SlideShare uma empresa Scribd logo
PLANEJAMENTO ANUAL DE ARTES 3º ANO ALINHADO À BNCC
ESCOLA ESTADUAL PRESIDENTE TANCREDO NEVES
Professor(a):
Turma: 3 ano /2022
COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS
 Explorar, conhecer,fruir e analisar criticamente práticas e produçõesartísticas e culturais do seu entorno social, dos povos
indígenas,das comunidades tradicionais brasileiras e de diversas sociedades,em distintos tempos e espaços,para
reconhecera arte como um fenômeno cultural, histórico, social e sensívela diferentes contextos e dialogar com as
diversidades.
 "Compreender as relações entre as linguagens da Arte e suas práticas integradas, inclusive aquelas possibilitadas pelo uso
das novas tecnologias de informação e comunicação, pelo cinema e pelo audiovisual, nas condiçõesparticulares de
produção, na prática de cada linguagem e nas suas articulações."
 Pesquisar e conhecerdistintas matrizes estéticas e culturais – especialmente aquelas manifestas na arte e nas culturas que
constituem a identidade brasileira –, sua tradição e manifestaçõescontemporâneas, reelaborando-as nas criações em Arte.
 Experienciar a ludicidade, a percepção, a expressividadee a imaginação, ressignificandoespaçosda escolae de fora dela
no âmbito da Arte.
 Mobilizar recursos tecnológicoscomo formas de registro, pesquisae criação artística.
 Estabelecer relações entre arte, mídia, mercado e consumo, compreendendo, de formacrítica e problematizadora, modos
de produção e de circulação da arte na sociedade.
 Problematizar questões políticas,sociais,econômicas,científicas,tecnológicas e culturais, por meio de exercícios,
produções,intervenções e apresentações artísticas.
 Desenvolvera autonomia, a crítica, a autoria e o trabalho coletivo e colaborativo nas artes.
 Analisar e valorizar o patrimônio artístico nacional e internacional, material e imaterial, com suas histórias e diferentes
visões de mundo.
ARTES VISUAIS: A ARTE NA SOCIEDADE
OBJETOS DE CONHECIMENTO HABILIDADES
SUGESTÕES
METODOLÁGICAS
I – CONTEXTOS E PRÁTICAS
1. Leitura de imagens e texto sobre:
1.1 Natureza e sociedade.
1.2 Arte Pré-histórica
1.3 Arte Indígena/ Arte Afrodescendente
1.4 Figura humana: O figurativo e o abstrato
(EF15AR01) Identificar e apreciar formas distintas das artes
visuais tradicionais e contemporâneas, cultivando a
percepção, o imaginário, a capacidade de simbolizar e o
repertório imagético.
 Leitura de imagens.
 Atividade prática individual de
pintura, colagem com o tema
retrato/auto retrato.
 Vivências sonoras e confecção de
instrumentos de origem indígena e
africana a partir da compreensão
de sua materialidade.
 Promover oficinas de arte
utilizando folhas, gravetos secos
encontrados no pátio da escola.
 Promover debates sobre
sustentabilidade, apontando as
possibilidades de aproveitamento
de diversos materiais.
 Produzir esculturas ou trabalhos
bidimensional ou tridimensional
com materiais reciclados como
madeiras, pedras e cascas de
arvores, entulho, etc.
 Incentivas a pesquisa sobre os
elementos que compõem a natureza
 Socializar os trabalhos e colocar no
mural da escola.
.
II – ELEMENTOS DA LINGUAGEM
2. Elementos constitutivos:
2.1 Cor, natureza e sociedade
2.2 luz e sombra;
2.3 Policromia;
2.4 Composição plástica: (Espaço, Proporção,
Movimento, Bi dimensão e Tri dimensão)
(EF15AR02) Explorar e reconhecer elementos constitutivos
das artes visuais (ponto, linha, forma, cor, espaço,
movimento etc.).
III – MATRIZES ESTÉTICAS E CULTURAIS
3. Os registros da Arte como forma de
expressão verbal/visual
3.1 Arte e Sociedade
3.2 Arte pré-histórica
3.3 Arte Indígena/Afrodescendente
3.4 Figura humana: O figurativo e o abstrato
(EF15AR03) Reconhecer e analisar a influência de distintas
matrizes estéticas e culturais das artes visuais nas
manifestações artísticas das culturas locais, regionais e
nacionais.
IV – MATERIALIDADES
4. Expressões artísticas:
4.1 Uno dimensional
4.2 Bi dimensional: Desenhos, pinturas ou
colagens
4.3 Tri dimensional
(EF15AR04) Experimentar diferentes formas de expressão
artística (desenho, pintura, colagem, quadrinhos, dobradura,
escultura, modelagem, instalação, vídeo, fotografia etc.),
fazendo uso sustentável de materiais, instrumentos,
recursos e técnicas convencionais e não convencionais.
V – PROCESSOS DE CRIAÇÃO
5. Fazer artístico
5.1 Apreciação, reflexão da natureza e da
sociedade através de imagens, fotos,
desenhos etc.
5.2 Leitura e produção de trabalhos artísticos
(EF15AR05) Experimentar a criação em artes visuais de
modo individual, coletivo e colaborativo, explorando
diferentes espaços da escola e da comunidade.
(EF15AR06) Dialogar sobre a sua criação e as dos colegas,
para alcançar sentidos plurais.
VI – SISTEMAS DA LINGUAGEM
6. Os artistas e as obras
6.1Os artistas que representam a sociedade.
6.2 Grandes artistas da cultura popular.
(EF15AR07) Reconhecer algumas categorias do sistema
