SlideShare uma empresa Scribd logo
R E G Ê N C IA
  VE R B A L

        Profª. Bia Buganeme
           Lingüista/USP
Regência Verbal 
    É a relação de um verbo sobre seus
    complementos (OD, OI) e adjuntos adverbiais.
 
    Em alguns casos, a variação de regência
    provoca uma alteração de sentido do
    verbo. 

    A seguir, você verá alguns verbos cuja
    regência exige maior atenção.
Verbo     Classificação     Significado          Exemplo
                                                Os atletas
                                              aspiravam com
              VTD         sorver, respirar    prazer o ar das
                                                montanhas.
Aspirar
                                             O vereador recém-
                            pretender,        eleito aspirava a
              VTI
                             desejar           um alto cargo.
Verbo      Classificação      Significado             Exemplo

                                                 Ontem assisti a um
                             estar presente,
               VTI                                filme iraniano.
                               presenciar

                                                 O médico assiste o
                              acompanhar,          doente (ou ao
           VTD ou VTI
Assistir                   prestar assistência       doente).

                              morar, residir
                              (rege adjunto        Minha comadre
                VI
                             adverbial com a     assiste em Santos.
                            preposição "em")
Verbo    Classificação      Significado            Exemplo

            VTD          Convocar, fazer vir   Chamem a polícia!

                                                 O pai chamava
                          Invocar (exige a     desesperadamente
             VTI
                         preposição "por")        pela filha.
Chamar
                            Cognominar,            •Chamava-o
                             qualificar,         irresponsável.
         VTD ou VTI         denominar +
                           predicativo do       •Chamava-o de
                              objeto            irresponsável.
Verbo       Classificação      Significado             Exemplo


                                                    •Cheguei ao cinema
                                                        20 minutos
                              (exige a preposição
                                                         atrasado.
Chegar e ir        VI          "a" quando indica
                                    lugar)
                                                    •Vou ao cinema duas
                                                     vezes por semana.
Os apuradores
                 Realizar; dar início
                                        procederam à
                       a algo.
           VTI                          contagem dos
                 (exige a preposição
                                            votos.
                         "a")

                    Ter origem ;          A Língua
Proceder             originar-se.        Portuguesa
           VTI
                 (exige a preposição procede do Latim.
                        “de")


                                        Suas acusações
           VI     Ter fundamento
                                        não procedem.
Verbo      Classificação       Significado            Exemplo

                                                     Que chateação!
                                 (quando não         Esqueci o nome
                 VTD
                                pronominais)             dele.

Esquecer e                   (quando pronominais
                                                     Esqueci-me do
 lembrar         VTI         exigem a preposição
                                                         livro.
                                    "de")
                                                    Esqueceram-me as
                             cair no esquecimento
                 VTI                                 chaves em casa.
                              / vir à lembrança
Verbo     Classificação     Significado          Exemplo

                                                  Os jornais
                             dar notícias,      informaram o
               VTD
                             esclarecer      público consumidor.
Informar
                                                A secretária
                                             informou a nota ao
              VTDI         (mesmo sentido)
                                                   aluno.
Verbo       Classificação     Significado          Exemplo


  Morar                       (exigem adjuntos   Moro em São Paulo.
    e              VI         adverbiais com a
  Residir                      preposição em)    Resido em Jundiaí.



 Obedecer                                         O bom motorista
                                 (exigem a
     e            VTI                            obedece às leis do
                              preposição "a")
Desobedecer                                          trânsito.
Verbo     Classificação      Significado          Exemplo

                          (quando o objeto é   Paguei a conta.
              VTD
                                coisa)
                                                 Perdoei aos
 Pagar                    (quando o objeto é
              VTI                                 inimigos.
   e                           pessoa)
Perdoar
                                               Paguei a conta ao
             VTDI                                 feirante.
Verbo      Classificação        Significado             Exemplo

                                                      Prefiro o amor à
                                querer antes,
               VTDI                                       guerra.
                                  escolher

Preferir                                               Preferimos a
                               dar primazia a,          alegria, não
                VTD
                             determinar-se por       aceitamos a dor.


