SlideShare uma empresa Scribd logo
AVES
INTRODUÇÃO

Todos nós conhecemos as Aves, são aqueles belos animais
voadores, com penas de todas as cores e com uma boca em
forma de bico. No entanto, vou procurar saber mais sobre
esta classe de animais.
Vou então, incluir neste trabalho, os seguintes tópicos:
o Características gerais (simetria, habitat, alimentação, etc.)
o Exemplos de aves existentes em Portugal
o Algumas curiosidades
o Aves em vias de extinção
VERTEBRADOS

o O Reino Animalia divide-se em várias categorias
  taxonómicas, e entre elas está o Filo. As Aves pertencem
  então ao Filo Chordata (cordados). Este Filo divide-se ainda
  em Subfilos, pertencendo as Aves ao Subfilo Vertebrata
  (vertebrados).




          Vamos então saber mais sobre os Vertebrados…
VERTEBRADOS

o A maior característica dos Vertebrados, que os distingue
  dos outros animais é o facto de possuírem esqueleto interno
  e músculos.



o É o Subfilo com maior diversidade, pois
  tem cerca de 50.000 espécies.
VERTEBRADOS


o O esqueleto pode ser cartilagíneo ou ósseo.




o Os vertebrados tiveram origem no mar e mais de metade
  dos vertebrados de hoje é produto da evolução de grupos
  que nunca deixaram o ambiente aquático.
VERTEBRADOS




              Vídeo
AVES


o As Aves pertencem ao subfilo do vertebrados e á classe das
  Aves.
AVES- CARACTERÍSTICAS

o São animais vertebrados;
o São bípedes;
o São ovíparos;
o São homeotérmicos;
o Possuem o corpo coberto de penas;
o Possuem asas;
o Possuem bico;
o Possuem ossos pneumáticos;
o Simetria bilateral.
AVES- HABITAT

o As aves podem ser encontradas em quase todas as partes
  do planeta.
o Porém, a maioria das aves habita em regiões de florestas
  em função da disponibilidades de alimentos.
AVES- SISTEMA DIGESTIVO

o O aparelho digestivo das Aves mostra muitas modificações
  interessantes tais como a ausência de dentes e lábios e um
  papo para armazenamento temporário de alimentos.
o O estômago das aves é formado por uma porção glandular
  anterior- proventrículo, e uma câmara posterior- moela.
o É na moela que areias e pequenas pedras, engolidas pela
  ave, ajudam na trituração dos alimentos.
AVES- ALIMENTAÇÃO

o A alimentação das aves é muito variada:
o Espécies carnívoras.
o Espécies granívoras.
o Outras possuem alimentação baseada no consumo de
  peixes.


                                    Águia




                                                Gavião
   Urubu

                                Pinguim
AVES- SISTEMA RESPIRATÓRIO

o O sistema respiratório contribui para a manutenção da
  homeotermia.
o Embora os pulmões sejam pequenos têm o auxilio dos
  sacos aéreos.
o A movimentação constante de ar dos pulmões para os sacos
  aéreos e destes para os pulmões, permite um acréscimo
  renovado de oxigênio para os tecidos.
AVES- SISTEMA EXCRETOR

o Os    restos  alimentares   são   conduzidos   para uma
  cloaca, onde também são descarregados os excretas
  nitrogenados, representados por uratos.
o As aves não apresentam bexiga e a urina é eliminada
  juntamente com as fezes.
AVES- REPRODUÇÃO

o As Aves possuem reprodução interna.
o A fêmea possui um ovário, enquanto o macho liberta
  espermatozoides através dos dois testículos.
o A fecundação é interna e as fêmeas põem ovos que são
  cobertos por uma casca calcária.
AVES- CURIOSIDADES

o Mas nem todas as aves conseguem voar, devido á sua
  anatomia.
o O ramo da Biologia que estuda as aves é chamado de
  Ornitologia.


