 1º ano [salvo automaticamente]
Plano de aula 1º ano [salvo automaticamente]Plano de aula 1º ano [salvo automaticamente]
Plano de aula 1º ano [salvo automaticamente]
Jefferson Nascimento
 
As manifestações da sabedoria popular nos contos trinta e dois e tangerinos d...
As manifestações da sabedoria popular nos contos trinta e dois e tangerinos d...As manifestações da sabedoria popular nos contos trinta e dois e tangerinos d...
As manifestações da sabedoria popular nos contos trinta e dois e tangerinos d...
Almiranes Dos Santos Silva
 
Atividades arte e cultura brasileira
Atividades arte e cultura brasileiraAtividades arte e cultura brasileira
Atividades arte e cultura brasileira
Atividades Diversas Cláudia
 
Os Indígenas Hoje
Os Indígenas HojeOs Indígenas Hoje
Os Indígenas Hoje
Gelson Rocha
 
Como era a vida dos índios
Como era a vida dos índiosComo era a vida dos índios
Como era a vida dos índios
Mauricio Produções
 
Arte indígena - índios Karajás
Arte indígena - índios KarajásArte indígena - índios Karajás
Arte indígena - índios Karajás
Andrea Dressler
 
Índios. Uma análise de como estamos... 2014
Índios. Uma análise de como estamos... 2014Índios. Uma análise de como estamos... 2014
Índios. Uma análise de como estamos... 2014
Dayse Alves
 
A identidade indígena nas mídias atuais
A identidade indígena nas mídias atuaisA identidade indígena nas mídias atuais
A identidade indígena nas mídias atuais
Breados Online
 
Apresentação app
Apresentação appApresentação app
Apresentação app
kaiertha
 
Arte indígena na chegada dos portugueses
Arte indígena na chegada dos portuguesesArte indígena na chegada dos portugueses
Arte indígena na chegada dos portugueses
Claudio Bastos
 

Semelhante a Dia do índio (20)

A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...
 
Sociodiversidade
SociodiversidadeSociodiversidade
Sociodiversidade
 
Influências Indígenas na Cultura Brasileira
Influências Indígenas na Cultura BrasileiraInfluências Indígenas na Cultura Brasileira
Influências Indígenas na Cultura Brasileira
 
AULA 2 - GABRIEL - CULTURA E ARTESANATO INDIGENA NO BRASIL.pdf
AULA 2 - GABRIEL - CULTURA E ARTESANATO INDIGENA NO BRASIL.pdfAULA 2 - GABRIEL - CULTURA E ARTESANATO INDIGENA NO BRASIL.pdf
AULA 2 - GABRIEL - CULTURA E ARTESANATO INDIGENA NO BRASIL.pdf
 
HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...
HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...
HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...
 
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.doc
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.docA Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.doc
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.doc
 
Texto arte indigena
Texto arte indigenaTexto arte indigena
Texto arte indigena
 
Nações indígenas no brasil
Nações indígenas no brasilNações indígenas no brasil
Nações indígenas no brasil
 
Aula de artes indigena
Aula de artes indigenaAula de artes indigena
Aula de artes indigena
 
OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...
OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...
OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...
 
Plano de aula 1º ano [salvo automaticamente]
Plano de aula 1º ano [salvo automaticamente]Plano de aula 1º ano [salvo automaticamente]
Plano de aula 1º ano [salvo automaticamente]
 
As manifestações da sabedoria popular nos contos trinta e dois e tangerinos d...
As manifestações da sabedoria popular nos contos trinta e dois e tangerinos d...As manifestações da sabedoria popular nos contos trinta e dois e tangerinos d...
As manifestações da sabedoria popular nos contos trinta e dois e tangerinos d...
 
Atividades arte e cultura brasileira
Atividades arte e cultura brasileiraAtividades arte e cultura brasileira
Atividades arte e cultura brasileira
 
Os Indígenas Hoje
Os Indígenas HojeOs Indígenas Hoje
Os Indígenas Hoje
 
Como era a vida dos índios
Como era a vida dos índiosComo era a vida dos índios
Como era a vida dos índios
 
Arte indígena - índios Karajás
Arte indígena - índios KarajásArte indígena - índios Karajás
Arte indígena - índios Karajás
 
Índios. Uma análise de como estamos... 2014
Índios. Uma análise de como estamos... 2014Índios. Uma análise de como estamos... 2014
Índios. Uma análise de como estamos... 2014
 
