SlideShare uma empresa Scribd logo
QUÍMICA 
Aula 10 – Lista de Exercícios 
Prof. Elio Ferreira 
01. (UFRGS) - O gráfico abaixo representa a 
perda de massa em função do tempo, para uma 
amostra de 1g de carbonato de cálcio, ao reagir 
com HCl 2M, segundo a equação: 
CaCO3 + 2HCl → CaCl2 + CO2 + H2O 
Em qual dos seguintes intervalos de tempo a 
reação foi mais rápida? 
a) 0 a 2 min 
b) 2 a 4 min 
c) 8 a 10 min 
d) 12 a 14 min 
e) 18 a 20 min 
02. O gás ozônio absorve fortemente a região 
ultravioleta, o que é muito importante, pois há 
uma camada de ozônio na atmosfera superior que 
absorve a radiação ultravioleta perigosa, 
proveniente do Sol, protegendo, assim, a vida na 
Terra. 
O ozônio é formado segundo as etapas a seguir: 
I. Fotólise do O2 
퐎ퟐ 
퐋퐔퐙 
→ ퟐ퐎 
II. Colisão entre um átomo de oxigênio e uma 
molécula de O2: 
O2 + O → O3 
As moléculas de ozônio podem decompor-se da 
seguinte maneira: 
O + O3 → O2 
Clorofluorcarbonetos (CFCs), como CFCl3, 
CF2Cl2 e CF3Cl, são conhecidos como freons e 
foram largamente empregados como fluidos para 
refrigeração e como propelentes em aerossóis. 
Nas camadas superiores da atmosfera, os freons 
sofrem uma dissociação fotolítica, produzindo 
átomos de 
cloro, que reagem facilmente com o ozônio: 
푪푭푪풍ퟑ 
푭푶푻Ó푳푰푺푬 
→ 푪푭푪풍ퟐ + 푪풍 
A) Cl + O3 → O2 + ClO 
B) ClO + O → Cl + O2 
O uso de CFCs e apontando como a principal 
causa do surgimento do “buraco” na camada de 
ozônio, sobre a Antártida e o Ártico. 
A decomposição do ozônio é acelerado na 
presença de átomos de cloro. Esses átomos: 
a) Transformam a reação endotérmica em 
exotérmica. 
b) Alteram o produto da reação. 
c) Diminuem a energia de ativação. 
d) Diminuem a quantidade de calor liberada pela 
reação. 
e) Diminuem a velocidade da reação. 
02. (UEPA/2012) Um dos grandes problemas 
ambientais na atualidade relaciona-se com o 
desaparecimento da camada de ozônio na 
atmosfera. É importante notar que, quando 
desaparece o gás ozônio, aparece imediatamente 
o gás oxigênio de acordo com a equação abaixo: 
2푂3(푔) 
ℎ푣 
→ 3푂2(푔) 
Considerando a velocidade de aparecimento de 
O2 igual a 12 mol/L.s, a velocidade de 
desaparecimento do ozônio na atmosfera em 
mol/L.s é: 
a) 12 b) 8 c) 6 d) 4 e) 2 
03. (UEPA/2009) O aumento da velocidade da 
reação de combustão do metanol nos carros de 
fórmula 1 se dá: 
a) pelo aumento de oxigênio na câmara de 
combustão. 
b) pelo aumento de vapor de água na câmara de 
combustão. 
c) pela redução da pressão. 
d) pela diminuição do oxigênio na câmara de 
combustão. 
e) pela diminuição da temperatura na câmara de 
combustão. 
04. (UEPA/2009) O gráfico que representa a 
reação de combustão do metanol é:
a) b) 
c) d) 
e) 
05. (UEPA/2008) A bomba de napalm inventada, 
em 1942, em Harvard, foi usada contra os 
vietnamitas e até hoje é usada contra os 
palestinos. Essa bomba é constituída de gasolina 
líquida, material gelatinoso inerte e uma mistura 
de gasolina gasosa com oxigênio, contidas em um 
recipiente de metal. O fator que influencia a 
velocidade da combustão da gasolina para causar 
a explosão é: 
a) O metal do recipiente que funciona como 
catalisador. 
b) A baixa pressão no interior da bomba. 
c) A área de contacto entre a gasolina gasosa e 
oxigênio. 
d) A grande concentração do material gelatinoso. 
e) A baixa concentração de gasolina. 
06. (ENEM/2010) Para explicar a absorção de 
nutrientes, bem como a função das 
microvilosidades das membranas nas células que 
revestem as paredes internas do intestino 
delgado, um estudante realizou o seguinte 
experimento: 
Colocou 200 mL de água em dois recipientes. No 
primeiro recipiente, mergulhou, por 5 segundos, 
um pedaço de papel liso, como na FIGURA 1; no 
segundo recipiente, fez o mesmo com um pedaço 
de papel com dobras simulando as 
microvilosidades, conforme FIGURA 2. Os dados 
