SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
EAD - 620
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II
MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
RETROSPECTIVA
1. Contribuição da Ciências Sociais para o Administrador
2. Surgimento da Sociologia – Motivadores e Condições
3. A Filosofia Positivista e Augusto Conte
4. O Funcionalismo de Durkheim
5. Max Weber e a Sociologia da Compreensão
O que vimos até aqui
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
FSP – 22/09/2016
CONFLITOS
RACIAIS
USA
Slide 9 of 9
MAX WEBER
 IMPORTÂNCIA PARAAADMINISTRAÇÃO
 CONTEXTO SOCIALALEMÃO
 FOCO NA MUDANÇA SOCIAL
 IMPOTÂNCIA DA INTERAÇÃO E NÃO DA ESTRUTURA
 INTRODUZ A REFLEXÃO SOBRE O PODER
 PRIMEIRA TEORIA DA BUROCRACIA
 UMA ÉTICA ESPECÍFICA – A DO CAPITALISMO
DESTAQUES
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
MAX WEBER
• A BUROCRACIA
• AÇÃO SOCIAL E SENTIDO
• A DOMINAÇÃO (PODER)
• TIPO IDEAL - MÉTODO
• A ÉTICA PROTESTANTE
PRINCIPAIS CONCEITOS
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
AÇÃO SOCIAL : O OBJETO DA CIÊNCIA
• NÃO É NECESSARIAMENTE CONSCIENTE
• SEMPRE TEM UM SENTIDO
• SÓ PODE SER ENTENDIDA NA RELAÇÃO COM O OUTRO
• SENTIDO É DADO PELAS IDÉIAS E REPRESENTAÇÕES
• RACIONAL PARA FINS
• RACIONAL PARA VALORES
• AFETIVA
• TRADICIONAL
MAX WEBER
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
PODER
Para Max Weber (1991, p.33), “poder significa toda
probabilidade de impor a própria vontade em uma relação
social, mesmo contra resistências, seja qual for o
fundamento dessa probabilidade”.
 Força
 Autoridade
 Influência
MAX WEBER
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
DOMINAÇÃO
A dominação, segundo Weber (1991, p.33), “e a
probabilidade de encontrar obediência a uma
ordem”.
MAX WEBER
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
O PODER – TIPOS DE DOMINAÇÃO
“probabilidade de impor a própria vontade na relação social pela
FORÇA, AUTORIDADE, INFLUÊNCIA. (Weber)
TIPOS DE AUTORIDADE
• RACIONAL/ LEGAL
• TRADICIONAL (patriarcal e estamental)
• CARISMÁTICA
MAX WEBER
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
TIPOS DE AUTORIDADE
• RACIONAL/ LEGAL
• TRADICIONAL
• CARISMÁTICA
MAX WEBER
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
EXEMPLOS
• TRUMP
• KIM JUNG WOON
• TEMER
• MEIRELLES
• LULA
• PAPA FRANCISCO
• REI FELIPE VI – ESPANHA
• MARK ZUCKERBERG
ELITE
Entende-se por “ELITE” uma minoria presente
em todas as sociedades e que, de várias formas, é
detentora de autoridade ou poder, em oposição a
uma maioria que dele está privada.
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
INSTITUIÇÕES POLÍTICAS
Na estrutura da instituição política está definido a
quem, em que condições, quando e como será
concedido o poder, e qual nível de poder do
governo
MAX WEBER
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
ESTADO
Segundo Weber (1991), uma associação política é
denominada “Estado” “quando e na medida em
que seu quadro administrativo reivindica com
êxito o monopólio legítimo da coação física para
realizar as ordens vigentes
MAX WEBER
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
QUESTÕES DE MÉTODO
• SOCIOLOGIA DA COMPREENSÃO
• BUSCA DO SENTIDO
• NEUTRALIDADE
• TIPO IDEAL
MAX WEBER
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
UMA ÉTICA ESPECÍFICA – A DO CAPITALISMO
“A questão das forças motivadoras da expansão do
capitalismo moderno não é, em primeira instância,
uma questão de origem das somas de capital
disponíveis para uso capitalístico, mas,
principalmente, do desenvolvimento do espírito do
capitalismo. Onde ele aparece e é capaz de se
desenvolver, ele produz seu próprio capital e seu
suprimento monetário como meios para seus fins, e
não o inverso.” (Weber, ética, pg. 197)
- O Homem existe em razão do seu negócio, e não ao contrário (Weber, ética, pg 198)
MAX WEBER
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
• “Tempo é dinheiro”
• “Crédito é dinheiro”
• “Dinheiro é prolífico”
• “O som do martelo às cinco da manhã faz bem ao credor...”
O aumento do capital é considerado um fim em si mesmo.. (Weber)
“felicidade, utilidade ou destino?”
A aquisição econômica não está mais subordinada ao homem como
meio de satisfação de suas necessidades materiais. (Weber)
UMA ÉTICA ESPECÍFICA – A DO CAPITALISMO
MAX WEBER
Fundamentos das Ciências Sociais
AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER
Prof. Dr. André Luiz Fischer
TRÊS ORDENS:
ECONÔMICA SOCIAL E POLÍTICA
I
CONDUTA
MOTIVADA
PELA
PERSONALIDADE
Como? SIGNIFICADOS
SENTIDOS
LEGITIMIDADE
CONDUTA
MOTIVADA
POR
RELAÇÕES SOCIAIS
À QUAL OS AGENTES
CONFERE SENTIDO
AÇÕES SOCIAIS
1. Racionais para fins
2. Racionais para valores
3. Tradicionais
4. Afetivas
AUTORIDADE
a) Racional/ Legal
b) Tradicional
 Patriarcal
 Estamental
c) Carismático
MAX WEBER E UMA SOCIOLOGIA COMPREENSIVA
(CLASSE) (ESTAMENTO) (PARTIDO)
(ideologia)
I I
REFERÊNCIAS COLETIVAS
HORDAS
• Predominantemente Nômade
• Organização familiar pouco estruturada
• Não há organização política
CLÃS
TRIBOS
COMUNIDADES
SOCIEDADE
• Seminômade
• Organização Familiar define organização política
• Primeiras representações religiosas
• Predominantemente Territorial
• Organização política começa a se separar da familiar
• Primeiras especializações funcionais: guerra, economia,
atividades domésticas, etc.
• Totalmente territoriais
• Organização política definida por castas e estamentos
• Identidade comunal com divisão do trabalho limitada.
• A profissão é o território – identidade profissional
• Organização política definida pela funcionalidade
• Intensa divisão do trabalho e especialização
TIPOS DE ORGANIZAÇÕES SOCIAIS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

