SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
Baixar para ler offline
ESCOLA JOSÉ RIBAMAR BATISTA- EJORB
TURMA 2A
TEMA: A REGIONALIZAÇÃO MUNDIAL
ENFOQUE:A Formação dos blocos econômicos
Contexto histórico:
Fim da Segunda Guerra Mundial = Europa arrasada
e duas potências vencedoras...
Proposta dos Estados Unidos – fortalecer o modo
de produção capitalista
Uma nova ordem monetária - Conferência de Bretton
Woods,1944
Conferência de Bretton Woods
ONU- Organização das Nações Unidas= maior organização
internacional, cujo objetivo principal é criar e colocar em
prática mecanismos que possibilitem a segurança internacional e
o desenvolvimento econômico.
BIRD- Banco Mundial = reestruturar os países europeus
devastados com a guerra;
FMI- Fundo monetário internacional = regular os investimentos
internacionais e os desequilíbrios da balança de pagamentos;
GATT- Acordo Geral de Tarifas e Comércio =responsável pela
redução de barreiras tarifárias e não tarifárias em nível
mundial – facilitar a comercialização mundial.
Europa com a perda de influência...
Organização de seus países em bloco- o primeiro bloco
econômico.
Fatores que levaram a criação do CEE ( Comunidade
Econômica Europeia), 1957
 tentar competir frente aos EUA;
 conter o avanço socialista do lado ocidental;
A partir do Tratado de Roma, países integrantes:
França, Itália, República Federal da Alemanha e os países
do BENELUX ( Bélgica, Holanda e Luxemburgo )
Países CEE
Fonte:MAGNOLI,Demétrio,2005,p.502
Já na América Latina durante a Guerra Fria...
Temendo o avanço soviético- é instituído uma organização
internacional pelos Estados Unidos...
BID- Banco Interamericano de Desenvolvimento -
organização financeira internacional com sede na cidade
de Washington, EUA, criada no ano de 1959 com o
propósito de financiar projetos viáveis de
desenvolvimento econômico, social e institucional e
promover a integração comercial regional na área da
América Latina e o Caribe
O mundo e uma nova ordem mundial – Fim Guerra Fria
Abertura econômica – 1990
neoliberalismo =
 interferência mínima do Estado( desregulamentação da
economia);
 privatizações;
 maior fluxo de capitais – empresas multinacionais;
 capital financeiro;
 avanços tecnológicos.
Cenário mundial favorável para a organização em blocos...
Mas, o que são Blocos Econômicos????
Blocos Econômicos:
São associações de países, em geral de uma mesma
região geográfica que estabelece relações comerciais
privilegiadas entre si e atuam de forma conjunta no
mercado internacional. Um dos aspectos mais
importantes na formação dos blocos econômicos é a
redução ou a eliminação das alíquotas de importação,
com vistas à criação de zonas de livre comércio. Os
blocos aumentam a interdependência das economias
dos países- membros.
Como ocorre a integração dos países em blocos ????
Existem cinco tipo diferentes de integração:
Zona de preferência tarifária - é o processo mais simples
de integração em que os países pertencentes ao bloco
possuem tarifas mais baixas do que as tarifas aplicadas a
outros que não possuem acordo preferencial.
A integração econômica pode se revestir de diversas
formas, sempre com diferentes graus e níveis de
integração:
Exemplo de Zona de preferência tarifária
ALADI - Associação Latino-Americana de Integração;
Países membros:
Argentina,
Bolívia,
Brasil,
Chile,
Colômbia,
Cuba,
Equador,
México,
Paraguai,
Peru,
Uruguai
Venezuela
Fonte: Google
zona de livre comércio- reúne os países através de
acordos comerciais que visam exclusivamente à redução ou
eliminação de tarifas aduaneiras entre os países-membros
do bloco. Só é considerada uma Zona de Livre Comércio
quando pelo menos 80% dos bens são comercializados sem
