SlideShare uma empresa Scribd logo
GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO
Coordenadoria de Gestão da Educação Básica – CGEB
Diretoria de Ensino Região Centro
ESCOLA ESTADUAL DULCE FERREIRA BOARIN

ÁREA DE CONHECIMENTO: Ciências da Natureza e suas tecnologias
COMPONENTE CURRICULAR: Física
SÉRIE / ENSINO: 1ª série (C, D e E) – Ensino Médio
PROFESSOR RESPONSÁVEL: Higor Ricardo Ferreira Díaz

REFERÊNCIAS:
ASTOLFI, J. P.; DEVELAY, M. J. A didática das ciências. Campinas: Papirus, 1995.
BACHELARD, G. La formation de l’espritscientifique. Paris: Vrin, 1989.
Brasil. PCN + Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC/Semtec, 2002.
BRONOWSKI, J. Arte e conhecimento: ver, imaginar, criar. São Paulo: Martins Fontes, 1983.
MENEZES, L. C. A matéria, uma aventura do espírito: fundamentos e fronteiras do conhecimento físico. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2005.
PIETROCOLA, M. (Org.). Ensino de Física: conteúdo, metodologia e epistemologia em uma concepção integradora. Florianópolis: Editora da UFSC, 2006.
ROBILOTTA, M. Construção e realidade no ensino de Física. São Paulo: IFUSP, 1985. Mimeografado.
GRADE DE PLANEJAMENTO DO PLANO DE ENSINO – 1º Bimestre
COMPETÊNCIAS E HABILIDADES
Identificar movimentos que se realizam
no dia a dia e as grandezas relevantes
que os caracterizam
Reconhecer características comuns
aos movimentos e sistematizá-las
segundo trajetórias, variações de
velocidade e outras variáveis.
Fazer estimativas, realizar ou
interpretar medidas e escolher
procedimentos para caracterizar
deslocamentos, tempos de percurso e
variações de velocidade em situações
reais.
Identificar diferentes formas de
representar movimentos, como
trajetórias, gráficos, funções etc.
Reconhecer causas da variação de
movimentos associadas a forças e ao
tempo de duração das interações
Identificar as interações nas formas
de controle das alterações do
movimento
Reconhecer a conservação da
quantidade de movimento, a partir da
observação, análise e experimentação
de situações concretas, como quedas,
colisões, jogos ou movimentos de
automóveis.
Comparar modelos explicativos das
variações no movimento pelas leis de
Newton
Reconhecer que tanto as leis de
conservação das quantidades de
movimento como as leis de Newton
determinam valores e características
dos movimentos em sistemas físicos

CONTEÚDO
Movimentos – Grandezas, variações e
conservações
Identificação, caracterização e estimativa
de grandezas do movimento
Observação de movimentos do
cotidiano – distância percorrida,
tempo, velocidade, massa etc.
Sistematização dos movimentos
segundo trajetórias, variações de
velocidade etc.
Estimativas e procedimentos de
medida de tempo, percurso,
velocidade média etc.
Quantidade de movimento linear,
variação e conservação
Modificação nos movimentos
decorrentes de interações ao se dar
partida a um veículo
Variação de movimentos
relacionada à força aplicada e ao
tempo de aplicação, a exemplo de
freios e dispositivos de segurança
Conservação da quantidade de
movimento em situações cotidianas
Leis de Newton
As leis de Newton na análise do
movimento de partes de um
sistema mecânico
Relação entre as leis de Newton e
as leis de conservação

DINÂMICA DA
ATIVIDADE
Vídeos
Slides
Laboratório de
Informática.
Aplicação de
atividades que
envolvam
situações do
cotidiano.

MATERIAIS
Livro didático,
Lista de
exercícios,
Quadro negro e
giz,
Materiais
recicláveis e de
baixo custo para
a realização de
experimentos.

