SlideShare uma empresa Scribd logo
Desapego
Liberdade para Evoluir
Exercício do Desapego
Exercício do Desapego
1) Pare por um minuto e pense nas 3 (três) coisas
mais importantes da sua vida.
TRABALHO
FILHOS
P
A
I
S
A
M
I
G
O
SCENTRO ESPÍRITA CARREIRA
C
A
R
R
O
PRAIA
SAÚDE
P
O
L
Í
T
I
C
A
CONHECIMENTO
C
A
S
A
CELULAR
S
Í
T
I
O
TIME DE FUTEBOL
ROUPAS
MÓVEIS
C
I
D
A
D
E
DINHEIRO
H
E
R
A
N
Ç
A
FAMÍLIA
ÍDOLO
TELEVISÃO
JÓIAS
INTELIGÊNCIA
R
E
L
I
G
I
Ã
O
SOGROS
FACULDADE
CARGO
CHUPETA
URSINHO DE PELÚCIA
G
A
T
O
CORPO FÍSICO
ESPÍRITO
CACHORRO
PERIQUITO
POPULARIDADEF
É
R
I
A
S
BIBLIA N
O
I
V
O
NAMORADO
PÁTRIA
Exercício do Desapego
2) Imagine que cada item que você escolheu é um
balão de ar que você segura pela linha.
1) Solte um dos três balões e fique somente com os 2
(dois) mais importantes.
2) Solte mais um e fique segurando somente o que é
mais importante para você!
3) Muito bem, agora se sua escolha foi por coisas,
lugares, outras pessoas ou acontecimentos, solte
também o balão que restou...
4) Confie em Deus e solte o último balão,
entregando-o ao Universo e guardando somente no
Por que desapegar?
A mente apegada a fatos, acontecimentos e
pessoas
é incapaz de perceber a
sua essência.
Aquele que
está agarrado ao “ego”
está vazio do “sagrado”; aquele que se
liberta do “ego” descobre que sempre esteve
repleto do “sagrado”.
Hammed, Livro Prazeres da Alma
Mas apego não é uma consequência do Amor?
Não interprete apego como amor.
Amor enaltece.
Apego humilha.
Amor acalma.
Apego aflige.
Amor espera.
Apego impõe.
Amor liberta.
Apego oprime.
Amor edifica.
Apego rebaixa.
Amor convive.
Apego controla.
Mas apego não é uma consequência do Amor?
Amor escuta.
Apego ignora.
Amor pacífica.
Apego inquieta.
Amor renuncia.
Apego ordena.
Amor encoraja.
Apego intimida.
Amor valoriza.
Apego deprecia.
Amor esclarece.
Apego confunde.
Amor se dedica.
Apego se serve.
O evangelho é escola de Amor e se você tem a intenção
de seguir Jesus é melhor que abandone o Apego e
aprenda a Amar.
Livro Vivendo o Evangelho – Espírito André Luiz
Resumindo...
Precisamos desapegar para conhecer a nós
mesmos!
“Conhece-te a ti mesmo” (Sócrates)
“Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”
(João capítulo 8, versículo 32)
DESAPEGO →
AUTO-CONHECIMENTO →
LIBERDADE!
Grilhões Mentais
O desapego nos leva a desenvolver um amplo
senso de liberdade e confiança em nós mesmos.
Nosso calabouço reside em nossos mais íntimos
atos e atitudes. Prendemo-nos nos grilhões de
nossa própria criação mental, e fazemos o mesmo
com aqueles que amamos.
Hammed, Livro Prazeres da Alma
Reencarnação é Desapego?
205. Na opinião de certas pessoas, a
doutrina da reencarnação parece
destruir os laços de família fazendo-
os remontar às existências
anteriores.
Questão 205, de O Livro dos Espíritos
Reencarnação é Desapego?
“Ela os estende, mas não os destrói. A
parentela, estando baseada sobre as afeições
anteriores, os laços que unem os membros de
uma família são menos precários. Ela aumenta
os deveres da fraternidade, visto que, entre os
vizinhos ou entre os servidores, pode encontrar
um espírito que esteve ligado a vós pelos laços
consanguíneos”
Moral Estranha?
“Todo aquele que tiver deixado, por meu nome,
sua casa, ou seus irmãos, ou seu pai, ou sua
mulher, ou seus filhos, ou suas terras receberá
o cêntuplo, e terá por herança a vida Eterna”
(São Mateus, cap XIX, v. 29).
Um outro lhe disse: “Senhor, eu vos seguirei,
mas permiti-me dispor antes do que tenho
em minha casa. Jesus lhe respondeu: Todo
aquele que tendo a mão na charrua, olha para
trás, não está apto para o reino de Deus.”
(São Lucas, cap IX, v. 61, 62).
OTrem daVida!
"Aquele que tem olhos de ver que veja, aqueles que tem
ouvidos de ouvir que ouça"
Exercício de Desapego II (Fictício)
O Planeta Terra precisa evoluir rapidamente de um Mundo
de Provas e Expiações para um Mundo de Regeneração.
Para isto a espiritualidade maior criou um plano para
acelerar este processo:
- 1 milhão de crianças e jovens encarnados irão voltar à
pátria espiritual e serão capacitados no Evangelho de Jesus
durante os próximos 50 anos para depois reencarnarem
novamente.
- Esta passagem equivalerá para eles ao aprendizado de 5
encarnações consecutivas na Terra.
Quem aqui quer alistar os seus
entes queridos primeiro!?!?
Os pais são arcos e
os filhos são flechas
Gibran Khalil Gibran – Poeta
Libanês –
1883 a 1931
Os pais são arcos e os filhos são flechas
Vossos filhos não são vossos filhos.
São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma.
Vêm através de vós, mas não de vós.
E embora vivam convosco, não vos pertencem.
Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos
pensamentos.
Porque eles têm seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas.
Pois suas almas moram na mansão do amanhã.
Que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
Os pais são arcos e os filhos são flechas
Podeis esforçar-vos por ser como eles,
mas não procureis fazê-los como vós,
Porque a vida não anda para trás e não se
demora com os dias passados.
Vós sois os arcos dos quais vossos filhos
são arremessados como flechas vivas.
O arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a sua
força
Para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe.
Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa alegria: pois
assim como ele ama a flecha que voa, ama também o arco que
permanece estável.
A Borboleta no Casulo
Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo; um homem
sentou e observou a borboleta por várias horas, conforme ela se
esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele
pequeno buraco.
Então pareceu que ela havia parado de fazer qualquer progresso.
Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguia ir
mais. Então o homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma
tesoura e cortou o restante
do casulo. A borboleta então
saiu facilmente. Mas seu corpo
estava murcho e era pequeno e
tinha as asas amassadas.
A Borboleta no Casulo
O homem continuou a observar a borboleta porque ele esperava que, a
qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para
serem capazes de suportar o corpo que iria se afirmar a tempo.
Nada aconteceu! Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida
rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca foi
capaz de voar. O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar
não compreendia, era que o casulo apertado e o esforço necessário à
borboleta para passar através da pequena abertura era o modo com
que a natureza fazia com que o fluido do corpo da borboleta fosse
para as suas asas, de modo que ela estaria pronta para voar uma vez
que estivesse livre do casulo.
A Borboleta no Casulo
Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa
