SlideShare uma empresa Scribd logo
Objetivos Gerais:
Capacitar as formandas por meio do aperfeiçoamento dos
conhecimentos sobre as ferramentas e estratégias que otimizam a
gestão dos negócios, bem como disponibilizar algumas noções sobre
conceitos e funções básicas para manter e gerir o próprio negócio.
Duração do Módulo: 15 Horas
Local de Realização: ACIB – Formação - Barcelos
Elaborado por: Fátima Morais, 2014
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
1
Resumo:
A sustentabilidade das organizações
Os 3 Pilares da Sustentabilidade
Normas e Certificações
Certificação de Sistemas de Gestão Qualidade (ISO 9001:2000);
Certificação de Sistemas de Gestão Ambiental (ISO 14001:2004);
Certificação de Sistemas de Gestão da Saúde e Segurança no Trabalho (OSHAS
18001:2007);
Certificação de Sistemas de Gestão Integrados
Certificação de Outros Sistemas de Gestão
A Importância da Certificação para a Sustentabilidade das
Organizações
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
2
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
3
Sustentabilidade das organizações
“O objetivo do desenvolvimento sustentável é “satisfazer as necessidades
do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras
satisfazerem as suas próprias necessidades”. As várias organizações
existentes – forças impulsionadoras da sociedade – têm um importante papel a
desempenhar para se atingir este objetivo.”
https://www.globalreporting.org/Pages/default.aspx
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Sustentabilidade das organizações
4
Assim, a Sustentabilidade, hoje:
 é uma preocupação inquestionável para as empresas
 não é apenas económica
 tem uma “fronteira” que ultrapassa em muito as paredes da
empresa
 tem um horizonte temporal muito alargado
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Sustentabilidade das organizações
5
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Pilares da sustentabilidade
6
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
7
Direitos Humanos
Direitos dos Trabalhadores
Envolvimento com a
comunidade
Transparência
Ética empresarial
Proteção Ambiental
Recursos renováveis
Ecoeficiência
Gestão de Resíduos
Gestão de Risco
Resultado económico
Direitos dos acionistas
Competitividade
Relação entre clientes e
fornecedores
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
8
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Normas e Certificações
9
A certificação é um ato voluntário!
• Forma de Resposta eficiente às exigências do Mercado, para
sobreviver num ambiente altamente competitivo.
• Sistemas de Gestão consistem na gestão dos processos ou atividades
da organização, cumprindo os requisitos exigidos pelos seus clientes e
pela legislação em vigor e melhorando continuamente o desempenho
da organização e o nível de satisfação do cliente.
• Qualquer organização pode recorrer a esta ferramenta de gestão,
independentemente da sua dimensão, do seu produto/serviço ou do
seu sector de atividade.
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Normas e Certificações
10
Pilar Económico:
• ISO 9001 – Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade
• NP4457 – Certificação de Sistemas de Gestão da Investigação,
Desenvolvimento e Inovação
Pilar Ambiental:
• ISO 14001 - Certificação de Sistemas de Gestão Ambiental
• EMAS – Verificação do Sistema de Gestão Ambiental
• CELE – Comércio Europeu de Licenças de Emissão (verificação)
• SEVESO (SGSPAG) – Verificação de Sistemas de Gestão de Segurança
para a Prevenção de Acidentes Graves
• GFS – Gestão Florestal Sustentável
• CdR – Cadeia da Responsabilidade
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Normas e Certificações
11
Pilar Social:
• OHSAS18001/NP4397 – Certificação de Sistemas de Gestão da Segurança e
• Saúde do Trabalho
• SA8000 – Certificação de Sistemas de Gestão de Responsabilidade
• Social
• NP4469-1/ISO26000 – Certificação de Sistemas de Gestão de
Responsabilidade
• Social
• NP 4427 – Certificação de Sistemas de Gestão de Recursos Humanos
• Normas EFR – Entidades Familiarmente Responsáveis
Sustentabilidade:
• AA1000 – Verificação de Relatórios de Sustentabilidade
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Normas e Certificações
12
A ISO 9001:2008 É focalizada na Eficácia do Sistema de Gestão da
Qualidade (SGQ) da Empresa em compreender e satisfazer (ou
mesmo exceder):
• Requisitos
• Necessidades
• Expectativas
• Exigências
dos clientes e das partes interessadas
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
ISO 9001:2008
13
Os 3 Principais Objetivos da Certificação do SGQ:
• Realizar e manter a qualidade dos produtos ou serviços a fim de
satisfazer continuamente as necessidades explicitas ou implícitas
do cliente;
• Proporcionar confiança ao cliente, e de outras partes interessadas,
de que a qualidade desejada, dos produtos e serviços, é atingida e
mantida;
• Permitir a integração de oportunidades de melhoria de forma
sistemática, controlada e contínua;
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
ISO 9001:2008
14
Ter um Sistema de Gestão Ambiental de acordo com a ISO 14001 significa
que:
• São identificados todos os impactes que a empresa tem sobre o ambiente;
• Conhece-se o que está a ser feito para gerir e melhorar esses impactes;
• Implementa-se uma boa gestão ambiental em todos os planos futuros e no
seio da empresa;
• Existe a certeza de que se identificou e se compreendeu todos os
requisitos legais relacionados com o negócio e que estes vão ser
cumpridos.
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
ISO 14001:2004
15
Objetivo da Certificação do SGA:
• Tomar ações no sentido de minimizar os efeitos nocivos das
atividades da empresa sobre o ambiente e melhorar
permanentemente o seu desempenho.
• A empresa evidencia que é capaz de demonstrar a qualidade da
sua atividade do ponto de vista da proteção ambiental e da
prevenção da poluição.
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
ISO 14001:2004
16
Porquê ter um Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho
(SST):
• n.º significativo de acidentes de trabalho;
• doenças profissionais;
• razões éticas e legais;
• perigos e riscos da atividade;
O estabelecimento de um Sistema de Gestão da SST não é obrigatório, no
entanto cada vez mais as organizações entendem a sua pertinência como
forma de darem resposta a requisitos legais e/ou regulamentares
associados às atividades desenvolvidas, de um modo mais sistemático e
coerente.
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
OSHAS 18001:2007/NP4397:2001
17
Objetivo da Certificação do SGSST
• Tomar ações no sentido de dotar a organização de capacidade de
controlo dos seus riscos em termos de saúde e segurança e,
assim, melhorar o seu desempenho.
