SlideShare uma empresa Scribd logo
2009
Exercício: Dinâmica




          Apostila de Física
          Prof. Adenilza
          24/10/2009
Exercícios

1º) (ITA) De acordo com as leis da mecânica newtoniana, se um corpo de massa constante:

a) tem velocidade escalar constante, é nula a resultante das forças que nele atuam

b) descreve uma trajetória retilínea com velocidade escalar constante, não há forças
atuando nele

c) descreve um movimento com velocidade vetorial constante, é nula a resultante das forças
nele aplicadas

d) possui velocidade vetorial constante, não há forças aplicadas no corpo

e) está em movimento retilíneo e uniforme é porque existem forças nele aplicadas

Resolução:

Pela teoria ⇒ Alternativa C



2º)(UNIP) Considere uma pedra arremessada para cima a
partir da superfície terrestre. Enquanto a pedra estiver
subindo, podemos afirmar que:




a) a Terra atrai a pedra e a pedra repele a Terra, com forças de mesma intensidade

b) a Terra repele a pedra e a pedra atrai a Terra, com forças de mesma intensidade

c) a Terra atrai a pedra e a pedra atrai a Terra, porém, a atração da Terra é muitíssimo mais
intensa

d) a Terra e a pedra se repelem mutuamente, com forças de mesma intensidade

e) A Terra e a pedra se atraem mutuamente, com forças de mesma intensidade

Resolução:

Ação e reação.

Alternativa E
03). (MACK) Uma pessoa, no interior de um elevador que sobe com movimento acelerado,
exerce no piso uma força de módulo:

a) maior que o do seu peso, somente quando a aceleração é maior que a da gravidade

b) zero, quando a aceleração é a da gravidade c) igual ao do seu peso

d) maior que o do seu peso

e) menor que o do seu peso

Resolução:

A resultante deve ser para cima, logo N > P. Alternativa D



4ª)(FEI) Faz-se uma força F atuar sucessivamente sobre dois corpos, A e B, que adquirem,
respectivamente, acelerações a e b, com a = 2 b. Se a mesma força F for aplicada ao
sistema formado pelos dois corpos A e B ligados rigidamente, a aceleração do sistema
será:

a) a + b

b) 3 b

c) 3 a

d) a/3

e) b/3




5º) (ESPM) Aplica-se uma força F de intensidade 50 N ao
bloco A, conforme a figura. Os blocos A e B possuem massas,
respectivamente, 2,0 kg e 3,0 kg. As superfícies de contato
são perfeitamente lisas. Determine a aceleração dos corpos



    a)     5
    b)     10
    c)     15
    d)     20
    e)     25
6º) (FUVEST) Um carrinho A, de 20 kg de
massa, é unido a um bloco B, de 5 kg, por
meio de um fio leve e inextensível,
conforme a figura abaixo. Inicialmente o
sistema está em repouso devido à presença
do anteparo C, que bloqueia o carrinho A (g
= 10m/s2).




a) Qual o valor da força que o anteparo C exerce
sobre o carrinho A ?

b) Retirado o anteparo C, com que aceleração o
carrinho A se movimenta ?




7º) Os objetos L, M e N, cujos pesos são 10 N, 15 N e 8 N, respectivamente, estão
suspensos por um arame muito leve, como mostra a figura abaixo. Qual é a força que o fio
suporta entre L e M ?

a) 33 N

b) 25 N

c) 23 N

d) 8 N

e) 2 N
8º) Na figura abaixo, a roldana R tem massa desprezível e não há
atrito entre ela e o fio. O corpo A possui massa 4,0 kg. Sabe-se que
o corpo B desce com movimento acelerado e aceleração de módulo
2,0 m/s2. Adote g = 10 m/s2 e calcule:

a) a massa de B.

b) a intensidade da força que traciona o fio.




9º) No sistema abaixo, o corpo 1 de massa 6kg está preso na posição A. O corpo 2 tem
massa de 4 kg. Despreze o atritos e adote g = 10m/s2. Abandonando o corpo 1, a sua
velocidade ao passar pela posição B será de:




10º) Um bloco está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. Seu peso vale 40 N
e a força máxima de atrito estático entre o bloco e a superfície vale 20 N. O valor da força
horizontal mínima que coloca o bloco em movimento é:
a) ligeiramente maior que 20 N

b) igual a 40 N

c) ligeiramente menor que 40 N

d) ligeiramente maior que 40 N

e) impossível de ser estimada



11º) Os coeficientes de atrito estático e cinético entre as superfícies de um corpo
inicialmente em repouso e seu apoio horizontal são µe = 0,6 e µc = 0,5. O peso do corpo é
de 100 N. Submetendo-o à ação de uma força F horizontal, determine quais são as forças de
atrito correspondentes aos seguintes valores sucessivos de F

a) F = 10 N

b) F = 30 N

c) F = 60 N

d) F = 80 N

e) F = 90 N




12º) (UNISA) No sistema abaixo, a massa do corpo A é 4kg e a do corpo B, 2kg. A aceleração
do sistema é de 2m/s2. O coeficiente de atrito entre o corpo A e o plano é:
13º) (ITA) Um corpo desliza sobre um plano inclinado, cujo coeficiente de atrito de
deslizamento é µ = 3 /3.Qual deve ser o ângulo do plano com a horizontal para que a
velocidade do corpo se mantenha constante?

a) 15°

b) 30°

c) 45°

d) 60°

e) 75°




14º) (MACK) Um carro se desloca em uma trajetória horizontal retilínea com aceleração
constante de 5 m/s2. Adotando g = 10 m/s2 e sabendo que 60% da força do motor é gasta
para vencer a força de atrito, podemos afirmar que o coeficiente de atrito entre as rodas do
carro e a pista é:

a) 0,80

b) 0,75

c) 0,70

d) 0,65

e) 0,50
15º) (FATEC) F1 e F2 são forças horizontais de 30 N e 10 N de intensidade, respectivamente,
conforme a figura. Sendo a massa de A igual a 3 kg, a massa de B igual a 2 kg, g = 10 m/s2 e
0,3 o coeficiente de atrito dinâmico entre os blocos e a superfície, a força de contato entre
os blocos é de:




16º) (ITA) Um pequeno bloco de madeira de massa m = 2kg encontra-se sobre um plano
inclinado que está fixo no chão, como
mostra a figura. Qual é a menor força F
com que devemos pressionar o bloco sobre
o plano para que o mesmo permaneça em
equilíbrio? O coeficiente de atritoestático
entre o bloco e a superfície do plano
inclinado éµ = 0,40.