vida. Se passássemos esta nossa vida sem quaisquer obstáculos, nós
não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido.
Eu quis Força... e recebi Dificuldades para me fazer forte.
Eu quis Sabedoria... e recebi Problemas para resolver.
Eu quis Prosperidade... e recebi Cérebro e Músculos para trabalhar.
Eu quis Coragem... e recebi Perigo para superar.
Eu quis Amor... e recebi Pessoas com Problemas para ajudar.
Eu quis Favores... e recebi Oportunidades.
Eu não tive nada do que quis ... Mas eu recebi tudo de que precisava.
Enquanto isto, no Centro Espírita...
1) O que eles estão fazendo na minha casa?Vou tirar
eles daqui! Eu construí esta casa...
Enquanto isto, no Centro Espírita...
2) O que este cara está fazendo na minha cama?
1) Ele roubou a minha herança, mas vai ter que me pagar nem
que seja morto!
2) Ela é a minha filha e não deles. Eu preciso cuidar dela!
3) Eles nunca vão achar o dinheiro que escondi na parede...
4) Vou ficar aqui até o Juízo Final. Meu corpo vai reviver.
5) Vamos meu irmão é hora de continuar
evoluindo.Tenho que vigiar o meu
tesouro, pois está cheio de ladrões aqui.
Enquanto isto, alguém encarnado...
1) Ele era tudo para mim! Não pode ir embora
assim e me deixar sozinha...
Enquanto isto alguém encarnado...
2) Durante 20 anos minha vida foi só trabalhar! Como puderem me
demitir?
1) Por quê meu filho foi arrancado de mim dessa forma? Por quê?
2) Eu ajudei a fundar esta Casa Espírita. Por que eu tenho que sair
daqui?
3) Ela é minha filha e eu decido onde ele vai fazer faculdade ou
namorar!
4) Não posso, vou cuidar do carro
no final de semana...
5) Doar... Mas gosto tanto dessa camiseta!
6) Perdi tudo! É hora de recomeçar!
Será que Obsessão
tem algo a ver com Apego?
Se Acabou! É hora de dizer Adeus!
Fim de um ciclo: Nosso novo “eu”
Não eliminamos nada do que fomos um dia,
transformamos para melhor. Ao invés de ser contra o que
fomos, precisamos aprender uma relação pacífica de
aceitação sem conformismo a fim de fazer do “homem
velho” um grande aliado no aperfeiçoamento.
Livro Reforma Íntima Sem Martírio -Wanderley S. de Oliveira Pelo espírito de
Ermance Dufaux
Respeitar o Homem Velho.
Abrir espaço para o Homem Novo
Enquanto isto em uma
Sociedade Consumista...
Imagina! Claro que nós mudamos para melhor....
Compre uma roupa nova, mude a cor do cabelo, pinte a
casa, compre o novo modelo de celular e seja feliz!
“Nós não nos contentamos em vivenciar algo;
queremos possuir esse algo, retê-lo, conservá-lo em
formol para que se mantenha “para sempre” tal e
qual era no início”
RevistaVida Simples – Capa: Acabou. Saiba Dizer Adeus
O Maior dos Bloqueios
Do que você tem medo?
De não conseguir ter sucesso no meu trabalho.
E depois, do que você teria medo?
De perder o meu emprego.
E depois, do que você teria medo?
De perder a minha casa.
E depois, do que você teria medo?
De não encontrar outro trabalho.
E depois, do que você teria medo?
De não conseguir cuidar da minha família.
O Maior dos Bloqueios
E depois, do que você teria medo?
De ficar sozinho.
E depois, do que você teria medo?
De não poder cuidar de mim mesmo.
E depois, do que você teria medo?
De terminar nas ruas.
E depois, do que você teria medo?
De morrer de frio ou de fome.
Fonte: Metanoia –
www.metanoia.net
Qual o remédio para o medo: Desapego!
O Evangelho de Jesus é Libertação
“Então disse Jesus aos seus discípulos: Se
alguém quer vir após mim, negue-se a si
mesmo, tome a sua cruz e siga-me. Pois aquele
que quiser a sua vida, vai perdê-la, mas o que
perder a sua vida por causa de mim, vai
encontrá-la. De fato, que aproveitará ao homem
se ganhar o mundo inteiro e arruinar a sua
vida?” Mateus 16:24 a 26
O Evangelho de Jesus é Libertação
Quem somente preserva a vida, vai
perdê-la; Quem a perder, de fato se
salvará.
Metáfora Budista
Segure firmemente um objeto em suas mãos,
alongue os braços à sua frente com a palma da
mão para baixo e relaxe os seus dedos: você
perderá o que carrega.
Contudo, se mantiver a palma da mão para cima,
mesmo afrouxando os dedos, o objeto ainda
estará ali.
O segredo é conservar o que se tem com
desapego ou, então, soltar de vez o que não tem
mais valor.
Fonte: Revista Vida Simples – Acabou! Saiba Dizer Adeus
Amar é Libertar!
“Amar é ter um
pássaro pousado no
dedo. Quem tem
um pássaro pousado
no dedo sabe que, a
qualquer momento,
ele pode voar.”
Rubem Alves
“...
Quis nunca te ganhar
Tanto que forjei
Asas nos teus pés
Ondas pra levar
Deixo desvendar
Todos os mistérios
Sei, tanto te soltei
Que você me quis
Em todo lugar
Lia em cada olhar
Quanta intenção
Que eu vivia preso”
….
Música – Condicional – Los Hermanos
A mágica
acontece!
Até parece
contraditório,
pois quanto
mais deixamos
livres, mais o
amor
verdadeiro
aumenta
Toda dependência emocional é
prejudicial!
A melhor sensação é a de
Liberdade!
Dependência versus Liberdade
Nada é nosso de fato! Somos apenas fiéis
depositários de Deus...
“Não acumuleis tesouros na Terra, onde a
ferrugem e os vermes os comem e onde os
ladrões os desenterram e roubam; -
acumulai tesouros no céu, onde nem a
ferrugem, nem os vermes os comem; -
porquanto, onde está o vosso tesouro aí
está também o vosso coração?”
Cap XXV – Buscai e achareis
No final, a luta é
sempre nós
conosco
mesmos
Apego – Conhecereis aVerdade
A espiritualização leva a verdade. Todo apego
excessivo escraviza e, em consequência, tolhe o
movimento do ser.
Então, não te apegues excessivamente às coisas
ou pessoas. O equilíbrio é veículo de libertação!
Amar com equilíbrio é respeitar a liberdade do
outro. E ofertar a si próprio a sensação de
amplidão que o amor bem sentido gera na alma.
Apego – Conhecereis aVerdade
Não criemos correntes que impeçam os voos do
espírito.
Nenhum sentimento existe para nos aferrar em
masmorras de inquietação.
Nenhum objeto deve tornar-se instrumento de
angústia pelo medo da perda.
Desapega-te para possuíres a liberdade!
Desvencilha-te dos novelos e visgos
que te encastelam em climas que fragilizam o
coração...
Apego – Conhecereis aVerdade
Não detemos nada em verdade.
E quando livres em espírito, somos possuidores
de tudo.
Herdeiros do Pai, tudo aguarda-nos para
objetivos superiores.
E quase sempre o que atormenta o homem na
terra, nada representa ante as maravilhas do
universo.
Apego – Conhecereis aVerdade
Desapega-te para conquistar-se.
Conquista a ti mesmo para seres livre!
Quem é livre, libera os outros, os sonhos, a
própria vida.
Quem é livre é responsável.
Ser responsável é ser senhor de si.
Quem se governa, se equilibra.
Quem se equilibra, se liberta.
Fonte: Livro Ajuda-te e
o Céu te Ajudará –
Espirito Marta
A Pergunta que fica...
O que eu preciso abrir mão
e o que eu preciso deixar
livre para evoluir?
Referências

