SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 55
APOCALIPSE
Panorama do Novo Testamento
INTRODUÇÃO
“Apocalipse é, notoriamente, o livro mais
difícil e mais espantoso do NT; entretanto, é
também indubitável que acharemos que valeu
a pena, e muito, lutar com ele até que nos
tenha fornecido suas bênçãos e nos tenha
aberto seus tesouros”. William Barclay
AS INTERPRETAÇÕES DE APOCALIPSE
1) Preterista (que vê todos ou quase todos os eventos no livro de Apocalipse como
já tendo ocorrido antes do fim do primeiro século)
2) Historicista (que vê o livro de Apocalipse como uma análise da história da
Igreja dos tempos apóstolicos até o presente)
3) Idealista (que vê o livro de Apocalipse como uma representação da luta entre
o bem e o mal)
4) Futurista (que vê o livro de Apocalipse como profético dos eventos que hão de
vir).
Dos quatro, apenas a abordagem futurista interpreta o livro de Apocalipse com o
mesmo método gramático-histórico que o resto das Escrituras. Esse método também
se encaixa melhor com a declaração do livro de Apocalipse de ser profecia
(Apocalipse 1:3; 22:7, 10, 18, 19)
INFORMAÇÕES BÁSICAS
a) Grupo: Apocalíptico escrito em forma de carta
b) Autor: O Apóstolo João
c) Data: Entre 90-100 d.C.
d) Local: Ilha de Patmos
e) Alvo: Sete igrejas da Ásia
f) Versículo-chave: Ap 1.19
g) Expressão-chave: A vitória de Cristo e da Sua Igreja
ESBOÇO
Coisas que viste
Ap 1
Coisas que são
Ap 2-3
Coisas que hão de
acontecer Ap 4-22
Visão de Jesus Cristo Visão da consumação
PRINCIPAIS PERSONAGENS
João: apóstolo que recebeu a
revelação de Jesus Cristo de um anjo
(v.1.1,4,9; 22.8).
Jesus: o revelado Filho de Deus que
voltará para buscar seu povo (1.1-
22.21).
O CARÁTER DE DEUS
Deus é eterno – 4.8-10; 16.5
Deus é glorioso – 21.11,23
Deus é santo – 4.8; 15.4; 21.27
Deus é justo – 16.5,7; 19.2
Deus é poderoso – 4.11; 5.13; 11.17
Deus é verdadeiro – 15.3; 16.7
Deus se ira – 6.17; 11.18; 16.6-7; 19.15
O QUE É APOCALIPSE?
O termo “apocalipse” é formado por dois
vocábulos gregos: o verbo kalypto = cobrir,
envolver, ocultar, pôr véu em, mais a preposição
apo, que aqui tem a ideia de afastamento. Assim,
“apocalipse” significa “remover o véu, revelar,
descobrir algo”. O autor afirmou, várias vezes,
que seu livro era uma profecia (Ap 1.3;
22.7,10,18-19).
QUEM ESCREVEU APOCALIPSE?
O apóstolo João, o mesmo autor
humano do Evangelho e das três
epístolas, (Ap 1.1,4,9; 22.8) quando
tinha cerca de 80 anos.
QUANDO E ONDE SE DEU A VISÃO DE
APOCALIPSE?
João estava em Patmos, uma ilha pequena no
sudeste da Ásia Menor. Com área de 16x10km,
terra vulcânica e elevações de até 300 metros,
era usada como confinamento para presos
políticos. No caso de João, parece que ele foi
acusado de subversão por causa da Palavra de
Deus e do testemunho de Jesus (Ap 1.9) na
última década do primeiro século, quando César
Domiciano era imperador de Roma (81-96 d.C.).
PROPÓSITO
A Revelação de Jesus Cristo foi dada a João por
Deus "para mostrar aos seus servos o que em
breve há de acontecer." Este livro é cheio de
mistérios sobre coisas que virão. É o último aviso
de que o mundo certamente terminará e que o
julgamento é certo. Dá-nos um pequeno
vislumbre do céu e de todas as glórias que
aguardam aqueles que mantêm as suas vestes
brancas.
PROPÓSITO
O livro de Apocalipse leva-nos através da grande
tribulação, com todas as suas aflições, e do fogo final
que todos os infiéis terão de enfrentar pela
eternidade. O livro recorda a queda de Satanás e a
condenação que o aguarda juntamente com seus
anjos. Vemos também as tarefas de todas as criaturas
e anjos do céu, assim como as promessas dos santos
que viverão para sempre com Jesus na Nova
Jerusalém. Como João, é difícil encontrar palavras
para descrever o que lemos no livro do Apocalipse.
POR QUE JOÃO RECEBEU A REVELAÇÃO DE
APOCALIPSE?
A revelação se deu para mostrar as coisas
que em breve devem acontecer. A Escritura
estaria incompleta sem Apocalipse, e isso se
encaixa perfeitamente com o que disse o
profeta Amós: “Certamente, o Senhor Deus
não fará coisa alguma, sem primeiro revelar
o seu segredo aos seus servos, os profetas”
(Am 3.7).
A IMPORTÂNCIA DO LIVRO
O Apocalipse não foi dado somente para
transmitir informações sobre o futuro, mas
para ajudar o povo de Deus no presente, que,
por essa razão, deve guardar as coisas
escritas nas palavras da profecia. J.B.
Phillips esboça cinco importantes lições que
podemos aprender do livro de Apocalipse.
A IMPORTÂNCIA DO LIVRO
1. A soberania absoluta de Deus resulta em Seu propósito
último de destruir todas as formas de mal.
2. Os juízos inevitáveis de Deus virão sobre o mal,
especialmente sobre a adoração de falsos deuses.
3. A necessidade de perseverança paciente baseia-se no
conhecimento de que Deus está no controle de toda a
história.
4. A fidelidade de Deus promete segurança espiritual
completa para os que são fiéis a Ele.
A DIVISÃO-CHAVE DE APOCALIPSE
“Escreve, pois, as coisas que viste, e as que são, e as que hão de acontecer depois destas.” Ap 1.19
“As coisas que viste”
Ap 1
“As coisas que são”
Ap 2-3
“As que hão de acontecer depois
destas” Ap 4-22
Prólogo Mensagem ás sete igrejas Visão dos eventos
Revelação de Cristo (1.1-3)
Quem é Jesus (1.13-18)
Éfeso (2.1-7)
Esmirna (2.8-11)
Pérgamo (2.12-17)
Tiátira (2.18-29)
Sardes (3.1-6)
Filadélfia (3.7-13)
Laodiceia (3.14-22)
Trono celestial (4.1-5,14)
Selos (6.1-8.5)
Trombetas (8.6-11.19)
Sinais (12.1-4-14.20)
Taças/flagelos (15.1-16.21)
Triunfo de Deus (17.1-20.15)
Novo céu e nova terra (21.1-22.5)
Maravilhoso perfil a respeito da
Trindade, apontando Cristo como
autoridade central.
Mensagens de ordem, recomendação,
condenação, correção e desafio às
igrejas.
Três séries de julgamentos sobre a
terra, reino de Cristo, Sua vitória final
e a criação de novos céus e nova terra.
RESUMO
O Apocalipse é pródigo de descrições coloridas das visões
que nos anunciam os últimos dias antes do retorno de
Cristo e a introdução do novo céu e nova terra. O Apocalipse
começa com cartas às sete igrejas da Ásia Menor, revelando
em seguida a série de devastações derramadas sobre a
terra; a marca da besta, "666"; a decisiva batalha do
Armagedom; o aprisionamento de Satanás; o reino do
Senhor, o julgamento do Grande Trono Branco e a natureza
da cidade eterna de Deus.
O QUE SIGNIFICAM AS SETE IGREJAS DO
APOCALIPSE?
As sete igrejas descritas em Apocalipse 2-3 são sete igrejas
literais no momento em que João, o apóstolo, estava
escrevendo Apocalipse. Embora fossem igrejas literais
naquele tempo, há também um significado espiritual para
as igrejas e os crentes de hoje. O primeiro objetivo das
cartas era de se comunicar com as igrejas literais e
satisfazer as suas necessidades naquele momento. O
segundo propósito era de revelar sete tipos diferentes de
