Respostas Problemas E Exercicios 5ª

5.042 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.042
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Respostas Problemas E Exercicios 5ª

  1. 1. Problemas e exercícios complementares ■ CAPÍTULO 1 – UM PANORAMA DA MATEMÁTICA Portanto, quando o jogo começou, eu tinha 15 fichas. Sobre a matemática Uma pesquisa sobre formas geométricas 1 Brasil (170 000 000), Indonésia (210 000 000), 4 6 faces, 12 arestas e 8 vértices. Estados Unidos (275 000 000), Índia (1 000 000 000) 5 Exemplo de resposta: e China (1 300 000 000). 2 População (milhões) 1 300 1 200 1 100 1 000 900 800 700 600 500 400 300 200 6 a) 1 e 5; 2 e 4; 3 e 6. b) 1 e 3; 2 e 5; 4 e 6. 100 0 7 180 cm l a os asi si dia in a País Br né nid Ín Ch 8 Face A: 3; face B: 5; face C: 6. do s U In do Esta Contando possibilidades 3 Efetuando as operações inversas, temos: 9 Exemplo de resposta: 2 1 2 1 2 1 I) sanduíche de queijo (R$ 2,00) e refrigerante 1 2 3 6 7 14 15 (R$ 1,10); 92
  2. 2. II) sanduíche de presunto (R$ 2,20) e refrigerante de lados da base por 2, então, esse número deve (R$ 1,10); ser sempre par. III) coxinha (R$ 1,50) e suco de abacaxi (R$ 1,80). 4 21 arestas, 14 vértices e 9 faces. 10 Há dez possibilidades: 5 O número de arestas de um prisma é sempre igual cato toca maca dama ao triplo do número de lados de uma das bases. Exemplo de resposta: se o número de lados da base cada toda mato é n, o prisma tem n arestas numa base, outras n cama toma dato na outra base e ainda mais n arestas laterais. Logo, 11 Há dez caminhos possíveis: o total é: 3 ⋅ n arestas. 6 a) AE→EH→HG; AE→EF→FG. b) Exemplo de resposta: AE→EF→FB→BC→CG. c) Exemplo de resposta: AB→BF→FE→EH→HD→DC→CG. Vistas de um objeto 7 Pilha A. 8 A B C 12 Há cinco possibilidades de compra: Artigos adquiridos Gasto agenda e lápis de cor R$ 16,00 agenda e caderno R$ 17,00 9 A vista A. estojo, lápis de cor e caderno R$ 19,00 10 jogo de canetas, lápis de cor e caderno R$ 16,00 jogo de canetas e estojo R$ 19,00 13 Bolívia × Brasil, Bolívia × Colômbia, Bolívia × Paraguai, Bolívia × Peru, Brasil × Colômbia, Brasil × Paraguai, Brasil × Peru, Colômbia × Paraguai, Colômbia × Peru e Paraguai × Peru. 11 Dez partidas. 14 Infinitas. Por exemplo: 2 – 0, 3 – 1, 4 – 2, 5 – 3, etc. Resolvendo problemas com calculadora 15 R$ 237,60 16 Serão 25 saquinhos com 11 doces em cada um. 17 Faltarão R$ 32,00. 18 Cada um receberá R$ 264 739,88. Cilindro, cone e esfera 12 Cilindro e cone. O funil é usado quando queremos ■ CAPÍTULO 2 – FORMAS TRIDIMENSIONAIS despejar líquido no interior de uma garrafa, por Prismas e pirâmides exemplo. Por isso, ele deve ter a saída estreita e a boca larga. Vêm daí expressões como: “o funil do 1 16 vértices, 24 arestas e 10 faces. vestibular” ou “na entrada do túnel o trânsito 2 9 lados. afunila”. 