O Evangelho Segundo o Espiritísmo – Allan Kardec

O Livro dos Espíritos – Allan Kardec

Livro Ajuda-te e o Céu te Ajudará – Espirito Marta

Livro Vivendo o Evangelho – Espírito André Luiz

O Maior dos bloqueios - Metanoia – www.metanoia.net

Livro Reforma Íntima Sem Martírio - Wanderley S. de
Oliveira Pelo espírito de Ermance Dufaux

http://www.maisbelashistoriasbudistas.com

Redação do Momento Espírita, com base em texto de
autoria de Silvana Duboc, disponível no site
www.silvanaduboc.us

Revista Vida Simples – Capa: Acabou. Saiba Dizer
Adeus

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A vida futura
A vida futuraA vida futura
A vida futura
Marcos Accioly
 
Palestra reforma íntima
Palestra   reforma íntimaPalestra   reforma íntima
Palestra reforma íntima
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Infortúnios ocultos
Infortúnios ocultosInfortúnios ocultos
Infortúnios ocultos
Nertan Jucá
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
Dalila Melo
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
Lisete B.
 
O Ódio - O amor que enlouqueceu
O Ódio - O amor que enlouqueceuO Ódio - O amor que enlouqueceu
O Ódio - O amor que enlouqueceu
Izabel Cristina Fonseca
 
Flagelos destruidores e guerras
Flagelos destruidores e guerrasFlagelos destruidores e guerras
Flagelos destruidores e guerras
Izabel Cristina Fonseca
 
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e AchareisPalestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
manumino
 
A lei de amor ppt
A lei de amor pptA lei de amor ppt
A lei de amor ppt
Silvânio Barcelos
 
Falsos Cristos Falsos profetas
Falsos Cristos Falsos profetasFalsos Cristos Falsos profetas
Falsos Cristos Falsos profetas
Vanda Machado
 
A dor na nossa evolução
A dor na nossa evoluçãoA dor na nossa evolução
A dor na nossa evolução
Izabel Cristina Fonseca
 
Lei de causa e efeito
Lei de causa e efeitoLei de causa e efeito
Lei de causa e efeito
Ronaldo Pereira Rodrigues
 
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptNão se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Silvânio Barcelos
 
Missão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terraMissão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terra
Graça Maciel
 
Aula Necessário e Superfluo
Aula Necessário e SuperfluoAula Necessário e Superfluo
Aula Necessário e Superfluo
Mocidade Bezzerra de Menezes
 
Conflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
Conflitos Existenciais e Maturidade do EspíritoConflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
Conflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
igmateus
 
Caridade na ótica espirita
Caridade na ótica espiritaCaridade na ótica espirita
Caridade na ótica espirita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2
sndteixeira
 
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalO apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
Leonardo Pereira
 
Deixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhasDeixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhas
Luciane Belchior
 

Mais procurados (20)

A vida futura
A vida futuraA vida futura
A vida futura
 
Palestra reforma íntima
Palestra   reforma íntimaPalestra   reforma íntima
Palestra reforma íntima
 
Infortúnios ocultos
Infortúnios ocultosInfortúnios ocultos
Infortúnios ocultos
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
 
O Ódio - O amor que enlouqueceu
O Ódio - O amor que enlouqueceuO Ódio - O amor que enlouqueceu
O Ódio - O amor que enlouqueceu
 
Flagelos destruidores e guerras
Flagelos destruidores e guerrasFlagelos destruidores e guerras
Flagelos destruidores e guerras
 
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e AchareisPalestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
 
A lei de amor ppt
A lei de amor pptA lei de amor ppt
A lei de amor ppt
 
Falsos Cristos Falsos profetas
Falsos Cristos Falsos profetasFalsos Cristos Falsos profetas
Falsos Cristos Falsos profetas
 
A dor na nossa evolução
A dor na nossa evoluçãoA dor na nossa evolução
A dor na nossa evolução
 
Lei de causa e efeito
Lei de causa e efeitoLei de causa e efeito
Lei de causa e efeito
 
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptNão se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
 
Missão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terraMissão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terra
 
Aula Necessário e Superfluo
Aula Necessário e SuperfluoAula Necessário e Superfluo
Aula Necessário e Superfluo
 
Conflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
Conflitos Existenciais e Maturidade do EspíritoConflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
Conflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
 
Caridade na ótica espirita
Caridade na ótica espiritaCaridade na ótica espirita
Caridade na ótica espirita
 
Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2
 
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalO apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
 
Deixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhasDeixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhas
 

Destaque

Desapego
DesapegoDesapego
Desapego
Helio Cruz
 
2012 2-9-Palestra-Como Lidar com as Necessidades Materiais-Rosana De Rosa
2012 2-9-Palestra-Como Lidar com as Necessidades Materiais-Rosana De Rosa2012 2-9-Palestra-Como Lidar com as Necessidades Materiais-Rosana De Rosa
2012 2-9-Palestra-Como Lidar com as Necessidades Materiais-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Francisco de Assis - Revivendo o Cristianismo Primitivo
Francisco de Assis - Revivendo o Cristianismo PrimitivoFrancisco de Assis - Revivendo o Cristianismo Primitivo
Francisco de Assis - Revivendo o Cristianismo Primitivo
Ricardo Azevedo
 
Filhos
FilhosFilhos
Desapego
DesapegoDesapego
Desapego
Cris Araújo
 
O bem do desapego
O bem do desapegoO bem do desapego
O bem do desapego
Mensagens Virtuais
 
Desapego
DesapegoDesapego
Desapego
Joyce Gomes
 
Desapego
DesapegoDesapego
Desapego
Lucas Vogelmann
 
O bem do desapêgo - Letícia Thompson
O bem do desapêgo - Letícia ThompsonO bem do desapêgo - Letícia Thompson
O bem do desapêgo - Letícia Thompson
Mima Badan
 
Praticando o Desapego: quando ignorar a dívida técnica
Praticando o Desapego: quando ignorar a dívida técnicaPraticando o Desapego: quando ignorar a dívida técnica
Praticando o Desapego: quando ignorar a dívida técnica
Ivayr Farah Netto
 
Programar é bom <3
Programar é bom <3Programar é bom <3
Programar é bom <3
Rails Girls Salvador
 
Sabedoria do desapego
Sabedoria do desapegoSabedoria do desapego
Sabedoria do desapego
Helio Cruz
 
Resolução de Problemas - Criativos
Resolução de Problemas - CriativosResolução de Problemas - Criativos
Resolução de Problemas - Criativos
Sonia Azevedo
 
Obesidade da alma !
Obesidade da alma !Obesidade da alma !
Obesidade da alma !
Leonardo Pereira
 
Valores: São Francisco e o lobo de Gúbio
Valores:  São Francisco e o lobo de GúbioValores:  São Francisco e o lobo de Gúbio
Valores: São Francisco e o lobo de Gúbio
Adilson P Motta Motta
 
Francisco de Assis
Francisco de AssisFrancisco de Assis
Francisco de Assis
grupodepaisceb
 
Vida de um homem: Francisco de Assis - Chiara Frugoni
Vida de um homem: Francisco de Assis - Chiara FrugoniVida de um homem: Francisco de Assis - Chiara Frugoni
Vida de um homem: Francisco de Assis - Chiara Frugoni
Juliana Soares
 
S.francisco de assis
S.francisco de assisS.francisco de assis
S.francisco de assis
PAFB
 
O Mundo de Francisco de Assis
O Mundo de Francisco de AssisO Mundo de Francisco de Assis
O Mundo de Francisco de Assis
virginiacarisioscalia
 
Desapego familiar (Hammed)
Desapego familiar (Hammed)Desapego familiar (Hammed)
Desapego familiar (Hammed)
Charlies Ponciano
 

Destaque (20)

Desapego
DesapegoDesapego
Desapego
 
2012 2-9-Palestra-Como Lidar com as Necessidades Materiais-Rosana De Rosa
2012 2-9-Palestra-Como Lidar com as Necessidades Materiais-Rosana De Rosa2012 2-9-Palestra-Como Lidar com as Necessidades Materiais-Rosana De Rosa
2012 2-9-Palestra-Como Lidar com as Necessidades Materiais-Rosana De Rosa
 
Francisco de Assis - Revivendo o Cristianismo Primitivo
Francisco de Assis - Revivendo o Cristianismo PrimitivoFrancisco de Assis - Revivendo o Cristianismo Primitivo
Francisco de Assis - Revivendo o Cristianismo Primitivo
 