Dados: comprimento do plano inclinado l = 1m altura h = 0,6 m aceleração da gravidade g =
9,8 m/s2
17º) (UN-PR) Um móvel sujeito unicamente à ação de uma força de intensidade constante,
porém dirigida sempre na direção perpendicular à sua velocidade instantânea,adquire
movimento:

a) circular uniforme

b) retilíneo uniformemente variado

c) circular uniformemente variado

d) circular com aceleração variável

e) retilíneo com aceleração variável



18º) .Um automóvel percorre uma estrada plana a 90 km/h, descrevendo uma curva de 125
m de raio, num local onde a aceleração gravitacional é 10 m/s2. Assim sendo, o coeficiente
de atrito mínimo, entre os pneus e o solo, para que o automóvel faça a curva, é:

a) 0,1

b) 0,2

c) 0,3

d) 0,4

e) 0,5



19º) (UNISA) Um avião descreve um loop num plano vertical, com velocidade de 720 km/h.
Para que no ponto mais baixo da trajetória a intensidade da força que o piloto exerce no
banco seja o triplo de seu peso, é necessário que o raio do loop seja de: (g = 10 m/s2)

a) 0,5 km

b) 1,0 km

c) 1,5 km

d) 2,0 km

e) 2,5 km
20º) Os coeficientes de atrito estático e cinético entre as superfícies de um corpo,
inicialmente em repouso, e seu apoio horizontal P são µe = 0,6 e µc = 0,5. O peso do corpo é
de 100N. Submetendo-o à ação de uma força F horizontal, determine quais são as forças de
atrito correspondentes aos seguintes valores sucessivos de F:

a) F = 10N

b) F = 30N

c) F = 60N

d) F = 80N




21º) Um bloco está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. Seu peso vale 40N e
a força máxima de atrito estático entre o bloco e a superfície vale 20N.O valor da força
horizontal mínima que coloca o bloco emmovimento é:

a) ligeiramente maior que 20N.

b) igual a 40N.

c) ligeiramente menor que 40N.

d) ligeiramente maior que 40N.

e) impossível de ser estimada.

22º) O corpo A, mostrado na figura, é constituído de material homogêneo e tem massa de
2,5kg. Considerando-se que o coeficiente de atrito estático entre a parede e
o corpo A vale 0,20 e que a aceleração da gravidade seja 10m/s2, o valor
mínimo da força F para que o corpo A fiquem equilíbrio, na situação
mostrada na figura, é:

a) 275 N     b) 25 N        c) 125 N        d) 225 N       e) 250 N
23º)m corpo de peso igual a 40N está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. A
força máxima de atrito estático entre o corpo e a superfície é 20N. Aplicando a corpo uma
força horizontal de 10N, afirma-se que a força de atrito, nessa situação, vale, em newtons:

a) zero

b) 10

c) 18

d) 20

e) 40



24º) 4. Assinale a alternativa que representa o enunciado da Lei da Inércia, também
conhecida como primeira Lei de Newton.

a) Qualquer planeta gira em torno do Sol descrevendo uma órbita elíptica, da qual o
Sol ocupa um dos focos.

b) Dois corpos quaisquer se atraem com uma força proporcional ao produto de suas
massas e inversamente proporcional ao quadrado da distância entre eles.

c) Quando um corpo exerce uma força sobre outro, este reage sobre o primeiro com uma
força de mesma intensidade e direção, mas de sentido contrário.

d) A aceleração que um corpo adquire é diretamente proporcional à resultante das
forças que nele atuam, e tem mesma direção e sentido dessa resultante.

e) Todo corpo continua em seu estado de repouso ou de movimento uniforme em
uma linha reta, a menos que sobre ele estejam agindo forças com resultante não nula.

Resposta:

Alternativa: e

26º) Dois blocos, A e B, de massas 2,0 kg e 6,0 kg,
respectivamente, e ligados por um fio, estão em
repouso sobre um plano horizontal. Quando puxado
para a direita pela força mostrada na figura, o
conjunto adquire aceleração de 2,0 m/s2

Nestas condições, pode-se afirmar que o módulo da resultante das forças que atuam em A e
o módulo da resultante das forças que atuam em B valem, em newtons, respectivamente:
a) 4 e 16           b) 16 e 16           c) 8 e 12          d) 4 e 12.         e) 1 e 3
Resposta: Alternativa: a
27º) Um corpo de 40N de peso está em repouso, apoiado sobre uma superfície horizontal de
coeficiente de atrito estático µe = 0,3 e coeficiente de atrito cinético µc = 0,2. Determine:

a) a força horizontal mínima
capaz de fazer o corpo se
mover.

b) a força horizontal mínima
necessária para manter o
corpo em movimento.




28º) . Um corpo de massa 15kg está em repouso, sobre uma superfície horizontal,
submetido à ação de uma força F = 30N, paralela ao apoio. Sabendo que o coeficiente de
atrito estático entre o corpo e o apoio vale 0,4 e o coeficiente de atrito cinético vale 0,3,
determine a intensidade da força de atrito agente sobre o corpo.Adote g = 10m/s2




29º) Um bloco de peso igual a 100N é arrastado com velocidade constante sobre uma
superfície horizontal, cujo coeficiente de atrito é 0,2

a) Qual a intensidade da força de atrito da superfície sobre o bloco?

b) Qual a intensidade da força que atua sobre o bloco, no sentido do movimento?
30. (FUVEST) Um bloco de 5kg que desliza sobre um plano horizontal está sujeito às forças
F = 15N, horizontal para a direita, e fat = 5N, de atrito horizontal para a esquerda. g = 10m/s2

a) Qual a aceleração do bloco ?

b) Qual o coeficiente de atrito entre o bloco e a superfície?




31. Um bloco de massa m = 2,0kg é puxado por uma força F de intensidade 10N, sobre um
plano horizontal, como mostra a figura.




O coeficiente de atrito entre o bloco e o plano é µ = 0,20 g = 10m/s2

Determine a aceleração adquirida pelo bloco.




32. Um corpo de peso igual a 40N está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal.
A força máxima de atrito estático entre o corpo e a superfície é 20N. Aplicando ao corpo
uma força horizontal de 10N, afirma-se que a força de atrito, nessa situação, vale, em
newtons:
a) zero

b) 10

c) 18

d) 20

e) 40



33. Um bloco de peso igual a 100N é arrastado com velocidade constante sobre uma
superfície horizontal, cujo coeficiente de atrito é 0,5.

a) Qual a intensidade da força de atrito da
superfície sobre o bloco ?

b) Qual a intensidade da força que atua
sobre o bloco, no sentido do movimento ?




34. (UF-MG) Um bloco de massa m = 0,5kg move-se sobre uma mesa horizontal, sujeito à
ação de uma força horizontal de 5,0N e de uma força de atrito de 3,0N. Considerando-se
queo bloco partiu do repouso, determine:

g = 10m/s2

a) a velocidade do mesmo, após
percorrer 2,0m.

b) o coeficiente de atrito entre
esse bloco e a mesa.
35. (Med. Taubaté) Uma esfera de vidro é lançada sobre uma mesa e, após certo tempo,
pára. Isto acontece porque durante o movimento:

a) a resultante de todas as forças que agem sobre a esfera é nula;

b) a força de atrito equilibra a força inicial que deu origem ao movimento;

c) a força de atrito é a única força que solicita a esfera (força resultante) e age em sentido
contrário ao sentido do deslocamento;

d) a força do peso do corpo sobrepuja a força de atrito;

e) a força de reação da mesa anula a força de atrito




36. (UNISA) No sistema abaixo, a massa do corpo A é 4kg e a do corpo B, 2kg. A aceleração
do sistema é de 2m/s2. O coeficiente de atrito entre o corpo A e o plano é:   g = 10m/s2
37. (FUVEST) O coeficiente de atrito entre um móvel e a superfície horizontal sobre a qual se
desloca é 0,3. O móvel tem massa de 8kg e apresenta movimento uniforme. Sendo a
aceleraçãoda gravidade local g = 10m/s2, determine:

a) a intensidade da reação normal de apoio sobre o
móvel.

b) a intensidade da força de atrito que age sobre o
móvel.

c) a intensidade da força que atua sobre o móvel, no
sentido do movimento.



38. Um corpo de massa 5kg encontra-se em repouso sobre uma superfície horizontal.
Sabendo que o coeficiente de atrito estático entre o corpo e o apoio é 0,4, qual o valor
mínimo da força horizontal capaz de fazê-lo mover-se ?

a) 2N

b) 10N

c) 18N

d) 20N

e) n.d.a.