• A empresa evidencia que adota uma abordagem estruturada para a
identificação dos perigos e para a avaliação e controlo dos riscos
profissionais, tendo em vista a proteção da saúde dos
colaboradores e a prevenção de acidentes de trabalho e doenças
profissionais.
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
OSHAS 18001:2007/NP4397:2001
18
Certificação do Sistema de Responsabilidade Social (SA 8000/NP
4469):
• Atualmente verifica-se uma tendência para um crescente
investimento em empresas que observam critérios sociais
específicos, em detrimento de outras que não o fazem.
• A adoção de uma norma de responsabilidade social obriga a uma
total transparência das atividades das empresas, oferecendo mais
segurança aos investidores e uma maior valorização da imagem da
empresa. Em muitos casos, este fator é importante na decisão de
compra.
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
SA 8000/NP 4469
19
Vantagens da certificação em termos de Responsabilidade Social:
– Reputação na Gestão;
– Gestão de Risco;
– Recrutamento e Motivação;
– Relacionamento com Investidores;
– Inovação e Aprendizagem;
– Posição de Mercado e Competitividade;
– Eficiência Operacional.
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
SA 8000/NP 4469
20
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Certificação de Sistemas Integrados
21
• As normas 9001, 14001 e 18001 apresentam princípios comuns;
• Os três sistemas são sub-sistemas do Sistema de Gestão Geral da
Empresa;
• Fornece uma abordagem sistemática de todas as atividades que
possam influenciar a Qualidade e ou/ Ambiente e/ou a Segurança;
• Aproximação de acordo com os princípios da melhoria contínua às
várias vertentes da gestão da organização;
• A melhor forma de gerir internamente aspetos que podem entrar em
conflito;
• Elimina as dúvidas acerca de responsabilidades;
• Redução de custos por economia de escala;
• Redução de auditorias externas.
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Certificação de Sistemas Integrados
22
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
23
Outros sistemas de gestão
Certificação do Sistema de Segurança Alimentar (ISO 22000)
Perspetiva de uma cadeia integrada
• Da produção primária ao ponto de consumo: incluí desde as atividades de produção
ao, transporte, armazenamento, distribuição a atividades conexas (empresas
produtoras de aditivos, embalagens, equipamentos, produtos de limpeza; empresas
prestadoras de serviços de transporte, Controlo de pragas,… )
• Relevância da comunicação: para montante e jusante, responsabilidades de cada
interveniente, fluxo de informação sobre perigos específicos de cada etapa da cadeia
Sistema de gestão
• Componente de planeamento e melhoria contínua: política e objetivos, sistema
dinâmico
• Requisitos auditáveis e integráveis: abordagem sistemática e coerente
• Identificação e cumprimento dos requisitos legais/estatutários e dos requisitos do
Cliente/Consumidor: em linha com nova regulamentação europeia, CBP, publicações
do Codex
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
ISO 22000 – Segurança Alimentar
24
Certificação do Sistema de Gestão de Investigação,
Desenvolvimento e Inovação (NP 4457)
Todos os requisitos desta Norma são aplicáveis a organizações com
atividades de investigação, desenvolvimento e inovação,
independentemente da sua dimensão e complexidade e da natureza
das suas atividades. Esta norma é aplicável a qualquer tipo de
inovação: de produtos (bens e serviços), de processos, organizacional,
de marketing ou uma combinação destas.
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
NP 4457 - IDI
25
Certificação do Sistema de Gestão de Recursos Humanos (NP 4427)
Esta norma Portuguesa foi desenvolvida para responder à necessidade
sentida pelos interessados na existência de uma norma aplicável a
Sistemas de Gestão de Recursos Humanos (RH) relativamente à qual
possam ser avaliados e ter os seus sistemas certificados.
• O sistema de Gestão de Recursos Humanos deve ser concebido e
desenvolvido como um todo integrado na organização, isto é, na sua
missão, visão, valores e princípios estratégicos estabelecidos pela
gestão de topo.
• Uma boa gestão de todo este processo irá garantir que o propósito de
atrair, manter e desenvolver pessoas será cumprido e que o grau de
satisfação e de motivação de todos, os mantêm laços laborais com a
organização será o desejado.
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
NP 4427 - RH
26
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Importância da certificação
27
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Importância da certificação
28
Pilar Económico:
• A certificação de sistemas de gestão da qualidade que visam
melhoria contínua do desempenho global de uma Organização,
através da satisfação dos clientes;
• A certificação de sistemas de gestão de IDI (Investigação,
Desenvolvimento e Inovação) que permite que as organizações
acompanhem o desenvolvimento tecnológico de forma a antecipar o
mercado e identificar oportunidades de melhoria;
• A certificação de sistemas de gestão da continuidade do negócio,
que visa a minimização do risco a que uma organização está sujeita
numa situação adversa.
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Importância da certificação
29
Pilar Ambiental:
• A certificação de sistemas de gestão ambiental destina-se às
organizações que estão preocupadas com os seus impactes
ambientais e que pretendem contribuir de forma positiva para a
sustentabilidade
• A integração das questões ambientais nos sistemas de gestão das
organizações tem um papel inquestionável na satisfação das partes
interessadas, ao assegurar a otimização da utilização dos recursos
naturais, a proteção do ambiente e a redução da poluição, através
da gestão do impacte das suas atividades
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
Importância da certificação
30
Pilar Social:
• A certificação de sistemas de gestão da segurança e saúde do
trabalho, que visa a melhoria da satisfação e motivação dos
colaboradores pela promoção e garantia de um ambiente de
trabalho seguro e saudável
• A certificação de sistemas de gestão da responsabilidade social,
tanto pela SA8000 como pela NP4469/ISO26000, são orientados
para o incremento da capacidade competitiva de qualquer
organização que voluntariamente garanta a componente ética do
seu processo e ciclo produtivo
Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST
31
Pequenas atitudes fazem a diferença!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Abnt nbr-iso-9001-2008-para-treinamento-rev1
Abnt nbr-iso-9001-2008-para-treinamento-rev1Abnt nbr-iso-9001-2008-para-treinamento-rev1
Abnt nbr-iso-9001-2008-para-treinamento-rev1
aparadoxo
 