                                Pinguins
          Avestruz


                                             Quivi



              Ratita
                                           Urubu
                                            Rei
                       Pavão
AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO




RE- Regionalmente extinto
CR- Criticamente em perigo
EN- Em perigo
VU- Vulnerável
NT- Quase ameaçado
DD- Informação insuficiente
LC- Pouco preocupantes
AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO




                       Pica-pau de cabeça
                             amarela
AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO




                           Abutre do Egipto
AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO




                           Quebra-ossos
AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO




                           Cegonha-preta
AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO




                           Águia Imperial
AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO




                           Condor da
                           Califórnia
AVES EXISTENTES EM PORTUGAL




Estuário do                                 Pardilheira
   Tejo
AVES EXISTENTES EM PORTUGAL




Estuário do                                 Perna-verde-fina
   Sado
AVES EXISTENTES EM PORTUGAL




Esposende                                 Guarda-rios
AVES EXISTENTES EM PORTUGAL




Litoral Norte                                 Pernilongo
AVES EXISTENTES EM PORTUGAL




                                      Estrelinha de
Gaia                                 cabeça listada
AVES EXISTENTES EM PORTUGAL




                                       Estrelinha de
Porto                                 cabeça listada
CONCLUSÃO

o Esta pequena pesquisa sobre as Aves fez de mim uma
  pessoa com mais noção na realidade, a qual é preocupante.
o Posso não ter aprofundado muito este trabalho, pois tentei
  ser muito concreta, resumida e simples. No entanto, durante
  a investigação eu pude adquirir um pouco mais de
  conhecimentos, os quais me “abriram o apetite” a querer
  saber mais.
o E peganto no que disse “ uma realidade preocupante”, deixo
  aqui uma palavra. Lembrem-se que todos nós surgimos do
  mesmo, mas alguns desenvolveram-se mais que outros. No
  entanto, nós Homens, por sermos os “maiores” e mais
  “inteligentes” não nos dá o direito de acabar com a vida dos
  outros. Pois estes outros têm tanto direito á vida como nós.
  E talvez até tenham direito a mais, porque eles lutam por
  ela a toda a hora!
o Espero ter passado bem esta mensagem e ter sido explicita!
                                                       Vídeo
BIBLIOGRAFIA

o http://www.todabiologia.com/zoologia/animais_vertebrados.h
  tm
o http://www.todabiologia.com/zoologia/aves.htm
o http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/classe -
  aves/sistema-digestivo-das-aves-2.php
o http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/classe -
  aves/sistema-respiratorio-das-aves-2.php
o http://www.avesdeportugal.info/
o http://www.grupoescolar.com/pesquisa/aves.html
o http://portal.icnb.pt/ICNPortal/vPT2007/Valores+Naturais/Liv
  ro+Vermelho+dos+Vertebrados/Avalia%C3%A7%C3%A3o_E
  sp%C3%A9cies_Popula%C3%A7%C3%B5es_Resultados.ht
  m?res=1366x768

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

mamíferos
mamíferos mamíferos
Mamíferos
Mamíferos  Mamíferos
Mamíferos
Clézio Nunes
 
IV.2 Anfíbios
IV.2 AnfíbiosIV.2 Anfíbios
IV.2 Anfíbios
Rebeca Vale
 
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
Killer Max
 
Apresentação de biologia de Aves.
Apresentação de biologia de Aves.Apresentação de biologia de Aves.
Apresentação de biologia de Aves.
Maurício Coelho
 
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Leonardo Kaplan
 
Aves
AvesAves
Biologia - Artropodes
Biologia - ArtropodesBiologia - Artropodes
Biologia - Artropodes
Estude Mais
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
emanuel
 
Filo Chordata
Filo ChordataFilo Chordata
Filo Chordata
Diego Yamazaki Bolano
 
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Janaina Alves
 
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteisAula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Andre Luiz Nascimento
 
Os Vertebrados
Os VertebradosOs Vertebrados
Os Vertebrados
empaul_harris
 
IV.1 Peixes
IV.1 PeixesIV.1 Peixes
IV.1 Peixes
Rebeca Vale
 
Nematelmintos
NematelmintosNematelmintos
Nematelmintos
profatatiana
 
Cordados
CordadosCordados
1 caract. gerais dos cordados
1  caract. gerais dos cordados1  caract. gerais dos cordados
1 caract. gerais dos cordados
Elaine Gabriel
 