taxas alfandegárias.
Principal exemplo de zona de livre comércio
NAFTA- Acordo de Livre-Comércio da América do
Norte
Países membros:México,
Estados Unidos e Canadá
Fonte: Google
união aduaneira - É um estágio mais avançado de
integração. Além dos países eliminarem as tarifas
aduaneiras entre si, estabelecem as mesmas tarifas de
exportação e importação TEC (Tarifa Externa Comum)
para o comércio internacional fora do bloco.
Exemplo de união aduaneira
MERCOSUL –Mercado Comum do SUL
Países membros:
Brasil,
Argentina,
Paraguai,
Uruguai,
Venezuela
Países associados:
Bolívia,
Chile,
Colômbia,
Equador,
Peru.
Fonte: Google
mercado comum - além das medidas concernentes à
união aduaneira visa à livre circulação de pessoas,
mercadorias, capitais e serviços.
O único exemplo:
União Europeia
Fonte: Google
união econômica e
monetária- adoção de uma
moeda única, com
unificação das políticas
monetárias e fiscais.
Somente alguns países da
União Europeia, adotaram o
euro como moeda única.
Áustria, Chipre, Bélgica,
Finlândia, França,
Alemanha, Irlanda, Itália,
Malta, Luxemburgo,
Holanda (Países Baixos),
Portugal, Grécia, Espanha ,
Eslovênia, Estônia,
Eslováquia. Fonte: Google
Formação dos principais Blocos Econômicos:
União Europeia –ex CEE, em 1993 torna-se UE, a partir
do Tratado de Maastrich.
Objetivos:
 um mercado interno único;
 um sistema financeiro e bancário comum;
 moeda própria – o euro;
 garantida a cidadania única aos habitantes dos países
do bloco.
Atualmente possui 29 países membros.
NAFTA– (North American Free Trade Agreement) Em 1988,
Estados Unidos e Canadá assinaram um acordo de livre-
comércio que recebeu a adesão do México em 1992. Vigora
desde 1994
Objetivos:
consolidar o intenso comércio regional já existente na
América do Norte;
 enfrentar a concorrência representada pela União
Européia.
 Eliminar tarifas alfandegárias e obstáculos para circulação
de bens e serviços;
 Garantir condições de competição leal, no interior do
bloco, para mão-de-obra especializada.
MERCOSUL -Estabelecido em 26 de março de 1991,
através da assinatura do Tratado de Assunção. É um
bloco econômico formado pela Argentina, Brasil, Paraguai,
Uruguai e recentemente Venezuela. Bolívia, Chile,
Colômbia, Equador e Peru são países associados ao bloco,
podendo participar das reuniões, no entanto, não possuem
direito de voto. O principal critério para uma nação se
associar ao Mercosul é ser integrante da Associação
Latino Americana de Integração (ALADI).
Objetivos:
 livre circulação de bens, serviços e produtos entre os
Estados membros;
 redução e/ou eliminação das taxas de exportação e
importação.
APEC-  Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico –
adquiriu características de bloco econômico em 1994.
Até 2020 está prevista a instalação gradual e a
efetivação de uma área de livre-comércio abrangendo
países da Ásia, da América e da Oceania banhados pelo
Pacífico.
Fonte: Google
A organização em blocos econômicos é vantajosa para todos
os países????
Nem sempre os acordos firmados entre os países
coincidem com os interesses de todos os países dos blocos.
Nafta – EUA lidera a economia; a economia canadense é
quase um anexo da economia norte-americana; México
foi inserido nesse bloco simplesmente porque possui um
enorme mercado consumidor, é detentor de uma grande
jazida de petróleo, recurso indispensável para Estados
Unidos e Canadá, além de ser fornecedor de mão de obra
barata.
Algumas situações conflitantes:
União Europeia – Tendo um mercado comum, a crise em
um país afeta diretamente todo o Bloco. Alguns países,
como a Grécia, gastaram mais dinheiro do conseguiram
