SlideShare uma empresa Scribd logo
Procedimentos para apresentação e 
normalização de trabalhos 
acadêmicos 
Citação (NBR 10520:2002 
Prof. Dr. Israel Nunes Alecrin - FMC / 2011
Definição 
Citação 
“menção, no texto, de uma informação extraída de outra 
fonte” 
(ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2002, 
p.1) 
NBR 10520: 2002 
“Esta norma especifica as características exigíveis 
para apresentação de citações em documentos ”
Por que utilizar citação? 
 Dar credibilidade/fundamentação ao trabalho 
científico; 
 Fornecer informações a respeito dos trabalhos 
desenvolvidos na área de pesquisa; 
 Fornecer exemplos de pontos de vista semelhantes 
ou divergentes sobre o assunto objeto de sua 
pesquisa. 
Formas de citação 
1. Direta; 
2. Indireta; 
3. Citação de citação.
Citação direta 
É a transcrição ou cópia de um parágrafo, uma frase ou uma expressão, 
usando exatamente as mesmas palavras usadas pelo autor do trabalho 
consultado. Nesse caso, repete-se palavra por palavra e estas devem vir, 
obrigatoriamente entre “aspas duplas”, seguidas da indicação da fonte 
consultada. 
Citação indireta ou paráfrase 
É a transcrição das idéias de um autor usando as próprias palavras. Ao 
contrário da citação direta, a citação indireta deve ser encorajada, pois é a 
maneira que o pesquisador tem de ler, compreender e gerar conhecimento a 
partir do conhecimento de outros autores. 
Citação de citação 
É uma citação direta ou indireta de um documento em que não se teve acesso 
ao original, ou seja você vai citar um autor que foi citado por um outro autor, do 
qual você teve acesso ao documento.
Citação direta: regras gerais de apresentação 
Citações curtas, com até três linhas: devem ser 
inseridas no texto entre “aspas duplas” seguida do sobrenome do autor 
número de página entre parênteses. 
aauuttoorreess AAnnoo ee ppáágg.. 
Lopes e Batista (2000, p. 32) confirmam os argumentos anteriores ao declararem que 
““a mudança de rumo das atividades realizadas é preocupante.”” 
Muitos estudantes e professores pensam que estão fazendo pesquisa quando na 
verdade estão apenas ““fazendo um relatório com algumas notas de rodapé.”” 
(MCGREGOR, 1999, p. 1). 
aauuttoorr AAnnoo ee ppáággiinnaa
Citação direta: regras gerais de apresentação 
Citações com mais de três linhas: devem ser destacadas com um 
recuo de 4 cm com fonte menor do que a utilizada no texto, sem 
as aspas e com espaçamento simples (ASSOCIAÇÃO 
BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2002, p. 2). 
Margem 
4cm 
O comportamento dos cientistas muda a medida que ele avança 
em seu projeto de pesquisa e que certos padrões de 
comportamento estão associados e são afetados pelos diversos 
estágios da pesquisa. De modo direto ou indireto o 
comportamento ‘é afetado pela tarefa’ desempenhada nos 
estágios de pesquisa, pela informação procurada [...] e, pela 
habilidade do pesquisador em perceber a relevância da 
informação para o tópico ou questão da pesquisa (SILVA et al. 
1998, p. 34).
Citação indireta: regras gerais de apresentação 
Não se usa aspas e o número de página é opcional. 
Toda ciência utiliza inúmeras técnicas na obtenção de 
seus propósitos, quaisquer que sejam os métodos ou 
procedimentos empregados (MARCONI; LAKATOS, 
2007). 
Davenport e Prusak (1998) destacam que um dos 
fatores de sucesso pode depender de saber a 
diferença entre dado, informação e conhecimento.
Citação de citação: regras gerais de apresentação 
No texto 
Leedy (1988 apud RICHARDSON, 1991, p. 417) compartilha 
deste ponto de vista ao afirmar “os estudantes estão enganados 
quando acreditam que eles estão fazendo pesquisa, quando de 
fato eles estão apenas transferindo informação factual [...]”. 
Na lista de referências: Faz-se a referência do documento 
consultado. 
RICHARDSON, Jean. Even high school students can do real 
research. Catholic Library world, p. 414-418, may/jun. 1991 
No rodapé: a referência do autor citado é opcional.
Citação de texto traduzido. 
Quando a citação incluir texto traduzido pelo autor, 
devemos citar após a chamada da citação, a expressão 
“tradução nossa”, entre parênteses. 
No texto: 
“A ansiedade de biblioteca é caracterizada como um sentimento negativo, 
uma incerteza que causa uma desordem mental nos estudantes, quando 
estes usam a biblioteca, desconhecendo a organização de seus recursos” 
(MELLON, 1986, p. 163, tradução nossa). 
Referência 
MELLON, Constance A. Library anxiety: a grounded theory and its 
development. College  Research Libraries, v. 47, p. 161-165, 
mar. 1986.
Informação verbal 
Os dados obtidos por informação verbal (palestras, entrevistas, 
debates, aulas, etc) devem ser mencionados no texto seguidos 