Cordados- Zoologia dos Vertebrados
Cordados- Zoologia dos VertebradosCordados- Zoologia dos Vertebrados
Cordados- Zoologia dos Vertebrados
Carlos Priante
 
Filo dos moluscos 7º ano
Filo dos moluscos   7º anoFilo dos moluscos   7º ano
Filo dos moluscos 7º ano
jrz758
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
Killer Max
 

Mais procurados (20)

mamíferos
mamíferos mamíferos
mamíferos
 
Mamíferos
Mamíferos  Mamíferos
Mamíferos
 
IV.2 Anfíbios
IV.2 AnfíbiosIV.2 Anfíbios
IV.2 Anfíbios
 
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
 
Apresentação de biologia de Aves.
Apresentação de biologia de Aves.Apresentação de biologia de Aves.
Apresentação de biologia de Aves.
 
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
 
Aves
AvesAves
Aves
 
Biologia - Artropodes
Biologia - ArtropodesBiologia - Artropodes
Biologia - Artropodes
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
 
Filo Chordata
Filo ChordataFilo Chordata
Filo Chordata
 
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
 
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteisAula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
 
Os Vertebrados
Os VertebradosOs Vertebrados
Os Vertebrados
 
IV.1 Peixes
IV.1 PeixesIV.1 Peixes
IV.1 Peixes
 
Nematelmintos
NematelmintosNematelmintos
Nematelmintos
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
 
1 caract. gerais dos cordados
1  caract. gerais dos cordados1  caract. gerais dos cordados
1 caract. gerais dos cordados
 
Cordados- Zoologia dos Vertebrados
Cordados- Zoologia dos VertebradosCordados- Zoologia dos Vertebrados
Cordados- Zoologia dos Vertebrados
 
Filo dos moluscos 7º ano
Filo dos moluscos   7º anoFilo dos moluscos   7º ano
Filo dos moluscos 7º ano
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 

Semelhante a Aves

Répteis
RépteisRépteis
Répteis
Diego Santos
 
Classe das Aves
Classe das AvesClasse das Aves
Classe das Aves
Giulia Soares
 
Mamiferos
MamiferosMamiferos
Mamiferos
DANY VIEIRA
 
Aula cordados
Aula cordadosAula cordados
Aula cordados
denilsonbio
 
19 por que o avestruz, a ema e o casuar não voam
19 por que o avestruz, a ema e o casuar não voam19 por que o avestruz, a ema e o casuar não voam
19 por que o avestruz, a ema e o casuar não voam
Giselly2
 
Unidade 4 cap 2 os anfíbios 2011
Unidade 4 cap 2 os anfíbios 2011Unidade 4 cap 2 os anfíbios 2011
Unidade 4 cap 2 os anfíbios 2011
ISJ
 
Ambiente concluido
Ambiente concluidoAmbiente concluido
Ambiente concluido
Ana Beatriz
 
ZOOLOGIA - CORDdddddddddddADOS1 ppt..ppt
ZOOLOGIA - CORDdddddddddddADOS1 ppt..pptZOOLOGIA - CORDdddddddddddADOS1 ppt..ppt
ZOOLOGIA - CORDdddddddddddADOS1 ppt..ppt
wilbiologia
 
Calopsit
CalopsitCalopsit
Calopsit
Anilorac Maia
 
Calopsit
CalopsitCalopsit
Calopsit
Anilorac Maia
 
aves 2.pdf
aves 2.pdfaves 2.pdf
aves 2.pdf
rickriordan
 
Aves
AvesAves
Aves
AvesAves
Aves
Damisa
 
Vertebrados II
Vertebrados IIVertebrados II
Vertebrados II
Humb21
 
Aves raras
Aves rarasAves raras
Aves raras
Conceição Raposo
 
Aves e Mamíferos
Aves e Mamíferos Aves e Mamíferos
Aves e Mamíferos
robson226649
 
Animais
AnimaisAnimais
Artrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermosArtrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermos
jrz758
 
