SlideShare uma empresa Scribd logo
Tânia Paupitz
É a capacidade de compreender as causas e os motivos
dos nossos conflitos, para então com serenidade, resolver da
melhor maneira possível a nova situação.
Ser PACIENTE é ser educado, humanizado e saber agir
com calma e com tolerância.
PACIÊNCIA É UM ESTADO DE ALMA EM QUE A CRIATURA NÃO É
ATINGIDA PELAS INQUIETAÇÕES OU IRRITABILIDADES, VISTO
QUE SE LIBERTOU DO DESASSOSSEGO E DA AGITAÇÃO DO EGO
O EXERCÍCIO DA PACIÊNCIA
REQUER:
SABER OUVIR TER PERSISTÊNCIA
CONFIAR SABER ESPERAR ELEVAR NOSSO PENSAMENTO
CENAS CORRIQUEIRAS DA IMPACIÊNCIA
IRRITAÇÃO
AGRESSIVIDADE IMPACIÊNCIA
NERVOSISMO
DESCONTROLE
EMOCIONAL
INCAPACIDADE DE SUPORTAR ALGO OU ALGUEM,
DE SABER ESPERAR, PRESSA, SOFREGUIDAO ,
DESESPERO. SERÁ QUE A PACIENCIA SURGE DE
UMA HORA PARA OUTRA ?
MANTER OS PENSAMENTOS POSITIVOS NOS AJUDA A TER MAIS PACIÊNCIA!MANTER OS PENSAMENTOS POSITIVOS NOS AJUDA A TER MAIS PACIÊNCIA!
  Para ter paciência, precisamos aprender a controlar nossos
pensamentos e ações. Observe mais sua mente, tenha vigilância
sobre seus pensamentos. Escolha ser feliz, compreendendo os
mecanismos da mente, e escolhendo pensamentos positivos e
elevados. SOMOS O QUE PENSAMOS ! ORAI E VIGIAI !
SEM PACIÊNCIA ? RESPIRE FUNDO E FOQUE PENSAMENTOS POSITIVOS
OS DOIS TESTES MAIS DUROS NO CAMINHO ESPIRITUAL:
PACIÊNCIA PARA ESPERAR O MOMENTO CERTO E A CORAGEM DE NÃO NOS
DECEPCIONAR COM O QUE ENCONTRAMOS.
FORMAS DE EXERCITAR NOSSA  PACIÊNCIA
FAMÍLI
A
AMIGOS
TRÂNSITO FILAS
ESCOLA
TRABALH
O
O QUE PRECISAMOS FAZER PARA SERMOS MAIS PACIENTES ?
AUTOCONHECIMENTO
REFORMA INTIMA
DOMINAR OS PROPRIOS
IMPULSOS
TOLERÂNCIA COM OS
DEFEITOS ALHEIOS
ESFORÇO E
PERSISTÊNCIA
DISCIPLINA
SABEDORIA E
COMPREENSÃO
A SUA IRRITAÇÃO NÃO SOLUCIONARÁ PROBLEMA ALGUM..
A PACIENCIA
OS SEUS DESAPONTAMENTOS NÃO FAZEM O TRABALHO QUE SÓ O
TEMPO CONSEGUIRÁ REALIZAR...
A PACIENCIA
A PACIENCIA
A PACIENCIA
A PACIENCIA
A PACIENCIA
A PACIENCIA
“Não podemos voltar atrás e fazer um novo começo,
mas podemos começar de novo e fazer um novo fim”
CHICO XAVIER (Emmanuel)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
igmateus
 
Orgulho e humildade
Orgulho e humildadeOrgulho e humildade
Orgulho e humildade
Fatoze
 
A fé transporta montanhas cap 19 ese
A fé transporta montanhas cap 19 eseA fé transporta montanhas cap 19 ese
A fé transporta montanhas cap 19 ese
ctollin
 
A felicidade na visão espírita
A felicidade na visão espírita A felicidade na visão espírita
A felicidade na visão espírita
grupodepaisceb
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Divulgador do Espiritismo
 
