SlideShare uma empresa Scribd logo
LOGO
Construção Social
e processo
democrático
LOGO
Construção
Social
LOGO
Com a Revolução Industrial, surge o proletariado. Estes eram obrigados a
vender a sua capacidade de produzir trabalho aos capitalistas.
Construção
Social
A condição operária
LOGO
Karl Marx defendia que o movimento operário devia
ser internacional e único. Formou-se a Associação de
Trabalhadores, a I Internacional. Marx pretendia unir
partidos socialistas e forças sindicalistas à escala do
globo e lançar o operariado na luta política.
Os progressos do movimento operário
resultaram numa maior consciencialização dos
problemas laborais e na extensão e intensificação
da luta sindical, de que a grande manifestação do
1º de Maio de 1890 é uma prova.
O socialismo
Construção
Social
LOGO
As ações de luta passam a ser conscientes e organizadas, conseguindo-se
alguns resultados importantes:
• Direito à negociação e à celebração dos primeiros contratos coletivos de
trabalho.
• Obtenção de benefícios de trabalho:
• redução de horas de trabalho para 8 horas diárias;
• proibição do trabalho de menores;
• um dia de descanso semanal e férias;
• assistência na doença e na velhice;
• direito à greve, legitimamente fundamentada e organizada…
Construção
Social
LOGO
Construção
Social
A génese democrática
O processo democrático passou por vários
momentos e etapas, das quais podemos
distinguir:
• A Grécia Antiga: o modelo ateniense de
uma Democracia direta mas limitada;
• A Monarquia Parlamentar Inglesa;
• A Monarquia Absolutista e a sua
denúncia pelo liberalism;
• A Monarquia Constitucional do séc. XIX;
• As Repúblicas do séc. XX…
LOGO
Construção
Social
LOGO
Construção
Social
Numa Democracia, o Estado tem a obrigação de assegurar a
defesa da liberdade individual e garantir o direito à propriedade.
Princípios fundamentais:
 Separação de poderes;
 Garantia dos direitos e liberdades dos cidadãos;
 Liberdade económica;
 Institucionalização de mecanismos de controlo do poder político;
 Rigorosa definição dos poderes e atribuição do estado;
 Contenção da fiscalidade e orçamento público;
 Laicização do Estado (que assegura o ensino e assistência).
LOGO
Construção
Social
LOGO
www.themegallery.com
LOGO
www.themegallery.com
LOGO
• Cabe ao cidadão participar, intervir e representar as mais variadas
opiniões para a construção e defesa dos princípios de uma verdadeira
democracia, sendo certo que não existem democracias perfeitas.
• O voto deve ser encarado como um direito e um dever, por muito que
nos possamos sentir desiludidos pelo caminho seguido pelos nossos
representantes, cabe-nos o dever de tentar optar por uma outra
solução, e isso faz-se principalmente por uma participação activa e
responsável nas eleições, tendo em conta o bem geral sendo que o
mais fácil é não votar e apenas adoptar uma postura critica e de
desinteresse.
Construção
Social
LOGO
www.themegallery.com
O que garante este sistema é a Constituição, lei máxima de um país e que regula
e organiza o funcionamento do Estado, limitando os poderes e definindo os
direitos e deveres dos cidadãos.
LOGO
Construção
Social
• Direitos garantidos pela Constituição portuguesa:
• Individuais: asseguram a integridade física e moral do indivíduo. Ex:
Direito à vida, à liberdade, à igualdade de raça e género.
• Coletivos: garantem os direitos do indivíduo em grupo. Ex: Direito de
reunião, de participação em associações e cooperativas.
• Sociais: relacionados com a integração do cidadão na sociedade. Ex:
Direito à educação, à saúde, ao trabalho.
• Políticos: versam sobre a participação de cada um na vida política do
país. Ex. Direito de eleger e de ser eleito.
LOGO
Construção
Social