AVALIAÇÃO
Através da
participação nas
atividades
desenvolvidas em
sala de aula,
seminários, no
cumprimento das
atividades solicitadas
e na aplicação de
testes e provas.
Relatório de Física
Experimental
(quando solicitado)
GRADE DE PLANEJAMENTO DO PLANO DE ENSINO – 2º Bimestre
COMPETÊNCIAS E HABILIDADES
Identificar a presença de fontes de
energia nos movimentos no dia a dia,
tanto nas translações como nas
rotações, nos diversos equipamentos
e máquinas e em atividades físicas e
esportivas
Classificar as fontes de energia que
produzem ou alteram movimentos
Identificar energia potencial elástica e
energia cinética como componentes
da energia mecânica
Identificar a variação da energia
mecânica pelo trabalho da força de
atrito
Reconhecer o trabalho de uma força
como medida da variação de um
movimento, inclusive em situações
que envolvem forças de atrito.
Reconhecer variáveis que
caracterizam a energia mecânica no
movimento de translação
Identificar a energia potencial
gravitacional e sua transformação em
energia cinética
Identificar o trabalho da força
gravitacional na transformação de
energia potencial gravitacional em
energia cinética; por exemplo, em
projéteis ou quedas-d'água
Identificar o trabalho da força de atrito
na dissipação de energia cinética
numa freada
Estabelecer critérios para manter
distância segura numa estrada em
função da velocidade, avaliando os
riscos de altas velocidades.
Determinar parâmetros do movimento,
utilizando a conservação da energia
mecânica.
Reconhecer a evolução histórica e
implicações na sociedade de
processos de utilização de trabalho
mecânico, como no

CONTEÚDO
Movimentos – Grandezas, variações e
conservação
Trabalho e energia mecânica
Trabalho de uma força como
medida da variação do movimento,
como numa frenagem.
Energia mecânica em situações
reais e práticas, como em um bateestaca, e condições de
conservação.
Estimativa de riscos em situações
de alta velocidade
Equilíbrio estático e dinâmico
Condições para o equilíbrio de
objetos e veículos no solo, na água
ou no ar, caracterizando pressão,
empuxo e viscosidade.
Amplificação de forças em
ferramentas, instrumentos e
máquinas.
O trabalho mecânico em
ferramentas, instrumentos e
máquinas, de alicates a prensas
hidráulicas.
Evolução do trabalho mecânico em
transportes e máquinas

DINÂMICA DA
ATIVIDADE
Vídeos
Slides
Laboratório de
Informática.
Aplicação de
atividades que
envolvam
situações do
cotidiano.

MATERIAIS
Livro didático,
Lista de
exercícios,
Quadro negro e
giz,
Materiais
recicláveis e de
baixo custo para
a realização de
experimentos.

AVALIAÇÃO
Através da
participação nas
atividades
desenvolvidas em
sala de aula,
seminários, no
cumprimento das
atividades solicitadas
e na aplicação de
testes e provas.
Relatório de Física
Experimental
(quando solicitado)
desenvolvimentode meios de
transporte ou de máquinas mecânicas.
Distinguir situações de equilíbrio
daquelas de não equilíbrio, diante de
situações naturais ou em artefatos
tecnológicos.
Identificar as condições necessárias
para a manutenção do equilíbrio
estático e dinâmico de objetos no ar
ou na água, avaliando pressão e
empuxo.
Reconhecer, representar e classificar
processos de ampliação de forças em
diferentes ferramentas, máquinas e
instrumentos.
GRADE DE PLANEJAMENTO DO PLANO DE ENSINO – 3º Bimestre
COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

CONTEÚDO

Universo, Terra e vida
Identificar e caracterizar diferentes
elementos que compõem o Universo
Constituintes do Universo
Reconhecer e comparar modelos
explicativos sobre a origem e a
Massas, tamanhos, distâncias,
constituição do Universo segundo
velocidades, grupamentos e outras
diferentes culturas ou em diferentes
características de planetas, sistema
épocas
solar, estrelas, galáxias e demais
Identificar e interpretar situações,
corpos astronômicos.
fenômenos e processos conhecidos,
Comparação de modelos
envolvendo interações gravitacionais
explicativos da origem e da
na Terra e no Universo.
constituição do Universo em
Compreender as interações
diferentes culturas
gravitacionais entre objetos na
superfície da Terra ou entre astros no
Universo, identificando e relacionando Interação gravitacional
variáveis relevantes nessas
O campo gravitacional e sua relação
interações
com massas e distâncias envolvidas
Elaborar hipóteses e fazer previsões
Movimentos junto à superfície
sobre lançamentos oblíquos na
terrestre – quedas, lançamentos e
superfície terrestre
balística.
Identificar e relacionar variáveis
Conservação do trabalho mecânico
relevantes e estratégias para resolver
situações-problema envolvendo
Conservação das quantidades de
movimentos na superfície terrestre
movimentos lineares e angulares
em interações astronômicas
Reconhecer e utilizar a conservação
da quantidade de movimento linear e
angular em interações astronômicas
para fazer previsões e solucionar
problemas

DINÂMICA DA
ATIVIDADE
Vídeos
Slides
Laboratório de
Informática.
Aplicação de
atividades que
envolvam
situações do
cotidiano.

MATERIAIS
Livro didático,
Lista de
exercícios,
Quadro negro e
giz,
Materiais
recicláveis e de
baixo custo para
a realização de
experimentos.

