2º Quadrimestre 2012                           &    Lição 7              Pb. Sergio Roberto   http://ebdplenitudedafe.blog...
Desafio da semana passada          Faça um breve comentário sobre as          características da verdadeira igreja.Lição 6
Lição 7   2º Quadrimestre 2012                 Pb. Sergio Roberto
Lição 7                    Texto básico                   Texto devocional                    Gálatas 1.6-9               ...
Lição 7I – ORIGENSNo início da era cristã, não havia denominações. Eram igrejas queconfessavam a Cristo como único e sufic...
Lição 7I – ORIGENS1. A conversão de ConstantinoNo ano 325, o imperador romano Constantino, afirmando ter se convertido aoc...
Lição 7I – ORIGENS2. A fragmentação do império romanoO império romano foi dividido entre Oriental e Ocidental no ano 395. ...
Lição 7II – DOUTRINAS1. A IGREJAO Concílio Vaticano II declara que “a Igreja de Cristo subsiste na IgrejaCatólica, governa...
Lição 7II – DOUTRINAS3. OS PECADOSO catolicismo criou uma elaborada doutrina sobre os pecados,classificando-os como mortai...
Lição 7III – LITERATURAEmbora o catolicismo faça uso da Bíblia na elaboração de suadoutrina, ela não é a autoridade final....
Lição 7IV – RESPOSTA BÍBLICA AO CATOLICISMO1. A IGREJAA sucessão apostólica não é bíblica. A igreja é apostólica por ser e...
Lição 7IV – RESPOSTA BÍBLICA AO CATOLICISMO2. O PAPADOA declaração de Jesus a Pedro (Mt 16.18 "Pois também eu te digo que ...
Lição 7IV – RESPOSTA BÍBLICA AO CATOLICISMO3. OS PECADOSNas Escrituras, todo pecado é mortal (Rm 6.23; Tg 1.15; 2.10). Tod...
Lição 7IV – RESPOSTA BÍBLICA AO CATOLICISMO4. OS SACRAMENTOSA Bíblia não ensina sobre rituais como forma de conferir graça...
Lição 7                   Conclusão  A Reforma Protestante do século 16 mostrou que  somente Cristo, somente a Escritura, ...
Lição 7          Desafio da semana                (trazer na próxima aula)   Assista o filme e faça um comentário sobre a ...
Próxima aula         Pb. Sergio Roberto   http://ebdplenitudedafe.blogspot.com/
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Lição 7 Catolicismo - 2º Quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Religiosidade - Editora Cristã Evangélica

8.324 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.324
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5.877
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
184
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lição 7 Catolicismo - 2º Quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Religiosidade - Editora Cristã Evangélica

  1. 1. 2º Quadrimestre 2012 & Lição 7 Pb. Sergio Roberto http://ebdplenitudedafe.blogspot.com/
  2. 2. Desafio da semana passada Faça um breve comentário sobre as características da verdadeira igreja.Lição 6
  3. 3. Lição 7 2º Quadrimestre 2012 Pb. Sergio Roberto
  4. 4. Lição 7 Texto básico Texto devocional Gálatas 1.6-9 João 15.1-11Versículo-chave“Invalidando a palavra de Deus pela vossa própria tradição, que vós mesmostransmitistes; e fazeis muitas outras coisas semelhantes” Mc 7.13 Objetivo da lição Ao estudar esta lição, você terá condições de conscientizar-se das principais doutrinas do catolicismo e de compará-las com o evangelho de Jesus Cristo. IntroduçãoO catolicismo romano é identificado como cristianismo, mas suasdoutrinas não estão de acordo com a Bíblia. A ênfase nasexperiências espirituais individuais ao longo dos séculos, omisticismo e a força da tradição se tornaram a principal fonte deautoridade para a fé católica.
  5. 5. Lição 7I – ORIGENSNo início da era cristã, não havia denominações. Eram igrejas queconfessavam a Cristo como único e suficiente Salvador. A primeiraigreja cristã surgiu em Jerusalém, na casa de Maria, mãe de JoãoMarcos. Ler At 1.13-14; 12.12Após isso, igrejas foram fundadas emSamaria, Corinto, Éfeso, Filipos e outros lugares. Era umaunidade com pluralidade. A unidade era a fé em Cristo, apluralidade era composta pelas várias igrejas. Noentanto, alguns eventos modificaram este quadro econtribuíram para a formação da Igreja Católica.