7º ano cap 22 as aves
7º ano cap 22 as aves7º ano cap 22 as aves
7º ano cap 22 as aves
ISJ
 
Biologia
BiologiaBiologia
Biologia
Adriana Cunha
 

Semelhante a Aves (20)

Répteis
RépteisRépteis
Répteis
 
Classe das Aves
Classe das AvesClasse das Aves
Classe das Aves
 
Mamiferos
MamiferosMamiferos
Mamiferos
 
Aula cordados
Aula cordadosAula cordados
Aula cordados
 
19 por que o avestruz, a ema e o casuar não voam
19 por que o avestruz, a ema e o casuar não voam19 por que o avestruz, a ema e o casuar não voam
19 por que o avestruz, a ema e o casuar não voam
 
Unidade 4 cap 2 os anfíbios 2011
Unidade 4 cap 2 os anfíbios 2011Unidade 4 cap 2 os anfíbios 2011
Unidade 4 cap 2 os anfíbios 2011
 
Ambiente concluido
Ambiente concluidoAmbiente concluido
Ambiente concluido
 
ZOOLOGIA - CORDdddddddddddADOS1 ppt..ppt
ZOOLOGIA - CORDdddddddddddADOS1 ppt..pptZOOLOGIA - CORDdddddddddddADOS1 ppt..ppt
ZOOLOGIA - CORDdddddddddddADOS1 ppt..ppt
 
Calopsit
CalopsitCalopsit
Calopsit
 
Calopsit
CalopsitCalopsit
Calopsit
 
aves 2.pdf
aves 2.pdfaves 2.pdf
aves 2.pdf
 
Aves
AvesAves
Aves
 
Aves
AvesAves
Aves
 
Vertebrados II
Vertebrados IIVertebrados II
Vertebrados II
 
Aves raras
Aves rarasAves raras
Aves raras
 
Aves e Mamíferos
Aves e Mamíferos Aves e Mamíferos
Aves e Mamíferos
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
 
Artrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermosArtrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermos
 
7º ano cap 22 as aves
7º ano cap 22 as aves7º ano cap 22 as aves
7º ano cap 22 as aves
 
Biologia
BiologiaBiologia
Biologia
 

Mais de Débora Neves

Importância da oxidação e da redução na extracção do ferro
Importância da oxidação e da redução na extracção do ferroImportância da oxidação e da redução na extracção do ferro
Importância da oxidação e da redução na extracção do ferro
Débora Neves
 
2ª lei de newton
2ª lei de newton2ª lei de newton
2ª lei de newton
Débora Neves
 
Convenção de Berna
Convenção de BernaConvenção de Berna
Convenção de Berna
Débora Neves
 
Residuos industriais
Residuos industriaisResiduos industriais
Residuos industriais
Débora Neves
 
Parasitoses
ParasitosesParasitoses
Parasitoses
Débora Neves
 
Importância da atmosfera para os seres vivos
Importância da atmosfera para os seres vivosImportância da atmosfera para os seres vivos
Importância da atmosfera para os seres vivos
Débora Neves
 
Política e gestão do ar em portugal
Política e gestão do ar em portugalPolítica e gestão do ar em portugal
Política e gestão do ar em portugal
Débora Neves
 
Cidade, ordenamento e ambiente
Cidade, ordenamento e ambienteCidade, ordenamento e ambiente
Cidade, ordenamento e ambiente
Débora Neves
 
Chaves
ChavesChaves
GPS
GPSGPS
Judaísmo
JudaísmoJudaísmo
Judaísmo
Débora Neves
 
Órgãos e Instituições Europeias; Cidadania Europeia
Órgãos e Instituições Europeias; Cidadania EuropeiaÓrgãos e Instituições Europeias; Cidadania Europeia
Órgãos e Instituições Europeias; Cidadania Europeia
Débora Neves
 
Carvalhos
CarvalhosCarvalhos
Carvalhos
Débora Neves
 
interferência do homem nos ecossistemas
interferência do homem nos ecossistemasinterferência do homem nos ecossistemas
interferência do homem nos ecossistemas
Débora Neves
 

Mais de Débora Neves (14)

