SlideShare uma empresa Scribd logo
Mercosul, ALCA, NAFTA e União Européia
 Quais são os principais blocos
econômicos e como se deu sua formação.
 Os blocos comerciais, ou blocos
econômicos, são agrupamentos de
países que têm como objetivo a
integração econômica e/ou social. Podem
ser classificados em quatro categorias
distintas: Áreas ou Zonas de Livre
Comércio, Uniões Aduaneiras, Mercados
Comuns e Uniões Econômicas e
Monetárias.
 São criados com a finalidade de facilitar o
comércio entre os países membros.
Adotam redução ou isenção de impostos
ou de tarifas alfandegárias e buscam
soluções em comum para problemas
comerciais.
 Zona de preferência tarifária – os países
pertencentes ao Bloco possuem tarifas
mais baixas do que as tarifas aplicadas a
outros de fora do acordo. Ex: ALADI
(Associação Latino-Americana de
Integração)
 Zona de Livre Comércio - reúne os países
através de acordos comerciais que visam
exclusivamente à redução ou eliminação
de tarifas aduaneiras entre os países-
membros. Só é considerada uma Zona de
Livre Comércio quando pelo menos 80%
dos bens são comercializados sem taxas
alfandegárias. Ex: NAFTA.
 União Aduaneira - É um estágio mais avançado
de integração. Além dos países eliminarem as
tarifas aduaneiras entre si, estabelecem as
mesmas tarifas de exportação e importação TEC
(Tarifa Externa Comum) para o comércio
internacional fora do bloco. Exige que pelo menos
85% das trocas comerciais estejam totalmente
livres de taxas de trocas entre os países membros.
Ex: UE
 Mercado Comum - visa à livre circulação de
pessoas, mercadorias, capitais e serviços. Ex:
Mercosul
 União Econômica e Monetária - é formada
pelos países da União Européia (UE), que, em
1º de janeiro de 2002, adotaram o euro como
moeda única.
Modalidades
de
integração
Zona de
preferência
tarifária
Zona de
Livre
Comércio
União
Aduaneira
Mercado
Comum Livre circulação
Tarifas mais baixas dentro
do Bloco em relação as
trocas externas
Redução ou eliminação de
tarifas entre os membros (80%
dos bens comercializados)
União
Econômica e
Monetária
Mesmas tarifas de
importação e exportação
(85% das trocas livres de
taxas)
moeda única
 Por que precisamos diferenciar as
modalidades de integração?
 Quando falamos de mercado
internacional, há várias maneiras de fazer
trocas comerciais como vimos
anteriormente. Por isso precisamos saber
que tipo de troca e em que ela se baseia
para negociarmos nosso produto.
 União Européia (UE)
 NAFTA (Acordo de Livre Comércio da
América do Norte)
 MERCOSUL
 Acordo de Livre Comércio entre as
Américas (ALCA)
União Européia (UE)
• Origem :
BENELUX (Bélgica, Holanda e Luxemburgo) - 1944
(em vigor 1948) .
CECA – Comunidade Européia do Carvão e do Aço
– 1951.
Tratado de Roma – 1957 – Comunidade Econômica
Européia (CEE) em vigor a partir de 1958.
1991 – Tratado de Maastricht e formalização da
UE
• 2° maior Bloco Econômico mundial – PIB: + ou –
8 trilhões de dólares.
• Moeda única – EURO – adotado por 15 países.
• Formado por 15 países da Europa Ocidental e 10
da Europa Oriental.
Objetivos UE
 - Promover a unidade política e
econômica da Europa;
 - Melhorar as condições de vida e de
trabalho dos cidadãos europeus;
 - Melhorar as condições de livre comércio
entre os países membros;
Objetivos UE
 - Reduzir as desigualdades sociais e
econômicas entre as regiões;
 - Fomentar o desenvolvimento econômico
dos países em fase de crescimento;
 - Proporcionar um ambiente de paz,
harmonia e equilíbrio na Europa.
UE Livre comércio
Melhores condições aos europeus
Desenvolver países em crescimento
Ambiente de harmonia
Reduzir desigualdade entre as regiões
Blocos
Econômicos
Unidade econômica e política
NAFTA
 Origem: 1993 – Criação do Acordo, em
vigor a partir de 1994.
Países membros – EUA, Canadá e
México.
Grande disparidade econômica.
 Competir no mercado com a UE.
NAFTA
 Aumento no fluxo de mercadorias entre os
membros.
 PIB: em torno de 10,3 trilhões de dólares.
 Fortalecer a economia do México – grande
mercado consumidor e provedor de
petróleo para os EUA.
Objetivos NAFTA
- Garantir aos países participantes uma situação de livre
comércio, derrubando as barreiras alfandegárias, facilitando o
comércio de mercadorias entre os países membros;
- Reduzir os custos comerciais entre os países membros;
- Ajustar a economia dos países membros, para ganhar
competitividade no cenário de globalização econômica;
- Aumentar as exportações de mercadorias e serviços entre os
países membros;
UE Livre comércio
Melhores condições aos europeus
Desenvolver países em crescimento
Ambiente de harmonia
Reduzir desigualdade entre as regiões
NAFTA
Livre comércio – derrubar tarifas
alfandegárias
Reduzir custos
Ganhar competitividade no mercado
internacional
Aumentar exportações
Blocos
Econômicos
Unidade econômica e política
Mercosul
 Origem:
1991 - Tratado de Assunção – Criação do Mercosul
Países membros: Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e em 2006
Venezuela.
Países associados: Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Peru.
 Orgãos resolutivos:
Conselho do Mercado Comum (CMC);
