SlideShare uma empresa Scribd logo
Diferentes Estados da Alma na Erraticidade 
Danilo Galvão 
Amor 
Trabalho 
União 
Perdão 
Transformação 
Dor moral 
Culpa 
Egoísmo 
Orgulho
• 1 – Não se turbe o vosso coração. Crede em Deus, crede 
também em mim. – Há muitas moradas na casa de meu pai. 
Se assim não fosse, eu vo-lo teria dito; pois vou preparar-vos 
o lugar. E depois que eu me for, e vos aparelhar o lugar, virei 
outra vez e tomar-vos-ei para mim, para que lá onde estiver, 
estejais vós também. (João, XIV:1-3). 
• 2 – A Casa do Pai é o Universo. As diferentes 
moradas são os mundos que circulam no espaço infinito, 
oferecendo aos Espíritos desencarnados estações 
apropriadas ao seu adiantamento. 
Arrependimento,comprometime 
nto, ação, oração.Nunca é 
tarde!O sol divino ainda brilha!
Independentemente da diversidade dos mundos, essas palavras podem 
também ser interpretadas pelo estado feliz dos Espíritos na 
erraticidade.Conforme for ele mais ou menos puro e liberto das atrações 
materiais, o meio em que estiver, o aspecto das coisas, as sensações que 
experimentar, as percepções que possuir, tudo isso varia ao infinito. Enquanto 
uns, por exemplo, não podem afastar-se do meio em que viveram, outros se 
elevam e percorrem o espaço e os mundos. 
Estudar e A este Dar! – Quem duvida , quem crê, pra onde vai?
• Enquanto certos Espíritos 
culpados erram nas trevas, os 
felizes gozam de uma luz 
resplandecente e do sublime 
espetáculo do infinito. 
Enquanto, enfim, o malvado, 
cheio de remorsos e pesares, 
freqüentemente só, sem 
consolações, separado dos 
objetos da sua afeição, geme 
sob a opressão dos sofrimentos 
morais, o justo, junto aos que 
ama, goza de uma indizível 
felicidade. Essas também são, 
portanto, diferentes moradas, 
embora não localizadas nem 
circunscritas.
Diferentes estados da alma na erraticidade - Danilo Galvão Saj BA
Diferentes estados da alma na erraticidade - Danilo Galvão Saj BA
Diferentes estados da alma na erraticidade - Danilo Galvão Saj BA
Diferentes estados da alma na erraticidade - Danilo Galvão Saj BA
Diferentes estados da alma na erraticidade - Danilo Galvão Saj BA
Diferentes estados da alma na erraticidade - Danilo Galvão Saj BA
Muito Obrigado a todos!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
Marcos Antônio Alves
 
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrerPalestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
Divulgador do Espiritismo
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Estudos do evangelho 21
Estudos do evangelho 21Estudos do evangelho 21
Estudos do evangelho 21
Leonardo Pereira
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
igmateus
 
Evangelho Segundo o Espiritismo capitulo 2 itens 1 a 8
Evangelho Segundo o Espiritismo capitulo 2 itens 1 a 8Evangelho Segundo o Espiritismo capitulo 2 itens 1 a 8
Evangelho Segundo o Espiritismo capitulo 2 itens 1 a 8
Fernando Pinto
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
igmateus
 
Causas das aflições
Causas das afliçõesCausas das aflições
Causas das aflições
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Há muitas moradas na casa de meu pai moc. casimiro cunha - 27-06-15
Há muitas moradas na casa de meu pai   moc. casimiro cunha - 27-06-15Há muitas moradas na casa de meu pai   moc. casimiro cunha - 27-06-15
Há muitas moradas na casa de meu pai moc. casimiro cunha - 27-06-15
Vilmar Vilaça
 
Há muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do paiHá muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do pai
Gianete Rocha
 
Meu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoMeu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundo
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Caracteres da perfeição
Caracteres da perfeiçãoCaracteres da perfeição
Caracteres da perfeição
home
 
Mundos Transitórios
Mundos TransitóriosMundos Transitórios
Mundos Transitórios
igmateus
 