AVALIAÇÃO
Através da
participação nas
atividades
desenvolvidas em
sala de aula,
seminários, no
cumprimento das
atividades solicitadas
e na aplicação de
testes e provas.
Relatório de Física
Experimental
(quando solicitado)
GRADE DE PLANEJAMENTO DO PLANO DE ENSINO – 4º Bimestre
COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

CONTEÚDO

Descrever, representar e comparar os Universo, Terra e vida
modelos geocêntrico e heliocêntrico do
Sistema solar
Sistema Solar
Debater e argumentar sobre a
Da visão geocêntrica de mundo à
transformação da visão de mundo
visão heliocêntrica, no contexto
geocêntrica em heliocêntrica,
social e cultural em que essa
relacionando-a às mudanças sociais
mudança ocorreu
da época
O campo gravitacional e as leis de
Identificar campos, forças e relações
conservação no sistema de planetas
de conservação para descrever
e satélites e no movimento de naves
movimentos no sistema planetário e
espaciais
de outros astros, naves e satélites.
A inter-relação Terra–Lua–Sol
Reconhecer a natureza cíclica de
movimentos do Sol, Terra e Lua e
Universo, evolução, hipóteses e modelos
suas interações, associando-a a
fenômenos naturais e ao calendário, e
suas influências na vida humana.
Teorias e hipóteses históricas e
atuais sobre a origem, constituição
Reconhecer os modelos atuais
e evolução do Universo
propostos para a origem, evolução e
constituição do Universo, os debates
Etapas de evolução estelar – da
entre eles e os limites de seus
formação à transformação em
resultados.
gigantes, anãs ou buracos negros
Relacionar ordens de grandeza de
Estimativas do lugar da vida no
medidas astronômicas de espaço e
espaço e no tempo cósmicos
tempo para fazer estimativas e
Avaliação da possibilidade de
cálculos
existência de vida em outras partes
Utilizar ordens de grandeza de
do Universo
medidas astronômicas para situar
Evolução dos modelos de Universo
temporal e espacialmente a vida em
– matéria, radiações e interações
geral e a vida humana em particular
fundamentais
Identificar condições essenciais para
O modelo cosmológico atual –
a existência da vida, tal como é hoje
espaço curvo, inflação e big bang
conhecida na Terra
Formular e debater hipóteses e
explicações científicas acerca da
possibilidade de vida fora da Terra
Identificar as principais características
do modelo cosmológico atual
Identificar as diferentes formas pelas
quais os modelos explicativos do
Universo se relacionam com a cultura
ao longo da história da humanidade

DINÂMICA DA
ATIVIDADE
Vídeos
Slides
Laboratório de
Informática.
Aplicação de
atividades que
envolvam
situações do
cotidiano.

MATERIAIS
Livro didático,
Lista de
exercícios,
Quadro negro e
giz,
Materiais
recicláveis e de
baixo custo para
a realização de
experimentos.

AVALIAÇÃO
Através da
participação nas
atividades
desenvolvidas em
sala de aula,
seminários, no
cumprimento das
atividades solicitadas
e na aplicação de
testes e provas.
Relatório de Física
Experimental
(quando solicitado)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Roteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio óptico
Roteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio ópticoRoteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio óptico
Roteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio óptico
Célia Maria Antunes
 
Jogo 1 trilha do átomo
Jogo 1  trilha do átomoJogo 1  trilha do átomo
Jogo 1 trilha do átomo
E.E.Deputado Jamil Gadia
 
Plano de ensino ciências 6º ano
Plano de ensino ciências 6º anoPlano de ensino ciências 6º ano
Plano de ensino ciências 6º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdfLista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Gabriela Almas
 
Plano de aula 6ª série
Plano de aula 6ª sériePlano de aula 6ª série
Plano de aula 6ª série
Michele S. Pinheiro
 
Plano de ensino bimestral modelo
Plano de ensino bimestral modeloPlano de ensino bimestral modelo
Plano de ensino bimestral modelo
Francisco de Sousa
 
1. introdução a química
1. introdução a química1. introdução a química
1. introdução a química
Rebeca Vale
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
Andrea Barreto
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
O mundo da FÍSICA
 
Exercícios de distribuição eletrônica
Exercícios de distribuição eletrônicaExercícios de distribuição eletrônica
Exercícios de distribuição eletrônica
Valquiria R. Nascimento
 
Aula 1 velocidade média
Aula 1  velocidade médiaAula 1  velocidade média
Aula 1 velocidade média
Montenegro Física
 
Tabela periódica 9º ano
Tabela periódica 9º anoTabela periódica 9º ano
Tabela periódica 9º ano
Carlos Magno Braga
 