obtidos foram: a quantidade de água absorvida 
pelo papel liso de 8 mL, enquanto o papel 
dobrado foi de 12 mL. 
Com base nos dados obtidos, infere-se que a 
função das microvilosidades intestinais com 
relação à absorção de nutrientes pelas células das 
paredes internas do intestino é a de 
a) manter o volume de absorção. 
b) aumentar a superfície de absorção. 
c) diminuir a velocidade de absorção. 
d) aumentar o tempo de absorção. 
e) manter a seletividade na absorção. 
07. (UEPA/2014) Preparar o sagrado cafezinho 
de todos os dias, assar o pão de queijo e reunir a 
família para almoçar no domingo. Tarefas 
simples e do cotidiano ficarão mais caras a partir 
desta semana. O preço do gás de cozinha será 
reajustado pelas distribuidoras pela segunda vez 
este ano, com isso, cozinhar ficará mais caro. A 
equação química que mostra a queima do butano 
(gás de cozinha), em nossas residências é: 
C4H10(g) + 
13 
2 
O2(g) → 4CO2(g) + H2O(l) 
O quadro abaixo ilustra a variação da 
concentração do gás butano em mols/L em função 
do tempo: 
[C4H10] 
(mol/L) 
22,4 20,8 18,2 16,6 15,4 14,9 
Tempo 
(horas) 
0 1 2 3 4 5 
As velocidades médias da queima do gás de 
cozinha nos intervalos entre 0 a 5 e 1 a 3 horas 
são respectivamente: 
08. (ENEM/2013) A pílula anticoncenpicional é 
um método contraceptivo de maior segurança, 
sendo constituídas basicamente de dois
hormônios sintéticos semelhantes aos hormônios 
produzidos pelo organismo feminino, o estrogênio 
(E) e a progesterona (P). Em um experimento 
médico, foi analisado o sangue de uma mulher 
que ingeriu ininterruptamente um comprimido 
desse medicamento por dia durante seis meses. 
Qual gráfico representa a concentração 
sanguínea desses hormônios durante o período do 
experimento? 
09. (UFRGS) - O estudo cinético para a reação 
química A → B está representado no gráfico da 
velocidade de reação (v), em função da 
concentração do reagente A. 
A partir desse gráfico 
pode-se dizer que a lei de 
velocidade para essa 
reação é: 
a) v = k .[A]2 
b) v = k . [A] 
c) v = k 
d) v = 
k 
[A] 
e) v = 
k 
[A]2 
10. (UFRGS) Observe o gráfico abaixo, no qual a 
concentração do reagente e do produto de uma 
reação elementar A B foi monitorada em função 
do tempo. Assinale a alternativa correta a 
respeito dessa reação. 
a) A reação ultrapassa o equilíbrio, porque a 
concentração final do produto é maior do que a do 
reagente. 
b) A velocidade de desaparecimento de A é sempre 
igual à velocidade de formação de B. 
c) A velocidade de formação de B torna-se maior 
que a velocidade de desaparecimento de A após o 
ponto em que as curvas se cruzam. 
d) A velocidade da reação direta é igual à velocidade 
da reação inversa no ponto em que as curvas se 
cruzam. 
e) A lei cinética para essa reação é v = k.[A].[B]. 
11. (PUC) Considere o gráfico abaixo, referente 
ao diagrama energético de uma reação química 
ocorrendo em 2 etapas: 
A seguir, 
assinale a 
afirmativa 
INCORRET 
A: 
a) A etapa nº 1 é endotérmica 
b) A etapa nº 2 é exotérmica. 
c) A reação global é endotérmica. 
d) A velocidade da reação é determinada pela etapa 
2. 
12. (UEL) Para analisar o crescimento de raízes, 
quatro mudas idênticas de violeta foram 
submetidas a um procedimento experimental. 
Três das mudas foram colocadas em soluções 
nutritivas contendo diferentes concentrações de 
acido naftaleno acético, um inibidor do 
crescimento de raízes. As concentrações de acido 
utilizadas, em mol.L-1, foram: C1 = 2.10-4 C2 = 
1.10-3 C3 = 2.10-5 
A quarta muda, para controle foi colocada na 
mesma solução nutritiva, porém na ausência do 
inibidor. Observe o gráfico: 
As curvas que 
representam o 
crescimento das 
raízes para as 
concentrações 
C1, C2, C3 e de 
controle são, 
respectivamente, 
as de números: 
(a) IV, III, II, I. (b) 
III, IV, II, I (c) II, I, III, IV. (d) I, II, III, IV

