SlideShare uma empresa Scribd logo
PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO
Tecnologia Educacional
Apresentação
“As tecnologias têm papel fundamental no
estabelecimento dos referenciais e espaço-temporais
das sociedades humanas; isto é, todas as formas de
construção do conhecimento estão estruturadas em
alguma tecnologia.” (P. Lèvy, 1993)
2014
“As novas perspectivas para a educação
requerem dos gestores e professores no
mínimo uma cultura geral mais
ampliada, capacidade de aprender a
aprender, competência para saber agir
na sala de aula, habilidades
comunicativas, domínio da linguagem
informacional, saber usar meios de
comunicação e articular as aulas com as
mídias e multimídias.”
(J. C. Libâneo, 2002)
É inevitável a influência da tecnologia no cotidiano das
pessoas em virtude da evolução da sociedade e das
conquistas adquiridas pelo Homem ao longo do tempo
com o uso de dispositivos computacionais nas diversas
áreas do conhecimento.
Tal tendência adentrou o espaço educacional como
consequência da absorção da cultura informacional e dos
hábitos sociais. Atualmente faz-se relevante que a
Escola e seus agentes acompanhe as evoluções
tecnológicas com mais atenção, pois através deste
processo de transformação novas metodologias
pedagógicas enriquecem a aprendizagem discente.
Nas escolas do Sistema de Ensino do município de
Cabedelo/PB essa realidade se faz presente através da
inovação, qualidade e dinâmica de trabalho que
caracteriza o Setor de Tecnologia Educacional da
Secretaria de Educação.
2
Nossas principais
atribuições
- Gerenciar a utilização logística das tecnologias digitais
nas escolas, a fim de manter o funcionamento do sistema
de ensino;
- Apoiar ações pedagógicas de uso das Tecnologias da
Informação e Comunicação no Sistema de Ensino;
- Facilitar a Formação Continuada dos Educadores e
Técnicos Educacionais a fim de manter o Sistema de
Ensino atualizado e crescente no tangente ao uso das
midias digitais;
- Manter contato com o Ministério da Educação a fim de
implementar seus programas de tecnologias educativas;
- Manter contato com universidades e outras instituiçoões
públicas e privadas a fim de manter parcerias para apoio
técnico;
- Definir estratégias de uso das Tecnologias da
Informação e Comunicação nas instituições vinculadas a
Secretaria de Educação;
- Fomentar Formação Continuada em tecnologias para os
profissionais técnicos vinculados a Secretaria de
Educação;
- Desenvolver comunidades de aprendizagem entre
discentes, docentes e técnicos;
- Oferecer estratégias facilitadoras da gestão escolar por
meio do uso das Tecnologias da Informação e
Comunicação;
- Estimular ações de intercâmbio cultural tecnológico
entre as escolas do município e outras redes de ensino;
Quem é o monitor de
informática educativa?
O monitor de informática educativa é o
profissional cuja função é acompanhar,
orientar e contribuir com as atividades
realizadas nos ambientes tecnológicos
da escola.
Ele auxilia os professores na produção
de conteúdos multimidiáticos para a
realização de atividades pedagógicas
junto aos alunos e demais comunidade
escolar.
É esse profissional que media os
saberes computacionais dos agentes da
comunidade escolar, potencializando o
uso das tecnologias da informação e
comunicação de maneira a contribuir
com o processo ensino-aprendizagem e
democratizando o conhecimento.
Os ambientes tecnológicos da escola
Todos os espaços educativos da escolar são considerados
ambientes tecnológicos. Tal afirmação deve levar o educador
a refletir acerca dos recursos pedagógicos utilizados no
processo de ensino como recurso facilitador da
aprendizagem.
O laboratório de informática é um ambiente tecnológico
reconhecido na escola por possuir em seu interior uma
estrutura que dispõe de computadores e outros equipamentos
eletrônicos. Porém, devemos deixar claro que a tecnologia
perpassa pela sala de informática
3
Produção de Atividades Pedagógicas
Computacionais para o Linux Educacional
A valorização da transmissão do conhecimento é
essencial para despertar o interesse na aprendizagem
discente. Por isso, teremos a produção de conteúdos
como foco prioritário nas ações de tecnologia
educacional das escolas municipais em Cabedelo/PB.
Atividades pedagógicas diferenciadas através de jogos,
exercícios em forma de desafios, exposições de aulas
interativas trará possibilidades inovadoras para o
educador, onde o despertar do saber discente e docente
acontecerá de maneira natural, pois o uso da TIC como
ferramenta didática permitirá a apresentação das
temáticas abordadas no ambiente escolar de maneira
muito mais interessante.
Formação Continuada
A Formação Continuada em Serviço tem por
finalidade principal enriquecer a prática
professional diária dos indivíduos, favorecendo a
troca de experiência entre as escolas e equipes
técnica e pedagógica que compõem a estrutura
de trabalho da Secretaria de Educação do
município de Cabedelo. Neste momento, o foco
das ações do setor de tecnologia educacional
estará direcionado para professores, monitores e
técnicos que atuarão junto às escolas.
Para isso, um programa de formação será
implementado, atendendo as necessidades
cotidianas dos profissionais em relação ao uso de
tecnologias da informação e comunicação
- Manter atualizadas as informações relacionadas as
tecnologias educacionais diante do MEC e comunidade
em geral;
- Estimular a construção de espaços informativos nas
escolas, estruturados sob acompanhamento do setor;
- Acompanhar todas as ações que envolvam sistemas
do MEC a fim de capacitar funcionários para o uso das
Tecnologias da Informação e Comunicação;
- Implementar programas e projetos de Tecnologia
Educacional no Sistema de Ensino para docentes e
técnicos;
- Viabilizar a manutenção dos ambientes tecnológicos
das unidades de ensino, bem como seus equipamentos;
- Consolidar a Política de Inclusão Digital para o uso das
Tecnologias Educacionais do município de
Cabedelo/PB;
- Definir as diretrizes para o uso das tecnologias
educacionais junto às unidades de ensino;
- Manter o funcionamento do Núcleo de Tecnologia do
Município e o atendimento ao Sistema de Ensino.
- Desenvolver soluções tecnológicas para uso didático
pedagógico no Sistema de Ensino.
PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL
E EDUCAÇÃO INFANTIL
Os educadores terão acesso ao programa de
formação que visará a aplicação e uso das TIC
na sala de aula. Para tanto serão realizadas além
das Oficinas de Produção, atividades de
interação nas redes sociais e compartilhamento
de produções pedagógicas entre as escolas.
1.
2.
3.
MONITORES DE INFORMÁTICA EDUCATIVA
Os monitores do Setor de Tecnologia
Educacional atuarão como mediadores da
construção pedagógica midiatizada na escola.
Para tanto, vivenciarão a produção de atividades
educativas para o uso no laboratório de
informática e na sala de aula (jogos, vídeos,
blogs, quizzes, etc.), além da competência de
manipulação dos recursos digitais que as escolas
municipais oferecem como facilitadores para a
aprendizagem dos alunos.
TÉCNICOS DA EDUCAÇÃO
Os Técnicos da Educação poderão no Programa
de Formação Continuada adquirir habilidades
computacionais para o tratamento das
informações no Sistema de Ensino através da
utilização das noções de informática para
estruturas documentais.
Setor de Tecnologia Educacional
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
(83) 3250- 3135
ste.cabedelo@gmail.com
Equipe de Atendimento
A Equipe de Atendimento do Setor de Tecnologia Educacional manterá durante todo o ano letivo
um vínculo direto entre a Escola, seus parceiros, a Secretaria de Educação e demais setores da
Prefeitura Municipal de Cabedelo com a finalidade de possibilitar a execução de suas ações,
primando pela transparência, excelência e qualidade das informações necessárias para fazer do
ambiente escolar um espaço tecnológico atualizado e dinâmico. Para isso contaremos com a
contribuição dos agentes responsáveis pela manutenção de todo o processo de implantação desta
iniciativa.
Priscila Dias
CHEFE DE SETOR
(83) 8611-1111
profprisciladias@gmail.com
Daniel Mano Filho
COORDENADOR DE SETOR
(83) 8831-1920
danielfmanofilho@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Prinfo integrado
Prinfo integradoPrinfo integrado
Prinfo integrado
mercedesgoulart
 