das artes visuais (museus, galerias, instituições, artistas,
artesãos, curadores etc.).
DANÇA: A ARTE NA SOCIEDADE
OBJETOS DE CONHECIMENTO HABILIDADES
METODOLÁGIA
I – CONTEXTOS E PRÁTICAS
1. Movimentos corporais como ação
pertinente ao resgate e à criação da
dança.
(EF15AR08) Experimentar e apreciar formas distintas de
manifestações da dança presentes em diferentes contextos,
cultivando a percepção, o imaginário, a capacidade de
simbolizar e o repertório corporal.
 Promover um diálogo com os
alunos sobre o que conhecem
do corpo e sua percepção,
nomeando suas partes e
articulações, sem e com o uso
de material.
 Pesquisa sobre movimentos da
dança contemporânea indígena
e africana.
 Incentivar o aluno para que ele
crie a sua própria dança, por
meio de improvisações e a
concretização e/ou fixação
delas em sequências e
coreográficas.
 Incentive o ato criativo e
valorize o produto apresentado
para análise; não existe feio ou
bonito. Valorize pontos
positivos de cada aluno e as
criações em grupo.
II – ELEMENTOS DA LINGUAGEM
2. Eu e meu corpo:
2.1 Percepção das diferentes estruturas
corporais (pele, ossos, articulações,
músculos)
2.2 Organização gestual e motora (ações de
expandir, recolher, dobrar, esticar, torcer)
em seu desenvolvimento no espaço
(EF15AR09) Estabelecer relações entre as partes do corpo e
destas com o todo corporal na construção do movimento
dançado.
(EF15AR10) Experimentar diferentes formas de orientação no
espaço (deslocamentos, planos, direções, caminhos etc.) e
ritmos de movimento (lento, moderado e rápido) na construção
do movimento dançado.
III – PROCESSOS DE CRIAÇÃO
3. Experimentação, improvisação e
recriação de brincadeiras, jogos e danças
de diferentes repertórios culturais e
pessoais.
(EF15AR11) Criar e improvisar movimentos dançados de
modo individual, coletivo e colaborativo, considerando os
aspectos estruturais, dinâmicos e expressivos dos elementos
constitutivos do movimento, com base nos códigos de dança.
(EF15AR12) Discutir, com respeito e sem preconceito, as
experiências pessoais e coletivas em dança vivenciadas na
escola, como fonte para a construção de vocabulários e
repertórios próprios.
MÚSICA: A ARTE NA SOCIEDADE
OBJETOS DE CONHECIMENTO HABILIDADES METODOLÁGIA
I – CONTEXTOS E PRÁTICAS
1. A representação musical em
diferentes culturas;
(EF15AR13) Identificar e apreciar criticamente diversas formas
e gêneros de expressão musical, reconhecendo e analisando
os usos e as funções da música em diversos contextos de
circulação, em especial, aqueles da vida cotidiana.
 Confecção de instrumentos
musicais usando materiais
reciclado e demonstração de como
manuseá-los
 Sugerir que o aluno pesquise o
meio ambiente sonoro de sua
comunidade, levantando e
II – ELEMENTOS DA LINGUAGEM
2. Elementos básicos da música
2.1 Melodia, harmonia e ritmo
2.2 Sonoridades locais: sons, ruídos, falas.
(EF15AR14) Perceber e explorar os elementos constitutivos da
música (altura, intensidade, timbre, melodia, ritmo etc.), por
meio de jogos, brincadeiras, canções e práticas diversas de
composição/criação, execução e apreciação musical.
III – MATERIALIDADES
3. Elementos de comunicação musical
(EF15AR15) Explorar fontes sonoras diversas, como as
existentes no próprio corpo (palmas, voz, percussão corporal),
3.1 Exploração de fontes sonoras diversas,
como as existentes no próprio corpo
(palmas, voz, percussão corporal)
IV – NOTAÇÃO /REGISTRO MUSICAL
4. Escrita musical
4.1 Aspecto rítmico (duração),
4.2 Aspecto melódico – altura (gudo/grave);
4.3 Intensidade -sons fortes/ sons fracos
V – PROCESSOS DE CRIAÇÃO
Criação de danças que interliguem aspectos
naturais e modo como o corpo é percebido
no meio em que vive
OBJETOS DE CONHECIMENTO
I – C ONTEXTOS E PRÁTICAS
1. Eu e meu grupo:
1.1 Consciência corporal (expressividade)
II – ELEMENTOS DA LINGUAGEM
2. Elementos da linguagem teatral:
2.1 dramaturgia, gesto, espaço cênico,
figurino e sonoridades (ritmo, coro, voz e
sonoplastia);
III – PROCESSOS DE CRIAÇÃO
3. Trabalhar as linguagens teatrais:
3.1 Construção de personagens;
3.2 Improvisação;
3.3 Produção e leitura de cenas teatrais;
na natureza e em objetos cotidianos, reconhecendo os
elementos constitutivos da música e as características de
instrumentos musicais variados.
(EF15AR16) Explorar diferentes formas de registro musical
não convencional (representação gráfica de sons, partituras
criativas etc.), bem como procedimentos e técnicas de registro
em áudio e audiovisual, e reconhecer a notação musical
convencional.
(EF15AR17) Experimentar improvisações, composições e
sonorização de histórias, entre outros, utilizando vozes, sons
corporais e/ou instrumentos musicais convencionais ou não
convencionais, de modo individual, coletivo e colaborativo.
TEATRO: A ARTE NA SOCIEDADE
HABILIDADES
2. (EF15AR18) Reconhecer e apreciar formas distintas de
manifestações do teatro presentes em diferentes
contextos, aprendendo a ver e a ouvir histórias
