SlideShare uma empresa Scribd logo
Funções Orgânicas OXIGENADAS
Funções Orgânicas  Oxigenadas Conceito : São compostos de cadeias abertas, fechadas ou mistas que possuem em sua estruturas átomos de carbono ( C ), Hidrogênio ( H ) e  OXIGÊNIO (  O  ).
Principais Funções ÁLCOOIS Apresentação : São todos os compostos orgânicos que apresentam um ou mais radicais  hidroxila  (- OH) ligados à átomos de carbono  saturados . Fórmula Geral : R – OH ou ROH  Ligado no carbono que  está fazendo ligação  simples Funções Orgânicas
Aplicações dos álcoois Os álcoois mais simples são muito usados, dentre outras  coisas, como: Solventes;  Componentes de misturas "anti-freeze”;  Matéria-prima de inúmeras reações;  Combustível  Componente de bebidas (etanol)  Umectante  "Anti-freeze" - para baixar o ponto de congelamento  da água de radiadores em países frios  Fluido em breques hidráulicos  Matéria-prima de plásticos e fibras (poliésteres)  Tintas  Plastificantes  Lubrificantes  Agente adoçante  Componente de cosméticos
Colesterol – um álcool Está bem estabelecido que uma dieta rica em gorduras animais produz um aumento nos níveis de colesterol no sangue, pelo menos para pessoas de hábitos sedentários e peso acima da média. O nível de colesterol médio considerado normal é de 150 a 200 mg/100ml de sangue; valores ao redor de 300mg/100ml de sangue estão relacionados com formação de depósitos de colesterol nas paredes internas das artérias coronárias, dificultando o fluxo de sangue para o coração.
Classificação dos álcoois    De acordo com o número de hidroxilas: 1 hidroxila - monoálcool ou monol  2 hidroxilas - diálcool ou diol (também chamado glicol)  3 hidroxilas - triálcool ou triol  Várias hidroxilas - poliálcool ou poliol    Quanto à posição da hidroxila: OH em carbono primário - álcool primário  OH em carbono secundário - álcool secundário  OH em carbono terciário - álcool terciário.
Principais Funções FENÓIS Apresentação : São todos os compostos orgânicos que apresentam um ou mais radicais  hidroxila  (- OH) ligados diretamente a anel benzênico. Fórmula Geral : Ar – OH ou ArOH  (onde Ar = aromático = anel benzênico)   Funções Orgânicas
APLICAÇÕES DOS FENÓIS Os fenóis encontram diversas aplicações práticas, tais como: Desinfetantes (fenóis e cresóis)  Preparação de resinas e polímeros  Preparação do ácido pícrico, usado na preparação de explosivos  Síntese da aspirina e de outros medicamentos
Fenol - THC TCH: A substância tetra-hidro-canabinol apresenta em sua estrutura o grupo fenol. O THC é o principal componente ativo da maconha, conhecida também como  marijuana . O uso da maconha provoca uma secura acentuada da boca e produz distorções auditivas e visuais, e uma depersonalização acentuada, caracterizada pela diminuição no nível de eficiência, no desejo de trabalhar e competir, de enfrentar desafios. Assim, o principal interesse das pessoas que usam maconha passa a ser a maneira de obter a droga, podendo vir a abandonar convívio social e ignorar hábitos de hi- giene e cuidados pessoais. Experiências  controladas com a maconha, realizadas  nos EUA, verificaram que seu uso provo- ca o abandono de atividades sociais e  diminui, quase extinguindo, o desejo sexual.  Funções Orgânicas
Fenol - THC Diferentemente do álcool, o THC permanece no  sangue por aproximadamente 8 dias, podendo ser  detectado por meio de exames de sangue. Por es- se motivo, o consumo de maconha em intervalos  menores de 8 dias leva a um aumento na concen- tração de THC no sangue. Isso explica porque  uma mesma quantidade de maconha provoca efei- tos mais intensos em um usuário freqüente que  numa pessoa que nunca a tenha fumado anterior- mente, ou que o tenha feito num intervalo de tem- po maior. O uso freqüente pode causar episódios psicóticos de curta duração e ansiedade intensa, mas a maco- nha apresenta algumas aplicações legítimas na medicina: - dimi- nuição da pressão no globo ocular de pessoas com glaucoma,  evitando eventual cegueira; - diminuição de ânsia de vômito em  pacientes com câncer submetidos a tratamento por radiação. Funções Orgânicas
Principais Funções ALDEÍDOS Apresentação : São compostos orgânicos que contém o grupo  carbonila   (C = O), estando o oxigênio ligado a carbono  primário Fórmula Geral :  C = O  ou  RCHO CETONAS Apresentação : São compostos orgânicos que contém o grupo  carbonila   (  C = O), estando o oxigênio ligado a carbono  secundário Fórmula Geral : R – C – R  ou  RCOR’
APLICAÇÕES DOS ALDEÍDOS É usado como:  Desinfetante;  Como conservador de cadáveres e peças anatômicas;  Fabricação de medicamentos, plásticos e explosivos; Produtos de beleza.  Ponto de partida para a fabricação  de pesticidas, medicamentos,  inseticidas e espelhos.
Um aldeído importante: o metanal O metanal é o principal aldeído, sendo conhecido também por aldeído fórmico, formaldeído ou formol. Nas condições ambientes ele é um gás incolor extremamente irritante para as mucosas. Quando dissolvido em água, forma-se uma solução conhecida por formol ou formalina. O formol tem a propriedade de desnaturar proteínas tornando-as resistentes à decomposição por bactérias. Por essa razão, ele  é usado como fluido de embalsamamento, na conservação de espécies biológicas e também como antisséptico. Durante a defumação doméstica, as carnes são submetidas à fumaça provenientes da queima da madeira, que contém aldeído fórmico, um dos responsáveis pela conservação da carne defumada.  Atualmente o metanal é usado em escala industrial como matéria-prima para produção de muitos plásticos e resinas. Funções Orgânicas