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cineticaquimica
CineticaquimicaCineticaquimica
Cineticaquimica
Cláudia Martins Ledesma
 
Gases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabaritoGases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabarito
Rodrigo Sampaio
 
Lista de exercícios cinética química
Lista de exercícios   cinética químicaLista de exercícios   cinética química
Lista de exercícios cinética química
Daiane Gris
 
Quim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostosQuim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostos
Fábio Oisiovici
 
Cinética química questoes
Cinética química questoesCinética química questoes
Cinética química questoes
Rodrigo Sampaio
 
Lista de exercícios 26 cálculo da velocidade da reação
Lista de exercícios 26   cálculo da velocidade da reaçãoLista de exercícios 26   cálculo da velocidade da reação
Lista de exercícios 26 cálculo da velocidade da reação
Colegio CMC
 
Cinetica
CineticaCinetica
Cinetica
Glayson Sombra
 
Termoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermedTermoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermed
Fábio Oisiovici
 
3a lista de exercicios cinetica
3a lista de exercicios cinetica 3a lista de exercicios cinetica
3a lista de exercicios cinetica
quihu
 
CINÉTICA QUIMICA REVISÃO
CINÉTICA QUIMICA REVISÃOCINÉTICA QUIMICA REVISÃO
CINÉTICA QUIMICA REVISÃO
Fábio Oisiovici
 
Listadeslocamento
ListadeslocamentoListadeslocamento
Listadeslocamento
Fábio Oisiovici
 
Cinetica
CineticaCinetica
Cinetica
Luana Rodrigues
 
Gases exercícios
Gases exercíciosGases exercícios
Gases exercícios
Fábio Oisiovici
 
Lista equilíbrio
Lista equilíbrioLista equilíbrio
Lista equilíbrio
Rodrigo Sampaio
 
Questões revisão - Prova
Questões revisão - ProvaQuestões revisão - Prova
Questões revisão - Prova
Rodrigo Sampaio
 
Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
Rodrigo Sampaio
 
Atividade progressão parcial 3 ano
Atividade progressão parcial 3 anoAtividade progressão parcial 3 ano
Atividade progressão parcial 3 ano
Escola Pública/Particular
 
Folha 21 aula cinetica
Folha 21 aula cineticaFolha 21 aula cinetica
Folha 21 aula cinetica
Rikardo Coimbra
 