Apresentação do Curso 'Aprendendo e ensinando com as TIC.
Apresentação do Curso 'Aprendendo e ensinando com as TIC.Apresentação do Curso 'Aprendendo e ensinando com as TIC.
Apresentação do Curso 'Aprendendo e ensinando com as TIC.
anilzabrasil
 
Atividade2 iagomartins
Atividade2 iagomartinsAtividade2 iagomartins
Atividade2 iagomartins
IagoMartins20
 
Tecnologia aplicada a educação
Tecnologia aplicada a educaçãoTecnologia aplicada a educação
Tecnologia aplicada a educação
JAVE DE OLIVEIRA SILVA
 
Prinfo integrado
Prinfo integradoPrinfo integrado
Prinfo integrado
mercedesgoulart
 
Resolução 2491 2011
Resolução 2491 2011Resolução 2491 2011
Resolução 2491 2011
Suziany Ihan Xavier Gaspar
 
Apresentação do curso TIC na Educação
Apresentação do curso TIC na EducaçãoApresentação do curso TIC na Educação
Apresentação do curso TIC na Educação
Diran Araújo
 
A importância da tecnologia para educação
A importância da tecnologia para educaçãoA importância da tecnologia para educação
A importância da tecnologia para educação
Fernanda Damasio
 
TIC - NTE Jequié - Ensinando e Aprendendo com as TIC
TIC - NTE  Jequié - Ensinando e Aprendendo com as TIC TIC - NTE  Jequié - Ensinando e Aprendendo com as TIC
TIC - NTE Jequié - Ensinando e Aprendendo com as TIC
kabarreto
 
Unidade 2 educação e tecnologias
Unidade 2 educação e tecnologiasUnidade 2 educação e tecnologias
Unidade 2 educação e tecnologias
Marta Carolina Santos
 
Conferencia apresentação geral
Conferencia apresentação geralConferencia apresentação geral
Conferencia apresentação geral
Sérgio Luís
 
Ntecaxiasdosul
NtecaxiasdosulNtecaxiasdosul
Ntecaxiasdosul
adrianacarrazoni
 
Educação Digital - Proinfo Integrado
Educação Digital - Proinfo IntegradoEducação Digital - Proinfo Integrado
Educação Digital - Proinfo Integrado
Adriana Sousa
 
Slides Proinfo
Slides ProinfoSlides Proinfo
ApresentaçãO100h
ApresentaçãO100hApresentaçãO100h
ApresentaçãO100h
liarosamoura
 
Slides Proinfo Nte
Slides Proinfo NteSlides Proinfo Nte
Slides Proinfo Nte
ntelivramento
 
Acção formação pte1
Acção formação pte1Acção formação pte1
Acção formação pte1
Ádila Faria
 

Mais procurados (17)

Prinfo integrado
Prinfo integradoPrinfo integrado
Prinfo integrado
 
Apresentação do Curso 'Aprendendo e ensinando com as TIC.
Apresentação do Curso 'Aprendendo e ensinando com as TIC.Apresentação do Curso 'Aprendendo e ensinando com as TIC.
Apresentação do Curso 'Aprendendo e ensinando com as TIC.
 