éTica protestante e espirito do capitalismo
éTica protestante e espirito do capitalismoéTica protestante e espirito do capitalismo
éTica protestante e espirito do capitalismo
mssguimaraes
 
A sociologia de Max Weber
A  sociologia de Max WeberA  sociologia de Max Weber
A sociologia de Max Weber
Alison Nunes
 
Métodos e técnicas em ciências sociais neusa
Métodos e técnicas em ciências sociais  neusaMétodos e técnicas em ciências sociais  neusa
Métodos e técnicas em ciências sociais neusa
Leonor Alves
 
Reflexao=O Poder De Foucault
Reflexao=O Poder De FoucaultReflexao=O Poder De Foucault
Reflexao=O Poder De Foucault
Jaciara Souza
 
Trabalho de etica (kant) (Caio Grimberg)
Trabalho de etica (kant) (Caio Grimberg)Trabalho de etica (kant) (Caio Grimberg)
Trabalho de etica (kant) (Caio Grimberg)
Caio Grimberg
 
Métodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociaisMétodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociais
turma12c1617
 
A sociologia de max weber
A sociologia de max weberA sociologia de max weber
A sociologia de max weber
Lucio Braga
 

Mais procurados (20)

éTica protestante e espirito do capitalismo
éTica protestante e espirito do capitalismoéTica protestante e espirito do capitalismo
éTica protestante e espirito do capitalismo
 
O que é ideologia
O que é ideologiaO que é ideologia
O que é ideologia
 
Max Weber .. Indagações
Max Weber .. Indagações Max Weber .. Indagações
Max Weber .. Indagações
 
A sociologia de Max Weber
A  sociologia de Max WeberA  sociologia de Max Weber
A sociologia de Max Weber
 
Comte
ComteComte
Comte
 
Introdução1545522
Introdução1545522Introdução1545522
Introdução1545522
 
Augusto comte
Augusto comteAugusto comte
Augusto comte
 
Max weber
Max weberMax weber
Max weber
 
Ética e bioética - ética moderna - cap 1 aula 3
Ética e bioética - ética moderna - cap 1 aula 3Ética e bioética - ética moderna - cap 1 aula 3
Ética e bioética - ética moderna - cap 1 aula 3
 