A identidade indígena nas mídias atuais
A identidade indígena nas mídias atuaisA identidade indígena nas mídias atuais
A identidade indígena nas mídias atuais
 
Apresentação app
Apresentação appApresentação app
Apresentação app
 
Arte indígena na chegada dos portugueses
Arte indígena na chegada dos portuguesesArte indígena na chegada dos portugueses
Arte indígena na chegada dos portugueses
 

Mais de André Moraes

I atividade matemática 3º ano andré
I atividade matemática 3º ano   andréI atividade matemática 3º ano   andré
I atividade matemática 3º ano andré
André Moraes
 
I atividade de geografia 5º ano andré
I atividade de geografia 5º ano   andréI atividade de geografia 5º ano   andré
I atividade de geografia 5º ano andré
André Moraes
 
I atividade de ciencias e geografia 3º ano andré
I atividade de ciencias e geografia 3º ano andréI atividade de ciencias e geografia 3º ano andré
I atividade de ciencias e geografia 3º ano andré
André Moraes
 
I atividade de ciencias 5º ano andré
I atividade de ciencias 5º ano andréI atividade de ciencias 5º ano andré
I atividade de ciencias 5º ano andré
André Moraes
 
I atividade avaliativa matemática 5º ano André
I atividade avaliativa matemática 5º ano   AndréI atividade avaliativa matemática 5º ano   André
I atividade avaliativa matemática 5º ano André
André Moraes
 
Relatório ii mostra cultural
Relatório ii mostra culturalRelatório ii mostra cultural
Relatório ii mostra cultural
André Moraes
 
Relatório mais cultura I momento
Relatório mais cultura I momentoRelatório mais cultura I momento
Relatório mais cultura I momento
André Moraes
 
Registro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa Vida
Registro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa VidaRegistro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa Vida
Registro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa Vida
André Moraes
 
Escravo, nem pensar ativ alunos centro esse
Escravo, nem pensar   ativ alunos centro esseEscravo, nem pensar   ativ alunos centro esse
Escravo, nem pensar ativ alunos centro esse
André Moraes
 
Atividades referente ao tema Escravo, nem pensar
Atividades referente ao tema Escravo, nem pensarAtividades referente ao tema Escravo, nem pensar
Atividades referente ao tema Escravo, nem pensar
André Moraes
 
Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015
Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015
Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015
André Moraes
 
Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)
Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)
Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)
André Moraes
 
Emef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemática
Emef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemáticaEmef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemática
Emef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemática
André Moraes
 
Emef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciências
Emef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciênciasEmef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciências
Emef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciências
André Moraes
 
Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.
Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.
Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.
André Moraes
 
Criar um blog
Criar um blogCriar um blog
Criar um blog
André Moraes
 
Criar conta no google e youtube
Criar conta no google e youtubeCriar conta no google e youtube
Criar conta no google e youtube
André Moraes
 
História lúdica do tangram
História lúdica do tangramHistória lúdica do tangram
História lúdica do tangram
André Moraes
 
Cruzadinha extrativismo
Cruzadinha extrativismoCruzadinha extrativismo
Cruzadinha extrativismo
André Moraes
 
3ª etapa seq did jacundá
3ª etapa seq did jacundá3ª etapa seq did jacundá
3ª etapa seq did jacundá
André Moraes
 

Mais de André Moraes (20)

I atividade matemática 3º ano andré
I atividade matemática 3º ano   andréI atividade matemática 3º ano   andré
I atividade matemática 3º ano andré
 
I atividade de geografia 5º ano andré
I atividade de geografia 5º ano   andréI atividade de geografia 5º ano   andré
I atividade de geografia 5º ano andré
 
I atividade de ciencias e geografia 3º ano andré
I atividade de ciencias e geografia 3º ano andréI atividade de ciencias e geografia 3º ano andré
I atividade de ciencias e geografia 3º ano andré
 
I atividade de ciencias 5º ano andré
I atividade de ciencias 5º ano andréI atividade de ciencias 5º ano andré
I atividade de ciencias 5º ano andré
 
I atividade avaliativa matemática 5º ano André
I atividade avaliativa matemática 5º ano   AndréI atividade avaliativa matemática 5º ano   André
I atividade avaliativa matemática 5º ano André
 
Relatório ii mostra cultural
Relatório ii mostra culturalRelatório ii mostra cultural
Relatório ii mostra cultural
 
Relatório mais cultura I momento
Relatório mais cultura I momentoRelatório mais cultura I momento
Relatório mais cultura I momento
 