Filhos
FilhosFilhos
Filhos
 
Desapego
DesapegoDesapego
Desapego
 
O bem do desapego
O bem do desapegoO bem do desapego
O bem do desapego
 
Desapego
DesapegoDesapego
Desapego
 
Desapego
DesapegoDesapego
Desapego
 
O bem do desapêgo - Letícia Thompson
O bem do desapêgo - Letícia ThompsonO bem do desapêgo - Letícia Thompson
O bem do desapêgo - Letícia Thompson
 
Praticando o Desapego: quando ignorar a dívida técnica
Praticando o Desapego: quando ignorar a dívida técnicaPraticando o Desapego: quando ignorar a dívida técnica
Praticando o Desapego: quando ignorar a dívida técnica
 
Programar é bom <3
Programar é bom <3Programar é bom <3
Programar é bom <3
 
Sabedoria do desapego
Sabedoria do desapegoSabedoria do desapego
Sabedoria do desapego
 
Resolução de Problemas - Criativos
Resolução de Problemas - CriativosResolução de Problemas - Criativos
Resolução de Problemas - Criativos
 
Obesidade da alma !
Obesidade da alma !Obesidade da alma !
Obesidade da alma !
 
Valores: São Francisco e o lobo de Gúbio
Valores:  São Francisco e o lobo de GúbioValores:  São Francisco e o lobo de Gúbio
Valores: São Francisco e o lobo de Gúbio
 
Francisco de Assis
Francisco de AssisFrancisco de Assis
Francisco de Assis
 
Vida de um homem: Francisco de Assis - Chiara Frugoni
Vida de um homem: Francisco de Assis - Chiara FrugoniVida de um homem: Francisco de Assis - Chiara Frugoni
Vida de um homem: Francisco de Assis - Chiara Frugoni
 
S.francisco de assis
S.francisco de assisS.francisco de assis
S.francisco de assis
 
O Mundo de Francisco de Assis
O Mundo de Francisco de AssisO Mundo de Francisco de Assis
O Mundo de Francisco de Assis
 
Desapego familiar (Hammed)
Desapego familiar (Hammed)Desapego familiar (Hammed)
Desapego familiar (Hammed)
 

Semelhante a Desapego - Liberdade para Evoluir

Desapego - Liberdade para Evoluir
Desapego - Liberdade para EvoluirDesapego - Liberdade para Evoluir
Desapego - Liberdade para Evoluir
Ricardo Azevedo
 
Família - Uma Visão Espiritual
Família - Uma Visão EspiritualFamília - Uma Visão Espiritual
Família - Uma Visão Espiritual
Ricardo Azevedo
 
Doze sinais do seu despertar divino excepcional
Doze sinais do seu despertar divino   excepcionalDoze sinais do seu despertar divino   excepcional
Doze sinais do seu despertar divino excepcional
Jose Pinto Cardoso
 
Os doze sinais da iluminação
Os doze sinais da iluminação Os doze sinais da iluminação
Os doze sinais da iluminação
Amadeu Wolff
 
Autolibertação
AutolibertaçãoAutolibertação
Autolibertação
jmeirelles
 
Evangelho animais 32
Evangelho animais 32Evangelho animais 32
Evangelho animais 32
Fatoze
 
Autolibertação
AutolibertaçãoAutolibertação
Autolibertação
jmeirelles
 
Autolibertação
AutolibertaçãoAutolibertação
Autolibertação
jmeirelles
 
Amor filial
Amor filialAmor filial
Amor filial
Antonino Silva
 
Vol 6
Vol 6Vol 6
O Significado das Histórias do Pentateuco
O Significado das Histórias do PentateucoO Significado das Histórias do Pentateuco
O Significado das Histórias do Pentateuco
RODRIGO ORION
 
A licao da _borboleta
A licao  da _borboletaA licao  da _borboleta
A licao da _borboleta
Tania G. Pereira
 
Crônicas rubem alves reflexões
Crônicas rubem alves  reflexõesCrônicas rubem alves  reflexões
Crônicas rubem alves reflexões
GabrielaMansur
 
Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62
Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62
Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62
Patricia Farias
 
Os Doze Sinais Do Seu Despertar Divino
Os Doze Sinais Do Seu Despertar DivinoOs Doze Sinais Do Seu Despertar Divino
Os Doze Sinais Do Seu Despertar Divino
QSEJAETERNO
 
Os Doze Sinais Do Seu Despertar Divino
Os Doze Sinais Do Seu Despertar DivinoOs Doze Sinais Do Seu Despertar Divino
Os Doze Sinais Do Seu Despertar Divino
Ana Maria Cordovil
 
Os doze sinais_do_seu_despertar_divino
Os doze sinais_do_seu_despertar_divinoOs doze sinais_do_seu_despertar_divino
Os doze sinais_do_seu_despertar_divino
ilce marinho
 
O Paraíso de Lúcifer
O Paraíso de LúciferO Paraíso de Lúcifer
O Paraíso de Lúcifer
pamarangoni
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da TerraSérie Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Ricardo Azevedo
 
A-Sombra-Humana-Emídio-Carvalho.pdf
A-Sombra-Humana-Emídio-Carvalho.pdfA-Sombra-Humana-Emídio-Carvalho.pdf
A-Sombra-Humana-Emídio-Carvalho.pdf
Cristiana Dias Pimenta
 

Semelhante a Desapego - Liberdade para Evoluir (20)

Desapego - Liberdade para Evoluir
Desapego - Liberdade para EvoluirDesapego - Liberdade para Evoluir
Desapego - Liberdade para Evoluir
 
Família - Uma Visão Espiritual
Família - Uma Visão EspiritualFamília - Uma Visão Espiritual
Família - Uma Visão Espiritual
 
Doze sinais do seu despertar divino excepcional
Doze sinais do seu despertar divino   excepcionalDoze sinais do seu despertar divino   excepcional
Doze sinais do seu despertar divino excepcional
 
Os doze sinais da iluminação
Os doze sinais da iluminação Os doze sinais da iluminação
Os doze sinais da iluminação
 
Autolibertação
AutolibertaçãoAutolibertação
Autolibertação
 
Evangelho animais 32
Evangelho animais 32Evangelho animais 32
Evangelho animais 32
 