Dependência de química 2ª ano do ensino médio
Dependência de química 2ª ano do ensino médioDependência de química 2ª ano do ensino médio
Dependência de química 2ª ano do ensino médio
Escola Pública/Particular
 
Cinetica exerci
Cinetica exerciCinetica exerci
Cinetica exerci
aguiarte10
 

Mais procurados (20)

Cineticaquimica
CineticaquimicaCineticaquimica
Cineticaquimica
 
Gases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabaritoGases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabarito
 
Lista de exercícios cinética química
Lista de exercícios   cinética químicaLista de exercícios   cinética química
Lista de exercícios cinética química
 
Quim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostosQuim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostos
 
Cinética química questoes
Cinética química questoesCinética química questoes
Cinética química questoes
 
Lista de exercícios 26 cálculo da velocidade da reação
Lista de exercícios 26   cálculo da velocidade da reaçãoLista de exercícios 26   cálculo da velocidade da reação
Lista de exercícios 26 cálculo da velocidade da reação
 
Cinetica
CineticaCinetica
Cinetica
 
Termoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermedTermoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermed
 
3a lista de exercicios cinetica
3a lista de exercicios cinetica 3a lista de exercicios cinetica
3a lista de exercicios cinetica
 
CINÉTICA QUIMICA REVISÃO
CINÉTICA QUIMICA REVISÃOCINÉTICA QUIMICA REVISÃO
CINÉTICA QUIMICA REVISÃO
 
Listadeslocamento
ListadeslocamentoListadeslocamento
Listadeslocamento
 
Cinetica
CineticaCinetica
Cinetica
 
Gases exercícios
Gases exercíciosGases exercícios
Gases exercícios
 
Lista equilíbrio
Lista equilíbrioLista equilíbrio
Lista equilíbrio
 
Questões revisão - Prova
Questões revisão - ProvaQuestões revisão - Prova
Questões revisão - Prova
 
Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
 
Atividade progressão parcial 3 ano
Atividade progressão parcial 3 anoAtividade progressão parcial 3 ano
Atividade progressão parcial 3 ano
 
Folha 21 aula cinetica
Folha 21 aula cineticaFolha 21 aula cinetica
Folha 21 aula cinetica
 
Dependência de química 2ª ano do ensino médio
Dependência de química 2ª ano do ensino médioDependência de química 2ª ano do ensino médio
Dependência de química 2ª ano do ensino médio
 
Cinetica exerci
Cinetica exerciCinetica exerci
Cinetica exerci
 

Semelhante a Aula 10 (lista de exercicio)

Pucmg2007
Pucmg2007Pucmg2007
Pucmg2007
Junior Dou
 
Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
professoraludmila
 
2019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v2
2019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v22019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v2
2019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v2
rasuanfe
 
Cinetica
CineticaCinetica
Cinetica
Claderci Junior
 
Específica 2016 1
Específica 2016 1Específica 2016 1
Específica 2016 1
Kaires Braga
 
Questões gerais de química_2º ano
Questões gerais de química_2º anoQuestões gerais de química_2º ano
Questões gerais de química_2º ano
Escola Pública/Particular
 
Prova fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1faseProva fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1fase
Bruna Karen
 
Listao organica
Listao organicaListao organica
Listao organica
Enéderson Rossetto
 
Química Jefferson
Química   JeffersonQuímica   Jefferson
Química Jefferson
Pré-Enem Seduc
 
Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
professoraludmila
 
E s t e q u i o m e t r i a relação de massa em solução
E s t e q u i o m e t r i a relação de massa em soluçãoE s t e q u i o m e t r i a relação de massa em solução
E s t e q u i o m e t r i a relação de massa em solução
UFU - Universidade Federal de Uberlândia
 
Apostila 2c2ba-ano
Apostila 2c2ba-anoApostila 2c2ba-ano
Apostila 2c2ba-ano
Amanda Tavares
 
simulado QUÍMICA
simulado QUÍMICAsimulado QUÍMICA
simulado QUÍMICA
Fábio Oisiovici
 
Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)
Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)
Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)
professoraludmila
 
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
emanuel
 
Revisão de véspera - FCM
Revisão  de véspera - FCMRevisão  de véspera - FCM
Revisão de véspera - FCM
Ricardo Bruno Nunes
 
Revisão de véspera - FCM
Revisão  de véspera - FCMRevisão  de véspera - FCM
Revisão de véspera - FCM
Ricardo Bruno Nunes
 
Exame_OBQ_2023_Fase_III_Modalidade B v04 Gabarito provisorio.pdf
Exame_OBQ_2023_Fase_III_Modalidade B v04 Gabarito provisorio.pdfExame_OBQ_2023_Fase_III_Modalidade B v04 Gabarito provisorio.pdf
Exame_OBQ_2023_Fase_III_Modalidade B v04 Gabarito provisorio.pdf
Hadrianlorrandasilva
 
Aula 01_ cinetica química das reações.pdf
Aula 01_ cinetica química das reações.pdfAula 01_ cinetica química das reações.pdf
Aula 01_ cinetica química das reações.pdf
LayzzaTardindaSilvaS
 
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 

Semelhante a Aula 10 (lista de exercicio) (20)

Pucmg2007
Pucmg2007Pucmg2007
Pucmg2007
 
Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
 
2019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v2
2019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v22019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v2
2019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v2
 
Cinetica
CineticaCinetica
Cinetica
 
Específica 2016 1
Específica 2016 1Específica 2016 1
Específica 2016 1
 
Questões gerais de química_2º ano
Questões gerais de química_2º anoQuestões gerais de química_2º ano
Questões gerais de química_2º ano
 
Prova fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1faseProva fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1fase
 
Listao organica
Listao organicaListao organica
Listao organica
 
Química Jefferson
Química   JeffersonQuímica   Jefferson
Química Jefferson
 
Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
 
E s t e q u i o m e t r i a relação de massa em solução
E s t e q u i o m e t r i a relação de massa em soluçãoE s t e q u i o m e t r i a relação de massa em solução
E s t e q u i o m e t r i a relação de massa em solução
 
Apostila 2c2ba-ano
Apostila 2c2ba-anoApostila 2c2ba-ano
Apostila 2c2ba-ano
 
simulado QUÍMICA
simulado QUÍMICAsimulado QUÍMICA
simulado QUÍMICA
 
Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)
Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)
Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)
 
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
 
Revisão de véspera - FCM
Revisão  de véspera - FCMRevisão  de véspera - FCM
Revisão de véspera - FCM
 
Revisão de véspera - FCM
Revisão  de véspera - FCMRevisão  de véspera - FCM
Revisão de véspera - FCM
 
Exame_OBQ_2023_Fase_III_Modalidade B v04 Gabarito provisorio.pdf
Exame_OBQ_2023_Fase_III_Modalidade B v04 Gabarito provisorio.pdfExame_OBQ_2023_Fase_III_Modalidade B v04 Gabarito provisorio.pdf
Exame_OBQ_2023_Fase_III_Modalidade B v04 Gabarito provisorio.pdf
 
Aula 01_ cinetica química das reações.pdf
Aula 01_ cinetica química das reações.pdfAula 01_ cinetica química das reações.pdf
Aula 01_ cinetica química das reações.pdf
 
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
 

Mais de Elio Junior

Aula 14 (propriedades físicas)
Aula 14 (propriedades físicas)Aula 14 (propriedades físicas)
Aula 14 (propriedades físicas)
Elio Junior
 
Aula 12 (funções nitrogenadas)
Aula 12 (funções nitrogenadas)Aula 12 (funções nitrogenadas)
Aula 12 (funções nitrogenadas)
Elio Junior
 
Aula 12 (funções oxigenadas 2)
Aula 12 (funções oxigenadas 2)Aula 12 (funções oxigenadas 2)
Aula 12 (funções oxigenadas 2)
Elio Junior
 