Palestra a reencarnacao
Palestra   a reencarnacaoPalestra   a reencarnacao
Palestra a reencarnacao
Victor Passos
 
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoCapítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Jean Dias
 
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meuCapítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)
Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)
Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)
Marcos Antônio Alves
 
Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado
Izabel Cristina Fonseca
 
2.6.3 Percepções sensações e sofrimentos dos Espíritos
2.6.3   Percepções sensações e sofrimentos dos Espíritos2.6.3   Percepções sensações e sofrimentos dos Espíritos
2.6.3 Percepções sensações e sofrimentos dos Espíritos
Marta Gomes
 
Se alguém bater na face direita
Se alguém bater na face direitaSe alguém bater na face direita
Se alguém bater na face direita
Izabel Cristina Fonseca
 

Mais procurados (20)

Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
 
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrerPalestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
 
Estudos do evangelho 21
Estudos do evangelho 21Estudos do evangelho 21
Estudos do evangelho 21
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
 
Evangelho Segundo o Espiritismo capitulo 2 itens 1 a 8
Evangelho Segundo o Espiritismo capitulo 2 itens 1 a 8Evangelho Segundo o Espiritismo capitulo 2 itens 1 a 8
Evangelho Segundo o Espiritismo capitulo 2 itens 1 a 8
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
 
Causas das aflições
Causas das afliçõesCausas das aflições
Causas das aflições
 
Há muitas moradas na casa de meu pai moc. casimiro cunha - 27-06-15
Há muitas moradas na casa de meu pai   moc. casimiro cunha - 27-06-15Há muitas moradas na casa de meu pai   moc. casimiro cunha - 27-06-15
Há muitas moradas na casa de meu pai moc. casimiro cunha - 27-06-15
 
Há muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do paiHá muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do pai
 
Meu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoMeu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundo
 
Caracteres da perfeição
Caracteres da perfeiçãoCaracteres da perfeição
Caracteres da perfeição
 
Mundos Transitórios
Mundos TransitóriosMundos Transitórios
Mundos Transitórios
 
Palestra a reencarnacao
Palestra   a reencarnacaoPalestra   a reencarnacao
Palestra a reencarnacao
 
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoCapítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
 
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meuCapítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
 
Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)
Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)
Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)
 
Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado
 
2.6.3 Percepções sensações e sofrimentos dos Espíritos
2.6.3   Percepções sensações e sofrimentos dos Espíritos2.6.3   Percepções sensações e sofrimentos dos Espíritos
2.6.3 Percepções sensações e sofrimentos dos Espíritos
 
Se alguém bater na face direita
Se alguém bater na face direitaSe alguém bater na face direita
Se alguém bater na face direita
 

Semelhante a Diferentes estados da alma na erraticidade - Danilo Galvão Saj BA

ESE Cap. 3 item1 e 2
ESE Cap. 3 item1 e 2ESE Cap. 3 item1 e 2
ESE Cap. 3 item1 e 2
Patricia Farias
 
Pluralidade dos mundos habitados / Plurality of inhabited worlds
Pluralidade dos mundos habitados / Plurality of inhabited worldsPluralidade dos mundos habitados / Plurality of inhabited worlds
Pluralidade dos mundos habitados / Plurality of inhabited worlds
Marcelo Bomfim de Aguiar
 
Mundos regeneradores
Mundos regeneradoresMundos regeneradores
Mundos regeneradores
Andreia Quesada
 
Há muitas moradas na casa de meu pai
Há muitas moradas na casa de meu paiHá muitas moradas na casa de meu pai
Há muitas moradas na casa de meu pai
Ana Karina Andrade
 
Pluralidade Dos Mundos Habitados
Pluralidade Dos Mundos HabitadosPluralidade Dos Mundos Habitados
Pluralidade Dos Mundos Habitados
Fórum Espírita
 
Falando do mundo espiritual
Falando do mundo espiritualFalando do mundo espiritual
Falando do mundo espiritual
andrademarko
 
458595 634164453974405000
458595 634164453974405000458595 634164453974405000
458595 634164453974405000
KEURE SANTOS SILVA
 