Atividade2 iagomartins
Atividade2 iagomartinsAtividade2 iagomartins
Atividade2 iagomartins
 
Tecnologia aplicada a educação
Tecnologia aplicada a educaçãoTecnologia aplicada a educação
Tecnologia aplicada a educação
 
Prinfo integrado
Prinfo integradoPrinfo integrado
Prinfo integrado
 
Resolução 2491 2011
Resolução 2491 2011Resolução 2491 2011
Resolução 2491 2011
 
Apresentação do curso TIC na Educação
Apresentação do curso TIC na EducaçãoApresentação do curso TIC na Educação
Apresentação do curso TIC na Educação
 
A importância da tecnologia para educação
A importância da tecnologia para educaçãoA importância da tecnologia para educação
A importância da tecnologia para educação
 
TIC - NTE Jequié - Ensinando e Aprendendo com as TIC
TIC - NTE  Jequié - Ensinando e Aprendendo com as TIC TIC - NTE  Jequié - Ensinando e Aprendendo com as TIC
TIC - NTE Jequié - Ensinando e Aprendendo com as TIC
 
Unidade 2 educação e tecnologias
Unidade 2 educação e tecnologiasUnidade 2 educação e tecnologias
Unidade 2 educação e tecnologias
 
Conferencia apresentação geral
Conferencia apresentação geralConferencia apresentação geral
Conferencia apresentação geral
 
Ntecaxiasdosul
NtecaxiasdosulNtecaxiasdosul
Ntecaxiasdosul
 
Educação Digital - Proinfo Integrado
Educação Digital - Proinfo IntegradoEducação Digital - Proinfo Integrado
Educação Digital - Proinfo Integrado
 
Slides Proinfo
Slides ProinfoSlides Proinfo
Slides Proinfo
 
ApresentaçãO100h
ApresentaçãO100hApresentaçãO100h
ApresentaçãO100h
 
Slides Proinfo Nte
Slides Proinfo NteSlides Proinfo Nte
Slides Proinfo Nte
 
Acção formação pte1
Acção formação pte1Acção formação pte1
Acção formação pte1
 

Destaque

Tutorial Conhecendo o Linux
Tutorial Conhecendo o LinuxTutorial Conhecendo o Linux
Tutorial Conhecendo o Linux
SteCabedelo
 
Roteiro para oficina de modelo de negócios - Feira do Empreendedor da Bahia
Roteiro para oficina de modelo de negócios - Feira do Empreendedor da BahiaRoteiro para oficina de modelo de negócios - Feira do Empreendedor da Bahia
Roteiro para oficina de modelo de negócios - Feira do Empreendedor da Bahia
Marcelo Pimenta (menta90)
 
Linguagem e comunicacao_na_era_digital
Linguagem e comunicacao_na_era_digitalLinguagem e comunicacao_na_era_digital
Linguagem e comunicacao_na_era_digital
Jamiles Andrade
 
O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...
O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...
O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...
Angelo Branco
 
LETRAMENTO METAMIDIÁTICO: TRANSFORMANDO SIGNIFICADOS E MÍDIAS
LETRAMENTO METAMIDIÁTICO: TRANSFORMANDO SIGNIFICADOS E MÍDIASLETRAMENTO METAMIDIÁTICO: TRANSFORMANDO SIGNIFICADOS E MÍDIAS
LETRAMENTO METAMIDIÁTICO: TRANSFORMANDO SIGNIFICADOS E MÍDIAS
Fatima Andreia Tamanini
 
Laboratório Audivisual Hipermedia - Aula 0
Laboratório Audivisual Hipermedia - Aula 0Laboratório Audivisual Hipermedia - Aula 0
Laboratório Audivisual Hipermedia - Aula 0
Pedro Tavares
 
Tecnologias, Mídias, Criação e Hipertextualidade na transformação da Informaç...
Tecnologias, Mídias, Criação e Hipertextualidade na transformação da Informaç...Tecnologias, Mídias, Criação e Hipertextualidade na transformação da Informaç...
Tecnologias, Mídias, Criação e Hipertextualidade na transformação da Informaç...
Freelancer
 
Aula 02 meios de comunicação de dados
Aula 02 meios de comunicação de dadosAula 02 meios de comunicação de dados
Aula 02 meios de comunicação de dados
Jorge Ávila Miranda
 
Redação publicitária - criando roteiros vendedores e criativos para TV e w…
Redação publicitária - criando roteiros vendedores e criativos para TV e w…Redação publicitária - criando roteiros vendedores e criativos para TV e w…
Redação publicitária - criando roteiros vendedores e criativos para TV e w…
VOZ Comunica
 
Por Dentro do Instagram - História, Números e Oportunidades
Por Dentro do Instagram - História, Números e OportunidadesPor Dentro do Instagram - História, Números e Oportunidades
Por Dentro do Instagram - História, Números e Oportunidades
Com Inteligência Digital
 
Comunicação, Mercado e Tecnologia - Volume 1
Comunicação, Mercado e Tecnologia - Volume 1Comunicação, Mercado e Tecnologia - Volume 1
Comunicação, Mercado e Tecnologia - Volume 1
Grupo COMERTEC
 