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Filosofia cidadania e democracia
Filosofia cidadania e democraciaFilosofia cidadania e democracia
Filosofia cidadania e democracia
diasferraciolli
 
Democracia e Cidadania: participação política e social
Democracia e Cidadania: participação política e socialDemocracia e Cidadania: participação política e social
Democracia e Cidadania: participação política e social
Carlos Benjoino Bidu
 
Sociologia - Direitos e Cidadania
Sociologia -  Direitos e CidadaniaSociologia -  Direitos e Cidadania
Sociologia - Direitos e Cidadania
Edenilson Morais
 
Sociologia - Cidadania
Sociologia - CidadaniaSociologia - Cidadania
Sociologia - Cidadania
Edenilson Morais
 
Aula 1 Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 1   Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAula 1   Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 1 Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
soniaEdaniela
 
Sociologia Como exercer a Cidadania
Sociologia   Como exercer a CidadaniaSociologia   Como exercer a Cidadania
Sociologia Como exercer a Cidadania
Edenilson Morais
 
Participação política, direitos e democracia
Participação política, direitos e democraciaParticipação política, direitos e democracia
Participação política, direitos e democracia
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Cidadania e Política
Cidadania e PolíticaCidadania e Política
Cidadania e Política
Brenda Grazielle
 
Cp 1 liberdade e responsablidade democráticas
Cp 1   liberdade e responsablidade democráticasCp 1   liberdade e responsablidade democráticas
Cp 1 liberdade e responsablidade democráticas
Adelino Carlos & Vieira
 
Cidadania e participação social
Cidadania e participação socialCidadania e participação social
Cidadania e participação social
Edenilson Morais
 
Trabalho de Filosofia : A Cidadania
Trabalho de Filosofia : A CidadaniaTrabalho de Filosofia : A Cidadania
Trabalho de Filosofia : A Cidadania
Filipa Pereira
 
Direito e cidadania
Direito e cidadaniaDireito e cidadania
Etica cidadania- direitos-humanos
Etica cidadania- direitos-humanosEtica cidadania- direitos-humanos
Etica cidadania- direitos-humanos
Sonia Souza
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
geehrodrigues
 
Aula 2 Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2  Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAula 2  Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2 Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Papel da sociedade civil na democracia
Papel da sociedade civil na democraciaPapel da sociedade civil na democracia
Papel da sociedade civil na democracia
Raquel Silva
 
Cidadania moderna
Cidadania modernaCidadania moderna
Cidadania moderna
Maira Conde
 
Cidadão e cidadania
Cidadão e cidadaniaCidadão e cidadania
Cidadão e cidadaniadinicmax
 

Mais procurados (20)

Filosofia cidadania e democracia
Filosofia cidadania e democraciaFilosofia cidadania e democracia
Filosofia cidadania e democracia
 
Democracia e Cidadania: participação política e social
Democracia e Cidadania: participação política e socialDemocracia e Cidadania: participação política e social
Democracia e Cidadania: participação política e social
 
Sociologia - Direitos e Cidadania
Sociologia -  Direitos e CidadaniaSociologia -  Direitos e Cidadania
Sociologia - Direitos e Cidadania
 
Sociologia - Cidadania
Sociologia - CidadaniaSociologia - Cidadania
Sociologia - Cidadania
 
Aula 1 Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 1   Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAula 1   Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 1 Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
 
Sociologia Como exercer a Cidadania
Sociologia   Como exercer a CidadaniaSociologia   Como exercer a Cidadania
Sociologia Como exercer a Cidadania
 
Participação política, direitos e democracia
Participação política, direitos e democraciaParticipação política, direitos e democracia
Participação política, direitos e democracia
 
Cidadania e Política
Cidadania e PolíticaCidadania e Política
Cidadania e Política
 
Cp 1 liberdade e responsablidade democráticas
Cp 1   liberdade e responsablidade democráticasCp 1   liberdade e responsablidade democráticas
Cp 1 liberdade e responsablidade democráticas
 
Cidadania e participação social
Cidadania e participação socialCidadania e participação social
Cidadania e participação social
 
