SlideShare uma empresa Scribd logo
Reposição de Química        2º Bimestre 2011 IFTO – Campus Palmas Prof. Marcos Médio Integrado
MODELO DOS ORBITAIS ATÔMICOS O elétron se comporta ora como partícula, ora como onda (Princípio da dualidade). Não podemos calcular a posição e a velocidade de um elétron, num mesmo instante. (Princípio da incerteza). Isso não é possível, pois o elétron é tão pequeno que os próprios instrumentos de medição alterariam essas determinações. Orbital é a região do espaço ao redor do núcleo onde é máxima a probabilidade de encontrar um determinado elétron.
DISTRIBUIÇÃO ELETRÔNICA A distribuição dos elétrons em ordem crescente de energia em níveis e sub-níveis de energia é feita através do diagrama de Linus Pauling.
EXEMPLOS DE DISTRIBUIÇÃO Ca (cálcio – Z=20): 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 = 20e- DISTRIBUIÇÃO EM ÍONS Fe (ferro – Z=26): 1s2 2s2 2p6 3s2 3p64s2 3d6 = 26e- Fe2+ (íon ferro – Z=26): 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 3d6 = 24e- OBS: quando um átomo recebe ou perde elétrons eles serão recebidos ou retirados da última camada.
OS ESTADOS ENERGÉTICOS DOS ELÉTRONS De acordo com a teoria dos orbitais atômicos, a identificação de um elétron é feita por seu conteúdo de energia. NÚMERO QUÂNTICO PRINCIPAL é o nível no qual o elétron se encontra, representado por “n” variando de 1 a 7. NÚMERO QUÂNTICO SECUNDÁRIO (ℓ) é a indicação do sub-nível no qual o elétron se encontra, variando de 0 a 3. NÚMERO QUÂNTICO MAGNÉTICO (m) é o orbital (local) onde encontramos elétrons. Os orbitais são encontrados nos sub-níveis de energia. O orbital central tem número quântico magnético igual a zero. Sub-nível “s” tem apenas 1 orbital, enquanto sub-nível “f” tem 7 orbitais.   0 +2 -2 +1 +3 -3 -1
OS ESTADOS ENERGÉTICOS DOS ELÉTRONS NÚMERO QUÂNTICO DE SPIN (s)é a rotação na qual um elétron descreve no orbital. Cada orbital comporta no máximo dois elétrons que giram em sentidos opostos, o que gera um campo magnético que faz com que os elétrons não se afastem. Um orbital comporta no máximo dois elétrons com spins contrários. (Princípio da exclusão de Pauling). representa um elétron com spin negativo: s = - ½  representa um elétron com spin positivo: s = + ½
IDENTIFICAÇÃO DOS ELÉTRONS A identificação dos elétrons é feita pelos seus quatro números quânticos. Devemos levar em consideração a Regra de Hund que diz: “em um mesmo subnível, de início, todos os orbitais devem receber seu primeiro elétron, e só depois cada orbital irá receber seu segundo elétron”. Identificando os 3 elétrons do Lítio (Li) temos: 1s2                                                   2s1 2º 1º 1º - n=1, ℓ=0, m=0, s= -1/2 n=2, ℓ=0, m=0, s= -1/2 2º - n=1, ℓ=0, m=0, s= +1/2
IDENTIFICAÇÃO DOS ELÉTRONS O elétron(s) mais energético(s) é(são) aquele(s) que está(ão) localizado(s) no nível (n) e no sub-nível (ℓ) de maior energia, que é dado por: n + ℓ Ex: Sc (Z=21) – 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d1 n + ℓ = 4 + 0 = 4 n + ℓ = 3 + 2 = 5
EXERCÍCIOS Págs. 100 e 101 (40, 42, 43, 45, 46, 48 à 59). Págs. 103 à 105 (61, 62, 64, 65, 67, 68, 70 à 82). Exercícios devem ser feitos em grupos com até 3 integrantes. As respostas dos exercícios devem ser enviadas, com o nome dos integrantes para o e-mail: marcos.junior.professor@gmail.com até o dia da avaliação (30/08).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 3 atomistica - química
Aula 3   atomistica - químicaAula 3   atomistica - química
Aula 3 atomistica - química
Nildo Souza
 
Estrutura atômica aula 3
Estrutura atômica aula 3Estrutura atômica aula 3
Estrutura atômica aula 3
Katia Venancio
 
Números quânticos
Números quânticosNúmeros quânticos
Números quânticos
IFRS - Campus Sertão
 
O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura - O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura -
Antonio Pinto Pereira
 