Aula 4 (eletrólise)
Aula 4 (eletrólise)Aula 4 (eletrólise)
Aula 4 (eletrólise)
Elio Junior
 
Aula 10 (funções oxigenadas 1)
Aula 10 (funções oxigenadas 1)Aula 10 (funções oxigenadas 1)
Aula 10 (funções oxigenadas 1)
Elio Junior
 
Aula 8 (propriedades do carbono)
Aula 8 (propriedades do carbono)Aula 8 (propriedades do carbono)
Aula 8 (propriedades do carbono)
Elio Junior
 
Aula 07 (exercicios)
Aula 07 (exercicios)Aula 07 (exercicios)
Aula 07 (exercicios)
Elio Junior
 
Aula 6 (termoquímica)
Aula 6 (termoquímica)Aula 6 (termoquímica)
Aula 6 (termoquímica)
Elio Junior
 
Aula 05 (energia nuclear)
Aula 05 (energia nuclear)Aula 05 (energia nuclear)
Aula 05 (energia nuclear)
Elio Junior
 
Aula 2 (pilhas)
Aula 2 (pilhas)Aula 2 (pilhas)
Aula 2 (pilhas)
Elio Junior
 
Quimica (elio) i
Quimica (elio) iQuimica (elio) i
Quimica (elio) i
Elio Junior
 
Aula 11 (competencia geral do enem)
Aula 11 (competencia geral do enem)Aula 11 (competencia geral do enem)
Aula 11 (competencia geral do enem)
Elio Junior
 

Mais de Elio Junior (12)

Aula 14 (propriedades físicas)
Aula 14 (propriedades físicas)Aula 14 (propriedades físicas)
Aula 14 (propriedades físicas)
 
Aula 12 (funções nitrogenadas)
Aula 12 (funções nitrogenadas)Aula 12 (funções nitrogenadas)
Aula 12 (funções nitrogenadas)
 
Aula 12 (funções oxigenadas 2)
Aula 12 (funções oxigenadas 2)Aula 12 (funções oxigenadas 2)
Aula 12 (funções oxigenadas 2)
 
Aula 4 (eletrólise)
Aula 4 (eletrólise)Aula 4 (eletrólise)
Aula 4 (eletrólise)
 
Aula 10 (funções oxigenadas 1)
Aula 10 (funções oxigenadas 1)Aula 10 (funções oxigenadas 1)
Aula 10 (funções oxigenadas 1)
 
Aula 8 (propriedades do carbono)
Aula 8 (propriedades do carbono)Aula 8 (propriedades do carbono)
Aula 8 (propriedades do carbono)
 
Aula 07 (exercicios)
Aula 07 (exercicios)Aula 07 (exercicios)
Aula 07 (exercicios)
 
Aula 6 (termoquímica)
Aula 6 (termoquímica)Aula 6 (termoquímica)
Aula 6 (termoquímica)
 
Aula 05 (energia nuclear)
Aula 05 (energia nuclear)Aula 05 (energia nuclear)
Aula 05 (energia nuclear)
 
Aula 2 (pilhas)
Aula 2 (pilhas)Aula 2 (pilhas)
Aula 2 (pilhas)
 
Quimica (elio) i
Quimica (elio) iQuimica (elio) i
Quimica (elio) i
 
Aula 11 (competencia geral do enem)
Aula 11 (competencia geral do enem)Aula 11 (competencia geral do enem)
Aula 11 (competencia geral do enem)
 

Último

A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
EduardoLealSilva
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 

Último (20)

A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 

Aula 10 (lista de exercicio)

