SlideShare uma empresa Scribd logo
Citações e Referências
Bibliográficas
Prof. André Constantino da Silva
Projeto Integrado I
Noturno
22 de abril de 2015
Baseado nas seções 8.6 e 4.9 do livro
de Maria M. de Andrade (2010)
• Aprender a realizar citações
• Aprender a elaborar referências
bibliográficas segundo as normas ABNT
Objetivo da Aula
“Corresponde a transcrever no trabalho um
trecho com a opinião de uma autoridade no
assunto, retirado da bibliografia consultada.”
(ANDRADE, 2014)
• Não exagerar nem no tamanho, nem no
número
– Muitas citações: parece uma “colcha de retalhos”
• Evitar citações longas: máximo de 200
palavras
Citações
• Citações podem ser textuais ou conceituais
– Citações textuais: transcrição exata, deve-se
respeitar até eventuais erros de ortografia ou
concordância
– Citação conceitual: consiste em uma
paráfrase ou resumo de um trecho de
determinada obra
Citações
• Com até três linhas de extensão pode-se
compor o parágrafo, colocando texto
transcrito entre aspas duplas
• Ultrapassando três linhas deve constituir
parágrafo à parte, em espaço simples, sem
aspas, tipo menor do que no texto e
recuado 4 cm da margem esquerda
Citações Textuais
• Se um trecho ou uma frase do texto citado
for omitido, indica-se o fato pelo emprego
da reticência entre colchetes [...]
• Se houver necessidade de acrescentar
palavras ao texto citado, para melhor
compreensão, elas devem aparecer entre
colchetes
Citações Textuais
• Exemplos:
– Para a indicação da fonte das citações no
corpo de trabalho, anota-se entre parênteses:
• o sobrenome do autor em maiúsculas seguido de vírgula
• ano de publicação seguido de vírgula
• abreviatura de página (p.) e o número da página ou
páginas (separadas por um traço -)
– Quando o nome do autor já consta do texto,
anota-se entre parênteses:
• ano de publicação seguido de vírgula
• abreviatura de página (p.) e o número da página ou
páginas (separadas por um traço -)
Citações Conceituais
• Adotamos a norma ABNT NBR 6023
• São considerados essenciais numa indicação
bibliográfica os seguintes elementos:
– Autor
– Título da obra
– Edição
– Local de publicação
– Editora
– Ano de publicação
Referências Bibliográficas
Os exemplos a seguir foram retirados de: http://www.leffa.pro.br/textos/abnt.htm
SOBRENOME, PRENOME abreviado. Título:
subtítulo (se houver). Edição (se houver). Local de
publicação: Editora, data de publicação da obra. Nº
de páginas ou volume.
AZEVEDO, M. A.; GUERRA, V. N. A. Mania de bater:
a punição corporal doméstica de crianças e
adolescentes no Brasil. São Paulo: Iglu, 2001. 386 p.
Formato – Livro no Todo
SOBRENOME, PRENOME abreviado do autor do
capítulo. Título: subtítulo (se houver) do capítulo.
In: AUTOR DO LIVRO (tipo de participação do autor
na obra, Org(s), Ed(s) etc. se houver). Título do
livro: subtítulo do livro (se houver). Local de
publicação: Editora, data de publicação. paginação
referente ao capítulo.
Exemplo: GRIZE, J. B. Psicologia genética e lógica.
In: BANKS-LEITE, L. (Org.). Percursos piagetianos.
São Paulo: Cortez, 1997. p. 63-76.
Formato – Capítulo de Livro
GRIZE, J. B. Psicologia genética e lógica. In: BANKS-
LEITE, L. (Org.). Percursos piagetianos. São Paulo:
Cortez, 1997. p. 63-76.
BANKS-LEITE, L. As questões lingüísticas na obra de
Piaget: apontamentos para uma reflexão crítica. In:
________. (Org.). Percursos piagetianos. São Paulo:
Cortez, 1997. p. 207-223.
Formato – Capítulo de Livro
Destaque para o
título do livro e
não para o título
do capítulo!
GRIZE, J. B. Psicologia genética e lógica. In: BANKS-
LEITE, L. (Org.). Percursos piagetianos. São Paulo:
Cortez, 1997. p. 63-76.
BANKS-LEITE, L. As questões lingüísticas na obra de
Piaget: apontamentos para uma reflexão crítica. In:
______. (Org.). Percursos piagetianos. São Paulo:
Cortez, 1997. p. 207-223.
Formato – Capítulo de Livro
Quando o autor do
capítulo é o
participante da obra
(6 underlines)
AUTOR(ES). Título: subtítulo (se houver). Disponível
em:<endereço da URL>. Data de acesso.