Grupo Mercado Comum (GMC);
Comissão de Comércio do Mercosul (CCM);
Parlamento do Mercosul (PM),
Comissão de Representantes Permanentes do Mercosul
(CRPM).
 Unidade de estabilidade e conexão no continente
Sulamericano
 Aprofundamento dos interesses políticos e
econômicos.
 Abordagem de assuntos de interesse comum aos
países integrantes.
 1999 – Plano de uniformização de taxas de juros,
índice de déficit e taxa de inflação.
Objetivos Mercosul
 Eliminação das barreiras tarifárias e não-tarifárias no comércio
entre os países membros;
 Adoção de uma Tarifa Externa Comum (TEC);
 Coordenação de políticas macroeconômicas;
 Livre comércio de serviços;
 Livre circulação de mão-de-obra, e
 Livre circulação de capitais.
UE Livre comércio
Melhores condições aos europeus
Desenvolver países em crescimento
Ambiente de harmonia
Reduzir desigualdade entre as regiões
NAFTA
Livre comércio – derrubar tarifas
alfandegárias
Reduzir custos
Ganhar competitividade no mercado
internacional
Aumentar exportações
Blocos
Econômicos
Unidade econômica e política
Mercosul
Eliminação das tarifas
TEC
Livre comércio e serviços
Livre circulação de mão de obra
Livre circulação de capitais
ALCA – Acordo de Livre
Comércio entre as Américas
 Origem:
- 1994 – Cúpula das Américas em Miami – fase preparatória
- 1995 Reunião ministerial - Denver (EUA)
- 1996 Reunião ministerial - Cartagena (Colômbia)
- 1997 Reunião ministerial - Belo Horizonte (Brasil)
- Março de 1998 Reunião ministerial - São José (Costa Rica)
- Abril de 1998 2ª Cúpula das Américas – Santiago (Chile)
- 1999 Reunião ministerial - Toronto (Canadá)
- Abril de 2001 Reunião ministerial - Buenos Aires (Argentina)
- Abril de 2001 3ª Cúpula das Américas
- 2002 Reunião ministerial – Quito (Equador)
- 2003 Reunião ministerial – Miami (EUA)
 Eliminação progressiva das barreiras ao comércio e investimento
Objetivos ALCA
 Mercado de trabalho flexibilizado e precarizado.
• Mercado financeiro desregulado.
 Livre concorrência e livre monopólio.
 Controle das patentes e royalties.
 Investimentos livres de controles nacionais.
UE
Livre comércio
Melhores condições aos europeus
Desenvolver países em crescimento
Ambiente de harmonia
Reduzir desigualdade entre as regiões
NAFTA
Livre comércio – derrubar tarifas alfandegárias
Reduzir custos
Ganhar competitividade no mercado internacional
Aumentar exportações
Blocos
Econômicos
Unidade econômica e política
Mercosul
Eliminação das tarifas
TEC
Livre comércio e serviços
Livre circulação de mão de obra
Livre circulação de capitais
ALCA
Mercado financeiro desregulado
Trabalho flexibilizado e precarizado
Controle – patentes e royalties
Investimentos livres
O mundo atual representa duas tendências bem definidas: a globalização e
o nacionalismo.
O tratamento recebido, por exemplo, por imigrantes de diversas
nacionalidades em vários países europeus demosntra que o nacionalismo
ressurge ameaçadoramente no cenário internacional. Por outro lado, o
estabelecimento de acordos entre blocos de países revela uma tentativa à
globalização. Qual das alternativas abaixo apresenta somente acordos
desse tipo:
a) Otan, Mercosul e NAFTA.
b) Pacto de Varsóvia e NAFTA.
c) Pacto de Vsóvia, Otan e NAFTA.
d) NAFTA, Mercosul e União Européia.
e) União Européia, NAFTA e Pacto de Varsóvia.
Praticando o conteúdo…
Resposta
1 – O mundo atual representa duas tendências bem definidas: a globalização e o
nacionalismo.
O tratamento recebido, por exemplo, por imigrantes de diversas nacionalidades em
vários países europeus demosntra que o nacionalismo ressurge ameaçadoramente
no cenário internacional. Por outro lado, o estabelecimento de acordos entre blocos
de países revela uma tentativa à globalização. Qual das alternativas abaixo
apresenta somente acordos desse tipo:
a) Otan, Mercosul e NAFTA.
b) Pacto de Varsóvia e NAFTA.
c) Pacto de Vsóvia, Otan e NAFTA.
d) NAFTA, Mercosul e União Européia.
e) União Européia, NAFTA e Pacto de Varsóvia.
Havia grande interesse dos EUA em apressar para o ano de
2005 a contrução do Livre mercado das Américas (ALCA).
O interesse norte-americano é determinado:
a) Pela preocupação pelo crescimento do Mercosul.
b) Pelo crescimento dos negócios com a América Latina e pela
diminuição do comércio com a Europa.
c) Pelos acordos de Livre comércio do NAFTA, que se encerram
no final desse milênio.
d) Pela preocupação de que o México saia do NAFTA,
ingressando no mercado comum centro-americano.
e) Pela possibilidade de fusão do Pacto Andino com o Mercosul.
Praticando o conteúdo…
Havia grande interesse dos EUA em apressar para o ano de
2005 a contrução do Livre mercado das Américas (ALCA).
O interesse norte-americano é determinado:
a) Pela preocupação pelo crescimento do Mercosul.
b) Pelo crescimento dos negócios com a América Latina e pela
diminuição do comércio com a Europa.
c) Pelos acordos de Livre comércio do NAFTA, que se encerram
no final desse milênio.
d) Pela preocupação de que o México saia do NAFTA,
ingressando no mercado comum centro-americano.
e) Pela possibilidade de fusão do Pacto Andino com o Mercosul.
Resposta

