SlideShare uma empresa Scribd logo
CURSO CICLUSS
SÉRIE SPED ESSENCIAL
NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NFe
UMA VISÃO ADMINISTRATIVA SOBRE O PROJETO
Éliton Luiz de Assis
Contabilista, Administrador, Especialista em Controladoria e Finanças
Atuante há mais de 15 anos em implantação de Softwares de Gestão Empresarial
Instrutor em treinamentos relacionados aos Projetos SPED
 Desenvolver o conhecimento dos participantes
em relação ao Projeto Nota Fiscal Eletrônica,
descrevendo as implicações nas rotinas diárias
de trabalho
 Orientar sobre sua sistemática operacional,
mencionando os requisitos para implementação e
os pontos de atenção relacionados à área fiscal e
tributária de tais processos.
 Partilhar experiências na implantação de projetos
da NF-e e indicar conteúdos adicionais relativos a
elementos relacionados aos projetos SPED
Objetivos deste evento
 Introdução: Projetos SPED e seus pilares
 Aspectos Conceituais sobre a NF-e
 Sistemática Operacional
 Documento Auxiliar da Nota Fiscal
Eletrônica – DANFE
 Modalidades de transmissão, estratégias
de contingência e formulário de segurança
 Pontos de atenção e situações específicas
 Registro de Eventos da NF-e
 Manifesto de documentos fiscais
eletrônicos – MDF-e
 Novidades e tendências do projeto
Programação dos Conteúdos
DEFINIÇÃO CONCEITUAL SOBRE A NOTA FISCAL ELETRÔNICA
A NF-e é um documento de existência apenas digital, emitido e
armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para
fins fiscais, uma operação de circulação de mercadorias ou uma
prestação de serviços, ocorrida entre as partes.
Sua validade jurídica é garantida pela assinatura digital
do remetente (garantia de autoria e de integridade) e a
Autorização de uso fornecida pelo Fisco, antes da ocorrência
do fato gerador.
OBRIGATORIEDADE DO USO DA NF-E
A obrigatoriedade abrange empresas de grande, médio e pequeno
porte, de todos os segmentos da economia.
A NF-e Substitui os documentos fiscais de modelo 1 e 1A, mas
não substitui Cupom Fiscal ou NF de venda a consumidor
Todas as operações são acobertadas, como saída, entrada,
devolução, importação, exportação, etc.
SISTEMÁTICA DA EMISSÃO DE NOTAS ELETRÔNICAS
Resposta do Processamento
Protocolo de Recepção
A Protocolo Autorização de Uso
A
R
D
DANFE
Rejeitada
Denegada
Autorizada
 Processamento realizado.
 NFe registrada na Base da SEFAZ.
 Disponibilizado Protocolo de Autorização de Uso.
 Operação comercial pode ser concretizada
 DANFE pode ser impresso
 Erros de consistência
 NFe não está registrada na Base da SEFAZ.
 Pode ser promovida a correção dos dados
 DANFE não pode ser impresso
 A numeração não é modificada
 Irregularidades do emitente ou destinatário
 NFe é registrada na Base da SEFAZ.
 A numeração foi utilizada.
 DANFE não pode ser impresso
 Mercadoria não pode circular
RESPOSTAS DO PROCESSO DE AUTORIZAÇÃO DE USO
 Representação gráfica simplificada da NF-e, devendo
refletir exatamente o conteúdo do arquivo XML da NF-e
 A principal função do DANFE é acompanhar
o transito das mercadorias contidas na NF-e;
 Seu canhoto pode ser utilizado para coletar a firma do
destinatário/tomador para fins de comprovação de
entrega das mercadorias ou prestação de serviços;
 Auxilia a escrituração das entradas no destinatário,
porém, a NFe é o XML e não o DANFE.
DANFE: DOCUMENTO AUXILIAR DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA
Registro de Saída
Autorização de Uso
POSTO FISCAL
Registro de Passagem Confirmação de Recebimento
Devolução de Carga
EVENTOS DA NF-E
Manifesto do Destinatário
MANIFESTO DE DOCUMENTOS FISCAIS ELETRÔNICOS - MDF-E
 Documento emitido e armazenado eletronicamente, no formato XML
 Sua função é vincular os documentos fiscais, eletrônicos ou não, que
irão compor uma “lista” relacionada às operações de transporte
 Processo similar à NF-e e CT-e, com validade jurídica garantida pela
assinatura digital do emitente e Autorização de Uso
 O tempo de paradas em postos fiscais será otimizado,
uma vez que o processo de fiscalização será simplificado
eventos@cicluss.com.br
(32) 8420-1838
(32) 8816-7964
www.cicluss.com.br
Esta é uma apresentação resumida do Curso
SPED Nota Fiscal Eletrônica – Uma Visão Administrativa
Para contratar este curso para sua empresa, instituição de
ensino ou entidade de classe, mantenha contato conosco