Finalidade Da EncarnaçãO
Finalidade Da EncarnaçãOFinalidade Da EncarnaçãO
Finalidade Da EncarnaçãO
Grupo Espírita Cristão
 
ÓDIO na visão Espírita
ÓDIO na visão EspíritaÓDIO na visão Espírita
ÓDIO na visão Espírita
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Palestra 18 o evangelho segundo o espiritismo
Palestra 18 o evangelho segundo o espiritismoPalestra 18 o evangelho segundo o espiritismo
Palestra 18 o evangelho segundo o espiritismo
Jose Ferreira Almeida
 
Evangeliza - O dever
Evangeliza - O deverEvangeliza - O dever
Evangeliza - O dever
Antonino Silva
 
Conflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
Conflitos Existenciais e Maturidade do EspíritoConflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
Conflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
igmateus
 
A dor na nossa evolução
A dor na nossa evoluçãoA dor na nossa evolução
A dor na nossa evolução
Izabel Cristina Fonseca
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
Marilice Passos
 
O cristo consolador
O cristo consoladorO cristo consolador
O cristo consolador
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
Clair Bianchini
 
Evangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vista
Evangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vistaEvangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vista
Evangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vista
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
Esperança (Palestra Espirita)
Esperança (Palestra Espirita)Esperança (Palestra Espirita)
Esperança (Palestra Espirita)
Marcos Antônio Alves
 
A lei de igualdade
A lei de igualdadeA lei de igualdade
A lei de igualdade
Leonardo Pereira
 
A vida futura
A vida futuraA vida futura
A vida futura
Marcos Accioly
 
Nao Julgues Compreenda
Nao Julgues CompreendaNao Julgues Compreenda
Nao Julgues Compreenda
Graça Maciel
 
A fé transporta montanhas
A fé transporta montanhasA fé transporta montanhas
A fé transporta montanhas
elanojose
 

Mais procurados (20)

Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
 
Orgulho e humildade
Orgulho e humildadeOrgulho e humildade
Orgulho e humildade
 
A fé transporta montanhas cap 19 ese
A fé transporta montanhas cap 19 eseA fé transporta montanhas cap 19 ese
A fé transporta montanhas cap 19 ese
 
A felicidade na visão espírita
A felicidade na visão espírita A felicidade na visão espírita
A felicidade na visão espírita
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
 
Finalidade Da EncarnaçãO
Finalidade Da EncarnaçãOFinalidade Da EncarnaçãO
Finalidade Da EncarnaçãO
 
ÓDIO na visão Espírita
ÓDIO na visão EspíritaÓDIO na visão Espírita
ÓDIO na visão Espírita
 
Palestra 18 o evangelho segundo o espiritismo
Palestra 18 o evangelho segundo o espiritismoPalestra 18 o evangelho segundo o espiritismo
Palestra 18 o evangelho segundo o espiritismo
 
Evangeliza - O dever
Evangeliza - O deverEvangeliza - O dever
Evangeliza - O dever
 
Conflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
Conflitos Existenciais e Maturidade do EspíritoConflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
Conflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
 
A dor na nossa evolução
A dor na nossa evoluçãoA dor na nossa evolução
A dor na nossa evolução
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
 
O cristo consolador
O cristo consoladorO cristo consolador
O cristo consolador
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
 
Evangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vista
Evangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vistaEvangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vista
Evangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vista
 
Esperança (Palestra Espirita)
Esperança (Palestra Espirita)Esperança (Palestra Espirita)
Esperança (Palestra Espirita)
 
A lei de igualdade
A lei de igualdadeA lei de igualdade
A lei de igualdade
 
A vida futura
A vida futuraA vida futura
A vida futura
 
Nao Julgues Compreenda
Nao Julgues CompreendaNao Julgues Compreenda
Nao Julgues Compreenda
 
A fé transporta montanhas
A fé transporta montanhasA fé transporta montanhas
A fé transporta montanhas
 

Destaque

Paciencia
PacienciaPaciencia
Paciencia
Power Point
 
134237842 palestra-espirita-a-paciencia
134237842 palestra-espirita-a-paciencia134237842 palestra-espirita-a-paciencia
134237842 palestra-espirita-a-paciencia
Anne Clea Lima
 
Paciencia Em Ti
Paciencia Em TiPaciencia Em Ti
Paciencia Em Ti
Luise .
 
