SlideShare uma empresa Scribd logo
1. Leia o texto abaixo e responda a questão.
Domingão
Domingo, eu passei o dia todo de bode. Mas, no
começo da noite, melhorei e resolvi bater um fio para o
Zeca.
— E ai, cara? Vamos ao cinema?
— Sei lá, Marcos. Estou meio pra baixo....
— Eu também tava, cara. Mas já estou melhor!
E lá fomos nós. O ônibus atrasou, e nós pagamos o
maior mico, porque, quando chegamos, o filme já tinha
começado. Teve até um mane que perguntou se a gente
tinha chegado para a próxima sessão.
Saímos de lá, comentando:
— Que filme massa!
— Maneiro mesmo!
Mas já era tarde, e nem deu para contar os últimos
babados pro Zeca. Afinal, segunda-feira é de trampo e eu
detesto queimar o filme com o patrão. Não vejo a hora de
chegar de novo para eu agitar um pouco mais.
CAVÉQUIA. Márcia Paganini. In:
http://ensinocomalegria.blogspot.com
Os dois personagens que conversam nesse texto são
(A) adultos (C) crianças
(B) idosos (D) jovens.
2. Leia o texto:
O PULO
A Onça encontrou o Gato e pediu:
— Amigo Gato, você me ensina a pular?
O Gato ficou muito desconfiado, mas concordou.
Nas últimas aulas,a Onça pulava com rapidez e agilidade,
parecia um gato gigante.
— Você é um professor maravilhoso, amigo Gato!
Dizia a Onça, agradando (...).
Fonte: Francisco Marques. Contos e lendas populares.
Neste texto, quem disse que a onça “parecia um gato
gigante” foi o
(A) professor. (B) gato.
(C) leitor. (D) narrador.
3. Leia o texto abaixo:
O MÁGICO DE OZ
Ao chegarem à cidadede Esmeralda,foramaté o
misterioso Mágico de Oz, que disse:
– Darei cérebro ao Espantalho, coração ao Homem
de lata e coragem ao Leão; mas somente a Bruxa Boa do
Sul poderá ajudar Dorothy a ir para o Kansas. No palácio
perto do deserto, a Bruxa Boa do Sul disse a Dorothy:
– Ora, é só bater três vezes com estes sapatos
encantados e fazer o pedido. Dorothy despediu-se dos
amigos, fez o que a Bruxa mandou e zum... Voltou a ser
feliz com o tio Henrique e a tia Ema no Kansas.
Disponível em: <http://www.brasileitura.com.br>
Nesse texto, a frase “– Ora, é só bater três vezes com
estes sapatos encantados e fazer o pedido” foi dita
(A) pelo tio Henrique.
(B) pelo Mágico de Oz.
(C) pela Dorothy.
(D) pela Bruxa Boa do Sul.
4. Leia o texto abaixo e responda à questão.
PRINCESA NENÚFAR ELFO-ELFA
Nasceu já bem pálida, de olhos claros e cabelos loiros,
quase brancos. Foi se tornando invisível já na infância e
viveu o resto da vida num castelo mal-assombrado, com
fantasmas amigos da família. Dizem que é muito bonita,
mas é bem difícil de se saber se é verdade.
SOUZA, Flávio de. Príncipes e princesas, sapos e lagartos.
Histórias
modernas de tempos antigos. Editora FTD, p. 16.
Fragmento.
A opinião das pessoas sobre a princesa é de que ela
(A) é muito bonita.
(B) é pálida, de olhos claros.
(C) tem cabelos quase brancos.
(D) vive num castelo.
5. Leia o texto.
SOBRE BOLINHOS DE CHUVA, PIPOCA E COMO OS SERES
VIVOS SE TRANSFORMAM EM FÓSSEIS
(Fragmento)
No final da tarde de hoje, após longos dias de
muito calor, veio a chuva. De início, apenas algumas
grandes gotas, que, ao baterem no chão quente, viraram
vapor. Em seguida, o barulho forte de pingos e mais
pingos, que, repentinamente, transformaram o céu numa
grande cachoeira esbranquiçada. Como veio, a chuva se
foi. A água escoou, infiltrou-se pela terra e tudo voltou
devagarzinho à sua rotina.
Gosto da chuva. Desta chuva que vem depressa,
refresca o ar, molha as plantas, e, quando nos pega no
ESCOLA ESTADUAL CORONEL CRUZ
5º ANO DO II CICLO
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA- 2º BIMESTRE
Aluno(a): Turma: Turno:
Professora: Marlene Lima Data:_____/______/2017
CONCEITOS: Interpretação textual;Gênero,Númeroe Grau do substantivo; Frase e oração,
períodosimplese períodocomposto, Sujeitoe Predicado.
meio do caminho, deixa-nos encharcados. Ela traz
lembranças de coisas boas, como uma casa acolhedora,
bolinhos de chuva, pipoca e um passar mais lento do dia.
http://chc.cienciahoje.uol.com.br/colunas/de-
volta-a-pre-historia/sobre-bolinhos-de-chuva-pipoca-e-
como-os-seres-vivos-se-transformam-em-fosseis
O trecho que expressa a opinião do narrador é
(A) “Como veio, a chuva se foi” (l.5)
(B) “O barulho forte dos pingos” (l.3)
(C) “Gosto da chuva” (l.7)
(D) “Viram vapor” (l.3)
6. Leia o texto e responda à questão.
O TERREMOTO
Depois do terremoto, apenas uma casa ficou de pé.
— Por que você ficou de pé, sua casa doida, não
sabe que houve um terremoto — advertiu a bruxa.
— Um terremoto?! — repetiu a casa comas janelas
esbugalhadas.
E foi tratando logo de desabar também com medo
da bruxa.
DIDIMO, Horário. As historinhas do mestre jabuti.
Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2003, p. 23.
A casa que estava em pé desabou
(A) por causa de um terremoto.
(B) porque teve medo da bruxa.
(C) porque era uma casa doida.
(D) por causa das janelas abertas.
7. Leia o texto abaixo.
(Maurício de Sousa. Chico Bento. n. 363, dez. 2000.
A resposta da mãe de Chico Bento no 2º quadrinho se
refere ao fato de:
(A) ele repetir de ano.
(B) ele querer mais sopa.
(C) a sopa estar gostosa.
(D) a mãe ter feito muita sopa.
8. Leia o texto abaixo e responda.
O CÃO E A CARNE
Um cão vinha caminhando com um pedaço de