39. FGV) Um bloco de 4kg é puxado por uma força constante horizontal de 20N sobre uma
superfície plana horizontal, adquirindo uma aceleração constante de 3m/s2. Logo, existe
uma força de atrito entre a superfície e o bloco que vale, em N:

a) 5

b) 8

c)12

d)16

e)17
40. (FATEC) F1 e F2 são forças horizontais de intensidade 30 N e 10 N respectivamente,
conforme a figura. Sendo a massa de A igual a 3 kg, a massa de B igual a 2 kg, g = 10 m/s2 e
0,3 o coeficiente de atrito dinâmico entre os blocos e a superfície, a força de contato entre
os blocos tem intensidade:

a) 24 N

b) 30 N

c) 40 N

d) 10 N

e) 18 N




41. (FUVEST) O corpo A de massa 4,0 kg está apoiado num plano horizontal, preso a uma
corda que passa por uma roldana, de massa e atrito desprezíveis, e que sustenta em sua
extremidade o corpo B, de massa 2,0 kg.




Nestas condições o sistema apresenta movimento uniforme. Adotando             g = 10 m/s2,
determine:

a) o coeficiente de atrito entre A e o plano;

b) a massa que devemos. acrescentar a B para que a aceleração do sistema tenha módulo
igual a 2,0 m/s2.




42. Dois móveis M e N ligados por uma corda de peso desprezível deslocam-se sobre um
plano, sob a ação de uma força de 15 N aplicada na direção do deslocamento. Não há atrito
entre M e o plano, porém o coeficiente de atrito de escorregamento entre o corpo N e o
plano vale 0,2. As massas de M e N são respectivamente 1 kg e 3 kg.
Adote g = 10 m/s2

A aceleração do sistema é igual, em m/s2, a:

a) 3,75

b) 1,25

c) 2,25

d) 0,15

e) 4,05



43. UF-ES) A figura mostra um bloco de massa 10 kg inicialmente em repouso sobre uma
mesa, ao qual se aplica uma força horizontal F de intensidade 20 N. A aceleração da
gravidadetem módulo 10 m/s2, o coeficiente de atrito estático é 0,3 eo cinético é 0,2. A
intensidade da força de atrito entre o bloco e a mesa vale:

a) 30 N

b) 25 N

c) 20 N

d) 5 N

e) zero




44. Um automóvel percorre uma estrada plana a 90km/h, descrevendo uma curva de 125m
de raio, num local onde a aceleração gravitacional é 10m/s2. Assim sendo, o coeficiente

de atrito mínimo, entre os pneus e o solo, para que oautomóvel faça a curva, é:

a) 0,1

b) 0,2

c) 0,3

d) 0,4

e) 0,5
45. Supondo o mesmo coeficiente de atrito da questão for (0,2) e admitindo F = 100N, o
corpo:

a) sobe com aceleração 2,4m/s2.

b) sobe com velocidade uniforme.

c) fica parado.

d) desce com aceleração 9,8m/s2.

e) n.d.a.



O seguinte enunciado diz respeito às questões números 46 e 47




A figura indica um sólido de massa m = 10kg apoiado sobre um plano inclinado que forma
um ângulo α com a horizontal e sujeito à ação de uma força constante F. A constante
gravitacional do local é g = 10m/s2. Supondo sen α = 0,6 e cos α = 0,8, pergunta-se:



46. (FESP) Se o coeficiente de atrito entre o corpo e o plano for igual a 0,2 o valor mínimo de
F que impede o movimento do corpo para baixo em N é:

a) 10

b) 44

c) 60

d) 76

e) n.d.a.
47. (FESP) Não havendo atrito, o valor mínimo de F que impede o movimento do corpo para
baixo em N é:

a) 10

b) 44

c) 60

d) 76

e) n.d.a

48. No sistema representado na figura, o fio e a polia são ideais, a massa do bloco A é 9,0 kg
e a tração no fio tem módulo 36N. Supondo g = 10 m/s2 e desprezando o atrito, calcule:

a) o módulo da aceleração do bloco A;

b) a massa do bloco B.




49. (UCMG) O bloco da figura abaixo tem massa m = 1,0 kg e colocado sobre o plano
inclinado está na iminência de deslizar. Nessas condições, o coeficiente de atrito entre o
bloco e a superfície do plano vale:
50. (FEI) Um bloco de massa 1,0kg está em repouso em um plano horizontal. Aplica-se ao
bloco uma força horizontal constante de intensidade 4,0N. O bloco adquire uma aceleração
de módulo 2,0 m/s2. Calcule a intensidade da força de atrito que o plano de apoio aplica
sobre o bloco

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividades matrizes 2ano 2bim
Atividades matrizes 2ano 2bimAtividades matrizes 2ano 2bim
Atividades matrizes 2ano 2bim
abbeg
 
Aula 6 força e movimento iii
Aula 6 força e movimento iiiAula 6 força e movimento iii
Aula 6 força e movimento iii
Weslley Murdock
 
Atividade resolvida teorema de tales
Atividade resolvida teorema de talesAtividade resolvida teorema de tales
Atividade resolvida teorema de tales
Karen Paz
 
Gabarito das questões de Termologia - 2º Ano
Gabarito das questões de Termologia - 2º AnoGabarito das questões de Termologia - 2º Ano
Gabarito das questões de Termologia - 2º Ano
Edson Marcos Silva
 
Fundamentos da Física, Vol 1 mecanica - Halliday
Fundamentos da Física, Vol 1 mecanica - HallidayFundamentos da Física, Vol 1 mecanica - Halliday
Fundamentos da Física, Vol 1 mecanica - Halliday
Andressa Kuibida
 
Movimento uniforme
Movimento uniformeMovimento uniforme
Movimento uniforme
Betine Rost
 
Capacitancia
CapacitanciaCapacitancia
Capacitancia
Carlos Melo
 
Trabalho, energia, fluidos
Trabalho, energia, fluidosTrabalho, energia, fluidos
Trabalho, energia, fluidos
cristina resende
 
Listade exercicios Leis de Newton
Listade exercicios Leis de NewtonListade exercicios Leis de Newton
Listade exercicios Leis de Newton
Maria Gleides
 
09 movimento variado
09  movimento variado09  movimento variado
09 movimento variado
Bruno De Siqueira Costa
 
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de TalesLista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
Everton Moraes
 
Dinâmica
DinâmicaDinâmica
Dinâmica
Everton Moraes
 
Fisica cn2 parte6 maquinas simples
Fisica cn2 parte6 maquinas simplesFisica cn2 parte6 maquinas simples
Fisica cn2 parte6 maquinas simples
cavip
 
2409 atividades de física assunto mru e mruv prof waldir montenegro
2409 atividades de física assunto mru  e  mruv prof waldir montenegro2409 atividades de física assunto mru  e  mruv prof waldir montenegro
2409 atividades de física assunto mru e mruv prof waldir montenegro
Waldir Montenegro
 
Fisica1 ex4
Fisica1 ex4Fisica1 ex4
Fisica1 ex4
Paulo Souto
 
Respostas do trabalho
Respostas do trabalhoRespostas do trabalho
Respostas do trabalho
Betine Rost
 
Apostila de mecânica aplicada
Apostila de mecânica aplicadaApostila de mecânica aplicada
Apostila de mecânica aplicada
Caio Cesar Cardoso
 
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de CoulombLista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Gustavo Mendonça
 
