O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Cidadão Inteligente / Cidade Cidadã

885 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre Smart Cities, na Universidade Católica de Pernambuco. Smart Citizens, Playable City e Teoria Ator-Rede na pauta da apresentação.

Cidadão Inteligente / Cidade Cidadã

  1. 1. O Cidadão Inteligente e a Cidade Cidadã h.d.mabuse! UNICAP, 22/10/2014
  2. 2. o que são cidades inteligentes?
  3. 3. Songdo
  4. 4. Songdo ! 40%! OUTDOOR SPACES AREA Eficiência ! $40BN
  5. 5. Sem pessoas.
  6. 6. Nada novo.
  7. 7. Ville Contemporaine, 1922
  8. 8. Le Corbusier
  9. 9. Eficiência, comando e controle.
  10. 10. comando e controle
  11. 11. o discurso: Eficiência, comando e controle.
  12. 12. mas, ! inteligente é o cidadão.
  13. 13. How Waze’s crowd-sourced data helped FEMA deliver the gas after Sandy The government agencies called up Waze Friday night and asked for help in figuring out where to send gasoline trucks in New Jersey.
  14. 14. o que mais tem sido feito?
  15. 15. No lugar da Eficiência, comando e controle.! A diversão que modifica comportamento
  16. 16. recife! playable! city © Beto Figueiroa/ TragoBoaNoticia 2014
  17. 17. Design Participativo
  18. 18. Games & Urbanismo
  19. 19. quais os caminhos para fazer?
  20. 20. Teoria Ator-RBrueno Ldatouer! sociólogo e filósofo francês! Teoria Ator-Rede! (através de André Lemos)
  21. 21. ! Teoria! Ator-Rede
  22. 22. ! Teoria! Ator-Rede A Rede não é! onde coisas ! passam. Mas! sim o que ! se forma ! na relação! das coisas. mediação! tradução
  23. 23. ! Teoria! Ator-Rede ! Tudo aquilo ! que gera uma! ação, seja! humano ou! não-humano. mediador! articulador A Rede não é! onde coisas ! passam. Mas! sim o que ! se forma ! na relação! das coisas. mediação! tradução
  24. 24. ! Teoria! Ator-Rede atores humanos e não-humanos agem em rede e constituem-se eles mesmos como rede. Não há claramente sujeito e objeto, nem causa ou efeito predeterminados.
  25. 25. 1.Simetria entre! elementos humanos e! não-humanos na rede.! Ontologia Plana. Carro Motorista Passageiro Legislação Trânsito Segurança Rede de Dados Consumidor Indústria Automotiva GPS Air-Bag Governo Federal Detran Dirigir por Prazer Cultura do Automóvel Pedestre
  26. 26. 1.Simetria entre! elementos humanos e! não-humanos na rede.! Ontologia Plana. 2. Relação entre actantes pelo processo de tradução: a capacidade de manter outro actante envolvido. Carro Motorista Passageiro Legislação Trânsito Segurança Rede de Dados Consumidor Indústria Automotiva GPS Air-Bag Governo Federal Detran Dirigir por Prazer Cultura do Automóvel Pedestre
  27. 27. 1.Simetria entre! elementos humanos e! não-humanos na rede.! Ontologia Plana. 2. Relação entre actantes pelo processo de tradução: a capacidade de manter outro actante envolvido. Passageiro Carro Motorista Legislação Trânsito Segurança Rede de Dados Consumidor Indústria Automotiva GPS 3. Criação de um quadro metodológico para registrar sua construção! “Controvérsia” / Problema de Pesquisa Air-Bag Governo Federal Detran Dirigir por Prazer Cultura do Automóvel Pedestre
  28. 28. ! Teoria! Ator-Rede contra a pureza dos fatos por objetos de estudos e pesquisa mais híbridos redes que atravessam fronteiras: o humano na Internet das Coisas e as coisas na Internet das Pessoas jamais abandonar o empírico, em favor das estruturas identificar e abrir “caixas-pretas” não há essência, e tudo se define nas associações! ! Se não há ação, não há nada.
  29. 29. www.slideshare.net/h.d.mabuse Obrigado. h.d.mabuse! mabuse@cesar.org.br! mabuse.art.br! @hdmabuse Could Songdo be the world’s smartest city? http://www.worldfinance.com/inward-investment/could-songdo-be-the-worlds-smartest- city- ! No one likes a city that's too smart. Richard Sennett (The Guardian), http://www.theguardian.com/commentisfree/2012/dec/04/smart-city-rio-songdo-masdar ! LEMOS, A. Você está aqui! Mídia locativa e teorias “Materialidades da Comunicação e “Ator-Rede. Comunicação & Sociedade, v. 54, p. 5–29, 2010. ! LEMOS, A. A comunicação das coisas: teoria ator-rede e cibercultura. São Paulo: Annablume, 2013. p. 310! GREIMAS, A. J. Les actants, les acteurs, et les figures. Sémiotique narrative et textuelle. [S.l: s.n.], 1973. p. 161–176. ! The Object Strikes Back: An interview with Graham Harman Lucy Kimbell Published in. v. 5, n. 1, p. 1–12, 2013. ! ATZORI, L.;; IERA, A. e MORABITO, G. The Internet of Things: A survey. Computer Networks, v. 54, n. 15, p. 2787–2805, doi:10.1016/j.comnet. 2010.05.010, 2010. www.cesar.org.br

×