carne na boca. Quando passou ao lado do rio, viu sua
própria imagem na água.
Pensando que havia na água um novo pedaço de
carne, soltou o que carregava para apanhar o outro.
O pedaço de carne caiu na água e se foi, assim
como a sua imagem.
E o cão, que queria os dois, ficou sem nenhum.
LA FONTAINE. Disponível em:
<http://webcache.googleusercontent.com/
search?hl=ptR&q=cache:>. Acesso em: 10 mar. 2011.
O cão soltou o pedaço de carne que carregava, porque
(A) passou ao lado do rio.
(B) viu sua própria imagem refletida na água.
(C) pensou ter visto um pedaço maior na água.
(D) viu sua imagem indo embora
9. Leia o texto abaixo.
PAPO FURADO
O dente de Ana estava mole – nheco, nheco – pra
lá e pra cá. Mas como era um dente muito teimoso, não
tinha jeito de cair.Nem amarrando linha,prendendo na
porta e batendo com toda força – BUM – no danado se
arrancava!Nem assim!
O dente caiu quando ele bem quis,logo no
primeiro dia de aula,quando Aninha comia uma bala
puxa. Puxa vida!E era justo o dente da frente!
Daí todo mundo entrou na classeea professora
chamou assim:
– Ana! Quem é Ana?
Só quando viu a turma inteira de olhão pregado
nela,Aninha espichou a mão e fez:
– UUMMM – de boca fechada para ninguém ver a
banguela.
Stella Carr.As confusões de Aninha. São Paulo:Moderna,
1985.
Pode-se afirmar que o dente de Ana caiu porque Ana
(A) amarrou-o e bateu a porta.
(B) ficou nervosa quando entrou na sala.
(C) se assustou coma professora.
(D) comeu uma bala puxa.
10. Leia o texto abaixo.
SOUZA, Maurício de. As tiras clássicasda Turma da Mônica. São
Paulo: Maurício de Souza Produções, v.1, 2007, p.34.
No terceiro quadrinho, aparecem duas estrelas para
mostrar que o menino com o travesseiro estava
(A) aborrecido. (C) cansado.
(B) decepcionado (D) machucado.
11. Leia a propaganda a seguir e responda:
Com o desconto dado, este produto
(A) está mais caro, com aumento de 10% no seu valor.
(B) está mais barato, com desconto no seu valor.
(C) está mais caro, com aumento de 30% no seu valor.
(D) não mudou em nada o seu valor.
12. Leia o texto abaixo.
Pra dar no pé
Da varanda lá de casa, eu a avistava: linda,
exuberante e charmosa. Nela moravam: bem-te-vi,
pintassilgo, pombo, juriti, marimbondo e formiga
alpinista. Papagaio de seda também!
Desses do mês de julho que, em vez de ficar
requebrando no céu, decidem embaraçar a rabiola nos
galhos mais altos e ficar por ali mesmo. Teve um que
gostou tanto de morar na árvore que nunca mais foi
embora.
No meio do ano, começavam a aparecer pequenas
flores naquele pé de manga. Os frutos só chegavam em
meados de dezembro. As chuvas do fim de tarde, muitas
vezes, aprontavam:
jogavam no chão as suculentas frutas. Umas se
esborrachavam feio na lama. A dona Tina, na manhã
seguinte, distribuía tudo entre a vizinhança. Era bom...
Oliveira, Pedro Antônio de. CHC, n. 197, p.19, dez. 2008.
Fragmento.
Na frase “A dona Tina, na manhã seguinte, distribuía
tudo entre a vizinhança.”, a palavra destacada se refere
(A) aos frutos. (B) aos papagaios.
(C) às flores. (D) às rabiolas.
13. Leia o texto
OLHA PRO CÉU, MEU AMOR
Olha pro céu, meu amor
Vê como ele está lindo
Olha praquele balão multicor
Como no céu vai sumindo.
Foi numa noite igual a esta
Que tu me deste o teu coração
O céu estava assim em festa porque era noite de São João
Havia balões no ar Xote, baião no salão
E no terreiro, o teu olhar
Que incendiou meu coração.
José Fernandes e Luiz Gonzaga
http://www.qdivertido.com.br/vercantiga.php?codigo=87
Em “balão multicor”, a palavra destacada indica que o
balão é
(A) branco (C) preto.
(B) transparente. (D) colorido.
14. Leia o enunciado abaixo.
OS LIVROS SÃO COMPANHIAS AGRADÁVEIS EM
QUALQUER SITUAÇÃO.
O enunciado acima
(A) é um período composto. (B) é uma frase nominal.
(C) é um período simples. (D) não existe sujeito.
15. Marque a alternativa que indica uma frase nominal.
(A) Ana organizou a festa de aniversário do amigo.
(B) Que belo trabalho!
(C) Comprei maçãs verdes.
(D) Você não conseguiu boa nota.
16. As palavras mesa, flauta, e flor, podem ser
classificadas como substantivos
(A) comuns, simples, primitivos e femininos.
(B) comuns, compostos e derivados.
(C) próprios, Derivados e concretos.
(D) coletivos, próprios e simples.
17. Na frase, João plantou uma árvore no quintal de sua
casa. A palavra em destaque é
(A) o predicado. (C) o sujeito.
(B) um substantivo comum. (D) um artigo.
18. “Carlos comprou ovos para fazer bolo.” Nessa frase
existe
(A) uma oração. (C) duas orações.
(B) três orações. (D) nenhuma oração.
19. Marque a alternativa em que todas as palavras estão
escritas no plural de forma correta.
(A) ventiladores, os pires, os ônibus, caminhões.
(B) os boi, as lata, gavetas, carros.
(C) o bombons, os vidros, os tórax, fios.
(D) os ônibuses, os píreses, os tóraxes, os cidadões.
20. Os femininos das palavras cobra macho, folião,
conde e genro são
(A) cobra fêmea, foliã, conda e genra.
(B) cobra fêmea, foliona, condessa e nora.
(C) cobra macho, folioa, conde fêmea, sogra.
(D) cobrinha, folia, conda, cunhada.
BOA AVALIAÇÃO!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revisão Prova Brasil - 5º ano
Revisão Prova Brasil - 5º anoRevisão Prova Brasil - 5º ano
Revisão Prova Brasil - 5º ano
Mary Alvarenga
 
