SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Capítulo 7 e 8  Erosão – Transporte – Deposição Granulometria (análise textural) e Morfoscópia dos Sedimentos Aula Prática
Estágios do Ciclo  das Rochas Sedimentares ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Erosão Intemperismo Transporte Deposição
Transporte e Deposição  de Sedimentos Clásticos ,[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],Transporte afeta a sedimentação em vários parâmetros
Classificação Fig 8.2 Areia bem classificada Areia mal classificada Análise Morfoscópica
Efeitos Físicos do Transporte nos sedimentos ,[object Object],[object Object],[object Object]
Fig. 8.3 Distância do Transporte Curto Moderado Longo Larga, mais angular Pequena e mais arredondada
Granulometria Propriedade textural das partículas sedimentares detríticas Classificação básica dos sedimentos clásticos Tamanho de Grão Diversas Escalas Granunométrica
Granulometria: classificação
Granulometria: classificação
Pedregulho Areia Argila/Silte Argila coloidal Calhau Grânulo 0,002  0,005  0,05  5  75  mm 0,002  0,06  2,0  60 mm 0,004  0,064  2,0  4,0  64 mm ABNT - NBR 6502 – 1980 a 1995 M.I.T.  1931 U. S. PUBLIC ROADS - 1938 0,005  0,05  2,0  mm 0,002  0,05  2,0  mm INTERNATIONAL SOCIETY OF SOIL SCIENCE - 1915 0,002  0,02  2,0  mm ABNT – NBR 6502 / 1995 ESCALA DE WENTWORTH (para fragmentos de sedimentos clásticos).
Classes Texturais
Granulometria: Importância Indicação de ambientes e processos físicos atuantes durante a sedimentação
Método de Análise Granulométrica a) Peneiramento: para sedimentos situados entre 2 mm a 0,063mm Seco
b) Sedimentação:  Baseado na lei de Stokc (velocidade de decantação de uma partícula) para partículas inferiores a 0,063mm Pipetagem Colhimento de alícotas em to, t1...possibilita a extração de partículas  Úmido Método de Análise Granulométrica
Representações Granulométricas Histogramas Curva de Freqüência fino grosseiro
Representações Granulométricas: Aplicação Padrões estatísticos
Representações Granulométricas: Aplicação
Forma das Partículas Forma (esfericidade) Arredondamento parâmetros dependentes dos meios e dos modos de transporte Composição: constituintes minerais e ou orgânicos Seixos e Calhaus 1.a Forma: esfera de referência Grau de esfericidade Esfericidade= s/S s= área da esfera de mesmo vol. S= área superficial Morfometria
Forma das Partículas: Morfoscopia 2a. Forma dos grãos de areia medidas são feitas em duas dimensões 2b. Arredondamento das areias Parâmetros mais utilizados para grau de maturidade: alto mais arredondados e esféricos
Procedimentos para a Coleta Delimitar uma pequena área (25 x 25 cm); Descartar a primeira porção (5cm de prof.); Coletar com a colher de pedreiro e colocar o material no saco plástico; Etiquetar: Turma, Grupo, data da coleta
Prática ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticasTânia Reis
 
Processos físico químicos do metamorfismo
Processos físico químicos do metamorfismoProcessos físico químicos do metamorfismo
Processos físico químicos do metamorfismoMarcio Santos
 
sistema de classificação dos solos
sistema de classificação dos solossistema de classificação dos solos
sistema de classificação dos solosJanine Silotti
 
Águas Subterrâneas
Águas SubterrâneasÁguas Subterrâneas
Águas SubterrâneasCarlos Gomes
 
Geoquímica Distribuição dos elementos químicos
Geoquímica   Distribuição dos elementos químicosGeoquímica   Distribuição dos elementos químicos
Geoquímica Distribuição dos elementos químicosmarciotecsoma
 
Rochas sedimentares - minerais e formação
Rochas sedimentares  - minerais e formaçãoRochas sedimentares  - minerais e formação
Rochas sedimentares - minerais e formaçãoIsabel Lopes
 
Rochas_magmáticas.pptx
Rochas_magmáticas.pptxRochas_magmáticas.pptx
Rochas_magmáticas.pptxNoanze1
 
Aula rochas ígneas 2012.2 gg
Aula rochas ígneas 2012.2 ggAula rochas ígneas 2012.2 gg
Aula rochas ígneas 2012.2 ggMauriceia Santana
 
Rochas minerais intemperismo_solos
Rochas minerais intemperismo_solosRochas minerais intemperismo_solos
Rochas minerais intemperismo_solosAndré Luiz Marques
 