  • 1. QUÍMICA Aula 10 – Lista de Exercícios Prof. Elio Ferreira 01. (UFRGS) - O gráfico abaixo representa a perda de massa em função do tempo, para uma amostra de 1g de carbonato de cálcio, ao reagir com HCl 2M, segundo a equação: CaCO3 + 2HCl → CaCl2 + CO2 + H2O Em qual dos seguintes intervalos de tempo a reação foi mais rápida? a) 0 a 2 min b) 2 a 4 min c) 8 a 10 min d) 12 a 14 min e) 18 a 20 min 02. O gás ozônio absorve fortemente a região ultravioleta, o que é muito importante, pois há uma camada de ozônio na atmosfera superior que absorve a radiação ultravioleta perigosa, proveniente do Sol, protegendo, assim, a vida na Terra. O ozônio é formado segundo as etapas a seguir: I. Fotólise do O2 퐎ퟐ 퐋퐔퐙 → ퟐ퐎 II. Colisão entre um átomo de oxigênio e uma molécula de O2: O2 + O → O3 As moléculas de ozônio podem decompor-se da seguinte maneira: O + O3 → O2 Clorofluorcarbonetos (CFCs), como CFCl3, CF2Cl2 e CF3Cl, são conhecidos como freons e foram largamente empregados como fluidos para refrigeração e como propelentes em aerossóis. Nas camadas superiores da atmosfera, os freons sofrem uma dissociação fotolítica, produzindo átomos de cloro, que reagem facilmente com o ozônio: 푪푭푪풍ퟑ 푭푶푻Ó푳푰푺푬 → 푪푭푪풍ퟐ + 푪풍 A) Cl + O3 → O2 + ClO B) ClO + O → Cl + O2 O uso de CFCs e apontando como a principal causa do surgimento do “buraco” na camada de ozônio, sobre a Antártida e o Ártico. A decomposição do ozônio é acelerado na presença de átomos de cloro. Esses átomos: a) Transformam a reação endotérmica em exotérmica. b) Alteram o produto da reação. c) Diminuem a energia de ativação. d) Diminuem a quantidade de calor liberada pela reação. e) Diminuem a velocidade da reação. 02. (UEPA/2012) Um dos grandes problemas ambientais na atualidade relaciona-se com o desaparecimento da camada de ozônio na atmosfera. É importante notar que, quando desaparece o gás ozônio, aparece imediatamente o gás oxigênio de acordo com a equação abaixo: 2푂3(푔) ℎ푣 → 3푂2(푔) Considerando a velocidade de aparecimento de O2 igual a 12 mol/L.s, a velocidade de desaparecimento do ozônio na atmosfera em mol/L.s é: a) 12 b) 8 c) 6 d) 4 e) 2 03. (UEPA/2009) O aumento da velocidade da reação de combustão do metanol nos carros de fórmula 1 se dá: a) pelo aumento de oxigênio na câmara de combustão. b) pelo aumento de vapor de água na câmara de combustão. c) pela redução da pressão. d) pela diminuição do oxigênio na câmara de combustão. e) pela diminuição da temperatura na câmara de combustão. 04. (UEPA/2009) O gráfico que representa a reação de combustão do metanol é:
  • 2. a) b) c) d) e) 05. (UEPA/2008) A bomba de napalm inventada, em 1942, em Harvard, foi usada contra os vietnamitas e até hoje é usada contra os palestinos. Essa bomba é constituída de gasolina líquida, material gelatinoso inerte e uma mistura de gasolina gasosa com oxigênio, contidas em um recipiente de metal. O fator que influencia a velocidade da combustão da gasolina para causar a explosão é: a) O metal do recipiente que funciona como catalisador. b) A baixa pressão no interior da bomba. c) A área de contacto entre a gasolina gasosa e oxigênio. d) A grande concentração do material gelatinoso. e) A baixa concentração de gasolina. 06. (ENEM/2010) Para explicar a absorção de nutrientes, bem como a função das microvilosidades das membranas nas células que revestem as paredes internas do intestino delgado, um estudante realizou o seguinte experimento: Colocou 200 mL de água em dois recipientes. No primeiro recipiente, mergulhou, por 5 segundos, um pedaço de papel liso, como na FIGURA 1; no segundo recipiente, fez o mesmo com um pedaço de papel com dobras simulando as microvilosidades, conforme FIGURA 2. Os dados obtidos foram: a quantidade de água absorvida pelo papel liso de 8 mL, enquanto o papel dobrado foi de 12 mL. Com base nos dados obtidos, infere-se que a função das microvilosidades intestinais com relação à absorção de nutrientes pelas células das paredes internas do intestino é a de a) manter o volume de absorção. b) aumentar a superfície de absorção. c) diminuir a velocidade de absorção. d) aumentar o tempo de absorção. e) manter a seletividade na absorção. 