SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Baixar para ler offline
Partes que Compõem um Trabalho e
Acadêmico
Desenvolvimento
Prof. André Constantino da Silva
PR1
03 de junho de 2015
Baseado nas seções 6.3 do livro
de Maria M. de Andrade (2010)
• O que é a parte “Desenvolvimento”
• O que devo expor na parte
“Desenvolvimento”?
Introdução
• Partes de um trabalho acadêmico
– Introdução
– Desenvolvimento
– Conclusão
Introdução
• Parte nuclear do trabalho
– Muitos autores chamam de “Corpo de trabalho”
• “Apresentar os argumentos, os juízos, através
do raciocínio lógico, cartesiano, inerente ao
trabalho científico” (Andrade, 2010)
• Parte mais extensa da redação
– Análise ou descrição dos fatos
– Argumentação pertinente
O que é?
• Pode ser divido em duas ou três partes (Andrade, 2010):
– Exposição: processo através do qual são descrito e analisados
os fatos ou apresentadas as ideias;
– Argumentação: defende-se a validade das ideias através dos
argumentos, ou seja, do raciocínio lógico, da evidência
racional dos fatos, de maneira ordenada, classificando-os e
hierarquizando-os;
– Discussão: consiste na comparação das ideias; refutam-se ou
confirmam-se os argumentos apresentados, mediante um
exercício de interpretação dos fatos ou ideias demonstrados.
O que expor no Desenvolvimento?
• Lembre-se que essa área de muito
abrangente em temas e técnicas
– Importante saber as técnicas a serem usadas
• O orientador irá te auxiliar na escolha
Na Informática...
• Desenvolvimento:
– Levantamento bibliográfico
– Metodologia
• Etapas a seguir num determinado processo
– Andamento do trabalho:
• Análise e discussão da problemática
• Modelagem realizada
• Apresentar uma viabilidade técnica
• Reflexão do andamento
Nesta disciplina...
• Etapas a seguir para se alcançar o objetivo
• Responder: quem, o quê, onde, quando e
porquê
• “explicação minuciosa, detalhada, rigorosa
e exata de toda ação desenvolvida”
(Andrade, 2010)
• Basear-se também na literatura
• Os métodos (qualitativa, quantitativa ou misto) e técnicas
devem estar descritos no referencial teórico
Metodologia
• Lembre-se, no decorrer da elaboração do
trabalho, sempre se faz alguma modificação
– Isso pode impactar na metodologia mas é
normal
• O escopo do trabalho e as atividades devem
considerar o tempo e os recursos
disponíveis bem como o custo
Metodologia
• Antes de entregar seu texto, faça uma leitura
crítica
– Ortografia
– Gramática
– Extensão das frases e clareza
– Conceitos (importantíssimo)
– Lógica da argumentação, articulação e equilíbrio
• Aguarde alguns dias após a escrita para fazer uma
leitura crítica
– Mas para isso é necessário que termine uma primeira
versão dias antes de seu prazo de entrega
Leitura Crítica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introdução à Engenharia de Software e UML
Introdução à Engenharia de Software e UMLIntrodução à Engenharia de Software e UML
Introdução à Engenharia de Software e UMLNatanael Simões
 
UX na vida real - Aplicando técnicas na reformulação de um produto
UX na vida real - Aplicando técnicas na reformulação de um produtoUX na vida real - Aplicando técnicas na reformulação de um produto
UX na vida real - Aplicando técnicas na reformulação de um produtoLariane Rossanese
 
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuáriosAula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuáriosAndré Constantino da Silva
 
Design de interface (trabalho acadêmico)
Design de interface (trabalho acadêmico)Design de interface (trabalho acadêmico)
Design de interface (trabalho acadêmico)DesignCarminatti
 
Projeto de sistemas com UML - Parte 1
Projeto de sistemas com UML - Parte 1Projeto de sistemas com UML - Parte 1
Projeto de sistemas com UML - Parte 1Natanael Simões
 
Testes e avaliação de protótipos
Testes e avaliação de protótiposTestes e avaliação de protótipos
Testes e avaliação de protótiposRobson Santos
 