Diagrama de linus pauling 1
Diagrama de linus pauling 1Diagrama de linus pauling 1
Diagrama de linus pauling 1
simone1444
 
9º ano - 1º bimestre - Modelos atômicos
 9º ano - 1º bimestre - Modelos atômicos 9º ano - 1º bimestre - Modelos atômicos
9º ano - 1º bimestre - Modelos atômicos
Carolina Suisso
 
Aula2 a estrutura do átomo
Aula2 a estrutura do átomoAula2 a estrutura do átomo
Aula2 a estrutura do átomo
Universidade Federal de Pernambuco
 
áTomos
áTomosáTomos
Átomos
ÁtomosÁtomos
Átomos
Estude Mais
 
Professor Gil Motta - 8a Série - Átomos, partículas sub-atômicas, camadas ele...
Professor Gil Motta - 8a Série - Átomos, partículas sub-atômicas, camadas ele...Professor Gil Motta - 8a Série - Átomos, partículas sub-atômicas, camadas ele...
Professor Gil Motta - 8a Série - Átomos, partículas sub-atômicas, camadas ele...
mestregil
 
Lista de exercícios ll Química- Números Quânticos
Lista de exercícios ll Química- Números QuânticosLista de exercícios ll Química- Números Quânticos
Lista de exercícios ll Química- Números Quânticos
Carlos Priante
 
Átomos
ÁtomosÁtomos
Natureza atômica da matéria - Profº Márcio Bandeira
Natureza atômica da matéria - Profº Márcio BandeiraNatureza atômica da matéria - Profº Márcio Bandeira
Natureza atômica da matéria - Profº Márcio Bandeira
Colégio Municipal Paulo Freire
 
Aula 2 O Atomo
Aula 2   O AtomoAula 2   O Atomo
Aula 2 O Atomo
José Vitor Alves
 
Folha 1 aula modelos atomicos
Folha 1 aula modelos atomicosFolha 1 aula modelos atomicos
Folha 1 aula modelos atomicos
Rikardo Coimbra
 
2021 ens médio_1ª série_slides_aula 20 (1)
2021 ens médio_1ª série_slides_aula 20 (1)2021 ens médio_1ª série_slides_aula 20 (1)
2021 ens médio_1ª série_slides_aula 20 (1)
Dani Martins
 
O átomo
O átomoO átomo
O átomo
Atami Santos
 
Folha 2 a estrutura do átomo
Folha 2  a estrutura do átomoFolha 2  a estrutura do átomo
Folha 2 a estrutura do átomo
Rikardo Coimbra
 
Atomistica
AtomisticaAtomistica
Atomos e iões
Atomos e iõesAtomos e iões
Atomos e iões
prof_pc
 

Mais procurados (20)

Aula 3 atomistica - química
Aula 3   atomistica - químicaAula 3   atomistica - química
Aula 3 atomistica - química
 
Estrutura atômica aula 3
Estrutura atômica aula 3Estrutura atômica aula 3
Estrutura atômica aula 3
 
Números quânticos
Números quânticosNúmeros quânticos
Números quânticos
 
O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura - O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura -
 
Diagrama de linus pauling 1
Diagrama de linus pauling 1Diagrama de linus pauling 1
Diagrama de linus pauling 1
 
9º ano - 1º bimestre - Modelos atômicos
 9º ano - 1º bimestre - Modelos atômicos 9º ano - 1º bimestre - Modelos atômicos
9º ano - 1º bimestre - Modelos atômicos
 
Aula2 a estrutura do átomo
Aula2 a estrutura do átomoAula2 a estrutura do átomo
Aula2 a estrutura do átomo
 
áTomos
áTomosáTomos
áTomos
 
Átomos
ÁtomosÁtomos
Átomos
 
Professor Gil Motta - 8a Série - Átomos, partículas sub-atômicas, camadas ele...
Professor Gil Motta - 8a Série - Átomos, partículas sub-atômicas, camadas ele...Professor Gil Motta - 8a Série - Átomos, partículas sub-atômicas, camadas ele...
Professor Gil Motta - 8a Série - Átomos, partículas sub-atômicas, camadas ele...
 