indivíduos/igrejas ao longo da história e instruí-los na
AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE
Éfeso (2.1-7)
Elogio Crítica Orientação Promessa
Rejeita o mal,
persevera, tem
paciência
Abandonou o
seu primeiro
amor
Pratique as
obras que
praticava no
princípio
O direito de
comer da árvore
da vida
AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE
Esmirna (2.8-11)
Elogio Crítica Orientação Promessa
Suporta o
sofrimento com
graça
Nenhuma Seja fiel até a
morte
A coroa da vida
AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE
Pérgamo (2.12-17)
Elogio Crítica Orientação Promessa
Mantém a fé em
Cristo
Tolera a
imoralidade, a
idolatria e
heresias
Arrependa-se! O maná
Escondido e
uma pedra
branca com um
novo nome nela
inscrito
AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE
Tiatira (2.18-29)
Elogio Crítica Orientação Promessa
Amor, fé, serviço
e perseverança
– fazendo mais
agora do que no
princípio
Tolera o culto à
idolatria e
imoralidade
Juízo iminente;
mantenha a fé
Autoridade
sobre as nações
e a estrela da
manhã
AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE
Sardes (3.1-6)
Elogio Crítica Orientação Promessa
Alguns
guardaram a fé
Uma igreja
morta
Arrependa-se;
fortaleça o que
resta
Os fiéis serão
honrados e
vestidos de
branco
AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE
Filadélfia (3.7-13)
Elogio Crítica Orientação Promessa
Persevera na fé Nenhuma Retenha o que
você tem (a fé)
Um lugar na
presença de
Deus, um novo
nome e a nova
Jerusalém
AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE
Laodiceia (3.14-22)
Elogio Crítica Orientação Promessa
Nenhum Indiferente Seja diligente e
arrependa-se
O direito de
sentar-se com
Cristo em seu
trono
QUEM SÃO OS 24 ANCIÃOS EM
APOCALIPSE?
(Ap 4.4) O livro do Apocalipse em nenhum lugar
especificamente identifica quem os vinte e quatro anciãos
são. No entanto, eles provavelmente são representantes da
Igreja. O fato de que se sentam em tronos indica que
reinam com Cristo. Em nenhum lugar nas Escrituras os
anjos governam ou sentam-se em tronos. No entanto, diz-se
repetidamente que a igreja governa e reina com Cristo
(Apocalipse 2:26-27, 5:10, 20:4, Mateus 19:28, Lucas 22:30).
O QUE SÃO OS 7 ESPÍRITOS DE DEUS?
Os "sete espíritos de Deus" são mencionados em Apocalipse 1:4; 3:1;
4:5 e 5:6. Há pelo menos três possíveis interpretações dos sete
espíritos de Deus. A primeira é que os sete espíritos de Deus são
simbólicos do Espírito Santo. A Bíblia, e especialmente o livro do
Apocalipse, usa o número 7 para se referir à perfeição e conclusão. Se
esse for o significado de "sete" em "sete espíritos", então não está se
referindo a sete espíritos diferentes de Deus, mas sim ao Espírito
Santo perfeito e completo. O segundo ponto de vista é que os sete
espíritos de Deus referem-se a sete seres angelicais, possivelmente
aos serafins ou querubins. Isso se encaixa com os inúmeros outros
seres angélicos que estão descritos no livro do Apocalipse (Apocalipse
4:6-9; 5:6-14; 19:4-5).
O QUE SÃO OS 7 ESPÍRITOS DE DEUS?
Uma terceira possibilidade é baseada em Isaías 11:2, que diz:
"Repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o Espírito de sabedoria
e de entendimento, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de
conhecimento e de temor do SENHOR." Isto poderia explicar os sete
espíritos de Deus: (1) o Espírito do Senhor, (2) o Espírito de sabedoria,
(3) o Espírito de entendimento, (4) o Espírito de conselho (5), o
Espírito de poder, (6) o Espírito de conhecimento, (7) o Espírito de
temor do Senhor. A Bíblia não nos diz especificamente quem/o que os
sete espíritos são, mas a primeira interpretação, a de que são o
Espírito Santo, parece ser a mais provável.
O QUE SÃO OS 7 SELOS, AS 7 TROMBETAS
E AS 7 TAÇAS DO LIVRO DE APOCALIPSE?
Os sete selos (Apocalipse 6:1-17; 8:1-5), sete trombetas
(Apocalipse 8:6-21; 11:15-19) e sete taças (Apocalipse 16:1-
21) são três séries de julgamentos de Deus que são
diferentes e consecutivas. Os julgamentos progressivamente
pioram e se tornam mais devastadores à medida que o fim
dos tempos progride. Os sete selos, trombetas e taças estão
conectados uns aos outros – o sétimo selo inicia as sete
trombetas (Apocalipse 8:1-5), e a sétima trombeta inicia as
sete taças (Apocalipse 11:15-19; 15:1-8).
O QUE SÃO OS 7 SELOS, AS 7 TROMBETAS
E AS 7 TAÇAS DO LIVRO DE APOCALIPSE?
Os primeiros quatro dos sete selos são conhecidos
como os quatro cavaleiros do Apocalipse. O primeiro
selo apresenta o anticristo (Apocalipse 6:1-2). O
segundo selo causa grandes guerras (Apocalipse 6:3-
4). O terceiro dos sete selos causa fome (Apocalipse
6:5-6). O quarto selo causa pragas, mais fome e mais
guerras (Apocalipse 6:7-8).
O QUE SÃO OS 7 SELOS, AS 7 TROMBETAS
E AS 7 TAÇAS DO LIVRO DE APOCALIPSE?
O quinto selo nos diz daqueles que serão martirizados por
sua fé em Cristo durante o fim dos tempos (Apocalipse 6:9-
11). Deus escuta o seu clamor por justiça e vai livrá-los na
Sua hora certa – na forma do sexto selo, assim como com os
julgamentos das trombetas e taças. Quando o sexto dos sete
selos é quebrado, um terremoto devastador acontece,
causando grande revolta e devastação terrível – juntamente
com fenômenos astronômicos incomuns (Apocalipse 6:12-
14).
O QUE SÃO OS 7 SELOS, AS 7 TROMBETAS
E AS 7 TAÇAS DO LIVRO DE APOCALIPSE?
As sete trombetas são descritas em Apocalipse 8:6-21. As sete
trombetas são o “conteúdo” do sétimo selo (Apocalipse 8:1-5). A
primeira trombeta causa granizo e fogo que destroem muito das
plantas do mundo (Apocalipse 8:7). A segunda das sete
trombetas causa o que aparenta ser um meteoro atingindo os
oceanos e causando a morte de grande parte da vida marinha
(Apocalipse 8:8-9). A terceira trombeta é parecida com a segunda
trombeta, só que dessa vez ela atinge os lagos e rios do mundo,
ao invés dos oceanos (Apocalipse 8:10-11).
O QUE SÃO OS 7 SELOS, AS 7 TROMBETAS
E AS 7 TAÇAS DO LIVRO DE APOCALIPSE?
A quarta das sete trombetas causam o sol e a lua a se
escurecerem (Apocalipse 8:12). A quinta trombeta resulta
em uma praga de “gafanhotos demoníacos” que atacam e
torturam a humanidade (Apocalipse 9:1-11). A sexta
trombeta libera um exército demoníaco que mata um terço
da humanidade (Apocalipse 9:12-21). A sétima trombeta
evoca os sete anjos com as sete taças da ira de Deus
(Apocalipse 11:15-19; 15:1-8)
O QUE SÃO OS 7 SELOS E AS 7 TROMBETAS
DO LIVRO DE APOCALIPSE?
Os julgamentos das sete taças são descritos em
Apocalipse 16:1-21. Os julgamentos das sete taças
são o resultado da sétima trombeta sendo soada. A
primeira taça causa feridas muito dolorosas que
aparecem na humanidade (Apocalipse 16:2). A
segunda taça resulta na morte de todo ser vivente
no mar (Apocalipse 16:3). A terceira taça causa os