Interação Humano Computador Capítulo 9 - Design
Interação Humano Computador Capítulo 9 - DesignInteração Humano Computador Capítulo 9 - Design
Interação Humano Computador Capítulo 9 - DesignWellington Oliveira
 
Aulas 7. IHC – Projeto de Interface com o Usuário
Aulas 7. IHC – Projeto de Interface com o UsuárioAulas 7. IHC – Projeto de Interface com o Usuário
Aulas 7. IHC – Projeto de Interface com o UsuárioSilvia Dotta
 
Modelos Conceituais - parte 1
Modelos Conceituais - parte 1Modelos Conceituais - parte 1
Modelos Conceituais - parte 1Erico Fileno
 

Mais procurados (20)

Introdução ao TelEduc
Introdução ao TelEducIntrodução ao TelEduc
Introdução ao TelEduc
 
Aula 2 - A área de IHC
Aula 2 - A área de IHCAula 2 - A área de IHC
Aula 2 - A área de IHC
 
Aula 4 - Avaliação de Interface - Parte 1
Aula 4 -  Avaliação de Interface - Parte 1Aula 4 -  Avaliação de Interface - Parte 1
Aula 4 - Avaliação de Interface - Parte 1
 
Interface Homem Computador - Aula01- Introdução a IHC
Interface Homem Computador - Aula01- Introdução a IHCInterface Homem Computador - Aula01- Introdução a IHC
Interface Homem Computador - Aula01- Introdução a IHC
 
Introdução à Engenharia de Software e UML
Introdução à Engenharia de Software e UMLIntrodução à Engenharia de Software e UML
Introdução à Engenharia de Software e UML
 
Interface Homem Computador - Aula01 Apresentação da disciplia
Interface Homem Computador - Aula01 Apresentação da discipliaInterface Homem Computador - Aula01 Apresentação da disciplia
Interface Homem Computador - Aula01 Apresentação da disciplia
 
UX na vida real - Aplicando técnicas na reformulação de um produto
UX na vida real - Aplicando técnicas na reformulação de um produtoUX na vida real - Aplicando técnicas na reformulação de um produto
UX na vida real - Aplicando técnicas na reformulação de um produto
 
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuáriosAula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
 
Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...
Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...
Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...
 
Interface Homem Computador - Aula02 - Principios de design em IHC
Interface Homem Computador - Aula02 - Principios de design em IHCInterface Homem Computador - Aula02 - Principios de design em IHC
Interface Homem Computador - Aula02 - Principios de design em IHC
 
Design de interface (trabalho acadêmico)
Design de interface (trabalho acadêmico)Design de interface (trabalho acadêmico)
Design de interface (trabalho acadêmico)
 
Projeto de sistemas com UML - Parte 1
Projeto de sistemas com UML - Parte 1Projeto de sistemas com UML - Parte 1
Projeto de sistemas com UML - Parte 1
 
Testes e avaliação de protótipos
Testes e avaliação de protótiposTestes e avaliação de protótipos
Testes e avaliação de protótipos
 
Design de Interfaces
Design de InterfacesDesign de Interfaces
Design de Interfaces
 
Interação Humano Computador Capítulo 9 - Design
Interação Humano Computador Capítulo 9 - DesignInteração Humano Computador Capítulo 9 - Design
Interação Humano Computador Capítulo 9 - Design
 
Percurso cognitivo
Percurso cognitivoPercurso cognitivo
Percurso cognitivo
 
00 apresentacao
00   apresentacao00   apresentacao
00 apresentacao
 
Aulas 7. IHC – Projeto de Interface com o Usuário
Aulas 7. IHC – Projeto de Interface com o UsuárioAulas 7. IHC – Projeto de Interface com o Usuário
Aulas 7. IHC – Projeto de Interface com o Usuário
 
Modelos Conceituais - parte 1
Modelos Conceituais - parte 1Modelos Conceituais - parte 1
Modelos Conceituais - parte 1
 
Interface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informação
Interface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informaçãoInterface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informação
Interface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informação
 

Destaque

Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...
Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...
Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...André Constantino da Silva
 
Arnoux texto academico
Arnoux texto academicoArnoux texto academico
Arnoux texto academiconeique
 
