Teleconferência de Resultados 1T10

165 visualizações

Publicada em

Teleconferência de Resultados 1T10

Publicada em: Economia e finanças
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Teleconferência de Resultados 1T10

  1. 1. Teleconferência de Resultados 1T10
  2. 2. Relações com Investidores | 1T10 2/16 Sumário Destaques 1T10 Pág. 3 Balanço Pág. 4 Resultados Pág. 5 Carteira de Crédito Pág. 6 Carteira de Crédito – Empresas Pág. 7 Carteira de Crédito – Empresas Pág. 8 Carteira de Crédito – Qualidade Pág. 9 Provisionamentos Pág. 10 Carteira de Crédito – Consignado Pág. 11 Captações Pág. 12 Prazo das Captações vs. Crédito Pág. 13 Margem Financeira Pág. 14 Basiléia Pág. 15
  3. 3. Relações com Investidores | 1T10 3/16 Destaques 1T10 O Banco PINE continuou a crescer sua carteira de crédito, com melhora da qualidade 10,1% 10,7% 15,3% 1T09 4T09 1T10 ROAE 5,2 p.p. 4,6 p.p. D Tri D Ano 30.842 38.223 47.880 1T09 4T09 1T10 Resultado Operacional (R$ Milhares) 25,3% 55,2% D Tri D Ano 2.842 4.118 4.462 Mar-09 Dez-09 Mar-10 Carteira de Crédito Empresas (R$ Milhões) 8,3% 57,0% D Tri D Ano 1,6% 0,7% 0,7% Mar-09 Dez-09 Mar-10 Non Performing Loans -0,9 p.p. D Tri D Ano 1.553 3.029 3.013 Mar-09 Dez-09 Mar-10 Depósitos Totais + LCA (R$ Milhões) -0,5% 94,1% D Tri D Ano 14.187 7.097 4.800 1T09 4T09 1T10 Despesa de PDD (R$ Milhares) (Exclui adicional e reversões) -32,4% -66,2% D Tri D Ano -
  4. 4. Relações com Investidores | 1T10 4/16 R$ milhões Balanço As operações de crédito em balanço apresentaram aumento de 5,1% no trimestre Mar-10 Dez-09 Mar-09 Ativo 7.792 6.984 5.537 Títulos e valores mobiliários e instrumentos financeiros derivativos 2.968 2.761 2.344 Operações de crédito 3.996 3.802 2.769 (-) Provisão para operações de crédito de liquidação duvidosa (67) (76) (97) Operações de crédito - líquido 3.929 3.726 2.672 Outros 895 497 521 Passivo 6.953 6.159 4.718 Depósitos 2.735 2.784 1.520 Captações no mercado aberto 2.236 1.600 1.483 Obrigações por empréstimos e repasses 817 815 855 Outros 1.165 960 860 Patrimônio líquido 839 825 819 Passivo + Patrimônio líquido 7.792 6.984 5.537
  5. 5. Relações com Investidores | 1T10 5/16 R$ milhares Resultados O resultado operacional cresceu 25,3% no 1T10 1T10 4T09 1T09 Resultado bruto da intermediação financeira 78.187 132.343 68.970 Receitas de prestação de serviços 13.245 20.590 11.341 Despesas de pessoal (10.989) (11.488) (10.522) Despesas administrativas (18.855) (20.896) (20.764) Despesas tributárias (7.289) (6.752) (6.136) Outras receitas (despesas) operacionais (6.419) (75.574) (12.047) Resultado operacional 47.880 38.223 30.842 Resultado não-operacional - (512) 1.317 Resultado antes da tributação 47.880 37.711 32.159 Imposto de renda e contribuição social (12.451) (15.355) (8.689) Participações no resultado (5.258) (1.208) (3.400) Lucro líquido 30.171 21.148 20.070 ROAE Anualizado 15,3% 10,7% 10,1%
  6. 6. Relações com Investidores | 1T10 6/16 Carteira de Crédito A carteira de empresas apresentou crescimento de 8,3% no 1T10 e 57,0% em doze meses 3.873 4.753 4.980 Mar-09 Dez-09 Mar-10 Carteira de Crédito Total (R$ Milhões) 4,8% 28,6% D Tri D Ano 75% 89% 92% 25% 11% 8% Mar-09 Dez-09 Mar-10 Mix da Carteira de Crédito Consignado Empresas 1.767 2.703 2.822 72 176 242 43 21 19 688 707 745 272 511 634 Mar-09 Dez-09 Mar-10 Mix da Carteira de Empresas (R$ Milhões) Fiança Trade Finance Repasses 2770 Repasses BNDES Capital de Giro 8,3% 57,0% 2.842 4.118 4.462 D Tri D Ano