    Segundo a Norma Culta da língua:
           Ex.: Prefiro mais ler do que escrever : (Errado!)
                  Prefiro ler a escrever. (CERTO)
Verbo    Classificação         Significado              Exemplo

                                                     Ela queria o disco
                                                     da Gal, mas não o
             VTD                 desejar
                                                         quer mais.
Querer
                                                     Eu quero a meus
                           estimar, querer bem       amigos e sempre
             VTI
                         (exige a preposição "a").      lhes quis.
Verbo       Classificação       Significado            Exemplo

                                                     Simpatizava com a
Simpatizar                    (exigem a preposição         idéia.
     e            VTI            "com"; não são       Simpatizei com
Antipatizar                       pronominais)              ele.

                                                       Visou o alvo e
                  VTD           mirar, pôr visto          atirou.

                                                       Homem sem
  Visar                                               escrúpulos que
                                  ter em vista,
                                                      era, só visava a
                  VTI          pretender (exige a
                                                      uma posição de
                                preposição "a")
                                                        destaque.

 Namorar          VTD                                Namorar alguém.
FIQUE LIGADO!!!
• 1.      Os verbos transitivos indiretos, com raras exceções, não
  admitem voz passiva.

   Ex: Nós assistimos ao filme.
        (Errado: O filme foi assistido por nós.)

• 2.      Não se deve usar um único complemento a verbos de
  regências diferentes.

   Ex: Assisti ao filme e gostei dele.
        (Errado: assisti e gostei do filme.)

• 3.      Havendo pronome relativo, a preposição, quando exigida pelo
  verbo, deve deslocar-se para antes do pronome relativo.

        Ex:     Estes são os filmes a que assisti.
                Este é o autor de cuja obra gosto.
4.      Os pronomes "eu" e "tu" não podem vir
              regidos de preposição.

• Ex: Sandra sentou-se entre mim e minha
  prima. (coloquialismo ...entre eu e.....)

 Atenção! Toda vez que eu e tu forem
 sujeito podem vir acompanhados de
 preposição. Mim e ti não são usados
 porque pronomes oblíquos não podem ser
 sujeito.
 Ex: Você entregou os textos para eu corrigir.
Agora, alguns verbos da língua portuguesa em cuja
  regência encontramos problemas freqüentes:

CONSTRUÇÃO INADEQUADA         CONSTRUÇÃO ADEQUADA

  estar de (greve)            estar em (greve)
  namorar com                 namorar
  arrasar com                 arrasar
  repetir de (ano)            repetir o (ano)
EXERCÍCIOS
Segundo a Norma Culta.
• O filme já foi assistido por
  milhões de pessoas no mundo
  todo.
     ( ) Certa
     ( x ) Errada
• Não adianta, Everaldo!
  Jamais o perdoarei!
  ( ) Certa
  ( x ) Errada
• O advogado foi pago pelo
  contador da empresa.
  ( ) Certa
  ( x ) Errada
• Quando assisti àquele filme,
  fiquei impressionado.
  ( x ) Certa
  ( ) Errada
• Eu custei para conseguir o que
  tenho.
  ( ) Certa
  ( x ) Errada
• A mãe quer ao garoto como a
  seu próprio filho.
  ( x ) Certa
  ( ) Errada
• Pediram para eu fazer o
  trabalho.
  ( x ) Certa
  ( ) Errada
• Sempre o obedeci. Agora
  vejo que não merece.
  ( ) Certa
  ( x ) Errada
• Gostaria de agradecer vocês
  por tudo o que fizeram por
  mim.
  ( ) Certa
  ( x ) Errada
• O médico procedeu o
  exame vagarosamente.
  ( ) Certa
  ( x ) Errada
• Queridos alunos, espero que tenham
  aproveitado a aula e que ela sirva
  para algo mais além da prova.