rios a se tornarem sangue (Apocalipse 16:4-7).
O QUE SÃO OS 7 SELOS E AS 7 TROMBETAS
DO LIVRO DE APOCALIPSE?
A quarta das sete taças resulta no calor do sol sendo
intensificado e causando grande dor (Apocalipse 16:8-9). A
quinta das sete taças causa grande escuridão e uma
intensificação das feridas da primeira taça (Apocalipse
16:10-11). A sexta taça resulta no rio Eufrates secando
completamente e os exércitos do anticristo se juntando para
lutar a batalha do Armagedom (Apocalipse 16:12-14). A
sétima taça resulta em um terremoto devastador seguido de
pedras de granizo gigantes (Apocalipse 16:15-21).
O QUE É A TRINDADE PROFANA?
Apocalipse 12 e 13 contêm passagens proféticas que
descrevem alguns dos principais eventos e figuras
envolvidos durante a segunda metade da tribulação de sete
anos.
Satanás
Anticristo
Falso Profeta
SATANÁS
Satanás é descrito em Apocalipse 12:3 como um "dragão, grande, vermelho,
com sete cabeças, dez chifres e, nas cabeças, sete diademas.
As sete cabeças simbolizam sete reinos malignos que Satanás tem usado por
toda a história em uma tentativa de impedir que o plano de Deus avançasse.
Cinco dos reinos já tinham vindo e ido quando João escreveu esta profecia -
Egito, Assíria, Babilônia, Medo-Pérsia e Grécia. Um reino estava no poder
nos dias de João - Roma. E o reino final será o do Anticristo. As sete coroas
representam um reino universal, e os dez chifres representam a divisão do
reino do Anticristo em dez sub-reinos, como também indicado pelos dez
dedos na imagem no sonho de Nabucodonosor (Daniel 2:41-43) e pelos dez
chifres na "terrível" besta em Daniel 7:7, 24.
ANTICRISTO
O segundo membro da trindade profana é a Besta - ou Anticristo
- descrita em Apocalipse 13 e Daniel 7. Na visão de João, a besta
sai do mar, o que a Bíblia normalmente usa em referência às
nações gentias. Ele é descrito como tendo sete cabeças e dez
chifres - exatamente como o dragão - indicando a sua conexão
com Satanás. Os dez chifres representam os dez assentos do
governo mundial que fornecerão poder ao Anticristo (Daniel 7:7,
24). Esse governo mundial será uma perversão faminta de
poder, blasfema e sanguinária do reino vindouro de Cristo.
ANTICRISTO
Apocalipse 13:3, 12 e 14 indicam que o Anticristo será mortalmente
ferido na metade da tribulação, mas Satanás sanará
milagrosamente a sua ferida. Após este milagre enganador, o
mundo ficará totalmente encantado pelo Anticristo e adorará tanto
a ele quanto a Satanás (Apocalipse 13:4-5). O Anticristo ficará
mais forte e, dispensando toda pretensão de ser um governante
pacífico, quebrará seu tratado com os judeus, blasfemará
abertamente a Deus, atacará os santos e profanará o templo
judaico reconstruído (Daniel 9:27, Apocalipse 13:4-7, Mateus
24:15).
FALSO PROFETA
O personagem final da trindade profana é o Falso Profeta,
descrito em Apocalipse 13:11-18. Esta segunda besta sai da
terra, não do mar, possivelmente indicando que será um
judeu apóstata de Israel. João o vê como um cordeiro com
chifres e com a voz de um dragão (versículo 11). Embora se
apresente como uma pessoa mansa, suave e benevolente, os
chifres indicam o seu poder. E o seu discurso é do diabo. O
Falso Profeta falará persuasivamente e enganosamente
para afastar as pessoas de Deus e promover a adoração do
Anticristo e Satanás (Apocalipse 13:11-12).
FALSO PROFETA
O Falso Profeta será capaz de produzir grandes
sinais e maravilhas, inclusive chamar fogo do céu
(Apocalipse 13:13). Ele erguerá uma imagem do
Anticristo, dará vida à imagem e exigirá que todas
as pessoas adorem a imagem (Apocalipse 13:14-15).
A imagem da besta, habilitada pelo Falso Profeta,
fará "morrer quantos não adorassem a imagem da
besta" (versículo 15).
FALSO PROFETA
O Falso Profeta também obrigará cada pessoa a receber
uma marca de algum tipo para mostrar sua devoção ao
Anticristo. Aqueles que receberem a marca reconhecerão o
Anticristo como deus e submeter-se-ão a sua agenda. Tomar
a marca será uma exigência para se envolver no comércio
da economia mundial. A Escritura diz que receber a marca
da besta condenará aquela pessoa à morte eterna
(Apocalipse 14:9-10). Os santos da tribulação vão recusar a
marca e serão perseguidos como resultado.
O QUE É O REINO MILENAR, E DEVE ESTE
SER ENTENDIDO LITERALMENTE?
Por 6 vezes, Apocalipse 20:2-7 fala do Reino
Milenar com duração específica de 1000 anos.
Segundo a Bíblia, quando Cristo retornar à
terra, Ele Se estabelecerá como Rei de
Jerusalém, sentado no trono de Davi (Lucas
1:32-33).
O QUE É O REINO MILENAR, E DEVE ESTE
SER ENTENDIDO LITERALMENTE?
Os pactos incondicionais exigem uma volta literal e física de Cristo para estabelecer
o reino:
O pacto de Abraão prometia a Israel uma terra, uma posteridade, um governante
e uma bênção espiritual (Gênesis 12-1-3).
O pacto da Palestina prometia a Israel a restauração e ocupação da terra
(Deuteronômio 30:1-10).
O pacto de Davi prometia a Israel perdão: meio pelo qual a nação poderia ser
abençoada (Jeremias 31:31-34).
Na segunda vinda, estes pactos serão cumpridos quando Israel for “ajuntada” das
nações (Mateus 24:31), se converter (Zacarias 12:10-14) e for restaurada à terra sob
a liderança do Messias,
POSIÇÃO AMILENISTA
POSIÇÃO PÓS-MILENISTA
POSIÇÃO PRÉ-MILENISTA
ACEITAÇÃO NO CÂNON
Apocalipse enfrentou muita resistência até ser
reconhecido como inspirado. As dúvidas sobre
Apocalipse não tiveram raízes em nenhum
argumento ponderado nem em conhecimento
histórico, mas foram resultado do desagrado
pela escatologia do livro.
ACEITAÇÃO NO CÂNON
Para muitos pais da igreja, Apocalipse parecia
ensinar uma doutrina das últimas coisas
excessivamente centrada em coisas terrenas e
materialista. De qualquer forma, não se deve
permitir que tal preconceito teológico afete nosso
julgamento sobre o legítimo lugar que o livro deve
ocupar no cânon.
APOCALIPSE NA PRÁTICA
Você já depositou a sua fé em Cristo como seu Salvador? Se
sim, então você não tem nada a temer do julgamento de
Deus sobre o mundo tal como descrito no livro do
Apocalipse. O Juiz está do nosso lado. Antes do julgamento
final começar, temos de testemunhar aos amigos e vizinhos
sobre a oferta de Deus de vida eterna em Cristo. Os
acontecimentos deste livro são reais. Temos de viver vidas
que comprovem o que realmente acreditamos para que os
outros notem nossa alegria sobre o futuro e desejem juntar-
se a nós nessa nova e gloriosa cidade.
CONCLUSÃO
Apocalipse revela a vitória final de
Cristo contra toda forma de mal. A tarefa
do crente é simplesmente crer na
promessa bíblica de vitória e confiar
integralmente sua vida a Cristo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Aviva Ó Senhor a Tua Obra
Aviva Ó Senhor a Tua ObraAviva Ó Senhor a Tua Obra
Aviva Ó Senhor a Tua Obra
 