Simulado 22 (port. 5º ano)
Simulado 22 (port. 5º ano)Simulado 22 (port. 5º ano)
Simulado 22 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
D11 (5º ano l.p.)
D11 (5º ano   l.p.)D11 (5º ano   l.p.)
D11 (5º ano l.p.)
Cidinha Paulo
 
Simulado 20 (port. 5º ano)
Simulado 20 (port. 5º ano)Simulado 20 (port. 5º ano)
Simulado 20 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Atividades com descritores matematica PROEB 5º ano
Atividades com descritores matematica PROEB 5º anoAtividades com descritores matematica PROEB 5º ano
Atividades com descritores matematica PROEB 5º ano
Silvânia Silveira
 
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º anoSimulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
Silvânia Silveira
 
4º ano aval. diag. port.
4º ano   aval. diag. port.4º ano   aval. diag. port.
4º ano aval. diag. port.
Cida Carvalho
 
Prova Brasil - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Prova Brasil  - Revisão de Língua Portuguesa 5º anoProva Brasil  - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Prova Brasil - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Mary Alvarenga
 
Interpretação de tirinhas menino maluquinho
Interpretação de tirinhas menino maluquinhoInterpretação de tirinhas menino maluquinho
Interpretação de tirinhas menino maluquinho
Rose Tavares
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTREAVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTRE
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Atividade avaliativa 3 bimestre 4º ano matemática
Atividade avaliativa 3 bimestre 4º ano   matemáticaAtividade avaliativa 3 bimestre 4º ano   matemática
Atividade avaliativa 3 bimestre 4º ano matemática
André Moraes
 
Simulado portugues 3º ano)-4 unidade
Simulado portugues   3º ano)-4 unidadeSimulado portugues   3º ano)-4 unidade
Simulado portugues 3º ano)-4 unidade
julliana brito
 
AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO - 4º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO - 4º BIMESTREAVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO - 4º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO - 4º BIMESTRE
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Simulado 08 (port. 5º ano )
Simulado 08 (port. 5º ano )Simulado 08 (port. 5º ano )
Simulado 08 (port. 5º ano )
Cidinha Paulo
 
Simulado 1 (port. 5º ano blog do prof. Warles)
Simulado 1 (port. 5º ano   blog do prof. Warles)Simulado 1 (port. 5º ano   blog do prof. Warles)
Simulado 1 (port. 5º ano blog do prof. Warles)
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Simulado 14 (port. 5º ano)
Simulado 14 (port. 5º ano)Simulado 14 (port. 5º ano)
Simulado 14 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Produção textual: Poemas
Produção textual: Poemas Produção textual: Poemas
Produção textual: Poemas
Mary Alvarenga
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA: ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º ANO - 4º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA: ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º ANO - 4º BIMESTREAVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA: ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º ANO - 4º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA: ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º ANO - 4º BIMESTRE
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 

Mais procurados (20)

Revisão Prova Brasil - 5º ano
Revisão Prova Brasil - 5º anoRevisão Prova Brasil - 5º ano
Revisão Prova Brasil - 5º ano
 
Simulado 22 (port. 5º ano)
Simulado 22 (port. 5º ano)Simulado 22 (port. 5º ano)
Simulado 22 (port. 5º ano)
 
D11 (5º ano l.p.)
D11 (5º ano   l.p.)D11 (5º ano   l.p.)
D11 (5º ano l.p.)
 
Simulado 20 (port. 5º ano)
Simulado 20 (port. 5º ano)Simulado 20 (port. 5º ano)
Simulado 20 (port. 5º ano)
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
 
Atividades com descritores matematica PROEB 5º ano
Atividades com descritores matematica PROEB 5º anoAtividades com descritores matematica PROEB 5º ano
Atividades com descritores matematica PROEB 5º ano
 
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º anoSimulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
 
4º ano aval. diag. port.
4º ano   aval. diag. port.4º ano   aval. diag. port.
4º ano aval. diag. port.
 
Prova Brasil - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Prova Brasil  - Revisão de Língua Portuguesa 5º anoProva Brasil  - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Prova Brasil - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
 
Interpretação de tirinhas menino maluquinho
Interpretação de tirinhas menino maluquinhoInterpretação de tirinhas menino maluquinho
Interpretação de tirinhas menino maluquinho
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTREAVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTRE
 
Atividade avaliativa 3 bimestre 4º ano matemática
Atividade avaliativa 3 bimestre 4º ano   matemáticaAtividade avaliativa 3 bimestre 4º ano   matemática
Atividade avaliativa 3 bimestre 4º ano matemática
 
Simulado portugues 3º ano)-4 unidade
Simulado portugues   3º ano)-4 unidadeSimulado portugues   3º ano)-4 unidade
Simulado portugues 3º ano)-4 unidade
 
AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO - 4º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO - 4º BIMESTREAVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO - 4º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO - 4º BIMESTRE
 
Simulado 08 (port. 5º ano )
Simulado 08 (port. 5º ano )Simulado 08 (port. 5º ano )
Simulado 08 (port. 5º ano )
 
Simulado 1 (port. 5º ano blog do prof. Warles)
Simulado 1 (port. 5º ano   blog do prof. Warles)Simulado 1 (port. 5º ano   blog do prof. Warles)
Simulado 1 (port. 5º ano blog do prof. Warles)
 
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1
 
Simulado 14 (port. 5º ano)
Simulado 14 (port. 5º ano)Simulado 14 (port. 5º ano)
Simulado 14 (port. 5º ano)
 
Produção textual: Poemas
Produção textual: Poemas Produção textual: Poemas
Produção textual: Poemas
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA: ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º ANO - 4º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA: ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º ANO - 4º BIMESTREAVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA: ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º ANO - 4º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA: ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º ANO - 4º BIMESTRE
 

Semelhante a AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 2017 - 2º BIMESTRE - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1

WORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
WORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLOWORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
WORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Simulado spaece 1º ano
Simulado spaece 1º anoSimulado spaece 1º ano
Simulado spaece 1º ano
profronaldopompeu
 
PDF: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
PDF: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLOPDF: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
PDF: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Simulado 5c2ba-ano-lp-2Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Cidinha Paulo
 
Simulado 2 (port. 5º ano)
Simulado 2 (port. 5º ano)Simulado 2 (port. 5º ano)
Simulado 2 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Ativ. férias 1º ano
Ativ. férias 1º anoAtiv. férias 1º ano
Ativ. férias 1º ano
Hermes Teixeira
 
D 2 (1).pptx
D 2 (1).pptxD 2 (1).pptx
D 2 (1).pptx
MilenaDoCarmo3
 
SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 7° ANO - doc
SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 7° ANO - docSIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 7° ANO - doc
SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 7° ANO - doc
wendell Viana
 