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 3-de-geografia-blocos-economicos
Aula 3-de-geografia-blocos-economicosAula 3-de-geografia-blocos-economicos
Aula 3-de-geografia-blocos-economicos
DiegoPozzolini
 
O mundo multipolar
O mundo multipolarO mundo multipolar
O mundo multipolar
Edmar Alves da Cruz
 
www.CentroApoio.com - Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
   www.CentroApoio.com -  Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -   www.CentroApoio.com -  Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
www.CentroApoio.com - Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
Vídeo Aulas Apoio
 
Blocos economicos parte1
Blocos economicos parte1Blocos economicos parte1
Blocos economicos parte1
Ademir Aquino
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
Escolas privadas
 
O comércio multilateral
O comércio multilateralO comércio multilateral
O comércio multilateral
João José Ferreira Tojal
 
Blocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos RegionaisBlocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos Regionais
Eder Liborio
 
Aula 4 blocos economicos parte 1
Aula 4 blocos economicos parte 1Aula 4 blocos economicos parte 1
Aula 4 blocos economicos parte 1
CADUCOC
 
Módulo 06 blocos econômicos
Módulo 06   blocos econômicosMódulo 06   blocos econômicos
Módulo 06 blocos econômicos
Cléber Figueiredo Beda de Ávila
 
O Brasil a globalização e os blocos econômicos
O Brasil a globalização e os blocos econômicosO Brasil a globalização e os blocos econômicos
O Brasil a globalização e os blocos econômicos
Colégio Nova Geração COC
 
A distância não separa
A distância não separaA distância não separa
A distância não separa
Kelly_Liiz
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
Diego Lopes
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
Vitor Pereira Rodrigues
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
karolpoa
 
Blocos econômicos (para imprimir)
Blocos econômicos (para imprimir)Blocos econômicos (para imprimir)
Blocos econômicos (para imprimir)
Ian Costansi
 
Exercicios blocos economicos
Exercicios blocos economicosExercicios blocos economicos
Exercicios blocos economicos
Tadeu Vasconcelos
 
3º ano apresentação nafta,mercosul e apec (1)
3º ano  apresentação nafta,mercosul e apec (1)3º ano  apresentação nafta,mercosul e apec (1)
3º ano apresentação nafta,mercosul e apec (1)
Laguat
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
ProfessorRogerioSant
 
Blocos economicos parte_1
Blocos economicos parte_1Blocos economicos parte_1
Blocos economicos parte_1
CADUCOC1
 

Mais procurados (19)

Aula 3-de-geografia-blocos-economicos
Aula 3-de-geografia-blocos-economicosAula 3-de-geografia-blocos-economicos
Aula 3-de-geografia-blocos-economicos
 
O mundo multipolar
O mundo multipolarO mundo multipolar
O mundo multipolar
 
www.CentroApoio.com - Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
   www.CentroApoio.com -  Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -   www.CentroApoio.com -  Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
www.CentroApoio.com - Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
 
Blocos economicos parte1
Blocos economicos parte1Blocos economicos parte1
Blocos economicos parte1
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
 
O comércio multilateral
O comércio multilateralO comércio multilateral
O comércio multilateral
 
Blocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos RegionaisBlocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos Regionais
 
Aula 4 blocos economicos parte 1
Aula 4 blocos economicos parte 1Aula 4 blocos economicos parte 1
Aula 4 blocos economicos parte 1
 
Módulo 06 blocos econômicos
Módulo 06   blocos econômicosMódulo 06   blocos econômicos
Módulo 06 blocos econômicos
 