Proposta de aula usando recursos multimidiáticos
Proposta de aula usando recursos multimidiáticosProposta de aula usando recursos multimidiáticos
Proposta de aula usando recursos multimidiáticos
priscilabosenbecker
 
INSTAGRAM E PUBLICIDADE: Manual de uso prático do Instagram para Empresas.
INSTAGRAM E PUBLICIDADE: Manual de uso prático do Instagram para Empresas.INSTAGRAM E PUBLICIDADE: Manual de uso prático do Instagram para Empresas.
INSTAGRAM E PUBLICIDADE: Manual de uso prático do Instagram para Empresas.
Baronso Lucena
 
Planejamento em Mídias Sociais
Planejamento em Mídias SociaisPlanejamento em Mídias Sociais
Planejamento em Mídias Sociais
Paulo Marinho
 
Web Jor em #s Plataformas
Web Jor em #s PlataformasWeb Jor em #s Plataformas
Web Jor em #s Plataformas
Agnes Arruda
 
14-02-18_Cibercultura
14-02-18_Cibercultura14-02-18_Cibercultura
14-02-18_Cibercultura
Agnes Arruda
 
Youtube, Instagram e Tumblr como plataformas para o webjornalismo
Youtube, Instagram e Tumblr como plataformas para o webjornalismoYoutube, Instagram e Tumblr como plataformas para o webjornalismo
Youtube, Instagram e Tumblr como plataformas para o webjornalismo
Agnes Arruda
 
14-02-04_Teoria-Da-Mídia-Rituais-Midiáticos
14-02-04_Teoria-Da-Mídia-Rituais-Midiáticos14-02-04_Teoria-Da-Mídia-Rituais-Midiáticos
14-02-04_Teoria-Da-Mídia-Rituais-Midiáticos
Agnes Arruda
 
14-06-02_Arte-Sec-XX
14-06-02_Arte-Sec-XX14-06-02_Arte-Sec-XX
14-06-02_Arte-Sec-XX
Agnes Arruda
 
Aula3 mídia e consumo
Aula3 mídia e consumoAula3 mídia e consumo
Aula3 mídia e consumo
Agnes Arruda
 

Destaque (20)

Tutorial Conhecendo o Linux
Tutorial Conhecendo o LinuxTutorial Conhecendo o Linux
Tutorial Conhecendo o Linux
 
Roteiro para oficina de modelo de negócios - Feira do Empreendedor da Bahia
Roteiro para oficina de modelo de negócios - Feira do Empreendedor da BahiaRoteiro para oficina de modelo de negócios - Feira do Empreendedor da Bahia
Roteiro para oficina de modelo de negócios - Feira do Empreendedor da Bahia
 
Linguagem e comunicacao_na_era_digital
Linguagem e comunicacao_na_era_digitalLinguagem e comunicacao_na_era_digital
Linguagem e comunicacao_na_era_digital
 
O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...
O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...
O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...
 
LETRAMENTO METAMIDIÁTICO: TRANSFORMANDO SIGNIFICADOS E MÍDIAS
LETRAMENTO METAMIDIÁTICO: TRANSFORMANDO SIGNIFICADOS E MÍDIASLETRAMENTO METAMIDIÁTICO: TRANSFORMANDO SIGNIFICADOS E MÍDIAS
LETRAMENTO METAMIDIÁTICO: TRANSFORMANDO SIGNIFICADOS E MÍDIAS
 
Laboratório Audivisual Hipermedia - Aula 0
Laboratório Audivisual Hipermedia - Aula 0Laboratório Audivisual Hipermedia - Aula 0
Laboratório Audivisual Hipermedia - Aula 0
 
Tecnologias, Mídias, Criação e Hipertextualidade na transformação da Informaç...
Tecnologias, Mídias, Criação e Hipertextualidade na transformação da Informaç...Tecnologias, Mídias, Criação e Hipertextualidade na transformação da Informaç...
Tecnologias, Mídias, Criação e Hipertextualidade na transformação da Informaç...
 
Aula 02 meios de comunicação de dados
Aula 02 meios de comunicação de dadosAula 02 meios de comunicação de dados
Aula 02 meios de comunicação de dados
 
Redação publicitária - criando roteiros vendedores e criativos para TV e w…
Redação publicitária - criando roteiros vendedores e criativos para TV e w…Redação publicitária - criando roteiros vendedores e criativos para TV e w…
Redação publicitária - criando roteiros vendedores e criativos para TV e w…
 
Por Dentro do Instagram - História, Números e Oportunidades
Por Dentro do Instagram - História, Números e OportunidadesPor Dentro do Instagram - História, Números e Oportunidades
Por Dentro do Instagram - História, Números e Oportunidades
 
Comunicação, Mercado e Tecnologia - Volume 1
Comunicação, Mercado e Tecnologia - Volume 1Comunicação, Mercado e Tecnologia - Volume 1
Comunicação, Mercado e Tecnologia - Volume 1
 
Proposta de aula usando recursos multimidiáticos
Proposta de aula usando recursos multimidiáticosProposta de aula usando recursos multimidiáticos
Proposta de aula usando recursos multimidiáticos
 
INSTAGRAM E PUBLICIDADE: Manual de uso prático do Instagram para Empresas.
INSTAGRAM E PUBLICIDADE: Manual de uso prático do Instagram para Empresas.INSTAGRAM E PUBLICIDADE: Manual de uso prático do Instagram para Empresas.
INSTAGRAM E PUBLICIDADE: Manual de uso prático do Instagram para Empresas.
 