A Paciência por Rosane Strazas Heinkin
A Paciência por Rosane Strazas HeinkinA Paciência por Rosane Strazas Heinkin
A Paciência por Rosane Strazas Heinkin
Jorge Purgly
 
Es 05 Paciencia
Es 05 PacienciaEs 05 Paciencia
Es 05 Paciencia
chucho1943
 
Cultivando a paciência
Cultivando a paciênciaCultivando a paciência
Cultivando a paciência
Carlos Steigleder
 
Tiago 5
Tiago 5Tiago 5
Coragem da fé
Coragem da féCoragem da fé
Coragem da fé
Luciane Belchior
 
Es 09 Mansedumbre
Es 09 MansedumbreEs 09 Mansedumbre
Es 09 Mansedumbre
chucho1943
 
Um grito de cólera
Um grito de cóleraUm grito de cólera
Um grito de cólera
Helio Cruz
 
O cisco e a trave no olho
O cisco e a trave no olhoO cisco e a trave no olho
O cisco e a trave no olho
Luciane Belchior
 
Para refletir
Para refletirPara refletir
Para refletir
Luciane Belchior
 
Tenha paz
Tenha  pazTenha  paz
Tenha paz
Clea Alves
 
Gratidão - Wilma Badan
Gratidão - Wilma BadanGratidão - Wilma Badan
Gratidão - Wilma Badan
Wilma Badan C.G.
 
Amai-vos e Instrui-vos - Palestra Mauro Santos
Amai-vos e Instrui-vos - Palestra Mauro SantosAmai-vos e Instrui-vos - Palestra Mauro Santos
Amai-vos e Instrui-vos - Palestra Mauro Santos
Mauro Santos
 
Consolador prometido
Consolador prometidoConsolador prometido
Consolador prometido
Luciane Belchior
 
Educacao.ppt
Educacao.pptEducacao.ppt
Educacao.ppt
alisandraraymundo
 
A afabilidade e a Doçura
A afabilidade e a DoçuraA afabilidade e a Doçura
A afabilidade e a Doçura
igmateus
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Divulgador do Espiritismo
 
Paraiso, inferno
Paraiso, infernoParaiso, inferno
Paraiso, inferno
Izabel Cristina Fonseca
 

Destaque (20)

Paciencia
PacienciaPaciencia
Paciencia
 
134237842 palestra-espirita-a-paciencia
134237842 palestra-espirita-a-paciencia134237842 palestra-espirita-a-paciencia
134237842 palestra-espirita-a-paciencia
 
Paciencia Em Ti
Paciencia Em TiPaciencia Em Ti
Paciencia Em Ti
 
A Paciência por Rosane Strazas Heinkin
A Paciência por Rosane Strazas HeinkinA Paciência por Rosane Strazas Heinkin
A Paciência por Rosane Strazas Heinkin
 
Es 05 Paciencia
Es 05 PacienciaEs 05 Paciencia
Es 05 Paciencia
 
Cultivando a paciência
Cultivando a paciênciaCultivando a paciência
Cultivando a paciência
 
Tiago 5
Tiago 5Tiago 5
Tiago 5
 
Coragem da fé
Coragem da féCoragem da fé
Coragem da fé
 
Es 09 Mansedumbre
Es 09 MansedumbreEs 09 Mansedumbre
Es 09 Mansedumbre
 
Um grito de cólera
Um grito de cóleraUm grito de cólera
Um grito de cólera
 
O cisco e a trave no olho
O cisco e a trave no olhoO cisco e a trave no olho
O cisco e a trave no olho
 