O Brasil a globalização e os blocos econômicos
O Brasil a globalização e os blocos econômicosO Brasil a globalização e os blocos econômicos
O Brasil a globalização e os blocos econômicos
 
A distância não separa
A distância não separaA distância não separa
A distância não separa
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Blocos econômicos (para imprimir)
Blocos econômicos (para imprimir)Blocos econômicos (para imprimir)
Blocos econômicos (para imprimir)
 
Exercicios blocos economicos
Exercicios blocos economicosExercicios blocos economicos
Exercicios blocos economicos
 
3º ano apresentação nafta,mercosul e apec (1)
3º ano  apresentação nafta,mercosul e apec (1)3º ano  apresentação nafta,mercosul e apec (1)
3º ano apresentação nafta,mercosul e apec (1)
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Blocos economicos parte_1
Blocos economicos parte_1Blocos economicos parte_1
Blocos economicos parte_1
 

Destaque

Arte & Inovação
Arte & InovaçãoArte & Inovação
Arte & Inovação
mabuse h.d.
 
Ideação na Prática
Ideação na PráticaIdeação na Prática
Ideação na Prática
globantbr
 
E se pensarmos as cidades como Interfaces?
E se pensarmos as cidades como Interfaces?E se pensarmos as cidades como Interfaces?
E se pensarmos as cidades como Interfaces?
mabuse h.d.
 
H.d.mabuse sociedade e_tecnologia_01_d2int_2012.1
H.d.mabuse sociedade e_tecnologia_01_d2int_2012.1H.d.mabuse sociedade e_tecnologia_01_d2int_2012.1
H.d.mabuse sociedade e_tecnologia_01_d2int_2012.1
mabuse h.d.
 
Cidadão Inteligente / Cidade Cidadã
Cidadão Inteligente / Cidade CidadãCidadão Inteligente / Cidade Cidadã
Cidadão Inteligente / Cidade Cidadã
mabuse h.d.
 
Inovação em Modelos de Negócios
Inovação em Modelos de NegóciosInovação em Modelos de Negócios
Inovação em Modelos de Negócios
Fabio Calzavara
 
Sociedade e Tecnologia - Aula 1
Sociedade e Tecnologia - Aula 1Sociedade e Tecnologia - Aula 1
Sociedade e Tecnologia - Aula 1
mabuse h.d.
 
A wearables story mobile dev and test 2016
A wearables story mobile dev and test 2016A wearables story mobile dev and test 2016
A wearables story mobile dev and test 2016
GerieOwen
 

Destaque (8)

Arte & Inovação
Arte & InovaçãoArte & Inovação
Arte & Inovação
 
Ideação na Prática
Ideação na PráticaIdeação na Prática
Ideação na Prática
 
E se pensarmos as cidades como Interfaces?
E se pensarmos as cidades como Interfaces?E se pensarmos as cidades como Interfaces?
E se pensarmos as cidades como Interfaces?
 
H.d.mabuse sociedade e_tecnologia_01_d2int_2012.1
H.d.mabuse sociedade e_tecnologia_01_d2int_2012.1H.d.mabuse sociedade e_tecnologia_01_d2int_2012.1
H.d.mabuse sociedade e_tecnologia_01_d2int_2012.1
 
Cidadão Inteligente / Cidade Cidadã
Cidadão Inteligente / Cidade CidadãCidadão Inteligente / Cidade Cidadã
Cidadão Inteligente / Cidade Cidadã
 
Inovação em Modelos de Negócios
Inovação em Modelos de NegóciosInovação em Modelos de Negócios
Inovação em Modelos de Negócios
 
Sociedade e Tecnologia - Aula 1
Sociedade e Tecnologia - Aula 1Sociedade e Tecnologia - Aula 1
Sociedade e Tecnologia - Aula 1
 
A wearables story mobile dev and test 2016
A wearables story mobile dev and test 2016A wearables story mobile dev and test 2016
A wearables story mobile dev and test 2016
 

Semelhante a Blocos ecowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Geografia – Blocos Econômicosnomicos

www.videoaulagratisapoio.com.br - Geografia – Blocos Econômicos
www.videoaulagratisapoio.com.br - Geografia – Blocos Econômicoswww.videoaulagratisapoio.com.br - Geografia – Blocos Econômicos
www.videoaulagratisapoio.com.br - Geografia – Blocos Econômicos
Video Aulas Apoio
 
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br   - Geografia – Blocos Econômicoswww.ApoioAulasParticulares.Com.Br   - Geografia – Blocos Econômicos
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
Aula Particular Aulas Apoio
 
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicoswww.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
Manuela Mendes
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicoswww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
Anna Paula
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia – Blocos Econômicos
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  - Geografia – Blocos Econômicos www.AulasDeGeografiaApoio.com  - Geografia – Blocos Econômicos
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia – Blocos Econômicos
Aulas De Geografia Apoio
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
archy9
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
Portal do Vestibulando
 