Panorama do NT - João
Panorama do NT - JoãoPanorama do NT - João
Panorama do NT - João
 
estudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateusestudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateus
 
Eclesiologia ana
Eclesiologia anaEclesiologia ana
Eclesiologia ana
 
3. O Evangelho Segundo Mateus
3. O Evangelho Segundo Mateus3. O Evangelho Segundo Mateus
3. O Evangelho Segundo Mateus
 
Panorama do NT - Hebreus
Panorama do NT - HebreusPanorama do NT - Hebreus
Panorama do NT - Hebreus
 
Panorama do NT - Tiago
Panorama do NT - TiagoPanorama do NT - Tiago
Panorama do NT - Tiago
 
Panorama do NT - Filemom
Panorama do NT - FilemomPanorama do NT - Filemom
Panorama do NT - Filemom
 
Disciplina de Escatologia
Disciplina de EscatologiaDisciplina de Escatologia
Disciplina de Escatologia
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
Panorama do NT - Mateus
Panorama do NT - MateusPanorama do NT - Mateus
Panorama do NT - Mateus
 
9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios
 
4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos
 
Panorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - ColossensesPanorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - Colossenses
 
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
 
Panorama do NT - Marcos
Panorama do NT - MarcosPanorama do NT - Marcos
Panorama do NT - Marcos
 
Eclesiologia
EclesiologiaEclesiologia
Eclesiologia
 
Panorama do NT - Judas
Panorama do NT - JudasPanorama do NT - Judas
Panorama do NT - Judas
 
Estudo sobre o evangelho de Marcos
Estudo sobre o evangelho de MarcosEstudo sobre o evangelho de Marcos
Estudo sobre o evangelho de Marcos
 
Carta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossensesCarta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossenses
 

Semelhante a O guia para entender o Apocalipse

panorama DO pocalipse EM SERIES VIDEOSE
panorama DO pocalipse EM SERIES  VIDEOSEpanorama DO pocalipse EM SERIES  VIDEOSE
panorama DO pocalipse EM SERIES VIDEOSEZADOQUESPORTSZADOQUE
 
_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf
_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf
_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdfjuanjavier29
 
Apocalipse-Versículo-por-Versículo-cpad.pdf
Apocalipse-Versículo-por-Versículo-cpad.pdfApocalipse-Versículo-por-Versículo-cpad.pdf
Apocalipse-Versículo-por-Versículo-cpad.pdfPrDanielBarros
 
Ebook estudo apocalipse
Ebook estudo apocalipseEbook estudo apocalipse
Ebook estudo apocalipsejb1955
 
parte_1_estudo_apocalipse_port.pptx
parte_1_estudo_apocalipse_port.pptxparte_1_estudo_apocalipse_port.pptx
parte_1_estudo_apocalipse_port.pptxYuri Sobreira
 
8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse ifaculdadeteologica
 
8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse ifaculdadeteologica
 
Apocalipse versículo por versículo
Apocalipse versículo por versículoApocalipse versículo por versículo
Apocalipse versículo por versículoJane Cristina
 
35 livro-de-apocalipse
35 livro-de-apocalipse35 livro-de-apocalipse
35 livro-de-apocalipseINOVAR CLUB
 
IBADEP - BIBLIOLOGIA AULA 1.pptx
IBADEP - BIBLIOLOGIA AULA 1.pptxIBADEP - BIBLIOLOGIA AULA 1.pptx
IBADEP - BIBLIOLOGIA AULA 1.pptxRubens Sohn
 
Base bíblica da trindade
Base bíblica da trindadeBase bíblica da trindade
Base bíblica da trindadeJosé Silva
 
Resumo para a prova de apocalipse
Resumo para a prova de apocalipseResumo para a prova de apocalipse
Resumo para a prova de apocalipseReynan Matos
 
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTAARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTAESCRIBAVALDEMIR
 
Trindade nas-escrituras prof.jamierson
Trindade nas-escrituras prof.jamiersonTrindade nas-escrituras prof.jamierson
Trindade nas-escrituras prof.jamiersonPaulo André Barbosa
 