arrecadar por meio de impostos nos últimos anos...
Consequência formação de uma crise financeira na zona
do euro.
Assim como a Grécia outros países gastaram mais que o
limite: Portugal, Itália, Irlanda e Espanha – formando o
grupo dos PIIGS
APEC– a participação da região banhada pelo Pacífico
na produção econômica mundial vem aumentando a
cada ano. Entretanto, a integração não deve ocorrer
a curto prazo, devido as grandes disparidades
econômicas entre os países membros e as disputas
comerciais entre as três principais potências: EUA,
Japão e China.
Mercosul – Formado por dois países emergentes
(Argentina e Brasil) e por outros três produtores e
exportadores de matéria-prima (Paraguai, Uruguai e
Venezuela), o Mercosul não apresenta uma estrutura
econômica sólida – conflitos de interesses entre os
países.
Além disso, os EUA não têm nenhum interesse em que o
bloco dê certo, pois pode pôr em risco o projeto ALCA.
ALCA- Acordo de Livre Comércio das Américas 
Surgiu em 1994 com o objetivo de eliminar as barreiras
alfandegárias entre os 34 países americanos (exceto Cuba).
Tornará, caso formado, em um dos maiores blocos
comerciais do mundo.
Na prática, sua formação significa abortar os projetos de
expansão do MERCOSUL e estender o NAFTA para o
restante das Américas. 
Os EUA são os maiores interessados em fechar o acordo
Ainda não é um Bloco Econômico!
ASEAN - Associação das Nações
do Sudeste Asiático;
CARICOM - Mercado Comum e
Comunidade do Caribe;
MCCA- Mercado Comum Centro
Americano ;
EFTA - Associação Europeia de
Livre Comércio;
SADC -Comunidade da África
Meridional para o Desenvolvimento.;
CEI- Comunidade dos Estados
Independentes;
ANZCERTA- Acordo comercial
sobre relações econômicas entre
austrália e nova zelândia
Fonte: Google
Com os blocos econômicos... qual a função dos
organismos internacionais???
Com os blocos, as organizações internacionais visam:
proteção da sociedade, enquanto participante dos
mercados; práticas de políticas, econômicas, sociais e
culturais.
OMC – Organização Mundial do Comércio(1994) antigo
GATT
objetivo com os blocos:
 gerenciar os acordos que compõem o sistema multilateral
de comércio,
 servir de fórum para comércio internacional (firmar
acordos internacionais),
 supervisionar a adoção dos acordos e implementação
destes acordos pelos membros da organização,
 aumento no volume do comércio internacional por meio da
redução geral de barreiras alfandegárias.
FMI - zelar pela estabilidade do sistema monetário
internacional;
BIRD- Atualmente, sua função principal é a luta contra a
pobreza, através de financiamento e empréstimos aos
países em desenvolvimento, como também aqueles que
sofreram terremotos, furacões, enchentes.;
Referências Bibliográficas
BEZERRA JÙNIOR, Wilson Fernandes. Comércio Internacional e os blocos econômicos.
Adcontar. Belém, v. 2, nº 1, , p. 7-10, maio 2011.Disponível em: < Comércio Internacional e os
blocos econômicos > Acesso em: 13 set. 2011.
GARCIA, Hélio Carlos; GARAVELLO, Tito Marcio. Geografia: de olho no mundo do trabalho.
São Paulo: Scipione, 2005.
MENDONÇA, Cláudio. Blocos Econômicos: como funcionam o Nafta, o Mercosul e a UE.
Disponível em: <http://educacao.uol.com.br/geografia/blocos-economicos.jhtm> Acesso em: 13
set. 2011
VEJA. Crise na Europa. São Paulo, maio, 2010. Disponível em:
<http://veja.abril.com.br/perguntas-respostas/crise-europa.shtml> Acesso em: 14 set. 2011.
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Brasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial
Brasil, Globalização e a Nova Ordem MundialBrasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial
Brasil, Globalização e a Nova Ordem MundialCristiane Freitas
 