Aula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de Repetição
Aula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de RepetiçãoAula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de Repetição
Aula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de RepetiçãoAndré Constantino da Silva
 
Exemplo 1 2_3_4_de_texto_acadêmico
Exemplo 1 2_3_4_de_texto_acadêmicoExemplo 1 2_3_4_de_texto_acadêmico
Exemplo 1 2_3_4_de_texto_acadêmicoCristine Alonso
 
Como fazer citações e referências bibliográficas
Como fazer citações e referências bibliográficasComo fazer citações e referências bibliográficas
Como fazer citações e referências bibliográficasAndré Constantino da Silva
 
Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...
Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...
Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...André Constantino da Silva
 
Produção de textos acadêmicos
Produção de textos acadêmicosProdução de textos acadêmicos
Produção de textos acadêmicosCaroline R. Cardoso
 
Gêneros textuais e literários
Gêneros textuais e literáriosGêneros textuais e literários
Gêneros textuais e literáriosMiquéias Vitorino
 
Lógica de programação - Como estudar sem achar chato e ainda ter motivação
Lógica de programação - Como estudar sem achar chato e ainda ter motivaçãoLógica de programação - Como estudar sem achar chato e ainda ter motivação
Lógica de programação - Como estudar sem achar chato e ainda ter motivaçãoFelipe Fontoura
 
O principio da contradição de aristóteles
O principio da contradição de aristótelesO principio da contradição de aristóteles
O principio da contradição de aristótelesFelipe Bezerra Cambará
 
5º gênero e tipologia textual
5º gênero e tipologia textual5º gênero e tipologia textual
5º gênero e tipologia textualJunior Paixão
 
Aula 8 - Lógica de Programação - Variáveis, Tipos de dados e Operadores
Aula 8 - Lógica de Programação - Variáveis, Tipos de dados e OperadoresAula 8 - Lógica de Programação - Variáveis, Tipos de dados e Operadores
Aula 8 - Lógica de Programação - Variáveis, Tipos de dados e OperadoresAndré Constantino da Silva
 
Logica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis Operadores
Logica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis OperadoresLogica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis Operadores
Logica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis OperadoresRegis Magalhães
 
Princípios de lógica
Princípios de lógicaPrincípios de lógica
Princípios de lógicafiloscar
 
Filosofia 2º teste - argumentação e retórica, lógica informal, falácias infor...
Filosofia 2º teste - argumentação e retórica, lógica informal, falácias infor...Filosofia 2º teste - argumentação e retórica, lógica informal, falácias infor...
Filosofia 2º teste - argumentação e retórica, lógica informal, falácias infor...Joana Pinto
 

Destaque (20)

Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...
Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...
Aula 9 - Resultado Operandos Matemáticos, Operadores Aritmeticos, Relacionais...
 
Arnoux texto academico
Arnoux texto academicoArnoux texto academico
Arnoux texto academico
 
Aula 7
Aula 7Aula 7
Aula 7
 
Aula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de Repetição
Aula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de RepetiçãoAula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de Repetição
Aula 10 - Comando de Decisão Múltipla e Comandos de Repetição
 
Exemplo 1 2_3_4_de_texto_acadêmico
Exemplo 1 2_3_4_de_texto_acadêmicoExemplo 1 2_3_4_de_texto_acadêmico
Exemplo 1 2_3_4_de_texto_acadêmico
 
Como fazer citações e referências bibliográficas
Como fazer citações e referências bibliográficasComo fazer citações e referências bibliográficas
Como fazer citações e referências bibliográficas
 
Gêneros literários
Gêneros literáriosGêneros literários
Gêneros literários
 
Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...
Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...
Mouse+Teclado x Toque+Caneta: as modalidades de interação em contextos educac...
 