FACULDADE DE AGRONOMIA DA UNIVERSIDADE
FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Manual de
referências bibliográficas. Disponível em:
<http://www.ufrgs.br/agronomia/manualcap1.htm
>. Acesso em: 20 de ago. 2002.
Formato – Documento Publicado na
Internet
SOBRENOME, PRENOME abreviado. Título: subtítulo (se
houver). Data de defesa. Total de folhas. Tese (Doutorado)
ou Dissertação (Mestrado) - Instituição onde a Tese ou
Dissertação foi defendida. Local e data de defesa.
Descrição física do suporte.
FANTUCCI, I. Contribuição do alerta, da atenção, da
intenção e da expectativa temporal para o desempenho de
humanos em tarefas de tempo de reação. 2001. 130 f. Tese
(Doutorado em Psicologia) – Instituto de Psicologia,
Universidade de São Paulo, São Paulo. 2001.
Formato – Dissertação ou Tese
SOBRENOME, PRENOME abreviado Título do dicionário:
subtítulo (se houver). Edição (se houver). Local de
publicação: Editora, data de publicação.
FERREIRA, A. B. H. Aurélio século XXI: o dicionário da
Língua Portuguesa. 3. ed. rev. e ampl. Rio de Janeiro: Nova
Fronteira, 1999.
Formato – Dicionário
SOBRENOME, PRENOME abreviado. Título do manual:
subtítulo (se houver). Tradutor (se houver). Local de
publicação: Editora, data de publicação, total de páginas.
AMERICAN PSYCHOLOGICAL ASSOCIATION. Manual de
publicação da American Psychological Association.
Tradução de Daniel Bueno. Porto Alegre: ARTMED, 2002.
329 p.
Formato – Manual
SOBRENOME, PRENOME; SOBRENOME, PRENOME
abreviado abreviado Título: subtítulo (se houver). Nome
do periódico, Local de publicação, volume, número ou
fascículo, paginação, data de publicação do periódico.
SILVA, V. A.; ANDRADE, L. H. C. Etinobotânica Xucuru:
espécies místicas. Biotemas, Florianópolis, v. 15, n. 1, p.
45-57, 2002.
Formato – Artigo em Periódicos
SOBRENOME, PRENOME abreviado. Título: subtítulo (se
houver) In: NOME DO EVENTO, número., ano. Local de
realização do evento. Anais... Local de publicação dos
resumos: Editora, ano. paginação.
AMARAL, L. A. Atividade física e diferença
significativa/deficiência: algumas questões psicossociais
remetidas à inclusão/convívio pelo. In: CONGRESSO
BRASILEIRO DE ATIVIDADE MOTORA ADAPTADA, 4., 2001,
Curitiba. Anais... Curitiba: SOBAMA, 2001. p. 30-31.
Formato – Artigo em Congressos
• Em todos os casos, o autor deve ser indicado
pelo último sobrenome, em maiúsculas, seguido
de vírgula
– Os prenomes poderão ser abreviados ou não, no todo ou em
parte
– Não são considerados sobrenomes as relações de
parentesco: FILHO, JÚNIOR, SOBRINHO, NETO, etc
– Indica-se o nome como aparece na publicação
– No caso de dois ou três autores: nomes são separados por
ponto-e-vírgula (;)
– No caso de mais de três autores: indica-se o primeiro e
acrescenta-se a expressão latina et al. (que significa: e outros)
– Em caso de citação de duas ou mais obras de mesmo autor,
usa-se um traço (equivalente a 6 toques) e ponto para não
repetir o nome do autor
Referências Bibliográficas: Autor
• Em caso de citação de duas ou mais obras de mesmo
autor, usa-se um traço (equivalente a 6 toques) e ponto
para não repetir o nome do autor
• Exemplo:
GIL, Antônio Carlos. Metodologia do ensino superior. São
Paulo: Atlas, 1990.
______. Técnicas de pesquisa em economia. São Paulo:
Atlas, 1988.
______. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo:
Atlas, 1987.
Referências Bibliográficas: Autor
• Deve ter destaque: sublinhado ou grifado
(negrito, itálico ou um outro tipo de fonte)
• Título deve ser transcrito tal como aparece na
obra, usando-se maiúsculas apenas para a letra
inicial do título e dos nomes próprios
• O subtítulo deve ser precedido de dois-pontos e
não precisa ser grifado
Referências Bibliográficas: Título da Obra
• Elaborar um texto envolvendo os conceitos-
chaves de teu trabalho e realizar a citação e
referência bibliográfica dos textos usados.
• Formato:
Contextualização
texto com as definições dos conceitos-
chaves.
Referências Bibliográficas
referências em formato ABNT.
Atividade