Planejamento em Mídias Sociais
Planejamento em Mídias SociaisPlanejamento em Mídias Sociais
Planejamento em Mídias Sociais
 
Web Jor em #s Plataformas
Web Jor em #s PlataformasWeb Jor em #s Plataformas
Web Jor em #s Plataformas
 
14-02-18_Cibercultura
14-02-18_Cibercultura14-02-18_Cibercultura
14-02-18_Cibercultura
 
Youtube, Instagram e Tumblr como plataformas para o webjornalismo
Youtube, Instagram e Tumblr como plataformas para o webjornalismoYoutube, Instagram e Tumblr como plataformas para o webjornalismo
Youtube, Instagram e Tumblr como plataformas para o webjornalismo
 
14-02-04_Teoria-Da-Mídia-Rituais-Midiáticos
14-02-04_Teoria-Da-Mídia-Rituais-Midiáticos14-02-04_Teoria-Da-Mídia-Rituais-Midiáticos
14-02-04_Teoria-Da-Mídia-Rituais-Midiáticos
 
14-06-02_Arte-Sec-XX
14-06-02_Arte-Sec-XX14-06-02_Arte-Sec-XX
14-06-02_Arte-Sec-XX
 
Aula3 mídia e consumo
Aula3 mídia e consumoAula3 mídia e consumo
Aula3 mídia e consumo
 

Semelhante a Apresentação do Setor de Tecnologia Educacional

Proinfo integrado
Proinfo integradoProinfo integrado
Proinfo integrado
Dirce Cristiane Camilotti
 
Proinfo Integrado Estrutura
Proinfo Integrado   EstruturaProinfo Integrado   Estrutura
Proinfo Integrado Estrutura
Auxiliadora Vasconcelos
 
Apostila de Tecnologia de Educação
Apostila de Tecnologia de EducaçãoApostila de Tecnologia de Educação
Apostila de Tecnologia de Educação
Prefeitura Municipal de Araçariguama
 
Proinfo introducaoaeducacaodigital-cursista1-130425175348-phpapp01
Proinfo introducaoaeducacaodigital-cursista1-130425175348-phpapp01Proinfo introducaoaeducacaodigital-cursista1-130425175348-phpapp01
Proinfo introducaoaeducacaodigital-cursista1-130425175348-phpapp01
Edna Luisa Matos Lopes
 
Proinfo introducao a educacao digital - cursista1
Proinfo   introducao a educacao digital - cursista1Proinfo   introducao a educacao digital - cursista1
Proinfo introducao a educacao digital - cursista1
Alecrissantos
 
Proinfo Introducao a Educacao Digital - 60f
Proinfo  Introducao a Educacao Digital - 60fProinfo  Introducao a Educacao Digital - 60f
Proinfo Introducao a Educacao Digital - 60f
tecampinasoeste
 
Sobradinho - Luciano Machado
Sobradinho - Luciano MachadoSobradinho - Luciano Machado
Sobradinho - Luciano Machado
CursoTICs
 
Proinfo introducao a educacao digital - cursista
Proinfo   introducao a educacao digital - cursistaProinfo   introducao a educacao digital - cursista
Proinfo introducao a educacao digital - cursista
Edna Luisa Matos Lopes
 
A P R E S E N T AÇÃ O D O Nte
A P R E S E N T AÇÃ O  D O NteA P R E S E N T AÇÃ O  D O Nte
A P R E S E N T AÇÃ O D O Nte
Maria Do Carmo Souza
 
A PresentaçãO Do Nte
A PresentaçãO Do NteA PresentaçãO Do Nte
A PresentaçãO Do Nte
Maria Do Carmo Souza
 
A PresentaçãO Do Nte
A PresentaçãO Do NteA PresentaçãO Do Nte
A PresentaçãO Do Nte
Maria Do Carmo Souza
 
A PresentaçãO Do Nte
A PresentaçãO Do NteA PresentaçãO Do Nte
A PresentaçãO Do Nte
Maria Do Carmo Souza
 
APresentaçãO Do Nte
APresentaçãO Do NteAPresentaçãO Do Nte
APresentaçãO Do Nte
Maria Do Carmo Souza
 
Projeto Abrindo as Portas para a Inclusão Digital
Projeto Abrindo as Portas para a Inclusão DigitalProjeto Abrindo as Portas para a Inclusão Digital
Projeto Abrindo as Portas para a Inclusão Digital
Michele Silva
 
Apostila tics cursista2013
Apostila tics cursista2013Apostila tics cursista2013
Apostila tics cursista2013
marcosuchoa37
 
Inclusão Digital
Inclusão DigitalInclusão Digital
Inclusão Digital
mariluci
 
Artigo seminariorondonopolis vicentewilliansset2011
Artigo seminariorondonopolis vicentewilliansset2011Artigo seminariorondonopolis vicentewilliansset2011
Artigo seminariorondonopolis vicentewilliansset2011
Secretaria Municipal de Educação de Dona Inês/PB
 
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem NevesSantana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
CursoTICs
 
Projeto Escola em Jogo
Projeto Escola em JogoProjeto Escola em Jogo
Projeto Escola em Jogo
Paulo Alexandre
 
Guia Do Cursista
Guia Do CursistaGuia Do Cursista
Guia Do Cursista
Diva Soares
 

Semelhante a Apresentação do Setor de Tecnologia Educacional (20)

Proinfo integrado
Proinfo integradoProinfo integrado
Proinfo integrado
 
Proinfo Integrado Estrutura
Proinfo Integrado   EstruturaProinfo Integrado   Estrutura
Proinfo Integrado Estrutura
 
Apostila de Tecnologia de Educação
Apostila de Tecnologia de EducaçãoApostila de Tecnologia de Educação
Apostila de Tecnologia de Educação
 