da expressão (informação verbal) entre parênteses. Os dados 
disponíveis sobre a fonte devem ser mencionados apenas em 
notas de rodapé. 
No texto: 
A nova revisão da AACR2, em folhas soltas, estará disponível para 
venda em setembro deste ano (informação verbal) 1 
No rodapé 
1Noticia fornecida pela Prof. Maria Teresa Reis Mendes na aula final da 
disciplina Catalogação, na Escola de Biblioteconomia da Universidade do 
Rio de Janeiro, em agosto de 2004.
Citação: regras gerais de apresentação 
Os colchetes são usados para indicar interrupções ou supressões 
do texto [...], acréscimos ou comentários [ ], dúvida [?] ou 
destaque [sem grifo no original, grifo meu, etc]. 
Exemplo 
Assim como a psicanálise empresta seus conceitos [para 
auxiliar] a biblioteconomia a desvendar caminhos que a 
levarão ao entendimento da dinâmica [...], produzir 
mudanças benéficas [?] instrumentalizando seus 
profissionais na tarefa impossível [!] de educar, de formar 
sujeitos capazes de se auto suprirem de saber. (MENDES; 
CRUZ; CURTY, 2005, p. 18, sem grifo no original).
Sistema de chamada: autor-data 
Indica-se a fonte, pelo sobrenome do autor, nome da instituição 
responsável ou pelo título, seguidos da data de publicação do 
documento, separados por vírgula e entre parênteses (citação 
indireta). Para as citações diretas, inclui-se a indicação de página. 
Exemplos: 
Citação direta: “fazendo um relatório com algumas notas de 
rodapé.” 
(MCGREGOR, 1999, p. 1). 
Citação indireta: Neste texto, o papel do bibliotecário ganha 
importância como educador (DUDZIAK; GABRIEL; VILLELA, 
2000).
Sistema de chamada: numérico. 
As citações devem ter uma numeração única e consecutiva colocadas 
acima do texto, em expoente, entre parênteses, alinhada ao texto. 
Exemplo 
No texto: “fazendo um relatório com algumas notas de rodapé”. 1 
Em nota de rodapé: 
1 MCGREGOR, 1999, p. 9.
Sistema autor-data: regrais gerais. 
As indicações de autoria incluídos no texto devem ser feitas em 
letras maiúsculas e minúsculas, indicando-se a data e páginas entre 
parênteses. 
Um autor: Segundo Moraes (1993) 
Dois autores: Segundo Moraes e Souza (1997) 
Três autores: Dudziak, Gabriel e Villela (2000) 
Mais de três autores: Belkin et al. (1982, p. 76) 
Entrada pelo título: O desenvolvimento... (1998) 
Entidade: Comissão das comunidades européias 
(2002)
Sistema autor-data: regrais gerais. 
 As indicações de autoria (entre parênteses) devem 
vir em letras maiúsculas seguidas da data e páginas. 
• Um autor: (MCGREGOR, 1999, p. 1). 
• Dois autores: (MORAES; SOUZA, 1997) 
• Três autores: (DUDZIAK; GABRIEL; VILLELA, 2000) 
• Mais de três autores: (BELKIN et al., 2002) 
• Entrada pelo título: (O DESENVOLVIMENTO..., 2002) 
• Entidades: (COMISSÃO DAS COMUNIDADES 
EUROPÉIAS,2002).
Expressões latinas 
Ibidem – ibid. [ na mesma obra] - Usado quando se faz várias citações seguidas, de um mesmo 
documento. 
5 Silva, 1980, p.120 
6 Ibid., p.132 
Idem – Id. [ do mesmo autor] - Obras diferentes do mesmo autor. 
5 Silva, 1980, p. 132 
6 Id., 1992, p. 132 
Opus citatum - op. cit. [obra citada] - Refere-se à obra citada anteriormente, página diferente, quando 
houver intercalação de outras notas. 
5 Silva, 1980, p.23 
6 Pereira, 1991, p.213 
7 Silva, op. cit., p. 93 
Locus citatum – loc. cit. [lugar citado] - Refere-se a mesma página de uma obra citada anteriormente, 
quando houver intercalação de outras notas. 5 Silva, 
1995, p. 120 
6 Pereira, 1994, p.132 
7 Silva, loc. Cit.
1. Hulley BH, Cummings SR, Browner WS et al.Delineando a Pesquisa Clínica: 
uma abordagem epidemiológica. 3ª ed. – Porto Alegre: Artmed, 2008. 
2. Fletcher RH. Epidemiologia Clínica: Elementos Essenciais. Porto Alegre: 
Artes Médicas, 1996 
3. Greenberg RS, Daniels SR, Flanders WD, Eley JW.Epidemiologia clínica. 3ª 
ed. – Porto Alegre: Artmed, 2005 
4. Rouquayrol MZ, Almeida FN. Epidemiologia e saúde. 6. ed. Rio de Janeiro: 
MEDSI, 2003. 
5. Sackett DL. Medicina Baseada em evidências: prática e ensino. 2.ed – Porto 
Alegre: Artmed, 2003. 
6. Vieira S, Hossne, WS. Metodologia científica para área de saúde. Rio de 
Janeiro: Elsevier, 2001. 
7. Pereira, MG. Epidemiologia: teoria e prática. 7. reimp. Rio de Janeiro: 
Guanabara Koogan, 2003. 
8. Jekel JF. Epidemiologia, Bioestatística e Medicina Preventiva. Porto Alegre: 
Artes Médicas, 1999. 
9. Thomas SB  Quinn SC. The TusKegee Syphilis Study (1932 - 1972). 
American Journal of Public Health. 81. P. 1498 - 1506, 1991. 
10. http://portalbu.ufsc.br/ 
REFERÊNCIAS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Elaboração de relato de experiência
Elaboração de relato de experiênciaElaboração de relato de experiência
Elaboração de relato de experiência
Ana Paula Menezes
 