Aula 2 iso 9000
Aula 2 iso 9000Aula 2 iso 9000
Aula 2 iso 9000
José Paulo Alves Fusco
 
Gestão da Qualidade Total na Petrobrás
Gestão da Qualidade Total na PetrobrásGestão da Qualidade Total na Petrobrás
Gestão da Qualidade Total na Petrobrás
Augusto Canuto
 
Modelo de manual da qualidade
Modelo de manual da qualidadeModelo de manual da qualidade
Modelo de manual da qualidade
Sandra Silva
 
Apresentação Institucional Quality Assurance
Apresentação Institucional Quality AssuranceApresentação Institucional Quality Assurance
Apresentação Institucional Quality Assurance
qaconsultoria
 
Anexo 1 Conceitos GestãO Qualidade Sig
Anexo 1   Conceitos GestãO Qualidade SigAnexo 1   Conceitos GestãO Qualidade Sig
Anexo 1 Conceitos GestãO Qualidade Sig
guestb3227e
 
O que é ISO
O que é ISOO que é ISO
O que é ISO
elliando dias
 
CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE: ISO
CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE: ISOCERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE: ISO
CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE: ISO
Eder Nogueira
 
Portfolio 9001:2015
Portfolio 9001:2015Portfolio 9001:2015
Portfolio 9001:2015
Ricardo Apolinario
 
Aula de Certificação e Normatização
Aula de Certificação e NormatizaçãoAula de Certificação e Normatização
Aula de Certificação e Normatização
( UFS ) Universidade Federal de Sergipe
 
Princípios da gestão de qualidade_ Aula de Controle e Qualidade
Princípios da gestão de qualidade_ Aula de Controle e QualidadePrincípios da gestão de qualidade_ Aula de Controle e Qualidade
Princípios da gestão de qualidade_ Aula de Controle e Qualidade
Vitor Reis
 
InterpretaçãO Iso 9001 2008
InterpretaçãO Iso 9001 2008InterpretaçãO Iso 9001 2008
InterpretaçãO Iso 9001 2008
Andréa Borges
 
Qualidade Manual Pedagogico Joao Jose Saraiva Da Fonseca
Qualidade   Manual Pedagogico Joao Jose Saraiva Da FonsecaQualidade   Manual Pedagogico Joao Jose Saraiva Da Fonseca
Qualidade Manual Pedagogico Joao Jose Saraiva Da Fonseca
guest8096
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
IsabelMaria77
 
Aula 04 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 4 e 5
Aula 04 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 4 e 5Aula 04 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 4 e 5
Aula 04 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 4 e 5
Claudio Bernardi Stringari
 
Leitura e interpretação iso 9000
Leitura e interpretação iso 9000Leitura e interpretação iso 9000
Leitura e interpretação iso 9000
Consultoria empresarial
 
Revisão geral ISO 9001
Revisão geral ISO 9001Revisão geral ISO 9001
Revisão geral ISO 9001
Rogério Souza
 
Palestra iso 9001 ej ros (1)
Palestra iso 9001 ej ros (1)Palestra iso 9001 ej ros (1)
Palestra iso 9001 ej ros (1)
Cesar Gonçalves
 
Qualidade segurança e ambiente
Qualidade segurança e ambienteQualidade segurança e ambiente
Qualidade segurança e ambiente
Maria Teixiera
 
Gestao e qualidade
Gestao e qualidadeGestao e qualidade
Gestao e qualidade
Sabrine Souza
 

Mais procurados (20)

Abnt nbr-iso-9001-2008-para-treinamento-rev1
Abnt nbr-iso-9001-2008-para-treinamento-rev1Abnt nbr-iso-9001-2008-para-treinamento-rev1
Abnt nbr-iso-9001-2008-para-treinamento-rev1
 
Aula 2 iso 9000
Aula 2 iso 9000Aula 2 iso 9000
Aula 2 iso 9000
 
Gestão da Qualidade Total na Petrobrás
Gestão da Qualidade Total na PetrobrásGestão da Qualidade Total na Petrobrás
Gestão da Qualidade Total na Petrobrás
 
Modelo de manual da qualidade
Modelo de manual da qualidadeModelo de manual da qualidade
Modelo de manual da qualidade
 