3 Não. Exemplo de resposta: se o número de vértices 13 a) Exemplo de resposta: os dois têm base circular; de um prisma é obtido multiplicando-se o número ambos têm superfícies laterais não planas. ASSESSORIA PEDAGÓGICA 93
  3. 3. b) Exemplo de resposta: o cilindro tem duas bases, 10 384 e o cone possui apenas uma; o cone tem um 24 16 vértice, e o cilindro não tem vértice. 14 35 cm 6 4 4 15 3 2 2 2 11 a) 66 15 1891 nascimento reinado morte superior lateral frontal 16 b) 1825 c) 1840 12 a = 4 824 b = 4 824 c = 4 836 13 n = 12 superior lateral frontal Problemas ■ CAPÍTULO 3 – OPERAÇÕES FUNDAMENTAIS 14 152 km 15 5 Técnicas de divisão 16 Podemos pensar na multiplicação correspon- 1 a) Quociente 50 e resto 0. dente, lembrando que O = 3 e I = 0. b) Quociente 106 e resto 10. T 0 3 c) Quociente 125 e resto 0. × D 3 d) Quociente 95 e resto 15. (3T) 0 9 2 Não. Nessa divisão, o maior resto possível é 12. (DT) 0 (3D) + 3 Zero. D 3 C E Então, percebemos que E = 9 e T = 1. Para que servem as operações? Fazendo algumas tentativas, descobrimos que 4 2 012 D = 2 e C = 6. 5 a) 6 + 6 + 6 + 6 + 6 + 6 + 6 = 42 17 Fazemos a primeira conta: b) 7 + 7 + 7 + 7 + 7 + 7 = 42 862 7 c) 6 × 7 = 42 16 123 6 R$ 335,00 22 7 a) São 62 pacotes completos. 1 b) No pacote incompleto, há 4 caixas. Logo: 863 ÷ 7 tem quociente 123 e resto 2. Operações inversas 864 ÷ 7 tem quociente 123 e resto 3. 8 432 ventiladores. 865 ÷ 7 tem quociente 123 e resto 4. 9 a) A = 8 + 14 = 22; B = 22 + 6 = 28. 866 ÷ 7 tem quociente 123 e resto 5. b) 867 ÷ 7 tem quociente 123 e resto 6. 411 868 ÷ 7 tem quociente 124 e resto 0. 32 1 014 (Atenção a esta conta!) 603 2 000 869 ÷ 7 tem quociente 124 e resto 1. 571 986 870 ÷ 7 tem quociente 124 e resto 2. 94
  4. 4. 18 Esquema: 14 2 2 3 6 4 n /////// /////// /////// /////// 12 Efetuando as operações inversas, obtemos n = 8. 1350 ■ CAPÍTULO 4 – FORMAS PLANAS 15 a) 135° b) 150° c) 315° Giros, cantos e ângulos ˆ ˆ ˆ Mosaicos e polígonos 1 Agudos: B, E, F . Retos: não há, os demais são obtusos. 16 A e C. ˆ ˆ ˆ 2 a) No triângulo ABC, os ângulos A , B e C são 17 a) Quadrilátero. b) Polígono de oito lados. agudos. c) Hexágono. d) Polígono de oito lados. b) No triângulo DEF, há dois ângulos agudos e um 18 a) b) obtuso. 3 a) 90° b) 270° 4 Os dois ângulos são iguais. Ambos medem 90°. 5 Avance 8; Esquerda 90°; Avance 4; Esquerda 90°; Avance 8; Esquerda 90°; Avance 4. polígonos não-polígono 6 Repita 3 vezes [Avance 2; Esquerda 90°; Avance 2; 19 a) Três retângulos e dois triângulos. Direita 90°]. b) Dois pentágonos e cinco retângulos. 