Para refletir
Para refletirPara refletir
Para refletir
 
Tenha paz
Tenha  pazTenha  paz
Tenha paz
 
Gratidão - Wilma Badan
Gratidão - Wilma BadanGratidão - Wilma Badan
Gratidão - Wilma Badan
 
Amai-vos e Instrui-vos - Palestra Mauro Santos
Amai-vos e Instrui-vos - Palestra Mauro SantosAmai-vos e Instrui-vos - Palestra Mauro Santos
Amai-vos e Instrui-vos - Palestra Mauro Santos
 
Consolador prometido
Consolador prometidoConsolador prometido
Consolador prometido
 
Educacao.ppt
Educacao.pptEducacao.ppt
Educacao.ppt
 
A afabilidade e a Doçura
A afabilidade e a DoçuraA afabilidade e a Doçura
A afabilidade e a Doçura
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
 
Paraiso, inferno
Paraiso, infernoParaiso, inferno
Paraiso, inferno
 

Semelhante a A PACIENCIA

A cura pelo pensamento luiz antonio gasparetto
A cura pelo pensamento   luiz antonio gasparettoA cura pelo pensamento   luiz antonio gasparetto
A cura pelo pensamento luiz antonio gasparetto
Carlos Eduardo Imóveis
 
AUTOCONHECER-SE ATRAVÉS DA DOR
AUTOCONHECER-SE ATRAVÉS DA DORAUTOCONHECER-SE ATRAVÉS DA DOR
AUTOCONHECER-SE ATRAVÉS DA DOR
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
Leonardo Pereira
 
2013-03-17-Palestra-Bem Aventurados os Misericordiosos-Rosana De Rosa
2013-03-17-Palestra-Bem Aventurados os Misericordiosos-Rosana De Rosa2013-03-17-Palestra-Bem Aventurados os Misericordiosos-Rosana De Rosa
2013-03-17-Palestra-Bem Aventurados os Misericordiosos-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Raiva
RaivaRaiva
Raiva
Ieda Perez
 
Simpatia
SimpatiaSimpatia
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira). Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Leonardo Pereira
 
Cansaço e Desânimo
Cansaço e DesânimoCansaço e Desânimo
Cansaço e Desânimo
Instituto Espírita de Educação
 
Preparando para seu dia em paz
Preparando para seu dia em pazPreparando para seu dia em paz
Preparando para seu dia em paz
Dr. Walter Cury
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 65 - Tenhamos Paz
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 65 - Tenhamos PazSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 65 - Tenhamos Paz
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 65 - Tenhamos Paz
Ricardo Azevedo
 
Palestra Sobre Ansiedade, Medo E Panico
Palestra Sobre Ansiedade, Medo E PanicoPalestra Sobre Ansiedade, Medo E Panico
Palestra Sobre Ansiedade, Medo E Panico
guestaa6f1b
 
Palestra Sobre Ansiedade, Medo E Panico
Palestra Sobre Ansiedade, Medo E PanicoPalestra Sobre Ansiedade, Medo E Panico
Palestra Sobre Ansiedade, Medo E Panico
guestaa6f1b
 
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhorConhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Adão Salles
 
Juventude e emoção
Juventude e emoçãoJuventude e emoção
Juventude e emoção
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Tenha paz
Tenha  pazTenha  paz
Tenha paz
Clea Alves
 
O ser consciente-joanna de ângelis (1)
O ser consciente-joanna de ângelis (1)O ser consciente-joanna de ângelis (1)
O ser consciente-joanna de ângelis (1)
Daniel Machado
 
DEPRESSÃO E ESPIRITUALIDADE
DEPRESSÃO E ESPIRITUALIDADEDEPRESSÃO E ESPIRITUALIDADE
DEPRESSÃO E ESPIRITUALIDADE
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Joana de angelis o ser consciente
Joana de angelis   o ser conscienteJoana de angelis   o ser consciente
Joana de angelis o ser consciente
havatar
 
A Construção da Paz Interior
A Construção da Paz InteriorA Construção da Paz Interior
A Construção da Paz Interior
Anderson Santos
 