Apresentação Institucional Quality Assurance
Apresentação Institucional Quality AssuranceApresentação Institucional Quality Assurance
Apresentação Institucional Quality Assurance
 
Anexo 1 Conceitos GestãO Qualidade Sig
Anexo 1   Conceitos GestãO Qualidade SigAnexo 1   Conceitos GestãO Qualidade Sig
Anexo 1 Conceitos GestãO Qualidade Sig
 
O que é ISO
O que é ISOO que é ISO
O que é ISO
 
CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE: ISO
CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE: ISOCERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE: ISO
CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE: ISO
 
Portfolio 9001:2015
Portfolio 9001:2015Portfolio 9001:2015
Portfolio 9001:2015
 
Aula de Certificação e Normatização
Aula de Certificação e NormatizaçãoAula de Certificação e Normatização
Aula de Certificação e Normatização
 
Princípios da gestão de qualidade_ Aula de Controle e Qualidade
Princípios da gestão de qualidade_ Aula de Controle e QualidadePrincípios da gestão de qualidade_ Aula de Controle e Qualidade
Princípios da gestão de qualidade_ Aula de Controle e Qualidade
 
InterpretaçãO Iso 9001 2008
InterpretaçãO Iso 9001 2008InterpretaçãO Iso 9001 2008
InterpretaçãO Iso 9001 2008
 
Qualidade Manual Pedagogico Joao Jose Saraiva Da Fonseca
Qualidade   Manual Pedagogico Joao Jose Saraiva Da FonsecaQualidade   Manual Pedagogico Joao Jose Saraiva Da Fonseca
Qualidade Manual Pedagogico Joao Jose Saraiva Da Fonseca
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
Aula 04 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 4 e 5
Aula 04 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 4 e 5Aula 04 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 4 e 5
Aula 04 SGQ ISO 9001:2015 – Seções 4 e 5
 
Leitura e interpretação iso 9000
Leitura e interpretação iso 9000Leitura e interpretação iso 9000
Leitura e interpretação iso 9000
 
Revisão geral ISO 9001
Revisão geral ISO 9001Revisão geral ISO 9001
Revisão geral ISO 9001
 
Palestra iso 9001 ej ros (1)
Palestra iso 9001 ej ros (1)Palestra iso 9001 ej ros (1)
Palestra iso 9001 ej ros (1)
 
Qualidade segurança e ambiente
Qualidade segurança e ambienteQualidade segurança e ambiente
Qualidade segurança e ambiente
 
Gestao e qualidade
Gestao e qualidadeGestao e qualidade
Gestao e qualidade
 

Destaque

Computador
ComputadorComputador
Computador
ArturoBazPer
 
Semillas Agroecológicas. Técnicas de cultivo artesanal.
Semillas Agroecológicas. Técnicas de cultivo artesanal.Semillas Agroecológicas. Técnicas de cultivo artesanal.
Semillas Agroecológicas. Técnicas de cultivo artesanal.
Ana Castañeda
 
Manual producción artesanal de semillas
Manual producción artesanal de semillasManual producción artesanal de semillas
Manual producción artesanal de semillas
Jose Pacheco
 
Derecho alimentario en el peru
Derecho alimentario en el peruDerecho alimentario en el peru
Derecho alimentario en el peru
Victor Huaman Mallqui
 
La importancia de la imagen corporativa
La importancia de la imagen corporativa La importancia de la imagen corporativa
La importancia de la imagen corporativa
Pablo Morgade Fernández
 
Tipos de coccion seco, humedo y mixto
Tipos de coccion seco, humedo y mixtoTipos de coccion seco, humedo y mixto
Tipos de coccion seco, humedo y mixto
stevengarzoncaro
 
Hidraulica
HidraulicaHidraulica
Hidraulica
Miguel Antonio
 
Ancillary final draft
Ancillary final draftAncillary final draft
Ancillary final draft
ksumbland
 
Clase 01 ddhh 2012 hoy
Clase 01  ddhh 2012 hoyClase 01  ddhh 2012 hoy
Clase 01 ddhh 2012 hoy
normataipezevallos
 
HIDRAULICA.pdf
HIDRAULICA.pdfHIDRAULICA.pdf
HIDRAULICA.pdf
Miguel Antonio
 
Guía de-accesibilidad-universal-2014
Guía de-accesibilidad-universal-2014Guía de-accesibilidad-universal-2014
Guía de-accesibilidad-universal-2014
angelesex
 
11 creatividad empresarial trabajo
11 creatividad empresarial trabajo11 creatividad empresarial trabajo
11 creatividad empresarial trabajo
jose
 
Normatividad trabajo en alturas resolucion 1409 de 2012 y resolucion 1903 de ...
Normatividad trabajo en alturas resolucion 1409 de 2012 y resolucion 1903 de ...Normatividad trabajo en alturas resolucion 1409 de 2012 y resolucion 1903 de ...
Normatividad trabajo en alturas resolucion 1409 de 2012 y resolucion 1903 de ...
.. ..
 