  6. 6. Lição 7I – ORIGENS1. A conversão de ConstantinoNo ano 325, o imperador romano Constantino, afirmando ter se convertido aocristianismo, construiu a Igreja do Salvador, em um bairro de Roma, chamadoVaticanus. Os bispos e os papas que se seguiram construíram vários paláciosao redor da igreja, formando parte do Vaticano que hoje existe. O Vaticano ou Cidade do Vaticano, oficialmente Estado da Cidade do Vaticano é a sede da Igreja Católica e uma cidade-estado soberana cujo território consiste de um enclave murado dentro da cidade de Roma, capital da Itália. Com aproximadamente meio quilometro quadrado, e com uma população de pouco mais de 800 habitantes, é o menor Estado do mundo, tanto por população quanto por área.
  7. 7. Lição 7I – ORIGENS2. A fragmentação do império romanoO império romano foi dividido entre Oriental e Ocidental no ano 395. A queda deRoma, em 476, deixou os papas livres da autoridade civil. Os vários reinos quesurgiram deram aos papas oportunidade de fazer alianças vantajosas e isso levou obispo de Roma a ser figura dominante no Ocidente.3. O Estado do VaticanoO Estado territorial do Vaticano teve origem com o papaEstevão II (741-752), que instigou Pepino, o Breve, e seuexército a conquistar territórios na Itália e doá-los à Igreja.Em troca, o papa o coroou pela segunda vez como rei dosfrancos e patrício dos romanos.4. Os cinco patriarcasNo fim do século 4º, as igrejas e os bispos da cristandade ficaram sob o domínio decinco grandes centros: Roma – Constantinopla – Antioquia – Jerusalém –Alexandria, cujos bispos foram chamados de patriarcas. Em seguida, com a destruiçãode Jerusalém e outros problemas doutrinários com as demais províncias, a igreja deRoma achou-se no direito de dominar toda a cristandade com seu bispo, que a parirdaí seria papa ou sumo pontífice.
  8. 8. Lição 7II – DOUTRINAS1. A IGREJAO Concílio Vaticano II declara que “a Igreja de Cristo subsiste na IgrejaCatólica, governada pelo sucessor de Pedro e pelos bispos em comunhãocom ele”. Sua legitimidade é vista através da linha de sucessãoapostólica, tendo como sucessor o papa. Afirmam que “não podemsalvar-se aqueles que não quiserem nela entrar ou nela perseverar”.2. O PAPADOPara o catolicismo, Pedro foi bispo de Roma e primeiro papa. Cristoedificou a Igreja enviando os apóstolos, como Ele foi enviado pelo Pai (Jo20.21); Ele quis que os sucessores fossem pastores na Sua Igreja até aofim dos tempos. A tradição católica diz que o papa é o sucessor de Pedrono governo da Igreja e vigário (representante) de Cristo na terra, aoafirmar ser Pedro a pedra sobre a qual a igreja foi edificada (Mt 16.18).
  9. 9. Lição 7II – DOUTRINAS3. OS PECADOSO catolicismo criou uma elaborada doutrina sobre os pecados,classificando-os como mortais (infração grave) ou venais (infração leve ereparável). A esperança do perdão dos pecados concentra-se em suaconfissão aos padres e bispos, pois “não há pecado, por mais grave queseja, que a santa igreja não possa perdoar”. O perdão dos pecados podeser obtido através: a) do batismo; b) da penitência; c) da Igreja4. OS SACRAMENTOSConforme ensina o catecismo católico, existem sete sacramentos (batismo;crisma; confissão; Eucaristia (ceia); ordem; matrimônio; extrema-unção)5. MARIAMaria é venerada e tida como mediadora entre Deus e os homens.
  10. 10. Lição 7III – LITERATURAEmbora o catolicismo faça uso da Bíblia na elaboração de suadoutrina, ela não é a autoridade final. Seu catecismo afirma que adoutrina católica procede das Sagradas Escrituras, da tradição viva naIgreja e do magistério autêntico, da herança espiritual dos padres, dossantos e das santas da igreja. Um dos documentos que exercem grandeinfluência sobre o catolicismo é o Código de Direito Canônico, conjuntodas normas que regulam a vida na comunidade eclesial católica.
