A crise do papado

368 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
368
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA
    WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
  • A crise do papado

    1. 1. 23/07/2014 1 HISTÓRIA DA IGREJA “CRISE DO PAPADO” PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    2. 2.  Gregório IX (1227-1241): • Era sobrinho de Inocêncio III e tinha sido cardeal com o nome de Hugolino. • Protetor dos Franciscanos e das mulheres religiosas. • Criador do Tribunal de Inquisição → 1231. • A ordem de que os bispos deveriam inquirir sobre a heresia vinha de 1215. • Os cátaros foram um dos seus alvos preferenciais nos primeiros tempos. PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM 23/07/2014 2
    3. 3.  Gregório IX (1227-1241): • Gregório proporcionou a base jurídica para o Tribunal → foi extinta em 1832. • O novo modelo substitui os tribunais episcopais. • 1244 → tortura é método legítimo de obter a confissão. • Os franciscanos retardam seus estabelecimento na Itália. • Não havia a necessidade de confronto entre denunciante e acusado. • A Igreja condena, o poder secular pune. PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM 23/07/2014 3
    4. 4.  A segunda metade do século XIII, foi marcada por uma rápida sucessão de papas, 13 entre 1252-1296.  Para se ter uma idéia, entre 1216 (*morte de Inocêncio III*) e 1252 foram somente 4: Honório III, Gregório IX, Celestino IV e Inocêncio IV.  Verdade, que o papado teve relativa autonomia e força entre 1254-1273, mas isso se deve muito mais aos conflitos entre os grandes senhores alemães pela coroa imperial. 23/07/2014 4 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    5. 5.  Foram os próprios papas – Gregório X – que tiveram que intervir para levar Rodolfo de Habsburgo ao trono imperial.  Os Habsburgo a partir de então serão fiéis à Igreja Católica.  Gegório X (1271-1276) foi o mais competente dos papas do final do século XIII → tentou controlar os partidos dentro da cúria, convocou o Concílio de Lião e estabeleceu que o conclave seria à portas fechadas, com redução de rações e que duraria 10 dias. 23/07/2014 5 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    6. 6.  Gregório tentou negociar com a igreja oriental → fragilizados, os gregos aceitaram o Filioque e o purgatório → reconheceram, também, a supremacia papal.  O clero bizantino resistiu mesmo sob pressão do imperador → posteriormente, as exigências dos sucessores de Gregório comprometeram o acordo.  Durante o pontificado de Nicolau III (1277- 1280), o imperador Habsburgo concedeu total autonomia aos estados papais. 23/07/2014 6 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    7. 7.  O primeiro papa dominicano foi Inocêncio V, governou poucos dias em 1276, o primeiro franciscano foi Nicolau IV (1288-1292). A eleição do papa Celestino V foi eleito em 1294 e governou por 6 meses → era eremita, visto como visionário e santo ainda em vida → o Papa Angelicus de algumas profecias → não suportando a pressão, renunciou.  Único caso de renúncia na história do papado, nenhum outro papa tomou o nome “Celestino”. 23/07/2014 7 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    8. 8.  O sucessor de Celestino V, Bonifácio VIII, mandou tirar o velho papa de seu retiro espiritual e o colocou na prisão → submetido à condições miseráveis, Celestino morreu aos 90 anos.  Bonifácio VIII é lembrado por suas realizações, mas, também, por sua soberba e incapacidade de impôr sua vontade ao rei da França.  Criou a universidade de Roma, mandou codificar o Direito Canônico, estabeleceu o primeiro Jubileu em 1300. 23/07/2014 8 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    9. 9.  Os grandes problemas de Bonifácio VIII começaram quando entrou em conflito com o Rei Felipe IV, o Belo (1285-1314).  O rei queria fazer uma guerra e mandou cobrar impostos semelhantes aos que os papas cobravam para promover uma Cruzada.  O papa proibiu que a Igreja fosse tributada na Bula Clericis Laicos → o rei a ignorou.  