Redação Científica
Redação CientíficaRedação Científica
Redação Científica
Solange Santana
 
AnáLise Do ConteúDo Slides
AnáLise Do ConteúDo SlidesAnáLise Do ConteúDo Slides
AnáLise Do ConteúDo Slides
guestc028f7
 
Revisão bibliográfica
Revisão bibliográficaRevisão bibliográfica
Redação científica
Redação científicaRedação científica
Redação científica
Aparecido Oliveira
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Rosineia Oliveira dos Santos
 
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva MuñozTCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Exercicios Empreendedorismo - Plano de Negócio
Exercicios Empreendedorismo - Plano de NegócioExercicios Empreendedorismo - Plano de Negócio
Exercicios Empreendedorismo - Plano de Negócio
Laisa Mariana
 
Como fazer citação segunda ABNT
Como fazer citação segunda ABNTComo fazer citação segunda ABNT
Como fazer citação segunda ABNT
Biblioteca Central FZEA/USP
 
Slide sobre artigo cientifico
Slide sobre artigo cientificoSlide sobre artigo cientifico
Slide sobre artigo cientifico
Carlos Eugenio Lima Silva
 
Aula 04 - O Projeto de Pesquisa
Aula 04 - O Projeto de PesquisaAula 04 - O Projeto de Pesquisa
Aula 04 - O Projeto de Pesquisa
Ghiordanno Bruno
 
Aula 06 - Busca em Base de Dados
Aula 06 - Busca em Base de DadosAula 06 - Busca em Base de Dados
Aula 06 - Busca em Base de Dados
Ghiordanno Bruno
 
Slide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisaSlide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisa
rivanialeao
 
Aula 01 - Conhecimento Científico
Aula 01 - Conhecimento CientíficoAula 01 - Conhecimento Científico
Aula 01 - Conhecimento Científico
Ghiordanno Bruno
 
História da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no BrasilHistória da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no Brasil
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Projeto de pesquisa exemplo
Projeto de pesquisa   exemploProjeto de pesquisa   exemplo
Projeto de pesquisa exemplo
Felipe Pereira
 
Citações
CitaçõesCitações
Citações
Beatriz Gaydeczka
 
Apresentação TCC
Apresentação TCCApresentação TCC
Apresentação TCC
Taiane Arruda
 
Normas abnt apresentação - referências
Normas abnt   apresentação - referênciasNormas abnt   apresentação - referências
Normas abnt apresentação - referências
Diogo Maxwell
 
Modelo de pre projeto tcc
Modelo de pre projeto tccModelo de pre projeto tcc
Modelo de pre projeto tcc
Rosane Domingues
 

Mais procurados (20)

Elaboração de relato de experiência
Elaboração de relato de experiênciaElaboração de relato de experiência
Elaboração de relato de experiência
 
Redação Científica
Redação CientíficaRedação Científica
Redação Científica
 
AnáLise Do ConteúDo Slides
AnáLise Do ConteúDo SlidesAnáLise Do ConteúDo Slides
AnáLise Do ConteúDo Slides
 
Revisão bibliográfica
Revisão bibliográficaRevisão bibliográfica
Revisão bibliográfica
 
Redação científica
Redação científicaRedação científica
Redação científica
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
 
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva MuñozTCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
 
Exercicios Empreendedorismo - Plano de Negócio
Exercicios Empreendedorismo - Plano de NegócioExercicios Empreendedorismo - Plano de Negócio
Exercicios Empreendedorismo - Plano de Negócio
 
Como fazer citação segunda ABNT
Como fazer citação segunda ABNTComo fazer citação segunda ABNT
Como fazer citação segunda ABNT
 
Slide sobre artigo cientifico
Slide sobre artigo cientificoSlide sobre artigo cientifico
Slide sobre artigo cientifico
 
Aula 04 - O Projeto de Pesquisa
Aula 04 - O Projeto de PesquisaAula 04 - O Projeto de Pesquisa
Aula 04 - O Projeto de Pesquisa
 
Aula 06 - Busca em Base de Dados
Aula 06 - Busca em Base de DadosAula 06 - Busca em Base de Dados
Aula 06 - Busca em Base de Dados
 
Slide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisaSlide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisa
 
Aula 01 - Conhecimento Científico
Aula 01 - Conhecimento CientíficoAula 01 - Conhecimento Científico
Aula 01 - Conhecimento Científico
 
História da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no BrasilHistória da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no Brasil
 
Projeto de pesquisa exemplo
Projeto de pesquisa   exemploProjeto de pesquisa   exemplo
Projeto de pesquisa exemplo
 