Cap. 5 o continente americano
Cap. 5   o continente americanoCap. 5   o continente americano
Cap. 5 o continente americanoprofacacio
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicoskarolpoa
 
O continente americano completo
O continente americano  completoO continente americano  completo
O continente americano completoCamila Brito
 
Regionalização do espaço mundial
Regionalização do espaço mundialRegionalização do espaço mundial
Regionalização do espaço mundialLUIS ABREU
 
GUERRA FRIA - a nova ordem mundial
GUERRA FRIA - a nova ordem mundialGUERRA FRIA - a nova ordem mundial
GUERRA FRIA - a nova ordem mundialElvisJohnR
 
Blocos econômicos latino americanos
Blocos econômicos latino americanosBlocos econômicos latino americanos
Blocos econômicos latino americanosHenrique Pontes
 
Geopolítica e globalizacao
Geopolítica e globalizacaoGeopolítica e globalizacao
Geopolítica e globalizacaoprofleofonseca
 
Capítulo 4 - Aspectos Regionais da CEI
Capítulo 4 - Aspectos Regionais da CEICapítulo 4 - Aspectos Regionais da CEI
Capítulo 4 - Aspectos Regionais da CEICBM
 
As diferentes formas de se regionalizar o mundo
As diferentes formas de se regionalizar o mundoAs diferentes formas de se regionalizar o mundo
As diferentes formas de se regionalizar o mundofernandesrafael
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicosArtur Lara
 
A formação do mundo capitalista
A formação do mundo capitalistaA formação do mundo capitalista
A formação do mundo capitalistaIone Rocha
 

Mais procurados (20)

Mundo Bipolar
Mundo BipolarMundo Bipolar
Mundo Bipolar
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Onu
OnuOnu
Onu
 
Brasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial
Brasil, Globalização e a Nova Ordem MundialBrasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial
Brasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Cap. 5 o continente americano
Cap. 5   o continente americanoCap. 5   o continente americano
Cap. 5 o continente americano
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
O continente americano completo
O continente americano  completoO continente americano  completo
O continente americano completo
 
Regionalização do espaço mundial
Regionalização do espaço mundialRegionalização do espaço mundial
Regionalização do espaço mundial
 
GUERRA FRIA - a nova ordem mundial
GUERRA FRIA - a nova ordem mundialGUERRA FRIA - a nova ordem mundial
GUERRA FRIA - a nova ordem mundial
 
Blocos econômicos latino americanos
Blocos econômicos latino americanosBlocos econômicos latino americanos
Blocos econômicos latino americanos
 
Guerra da coreia
Guerra da coreiaGuerra da coreia
Guerra da coreia
 
Geopolítica e globalizacao
Geopolítica e globalizacaoGeopolítica e globalizacao
Geopolítica e globalizacao
 
Capítulo 4 - Aspectos Regionais da CEI
Capítulo 4 - Aspectos Regionais da CEICapítulo 4 - Aspectos Regionais da CEI
Capítulo 4 - Aspectos Regionais da CEI
 
As diferentes formas de se regionalizar o mundo
As diferentes formas de se regionalizar o mundoAs diferentes formas de se regionalizar o mundo
As diferentes formas de se regionalizar o mundo
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
A formação do mundo capitalista
A formação do mundo capitalistaA formação do mundo capitalista
A formação do mundo capitalista
 

Destaque

A nova ordem mundial ou mulitpolaridade
A nova ordem mundial ou mulitpolaridadeA nova ordem mundial ou mulitpolaridade
A nova ordem mundial ou mulitpolaridadeRosemildo Lima
 
Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar Elizangela Silva
 
G 20 e o mundo multipolar
G 20 e o mundo multipolarG 20 e o mundo multipolar
G 20 e o mundo multipolarOberlania Alves
 
A NOVA ORDEM MUNDIAL
A NOVA ORDEM MUNDIALA NOVA ORDEM MUNDIAL
A NOVA ORDEM MUNDIALIsabel Aguiar
 
A nova ordem mundial ou mulitpolaridade
A nova ordem mundial ou mulitpolaridadeA nova ordem mundial ou mulitpolaridade
A nova ordem mundial ou mulitpolaridadeNeuma Matos
 
Mundo bipolar guerra fria
Mundo bipolar guerra friaMundo bipolar guerra fria
Mundo bipolar guerra friaanabnsouza
 
Mundo Unipolar Vs Mundo Multipolar
Mundo Unipolar Vs Mundo MultipolarMundo Unipolar Vs Mundo Multipolar
Mundo Unipolar Vs Mundo MultipolarJavier Gonzalez
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUKéliton Ferreira
 
9º ano a nova ordem
9º ano a nova ordem9º ano a nova ordem
9º ano a nova ordemRenata Cabral
 
DICAS PARA ENEM - CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS
DICAS PARA ENEM - CIÊNCIAS HUMANAS  E SUAS TECNOLOGIAS DICAS PARA ENEM - CIÊNCIAS HUMANAS  E SUAS TECNOLOGIAS
DICAS PARA ENEM - CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Edmar Alves da Cruz
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundialRaquel Avila
 
SLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃO
SLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃOSLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃO
SLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃOAlice Barros
 
Atmosfera, tempo e fatores climáticos
Atmosfera, tempo e fatores climáticosAtmosfera, tempo e fatores climáticos
Atmosfera, tempo e fatores climáticosProfessor
 

Destaque (20)

A nova ordem mundial ou mulitpolaridade
A nova ordem mundial ou mulitpolaridadeA nova ordem mundial ou mulitpolaridade
A nova ordem mundial ou mulitpolaridade
 
Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar
 
Guerra fria e o mundo bipolar
Guerra fria e o mundo bipolarGuerra fria e o mundo bipolar
Guerra fria e o mundo bipolar
 
G 20 e o mundo multipolar
G 20 e o mundo multipolarG 20 e o mundo multipolar
G 20 e o mundo multipolar
 
A NOVA ORDEM MUNDIAL
A NOVA ORDEM MUNDIALA NOVA ORDEM MUNDIAL
A NOVA ORDEM MUNDIAL
 
A nova ordem mundial ou mulitpolaridade
A nova ordem mundial ou mulitpolaridadeA nova ordem mundial ou mulitpolaridade
A nova ordem mundial ou mulitpolaridade
 
Mundo bipolar guerra fria
Mundo bipolar guerra friaMundo bipolar guerra fria
Mundo bipolar guerra fria
 
O mundo unipolar
O mundo unipolarO mundo unipolar
O mundo unipolar
 
Mundo Unipolar Vs Mundo Multipolar
Mundo Unipolar Vs Mundo MultipolarMundo Unipolar Vs Mundo Multipolar
Mundo Unipolar Vs Mundo Multipolar
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 
9º ano a nova ordem
9º ano a nova ordem9º ano a nova ordem
9º ano a nova ordem
 
DICAS PARA ENEM - CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS
DICAS PARA ENEM - CIÊNCIAS HUMANAS  E SUAS TECNOLOGIAS DICAS PARA ENEM - CIÊNCIAS HUMANAS  E SUAS TECNOLOGIAS
DICAS PARA ENEM - CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS
 
O Mundo Multipolar 2º Va
O Mundo Multipolar   2º VaO Mundo Multipolar   2º Va
O Mundo Multipolar 2º Va
 
GEOLOGIA DE GEOMORFOLOGIA
GEOLOGIA DE GEOMORFOLOGIAGEOLOGIA DE GEOMORFOLOGIA
GEOLOGIA DE GEOMORFOLOGIA
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
Regionalização
RegionalizaçãoRegionalização
Regionalização
 
SLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃO
SLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃOSLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃO
SLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃO
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
Atmosfera, tempo e fatores climáticos
Atmosfera, tempo e fatores climáticosAtmosfera, tempo e fatores climáticos
Atmosfera, tempo e fatores climáticos
 

Semelhante a Formação blocos econômicos pós-guerra

Blocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos RegionaisBlocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos RegionaisEder Liborio
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicosarchy9
 
Globalização e blocos econômicos
Globalização e blocos econômicosGlobalização e blocos econômicos
Globalização e blocos econômicosLucas Lourenço
 
A distância não separa
A distância não separaA distância não separa
A distância não separaKelly_Liiz
 
SEMANA 11 ATIVIDADE 01- GEOGRAFIA SEGUIMENTO II EJA MODULO II.pptx
SEMANA 11 ATIVIDADE 01- GEOGRAFIA SEGUIMENTO II EJA MODULO II.pptxSEMANA 11 ATIVIDADE 01- GEOGRAFIA SEGUIMENTO II EJA MODULO II.pptx
SEMANA 11 ATIVIDADE 01- GEOGRAFIA SEGUIMENTO II EJA MODULO II.pptxNalva Novais
 
Revisão de geografia 2º ano
Revisão de geografia 2º anoRevisão de geografia 2º ano
Revisão de geografia 2º anoeunamahcado
 
Blocos economicos brasil e o mercosul
Blocos economicos  brasil e o mercosulBlocos economicos  brasil e o mercosul
Blocos economicos brasil e o mercosulallxx
 
BLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptx
BLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptxBLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptx
BLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptxFernanda Castello
 
Blocos ecowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Geografia – Blocos Econômicosnomicos
Blocos ecowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Geografia – Blocos EconômicosnomicosBlocos ecowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Geografia – Blocos Econômicosnomicos
Blocos ecowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Geografia – Blocos EconômicosnomicosAulasEnsinoMedio
 
83c -slides_-_blocos_econmicos_
83c  -slides_-_blocos_econmicos_83c  -slides_-_blocos_econmicos_
83c -slides_-_blocos_econmicos_Eudes Cunha
 
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2CADUCOC1
 

Semelhante a Formação blocos econômicos pós-guerra (20)

Blocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos RegionaisBlocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos Regionais
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Blocoeconomico8ano0810
Blocoeconomico8ano0810Blocoeconomico8ano0810
Blocoeconomico8ano0810
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
 
Globalização e blocos econômicos
Globalização e blocos econômicosGlobalização e blocos econômicos
Globalização e blocos econômicos
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
A distância não separa
A distância não separaA distância não separa
A distância não separa
 
SEMANA 11 ATIVIDADE 01- GEOGRAFIA SEGUIMENTO II EJA MODULO II.pptx
SEMANA 11 ATIVIDADE 01- GEOGRAFIA SEGUIMENTO II EJA MODULO II.pptxSEMANA 11 ATIVIDADE 01- GEOGRAFIA SEGUIMENTO II EJA MODULO II.pptx
SEMANA 11 ATIVIDADE 01- GEOGRAFIA SEGUIMENTO II EJA MODULO II.pptx
 
Benec blocos
Benec blocosBenec blocos
Benec blocos
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Revisão de geografia 2º ano
Revisão de geografia 2º anoRevisão de geografia 2º ano
Revisão de geografia 2º ano
 
Blocos economicos brasil e o mercosul
Blocos economicos  brasil e o mercosulBlocos economicos  brasil e o mercosul
Blocos economicos brasil e o mercosul
 
BLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptx
BLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptxBLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptx
BLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptx
 
Blocos ecowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Geografia – Blocos Econômicosnomicos
Blocos ecowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Geografia – Blocos EconômicosnomicosBlocos ecowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Geografia – Blocos Econômicosnomicos
Blocos ecowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Geografia – Blocos Econômicosnomicos
 
83c -slides_-_blocos_econmicos_
83c  -slides_-_blocos_econmicos_83c  -slides_-_blocos_econmicos_
83c -slides_-_blocos_econmicos_
 
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
 

Último

v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024SamiraMiresVieiradeM
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxrenatacolbeich1
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 

Último (20)