APLICAÇÕES DAS CETONAS É usado como:  Solvente de esmaltes, graxas,  vernizes e resinas.  Extração de óleos de sementes vegetais, na fabricação de anidrido acético e medicamentos.  As cetonas são encontradas na natureza em flores e frutos, em líquidos de odor agradável. Muitas cetonas artificiais e naturais são usadas como perfumes e alimentos.  Jasmona – óleo de jasmim  Ionona – odor de violeta
A principal cetona: a propanona A propanona é a principal cetona, também conhecida por acetona. A acetona é um líquido à temperatura ambiente que apresenta um odor agradável, e é solúvel tanto em água como em solventes orgânicos; por isso, é muito utilizada como solvente de tintas, vernizes e esmaltes. Na indústria de alimentos, sua aplicação mais importante ocorre na extração de óleos e gorduras de sementes, como soja, amendoim e girassol. Sua comercialização é controlada pelo Departamento de Entorpecentes da Polícia Federal, por ser utilizada na extração da cocaína, a partir das folhas da coca. A acetona é formada em nosso organismo pela metabolização de gorduras. Sua concentração normal é menor que 1mg/100ml de sangue. Em algumas anomalias, como o diabetes, a concentração de acetona é superior ao nível normal. A acetona é excretada na urina, onde pode ser facilmente detectada.  Funções Orgânicas
Principais Funções ÉTERES Apresentação : São compostos orgânicos que têm um átomo de oxigênio  ( - O - ), ligado a dois átomos de carbono. Fórmula Geral : R – O – R’  ou  ROR’  ÁCIDOS CARBOXÍLICOS Apresentação : São compostos orgânicos que apresentam radical  carboxila ( - COOH)  O Fórmula Geral :  R – C  ou  RCOOH  OH
APLICAÇÕES DOS ÉTERES É usado como:  A aplicação desses compostos é variada, podem ser usados para fabricar seda artificial, celulóide e ainda como solvente na obtenção de gorduras, óleos e resinas. A aplicação de éteres na  medicina  é importante: é usado como anestésico e para preparar medicamentos.
Éteres – Quebra-pedra Quebra-pedra: um chá popular que contém éter. O chá de quebra-pedra é muito utilizado por sua capacidade de dissolver cálculos renais, promovendo a desobstrução do ureter. Sua ação diurética facilita a excreção de ácido úrico.  Seu principal componente é a hipofilantina. O chá é preparado colocando-se 20 à 30g da planta em 1l de água fria. Em seguida, leva-se ao fogo até ferver, deixando a mistura em ebulição por alguns minutos. A dose recomendada é de 1 a 2 xícaras ao dia, e seu uso não é recomendado durante gravidez e lactação. Funções Orgânicas
APLICAÇÕES DOS ÁC. CARBOXÍLICOS É usado como:  Tingimento de lã, curtimento de peles de animais, como conservante de sucos de frutas e na produção de desinfetante.  Na alimentação e na produção de alguns compostos orgânicos como plásticos, ésteres, acetatos de celulose e acetatos inorgânicos.
Ácido carboxílico - Ácido metanóico O ácido metanóico é um líquido incolor de cheiro irritante e bastante corrosivo, conhecido também por ácido fórmico. Historicamente, foi obtido a partir da maceração de formigas e posterior destilação. Algumas formigas contêm grandes quantidades desse ácido, que, quando injetado através da mordida, produz uma reação alérgica no tecido humano, caracterizada pela formação de edema e coceira intensa. Uma das principais aplicações do ácido fórmico é como fixador de pigmentos e corantes em tecidos, como algodão, lã e linho. Funções Orgânicas
Principais Funções  ÉSTERES Apresentação : São compostos orgânicos resultantes da reação de um álcool com um ácido carboxílico, apresentando grupo funcional (- COOR’)  O Fórmula Geral :  R – C  ou RCOOR’  O - R’  Funções Orgânicas
Ésteres - Flavorizantes Os flavorizantes são substâncias que apresentam sabor e aroma característicos, geralmente agradáveis. Devido a isso, são bastante utilizados em vários produtos alimentícios, como balas, gomas de mascas, sorvetes, bombons, gelatinas, iogurtes, bolos e etc. Você já deve ter percebido que, em alguns rótulos desses produtos, aparece a indicação flavorizante (F) seguida de um algarismo romano: F I – essências naturais F II – essências artificiais F III – extrato vegetal aromático F IV – flavorizante quimicamente definido  Funções Orgânicas
Principais Funções ANIDRIDOS Apresentação : São compostos orgânicos resultantes da desidratação de ácido s  carboxílico s. Fórmula Geral : R – C – O – C – R’  ou RCOOOCR’ O  O Funções Orgânicas
Principais Funções Reação :  O  O  R – C  R – C  OH  O  + H 2 O OH  R – C  R – C  O O EX:  Funções Orgânicas
Anidrido acético O anidrido acético é um reagente utilizado na produção da aspirina. Sua reação com celulose do algodão ou da polpa da madeira origina o Rayon, utilizado na produção de tecidos, filmes fotográficos e papel celofane. Funções Orgânicas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindro
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindroManual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindro
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindro
Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) informac
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) informacManaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) informac
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) informac
Thiago Huari
 