Apocalipse versículo por versículo severino pedro da silva
Apocalipse versículo por versículo   severino pedro da silvaApocalipse versículo por versículo   severino pedro da silva
Apocalipse versículo por versículo severino pedro da silvaAlexandre Magno sousa
 

Semelhante a O guia para entender o Apocalipse (20)

panorama DO pocalipse EM SERIES VIDEOSE
panorama DO pocalipse EM SERIES  VIDEOSEpanorama DO pocalipse EM SERIES  VIDEOSE
panorama DO pocalipse EM SERIES VIDEOSE
 
Lição
LiçãoLição
Lição
 
_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf
_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf
_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf
 
Apocalipse-Versículo-por-Versículo-cpad.pdf
Apocalipse-Versículo-por-Versículo-cpad.pdfApocalipse-Versículo-por-Versículo-cpad.pdf
Apocalipse-Versículo-por-Versículo-cpad.pdf
 
1 - BIBLIOLOGIA.doc
1 -  BIBLIOLOGIA.doc1 -  BIBLIOLOGIA.doc
1 - BIBLIOLOGIA.doc
 
Ebook estudo apocalipse
Ebook estudo apocalipseEbook estudo apocalipse
Ebook estudo apocalipse
 
Ebook estudo apocalipse
Ebook estudo apocalipseEbook estudo apocalipse
Ebook estudo apocalipse
 
parte_1_estudo_apocalipse_port.pptx
parte_1_estudo_apocalipse_port.pptxparte_1_estudo_apocalipse_port.pptx
parte_1_estudo_apocalipse_port.pptx
 
8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i
 
Apocaliplição 1
Apocaliplição 1Apocaliplição 1
Apocaliplição 1
 
8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i8 escatologia em apocalípse i
8 escatologia em apocalípse i
 
Apocalipse versículo por versículo
Apocalipse versículo por versículoApocalipse versículo por versículo
Apocalipse versículo por versículo
 
35 livro-de-apocalipse
35 livro-de-apocalipse35 livro-de-apocalipse
35 livro-de-apocalipse
 
IBADEP - BIBLIOLOGIA AULA 1.pptx
IBADEP - BIBLIOLOGIA AULA 1.pptxIBADEP - BIBLIOLOGIA AULA 1.pptx
IBADEP - BIBLIOLOGIA AULA 1.pptx
 
Base bíblica da trindade
Base bíblica da trindadeBase bíblica da trindade
Base bíblica da trindade
 
Resumo para a prova de apocalipse
Resumo para a prova de apocalipseResumo para a prova de apocalipse
Resumo para a prova de apocalipse
 
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTAARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
 
Trindade nas-escrituras prof.jamierson
Trindade nas-escrituras prof.jamiersonTrindade nas-escrituras prof.jamierson
Trindade nas-escrituras prof.jamierson
 
Apocalipse versículo por versículo severino pedro da silva
Apocalipse versículo por versículo   severino pedro da silvaApocalipse versículo por versículo   severino pedro da silva
Apocalipse versículo por versículo severino pedro da silva
 
Apocalipse 1
Apocalipse 1Apocalipse 1
Apocalipse 1
 

Mais de Respirando Deus

Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Respirando Deus
 
Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Respirando Deus
 
História da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasHistória da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasRespirando Deus
 

Mais de Respirando Deus (20)

Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
 
História da Igreja #25
História da Igreja #25História da Igreja #25
História da Igreja #25
 
História da Igreja #24
História da Igreja #24História da Igreja #24
História da Igreja #24
 
História da Igreja #23
História da Igreja #23História da Igreja #23
História da Igreja #23
 
História da Igreja #22
História da Igreja #22História da Igreja #22
História da Igreja #22
 
História da Igreja #21
História da Igreja #21História da Igreja #21
História da Igreja #21
 
Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018
 
História da Igreja #20
História da Igreja #20História da Igreja #20
História da Igreja #20
 
História da Igreja #19
História da Igreja #19História da Igreja #19
História da Igreja #19
 
História da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasHistória da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As Cruzadas
 
História da Igreja #17
História da Igreja #17História da Igreja #17
História da Igreja #17
 
História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
 
História da Igreja #15
História da Igreja #15História da Igreja #15
História da Igreja #15
 
História da Igreja #14
História da Igreja #14História da Igreja #14
História da Igreja #14
 
História da Igreja #13
História da Igreja #13História da Igreja #13
História da Igreja #13
 

Último

A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxA CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxPIB Penha
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .natzarimdonorte
 
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusAULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusFilipeDuartedeBem
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).natzarimdonorte
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............Nelson Pereira
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadofreivalentimpesente
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfnatzarimdonorte
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaDenisRocha28
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequeseanamdp2004
 

Último (15)

A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxA CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
 
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusAULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significado
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
 