Plano de ensino
Plano de ensinoPlano de ensino
Plano de ensino
 
Produção de textos acadêmicos
Produção de textos acadêmicosProdução de textos acadêmicos
Produção de textos acadêmicos
 
Gêneros textuais e literários
Gêneros textuais e literáriosGêneros textuais e literários
Gêneros textuais e literários
 
Lógica de programação - Como estudar sem achar chato e ainda ter motivação
Lógica de programação - Como estudar sem achar chato e ainda ter motivaçãoLógica de programação - Como estudar sem achar chato e ainda ter motivação
Lógica de programação - Como estudar sem achar chato e ainda ter motivação
 
O principio da contradição de aristóteles
O principio da contradição de aristótelesO principio da contradição de aristóteles
O principio da contradição de aristóteles
 
5º gênero e tipologia textual
5º gênero e tipologia textual5º gênero e tipologia textual
5º gênero e tipologia textual
 
Aula 8 - Lógica de Programação - Variáveis, Tipos de dados e Operadores
Aula 8 - Lógica de Programação - Variáveis, Tipos de dados e OperadoresAula 8 - Lógica de Programação - Variáveis, Tipos de dados e Operadores
Aula 8 - Lógica de Programação - Variáveis, Tipos de dados e Operadores
 
Logica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis Operadores
Logica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis OperadoresLogica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis Operadores
Logica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis Operadores
 
Princípios de lógica
Princípios de lógicaPrincípios de lógica
Princípios de lógica
 
Filosofia 2º teste - argumentação e retórica, lógica informal, falácias infor...
Filosofia 2º teste - argumentação e retórica, lógica informal, falácias infor...Filosofia 2º teste - argumentação e retórica, lógica informal, falácias infor...
Filosofia 2º teste - argumentação e retórica, lógica informal, falácias infor...
 
Generos literarios-2
Generos literarios-2Generos literarios-2
Generos literarios-2
 
Gêneros literários
Gêneros literáriosGêneros literários
Gêneros literários
 

Semelhante a Aula sobre texto academico - elaboração do desenvolvimento

Como fazer projeto de pesquisa e relatório
Como fazer projeto de pesquisa e relatórioComo fazer projeto de pesquisa e relatório
Como fazer projeto de pesquisa e relatórioLucila Pesce
 
1 seminário - como orientar um trabalho de fim de curso
1  seminário - como orientar um trabalho de fim de curso1  seminário - como orientar um trabalho de fim de curso
1 seminário - como orientar um trabalho de fim de cursoZoraya Gonçalves Araujo
 
Resumo capitulo 4 creswell estrategias de redacao e consideracoes eticas
Resumo capitulo 4 creswell   estrategias de redacao e consideracoes eticasResumo capitulo 4 creswell   estrategias de redacao e consideracoes eticas
Resumo capitulo 4 creswell estrategias de redacao e consideracoes eticasRodrigo Nicéas
 
Metodologia Científica - Produção de Áudio e Vídeo
Metodologia Científica - Produção de Áudio e VídeoMetodologia Científica - Produção de Áudio e Vídeo
Metodologia Científica - Produção de Áudio e Vídeoencontrocultcom
 
SLIDE METODOLOGIA DE PESQUISA USP (1).pptx
SLIDE METODOLOGIA DE PESQUISA USP (1).pptxSLIDE METODOLOGIA DE PESQUISA USP (1).pptx
SLIDE METODOLOGIA DE PESQUISA USP (1).pptxFABOLASOARESDOSREIS
 
Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323013200-phpapp01
Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323013200-phpapp01Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323013200-phpapp01
Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323013200-phpapp01Eliete Oliveira
 
Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323014031-phpapp02
Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323014031-phpapp02Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323014031-phpapp02
Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323014031-phpapp02Acácio Rafael Guedes
 
Diretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_ii
Diretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_iiDiretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_ii
Diretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_iiSoeli Marques
 
dSZ5jBu2J3NME3g.pptx
dSZ5jBu2J3NME3g.pptxdSZ5jBu2J3NME3g.pptx
dSZ5jBu2J3NME3g.pptxFSCCarvalho
 
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth FantauzziComo elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth FantauzziElizabeth Fantauzzi
 
Metodologia e Regras de Apresentação de Trabalhos Científicos
Metodologia e Regras de Apresentação de Trabalhos CientíficosMetodologia e Regras de Apresentação de Trabalhos Científicos
Metodologia e Regras de Apresentação de Trabalhos CientíficosHamilton Nobrega
 