 Bons estudos!!!
                           Profª. BIA
Bibliografia
• ALMEIDA, Napoleão Mendes de.
  Gramática Metódica da Língua
  Portuguesa. 44ª edição. Editora Saraiva.
  São Paulo. 2001

• CUNHA, Celso & CINTRA, Luís F. Lindley.
  Nova Gramática do Português
  Contemporâneo. 3ª edição. Editora Nova
  Fronteira. Rio de Janeiro. 2001

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Orações adjetivas
Orações adjetivasOrações adjetivas
Orações adjetivas
Cassandra Cruz
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
Blog Estudo
 
Regência Nominal
Regência NominalRegência Nominal
Regência Nominal
Andriane Cursino
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
Rita Cunha
 
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
EstudareLegal
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Jose Manuel Alho
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
Sadrak Silva
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
Aliffer Murillo Laguna
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
Lucilene Barcelos
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
Cláudia Heloísa
 
Flexão do Substantivo
Flexão do SubstantivoFlexão do Substantivo
Flexão do Substantivo
lucivane cangussú
 
Período Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e SubordinaçãoPeríodo Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e Subordinação
Joyce de Oliveira
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
colveromachado
 
Formação das Palavras
Formação das PalavrasFormação das Palavras
Formação das Palavras
Cleber Reis
 
O emprego da vírgula
O emprego da vírgulaO emprego da vírgula
O emprego da vírgula
Rita Cunha
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
Flávio Ferreira
 
Numerais
NumeraisNumerais
Numerais
Diego Prezia
 
Adjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominalAdjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominal
Neily Alves
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
guest0cbfe
 
Orações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadasOrações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadas
taizinha
 

Mais procurados (20)

Orações adjetivas
Orações adjetivasOrações adjetivas
Orações adjetivas
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
 
Regência Nominal
Regência NominalRegência Nominal
Regência Nominal
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
 
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
 
Flexão do Substantivo
Flexão do SubstantivoFlexão do Substantivo
Flexão do Substantivo
 
Período Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e SubordinaçãoPeríodo Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e Subordinação
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
 
Formação das Palavras
Formação das PalavrasFormação das Palavras
Formação das Palavras
 
O emprego da vírgula
O emprego da vírgulaO emprego da vírgula
O emprego da vírgula
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
 
Numerais
NumeraisNumerais
Numerais
 
Adjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominalAdjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominal
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
 
Orações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadasOrações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadas
 

Destaque

Regencia verbal
Regencia verbalRegencia verbal
Regencia verbal
Marioribeiromorais
 
REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL
REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL
Orações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivasOrações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivas
nixsonmachado
 
Dissertação: características gerais.
Dissertação: características gerais.Dissertação: características gerais.
Dissertação: características gerais.
veri_profe
 
Tipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃO
Tipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃOTipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃO
Tipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃO
Sônia Maciel Alves
 
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; CraseConcordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Lidiane Rodrigues
 
Tipos de predicado
Tipos de predicadoTipos de predicado
Tipos de predicado
Vivian gusm?
 
Português - Regência Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Português - Regência Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo AulasPortuguês - Regência Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Português - Regência Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Vídeo Aulas Apoio
 
Verbos - parte 1
Verbos - parte 1Verbos - parte 1
Verbos - parte 1
Jorge Henrique
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
leticiararek
 

Destaque (10)

Regencia verbal
Regencia verbalRegencia verbal
Regencia verbal
 
REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL
REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL
REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL
 
Orações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivasOrações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivas
 
Dissertação: características gerais.
Dissertação: características gerais.Dissertação: características gerais.
Dissertação: características gerais.
 
Tipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃO
Tipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃOTipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃO
Tipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃO
 
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; CraseConcordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
 
Tipos de predicado
Tipos de predicadoTipos de predicado
Tipos de predicado
 
Português - Regência Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Português - Regência Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo AulasPortuguês - Regência Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Português - Regência Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
 
Verbos - parte 1
Verbos - parte 1Verbos - parte 1
Verbos - parte 1
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
 

Semelhante a RegêNcia Verbal

Cefet/Coltec - Extensivo Aula 20 regência
Cefet/Coltec - Extensivo Aula 20   regênciaCefet/Coltec - Extensivo Aula 20   regência
Cefet/Coltec - Extensivo Aula 20 regência
ProfFernandaBraga
 
Regnciaverbal 090704150622-phpapp01
Regnciaverbal 090704150622-phpapp01Regnciaverbal 090704150622-phpapp01
Regnciaverbal 090704150622-phpapp01
Vera Pinho
 
Regencia_vouconseguirpassar
Regencia_vouconseguirpassarRegencia_vouconseguirpassar
Regencia_vouconseguirpassar
Tio Hatiro
 