O guia para entender o Apocalipse

  • 2. INTRODUÇÃO “Apocalipse é, notoriamente, o livro mais difícil e mais espantoso do NT; entretanto, é também indubitável que acharemos que valeu a pena, e muito, lutar com ele até que nos tenha fornecido suas bênçãos e nos tenha aberto seus tesouros”. William Barclay
  • 3. AS INTERPRETAÇÕES DE APOCALIPSE 1) Preterista (que vê todos ou quase todos os eventos no livro de Apocalipse como já tendo ocorrido antes do fim do primeiro século) 2) Historicista (que vê o livro de Apocalipse como uma análise da história da Igreja dos tempos apóstolicos até o presente) 3) Idealista (que vê o livro de Apocalipse como uma representação da luta entre o bem e o mal) 4) Futurista (que vê o livro de Apocalipse como profético dos eventos que hão de vir). Dos quatro, apenas a abordagem futurista interpreta o livro de Apocalipse com o mesmo método gramático-histórico que o resto das Escrituras. Esse método também se encaixa melhor com a declaração do livro de Apocalipse de ser profecia (Apocalipse 1:3; 22:7, 10, 18, 19)
  • 4. INFORMAÇÕES BÁSICAS a) Grupo: Apocalíptico escrito em forma de carta b) Autor: O Apóstolo João c) Data: Entre 90-100 d.C. d) Local: Ilha de Patmos e) Alvo: Sete igrejas da Ásia f) Versículo-chave: Ap 1.19 g) Expressão-chave: A vitória de Cristo e da Sua Igreja
  • 5. ESBOÇO Coisas que viste Ap 1 Coisas que são Ap 2-3 Coisas que hão de acontecer Ap 4-22 Visão de Jesus Cristo Visão da consumação
  • 6. PRINCIPAIS PERSONAGENS João: apóstolo que recebeu a revelação de Jesus Cristo de um anjo (v.1.1,4,9; 22.8). Jesus: o revelado Filho de Deus que voltará para buscar seu povo (1.1- 22.21).
  • 7. O CARÁTER DE DEUS Deus é eterno – 4.8-10; 16.5 Deus é glorioso – 21.11,23 Deus é santo – 4.8; 15.4; 21.27 Deus é justo – 16.5,7; 19.2 Deus é poderoso – 4.11; 5.13; 11.17 Deus é verdadeiro – 15.3; 16.7 Deus se ira – 6.17; 11.18; 16.6-7; 19.15
  • 8. O QUE É APOCALIPSE? O termo “apocalipse” é formado por dois vocábulos gregos: o verbo kalypto = cobrir, envolver, ocultar, pôr véu em, mais a preposição apo, que aqui tem a ideia de afastamento. Assim, “apocalipse” significa “remover o véu, revelar, descobrir algo”. O autor afirmou, várias vezes, que seu livro era uma profecia (Ap 1.3; 22.7,10,18-19).
  • 9. QUEM ESCREVEU APOCALIPSE? O apóstolo João, o mesmo autor humano do Evangelho e das três epístolas, (Ap 1.1,4,9; 22.8) quando tinha cerca de 80 anos.
  • 10. QUANDO E ONDE SE DEU A VISÃO DE APOCALIPSE? João estava em Patmos, uma ilha pequena no sudeste da Ásia Menor. Com área de 16x10km, terra vulcânica e elevações de até 300 metros, era usada como confinamento para presos políticos. No caso de João, parece que ele foi acusado de subversão por causa da Palavra de Deus e do testemunho de Jesus (Ap 1.9) na última década do primeiro século, quando César Domiciano era imperador de Roma (81-96 d.C.).
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14. PROPÓSITO A Revelação de Jesus Cristo foi dada a João por Deus "para mostrar aos seus servos o que em breve há de acontecer." Este livro é cheio de mistérios sobre coisas que virão. É o último aviso de que o mundo certamente terminará e que o julgamento é certo. Dá-nos um pequeno vislumbre do céu e de todas as glórias que aguardam aqueles que mantêm as suas vestes brancas.
  • 15. PROPÓSITO O livro de Apocalipse leva-nos através da grande tribulação, com todas as suas aflições, e do fogo final que todos os infiéis terão de enfrentar pela eternidade. O livro recorda a queda de Satanás e a condenação que o aguarda juntamente com seus anjos. Vemos também as tarefas de todas as criaturas e anjos do céu, assim como as promessas dos santos que viverão para sempre com Jesus na Nova Jerusalém. Como João, é difícil encontrar palavras para descrever o que lemos no livro do Apocalipse.
  • 16. POR QUE JOÃO RECEBEU A REVELAÇÃO DE APOCALIPSE? A revelação se deu para mostrar as coisas que em breve devem acontecer. A Escritura estaria incompleta sem Apocalipse, e isso se encaixa perfeitamente com o que disse o profeta Amós: “Certamente, o Senhor Deus não fará coisa alguma, sem primeiro revelar o seu segredo aos seus servos, os profetas” (Am 3.7).
  • 17. A IMPORTÂNCIA DO LIVRO O Apocalipse não foi dado somente para transmitir informações sobre o futuro, mas para ajudar o povo de Deus no presente, que, por essa razão, deve guardar as coisas escritas nas palavras da profecia. J.B. Phillips esboça cinco importantes lições que podemos aprender do livro de Apocalipse.
  • 18. A IMPORTÂNCIA DO LIVRO 1. A soberania absoluta de Deus resulta em Seu propósito último de destruir todas as formas de mal. 2. Os juízos inevitáveis de Deus virão sobre o mal, especialmente sobre a adoração de falsos deuses. 3. A necessidade de perseverança paciente baseia-se no conhecimento de que Deus está no controle de toda a história. 4. A fidelidade de Deus promete segurança espiritual completa para os que são fiéis a Ele.
  • 19. A DIVISÃO-CHAVE DE APOCALIPSE “Escreve, pois, as coisas que viste, e as que são, e as que hão de acontecer depois destas.” Ap 1.19 “As coisas que viste” Ap 1 “As coisas que são” Ap 2-3 “As que hão de acontecer depois destas” Ap 4-22 Prólogo Mensagem ás sete igrejas Visão dos eventos Revelação de Cristo (1.1-3) Quem é Jesus (1.13-18) Éfeso (2.1-7) Esmirna (2.8-11) Pérgamo (2.12-17) Tiátira (2.18-29) Sardes (3.1-6) Filadélfia (3.7-13) Laodiceia (3.14-22) Trono celestial (4.1-5,14) Selos (6.1-8.5) Trombetas (8.6-11.19) Sinais (12.1-4-14.20) Taças/flagelos (15.1-16.21) Triunfo de Deus (17.1-20.15) Novo céu e nova terra (21.1-22.5) Maravilhoso perfil a respeito da Trindade, apontando Cristo como autoridade central. Mensagens de ordem, recomendação, condenação, correção e desafio às igrejas. Três séries de julgamentos sobre a terra, reino de Cristo, Sua vitória final e a criação de novos céus e nova terra.
  • 20. RESUMO O Apocalipse é pródigo de descrições coloridas das visões que nos anunciam os últimos dias antes do retorno de Cristo e a introdução do novo céu e nova terra. O Apocalipse começa com cartas às sete igrejas da Ásia Menor, revelando em seguida a série de devastações derramadas sobre a terra; a marca da besta, "666"; a decisiva batalha do Armagedom; o aprisionamento de Satanás; o reino do Senhor, o julgamento do Grande Trono Branco e a natureza da cidade eterna de Deus.
  • 21. O QUE SIGNIFICAM AS SETE IGREJAS DO APOCALIPSE? As sete igrejas descritas em Apocalipse 2-3 são sete igrejas literais no momento em que João, o apóstolo, estava escrevendo Apocalipse. Embora fossem igrejas literais naquele tempo, há também um significado espiritual para as igrejas e os crentes de hoje. O primeiro objetivo das cartas era de se comunicar com as igrejas literais e satisfazer as suas necessidades naquele momento. O segundo propósito era de revelar sete tipos diferentes de indivíduos/igrejas ao longo da história e instruí-los na
