Grécia eja i

446 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Grécia eja i

  1. 1. GRÉCIA Eja I Turma “A”Profª Marcela
  2. 2. GRÉCIA ANTIGA
  3. 3. • Nunca foi um Estado unificado com governo único.• Conjunto de cidades independentes, que tinham governo, leis e características sociais próprias.• Nunca chamaram a si mesmos de gregos – helenos.
  4. 4. Primeiros povoadores• Aqueus, jônios, eólios e dórios:
  5. 5. Pólis: a cidade-estado gregaAs que mais se destacaram foram Atenas e Esparta
  6. 6. Colonização grega• CAUSAS:- Questões sociais originadas por problemas de posse da terra.- Dificuldades na agricultura.
  7. 7. • Principal atividade econômica das colônias gregas foi a agricultura.• Navegação marítima, impulsionou o comércio.
  8. 8. ATENAS• Aristocracia = eupátridas – “bem nascidos”: empréstimo de dinheiro.• Abusos e concentração de poder da aristocracia.
  9. 9. • Comerciantes, artesãos, camponeses – começaram a exigir reformas políticas e sociais. DEMOCRACIA
  10. 10. • CLÍSTENES – um dos principais líderes gregos – todos os cidadãos tem o mesmo direito perante as leis. DEMOCRACIA ATENIENSE - População masculina adulta. - Direta: o cidadão apresentava-se pessoalmente para votar.
  11. 11. • Assembleia do Povo: aprovava ou rejeitava projetos sobre a vida das cidades.• Conselho de Quinhentos- formado por quinhentos cidadãos sorteados anualmente - elaborava os projetos• Estrategos – executava os projetos aprovados pela Assembleia do Povo; encarregados do comando do exército.
  12. 12. CIDADÃOS, METECOS E ESCRAVOS• SOCIEDADE ATENIENSE:
  13. 13. • Cidadãos: tinham direitos políticos e participavam do governo da cidade.- Homens adultos (maiores de 21 anos)- Grandes e pequenos proprietários de terra, grandes e pequenos comerciantes.- Mulheres não faziam parte do grupo de cidadãos.
  14. 14. • Metecos: estrangeiros que moravam em Atenas.• Não tinham direitos políticos e eram proibidos de comprar terras.• Podiam ser convocados para o serviço militar.
  15. 15. • Escravos: prisioneiros de guerra.• Eram comprados de estrangeiros nos mercados de escravos.• Escravos urbanos – bem tratados, as leis atenienses os protegiam contra abusos e brutalidades.• Escravos das minas de chumbo: marcada por sofrimentos.
  16. 16. Escravidão e democracia• Aristóteles justificava a escravidão: A natureza faz o corpo do escravo e do homem livre diferentes. O escravo tem o corpo forte, adaptado para a atividade servil. O homem livre tem corpo ereto, inadequado para tais trabalhos, porém apto para a vida do cidadão (...)
  17. 17. ESPARTA
  18. 18. • Localiza-se na península do Peloponeso.• Nunca teve uma área urbana importante, era uma cidade de caráter militarista e oligárquico.
  19. 19. SOCIEDADE ESPARTANA
  20. 20. • Esparciatas: eram os cidadãos espartanos.• Permaneciam a disposição do exército ou dos negócios públicos, podendo participar dos negócios da cidade.• Eram proprietários de terra e não podiam exercer o comércio.
  21. 21. • Periecos: homens livres – dedicavam-se ao comércio e ao artesanato.- Não tinham direitos políticos.• Hilotas: viviam presos à terra dos esparciatas- Desprezados socialmente.
  22. 22. Educação dos espartanos• Objetivo – transformar os cidadãos em bons soldados, capazes de manter a segurança das cidades• Treinamento educacional: exercícios físicos.• Mulheres espartanas recebiam educação quase igual.• Ao nascer a criança era inspecionada por membros do governo.
  23. 23. EXPANSÃO DE ATENAS
  24. 24. • A produção cultural:- destacaram-se em diversos campos, como o teatro, a arquitetura, a escultura, a filosofia e a história.
  25. 25. Guerras Greco-Pérsicas• Ascensão econômica e cultural da Grécia provocou disputas por rotas comerciais, mercados e matérias- primas.• Solidariedade entre os gregos.• Liderança de atenienses e espartanos.• Conseguiram deter a invasão persa. Atenas se torna a mais importante cidade grega.
  26. 26. Liga de Delos• Objetivo – a proteção das cidades gregas contra possíveis ataques externos, os líderes políticos de Atenas organizaram uma aliança.• As cidades aliadas eram independentes e tinham que contribuir com navios, soldados e dinheiro.• A principio o tesouroFicava em Delos e depoisFoi transferido paraAtenas.
  27. 27. GUERRA DO PELOPONESO• Fundação da Liga do Peloponeso.• Esparta liderou os esforços com Mégara, Corinto e Tebas.• Durou 27 anos• Atenienses foram derrotados.
  28. 28. • Aristocratas espartanos estenderam sua influência sobre o mundo grego.• Novas revoltas – poderoso exército de Tebas com um poderoso exército.• Esparta derrotada• Hegemonia de Tebas (371-362 a.C)
  29. 29. ATAQUE MACEDÔNIO• Cidades gregas enfraquecidas• Rei Felipe da Macedônia – poderoso exército – preparou-se para conquistar a Grécia.• Sucessor Alexandre Magno (o Grande) sufocou as revoltas das cidades gregas (Tebas e Atenas)
  30. 30. Religião e Mitologia• Politeísmo e antropomorfismo.
  31. 31. • Não tinha conjunto fixos de normas.• Transmissão oral – parte registrada nos poemas de Homero.• Também reverenciavam heróis ou semideuses, destaca-se Hércules.• Prestavam cultos aos “espíritos dos antepassados”.• Os mitos narravam a vida dos deuses.
  32. 32. Referência• COTRIM, Gilberto. História Geral: nova consciência. 1. ed. – São Paulo: Saraiva,2001.

×