Metodologia da Pesquisa Científica: Introdução
Metodologia da Pesquisa Científica:  IntroduçãoMetodologia da Pesquisa Científica:  Introdução
Metodologia da Pesquisa Científica: IntroduçãoAlexandre Duarte
 
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpertManual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpertFabio Frossard
 
01 Apresentação - Introdução ao espaço projecto - Paulo Nicola - 2015-11-06
01 Apresentação - Introdução ao espaço projecto - Paulo Nicola - 2015-11-0601 Apresentação - Introdução ao espaço projecto - Paulo Nicola - 2015-11-06
01 Apresentação - Introdução ao espaço projecto - Paulo Nicola - 2015-11-06EPAdmin
 
Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 08 - estrutura do projeto
Metolodogia   daniela cartoni - slides - parte 08 - estrutura do projetoMetolodogia   daniela cartoni - slides - parte 08 - estrutura do projeto
Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 08 - estrutura do projetoDaniela Cartoni
 
Modelo projeto-mestrado
Modelo projeto-mestradoModelo projeto-mestrado
Modelo projeto-mestradopery-ap
 

Semelhante a Aula sobre texto academico - elaboração do desenvolvimento (20)

Como fazer projeto de pesquisa e relatório
Como fazer projeto de pesquisa e relatórioComo fazer projeto de pesquisa e relatório
Como fazer projeto de pesquisa e relatório
 
1 seminário - como orientar um trabalho de fim de curso
1  seminário - como orientar um trabalho de fim de curso1  seminário - como orientar um trabalho de fim de curso
1 seminário - como orientar um trabalho de fim de curso
 
Resumo capitulo 4 creswell estrategias de redacao e consideracoes eticas
Resumo capitulo 4 creswell   estrategias de redacao e consideracoes eticasResumo capitulo 4 creswell   estrategias de redacao e consideracoes eticas
Resumo capitulo 4 creswell estrategias de redacao e consideracoes eticas
 
Roteiro elaboracao-projeto-de-pesquisa
Roteiro elaboracao-projeto-de-pesquisaRoteiro elaboracao-projeto-de-pesquisa
Roteiro elaboracao-projeto-de-pesquisa
 
Metodologia Científica - Produção de Áudio e Vídeo
Metodologia Científica - Produção de Áudio e VídeoMetodologia Científica - Produção de Áudio e Vídeo
Metodologia Científica - Produção de Áudio e Vídeo
 
Como escrever teses
Como escrever tesesComo escrever teses
Como escrever teses
 
SLIDE METODOLOGIA DE PESQUISA USP (1).pptx
SLIDE METODOLOGIA DE PESQUISA USP (1).pptxSLIDE METODOLOGIA DE PESQUISA USP (1).pptx
SLIDE METODOLOGIA DE PESQUISA USP (1).pptx
 
Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323013200-phpapp01
Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323013200-phpapp01Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323013200-phpapp01
Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323013200-phpapp01
 
Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323014031-phpapp02
Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323014031-phpapp02Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323014031-phpapp02
Comoelaborarumprojetodepesquisa 100323014031-phpapp02
 
Diretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_ii
Diretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_iiDiretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_ii
Diretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_ii
 
Projeto de pesquisa
Projeto de pesquisa  Projeto de pesquisa
Projeto de pesquisa
 
dSZ5jBu2J3NME3g.pptx
dSZ5jBu2J3NME3g.pptxdSZ5jBu2J3NME3g.pptx
dSZ5jBu2J3NME3g.pptx
 
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth FantauzziComo elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
 
Metodologia e Regras de Apresentação de Trabalhos Científicos
Metodologia e Regras de Apresentação de Trabalhos CientíficosMetodologia e Regras de Apresentação de Trabalhos Científicos
Metodologia e Regras de Apresentação de Trabalhos Científicos
 
Metodologia da Pesquisa Científica: Introdução
Metodologia da Pesquisa Científica:  IntroduçãoMetodologia da Pesquisa Científica:  Introdução
Metodologia da Pesquisa Científica: Introdução
 
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpertManual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
 
01 Apresentação - Introdução ao espaço projecto - Paulo Nicola - 2015-11-06
01 Apresentação - Introdução ao espaço projecto - Paulo Nicola - 2015-11-0601 Apresentação - Introdução ao espaço projecto - Paulo Nicola - 2015-11-06
01 Apresentação - Introdução ao espaço projecto - Paulo Nicola - 2015-11-06
 
Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 08 - estrutura do projeto
Metolodogia   daniela cartoni - slides - parte 08 - estrutura do projetoMetolodogia   daniela cartoni - slides - parte 08 - estrutura do projeto
Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 08 - estrutura do projeto
 
Modelo projeto-mestrado
Modelo projeto-mestradoModelo projeto-mestrado
Modelo projeto-mestrado
 
Modelo de Projeto de dissertação
Modelo de Projeto de dissertaçãoModelo de Projeto de dissertação
Modelo de Projeto de dissertação
 

Mais de André Constantino da Silva

Aula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHC
Aula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHCAula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHC
Aula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHCAndré Constantino da Silva
 
Aula 4 Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
Aula 4   Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHCAula 4   Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
Aula 4 Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHCAndré Constantino da Silva
 
InkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning Environments
InkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning EnvironmentsInkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning Environments
InkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning EnvironmentsAndré Constantino da Silva
 
Aula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativo
Aula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativoAula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativo
Aula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativoAndré Constantino da Silva
 
Aula 3 – Linguagem HTML - formatação de texto
Aula 3 – Linguagem HTML -  formatação de textoAula 3 – Linguagem HTML -  formatação de texto
Aula 3 – Linguagem HTML - formatação de textoAndré Constantino da Silva
 
Aula 2 – Introdução a HTML - conceitos básicos e estrutura
Aula 2 – Introdução a HTML - conceitos básicos e estruturaAula 2 – Introdução a HTML - conceitos básicos e estrutura
Aula 2 – Introdução a HTML - conceitos básicos e estruturaAndré Constantino da Silva
 
Raciocínio Lógico Aplicado a Resolução de Problemas Matemáticos
Raciocínio Lógico Aplicado a Resolução de Problemas MatemáticosRaciocínio Lógico Aplicado a Resolução de Problemas Matemáticos
Raciocínio Lógico Aplicado a Resolução de Problemas MatemáticosAndré Constantino da Silva
 
Práticas de Linguagem e Design: algumas questões de usabilidade no contexto ...
Práticas de Linguagem e Design: algumas questões de usabilidade no  contexto ...Práticas de Linguagem e Design: algumas questões de usabilidade no  contexto ...
Práticas de Linguagem e Design: algumas questões de usabilidade no contexto ...André Constantino da Silva
 

Mais de André Constantino da Silva (13)

Aula 3 - Fatores Humanos
Aula 3 - Fatores HumanosAula 3 - Fatores Humanos
Aula 3 - Fatores Humanos
 
Aula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHC
Aula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHCAula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHC
Aula 5 - Fatores Humanos - Parte 2 - Disciplina de IHC
 
Aula 4 Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
Aula 4   Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHCAula 4   Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
Aula 4 Fatores Humanos - parte 1 - Disciplina de IHC
 
InkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning Environments
InkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning EnvironmentsInkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning Environments
InkBlog: A Pen-Based Blog Tool for e-Learning Environments
 
Aula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativo
Aula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativoAula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativo
Aula 6 – linguagem HTML - Endereço absoluto e relativo
 
Aula 7 – linguagem HTML - Frames
Aula 7 – linguagem HTML - FramesAula 7 – linguagem HTML - Frames
Aula 7 – linguagem HTML - Frames
 
Aula 4 – Linguagem HTML - Imagens e links
Aula 4 – Linguagem HTML - Imagens e linksAula 4 – Linguagem HTML - Imagens e links
Aula 4 – Linguagem HTML - Imagens e links
 
Aula 3 – Linguagem HTML - formatação de texto
Aula 3 – Linguagem HTML -  formatação de textoAula 3 – Linguagem HTML -  formatação de texto
Aula 3 – Linguagem HTML - formatação de texto
 
Aula 2 – Introdução a HTML - conceitos básicos e estrutura
Aula 2 – Introdução a HTML - conceitos básicos e estruturaAula 2 – Introdução a HTML - conceitos básicos e estrutura
Aula 2 – Introdução a HTML - conceitos básicos e estrutura
 