Métodos e técnicas em ciências sociais neusa
Métodos e técnicas em ciências sociais  neusaMétodos e técnicas em ciências sociais  neusa
Métodos e técnicas em ciências sociais neusa
 
Reflexao=O Poder De Foucault
Reflexao=O Poder De FoucaultReflexao=O Poder De Foucault
Reflexao=O Poder De Foucault
 
Weber 2 acao social refr
Weber 2 acao social refrWeber 2 acao social refr
Weber 2 acao social refr
 
Trabalho de etica (kant) (Caio Grimberg)
Trabalho de etica (kant) (Caio Grimberg)Trabalho de etica (kant) (Caio Grimberg)
Trabalho de etica (kant) (Caio Grimberg)
 
Métodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociaisMétodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociais
 
Nietzsche e Foucault
Nietzsche e FoucaultNietzsche e Foucault
Nietzsche e Foucault
 
Max weber 1º ano
Max weber 1º anoMax weber 1º ano
Max weber 1º ano
 
A teoria de Max Weber
A teoria de Max WeberA teoria de Max Weber
A teoria de Max Weber
 
Max weber
Max weberMax weber
Max weber
 
O sujeito e o poder - Michel Foucault
O sujeito e o poder - Michel FoucaultO sujeito e o poder - Michel Foucault
O sujeito e o poder - Michel Foucault
 
A sociologia de max weber
A sociologia de max weberA sociologia de max weber
A sociologia de max weber
 

Semelhante a Aula 7 max weber

O pensamento sociologico de max weber tamires albernaz souto
O pensamento sociologico de max weber   tamires albernaz soutoO pensamento sociologico de max weber   tamires albernaz souto
O pensamento sociologico de max weber tamires albernaz souto
andrea almeida
 
o pensamento sociológico de max weber
o pensamento sociológico de max webero pensamento sociológico de max weber
o pensamento sociológico de max weber
Wesley Handerson
 
Max Weber, Sociologia Compreensiva e Legado Weberiano
Max Weber, Sociologia Compreensiva e Legado WeberianoMax Weber, Sociologia Compreensiva e Legado Weberiano
Max Weber, Sociologia Compreensiva e Legado Weberiano
Luiz1123
 
Sociologia tópicos-essenciais-da-sociologia-weberiana
Sociologia tópicos-essenciais-da-sociologia-weberianaSociologia tópicos-essenciais-da-sociologia-weberiana
Sociologia tópicos-essenciais-da-sociologia-weberiana
ocg50
 
Introdução a adm burocracia
Introdução a adm burocraciaIntrodução a adm burocracia
Introdução a adm burocracia
Leonardo Santos
 
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensivaSociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Daniele Rubim
 

Semelhante a Aula 7 max weber (20)

O pensamento sociologico de max weber tamires albernaz souto
O pensamento sociologico de max weber   tamires albernaz soutoO pensamento sociologico de max weber   tamires albernaz souto
O pensamento sociologico de max weber tamires albernaz souto
 
o pensamento sociológico de max weber
o pensamento sociológico de max webero pensamento sociológico de max weber
o pensamento sociológico de max weber
 
Teorias sociologicas classicas
Teorias sociologicas classicasTeorias sociologicas classicas
Teorias sociologicas classicas
 
Apresentação do PowerPoint.pdf
Apresentação do PowerPoint.pdfApresentação do PowerPoint.pdf
Apresentação do PowerPoint.pdf
 
max weber.pptx
max weber.pptxmax weber.pptx
max weber.pptx
 
aula-33-A-sociologia-compreensiva-de-Max-Weber.pptx
aula-33-A-sociologia-compreensiva-de-Max-Weber.pptxaula-33-A-sociologia-compreensiva-de-Max-Weber.pptx
aula-33-A-sociologia-compreensiva-de-Max-Weber.pptx
 
A Sociologia de Durkheim e a Sociologia alemã de Max Weber
A Sociologia de Durkheim e a Sociologia alemã de Max WeberA Sociologia de Durkheim e a Sociologia alemã de Max Weber
A Sociologia de Durkheim e a Sociologia alemã de Max Weber
 
O pensamento weberiano
O pensamento weberianoO pensamento weberiano
O pensamento weberiano
 
SLIDES ANIMADOS - Max Weber.pptx
 SLIDES ANIMADOS - Max Weber.pptx SLIDES ANIMADOS - Max Weber.pptx
SLIDES ANIMADOS - Max Weber.pptx
 