dramatizadas e cultivando a percepção, o imaginário, a
capacidade de simbolizar e o repertório ficcional.
(EF15AR19) Descobrir teatralidades na vida cotidiana,
identificando elementos teatrais (variadas entonações de
voz, diferentes fisicalidades, diversidade de personagens e
narrativas etc.).
(EF15AR20) Experimentar o trabalho colaborativo, coletivo
e autoral em improvisações teatrais e processos narrativos
criativos em teatro, explorando desde a teatralidade dos
gestos e das ações do cotidiano até elementos de diferentes
matrizes estéticas e culturais.
(EF15AR21) Exercitar a imitação e o faz de conta,
ressignificando objetos e fatos e experimentando-se no lugar
do outro, ao compor e encenar acontecimentos cênicos, por
meio de músicas, imagens, textos ou outros pontos de
partida, de forma intencional e reflexiva.
(EF15AR22) Experimentar possibilidades criativas de
movimento e de voz na criação de um personagem teatral,
discutindo estereótipos.
comparando a quantidade e a
frequência de aparecimento de:
 Sons de natureza: pássaros, vento,
grilos, cachorros...
 Sons humanos: passos,
conversas, tosses, risadas...
 sons domésticos: panelas, portas,
descarga, campainha...
 sons industriais e tecnológicos:
relógios, buzinas, sirenes, carros...
METODOLOGIA
 Selecionar temas que instiguem
a criação do aluno em vista de
um progresso na aquisição e
domínioda linguagem teatral.
 Acrescentar outros elementos da
natureza e materiais recicláveis
para complementar a
ornamentação do ambiente
 Estimular os alunos a construir
uma trilha sonora utilizando a voz,
o corpo e instrumentos musicais
para acompanhar a ação.
ARTES INTEGRADAS: A ARTE NA SOCIEDADE
OBJETOS DE CONHECIMENTO HABILIDADES
METODOLÁGIA
I - PROCESSOS DE CRIAÇÃO
1. Projetos temáticos que reflita sobre as
questões sociais por meio de atividades
artísticas
(EF15AR23) Reconhecer e experimentar, em projetos
temáticos, as relações processuais entre diversas
linguagens artísticas.
 Promover interação entre o estudo
da arte e os diversos tipos de
expressões árticas presente na
natureza, fazendo a
interdisplinaridade entre a
disciplina de arte e as demais
disciplina do currículo.
 Incentivar o uso de material
reciclados para confecções de
brinquedos.
 Apresentar através de vídeos,
imagens, desenhos as diversas
obras de arte a partir de análises
das obras dos artistas que
representam a sociedade
brasileira.
II - MATRIZES ESTÉTICAS E CULTURAIS
2. Manifestações artísticas da cultura local
envolvendo brincadeiras, jogos, danças
(EF15AR24) Caracterizar e experimentar brinquedos,
brincadeiras, jogos, danças, canções e histórias de
diferentes matrizes estéticas e culturais.
III - PATRIMÔNIO CULTURAL
3. Manipulação de obras artísticas da
natureza e da sociedade através
produzidas ou não pelos estudantes
como: imagens, fotos, desenhos etc.
(EF15AR25) Conhecer e valorizar o patrimônio cultural,
material e imaterial, de culturas diversas, em especial a
brasileira, incluindo-se suas matrizes indígenas, africanas e
europeias, de diferentes épocas, favorecendo a construção
de vocabulário e repertório relativos às diferentes linguagens
artísticas.
IV- ARTE E TECNOLOGIA
4. Uso dos recursos tecnológicos na
produção, instalação, performance,
composição nas produções artísticas.
(EF15AR26) Explorar diferentes tecnologias e recursos
digitais (multimeios, animações, jogos eletrônicos,
gravações em áudio e vídeo, fotografia, softwares etc.) nos
processos de criação artística.
RECURSOS DIDÁTICOS
Dentre os recursos necessários para o ensino da arte podemos citar:
 Uso diário: Quadro acrílico, apagador, pinceis, cola colorida, fita métrica, folha de papel A4, lápis grafite (HB, 2B, 4B, 6B),fita crepe larga, sacos
de lixo, papel Kraft, régua de acrílico transparente, lápis de cor, pincel, tinta guache, giz de cera, cola, cartolina, ferramentas de entalhes, etc.
 Lúdicos: brincadeiras, jogos, faz-de-conta, leitura de histórias infantis, musicalização, danças, etc.
 Alternativos: Caixa de papelão, papel vegetal, lanterna, troncos, cipós, madeiras, pedras e cascas de arvores, entulho, sucata, argila, etc.
 Digitais: multimeios, animações, jogos eletrônicos, gravações em áudio e vídeo, fotografia, softwares etc.
AVALIAÇÃO
O processo de avaliação se dará de forma processual e qualitativa, considerando todos os aspectos do ensino da arte como a sua desenvoltura
durantes as atividades de teatro, filme, dança, música, pintura, expressão corporal, grafismos, etc. Dessa A avaliação será realizada durante o processo
de aprendizagem, utilizando diversos recursos para perceber o nível de compreensão dos estudantes: Participação do grupo nas atividades proposta,
Atitudes para melhorar os cuidados com a limpeza do colégio, da própria casa e da cidade e criação artística.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Artes 1 ao 5 ano
Artes 1 ao 5 anoArtes 1 ao 5 ano
Artes 1 ao 5 ano
Luciene Moreira
 