Proinfo introducaoaeducacaodigital-cursista1-130425175348-phpapp01
Proinfo introducaoaeducacaodigital-cursista1-130425175348-phpapp01Proinfo introducaoaeducacaodigital-cursista1-130425175348-phpapp01
Proinfo introducaoaeducacaodigital-cursista1-130425175348-phpapp01
 
Proinfo introducao a educacao digital - cursista1
Proinfo   introducao a educacao digital - cursista1Proinfo   introducao a educacao digital - cursista1
Proinfo introducao a educacao digital - cursista1
 
Proinfo Introducao a Educacao Digital - 60f
Proinfo  Introducao a Educacao Digital - 60fProinfo  Introducao a Educacao Digital - 60f
Proinfo Introducao a Educacao Digital - 60f
 
Sobradinho - Luciano Machado
Sobradinho - Luciano MachadoSobradinho - Luciano Machado
Sobradinho - Luciano Machado
 
Proinfo introducao a educacao digital - cursista
Proinfo   introducao a educacao digital - cursistaProinfo   introducao a educacao digital - cursista
Proinfo introducao a educacao digital - cursista
 
A P R E S E N T AÇÃ O D O Nte
A P R E S E N T AÇÃ O  D O NteA P R E S E N T AÇÃ O  D O Nte
A P R E S E N T AÇÃ O D O Nte
 
A PresentaçãO Do Nte
A PresentaçãO Do NteA PresentaçãO Do Nte
A PresentaçãO Do Nte
 
A PresentaçãO Do Nte
A PresentaçãO Do NteA PresentaçãO Do Nte
A PresentaçãO Do Nte
 
A PresentaçãO Do Nte
A PresentaçãO Do NteA PresentaçãO Do Nte
A PresentaçãO Do Nte
 
APresentaçãO Do Nte
APresentaçãO Do NteAPresentaçãO Do Nte
APresentaçãO Do Nte
 
Projeto Abrindo as Portas para a Inclusão Digital
Projeto Abrindo as Portas para a Inclusão DigitalProjeto Abrindo as Portas para a Inclusão Digital
Projeto Abrindo as Portas para a Inclusão Digital
 
Apostila tics cursista2013
Apostila tics cursista2013Apostila tics cursista2013
Apostila tics cursista2013
 
Inclusão Digital
Inclusão DigitalInclusão Digital
Inclusão Digital
 
Artigo seminariorondonopolis vicentewilliansset2011
Artigo seminariorondonopolis vicentewilliansset2011Artigo seminariorondonopolis vicentewilliansset2011
Artigo seminariorondonopolis vicentewilliansset2011
 
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem NevesSantana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
 
Projeto Escola em Jogo
Projeto Escola em JogoProjeto Escola em Jogo
Projeto Escola em Jogo
 
Guia Do Cursista
Guia Do CursistaGuia Do Cursista
Guia Do Cursista
 

Mais de SteCabedelo

Tutorial do Facebook
Tutorial  do FacebookTutorial  do Facebook
Tutorial do Facebook
SteCabedelo
 
Tutorial blog
Tutorial blogTutorial blog
Tutorial blog
SteCabedelo
 
Tutorial twitter
Tutorial  twitterTutorial  twitter
Tutorial twitter
SteCabedelo
 
Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1
Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1
Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1
SteCabedelo
 
Guia de Orientação dos Monitores V. III
Guia de Orientação dos Monitores V. IIIGuia de Orientação dos Monitores V. III
Guia de Orientação dos Monitores V. III
SteCabedelo
 
TV NA ESCOLA
TV NA ESCOLATV NA ESCOLA
TV NA ESCOLA
SteCabedelo
 
Apresentação TV Escola
Apresentação TV EscolaApresentação TV Escola
Apresentação TV Escola
SteCabedelo
 
Tutorial TV Escola
Tutorial TV EscolaTutorial TV Escola
Tutorial TV Escola
SteCabedelo
 
Tutorial Ligando Datashow
Tutorial Ligando DatashowTutorial Ligando Datashow
Tutorial Ligando Datashow
SteCabedelo
 
JOGOS ONLINE
JOGOS ONLINEJOGOS ONLINE
JOGOS ONLINE
SteCabedelo
 
TUTORIAL YOUTUBE
TUTORIAL YOUTUBETUTORIAL YOUTUBE
TUTORIAL YOUTUBE
SteCabedelo
 
TUTORIAL PICASA
TUTORIAL PICASATUTORIAL PICASA
TUTORIAL PICASA
SteCabedelo
 
TUTORIAL TV ESCOLA
TUTORIAL TV ESCOLATUTORIAL TV ESCOLA
TUTORIAL TV ESCOLA
SteCabedelo
 
Tutorial Slideshow
Tutorial SlideshowTutorial Slideshow
Tutorial Slideshow
SteCabedelo
 
Tutorial YouTube
Tutorial YouTubeTutorial YouTube
Tutorial YouTube
SteCabedelo
 
Tutorial Picasa
Tutorial PicasaTutorial Picasa
Tutorial Picasa
SteCabedelo
 
Tutorial – Construir um blog passo a passo.
Tutorial – Construir um blog passo a passo.Tutorial – Construir um blog passo a passo.
Tutorial – Construir um blog passo a passo.
SteCabedelo
 
Guia de orientação dos monitores. vol. 2.
Guia de orientação dos monitores. vol. 2.Guia de orientação dos monitores. vol. 2.
Guia de orientação dos monitores. vol. 2.
SteCabedelo
 