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Normas Abnt
Normas AbntNormas Abnt
Normas Abnt
verafurlan
 
Slide sobre artigo cientifico
Slide sobre artigo cientificoSlide sobre artigo cientifico
Slide sobre artigo cientifico
Carlos Eugenio Lima Silva
 
Como Fazer Citações E Referências
Como Fazer Citações E ReferênciasComo Fazer Citações E Referências
Como Fazer Citações E Referências
Marta Melo de Oliveira
 
Estrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academicoEstrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academico
marceloedf
 
Citações - Metodologia Cientifica
 Citações - Metodologia Cientifica Citações - Metodologia Cientifica
Citações - Metodologia Cientifica
Brendel Luis
 
Modelos de síntese
Modelos de sínteseModelos de síntese
Modelos de síntese
denisecgomes
 
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva MuñozTCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Projeto de pesquisa
Projeto de pesquisaProjeto de pesquisa
Projeto de pesquisa
Beatriz Gaydeczka
 
EXEMPLO DE RESENHA CRITICA
EXEMPLO DE RESENHA CRITICAEXEMPLO DE RESENHA CRITICA
EXEMPLO DE RESENHA CRITICA
Larissa Gomes
 
Resenha de filme pdf
Resenha de filme   pdfResenha de filme   pdf
Resenha de filme pdf
familiaestagio
 
Modelo slide para apresentação do artigo
Modelo   slide para apresentação do artigoModelo   slide para apresentação do artigo
Modelo slide para apresentação do artigo
Adelmo Bicalho
 
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicosNormas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
Patrícia Éderson Dias
 
Metodologia científica
Metodologia científicaMetodologia científica
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Fichamento
FichamentoFichamento
Fichamento
André luis
 
Resenha acadêmica
Resenha acadêmicaResenha acadêmica
Resenha acadêmica
megainfoin
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científica
Ludmila Moura
 
Aula 5 CITAÇÃO: evitando o plágio
Aula 5   CITAÇÃO: evitando o plágioAula 5   CITAÇÃO: evitando o plágio
Aula 5 CITAÇÃO: evitando o plágio
Filipe Reis
 
Estrutura e normalização de trabalhos acadêmicos APA 6ª edição (atualizado 2016)
Estrutura e normalização de trabalhos acadêmicos APA 6ª edição (atualizado 2016)Estrutura e normalização de trabalhos acadêmicos APA 6ª edição (atualizado 2016)
Estrutura e normalização de trabalhos acadêmicos APA 6ª edição (atualizado 2016)
Biblioteca FEAUSP
 
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e QuantitativaPesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
jlpaesjr
 

Mais procurados (20)

Normas Abnt
Normas AbntNormas Abnt
Normas Abnt
 
Slide sobre artigo cientifico
Slide sobre artigo cientificoSlide sobre artigo cientifico
Slide sobre artigo cientifico
 
Como Fazer Citações E Referências
Como Fazer Citações E ReferênciasComo Fazer Citações E Referências
Como Fazer Citações E Referências
 
Estrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academicoEstrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academico
 
Citações - Metodologia Cientifica
 Citações - Metodologia Cientifica Citações - Metodologia Cientifica
Citações - Metodologia Cientifica
 
Modelos de síntese
Modelos de sínteseModelos de síntese
Modelos de síntese
 
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva MuñozTCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
 