3 a formaçãorochassedimentares
3 a  formaçãorochassedimentares3 a  formaçãorochassedimentares
3 a formaçãorochassedimentaresmargaridabt
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentaresTânia Reis
 
Processos magmáticos
Processos magmáticos Processos magmáticos
Processos magmáticos UEM
 
Rochas Sedimentares
Rochas SedimentaresRochas Sedimentares
Rochas SedimentaresJoka Bp
 
Trabalho de Mineralogia - Gnaisse
Trabalho de Mineralogia - GnaisseTrabalho de Mineralogia - Gnaisse
Trabalho de Mineralogia - GnaisseThiago Meira
 

Mais procurados (20)

Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
 
Processos físico químicos do metamorfismo
Processos físico químicos do metamorfismoProcessos físico químicos do metamorfismo
Processos físico químicos do metamorfismo
 
sistema de classificação dos solos
sistema de classificação dos solossistema de classificação dos solos
sistema de classificação dos solos
 
Águas Subterrâneas
Águas SubterrâneasÁguas Subterrâneas
Águas Subterrâneas
 
Rochas metamórficas viii
Rochas metamórficas  viiiRochas metamórficas  viii
Rochas metamórficas viii
 
Geoquímica Distribuição dos elementos químicos
Geoquímica   Distribuição dos elementos químicosGeoquímica   Distribuição dos elementos químicos
Geoquímica Distribuição dos elementos químicos
 
Rochas sedimentares - minerais e formação
Rochas sedimentares  - minerais e formaçãoRochas sedimentares  - minerais e formação
Rochas sedimentares - minerais e formação
 
Rochas_magmáticas.pptx
Rochas_magmáticas.pptxRochas_magmáticas.pptx
Rochas_magmáticas.pptx
 
Aula rochas ígneas 2012.2 gg
Aula rochas ígneas 2012.2 ggAula rochas ígneas 2012.2 gg
Aula rochas ígneas 2012.2 gg
 
Rochas minerais intemperismo_solos
Rochas minerais intemperismo_solosRochas minerais intemperismo_solos
Rochas minerais intemperismo_solos
 
3 a formaçãorochassedimentares
3 a  formaçãorochassedimentares3 a  formaçãorochassedimentares
3 a formaçãorochassedimentares
 
Lei da darcy
Lei da darcyLei da darcy
Lei da darcy
 
TIPOS DE ROCHAS
 TIPOS DE ROCHAS TIPOS DE ROCHAS
TIPOS DE ROCHAS
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
agentes de transporte
agentes de transporteagentes de transporte
agentes de transporte
 
Processos magmáticos
Processos magmáticos Processos magmáticos
Processos magmáticos
 
Rochas Sedimentares
Rochas SedimentaresRochas Sedimentares
Rochas Sedimentares
 
Trabalho de Mineralogia - Gnaisse
Trabalho de Mineralogia - GnaisseTrabalho de Mineralogia - Gnaisse
Trabalho de Mineralogia - Gnaisse
 
Dobras e falhas
Dobras e falhasDobras e falhas
Dobras e falhas
 
Fraturas e falhas
Fraturas e falhasFraturas e falhas
Fraturas e falhas
 

Destaque

Ajuste de historico_assistido_de_modelos_de_simulacao_de_reservatorios
Ajuste de historico_assistido_de_modelos_de_simulacao_de_reservatoriosAjuste de historico_assistido_de_modelos_de_simulacao_de_reservatorios
Ajuste de historico_assistido_de_modelos_de_simulacao_de_reservatoriosSydney Dias
 
Ensaios granulometria, inchamento, densidade
Ensaios granulometria, inchamento, densidadeEnsaios granulometria, inchamento, densidade
Ensaios granulometria, inchamento, densidadeAnderson Carvalho
 
Granulometría, Minas y Canteras
Granulometría, Minas y CanterasGranulometría, Minas y Canteras
Granulometría, Minas y Canteraskikebaldeon
 
Balanço Hidrográfico
Balanço HidrográficoBalanço Hidrográfico
Balanço HidrográficoYago Matos
 
Classificação dos sedimentos
Classificação dos sedimentosClassificação dos sedimentos
Classificação dos sedimentosRenata Domingues
 
Aula 02 auxiliar de mineração (geologia) ll
Aula 02 auxiliar de mineração (geologia) llAula 02 auxiliar de mineração (geologia) ll
Aula 02 auxiliar de mineração (geologia) llHomero Alves de Lima
 