7 20 Quadriláteros 21 a) 1 cm b) Losangos. 22 a) C = 90º, I = 150º, D = 30º, O = 90º. Perpendiculares e paralelas b) Q = 60º, U = 30º, E = 240º, M = 30º. ˆ 8 A = 45° ˆ ˆ C = 60° E = 30° 23 a) ˆ B = 90° ˆ D = 45° 9 paralelogramo b) ˆ 10 A = 45° + 30° = 75° ˆ B = 45° + 90° = 135° 11 A rua A forma um ângulo de 135° com a rua B. 12 A reta s é paralela à reta t. 13 A reta y é paralela à reta z. trapézio ASSESSORIA PEDAGÓGICA 95
  5. 5. ■ CAPÍTULO 5 – MÚLTIPLOS E DIVISORES 8 a) Não. b) Não. 1 900 não é múltiplo de 400. Seqüências c) Sim. 1 a) d) Sim. 9 0, 2, 4, 6, 8, 10, 12, 14. Essa seqüência coincide 1º 2º 3º 4º 5º com a dos números pares. 1 3 6 10 15 10 210, 220, 230, 240, 250, 260. +2 +3 +4 +5 a) Zero. b) Sim. c) Não. 11 a) 15 b) O sexto número triangular é: 15 + 6 = 21. b) 2 205 O sétimo número triangular é: 21 + 7 = 28. c) Seqüência dos múltiplos de 15 somados a 2. 2 a) É par: 44 + 12 = 56. d) 1 007 b) É par: 27 + 13 = 40. c) É ímpar: 35 + 12 = 47. Múltiplos comuns e o mmc 3 12 a) 0, 2, 4, 6, 8, 10, 12, 14. b) 0, 3, 6, 9, 12, 15, 18, 21. 21 25 c) 0, 5, 10, 15, 20, 25, 30, 35. d) 0, 30, 60, 90, 120. e) 30 13 a) 0, 20, 40, 60, 80, 100, ... a) 29 b) 0, 60, 120, 180, 240, 300, ... b) 2 × 10 + 2 × 10 + 1 = 41 c) 0, 24, 48, 72, 96, 120, ... 4 a) 14 a) 60 b) 10 c) 40 15 a) Não, pois há infinitos múltiplos de 7 e de 11. b) Sim, é 77. Os demais, com exceção do zero, têm três ou mais algarismos. 1 5 12 22 35 +4 +7 + 10 + 13 Divisibilidade e divisores b) 22 + 13 = 35 16 a) Não. b) 10, por exemplo. c) 35 + 16 = 51 17 a) Nem uma coisa nem outra. b) 8, por exemplo. Seqüências de múltiplos c) 7, por exemplo. 18 0, 2, 4, 6, 8, 10, 12, 14, ... 5 2 010 a) Seqüência dos números pares ou seqüência dos Como 2 000 ÷ 15 tem quociente 133 e resto 5, múltiplos de 2. concluimos que 2 010 ÷ 15 tem quociente 134 e resto 0. b) Sim, porque é par. 6 a) São múltiplos de 4 somados a 2. 19 1 000 ÷ 8 = 125 5 000 ÷ 8 = 625 b) Sim, porque 2 054 é múltiplo de 4 somado a 2. 2 000 ÷ 8 = 250 6 000 ÷ 8 = 750 7 a) Não, porque não existe número natural que, multiplicado por 1 993, dê 50 000. 3 000 ÷ 8 = 375 7 000 ÷ 8 = 875 b) 51 818 4 000 ÷ 8 = 500 8 000 ÷ 8 = 1 000 Como 50 000 ÷ 1 993 tem quociente 25 e resto a) Sim. 175, acrescentamos 1 993 – 175 = 1 818 a 50 000. Assim, 51 818 ÷ 1 993 tem quociente 26 b) Sim. e resto 0. c) Não. Por exemplo: 88. 96