Avaliacao diagnostica lp 7 ef
Avaliacao diagnostica lp 7 efAvaliacao diagnostica lp 7 ef
Avaliacao diagnostica lp 7 ef
Marcia Oliveira
 
Apostila pronta 3º noturno
Apostila pronta 3º noturnoApostila pronta 3º noturno
Apostila pronta 3º noturno
Vera Oliveira
 
Niv. 6 anos 15 e 18 de outubro
Niv. 6 anos 15 e 18 de outubroNiv. 6 anos 15 e 18 de outubro
Niv. 6 anos 15 e 18 de outubro
renata ubeda
 
Niv. 6 anos 15 e 18 de outubro
Niv. 6 anos 15 e 18 de outubroNiv. 6 anos 15 e 18 de outubro
Niv. 6 anos 15 e 18 de outubro
renata ubeda
 
Questões portugues arrumadas
Questões portugues arrumadasQuestões portugues arrumadas
Questões portugues arrumadas
Atividades Diversas Cláudia
 
Questões portugues arrumadas
Questões portugues arrumadasQuestões portugues arrumadas
Questões portugues arrumadas
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova BrasilProva de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
Cláudia Santos
 
Atividades de leitura e interpretação de textos profª clarice
Atividades de leitura e interpretação de textos   profª clariceAtividades de leitura e interpretação de textos   profª clarice
Atividades de leitura e interpretação de textos profª clarice
Clarice Escouto Santos
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos ok
Ederson Jacob Zanardo
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos ok
Ederson Jacob Zanardo
 
Simulado 12 (port. 5º ano)
Simulado 12 (port. 5º ano)Simulado 12 (port. 5º ano)
Simulado 12 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
4. diagnotico _3_ano_lp
4. diagnotico _3_ano_lp4. diagnotico _3_ano_lp
4. diagnotico _3_ano_lp
Roseli Aparecida Tavares
 

Semelhante a AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 2017 - 2º BIMESTRE - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 (20)

WORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
WORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLOWORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
WORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
 
Simulado spaece 1º ano
Simulado spaece 1º anoSimulado spaece 1º ano
Simulado spaece 1º ano
 
PDF: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
PDF: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLOPDF: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
PDF: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
 
Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Simulado 5c2ba-ano-lp-2Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Simulado 5c2ba-ano-lp-2
 
Simulado 2 (port. 5º ano)
Simulado 2 (port. 5º ano)Simulado 2 (port. 5º ano)
Simulado 2 (port. 5º ano)
 
Ativ. férias 1º ano
Ativ. férias 1º anoAtiv. férias 1º ano
Ativ. férias 1º ano
 
D 2 (1).pptx
D 2 (1).pptxD 2 (1).pptx
D 2 (1).pptx
 
SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 7° ANO - doc
SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 7° ANO - docSIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 7° ANO - doc
SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 7° ANO - doc
 
Avaliacao diagnostica lp 7 ef
Avaliacao diagnostica lp 7 efAvaliacao diagnostica lp 7 ef
Avaliacao diagnostica lp 7 ef
 
Apostila pronta 3º noturno
Apostila pronta 3º noturnoApostila pronta 3º noturno
Apostila pronta 3º noturno
 
Niv. 6 anos 15 e 18 de outubro
Niv. 6 anos 15 e 18 de outubroNiv. 6 anos 15 e 18 de outubro
Niv. 6 anos 15 e 18 de outubro
 
Niv. 6 anos 15 e 18 de outubro
Niv. 6 anos 15 e 18 de outubroNiv. 6 anos 15 e 18 de outubro
Niv. 6 anos 15 e 18 de outubro
 
Questões portugues arrumadas
Questões portugues arrumadasQuestões portugues arrumadas
Questões portugues arrumadas
 
Questões portugues arrumadas
Questões portugues arrumadasQuestões portugues arrumadas
Questões portugues arrumadas
 
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova BrasilProva de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
 
Atividades de leitura e interpretação de textos profª clarice
Atividades de leitura e interpretação de textos   profª clariceAtividades de leitura e interpretação de textos   profª clarice
Atividades de leitura e interpretação de textos profª clarice
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos ok
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos ok
 
Simulado 12 (port. 5º ano)
Simulado 12 (port. 5º ano)Simulado 12 (port. 5º ano)
Simulado 12 (port. 5º ano)
 
4. diagnotico _3_ano_lp
4. diagnotico _3_ano_lp4. diagnotico _3_ano_lp
4. diagnotico _3_ano_lp
 