07. (UEPA/2014) Preparar o sagrado cafezinho de todos os dias, assar o pão de queijo e reunir a família para almoçar no domingo. Tarefas simples e do cotidiano ficarão mais caras a partir desta semana. O preço do gás de cozinha será reajustado pelas distribuidoras pela segunda vez este ano, com isso, cozinhar ficará mais caro. A equação química que mostra a queima do butano (gás de cozinha), em nossas residências é: C4H10(g) + 13 2 O2(g) → 4CO2(g) + H2O(l) O quadro abaixo ilustra a variação da concentração do gás butano em mols/L em função do tempo: [C4H10] (mol/L) 22,4 20,8 18,2 16,6 15,4 14,9 Tempo (horas) 0 1 2 3 4 5 As velocidades médias da queima do gás de cozinha nos intervalos entre 0 a 5 e 1 a 3 horas são respectivamente: 08. (ENEM/2013) A pílula anticoncenpicional é um método contraceptivo de maior segurança, sendo constituídas basicamente de dois
  • 3. hormônios sintéticos semelhantes aos hormônios produzidos pelo organismo feminino, o estrogênio (E) e a progesterona (P). Em um experimento médico, foi analisado o sangue de uma mulher que ingeriu ininterruptamente um comprimido desse medicamento por dia durante seis meses. Qual gráfico representa a concentração sanguínea desses hormônios durante o período do experimento? 09. (UFRGS) - O estudo cinético para a reação química A → B está representado no gráfico da velocidade de reação (v), em função da concentração do reagente A. A partir desse gráfico pode-se dizer que a lei de velocidade para essa reação é: a) v = k .[A]2 b) v = k . [A] c) v = k d) v = k [A] e) v = k [A]2 10. (UFRGS) Observe o gráfico abaixo, no qual a concentração do reagente e do produto de uma reação elementar A B foi monitorada em função do tempo. Assinale a alternativa correta a respeito dessa reação. a) A reação ultrapassa o equilíbrio, porque a concentração final do produto é maior do que a do reagente. b) A velocidade de desaparecimento de A é sempre igual à velocidade de formação de B. c) A velocidade de formação de B torna-se maior que a velocidade de desaparecimento de A após o ponto em que as curvas se cruzam. d) A velocidade da reação direta é igual à velocidade da reação inversa no ponto em que as curvas se cruzam. e) A lei cinética para essa reação é v = k.[A].[B]. 11. (PUC) Considere o gráfico abaixo, referente ao diagrama energético de uma reação química ocorrendo em 2 etapas: A seguir, assinale a afirmativa INCORRET A: a) A etapa nº 1 é endotérmica b) A etapa nº 2 é exotérmica. c) A reação global é endotérmica. d) A velocidade da reação é determinada pela etapa 2. 12. (UEL) Para analisar o crescimento de raízes, quatro mudas idênticas de violeta foram submetidas a um procedimento experimental. Três das mudas foram colocadas em soluções nutritivas contendo diferentes concentrações de acido naftaleno acético, um inibidor do crescimento de raízes. As concentrações de acido utilizadas, em mol.L-1, foram: C1 = 2.10-4 C2 = 1.10-3 C3 = 2.10-5 A quarta muda, para controle foi colocada na mesma solução nutritiva, porém na ausência do inibidor. Observe o gráfico: As curvas que representam o crescimento das raízes para as concentrações C1, C2, C3 e de controle são, respectivamente, as de números: (a) IV, III, II, I. (b) III, IV, II, I (c) II, I, III, IV. (d) I, II, III, IV