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Curso online gratuito Nota Fiscal Eletrônica
Curso online gratuito Nota Fiscal Eletrônica Curso online gratuito Nota Fiscal Eletrônica
Curso online gratuito Nota Fiscal Eletrônica
Unichristus Centro Universitário
 
EFD ICMS/IPI - Bloco K
EFD ICMS/IPI - Bloco KEFD ICMS/IPI - Bloco K
EFD ICMS/IPI - Bloco K
Edgar Gonçalves
 
A Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo Cleto
A Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo CletoA Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo Cleto
A Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo Cleto
APF6
 
Sped - Sistema Publico de Escrituração Digital
Sped - Sistema Publico de Escrituração DigitalSped - Sistema Publico de Escrituração Digital
Sped - Sistema Publico de Escrituração Digital
Nilton Maciel
 
10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais
10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais
10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais
Antônio Júnior
 
Guia Prático EFD PIS COFINS
Guia Prático EFD PIS COFINSGuia Prático EFD PIS COFINS
Guia Prático EFD PIS COFINS
Roberto Dias Duarte
 
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Infofisco
 
Uma visão abrangente e direta sobre o SPED
Uma visão abrangente e direta sobre o SPEDUma visão abrangente e direta sobre o SPED
Uma visão abrangente e direta sobre o SPED
Eliton Luiz de Assis
 
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
Rikson Carvalho
 
Curso sped fiscal artigo crc - o sped e os riscos de interpretações parciais
Curso sped fiscal   artigo crc - o sped e os riscos de interpretações parciaisCurso sped fiscal   artigo crc - o sped e os riscos de interpretações parciais
Curso sped fiscal artigo crc - o sped e os riscos de interpretações parciais
Professor Edgar Madruga
 
2 forum sped tania gurgel
2 forum sped  tania gurgel2 forum sped  tania gurgel
2 forum sped tania gurgel
Professor Edgar Madruga
 
TOTVS Gestão Fiscal – SPED Fiscal ICMS.IPI
TOTVS Gestão Fiscal – SPED Fiscal ICMS.IPITOTVS Gestão Fiscal – SPED Fiscal ICMS.IPI
TOTVS Gestão Fiscal – SPED Fiscal ICMS.IPI
TOTVS Connect
 
Apresentação EFD - PIS COFINS
Apresentação EFD - PIS COFINSApresentação EFD - PIS COFINS
Apresentação EFD - PIS COFINS
TOTVS Connect
 
Apresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFB
Apresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFBApresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFB
Apresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFB
Roberto Dias Duarte
 
Curso EFD Bloco K
Curso EFD Bloco KCurso EFD Bloco K
Curso EFD Bloco K
Infofisco
 
SPED: APRESENTAÇÃO SPED FISCAL ICMS/IPI SEFAZ MG
SPED: APRESENTAÇÃO SPED FISCAL ICMS/IPI SEFAZ MGSPED: APRESENTAÇÃO SPED FISCAL ICMS/IPI SEFAZ MG
SPED: APRESENTAÇÃO SPED FISCAL ICMS/IPI SEFAZ MG
Professor Edgar Madruga
 
Palestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PA
Palestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PAPalestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PA
Palestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PA
Roberto Dias Duarte
 
2 forum sped goiania clovis
2 forum sped goiania clovis 2 forum sped goiania clovis
2 forum sped goiania clovis
Professor Edgar Madruga
 
Legislação Tributária Bases
Legislação Tributária BasesLegislação Tributária Bases
Legislação Tributária Bases
Rodrigo Martins Naves
 
Aula 2 práticas fiscais
Aula 2   práticas fiscaisAula 2   práticas fiscais
Aula 2 práticas fiscais
A1D4A1
 

Mais procurados (20)

Curso online gratuito Nota Fiscal Eletrônica
Curso online gratuito Nota Fiscal Eletrônica Curso online gratuito Nota Fiscal Eletrônica
Curso online gratuito Nota Fiscal Eletrônica
 