  7. 7. Relações com Investidores | 1T10 7/16 Carteira de Crédito por Produto Carteira de Crédito - Empresas O Banco PINE atua nos principais setores da economia e oferece uma completa gama de produtos de crédito Carteira de Crédito por Setor Açúcar e Álcool 15% Infra Estrutura 12% Energia Elétrica e Renovável 12% Agricultura 8% Veículos e Peças 6% Instituição Financeira 5% Construção Civil 5% Transportes e Logística 5% Serviços Especializados 4% Farmacêutica e Cosméticos 3% Processamento de Carne 3% Metalurgia 3% Mineração 3% Comércio Exterior Serviços Médicos 2% 2% Outros 12% Capital de Giro 63% Repasses BNDES 5% Repasses 2770 1% Trade Finance 17% Fiança 14%
  8. 8. Relações com Investidores | 1T10 8/16 Garantias Carteira de Crédito - Empresas 88% as operações de crédito provêm de Empresas com faturamento anual acima de R$ 150 milhões. 111% do saldo da carteira de Empresas está coberto por garantias Carteira de Crédito Empresas por Faturamento Anual dos Clientes Recebíveis 38% Alienação Fiduciária de Produtos 27% Aplicações Financeiras 6% Alienação Fiduciária de Imóveis 8% Nota Promissória 16% Consignação 5% > R$ 1 bilhão 50% R$ 500 milhões a R$ 1 bilhão 22% R$ 150 a R$ 500 milhões 16% Até R$ 150 milhões 12%
  9. 9. Relações com Investidores | 1T10 9/16 Carteira de Crédito - Qualidade A cobertura da carteira de crédito vencida ficou em 225%, em março de 2010 Qualidade da Carteira de Crédito Carteira D-H Vencida/Carteira total AA; 23,0% A; 52,2% B; 19,5% C; 3,5% D-E; 0,5% F-H; 1,3% 0,00% 1,95% 0,30% 0,91% 0,11% 0,65% 0,96% 1,00% 0,60% 0,90% 0,71% 0,67% 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 Mar-10 Desvalorização do Real Nasdaq WTC Eleições Brasileiras Crise de Liquidez do Banco Santos Crise Financeira Global
  10. 10. Relações com Investidores | 1T10 10/16 Despesas de PDD Provisionamentos Dada a melhora da qualidade da carteira de crédito, o Banco PINE reverteu o restante da provisão adicional efetuada no 4T08 R$ milhares 1T10 4T09 3T09 2T09 1T09 4T08 Provisão contábil (1.300) 7.203 (20.298) (22.043) (14.187) (46.547) Provisão adicional - - - - - 20.600 Reversão (3.500) (14.300) - (2.800) - - (4.800) (7.097) (20.298) (24.843) (14.187) (25.947) Total Provisão incorrida no período Evolução das Despesas de PDD Regularização de operações, inclusive após processos de fusões e aquisições de clientes Reduzido número de créditos em atrasos no trimestre Expectativa de ciclo de crédito positivo em 2010
  11. 11. Relações com Investidores | 1T10 11/16 Carteira de Crédito - Consignado Redução de mais de 50% da carteira no ano, em linha com a decisão estratégica de saída do negócio DESPESAS RELACIONADAS AO NEGÓCIO Despesas de pré-pagamento Despesas com PDD Despesas de pessoal e administrativas (incluindo seguro prestamista e comissões) EXPECTATIVA DE REDUÇÃO ACELERADA DA CARTEIRA As despesas relacionadas ao negócios devem ser bastante reduzidas ao final de 2010 PROCESSO DE SAÍDA PRÓXIMO DE UMA CONCLUSÃO 832 441 351 93 56 48 Mar-09 Dez-09 Mar-10 Mix da Carteira de Consignado (R$ Milhões) Própria Cedida 925 497 399 -19,8% -56,9% D Tri D Ano