Linguagens da artes (conteudos )
Linguagens da artes (conteudos )Linguagens da artes (conteudos )
Linguagens da artes (conteudos )
graduartes
 
Plano de aula artes - 3ª avaliação
Plano de aula   artes - 3ª avaliaçãoPlano de aula   artes - 3ª avaliação
Plano de aula artes - 3ª avaliação
Renato Lima
 
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Adriana Mello
 
2º BIMESTRE - 2022 - Plano de ensino - ARTE.doc
2º BIMESTRE - 2022 - Plano de ensino - ARTE.doc2º BIMESTRE - 2022 - Plano de ensino - ARTE.doc
2º BIMESTRE - 2022 - Plano de ensino - ARTE.doc
Ricardo Agra
 
Plano de aula 1: Pinturas que Contam Histórias I: Arte Rupestre, Arte Egípcia...
Plano de aula 1: Pinturas que Contam Histórias I: Arte Rupestre, Arte Egípcia...Plano de aula 1: Pinturas que Contam Histórias I: Arte Rupestre, Arte Egípcia...
Plano de aula 1: Pinturas que Contam Histórias I: Arte Rupestre, Arte Egípcia...
Ana Beatriz Cargnin
 
Plano de ensino religião
Plano de ensino  religiãoPlano de ensino  religião
Plano de ensino religião
simonclark
 
Planejamento dança
Planejamento dançaPlanejamento dança
Planejamento dança
SimoneHelenDrumond
 
Plano de Aula de Artes.docx
Plano de Aula de Artes.docxPlano de Aula de Artes.docx
Plano de Aula de Artes.docx
GiovannaOliveira436544
 
PLANEJAMENTO 3° ANO.docx
PLANEJAMENTO 3° ANO.docxPLANEJAMENTO 3° ANO.docx
PLANEJAMENTO 3° ANO.docx
JasmimFlor
 
Apostila quem canta seus males espanta vol1
Apostila quem canta seus males espanta vol1Apostila quem canta seus males espanta vol1
Apostila quem canta seus males espanta vol1
SimoneHelenDrumond
 
Sequência de atividades despertar da cidadania_hino nacional
Sequência de atividades despertar da cidadania_hino nacionalSequência de atividades despertar da cidadania_hino nacional
Sequência de atividades despertar da cidadania_hino nacional
Adriana Melo
 
Avaliação arte musica
Avaliação arte musicaAvaliação arte musica
Avaliação arte musica
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova Artes 6° ano
Prova Artes 6° anoProva Artes 6° ano
Prova Artes 6° ano
Geo Honório
 
Apostila de Arte Ensino Fundamental I
Apostila de Arte Ensino Fundamental IApostila de Arte Ensino Fundamental I
Apostila de Arte Ensino Fundamental I
Eliane Sanches
 
Plano de aula 2º ano b
Plano de aula   2º ano bPlano de aula   2º ano b
Plano de aula 2º ano b
André Moraes
 
Plano de aula medida de comprimento
Plano de aula medida de comprimentoPlano de aula medida de comprimento
Plano de aula medida de comprimento
ivanetesantos
 
Plano de aula dia das mães
Plano de aula dia das mãesPlano de aula dia das mães
Plano de aula dia das mães
André Moraes
 
Símbolos do Natal
Símbolos do NatalSímbolos do Natal
Símbolos do Natal
Mary Alvarenga
 
Arte - plano de curso-2016
Arte  - plano de curso-2016Arte  - plano de curso-2016
Arte - plano de curso-2016
Mary Alvarenga
 

Mais procurados (20)

Artes 1 ao 5 ano
Artes 1 ao 5 anoArtes 1 ao 5 ano
Artes 1 ao 5 ano
 
Linguagens da artes (conteudos )
Linguagens da artes (conteudos )Linguagens da artes (conteudos )
Linguagens da artes (conteudos )
 
Plano de aula artes - 3ª avaliação
Plano de aula   artes - 3ª avaliaçãoPlano de aula   artes - 3ª avaliação
Plano de aula artes - 3ª avaliação
 
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
 
2º BIMESTRE - 2022 - Plano de ensino - ARTE.doc
2º BIMESTRE - 2022 - Plano de ensino - ARTE.doc2º BIMESTRE - 2022 - Plano de ensino - ARTE.doc
2º BIMESTRE - 2022 - Plano de ensino - ARTE.doc
 
Plano de aula 1: Pinturas que Contam Histórias I: Arte Rupestre, Arte Egípcia...
Plano de aula 1: Pinturas que Contam Histórias I: Arte Rupestre, Arte Egípcia...Plano de aula 1: Pinturas que Contam Histórias I: Arte Rupestre, Arte Egípcia...
Plano de aula 1: Pinturas que Contam Histórias I: Arte Rupestre, Arte Egípcia...
 
Plano de ensino religião
Plano de ensino  religiãoPlano de ensino  religião
Plano de ensino religião
 
Planejamento dança
Planejamento dançaPlanejamento dança
Planejamento dança
 
Plano de Aula de Artes.docx
Plano de Aula de Artes.docxPlano de Aula de Artes.docx
Plano de Aula de Artes.docx
 
PLANEJAMENTO 3° ANO.docx
PLANEJAMENTO 3° ANO.docxPLANEJAMENTO 3° ANO.docx
PLANEJAMENTO 3° ANO.docx
 
Apostila quem canta seus males espanta vol1
Apostila quem canta seus males espanta vol1Apostila quem canta seus males espanta vol1
Apostila quem canta seus males espanta vol1
 
Sequência de atividades despertar da cidadania_hino nacional
Sequência de atividades despertar da cidadania_hino nacionalSequência de atividades despertar da cidadania_hino nacional
Sequência de atividades despertar da cidadania_hino nacional
 
Avaliação arte musica
Avaliação arte musicaAvaliação arte musica
Avaliação arte musica
 
Prova Artes 6° ano
Prova Artes 6° anoProva Artes 6° ano
Prova Artes 6° ano
 
Apostila de Arte Ensino Fundamental I
Apostila de Arte Ensino Fundamental IApostila de Arte Ensino Fundamental I
Apostila de Arte Ensino Fundamental I
 