Palestra pluralidade-mundos-habitados-1211296550779779-8
Palestra pluralidade-mundos-habitados-1211296550779779-8Palestra pluralidade-mundos-habitados-1211296550779779-8
Palestra pluralidade-mundos-habitados-1211296550779779-8
Lucia Andrade
 
Pluralidade mundos habitados,aula completa exercicios
Pluralidade mundos habitados,aula completa exerciciosPluralidade mundos habitados,aula completa exercicios
Pluralidade mundos habitados,aula completa exercicios
Oribes Teixeira
 
Livro dos espiritos capitulo 6
Livro dos espiritos capitulo 6Livro dos espiritos capitulo 6
Livro dos espiritos capitulo 6
hannahxa
 
2.4.2 encarnacao nos diferentes mundos
2.4.2   encarnacao nos diferentes mundos2.4.2   encarnacao nos diferentes mundos
2.4.2 encarnacao nos diferentes mundos
Marta Gomes
 
Palestra ese 03 muitas moradas 20160223 v3
Palestra ese 03   muitas moradas  20160223 v3Palestra ese 03   muitas moradas  20160223 v3
Palestra ese 03 muitas moradas 20160223 v3
Tiburcio Santos
 
A pluralidade dos mundos habitados e a transição planetária.pptx
A pluralidade dos mundos habitados e a transição planetária.pptxA pluralidade dos mundos habitados e a transição planetária.pptx
A pluralidade dos mundos habitados e a transição planetária.pptx
Simone Coelho
 
O Espírito de luz Psicografias
O Espírito de luz  Psicografias O Espírito de luz  Psicografias
O Espírito de luz Psicografias
Paulo José Valente
 
Primeiro Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
Primeiro Módulo - Aula 14 - Vida espiritualPrimeiro Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
Primeiro Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
CeiClarencio
 
Segundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
Segundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritualSegundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
Segundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
CeiClarencio
 
O espírito de luz psicografias
O espírito de luz  psicografiasO espírito de luz  psicografias
O espírito de luz psicografias
Paulo José Valente
 
LE - Questao175 e Evangelho Capitulo12:10
LE - Questao175 e Evangelho Capitulo12:10LE - Questao175 e Evangelho Capitulo12:10
LE - Questao175 e Evangelho Capitulo12:10
Patricia Farias
 
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantesTomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
Núcleo de Promoção Humana Vinha de Luz
 
HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI.pptx
HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI.pptxHÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI.pptx
HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI.pptx
Graça Crisanto
 

Semelhante a Diferentes estados da alma na erraticidade - Danilo Galvão Saj BA (20)

ESE Cap. 3 item1 e 2
ESE Cap. 3 item1 e 2ESE Cap. 3 item1 e 2
ESE Cap. 3 item1 e 2
 
Pluralidade dos mundos habitados / Plurality of inhabited worlds
Pluralidade dos mundos habitados / Plurality of inhabited worldsPluralidade dos mundos habitados / Plurality of inhabited worlds
Pluralidade dos mundos habitados / Plurality of inhabited worlds
 
Mundos regeneradores
Mundos regeneradoresMundos regeneradores
Mundos regeneradores
 
Há muitas moradas na casa de meu pai
Há muitas moradas na casa de meu paiHá muitas moradas na casa de meu pai
Há muitas moradas na casa de meu pai
 
Pluralidade Dos Mundos Habitados
Pluralidade Dos Mundos HabitadosPluralidade Dos Mundos Habitados
Pluralidade Dos Mundos Habitados
 
Falando do mundo espiritual
Falando do mundo espiritualFalando do mundo espiritual
Falando do mundo espiritual
 
458595 634164453974405000
458595 634164453974405000458595 634164453974405000
458595 634164453974405000
 
Palestra pluralidade-mundos-habitados-1211296550779779-8
Palestra pluralidade-mundos-habitados-1211296550779779-8Palestra pluralidade-mundos-habitados-1211296550779779-8
Palestra pluralidade-mundos-habitados-1211296550779779-8
 
Pluralidade mundos habitados,aula completa exercicios
Pluralidade mundos habitados,aula completa exerciciosPluralidade mundos habitados,aula completa exercicios
Pluralidade mundos habitados,aula completa exercicios
 
