SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Pág.Versão 2.0
Pág.
PALESTRA: Sociedade 5.0
“Sociedade Super Inteligente”
2
Source: Keidanren, Policy & Action
Desde 2016
Lançado em 2017
Versão 2.0
Pág.
Palestrante
3
Juliano Heinzelmann Reinert, M.Sc. Eng, MBA,
FCP, CCTT, COBIT, IAPM.
• Professor (pós-graduação e graduação da Católica SC),
• Palestrante;
• Instrutor Furukawa/Softsell;
• Instrutor/consultor pela BEWARE;
• Sócio-diretor de empresa PROJECT training;
• Membro de comitê na norma ABNT ISO;
• Escritor (RTI, 2 livros até 2014, + novo).
Pág.
Visita em indústria na Europa
Source: Arquivo pessoal, visita a indústrias da Alemanha em 2014.
Data: jan/2014
A realidade de algum país serve exatamente para o Brasil?
Pág.
No Brasil:
Queremos uma indústria sem pessoas?
Queremos uma sociedade sem empregos?
Queremos resolver os problemas comuns?
Pág.
A corrida global
Source: Yoshitaka Nishino, PhD. Hitashi Group´s R&D Strategy
Pág.
Sociedade 5.0
Caça e
coleta
Em simbiose com a natureza
Agricultura
Irrigação,
técnicas,
colônias
Produção
em massa
Computador,
internetInformação
Source: Foreigh Press Center Japan (FPCJ)
Indústria
Sociedade
Super
Inteligente
Pág.
Sociedade 5.0:
Resolver problemas sociais e globais
Source: NTT group, CEO Hiroo Unoura, NTT Technical review
Pág.
Robôs e Empregabilidade
Source: Vídeo disponível no Youtube, Euro News, CEBIT
“ Os robôs não irão substituir o trabalho de ninguém. Mas..
Podem fazer atividades que libertem os humanos para coisas
mais importantes, na qual sejam realmente necessárias.”
Pág.
Processo já iniciado no Brasil…
Source: http://www.furukawalatam.com/br/
Evento: Connected Smart Cities
Principal evento de
cidades inteligentes e
conectadas (SP).
“Tecnologias de fibra
óptica de última
geração”.
FURUKAWA
Qual a relação da fibra óptica com a sociedade 5.0?
Pág.
Sociedade 5.0: Exemplo
- “Parceria do homem com a máquina (Simbiótico);
- O Robô auxilia o humano a não errar;
Imagina o que você faz hoje…
Como o robô ou máquina poderia ser parceiro?
Source: Komatsu e Yoshitaka Nishino, PhD. Hitashi Group´s R&D Strategy
Pág.
Uma sociedade super inteligente
Source: Foreigh Press Center Japan (FPCJ)
- Alto grau de fusão entre o ciberespaço e espaço físico (mundo real);
- A fusão entre todas indústrias e a TI.
Colaboração em vários campos com tecnologias IoT:
Novos valores
Pág.
Society 5.0: Como funciona?
Source: Keidanren, Policy & Action
A base é a TIC.
Pág.
Mas.. Cuidado com a segurança
Source: Future services, CRDS R&D Japan
Necessário
profissionais
capacitados!
Caso contrário…
Pág.
Casos de AI (até 2030)
Source: G20 Dialoge, taskforce, digitalization, policy paper 2017
- Carros inteligentes;
- Carros autônomos;
- Planejamento de vias;
- Informativos inteligentes;
- Construções inteligentes;
- Gravadores de saúde;
- Analisadores de saúde;
- Robôs que cuidam;
- Saúde remota;
- Cuidado dos idosos;
Pág.
Casos de AI (até 2030)
Source: G20 Dialoge, taskforce, digitalization, policy paper 2017
- Ajuda para gastar o
orçamento público;
- Planejamento da
distribuição de
comida.
- Entregas;
- Limpeza;
- Segurança;
- Assistência pessoal.
Pág.
Ameaça ou oportunidade?
- Um Sistema AI faz o trabalho de um
advogado ou auxilia o advogado em
diversas possibilidades para ganhar
uma causa?
- Um Sistema AI que tira a privacidade
das pessoas ou reduz crimes,
corrupção e violência?
Pág.
Ameaça ou oportunidade?
- Robô que gera desemprego ou
colabora para o homem não errar?
- Registrador de saúde para não ir
ao médico ou para antecipar
doenças, auxiliar o médico a
promover a qualidade de vida?
Pág.
Futuro: “Cabe a cada um de nós”
A Sociedade do futuro será simbiótica?
Como
conduzir
o futuro do
Brasil?
Source: Cabine do A380
Os níveis:
1: Artesanal
2: Semi
automatizado
3: Automatizado
4: Autônomo
simbiótico
5: Autônomo
evolutivo
Pág. 20
Uma nova sociedade, um novo mundo..
- Para resolver diversos problemas
Pág.
OBRIGADO!
JULIANO.REINERT@CATOLICASC.ORG.BR
OPENCADD
AV. BRIGADEIRO FARIA LIMA, 1931, CJ 152
JARDIM PAULISTANO
SÃO PAULO / SP
SINDRATAR
AV. PAULISTA,1313
JARDINS
SÃO PAULO / SP