  6. 6. 20 a) Quociente 52 e resto 1. 4 b) b) Não. 5 c) 52 semanas e 1 dia. 2 c) d) Sexta-feira. 5 e) d) Resposta pessoal. 6 a) 20 km; 100 km. Ano 1998 1999 2000 2001 1o de 1 . 5a feira 6a feira Sábado 2a feira b) da classe corresponde a 6 alunos; 6 janeiro 4 da classe correspondem a 24 alunos. 6 21 a) 416 23 7 a) 9 2 18 54 9 b) 9 9 1 6 Divisão Quociente Resto 9 5 5 416 ÷ 23 18 2 5 30 425 ÷ 23 18 11 9 430 ÷ 23 18 16 b) 2 437 ÷ 23 19 0 20 13 450 ÷ 23 19 13 2 2 451 ÷ 23 19 14 1 10 460 ÷ 23 20 0 13 13 13 13 22 a) V b) F c) V d) V 130 13 e) F f) V g) F h) V 8 a) 15 minutos. b) 45 minutos. c) 10 minutos. d) 6 minutos. ■ CAPÍTULO 6 – FRAÇÕES E PORCENTAGENS 9 460 km 10 a) 750 g b) R$ 6,90 Uso das frações 11 180 L 1 12 325 espectadores. 1 Meu copo é o da direita, porque é menor que 4 1 . 3 Nomenclatura das frações 2 a) R$ 6,00 13 a) Os dois estão certos. b) R$ 8,00 b) Igual. c) R$ 8,00 1 14 a) b) 160 km 3 7 c) 320 km d) Resposta pessoal. 2 1 15 a) 9 meses. 4 a) ou . 6 3 b) 9 meses. 2 1 b) ou . c) É igual. 4 2 1 3 1 16 a) c) ou . 15 6 2 b) Mais dois, ou seja, três no total. 5 a) c) Nove no total. d) É igual. ASSESSORIA PEDAGÓGICA 97
  7. 7. 17 Quando dividimos uma figura em 15 partes iguais, Esquema: elas são menores que quando dividimos a mesma 58 % 5 800 1 figura em 11 partes iguais, ou seja, é menor 58 58 15 1 4 4 1% 100 que . Portanto, é menor que . 100 100 11 15 11 100 % 10 000 1 3 18 a) b) 8 8 Se o total de votos é 10 000, a tabela fica deste c) 24 d) 192 modo: e) 120 Candidato Votos % Números mistos e medidas Nhô Tico 2 700 27 3 7 1 3 Nhô Teco 2 800 28 19 a) 1 ou . b) 1 ou . 4 4 2 2 Zé das Couves 1 500 15 1 13 1 Brancos/Nulos 3 000 30 c) 3 ou . d) 4 4 4 Portanto, Nhô Teco venceu as eleições. 20 Exemplo de resposta: 29 Preço de compra de cada fogão: R$ 11 000,00 ÷ 25 //// //// //// //// //// //// //// //// //// //// = R$ 440,00. //// //// //// //// //// //// //// //// //// //// Vamos calcular 12 % de 440: 100 % 440 //// //// //// //// 100 100 1% 4,4 12 12 12 A fração representada pela figura é . 15 12 % 52,80 21 56 mm Preço de venda de cada fogão: R$ 440,00 + R$ 52,80 = R$ 492,80. Porcentagens no lugar de frações Valor recebido pela venda de 15 fogões: 15 × 22 a) 50 % b) 25 % c) 50 % d) 50 % R$ 492,80 = R$ 7 392,00. e) 60 % f) 40 % 23 a) 37 b) 296 24 a) 120 b) 105 c) 56 d) 207 ■ CAPÍTULO 7 – CONSTRUÇÕES GEOMÉTRICAS 25 a) 850 b) 2 108 c) 10,4 d) 1,28 26 a) R$ 5,00 b) R$ 500,00 Construções em papel quadriculado 27 De acordo com o enunciado do problema, R$ 180,00 1 Desenho a critério do aluno. correspondem a 12 % do preço antigo do micro- 2 A figura está reduzida. computador, sobre o qual houve o aumento. Vamos usar o esquema: 12 % 180,00 12 12 1% 15,00 100 100 100 % 1 500,00 Logo, o preço antigo era R$ 1 500,00. O novo preço é R$ 1 680,00. 28 Nhô Tico e Zé das Couves tiveram, juntos, 27 % + 15 % = 42 % dos votos. Logo, os votos de Nhô Teco e os brancos/nulos, que somam 2 800 + 3 000 = 5 800, correspondem a 58 % do total. 3 Desenho a critério do aluno. 98