Professora Vanúcia - Blocos Econômicos
Professora Vanúcia - Blocos EconômicosProfessora Vanúcia - Blocos Econômicos
Professora Vanúcia - Blocos Econômicos
Vanúcia Moreira
 
Economia Internacional - Livre comércio.pptx
Economia Internacional - Livre comércio.pptxEconomia Internacional - Livre comércio.pptx
Economia Internacional - Livre comércio.pptx
Margarida Mira
 
Globalização e blocos econômicos
Globalização e blocos econômicosGlobalização e blocos econômicos
Globalização e blocos econômicos
Lucas Lourenço
 
MEGABLOCOS ECONÔMICOS.ppsx
MEGABLOCOS ECONÔMICOS.ppsxMEGABLOCOS ECONÔMICOS.ppsx
MEGABLOCOS ECONÔMICOS.ppsx
ssuser356fb9
 
Blocos econômicos e o comércio internacional
Blocos econômicos e o comércio internacionalBlocos econômicos e o comércio internacional
Blocos econômicos e o comércio internacional
Colégio Nova Geração COC
 
Blocos econômicos e o comércio internacional
Blocos econômicos e o comércio internacionalBlocos econômicos e o comércio internacional
Blocos econômicos e o comércio internacional
Colégio Nova Geração COC
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
Angela Santos
 
Terceira lista exercicios_globaliz_blocos_economicos_satrte_2020
Terceira lista exercicios_globaliz_blocos_economicos_satrte_2020Terceira lista exercicios_globaliz_blocos_economicos_satrte_2020
Terceira lista exercicios_globaliz_blocos_economicos_satrte_2020
CADUCOC
 
Revisão de geografia 2º ano
Revisão de geografia 2º anoRevisão de geografia 2º ano
Revisão de geografia 2º ano
eunamahcado
 
Blocos economicos
Blocos economicosBlocos economicos
Blocos economicos
Thiago Barreto
 
Blocos econ micos [modo de compatibilidade]
Blocos econ micos [modo de compatibilidade]Blocos econ micos [modo de compatibilidade]
Blocos econ micos [modo de compatibilidade]
Arthur Daniel Candido Pinheiro
 
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdfGEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
RavenaSales1
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
Vitor Pereira Rodrigues
 

Semelhante a Blocos ecowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Geografia – Blocos Econômicosnomicos (20)

www.videoaulagratisapoio.com.br - Geografia – Blocos Econômicos
www.videoaulagratisapoio.com.br - Geografia – Blocos Econômicoswww.videoaulagratisapoio.com.br - Geografia – Blocos Econômicos
www.videoaulagratisapoio.com.br - Geografia – Blocos Econômicos
 
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br   - Geografia – Blocos Econômicoswww.ApoioAulasParticulares.Com.Br   - Geografia – Blocos Econômicos
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
 
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicoswww.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicoswww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Geografia – Blocos Econômicos
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia – Blocos Econômicos
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  - Geografia – Blocos Econômicos www.AulasDeGeografiaApoio.com  - Geografia – Blocos Econômicos
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia – Blocos Econômicos
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Professora Vanúcia - Blocos Econômicos
Professora Vanúcia - Blocos EconômicosProfessora Vanúcia - Blocos Econômicos
Professora Vanúcia - Blocos Econômicos
 
Economia Internacional - Livre comércio.pptx
Economia Internacional - Livre comércio.pptxEconomia Internacional - Livre comércio.pptx
Economia Internacional - Livre comércio.pptx
 
Globalização e blocos econômicos
Globalização e blocos econômicosGlobalização e blocos econômicos
Globalização e blocos econômicos
 
MEGABLOCOS ECONÔMICOS.ppsx
MEGABLOCOS ECONÔMICOS.ppsxMEGABLOCOS ECONÔMICOS.ppsx
MEGABLOCOS ECONÔMICOS.ppsx
 
Blocos econômicos e o comércio internacional
Blocos econômicos e o comércio internacionalBlocos econômicos e o comércio internacional
Blocos econômicos e o comércio internacional
 
Blocos econômicos e o comércio internacional
Blocos econômicos e o comércio internacionalBlocos econômicos e o comércio internacional
Blocos econômicos e o comércio internacional
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
 
Terceira lista exercicios_globaliz_blocos_economicos_satrte_2020
Terceira lista exercicios_globaliz_blocos_economicos_satrte_2020Terceira lista exercicios_globaliz_blocos_economicos_satrte_2020
Terceira lista exercicios_globaliz_blocos_economicos_satrte_2020
 
Revisão de geografia 2º ano
Revisão de geografia 2º anoRevisão de geografia 2º ano
Revisão de geografia 2º ano
 
Blocos economicos
Blocos economicosBlocos economicos
Blocos economicos
 
Blocos econ micos [modo de compatibilidade]
Blocos econ micos [modo de compatibilidade]Blocos econ micos [modo de compatibilidade]
Blocos econ micos [modo de compatibilidade]
 
