Esta apresentação está
originalmente disponível em:
http://www.portal.santos.sp.gov.br/se
duc/request.php?95
Currículo :
cenários e perspectivas.
Tomaz Tadeu da Silva
O que é uma teoria do currículo?
Quando se pode dizer que se tem uma “teoria do
currículo”?
Onde come...
Quais são as principais teorias do currículo?
O que distingue as teorias tradicionais das
teorias críticas do currículo?
O...
Teoria – representa, reflete, espelha a
realidade;
É uma imagem, um reflexo, um signo de uma
realidade que – cronologicame...
Bobbit – 1918
Currículo visto como um processo de
racionalização de resultados
educacionais, cuidadosa e rigorosamente
esp...
Para Bobbit o currículo é a
especificação precisa de objetivos,
procedimentos e métodos para a
obtenção de resultados que ...
“Uma definição não nos revela o que é,
essencialmente, o currículo: uma definição
nos revela o que uma determinada teoria
...
O currículo é sempre o resultado de uma
seleção: de um universo mais amplo de
conhecimentos e saberes seleciona-se aquela
...
Uma teoria define-se pelos conceitos que utiliza
para conceber a realidade.
Os conceitos de uma teoria organizam e
estrutu...
Teorias tradicionais
Ensino
Aprendizagem
Avaliação
Metodologia
Didática
Organização
Planejamento
Eficiência
Objetivos
Teorias Críticas
Ideologia
Reprodução cultural e social
Poder
Classe social capitalismo
Relações sociais de produção
Consc...
Teorias pós-críticas
Identidade, alteridade, diferença
Subjetividade
Significação e discurso
Saber-poder
Representação
Cul...
O currículo é lugar, espaço, território.
O currículo é relação de poder.
O currículo é trajetória, viagem, percurso.
O Cur...
Muitos caminhos existem...
Cabe ao educador, decidir,
escolher criticamente e...
trilhar com ética e competência...
Segundo as imagens...
Que diferenças existem
entre estas duas práticas
pedagógicas?
Somos todos iguais?
Segundo as imagens...
Pensem...
Que homem queremos
formar?
Curriculo cenarios perspectivas
Curriculo cenarios perspectivas
Curriculo cenarios perspectivas
Curriculo cenarios perspectivas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Curriculo cenarios perspectivas

5.792 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.792
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
430
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
123
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curriculo cenarios perspectivas

  1. 1. Esta apresentação está originalmente disponível em: http://www.portal.santos.sp.gov.br/se duc/request.php?95
  2. 2. Currículo : cenários e perspectivas.
  3. 3. Tomaz Tadeu da Silva O que é uma teoria do currículo? Quando se pode dizer que se tem uma “teoria do currículo”? Onde começa e como se desenvolve a história das teorias do currículo? O que distingue uma teoria do currículo? Da teoria educacional mais ampla?
  4. 4. Quais são as principais teorias do currículo? O que distingue as teorias tradicionais das teorias críticas do currículo? O que distingue as teorias críticas do currículo das teorias pós-críticas?
  5. 5. Teoria – representa, reflete, espelha a realidade; É uma imagem, um reflexo, um signo de uma realidade que – cronologicamente, ontologicamente – a precede “Ao descrever um objeto, a teoria, de certo modo, inventa-o”. T. Tadeu Teoria * Discurso
  6. 6. Bobbit – 1918 Currículo visto como um processo de racionalização de resultados educacionais, cuidadosa e rigorosamente especificados e medidos. O modelo institucional dessa concepção de currículo é a fábrica.Sua inspiração teórica é a administração científica, de Taylor. Neste modelo, os estudantes devem ser processados como um produto fabril.
  7. 7. Para Bobbit o currículo é a especificação precisa de objetivos, procedimentos e métodos para a obtenção de resultados que possam ser precisamente mensurados. Aquilo que Bobbit dizia ser currículo passou, efetivamente, a ser o currículo.
  8. 8. “Uma definição não nos revela o que é, essencialmente, o currículo: uma definição nos revela o que uma determinada teoria pensa o que o currículo é.” O quê ? Pergunta chave... As diferentes teorias de currículo recorrem a discussões sobre a natureza humana, sobre a natureza da aprendizagem ou sobre a natureza do conhecimento, da cultura e da sociedade. O que eles ou elas devem saber? Qual conhecimento ou saber é considerado importante ou válido ou essencial para merecer ser considerado parte do currículo?
  9. 9. O currículo é sempre o resultado de uma seleção: de um universo mais amplo de conhecimentos e saberes seleciona-se aquela parte que vai constituir, precisamente, o currículo. O quê? Por quê? O que eles ou elas devem ser? O que eles ou elas devem se tornar? Qual o tipo de ser humano desejável para um determinado tipo de sociedade?
  10. 10. Uma teoria define-se pelos conceitos que utiliza para conceber a realidade. Os conceitos de uma teoria organizam e estruturam nossa forma de ver a realidade.
  11. 11. Teorias tradicionais Ensino Aprendizagem Avaliação Metodologia Didática Organização Planejamento Eficiência Objetivos
  12. 12. Teorias Críticas Ideologia Reprodução cultural e social Poder Classe social capitalismo Relações sociais de produção Conscientização Emancipação e libertação Currículo oculto Resistência
  13. 13. Teorias pós-críticas Identidade, alteridade, diferença Subjetividade Significação e discurso Saber-poder Representação Cultura Gênero,raça, etnia, sexualidade Multiculturalismo
  14. 14. O currículo é lugar, espaço, território. O currículo é relação de poder. O currículo é trajetória, viagem, percurso. O Currículo é autobiografia, nossa vida, curriculum vitae: no currículo se forja nossa identidade. O currículo é texto, discurso, documento O currículo é documento de identidade.
  15. 15. Muitos caminhos existem... Cabe ao educador, decidir, escolher criticamente e... trilhar com ética e competência...
  16. 16. Segundo as imagens... Que diferenças existem entre estas duas práticas pedagógicas?
  17. 17. Somos todos iguais?
  18. 18. Segundo as imagens... Pensem... Que homem queremos formar?

×