Autolibertação
AutolibertaçãoAutolibertação
Autolibertação
 
Autolibertação
AutolibertaçãoAutolibertação
Autolibertação
 
Amor filial
Amor filialAmor filial
Amor filial
 
Vol 6
Vol 6Vol 6
Vol 6
 
O Significado das Histórias do Pentateuco
O Significado das Histórias do PentateucoO Significado das Histórias do Pentateuco
O Significado das Histórias do Pentateuco
 
A licao da _borboleta
A licao  da _borboletaA licao  da _borboleta
A licao da _borboleta
 
Crônicas rubem alves reflexões
Crônicas rubem alves  reflexõesCrônicas rubem alves  reflexões
Crônicas rubem alves reflexões
 
Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62
Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62
Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62
 
Os Doze Sinais Do Seu Despertar Divino
Os Doze Sinais Do Seu Despertar DivinoOs Doze Sinais Do Seu Despertar Divino
Os Doze Sinais Do Seu Despertar Divino
 
Os Doze Sinais Do Seu Despertar Divino
Os Doze Sinais Do Seu Despertar DivinoOs Doze Sinais Do Seu Despertar Divino
Os Doze Sinais Do Seu Despertar Divino
 
Os doze sinais_do_seu_despertar_divino
Os doze sinais_do_seu_despertar_divinoOs doze sinais_do_seu_despertar_divino
Os doze sinais_do_seu_despertar_divino
 
O Paraíso de Lúcifer
O Paraíso de LúciferO Paraíso de Lúcifer
O Paraíso de Lúcifer
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da TerraSérie Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
 
A-Sombra-Humana-Emídio-Carvalho.pdf
A-Sombra-Humana-Emídio-Carvalho.pdfA-Sombra-Humana-Emídio-Carvalho.pdf
A-Sombra-Humana-Emídio-Carvalho.pdf
 

Mais de Ricardo Azevedo

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos IssoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
Ricardo Azevedo
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - InimigosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - ConflitoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição EspiritualSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a CrençaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoramSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Ricardo Azevedo
 
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de RetornoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Ricardo Azevedo
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - EspinhosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Ricardo Azevedo
 
Sintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Sintonia - Escolha, Pensamento e ElevaçãoSintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Sintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 125 - Separação
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 125 - SeparaçãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 125 - Separação
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 125 - Separação
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não Falta
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não FaltaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não Falta
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não Falta
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição Comum
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição ComumSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição Comum
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição Comum
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e Pecador
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e PecadorSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e Pecador
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e Pecador
Ricardo Azevedo
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - Monturo
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - MonturoEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - Monturo
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - Monturo
Ricardo Azevedo
 

Mais de Ricardo Azevedo (20)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos IssoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - InimigosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - ConflitoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição EspiritualSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a CrençaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoramSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
 
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de RetornoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - EspinhosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
 
Sintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Sintonia - Escolha, Pensamento e ElevaçãoSintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Sintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 125 - Separação
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 125 - SeparaçãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 125 - Separação
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 125 - Separação
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não Falta
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não FaltaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não Falta
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não Falta
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição Comum
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição ComumSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição Comum
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição Comum
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e Pecador
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e PecadorSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e Pecador
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e Pecador
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - Monturo
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - MonturoEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - Monturo
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - Monturo
 

Último

O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (16)