Lista de exercícios ll Química- Números Quânticos
Lista de exercícios ll Química- Números QuânticosLista de exercícios ll Química- Números Quânticos
Lista de exercícios ll Química- Números Quânticos
 
Átomos
ÁtomosÁtomos
Átomos
 
Natureza atômica da matéria - Profº Márcio Bandeira
Natureza atômica da matéria - Profº Márcio BandeiraNatureza atômica da matéria - Profº Márcio Bandeira
Natureza atômica da matéria - Profº Márcio Bandeira
 
Aula 2 O Atomo
Aula 2   O AtomoAula 2   O Atomo
Aula 2 O Atomo
 
Folha 1 aula modelos atomicos
Folha 1 aula modelos atomicosFolha 1 aula modelos atomicos
Folha 1 aula modelos atomicos
 
2021 ens médio_1ª série_slides_aula 20 (1)
2021 ens médio_1ª série_slides_aula 20 (1)2021 ens médio_1ª série_slides_aula 20 (1)
2021 ens médio_1ª série_slides_aula 20 (1)
 
O átomo
O átomoO átomo
O átomo
 
Folha 2 a estrutura do átomo
Folha 2  a estrutura do átomoFolha 2  a estrutura do átomo
Folha 2 a estrutura do átomo
 
Atomistica
AtomisticaAtomistica
Atomistica
 
Atomos e iões
Atomos e iõesAtomos e iões
Atomos e iões
 

Destaque

Educação profissional no Brasil
Educação profissional no BrasilEducação profissional no Brasil
Educação profissional no Brasil
Lucas Malta Lopes
 
Aula prova didática IFTO- Greice
Aula prova didática IFTO- GreiceAula prova didática IFTO- Greice
Aula prova didática IFTO- Greice
Greice Mesquita
 
7 como elaborar um poster
7   como elaborar um poster7   como elaborar um poster
7 como elaborar um poster
Biblioteca Amares
 
Aprenda a fazer um pôster ou banner
Aprenda a fazer um pôster ou bannerAprenda a fazer um pôster ou banner
Aprenda a fazer um pôster ou banner
isanete
 
Modelo de Projeto de Pesquisa
Modelo de Projeto de PesquisaModelo de Projeto de Pesquisa
Modelo de Projeto de Pesquisa
José Antonio Ferreira da Silva
 
Projeto pronto
Projeto prontoProjeto pronto
Projeto pronto
Construtoa LEAL FERREIRA
 

Destaque (6)

Educação profissional no Brasil
Educação profissional no BrasilEducação profissional no Brasil
Educação profissional no Brasil
 
Aula prova didática IFTO- Greice
Aula prova didática IFTO- GreiceAula prova didática IFTO- Greice
Aula prova didática IFTO- Greice
 
7 como elaborar um poster
7   como elaborar um poster7   como elaborar um poster
7 como elaborar um poster
 
Aprenda a fazer um pôster ou banner
Aprenda a fazer um pôster ou bannerAprenda a fazer um pôster ou banner
Aprenda a fazer um pôster ou banner
 
Modelo de Projeto de Pesquisa
Modelo de Projeto de PesquisaModelo de Projeto de Pesquisa
Modelo de Projeto de Pesquisa
 
Projeto pronto
Projeto prontoProjeto pronto
Projeto pronto
 

Semelhante a AULA DE QUÍMICA IFTO

Números quânticos.
Números quânticos.Números quânticos.
Números quânticos.
Lara Lídia
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
DaniDu3
 
Inorgânica 2º bimestre
Inorgânica 2º bimestreInorgânica 2º bimestre
Inorgânica 2º bimestre
cris_bastardis
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
DaniDu3
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
estead2011
 
Números quânticos
Números quânticosNúmeros quânticos
Números quânticos
cmdantasba
 
E
EE
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Mara Farias
 
Química inorgânica
Química inorgânica Química inorgânica
Química inorgânica
Alex Junior
 
Quimica i quimica_inorganica
Quimica i quimica_inorganicaQuimica i quimica_inorganica
Quimica i quimica_inorganica
joogolombori
 
Apostila inorganica ufjf
Apostila inorganica ufjfApostila inorganica ufjf
Apostila inorganica ufjf
Pedro Santos
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
JosAssisGomesdeBrito
 
Atomicidade
AtomicidadeAtomicidade
Atomicidade
torquatofp
 
Aula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptx
Aula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptxAula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptx
Aula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptx
Universidade Federal de Pernambuco
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
kamilla100
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AlexRodrigues954286
 
ESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelos
ESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelosESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelos
ESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelos
katiaegas457
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
PostodeSadeBarreto
 
Números quânticos
Números quânticosNúmeros quânticos
Números quânticos
Lucas Mariano da Cunha e Silva
 
Espectroscopias magneticas
Espectroscopias magneticasEspectroscopias magneticas
Espectroscopias magneticas
Stephanie Rodrigues
 

Semelhante a AULA DE QUÍMICA IFTO (20)

Números quânticos.
Números quânticos.Números quânticos.
Números quânticos.
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
 