Projeto de pesquisa
Projeto de pesquisaProjeto de pesquisa
Projeto de pesquisa
 
EXEMPLO DE RESENHA CRITICA
EXEMPLO DE RESENHA CRITICAEXEMPLO DE RESENHA CRITICA
EXEMPLO DE RESENHA CRITICA
 
Resenha de filme pdf
Resenha de filme   pdfResenha de filme   pdf
Resenha de filme pdf
 
Modelo slide para apresentação do artigo
Modelo   slide para apresentação do artigoModelo   slide para apresentação do artigo
Modelo slide para apresentação do artigo
 
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicosNormas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
 
Metodologia científica
Metodologia científicaMetodologia científica
Metodologia científica
 
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Resenha crítica
 
Fichamento
FichamentoFichamento
Fichamento
 
Resenha acadêmica
Resenha acadêmicaResenha acadêmica
Resenha acadêmica
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científica
 
Aula 5 CITAÇÃO: evitando o plágio
Aula 5   CITAÇÃO: evitando o plágioAula 5   CITAÇÃO: evitando o plágio
Aula 5 CITAÇÃO: evitando o plágio
 
Estrutura e normalização de trabalhos acadêmicos APA 6ª edição (atualizado 2016)
Estrutura e normalização de trabalhos acadêmicos APA 6ª edição (atualizado 2016)Estrutura e normalização de trabalhos acadêmicos APA 6ª edição (atualizado 2016)
Estrutura e normalização de trabalhos acadêmicos APA 6ª edição (atualizado 2016)
 
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e QuantitativaPesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
 

Semelhante a Como fazer citações e referências bibliográficas

Resumo normas abnt
Resumo normas abntResumo normas abnt
Resumo normas abnt
Edielton Paulo
 
slidenormasdaabnt-150603220000-lva1-app6891.pdf
slidenormasdaabnt-150603220000-lva1-app6891.pdfslidenormasdaabnt-150603220000-lva1-app6891.pdf
slidenormasdaabnt-150603220000-lva1-app6891.pdf
douglas870578
 
ORIENTAÇÃO NA PREPARAÇÃO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS
ORIENTAÇÃO NA PREPARAÇÃO DOS TRABALHOS ACADÊMICOSORIENTAÇÃO NA PREPARAÇÃO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS
ORIENTAÇÃO NA PREPARAÇÃO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS
Biblioteca FE
 
Normas abnt resumos
Normas abnt   resumosNormas abnt   resumos
Chamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEM
Chamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEMChamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEM
Chamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEM
lcwebd
 
Chamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEM
Chamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEMChamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEM
Chamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEM
lcwebd
 
Treinamento de Normalização Bibliográfica
Treinamento de Normalização BibliográficaTreinamento de Normalização Bibliográfica
Treinamento de Normalização Bibliográfica
mssuzuki
 
Referências
ReferênciasReferências
Referências
Gilson Souza
 
Artigo cientifico
Artigo cientificoArtigo cientifico
Artigo cientifico
ProfFernandaBraga
 
Slide= Normas da ABNT
 Slide= Normas da ABNT Slide= Normas da ABNT
Slide= Normas da ABNT
Uecson Santos
 
Artigo cientifico
Artigo cientificoArtigo cientifico
Artigo cientifico
ProfFernandaBraga
 
Referências Bibliográficas
Referências BibliográficasReferências Bibliográficas
Referências Bibliográficas
Carlos Pinheiro
 
Citacoes slides unesp-abnt_2009
Citacoes slides unesp-abnt_2009Citacoes slides unesp-abnt_2009
Citacoes slides unesp-abnt_2009
André de Oliveira
 
08 referências
08 referências08 referências
08 referências
Joao Balbi
 
Original modelo%20monografia%20 abnt
Original modelo%20monografia%20 abntOriginal modelo%20monografia%20 abnt
Original modelo%20monografia%20 abnt
Andre Freire da Silva
 
Bibliografia de um trabalhotrabalho
Bibliografia de um trabalhotrabalhoBibliografia de um trabalhotrabalho
Bibliografia de um trabalhotrabalho
Carla Troncho
 
11 abnt
11 abnt11 abnt
11 abnt
Joao Balbi
 
Como fazer citações bibliográficas?
Como fazer citações bibliográficas?Como fazer citações bibliográficas?
Como fazer citações bibliográficas?
sousamendes
 