Intemperismo e Erosão e Movimento de Massa - Capítulos 7 e 12
Intemperismo e Erosão e Movimento de Massa - Capítulos 7 e 12Intemperismo e Erosão e Movimento de Massa - Capítulos 7 e 12
Intemperismo e Erosão e Movimento de Massa - Capítulos 7 e 12Yago Matos
 
Paisagem:Tectônica e Interação Climática - Capitulo 18
Paisagem:Tectônica e Interação Climática - Capitulo 18Paisagem:Tectônica e Interação Climática - Capitulo 18
Paisagem:Tectônica e Interação Climática - Capitulo 18Yago Matos
 
Ambientes, Mudanças Globais e Impactos Humanos - Capitulo 23
Ambientes, Mudanças Globais e Impactos Humanos - Capitulo 23Ambientes, Mudanças Globais e Impactos Humanos - Capitulo 23
Ambientes, Mudanças Globais e Impactos Humanos - Capitulo 23Yago Matos
 
Intemperismo e sedimentologia
Intemperismo e sedimentologiaIntemperismo e sedimentologia
Intemperismo e sedimentologiaWendell Fabrício
 
O Ciclo Hidrológico e Água Subterrânea e Rios: O transporte para os Oceanos ...
O Ciclo Hidrológico e Água Subterrânea e Rios: O transporte para os Oceanos  ...O Ciclo Hidrológico e Água Subterrânea e Rios: O transporte para os Oceanos  ...
O Ciclo Hidrológico e Água Subterrânea e Rios: O transporte para os Oceanos ...Yago Matos
 
A Terra Sobre Oceanos - Capítulo 17
A Terra Sobre Oceanos - Capítulo 17A Terra Sobre Oceanos - Capítulo 17
A Terra Sobre Oceanos - Capítulo 17Yago Matos
 

Destaque (20)

Ajuste de historico_assistido_de_modelos_de_simulacao_de_reservatorios
Ajuste de historico_assistido_de_modelos_de_simulacao_de_reservatoriosAjuste de historico_assistido_de_modelos_de_simulacao_de_reservatorios
Ajuste de historico_assistido_de_modelos_de_simulacao_de_reservatorios
 
Ensaio de granulometria
Ensaio de granulometriaEnsaio de granulometria
Ensaio de granulometria
 
Ensaios granulometria, inchamento, densidade
Ensaios granulometria, inchamento, densidadeEnsaios granulometria, inchamento, densidade
Ensaios granulometria, inchamento, densidade
 
Alcool reducao danos2004
Alcool reducao danos2004Alcool reducao danos2004
Alcool reducao danos2004
 
Granulometría, Minas y Canteras
Granulometría, Minas y CanterasGranulometría, Minas y Canteras
Granulometría, Minas y Canteras
 
Cap1 introducao itm(2011)
Cap1 introducao itm(2011)Cap1 introducao itm(2011)
Cap1 introducao itm(2011)
 
Balanço Hidrográfico
Balanço HidrográficoBalanço Hidrográfico
Balanço Hidrográfico
 
Classificação dos sedimentos
Classificação dos sedimentosClassificação dos sedimentos
Classificação dos sedimentos
 
Aula 02 auxiliar de mineração (geologia) ll
Aula 02 auxiliar de mineração (geologia) llAula 02 auxiliar de mineração (geologia) ll
Aula 02 auxiliar de mineração (geologia) ll
 
Intemperismo e Erosão e Movimento de Massa - Capítulos 7 e 12
Intemperismo e Erosão e Movimento de Massa - Capítulos 7 e 12Intemperismo e Erosão e Movimento de Massa - Capítulos 7 e 12
Intemperismo e Erosão e Movimento de Massa - Capítulos 7 e 12
 
Paisagem:Tectônica e Interação Climática - Capitulo 18
Paisagem:Tectônica e Interação Climática - Capitulo 18Paisagem:Tectônica e Interação Climática - Capitulo 18
Paisagem:Tectônica e Interação Climática - Capitulo 18
 
Ambientes, Mudanças Globais e Impactos Humanos - Capitulo 23
Ambientes, Mudanças Globais e Impactos Humanos - Capitulo 23Ambientes, Mudanças Globais e Impactos Humanos - Capitulo 23
Ambientes, Mudanças Globais e Impactos Humanos - Capitulo 23
 
Intemperismo e sedimentologia
Intemperismo e sedimentologiaIntemperismo e sedimentologia
Intemperismo e sedimentologia
 
Ppt10
Ppt10Ppt10
Ppt10
 
Erosão+e+..
Erosão+e+..Erosão+e+..
Erosão+e+..
 
análise granulométrica
análise granulométricaanálise granulométrica
análise granulométrica
 
O Ciclo Hidrológico e Água Subterrânea e Rios: O transporte para os Oceanos ...
O Ciclo Hidrológico e Água Subterrânea e Rios: O transporte para os Oceanos  ...O Ciclo Hidrológico e Água Subterrânea e Rios: O transporte para os Oceanos  ...
O Ciclo Hidrológico e Água Subterrânea e Rios: O transporte para os Oceanos ...
 