  8. 8. Construções com régua e esquadro Números com vírgula 4 Exemplo de resposta: 5 AB tem 3 cm ou 0,03 m; BC tem 14 cm ou 0,14 m; CD tem 8 cm ou 0,08 m; DE tem 2 cm ou 0,02 m. 6 a) R$ 14,60 b) R$ 1,56 c) R$ 1,87 7 Exemplo de resposta: porque 5 décimos são o mesmo que meia unidade. 8 Fração do metro Centímetros 5 Desenho a critério do aluno. 3 centésimos de metro 3 Construções com régua e compasso 4 décimos de metro 40 40 centésimos de metro 40 6 0,07 m 7 0,7 m 70 0,70 m 70 9 a) 1,25 b) 1,4 c) 1,2 d) 1,85 Números decimais 10 a) 400 m b) 4 m c) 40 m d) 400 m 7 e) 400 m f) 70 m g) 700 m h) 70 m 11 Número Número Número Número + + + 1 décimo 1 centésimo 1 milésimo 3,407 3,507 3,417 3,408 85,019 85,119 85,029 85,020 ■ CAPÍTULO 8 – MEDIDAS E NÚMEROS DECIMAIS 0,099 0,199 0,109 0,100 Medidas de comprimento 9,999 10,099 10,009 10 1 12 a) 100 mm b) 10 mm 3 km 3 000 m c) 1 mm d) 1 050 mm 7 km 7 000 m e) 1 500 mm f) 1 050 mm 12 m 120 dm 13 a) 1,2 km b) 0,6 km 12 m 1 200 cm c) 1,05 km d) 0,75 km 4 cm 40 mm 20 cm 200 mm ■ CAPÍTULO 9 – OPERAÇÕES COM NÚMEROS 2 30 cm DECIMAIS 3 Seu Pereira está certo, pois 52 000 milhas equi- valem, aproximadamente, a 83 670 km. Adição e subtração 4 Calculando 15 000 × 1,4 m, temos 21 000 m. 1 a) 0,001 0,112 0,223 0,334 0,445 Portanto, a estimativa para o perímetro é de 21 km. b) 22,020 20,000 17,980 15,960 13,940 ASSESSORIA PEDAGÓGICA 99
  9. 9. c) 79,000 89,500 100,000 110,500 121,000 16 a) 1,2 b) 0,15 d) 9,936 8,702 7,468 6,234 5,000 c) 0,375 d) 31,25 2 a) 9,000 b) 5,48 17 a) 36 b) 0,36 c) 0,36 c) 112,11 d) 4,901 18 a) 6,75 toneladas b) 6 750 kg e) 36,000 f) 4,535 3 a) 2,87 b) 2,103 ■ CAPÍTULO 10 – ESTATÍSTICA c) 7,030 d) 0,403 Organização da informação Multiplicação e divisão por 10, 100, 1 000, ... 1 a) Não. b) 7 4 a) 2,34 c) De 5,5 a 7,5. d) 33 b) 210 e) Resposta pessoal. c) 41414,14 2 a) 18 b) 147 5 ... multiplicar por 10 o número que expressa a c) 92 d) 55 medida. e) 58 6 a) 3,1 f) O iogurte B, com 77 votos. b) 0,31 g) C e A, pois foram os mais votados para o c) 3,184 primeiro lugar (C = 92 votos e A = 43 votos). d) 0,3184 7 Média aritmética Medida em m Mesma medida em cm 3 a) 3,5 350 Nome do candidato P1 P2 P3 P 7,21 721 Carlos Nascimento 120 130 105 115,8 1,04 104 Patrícia Cândido 102 115 138 124,3 81,40 8 140 Roberta Araújo 96 143 127 127,2 101 10 100 b) Roberta teve ótimo desempenho nas duas 231,40 23 140 últimas provas, que