Plano de aula 2º ano b
Plano de aula   2º ano bPlano de aula   2º ano b
Plano de aula 2º ano b
 
Plano de aula medida de comprimento
Plano de aula medida de comprimentoPlano de aula medida de comprimento
Plano de aula medida de comprimento
 
Plano de aula dia das mães
Plano de aula dia das mãesPlano de aula dia das mães
Plano de aula dia das mães
 
Símbolos do Natal
Símbolos do NatalSímbolos do Natal
Símbolos do Natal
 
Arte - plano de curso-2016
Arte  - plano de curso-2016Arte  - plano de curso-2016
Arte - plano de curso-2016
 

Semelhante a ARTES - 3° ANO - ALINHADO A BNCC.docx

5ª Reunião
5ª Reunião5ª Reunião
4ª etapa 2° ciclo.docx
4ª etapa 2° ciclo.docx4ª etapa 2° ciclo.docx
4ª etapa 2° ciclo.docx
Ivete Diniz
 
PORTFÓLIO ARTE 1.docx
PORTFÓLIO ARTE 1.docxPORTFÓLIO ARTE 1.docx
PORTFÓLIO ARTE 1.docx
WeslleyDias8
 
Plano de Curso de Arte - 5º ano
Plano de Curso  de  Arte - 5º ano Plano de Curso  de  Arte - 5º ano
Plano de Curso de Arte - 5º ano
Mary Alvarenga
 
3ª etapa 1° ciclo.docx
3ª etapa 1° ciclo.docx3ª etapa 1° ciclo.docx
3ª etapa 1° ciclo.docx
Ivete Diniz
 
Eja.docx
Eja.docxEja.docx
Eja.docx
Ivete Diniz
 
6° PLANO ANUAL ARTES 2024.PPPPPPPPPPPPPP
6° PLANO ANUAL ARTES 2024.PPPPPPPPPPPPPP6° PLANO ANUAL ARTES 2024.PPPPPPPPPPPPPP
6° PLANO ANUAL ARTES 2024.PPPPPPPPPPPPPP
kelvindasilvadiasw
 
Pcn Arte
Pcn ArtePcn Arte
Pcn Arte
Beatriz
 
2023_EF_ Anos Finais_Arte.pdf
2023_EF_ Anos Finais_Arte.pdf2023_EF_ Anos Finais_Arte.pdf
2023_EF_ Anos Finais_Arte.pdf
ssuser9e0f8e
 
PdfFile(22).PDF
PdfFile(22).PDFPdfFile(22).PDF
PdfFile(22).PDF
JoaoAlves319493
 
OT O Ensino de Arte nas Series Iniciais
OT O Ensino de Arte nas Series IniciaisOT O Ensino de Arte nas Series Iniciais
OT O Ensino de Arte nas Series Iniciais
Claudia Elisabete Silva
 
PLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docx
PLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docxPLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docx
PLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docx
WeslleyDias8
 
Planejamento anual de Arte.docx-3° ano fundamental
Planejamento anual de Arte.docx-3° ano fundamentalPlanejamento anual de Arte.docx-3° ano fundamental
Planejamento anual de Arte.docx-3° ano fundamental
ericalara2620
 
8° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfppppppppppp
8° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfppppppppppp8° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfppppppppppp
8° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfppppppppppp
kelvindasilvadiasw
 
7° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfPPPPPPPPPPP
7° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfPPPPPPPPPPP7° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfPPPPPPPPPPP
7° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfPPPPPPPPPPP
kelvindasilvadiasw
 
OTMs artes
OTMs artesOTMs artes
OTMs artes
Carlindamaria
 
Otm artes
Otm artesOtm artes
Otm artes
elannialins
 
Otm artes
Otm artesOtm artes
Otm artes
Flávia Maria
 
PLANO BNCC 3.pdf
PLANO BNCC 3.pdfPLANO BNCC 3.pdf
PLANO BNCC 3.pdf
WeslleyDias8
 
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf
AndreiaAlves223883
 

Semelhante a ARTES - 3° ANO - ALINHADO A BNCC.docx (20)

5ª Reunião
5ª Reunião5ª Reunião
5ª Reunião
 
4ª etapa 2° ciclo.docx
4ª etapa 2° ciclo.docx4ª etapa 2° ciclo.docx
4ª etapa 2° ciclo.docx
 
PORTFÓLIO ARTE 1.docx
PORTFÓLIO ARTE 1.docxPORTFÓLIO ARTE 1.docx
PORTFÓLIO ARTE 1.docx
 
Plano de Curso de Arte - 5º ano
Plano de Curso  de  Arte - 5º ano Plano de Curso  de  Arte - 5º ano
Plano de Curso de Arte - 5º ano
 
3ª etapa 1° ciclo.docx
3ª etapa 1° ciclo.docx3ª etapa 1° ciclo.docx
3ª etapa 1° ciclo.docx
 
Eja.docx
Eja.docxEja.docx
Eja.docx
 
6° PLANO ANUAL ARTES 2024.PPPPPPPPPPPPPP
6° PLANO ANUAL ARTES 2024.PPPPPPPPPPPPPP6° PLANO ANUAL ARTES 2024.PPPPPPPPPPPPPP
6° PLANO ANUAL ARTES 2024.PPPPPPPPPPPPPP
 
Pcn Arte
Pcn ArtePcn Arte
Pcn Arte
 
2023_EF_ Anos Finais_Arte.pdf
2023_EF_ Anos Finais_Arte.pdf2023_EF_ Anos Finais_Arte.pdf
2023_EF_ Anos Finais_Arte.pdf
 
PdfFile(22).PDF
PdfFile(22).PDFPdfFile(22).PDF
PdfFile(22).PDF
 
OT O Ensino de Arte nas Series Iniciais
OT O Ensino de Arte nas Series IniciaisOT O Ensino de Arte nas Series Iniciais
OT O Ensino de Arte nas Series Iniciais
 
PLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docx
PLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docxPLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docx
PLANEJAMENTO ANUAL REDE ARTE 2022 corrigido-convertido.docx
 
Planejamento anual de Arte.docx-3° ano fundamental
Planejamento anual de Arte.docx-3° ano fundamentalPlanejamento anual de Arte.docx-3° ano fundamental
Planejamento anual de Arte.docx-3° ano fundamental
 
8° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfppppppppppp
8° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfppppppppppp8° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfppppppppppp
8° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfppppppppppp
 
7° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfPPPPPPPPPPP
7° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfPPPPPPPPPPP7° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfPPPPPPPPPPP
7° PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfPPPPPPPPPPP
 
OTMs artes
OTMs artesOTMs artes
OTMs artes
 
Otm artes
Otm artesOtm artes
Otm artes
 
Otm artes
Otm artesOtm artes
Otm artes
 
PLANO BNCC 3.pdf
PLANO BNCC 3.pdfPLANO BNCC 3.pdf
PLANO BNCC 3.pdf
 
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf
1º Período - Ensino Fundamental_EJA_PLANO_DE_CURSO_2024.pdf
 

Último

Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
marcos oliveira
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 

Último (20)

Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 

ARTES - 3° ANO - ALINHADO A BNCC.docx

  • 1. PLANEJAMENTO ANUAL DE ARTES 3º ANO ALINHADO À BNCC ESCOLA ESTADUAL PRESIDENTE TANCREDO NEVES Professor(a): Turma: 3 ano /2022 COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS  Explorar, conhecer,fruir e analisar criticamente práticas e produçõesartísticas e culturais do seu entorno social, dos povos indígenas,das comunidades tradicionais brasileiras e de diversas sociedades,em distintos tempos e espaços,para reconhecera arte como um fenômeno cultural, histórico, social e sensívela diferentes contextos e dialogar com as diversidades.  "Compreender as relações entre as linguagens da Arte e suas práticas integradas, inclusive aquelas possibilitadas pelo uso das novas tecnologias de informação e comunicação, pelo cinema e pelo audiovisual, nas condiçõesparticulares de produção, na prática de cada linguagem e nas suas articulações."  Pesquisar e conhecerdistintas matrizes estéticas e culturais – especialmente aquelas manifestas na arte e nas culturas que constituem a identidade brasileira –, sua tradição e manifestaçõescontemporâneas, reelaborando-as nas criações em Arte.  Experienciar a ludicidade, a percepção, a expressividadee a imaginação, ressignificandoespaçosda escolae de fora dela no âmbito da Arte.  Mobilizar recursos tecnológicoscomo formas de registro, pesquisae criação artística.  Estabelecer relações entre arte, mídia, mercado e consumo, compreendendo, de formacrítica e problematizadora, modos de produção e de circulação da arte na sociedade.  Problematizar questões políticas,sociais,econômicas,científicas,tecnológicas e culturais, por meio de exercícios, produções,intervenções e apresentações artísticas.  Desenvolvera autonomia, a crítica, a autoria e o trabalho coletivo e colaborativo nas artes.  Analisar e valorizar o patrimônio artístico nacional e internacional, material e imaterial, com suas histórias e diferentes visões de mundo.
  • 2. ARTES VISUAIS: A ARTE NA SOCIEDADE OBJETOS DE CONHECIMENTO HABILIDADES SUGESTÕES METODOLÁGICAS I – CONTEXTOS E PRÁTICAS 1. Leitura de imagens e texto sobre: 1.1 Natureza e sociedade. 1.2 Arte Pré-histórica 1.3 Arte Indígena/ Arte Afrodescendente 1.4 Figura humana: O figurativo e o abstrato (EF15AR01) Identificar e apreciar formas distintas das artes visuais tradicionais e contemporâneas, cultivando a percepção, o imaginário, a capacidade de simbolizar e o repertório imagético.  Leitura de imagens.  Atividade prática individual de pintura, colagem com o tema retrato/auto retrato.  Vivências sonoras e confecção de instrumentos de origem indígena e africana a partir da compreensão de sua materialidade.  Promover oficinas de arte utilizando folhas, gravetos secos encontrados no pátio da escola.  Promover debates sobre sustentabilidade, apontando as possibilidades de aproveitamento de diversos materiais.  Produzir esculturas ou trabalhos bidimensional ou tridimensional com materiais reciclados como madeiras, pedras e cascas de arvores, entulho, etc.  Incentivas a pesquisa sobre os elementos que compõem a natureza  Socializar os trabalhos e colocar no mural da escola. . II – ELEMENTOS DA LINGUAGEM 2. Elementos constitutivos: 2.1 Cor, natureza e sociedade 2.2 luz e sombra; 2.3 Policromia; 2.4 Composição plástica: (Espaço, Proporção, Movimento, Bi dimensão e Tri dimensão) (EF15AR02) Explorar e reconhecer elementos constitutivos das artes visuais (ponto, linha, forma, cor, espaço, movimento etc.). III – MATRIZES ESTÉTICAS E CULTURAIS 3. Os registros da Arte como forma de expressão verbal/visual 3.1 Arte e Sociedade 3.2 Arte pré-histórica 3.3 Arte Indígena/Afrodescendente 3.4 Figura humana: O figurativo e o abstrato (EF15AR03) Reconhecer e analisar a influência de distintas matrizes estéticas e culturais das artes visuais nas manifestações artísticas das culturas locais, regionais e nacionais. IV – MATERIALIDADES 4. Expressões artísticas: 4.1 Uno dimensional 4.2 Bi dimensional: Desenhos, pinturas ou colagens 4.3 Tri dimensional (EF15AR04) Experimentar diferentes formas de expressão artística (desenho, pintura, colagem, quadrinhos, dobradura, escultura, modelagem, instalação, vídeo, fotografia etc.), fazendo uso sustentável de materiais, instrumentos, recursos e técnicas convencionais e não convencionais. V – PROCESSOS DE CRIAÇÃO 5. Fazer artístico 5.1 Apreciação, reflexão da natureza e da sociedade através de imagens, fotos, desenhos etc. 5.2 Leitura e produção de trabalhos artísticos (EF15AR05) Experimentar a criação em artes visuais de modo individual, coletivo e colaborativo, explorando diferentes espaços da escola e da comunidade. (EF15AR06) Dialogar sobre a sua criação e as dos colegas, para alcançar sentidos plurais. VI – SISTEMAS DA LINGUAGEM 6. Os artistas e as obras 6.1Os artistas que representam a sociedade. 6.2 Grandes artistas da cultura popular. (EF15AR07) Reconhecer algumas categorias do sistema das artes visuais (museus, galerias, instituições, artistas, artesãos, curadores etc.).
  • 3. DANÇA: A ARTE NA SOCIEDADE OBJETOS DE CONHECIMENTO HABILIDADES METODOLÁGIA I – CONTEXTOS E PRÁTICAS 1. Movimentos corporais como ação pertinente ao resgate e à criação da dança. (EF15AR08) Experimentar e apreciar formas distintas de manifestações da dança presentes em diferentes contextos, cultivando a percepção, o imaginário, a capacidade de simbolizar e o repertório corporal.  Promover um diálogo com os alunos sobre o que conhecem do corpo e sua percepção, nomeando suas partes e articulações, sem e com o uso de material.  Pesquisa sobre movimentos da dança contemporânea indígena e africana.  Incentivar o aluno para que ele crie a sua própria dança, por meio de improvisações e a concretização e/ou fixação delas em sequências e coreográficas.  Incentive o ato criativo e valorize o produto apresentado para análise; não existe feio ou bonito. Valorize pontos positivos de cada aluno e as criações em grupo. II – ELEMENTOS DA LINGUAGEM 2. Eu e meu corpo: 2.1 Percepção das diferentes estruturas corporais (pele, ossos, articulações, músculos) 2.2 Organização gestual e motora (ações de expandir, recolher, dobrar, esticar, torcer) em seu desenvolvimento no espaço (EF15AR09) Estabelecer relações entre as partes do corpo e destas com o todo corporal na construção do movimento dançado. (EF15AR10) Experimentar diferentes formas de orientação no espaço (deslocamentos, planos, direções, caminhos etc.) e ritmos de movimento (lento, moderado e rápido) na construção do movimento dançado. III – PROCESSOS DE CRIAÇÃO 3. Experimentação, improvisação e recriação de brincadeiras, jogos e danças de diferentes repertórios culturais e pessoais. (EF15AR11) Criar e improvisar movimentos dançados de modo individual, coletivo e colaborativo, considerando os aspectos estruturais, dinâmicos e expressivos dos elementos constitutivos do movimento, com base nos códigos de dança. (EF15AR12) Discutir, com respeito e sem preconceito, as experiências pessoais e coletivas em dança vivenciadas na escola, como fonte para a construção de vocabulários e repertórios próprios. MÚSICA: A ARTE NA SOCIEDADE OBJETOS DE CONHECIMENTO HABILIDADES METODOLÁGIA I – CONTEXTOS E PRÁTICAS 1. A representação musical em diferentes culturas; (EF15AR13) Identificar e apreciar criticamente diversas formas e gêneros de expressão musical, reconhecendo e analisando os usos e as funções da música em diversos contextos de circulação, em especial, aqueles da vida cotidiana.  Confecção de instrumentos musicais usando materiais reciclado e demonstração de como manuseá-los  Sugerir que o aluno pesquise o meio ambiente sonoro de sua comunidade, levantando e II – ELEMENTOS DA LINGUAGEM 2. Elementos básicos da música 2.1 Melodia, harmonia e ritmo 2.2 Sonoridades locais: sons, ruídos, falas. (EF15AR14) Perceber e explorar os elementos constitutivos da música (altura, intensidade, timbre, melodia, ritmo etc.), por meio de jogos, brincadeiras, canções e práticas diversas de composição/criação, execução e apreciação musical. III – MATERIALIDADES 3. Elementos de comunicação musical (EF15AR15) Explorar fontes sonoras diversas, como as existentes no próprio corpo (palmas, voz, percussão corporal),
  • 4. 3.1 Exploração de fontes sonoras diversas, como as existentes no próprio corpo (palmas, voz, percussão corporal) IV – NOTAÇÃO /REGISTRO MUSICAL 4. Escrita musical 4.1 Aspecto rítmico (duração), 4.2 Aspecto melódico – altura (gudo/grave); 4.3 Intensidade -sons fortes/ sons fracos V – PROCESSOS DE CRIAÇÃO Criação de danças que interliguem aspectos naturais e modo como o corpo é percebido no meio em que vive OBJETOS DE CONHECIMENTO I – C ONTEXTOS E PRÁTICAS 1. Eu e meu grupo: 1.1 Consciência corporal (expressividade) II – ELEMENTOS DA LINGUAGEM 2. Elementos da linguagem teatral: 2.1 dramaturgia, gesto, espaço cênico, figurino e sonoridades (ritmo, coro, voz e sonoplastia); III – PROCESSOS DE CRIAÇÃO 3. Trabalhar as linguagens teatrais: 3.1 Construção de personagens; 3.2 Improvisação; 3.3 Produção e leitura de cenas teatrais; na natureza e em objetos cotidianos, reconhecendo os elementos constitutivos da música e as características de instrumentos musicais variados. (EF15AR16) Explorar diferentes formas de registro musical não convencional (representação gráfica de sons, partituras criativas etc.), bem como procedimentos e técnicas de registro em áudio e audiovisual, e reconhecer a notação musical convencional. (EF15AR17) Experimentar improvisações, composições e sonorização de histórias, entre outros, utilizando vozes, sons corporais e/ou instrumentos musicais convencionais ou não convencionais, de modo individual, coletivo e colaborativo. TEATRO: A ARTE NA SOCIEDADE HABILIDADES 2. (EF15AR18) Reconhecer e apreciar formas distintas de manifestações do teatro presentes em diferentes contextos, aprendendo a ver e a ouvir histórias dramatizadas e cultivando a percepção, o imaginário, a capacidade de simbolizar e o repertório ficcional. (EF15AR19) Descobrir teatralidades na vida cotidiana, identificando elementos teatrais (variadas entonações de voz, diferentes fisicalidades, diversidade de personagens e narrativas etc.). (EF15AR20) Experimentar o trabalho colaborativo, coletivo e autoral em improvisações teatrais e processos narrativos criativos em teatro, explorando desde a teatralidade dos gestos e das ações do cotidiano até elementos de diferentes matrizes estéticas e culturais. (EF15AR21) Exercitar a imitação e o faz de conta, ressignificando objetos e fatos e experimentando-se no lugar do outro, ao compor e encenar acontecimentos cênicos, por meio de músicas, imagens, textos ou outros pontos de partida, de forma intencional e reflexiva. (EF15AR22) Experimentar possibilidades criativas de movimento e de voz na criação de um personagem teatral, discutindo estereótipos. comparando a quantidade e a frequência de aparecimento de:  Sons de natureza: pássaros, vento, grilos, cachorros...  Sons humanos: passos, conversas, tosses, risadas...  sons domésticos: panelas, portas, descarga, campainha...  sons industriais e tecnológicos: relógios, buzinas, sirenes, carros... METODOLOGIA  Selecionar temas que instiguem a criação do aluno em vista de um progresso na aquisição e domínioda linguagem teatral.  Acrescentar outros elementos da natureza e materiais recicláveis para complementar a ornamentação do ambiente  Estimular os alunos a construir uma trilha sonora utilizando a voz, o corpo e instrumentos musicais para acompanhar a ação.
  • 5. ARTES INTEGRADAS: A ARTE NA SOCIEDADE OBJETOS DE CONHECIMENTO HABILIDADES METODOLÁGIA I - PROCESSOS DE CRIAÇÃO 1. Projetos temáticos que reflita sobre as questões sociais por meio de atividades artísticas (EF15AR23) Reconhecer e experimentar, em projetos temáticos, as relações processuais entre diversas linguagens artísticas.  Promover interação entre o estudo da arte e os diversos tipos de expressões árticas presente na natureza, fazendo a interdisplinaridade entre a disciplina de arte e as demais disciplina do currículo.  Incentivar o uso de material reciclados para confecções de brinquedos.  Apresentar através de vídeos, imagens, desenhos as diversas obras de arte a partir de análises das obras dos artistas que representam a sociedade brasileira. II - MATRIZES ESTÉTICAS E CULTURAIS 2. Manifestações artísticas da cultura local envolvendo brincadeiras, jogos, danças (EF15AR24) Caracterizar e experimentar brinquedos, brincadeiras, jogos, danças, canções e histórias de diferentes matrizes estéticas e culturais. III - PATRIMÔNIO CULTURAL 3. Manipulação de obras artísticas da natureza e da sociedade através produzidas ou não pelos estudantes como: imagens, fotos, desenhos etc. (EF15AR25) Conhecer e valorizar o patrimônio cultural, material e imaterial, de culturas diversas, em especial a brasileira, incluindo-se suas matrizes indígenas, africanas e europeias, de diferentes épocas, favorecendo a construção de vocabulário e repertório relativos às diferentes linguagens artísticas. IV- ARTE E TECNOLOGIA 4. Uso dos recursos tecnológicos na produção, instalação, performance, composição nas produções artísticas. (EF15AR26) Explorar diferentes tecnologias e recursos digitais (multimeios, animações, jogos eletrônicos, gravações em áudio e vídeo, fotografia, softwares etc.) nos processos de criação artística. RECURSOS DIDÁTICOS Dentre os recursos necessários para o ensino da arte podemos citar:  Uso diário: Quadro acrílico, apagador, pinceis, cola colorida, fita métrica, folha de papel A4, lápis grafite (HB, 2B, 4B, 6B),fita crepe larga, sacos de lixo, papel Kraft, régua de acrílico transparente, lápis de cor, pincel, tinta guache, giz de cera, cola, cartolina, ferramentas de entalhes, etc.  Lúdicos: brincadeiras, jogos, faz-de-conta, leitura de histórias infantis, musicalização, danças, etc.  Alternativos: Caixa de papelão, papel vegetal, lanterna, troncos, cipós, madeiras, pedras e cascas de arvores, entulho, sucata, argila, etc.  Digitais: multimeios, animações, jogos eletrônicos, gravações em áudio e vídeo, fotografia, softwares etc. AVALIAÇÃO O processo de avaliação se dará de forma processual e qualitativa, considerando todos os aspectos do ensino da arte como a sua desenvoltura durantes as atividades de teatro, filme, dança, música, pintura, expressão corporal, grafismos, etc. Dessa A avaliação será realizada durante o processo de aprendizagem, utilizando diversos recursos para perceber o nível de compreensão dos estudantes: Participação do grupo nas atividades proposta, Atitudes para melhorar os cuidados com a limpeza do colégio, da própria casa e da cidade e criação artística.