Livro dos espiritos capitulo 6
Livro dos espiritos capitulo 6Livro dos espiritos capitulo 6
Livro dos espiritos capitulo 6
 
2.4.2 encarnacao nos diferentes mundos
2.4.2   encarnacao nos diferentes mundos2.4.2   encarnacao nos diferentes mundos
2.4.2 encarnacao nos diferentes mundos
 
Palestra ese 03 muitas moradas 20160223 v3
Palestra ese 03   muitas moradas  20160223 v3Palestra ese 03   muitas moradas  20160223 v3
Palestra ese 03 muitas moradas 20160223 v3
 
A pluralidade dos mundos habitados e a transição planetária.pptx
A pluralidade dos mundos habitados e a transição planetária.pptxA pluralidade dos mundos habitados e a transição planetária.pptx
A pluralidade dos mundos habitados e a transição planetária.pptx
 
O Espírito de luz Psicografias
O Espírito de luz  Psicografias O Espírito de luz  Psicografias
O Espírito de luz Psicografias
 
Primeiro Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
Primeiro Módulo - Aula 14 - Vida espiritualPrimeiro Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
Primeiro Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
 
Segundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
Segundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritualSegundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
Segundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
 
O espírito de luz psicografias
O espírito de luz  psicografiasO espírito de luz  psicografias
O espírito de luz psicografias
 
LE - Questao175 e Evangelho Capitulo12:10
LE - Questao175 e Evangelho Capitulo12:10LE - Questao175 e Evangelho Capitulo12:10
LE - Questao175 e Evangelho Capitulo12:10
 
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantesTomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
 
HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI.pptx
HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI.pptxHÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI.pptx
HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI.pptx
 

Mais de Danilo Galvão

A presença do espiritismo nas comunidades virtuais - Danilo Galvão
A presença do espiritismo nas comunidades virtuais - Danilo GalvãoA presença do espiritismo nas comunidades virtuais - Danilo Galvão
A presença do espiritismo nas comunidades virtuais - Danilo Galvão
Danilo Galvão
 
Deixai vir a mim ascrianinhas
Deixai vir a mim ascrianinhas Deixai vir a mim ascrianinhas
Deixai vir a mim ascrianinhas
Danilo Galvão
 
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dorTormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Danilo Galvão
 
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Danilo Galvão
 
Reencarnação e ressurreição - Palestra proferida pelo professor e poeta Danil...
Reencarnação e ressurreição - Palestra proferida pelo professor e poeta Danil...Reencarnação e ressurreição - Palestra proferida pelo professor e poeta Danil...
Reencarnação e ressurreição - Palestra proferida pelo professor e poeta Danil...
Danilo Galvão
 
Conhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BA
Conhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BAConhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BA
Conhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BA
Danilo Galvão
 
Olhai as aves do céu - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BA
Olhai as aves do céu - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BAOlhai as aves do céu - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BA
Olhai as aves do céu - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BA
Danilo Galvão
 
A coragem da fé - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BA
A coragem da fé - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BAA coragem da fé - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BA
A coragem da fé - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BA
Danilo Galvão
 
Abandonar pais, mãe e filhos -
Abandonar pais, mãe e filhos - Abandonar pais, mãe e filhos -
Abandonar pais, mãe e filhos -
Danilo Galvão
 
Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...
Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...
Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...
Danilo Galvão
 
Auto- Conhecer-se: A chave para o bem estar
Auto- Conhecer-se: A chave para o bem estarAuto- Conhecer-se: A chave para o bem estar
Auto- Conhecer-se: A chave para o bem estar
Danilo Galvão
 
O universo segundo a visão espírita
O universo segundo a visão espíritaO universo segundo a visão espírita
O universo segundo a visão espírita
Danilo Galvão
 
Bem aventurados os mansos
Bem aventurados os mansosBem aventurados os mansos
Bem aventurados os mansos
Danilo Galvão
 

Mais de Danilo Galvão (13)