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tipos de organização
Tipos de organizaçãoTipos de organização
Tipos de organizaçãoRobson Costa
 
Aula 01 - Inovação e Criaitividade
Aula 01 - Inovação e CriaitividadeAula 01 - Inovação e Criaitividade
Aula 01 - Inovação e CriaitividadeGustavo Zanotto
 
Elaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de Implementação
Elaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de ImplementaçãoElaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de Implementação
Elaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de ImplementaçãoMichel Freller
 
Orientações básicas para a elaboração de projetos
Orientações básicas para a elaboração de projetosOrientações básicas para a elaboração de projetos
Orientações básicas para a elaboração de projetosRodolfo Almeida
 
Aula 2 - Organizações e Organização
Aula 2 - Organizações e OrganizaçãoAula 2 - Organizações e Organização
Aula 2 - Organizações e OrganizaçãoProf. Leonardo Rocha
 
Gestão de pessoas e o papel do RH
Gestão de pessoas e o papel do RHGestão de pessoas e o papel do RH
Gestão de pessoas e o papel do RHThiago Santos
 
Apresentação curso 3g1
Apresentação curso 3g1Apresentação curso 3g1
Apresentação curso 3g13G Consultoria
 
Gestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- IntroduçãoGestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- IntroduçãoMarcos Alves
 
Aula 01 - Empreendedorismo Digital
Aula 01 - Empreendedorismo DigitalAula 01 - Empreendedorismo Digital
Aula 01 - Empreendedorismo DigitalJosé Bringel Filho
 

Mais procurados (20)

Clima organizacional
Clima organizacionalClima organizacional
Clima organizacional
 
Criatividade e Inovação
Criatividade e InovaçãoCriatividade e Inovação
Criatividade e Inovação
 
Tipos de organização
Tipos de organizaçãoTipos de organização
Tipos de organização
 
Gestão conflitos
Gestão conflitosGestão conflitos
Gestão conflitos
 
Aula 01 - Inovação e Criaitividade
Aula 01 - Inovação e CriaitividadeAula 01 - Inovação e Criaitividade
Aula 01 - Inovação e Criaitividade
 
Elaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de Implementação
Elaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de ImplementaçãoElaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de Implementação
Elaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de Implementação
 
Orientações básicas para a elaboração de projetos
Orientações básicas para a elaboração de projetosOrientações básicas para a elaboração de projetos
Orientações básicas para a elaboração de projetos
 
Aula 2 - Organizações e Organização
Aula 2 - Organizações e OrganizaçãoAula 2 - Organizações e Organização
Aula 2 - Organizações e Organização
 
Cultura e Clima Organizacionais
Cultura e Clima OrganizacionaisCultura e Clima Organizacionais
Cultura e Clima Organizacionais
 
Gestão de pessoas e o papel do RH
Gestão de pessoas e o papel do RHGestão de pessoas e o papel do RH
Gestão de pessoas e o papel do RH
 
Apresentação curso 3g1
Apresentação curso 3g1Apresentação curso 3g1
Apresentação curso 3g1
 
Mini curso comunicação (apresentação)
Mini curso comunicação (apresentação)Mini curso comunicação (apresentação)
Mini curso comunicação (apresentação)
 
Tecnicas de negociação
Tecnicas de negociação Tecnicas de negociação
Tecnicas de negociação
 
Processo administrativo 2012_01
Processo administrativo 2012_01Processo administrativo 2012_01
Processo administrativo 2012_01
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
 
Gestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- IntroduçãoGestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- Introdução
 
Empreendedorismo E Inovação
Empreendedorismo E InovaçãoEmpreendedorismo E Inovação
Empreendedorismo E Inovação
 
Aula 5 adm processo decisório
Aula 5 adm   processo decisórioAula 5 adm   processo decisório
Aula 5 adm processo decisório
 
Aula treinamento e desenvolvimento
Aula   treinamento e desenvolvimentoAula   treinamento e desenvolvimento
Aula treinamento e desenvolvimento
 
Aula 01 - Empreendedorismo Digital
Aula 01 - Empreendedorismo DigitalAula 01 - Empreendedorismo Digital
Aula 01 - Empreendedorismo Digital
 

Semelhante a Sociedade 5.0 "Sociedade Super Inteligente (Juliano Reinert- Católica de SC) Evento FIESP

LIFEdata - Investors Deck - Português
LIFEdata - Investors Deck - PortuguêsLIFEdata - Investors Deck - Português
LIFEdata - Investors Deck - PortuguêsMarcelo Villas Bôas
 
Desmistificando o Big Data
Desmistificando o Big DataDesmistificando o Big Data
Desmistificando o Big DataZipCode
 
PromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisas
PromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisasPromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisas
PromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisasLogicalis Brasil
 
PromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisas
PromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisasPromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisas
PromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisasLogicalis Brasil
 
Festival 2019 - O movimento Data for Good
Festival 2019 - O movimento Data for GoodFestival 2019 - O movimento Data for Good
Festival 2019 - O movimento Data for GoodABCR
 
20091006 Redes Sociais Am Chamv2
20091006 Redes Sociais Am Chamv220091006 Redes Sociais Am Chamv2
20091006 Redes Sociais Am Chamv2Guy Manuel
 
I Seminário Big Data Brasil
I Seminário Big Data BrasilI Seminário Big Data Brasil
I Seminário Big Data BrasilMarcos CAVALCANTI
 
Analisando qual região mais fala sobre política no Twitter utilizando a arqui...
Analisando qual região mais fala sobre política no Twitter utilizando a arqui...Analisando qual região mais fala sobre política no Twitter utilizando a arqui...
Analisando qual região mais fala sobre política no Twitter utilizando a arqui...Juan Felipe dos Reis Barbosa
 
Cidadania 2.0: A experiência paulista
Cidadania 2.0: A experiência paulistaCidadania 2.0: A experiência paulista
Cidadania 2.0: A experiência paulistaigovbrasil
 
ProIndústria 2017 - A01 - A transformação digital nas indústrias - disruption...
ProIndústria 2017 - A01 - A transformação digital nas indústrias - disruption...ProIndústria 2017 - A01 - A transformação digital nas indústrias - disruption...
ProIndústria 2017 - A01 - A transformação digital nas indústrias - disruption...CADWARE-TECHNOLOGY
 
Big data e Inteligência Artificial
Big data e Inteligência ArtificialBig data e Inteligência Artificial
Big data e Inteligência ArtificialJoão Gabriel Lima
 
Tendências de Tecnologia e Inovação
Tendências de Tecnologia e Inovação Tendências de Tecnologia e Inovação
Tendências de Tecnologia e Inovação Ademir Milton Piccoli
 

Semelhante a Sociedade 5.0 "Sociedade Super Inteligente (Juliano Reinert- Católica de SC) Evento FIESP (20)

LIFEdata - Investors Deck - Português
LIFEdata - Investors Deck - PortuguêsLIFEdata - Investors Deck - Português
LIFEdata - Investors Deck - Português
 
Desmistificando o Big Data
Desmistificando o Big DataDesmistificando o Big Data
Desmistificando o Big Data
 
Slide 1.pdf
Slide 1.pdfSlide 1.pdf
Slide 1.pdf
 
Big Data aplicado a Cidades Inteligentes
Big Data aplicado a Cidades InteligentesBig Data aplicado a Cidades Inteligentes
Big Data aplicado a Cidades Inteligentes
 
PromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisas
PromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisasPromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisas
PromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisas
 
PromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisas
PromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisasPromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisas
PromonLogicalis - Realtime analytics viabilizando a internet das coisas
 
Festival 2019 - O movimento Data for Good
Festival 2019 - O movimento Data for GoodFestival 2019 - O movimento Data for Good
Festival 2019 - O movimento Data for Good
 