REGENCIAVERBAL.ppt
REGENCIAVERBAL.pptREGENCIAVERBAL.ppt
REGENCIAVERBAL.ppt
GianotedeBrito
 
REGÊNCIA.pptx
REGÊNCIA.pptxREGÊNCIA.pptx
REGÊNCIA.pptx
JssicaCassiano2
 
REGÊNCIA.pptx
REGÊNCIA.pptxREGÊNCIA.pptx
REGÊNCIA.pptx
JssicaCassiano2
 

Semelhante a RegêNcia Verbal (6)

Cefet/Coltec - Extensivo Aula 20 regência
Cefet/Coltec - Extensivo Aula 20   regênciaCefet/Coltec - Extensivo Aula 20   regência
Cefet/Coltec - Extensivo Aula 20 regência
 
Regnciaverbal 090704150622-phpapp01
Regnciaverbal 090704150622-phpapp01Regnciaverbal 090704150622-phpapp01
Regnciaverbal 090704150622-phpapp01
 
Regencia_vouconseguirpassar
Regencia_vouconseguirpassarRegencia_vouconseguirpassar
Regencia_vouconseguirpassar
 
REGENCIAVERBAL.ppt
REGENCIAVERBAL.pptREGENCIAVERBAL.ppt
REGENCIAVERBAL.ppt
 
REGÊNCIA.pptx
REGÊNCIA.pptxREGÊNCIA.pptx
REGÊNCIA.pptx
 
REGÊNCIA.pptx
REGÊNCIA.pptxREGÊNCIA.pptx
REGÊNCIA.pptx
 

RegêNcia Verbal

  • 1. R E G Ê N C IA VE R B A L Profª. Bia Buganeme Lingüista/USP
  • 2. Regência Verbal  É a relação de um verbo sobre seus complementos (OD, OI) e adjuntos adverbiais.   Em alguns casos, a variação de regência provoca uma alteração de sentido do verbo.  A seguir, você verá alguns verbos cuja regência exige maior atenção.
  • 3. Verbo Classificação Significado Exemplo Os atletas aspiravam com VTD sorver, respirar prazer o ar das montanhas. Aspirar O vereador recém- pretender, eleito aspirava a VTI desejar um alto cargo.
  • 4. Verbo Classificação Significado Exemplo Ontem assisti a um estar presente, VTI filme iraniano. presenciar O médico assiste o acompanhar, doente (ou ao VTD ou VTI Assistir prestar assistência doente). morar, residir (rege adjunto Minha comadre VI adverbial com a assiste em Santos. preposição "em")
  • 5. Verbo Classificação Significado Exemplo VTD Convocar, fazer vir Chamem a polícia! O pai chamava Invocar (exige a desesperadamente VTI preposição "por") pela filha. Chamar Cognominar, •Chamava-o qualificar, irresponsável. VTD ou VTI denominar + predicativo do •Chamava-o de objeto irresponsável.
  • 6. Verbo Classificação Significado Exemplo •Cheguei ao cinema 20 minutos (exige a preposição atrasado. Chegar e ir VI "a" quando indica lugar) •Vou ao cinema duas vezes por semana.
  • 7. Os apuradores Realizar; dar início procederam à a algo. VTI contagem dos (exige a preposição votos. "a") Ter origem ; A Língua Proceder originar-se. Portuguesa VTI (exige a preposição procede do Latim. “de") Suas acusações VI Ter fundamento não procedem.
  • 8. Verbo Classificação Significado Exemplo Que chateação! (quando não Esqueci o nome VTD pronominais) dele. Esquecer e (quando pronominais Esqueci-me do lembrar VTI exigem a preposição livro. "de") Esqueceram-me as cair no esquecimento VTI chaves em casa. / vir à lembrança
  • 9. Verbo Classificação Significado Exemplo Os jornais dar notícias, informaram o VTD esclarecer público consumidor. Informar A secretária informou a nota ao VTDI (mesmo sentido) aluno.
  • 10. Verbo Classificação Significado Exemplo Morar (exigem adjuntos Moro em São Paulo. e VI adverbiais com a Residir preposição em) Resido em Jundiaí. Obedecer O bom motorista (exigem a e VTI obedece às leis do preposição "a") Desobedecer trânsito.
  • 11. Verbo Classificação Significado Exemplo (quando o objeto é Paguei a conta. VTD coisa) Perdoei aos Pagar (quando o objeto é VTI inimigos. e pessoa) Perdoar Paguei a conta ao VTDI   feirante.