Manual de serviço cr125 99 freiohid
Manual de serviço cr125 99 freiohidManual de serviço cr125 99 freiohid
Manual de serviço cr125 99 freiohid
Thiago Huari
 
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 transmis
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 transmisManual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 transmis
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 transmis
Thiago Huari
 
Manual do propietário cbx200 d2203-man-0182
Manual do propietário cbx200   d2203-man-0182Manual do propietário cbx200   d2203-man-0182
Manual do propietário cbx200 d2203-man-0182
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd informac
Manual de serviço cg150 titan ks es esd informacManual de serviço cg150 titan ks es esd informac
Manual de serviço cg150 titan ks es esd informac
Thiago Huari
 
Manual de servço dream diagrama
Manual de servço dream diagramaManual de servço dream diagrama
Manual de servço dream diagrama
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994) mskch941 p inf...
Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994)   mskch941 p inf...Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994)   mskch941 p inf...
Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994) mskch941 p inf...
Thiago Huari
 
Manual de serviço xl125 s (1984) ms437841p cilindro
Manual de serviço xl125 s (1984)   ms437841p cilindroManual de serviço xl125 s (1984)   ms437841p cilindro
Manual de serviço xl125 s (1984) ms437841p cilindro
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd motor
Manual de serviço cg150 titan ks es esd motorManual de serviço cg150 titan ks es esd motor
Manual de serviço cg150 titan ks es esd motor
Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) interrup
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) interrupManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) interrup
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) interrup
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb600 f hornet defeitos
Manual de serviço cb600 f hornet defeitosManual de serviço cb600 f hornet defeitos
Manual de serviço cb600 f hornet defeitos
Thiago Huari
 