Inorgânica 2º bimestre
Inorgânica 2º bimestreInorgânica 2º bimestre
Inorgânica 2º bimestre
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
 
Números quânticos
Números quânticosNúmeros quânticos
Números quânticos
 
E
EE
E
 
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
 
Química inorgânica
Química inorgânica Química inorgânica
Química inorgânica
 
Quimica i quimica_inorganica
Quimica i quimica_inorganicaQuimica i quimica_inorganica
Quimica i quimica_inorganica
 
Apostila inorganica ufjf
Apostila inorganica ufjfApostila inorganica ufjf
Apostila inorganica ufjf
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
 
Atomicidade
AtomicidadeAtomicidade
Atomicidade
 
Aula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptx
Aula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptxAula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptx
Aula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptx
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL.ppt
 
ESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelos
ESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelosESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelos
ESTRUTURA ATOMICA ATUAL teori atómica modelos
 
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).pptAULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
AULA 1-ESTRUTURA ATOMICA ATUAL (1).ppt
 
Números quânticos
Números quânticosNúmeros quânticos
Números quânticos
 
Espectroscopias magneticas
Espectroscopias magneticasEspectroscopias magneticas
Espectroscopias magneticas
 

Mais de Marcos Júnior

MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)
MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)
MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)
Marcos Júnior
 
Modelo relatório
Modelo relatórioModelo relatório
Modelo relatório
Marcos Júnior
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
Marcos Júnior
 
Substâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturasSubstâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturas
Marcos Júnior
 
A5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasA5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicas
Marcos Júnior
 
Peixes
PeixesPeixes
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
Marcos Júnior
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Marcos Júnior
 
Sistemas genitais1
Sistemas genitais1Sistemas genitais1
Sistemas genitais1
Marcos Júnior
 
PELE - ETI OITAVOS
PELE - ETI OITAVOSPELE - ETI OITAVOS
PELE - ETI OITAVOS
Marcos Júnior
 
PLATELMINTOS
PLATELMINTOSPLATELMINTOS
PLATELMINTOS
Marcos Júnior
 
Resumo sistema urinário.
Resumo sistema urinário.Resumo sistema urinário.
Resumo sistema urinário.
Marcos Júnior
 
SISTEMA URINÁRIO - ETI
SISTEMA URINÁRIO - ETISISTEMA URINÁRIO - ETI
SISTEMA URINÁRIO - ETI
Marcos Júnior
 
Apresentação sistema respiratório e circulatório
Apresentação sistema respiratório e circulatórioApresentação sistema respiratório e circulatório
Apresentação sistema respiratório e circulatório
Marcos Júnior
 
Modelo relatório vírus ebola
Modelo relatório vírus ebolaModelo relatório vírus ebola
Modelo relatório vírus ebola
Marcos Júnior
 
Correção dos exercícios eletrostática
Correção dos exercícios eletrostáticaCorreção dos exercícios eletrostática
Correção dos exercícios eletrostática
Marcos Júnior
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
Marcos Júnior
 
Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...
Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...
Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...
Marcos Júnior
 
Escola nao ensina
Escola nao ensinaEscola nao ensina
Escola nao ensina
Marcos Júnior
 
Calor e escalas termométricas
Calor e escalas termométricasCalor e escalas termométricas
Calor e escalas termométricas
Marcos Júnior
 

Mais de Marcos Júnior (20)

MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)
MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)
MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)
 
Modelo relatório
Modelo relatórioModelo relatório
Modelo relatório
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
Substâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturasSubstâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturas
 
A5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasA5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicas
 
Peixes
PeixesPeixes
Peixes
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistemas genitais1
Sistemas genitais1Sistemas genitais1
Sistemas genitais1
 
PELE - ETI OITAVOS
PELE - ETI OITAVOSPELE - ETI OITAVOS
PELE - ETI OITAVOS
 
PLATELMINTOS
PLATELMINTOSPLATELMINTOS
PLATELMINTOS
 
Resumo sistema urinário.
Resumo sistema urinário.Resumo sistema urinário.
Resumo sistema urinário.
 
SISTEMA URINÁRIO - ETI
SISTEMA URINÁRIO - ETISISTEMA URINÁRIO - ETI
SISTEMA URINÁRIO - ETI
 
Apresentação sistema respiratório e circulatório
Apresentação sistema respiratório e circulatórioApresentação sistema respiratório e circulatório
Apresentação sistema respiratório e circulatório
 
Modelo relatório vírus ebola
Modelo relatório vírus ebolaModelo relatório vírus ebola
Modelo relatório vírus ebola
 
Correção dos exercícios eletrostática
Correção dos exercícios eletrostáticaCorreção dos exercícios eletrostática
Correção dos exercícios eletrostática
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
 
Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...
Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...
Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...
 