Uml - Exemplos de Modelagem em UML
Uml - Exemplos de Modelagem em UMLUml - Exemplos de Modelagem em UML
Uml - Exemplos de Modelagem em UML
 
Raciocínio Lógico Aplicado a Resolução de Problemas Matemáticos
Raciocínio Lógico Aplicado a Resolução de Problemas MatemáticosRaciocínio Lógico Aplicado a Resolução de Problemas Matemáticos
Raciocínio Lógico Aplicado a Resolução de Problemas Matemáticos
 
Introdução ao TelEduc
Introdução ao TelEducIntrodução ao TelEduc
Introdução ao TelEduc
 
Práticas de Linguagem e Design: algumas questões de usabilidade no contexto ...
Práticas de Linguagem e Design: algumas questões de usabilidade no  contexto ...Práticas de Linguagem e Design: algumas questões de usabilidade no  contexto ...
Práticas de Linguagem e Design: algumas questões de usabilidade no contexto ...
 

Último

13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaCentro Jacques Delors
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)Centro Jacques Delors
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivararambomarcos
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfprofesfrancleite
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 

Último (20)

13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 

Aula sobre texto academico - elaboração do desenvolvimento

  • 1. Partes que Compõem um Trabalho e Acadêmico Desenvolvimento Prof. André Constantino da Silva PR1 03 de junho de 2015 Baseado nas seções 6.3 do livro de Maria M. de Andrade (2010)
  • 2. • O que é a parte “Desenvolvimento” • O que devo expor na parte “Desenvolvimento”? Introdução
  • 3. • Partes de um trabalho acadêmico – Introdução – Desenvolvimento – Conclusão Introdução
  • 4. • Parte nuclear do trabalho – Muitos autores chamam de “Corpo de trabalho” • “Apresentar os argumentos, os juízos, através do raciocínio lógico, cartesiano, inerente ao trabalho científico” (Andrade, 2010) • Parte mais extensa da redação – Análise ou descrição dos fatos – Argumentação pertinente O que é?
  • 5. • Pode ser divido em duas ou três partes (Andrade, 2010): – Exposição: processo através do qual são descrito e analisados os fatos ou apresentadas as ideias; – Argumentação: defende-se a validade das ideias através dos argumentos, ou seja, do raciocínio lógico, da evidência racional dos fatos, de maneira ordenada, classificando-os e hierarquizando-os; – Discussão: consiste na comparação das ideias; refutam-se ou confirmam-se os argumentos apresentados, mediante um exercício de interpretação dos fatos ou ideias demonstrados. O que expor no Desenvolvimento?
  • 6. • Lembre-se que essa área de muito abrangente em temas e técnicas – Importante saber as técnicas a serem usadas • O orientador irá te auxiliar na escolha Na Informática...
  • 7. • Desenvolvimento: – Levantamento bibliográfico – Metodologia • Etapas a seguir num determinado processo – Andamento do trabalho: • Análise e discussão da problemática • Modelagem realizada • Apresentar uma viabilidade técnica • Reflexão do andamento Nesta disciplina...
  • 8. • Etapas a seguir para se alcançar o objetivo • Responder: quem, o quê, onde, quando e porquê • “explicação minuciosa, detalhada, rigorosa e exata de toda ação desenvolvida” (Andrade, 2010) • Basear-se também na literatura • Os métodos (qualitativa, quantitativa ou misto) e técnicas devem estar descritos no referencial teórico Metodologia
  • 9. • Lembre-se, no decorrer da elaboração do trabalho, sempre se faz alguma modificação – Isso pode impactar na metodologia mas é normal • O escopo do trabalho e as atividades devem considerar o tempo e os recursos disponíveis bem como o custo Metodologia
  • 10. • Antes de entregar seu texto, faça uma leitura crítica – Ortografia – Gramática – Extensão das frases e clareza – Conceitos (importantíssimo) – Lógica da argumentação, articulação e equilíbrio • Aguarde alguns dias após a escrita para fazer uma leitura crítica – Mas para isso é necessário que termine uma primeira versão dias antes de seu prazo de entrega Leitura Crítica