Citações
CitaçõesCitações
Citações
 
Apresentação TCC
Apresentação TCCApresentação TCC
Apresentação TCC
 
Normas abnt apresentação - referências
Normas abnt   apresentação - referênciasNormas abnt   apresentação - referências
Normas abnt apresentação - referências
 
Modelo de pre projeto tcc
Modelo de pre projeto tccModelo de pre projeto tcc
Modelo de pre projeto tcc
 

Destaque

Citações e referências
Citações e referênciasCitações e referências
Citações e referênciasTânia Stoffel
 
Exemplos citações
Exemplos citaçõesExemplos citações
Exemplos citações
Maninho Walker
 
19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia
Joao Balbi
 
Metodologia do Trabalho Científico
Metodologia do Trabalho CientíficoMetodologia do Trabalho Científico
Metodologia do Trabalho Científico
silviofsouza
 
Como colocar as referências segundo a abnt
Como colocar as referências segundo a abntComo colocar as referências segundo a abnt
Como colocar as referências segundo a abnt
itqturma201
 
Fases processo investigacao
Fases processo investigacaoFases processo investigacao
Fases processo investigacao
isa
 
Aulão Revisão Prova Final Metodologia científica
Aulão Revisão Prova Final Metodologia científica Aulão Revisão Prova Final Metodologia científica
Aulão Revisão Prova Final Metodologia científica
Djesser Juan Vaes
 
Relatório técnico científico - citações
Relatório técnico científico - citaçõesRelatório técnico científico - citações
Relatório técnico científico - citações
Beatriz Gaydeczka
 
Como Fazer Citações E Referências
Como Fazer Citações E ReferênciasComo Fazer Citações E Referências
Como Fazer Citações E Referências
Marta Melo de Oliveira
 
Pesquisa Bibliográfica, Pesquisa Documental, Pesquisa Experimental e Pesquisa...
Pesquisa Bibliográfica, Pesquisa Documental, Pesquisa Experimental e Pesquisa...Pesquisa Bibliográfica, Pesquisa Documental, Pesquisa Experimental e Pesquisa...
Pesquisa Bibliográfica, Pesquisa Documental, Pesquisa Experimental e Pesquisa...
Klicia Mendonca
 
Metodologia do Projeto
Metodologia do ProjetoMetodologia do Projeto
Metodologia do Projeto
guest67a8da
 
Apresentação TCC de Marketing no Prezi, Segmento Vegano e Vegetariano.
Apresentação TCC de Marketing no Prezi, Segmento Vegano e Vegetariano.Apresentação TCC de Marketing no Prezi, Segmento Vegano e Vegetariano.
Apresentação TCC de Marketing no Prezi, Segmento Vegano e Vegetariano.
Rafael Lima
 
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
Rikson Carvalho
 
Referencias bibliográficas (ABNT 2014)
Referencias bibliográficas  (ABNT 2014)Referencias bibliográficas  (ABNT 2014)
Referencias bibliográficas (ABNT 2014)
Brendel Luis
 
Seleção de fontes 2014
Seleção de fontes 2014Seleção de fontes 2014
Seleção de fontes 2014
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Problema de Investigação
Problema de InvestigaçãoProblema de Investigação
Problema de Investigação
paulatrigo
 
12 elaboração de citações
12 elaboração de citações12 elaboração de citações
12 elaboração de citações
Joao Balbi
 
01 técnica qualitativa - estudo de caso
01   técnica qualitativa - estudo de caso01   técnica qualitativa - estudo de caso
01 técnica qualitativa - estudo de caso
Fabio Lima
 
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativaA elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
Pascoal Lisian
 
Regras de metodologia científica para produção de trabalhos científicos
Regras de metodologia científica para produção de trabalhos científicosRegras de metodologia científica para produção de trabalhos científicos
Regras de metodologia científica para produção de trabalhos científicos
Liliane Ennes
 

Destaque (20)

Citações e referências
Citações e referênciasCitações e referências
Citações e referências
 
Exemplos citações
Exemplos citaçõesExemplos citações
Exemplos citações
 
19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia
 
Metodologia do Trabalho Científico
Metodologia do Trabalho CientíficoMetodologia do Trabalho Científico
Metodologia do Trabalho Científico
 
Como colocar as referências segundo a abnt
Como colocar as referências segundo a abntComo colocar as referências segundo a abnt
Como colocar as referências segundo a abnt
 
Fases processo investigacao
Fases processo investigacaoFases processo investigacao
Fases processo investigacao
 
Aulão Revisão Prova Final Metodologia científica
Aulão Revisão Prova Final Metodologia científica Aulão Revisão Prova Final Metodologia científica
Aulão Revisão Prova Final Metodologia científica
 
Relatório técnico científico - citações
Relatório técnico científico - citaçõesRelatório técnico científico - citações
Relatório técnico científico - citações
 
Como Fazer Citações E Referências
Como Fazer Citações E ReferênciasComo Fazer Citações E Referências
Como Fazer Citações E Referências
 
Pesquisa Bibliográfica, Pesquisa Documental, Pesquisa Experimental e Pesquisa...
Pesquisa Bibliográfica, Pesquisa Documental, Pesquisa Experimental e Pesquisa...Pesquisa Bibliográfica, Pesquisa Documental, Pesquisa Experimental e Pesquisa...
Pesquisa Bibliográfica, Pesquisa Documental, Pesquisa Experimental e Pesquisa...
 