Importância da oxidação e da redução na extracção do ferro
Importância da oxidação e da redução na extracção do ferroImportância da oxidação e da redução na extracção do ferro
Importância da oxidação e da redução na extracção do ferro
 
2ª lei de newton
2ª lei de newton2ª lei de newton
2ª lei de newton
 
Convenção de Berna
Convenção de BernaConvenção de Berna
Convenção de Berna
 
Residuos industriais
Residuos industriaisResiduos industriais
Residuos industriais
 
Parasitoses
ParasitosesParasitoses
Parasitoses
 
Importância da atmosfera para os seres vivos
Importância da atmosfera para os seres vivosImportância da atmosfera para os seres vivos
Importância da atmosfera para os seres vivos
 
Política e gestão do ar em portugal
Política e gestão do ar em portugalPolítica e gestão do ar em portugal
Política e gestão do ar em portugal
 
Cidade, ordenamento e ambiente
Cidade, ordenamento e ambienteCidade, ordenamento e ambiente
Cidade, ordenamento e ambiente
 
Chaves
ChavesChaves
Chaves
 
GPS
GPSGPS
GPS
 
Judaísmo
JudaísmoJudaísmo
Judaísmo
 
Órgãos e Instituições Europeias; Cidadania Europeia
Órgãos e Instituições Europeias; Cidadania EuropeiaÓrgãos e Instituições Europeias; Cidadania Europeia
Órgãos e Instituições Europeias; Cidadania Europeia
 
Carvalhos
CarvalhosCarvalhos
Carvalhos
 
interferência do homem nos ecossistemas
interferência do homem nos ecossistemasinterferência do homem nos ecossistemas
interferência do homem nos ecossistemas
 