20091006 Redes Sociais Am Chamv2
20091006 Redes Sociais Am Chamv220091006 Redes Sociais Am Chamv2
20091006 Redes Sociais Am Chamv2
 
Software livre e mecardo de trabalho
Software livre e mecardo de trabalhoSoftware livre e mecardo de trabalho
Software livre e mecardo de trabalho
 
I Seminário Big Data Brasil
I Seminário Big Data BrasilI Seminário Big Data Brasil
I Seminário Big Data Brasil
 
Analisando qual região mais fala sobre política no Twitter utilizando a arqui...
Analisando qual região mais fala sobre política no Twitter utilizando a arqui...Analisando qual região mais fala sobre política no Twitter utilizando a arqui...
Analisando qual região mais fala sobre política no Twitter utilizando a arqui...
 
Cidadania 2.0: A experiência paulista
Cidadania 2.0: A experiência paulistaCidadania 2.0: A experiência paulista
Cidadania 2.0: A experiência paulista
 
Revista Fiep ed.22
Revista Fiep ed.22Revista Fiep ed.22
Revista Fiep ed.22
 
ProIndústria 2017 - A01 - A transformação digital nas indústrias - disruption...
ProIndústria 2017 - A01 - A transformação digital nas indústrias - disruption...ProIndústria 2017 - A01 - A transformação digital nas indústrias - disruption...
ProIndústria 2017 - A01 - A transformação digital nas indústrias - disruption...
 
Io t – visão geral
Io t – visão geralIo t – visão geral
Io t – visão geral
 
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digitalO ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
 
Big data e Inteligência Artificial
Big data e Inteligência ArtificialBig data e Inteligência Artificial
Big data e Inteligência Artificial
 
society 5v3.pdf
society 5v3.pdfsociety 5v3.pdf
society 5v3.pdf
 
Tendências de Tecnologia e Inovação
Tendências de Tecnologia e Inovação Tendências de Tecnologia e Inovação
Tendências de Tecnologia e Inovação
 
BI & BigData
BI & BigDataBI & BigData
BI & BigData
 

Mais de Opencadd Advanced Technology

Openday PUC-RIO - Indústria 4.0 e aplicação no segmento de ar condicionado
Openday PUC-RIO - Indústria 4.0 e aplicação no segmento de ar condicionadoOpenday PUC-RIO - Indústria 4.0 e aplicação no segmento de ar condicionado
Openday PUC-RIO - Indústria 4.0 e aplicação no segmento de ar condicionadoOpencadd Advanced Technology
 
Openday PUC-RIO - Determinação da Trajetória ótima em pistas de corrida com r...
Openday PUC-RIO - Determinação da Trajetória ótima em pistas de corrida com r...Openday PUC-RIO - Determinação da Trajetória ótima em pistas de corrida com r...
Openday PUC-RIO - Determinação da Trajetória ótima em pistas de corrida com r...Opencadd Advanced Technology
 
Openday PUC-RIO - Detecção de Operação Anormal em Aero Geradores
Openday PUC-RIO - Detecção de Operação Anormal em Aero GeradoresOpenday PUC-RIO - Detecção de Operação Anormal em Aero Geradores
Openday PUC-RIO - Detecção de Operação Anormal em Aero GeradoresOpencadd Advanced Technology
 
Openday PUC-RIO - Transmissão de dados pela luz visível
Openday PUC-RIO - Transmissão de dados pela luz visívelOpenday PUC-RIO - Transmissão de dados pela luz visível
Openday PUC-RIO - Transmissão de dados pela luz visívelOpencadd Advanced Technology
 
Openday PUC-RIO - Ferramenta gráfica para modelagem e análise em Engenharia E...
Openday PUC-RIO - Ferramenta gráfica para modelagem e análise em Engenharia E...Openday PUC-RIO - Ferramenta gráfica para modelagem e análise em Engenharia E...
Openday PUC-RIO - Ferramenta gráfica para modelagem e análise em Engenharia E...Opencadd Advanced Technology
 
Indústria 4.0 - Vantagens e Impactos para a sociedade. Fabiana Tarabal
Indústria 4.0 - Vantagens e Impactos para a sociedade. Fabiana TarabalIndústria 4.0 - Vantagens e Impactos para a sociedade. Fabiana Tarabal
Indústria 4.0 - Vantagens e Impactos para a sociedade. Fabiana TarabalOpencadd Advanced Technology
 