Com a bula Ineffabilis amor (1296) → o papa permite as doações voluntárias, mas isso não satisfez o rei. 23/07/2014 9 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    10. 10.  Em 1302, com a bula Ausculta fili, o papa convocava o rei a respeitar a Igreja → o rei queimou publicamente o documento.  Com a bula Unam Sancta (1303), que declarava a supremacia total do papa → além disso, excomungou o rei.  O pontífice tinha a lei e a tradição ao seu lado, mas o rei tinha a força e a certeza da vitória.  Em 7 de setembro de 1303, um exército francês liderado pelo ministro Nogaret invade os territórios papais. 23/07/2014 10 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    11. 11.  Bonifácio VIII foi capturado, espancado e morreu no dia 11 de outubro.  A partir desse momento, o rei da França manobra para levar o papado para os seus territórios.  Começa o Cativeiro de Avignon ou Cativeiro Babilônico da Igreja (1309-1376).  Em 1307, Filipe IV conseguiu que a Ordem dos Templários fosse dissolvida → seus bens confiscados, e seus líderes mortos → somente em Portugal a Ordem sobreviveu com o nome de Ordem de Cristo. 23/07/2014 11 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    12. 12.  Firmemente centrado em Roma → a presença em Avignon debilitava o papado.  Se o poder do papa se afirmou como internacional nos séculos XII e XIII → sua luta era contra outro poder universal → o imperador.  Agora, eram os poderes nacionais emergentes que questionavam os pontífices.  Filipe IV pressionou Clemente V (1305-1314) a condenar Bonifácio VIII em um concílio universal → Viena, 1311. 23/07/2014 12 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    13. 13. “Papa Clemente... cavaleiro Guilherme de Nogaret... rei Filipe... dentro do espaço de um ano, vocês estarão diante do tribunal de Deus para receberem o vosso julgamento! ... Malditos! Malditos! Vocês serão malditos até a décima terceira geração de vossa raça!...” 23/07/2014 13 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    14. 14. Poderes Universais (Papa/Imperador) Poderes Nacionais (Reis) Poderes Locais (Senhores Feudais) 23/07/2014 14 AULA 28 – PREVEST HISTÓRIA – 2009 – LIVRO 1 – PROF.ª VALÉRIA PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    15. 15.  Nesse concílio, fez canonizar Celestino V como “confessor”, não “mártir” como queria o rei → condenou e dissolveu a ordem dos templários sob falsas acusações.  A partir daí, o papado esteve nas mãos do rei da França → os da do rei da Inglaterra (*vide Guerra dos Cem Anos*) → todos os papas do período eram de alguma forma franceses.  112 dos 134 cardeais do período eram franceses → 70% dos funcionários da cúria também eram dessa nacionalidade. 23/07/2014 15 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    16. 16.  Nesse período, emergiu uma teoria política secularizada → a base dela estava na universidade, na retomada de Aristóteles e do direito romano – logo, indiretamente, a Igreja era co-responsável.  Além da separação entre Igreja e Estado, defendida por alguns → Marcílio de Pádua propunha que a Igreja era um departamento do Estado (Pars sacerdotalis) submetido ao rei, este, sim, delegado do povo. 23/07/2014 16 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    17. 17.  Um dos papas mais notáveis e controversos de Avignon foi João XXII (1316-1334).  Filho de um sapateiro, estudou medicina, e ascendeu por suas capacidades dentro da carreira eclesiástica → austero e disciplinado, mas convicto da superioridade papal.  Promoveu a reforma financeira e fiscal da igreja → aperfeiçoou a cobrança de anatas e indulgências.  Perseguiu duramente os franciscanos “espirituais”. 23/07/2014 17 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    18. 18.  João XXII defendia a teoria controversa de que mesmo os santos não verão à Deus antes do Julgamento Final.  Essa doutrina era considerada herética por muitos católicos → a crença na intercessão dos santos já estava firmemente consolidada.  Seu sucessor, Benedito XII, transformou em doutrina a intercessão dos santos com a encíclica Benedictus Deus.  João XXII é um dos papas malditos → muitos consideravam o papa herege. 23/07/2014 18 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM FIM