Produtos Notáveis
Produtos NotáveisProdutos Notáveis
Produtos Notáveis
Everton Moraes
 
Lista de-exercícios-conjuntos-2011-prof.-riani
Lista de-exercícios-conjuntos-2011-prof.-rianiLista de-exercícios-conjuntos-2011-prof.-riani
Lista de-exercícios-conjuntos-2011-prof.-riani
mat1ano
 

Mais procurados (20)

Atividades matrizes 2ano 2bim
Atividades matrizes 2ano 2bimAtividades matrizes 2ano 2bim
Atividades matrizes 2ano 2bim
 
Aula 6 força e movimento iii
Aula 6 força e movimento iiiAula 6 força e movimento iii
Aula 6 força e movimento iii
 
Atividade resolvida teorema de tales
Atividade resolvida teorema de talesAtividade resolvida teorema de tales
Atividade resolvida teorema de tales
 
Gabarito das questões de Termologia - 2º Ano
Gabarito das questões de Termologia - 2º AnoGabarito das questões de Termologia - 2º Ano
Gabarito das questões de Termologia - 2º Ano
 
Fundamentos da Física, Vol 1 mecanica - Halliday
Fundamentos da Física, Vol 1 mecanica - HallidayFundamentos da Física, Vol 1 mecanica - Halliday
Fundamentos da Física, Vol 1 mecanica - Halliday
 
Movimento uniforme
Movimento uniformeMovimento uniforme
Movimento uniforme
 
Capacitancia
CapacitanciaCapacitancia
Capacitancia
 
Trabalho, energia, fluidos
Trabalho, energia, fluidosTrabalho, energia, fluidos
Trabalho, energia, fluidos
 
Listade exercicios Leis de Newton
Listade exercicios Leis de NewtonListade exercicios Leis de Newton
Listade exercicios Leis de Newton
 
09 movimento variado
09  movimento variado09  movimento variado
09 movimento variado
 
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de TalesLista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
 
Dinâmica
DinâmicaDinâmica
Dinâmica
 
Fisica cn2 parte6 maquinas simples
Fisica cn2 parte6 maquinas simplesFisica cn2 parte6 maquinas simples
Fisica cn2 parte6 maquinas simples
 
2409 atividades de física assunto mru e mruv prof waldir montenegro
2409 atividades de física assunto mru  e  mruv prof waldir montenegro2409 atividades de física assunto mru  e  mruv prof waldir montenegro
2409 atividades de física assunto mru e mruv prof waldir montenegro
 
Fisica1 ex4
Fisica1 ex4Fisica1 ex4
Fisica1 ex4
 
Respostas do trabalho
Respostas do trabalhoRespostas do trabalho
Respostas do trabalho
 
Apostila de mecânica aplicada
Apostila de mecânica aplicadaApostila de mecânica aplicada
Apostila de mecânica aplicada
 
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de CoulombLista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
 
Produtos Notáveis
Produtos NotáveisProdutos Notáveis
Produtos Notáveis
 
Lista de-exercícios-conjuntos-2011-prof.-riani
Lista de-exercícios-conjuntos-2011-prof.-rianiLista de-exercícios-conjuntos-2011-prof.-riani
Lista de-exercícios-conjuntos-2011-prof.-riani
 

Semelhante a 21655210 exercicios-de-dinamica

Miscelânia leis de newton
Miscelânia leis de newtonMiscelânia leis de newton
Miscelânia leis de newton
Professorfranciscosimao
 
Lista exerc.ciclo3 cad.5
Lista exerc.ciclo3 cad.5Lista exerc.ciclo3 cad.5
Lista exerc.ciclo3 cad.5
fisicadu
 
Blocos
BlocosBlocos
Blocos
flavio moura
 
Lista de exercícios sobre a dinâmica
Lista de exercícios sobre a dinâmicaLista de exercícios sobre a dinâmica
Lista de exercícios sobre a dinâmica
vjpelegrini
 
Exercicios de forca de atrito3082010111014 (1)
Exercicios de forca de atrito3082010111014 (1)Exercicios de forca de atrito3082010111014 (1)
Exercicios de forca de atrito3082010111014 (1)
Maria De Fatima Maria Rodrigues
 
Básica aplicações das leis de newton
Básica aplicações das leis de newtonBásica aplicações das leis de newton
Básica aplicações das leis de newton
rodrigoateneu
 
Exercício2
Exercício2Exercício2
Exercício2
Marcelo Franco
 
Dinâmica parte 3
Dinâmica parte 3Dinâmica parte 3
Dinâmica parte 3
Jorge Costa
 
Plano inclinado exercícios
Plano inclinado exercíciosPlano inclinado exercícios
Plano inclinado exercícios
tiowans
 
Aplicação das leis de newton
Aplicação das leis de newtonAplicação das leis de newton
Aplicação das leis de newton
Reinaldo Massayuki
 
1º ano cssa as leis de newton e suas aplicações prof waldir montenegro
1º ano cssa as leis de newton e suas aplicações  prof waldir montenegro1º ano cssa as leis de newton e suas aplicações  prof waldir montenegro
1º ano cssa as leis de newton e suas aplicações prof waldir montenegro
Waldir Montenegro
 
Fisica mecanica dinamica_plano_inclinado_exercicios
Fisica mecanica dinamica_plano_inclinado_exerciciosFisica mecanica dinamica_plano_inclinado_exercicios
Fisica mecanica dinamica_plano_inclinado_exercicios
Emerson Assis
 
59016438 exercicios-de-leis-de-newton-1
59016438 exercicios-de-leis-de-newton-159016438 exercicios-de-leis-de-newton-1
59016438 exercicios-de-leis-de-newton-1
afpinto
 
Dinâmica - Resolução de exercícios
Dinâmica - Resolução de exercíciosDinâmica - Resolução de exercícios
Dinâmica - Resolução de exercícios
Gilberto Rocha
 
Lista Ciclo 1
Lista Ciclo 1Lista Ciclo 1
Lista Ciclo 1
fisicadu
 
Exercicios resolvidos 3
Exercicios resolvidos 3Exercicios resolvidos 3
Exercicios resolvidos 3
ronei_eng
 
dinâmica fisica
dinâmica fisicadinâmica fisica
dinâmica fisica
aliny costa
 
Atividade de aula atrito no plano inclinado
Atividade de aula atrito no plano inclinadoAtividade de aula atrito no plano inclinado
Atividade de aula atrito no plano inclinado
tiowans
 
(Lista 02) Capítulo 07 - Energia Cinética e Trabalho
(Lista 02) Capítulo 07 - Energia Cinética e Trabalho(Lista 02) Capítulo 07 - Energia Cinética e Trabalho
(Lista 02) Capítulo 07 - Energia Cinética e Trabalho
Gutierry Prates
 
2 listamc
2 listamc2 listamc

Semelhante a 21655210 exercicios-de-dinamica (20)

Miscelânia leis de newton
Miscelânia leis de newtonMiscelânia leis de newton
Miscelânia leis de newton
 
Lista exerc.ciclo3 cad.5
Lista exerc.ciclo3 cad.5Lista exerc.ciclo3 cad.5
Lista exerc.ciclo3 cad.5
 
Blocos
BlocosBlocos
Blocos
 
Lista de exercícios sobre a dinâmica
Lista de exercícios sobre a dinâmicaLista de exercícios sobre a dinâmica
Lista de exercícios sobre a dinâmica
 
Exercicios de forca de atrito3082010111014 (1)
Exercicios de forca de atrito3082010111014 (1)Exercicios de forca de atrito3082010111014 (1)
Exercicios de forca de atrito3082010111014 (1)
 