Manual de serviço xl250 r (1983) mskb7831p cilindro
Manual de serviço xl250 r (1983)   mskb7831p cilindroManual de serviço xl250 r (1983)   mskb7831p cilindro
Manual de serviço xl250 r (1983) mskb7831p cilindro
Thiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 diag...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 diag...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 diag...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 diag...
Thiago Huari
 
Base Oil
Base OilBase Oil
Base Oil
Umair Khalid
 
Todos Manuais de Serviço de Motos
Todos Manuais de Serviço de Motos Todos Manuais de Serviço de Motos
Todos Manuais de Serviço de Motos
Luiz Avelar
 
Manual de serviço cbx750 f diagrama
Manual de serviço cbx750 f diagramaManual de serviço cbx750 f diagrama
Manual de serviço cbx750 f diagrama
Thiago Huari
 
FINAL-MGLCL_LUBRICANT PRESENTATION.pptx
FINAL-MGLCL_LUBRICANT PRESENTATION.pptxFINAL-MGLCL_LUBRICANT PRESENTATION.pptx
FINAL-MGLCL_LUBRICANT PRESENTATION.pptx
EliusPathan
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) manutenc
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) manutencManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) manutenc
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) manutenc
Thiago Huari
 

Mais procurados (20)

Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindro
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindroManual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindro
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindro
 
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) informac
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) informacManaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) informac
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) informac
 
Mengenali huruf vokal
Mengenali huruf vokalMengenali huruf vokal
Mengenali huruf vokal
 
Manual de serviço cr125 99 freiohid
Manual de serviço cr125 99 freiohidManual de serviço cr125 99 freiohid
Manual de serviço cr125 99 freiohid
 
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 transmis
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 transmisManual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 transmis
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 transmis
 
Manual do propietário cbx200 d2203-man-0182
Manual do propietário cbx200   d2203-man-0182Manual do propietário cbx200   d2203-man-0182
Manual do propietário cbx200 d2203-man-0182
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd informac
Manual de serviço cg150 titan ks es esd informacManual de serviço cg150 titan ks es esd informac
Manual de serviço cg150 titan ks es esd informac
 
Manual de servço dream diagrama
Manual de servço dream diagramaManual de servço dream diagrama
Manual de servço dream diagrama
 
Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994) mskch941 p inf...
Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994)   mskch941 p inf...Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994)   mskch941 p inf...
Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994) mskch941 p inf...
 
Manual de serviço xl125 s (1984) ms437841p cilindro
Manual de serviço xl125 s (1984)   ms437841p cilindroManual de serviço xl125 s (1984)   ms437841p cilindro
Manual de serviço xl125 s (1984) ms437841p cilindro
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd motor
Manual de serviço cg150 titan ks es esd motorManual de serviço cg150 titan ks es esd motor
Manual de serviço cg150 titan ks es esd motor
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) interrup
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) interrupManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) interrup
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) interrup
 
Manual de serviço cb600 f hornet defeitos
Manual de serviço cb600 f hornet defeitosManual de serviço cb600 f hornet defeitos
Manual de serviço cb600 f hornet defeitos
 
Manual de serviço xl250 r (1983) mskb7831p cilindro
Manual de serviço xl250 r (1983)   mskb7831p cilindroManual de serviço xl250 r (1983)   mskb7831p cilindro
Manual de serviço xl250 r (1983) mskb7831p cilindro
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 diag...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 diag...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 diag...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 diag...
 
Base Oil
Base OilBase Oil
Base Oil
 
Todos Manuais de Serviço de Motos
Todos Manuais de Serviço de Motos Todos Manuais de Serviço de Motos
Todos Manuais de Serviço de Motos
 
Manual de serviço cbx750 f diagrama
Manual de serviço cbx750 f diagramaManual de serviço cbx750 f diagrama
Manual de serviço cbx750 f diagrama
 
FINAL-MGLCL_LUBRICANT PRESENTATION.pptx
FINAL-MGLCL_LUBRICANT PRESENTATION.pptxFINAL-MGLCL_LUBRICANT PRESENTATION.pptx
FINAL-MGLCL_LUBRICANT PRESENTATION.pptx
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) manutenc
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) manutencManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) manutenc
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) manutenc
 