TERMOLOGIA
TERMOLOGIATERMOLOGIA
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumAula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Leonardo Kaplan
 
2ª lista de exercício de física densidade
2ª lista de exercício de física   densidade2ª lista de exercício de física   densidade
2ª lista de exercício de física densidade
Karyn Lessa
 
Aula de física movimento, repouso, velocidade média
Aula de física  movimento, repouso, velocidade médiaAula de física  movimento, repouso, velocidade média
Aula de física movimento, repouso, velocidade média
luam1969
 
Plano de aula Cinemática
Plano de aula CinemáticaPlano de aula Cinemática
Plano de aula Cinemática
LucianaOliveira403
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
Augusto Sérgio Costa Souza
 
Radioatividade - Exerícicios
Radioatividade - ExeríciciosRadioatividade - Exerícicios
Radioatividade - Exerícicios
Rodrigo Sampaio
 

Mais procurados (20)

Roteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio óptico
Roteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio ópticoRoteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio óptico
Roteiros de aulas práticas roteiro 1 microscópio óptico
 
Jogo 1 trilha do átomo
Jogo 1  trilha do átomoJogo 1  trilha do átomo
Jogo 1 trilha do átomo
 
Plano de ensino ciências 6º ano
Plano de ensino ciências 6º anoPlano de ensino ciências 6º ano
Plano de ensino ciências 6º ano
 
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdfLista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
 
Plano de aula 6ª série
Plano de aula 6ª sériePlano de aula 6ª série
Plano de aula 6ª série
 
Plano de ensino bimestral modelo
Plano de ensino bimestral modeloPlano de ensino bimestral modelo
Plano de ensino bimestral modelo
 
1. introdução a química
1. introdução a química1. introdução a química
1. introdução a química
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
 
Exercícios de distribuição eletrônica
Exercícios de distribuição eletrônicaExercícios de distribuição eletrônica
Exercícios de distribuição eletrônica
 
Aula 1 velocidade média
Aula 1  velocidade médiaAula 1  velocidade média
Aula 1 velocidade média
 
Tabela periódica 9º ano
Tabela periódica 9º anoTabela periódica 9º ano
Tabela periódica 9º ano
 
TERMOLOGIA
TERMOLOGIATERMOLOGIA
TERMOLOGIA
 
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumAula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
 
2ª lista de exercício de física densidade
2ª lista de exercício de física   densidade2ª lista de exercício de física   densidade
2ª lista de exercício de física densidade
 
Aula de física movimento, repouso, velocidade média
Aula de física  movimento, repouso, velocidade médiaAula de física  movimento, repouso, velocidade média
Aula de física movimento, repouso, velocidade média
 
Plano de aula Cinemática
Plano de aula CinemáticaPlano de aula Cinemática
Plano de aula Cinemática
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
 
Radioatividade - Exerícicios
Radioatividade - ExeríciciosRadioatividade - Exerícicios
Radioatividade - Exerícicios
 

Semelhante a Plano anual de Fisica ensino medio 1° ano

Planificação_FQ_9º_ano_2021_2022.pdf
Planificação_FQ_9º_ano_2021_2022.pdfPlanificação_FQ_9º_ano_2021_2022.pdf
Planificação_FQ_9º_ano_2021_2022.pdf
FilipeJooPintoDaCost
 
03fisqui9.pdf
03fisqui9.pdf03fisqui9.pdf
03fisqui9.pdf
FilipeJooPintoDaCost
 
Mecânica
MecânicaMecânica
Organizador_Curricular_FGB_FISICA.pdf
Organizador_Curricular_FGB_FISICA.pdfOrganizador_Curricular_FGB_FISICA.pdf
Organizador_Curricular_FGB_FISICA.pdf
WstallonySilvoneide
 
1º a, b.física márcio-pdf
1º a, b.física márcio-pdf1º a, b.física márcio-pdf
1º a, b.física márcio-pdf
Fatima Moraes
 
Conteúdos de Física - EM.pdf
Conteúdos de Física - EM.pdfConteúdos de Física - EM.pdf
Conteúdos de Física - EM.pdf
GustavoPaz34
 
Plano anual de Física com Atividades e Jogos.pdf
Plano anual de Física com Atividades e Jogos.pdfPlano anual de Física com Atividades e Jogos.pdf
Plano anual de Física com Atividades e Jogos.pdf
cliente1inanu
 
Primeiro Bimestre. Plano bimestral de biologia.
Primeiro Bimestre. Plano bimestral de biologia.Primeiro Bimestre. Plano bimestral de biologia.
Primeiro Bimestre. Plano bimestral de biologia.
eucionesilva
 
exp9_planificacao_2019_2020.pdf
exp9_planificacao_2019_2020.pdfexp9_planificacao_2019_2020.pdf
exp9_planificacao_2019_2020.pdf
FilipeJooPintoDaCost
 