são as de maior peso. 8 a) V b) V c) V d) F e) V c) Patrícia foi prejudicada, pois não teve bom desempenho na segunda prova, que tem peso 2. Multiplicação d) Carlos obteve a maior nota na primeira prova e 9 a) 27,2 b) 25,4 um bom desempenho na segunda, mas ficou bem abaixo dos outros dois candidatos na c) 4,59 d) 19,84 última prova, que é a de maior peso. Isso explica 10 1,8 × 272 = 489,6 sua terceira colocação. 1,8 × 272 = 18 × 27,2 e) Exemplo de resposta: é um tipo de média 0,18 × 27,2 = 1,8 × 2,72 aritmética em que as parcelas ganham pesos. 180 × 2 720 = 489 600 As que têm maior peso influenciam mais a 11 É 0,14 m maior. média. 12 279,4 mm × 215,9 mm 4 A média da 5a A foi 6,8 e a da 5a B, 6,6. Portanto, o melhor desempenho foi o da 5a A. 13 a) 3,6 km b) 18 km c) 108 km d) Não. ■ CAPÍTULO 11 – LINGUAGEM MATEMÁTICA 14 O total correto é R$ 118,70. O valor correto a pagar pelos calções é R$ 34,50 e pelas meias é R$ 4,70. Expressões numéricas Quocientes decimais 1 a) 38 b) 37 15 a) 2,5 b) 0,0467 c) 35 d) 30 c) 6,015 d) 0,0003 e) 2 f) 60 100
  10. 10. 2 Potências 13 a) 10 × 11 = 110 b) 28 = 256 4 (3 + 7) 5 11 – 2 4 e 14 a) 2 048 b) 4 096 c) 8 192 4 3+4 7 15 a) 9 b) 5 c) 4 16 a) 9 = 3 2 b) 25 = 5 2 c) 36 = 62 17 a) 2 b) 10 3+4 7 4 2+6 4 e 6 6–2 2 ■ CAPÍTULO 12 – ÁREAS E PERÍMETROS 3 Exemplos de resposta: Noção de área a) 10 + 20 + 30 = 60 1 a) B b) 10 × 20 × 30 = 6 000 b) Polígono de maior área: C (35 unidades). c) 10 + 20 – 30 = 0 Polígono de menor área: B (31 unidades). d) 20 × (10 + 30) = 800 c) B: 28; C: 32. e) 30 + 10 – 20 = 20 d) Sim. f) (10 + 20) ÷ 30 = 1 2 a) 180 g) 20 × 30 + 10 = 610 b) 60 h) 30 – (20 ÷ 10) = 28 3 a) i) Resposta pessoal. 1 12 4 Resposta pessoal. 5 a) 10 × 11 + 12 + 13 = 135 2 6 b) (12 + 13) × 10 + 11 = 261 c) (10 + 12) ÷ 11 + 13 = 15 d) 13 – 12 + 11 – 10 = 2 3 4 Expressões com parênteses, colchetes e chaves 6 a) b) b) O retângulo 3 × 4. 15 12 8 8 3 100 2 12 4 50 2 13 c) 1 30 2 15 7 a) 12 3 10 b) 31 8 a) 2 5 6 b) {40 ÷ [300 – (30 + 50 × 5)] + 8} ÷ 5 c) 2 d) O retângulo 5 × 6. 9 a) m = 23 b) p = 7 10 a) 35 b) 0 c) 11 d) 96 Área de retângulos 11 a) [(6 × 3 + 1 + 7) × 2 + 7 + 2] × 3 + 5 = 188 b) (4 × 2 × 10 ÷ 5 + 1 + 7) × 6 × 10 = 1 440 4 22 pf e 24 pf2. 12 a) 990 5 a) 14 cm2 b) 4 b) 20,75 cm2 ASSESSORIA PEDAGÓGICA 101