Guia normas-apa-portugues
Guia normas-apa-portuguesGuia normas-apa-portugues
Guia normas-apa-portugues
Esther Vieira Vieira
 
Resumo apa
Resumo apaResumo apa

Semelhante a Como fazer citações e referências bibliográficas (20)

Resumo normas abnt
Resumo normas abntResumo normas abnt
Resumo normas abnt
 
slidenormasdaabnt-150603220000-lva1-app6891.pdf
slidenormasdaabnt-150603220000-lva1-app6891.pdfslidenormasdaabnt-150603220000-lva1-app6891.pdf
slidenormasdaabnt-150603220000-lva1-app6891.pdf
 
ORIENTAÇÃO NA PREPARAÇÃO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS
ORIENTAÇÃO NA PREPARAÇÃO DOS TRABALHOS ACADÊMICOSORIENTAÇÃO NA PREPARAÇÃO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS
ORIENTAÇÃO NA PREPARAÇÃO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS
 
Normas abnt resumos
Normas abnt   resumosNormas abnt   resumos
Normas abnt resumos
 
Chamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEM
Chamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEMChamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEM
Chamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEM
 
Chamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEM
Chamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEMChamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEM
Chamada para Trabalhos X Encontro Regional Centro Oeste da ABEM
 
Treinamento de Normalização Bibliográfica
Treinamento de Normalização BibliográficaTreinamento de Normalização Bibliográfica
Treinamento de Normalização Bibliográfica
 
Referências
ReferênciasReferências
Referências
 
Artigo cientifico
Artigo cientificoArtigo cientifico
Artigo cientifico
 
Slide= Normas da ABNT
 Slide= Normas da ABNT Slide= Normas da ABNT
Slide= Normas da ABNT
 
Artigo cientifico
Artigo cientificoArtigo cientifico
Artigo cientifico
 
Referências Bibliográficas
Referências BibliográficasReferências Bibliográficas
Referências Bibliográficas
 
Citacoes slides unesp-abnt_2009
Citacoes slides unesp-abnt_2009Citacoes slides unesp-abnt_2009
Citacoes slides unesp-abnt_2009
 
08 referências
08 referências08 referências
08 referências
 
Original modelo%20monografia%20 abnt
Original modelo%20monografia%20 abntOriginal modelo%20monografia%20 abnt
Original modelo%20monografia%20 abnt
 
Bibliografia de um trabalhotrabalho
Bibliografia de um trabalhotrabalhoBibliografia de um trabalhotrabalho
Bibliografia de um trabalhotrabalho
 
11 abnt
11 abnt11 abnt
11 abnt
 
Como fazer citações bibliográficas?
Como fazer citações bibliográficas?Como fazer citações bibliográficas?
Como fazer citações bibliográficas?
 
Guia normas-apa-portugues
Guia normas-apa-portuguesGuia normas-apa-portugues
Guia normas-apa-portugues
 
Resumo apa
Resumo apaResumo apa
Resumo apa
 

Mais de André Constantino da Silva

Introdução ao TelEduc
Introdução ao TelEducIntrodução ao TelEduc
Introdução ao TelEduc
André Constantino da Silva
 
Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...
Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...
Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...
André Constantino da Silva
 
Aula sobre texto academico - elaboração do desenvolvimento
Aula sobre texto academico - elaboração do desenvolvimentoAula sobre texto academico - elaboração do desenvolvimento
Aula sobre texto academico - elaboração do desenvolvimento
André Constantino da Silva
 
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuáriosAula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
André Constantino da Silva
 
Aula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de Usuário
Aula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de UsuárioAula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de Usuário
Aula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de Usuário
André Constantino da Silva
 
Aula 4 - Avaliação de Interface - Parte 1
Aula 4 -  Avaliação de Interface - Parte 1Aula 4 -  Avaliação de Interface - Parte 1
Aula 4 - Avaliação de Interface - Parte 1
André Constantino da Silva
 
Aula 3 - Fatores Humanos
Aula 3 - Fatores HumanosAula 3 - Fatores Humanos
Aula 3 - Fatores Humanos
André Constantino da Silva
 
Aula 2 - A área de IHC
Aula 2 - A área de IHCAula 2 - A área de IHC
Aula 2 - A área de IHC
André Constantino da Silva
 