A Terra Sobre Oceanos - Capítulo 17
A Terra Sobre Oceanos - Capítulo 17A Terra Sobre Oceanos - Capítulo 17
A Terra Sobre Oceanos - Capítulo 17
 
Fundição
FundiçãoFundição
Fundição
 
Os colóides do solo
Os colóides do soloOs colóides do solo
Os colóides do solo
 

Semelhante a Aula Prática - Granulometria e Morfoscópia dos Sedimentos

AULA 3 - ANÁLISE GRANULOMÉTRICA (1).pdf
AULA 3 -  ANÁLISE GRANULOMÉTRICA (1).pdfAULA 3 -  ANÁLISE GRANULOMÉTRICA (1).pdf
AULA 3 - ANÁLISE GRANULOMÉTRICA (1).pdfDesireAlvesdeOliveir
 
UNIDADE II - CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DO SOLO
UNIDADE II - CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DO SOLOUNIDADE II - CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DO SOLO
UNIDADE II - CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DO SOLORodrigo Andrade Brígido
 
_Aula02.0-MSF-caracterizacao-basica-dos-solos.pdf
_Aula02.0-MSF-caracterizacao-basica-dos-solos.pdf_Aula02.0-MSF-caracterizacao-basica-dos-solos.pdf
_Aula02.0-MSF-caracterizacao-basica-dos-solos.pdfEng. Éden Bueno
 
Areia e suas granulometrias
Areia e suas granulometriasAreia e suas granulometrias
Areia e suas granulometriasCarineAndrade8
 
Aula propriedades solo
Aula propriedades  soloAula propriedades  solo
Aula propriedades soloElton Mendes
 
Caracterização de Areias de Quartzo do Estado de Mato Grosso do Sul para Apli...
Caracterização de Areias de Quartzo do Estado de Mato Grosso do Sul para Apli...Caracterização de Areias de Quartzo do Estado de Mato Grosso do Sul para Apli...
Caracterização de Areias de Quartzo do Estado de Mato Grosso do Sul para Apli...Marcelo Tramontin
 
02infiltracao_aguanosolo_1.pptx
02infiltracao_aguanosolo_1.pptx02infiltracao_aguanosolo_1.pptx
02infiltracao_aguanosolo_1.pptxOliveiraAMOliveira
 
EQUIPAMENTOS DE PENEIRAMENTO E CLASSIFICAÇÃO
EQUIPAMENTOS DE PENEIRAMENTO  E CLASSIFICAÇÃOEQUIPAMENTOS DE PENEIRAMENTO  E CLASSIFICAÇÃO
EQUIPAMENTOS DE PENEIRAMENTO E CLASSIFICAÇÃOlucasjunges3
 
Agregados miúdo e graúdo prof. jonatas elim
  Agregados miúdo e graúdo prof. jonatas elim  Agregados miúdo e graúdo prof. jonatas elim
Agregados miúdo e graúdo prof. jonatas elimPriscila Honório
 
Classificacao dos-solos-hrb
Classificacao dos-solos-hrbClassificacao dos-solos-hrb
Classificacao dos-solos-hrbSamuel Nolasco
 
Extrusão de massas cerâmicas Aspectos Fundamentais Sobre a Extrusão de Massas...
Extrusão de massas cerâmicas Aspectos Fundamentais Sobre a Extrusão de Massas...Extrusão de massas cerâmicas Aspectos Fundamentais Sobre a Extrusão de Massas...
Extrusão de massas cerâmicas Aspectos Fundamentais Sobre a Extrusão de Massas...Rebeca Conceição da Silva Reis
 
tratamento de efluentes 2022 - primário - parte 2.pdf
tratamento de efluentes 2022 - primário - parte 2.pdftratamento de efluentes 2022 - primário - parte 2.pdf
tratamento de efluentes 2022 - primário - parte 2.pdfRaquelReisMartelloti
 
3.1 análise granulométrica
3.1 análise granulométrica3.1 análise granulométrica
3.1 análise granulométricakarolpoa
 
Estudo do potencial do argilomineral de icoarací (pa) como material adsorvente
Estudo do potencial do argilomineral de icoarací (pa) como material adsorventeEstudo do potencial do argilomineral de icoarací (pa) como material adsorvente
Estudo do potencial do argilomineral de icoarací (pa) como material adsorventeedzeppelin
 