08 examinando a obsessao perante obsidiados
08   examinando a obsessao perante obsidiados08   examinando a obsessao perante obsidiados
08 examinando a obsessao perante obsidiados
GEOMPM FEEB
 

Semelhante a A PACIENCIA (20)

A cura pelo pensamento luiz antonio gasparetto
A cura pelo pensamento   luiz antonio gasparettoA cura pelo pensamento   luiz antonio gasparetto
A cura pelo pensamento luiz antonio gasparetto
 
AUTOCONHECER-SE ATRAVÉS DA DOR
AUTOCONHECER-SE ATRAVÉS DA DORAUTOCONHECER-SE ATRAVÉS DA DOR
AUTOCONHECER-SE ATRAVÉS DA DOR
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
 
2013-03-17-Palestra-Bem Aventurados os Misericordiosos-Rosana De Rosa
2013-03-17-Palestra-Bem Aventurados os Misericordiosos-Rosana De Rosa2013-03-17-Palestra-Bem Aventurados os Misericordiosos-Rosana De Rosa
2013-03-17-Palestra-Bem Aventurados os Misericordiosos-Rosana De Rosa
 
Raiva
RaivaRaiva
Raiva
 
Simpatia
SimpatiaSimpatia
Simpatia
 
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira). Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
Conflitos existenciais e o atendimento no centro espírita(Leonardo Pereira).
 
Cansaço e Desânimo
Cansaço e DesânimoCansaço e Desânimo
Cansaço e Desânimo
 
Preparando para seu dia em paz
Preparando para seu dia em pazPreparando para seu dia em paz
Preparando para seu dia em paz
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 65 - Tenhamos Paz
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 65 - Tenhamos PazSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 65 - Tenhamos Paz
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 65 - Tenhamos Paz
 
Palestra Sobre Ansiedade, Medo E Panico
Palestra Sobre Ansiedade, Medo E PanicoPalestra Sobre Ansiedade, Medo E Panico
Palestra Sobre Ansiedade, Medo E Panico
 
Palestra Sobre Ansiedade, Medo E Panico
Palestra Sobre Ansiedade, Medo E PanicoPalestra Sobre Ansiedade, Medo E Panico
Palestra Sobre Ansiedade, Medo E Panico
 
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhorConhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
 
Juventude e emoção
Juventude e emoçãoJuventude e emoção
Juventude e emoção
 
Tenha paz
Tenha  pazTenha  paz
Tenha paz
 
O ser consciente-joanna de ângelis (1)
O ser consciente-joanna de ângelis (1)O ser consciente-joanna de ângelis (1)
O ser consciente-joanna de ângelis (1)
 
DEPRESSÃO E ESPIRITUALIDADE
DEPRESSÃO E ESPIRITUALIDADEDEPRESSÃO E ESPIRITUALIDADE
DEPRESSÃO E ESPIRITUALIDADE
 
Joana de angelis o ser consciente
Joana de angelis   o ser conscienteJoana de angelis   o ser consciente
Joana de angelis o ser consciente
 
A Construção da Paz Interior
A Construção da Paz InteriorA Construção da Paz Interior
A Construção da Paz Interior
 
08 examinando a obsessao perante obsidiados
08   examinando a obsessao perante obsidiados08   examinando a obsessao perante obsidiados
08 examinando a obsessao perante obsidiados
 

Mais de ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ

VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS NA VISÃO ESPÍRITA
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS  NA VISÃO ESPÍRITAVICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS  NA VISÃO ESPÍRITA
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS NA VISÃO ESPÍRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICASDOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
AS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMAAS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdfAUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docxA PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITASONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docxIMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
DROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITADROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
 BUDA  - HERMANN HESSE.pptx BUDA  - HERMANN HESSE.pptx
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃOO FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docxNOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO . PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMADEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptxNIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptxREFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADEAUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um  uma pedra preciosa adormecida. Somos como um  uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
REFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIORREFORMA INTERIOR

Mais de ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ (20)

VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS NA VISÃO ESPÍRITA
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS  NA VISÃO ESPÍRITAVICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS  NA VISÃO ESPÍRITA
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS NA VISÃO ESPÍRITA
 
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
 
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICASDOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
 
AS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMAAS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMA
 
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdfAUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
 
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docxA PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
 
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITASONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
 
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docxIMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
 
DROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITADROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITA
 
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
 BUDA  - HERMANN HESSE.pptx BUDA  - HERMANN HESSE.pptx
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
 
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃOO FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
 
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docxNOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
 
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO . PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
 
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMADEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
 
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
 
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptxNIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
 
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptxREFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
 
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADEAUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
 
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um  uma pedra preciosa adormecida. Somos como um  uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
 
REFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIORREFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIOR
 

Último

9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 

Último (14)

9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 

A PACIENCIA

  • 2. É a capacidade de compreender as causas e os motivos dos nossos conflitos, para então com serenidade, resolver da melhor maneira possível a nova situação. Ser PACIENTE é ser educado, humanizado e saber agir com calma e com tolerância. PACIÊNCIA É UM ESTADO DE ALMA EM QUE A CRIATURA NÃO É ATINGIDA PELAS INQUIETAÇÕES OU IRRITABILIDADES, VISTO QUE SE LIBERTOU DO DESASSOSSEGO E DA AGITAÇÃO DO EGO
  • 3. O EXERCÍCIO DA PACIÊNCIA REQUER: SABER OUVIR TER PERSISTÊNCIA CONFIAR SABER ESPERAR ELEVAR NOSSO PENSAMENTO
  • 4. CENAS CORRIQUEIRAS DA IMPACIÊNCIA IRRITAÇÃO AGRESSIVIDADE IMPACIÊNCIA NERVOSISMO DESCONTROLE EMOCIONAL
  • 5. INCAPACIDADE DE SUPORTAR ALGO OU ALGUEM, DE SABER ESPERAR, PRESSA, SOFREGUIDAO , DESESPERO. SERÁ QUE A PACIENCIA SURGE DE UMA HORA PARA OUTRA ?
  • 6. MANTER OS PENSAMENTOS POSITIVOS NOS AJUDA A TER MAIS PACIÊNCIA!MANTER OS PENSAMENTOS POSITIVOS NOS AJUDA A TER MAIS PACIÊNCIA!   Para ter paciência, precisamos aprender a controlar nossos pensamentos e ações. Observe mais sua mente, tenha vigilância sobre seus pensamentos. Escolha ser feliz, compreendendo os mecanismos da mente, e escolhendo pensamentos positivos e elevados. SOMOS O QUE PENSAMOS ! ORAI E VIGIAI ! SEM PACIÊNCIA ? RESPIRE FUNDO E FOQUE PENSAMENTOS POSITIVOS
  • 7. OS DOIS TESTES MAIS DUROS NO CAMINHO ESPIRITUAL: PACIÊNCIA PARA ESPERAR O MOMENTO CERTO E A CORAGEM DE NÃO NOS DECEPCIONAR COM O QUE ENCONTRAMOS. FORMAS DE EXERCITAR NOSSA  PACIÊNCIA FAMÍLI A AMIGOS TRÂNSITO FILAS ESCOLA TRABALH O
  • 8. O QUE PRECISAMOS FAZER PARA SERMOS MAIS PACIENTES ? AUTOCONHECIMENTO REFORMA INTIMA DOMINAR OS PROPRIOS IMPULSOS TOLERÂNCIA COM OS DEFEITOS ALHEIOS ESFORÇO E PERSISTÊNCIA DISCIPLINA SABEDORIA E COMPREENSÃO
  • 11. OS SEUS DESAPONTAMENTOS NÃO FAZEM O TRABALHO QUE SÓ O TEMPO CONSEGUIRÁ REALIZAR...
  • 18. “Não podemos voltar atrás e fazer um novo começo, mas podemos começar de novo e fazer um novo fim” CHICO XAVIER (Emmanuel)