Mais de Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESAAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTALINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANOINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL  AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011
PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011
PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA ESCOLAR!
MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA  ESCOLAR!MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA  ESCOLAR!
MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA ESCOLAR!
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Apostila: capacitação de merendeiro.
Apostila: capacitação de merendeiro.Apostila: capacitação de merendeiro.
Apostila: capacitação de merendeiro.
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Caderno de Atividades de Leitura e Escrita
Caderno de Atividades de Leitura e EscritaCaderno de Atividades de Leitura e Escrita
Caderno de Atividades de Leitura e Escrita
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL: 5º ano
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL:    5º anoINTERPRETAÇÃO TEXTUAL:    5º ano
REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!
REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!
SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...
SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...
SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA  ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...AVALIAÇÃO NACIONAL DA  ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
ADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULA
ADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULAADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULA
ADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULA
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
A HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTRE
A HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTREA HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTRE
A HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTRE
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
GUIA GRAMATICAL: ADJETIVO
GUIA GRAMATICAL: ADJETIVOGUIA GRAMATICAL: ADJETIVO
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOSFICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Fundamentos da Educação Matemática
Fundamentos da  Educação MatemáticaFundamentos da  Educação Matemática
Fundamentos da Educação Matemática
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 

Mais de Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (20)

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESAAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTALINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANOINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL  AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
 
PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011
PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011
PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011
 
MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA ESCOLAR!
MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA  ESCOLAR!MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA  ESCOLAR!
MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA ESCOLAR!
 
Apostila: capacitação de merendeiro.
Apostila: capacitação de merendeiro.Apostila: capacitação de merendeiro.
Apostila: capacitação de merendeiro.
 
Caderno de Atividades de Leitura e Escrita
Caderno de Atividades de Leitura e EscritaCaderno de Atividades de Leitura e Escrita
Caderno de Atividades de Leitura e Escrita
 
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL: 5º ano
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL:    5º anoINTERPRETAÇÃO TEXTUAL:    5º ano
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL: 5º ano
 
REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!
REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!
REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!
 
SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...
SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...
SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...
 
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
 
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
 
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA  ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...AVALIAÇÃO NACIONAL DA  ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
 
ADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULA
ADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULAADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULA
ADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULA
 
A HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTRE
A HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTREA HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTRE
A HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTRE
 
GUIA GRAMATICAL: ADJETIVO
GUIA GRAMATICAL: ADJETIVOGUIA GRAMATICAL: ADJETIVO
GUIA GRAMATICAL: ADJETIVO
 
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOSFICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
 
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...
 
Fundamentos da Educação Matemática
Fundamentos da  Educação MatemáticaFundamentos da  Educação Matemática
Fundamentos da Educação Matemática
 

Último

Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 

Último (20)

Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 

AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 2017 - 2º BIMESTRE - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1