Semelhante a Cópia de fun es_org_nicas

FUNÇÕES ORGÂNICAS.ppt
FUNÇÕES ORGÂNICAS.pptFUNÇÕES ORGÂNICAS.ppt
FUNÇÕES ORGÂNICAS.ppt
PelotaMECXII
 
Funcoes organicas 2012 coc
Funcoes organicas   2012 cocFuncoes organicas   2012 coc
Funcoes organicas 2012 coc
José Marcelo Cangemi
 
Funcoes organicas revisão 2012
Funcoes organicas   revisão 2012Funcoes organicas   revisão 2012
Funcoes organicas revisão 2012
José Marcelo Cangemi
 
A presença dos compostos orgânicos em nossa vida.
A presença dos compostos orgânicos em nossa vida.A presença dos compostos orgânicos em nossa vida.
A presença dos compostos orgânicos em nossa vida.
Lara Lídia
 
Funções orgânicas slide
Funções orgânicas slideFunções orgânicas slide
Funções orgânicas slide
Joelson Barral
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
psfescola
 
Trabalho de quimica
Trabalho de quimicaTrabalho de quimica
Trabalho de quimica
Felipe
 
Compostos carbono
Compostos carbonoCompostos carbono
Compostos carbono
cbarroso
 
Alimentos e funções orgânicas
Alimentos e funções orgânicasAlimentos e funções orgânicas
Alimentos e funções orgânicas
Glaucia Perez
 
Funcoes organicas. Quimica. Hidrocarboneto e demais funcoes
Funcoes organicas. Quimica. Hidrocarboneto e demais funcoesFuncoes organicas. Quimica. Hidrocarboneto e demais funcoes
Funcoes organicas. Quimica. Hidrocarboneto e demais funcoes
HugoVillardi1
 
Fun__es_Org_nicas.ppt nnkinkinkinsknns kjsnj
Fun__es_Org_nicas.ppt nnkinkinkinsknns kjsnjFun__es_Org_nicas.ppt nnkinkinkinsknns kjsnj
Fun__es_Org_nicas.ppt nnkinkinkinsknns kjsnj
CarlosJean21
 
Fun__es_Org_nicas.ppt
Fun__es_Org_nicas.pptFun__es_Org_nicas.ppt
Fun__es_Org_nicas.ppt
RenataJuliana6
 
Quimica do mal
Quimica do malQuimica do mal
Quimica do mal
Renan Vinicius
 
ppt Química orgânica
ppt Química orgânicappt Química orgânica
ppt Química orgânica
Joyce Fagundes
 
Cetonas e acidos carboxilicos
Cetonas e acidos carboxilicosCetonas e acidos carboxilicos
Cetonas e acidos carboxilicos
Luana Bastos
 
Jogo Da Memória
Jogo Da MemóriaJogo Da Memória
Jogo Da Memória
Gabriella Rayane
 
Química orgânica módulo 2
Química  orgânica módulo 2Química  orgânica módulo 2
Química orgânica módulo 2
Adrianne Mendonça
 
proc qui 2019.pptx
proc qui 2019.pptxproc qui 2019.pptx
proc qui 2019.pptx
deborafermandes
 
Janice pós
Janice pósJanice pós
Janice pós
Janicenf
 
Trabalho de Quimica.pptx
Trabalho de Quimica.pptxTrabalho de Quimica.pptx
Trabalho de Quimica.pptx
LucieneBulhes1
 

Semelhante a Cópia de fun es_org_nicas (20)

FUNÇÕES ORGÂNICAS.ppt
FUNÇÕES ORGÂNICAS.pptFUNÇÕES ORGÂNICAS.ppt
FUNÇÕES ORGÂNICAS.ppt
 
Funcoes organicas 2012 coc
Funcoes organicas   2012 cocFuncoes organicas   2012 coc
Funcoes organicas 2012 coc
 
Funcoes organicas revisão 2012
Funcoes organicas   revisão 2012Funcoes organicas   revisão 2012
Funcoes organicas revisão 2012
 
A presença dos compostos orgânicos em nossa vida.
A presença dos compostos orgânicos em nossa vida.A presença dos compostos orgânicos em nossa vida.
A presença dos compostos orgânicos em nossa vida.
 