Estructura Organizacional
Estructura OrganizacionalEstructura Organizacional
Estructura Organizacional
matias vasquez
 
Hábeas corpus
Hábeas corpusHábeas corpus
Hábeas corpus
iei192lucy
 
Bibliotecas ante el siglo XXI: nuevos medios y caminos
Bibliotecas ante el siglo XXI: nuevos medios y caminosBibliotecas ante el siglo XXI: nuevos medios y caminos
Bibliotecas ante el siglo XXI: nuevos medios y caminos
Julián Marquina
 
Geld verdienen met Facebook
Geld verdienen met FacebookGeld verdienen met Facebook
Geld verdienen met Facebook
Gezondheid Acties
 
Geld verdienen met Linkedin
Geld verdienen met LinkedinGeld verdienen met Linkedin
Geld verdienen met Linkedin
Gezondheid Acties
 
The ultimate guide to employee referrals
The ultimate guide to employee referralsThe ultimate guide to employee referrals
The ultimate guide to employee referrals
Achievers
 
Iniciativa Anticorrupción
Iniciativa Anticorrupción Iniciativa Anticorrupción
Iniciativa Anticorrupción
AMLO-MORENA
 

Destaque (20)

Computador
ComputadorComputador
Computador
 
Semillas Agroecológicas. Técnicas de cultivo artesanal.
Semillas Agroecológicas. Técnicas de cultivo artesanal.Semillas Agroecológicas. Técnicas de cultivo artesanal.
Semillas Agroecológicas. Técnicas de cultivo artesanal.
 
Manual producción artesanal de semillas
Manual producción artesanal de semillasManual producción artesanal de semillas
Manual producción artesanal de semillas
 
Derecho alimentario en el peru
Derecho alimentario en el peruDerecho alimentario en el peru
Derecho alimentario en el peru
 
La importancia de la imagen corporativa
La importancia de la imagen corporativa La importancia de la imagen corporativa
La importancia de la imagen corporativa
 
Tipos de coccion seco, humedo y mixto
Tipos de coccion seco, humedo y mixtoTipos de coccion seco, humedo y mixto
Tipos de coccion seco, humedo y mixto
 
Hidraulica
HidraulicaHidraulica
Hidraulica
 
Ancillary final draft
Ancillary final draftAncillary final draft
Ancillary final draft
 
Clase 01 ddhh 2012 hoy
Clase 01  ddhh 2012 hoyClase 01  ddhh 2012 hoy
Clase 01 ddhh 2012 hoy
 
HIDRAULICA.pdf
HIDRAULICA.pdfHIDRAULICA.pdf
HIDRAULICA.pdf
 
Guía de-accesibilidad-universal-2014
Guía de-accesibilidad-universal-2014Guía de-accesibilidad-universal-2014
Guía de-accesibilidad-universal-2014
 
11 creatividad empresarial trabajo
11 creatividad empresarial trabajo11 creatividad empresarial trabajo
11 creatividad empresarial trabajo
 
Normatividad trabajo en alturas resolucion 1409 de 2012 y resolucion 1903 de ...
Normatividad trabajo en alturas resolucion 1409 de 2012 y resolucion 1903 de ...Normatividad trabajo en alturas resolucion 1409 de 2012 y resolucion 1903 de ...
Normatividad trabajo en alturas resolucion 1409 de 2012 y resolucion 1903 de ...
 
Estructura Organizacional
Estructura OrganizacionalEstructura Organizacional
Estructura Organizacional
 
Hábeas corpus
Hábeas corpusHábeas corpus
Hábeas corpus
 
Bibliotecas ante el siglo XXI: nuevos medios y caminos
Bibliotecas ante el siglo XXI: nuevos medios y caminosBibliotecas ante el siglo XXI: nuevos medios y caminos
Bibliotecas ante el siglo XXI: nuevos medios y caminos
 
Geld verdienen met Facebook
Geld verdienen met FacebookGeld verdienen met Facebook
Geld verdienen met Facebook
 
Geld verdienen met Linkedin
Geld verdienen met LinkedinGeld verdienen met Linkedin
Geld verdienen met Linkedin
 
The ultimate guide to employee referrals
The ultimate guide to employee referralsThe ultimate guide to employee referrals
The ultimate guide to employee referrals
 
Iniciativa Anticorrupción
Iniciativa Anticorrupción Iniciativa Anticorrupción
Iniciativa Anticorrupción
 

Semelhante a Apresentação QAS_Normas

Manual ufcd-1122-nocoes-e-normas-da-qualidade
Manual ufcd-1122-nocoes-e-normas-da-qualidadeManual ufcd-1122-nocoes-e-normas-da-qualidade
Manual ufcd-1122-nocoes-e-normas-da-qualidade
Cristina Fernandes
 
Modulo gestão da qualidade
Modulo   gestão da qualidadeModulo   gestão da qualidade
Modulo gestão da qualidade
Tiberio Soares
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
AnaCruz222982
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
AnaCruz222982
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
Carla Silva
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
SusanaVieira65
 
Auditor Interno Sistema de Gestão Integrado - SGI ( ISO 9001- ISO 14001 - OHS...
Auditor Interno Sistema de Gestão Integrado - SGI ( ISO 9001- ISO 14001 - OHS...Auditor Interno Sistema de Gestão Integrado - SGI ( ISO 9001- ISO 14001 - OHS...
Auditor Interno Sistema de Gestão Integrado - SGI ( ISO 9001- ISO 14001 - OHS...
GAC CURSOS ONLINE
 
Gestão da Qualidade e Inovação
Gestão da Qualidade e InovaçãoGestão da Qualidade e Inovação
Gestão da Qualidade e Inovação
Sergio Pinto
 
ISO 14001 2015.pptx
ISO 14001 2015.pptxISO 14001 2015.pptx
ISO 14001 2015.pptx
NatanaelFerreira29
 
ISO 14001 2015.pptx
ISO 14001 2015.pptxISO 14001 2015.pptx
ISO 14001 2015.pptx
Natanael Ferreira
 
Gestão pela Qualidade Total
Gestão pela Qualidade TotalGestão pela Qualidade Total
Gestão pela Qualidade Total
UerjFundamentosDaAdministracao2013_1
 