Trabalho de Filosofia : A Cidadania
Trabalho de Filosofia : A CidadaniaTrabalho de Filosofia : A Cidadania
Trabalho de Filosofia : A Cidadania
 
Direito e cidadania
Direito e cidadaniaDireito e cidadania
Direito e cidadania
 
Etica cidadania- direitos-humanos
Etica cidadania- direitos-humanosEtica cidadania- direitos-humanos
Etica cidadania- direitos-humanos
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
 
Aula 2 Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2  Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAula 2  Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2 Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
 
Papel da sociedade civil na democracia
Papel da sociedade civil na democraciaPapel da sociedade civil na democracia
Papel da sociedade civil na democracia
 
Cidadania moderna
Cidadania modernaCidadania moderna
Cidadania moderna
 
Cidadão e cidadania
Cidadão e cidadaniaCidadão e cidadania
Cidadão e cidadania
 

Semelhante a Constr do social ii

Cap.13 a democracia no brasil
Cap.13   a democracia no brasilCap.13   a democracia no brasil
Cap.13 a democracia no brasil
Izaah Almeida
 
Sociologia Capítulo 13 - a democracia no Brasil
Sociologia Capítulo 13 - a democracia no BrasilSociologia Capítulo 13 - a democracia no Brasil
Sociologia Capítulo 13 - a democracia no Brasil
Miro Santos
 
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 13 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 13 do TomaziSlide livro Sociologia ensino médio capitulo 13 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 13 do Tomazi
pascoalnaib
 
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versãoPpt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Magali Kleber
 
Cap 19 participação política, direitos e democracia
Cap 19 participação política, direitos e democraciaCap 19 participação política, direitos e democracia
Cap 19 participação política, direitos e democracia
Dante Galvao
 
ESTADO DE DIREITO - 40 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 40 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 40 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 40 EDIÇÃO
Estadodedireito
 
Cartilha plebiscitoreformapolítica
Cartilha plebiscitoreformapolíticaCartilha plebiscitoreformapolítica
Cartilha plebiscitoreformapolítica
Romão Flausi
 
Af cartilha plebiscito 2ª edição web
Af cartilha plebiscito 2ª edição webAf cartilha plebiscito 2ª edição web
Af cartilha plebiscito 2ª edição web
André Luis Bento
 
capitulos-19-20.pptx
capitulos-19-20.pptxcapitulos-19-20.pptx
capitulos-19-20.pptx
LetciaAlmeida99
 
Livro cidadania no brasil josé murilo de carvalho
Livro cidadania no brasil josé murilo de carvalhoLivro cidadania no brasil josé murilo de carvalho
Livro cidadania no brasil josé murilo de carvalho
sesouff2014
 
PED- Roteiro Plenárias de Filiação (2)
PED- Roteiro Plenárias de Filiação (2)PED- Roteiro Plenárias de Filiação (2)
PED- Roteiro Plenárias de Filiação (2)
PT Paraná
 
Aec o estado
Aec o estadoAec o estado
Políticas Públicas de Educação
Políticas Públicas de EducaçãoPolíticas Públicas de Educação
Políticas Públicas de Educação
Cleverson Sobrenome
 
História das constituições econômicas brasileiras
História das constituições econômicas brasileirasHistória das constituições econômicas brasileiras
História das constituições econômicas brasileiras
Nicholas Merlone
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Edenilson Morais
 
Cartilha plebiscito reforma política lay 03 3 2
Cartilha plebiscito reforma política lay 03 3 2Cartilha plebiscito reforma política lay 03 3 2
Cartilha plebiscito reforma política lay 03 3 2
Claudio Bastos
 
MOVIMENTOS SOCIAIS
MOVIMENTOS SOCIAIS  MOVIMENTOS SOCIAIS
MOVIMENTOS SOCIAIS
ssuser21be50
 
RED - CONSTITUIÇÃO.pptx.pdf
RED - CONSTITUIÇÃO.pptx.pdfRED - CONSTITUIÇÃO.pptx.pdf
RED - CONSTITUIÇÃO.pptx.pdf
VandersonBevasse1
 