A presença do espiritismo nas comunidades virtuais - Danilo Galvão
A presença do espiritismo nas comunidades virtuais - Danilo GalvãoA presença do espiritismo nas comunidades virtuais - Danilo Galvão
A presença do espiritismo nas comunidades virtuais - Danilo Galvão
 
Deixai vir a mim ascrianinhas
Deixai vir a mim ascrianinhas Deixai vir a mim ascrianinhas
Deixai vir a mim ascrianinhas
 
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dorTormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dor
 
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
 
Reencarnação e ressurreição - Palestra proferida pelo professor e poeta Danil...
Reencarnação e ressurreição - Palestra proferida pelo professor e poeta Danil...Reencarnação e ressurreição - Palestra proferida pelo professor e poeta Danil...
Reencarnação e ressurreição - Palestra proferida pelo professor e poeta Danil...
 
Conhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BA
Conhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BAConhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BA
Conhece se uma árvore pelos frutos! Palestrante Danilo Galvão - SAJ/BA
 
Olhai as aves do céu - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BA
Olhai as aves do céu - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BAOlhai as aves do céu - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BA
Olhai as aves do céu - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BA
 
A coragem da fé - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BA
A coragem da fé - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BAA coragem da fé - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BA
A coragem da fé - Palestrante Professor Danilo Galvão - SAJ/BA
 
Abandonar pais, mãe e filhos -
Abandonar pais, mãe e filhos - Abandonar pais, mãe e filhos -
Abandonar pais, mãe e filhos -
 
Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...
Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...
Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...
 
Auto- Conhecer-se: A chave para o bem estar
Auto- Conhecer-se: A chave para o bem estarAuto- Conhecer-se: A chave para o bem estar
Auto- Conhecer-se: A chave para o bem estar
 
O universo segundo a visão espírita
O universo segundo a visão espíritaO universo segundo a visão espírita
O universo segundo a visão espírita
 
Bem aventurados os mansos
Bem aventurados os mansosBem aventurados os mansos
Bem aventurados os mansos
 

Último

15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
Sammis Reachers
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
GuilhermeCerqueira17
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
LEILANEGOUVEIA1
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
PIB Penha
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 

Último (14)

15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 

Diferentes estados da alma na erraticidade - Danilo Galvão Saj BA

  • 1. Diferentes Estados da Alma na Erraticidade Danilo Galvão Amor Trabalho União Perdão Transformação Dor moral Culpa Egoísmo Orgulho
  • 2. • 1 – Não se turbe o vosso coração. Crede em Deus, crede também em mim. – Há muitas moradas na casa de meu pai. Se assim não fosse, eu vo-lo teria dito; pois vou preparar-vos o lugar. E depois que eu me for, e vos aparelhar o lugar, virei outra vez e tomar-vos-ei para mim, para que lá onde estiver, estejais vós também. (João, XIV:1-3). • 2 – A Casa do Pai é o Universo. As diferentes moradas são os mundos que circulam no espaço infinito, oferecendo aos Espíritos desencarnados estações apropriadas ao seu adiantamento. Arrependimento,comprometime nto, ação, oração.Nunca é tarde!O sol divino ainda brilha!
  • 3. Independentemente da diversidade dos mundos, essas palavras podem também ser interpretadas pelo estado feliz dos Espíritos na erraticidade.Conforme for ele mais ou menos puro e liberto das atrações materiais, o meio em que estiver, o aspecto das coisas, as sensações que experimentar, as percepções que possuir, tudo isso varia ao infinito. Enquanto uns, por exemplo, não podem afastar-se do meio em que viveram, outros se elevam e percorrem o espaço e os mundos. Estudar e A este Dar! – Quem duvida , quem crê, pra onde vai?
  • 4. • Enquanto certos Espíritos culpados erram nas trevas, os felizes gozam de uma luz resplandecente e do sublime espetáculo do infinito. Enquanto, enfim, o malvado, cheio de remorsos e pesares, freqüentemente só, sem consolações, separado dos objetos da sua afeição, geme sob a opressão dos sofrimentos morais, o justo, junto aos que ama, goza de uma indizível felicidade. Essas também são, portanto, diferentes moradas, embora não localizadas nem circunscritas.