  • 22.
  • 23. AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE Éfeso (2.1-7) Elogio Crítica Orientação Promessa Rejeita o mal, persevera, tem paciência Abandonou o seu primeiro amor Pratique as obras que praticava no princípio O direito de comer da árvore da vida
  • 24. AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE Esmirna (2.8-11) Elogio Crítica Orientação Promessa Suporta o sofrimento com graça Nenhuma Seja fiel até a morte A coroa da vida
  • 25. AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE Pérgamo (2.12-17) Elogio Crítica Orientação Promessa Mantém a fé em Cristo Tolera a imoralidade, a idolatria e heresias Arrependa-se! O maná Escondido e uma pedra branca com um novo nome nela inscrito
  • 26. AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE Tiatira (2.18-29) Elogio Crítica Orientação Promessa Amor, fé, serviço e perseverança – fazendo mais agora do que no princípio Tolera o culto à idolatria e imoralidade Juízo iminente; mantenha a fé Autoridade sobre as nações e a estrela da manhã
  • 27. AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE Sardes (3.1-6) Elogio Crítica Orientação Promessa Alguns guardaram a fé Uma igreja morta Arrependa-se; fortaleça o que resta Os fiéis serão honrados e vestidos de branco
  • 28. AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE Filadélfia (3.7-13) Elogio Crítica Orientação Promessa Persevera na fé Nenhuma Retenha o que você tem (a fé) Um lugar na presença de Deus, um novo nome e a nova Jerusalém
  • 29. AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE Laodiceia (3.14-22) Elogio Crítica Orientação Promessa Nenhum Indiferente Seja diligente e arrependa-se O direito de sentar-se com Cristo em seu trono
  • 30. QUEM SÃO OS 24 ANCIÃOS EM APOCALIPSE? (Ap 4.4) O livro do Apocalipse em nenhum lugar especificamente identifica quem os vinte e quatro anciãos são. No entanto, eles provavelmente são representantes da Igreja. O fato de que se sentam em tronos indica que reinam com Cristo. Em nenhum lugar nas Escrituras os anjos governam ou sentam-se em tronos. No entanto, diz-se repetidamente que a igreja governa e reina com Cristo (Apocalipse 2:26-27, 5:10, 20:4, Mateus 19:28, Lucas 22:30).
  • 31. O QUE SÃO OS 7 ESPÍRITOS DE DEUS? Os "sete espíritos de Deus" são mencionados em Apocalipse 1:4; 3:1; 4:5 e 5:6. Há pelo menos três possíveis interpretações dos sete espíritos de Deus. A primeira é que os sete espíritos de Deus são simbólicos do Espírito Santo. A Bíblia, e especialmente o livro do Apocalipse, usa o número 7 para se referir à perfeição e conclusão. Se esse for o significado de "sete" em "sete espíritos", então não está se referindo a sete espíritos diferentes de Deus, mas sim ao Espírito Santo perfeito e completo. O segundo ponto de vista é que os sete espíritos de Deus referem-se a sete seres angelicais, possivelmente aos serafins ou querubins. Isso se encaixa com os inúmeros outros seres angélicos que estão descritos no livro do Apocalipse (Apocalipse 4:6-9; 5:6-14; 19:4-5).
  • 32. O QUE SÃO OS 7 ESPÍRITOS DE DEUS? Uma terceira possibilidade é baseada em Isaías 11:2, que diz: "Repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o Espírito de sabedoria e de entendimento, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de conhecimento e de temor do SENHOR." Isto poderia explicar os sete espíritos de Deus: (1) o Espírito do Senhor, (2) o Espírito de sabedoria, (3) o Espírito de entendimento, (4) o Espírito de conselho (5), o Espírito de poder, (6) o Espírito de conhecimento, (7) o Espírito de temor do Senhor. A Bíblia não nos diz especificamente quem/o que os sete espíritos são, mas a primeira interpretação, a de que são o Espírito Santo, parece ser a mais provável.
  • 33. O QUE SÃO OS 7 SELOS, AS 7 TROMBETAS E AS 7 TAÇAS DO LIVRO DE APOCALIPSE? Os sete selos (Apocalipse 6:1-17; 8:1-5), sete trombetas (Apocalipse 8:6-21; 11:15-19) e sete taças (Apocalipse 16:1- 21) são três séries de julgamentos de Deus que são diferentes e consecutivas. Os julgamentos progressivamente pioram e se tornam mais devastadores à medida que o fim dos tempos progride. Os sete selos, trombetas e taças estão conectados uns aos outros – o sétimo selo inicia as sete trombetas (Apocalipse 8:1-5), e a sétima trombeta inicia as sete taças (Apocalipse 11:15-19; 15:1-8).
  • 34. O QUE SÃO OS 7 SELOS, AS 7 TROMBETAS E AS 7 TAÇAS DO LIVRO DE APOCALIPSE? Os primeiros quatro dos sete selos são conhecidos como os quatro cavaleiros do Apocalipse. O primeiro selo apresenta o anticristo (Apocalipse 6:1-2). O segundo selo causa grandes guerras (Apocalipse 6:3- 4). O terceiro dos sete selos causa fome (Apocalipse 6:5-6). O quarto selo causa pragas, mais fome e mais guerras (Apocalipse 6:7-8).
  • 35. O QUE SÃO OS 7 SELOS, AS 7 TROMBETAS E AS 7 TAÇAS DO LIVRO DE APOCALIPSE? O quinto selo nos diz daqueles que serão martirizados por sua fé em Cristo durante o fim dos tempos (Apocalipse 6:9- 11). Deus escuta o seu clamor por justiça e vai livrá-los na Sua hora certa – na forma do sexto selo, assim como com os julgamentos das trombetas e taças. Quando o sexto dos sete selos é quebrado, um terremoto devastador acontece, causando grande revolta e devastação terrível – juntamente com fenômenos astronômicos incomuns (Apocalipse 6:12- 14).
  • 36. O QUE SÃO OS 7 SELOS, AS 7 TROMBETAS E AS 7 TAÇAS DO LIVRO DE APOCALIPSE? As sete trombetas são descritas em Apocalipse 8:6-21. As sete trombetas são o “conteúdo” do sétimo selo (Apocalipse 8:1-5). A primeira trombeta causa granizo e fogo que destroem muito das plantas do mundo (Apocalipse 8:7). A segunda das sete trombetas causa o que aparenta ser um meteoro atingindo os oceanos e causando a morte de grande parte da vida marinha (Apocalipse 8:8-9). A terceira trombeta é parecida com a segunda trombeta, só que dessa vez ela atinge os lagos e rios do mundo, ao invés dos oceanos (Apocalipse 8:10-11).
  • 37. O QUE SÃO OS 7 SELOS, AS 7 TROMBETAS E AS 7 TAÇAS DO LIVRO DE APOCALIPSE? A quarta das sete trombetas causam o sol e a lua a se escurecerem (Apocalipse 8:12). A quinta trombeta resulta em uma praga de “gafanhotos demoníacos” que atacam e torturam a humanidade (Apocalipse 9:1-11). A sexta trombeta libera um exército demoníaco que mata um terço da humanidade (Apocalipse 9:12-21). A sétima trombeta evoca os sete anjos com as sete taças da ira de Deus (Apocalipse 11:15-19; 15:1-8)
  • 38. O QUE SÃO OS 7 SELOS E AS 7 TROMBETAS DO LIVRO DE APOCALIPSE? Os julgamentos das sete taças são descritos em Apocalipse 16:1-21. Os julgamentos das sete taças são o resultado da sétima trombeta sendo soada. A primeira taça causa feridas muito dolorosas que aparecem na humanidade (Apocalipse 16:2). A segunda taça resulta na morte de todo ser vivente no mar (Apocalipse 16:3). A terceira taça causa os rios a se tornarem sangue (Apocalipse 16:4-7).