Funções orgânicas slide
Funções orgânicas slideFunções orgânicas slide
Funções orgânicas slide
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
 
Trabalho de quimica
Trabalho de quimicaTrabalho de quimica
Trabalho de quimica
 
Compostos carbono
Compostos carbonoCompostos carbono
Compostos carbono
 
Alimentos e funções orgânicas
Alimentos e funções orgânicasAlimentos e funções orgânicas
Alimentos e funções orgânicas
 
Funcoes organicas. Quimica. Hidrocarboneto e demais funcoes
Funcoes organicas. Quimica. Hidrocarboneto e demais funcoesFuncoes organicas. Quimica. Hidrocarboneto e demais funcoes
Funcoes organicas. Quimica. Hidrocarboneto e demais funcoes
 
Fun__es_Org_nicas.ppt nnkinkinkinsknns kjsnj
Fun__es_Org_nicas.ppt nnkinkinkinsknns kjsnjFun__es_Org_nicas.ppt nnkinkinkinsknns kjsnj
Fun__es_Org_nicas.ppt nnkinkinkinsknns kjsnj
 
Fun__es_Org_nicas.ppt
Fun__es_Org_nicas.pptFun__es_Org_nicas.ppt
Fun__es_Org_nicas.ppt
 
Quimica do mal
Quimica do malQuimica do mal
Quimica do mal
 
ppt Química orgânica
ppt Química orgânicappt Química orgânica
ppt Química orgânica
 
Cetonas e acidos carboxilicos
Cetonas e acidos carboxilicosCetonas e acidos carboxilicos
Cetonas e acidos carboxilicos
 
Jogo Da Memória
Jogo Da MemóriaJogo Da Memória
Jogo Da Memória
 
Química orgânica módulo 2
Química  orgânica módulo 2Química  orgânica módulo 2
Química orgânica módulo 2
 
proc qui 2019.pptx
proc qui 2019.pptxproc qui 2019.pptx
proc qui 2019.pptx
 
Janice pós
Janice pósJanice pós
Janice pós
 
Trabalho de Quimica.pptx
Trabalho de Quimica.pptxTrabalho de Quimica.pptx
Trabalho de Quimica.pptx
 