Básica aplicações das leis de newton
Básica aplicações das leis de newtonBásica aplicações das leis de newton
Básica aplicações das leis de newton
 
Exercício2
Exercício2Exercício2
Exercício2
 
Dinâmica parte 3
Dinâmica parte 3Dinâmica parte 3
Dinâmica parte 3
 
Plano inclinado exercícios
Plano inclinado exercíciosPlano inclinado exercícios
Plano inclinado exercícios
 
Aplicação das leis de newton
Aplicação das leis de newtonAplicação das leis de newton
Aplicação das leis de newton
 
1º ano cssa as leis de newton e suas aplicações prof waldir montenegro
1º ano cssa as leis de newton e suas aplicações  prof waldir montenegro1º ano cssa as leis de newton e suas aplicações  prof waldir montenegro
1º ano cssa as leis de newton e suas aplicações prof waldir montenegro
 
Fisica mecanica dinamica_plano_inclinado_exercicios
Fisica mecanica dinamica_plano_inclinado_exerciciosFisica mecanica dinamica_plano_inclinado_exercicios
Fisica mecanica dinamica_plano_inclinado_exercicios
 
59016438 exercicios-de-leis-de-newton-1
59016438 exercicios-de-leis-de-newton-159016438 exercicios-de-leis-de-newton-1
59016438 exercicios-de-leis-de-newton-1
 
Dinâmica - Resolução de exercícios
Dinâmica - Resolução de exercíciosDinâmica - Resolução de exercícios
Dinâmica - Resolução de exercícios
 
Lista Ciclo 1
Lista Ciclo 1Lista Ciclo 1
Lista Ciclo 1
 
Exercicios resolvidos 3
Exercicios resolvidos 3Exercicios resolvidos 3
Exercicios resolvidos 3
 
dinâmica fisica
dinâmica fisicadinâmica fisica
dinâmica fisica
 
Atividade de aula atrito no plano inclinado
Atividade de aula atrito no plano inclinadoAtividade de aula atrito no plano inclinado
Atividade de aula atrito no plano inclinado
 
(Lista 02) Capítulo 07 - Energia Cinética e Trabalho
(Lista 02) Capítulo 07 - Energia Cinética e Trabalho(Lista 02) Capítulo 07 - Energia Cinética e Trabalho
(Lista 02) Capítulo 07 - Energia Cinética e Trabalho
 
2 listamc
2 listamc2 listamc
2 listamc
 

Mais de afpinto

Td 33 fisica_hidrostatica
Td 33 fisica_hidrostaticaTd 33 fisica_hidrostatica
Td 33 fisica_hidrostatica
afpinto
 
R lista fisica_ii_pressao_e_hidrostatica resoluçao
R lista fisica_ii_pressao_e_hidrostatica  resoluçaoR lista fisica_ii_pressao_e_hidrostatica  resoluçao
R lista fisica_ii_pressao_e_hidrostatica resoluçao
afpinto
 
Questõesdetermologia3
Questõesdetermologia3Questõesdetermologia3
Questõesdetermologia3
afpinto
 
Questõesdetermologia1
Questõesdetermologia1Questõesdetermologia1
Questõesdetermologia1
afpinto
 
Questõesde hidrostática2
Questõesde hidrostática2Questõesde hidrostática2
Questõesde hidrostática2
afpinto
 
Questõesde hidrostática1
Questõesde hidrostática1Questõesde hidrostática1
Questõesde hidrostática1
afpinto
 
60296689 questoes-resolvidas-de-mcu
60296689 questoes-resolvidas-de-mcu60296689 questoes-resolvidas-de-mcu
60296689 questoes-resolvidas-de-mcu
afpinto
 
59039729 hidrostatica-e-hidrodinamica
59039729 hidrostatica-e-hidrodinamica59039729 hidrostatica-e-hidrodinamica
59039729 hidrostatica-e-hidrodinamica
afpinto
 
57208721 aula4-lancamento-vertical
57208721 aula4-lancamento-vertical57208721 aula4-lancamento-vertical
57208721 aula4-lancamento-vertical
afpinto
 
56809593 aula-55-sistemas-isolados
56809593 aula-55-sistemas-isolados56809593 aula-55-sistemas-isolados
56809593 aula-55-sistemas-isolados
afpinto
 
56809579 aula-54-teorema-do-impulso
56809579 aula-54-teorema-do-impulso56809579 aula-54-teorema-do-impulso
56809579 aula-54-teorema-do-impulso
afpinto
 
56808432 aula-14-movimento-uniformemente-variado-3
56808432 aula-14-movimento-uniformemente-variado-356808432 aula-14-movimento-uniformemente-variado-3
56808432 aula-14-movimento-uniformemente-variado-3
afpinto
 
56808406 aula-13-movimento-uniformemente-variado-2
56808406 aula-13-movimento-uniformemente-variado-256808406 aula-13-movimento-uniformemente-variado-2
56808406 aula-13-movimento-uniformemente-variado-2
afpinto
 
56808395 aula-12-movimento-uniformemente-variado-1
56808395 aula-12-movimento-uniformemente-variado-156808395 aula-12-movimento-uniformemente-variado-1
56808395 aula-12-movimento-uniformemente-variado-1
afpinto
 
56712915 aula-18-lancamento-vertical-para-cima
56712915 aula-18-lancamento-vertical-para-cima56712915 aula-18-lancamento-vertical-para-cima
56712915 aula-18-lancamento-vertical-para-cima
afpinto
 
54736855 lancamento-horizontal-e-obliquo-panosso-10
54736855 lancamento-horizontal-e-obliquo-panosso-1054736855 lancamento-horizontal-e-obliquo-panosso-10
54736855 lancamento-horizontal-e-obliquo-panosso-10
afpinto
 
54641746 aula5-lancamento-horizontal
54641746 aula5-lancamento-horizontal54641746 aula5-lancamento-horizontal
54641746 aula5-lancamento-horizontal
afpinto
 
54533550 032-movimento-retilineo-uniforme-variado-mruv-1
54533550 032-movimento-retilineo-uniforme-variado-mruv-154533550 032-movimento-retilineo-uniforme-variado-mruv-1
54533550 032-movimento-retilineo-uniforme-variado-mruv-1
afpinto
 
54070195 movimento retilineouniformementevariado
54070195 movimento retilineouniformementevariado54070195 movimento retilineouniformementevariado
54070195 movimento retilineouniformementevariado
afpinto
 
53977175 area-e-perimetro-de-figuras-planas-1
53977175 area-e-perimetro-de-figuras-planas-153977175 area-e-perimetro-de-figuras-planas-1
53977175 area-e-perimetro-de-figuras-planas-1
afpinto
 

Mais de afpinto (20)

Td 33 fisica_hidrostatica
Td 33 fisica_hidrostaticaTd 33 fisica_hidrostatica
Td 33 fisica_hidrostatica
 
R lista fisica_ii_pressao_e_hidrostatica resoluçao
R lista fisica_ii_pressao_e_hidrostatica  resoluçaoR lista fisica_ii_pressao_e_hidrostatica  resoluçao
R lista fisica_ii_pressao_e_hidrostatica resoluçao
 
Questõesdetermologia3
Questõesdetermologia3Questõesdetermologia3
Questõesdetermologia3
 
Questõesdetermologia1
Questõesdetermologia1Questõesdetermologia1
Questõesdetermologia1
 
Questõesde hidrostática2
Questõesde hidrostática2Questõesde hidrostática2
Questõesde hidrostática2
 