Desenvolvimento de software autônomo para determinação e controle de órbita e...
Desenvolvimento de software autônomo para determinação e controle de órbita e...Desenvolvimento de software autônomo para determinação e controle de órbita e...
Desenvolvimento de software autônomo para determinação e controle de órbita e...Opencadd Advanced Technology
 
Simulação e desenvolvimento de algoritmos de tempo real usando Matlab/Simulin...
Simulação e desenvolvimento de algoritmos de tempo real usando Matlab/Simulin...Simulação e desenvolvimento de algoritmos de tempo real usando Matlab/Simulin...
Simulação e desenvolvimento de algoritmos de tempo real usando Matlab/Simulin...Opencadd Advanced Technology
 
Breve histórico da engenharia de sistemas no Brasil e as Iniciativas atuais d...
Breve histórico da engenharia de sistemas no Brasil e as Iniciativas atuais d...Breve histórico da engenharia de sistemas no Brasil e as Iniciativas atuais d...
Breve histórico da engenharia de sistemas no Brasil e as Iniciativas atuais d...Opencadd Advanced Technology
 
Utilização da Engenharia de Requisitos: Onde, quando e como utilizar
Utilização da Engenharia de Requisitos: Onde, quando e como utilizarUtilização da Engenharia de Requisitos: Onde, quando e como utilizar
Utilização da Engenharia de Requisitos: Onde, quando e como utilizarOpencadd Advanced Technology
 

Mais de Opencadd Advanced Technology (20)

Openday PUC-RIO - Indústria 4.0 e aplicação no segmento de ar condicionado
Openday PUC-RIO - Indústria 4.0 e aplicação no segmento de ar condicionadoOpenday PUC-RIO - Indústria 4.0 e aplicação no segmento de ar condicionado
Openday PUC-RIO - Indústria 4.0 e aplicação no segmento de ar condicionado
 
Openday PUC-RIO - Determinação da Trajetória ótima em pistas de corrida com r...
Openday PUC-RIO - Determinação da Trajetória ótima em pistas de corrida com r...Openday PUC-RIO - Determinação da Trajetória ótima em pistas de corrida com r...
Openday PUC-RIO - Determinação da Trajetória ótima em pistas de corrida com r...
 
Openday PUC-RIO - Detecção de Operação Anormal em Aero Geradores
Openday PUC-RIO - Detecção de Operação Anormal em Aero GeradoresOpenday PUC-RIO - Detecção de Operação Anormal em Aero Geradores
Openday PUC-RIO - Detecção de Operação Anormal em Aero Geradores
 
Openday PUC-RIO - Transmissão de dados pela luz visível
Openday PUC-RIO - Transmissão de dados pela luz visívelOpenday PUC-RIO - Transmissão de dados pela luz visível
Openday PUC-RIO - Transmissão de dados pela luz visível
 
Openday PUC-RIO - Engenharia de Requisitos
Openday PUC-RIO - Engenharia de RequisitosOpenday PUC-RIO - Engenharia de Requisitos
Openday PUC-RIO - Engenharia de Requisitos
 
Openday PUC-RIO - Ferramenta gráfica para modelagem e análise em Engenharia E...
Openday PUC-RIO - Ferramenta gráfica para modelagem e análise em Engenharia E...Openday PUC-RIO - Ferramenta gráfica para modelagem e análise em Engenharia E...
Openday PUC-RIO - Ferramenta gráfica para modelagem e análise em Engenharia E...
 
INOVADEF - Apresentação Brigadeiro Romão
INOVADEF - Apresentação Brigadeiro RomãoINOVADEF - Apresentação Brigadeiro Romão
INOVADEF - Apresentação Brigadeiro Romão
 
INOVADEF - Apresentação Marcelo Lopes
INOVADEF - Apresentação Marcelo LopesINOVADEF - Apresentação Marcelo Lopes
INOVADEF - Apresentação Marcelo Lopes
 
INOVADEF - Apresentação Sender Rocha
INOVADEF - Apresentação Sender RochaINOVADEF - Apresentação Sender Rocha
INOVADEF - Apresentação Sender Rocha
 
Apresentação Allyson Chiarini
Apresentação Allyson ChiariniApresentação Allyson Chiarini
Apresentação Allyson Chiarini
 