Cópia de fun es_org_nicas

  • 2. Funções Orgânicas Oxigenadas Conceito : São compostos de cadeias abertas, fechadas ou mistas que possuem em sua estruturas átomos de carbono ( C ), Hidrogênio ( H ) e OXIGÊNIO ( O ).
  • 3. Principais Funções ÁLCOOIS Apresentação : São todos os compostos orgânicos que apresentam um ou mais radicais hidroxila (- OH) ligados à átomos de carbono saturados . Fórmula Geral : R – OH ou ROH Ligado no carbono que está fazendo ligação simples Funções Orgânicas
  • 4. Aplicações dos álcoois Os álcoois mais simples são muito usados, dentre outras coisas, como: Solventes; Componentes de misturas "anti-freeze”; Matéria-prima de inúmeras reações; Combustível Componente de bebidas (etanol) Umectante "Anti-freeze" - para baixar o ponto de congelamento da água de radiadores em países frios Fluido em breques hidráulicos Matéria-prima de plásticos e fibras (poliésteres) Tintas Plastificantes Lubrificantes Agente adoçante Componente de cosméticos
  • 5. Colesterol – um álcool Está bem estabelecido que uma dieta rica em gorduras animais produz um aumento nos níveis de colesterol no sangue, pelo menos para pessoas de hábitos sedentários e peso acima da média. O nível de colesterol médio considerado normal é de 150 a 200 mg/100ml de sangue; valores ao redor de 300mg/100ml de sangue estão relacionados com formação de depósitos de colesterol nas paredes internas das artérias coronárias, dificultando o fluxo de sangue para o coração.
  • 6. Classificação dos álcoois  De acordo com o número de hidroxilas: 1 hidroxila - monoálcool ou monol 2 hidroxilas - diálcool ou diol (também chamado glicol) 3 hidroxilas - triálcool ou triol Várias hidroxilas - poliálcool ou poliol  Quanto à posição da hidroxila: OH em carbono primário - álcool primário OH em carbono secundário - álcool secundário OH em carbono terciário - álcool terciário.
  • 7. Principais Funções FENÓIS Apresentação : São todos os compostos orgânicos que apresentam um ou mais radicais hidroxila (- OH) ligados diretamente a anel benzênico. Fórmula Geral : Ar – OH ou ArOH (onde Ar = aromático = anel benzênico) Funções Orgânicas
  • 8. APLICAÇÕES DOS FENÓIS Os fenóis encontram diversas aplicações práticas, tais como: Desinfetantes (fenóis e cresóis) Preparação de resinas e polímeros Preparação do ácido pícrico, usado na preparação de explosivos Síntese da aspirina e de outros medicamentos
  • 9. Fenol - THC TCH: A substância tetra-hidro-canabinol apresenta em sua estrutura o grupo fenol. O THC é o principal componente ativo da maconha, conhecida também como marijuana . O uso da maconha provoca uma secura acentuada da boca e produz distorções auditivas e visuais, e uma depersonalização acentuada, caracterizada pela diminuição no nível de eficiência, no desejo de trabalhar e competir, de enfrentar desafios. Assim, o principal interesse das pessoas que usam maconha passa a ser a maneira de obter a droga, podendo vir a abandonar convívio social e ignorar hábitos de hi- giene e cuidados pessoais. Experiências controladas com a maconha, realizadas nos EUA, verificaram que seu uso provo- ca o abandono de atividades sociais e diminui, quase extinguindo, o desejo sexual. Funções Orgânicas
  • 10. Fenol - THC Diferentemente do álcool, o THC permanece no sangue por aproximadamente 8 dias, podendo ser detectado por meio de exames de sangue. Por es- se motivo, o consumo de maconha em intervalos menores de 8 dias leva a um aumento na concen- tração de THC no sangue. Isso explica porque uma mesma quantidade de maconha provoca efei- tos mais intensos em um usuário freqüente que numa pessoa que nunca a tenha fumado anterior- mente, ou que o tenha feito num intervalo de tem- po maior. O uso freqüente pode causar episódios psicóticos de curta duração e ansiedade intensa, mas a maco- nha apresenta algumas aplicações legítimas na medicina: - dimi- nuição da pressão no globo ocular de pessoas com glaucoma, evitando eventual cegueira; - diminuição de ânsia de vômito em pacientes com câncer submetidos a tratamento por radiação. Funções Orgânicas
  • 11. Principais Funções ALDEÍDOS Apresentação : São compostos orgânicos que contém o grupo carbonila (C = O), estando o oxigênio ligado a carbono primário Fórmula Geral : C = O ou RCHO CETONAS Apresentação : São compostos orgânicos que contém o grupo carbonila ( C = O), estando o oxigênio ligado a carbono secundário Fórmula Geral : R – C – R ou RCOR’
  • 12. APLICAÇÕES DOS ALDEÍDOS É usado como: Desinfetante; Como conservador de cadáveres e peças anatômicas; Fabricação de medicamentos, plásticos e explosivos; Produtos de beleza. Ponto de partida para a fabricação de pesticidas, medicamentos, inseticidas e espelhos.
  • 13. Um aldeído importante: o metanal O metanal é o principal aldeído, sendo conhecido também por aldeído fórmico, formaldeído ou formol. Nas condições ambientes ele é um gás incolor extremamente irritante para as mucosas. Quando dissolvido em água, forma-se uma solução conhecida por formol ou formalina. O formol tem a propriedade de desnaturar proteínas tornando-as resistentes à decomposição por bactérias. Por essa razão, ele é usado como fluido de embalsamamento, na conservação de espécies biológicas e também como antisséptico. Durante a defumação doméstica, as carnes são submetidas à fumaça provenientes da queima da madeira, que contém aldeído fórmico, um dos responsáveis pela conservação da carne defumada. Atualmente o metanal é usado em escala industrial como matéria-prima para produção de muitos plásticos e resinas. Funções Orgânicas