Questõesde hidrostática1
Questõesde hidrostática1Questõesde hidrostática1
Questõesde hidrostática1
 
60296689 questoes-resolvidas-de-mcu
60296689 questoes-resolvidas-de-mcu60296689 questoes-resolvidas-de-mcu
60296689 questoes-resolvidas-de-mcu
 
59039729 hidrostatica-e-hidrodinamica
59039729 hidrostatica-e-hidrodinamica59039729 hidrostatica-e-hidrodinamica
59039729 hidrostatica-e-hidrodinamica
 
57208721 aula4-lancamento-vertical
57208721 aula4-lancamento-vertical57208721 aula4-lancamento-vertical
57208721 aula4-lancamento-vertical
 
56809593 aula-55-sistemas-isolados
56809593 aula-55-sistemas-isolados56809593 aula-55-sistemas-isolados
56809593 aula-55-sistemas-isolados
 
56809579 aula-54-teorema-do-impulso
56809579 aula-54-teorema-do-impulso56809579 aula-54-teorema-do-impulso
56809579 aula-54-teorema-do-impulso
 
56808432 aula-14-movimento-uniformemente-variado-3
56808432 aula-14-movimento-uniformemente-variado-356808432 aula-14-movimento-uniformemente-variado-3
56808432 aula-14-movimento-uniformemente-variado-3
 
56808406 aula-13-movimento-uniformemente-variado-2
56808406 aula-13-movimento-uniformemente-variado-256808406 aula-13-movimento-uniformemente-variado-2
56808406 aula-13-movimento-uniformemente-variado-2
 
56808395 aula-12-movimento-uniformemente-variado-1
56808395 aula-12-movimento-uniformemente-variado-156808395 aula-12-movimento-uniformemente-variado-1
56808395 aula-12-movimento-uniformemente-variado-1
 
56712915 aula-18-lancamento-vertical-para-cima
56712915 aula-18-lancamento-vertical-para-cima56712915 aula-18-lancamento-vertical-para-cima
56712915 aula-18-lancamento-vertical-para-cima
 
54736855 lancamento-horizontal-e-obliquo-panosso-10
54736855 lancamento-horizontal-e-obliquo-panosso-1054736855 lancamento-horizontal-e-obliquo-panosso-10
54736855 lancamento-horizontal-e-obliquo-panosso-10
 
54641746 aula5-lancamento-horizontal
54641746 aula5-lancamento-horizontal54641746 aula5-lancamento-horizontal
54641746 aula5-lancamento-horizontal
 
54533550 032-movimento-retilineo-uniforme-variado-mruv-1
54533550 032-movimento-retilineo-uniforme-variado-mruv-154533550 032-movimento-retilineo-uniforme-variado-mruv-1
54533550 032-movimento-retilineo-uniforme-variado-mruv-1
 
54070195 movimento retilineouniformementevariado
54070195 movimento retilineouniformementevariado54070195 movimento retilineouniformementevariado
54070195 movimento retilineouniformementevariado
 
53977175 area-e-perimetro-de-figuras-planas-1
53977175 area-e-perimetro-de-figuras-planas-153977175 area-e-perimetro-de-figuras-planas-1
53977175 area-e-perimetro-de-figuras-planas-1
 