Metodologia do Projeto
Metodologia do ProjetoMetodologia do Projeto
Metodologia do Projeto
 
Apresentação TCC de Marketing no Prezi, Segmento Vegano e Vegetariano.
Apresentação TCC de Marketing no Prezi, Segmento Vegano e Vegetariano.Apresentação TCC de Marketing no Prezi, Segmento Vegano e Vegetariano.
Apresentação TCC de Marketing no Prezi, Segmento Vegano e Vegetariano.
 
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
 
Referencias bibliográficas (ABNT 2014)
Referencias bibliográficas  (ABNT 2014)Referencias bibliográficas  (ABNT 2014)
Referencias bibliográficas (ABNT 2014)
 
Seleção de fontes 2014
Seleção de fontes 2014Seleção de fontes 2014
Seleção de fontes 2014
 
Problema de Investigação
Problema de InvestigaçãoProblema de Investigação
Problema de Investigação
 
12 elaboração de citações
12 elaboração de citações12 elaboração de citações
12 elaboração de citações
 
01 técnica qualitativa - estudo de caso
01   técnica qualitativa - estudo de caso01   técnica qualitativa - estudo de caso
01 técnica qualitativa - estudo de caso
 
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativaA elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
 
Regras de metodologia científica para produção de trabalhos científicos
Regras de metodologia científica para produção de trabalhos científicosRegras de metodologia científica para produção de trabalhos científicos
Regras de metodologia científica para produção de trabalhos científicos
 

Semelhante a Citações - Metodologia Cientifica

13 citações
13 citações13 citações
13 citações
Joao Balbi
 
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
Fábio de Oliveira Matos
 
FACELI - 3° período - Curso de Metodologia da Pesquisa - Citação
FACELI - 3° período - Curso de Metodologia da Pesquisa - CitaçãoFACELI - 3° período - Curso de Metodologia da Pesquisa - Citação
FACELI - 3° período - Curso de Metodologia da Pesquisa - Citação
Jordano Santos Cerqueira
 
ABNT fácil
ABNT fácilABNT fácil
ABNT fácil
M. Torres
 
Citacoesnotexto abnt[1]
Citacoesnotexto abnt[1]Citacoesnotexto abnt[1]
Citacoesnotexto abnt[1]
Unir-Metodologia
 
Citações no Texto Conforme ABNT
Citações no Texto Conforme ABNTCitações no Texto Conforme ABNT
Citações no Texto Conforme ABNT
Unir-Metodologia
 
Citacoes 150605162441-lva1-app6891
Citacoes 150605162441-lva1-app6891Citacoes 150605162441-lva1-app6891
Citacoes 150605162441-lva1-app6891
Juliano Alves
 
Citacoes
CitacoesCitacoes
Citacoes
Ana Julia
 
Referências Bibliográficas
Referências BibliográficasReferências Bibliográficas
Referências Bibliográficas
Carlos Pinheiro
 
NORMAS DA APA
NORMAS DA APANORMAS DA APA
NORMAS DA APA
CleideDosSantos8
 
Referencias bibliograficas apa6
Referencias bibliograficas apa6Referencias bibliograficas apa6
Referencias bibliograficas apa6
Beacarol
 
Citacoes slides unesp-abnt_2009
Citacoes slides unesp-abnt_2009Citacoes slides unesp-abnt_2009
Citacoes slides unesp-abnt_2009
André de Oliveira
 
V Grupo A-Normas APA 7ed.pptx
V Grupo A-Normas APA 7ed.pptxV Grupo A-Normas APA 7ed.pptx
V Grupo A-Normas APA 7ed.pptx
EugrencioJooMaposse
 
Estrutura e técnicas para elaborar um artigo científico laudemria silva rabelo
Estrutura e técnicas para elaborar um artigo científico   laudemria silva rabeloEstrutura e técnicas para elaborar um artigo científico   laudemria silva rabelo
Estrutura e técnicas para elaborar um artigo científico laudemria silva rabelo
jms12391
 
Estrutura e técnicas para elaborar um artigo científico laudemria silva rabelo
Estrutura e técnicas para elaborar um artigo científico   laudemria silva rabeloEstrutura e técnicas para elaborar um artigo científico   laudemria silva rabelo
Estrutura e técnicas para elaborar um artigo científico laudemria silva rabelo
jms12391
 
Modelo de artigo
Modelo de artigoModelo de artigo
Modelo de artigo
Marilúcia Gomes
 
Referências bibliográficas e citações
Referências bibliográficas e citaçõesReferências bibliográficas e citações
Referências bibliográficas e citações
Biblioteca Escola Secundária
 
Oficina de citação e referências bibliográficas
Oficina de citação e referências bibliográficasOficina de citação e referências bibliográficas
Oficina de citação e referências bibliográficas
Biblioteca Central FZEA/USP
 
#4# apa workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015.ppt
#4# apa workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015.ppt#4# apa workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015.ppt
#4# apa workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015.ppt
Carlos Lopes
 