Oficinas temáticas.pdf
Oficinas temáticas.pdfOficinas temáticas.pdf
Oficinas temáticas.pdf
Natany6
 
BNCC por objeto do conhecimento 1.pdf
BNCC por objeto do conhecimento 1.pdfBNCC por objeto do conhecimento 1.pdf
BNCC por objeto do conhecimento 1.pdf
TioLeoOliveira
 
ensino medio escola estadual de ensino medio antonuio brasl
ensino medio escola estadual de ensino medio antonuio braslensino medio escola estadual de ensino medio antonuio brasl
ensino medio escola estadual de ensino medio antonuio brasl
professoresantoniobr
 
Plano de ensino fisica
Plano de ensino fisica Plano de ensino fisica
Plano de ensino fisica
Secretaria Assistencia Social
 
Possibilidades De Alinhamento Entre A Bimestralização Do Dc-Goem E O Livro Di...
Possibilidades De Alinhamento Entre A Bimestralização Do Dc-Goem E O Livro Di...Possibilidades De Alinhamento Entre A Bimestralização Do Dc-Goem E O Livro Di...
Possibilidades De Alinhamento Entre A Bimestralização Do Dc-Goem E O Livro Di...
GoisBemnoEnem
 
Plano de ensino 2013.2
Plano de ensino 2013.2Plano de ensino 2013.2
Plano de ensino 2013.2
Marcelo Freitas de Andrade
 
Caderno ativ auto_reguladas-alunos-1ªsérie-4ºbim2014
Caderno ativ auto_reguladas-alunos-1ªsérie-4ºbim2014Caderno ativ auto_reguladas-alunos-1ªsérie-4ºbim2014
Caderno ativ auto_reguladas-alunos-1ªsérie-4ºbim2014
prangel251
 
Snef2007
Snef2007Snef2007
Snef2007
Isabel Teixeira
 
Plano de ensino 2014.1 física a
Plano de ensino 2014.1 física aPlano de ensino 2014.1 física a
Plano de ensino 2014.1 física a
Marcelo Freitas de Andrade
 
Plano de Ensino Química 2ªSerie 2023.docx
Plano de Ensino Química 2ªSerie 2023.docxPlano de Ensino Química 2ªSerie 2023.docx
Plano de Ensino Química 2ªSerie 2023.docx
FbioGil9
 
Ciencias da-natureza-e-suas-tecnologias
Ciencias da-natureza-e-suas-tecnologiasCiencias da-natureza-e-suas-tecnologias
Ciencias da-natureza-e-suas-tecnologias
Vanessa Silva
 

Semelhante a Plano anual de Fisica ensino medio 1° ano (20)

Planificação_FQ_9º_ano_2021_2022.pdf
Planificação_FQ_9º_ano_2021_2022.pdfPlanificação_FQ_9º_ano_2021_2022.pdf
Planificação_FQ_9º_ano_2021_2022.pdf
 
03fisqui9.pdf
03fisqui9.pdf03fisqui9.pdf
03fisqui9.pdf
 
Mecânica
MecânicaMecânica
Mecânica
 
Organizador_Curricular_FGB_FISICA.pdf
Organizador_Curricular_FGB_FISICA.pdfOrganizador_Curricular_FGB_FISICA.pdf
Organizador_Curricular_FGB_FISICA.pdf
 
1º a, b.física márcio-pdf
1º a, b.física márcio-pdf1º a, b.física márcio-pdf
1º a, b.física márcio-pdf
 
Conteúdos de Física - EM.pdf
Conteúdos de Física - EM.pdfConteúdos de Física - EM.pdf
Conteúdos de Física - EM.pdf
 
Plano anual de Física com Atividades e Jogos.pdf
Plano anual de Física com Atividades e Jogos.pdfPlano anual de Física com Atividades e Jogos.pdf
Plano anual de Física com Atividades e Jogos.pdf
 
Primeiro Bimestre. Plano bimestral de biologia.
Primeiro Bimestre. Plano bimestral de biologia.Primeiro Bimestre. Plano bimestral de biologia.
Primeiro Bimestre. Plano bimestral de biologia.
 
exp9_planificacao_2019_2020.pdf
exp9_planificacao_2019_2020.pdfexp9_planificacao_2019_2020.pdf
exp9_planificacao_2019_2020.pdf
 
Oficinas temáticas.pdf
Oficinas temáticas.pdfOficinas temáticas.pdf
Oficinas temáticas.pdf
 