Apresentação Osvaldo Maia
Apresentação Osvaldo MaiaApresentação Osvaldo Maia
Apresentação Osvaldo Maia
 
Indústria 4.0 - Vantagens e Impactos para a sociedade. Fabiana Tarabal
Indústria 4.0 - Vantagens e Impactos para a sociedade. Fabiana TarabalIndústria 4.0 - Vantagens e Impactos para a sociedade. Fabiana Tarabal
Indústria 4.0 - Vantagens e Impactos para a sociedade. Fabiana Tarabal
 
Licenciamento math works
Licenciamento math worksLicenciamento math works
Licenciamento math works
 
Webinar Classificação Images com MATLAB
Webinar Classificação Images com MATLABWebinar Classificação Images com MATLAB
Webinar Classificação Images com MATLAB
 
Webinar Novidades da Release R2017b
Webinar Novidades da Release R2017bWebinar Novidades da Release R2017b
Webinar Novidades da Release R2017b
 
Desenvolvimento de software autônomo para determinação e controle de órbita e...
Desenvolvimento de software autônomo para determinação e controle de órbita e...Desenvolvimento de software autônomo para determinação e controle de órbita e...
Desenvolvimento de software autônomo para determinação e controle de órbita e...
 
Simulação e desenvolvimento de algoritmos de tempo real usando Matlab/Simulin...
Simulação e desenvolvimento de algoritmos de tempo real usando Matlab/Simulin...Simulação e desenvolvimento de algoritmos de tempo real usando Matlab/Simulin...
Simulação e desenvolvimento de algoritmos de tempo real usando Matlab/Simulin...
 
Breve histórico da engenharia de sistemas no Brasil e as Iniciativas atuais d...
Breve histórico da engenharia de sistemas no Brasil e as Iniciativas atuais d...Breve histórico da engenharia de sistemas no Brasil e as Iniciativas atuais d...
Breve histórico da engenharia de sistemas no Brasil e as Iniciativas atuais d...
 
Utilização da Engenharia de Requisitos: Onde, quando e como utilizar
Utilização da Engenharia de Requisitos: Onde, quando e como utilizarUtilização da Engenharia de Requisitos: Onde, quando e como utilizar
Utilização da Engenharia de Requisitos: Onde, quando e como utilizar
 
Visão Computacional
Visão ComputacionalVisão Computacional
Visão Computacional
 

Último

Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxlucivaniaholanda
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 

Último (20)

Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 

Sociedade 5.0 "Sociedade Super Inteligente (Juliano Reinert- Católica de SC) Evento FIESP