Semelhante a Aula Prática - Granulometria e Morfoscópia dos Sedimentos (20)

AULA 3 - ANÁLISE GRANULOMÉTRICA (1).pdf
AULA 3 -  ANÁLISE GRANULOMÉTRICA (1).pdfAULA 3 -  ANÁLISE GRANULOMÉTRICA (1).pdf
AULA 3 - ANÁLISE GRANULOMÉTRICA (1).pdf
 
Geologiarochassedimentares
GeologiarochassedimentaresGeologiarochassedimentares
Geologiarochassedimentares
 
Geologiarochassedimentares
GeologiarochassedimentaresGeologiarochassedimentares
Geologiarochassedimentares
 
Rochas Sedimentares
Rochas SedimentaresRochas Sedimentares
Rochas Sedimentares
 
UNIDADE II - CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DO SOLO
UNIDADE II - CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DO SOLOUNIDADE II - CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DO SOLO
UNIDADE II - CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DO SOLO
 
_Aula02.0-MSF-caracterizacao-basica-dos-solos.pdf
_Aula02.0-MSF-caracterizacao-basica-dos-solos.pdf_Aula02.0-MSF-caracterizacao-basica-dos-solos.pdf
_Aula02.0-MSF-caracterizacao-basica-dos-solos.pdf
 
Apresentação aula 9
Apresentação aula 9Apresentação aula 9
Apresentação aula 9
 
Areia e suas granulometrias
Areia e suas granulometriasAreia e suas granulometrias
Areia e suas granulometrias
 
Aula propriedades solo
Aula propriedades  soloAula propriedades  solo
Aula propriedades solo
 
Mec solo ms
Mec solo msMec solo ms
Mec solo ms
 
Caracterização de Areias de Quartzo do Estado de Mato Grosso do Sul para Apli...
Caracterização de Areias de Quartzo do Estado de Mato Grosso do Sul para Apli...Caracterização de Areias de Quartzo do Estado de Mato Grosso do Sul para Apli...
Caracterização de Areias de Quartzo do Estado de Mato Grosso do Sul para Apli...
 
02infiltracao_aguanosolo_1.pptx
02infiltracao_aguanosolo_1.pptx02infiltracao_aguanosolo_1.pptx
02infiltracao_aguanosolo_1.pptx
 
EQUIPAMENTOS DE PENEIRAMENTO E CLASSIFICAÇÃO
EQUIPAMENTOS DE PENEIRAMENTO  E CLASSIFICAÇÃOEQUIPAMENTOS DE PENEIRAMENTO  E CLASSIFICAÇÃO
EQUIPAMENTOS DE PENEIRAMENTO E CLASSIFICAÇÃO
 
Agregados miúdo e graúdo prof. jonatas elim
  Agregados miúdo e graúdo prof. jonatas elim  Agregados miúdo e graúdo prof. jonatas elim
Agregados miúdo e graúdo prof. jonatas elim
 
Classificacao dos-solos-hrb
Classificacao dos-solos-hrbClassificacao dos-solos-hrb
Classificacao dos-solos-hrb
 
10 Propriedades Físicas do Solo-aula
10 Propriedades Físicas do Solo-aula10 Propriedades Físicas do Solo-aula
10 Propriedades Físicas do Solo-aula
 
Extrusão de massas cerâmicas Aspectos Fundamentais Sobre a Extrusão de Massas...
Extrusão de massas cerâmicas Aspectos Fundamentais Sobre a Extrusão de Massas...Extrusão de massas cerâmicas Aspectos Fundamentais Sobre a Extrusão de Massas...
Extrusão de massas cerâmicas Aspectos Fundamentais Sobre a Extrusão de Massas...
 
tratamento de efluentes 2022 - primário - parte 2.pdf
tratamento de efluentes 2022 - primário - parte 2.pdftratamento de efluentes 2022 - primário - parte 2.pdf
tratamento de efluentes 2022 - primário - parte 2.pdf
 
3.1 análise granulométrica
3.1 análise granulométrica3.1 análise granulométrica
3.1 análise granulométrica
 
Estudo do potencial do argilomineral de icoarací (pa) como material adsorvente
Estudo do potencial do argilomineral de icoarací (pa) como material adsorventeEstudo do potencial do argilomineral de icoarací (pa) como material adsorvente
Estudo do potencial do argilomineral de icoarací (pa) como material adsorvente
 

Último

Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxMarceloMonteiro213738
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 

Último (20)

Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 

Aula Prática - Granulometria e Morfoscópia dos Sedimentos