Max Weber, Sociologia Compreensiva e Legado Weberiano
Max Weber, Sociologia Compreensiva e Legado WeberianoMax Weber, Sociologia Compreensiva e Legado Weberiano
Max Weber, Sociologia Compreensiva e Legado Weberiano
 
Sociologia tópicos-essenciais-da-sociologia-weberiana
Sociologia tópicos-essenciais-da-sociologia-weberianaSociologia tópicos-essenciais-da-sociologia-weberiana
Sociologia tópicos-essenciais-da-sociologia-weberiana
 
Teoria geral da burocracia burocracia
Teoria geral da burocracia burocraciaTeoria geral da burocracia burocracia
Teoria geral da burocracia burocracia
 
Questões Objetivas sobre Max Weber
Questões Objetivas sobre Max WeberQuestões Objetivas sobre Max Weber
Questões Objetivas sobre Max Weber
 
Introdução a adm burocracia
Introdução a adm burocraciaIntrodução a adm burocracia
Introdução a adm burocracia
 
Max weber
Max weberMax weber
Max weber
 
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensivaSociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
 
MAX WEBER.pptx
MAX WEBER.pptxMAX WEBER.pptx
MAX WEBER.pptx
 
Ciencia e politica: duas vocacoes
Ciencia e politica: duas vocacoesCiencia e politica: duas vocacoes
Ciencia e politica: duas vocacoes
 
2. sociologia revisão
2. sociologia revisão2. sociologia revisão
2. sociologia revisão
 
Cp aula 2
Cp aula 2Cp aula 2
Cp aula 2
 

Mais de AnatliaMiranda (6)

Bloco de atividade iii 2ºano
Bloco de atividade iii 2ºanoBloco de atividade iii 2ºano
Bloco de atividade iii 2ºano
 
Impulsiona 2018.11-alimentacaosaudavel
Impulsiona 2018.11-alimentacaosaudavelImpulsiona 2018.11-alimentacaosaudavel
Impulsiona 2018.11-alimentacaosaudavel
 
1 5172575396863934838
1 51725753968639348381 5172575396863934838
1 5172575396863934838
 
Os tempos modernos
Os tempos modernos  Os tempos modernos
Os tempos modernos
 
Conto machado de assis
Conto machado de assisConto machado de assis
Conto machado de assis
 
Carne do futuro pode ser artificial
Carne do futuro pode ser artificialCarne do futuro pode ser artificial
Carne do futuro pode ser artificial
 

Último

Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
rarakey779
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 

Último (20)