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdfGEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
 

Mais de AulasEnsinoMedio

www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...
www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...
www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricaswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricas
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newton
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newtonwww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newton
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newton
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetriawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Trabalho e Energia Mecânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Trabalho e Energia Mecânicawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Trabalho e Energia Mecânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Trabalho e Energia Mecânica
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Dinâmica e Movimento
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Dinâmica e Movimentowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Dinâmica e Movimento
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Dinâmica e Movimento
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Colisão
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Colisãowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Colisão
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Colisão
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia – Origem da Vida
www.AulasEnsinoMedio.com.br -  Biologia – Origem da Vidawww.AulasEnsinoMedio.com.br -  Biologia – Origem da Vida
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia – Origem da Vida
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genética
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genéticawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genética
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genética
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Evolução
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Evoluçãowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Evolução
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Evolução
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Teia Alimentar e Cadeia Alimentarwww.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Química Orgânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Química Orgânicawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Química Orgânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Química Orgânica
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Sujeito e Vozes do Verbowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Novo Acordo Ortográfico
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Novo Acordo Ortográficowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Novo Acordo Ortográfico
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Novo Acordo Ortográfico
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Contos e Crônicas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Contos e Crônicaswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Contos e Crônicas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Contos e Crônicas
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Probabilidade
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Probabilidadewww.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Probabilidade
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Probabilidade
AulasEnsinoMedio
 
Ciclo trigonométrico e razões trigonométricas
Ciclo trigonométrico e razões trigonométricasCiclo trigonométrico e razões trigonométricas
Ciclo trigonométrico e razões trigonométricas
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Prismas e Cilindros
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Prismas e Cilindroswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Prismas e Cilindros
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Prismas e Cilindros
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Números Complexos
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Números Complexoswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Números Complexos
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Números Complexos
AulasEnsinoMedio
 

Mais de AulasEnsinoMedio (20)

www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...
www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...
www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricaswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricas
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newton
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newtonwww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newton
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newton
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetriawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Trabalho e Energia Mecânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Trabalho e Energia Mecânicawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Trabalho e Energia Mecânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Trabalho e Energia Mecânica
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Dinâmica e Movimento
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Dinâmica e Movimentowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Dinâmica e Movimento
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Dinâmica e Movimento
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Colisão
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Colisãowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Colisão
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Colisão
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia – Origem da Vida
www.AulasEnsinoMedio.com.br -  Biologia – Origem da Vidawww.AulasEnsinoMedio.com.br -  Biologia – Origem da Vida
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia – Origem da Vida
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genética
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genéticawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genética
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genética
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Evolução
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Evoluçãowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Evolução
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Evolução
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Teia Alimentar e Cadeia Alimentarwww.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Química Orgânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Química Orgânicawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Química Orgânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Química Orgânica
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Sujeito e Vozes do Verbowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Novo Acordo Ortográfico
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Novo Acordo Ortográficowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Novo Acordo Ortográfico
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Novo Acordo Ortográfico
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Contos e Crônicas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Contos e Crônicaswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Contos e Crônicas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Contos e Crônicas
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Probabilidade
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Probabilidadewww.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Probabilidade
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Probabilidade
 
Ciclo trigonométrico e razões trigonométricas
Ciclo trigonométrico e razões trigonométricasCiclo trigonométrico e razões trigonométricas
Ciclo trigonométrico e razões trigonométricas
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Prismas e Cilindros
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Prismas e Cilindroswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Prismas e Cilindros
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Prismas e Cilindros
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Números Complexos
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Números Complexoswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Números Complexos
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Números Complexos
 

Último

2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 

Último (20)

2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 

Blocos ecowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Geografia – Blocos Econômicosnomicos