  12. 12. Relações com Investidores | 1T10 12/16 Captação O Banco PINE mantém suas fontes de captação diversificadas Captação Externa – Ofertas Privadas US$ 33,6 Milhões US$ 35,5 Milhões US$ 52,8 Milhões US$ 39,9 Milhões US$ 20,0 Milhões Dívida Subordinada Coordenadores Oferta Pública 2010 US$ 125 Milhões 3.622 4.527 4.628 Mar-09 Dez-09 Mar-10 Captação Total (R$ Milhões) 2,2% 27,8% D Tri D Ano 1.553 3.029 3.013 832 441 351 712 586 521 382 242 447 143 229 296 Mar-09 Dez-09 Mar-10 Mix da Captação (R$ Milhões) Obrigação por repasses Recursos, aceites e emissão de títulos Trade Finance / Cayman Cessão de Crédito Depósitos Totais 2,2% D Tri 27,8% D Ano 3.622 4.527 4.628
  13. 13. Relações com Investidores | 1T10 13/16 Prazo das Captações vs. Crédito Em decorrência da captação de dívida subordinada efetuada no 1T10, o prazo médio das captações subiu para 16 meses, ante 11 meses para a carteira de crédito (1) Não considera o Patrimônio Líquido Até 3 meses (inclui Caixa) R$ 1.886 De 3 a 12 meses R$ 1.662 De 1 a 3 anos R$ 1.654 De 3 a 5 anos R$ 47 Acima de 5 anos R$ 3 Crédito + Caixa Sem Vencimento R$ 50 Até 3 meses R$ 1.674 De 3 a 12 meses R$ 1.141 De 1 a 3 anos R$ 1.325 De 3 a 5 anos R$ 198 Acima de 5 anos R$ 240 Captação(1) R$ milhões
  14. 14. Relações com Investidores | 1T10 14/16 Margem Financeira Impactos na margem financeira no trimestre Principais fatores que influenciaram a margem financeira no 1T10 Crescimento da carteira de crédito especialmente ao final de março Redução da Selic, a taxa básica de juros (influenciando a remuneração do caixa livre) Recompra dos bonds externos de emissão do próprio banco, que gerou efeito positivo na margem no 1T09 O 4T09, conforme mencionado na divulgação anterior, incluiu efeitos extraordinários da Mesa para Clientes As recuperações de créditos somaram R$ 1,6 milhões no 1T10, ante R$ 7,1 milhões no 4T09 1T10 4T09 1T09 Margem antes de PDD (excluindo repo) 6,4% 11,3% 9,1%
  15. 15. Relações com Investidores | 1T10 15/16 Basiléia O Índice da Basiléia atingiu 14,9%. Incluindo a nova emissão, o índice seria de 18,7% Patrimônio (R$ Milhares) Basiléia % Tier I 836.448 14,4% Tier II 29.282 0,5% Total 865.730 14,9% Tier II (nova emissão) (1) 222.525 3,8% Basiléia (incluindo nova emissão) (1) 1.088.255 18,7% (1) Emissão de dívida subordinada realizada em fevereiro de 2010. Pendente de aprovação do Banco Central como Tier II.
  16. 16. Relações com Investidores | 1T10 16/16 As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre resultados operacionais e financeiros e aquelas relacionadas a perspectivas de crescimento do PINE são meramente projeções e, como tais, são baseadas exclusivamente nas expectativas da administração sobre o futuro dos negócios. Essas expectativas dependem, substancialmente, das condições de mercado, do desempenho da economia brasileira e do setor (mudanças políticas e econômicas, volatilidade nas taxas de juros e câmbio, mudanças tecnológicas, inflação, desintermediação financeira, pressões competitivas sobre produtos e preços e mudanças na legislação tributária) e, portanto, sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Relações com Investidores Noberto Nogueira Pinheiro Jr. CEO Nira Bessler Superintendente de Relações com Investidores Alejandra Hidalgo Analista de Relações com Investidores Fone: +55-11-3372-5553 / 5552 www.bancopine.com.br/ri ri@bancopine.com.br

×