Aula 1 - Apresentação da Disciplina
Aula 1 - Apresentação da DisciplinaAula 1 - Apresentação da Disciplina
Aula 1 - Apresentação da Disciplina
André Constantino da Silva
 
Introdução ao ambiente virtual de aprendizagem TelEduc
Introdução ao ambiente virtual de aprendizagem TelEducIntrodução ao ambiente virtual de aprendizagem TelEduc
Introdução ao ambiente virtual de aprendizagem TelEduc
André Constantino da Silva
 
Aula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHC
Aula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHCAula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHC
Aula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHC
André Constantino da Silva
 
Aula 4 Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
Aula 4   Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHCAula 4   Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
Aula 4 Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
André Constantino da Silva
 
Aula 3 – A áera de IHC
Aula 3 – A áera de IHCAula 3 – A áera de IHC
Aula 3 – A áera de IHC
André Constantino da Silva
 
InkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning Environments
InkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning EnvironmentsInkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning Environments
InkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning Environments
André Constantino da Silva
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 2 final
Aula 2 finalAula 2 final
Aula 1 final
Aula 1 finalAula 1 final
Aula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de Repetição
Aula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de RepetiçãoAula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de Repetição
Aula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de Repetição
André Constantino da Silva
 
Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...
Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...
Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...
André Constantino da Silva
 
Aula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativo
Aula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativoAula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativo
Aula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativo
André Constantino da Silva
 

Mais de André Constantino da Silva (20)

Introdução ao TelEduc
Introdução ao TelEducIntrodução ao TelEduc
Introdução ao TelEduc
 
Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...
Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...
Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...
 
Aula sobre texto academico - elaboração do desenvolvimento
Aula sobre texto academico - elaboração do desenvolvimentoAula sobre texto academico - elaboração do desenvolvimento
Aula sobre texto academico - elaboração do desenvolvimento
 
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuáriosAula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
 
Aula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de Usuário
Aula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de UsuárioAula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de Usuário
Aula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de Usuário
 
Aula 4 - Avaliação de Interface - Parte 1
Aula 4 -  Avaliação de Interface - Parte 1Aula 4 -  Avaliação de Interface - Parte 1
Aula 4 - Avaliação de Interface - Parte 1
 
Aula 3 - Fatores Humanos
Aula 3 - Fatores HumanosAula 3 - Fatores Humanos
Aula 3 - Fatores Humanos
 
Aula 2 - A área de IHC
Aula 2 - A área de IHCAula 2 - A área de IHC
Aula 2 - A área de IHC
 
Aula 1 - Apresentação da Disciplina
Aula 1 - Apresentação da DisciplinaAula 1 - Apresentação da Disciplina
Aula 1 - Apresentação da Disciplina
 
Introdução ao ambiente virtual de aprendizagem TelEduc
Introdução ao ambiente virtual de aprendizagem TelEducIntrodução ao ambiente virtual de aprendizagem TelEduc
Introdução ao ambiente virtual de aprendizagem TelEduc
 
Aula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHC
Aula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHCAula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHC
Aula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHC
 
Aula 4 Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
Aula 4   Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHCAula 4   Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
Aula 4 Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
 
Aula 3 – A áera de IHC
Aula 3 – A áera de IHCAula 3 – A áera de IHC
Aula 3 – A áera de IHC
 
InkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning Environments
InkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning EnvironmentsInkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning Environments
InkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning Environments
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
 
Aula 2 final
Aula 2 finalAula 2 final
Aula 2 final
 
Aula 1 final
Aula 1 finalAula 1 final
Aula 1 final
 
Aula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de Repetição
Aula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de RepetiçãoAula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de Repetição
Aula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de Repetição
 
Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...
Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...
Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...
 