Apresentação sgi
Apresentação sgiApresentação sgi
Apresentação sgi
Roberto Lopes
 
Aula 16_sistemadegestoambiental-iso-14001.pdf
Aula 16_sistemadegestoambiental-iso-14001.pdfAula 16_sistemadegestoambiental-iso-14001.pdf
Aula 16_sistemadegestoambiental-iso-14001.pdf
AndreaGama16
 
OHSAS 18001
OHSAS 18001OHSAS 18001
OHSAS 18001
Giselle Willys
 
Aula 04
Aula 04Aula 04
ISO9001
ISO9001ISO9001
Qualidade de Processo A Série ISO 9000
Qualidade de Processo A Série ISO 9000Qualidade de Processo A Série ISO 9000
Qualidade de Processo A Série ISO 9000
elliando dias
 
Apresentação dos Serviços da ATSG - Academia Tecnológica de Sistemas de Gestão
Apresentação dos Serviços da ATSG - Academia Tecnológica de Sistemas de GestãoApresentação dos Serviços da ATSG - Academia Tecnológica de Sistemas de Gestão
Apresentação dos Serviços da ATSG - Academia Tecnológica de Sistemas de Gestão
Rogério Campos Meira
 
Gestão de Sistema da Qualidade (NP EN ISO 9001:2015)
Gestão de Sistema da Qualidade (NP EN ISO 9001:2015)Gestão de Sistema da Qualidade (NP EN ISO 9001:2015)
Gestão de Sistema da Qualidade (NP EN ISO 9001:2015)
rosacatia83
 
Iso 9000
Iso 9000Iso 9000
Iso 9000
Nayara Michelle
 

Semelhante a Apresentação QAS_Normas (20)

Manual ufcd-1122-nocoes-e-normas-da-qualidade
Manual ufcd-1122-nocoes-e-normas-da-qualidadeManual ufcd-1122-nocoes-e-normas-da-qualidade
Manual ufcd-1122-nocoes-e-normas-da-qualidade
 
Modulo gestão da qualidade
Modulo   gestão da qualidadeModulo   gestão da qualidade
Modulo gestão da qualidade
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
Auditor Interno Sistema de Gestão Integrado - SGI ( ISO 9001- ISO 14001 - OHS...
Auditor Interno Sistema de Gestão Integrado - SGI ( ISO 9001- ISO 14001 - OHS...Auditor Interno Sistema de Gestão Integrado - SGI ( ISO 9001- ISO 14001 - OHS...
Auditor Interno Sistema de Gestão Integrado - SGI ( ISO 9001- ISO 14001 - OHS...
 
Gestão da Qualidade e Inovação
Gestão da Qualidade e InovaçãoGestão da Qualidade e Inovação
Gestão da Qualidade e Inovação
 
ISO 14001 2015.pptx
ISO 14001 2015.pptxISO 14001 2015.pptx
ISO 14001 2015.pptx
 
ISO 14001 2015.pptx
ISO 14001 2015.pptxISO 14001 2015.pptx
ISO 14001 2015.pptx
 
Gestão pela Qualidade Total
Gestão pela Qualidade TotalGestão pela Qualidade Total
Gestão pela Qualidade Total
 
Apresentação sgi
Apresentação sgiApresentação sgi
Apresentação sgi
 
Aula 16_sistemadegestoambiental-iso-14001.pdf
Aula 16_sistemadegestoambiental-iso-14001.pdfAula 16_sistemadegestoambiental-iso-14001.pdf
Aula 16_sistemadegestoambiental-iso-14001.pdf
 
OHSAS 18001
OHSAS 18001OHSAS 18001
OHSAS 18001
 
Aula 04
Aula 04Aula 04
Aula 04
 
ISO9001
ISO9001ISO9001
ISO9001
 
Qualidade de Processo A Série ISO 9000
Qualidade de Processo A Série ISO 9000Qualidade de Processo A Série ISO 9000
Qualidade de Processo A Série ISO 9000
 
Apresentação dos Serviços da ATSG - Academia Tecnológica de Sistemas de Gestão
Apresentação dos Serviços da ATSG - Academia Tecnológica de Sistemas de GestãoApresentação dos Serviços da ATSG - Academia Tecnológica de Sistemas de Gestão
Apresentação dos Serviços da ATSG - Academia Tecnológica de Sistemas de Gestão
 
Gestão de Sistema da Qualidade (NP EN ISO 9001:2015)
Gestão de Sistema da Qualidade (NP EN ISO 9001:2015)Gestão de Sistema da Qualidade (NP EN ISO 9001:2015)
Gestão de Sistema da Qualidade (NP EN ISO 9001:2015)
 
Iso 9000
Iso 9000Iso 9000
Iso 9000
 

Último

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 

Último (20)