Guia de orientação dos monitores. Vol. 2.
Guia de orientação dos monitores. Vol. 2.Guia de orientação dos monitores. Vol. 2.
Guia de orientação dos monitores. Vol. 2.
SteCabedelo
 
Guia de orientação dos monitores. Vol. 1.
Guia de orientação dos monitores. Vol. 1.Guia de orientação dos monitores. Vol. 1.
Guia de orientação dos monitores. Vol. 1.
SteCabedelo
 

Mais de SteCabedelo (20)

Tutorial do Facebook
Tutorial  do FacebookTutorial  do Facebook
Tutorial do Facebook
 
Tutorial blog
Tutorial blogTutorial blog
Tutorial blog
 
Tutorial twitter
Tutorial  twitterTutorial  twitter
Tutorial twitter
 
Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1
Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1
Ensinar e aprender no mundo digital - Fascículo 1
 
Guia de Orientação dos Monitores V. III
Guia de Orientação dos Monitores V. IIIGuia de Orientação dos Monitores V. III
Guia de Orientação dos Monitores V. III
 
TV NA ESCOLA
TV NA ESCOLATV NA ESCOLA
TV NA ESCOLA
 
Apresentação TV Escola
Apresentação TV EscolaApresentação TV Escola
Apresentação TV Escola
 
Tutorial TV Escola
Tutorial TV EscolaTutorial TV Escola
Tutorial TV Escola
 
Tutorial Ligando Datashow
Tutorial Ligando DatashowTutorial Ligando Datashow
Tutorial Ligando Datashow
 
JOGOS ONLINE
JOGOS ONLINEJOGOS ONLINE
JOGOS ONLINE
 
TUTORIAL YOUTUBE
TUTORIAL YOUTUBETUTORIAL YOUTUBE
TUTORIAL YOUTUBE
 
TUTORIAL PICASA
TUTORIAL PICASATUTORIAL PICASA
TUTORIAL PICASA
 
TUTORIAL TV ESCOLA
TUTORIAL TV ESCOLATUTORIAL TV ESCOLA
TUTORIAL TV ESCOLA
 
Tutorial Slideshow
Tutorial SlideshowTutorial Slideshow
Tutorial Slideshow
 
Tutorial YouTube
Tutorial YouTubeTutorial YouTube
Tutorial YouTube
 
Tutorial Picasa
Tutorial PicasaTutorial Picasa
Tutorial Picasa
 
Tutorial – Construir um blog passo a passo.
Tutorial – Construir um blog passo a passo.Tutorial – Construir um blog passo a passo.
Tutorial – Construir um blog passo a passo.
 
Guia de orientação dos monitores. vol. 2.
Guia de orientação dos monitores. vol. 2.Guia de orientação dos monitores. vol. 2.
Guia de orientação dos monitores. vol. 2.
 
Guia de orientação dos monitores. Vol. 2.
Guia de orientação dos monitores. Vol. 2.Guia de orientação dos monitores. Vol. 2.
Guia de orientação dos monitores. Vol. 2.
 
Guia de orientação dos monitores. Vol. 1.
Guia de orientação dos monitores. Vol. 1.Guia de orientação dos monitores. Vol. 1.
Guia de orientação dos monitores. Vol. 1.
 

Último

TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
EduardoLealSilva
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 

Último (20)

TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 

Apresentação do Setor de Tecnologia Educacional

  • 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO Tecnologia Educacional Apresentação “As tecnologias têm papel fundamental no estabelecimento dos referenciais e espaço-temporais das sociedades humanas; isto é, todas as formas de construção do conhecimento estão estruturadas em alguma tecnologia.” (P. Lèvy, 1993) 2014 “As novas perspectivas para a educação requerem dos gestores e professores no mínimo uma cultura geral mais ampliada, capacidade de aprender a aprender, competência para saber agir na sala de aula, habilidades comunicativas, domínio da linguagem informacional, saber usar meios de comunicação e articular as aulas com as mídias e multimídias.” (J. C. Libâneo, 2002) É inevitável a influência da tecnologia no cotidiano das pessoas em virtude da evolução da sociedade e das conquistas adquiridas pelo Homem ao longo do tempo com o uso de dispositivos computacionais nas diversas áreas do conhecimento. Tal tendência adentrou o espaço educacional como consequência da absorção da cultura informacional e dos hábitos sociais. Atualmente faz-se relevante que a Escola e seus agentes acompanhe as evoluções tecnológicas com mais atenção, pois através deste processo de transformação novas metodologias pedagógicas enriquecem a aprendizagem discente. Nas escolas do Sistema de Ensino do município de Cabedelo/PB essa realidade se faz presente através da inovação, qualidade e dinâmica de trabalho que caracteriza o Setor de Tecnologia Educacional da Secretaria de Educação.
  • 2. 2 Nossas principais atribuições - Gerenciar a utilização logística das tecnologias digitais nas escolas, a fim de manter o funcionamento do sistema de ensino; - Apoiar ações pedagógicas de uso das Tecnologias da Informação e Comunicação no Sistema de Ensino; - Facilitar a Formação Continuada dos Educadores e Técnicos Educacionais a fim de manter o Sistema de Ensino atualizado e crescente no tangente ao uso das midias digitais; - Manter contato com o Ministério da Educação a fim de implementar seus programas de tecnologias educativas; - Manter contato com universidades e outras instituiçoões públicas e privadas a fim de manter parcerias para apoio técnico; - Definir estratégias de uso das Tecnologias da Informação e Comunicação nas instituições vinculadas a Secretaria de Educação; - Fomentar Formação Continuada em tecnologias para os profissionais técnicos vinculados a Secretaria de Educação; - Desenvolver comunidades de aprendizagem entre discentes, docentes e técnicos; - Oferecer estratégias facilitadoras da gestão escolar por meio do uso das Tecnologias da Informação e Comunicação; - Estimular ações de intercâmbio cultural tecnológico entre as escolas do município e outras redes de ensino; Quem é o monitor de informática educativa? O monitor de informática educativa é o profissional cuja função é acompanhar, orientar e contribuir com as atividades realizadas nos ambientes tecnológicos da escola. Ele auxilia os professores na produção de conteúdos multimidiáticos para a realização de atividades pedagógicas junto aos alunos e demais comunidade escolar. É esse profissional que media os saberes computacionais dos agentes da comunidade escolar, potencializando o uso das tecnologias da informação e comunicação de maneira a contribuir com o processo ensino-aprendizagem e democratizando o conhecimento. Os ambientes tecnológicos da escola Todos os espaços educativos da escolar são considerados ambientes tecnológicos. Tal afirmação deve levar o educador a refletir acerca dos recursos pedagógicos utilizados no processo de ensino como recurso facilitador da aprendizagem. O laboratório de informática é um ambiente tecnológico reconhecido na escola por possuir em seu interior uma estrutura que dispõe de computadores e outros equipamentos eletrônicos. Porém, devemos deixar claro que a tecnologia perpassa pela sala de informática
  • 3. 3 Produção de Atividades Pedagógicas Computacionais para o Linux Educacional A valorização da transmissão do conhecimento é essencial para despertar o interesse na aprendizagem discente. Por isso, teremos a produção de conteúdos como foco prioritário nas ações de tecnologia educacional das escolas municipais em Cabedelo/PB. Atividades pedagógicas diferenciadas através de jogos, exercícios em forma de desafios, exposições de aulas interativas trará possibilidades inovadoras para o educador, onde o despertar do saber discente e docente acontecerá de maneira natural, pois o uso da TIC como ferramenta didática permitirá a apresentação das temáticas abordadas no ambiente escolar de maneira muito mais interessante. Formação Continuada A Formação Continuada em Serviço tem por finalidade principal enriquecer a prática professional diária dos indivíduos, favorecendo a troca de experiência entre as escolas e equipes técnica e pedagógica que compõem a estrutura de trabalho da Secretaria de Educação do município de Cabedelo. Neste momento, o foco das ações do setor de tecnologia educacional estará direcionado para professores, monitores e técnicos que atuarão junto às escolas. Para isso, um programa de formação será implementado, atendendo as necessidades cotidianas dos profissionais em relação ao uso de tecnologias da informação e comunicação - Manter atualizadas as informações relacionadas as tecnologias educacionais diante do MEC e comunidade em geral; - Estimular a construção de espaços informativos nas escolas, estruturados sob acompanhamento do setor; - Acompanhar todas as ações que envolvam sistemas do MEC a fim de capacitar funcionários para o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação; - Implementar programas e projetos de Tecnologia Educacional no Sistema de Ensino para docentes e técnicos; - Viabilizar a manutenção dos ambientes tecnológicos das unidades de ensino, bem como seus equipamentos; - Consolidar a Política de Inclusão Digital para o uso das Tecnologias Educacionais do município de Cabedelo/PB; - Definir as diretrizes para o uso das tecnologias educacionais junto às unidades de ensino; - Manter o funcionamento do Núcleo de Tecnologia do Município e o atendimento ao Sistema de Ensino. - Desenvolver soluções tecnológicas para uso didático pedagógico no Sistema de Ensino. PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL E EDUCAÇÃO INFANTIL Os educadores terão acesso ao programa de formação que visará a aplicação e uso das TIC na sala de aula. Para tanto serão realizadas além das Oficinas de Produção, atividades de interação nas redes sociais e compartilhamento de produções pedagógicas entre as escolas. 1. 2. 3. MONITORES DE INFORMÁTICA EDUCATIVA Os monitores do Setor de Tecnologia Educacional atuarão como mediadores da construção pedagógica midiatizada na escola. Para tanto, vivenciarão a produção de atividades educativas para o uso no laboratório de informática e na sala de aula (jogos, vídeos, blogs, quizzes, etc.), além da competência de manipulação dos recursos digitais que as escolas municipais oferecem como facilitadores para a aprendizagem dos alunos. TÉCNICOS DA EDUCAÇÃO Os Técnicos da Educação poderão no Programa de Formação Continuada adquirir habilidades computacionais para o tratamento das informações no Sistema de Ensino através da utilização das noções de informática para estruturas documentais.
  • 4. Setor de Tecnologia Educacional SECRETARIA DE EDUCAÇÃO (83) 3250- 3135 ste.cabedelo@gmail.com Equipe de Atendimento A Equipe de Atendimento do Setor de Tecnologia Educacional manterá durante todo o ano letivo um vínculo direto entre a Escola, seus parceiros, a Secretaria de Educação e demais setores da Prefeitura Municipal de Cabedelo com a finalidade de possibilitar a execução de suas ações, primando pela transparência, excelência e qualidade das informações necessárias para fazer do ambiente escolar um espaço tecnológico atualizado e dinâmico. Para isso contaremos com a contribuição dos agentes responsáveis pela manutenção de todo o processo de implantação desta iniciativa. Priscila Dias CHEFE DE SETOR (83) 8611-1111 profprisciladias@gmail.com Daniel Mano Filho COORDENADOR DE SETOR (83) 8831-1920 danielfmanofilho@gmail.com