Aula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativo
Aula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativoAula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativo
Aula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativo
 

Último

Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 

Como fazer citações e referências bibliográficas

  • 1. Citações e Referências Bibliográficas Prof. André Constantino da Silva Projeto Integrado I Noturno 22 de abril de 2015 Baseado nas seções 8.6 e 4.9 do livro de Maria M. de Andrade (2010)
  • 2. • Aprender a realizar citações • Aprender a elaborar referências bibliográficas segundo as normas ABNT Objetivo da Aula
  • 3. “Corresponde a transcrever no trabalho um trecho com a opinião de uma autoridade no assunto, retirado da bibliografia consultada.” (ANDRADE, 2014) • Não exagerar nem no tamanho, nem no número – Muitas citações: parece uma “colcha de retalhos” • Evitar citações longas: máximo de 200 palavras Citações
  • 4. • Citações podem ser textuais ou conceituais – Citações textuais: transcrição exata, deve-se respeitar até eventuais erros de ortografia ou concordância – Citação conceitual: consiste em uma paráfrase ou resumo de um trecho de determinada obra Citações
  • 5. • Com até três linhas de extensão pode-se compor o parágrafo, colocando texto transcrito entre aspas duplas • Ultrapassando três linhas deve constituir parágrafo à parte, em espaço simples, sem aspas, tipo menor do que no texto e recuado 4 cm da margem esquerda Citações Textuais
  • 6. • Se um trecho ou uma frase do texto citado for omitido, indica-se o fato pelo emprego da reticência entre colchetes [...] • Se houver necessidade de acrescentar palavras ao texto citado, para melhor compreensão, elas devem aparecer entre colchetes Citações Textuais
  • 8. – Para a indicação da fonte das citações no corpo de trabalho, anota-se entre parênteses: • o sobrenome do autor em maiúsculas seguido de vírgula • ano de publicação seguido de vírgula • abreviatura de página (p.) e o número da página ou páginas (separadas por um traço -) – Quando o nome do autor já consta do texto, anota-se entre parênteses: • ano de publicação seguido de vírgula • abreviatura de página (p.) e o número da página ou páginas (separadas por um traço -) Citações Conceituais
  • 9.
  • 10. • Adotamos a norma ABNT NBR 6023 • São considerados essenciais numa indicação bibliográfica os seguintes elementos: – Autor – Título da obra – Edição – Local de publicação – Editora – Ano de publicação Referências Bibliográficas Os exemplos a seguir foram retirados de: http://www.leffa.pro.br/textos/abnt.htm
  • 11. SOBRENOME, PRENOME abreviado. Título: subtítulo (se houver). Edição (se houver). Local de publicação: Editora, data de publicação da obra. Nº de páginas ou volume. AZEVEDO, M. A.; GUERRA, V. N. A. Mania de bater: a punição corporal doméstica de crianças e adolescentes no Brasil. São Paulo: Iglu, 2001. 386 p. Formato – Livro no Todo
  • 12. SOBRENOME, PRENOME abreviado do autor do capítulo. Título: subtítulo (se houver) do capítulo. In: AUTOR DO LIVRO (tipo de participação do autor na obra, Org(s), Ed(s) etc. se houver). Título do livro: subtítulo do livro (se houver). Local de publicação: Editora, data de publicação. paginação referente ao capítulo. Exemplo: GRIZE, J. B. Psicologia genética e lógica. In: BANKS-LEITE, L. (Org.). Percursos piagetianos. São Paulo: Cortez, 1997. p. 63-76. Formato – Capítulo de Livro
  • 13. GRIZE, J. B. Psicologia genética e lógica. In: BANKS- LEITE, L. (Org.). Percursos piagetianos. São Paulo: Cortez, 1997. p. 63-76. BANKS-LEITE, L. As questões lingüísticas na obra de Piaget: apontamentos para uma reflexão crítica. In: ________. (Org.). Percursos piagetianos. São Paulo: Cortez, 1997. p. 207-223. Formato – Capítulo de Livro Destaque para o título do livro e não para o título do capítulo!
  • 14. GRIZE, J. B. Psicologia genética e lógica. In: BANKS- LEITE, L. (Org.). Percursos piagetianos. São Paulo: Cortez, 1997. p. 63-76. BANKS-LEITE, L. As questões lingüísticas na obra de Piaget: apontamentos para uma reflexão crítica. In: ______. (Org.). Percursos piagetianos. São Paulo: Cortez, 1997. p. 207-223. Formato – Capítulo de Livro Quando o autor do capítulo é o participante da obra (6 underlines)