Registro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa Vida
Registro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa VidaRegistro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa Vida
Registro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa Vida
 
Escravo, nem pensar ativ alunos centro esse
Escravo, nem pensar   ativ alunos centro esseEscravo, nem pensar   ativ alunos centro esse
Escravo, nem pensar ativ alunos centro esse
 
Atividades referente ao tema Escravo, nem pensar
Atividades referente ao tema Escravo, nem pensarAtividades referente ao tema Escravo, nem pensar
Atividades referente ao tema Escravo, nem pensar
 
Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015
Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015
Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015
 
Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)
Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)
Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)
 
Emef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemática
Emef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemáticaEmef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemática
Emef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemática
 
Emef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciências
Emef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciênciasEmef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciências
Emef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciências
 
Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.
Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.
Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.
 
Criar um blog
Criar um blogCriar um blog
Criar um blog
 
Criar conta no google e youtube
Criar conta no google e youtubeCriar conta no google e youtube
Criar conta no google e youtube
 
História lúdica do tangram
História lúdica do tangramHistória lúdica do tangram
História lúdica do tangram
 
Cruzadinha extrativismo
Cruzadinha extrativismoCruzadinha extrativismo
Cruzadinha extrativismo
 
3ª etapa seq did jacundá
3ª etapa seq did jacundá3ª etapa seq did jacundá
3ª etapa seq did jacundá
 

Último

A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
Estuda.com
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 

Dia do índio

  • 2. Texto da rotina: A Vida Indígena / Os filhos do Brasil. Objetivos: - Trabalhar datas comemorativas -Valorizar e respeitar a cultura indígena. -Desenvolver a linguagem oral e expressividade. -Compartilhar informações -Permitir à criança a descoberta de hipóteses. Desenvolvimento: 1º Momento: Linguagem oral do texto e do poema para os respectivos anos ou séries. 2º Momento: Uso de imagens (apresentação em slide) para os alunos criarem um pequeno texto sobre a vivência indígena e dos textos lidos. (todas as turmas) 3º Momento: Socialização dos Textos produzidos
  • 3. 19 DE ABRIL - DIA DO ÍNDIO
  • 6. Em 1500, quando os portugueses chegaram ao Brasil, estimava-se que havia por aqui cerca de 6 milhões de índios. Passados os tempos de matança, escravismo e catequização forçada, atualmente há cerca de 900.000* índios no Brasil. *Fonte: http://www.brasil.gov.br/noticias/arquivos/2012/08/10/brasiltem-quase-900-mil-indios-de-305-etnias-e-274-idiomas
  • 7. Organização e Sobrevivência do Grupo  Os índios brasileiros sobrevivem utilizando os recursos naturais oferecidos pelo meio ambiente com a ajuda de processos rudimentares. Eles caçam, plantam, pescam, coletam e produzem os instrumentos necessários a essas atividades.
  • 9. A casa do Índio  Oca é uma habitação típica dos povos indígenas. A palavra tem sua origem na família linguística tupiguarani.  As ocas são construídas coletivamente, ou seja, com a participação de vários integrantes da tribo.
  • 11. O Chefe da Tribo  Os índios vivem em aldeias e, muitas vezes, são comandados por chefes, que são chamados de cacique, tuxánas ou morubixabas.  A transmissão da chefia pode ser hereditária (de pai para filho) ou não.
  • 13. Arte e Cultura  O esforço das autoridades para manter a diversidade cultural entre os índios pode evitar o desaparecimento de muita coisa interessante é muito importante. A arte se mistura à vida cotidiana.  Os trabalhos feitos com penas e plumas de pássaros constituem a arte plumária indígena.  A pintura e o desenho indígena estão sempre ligados à cerâmica e à cestaria. Os cestos são comuns em todas as tribos, variando a forma e o tipo de palha de que são feitos.
  • 15. Poema: Somos Filhos do Brasil Somos filhos da terra cor de urucum. Dos sons do igarapé e da força do jatobá. Das águas do Araguaia, do Tapajós, do Iguaçu. Somos filhos do sol de Kuaray, da lua de Jaci. E da chuva que semeia o guaraná, a pitanga e o aipim. Somos filhos dos mitos. Do uirapuru e seu canto, do vento e do pranto. Guerreiros, fortes, sábios. Somos Ianomânis, Guaranis, Xavantes, Caiabis. E o que somos nunca deixaremos de ser. Somos filhos do Brasil!!!