04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 

Aula 7 max weber

  • 1. EAD - 620 Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 2. RETROSPECTIVA 1. Contribuição da Ciências Sociais para o Administrador 2. Surgimento da Sociologia – Motivadores e Condições 3. A Filosofia Positivista e Augusto Conte 4. O Funcionalismo de Durkheim 5. Max Weber e a Sociologia da Compreensão O que vimos até aqui Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 5. MAX WEBER  IMPORTÂNCIA PARAAADMINISTRAÇÃO  CONTEXTO SOCIALALEMÃO  FOCO NA MUDANÇA SOCIAL  IMPOTÂNCIA DA INTERAÇÃO E NÃO DA ESTRUTURA  INTRODUZ A REFLEXÃO SOBRE O PODER  PRIMEIRA TEORIA DA BUROCRACIA  UMA ÉTICA ESPECÍFICA – A DO CAPITALISMO DESTAQUES Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 6. MAX WEBER • A BUROCRACIA • AÇÃO SOCIAL E SENTIDO • A DOMINAÇÃO (PODER) • TIPO IDEAL - MÉTODO • A ÉTICA PROTESTANTE PRINCIPAIS CONCEITOS Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 7. AÇÃO SOCIAL : O OBJETO DA CIÊNCIA • NÃO É NECESSARIAMENTE CONSCIENTE • SEMPRE TEM UM SENTIDO • SÓ PODE SER ENTENDIDA NA RELAÇÃO COM O OUTRO • SENTIDO É DADO PELAS IDÉIAS E REPRESENTAÇÕES • RACIONAL PARA FINS • RACIONAL PARA VALORES • AFETIVA • TRADICIONAL MAX WEBER Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 8. PODER Para Max Weber (1991, p.33), “poder significa toda probabilidade de impor a própria vontade em uma relação social, mesmo contra resistências, seja qual for o fundamento dessa probabilidade”.  Força  Autoridade  Influência MAX WEBER Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 9. DOMINAÇÃO A dominação, segundo Weber (1991, p.33), “e a probabilidade de encontrar obediência a uma ordem”. MAX WEBER Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 10. O PODER – TIPOS DE DOMINAÇÃO “probabilidade de impor a própria vontade na relação social pela FORÇA, AUTORIDADE, INFLUÊNCIA. (Weber) TIPOS DE AUTORIDADE • RACIONAL/ LEGAL • TRADICIONAL (patriarcal e estamental) • CARISMÁTICA MAX WEBER Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 11. TIPOS DE AUTORIDADE • RACIONAL/ LEGAL • TRADICIONAL • CARISMÁTICA MAX WEBER Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer EXEMPLOS • TRUMP • KIM JUNG WOON • TEMER • MEIRELLES • LULA • PAPA FRANCISCO • REI FELIPE VI – ESPANHA • MARK ZUCKERBERG
  • 12. ELITE Entende-se por “ELITE” uma minoria presente em todas as sociedades e que, de várias formas, é detentora de autoridade ou poder, em oposição a uma maioria que dele está privada. Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 13. INSTITUIÇÕES POLÍTICAS Na estrutura da instituição política está definido a quem, em que condições, quando e como será concedido o poder, e qual nível de poder do governo MAX WEBER Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 14. ESTADO Segundo Weber (1991), uma associação política é denominada “Estado” “quando e na medida em que seu quadro administrativo reivindica com êxito o monopólio legítimo da coação física para realizar as ordens vigentes MAX WEBER Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 15. QUESTÕES DE MÉTODO • SOCIOLOGIA DA COMPREENSÃO • BUSCA DO SENTIDO • NEUTRALIDADE • TIPO IDEAL MAX WEBER Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 16. UMA ÉTICA ESPECÍFICA – A DO CAPITALISMO “A questão das forças motivadoras da expansão do capitalismo moderno não é, em primeira instância, uma questão de origem das somas de capital disponíveis para uso capitalístico, mas, principalmente, do desenvolvimento do espírito do capitalismo. Onde ele aparece e é capaz de se desenvolver, ele produz seu próprio capital e seu suprimento monetário como meios para seus fins, e não o inverso.” (Weber, ética, pg. 197) - O Homem existe em razão do seu negócio, e não ao contrário (Weber, ética, pg 198) MAX WEBER Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 17. • “Tempo é dinheiro” • “Crédito é dinheiro” • “Dinheiro é prolífico” • “O som do martelo às cinco da manhã faz bem ao credor...” O aumento do capital é considerado um fim em si mesmo.. (Weber) “felicidade, utilidade ou destino?” A aquisição econômica não está mais subordinada ao homem como meio de satisfação de suas necessidades materiais. (Weber) UMA ÉTICA ESPECÍFICA – A DO CAPITALISMO MAX WEBER Fundamentos das Ciências Sociais AUTORES E TEORIAS CLÁSSICAS DA SOCIOLOGIA II MAX WEBER – BUROCRACIA E A QUESTÃO DO PODER Prof. Dr. André Luiz Fischer
  • 18. TRÊS ORDENS: ECONÔMICA SOCIAL E POLÍTICA I CONDUTA MOTIVADA PELA PERSONALIDADE Como? SIGNIFICADOS SENTIDOS LEGITIMIDADE CONDUTA MOTIVADA POR RELAÇÕES SOCIAIS À QUAL OS AGENTES CONFERE SENTIDO AÇÕES SOCIAIS 1. Racionais para fins 2. Racionais para valores 3. Tradicionais 4. Afetivas AUTORIDADE a) Racional/ Legal b) Tradicional  Patriarcal  Estamental c) Carismático MAX WEBER E UMA SOCIOLOGIA COMPREENSIVA (CLASSE) (ESTAMENTO) (PARTIDO) (ideologia) I I REFERÊNCIAS COLETIVAS
  • 19. HORDAS • Predominantemente Nômade • Organização familiar pouco estruturada • Não há organização política CLÃS TRIBOS COMUNIDADES SOCIEDADE • Seminômade • Organização Familiar define organização política • Primeiras representações religiosas • Predominantemente Territorial • Organização política começa a se separar da familiar • Primeiras especializações funcionais: guerra, economia, atividades domésticas, etc. • Totalmente territoriais • Organização política definida por castas e estamentos • Identidade comunal com divisão do trabalho limitada. • A profissão é o território – identidade profissional • Organização política definida pela funcionalidade • Intensa divisão do trabalho e especialização TIPOS DE ORGANIZAÇÕES SOCIAIS