“Os índios são totalmente capazes de adaptar-se 
as mais diferentes realidades e lidar com a 
multiculturalidade”. "Gersem...
Nos dias atuais há a necessidade de incentivar 
experiências concretas de convivência dos indígenas, 
pois, com a Lei 11.6...
A vida dos povos indígenas é 
acordar cedo, tomar banho, 
dançar, cantar e depois ir à 
caça, ao estudo, a pesca, etc... 
...
Deveríamos, para falar 
dos índios em primeiro 
lugar, com a seguinte 
temática: "Povos 
indígenas com 
histórias e civili...
Há em média no Brasil hoje, 800 
mil índios, onde 10% estão 
nas universidades e já 
possuímos no país cerca de 
26 advoga...
Presença dos povos pré-colombianos de milhares de 
anos no território ameríndio/americano (superar a 
visão de território ...
 Vive-se hoje um otimismo de manter a 
vida e cultura indígena, pois, estão 
aumentando o número deles. 
 Conhecimentos,...
 Intercâmbio e convivência de experiências de 
diferentes realidades e modos de vida (entre 
escolas: indígenas, campo, u...
 Fonte: Palestra com professores Gersem 
Baniwa e Germano Afonso em março 
de 2014. No Museu de Ciências e Vida, 
em Duqu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Índios. Uma análise de como estamos... 2014

158 visualizações

Publicada em

Uma breve análise da situação dos índios hoje, no Brasil, informações colhidas na Palestra com os Professores Gersem Baniwa e Germano Afonso em Março de 2014, no Museu de Ciência e Vida de Duque de Caxias, RJ.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
158
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Índios. Uma análise de como estamos... 2014

  1. 1. “Os índios são totalmente capazes de adaptar-se as mais diferentes realidades e lidar com a multiculturalidade”. "Gersem Baniwa"
  2. 2. Nos dias atuais há a necessidade de incentivar experiências concretas de convivência dos indígenas, pois, com a Lei 11.645/08, fica impossível separar aproximação dos conhecimentos culturais do povo indígena, o que sugere uma prática que busque a superação das visões, imaginários e representações estereotipados tais como: violento, traiçoeiro, preguiçoso, povo sem cultura, sem conhecimento, sem civilização, humanidade, sem alma, sem sentimento, sem língua, sem valores. Para os índios o trabalho é para usufruir os bens da vida, cuidar dos filhos, da família, etc...
  3. 3. A vida dos povos indígenas é acordar cedo, tomar banho, dançar, cantar e depois ir à caça, ao estudo, a pesca, etc... Depois do meio dia já resolveram suas necessidades e tem o restante do dia para o bem viver... *Existe todo um cuidado desses povos em cuidar-se, não há crianças abandonadas, viúvas, etc, sem amparo da família.
  4. 4. Deveríamos, para falar dos índios em primeiro lugar, com a seguinte temática: "Povos indígenas com histórias e civilizações próprias: passado, presente e futuro." Assim, ainda há as questões dos povos indígenas com ciências milenares como a astronomia, economia, agronomia, música, arte, dança, etc.
  5. 5. Há em média no Brasil hoje, 800 mil índios, onde 10% estão nas universidades e já possuímos no país cerca de 26 advogados indígenas.  Ainda possuem formação milenar dos modelos autônomos de sociedades, de governos e modos de vida. Ex; Incas, Astecas, Marajoara...( Impérios, monarquias e democracia). Estão aqui há quase 11 mil anos.  São 180 línguas indígenas no Brasil;  Temos atualmente, 305 povos indígenas;  Eles estão em 35% do território brasileiro.
  6. 6. Presença dos povos pré-colombianos de milhares de anos no território ameríndio/americano (superar a visão de território sem dono que precisa ou pode ser conquistado, saqueado e dominado...  Sociedades e culturas dinâmicas em movimento (não são culturas puras, perfeitas, auto-suficiente, nem estáticas). Sociedades e culturas do presente e do futuro (superar a ideia de história indígena como algo do passado)- passado colonial.
  7. 7.  Vive-se hoje um otimismo de manter a vida e cultura indígena, pois, estão aumentando o número deles.  Conhecimentos, valores e tradições dos povos indígenas como patrimônio, riqueza da sociedade brasileira e da humanidade: reciprocidade, hospitalidade, partilha, respeito á natureza, amor às crianças e idosos, coletividade, solidariedade, dignidade.  Relações amistosas no início da colonização.  Explicitar a origem do conflito colonial e pós-colonial que é político econômico. Intercâmbio e convivência de experiências de diferentes realidades e modos de vida (entre escolas: indígenas, campo, urbanas, museus).  Nas fronteiras existem indígenas que fazem uma "fronteira humana" e são parceiros do Exército Brasileiro na luta e manutenção de nossas fronteiras.
  8. 8.  Intercâmbio e convivência de experiências de diferentes realidades e modos de vida (entre escolas: indígenas, campo, urbanas, museus). Nas fronteiras existem indígenas que fazem uma "fronteira humana" e são parceiros do Exército Brasileiro na luta e manutenção de nossas fronteiras. Tribo de Maceió, Alagoas.
  9. 9.  Fonte: Palestra com professores Gersem Baniwa e Germano Afonso em março de 2014. No Museu de Ciências e Vida, em Duque de Caxias, RJ. Ver em:  http://gabrielleedayse.blogspot.com.br /2014/07/a-importancia-dos-povos-indigenas- lei.html  http://www.periodicos.ufpa.br/index. php/amazonica/article/viewArticle/1 68/240  http://rhhj.anpuh.org/ojs/index.php/ RHHJ/article/view/44

×