APA 6th: citar e referenciar com o Mendeley
APA 6th: citar e referenciar com o MendeleyAPA 6th: citar e referenciar com o Mendeley
APA 6th: citar e referenciar com o Mendeley
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 

Semelhante a Citações - Metodologia Cientifica (20)

13 citações
13 citações13 citações
13 citações
 
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
 
FACELI - 3° período - Curso de Metodologia da Pesquisa - Citação
FACELI - 3° período - Curso de Metodologia da Pesquisa - CitaçãoFACELI - 3° período - Curso de Metodologia da Pesquisa - Citação
FACELI - 3° período - Curso de Metodologia da Pesquisa - Citação
 
ABNT fácil
ABNT fácilABNT fácil
ABNT fácil
 
Citacoesnotexto abnt[1]
Citacoesnotexto abnt[1]Citacoesnotexto abnt[1]
Citacoesnotexto abnt[1]
 
Citações no Texto Conforme ABNT
Citações no Texto Conforme ABNTCitações no Texto Conforme ABNT
Citações no Texto Conforme ABNT
 
Citacoes 150605162441-lva1-app6891
Citacoes 150605162441-lva1-app6891Citacoes 150605162441-lva1-app6891
Citacoes 150605162441-lva1-app6891
 
Citacoes
CitacoesCitacoes
Citacoes
 
Referências Bibliográficas
Referências BibliográficasReferências Bibliográficas
Referências Bibliográficas
 
NORMAS DA APA
NORMAS DA APANORMAS DA APA
NORMAS DA APA
 
Referencias bibliograficas apa6
Referencias bibliograficas apa6Referencias bibliograficas apa6
Referencias bibliograficas apa6
 
Citacoes slides unesp-abnt_2009
Citacoes slides unesp-abnt_2009Citacoes slides unesp-abnt_2009
Citacoes slides unesp-abnt_2009
 
V Grupo A-Normas APA 7ed.pptx
V Grupo A-Normas APA 7ed.pptxV Grupo A-Normas APA 7ed.pptx
V Grupo A-Normas APA 7ed.pptx
 
Estrutura e técnicas para elaborar um artigo científico laudemria silva rabelo
Estrutura e técnicas para elaborar um artigo científico   laudemria silva rabeloEstrutura e técnicas para elaborar um artigo científico   laudemria silva rabelo
Estrutura e técnicas para elaborar um artigo científico laudemria silva rabelo
 
Estrutura e técnicas para elaborar um artigo científico laudemria silva rabelo
Estrutura e técnicas para elaborar um artigo científico   laudemria silva rabeloEstrutura e técnicas para elaborar um artigo científico   laudemria silva rabelo
Estrutura e técnicas para elaborar um artigo científico laudemria silva rabelo
 
Modelo de artigo
Modelo de artigoModelo de artigo
Modelo de artigo
 
Referências bibliográficas e citações
Referências bibliográficas e citaçõesReferências bibliográficas e citações
Referências bibliográficas e citações
 
Oficina de citação e referências bibliográficas
Oficina de citação e referências bibliográficasOficina de citação e referências bibliográficas
Oficina de citação e referências bibliográficas
 
#4# apa workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015.ppt
#4# apa workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015.ppt#4# apa workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015.ppt
#4# apa workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015.ppt
 
APA 6th: citar e referenciar com o Mendeley
APA 6th: citar e referenciar com o MendeleyAPA 6th: citar e referenciar com o Mendeley
APA 6th: citar e referenciar com o Mendeley
 

Mais de Brendel Luis

Metodologia de pesquisa (Elaboração de artigos cientifícos)
Metodologia de pesquisa (Elaboração de artigos cientifícos)Metodologia de pesquisa (Elaboração de artigos cientifícos)
Metodologia de pesquisa (Elaboração de artigos cientifícos)
Brendel Luis
 
Gasometria arterial
Gasometria arterialGasometria arterial
Gasometria arterial
Brendel Luis
 
Postura sentada
Postura sentadaPostura sentada
Postura sentada
Brendel Luis
 
Reflexos
ReflexosReflexos
Reflexos
Brendel Luis
 
Fisiologia endocrina
Fisiologia endocrinaFisiologia endocrina
Fisiologia endocrina
Brendel Luis
 
Tecido cartilaginoso e ósseo
Tecido cartilaginoso e ósseoTecido cartilaginoso e ósseo
Tecido cartilaginoso e ósseo
Brendel Luis
 
Glicólise bioquimica
Glicólise   bioquimicaGlicólise   bioquimica
Glicólise bioquimica
Brendel Luis
 
Metabolismo
MetabolismoMetabolismo
Metabolismo
Brendel Luis
 

Mais de Brendel Luis (8)

Metodologia de pesquisa (Elaboração de artigos cientifícos)
Metodologia de pesquisa (Elaboração de artigos cientifícos)Metodologia de pesquisa (Elaboração de artigos cientifícos)
Metodologia de pesquisa (Elaboração de artigos cientifícos)
 
Gasometria arterial
Gasometria arterialGasometria arterial
Gasometria arterial
 
Postura sentada
Postura sentadaPostura sentada
Postura sentada
 
Reflexos
ReflexosReflexos
Reflexos
 
Fisiologia endocrina
Fisiologia endocrinaFisiologia endocrina
Fisiologia endocrina
 