EFD ICMS/IPI - Bloco K
EFD ICMS/IPI - Bloco KEFD ICMS/IPI - Bloco K
EFD ICMS/IPI - Bloco K
 
A Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo Cleto
A Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo CletoA Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo Cleto
A Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo Cleto
 
Sped - Sistema Publico de Escrituração Digital
Sped - Sistema Publico de Escrituração DigitalSped - Sistema Publico de Escrituração Digital
Sped - Sistema Publico de Escrituração Digital
 
10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais
10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais
10 Dicas para Lançamento de Notas Fiscais
 
Guia Prático EFD PIS COFINS
Guia Prático EFD PIS COFINSGuia Prático EFD PIS COFINS
Guia Prático EFD PIS COFINS
 
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
 
Uma visão abrangente e direta sobre o SPED
Uma visão abrangente e direta sobre o SPEDUma visão abrangente e direta sobre o SPED
Uma visão abrangente e direta sobre o SPED
 
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
 
Curso sped fiscal artigo crc - o sped e os riscos de interpretações parciais
Curso sped fiscal   artigo crc - o sped e os riscos de interpretações parciaisCurso sped fiscal   artigo crc - o sped e os riscos de interpretações parciais
Curso sped fiscal artigo crc - o sped e os riscos de interpretações parciais
 
2 forum sped tania gurgel
2 forum sped  tania gurgel2 forum sped  tania gurgel
2 forum sped tania gurgel
 
TOTVS Gestão Fiscal – SPED Fiscal ICMS.IPI
TOTVS Gestão Fiscal – SPED Fiscal ICMS.IPITOTVS Gestão Fiscal – SPED Fiscal ICMS.IPI
TOTVS Gestão Fiscal – SPED Fiscal ICMS.IPI
 
Apresentação EFD - PIS COFINS
Apresentação EFD - PIS COFINSApresentação EFD - PIS COFINS
Apresentação EFD - PIS COFINS
 
Apresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFB
Apresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFBApresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFB
Apresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFB
 
Curso EFD Bloco K
Curso EFD Bloco KCurso EFD Bloco K
Curso EFD Bloco K
 
SPED: APRESENTAÇÃO SPED FISCAL ICMS/IPI SEFAZ MG
SPED: APRESENTAÇÃO SPED FISCAL ICMS/IPI SEFAZ MGSPED: APRESENTAÇÃO SPED FISCAL ICMS/IPI SEFAZ MG
SPED: APRESENTAÇÃO SPED FISCAL ICMS/IPI SEFAZ MG
 
Palestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PA
Palestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PAPalestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PA
Palestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PA
 
2 forum sped goiania clovis
2 forum sped goiania clovis 2 forum sped goiania clovis
2 forum sped goiania clovis
 
Legislação Tributária Bases
Legislação Tributária BasesLegislação Tributária Bases
Legislação Tributária Bases
 
Aula 2 práticas fiscais
Aula 2   práticas fiscaisAula 2   práticas fiscais
Aula 2 práticas fiscais
 

Semelhante a Apresentação Cicluss SPED NFe

Nota Fiscal Eletrônica - MilkStaff
Nota Fiscal Eletrônica - MilkStaffNota Fiscal Eletrônica - MilkStaff
Nota Fiscal Eletrônica - MilkStaff
Eliton Luiz de Assis
 
Projeto nacional NF-e
Projeto nacional NF-eProjeto nacional NF-e
Nota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal EletrônicaNota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica
Acecon Solutions
 
Nfe Sped Mod
Nfe Sped ModNfe Sped Mod
Nfe Sped Mod
gustavofreitas
 
Curso: SPED e Geração Y: Tudo a ver
Curso: SPED e Geração Y: Tudo a verCurso: SPED e Geração Y: Tudo a ver
Curso: SPED e Geração Y: Tudo a ver
Roberto Dias Duarte
 
Curso sobre SPED, Itabira - 20-11-2009
Curso sobre SPED, Itabira - 20-11-2009Curso sobre SPED, Itabira - 20-11-2009
Curso sobre SPED, Itabira - 20-11-2009
Roberto Dias Duarte
 
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud FiscalNota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
Secretaria de Fazenda do Estado da Bahia
 
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Wandick Rocha de Aquino
 
SINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E
SINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-ESINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E
SINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E
denisfiscal
 
Nota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal EletrônicaNota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica
Luiz Bettega
 