  • 14. APLICAÇÕES DAS CETONAS É usado como: Solvente de esmaltes, graxas, vernizes e resinas. Extração de óleos de sementes vegetais, na fabricação de anidrido acético e medicamentos. As cetonas são encontradas na natureza em flores e frutos, em líquidos de odor agradável. Muitas cetonas artificiais e naturais são usadas como perfumes e alimentos. Jasmona – óleo de jasmim Ionona – odor de violeta
  • 15. A principal cetona: a propanona A propanona é a principal cetona, também conhecida por acetona. A acetona é um líquido à temperatura ambiente que apresenta um odor agradável, e é solúvel tanto em água como em solventes orgânicos; por isso, é muito utilizada como solvente de tintas, vernizes e esmaltes. Na indústria de alimentos, sua aplicação mais importante ocorre na extração de óleos e gorduras de sementes, como soja, amendoim e girassol. Sua comercialização é controlada pelo Departamento de Entorpecentes da Polícia Federal, por ser utilizada na extração da cocaína, a partir das folhas da coca. A acetona é formada em nosso organismo pela metabolização de gorduras. Sua concentração normal é menor que 1mg/100ml de sangue. Em algumas anomalias, como o diabetes, a concentração de acetona é superior ao nível normal. A acetona é excretada na urina, onde pode ser facilmente detectada. Funções Orgânicas
  • 16. Principais Funções ÉTERES Apresentação : São compostos orgânicos que têm um átomo de oxigênio ( - O - ), ligado a dois átomos de carbono. Fórmula Geral : R – O – R’ ou ROR’ ÁCIDOS CARBOXÍLICOS Apresentação : São compostos orgânicos que apresentam radical carboxila ( - COOH) O Fórmula Geral : R – C ou RCOOH OH
  • 17. APLICAÇÕES DOS ÉTERES É usado como: A aplicação desses compostos é variada, podem ser usados para fabricar seda artificial, celulóide e ainda como solvente na obtenção de gorduras, óleos e resinas. A aplicação de éteres na medicina é importante: é usado como anestésico e para preparar medicamentos.
  • 18. Éteres – Quebra-pedra Quebra-pedra: um chá popular que contém éter. O chá de quebra-pedra é muito utilizado por sua capacidade de dissolver cálculos renais, promovendo a desobstrução do ureter. Sua ação diurética facilita a excreção de ácido úrico. Seu principal componente é a hipofilantina. O chá é preparado colocando-se 20 à 30g da planta em 1l de água fria. Em seguida, leva-se ao fogo até ferver, deixando a mistura em ebulição por alguns minutos. A dose recomendada é de 1 a 2 xícaras ao dia, e seu uso não é recomendado durante gravidez e lactação. Funções Orgânicas
  • 19. APLICAÇÕES DOS ÁC. CARBOXÍLICOS É usado como: Tingimento de lã, curtimento de peles de animais, como conservante de sucos de frutas e na produção de desinfetante. Na alimentação e na produção de alguns compostos orgânicos como plásticos, ésteres, acetatos de celulose e acetatos inorgânicos.
  • 20. Ácido carboxílico - Ácido metanóico O ácido metanóico é um líquido incolor de cheiro irritante e bastante corrosivo, conhecido também por ácido fórmico. Historicamente, foi obtido a partir da maceração de formigas e posterior destilação. Algumas formigas contêm grandes quantidades desse ácido, que, quando injetado através da mordida, produz uma reação alérgica no tecido humano, caracterizada pela formação de edema e coceira intensa. Uma das principais aplicações do ácido fórmico é como fixador de pigmentos e corantes em tecidos, como algodão, lã e linho. Funções Orgânicas
  • 21. Principais Funções ÉSTERES Apresentação : São compostos orgânicos resultantes da reação de um álcool com um ácido carboxílico, apresentando grupo funcional (- COOR’) O Fórmula Geral : R – C ou RCOOR’ O - R’ Funções Orgânicas
  • 22. Ésteres - Flavorizantes Os flavorizantes são substâncias que apresentam sabor e aroma característicos, geralmente agradáveis. Devido a isso, são bastante utilizados em vários produtos alimentícios, como balas, gomas de mascas, sorvetes, bombons, gelatinas, iogurtes, bolos e etc. Você já deve ter percebido que, em alguns rótulos desses produtos, aparece a indicação flavorizante (F) seguida de um algarismo romano: F I – essências naturais F II – essências artificiais F III – extrato vegetal aromático F IV – flavorizante quimicamente definido Funções Orgânicas
  • 23. Principais Funções ANIDRIDOS Apresentação : São compostos orgânicos resultantes da desidratação de ácido s carboxílico s. Fórmula Geral : R – C – O – C – R’ ou RCOOOCR’ O O Funções Orgânicas
  • 24. Principais Funções Reação : O O R – C R – C OH O + H 2 O OH R – C R – C O O EX:  Funções Orgânicas
  • 25. Anidrido acético O anidrido acético é um reagente utilizado na produção da aspirina. Sua reação com celulose do algodão ou da polpa da madeira origina o Rayon, utilizado na produção de tecidos, filmes fotográficos e papel celofane. Funções Orgânicas