O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 

Desapego - Liberdade para Evoluir

  • 3. Exercício do Desapego 1) Pare por um minuto e pense nas 3 (três) coisas mais importantes da sua vida. TRABALHO FILHOS P A I S A M I G O SCENTRO ESPÍRITA CARREIRA C A R R O PRAIA SAÚDE P O L Í T I C A CONHECIMENTO C A S A CELULAR S Í T I O TIME DE FUTEBOL ROUPAS MÓVEIS C I D A D E DINHEIRO H E R A N Ç A FAMÍLIA ÍDOLO TELEVISÃO JÓIAS INTELIGÊNCIA R E L I G I Ã O SOGROS FACULDADE CARGO CHUPETA URSINHO DE PELÚCIA G A T O CORPO FÍSICO ESPÍRITO CACHORRO PERIQUITO POPULARIDADEF É R I A S BIBLIA N O I V O NAMORADO PÁTRIA
  • 4. Exercício do Desapego 2) Imagine que cada item que você escolheu é um balão de ar que você segura pela linha. 1) Solte um dos três balões e fique somente com os 2 (dois) mais importantes. 2) Solte mais um e fique segurando somente o que é mais importante para você! 3) Muito bem, agora se sua escolha foi por coisas, lugares, outras pessoas ou acontecimentos, solte também o balão que restou... 4) Confie em Deus e solte o último balão, entregando-o ao Universo e guardando somente no
  • 5. Por que desapegar? A mente apegada a fatos, acontecimentos e pessoas é incapaz de perceber a sua essência. Aquele que está agarrado ao “ego” está vazio do “sagrado”; aquele que se liberta do “ego” descobre que sempre esteve repleto do “sagrado”. Hammed, Livro Prazeres da Alma
  • 6. Mas apego não é uma consequência do Amor? Não interprete apego como amor. Amor enaltece. Apego humilha. Amor acalma. Apego aflige. Amor espera. Apego impõe. Amor liberta. Apego oprime. Amor edifica. Apego rebaixa. Amor convive. Apego controla.
  • 7. Mas apego não é uma consequência do Amor? Amor escuta. Apego ignora. Amor pacífica. Apego inquieta. Amor renuncia. Apego ordena. Amor encoraja. Apego intimida. Amor valoriza. Apego deprecia. Amor esclarece. Apego confunde. Amor se dedica. Apego se serve. O evangelho é escola de Amor e se você tem a intenção de seguir Jesus é melhor que abandone o Apego e aprenda a Amar. Livro Vivendo o Evangelho – Espírito André Luiz
  • 8. Resumindo... Precisamos desapegar para conhecer a nós mesmos! “Conhece-te a ti mesmo” (Sócrates) “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João capítulo 8, versículo 32) DESAPEGO → AUTO-CONHECIMENTO → LIBERDADE!
  • 9.
  • 10. Grilhões Mentais O desapego nos leva a desenvolver um amplo senso de liberdade e confiança em nós mesmos. Nosso calabouço reside em nossos mais íntimos atos e atitudes. Prendemo-nos nos grilhões de nossa própria criação mental, e fazemos o mesmo com aqueles que amamos. Hammed, Livro Prazeres da Alma
  • 11. Reencarnação é Desapego? 205. Na opinião de certas pessoas, a doutrina da reencarnação parece destruir os laços de família fazendo- os remontar às existências anteriores. Questão 205, de O Livro dos Espíritos
  • 12. Reencarnação é Desapego? “Ela os estende, mas não os destrói. A parentela, estando baseada sobre as afeições anteriores, os laços que unem os membros de uma família são menos precários. Ela aumenta os deveres da fraternidade, visto que, entre os vizinhos ou entre os servidores, pode encontrar um espírito que esteve ligado a vós pelos laços consanguíneos”
  • 13. Moral Estranha? “Todo aquele que tiver deixado, por meu nome, sua casa, ou seus irmãos, ou seu pai, ou sua mulher, ou seus filhos, ou suas terras receberá o cêntuplo, e terá por herança a vida Eterna” (São Mateus, cap XIX, v. 29). Um outro lhe disse: “Senhor, eu vos seguirei, mas permiti-me dispor antes do que tenho em minha casa. Jesus lhe respondeu: Todo aquele que tendo a mão na charrua, olha para trás, não está apto para o reino de Deus.” (São Lucas, cap IX, v. 61, 62).
  • 15. "Aquele que tem olhos de ver que veja, aqueles que tem ouvidos de ouvir que ouça"
  • 16. Exercício de Desapego II (Fictício) O Planeta Terra precisa evoluir rapidamente de um Mundo de Provas e Expiações para um Mundo de Regeneração. Para isto a espiritualidade maior criou um plano para acelerar este processo: - 1 milhão de crianças e jovens encarnados irão voltar à pátria espiritual e serão capacitados no Evangelho de Jesus durante os próximos 50 anos para depois reencarnarem novamente. - Esta passagem equivalerá para eles ao aprendizado de 5 encarnações consecutivas na Terra. Quem aqui quer alistar os seus entes queridos primeiro!?!?
  • 17. Os pais são arcos e os filhos são flechas Gibran Khalil Gibran – Poeta Libanês – 1883 a 1931
  • 18. Os pais são arcos e os filhos são flechas Vossos filhos não são vossos filhos. São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma. Vêm através de vós, mas não de vós. E embora vivam convosco, não vos pertencem. Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos. Porque eles têm seus próprios pensamentos. Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas. Pois suas almas moram na mansão do amanhã. Que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
  • 19. Os pais são arcos e os filhos são flechas Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis fazê-los como vós, Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados. Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas. O arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a sua força Para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe. Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa alegria: pois assim como ele ama a flecha que voa, ama também o arco que permanece estável.
  • 20. A Borboleta no Casulo Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo; um homem sentou e observou a borboleta por várias horas, conforme ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco. Então pareceu que ela havia parado de fazer qualquer progresso. Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguia ir mais. Então o homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas seu corpo estava murcho e era pequeno e tinha as asas amassadas.
  • 21. A Borboleta no Casulo O homem continuou a observar a borboleta porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo que iria se afirmar a tempo. Nada aconteceu! Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar. O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendia, era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura era o modo com que a natureza fazia com que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de modo que ela estaria pronta para voar uma vez que estivesse livre do casulo.
  • 22. A Borboleta no Casulo Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vida. Se passássemos esta nossa vida sem quaisquer obstáculos, nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido. Eu quis Força... e recebi Dificuldades para me fazer forte. Eu quis Sabedoria... e recebi Problemas para resolver. Eu quis Prosperidade... e recebi Cérebro e Músculos para trabalhar. Eu quis Coragem... e recebi Perigo para superar. Eu quis Amor... e recebi Pessoas com Problemas para ajudar. Eu quis Favores... e recebi Oportunidades. Eu não tive nada do que quis ... Mas eu recebi tudo de que precisava.