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 

Apresentação QAS_Normas

  • 1. Objetivos Gerais: Capacitar as formandas por meio do aperfeiçoamento dos conhecimentos sobre as ferramentas e estratégias que otimizam a gestão dos negócios, bem como disponibilizar algumas noções sobre conceitos e funções básicas para manter e gerir o próprio negócio. Duração do Módulo: 15 Horas Local de Realização: ACIB – Formação - Barcelos Elaborado por: Fátima Morais, 2014 Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST 1
  • 2. Resumo: A sustentabilidade das organizações Os 3 Pilares da Sustentabilidade Normas e Certificações Certificação de Sistemas de Gestão Qualidade (ISO 9001:2000); Certificação de Sistemas de Gestão Ambiental (ISO 14001:2004); Certificação de Sistemas de Gestão da Saúde e Segurança no Trabalho (OSHAS 18001:2007); Certificação de Sistemas de Gestão Integrados Certificação de Outros Sistemas de Gestão A Importância da Certificação para a Sustentabilidade das Organizações Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST 2
  • 3. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST 3 Sustentabilidade das organizações
  • 4. “O objetivo do desenvolvimento sustentável é “satisfazer as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras satisfazerem as suas próprias necessidades”. As várias organizações existentes – forças impulsionadoras da sociedade – têm um importante papel a desempenhar para se atingir este objetivo.” https://www.globalreporting.org/Pages/default.aspx Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Sustentabilidade das organizações 4
  • 5. Assim, a Sustentabilidade, hoje:  é uma preocupação inquestionável para as empresas  não é apenas económica  tem uma “fronteira” que ultrapassa em muito as paredes da empresa  tem um horizonte temporal muito alargado Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Sustentabilidade das organizações 5
  • 6. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Pilares da sustentabilidade 6
  • 7. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST 7 Direitos Humanos Direitos dos Trabalhadores Envolvimento com a comunidade Transparência Ética empresarial Proteção Ambiental Recursos renováveis Ecoeficiência Gestão de Resíduos Gestão de Risco Resultado económico Direitos dos acionistas Competitividade Relação entre clientes e fornecedores
  • 8. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST 8
  • 9. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Normas e Certificações 9
  • 10. A certificação é um ato voluntário! • Forma de Resposta eficiente às exigências do Mercado, para sobreviver num ambiente altamente competitivo. • Sistemas de Gestão consistem na gestão dos processos ou atividades da organização, cumprindo os requisitos exigidos pelos seus clientes e pela legislação em vigor e melhorando continuamente o desempenho da organização e o nível de satisfação do cliente. • Qualquer organização pode recorrer a esta ferramenta de gestão, independentemente da sua dimensão, do seu produto/serviço ou do seu sector de atividade. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Normas e Certificações 10
  • 11. Pilar Económico: • ISO 9001 – Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade • NP4457 – Certificação de Sistemas de Gestão da Investigação, Desenvolvimento e Inovação Pilar Ambiental: • ISO 14001 - Certificação de Sistemas de Gestão Ambiental • EMAS – Verificação do Sistema de Gestão Ambiental • CELE – Comércio Europeu de Licenças de Emissão (verificação) • SEVESO (SGSPAG) – Verificação de Sistemas de Gestão de Segurança para a Prevenção de Acidentes Graves • GFS – Gestão Florestal Sustentável • CdR – Cadeia da Responsabilidade Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Normas e Certificações 11
  • 12. Pilar Social: • OHSAS18001/NP4397 – Certificação de Sistemas de Gestão da Segurança e • Saúde do Trabalho • SA8000 – Certificação de Sistemas de Gestão de Responsabilidade • Social • NP4469-1/ISO26000 – Certificação de Sistemas de Gestão de Responsabilidade • Social • NP 4427 – Certificação de Sistemas de Gestão de Recursos Humanos • Normas EFR – Entidades Familiarmente Responsáveis Sustentabilidade: • AA1000 – Verificação de Relatórios de Sustentabilidade Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Normas e Certificações 12
  • 13. A ISO 9001:2008 É focalizada na Eficácia do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) da Empresa em compreender e satisfazer (ou mesmo exceder): • Requisitos • Necessidades • Expectativas • Exigências dos clientes e das partes interessadas Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST ISO 9001:2008 13
  • 14. Os 3 Principais Objetivos da Certificação do SGQ: • Realizar e manter a qualidade dos produtos ou serviços a fim de satisfazer continuamente as necessidades explicitas ou implícitas do cliente; • Proporcionar confiança ao cliente, e de outras partes interessadas, de que a qualidade desejada, dos produtos e serviços, é atingida e mantida; • Permitir a integração de oportunidades de melhoria de forma sistemática, controlada e contínua; Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST ISO 9001:2008 14
  • 15. Ter um Sistema de Gestão Ambiental de acordo com a ISO 14001 significa que: • São identificados todos os impactes que a empresa tem sobre o ambiente; • Conhece-se o que está a ser feito para gerir e melhorar esses impactes; • Implementa-se uma boa gestão ambiental em todos os planos futuros e no seio da empresa; • Existe a certeza de que se identificou e se compreendeu todos os requisitos legais relacionados com o negócio e que estes vão ser cumpridos. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST ISO 14001:2004 15
  • 16. Objetivo da Certificação do SGA: • Tomar ações no sentido de minimizar os efeitos nocivos das atividades da empresa sobre o ambiente e melhorar permanentemente o seu desempenho. • A empresa evidencia que é capaz de demonstrar a qualidade da sua atividade do ponto de vista da proteção ambiental e da prevenção da poluição. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST ISO 14001:2004 16
  • 17. Porquê ter um Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho (SST): • n.º significativo de acidentes de trabalho; • doenças profissionais; • razões éticas e legais; • perigos e riscos da atividade; O estabelecimento de um Sistema de Gestão da SST não é obrigatório, no entanto cada vez mais as organizações entendem a sua pertinência como forma de darem resposta a requisitos legais e/ou regulamentares associados às atividades desenvolvidas, de um modo mais sistemático e coerente. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST OSHAS 18001:2007/NP4397:2001 17