  • 1. Mercosul, ALCA, NAFTA e União Européia
  • 2.  Quais são os principais blocos econômicos e como se deu sua formação.
  • 3.
  • 4.  Os blocos comerciais, ou blocos econômicos, são agrupamentos de países que têm como objetivo a integração econômica e/ou social. Podem ser classificados em quatro categorias distintas: Áreas ou Zonas de Livre Comércio, Uniões Aduaneiras, Mercados Comuns e Uniões Econômicas e Monetárias.
  • 5.  São criados com a finalidade de facilitar o comércio entre os países membros. Adotam redução ou isenção de impostos ou de tarifas alfandegárias e buscam soluções em comum para problemas comerciais.
  • 6.  Zona de preferência tarifária – os países pertencentes ao Bloco possuem tarifas mais baixas do que as tarifas aplicadas a outros de fora do acordo. Ex: ALADI (Associação Latino-Americana de Integração)
  • 7.  Zona de Livre Comércio - reúne os países através de acordos comerciais que visam exclusivamente à redução ou eliminação de tarifas aduaneiras entre os países- membros. Só é considerada uma Zona de Livre Comércio quando pelo menos 80% dos bens são comercializados sem taxas alfandegárias. Ex: NAFTA.
  • 8.  União Aduaneira - É um estágio mais avançado de integração. Além dos países eliminarem as tarifas aduaneiras entre si, estabelecem as mesmas tarifas de exportação e importação TEC (Tarifa Externa Comum) para o comércio internacional fora do bloco. Exige que pelo menos 85% das trocas comerciais estejam totalmente livres de taxas de trocas entre os países membros. Ex: UE
  • 9.  Mercado Comum - visa à livre circulação de pessoas, mercadorias, capitais e serviços. Ex: Mercosul  União Econômica e Monetária - é formada pelos países da União Européia (UE), que, em 1º de janeiro de 2002, adotaram o euro como moeda única.
  • 10. Modalidades de integração Zona de preferência tarifária Zona de Livre Comércio União Aduaneira Mercado Comum Livre circulação Tarifas mais baixas dentro do Bloco em relação as trocas externas Redução ou eliminação de tarifas entre os membros (80% dos bens comercializados) União Econômica e Monetária Mesmas tarifas de importação e exportação (85% das trocas livres de taxas) moeda única
  • 11.  Por que precisamos diferenciar as modalidades de integração?
  • 12.  Quando falamos de mercado internacional, há várias maneiras de fazer trocas comerciais como vimos anteriormente. Por isso precisamos saber que tipo de troca e em que ela se baseia para negociarmos nosso produto.
  • 13.  União Européia (UE)  NAFTA (Acordo de Livre Comércio da América do Norte)  MERCOSUL  Acordo de Livre Comércio entre as Américas (ALCA)
  • 14. União Européia (UE) • Origem : BENELUX (Bélgica, Holanda e Luxemburgo) - 1944 (em vigor 1948) . CECA – Comunidade Européia do Carvão e do Aço – 1951. Tratado de Roma – 1957 – Comunidade Econômica Européia (CEE) em vigor a partir de 1958.
  • 15. 1991 – Tratado de Maastricht e formalização da UE • 2° maior Bloco Econômico mundial – PIB: + ou – 8 trilhões de dólares. • Moeda única – EURO – adotado por 15 países. • Formado por 15 países da Europa Ocidental e 10 da Europa Oriental.
  • 16. Objetivos UE  - Promover a unidade política e econômica da Europa;  - Melhorar as condições de vida e de trabalho dos cidadãos europeus;  - Melhorar as condições de livre comércio entre os países membros;
  • 17. Objetivos UE  - Reduzir as desigualdades sociais e econômicas entre as regiões;  - Fomentar o desenvolvimento econômico dos países em fase de crescimento;  - Proporcionar um ambiente de paz, harmonia e equilíbrio na Europa.
  • 18. UE Livre comércio Melhores condições aos europeus Desenvolver países em crescimento Ambiente de harmonia Reduzir desigualdade entre as regiões Blocos Econômicos Unidade econômica e política
  • 19. NAFTA  Origem: 1993 – Criação do Acordo, em vigor a partir de 1994. Países membros – EUA, Canadá e México. Grande disparidade econômica.  Competir no mercado com a UE.
  • 20. NAFTA  Aumento no fluxo de mercadorias entre os membros.  PIB: em torno de 10,3 trilhões de dólares.  Fortalecer a economia do México – grande mercado consumidor e provedor de petróleo para os EUA.
  • 21. Objetivos NAFTA - Garantir aos países participantes uma situação de livre comércio, derrubando as barreiras alfandegárias, facilitando o comércio de mercadorias entre os países membros; - Reduzir os custos comerciais entre os países membros; - Ajustar a economia dos países membros, para ganhar competitividade no cenário de globalização econômica; - Aumentar as exportações de mercadorias e serviços entre os países membros;
  • 22. UE Livre comércio Melhores condições aos europeus Desenvolver países em crescimento Ambiente de harmonia Reduzir desigualdade entre as regiões NAFTA Livre comércio – derrubar tarifas alfandegárias Reduzir custos Ganhar competitividade no mercado internacional Aumentar exportações Blocos Econômicos Unidade econômica e política
  • 23. Mercosul  Origem: 1991 - Tratado de Assunção – Criação do Mercosul Países membros: Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e em 2006 Venezuela. Países associados: Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Peru.  Orgãos resolutivos: Conselho do Mercado Comum (CMC); Grupo Mercado Comum (GMC); Comissão de Comércio do Mercosul (CCM); Parlamento do Mercosul (PM), Comissão de Representantes Permanentes do Mercosul (CRPM).