BNCC por objeto do conhecimento 1.pdf
BNCC por objeto do conhecimento 1.pdfBNCC por objeto do conhecimento 1.pdf
BNCC por objeto do conhecimento 1.pdf
 
ensino medio escola estadual de ensino medio antonuio brasl
ensino medio escola estadual de ensino medio antonuio braslensino medio escola estadual de ensino medio antonuio brasl
ensino medio escola estadual de ensino medio antonuio brasl
 
Plano de ensino fisica
Plano de ensino fisica Plano de ensino fisica
Plano de ensino fisica
 
Possibilidades De Alinhamento Entre A Bimestralização Do Dc-Goem E O Livro Di...
Possibilidades De Alinhamento Entre A Bimestralização Do Dc-Goem E O Livro Di...Possibilidades De Alinhamento Entre A Bimestralização Do Dc-Goem E O Livro Di...
Possibilidades De Alinhamento Entre A Bimestralização Do Dc-Goem E O Livro Di...
 
Plano de ensino 2013.2
Plano de ensino 2013.2Plano de ensino 2013.2
Plano de ensino 2013.2
 
Caderno ativ auto_reguladas-alunos-1ªsérie-4ºbim2014
Caderno ativ auto_reguladas-alunos-1ªsérie-4ºbim2014Caderno ativ auto_reguladas-alunos-1ªsérie-4ºbim2014
Caderno ativ auto_reguladas-alunos-1ªsérie-4ºbim2014
 
Snef2007
Snef2007Snef2007
Snef2007
 
Plano de ensino 2014.1 física a
Plano de ensino 2014.1 física aPlano de ensino 2014.1 física a
Plano de ensino 2014.1 física a
 
Plano de Ensino Química 2ªSerie 2023.docx
Plano de Ensino Química 2ªSerie 2023.docxPlano de Ensino Química 2ªSerie 2023.docx
Plano de Ensino Química 2ªSerie 2023.docx
 
Ciencias da-natureza-e-suas-tecnologias
Ciencias da-natureza-e-suas-tecnologiasCiencias da-natureza-e-suas-tecnologias
Ciencias da-natureza-e-suas-tecnologias
 

Último

proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
andressacastro36
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptxFato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
MariaFatima425285
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Luana Neres
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Mary Alvarenga
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
GiselaAlves15
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
ssuser701e2b
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Acrópole - História & Educação
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 

Último (20)

proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptxFato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 