  • 18. Objetivo da Certificação do SGSST • Tomar ações no sentido de dotar a organização de capacidade de controlo dos seus riscos em termos de saúde e segurança e, assim, melhorar o seu desempenho. • A empresa evidencia que adota uma abordagem estruturada para a identificação dos perigos e para a avaliação e controlo dos riscos profissionais, tendo em vista a proteção da saúde dos colaboradores e a prevenção de acidentes de trabalho e doenças profissionais. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST OSHAS 18001:2007/NP4397:2001 18
  • 19. Certificação do Sistema de Responsabilidade Social (SA 8000/NP 4469): • Atualmente verifica-se uma tendência para um crescente investimento em empresas que observam critérios sociais específicos, em detrimento de outras que não o fazem. • A adoção de uma norma de responsabilidade social obriga a uma total transparência das atividades das empresas, oferecendo mais segurança aos investidores e uma maior valorização da imagem da empresa. Em muitos casos, este fator é importante na decisão de compra. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST SA 8000/NP 4469 19
  • 20. Vantagens da certificação em termos de Responsabilidade Social: – Reputação na Gestão; – Gestão de Risco; – Recrutamento e Motivação; – Relacionamento com Investidores; – Inovação e Aprendizagem; – Posição de Mercado e Competitividade; – Eficiência Operacional. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST SA 8000/NP 4469 20
  • 21. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Certificação de Sistemas Integrados 21
  • 22. • As normas 9001, 14001 e 18001 apresentam princípios comuns; • Os três sistemas são sub-sistemas do Sistema de Gestão Geral da Empresa; • Fornece uma abordagem sistemática de todas as atividades que possam influenciar a Qualidade e ou/ Ambiente e/ou a Segurança; • Aproximação de acordo com os princípios da melhoria contínua às várias vertentes da gestão da organização; • A melhor forma de gerir internamente aspetos que podem entrar em conflito; • Elimina as dúvidas acerca de responsabilidades; • Redução de custos por economia de escala; • Redução de auditorias externas. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Certificação de Sistemas Integrados 22
  • 23. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST 23 Outros sistemas de gestão
  • 24. Certificação do Sistema de Segurança Alimentar (ISO 22000) Perspetiva de uma cadeia integrada • Da produção primária ao ponto de consumo: incluí desde as atividades de produção ao, transporte, armazenamento, distribuição a atividades conexas (empresas produtoras de aditivos, embalagens, equipamentos, produtos de limpeza; empresas prestadoras de serviços de transporte, Controlo de pragas,… ) • Relevância da comunicação: para montante e jusante, responsabilidades de cada interveniente, fluxo de informação sobre perigos específicos de cada etapa da cadeia Sistema de gestão • Componente de planeamento e melhoria contínua: política e objetivos, sistema dinâmico • Requisitos auditáveis e integráveis: abordagem sistemática e coerente • Identificação e cumprimento dos requisitos legais/estatutários e dos requisitos do Cliente/Consumidor: em linha com nova regulamentação europeia, CBP, publicações do Codex Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST ISO 22000 – Segurança Alimentar 24
  • 25. Certificação do Sistema de Gestão de Investigação, Desenvolvimento e Inovação (NP 4457) Todos os requisitos desta Norma são aplicáveis a organizações com atividades de investigação, desenvolvimento e inovação, independentemente da sua dimensão e complexidade e da natureza das suas atividades. Esta norma é aplicável a qualquer tipo de inovação: de produtos (bens e serviços), de processos, organizacional, de marketing ou uma combinação destas. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST NP 4457 - IDI 25
  • 26. Certificação do Sistema de Gestão de Recursos Humanos (NP 4427) Esta norma Portuguesa foi desenvolvida para responder à necessidade sentida pelos interessados na existência de uma norma aplicável a Sistemas de Gestão de Recursos Humanos (RH) relativamente à qual possam ser avaliados e ter os seus sistemas certificados. • O sistema de Gestão de Recursos Humanos deve ser concebido e desenvolvido como um todo integrado na organização, isto é, na sua missão, visão, valores e princípios estratégicos estabelecidos pela gestão de topo. • Uma boa gestão de todo este processo irá garantir que o propósito de atrair, manter e desenvolver pessoas será cumprido e que o grau de satisfação e de motivação de todos, os mantêm laços laborais com a organização será o desejado. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST NP 4427 - RH 26
  • 27. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Importância da certificação 27
  • 28. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Importância da certificação 28 Pilar Económico: • A certificação de sistemas de gestão da qualidade que visam melhoria contínua do desempenho global de uma Organização, através da satisfação dos clientes; • A certificação de sistemas de gestão de IDI (Investigação, Desenvolvimento e Inovação) que permite que as organizações acompanhem o desenvolvimento tecnológico de forma a antecipar o mercado e identificar oportunidades de melhoria; • A certificação de sistemas de gestão da continuidade do negócio, que visa a minimização do risco a que uma organização está sujeita numa situação adversa.
  • 29. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Importância da certificação 29 Pilar Ambiental: • A certificação de sistemas de gestão ambiental destina-se às organizações que estão preocupadas com os seus impactes ambientais e que pretendem contribuir de forma positiva para a sustentabilidade • A integração das questões ambientais nos sistemas de gestão das organizações tem um papel inquestionável na satisfação das partes interessadas, ao assegurar a otimização da utilização dos recursos naturais, a proteção do ambiente e a redução da poluição, através da gestão do impacte das suas atividades
  • 30. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST Importância da certificação 30 Pilar Social: • A certificação de sistemas de gestão da segurança e saúde do trabalho, que visa a melhoria da satisfação e motivação dos colaboradores pela promoção e garantia de um ambiente de trabalho seguro e saudável • A certificação de sistemas de gestão da responsabilidade social, tanto pela SA8000 como pela NP4469/ISO26000, são orientados para o incremento da capacidade competitiva de qualquer organização que voluntariamente garanta a componente ética do seu processo e ciclo produtivo
  • 31. Gestão da Qualidade, Ambiente e SHST 31 Pequenas atitudes fazem a diferença!