  • 2. Pág. PALESTRA: Sociedade 5.0 “Sociedade Super Inteligente” 2 Source: Keidanren, Policy & Action Desde 2016 Lançado em 2017 Versão 2.0
  • 3. Pág. Palestrante 3 Juliano Heinzelmann Reinert, M.Sc. Eng, MBA, FCP, CCTT, COBIT, IAPM. • Professor (pós-graduação e graduação da Católica SC), • Palestrante; • Instrutor Furukawa/Softsell; • Instrutor/consultor pela BEWARE; • Sócio-diretor de empresa PROJECT training; • Membro de comitê na norma ABNT ISO; • Escritor (RTI, 2 livros até 2014, + novo).
  • 4. Pág. Visita em indústria na Europa Source: Arquivo pessoal, visita a indústrias da Alemanha em 2014. Data: jan/2014 A realidade de algum país serve exatamente para o Brasil?
  • 5. Pág. No Brasil: Queremos uma indústria sem pessoas? Queremos uma sociedade sem empregos? Queremos resolver os problemas comuns?
  • 6. Pág. A corrida global Source: Yoshitaka Nishino, PhD. Hitashi Group´s R&D Strategy
  • 7. Pág. Sociedade 5.0 Caça e coleta Em simbiose com a natureza Agricultura Irrigação, técnicas, colônias Produção em massa Computador, internetInformação Source: Foreigh Press Center Japan (FPCJ) Indústria Sociedade Super Inteligente
  • 8. Pág. Sociedade 5.0: Resolver problemas sociais e globais Source: NTT group, CEO Hiroo Unoura, NTT Technical review
  • 9. Pág. Robôs e Empregabilidade Source: Vídeo disponível no Youtube, Euro News, CEBIT “ Os robôs não irão substituir o trabalho de ninguém. Mas.. Podem fazer atividades que libertem os humanos para coisas mais importantes, na qual sejam realmente necessárias.”
  • 10. Pág. Processo já iniciado no Brasil… Source: http://www.furukawalatam.com/br/ Evento: Connected Smart Cities Principal evento de cidades inteligentes e conectadas (SP). “Tecnologias de fibra óptica de última geração”. FURUKAWA Qual a relação da fibra óptica com a sociedade 5.0?
  • 11. Pág. Sociedade 5.0: Exemplo - “Parceria do homem com a máquina (Simbiótico); - O Robô auxilia o humano a não errar; Imagina o que você faz hoje… Como o robô ou máquina poderia ser parceiro? Source: Komatsu e Yoshitaka Nishino, PhD. Hitashi Group´s R&D Strategy
  • 12. Pág. Uma sociedade super inteligente Source: Foreigh Press Center Japan (FPCJ) - Alto grau de fusão entre o ciberespaço e espaço físico (mundo real); - A fusão entre todas indústrias e a TI. Colaboração em vários campos com tecnologias IoT: Novos valores
  • 13. Pág. Society 5.0: Como funciona? Source: Keidanren, Policy & Action A base é a TIC.
  • 14. Pág. Mas.. Cuidado com a segurança Source: Future services, CRDS R&D Japan Necessário profissionais capacitados! Caso contrário…
  • 15. Pág. Casos de AI (até 2030) Source: G20 Dialoge, taskforce, digitalization, policy paper 2017 - Carros inteligentes; - Carros autônomos; - Planejamento de vias; - Informativos inteligentes; - Construções inteligentes; - Gravadores de saúde; - Analisadores de saúde; - Robôs que cuidam; - Saúde remota; - Cuidado dos idosos;
  • 16. Pág. Casos de AI (até 2030) Source: G20 Dialoge, taskforce, digitalization, policy paper 2017 - Ajuda para gastar o orçamento público; - Planejamento da distribuição de comida. - Entregas; - Limpeza; - Segurança; - Assistência pessoal.
  • 17. Pág. Ameaça ou oportunidade? - Um Sistema AI faz o trabalho de um advogado ou auxilia o advogado em diversas possibilidades para ganhar uma causa? - Um Sistema AI que tira a privacidade das pessoas ou reduz crimes, corrupção e violência?
  • 18. Pág. Ameaça ou oportunidade? - Robô que gera desemprego ou colabora para o homem não errar? - Registrador de saúde para não ir ao médico ou para antecipar doenças, auxiliar o médico a promover a qualidade de vida?
  • 19. Pág. Futuro: “Cabe a cada um de nós” A Sociedade do futuro será simbiótica? Como conduzir o futuro do Brasil? Source: Cabine do A380 Os níveis: 1: Artesanal 2: Semi automatizado 3: Automatizado 4: Autônomo simbiótico 5: Autônomo evolutivo
  • 20. Pág. 20 Uma nova sociedade, um novo mundo.. - Para resolver diversos problemas
  • 21. Pág. OBRIGADO! JULIANO.REINERT@CATOLICASC.ORG.BR OPENCADD AV. BRIGADEIRO FARIA LIMA, 1931, CJ 152 JARDIM PAULISTANO SÃO PAULO / SP SINDRATAR AV. PAULISTA,1313 JARDINS SÃO PAULO / SP

Notas do Editor

  1. Mudar textos
  2. Envolve tudo: fabricação, logística, vendas, transporte, assistência médica, finanças e serviços públicos; Aumenta a qualidade de vida devido aos serviços inteligentes e de alta qualidade; Elimina a desigualdade de serviço; Agrega novo valor a sociedade. Novo ambiente coeso: pessoas, AI e robôs.
  3. Na prática, exemplo. Medico.
  4. Não adianta fazer uma inovação, pergunta.
  5. Retirar, falar de coisas positivas. Ameaça? Ou oportunidade? Mudanças, cabe a cada um de nós. Bomba (atomi)
  6. Retirar, falar de coisas positivas. Ameaça? Ou oportunidade? Mudanças, cabe a cada um de nós. Bomba (atomi)
  7. Retirar, falar de coisas positivas. Ameaça? Ou oportunidade? Mudanças, cabe a cada um de nós. Bomba (atomi)