Plano anual de Fisica ensino medio 1° ano

  • 1. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica – CGEB Diretoria de Ensino Região Centro ESCOLA ESTADUAL DULCE FERREIRA BOARIN ÁREA DE CONHECIMENTO: Ciências da Natureza e suas tecnologias COMPONENTE CURRICULAR: Física SÉRIE / ENSINO: 1ª série (C, D e E) – Ensino Médio PROFESSOR RESPONSÁVEL: Higor Ricardo Ferreira Díaz REFERÊNCIAS: ASTOLFI, J. P.; DEVELAY, M. J. A didática das ciências. Campinas: Papirus, 1995. BACHELARD, G. La formation de l’espritscientifique. Paris: Vrin, 1989. Brasil. PCN + Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC/Semtec, 2002. BRONOWSKI, J. Arte e conhecimento: ver, imaginar, criar. São Paulo: Martins Fontes, 1983. MENEZES, L. C. A matéria, uma aventura do espírito: fundamentos e fronteiras do conhecimento físico. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2005. PIETROCOLA, M. (Org.). Ensino de Física: conteúdo, metodologia e epistemologia em uma concepção integradora. Florianópolis: Editora da UFSC, 2006. ROBILOTTA, M. Construção e realidade no ensino de Física. São Paulo: IFUSP, 1985. Mimeografado.
  • 2. GRADE DE PLANEJAMENTO DO PLANO DE ENSINO – 1º Bimestre COMPETÊNCIAS E HABILIDADES Identificar movimentos que se realizam no dia a dia e as grandezas relevantes que os caracterizam Reconhecer características comuns aos movimentos e sistematizá-las segundo trajetórias, variações de velocidade e outras variáveis. Fazer estimativas, realizar ou interpretar medidas e escolher procedimentos para caracterizar deslocamentos, tempos de percurso e variações de velocidade em situações reais. Identificar diferentes formas de representar movimentos, como trajetórias, gráficos, funções etc. Reconhecer causas da variação de movimentos associadas a forças e ao tempo de duração das interações Identificar as interações nas formas de controle das alterações do movimento Reconhecer a conservação da quantidade de movimento, a partir da observação, análise e experimentação de situações concretas, como quedas, colisões, jogos ou movimentos de automóveis. Comparar modelos explicativos das variações no movimento pelas leis de Newton Reconhecer que tanto as leis de conservação das quantidades de movimento como as leis de Newton determinam valores e características dos movimentos em sistemas físicos CONTEÚDO Movimentos – Grandezas, variações e conservações Identificação, caracterização e estimativa de grandezas do movimento Observação de movimentos do cotidiano – distância percorrida, tempo, velocidade, massa etc. Sistematização dos movimentos segundo trajetórias, variações de velocidade etc. Estimativas e procedimentos de medida de tempo, percurso, velocidade média etc. Quantidade de movimento linear, variação e conservação Modificação nos movimentos decorrentes de interações ao se dar partida a um veículo Variação de movimentos relacionada à força aplicada e ao tempo de aplicação, a exemplo de freios e dispositivos de segurança Conservação da quantidade de movimento em situações cotidianas Leis de Newton As leis de Newton na análise do movimento de partes de um sistema mecânico Relação entre as leis de Newton e as leis de conservação DINÂMICA DA ATIVIDADE Vídeos Slides Laboratório de Informática. Aplicação de atividades que envolvam situações do cotidiano. MATERIAIS Livro didático, Lista de exercícios, Quadro negro e giz, Materiais recicláveis e de baixo custo para a realização de experimentos. AVALIAÇÃO Através da participação nas atividades desenvolvidas em sala de aula, seminários, no cumprimento das atividades solicitadas e na aplicação de testes e provas. Relatório de Física Experimental (quando solicitado)
  • 3. GRADE DE PLANEJAMENTO DO PLANO DE ENSINO – 2º Bimestre COMPETÊNCIAS E HABILIDADES Identificar a presença de fontes de energia nos movimentos no dia a dia, tanto nas translações como nas rotações, nos diversos equipamentos e máquinas e em atividades físicas e esportivas Classificar as fontes de energia que produzem ou alteram movimentos Identificar energia potencial elástica e energia cinética como componentes da energia mecânica Identificar a variação da energia mecânica pelo trabalho da força de atrito Reconhecer o trabalho de uma força como medida da variação de um movimento, inclusive em situações que envolvem forças de atrito. Reconhecer variáveis que caracterizam a energia mecânica no movimento de translação Identificar a energia potencial gravitacional e sua transformação em energia cinética Identificar o trabalho da força gravitacional na transformação de energia potencial gravitacional em energia cinética; por exemplo, em projéteis ou quedas-d'água Identificar o trabalho da força de atrito na dissipação de energia cinética numa freada Estabelecer critérios para manter distância segura numa estrada em função da velocidade, avaliando os riscos de altas velocidades. Determinar parâmetros do movimento, utilizando a conservação da energia mecânica. Reconhecer a evolução histórica e implicações na sociedade de processos de utilização de trabalho mecânico, como no CONTEÚDO Movimentos – Grandezas, variações e conservação Trabalho e energia mecânica Trabalho de uma força como medida da variação do movimento, como numa frenagem. Energia mecânica em situações reais e práticas, como em um bateestaca, e condições de conservação. Estimativa de riscos em situações de alta velocidade Equilíbrio estático e dinâmico Condições para o equilíbrio de objetos e veículos no solo, na água ou no ar, caracterizando pressão, empuxo e viscosidade. Amplificação de forças em ferramentas, instrumentos e máquinas. O trabalho mecânico em ferramentas, instrumentos e máquinas, de alicates a prensas hidráulicas. Evolução do trabalho mecânico em transportes e máquinas DINÂMICA DA ATIVIDADE Vídeos Slides Laboratório de Informática. Aplicação de atividades que envolvam situações do cotidiano. MATERIAIS Livro didático, Lista de exercícios, Quadro negro e giz, Materiais recicláveis e de baixo custo para a realização de experimentos. AVALIAÇÃO Através da participação nas atividades desenvolvidas em sala de aula, seminários, no cumprimento das atividades solicitadas e na aplicação de testes e provas. Relatório de Física Experimental (quando solicitado)