1ª Série_democracia contemporãnea aula 32.pptx
1ª Série_democracia contemporãnea aula 32.pptx1ª Série_democracia contemporãnea aula 32.pptx
1ª Série_democracia contemporãnea aula 32.pptx
CelimaraTiski
 
AULA DEBATE E DEMOCRACIADemotggtgtb .pdf
AULA DEBATE E DEMOCRACIADemotggtgtb .pdfAULA DEBATE E DEMOCRACIADemotggtgtb .pdf
AULA DEBATE E DEMOCRACIADemotggtgtb .pdf
emiliajessica25
 

Semelhante a Constr do social ii (20)

Cap.13 a democracia no brasil
Cap.13   a democracia no brasilCap.13   a democracia no brasil
Cap.13 a democracia no brasil
 
Sociologia Capítulo 13 - a democracia no Brasil
Sociologia Capítulo 13 - a democracia no BrasilSociologia Capítulo 13 - a democracia no Brasil
Sociologia Capítulo 13 - a democracia no Brasil
 
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 13 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 13 do TomaziSlide livro Sociologia ensino médio capitulo 13 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 13 do Tomazi
 
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versãoPpt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
 
Cap 19 participação política, direitos e democracia
Cap 19 participação política, direitos e democraciaCap 19 participação política, direitos e democracia
Cap 19 participação política, direitos e democracia
 
ESTADO DE DIREITO - 40 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 40 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 40 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 40 EDIÇÃO
 
Cartilha plebiscitoreformapolítica
Cartilha plebiscitoreformapolíticaCartilha plebiscitoreformapolítica
Cartilha plebiscitoreformapolítica
 
Af cartilha plebiscito 2ª edição web
Af cartilha plebiscito 2ª edição webAf cartilha plebiscito 2ª edição web
Af cartilha plebiscito 2ª edição web
 
capitulos-19-20.pptx
capitulos-19-20.pptxcapitulos-19-20.pptx
capitulos-19-20.pptx
 
Livro cidadania no brasil josé murilo de carvalho
Livro cidadania no brasil josé murilo de carvalhoLivro cidadania no brasil josé murilo de carvalho
Livro cidadania no brasil josé murilo de carvalho
 
PED- Roteiro Plenárias de Filiação (2)
PED- Roteiro Plenárias de Filiação (2)PED- Roteiro Plenárias de Filiação (2)
PED- Roteiro Plenárias de Filiação (2)
 
Aec o estado
Aec o estadoAec o estado
Aec o estado
 
Políticas Públicas de Educação
Políticas Públicas de EducaçãoPolíticas Públicas de Educação
Políticas Públicas de Educação
 
História das constituições econômicas brasileiras
História das constituições econômicas brasileirasHistória das constituições econômicas brasileiras
História das constituições econômicas brasileiras
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
 
Cartilha plebiscito reforma política lay 03 3 2
Cartilha plebiscito reforma política lay 03 3 2Cartilha plebiscito reforma política lay 03 3 2
Cartilha plebiscito reforma política lay 03 3 2
 
MOVIMENTOS SOCIAIS
MOVIMENTOS SOCIAIS  MOVIMENTOS SOCIAIS
MOVIMENTOS SOCIAIS
 
RED - CONSTITUIÇÃO.pptx.pdf
RED - CONSTITUIÇÃO.pptx.pdfRED - CONSTITUIÇÃO.pptx.pdf
RED - CONSTITUIÇÃO.pptx.pdf
 
1ª Série_democracia contemporãnea aula 32.pptx
1ª Série_democracia contemporãnea aula 32.pptx1ª Série_democracia contemporãnea aula 32.pptx
1ª Série_democracia contemporãnea aula 32.pptx
 