Escola nao ensina
Escola nao ensinaEscola nao ensina
Escola nao ensina
 
Calor e escalas termométricas
Calor e escalas termométricasCalor e escalas termométricas
Calor e escalas termométricas
 

Último

D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
ClaudiaMainoth
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 

Último (20)

D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 

AULA DE QUÍMICA IFTO

  • 1. Reposição de Química 2º Bimestre 2011 IFTO – Campus Palmas Prof. Marcos Médio Integrado
  • 2. MODELO DOS ORBITAIS ATÔMICOS O elétron se comporta ora como partícula, ora como onda (Princípio da dualidade). Não podemos calcular a posição e a velocidade de um elétron, num mesmo instante. (Princípio da incerteza). Isso não é possível, pois o elétron é tão pequeno que os próprios instrumentos de medição alterariam essas determinações. Orbital é a região do espaço ao redor do núcleo onde é máxima a probabilidade de encontrar um determinado elétron.
  • 3. DISTRIBUIÇÃO ELETRÔNICA A distribuição dos elétrons em ordem crescente de energia em níveis e sub-níveis de energia é feita através do diagrama de Linus Pauling.
  • 4.
  • 5. EXEMPLOS DE DISTRIBUIÇÃO Ca (cálcio – Z=20): 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 = 20e- DISTRIBUIÇÃO EM ÍONS Fe (ferro – Z=26): 1s2 2s2 2p6 3s2 3p64s2 3d6 = 26e- Fe2+ (íon ferro – Z=26): 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 3d6 = 24e- OBS: quando um átomo recebe ou perde elétrons eles serão recebidos ou retirados da última camada.
  • 6. OS ESTADOS ENERGÉTICOS DOS ELÉTRONS De acordo com a teoria dos orbitais atômicos, a identificação de um elétron é feita por seu conteúdo de energia. NÚMERO QUÂNTICO PRINCIPAL é o nível no qual o elétron se encontra, representado por “n” variando de 1 a 7. NÚMERO QUÂNTICO SECUNDÁRIO (ℓ) é a indicação do sub-nível no qual o elétron se encontra, variando de 0 a 3. NÚMERO QUÂNTICO MAGNÉTICO (m) é o orbital (local) onde encontramos elétrons. Os orbitais são encontrados nos sub-níveis de energia. O orbital central tem número quântico magnético igual a zero. Sub-nível “s” tem apenas 1 orbital, enquanto sub-nível “f” tem 7 orbitais. 0 +2 -2 +1 +3 -3 -1
  • 7.
  • 8. OS ESTADOS ENERGÉTICOS DOS ELÉTRONS NÚMERO QUÂNTICO DE SPIN (s)é a rotação na qual um elétron descreve no orbital. Cada orbital comporta no máximo dois elétrons que giram em sentidos opostos, o que gera um campo magnético que faz com que os elétrons não se afastem. Um orbital comporta no máximo dois elétrons com spins contrários. (Princípio da exclusão de Pauling). representa um elétron com spin negativo: s = - ½ representa um elétron com spin positivo: s = + ½
  • 9. IDENTIFICAÇÃO DOS ELÉTRONS A identificação dos elétrons é feita pelos seus quatro números quânticos. Devemos levar em consideração a Regra de Hund que diz: “em um mesmo subnível, de início, todos os orbitais devem receber seu primeiro elétron, e só depois cada orbital irá receber seu segundo elétron”. Identificando os 3 elétrons do Lítio (Li) temos: 1s2 2s1 2º 1º 1º - n=1, ℓ=0, m=0, s= -1/2 n=2, ℓ=0, m=0, s= -1/2 2º - n=1, ℓ=0, m=0, s= +1/2
  • 10. IDENTIFICAÇÃO DOS ELÉTRONS O elétron(s) mais energético(s) é(são) aquele(s) que está(ão) localizado(s) no nível (n) e no sub-nível (ℓ) de maior energia, que é dado por: n + ℓ Ex: Sc (Z=21) – 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d1 n + ℓ = 4 + 0 = 4 n + ℓ = 3 + 2 = 5
  • 11. EXERCÍCIOS Págs. 100 e 101 (40, 42, 43, 45, 46, 48 à 59). Págs. 103 à 105 (61, 62, 64, 65, 67, 68, 70 à 82). Exercícios devem ser feitos em grupos com até 3 integrantes. As respostas dos exercícios devem ser enviadas, com o nome dos integrantes para o e-mail: marcos.junior.professor@gmail.com até o dia da avaliação (30/08).