  • 39. O QUE SÃO OS 7 SELOS E AS 7 TROMBETAS DO LIVRO DE APOCALIPSE? A quarta das sete taças resulta no calor do sol sendo intensificado e causando grande dor (Apocalipse 16:8-9). A quinta das sete taças causa grande escuridão e uma intensificação das feridas da primeira taça (Apocalipse 16:10-11). A sexta taça resulta no rio Eufrates secando completamente e os exércitos do anticristo se juntando para lutar a batalha do Armagedom (Apocalipse 16:12-14). A sétima taça resulta em um terremoto devastador seguido de pedras de granizo gigantes (Apocalipse 16:15-21).
  • 40. O QUE É A TRINDADE PROFANA? Apocalipse 12 e 13 contêm passagens proféticas que descrevem alguns dos principais eventos e figuras envolvidos durante a segunda metade da tribulação de sete anos. Satanás Anticristo Falso Profeta
  • 41. SATANÁS Satanás é descrito em Apocalipse 12:3 como um "dragão, grande, vermelho, com sete cabeças, dez chifres e, nas cabeças, sete diademas. As sete cabeças simbolizam sete reinos malignos que Satanás tem usado por toda a história em uma tentativa de impedir que o plano de Deus avançasse. Cinco dos reinos já tinham vindo e ido quando João escreveu esta profecia - Egito, Assíria, Babilônia, Medo-Pérsia e Grécia. Um reino estava no poder nos dias de João - Roma. E o reino final será o do Anticristo. As sete coroas representam um reino universal, e os dez chifres representam a divisão do reino do Anticristo em dez sub-reinos, como também indicado pelos dez dedos na imagem no sonho de Nabucodonosor (Daniel 2:41-43) e pelos dez chifres na "terrível" besta em Daniel 7:7, 24.
  • 42. ANTICRISTO O segundo membro da trindade profana é a Besta - ou Anticristo - descrita em Apocalipse 13 e Daniel 7. Na visão de João, a besta sai do mar, o que a Bíblia normalmente usa em referência às nações gentias. Ele é descrito como tendo sete cabeças e dez chifres - exatamente como o dragão - indicando a sua conexão com Satanás. Os dez chifres representam os dez assentos do governo mundial que fornecerão poder ao Anticristo (Daniel 7:7, 24). Esse governo mundial será uma perversão faminta de poder, blasfema e sanguinária do reino vindouro de Cristo.
  • 43. ANTICRISTO Apocalipse 13:3, 12 e 14 indicam que o Anticristo será mortalmente ferido na metade da tribulação, mas Satanás sanará milagrosamente a sua ferida. Após este milagre enganador, o mundo ficará totalmente encantado pelo Anticristo e adorará tanto a ele quanto a Satanás (Apocalipse 13:4-5). O Anticristo ficará mais forte e, dispensando toda pretensão de ser um governante pacífico, quebrará seu tratado com os judeus, blasfemará abertamente a Deus, atacará os santos e profanará o templo judaico reconstruído (Daniel 9:27, Apocalipse 13:4-7, Mateus 24:15).
  • 44. FALSO PROFETA O personagem final da trindade profana é o Falso Profeta, descrito em Apocalipse 13:11-18. Esta segunda besta sai da terra, não do mar, possivelmente indicando que será um judeu apóstata de Israel. João o vê como um cordeiro com chifres e com a voz de um dragão (versículo 11). Embora se apresente como uma pessoa mansa, suave e benevolente, os chifres indicam o seu poder. E o seu discurso é do diabo. O Falso Profeta falará persuasivamente e enganosamente para afastar as pessoas de Deus e promover a adoração do Anticristo e Satanás (Apocalipse 13:11-12).
  • 45. FALSO PROFETA O Falso Profeta será capaz de produzir grandes sinais e maravilhas, inclusive chamar fogo do céu (Apocalipse 13:13). Ele erguerá uma imagem do Anticristo, dará vida à imagem e exigirá que todas as pessoas adorem a imagem (Apocalipse 13:14-15). A imagem da besta, habilitada pelo Falso Profeta, fará "morrer quantos não adorassem a imagem da besta" (versículo 15).
  • 46. FALSO PROFETA O Falso Profeta também obrigará cada pessoa a receber uma marca de algum tipo para mostrar sua devoção ao Anticristo. Aqueles que receberem a marca reconhecerão o Anticristo como deus e submeter-se-ão a sua agenda. Tomar a marca será uma exigência para se envolver no comércio da economia mundial. A Escritura diz que receber a marca da besta condenará aquela pessoa à morte eterna (Apocalipse 14:9-10). Os santos da tribulação vão recusar a marca e serão perseguidos como resultado.
  • 47. O QUE É O REINO MILENAR, E DEVE ESTE SER ENTENDIDO LITERALMENTE? Por 6 vezes, Apocalipse 20:2-7 fala do Reino Milenar com duração específica de 1000 anos. Segundo a Bíblia, quando Cristo retornar à terra, Ele Se estabelecerá como Rei de Jerusalém, sentado no trono de Davi (Lucas 1:32-33).
  • 48. O QUE É O REINO MILENAR, E DEVE ESTE SER ENTENDIDO LITERALMENTE? Os pactos incondicionais exigem uma volta literal e física de Cristo para estabelecer o reino: O pacto de Abraão prometia a Israel uma terra, uma posteridade, um governante e uma bênção espiritual (Gênesis 12-1-3). O pacto da Palestina prometia a Israel a restauração e ocupação da terra (Deuteronômio 30:1-10). O pacto de Davi prometia a Israel perdão: meio pelo qual a nação poderia ser abençoada (Jeremias 31:31-34). Na segunda vinda, estes pactos serão cumpridos quando Israel for “ajuntada” das nações (Mateus 24:31), se converter (Zacarias 12:10-14) e for restaurada à terra sob a liderança do Messias,
  • 52. ACEITAÇÃO NO CÂNON Apocalipse enfrentou muita resistência até ser reconhecido como inspirado. As dúvidas sobre Apocalipse não tiveram raízes em nenhum argumento ponderado nem em conhecimento histórico, mas foram resultado do desagrado pela escatologia do livro.
  • 53. ACEITAÇÃO NO CÂNON Para muitos pais da igreja, Apocalipse parecia ensinar uma doutrina das últimas coisas excessivamente centrada em coisas terrenas e materialista. De qualquer forma, não se deve permitir que tal preconceito teológico afete nosso julgamento sobre o legítimo lugar que o livro deve ocupar no cânon.
  • 54. APOCALIPSE NA PRÁTICA Você já depositou a sua fé em Cristo como seu Salvador? Se sim, então você não tem nada a temer do julgamento de Deus sobre o mundo tal como descrito no livro do Apocalipse. O Juiz está do nosso lado. Antes do julgamento final começar, temos de testemunhar aos amigos e vizinhos sobre a oferta de Deus de vida eterna em Cristo. Os acontecimentos deste livro são reais. Temos de viver vidas que comprovem o que realmente acreditamos para que os outros notem nossa alegria sobre o futuro e desejem juntar- se a nós nessa nova e gloriosa cidade.
  • 55. CONCLUSÃO Apocalipse revela a vitória final de Cristo contra toda forma de mal. A tarefa do crente é simplesmente crer na promessa bíblica de vitória e confiar integralmente sua vida a Cristo.