AULA DEBATE E DEMOCRACIADemotggtgtb .pdf
AULA DEBATE E DEMOCRACIADemotggtgtb .pdfAULA DEBATE E DEMOCRACIADemotggtgtb .pdf
AULA DEBATE E DEMOCRACIADemotggtgtb .pdf
 

Mais de cattonia

Deseq regionais.pptx
Deseq regionais.pptxDeseq regionais.pptx
Deseq regionais.pptx
cattonia
 
arte portuguesa.ppsx
arte portuguesa.ppsxarte portuguesa.ppsx
arte portuguesa.ppsx
cattonia
 
A reinvenção das formas.ppsx
A reinvenção das formas.ppsxA reinvenção das formas.ppsx
A reinvenção das formas.ppsx
cattonia
 
A produção cultural renascentista.pptx
A produção cultural renascentista.pptxA produção cultural renascentista.pptx
A produção cultural renascentista.pptx
cattonia
 
Era digital
Era digitalEra digital
Era digital
cattonia
 
Família
FamíliaFamília
Família
cattonia
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
cattonia
 
O alargamento do conhec do mundo
O alargamento do conhec do mundoO alargamento do conhec do mundo
O alargamento do conhec do mundo
cattonia
 
2. o espaço português
2. o espaço português2. o espaço português
2. o espaço português
cattonia
 
Mercantilismo português
Mercantilismo portuguêsMercantilismo português
Mercantilismo português
cattonia
 
O quadro económico e demográfico xii xiv
O quadro económico e demográfico xii xivO quadro económico e demográfico xii xiv
O quadro económico e demográfico xii xiv
cattonia
 
3. hesitações do crescimento
3. hesitações do crescimento3. hesitações do crescimento
3. hesitações do crescimento
cattonia
 
1. a identidade civilizacional da europa
1. a identidade civilizacional da europa1. a identidade civilizacional da europa
1. a identidade civilizacional da europa
cattonia
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
cattonia
 
Hegemonia inglesa
Hegemonia inglesaHegemonia inglesa
Hegemonia inglesa
cattonia
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
cattonia
 
1. uma europa a dois ritmos
1. uma europa a dois ritmos1. uma europa a dois ritmos
1. uma europa a dois ritmos
cattonia
 
Roma
RomaRoma
Roma
cattonia
 
A constr do social
A constr do socialA constr do social
A constr do social
cattonia
 
Apos a guerra fria
Apos a guerra friaApos a guerra fria
Apos a guerra fria
cattonia
 

Mais de cattonia (20)

Deseq regionais.pptx
Deseq regionais.pptxDeseq regionais.pptx
Deseq regionais.pptx
 
arte portuguesa.ppsx
arte portuguesa.ppsxarte portuguesa.ppsx
arte portuguesa.ppsx
 
A reinvenção das formas.ppsx
A reinvenção das formas.ppsxA reinvenção das formas.ppsx
A reinvenção das formas.ppsx
 
A produção cultural renascentista.pptx
A produção cultural renascentista.pptxA produção cultural renascentista.pptx
A produção cultural renascentista.pptx
 
Era digital
Era digitalEra digital
Era digital
 
Família
FamíliaFamília
Família
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 
O alargamento do conhec do mundo
O alargamento do conhec do mundoO alargamento do conhec do mundo
O alargamento do conhec do mundo
 
2. o espaço português
2. o espaço português2. o espaço português
2. o espaço português
 
Mercantilismo português
Mercantilismo portuguêsMercantilismo português
Mercantilismo português
 
O quadro económico e demográfico xii xiv
O quadro económico e demográfico xii xivO quadro económico e demográfico xii xiv
O quadro económico e demográfico xii xiv
 
3. hesitações do crescimento
3. hesitações do crescimento3. hesitações do crescimento
3. hesitações do crescimento
 