Tecido cartilaginoso e ósseo
Tecido cartilaginoso e ósseoTecido cartilaginoso e ósseo
Tecido cartilaginoso e ósseo
 
Glicólise bioquimica
Glicólise   bioquimicaGlicólise   bioquimica
Glicólise bioquimica
 
Metabolismo
MetabolismoMetabolismo
Metabolismo
 

Último

Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
BiancaCristina75
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 

Último (20)

Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 

Citações - Metodologia Cientifica

  • 1. Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Citação (NBR 10520:2002 Prof. Dr. Israel Nunes Alecrin - FMC / 2011
  • 2. Definição Citação “menção, no texto, de uma informação extraída de outra fonte” (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2002, p.1) NBR 10520: 2002 “Esta norma especifica as características exigíveis para apresentação de citações em documentos ”
  • 3. Por que utilizar citação? Dar credibilidade/fundamentação ao trabalho científico; Fornecer informações a respeito dos trabalhos desenvolvidos na área de pesquisa; Fornecer exemplos de pontos de vista semelhantes ou divergentes sobre o assunto objeto de sua pesquisa. Formas de citação 1. Direta; 2. Indireta; 3. Citação de citação.
  • 4. Citação direta É a transcrição ou cópia de um parágrafo, uma frase ou uma expressão, usando exatamente as mesmas palavras usadas pelo autor do trabalho consultado. Nesse caso, repete-se palavra por palavra e estas devem vir, obrigatoriamente entre “aspas duplas”, seguidas da indicação da fonte consultada. Citação indireta ou paráfrase É a transcrição das idéias de um autor usando as próprias palavras. Ao contrário da citação direta, a citação indireta deve ser encorajada, pois é a maneira que o pesquisador tem de ler, compreender e gerar conhecimento a partir do conhecimento de outros autores. Citação de citação É uma citação direta ou indireta de um documento em que não se teve acesso ao original, ou seja você vai citar um autor que foi citado por um outro autor, do qual você teve acesso ao documento.
  • 5. Citação direta: regras gerais de apresentação Citações curtas, com até três linhas: devem ser inseridas no texto entre “aspas duplas” seguida do sobrenome do autor número de página entre parênteses. aauuttoorreess AAnnoo ee ppáágg.. Lopes e Batista (2000, p. 32) confirmam os argumentos anteriores ao declararem que ““a mudança de rumo das atividades realizadas é preocupante.”” Muitos estudantes e professores pensam que estão fazendo pesquisa quando na verdade estão apenas ““fazendo um relatório com algumas notas de rodapé.”” (MCGREGOR, 1999, p. 1). aauuttoorr AAnnoo ee ppáággiinnaa
  • 6. Citação direta: regras gerais de apresentação Citações com mais de três linhas: devem ser destacadas com um recuo de 4 cm com fonte menor do que a utilizada no texto, sem as aspas e com espaçamento simples (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2002, p. 2). Margem 4cm O comportamento dos cientistas muda a medida que ele avança em seu projeto de pesquisa e que certos padrões de comportamento estão associados e são afetados pelos diversos estágios da pesquisa. De modo direto ou indireto o comportamento ‘é afetado pela tarefa’ desempenhada nos estágios de pesquisa, pela informação procurada [...] e, pela habilidade do pesquisador em perceber a relevância da informação para o tópico ou questão da pesquisa (SILVA et al. 1998, p. 34).
  • 7. Citação indireta: regras gerais de apresentação Não se usa aspas e o número de página é opcional. Toda ciência utiliza inúmeras técnicas na obtenção de seus propósitos, quaisquer que sejam os métodos ou procedimentos empregados (MARCONI; LAKATOS, 2007). Davenport e Prusak (1998) destacam que um dos fatores de sucesso pode depender de saber a diferença entre dado, informação e conhecimento.
  • 8. Citação de citação: regras gerais de apresentação No texto Leedy (1988 apud RICHARDSON, 1991, p. 417) compartilha deste ponto de vista ao afirmar “os estudantes estão enganados quando acreditam que eles estão fazendo pesquisa, quando de fato eles estão apenas transferindo informação factual [...]”. Na lista de referências: Faz-se a referência do documento consultado. RICHARDSON, Jean. Even high school students can do real research. Catholic Library world, p. 414-418, may/jun. 1991 No rodapé: a referência do autor citado é opcional.
  • 9. Citação de texto traduzido. Quando a citação incluir texto traduzido pelo autor, devemos citar após a chamada da citação, a expressão “tradução nossa”, entre parênteses. No texto: “A ansiedade de biblioteca é caracterizada como um sentimento negativo, uma incerteza que causa uma desordem mental nos estudantes, quando estes usam a biblioteca, desconhecendo a organização de seus recursos” (MELLON, 1986, p. 163, tradução nossa). Referência MELLON, Constance A. Library anxiety: a grounded theory and its development. College Research Libraries, v. 47, p. 161-165, mar. 1986.