  • 15. AUTOR(ES). Título: subtítulo (se houver). Disponível em:<endereço da URL>. Data de acesso. FACULDADE DE AGRONOMIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Manual de referências bibliográficas. Disponível em: <http://www.ufrgs.br/agronomia/manualcap1.htm >. Acesso em: 20 de ago. 2002. Formato – Documento Publicado na Internet
  • 16. SOBRENOME, PRENOME abreviado. Título: subtítulo (se houver). Data de defesa. Total de folhas. Tese (Doutorado) ou Dissertação (Mestrado) - Instituição onde a Tese ou Dissertação foi defendida. Local e data de defesa. Descrição física do suporte. FANTUCCI, I. Contribuição do alerta, da atenção, da intenção e da expectativa temporal para o desempenho de humanos em tarefas de tempo de reação. 2001. 130 f. Tese (Doutorado em Psicologia) – Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo. 2001. Formato – Dissertação ou Tese
  • 17. SOBRENOME, PRENOME abreviado Título do dicionário: subtítulo (se houver). Edição (se houver). Local de publicação: Editora, data de publicação. FERREIRA, A. B. H. Aurélio século XXI: o dicionário da Língua Portuguesa. 3. ed. rev. e ampl. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1999. Formato – Dicionário
  • 18. SOBRENOME, PRENOME abreviado. Título do manual: subtítulo (se houver). Tradutor (se houver). Local de publicação: Editora, data de publicação, total de páginas. AMERICAN PSYCHOLOGICAL ASSOCIATION. Manual de publicação da American Psychological Association. Tradução de Daniel Bueno. Porto Alegre: ARTMED, 2002. 329 p. Formato – Manual
  • 19. SOBRENOME, PRENOME; SOBRENOME, PRENOME abreviado abreviado Título: subtítulo (se houver). Nome do periódico, Local de publicação, volume, número ou fascículo, paginação, data de publicação do periódico. SILVA, V. A.; ANDRADE, L. H. C. Etinobotânica Xucuru: espécies místicas. Biotemas, Florianópolis, v. 15, n. 1, p. 45-57, 2002. Formato – Artigo em Periódicos
  • 20. SOBRENOME, PRENOME abreviado. Título: subtítulo (se houver) In: NOME DO EVENTO, número., ano. Local de realização do evento. Anais... Local de publicação dos resumos: Editora, ano. paginação. AMARAL, L. A. Atividade física e diferença significativa/deficiência: algumas questões psicossociais remetidas à inclusão/convívio pelo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ATIVIDADE MOTORA ADAPTADA, 4., 2001, Curitiba. Anais... Curitiba: SOBAMA, 2001. p. 30-31. Formato – Artigo em Congressos
  • 21. • Em todos os casos, o autor deve ser indicado pelo último sobrenome, em maiúsculas, seguido de vírgula – Os prenomes poderão ser abreviados ou não, no todo ou em parte – Não são considerados sobrenomes as relações de parentesco: FILHO, JÚNIOR, SOBRINHO, NETO, etc – Indica-se o nome como aparece na publicação – No caso de dois ou três autores: nomes são separados por ponto-e-vírgula (;) – No caso de mais de três autores: indica-se o primeiro e acrescenta-se a expressão latina et al. (que significa: e outros) – Em caso de citação de duas ou mais obras de mesmo autor, usa-se um traço (equivalente a 6 toques) e ponto para não repetir o nome do autor Referências Bibliográficas: Autor
  • 22. • Em caso de citação de duas ou mais obras de mesmo autor, usa-se um traço (equivalente a 6 toques) e ponto para não repetir o nome do autor • Exemplo: GIL, Antônio Carlos. Metodologia do ensino superior. São Paulo: Atlas, 1990. ______. Técnicas de pesquisa em economia. São Paulo: Atlas, 1988. ______. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1987. Referências Bibliográficas: Autor
  • 23. • Deve ter destaque: sublinhado ou grifado (negrito, itálico ou um outro tipo de fonte) • Título deve ser transcrito tal como aparece na obra, usando-se maiúsculas apenas para a letra inicial do título e dos nomes próprios • O subtítulo deve ser precedido de dois-pontos e não precisa ser grifado Referências Bibliográficas: Título da Obra
  • 24. • Elaborar um texto envolvendo os conceitos- chaves de teu trabalho e realizar a citação e referência bibliográfica dos textos usados. • Formato: Contextualização texto com as definições dos conceitos- chaves. Referências Bibliográficas referências em formato ABNT. Atividade