1. a identidade civilizacional da europa
1. a identidade civilizacional da europa1. a identidade civilizacional da europa
1. a identidade civilizacional da europa
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Hegemonia inglesa
Hegemonia inglesaHegemonia inglesa
Hegemonia inglesa
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
1. uma europa a dois ritmos
1. uma europa a dois ritmos1. uma europa a dois ritmos
1. uma europa a dois ritmos
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
A constr do social
A constr do socialA constr do social
A constr do social
 
Apos a guerra fria
Apos a guerra friaApos a guerra fria
Apos a guerra fria
 

Último

AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
ClaudiaMainoth
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 

Último (20)

AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 

Constr do social ii

  • 3. LOGO Com a Revolução Industrial, surge o proletariado. Estes eram obrigados a vender a sua capacidade de produzir trabalho aos capitalistas. Construção Social A condição operária
  • 4. LOGO Karl Marx defendia que o movimento operário devia ser internacional e único. Formou-se a Associação de Trabalhadores, a I Internacional. Marx pretendia unir partidos socialistas e forças sindicalistas à escala do globo e lançar o operariado na luta política. Os progressos do movimento operário resultaram numa maior consciencialização dos problemas laborais e na extensão e intensificação da luta sindical, de que a grande manifestação do 1º de Maio de 1890 é uma prova. O socialismo Construção Social
  • 5. LOGO As ações de luta passam a ser conscientes e organizadas, conseguindo-se alguns resultados importantes: • Direito à negociação e à celebração dos primeiros contratos coletivos de trabalho. • Obtenção de benefícios de trabalho: • redução de horas de trabalho para 8 horas diárias; • proibição do trabalho de menores; • um dia de descanso semanal e férias; • assistência na doença e na velhice; • direito à greve, legitimamente fundamentada e organizada… Construção Social
  • 6. LOGO Construção Social A génese democrática O processo democrático passou por vários momentos e etapas, das quais podemos distinguir: • A Grécia Antiga: o modelo ateniense de uma Democracia direta mas limitada; • A Monarquia Parlamentar Inglesa; • A Monarquia Absolutista e a sua denúncia pelo liberalism; • A Monarquia Constitucional do séc. XIX; • As Repúblicas do séc. XX…
  • 8. LOGO Construção Social Numa Democracia, o Estado tem a obrigação de assegurar a defesa da liberdade individual e garantir o direito à propriedade. Princípios fundamentais:  Separação de poderes;  Garantia dos direitos e liberdades dos cidadãos;  Liberdade económica;  Institucionalização de mecanismos de controlo do poder político;  Rigorosa definição dos poderes e atribuição do estado;  Contenção da fiscalidade e orçamento público;  Laicização do Estado (que assegura o ensino e assistência).
  • 12. LOGO • Cabe ao cidadão participar, intervir e representar as mais variadas opiniões para a construção e defesa dos princípios de uma verdadeira democracia, sendo certo que não existem democracias perfeitas. • O voto deve ser encarado como um direito e um dever, por muito que nos possamos sentir desiludidos pelo caminho seguido pelos nossos representantes, cabe-nos o dever de tentar optar por uma outra solução, e isso faz-se principalmente por uma participação activa e responsável nas eleições, tendo em conta o bem geral sendo que o mais fácil é não votar e apenas adoptar uma postura critica e de desinteresse. Construção Social
  • 13. LOGO www.themegallery.com O que garante este sistema é a Constituição, lei máxima de um país e que regula e organiza o funcionamento do Estado, limitando os poderes e definindo os direitos e deveres dos cidadãos.
  • 14. LOGO Construção Social • Direitos garantidos pela Constituição portuguesa: • Individuais: asseguram a integridade física e moral do indivíduo. Ex: Direito à vida, à liberdade, à igualdade de raça e género. • Coletivos: garantem os direitos do indivíduo em grupo. Ex: Direito de reunião, de participação em associações e cooperativas. • Sociais: relacionados com a integração do cidadão na sociedade. Ex: Direito à educação, à saúde, ao trabalho. • Políticos: versam sobre a participação de cada um na vida política do país. Ex. Direito de eleger e de ser eleito.