21655210 exercicios-de-dinamica

  • 1. 2009 Exercício: Dinâmica Apostila de Física Prof. Adenilza 24/10/2009
  • 2. Exercícios 1º) (ITA) De acordo com as leis da mecânica newtoniana, se um corpo de massa constante: a) tem velocidade escalar constante, é nula a resultante das forças que nele atuam b) descreve uma trajetória retilínea com velocidade escalar constante, não há forças atuando nele c) descreve um movimento com velocidade vetorial constante, é nula a resultante das forças nele aplicadas d) possui velocidade vetorial constante, não há forças aplicadas no corpo e) está em movimento retilíneo e uniforme é porque existem forças nele aplicadas Resolução: Pela teoria ⇒ Alternativa C 2º)(UNIP) Considere uma pedra arremessada para cima a partir da superfície terrestre. Enquanto a pedra estiver subindo, podemos afirmar que: a) a Terra atrai a pedra e a pedra repele a Terra, com forças de mesma intensidade b) a Terra repele a pedra e a pedra atrai a Terra, com forças de mesma intensidade c) a Terra atrai a pedra e a pedra atrai a Terra, porém, a atração da Terra é muitíssimo mais intensa d) a Terra e a pedra se repelem mutuamente, com forças de mesma intensidade e) A Terra e a pedra se atraem mutuamente, com forças de mesma intensidade Resolução: Ação e reação. Alternativa E
  • 3. 03). (MACK) Uma pessoa, no interior de um elevador que sobe com movimento acelerado, exerce no piso uma força de módulo: a) maior que o do seu peso, somente quando a aceleração é maior que a da gravidade b) zero, quando a aceleração é a da gravidade c) igual ao do seu peso d) maior que o do seu peso e) menor que o do seu peso Resolução: A resultante deve ser para cima, logo N > P. Alternativa D 4ª)(FEI) Faz-se uma força F atuar sucessivamente sobre dois corpos, A e B, que adquirem, respectivamente, acelerações a e b, com a = 2 b. Se a mesma força F for aplicada ao sistema formado pelos dois corpos A e B ligados rigidamente, a aceleração do sistema será: a) a + b b) 3 b c) 3 a d) a/3 e) b/3 5º) (ESPM) Aplica-se uma força F de intensidade 50 N ao bloco A, conforme a figura. Os blocos A e B possuem massas, respectivamente, 2,0 kg e 3,0 kg. As superfícies de contato são perfeitamente lisas. Determine a aceleração dos corpos a) 5 b) 10 c) 15 d) 20 e) 25
  • 4. 6º) (FUVEST) Um carrinho A, de 20 kg de massa, é unido a um bloco B, de 5 kg, por meio de um fio leve e inextensível, conforme a figura abaixo. Inicialmente o sistema está em repouso devido à presença do anteparo C, que bloqueia o carrinho A (g = 10m/s2). a) Qual o valor da força que o anteparo C exerce sobre o carrinho A ? b) Retirado o anteparo C, com que aceleração o carrinho A se movimenta ? 7º) Os objetos L, M e N, cujos pesos são 10 N, 15 N e 8 N, respectivamente, estão suspensos por um arame muito leve, como mostra a figura abaixo. Qual é a força que o fio suporta entre L e M ? a) 33 N b) 25 N c) 23 N d) 8 N e) 2 N
  • 5. 8º) Na figura abaixo, a roldana R tem massa desprezível e não há atrito entre ela e o fio. O corpo A possui massa 4,0 kg. Sabe-se que o corpo B desce com movimento acelerado e aceleração de módulo 2,0 m/s2. Adote g = 10 m/s2 e calcule: a) a massa de B. b) a intensidade da força que traciona o fio. 9º) No sistema abaixo, o corpo 1 de massa 6kg está preso na posição A. O corpo 2 tem massa de 4 kg. Despreze o atritos e adote g = 10m/s2. Abandonando o corpo 1, a sua velocidade ao passar pela posição B será de: 10º) Um bloco está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. Seu peso vale 40 N e a força máxima de atrito estático entre o bloco e a superfície vale 20 N. O valor da força horizontal mínima que coloca o bloco em movimento é:
  • 6. a) ligeiramente maior que 20 N b) igual a 40 N c) ligeiramente menor que 40 N d) ligeiramente maior que 40 N e) impossível de ser estimada 11º) Os coeficientes de atrito estático e cinético entre as superfícies de um corpo inicialmente em repouso e seu apoio horizontal são µe = 0,6 e µc = 0,5. O peso do corpo é de 100 N. Submetendo-o à ação de uma força F horizontal, determine quais são as forças de atrito correspondentes aos seguintes valores sucessivos de F a) F = 10 N b) F = 30 N c) F = 60 N d) F = 80 N e) F = 90 N 12º) (UNISA) No sistema abaixo, a massa do corpo A é 4kg e a do corpo B, 2kg. A aceleração do sistema é de 2m/s2. O coeficiente de atrito entre o corpo A e o plano é:
  • 7. 13º) (ITA) Um corpo desliza sobre um plano inclinado, cujo coeficiente de atrito de deslizamento é µ = 3 /3.Qual deve ser o ângulo do plano com a horizontal para que a velocidade do corpo se mantenha constante? a) 15° b) 30° c) 45° d) 60° e) 75° 14º) (MACK) Um carro se desloca em uma trajetória horizontal retilínea com aceleração constante de 5 m/s2. Adotando g = 10 m/s2 e sabendo que 60% da força do motor é gasta para vencer a força de atrito, podemos afirmar que o coeficiente de atrito entre as rodas do carro e a pista é: a) 0,80 b) 0,75 c) 0,70 d) 0,65 e) 0,50
  • 8. 15º) (FATEC) F1 e F2 são forças horizontais de 30 N e 10 N de intensidade, respectivamente, conforme a figura. Sendo a massa de A igual a 3 kg, a massa de B igual a 2 kg, g = 10 m/s2 e 0,3 o coeficiente de atrito dinâmico entre os blocos e a superfície, a força de contato entre os blocos é de: 16º) (ITA) Um pequeno bloco de madeira de massa m = 2kg encontra-se sobre um plano inclinado que está fixo no chão, como mostra a figura. Qual é a menor força F com que devemos pressionar o bloco sobre o plano para que o mesmo permaneça em equilíbrio? O coeficiente de atritoestático entre o bloco e a superfície do plano inclinado éµ = 0,40. Dados: comprimento do plano inclinado l = 1m altura h = 0,6 m aceleração da gravidade g = 9,8 m/s2
  • 9. 17º) (UN-PR) Um móvel sujeito unicamente à ação de uma força de intensidade constante, porém dirigida sempre na direção perpendicular à sua velocidade instantânea,adquire movimento: a) circular uniforme b) retilíneo uniformemente variado c) circular uniformemente variado d) circular com aceleração variável e) retilíneo com aceleração variável 18º) .Um automóvel percorre uma estrada plana a 90 km/h, descrevendo uma curva de 125 m de raio, num local onde a aceleração gravitacional é 10 m/s2. Assim sendo, o coeficiente de atrito mínimo, entre os pneus e o solo, para que o automóvel faça a curva, é: a) 0,1 b) 0,2 c) 0,3 d) 0,4 e) 0,5 19º) (UNISA) Um avião descreve um loop num plano vertical, com velocidade de 720 km/h. Para que no ponto mais baixo da trajetória a intensidade da força que o piloto exerce no banco seja o triplo de seu peso, é necessário que o raio do loop seja de: (g = 10 m/s2) a) 0,5 km b) 1,0 km c) 1,5 km d) 2,0 km e) 2,5 km
  • 10. 20º) Os coeficientes de atrito estático e cinético entre as superfícies de um corpo, inicialmente em repouso, e seu apoio horizontal P são µe = 0,6 e µc = 0,5. O peso do corpo é de 100N. Submetendo-o à ação de uma força F horizontal, determine quais são as forças de atrito correspondentes aos seguintes valores sucessivos de F: a) F = 10N b) F = 30N c) F = 60N d) F = 80N 21º) Um bloco está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. Seu peso vale 40N e a força máxima de atrito estático entre o bloco e a superfície vale 20N.O valor da força horizontal mínima que coloca o bloco emmovimento é: a) ligeiramente maior que 20N. b) igual a 40N. c) ligeiramente menor que 40N. d) ligeiramente maior que 40N. e) impossível de ser estimada. 22º) O corpo A, mostrado na figura, é constituído de material homogêneo e tem massa de 2,5kg. Considerando-se que o coeficiente de atrito estático entre a parede e o corpo A vale 0,20 e que a aceleração da gravidade seja 10m/s2, o valor mínimo da força F para que o corpo A fiquem equilíbrio, na situação mostrada na figura, é: a) 275 N b) 25 N c) 125 N d) 225 N e) 250 N