    19. 19.  A crise do século XIV trouxe a necessidade de buscar culpados para as tragédias, como a Peste Negra (1348-1350).  Foram eleitos como os inimigos da Cristandade: 1) O Judeu. 2) O Leproso. 3) A Mulher, a Bruxa.23/07/2014 19 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    20. 20. 23/07/2014 20 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    21. 21.  A Guerra dos Cem Anos (1337-1453):  Conflito entre França e Inglaterra por questões dinásticas, pela posse de feudos e pelo controle da Flandres.  Depois de várias derrotas para os ingleses, os franceses conseguiram reverter a situação.  A camponesa Joana D’Arc é considerada o agente mobilizador do espírito nacional francês.  Terminou queimada na fogueira como bruxa, herege e relapsa. 23/07/2014 21 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    22. 22. 23/07/2014 22 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    23. 23.  Notáveis personagens que criticaram os papas ou instaram o retorno do papado para Roma foram:  Marsílio de Pádua (1280-1343) → Cristo e os apóstolos de submeteram às autoridades seculares → soberania do concílio.  Guilherme de Okham (1285-1347) → A Igreja é o conjunto dos fiéis → soberania do concílio.  Brígida da Suécia (1303-1373).  Catarina de Siena (1347-1380) → mística, visionária, escreveu várias cartas direcionadas ao papa instando (ordenando) seu retorno para Roma. 23/07/2014 23 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    24. 24.  Urbano V (1362-1370) → tentou retornar para Roma → após breve estadia, não conseguiu suportar as pressões políticas e retornou para Avignon.  Gregório XI (1370-1378) → último francês eleito papa, profundamente místico, acreditava que o lugar da sede da Igreja só poderia ser em Roma.  Alguns crêem que as cartas de Catarina de Siena foram fundamentais para o seu retorno.  Seu sucessor, Urbano VI, foi eleito em Nápoles → os cardeais franceses se revoltaram. 23/07/2014 24 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    25. 25.  As Cartas de Catarina de Siena tiveram papel no retorno do papado para Roma. Ao lado, Gregório XI. 23/07/2014 25 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    26. 26.  Os cardeis franceses voltam para Avignon e elegem Clemente VII → Urbano VI depõe os cardeais franceses e faz eleger novos.  Essa situação sem precedentes é chamada de Grande Cisma → com a concomitância de três papas.  No Concílio de Pisa (1409), Gregório XII e Bento XIII aceitaram desistir de suas reivindicações em favor de um novo pontífice → ambos voltaram atrás e foram depostos → o Concílio elegeu Alexandre V, mas o Cisma Persistiu. 23/07/2014 26 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    27. 27.  Em Roma  Papa Urbano VI (1378 - 1389)  Papa Bonifácio IX (1389 - 1404)  Papa Inocêncio VII (1404 - 1406)  Papa Gregório XII (1406 - 1417)  Em Avignon  Antipapa Clemente VII (1378 - 1394)  Antipapa Benedito XIII (1394 - 1417)  Em Pisa  Antipapa Alexandre V (1409 - 1410)  Antipapa João XXIII (1410 - 1417) 23/07/2014 27 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    28. 28.  Por fim, com a intervenção do Imperador, um Concílio reuniu-se em Constança (1417).  Destituiu todos os papas → Martinho V apontado como papa.  Seguindo as teses de Marsílio de Pádua e Okham decidiu-se que o concílio era a autoridade máxima da Igreja.  Decidiu-se, também, que um concílio deveria se reunir a cada dez anos. 23/07/2014 28 PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM
    29. 29.  João XXIII (Pisa) e Gregório XII (Roma) renunciaram → aguardou-se a morte do último para fazer coroar Martinho V (1368-1431).  Martinho V trabalhou contra as decisões do concílio → queria ter poder absoluto.  O movimento conciliarista foi combatido por papas posteriores → heresia.  Pio II, em 1460, lança a bula Execrabilis.  Leão X, em 1516, com a bula Pastor Aeternus reafirma a autoridade absoluta do papa sobre a Igreja → este é o papa que enfrentou Lutero. 23/07/2014 29PROFESSOR:CARLOS OLIVEIRA WWW.ENSINANDOHISTORIA57.BLOGSPOT.COM FIM

    ×