  • 4. desenvolvimentode meios de transporte ou de máquinas mecânicas. Distinguir situações de equilíbrio daquelas de não equilíbrio, diante de situações naturais ou em artefatos tecnológicos. Identificar as condições necessárias para a manutenção do equilíbrio estático e dinâmico de objetos no ar ou na água, avaliando pressão e empuxo. Reconhecer, representar e classificar processos de ampliação de forças em diferentes ferramentas, máquinas e instrumentos.
  • 5. GRADE DE PLANEJAMENTO DO PLANO DE ENSINO – 3º Bimestre COMPETÊNCIAS E HABILIDADES CONTEÚDO Universo, Terra e vida Identificar e caracterizar diferentes elementos que compõem o Universo Constituintes do Universo Reconhecer e comparar modelos explicativos sobre a origem e a Massas, tamanhos, distâncias, constituição do Universo segundo velocidades, grupamentos e outras diferentes culturas ou em diferentes características de planetas, sistema épocas solar, estrelas, galáxias e demais Identificar e interpretar situações, corpos astronômicos. fenômenos e processos conhecidos, Comparação de modelos envolvendo interações gravitacionais explicativos da origem e da na Terra e no Universo. constituição do Universo em Compreender as interações diferentes culturas gravitacionais entre objetos na superfície da Terra ou entre astros no Universo, identificando e relacionando Interação gravitacional variáveis relevantes nessas O campo gravitacional e sua relação interações com massas e distâncias envolvidas Elaborar hipóteses e fazer previsões Movimentos junto à superfície sobre lançamentos oblíquos na terrestre – quedas, lançamentos e superfície terrestre balística. Identificar e relacionar variáveis Conservação do trabalho mecânico relevantes e estratégias para resolver situações-problema envolvendo Conservação das quantidades de movimentos na superfície terrestre movimentos lineares e angulares em interações astronômicas Reconhecer e utilizar a conservação da quantidade de movimento linear e angular em interações astronômicas para fazer previsões e solucionar problemas DINÂMICA DA ATIVIDADE Vídeos Slides Laboratório de Informática. Aplicação de atividades que envolvam situações do cotidiano. MATERIAIS Livro didático, Lista de exercícios, Quadro negro e giz, Materiais recicláveis e de baixo custo para a realização de experimentos. AVALIAÇÃO Através da participação nas atividades desenvolvidas em sala de aula, seminários, no cumprimento das atividades solicitadas e na aplicação de testes e provas. Relatório de Física Experimental (quando solicitado)
  • 6. GRADE DE PLANEJAMENTO DO PLANO DE ENSINO – 4º Bimestre COMPETÊNCIAS E HABILIDADES CONTEÚDO Descrever, representar e comparar os Universo, Terra e vida modelos geocêntrico e heliocêntrico do Sistema solar Sistema Solar Debater e argumentar sobre a Da visão geocêntrica de mundo à transformação da visão de mundo visão heliocêntrica, no contexto geocêntrica em heliocêntrica, social e cultural em que essa relacionando-a às mudanças sociais mudança ocorreu da época O campo gravitacional e as leis de Identificar campos, forças e relações conservação no sistema de planetas de conservação para descrever e satélites e no movimento de naves movimentos no sistema planetário e espaciais de outros astros, naves e satélites. A inter-relação Terra–Lua–Sol Reconhecer a natureza cíclica de movimentos do Sol, Terra e Lua e Universo, evolução, hipóteses e modelos suas interações, associando-a a fenômenos naturais e ao calendário, e suas influências na vida humana. Teorias e hipóteses históricas e atuais sobre a origem, constituição Reconhecer os modelos atuais e evolução do Universo propostos para a origem, evolução e constituição do Universo, os debates Etapas de evolução estelar – da entre eles e os limites de seus formação à transformação em resultados. gigantes, anãs ou buracos negros Relacionar ordens de grandeza de Estimativas do lugar da vida no medidas astronômicas de espaço e espaço e no tempo cósmicos tempo para fazer estimativas e Avaliação da possibilidade de cálculos existência de vida em outras partes Utilizar ordens de grandeza de do Universo medidas astronômicas para situar Evolução dos modelos de Universo temporal e espacialmente a vida em – matéria, radiações e interações geral e a vida humana em particular fundamentais Identificar condições essenciais para O modelo cosmológico atual – a existência da vida, tal como é hoje espaço curvo, inflação e big bang conhecida na Terra Formular e debater hipóteses e explicações científicas acerca da possibilidade de vida fora da Terra Identificar as principais características do modelo cosmológico atual Identificar as diferentes formas pelas quais os modelos explicativos do Universo se relacionam com a cultura ao longo da história da humanidade DINÂMICA DA ATIVIDADE Vídeos Slides Laboratório de Informática. Aplicação de atividades que envolvam situações do cotidiano. MATERIAIS Livro didático, Lista de exercícios, Quadro negro e giz, Materiais recicláveis e de baixo custo para a realização de experimentos. AVALIAÇÃO Através da participação nas atividades desenvolvidas em sala de aula, seminários, no cumprimento das atividades solicitadas e na aplicação de testes e provas. Relatório de Física Experimental (quando solicitado)