Aves

  • 2. INTRODUÇÃO Todos nós conhecemos as Aves, são aqueles belos animais voadores, com penas de todas as cores e com uma boca em forma de bico. No entanto, vou procurar saber mais sobre esta classe de animais. Vou então, incluir neste trabalho, os seguintes tópicos: o Características gerais (simetria, habitat, alimentação, etc.) o Exemplos de aves existentes em Portugal o Algumas curiosidades o Aves em vias de extinção
  • 3. VERTEBRADOS o O Reino Animalia divide-se em várias categorias taxonómicas, e entre elas está o Filo. As Aves pertencem então ao Filo Chordata (cordados). Este Filo divide-se ainda em Subfilos, pertencendo as Aves ao Subfilo Vertebrata (vertebrados). Vamos então saber mais sobre os Vertebrados…
  • 4. VERTEBRADOS o A maior característica dos Vertebrados, que os distingue dos outros animais é o facto de possuírem esqueleto interno e músculos. o É o Subfilo com maior diversidade, pois tem cerca de 50.000 espécies.
  • 5. VERTEBRADOS o O esqueleto pode ser cartilagíneo ou ósseo. o Os vertebrados tiveram origem no mar e mais de metade dos vertebrados de hoje é produto da evolução de grupos que nunca deixaram o ambiente aquático.
  • 6. VERTEBRADOS Vídeo
  • 7. AVES o As Aves pertencem ao subfilo do vertebrados e á classe das Aves.
  • 8. AVES- CARACTERÍSTICAS o São animais vertebrados; o São bípedes; o São ovíparos; o São homeotérmicos; o Possuem o corpo coberto de penas; o Possuem asas; o Possuem bico; o Possuem ossos pneumáticos; o Simetria bilateral.
  • 9. AVES- HABITAT o As aves podem ser encontradas em quase todas as partes do planeta. o Porém, a maioria das aves habita em regiões de florestas em função da disponibilidades de alimentos.
  • 10. AVES- SISTEMA DIGESTIVO o O aparelho digestivo das Aves mostra muitas modificações interessantes tais como a ausência de dentes e lábios e um papo para armazenamento temporário de alimentos. o O estômago das aves é formado por uma porção glandular anterior- proventrículo, e uma câmara posterior- moela. o É na moela que areias e pequenas pedras, engolidas pela ave, ajudam na trituração dos alimentos.
  • 11. AVES- ALIMENTAÇÃO o A alimentação das aves é muito variada: o Espécies carnívoras. o Espécies granívoras. o Outras possuem alimentação baseada no consumo de peixes. Águia Gavião Urubu Pinguim
  • 12. AVES- SISTEMA RESPIRATÓRIO o O sistema respiratório contribui para a manutenção da homeotermia. o Embora os pulmões sejam pequenos têm o auxilio dos sacos aéreos. o A movimentação constante de ar dos pulmões para os sacos aéreos e destes para os pulmões, permite um acréscimo renovado de oxigênio para os tecidos.
  • 13. AVES- SISTEMA EXCRETOR o Os restos alimentares são conduzidos para uma cloaca, onde também são descarregados os excretas nitrogenados, representados por uratos. o As aves não apresentam bexiga e a urina é eliminada juntamente com as fezes.
  • 14. AVES- REPRODUÇÃO o As Aves possuem reprodução interna. o A fêmea possui um ovário, enquanto o macho liberta espermatozoides através dos dois testículos. o A fecundação é interna e as fêmeas põem ovos que são cobertos por uma casca calcária.
  • 15. AVES- CURIOSIDADES o Mas nem todas as aves conseguem voar, devido á sua anatomia. o O ramo da Biologia que estuda as aves é chamado de Ornitologia. Pinguins Avestruz Quivi Ratita Urubu Rei Pavão
  • 16. AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO RE- Regionalmente extinto CR- Criticamente em perigo EN- Em perigo VU- Vulnerável NT- Quase ameaçado DD- Informação insuficiente LC- Pouco preocupantes
  • 17. AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO Pica-pau de cabeça amarela
  • 18. AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO Abutre do Egipto
  • 19. AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO Quebra-ossos
  • 20. AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO Cegonha-preta
  • 21. AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO Águia Imperial
  • 22. AVES EM VIAS DE EXTINÇÃO Condor da Califórnia
  • 23. AVES EXISTENTES EM PORTUGAL Estuário do Pardilheira Tejo
  • 24. AVES EXISTENTES EM PORTUGAL Estuário do Perna-verde-fina Sado
  • 25. AVES EXISTENTES EM PORTUGAL Esposende Guarda-rios
  • 26. AVES EXISTENTES EM PORTUGAL Litoral Norte Pernilongo
  • 27. AVES EXISTENTES EM PORTUGAL Estrelinha de Gaia cabeça listada
  • 28. AVES EXISTENTES EM PORTUGAL Estrelinha de Porto cabeça listada
  • 29. CONCLUSÃO o Esta pequena pesquisa sobre as Aves fez de mim uma pessoa com mais noção na realidade, a qual é preocupante. o Posso não ter aprofundado muito este trabalho, pois tentei ser muito concreta, resumida e simples. No entanto, durante a investigação eu pude adquirir um pouco mais de conhecimentos, os quais me “abriram o apetite” a querer saber mais. o E peganto no que disse “ uma realidade preocupante”, deixo aqui uma palavra. Lembrem-se que todos nós surgimos do mesmo, mas alguns desenvolveram-se mais que outros. No entanto, nós Homens, por sermos os “maiores” e mais “inteligentes” não nos dá o direito de acabar com a vida dos outros. Pois estes outros têm tanto direito á vida como nós. E talvez até tenham direito a mais, porque eles lutam por ela a toda a hora! o Espero ter passado bem esta mensagem e ter sido explicita! Vídeo
  • 30. BIBLIOGRAFIA o http://www.todabiologia.com/zoologia/animais_vertebrados.h tm o http://www.todabiologia.com/zoologia/aves.htm o http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/classe - aves/sistema-digestivo-das-aves-2.php o http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/classe - aves/sistema-respiratorio-das-aves-2.php o http://www.avesdeportugal.info/ o http://www.grupoescolar.com/pesquisa/aves.html o http://portal.icnb.pt/ICNPortal/vPT2007/Valores+Naturais/Liv ro+Vermelho+dos+Vertebrados/Avalia%C3%A7%C3%A3o_E sp%C3%A9cies_Popula%C3%A7%C3%B5es_Resultados.ht m?res=1366x768