  • 1. 1. Leia o texto abaixo e responda a questão. Domingão Domingo, eu passei o dia todo de bode. Mas, no começo da noite, melhorei e resolvi bater um fio para o Zeca. — E ai, cara? Vamos ao cinema? — Sei lá, Marcos. Estou meio pra baixo.... — Eu também tava, cara. Mas já estou melhor! E lá fomos nós. O ônibus atrasou, e nós pagamos o maior mico, porque, quando chegamos, o filme já tinha começado. Teve até um mane que perguntou se a gente tinha chegado para a próxima sessão. Saímos de lá, comentando: — Que filme massa! — Maneiro mesmo! Mas já era tarde, e nem deu para contar os últimos babados pro Zeca. Afinal, segunda-feira é de trampo e eu detesto queimar o filme com o patrão. Não vejo a hora de chegar de novo para eu agitar um pouco mais. CAVÉQUIA. Márcia Paganini. In: http://ensinocomalegria.blogspot.com Os dois personagens que conversam nesse texto são (A) adultos (C) crianças (B) idosos (D) jovens. 2. Leia o texto: O PULO A Onça encontrou o Gato e pediu: — Amigo Gato, você me ensina a pular? O Gato ficou muito desconfiado, mas concordou. Nas últimas aulas,a Onça pulava com rapidez e agilidade, parecia um gato gigante. — Você é um professor maravilhoso, amigo Gato! Dizia a Onça, agradando (...). Fonte: Francisco Marques. Contos e lendas populares. Neste texto, quem disse que a onça “parecia um gato gigante” foi o (A) professor. (B) gato. (C) leitor. (D) narrador. 3. Leia o texto abaixo: O MÁGICO DE OZ Ao chegarem à cidadede Esmeralda,foramaté o misterioso Mágico de Oz, que disse: – Darei cérebro ao Espantalho, coração ao Homem de lata e coragem ao Leão; mas somente a Bruxa Boa do Sul poderá ajudar Dorothy a ir para o Kansas. No palácio perto do deserto, a Bruxa Boa do Sul disse a Dorothy: – Ora, é só bater três vezes com estes sapatos encantados e fazer o pedido. Dorothy despediu-se dos amigos, fez o que a Bruxa mandou e zum... Voltou a ser feliz com o tio Henrique e a tia Ema no Kansas. Disponível em: <http://www.brasileitura.com.br> Nesse texto, a frase “– Ora, é só bater três vezes com estes sapatos encantados e fazer o pedido” foi dita (A) pelo tio Henrique. (B) pelo Mágico de Oz. (C) pela Dorothy. (D) pela Bruxa Boa do Sul. 4. Leia o texto abaixo e responda à questão. PRINCESA NENÚFAR ELFO-ELFA Nasceu já bem pálida, de olhos claros e cabelos loiros, quase brancos. Foi se tornando invisível já na infância e viveu o resto da vida num castelo mal-assombrado, com fantasmas amigos da família. Dizem que é muito bonita, mas é bem difícil de se saber se é verdade. SOUZA, Flávio de. Príncipes e princesas, sapos e lagartos. Histórias modernas de tempos antigos. Editora FTD, p. 16. Fragmento. A opinião das pessoas sobre a princesa é de que ela (A) é muito bonita. (B) é pálida, de olhos claros. (C) tem cabelos quase brancos. (D) vive num castelo. 5. Leia o texto. SOBRE BOLINHOS DE CHUVA, PIPOCA E COMO OS SERES VIVOS SE TRANSFORMAM EM FÓSSEIS (Fragmento) No final da tarde de hoje, após longos dias de muito calor, veio a chuva. De início, apenas algumas grandes gotas, que, ao baterem no chão quente, viraram vapor. Em seguida, o barulho forte de pingos e mais pingos, que, repentinamente, transformaram o céu numa grande cachoeira esbranquiçada. Como veio, a chuva se foi. A água escoou, infiltrou-se pela terra e tudo voltou devagarzinho à sua rotina. Gosto da chuva. Desta chuva que vem depressa, refresca o ar, molha as plantas, e, quando nos pega no ESCOLA ESTADUAL CORONEL CRUZ 5º ANO DO II CICLO AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA- 2º BIMESTRE Aluno(a): Turma: Turno: Professora: Marlene Lima Data:_____/______/2017 CONCEITOS: Interpretação textual;Gênero,Númeroe Grau do substantivo; Frase e oração, períodosimplese períodocomposto, Sujeitoe Predicado.
  • 2. meio do caminho, deixa-nos encharcados. Ela traz lembranças de coisas boas, como uma casa acolhedora, bolinhos de chuva, pipoca e um passar mais lento do dia. http://chc.cienciahoje.uol.com.br/colunas/de- volta-a-pre-historia/sobre-bolinhos-de-chuva-pipoca-e- como-os-seres-vivos-se-transformam-em-fosseis O trecho que expressa a opinião do narrador é (A) “Como veio, a chuva se foi” (l.5) (B) “O barulho forte dos pingos” (l.3) (C) “Gosto da chuva” (l.7) (D) “Viram vapor” (l.3) 6. Leia o texto e responda à questão. O TERREMOTO Depois do terremoto, apenas uma casa ficou de pé. — Por que você ficou de pé, sua casa doida, não sabe que houve um terremoto — advertiu a bruxa. — Um terremoto?! — repetiu a casa comas janelas esbugalhadas. E foi tratando logo de desabar também com medo da bruxa. DIDIMO, Horário. As historinhas do mestre jabuti. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2003, p. 23. A casa que estava em pé desabou (A) por causa de um terremoto. (B) porque teve medo da bruxa. (C) porque era uma casa doida. (D) por causa das janelas abertas. 