  • 24.  Unidade de estabilidade e conexão no continente Sulamericano  Aprofundamento dos interesses políticos e econômicos.  Abordagem de assuntos de interesse comum aos países integrantes.  1999 – Plano de uniformização de taxas de juros, índice de déficit e taxa de inflação.
  • 25. Objetivos Mercosul  Eliminação das barreiras tarifárias e não-tarifárias no comércio entre os países membros;  Adoção de uma Tarifa Externa Comum (TEC);  Coordenação de políticas macroeconômicas;  Livre comércio de serviços;  Livre circulação de mão-de-obra, e  Livre circulação de capitais.
  • 26. UE Livre comércio Melhores condições aos europeus Desenvolver países em crescimento Ambiente de harmonia Reduzir desigualdade entre as regiões NAFTA Livre comércio – derrubar tarifas alfandegárias Reduzir custos Ganhar competitividade no mercado internacional Aumentar exportações Blocos Econômicos Unidade econômica e política Mercosul Eliminação das tarifas TEC Livre comércio e serviços Livre circulação de mão de obra Livre circulação de capitais
  • 27. ALCA – Acordo de Livre Comércio entre as Américas  Origem: - 1994 – Cúpula das Américas em Miami – fase preparatória - 1995 Reunião ministerial - Denver (EUA) - 1996 Reunião ministerial - Cartagena (Colômbia) - 1997 Reunião ministerial - Belo Horizonte (Brasil) - Março de 1998 Reunião ministerial - São José (Costa Rica) - Abril de 1998 2ª Cúpula das Américas – Santiago (Chile) - 1999 Reunião ministerial - Toronto (Canadá) - Abril de 2001 Reunião ministerial - Buenos Aires (Argentina) - Abril de 2001 3ª Cúpula das Américas - 2002 Reunião ministerial – Quito (Equador) - 2003 Reunião ministerial – Miami (EUA)  Eliminação progressiva das barreiras ao comércio e investimento
  • 28. Objetivos ALCA  Mercado de trabalho flexibilizado e precarizado. • Mercado financeiro desregulado.  Livre concorrência e livre monopólio.  Controle das patentes e royalties.  Investimentos livres de controles nacionais.
  • 29. UE Livre comércio Melhores condições aos europeus Desenvolver países em crescimento Ambiente de harmonia Reduzir desigualdade entre as regiões NAFTA Livre comércio – derrubar tarifas alfandegárias Reduzir custos Ganhar competitividade no mercado internacional Aumentar exportações Blocos Econômicos Unidade econômica e política Mercosul Eliminação das tarifas TEC Livre comércio e serviços Livre circulação de mão de obra Livre circulação de capitais ALCA Mercado financeiro desregulado Trabalho flexibilizado e precarizado Controle – patentes e royalties Investimentos livres
  • 30. O mundo atual representa duas tendências bem definidas: a globalização e o nacionalismo. O tratamento recebido, por exemplo, por imigrantes de diversas nacionalidades em vários países europeus demosntra que o nacionalismo ressurge ameaçadoramente no cenário internacional. Por outro lado, o estabelecimento de acordos entre blocos de países revela uma tentativa à globalização. Qual das alternativas abaixo apresenta somente acordos desse tipo: a) Otan, Mercosul e NAFTA. b) Pacto de Varsóvia e NAFTA. c) Pacto de Vsóvia, Otan e NAFTA. d) NAFTA, Mercosul e União Européia. e) União Européia, NAFTA e Pacto de Varsóvia. Praticando o conteúdo…
  • 31. Resposta 1 – O mundo atual representa duas tendências bem definidas: a globalização e o nacionalismo. O tratamento recebido, por exemplo, por imigrantes de diversas nacionalidades em vários países europeus demosntra que o nacionalismo ressurge ameaçadoramente no cenário internacional. Por outro lado, o estabelecimento de acordos entre blocos de países revela uma tentativa à globalização. Qual das alternativas abaixo apresenta somente acordos desse tipo: a) Otan, Mercosul e NAFTA. b) Pacto de Varsóvia e NAFTA. c) Pacto de Vsóvia, Otan e NAFTA. d) NAFTA, Mercosul e União Européia. e) União Européia, NAFTA e Pacto de Varsóvia.
  • 32. Havia grande interesse dos EUA em apressar para o ano de 2005 a contrução do Livre mercado das Américas (ALCA). O interesse norte-americano é determinado: a) Pela preocupação pelo crescimento do Mercosul. b) Pelo crescimento dos negócios com a América Latina e pela diminuição do comércio com a Europa. c) Pelos acordos de Livre comércio do NAFTA, que se encerram no final desse milênio. d) Pela preocupação de que o México saia do NAFTA, ingressando no mercado comum centro-americano. e) Pela possibilidade de fusão do Pacto Andino com o Mercosul. Praticando o conteúdo…
  • 33. Havia grande interesse dos EUA em apressar para o ano de 2005 a contrução do Livre mercado das Américas (ALCA). O interesse norte-americano é determinado: a) Pela preocupação pelo crescimento do Mercosul. b) Pelo crescimento dos negócios com a América Latina e pela diminuição do comércio com a Europa. c) Pelos acordos de Livre comércio do NAFTA, que se encerram no final desse milênio. d) Pela preocupação de que o México saia do NAFTA, ingressando no mercado comum centro-americano. e) Pela possibilidade de fusão do Pacto Andino com o Mercosul. Resposta