#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação
#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação
#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação
Roberto Dias Duarte
 
SPED / NF-e
SPED / NF-eSPED / NF-e
SPED / NF-e
GrupoFortesServicos
 
Big Brother Fiscal 20100215
Big Brother Fiscal 20100215Big Brother Fiscal 20100215
Big Brother Fiscal 20100215
Roberto Dias Duarte
 
Apresentação NFe Strufaldi
Apresentação NFe StrufaldiApresentação NFe Strufaldi
Apresentação NFe Strufaldi
Rafael Marega
 
NFe e cloud fiscal - Apresentação FIEB
NFe e cloud fiscal - Apresentação FIEBNFe e cloud fiscal - Apresentação FIEB
NFe e cloud fiscal - Apresentação FIEB
Secretaria de Fazenda do Estado da Bahia
 
Evento Sindipecas Anfavea Final
Evento Sindipecas Anfavea FinalEvento Sindipecas Anfavea Final
Evento Sindipecas Anfavea Final
daniele_fs
 
Nota Fiscal Eletronica Resumo
Nota Fiscal Eletronica ResumoNota Fiscal Eletronica Resumo
Nota Fiscal Eletronica Resumo
DESENVOLVA CONSULTORIA
 
NFe 2G (Segunda Geração)
NFe 2G (Segunda Geração) NFe 2G (Segunda Geração)
NFe 2G (Segunda Geração)
Vemartin IT Consulting
 
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
Wandick Rocha de Aquino
 
MXM-Faturamento
MXM-FaturamentoMXM-Faturamento
MXM-Faturamento
MXMSistemas
 

Semelhante a Apresentação Cicluss SPED NFe (20)

Nota Fiscal Eletrônica - MilkStaff
Nota Fiscal Eletrônica - MilkStaffNota Fiscal Eletrônica - MilkStaff
Nota Fiscal Eletrônica - MilkStaff
 
Projeto nacional NF-e
Projeto nacional NF-eProjeto nacional NF-e
Projeto nacional NF-e
 
Nota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal EletrônicaNota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica
 
Nfe Sped Mod
Nfe Sped ModNfe Sped Mod
Nfe Sped Mod
 
Curso: SPED e Geração Y: Tudo a ver
Curso: SPED e Geração Y: Tudo a verCurso: SPED e Geração Y: Tudo a ver
Curso: SPED e Geração Y: Tudo a ver
 
Curso sobre SPED, Itabira - 20-11-2009
Curso sobre SPED, Itabira - 20-11-2009Curso sobre SPED, Itabira - 20-11-2009
Curso sobre SPED, Itabira - 20-11-2009
 
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud FiscalNota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
 
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
 
SINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E
SINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-ESINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E
SINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E
 
Nota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal EletrônicaNota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica
 
#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação
#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação
#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação
 
SPED / NF-e
SPED / NF-eSPED / NF-e
SPED / NF-e
 
Big Brother Fiscal 20100215
Big Brother Fiscal 20100215Big Brother Fiscal 20100215
Big Brother Fiscal 20100215
 
Apresentação NFe Strufaldi
Apresentação NFe StrufaldiApresentação NFe Strufaldi
Apresentação NFe Strufaldi
 
NFe e cloud fiscal - Apresentação FIEB
NFe e cloud fiscal - Apresentação FIEBNFe e cloud fiscal - Apresentação FIEB
NFe e cloud fiscal - Apresentação FIEB
 
Evento Sindipecas Anfavea Final
Evento Sindipecas Anfavea FinalEvento Sindipecas Anfavea Final
Evento Sindipecas Anfavea Final
 
Nota Fiscal Eletronica Resumo
Nota Fiscal Eletronica ResumoNota Fiscal Eletronica Resumo
Nota Fiscal Eletronica Resumo
 
NFe 2G (Segunda Geração)
NFe 2G (Segunda Geração) NFe 2G (Segunda Geração)
NFe 2G (Segunda Geração)
 
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
 
MXM-Faturamento
MXM-FaturamentoMXM-Faturamento
MXM-Faturamento
 

Último

Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 

Último (20)

Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 

Apresentação Cicluss SPED NFe

  • 1. CURSO CICLUSS SÉRIE SPED ESSENCIAL NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NFe UMA VISÃO ADMINISTRATIVA SOBRE O PROJETO Éliton Luiz de Assis Contabilista, Administrador, Especialista em Controladoria e Finanças Atuante há mais de 15 anos em implantação de Softwares de Gestão Empresarial Instrutor em treinamentos relacionados aos Projetos SPED
  • 2.  Desenvolver o conhecimento dos participantes em relação ao Projeto Nota Fiscal Eletrônica, descrevendo as implicações nas rotinas diárias de trabalho  Orientar sobre sua sistemática operacional, mencionando os requisitos para implementação e os pontos de atenção relacionados à área fiscal e tributária de tais processos.  Partilhar experiências na implantação de projetos da NF-e e indicar conteúdos adicionais relativos a elementos relacionados aos projetos SPED Objetivos deste evento
  • 3.  Introdução: Projetos SPED e seus pilares  Aspectos Conceituais sobre a NF-e  Sistemática Operacional  Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica – DANFE  Modalidades de transmissão, estratégias de contingência e formulário de segurança  Pontos de atenção e situações específicas  Registro de Eventos da NF-e  Manifesto de documentos fiscais eletrônicos – MDF-e  Novidades e tendências do projeto Programação dos Conteúdos
  • 4. DEFINIÇÃO CONCEITUAL SOBRE A NOTA FISCAL ELETRÔNICA A NF-e é um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para fins fiscais, uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços, ocorrida entre as partes. Sua validade jurídica é garantida pela assinatura digital do remetente (garantia de autoria e de integridade) e a Autorização de uso fornecida pelo Fisco, antes da ocorrência do fato gerador.
  • 5. OBRIGATORIEDADE DO USO DA NF-E A obrigatoriedade abrange empresas de grande, médio e pequeno porte, de todos os segmentos da economia. A NF-e Substitui os documentos fiscais de modelo 1 e 1A, mas não substitui Cupom Fiscal ou NF de venda a consumidor Todas as operações são acobertadas, como saída, entrada, devolução, importação, exportação, etc.
  • 6. SISTEMÁTICA DA EMISSÃO DE NOTAS ELETRÔNICAS Resposta do Processamento Protocolo de Recepção A Protocolo Autorização de Uso A R D DANFE
  • 7. Rejeitada Denegada Autorizada  Processamento realizado.  NFe registrada na Base da SEFAZ.  Disponibilizado Protocolo de Autorização de Uso.  Operação comercial pode ser concretizada  DANFE pode ser impresso  Erros de consistência  NFe não está registrada na Base da SEFAZ.  Pode ser promovida a correção dos dados  DANFE não pode ser impresso  A numeração não é modificada  Irregularidades do emitente ou destinatário  NFe é registrada na Base da SEFAZ.  A numeração foi utilizada.  DANFE não pode ser impresso  Mercadoria não pode circular RESPOSTAS DO PROCESSO DE AUTORIZAÇÃO DE USO
  • 8.  Representação gráfica simplificada da NF-e, devendo refletir exatamente o conteúdo do arquivo XML da NF-e  A principal função do DANFE é acompanhar o transito das mercadorias contidas na NF-e;  Seu canhoto pode ser utilizado para coletar a firma do destinatário/tomador para fins de comprovação de entrega das mercadorias ou prestação de serviços;  Auxilia a escrituração das entradas no destinatário, porém, a NFe é o XML e não o DANFE. DANFE: DOCUMENTO AUXILIAR DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA
  • 9.
  • 10. Registro de Saída Autorização de Uso POSTO FISCAL Registro de Passagem Confirmação de Recebimento Devolução de Carga EVENTOS DA NF-E Manifesto do Destinatário
  • 11. MANIFESTO DE DOCUMENTOS FISCAIS ELETRÔNICOS - MDF-E  Documento emitido e armazenado eletronicamente, no formato XML  Sua função é vincular os documentos fiscais, eletrônicos ou não, que irão compor uma “lista” relacionada às operações de transporte  Processo similar à NF-e e CT-e, com validade jurídica garantida pela assinatura digital do emitente e Autorização de Uso  O tempo de paradas em postos fiscais será otimizado, uma vez que o processo de fiscalização será simplificado
  • 12. eventos@cicluss.com.br (32) 8420-1838 (32) 8816-7964 www.cicluss.com.br Esta é uma apresentação resumida do Curso SPED Nota Fiscal Eletrônica – Uma Visão Administrativa Para contratar este curso para sua empresa, instituição de ensino ou entidade de classe, mantenha contato conosco