  11. 11. 6 a) Desenho a critério do aluno. 5 b) Perímetro de A = 12 cm; área de A = 9 cm . 2 Perímetro de B = 24 cm; área de B = 36 cm2. 7 a) Duas vezes. b) Duas vezes. c) Quatro vezes. 6 Prato: 8; guardanapo: 1. 8 Exemplo de resposta: se o lado de C mede 2 cm, o 7 e lado de D mede 6 cm; a área de C é 4 cm2 e a área de D é 36 cm2. Logo, a área de D é nove vezes a de C, pois 36 = 9 × 4. Unidades de medida de área 9 a) 4,5 b) 19 600 km2 c) 88 200 km2 10 R$ 150,00 11 400 latas. 8 a) b) v v 12 a) 4,8 m 2 b) 200 cm e 240 cm. c) 48 000 cm2 V 13 a) 14 400 m2 b) 69 h A h ■ CAPÍTULO 13 – SIMETRIA c) v Simetria nas formas L 1 Exemplo de resposta: o besouro da foto é simétrico h porque tudo que existe de um lado do eixo de simetria existe igual do outro lado. 2 A figura b. 9 A imagem c. 3 Números simétricos e e1 e 10 e2 Ponto Deslocamento Representação de partida e3 –2 +5 –2 + 5 = 3 e1 e2 –2 –5 –2 – 5 = –7 e2 e 8,5 –10 8,5 – 10 = –1,5 e1 –20,16 +10 –20,16 + 10 = –10,16 5,006 –6 5,006 – 6 = –0,994 e4 4 –9,65 4 – 9,65 = –5,65 –1,75 –3,25 –1,75 – 3,25 = –5 4 11 a) V b) V c) V d) V e) V f) V e e1 e1 e1 g) V h) F i) F 12 a) F b) V c) V d) V e) V f) F e2 e2 e2 1 eixo 2 eixos 2 eixos 2 eixos g) V 102
  12. 12. ■ CAPÍTULO 14 – GENERALIZAÇÕES c) ≠ d) = e) ≠ f) = Tirando conclusões gerais 1 a) 22 = 4; 23 = 8; 24 = 16; 25 = 32; 26 = 64; 27 = 128. ■ CAPÍTULO 15 – ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO DE FRAÇÕES b) O algarismo das unidades dos resultados das potências de 2 é sempre igual a 4, 8, 6 ou 2. Frações equivalentes c) 216 = 65 530 está errado porque, numa potência 1 a) V b) V de base 2, o algarismo das unidades nunca é zero. O resultado correto é 216 = 65 536. c) F d) V 2 a) 33 = 27 e) F f) V b) Não. 5 10 15 20 25 50 2 = = = = = c) 3, 9, 7 e 1. 3 6 9 12 15 30 3 a) 3 a) 2; 3; 4. b) Sim; a última (de baixo). 1 0 1 2 3 c) 1 001 2 8 3 7 120 5 32 6 4 60 4 O algarismo das unidades dos resultados das potências de 4 é sempre igual a 4 ou 6. b) 5 a) 8; 10. 0 1 2 b) O número de pessoas é igual ao número de 3 6 45 mesas multiplicado por 2 somado a 2. 4 5 30 Expressando conclusões gerais Adição e subtração 6 a) 4 × 8 + 1 = 33 4 4 a) b) O número de faces visíveis é igual ao número 5 de cubos multiplicado por 4 somado a 1. 4 1 b) = c) f = 4 ⋅ c + 1 12 3 7 9 Número 3 4,5 12 16,5 x c) 8 Sua terça parte 1 1,5 4 5,5 x:3 11 d) 9 Número natural 3 9 26 113 n 14 7 5 a) = Seu consecutivo 4 10 27 114 n + 1 30 15 4 2 b) = Número 3 6 11 13 t 6 3 Seu quadrado 9 36 121 169 t2 11 c) 35 8 a) 88 c) 240 5 d) b) 120 d) 8 000 12 9 a) Verdadeira. Exemplo: 3,2 + 5 = 5 + 3,2. 6 Serão necessários três tabletes, mas será usado b) Verdadeira. Exemplo: 11,9 × 5 = 5 × 11,9. 1 apenas de um deles. c) Verdadeira. Exemplo: 13 × (10 + 7) = 13 × 10 + 12 13 × 7. 3 7 a) d) Verdadeira. Exemplo: 8 ⋅ 82 = 83. 10 e) Falsa. Exemplo: 5 – 3 não é igual a 3 – 5. 7 b) f) Verdadeira. Exemplo: 17 × 17 ÷ 17 = 17. 10 10 a) = b) = c) 30 %; 70 %. ASSESSORIA PEDAGÓGICA 103

×