  11. 11. Lição 7IV – RESPOSTA BÍBLICA AO CATOLICISMO1. A IGREJAA sucessão apostólica não é bíblica. A igreja é apostólica por ser edificadasobre Cristo, o fundamento dos apóstolos, e não sobre os apóstolos (Ef2.20; 1Co 3.11). Esse fundamento é o que eles pregaram e ensinaram, enão eles mesmos. A salvação não está vinculada a qualquer igreja de formaindividual, mas ao dom gratuito de Deus, mediante a fé em Jesus Cristo (Jo3.36; 5.24; 6.47; At 10.43; Rm 3.24; Ef 2.8-9; 1Ts 5.9)
  12. 12. Lição 7IV – RESPOSTA BÍBLICA AO CATOLICISMO2. O PAPADOA declaração de Jesus a Pedro (Mt 16.18 "Pois também eu te digo que tués Pedro [petros=pedra], e sobre esta pedra [petra = uma pedraimensa] edificarei a minha igreja, e as portas do inferno nãoprevalecerão contra ela”) deve ser entendida à luz de toda a Bíblia e nãode forma isolada. Vejamos, então, a teologia de Pedro sobre essa questão:a) Pedro afirmava claramente sua posição de igualdade com os demais presbíteros, em 1Pedro 5.1b) Pedro aconselhava que ninguém se colocasse como primazia sobre as igrejas (1Pe 5.2-3)c) Pedro apontava para o Senhor Jesus Cristo como pedra angular da igreja (At 4.11; 1Pe 2.4-7) Pedro é para o catolicismo aquilo que os católicos mesmos criaram, mas não o que a Bíblia afirma.
  13. 13. Lição 7IV – RESPOSTA BÍBLICA AO CATOLICISMO3. OS PECADOSNas Escrituras, todo pecado é mortal (Rm 6.23; Tg 1.15; 2.10). Todo pecadopode ser perdoado (com exceção de Mc 3.29), e todo perdão vem de Deus(1Jo 1.9; 2.1-2). A autoridade apostólica para perdoar pecados (confissãoauricular) tem estreita relação com a anunciação do evangelho de Cristo (Jo20.19-23; Lc 24.36-49). Jesus estava confiando àqueles homens aresponsabilidade da anunciação de um evangelho de arrependimentoe, como consequência, o perdão de pecados (At 2.37-38; 3.19). Se o perdãode pecados fosse uma atribuição de líderes espirituais, Paulo e João nãoapontariam para Cristo (1Tm 2.5; 1Jo 1.9).
  14. 14. Lição 7IV – RESPOSTA BÍBLICA AO CATOLICISMO4. OS SACRAMENTOSA Bíblia não ensina sobre rituais como forma de conferir graça e salvação. Éa graça de Deus que nos salva (Ef 2.8). As únicas ordenanças (nãosacramentos) instituídas por Jesus Cristo são: a Ceia (1Co 11.26) e oBatismo (Mt 28.19-20), os quais não são meio de salvação.a) Batismo – Batizamo-nos porque somos salvos e não para sermos salvos. A condenação não está vinculada ao que não é batizado, mas ao que não crê (Mc 16.16; Lc 23.43)b) Eucaristia – Condenada como um sacrifício contínuo (Hb 9.12, 25-28; 10.11-12)c) Transubstanciação – Se os elementos da ceia se transformassem literalmente no corpo e sangue de Cristo, já não seria uma lembrança do sacrifício (Lc 22.19), mas uma repetição do próprio sacrifício. Rituais não concedem o perdão de pecados, só o sangue de Cristo é capaz disso (1Jo 1.7; Ap 1.5) Ostensório
  15. 15. Lição 7 Conclusão A Reforma Protestante do século 16 mostrou que somente Cristo, somente a Escritura, somente a fé e somente a graça são suficientes para que toda pessoa tenha paz e comunhão eterna com Deus. Não somos chamados para julgar os outros, mas não podemos ignorar o fato de que muitas das doutrinas católicas não recebem aprovação da Escritura Sagrada.
  16. 16. Lição 7 Desafio da semana (trazer na próxima aula) Assista o filme e faça um comentário sobre a importância da reforma protestante.
  17. 17. Próxima aula Pb. Sergio Roberto http://ebdplenitudedafe.blogspot.com/

×