  • 11. 23º)m corpo de peso igual a 40N está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. A força máxima de atrito estático entre o corpo e a superfície é 20N. Aplicando a corpo uma força horizontal de 10N, afirma-se que a força de atrito, nessa situação, vale, em newtons: a) zero b) 10 c) 18 d) 20 e) 40 24º) 4. Assinale a alternativa que representa o enunciado da Lei da Inércia, também conhecida como primeira Lei de Newton. a) Qualquer planeta gira em torno do Sol descrevendo uma órbita elíptica, da qual o Sol ocupa um dos focos. b) Dois corpos quaisquer se atraem com uma força proporcional ao produto de suas massas e inversamente proporcional ao quadrado da distância entre eles. c) Quando um corpo exerce uma força sobre outro, este reage sobre o primeiro com uma força de mesma intensidade e direção, mas de sentido contrário. d) A aceleração que um corpo adquire é diretamente proporcional à resultante das forças que nele atuam, e tem mesma direção e sentido dessa resultante. e) Todo corpo continua em seu estado de repouso ou de movimento uniforme em uma linha reta, a menos que sobre ele estejam agindo forças com resultante não nula. Resposta: Alternativa: e 26º) Dois blocos, A e B, de massas 2,0 kg e 6,0 kg, respectivamente, e ligados por um fio, estão em repouso sobre um plano horizontal. Quando puxado para a direita pela força mostrada na figura, o conjunto adquire aceleração de 2,0 m/s2 Nestas condições, pode-se afirmar que o módulo da resultante das forças que atuam em A e o módulo da resultante das forças que atuam em B valem, em newtons, respectivamente: a) 4 e 16 b) 16 e 16 c) 8 e 12 d) 4 e 12. e) 1 e 3 Resposta: Alternativa: a
  • 12. 27º) Um corpo de 40N de peso está em repouso, apoiado sobre uma superfície horizontal de coeficiente de atrito estático µe = 0,3 e coeficiente de atrito cinético µc = 0,2. Determine: a) a força horizontal mínima capaz de fazer o corpo se mover. b) a força horizontal mínima necessária para manter o corpo em movimento. 28º) . Um corpo de massa 15kg está em repouso, sobre uma superfície horizontal, submetido à ação de uma força F = 30N, paralela ao apoio. Sabendo que o coeficiente de atrito estático entre o corpo e o apoio vale 0,4 e o coeficiente de atrito cinético vale 0,3, determine a intensidade da força de atrito agente sobre o corpo.Adote g = 10m/s2 29º) Um bloco de peso igual a 100N é arrastado com velocidade constante sobre uma superfície horizontal, cujo coeficiente de atrito é 0,2 a) Qual a intensidade da força de atrito da superfície sobre o bloco? b) Qual a intensidade da força que atua sobre o bloco, no sentido do movimento?
  • 13. 30. (FUVEST) Um bloco de 5kg que desliza sobre um plano horizontal está sujeito às forças F = 15N, horizontal para a direita, e fat = 5N, de atrito horizontal para a esquerda. g = 10m/s2 a) Qual a aceleração do bloco ? b) Qual o coeficiente de atrito entre o bloco e a superfície? 31. Um bloco de massa m = 2,0kg é puxado por uma força F de intensidade 10N, sobre um plano horizontal, como mostra a figura. O coeficiente de atrito entre o bloco e o plano é µ = 0,20 g = 10m/s2 Determine a aceleração adquirida pelo bloco. 32. Um corpo de peso igual a 40N está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. A força máxima de atrito estático entre o corpo e a superfície é 20N. Aplicando ao corpo uma força horizontal de 10N, afirma-se que a força de atrito, nessa situação, vale, em newtons:
  • 14. a) zero b) 10 c) 18 d) 20 e) 40 33. Um bloco de peso igual a 100N é arrastado com velocidade constante sobre uma superfície horizontal, cujo coeficiente de atrito é 0,5. a) Qual a intensidade da força de atrito da superfície sobre o bloco ? b) Qual a intensidade da força que atua sobre o bloco, no sentido do movimento ? 34. (UF-MG) Um bloco de massa m = 0,5kg move-se sobre uma mesa horizontal, sujeito à ação de uma força horizontal de 5,0N e de uma força de atrito de 3,0N. Considerando-se queo bloco partiu do repouso, determine: g = 10m/s2 a) a velocidade do mesmo, após percorrer 2,0m. b) o coeficiente de atrito entre esse bloco e a mesa.
  • 15. 35. (Med. Taubaté) Uma esfera de vidro é lançada sobre uma mesa e, após certo tempo, pára. Isto acontece porque durante o movimento: a) a resultante de todas as forças que agem sobre a esfera é nula; b) a força de atrito equilibra a força inicial que deu origem ao movimento; c) a força de atrito é a única força que solicita a esfera (força resultante) e age em sentido contrário ao sentido do deslocamento; d) a força do peso do corpo sobrepuja a força de atrito; e) a força de reação da mesa anula a força de atrito 36. (UNISA) No sistema abaixo, a massa do corpo A é 4kg e a do corpo B, 2kg. A aceleração do sistema é de 2m/s2. O coeficiente de atrito entre o corpo A e o plano é: g = 10m/s2
  • 16. 37. (FUVEST) O coeficiente de atrito entre um móvel e a superfície horizontal sobre a qual se desloca é 0,3. O móvel tem massa de 8kg e apresenta movimento uniforme. Sendo a aceleraçãoda gravidade local g = 10m/s2, determine: a) a intensidade da reação normal de apoio sobre o móvel. b) a intensidade da força de atrito que age sobre o móvel. c) a intensidade da força que atua sobre o móvel, no sentido do movimento. 38. Um corpo de massa 5kg encontra-se em repouso sobre uma superfície horizontal. Sabendo que o coeficiente de atrito estático entre o corpo e o apoio é 0,4, qual o valor mínimo da força horizontal capaz de fazê-lo mover-se ? a) 2N b) 10N c) 18N d) 20N e) n.d.a. 39. FGV) Um bloco de 4kg é puxado por uma força constante horizontal de 20N sobre uma superfície plana horizontal, adquirindo uma aceleração constante de 3m/s2. Logo, existe uma força de atrito entre a superfície e o bloco que vale, em N: a) 5 b) 8 c)12 d)16 e)17
  • 17. 40. (FATEC) F1 e F2 são forças horizontais de intensidade 30 N e 10 N respectivamente, conforme a figura. Sendo a massa de A igual a 3 kg, a massa de B igual a 2 kg, g = 10 m/s2 e 0,3 o coeficiente de atrito dinâmico entre os blocos e a superfície, a força de contato entre os blocos tem intensidade: a) 24 N b) 30 N c) 40 N d) 10 N e) 18 N 41. (FUVEST) O corpo A de massa 4,0 kg está apoiado num plano horizontal, preso a uma corda que passa por uma roldana, de massa e atrito desprezíveis, e que sustenta em sua extremidade o corpo B, de massa 2,0 kg. Nestas condições o sistema apresenta movimento uniforme. Adotando g = 10 m/s2, determine: a) o coeficiente de atrito entre A e o plano; b) a massa que devemos. acrescentar a B para que a aceleração do sistema tenha módulo igual a 2,0 m/s2. 42. Dois móveis M e N ligados por uma corda de peso desprezível deslocam-se sobre um plano, sob a ação de uma força de 15 N aplicada na direção do deslocamento. Não há atrito entre M e o plano, porém o coeficiente de atrito de escorregamento entre o corpo N e o plano vale 0,2. As massas de M e N são respectivamente 1 kg e 3 kg.
  • 18. Adote g = 10 m/s2 A aceleração do sistema é igual, em m/s2, a: a) 3,75 b) 1,25 c) 2,25 d) 0,15 e) 4,05 43. UF-ES) A figura mostra um bloco de massa 10 kg inicialmente em repouso sobre uma mesa, ao qual se aplica uma força horizontal F de intensidade 20 N. A aceleração da gravidadetem módulo 10 m/s2, o coeficiente de atrito estático é 0,3 eo cinético é 0,2. A intensidade da força de atrito entre o bloco e a mesa vale: a) 30 N b) 25 N c) 20 N d) 5 N e) zero 44. Um automóvel percorre uma estrada plana a 90km/h, descrevendo uma curva de 125m de raio, num local onde a aceleração gravitacional é 10m/s2. Assim sendo, o coeficiente de atrito mínimo, entre os pneus e o solo, para que oautomóvel faça a curva, é: a) 0,1 b) 0,2 c) 0,3 d) 0,4 e) 0,5
  • 19. 45. Supondo o mesmo coeficiente de atrito da questão for (0,2) e admitindo F = 100N, o corpo: a) sobe com aceleração 2,4m/s2. b) sobe com velocidade uniforme. c) fica parado. d) desce com aceleração 9,8m/s2. e) n.d.a. O seguinte enunciado diz respeito às questões números 46 e 47 A figura indica um sólido de massa m = 10kg apoiado sobre um plano inclinado que forma um ângulo α com a horizontal e sujeito à ação de uma força constante F. A constante gravitacional do local é g = 10m/s2. Supondo sen α = 0,6 e cos α = 0,8, pergunta-se: 46. (FESP) Se o coeficiente de atrito entre o corpo e o plano for igual a 0,2 o valor mínimo de F que impede o movimento do corpo para baixo em N é: a) 10 b) 44 c) 60 d) 76 e) n.d.a.
  • 20. 47. (FESP) Não havendo atrito, o valor mínimo de F que impede o movimento do corpo para baixo em N é: a) 10 b) 44 c) 60 d) 76 e) n.d.a 48. No sistema representado na figura, o fio e a polia são ideais, a massa do bloco A é 9,0 kg e a tração no fio tem módulo 36N. Supondo g = 10 m/s2 e desprezando o atrito, calcule: a) o módulo da aceleração do bloco A; b) a massa do bloco B. 49. (UCMG) O bloco da figura abaixo tem massa m = 1,0 kg e colocado sobre o plano inclinado está na iminência de deslizar. Nessas condições, o coeficiente de atrito entre o bloco e a superfície do plano vale:
  • 21. 50. (FEI) Um bloco de massa 1,0kg está em repouso em um plano horizontal. Aplica-se ao bloco uma força horizontal constante de intensidade 4,0N. O bloco adquire uma aceleração de módulo 2,0 m/s2. Calcule a intensidade da força de atrito que o plano de apoio aplica sobre o bloco