7. Leia o texto abaixo. (Maurício de Sousa. Chico Bento. n. 363, dez. 2000. A resposta da mãe de Chico Bento no 2º quadrinho se refere ao fato de: (A) ele repetir de ano. (B) ele querer mais sopa. (C) a sopa estar gostosa. (D) a mãe ter feito muita sopa. 8. Leia o texto abaixo e responda. O CÃO E A CARNE Um cão vinha caminhando com um pedaço de carne na boca. Quando passou ao lado do rio, viu sua própria imagem na água. Pensando que havia na água um novo pedaço de carne, soltou o que carregava para apanhar o outro. O pedaço de carne caiu na água e se foi, assim como a sua imagem. E o cão, que queria os dois, ficou sem nenhum. LA FONTAINE. Disponível em: <http://webcache.googleusercontent.com/ search?hl=ptR&q=cache:>. Acesso em: 10 mar. 2011. O cão soltou o pedaço de carne que carregava, porque (A) passou ao lado do rio. (B) viu sua própria imagem refletida na água. (C) pensou ter visto um pedaço maior na água. (D) viu sua imagem indo embora 9. Leia o texto abaixo. PAPO FURADO O dente de Ana estava mole – nheco, nheco – pra lá e pra cá. Mas como era um dente muito teimoso, não tinha jeito de cair.Nem amarrando linha,prendendo na porta e batendo com toda força – BUM – no danado se arrancava!Nem assim! O dente caiu quando ele bem quis,logo no primeiro dia de aula,quando Aninha comia uma bala puxa. Puxa vida!E era justo o dente da frente! Daí todo mundo entrou na classeea professora chamou assim: – Ana! Quem é Ana? Só quando viu a turma inteira de olhão pregado nela,Aninha espichou a mão e fez: – UUMMM – de boca fechada para ninguém ver a banguela. Stella Carr.As confusões de Aninha. São Paulo:Moderna, 1985. Pode-se afirmar que o dente de Ana caiu porque Ana (A) amarrou-o e bateu a porta. (B) ficou nervosa quando entrou na sala. (C) se assustou coma professora. (D) comeu uma bala puxa. 10. Leia o texto abaixo. SOUZA, Maurício de. As tiras clássicasda Turma da Mônica. São Paulo: Maurício de Souza Produções, v.1, 2007, p.34.
  • 3. No terceiro quadrinho, aparecem duas estrelas para mostrar que o menino com o travesseiro estava (A) aborrecido. (C) cansado. (B) decepcionado (D) machucado. 11. Leia a propaganda a seguir e responda: Com o desconto dado, este produto (A) está mais caro, com aumento de 10% no seu valor. (B) está mais barato, com desconto no seu valor. (C) está mais caro, com aumento de 30% no seu valor. (D) não mudou em nada o seu valor. 12. Leia o texto abaixo. Pra dar no pé Da varanda lá de casa, eu a avistava: linda, exuberante e charmosa. Nela moravam: bem-te-vi, pintassilgo, pombo, juriti, marimbondo e formiga alpinista. Papagaio de seda também! Desses do mês de julho que, em vez de ficar requebrando no céu, decidem embaraçar a rabiola nos galhos mais altos e ficar por ali mesmo. Teve um que gostou tanto de morar na árvore que nunca mais foi embora. No meio do ano, começavam a aparecer pequenas flores naquele pé de manga. Os frutos só chegavam em meados de dezembro. As chuvas do fim de tarde, muitas vezes, aprontavam: jogavam no chão as suculentas frutas. Umas se esborrachavam feio na lama. A dona Tina, na manhã seguinte, distribuía tudo entre a vizinhança. Era bom... Oliveira, Pedro Antônio de. CHC, n. 197, p.19, dez. 2008. Fragmento. Na frase “A dona Tina, na manhã seguinte, distribuía tudo entre a vizinhança.”, a palavra destacada se refere (A) aos frutos. (B) aos papagaios. (C) às flores. (D) às rabiolas. 13. Leia o texto OLHA PRO CÉU, MEU AMOR Olha pro céu, meu amor Vê como ele está lindo Olha praquele balão multicor Como no céu vai sumindo. Foi numa noite igual a esta Que tu me deste o teu coração O céu estava assim em festa porque era noite de São João Havia balões no ar Xote, baião no salão E no terreiro, o teu olhar Que incendiou meu coração. José Fernandes e Luiz Gonzaga http://www.qdivertido.com.br/vercantiga.php?codigo=87 Em “balão multicor”, a palavra destacada indica que o balão é (A) branco (C) preto. (B) transparente. (D) colorido. 14. Leia o enunciado abaixo. OS LIVROS SÃO COMPANHIAS AGRADÁVEIS EM QUALQUER SITUAÇÃO. O enunciado acima (A) é um período composto. (B) é uma frase nominal. (C) é um período simples. (D) não existe sujeito. 15. Marque a alternativa que indica uma frase nominal. (A) Ana organizou a festa de aniversário do amigo. (B) Que belo trabalho! (C) Comprei maçãs verdes. (D) Você não conseguiu boa nota. 16. As palavras mesa, flauta, e flor, podem ser classificadas como substantivos (A) comuns, simples, primitivos e femininos. (B) comuns, compostos e derivados. (C) próprios, Derivados e concretos. (D) coletivos, próprios e simples. 17. Na frase, João plantou uma árvore no quintal de sua casa. A palavra em destaque é (A) o predicado. (C) o sujeito. (B) um substantivo comum. (D) um artigo. 18. “Carlos comprou ovos para fazer bolo.” Nessa frase existe (A) uma oração. (C) duas orações. (B) três orações. (D) nenhuma oração. 19. Marque a alternativa em que todas as palavras estão escritas no plural de forma correta. (A) ventiladores, os pires, os ônibus, caminhões. (B) os boi, as lata, gavetas, carros. (C) o bombons, os vidros, os tórax, fios. (D) os ônibuses, os píreses, os tóraxes, os cidadões. 20. Os femininos das palavras cobra macho, folião, conde e genro são (A) cobra fêmea, foliã, conda e genra. (B) cobra fêmea, foliona, condessa e nora. (C) cobra macho, folioa, conde fêmea, sogra. (D) cobrinha, folia, conda, cunhada. BOA AVALIAÇÃO!!!