  • 23. Enquanto isto, no Centro Espírita... 1) O que eles estão fazendo na minha casa?Vou tirar eles daqui! Eu construí esta casa...
  • 24. Enquanto isto, no Centro Espírita... 2) O que este cara está fazendo na minha cama? 1) Ele roubou a minha herança, mas vai ter que me pagar nem que seja morto! 2) Ela é a minha filha e não deles. Eu preciso cuidar dela! 3) Eles nunca vão achar o dinheiro que escondi na parede... 4) Vou ficar aqui até o Juízo Final. Meu corpo vai reviver. 5) Vamos meu irmão é hora de continuar evoluindo.Tenho que vigiar o meu tesouro, pois está cheio de ladrões aqui.
  • 25. Enquanto isto, alguém encarnado... 1) Ele era tudo para mim! Não pode ir embora assim e me deixar sozinha...
  • 26. Enquanto isto alguém encarnado... 2) Durante 20 anos minha vida foi só trabalhar! Como puderem me demitir? 1) Por quê meu filho foi arrancado de mim dessa forma? Por quê? 2) Eu ajudei a fundar esta Casa Espírita. Por que eu tenho que sair daqui? 3) Ela é minha filha e eu decido onde ele vai fazer faculdade ou namorar! 4) Não posso, vou cuidar do carro no final de semana... 5) Doar... Mas gosto tanto dessa camiseta! 6) Perdi tudo! É hora de recomeçar!
  • 27. Será que Obsessão tem algo a ver com Apego?
  • 28. Se Acabou! É hora de dizer Adeus!
  • 29. Fim de um ciclo: Nosso novo “eu” Não eliminamos nada do que fomos um dia, transformamos para melhor. Ao invés de ser contra o que fomos, precisamos aprender uma relação pacífica de aceitação sem conformismo a fim de fazer do “homem velho” um grande aliado no aperfeiçoamento. Livro Reforma Íntima Sem Martírio -Wanderley S. de Oliveira Pelo espírito de Ermance Dufaux Respeitar o Homem Velho. Abrir espaço para o Homem Novo
  • 30. Enquanto isto em uma Sociedade Consumista... Imagina! Claro que nós mudamos para melhor.... Compre uma roupa nova, mude a cor do cabelo, pinte a casa, compre o novo modelo de celular e seja feliz! “Nós não nos contentamos em vivenciar algo; queremos possuir esse algo, retê-lo, conservá-lo em formol para que se mantenha “para sempre” tal e qual era no início” RevistaVida Simples – Capa: Acabou. Saiba Dizer Adeus
  • 31. O Maior dos Bloqueios Do que você tem medo? De não conseguir ter sucesso no meu trabalho. E depois, do que você teria medo? De perder o meu emprego. E depois, do que você teria medo? De perder a minha casa. E depois, do que você teria medo? De não encontrar outro trabalho. E depois, do que você teria medo? De não conseguir cuidar da minha família.
  • 32. O Maior dos Bloqueios E depois, do que você teria medo? De ficar sozinho. E depois, do que você teria medo? De não poder cuidar de mim mesmo. E depois, do que você teria medo? De terminar nas ruas. E depois, do que você teria medo? De morrer de frio ou de fome. Fonte: Metanoia – www.metanoia.net
  • 33. Qual o remédio para o medo: Desapego!
  • 34. O Evangelho de Jesus é Libertação “Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. Pois aquele que quiser a sua vida, vai perdê-la, mas o que perder a sua vida por causa de mim, vai encontrá-la. De fato, que aproveitará ao homem se ganhar o mundo inteiro e arruinar a sua vida?” Mateus 16:24 a 26
  • 35. O Evangelho de Jesus é Libertação Quem somente preserva a vida, vai perdê-la; Quem a perder, de fato se salvará.
  • 36. Metáfora Budista Segure firmemente um objeto em suas mãos, alongue os braços à sua frente com a palma da mão para baixo e relaxe os seus dedos: você perderá o que carrega. Contudo, se mantiver a palma da mão para cima, mesmo afrouxando os dedos, o objeto ainda estará ali. O segredo é conservar o que se tem com desapego ou, então, soltar de vez o que não tem mais valor. Fonte: Revista Vida Simples – Acabou! Saiba Dizer Adeus
  • 37. Amar é Libertar! “Amar é ter um pássaro pousado no dedo. Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, a qualquer momento, ele pode voar.” Rubem Alves
  • 38.
  • 39. “... Quis nunca te ganhar Tanto que forjei Asas nos teus pés Ondas pra levar Deixo desvendar Todos os mistérios Sei, tanto te soltei Que você me quis Em todo lugar Lia em cada olhar Quanta intenção Que eu vivia preso” …. Música – Condicional – Los Hermanos A mágica acontece! Até parece contraditório, pois quanto mais deixamos livres, mais o amor verdadeiro aumenta
  • 40. Toda dependência emocional é prejudicial! A melhor sensação é a de Liberdade! Dependência versus Liberdade
  • 41. Nada é nosso de fato! Somos apenas fiéis depositários de Deus... “Não acumuleis tesouros na Terra, onde a ferrugem e os vermes os comem e onde os ladrões os desenterram e roubam; - acumulai tesouros no céu, onde nem a ferrugem, nem os vermes os comem; - porquanto, onde está o vosso tesouro aí está também o vosso coração?” Cap XXV – Buscai e achareis
  • 42. No final, a luta é sempre nós conosco mesmos
  • 43. Apego – Conhecereis aVerdade A espiritualização leva a verdade. Todo apego excessivo escraviza e, em consequência, tolhe o movimento do ser. Então, não te apegues excessivamente às coisas ou pessoas. O equilíbrio é veículo de libertação! Amar com equilíbrio é respeitar a liberdade do outro. E ofertar a si próprio a sensação de amplidão que o amor bem sentido gera na alma.
  • 44. Apego – Conhecereis aVerdade Não criemos correntes que impeçam os voos do espírito. Nenhum sentimento existe para nos aferrar em masmorras de inquietação. Nenhum objeto deve tornar-se instrumento de angústia pelo medo da perda. Desapega-te para possuíres a liberdade! Desvencilha-te dos novelos e visgos que te encastelam em climas que fragilizam o coração...
  • 45. Apego – Conhecereis aVerdade Não detemos nada em verdade. E quando livres em espírito, somos possuidores de tudo. Herdeiros do Pai, tudo aguarda-nos para objetivos superiores. E quase sempre o que atormenta o homem na terra, nada representa ante as maravilhas do universo.
  • 46. Apego – Conhecereis aVerdade Desapega-te para conquistar-se. Conquista a ti mesmo para seres livre! Quem é livre, libera os outros, os sonhos, a própria vida. Quem é livre é responsável. Ser responsável é ser senhor de si. Quem se governa, se equilibra. Quem se equilibra, se liberta. Fonte: Livro Ajuda-te e o Céu te Ajudará – Espirito Marta
  • 47. A Pergunta que fica... O que eu preciso abrir mão e o que eu preciso deixar livre para evoluir?
  • 48. Referências  O Evangelho Segundo o Espiritísmo – Allan Kardec  O Livro dos Espíritos – Allan Kardec  Livro Ajuda-te e o Céu te Ajudará – Espirito Marta  Livro Vivendo o Evangelho – Espírito André Luiz  O Maior dos bloqueios - Metanoia – www.metanoia.net  Livro Reforma Íntima Sem Martírio - Wanderley S. de Oliveira Pelo espírito de Ermance Dufaux  http://www.maisbelashistoriasbudistas.com  Redação do Momento Espírita, com base em texto de autoria de Silvana Duboc, disponível no site www.silvanaduboc.us  Revista Vida Simples – Capa: Acabou. Saiba Dizer Adeus