  • 10. Informação verbal Os dados obtidos por informação verbal (palestras, entrevistas, debates, aulas, etc) devem ser mencionados no texto seguidos da expressão (informação verbal) entre parênteses. Os dados disponíveis sobre a fonte devem ser mencionados apenas em notas de rodapé. No texto: A nova revisão da AACR2, em folhas soltas, estará disponível para venda em setembro deste ano (informação verbal) 1 No rodapé 1Noticia fornecida pela Prof. Maria Teresa Reis Mendes na aula final da disciplina Catalogação, na Escola de Biblioteconomia da Universidade do Rio de Janeiro, em agosto de 2004.
  • 11. Citação: regras gerais de apresentação Os colchetes são usados para indicar interrupções ou supressões do texto [...], acréscimos ou comentários [ ], dúvida [?] ou destaque [sem grifo no original, grifo meu, etc]. Exemplo Assim como a psicanálise empresta seus conceitos [para auxiliar] a biblioteconomia a desvendar caminhos que a levarão ao entendimento da dinâmica [...], produzir mudanças benéficas [?] instrumentalizando seus profissionais na tarefa impossível [!] de educar, de formar sujeitos capazes de se auto suprirem de saber. (MENDES; CRUZ; CURTY, 2005, p. 18, sem grifo no original).
  • 12. Sistema de chamada: autor-data Indica-se a fonte, pelo sobrenome do autor, nome da instituição responsável ou pelo título, seguidos da data de publicação do documento, separados por vírgula e entre parênteses (citação indireta). Para as citações diretas, inclui-se a indicação de página. Exemplos: Citação direta: “fazendo um relatório com algumas notas de rodapé.” (MCGREGOR, 1999, p. 1). Citação indireta: Neste texto, o papel do bibliotecário ganha importância como educador (DUDZIAK; GABRIEL; VILLELA, 2000).
  • 13. Sistema de chamada: numérico. As citações devem ter uma numeração única e consecutiva colocadas acima do texto, em expoente, entre parênteses, alinhada ao texto. Exemplo No texto: “fazendo um relatório com algumas notas de rodapé”. 1 Em nota de rodapé: 1 MCGREGOR, 1999, p. 9.
  • 14. Sistema autor-data: regrais gerais. As indicações de autoria incluídos no texto devem ser feitas em letras maiúsculas e minúsculas, indicando-se a data e páginas entre parênteses. Um autor: Segundo Moraes (1993) Dois autores: Segundo Moraes e Souza (1997) Três autores: Dudziak, Gabriel e Villela (2000) Mais de três autores: Belkin et al. (1982, p. 76) Entrada pelo título: O desenvolvimento... (1998) Entidade: Comissão das comunidades européias (2002)
  • 15. Sistema autor-data: regrais gerais. As indicações de autoria (entre parênteses) devem vir em letras maiúsculas seguidas da data e páginas. • Um autor: (MCGREGOR, 1999, p. 1). • Dois autores: (MORAES; SOUZA, 1997) • Três autores: (DUDZIAK; GABRIEL; VILLELA, 2000) • Mais de três autores: (BELKIN et al., 2002) • Entrada pelo título: (O DESENVOLVIMENTO..., 2002) • Entidades: (COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPÉIAS,2002).
  • 16. Expressões latinas Ibidem – ibid. [ na mesma obra] - Usado quando se faz várias citações seguidas, de um mesmo documento. 5 Silva, 1980, p.120 6 Ibid., p.132 Idem – Id. [ do mesmo autor] - Obras diferentes do mesmo autor. 5 Silva, 1980, p. 132 6 Id., 1992, p. 132 Opus citatum - op. cit. [obra citada] - Refere-se à obra citada anteriormente, página diferente, quando houver intercalação de outras notas. 5 Silva, 1980, p.23 6 Pereira, 1991, p.213 7 Silva, op. cit., p. 93 Locus citatum – loc. cit. [lugar citado] - Refere-se a mesma página de uma obra citada anteriormente, quando houver intercalação de outras notas. 5 Silva, 1995, p. 120 6 Pereira, 1994, p.132 7 Silva, loc. Cit.
  • 17. 1. Hulley BH, Cummings SR, Browner WS et al.Delineando a Pesquisa Clínica: uma abordagem epidemiológica. 3ª ed. – Porto Alegre: Artmed, 2008. 2. Fletcher RH. Epidemiologia Clínica: Elementos Essenciais. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996 3. Greenberg RS, Daniels SR, Flanders WD, Eley JW.Epidemiologia clínica. 3ª ed. – Porto Alegre: Artmed, 2005 4. Rouquayrol MZ, Almeida FN. Epidemiologia e saúde. 6. ed. Rio de Janeiro: MEDSI, 2003. 5. Sackett DL. Medicina Baseada em evidências: prática e ensino. 2.ed – Porto Alegre: Artmed, 2003. 6. Vieira S, Hossne, WS. Metodologia científica para área de saúde. Rio de Janeiro: Elsevier, 2001. 7. Pereira, MG. Epidemiologia: teoria e prática. 7. reimp. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003. 8. Jekel JF. Epidemiologia, Bioestatística e Medicina Preventiva. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999. 9. Thomas SB Quinn SC. The TusKegee Syphilis Study (1932 - 1972). American Journal of Public Health. 81. P. 1498 - 1506, 1991. 10. http://portalbu.ufsc.br/ REFERÊNCIAS