  • 12. Verbo Classificação Significado Exemplo Prefiro o amor à querer antes, VTDI guerra. escolher Preferir Preferimos a dar primazia a, alegria, não VTD determinar-se por aceitamos a dor. Segundo a Norma Culta da língua: Ex.: Prefiro mais ler do que escrever : (Errado!) Prefiro ler a escrever. (CERTO)
  • 13. Verbo Classificação Significado Exemplo Ela queria o disco da Gal, mas não o VTD desejar quer mais. Querer Eu quero a meus estimar, querer bem amigos e sempre VTI (exige a preposição "a"). lhes quis.
  • 14. Verbo Classificação Significado Exemplo Simpatizava com a Simpatizar (exigem a preposição idéia. e VTI "com"; não são Simpatizei com Antipatizar pronominais) ele. Visou o alvo e VTD mirar, pôr visto atirou. Homem sem Visar escrúpulos que ter em vista, era, só visava a VTI pretender (exige a uma posição de preposição "a") destaque. Namorar  VTD   Namorar alguém.
  • 15. FIQUE LIGADO!!! • 1.      Os verbos transitivos indiretos, com raras exceções, não admitem voz passiva. Ex: Nós assistimos ao filme. (Errado: O filme foi assistido por nós.) • 2.      Não se deve usar um único complemento a verbos de regências diferentes. Ex: Assisti ao filme e gostei dele. (Errado: assisti e gostei do filme.) • 3.      Havendo pronome relativo, a preposição, quando exigida pelo verbo, deve deslocar-se para antes do pronome relativo. Ex: Estes são os filmes a que assisti. Este é o autor de cuja obra gosto.
  • 16. 4.      Os pronomes "eu" e "tu" não podem vir regidos de preposição. • Ex: Sandra sentou-se entre mim e minha prima. (coloquialismo ...entre eu e.....) Atenção! Toda vez que eu e tu forem sujeito podem vir acompanhados de preposição. Mim e ti não são usados porque pronomes oblíquos não podem ser sujeito. Ex: Você entregou os textos para eu corrigir.
  • 17. Agora, alguns verbos da língua portuguesa em cuja regência encontramos problemas freqüentes: CONSTRUÇÃO INADEQUADA CONSTRUÇÃO ADEQUADA estar de (greve) estar em (greve) namorar com namorar arrasar com arrasar repetir de (ano) repetir o (ano)
  • 18. EXERCÍCIOS Segundo a Norma Culta. • O filme já foi assistido por milhões de pessoas no mundo todo. ( ) Certa ( x ) Errada
  • 19. • Não adianta, Everaldo! Jamais o perdoarei! ( ) Certa ( x ) Errada
  • 20. • O advogado foi pago pelo contador da empresa. ( ) Certa ( x ) Errada
  • 21. • Quando assisti àquele filme, fiquei impressionado. ( x ) Certa ( ) Errada
  • 22. • Eu custei para conseguir o que tenho. ( ) Certa ( x ) Errada
  • 23. • A mãe quer ao garoto como a seu próprio filho. ( x ) Certa ( ) Errada
  • 24. • Pediram para eu fazer o trabalho. ( x ) Certa ( ) Errada
  • 25. • Sempre o obedeci. Agora vejo que não merece. ( ) Certa ( x ) Errada
  • 26. • Gostaria de agradecer vocês por tudo o que fizeram por mim. ( ) Certa ( x ) Errada
  • 27. • O médico procedeu o exame vagarosamente. ( ) Certa ( x ) Errada
  • 28. • Queridos alunos, espero que tenham aproveitado a aula e que ela sirva para algo mais além da prova. Bons estudos!!! Profª. BIA
  • 29. Bibliografia • ALMEIDA, Napoleão Mendes de. Gramática Metódica da Língua Portuguesa. 44ª edição. Editora Saraiva. São Paulo. 2001 • CUNHA, Celso & CINTRA, Luís F. Lindley. Nova Gramática do Português Contemporâneo. 3ª edição. Editora Nova Fronteira. Rio de Janeiro. 2001