v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 

Formação blocos econômicos pós-guerra

  • 1. ESCOLA JOSÉ RIBAMAR BATISTA- EJORB TURMA 2A TEMA: A REGIONALIZAÇÃO MUNDIAL ENFOQUE:A Formação dos blocos econômicos
  • 2. Contexto histórico: Fim da Segunda Guerra Mundial = Europa arrasada e duas potências vencedoras... Proposta dos Estados Unidos – fortalecer o modo de produção capitalista Uma nova ordem monetária - Conferência de Bretton Woods,1944
  • 3. Conferência de Bretton Woods ONU- Organização das Nações Unidas= maior organização internacional, cujo objetivo principal é criar e colocar em prática mecanismos que possibilitem a segurança internacional e o desenvolvimento econômico. BIRD- Banco Mundial = reestruturar os países europeus devastados com a guerra; FMI- Fundo monetário internacional = regular os investimentos internacionais e os desequilíbrios da balança de pagamentos; GATT- Acordo Geral de Tarifas e Comércio =responsável pela redução de barreiras tarifárias e não tarifárias em nível mundial – facilitar a comercialização mundial.
  • 4. Europa com a perda de influência... Organização de seus países em bloco- o primeiro bloco econômico. Fatores que levaram a criação do CEE ( Comunidade Econômica Europeia), 1957  tentar competir frente aos EUA;  conter o avanço socialista do lado ocidental; A partir do Tratado de Roma, países integrantes: França, Itália, República Federal da Alemanha e os países do BENELUX ( Bélgica, Holanda e Luxemburgo )
  • 6. Já na América Latina durante a Guerra Fria... Temendo o avanço soviético- é instituído uma organização internacional pelos Estados Unidos... BID- Banco Interamericano de Desenvolvimento - organização financeira internacional com sede na cidade de Washington, EUA, criada no ano de 1959 com o propósito de financiar projetos viáveis de desenvolvimento econômico, social e institucional e promover a integração comercial regional na área da América Latina e o Caribe
  • 7. O mundo e uma nova ordem mundial – Fim Guerra Fria Abertura econômica – 1990 neoliberalismo =  interferência mínima do Estado( desregulamentação da economia);  privatizações;  maior fluxo de capitais – empresas multinacionais;  capital financeiro;  avanços tecnológicos.
  • 8. Cenário mundial favorável para a organização em blocos... Mas, o que são Blocos Econômicos????
  • 9. Blocos Econômicos: São associações de países, em geral de uma mesma região geográfica que estabelece relações comerciais privilegiadas entre si e atuam de forma conjunta no mercado internacional. Um dos aspectos mais importantes na formação dos blocos econômicos é a redução ou a eliminação das alíquotas de importação, com vistas à criação de zonas de livre comércio. Os blocos aumentam a interdependência das economias dos países- membros.
  • 10. Como ocorre a integração dos países em blocos ???? Existem cinco tipo diferentes de integração: Zona de preferência tarifária - é o processo mais simples de integração em que os países pertencentes ao bloco possuem tarifas mais baixas do que as tarifas aplicadas a outros que não possuem acordo preferencial. A integração econômica pode se revestir de diversas formas, sempre com diferentes graus e níveis de integração:
  • 11. Exemplo de Zona de preferência tarifária ALADI - Associação Latino-Americana de Integração; Países membros: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, México, Paraguai, Peru, Uruguai Venezuela Fonte: Google
  • 12. zona de livre comércio- reúne os países através de acordos comerciais que visam exclusivamente à redução ou eliminação de tarifas aduaneiras entre os países-membros do bloco. Só é considerada uma Zona de Livre Comércio quando pelo menos 80% dos bens são comercializados sem taxas alfandegárias.
  • 13. Principal exemplo de zona de livre comércio NAFTA- Acordo de Livre-Comércio da América do Norte Países membros:México, Estados Unidos e Canadá Fonte: Google
  • 14. união aduaneira - É um estágio mais avançado de integração. Além dos países eliminarem as tarifas aduaneiras entre si, estabelecem as mesmas tarifas de exportação e importação TEC (Tarifa Externa Comum) para o comércio internacional fora do bloco.
  • 15. Exemplo de união aduaneira MERCOSUL –Mercado Comum do SUL Países membros: Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Venezuela Países associados: Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Peru. Fonte: Google
  • 16. mercado comum - além das medidas concernentes à união aduaneira visa à livre circulação de pessoas, mercadorias, capitais e serviços. O único exemplo: União Europeia Fonte: Google
  • 17. união econômica e monetária- adoção de uma moeda única, com unificação das políticas monetárias e fiscais. Somente alguns países da União Europeia, adotaram o euro como moeda única. Áustria, Chipre, Bélgica, Finlândia, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Malta, Luxemburgo, Holanda (Países Baixos), Portugal, Grécia, Espanha , Eslovênia, Estônia, Eslováquia. Fonte: Google
  • 18. Formação dos principais Blocos Econômicos: União Europeia –ex CEE, em 1993 torna-se UE, a partir do Tratado de Maastrich. Objetivos:  um mercado interno único;  um sistema financeiro e bancário comum;  moeda própria – o euro;  garantida a cidadania única aos habitantes dos países do bloco. Atualmente possui 29 países membros.
  • 19. NAFTA– (North American Free Trade Agreement) Em 1988, Estados Unidos e Canadá assinaram um acordo de livre- comércio que recebeu a adesão do México em 1992. Vigora desde 1994 Objetivos: consolidar o intenso comércio regional já existente na América do Norte;  enfrentar a concorrência representada pela União Européia.  Eliminar tarifas alfandegárias e obstáculos para circulação de bens e serviços;  Garantir condições de competição leal, no interior do bloco, para mão-de-obra especializada.
  • 20. MERCOSUL -Estabelecido em 26 de março de 1991, através da assinatura do Tratado de Assunção. É um bloco econômico formado pela Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e recentemente Venezuela. Bolívia, Chile, Colômbia, Equador e Peru são países associados ao bloco, podendo participar das reuniões, no entanto, não possuem direito de voto. O principal critério para uma nação se associar ao Mercosul é ser integrante da Associação Latino Americana de Integração (ALADI). Objetivos:  livre circulação de bens, serviços e produtos entre os Estados membros;  redução e/ou eliminação das taxas de exportação e importação.
  • 21. APEC-  Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico – adquiriu características de bloco econômico em 1994. Até 2020 está prevista a instalação gradual e a efetivação de uma área de livre-comércio abrangendo países da Ásia, da América e da Oceania banhados pelo Pacífico. Fonte: Google
  • 22. A organização em blocos econômicos é vantajosa para todos os países???? Nem sempre os acordos firmados entre os países coincidem com os interesses de todos os países dos blocos.
  • 23. Nafta – EUA lidera a economia; a economia canadense é quase um anexo da economia norte-americana; México foi inserido nesse bloco simplesmente porque possui um enorme mercado consumidor, é detentor de uma grande jazida de petróleo, recurso indispensável para Estados Unidos e Canadá, além de ser fornecedor de mão de obra barata. Algumas situações conflitantes:
  • 24. União Europeia – Tendo um mercado comum, a crise em um país afeta diretamente todo o Bloco. Alguns países, como a Grécia, gastaram mais dinheiro do conseguiram arrecadar por meio de impostos nos últimos anos... Consequência formação de uma crise financeira na zona do euro. Assim como a Grécia outros países gastaram mais que o limite: Portugal, Itália, Irlanda e Espanha – formando o grupo dos PIIGS
  • 25. APEC– a participação da região banhada pelo Pacífico na produção econômica mundial vem aumentando a cada ano. Entretanto, a integração não deve ocorrer a curto prazo, devido as grandes disparidades econômicas entre os países membros e as disputas comerciais entre as três principais potências: EUA, Japão e China.
  • 26. Mercosul – Formado por dois países emergentes (Argentina e Brasil) e por outros três produtores e exportadores de matéria-prima (Paraguai, Uruguai e Venezuela), o Mercosul não apresenta uma estrutura econômica sólida – conflitos de interesses entre os países. Além disso, os EUA não têm nenhum interesse em que o bloco dê certo, pois pode pôr em risco o projeto ALCA.
  • 27. ALCA- Acordo de Livre Comércio das Américas  Surgiu em 1994 com o objetivo de eliminar as barreiras alfandegárias entre os 34 países americanos (exceto Cuba). Tornará, caso formado, em um dos maiores blocos comerciais do mundo. Na prática, sua formação significa abortar os projetos de expansão do MERCOSUL e estender o NAFTA para o restante das Américas.  Os EUA são os maiores interessados em fechar o acordo Ainda não é um Bloco Econômico!
  • 28. ASEAN - Associação das Nações do Sudeste Asiático; CARICOM - Mercado Comum e Comunidade do Caribe; MCCA- Mercado Comum Centro Americano ; EFTA - Associação Europeia de Livre Comércio; SADC -Comunidade da África Meridional para o Desenvolvimento.; CEI- Comunidade dos Estados Independentes; ANZCERTA- Acordo comercial sobre relações econômicas entre austrália e nova zelândia Fonte: Google
  • 29. Com os blocos econômicos... qual a função dos organismos internacionais??? Com os blocos, as organizações internacionais visam: proteção da sociedade, enquanto participante dos mercados; práticas de políticas, econômicas, sociais e culturais.
  • 30. OMC – Organização Mundial do Comércio(1994) antigo GATT objetivo com os blocos:  gerenciar os acordos que compõem o sistema multilateral de comércio,  servir de fórum para comércio internacional (firmar acordos internacionais),  supervisionar a adoção dos acordos e implementação destes acordos pelos membros da organização,  aumento no volume do comércio internacional por meio da redução geral de barreiras alfandegárias.
  • 31. FMI - zelar pela estabilidade do sistema monetário internacional; BIRD- Atualmente, sua função principal é a luta contra a pobreza, através de financiamento e empréstimos aos países em desenvolvimento, como também aqueles que sofreram terremotos, furacões, enchentes.;
  • 32. Referências Bibliográficas BEZERRA JÙNIOR, Wilson Fernandes. Comércio Internacional e os blocos econômicos. Adcontar. Belém, v. 2, nº 1, , p. 7-10, maio 2011.Disponível em: < Comércio Internacional e os blocos econômicos > Acesso em: 13 set. 2011. GARCIA, Hélio Carlos; GARAVELLO, Tito Marcio. Geografia: de olho no mundo do trabalho. São Paulo: Scipione, 2005. MENDONÇA, Cláudio. Blocos Econômicos: como funcionam o Nafta, o Mercosul e a UE. Disponível em: <http://educacao.uol.com.br/geografia/blocos-economicos.jhtm> Acesso em: 13 set. 2011 VEJA. Crise na Europa. São Paulo, maio, 2010. Disponível em: <http://veja.abril.com.br/perguntas-respostas/crise-europa.shtml> Acesso em: 14 set. 2011.