Ipc

257 visualizações

Publicada em

Pesquisa e Ação

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
257
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ipc

  1. 1. Pesquisa - Ação Acadêmicas: Elizete Petter Pamela Marmentini Corrêa Tainara Trento Rosicler Martins Brum Universidade Federal Fronteira Sul Componente Curricular: Iniciação à Prática Cientifica Professora: Ione Ines Pinsson Slongo
  2. 2. Pesquisa-Ação O presente trabalho consiste em apresentar uma definição sobre a pesquisa - ação. Expondo sua metodologia, locais e forma de aplicação. De acordo com Michel Thollent (2011, p.13): “ Hoje em dia, no Brasil e em outros países, a linha de pesquisa-ação tende a ser aplicada em diversos campos de atuação: educação, comunicação, organização, serviço social, difusão de tecnologia rural, militância política ou sindical etc. No entanto, a pesquisa-ação ainda está em fase de discussão e não é objeto de unanimidade entre cientistas sociais e profissionais de diversas áreas.”
  3. 3. Pesquisa - Ação Não se sabe ao certo quem inventou a pesquisa ação, seu processo de criação foi atribuído a Lewin (1946) que publicou o primeiro trabalho utilizado o termo. Porem em 1913 em Viena na Alemanha Jhon Collier já utilizava para melhorar a convivência inter-raciais durante a segunda guerra mundial. ➔ ações caráter social, educacional e técnico. ➔ diferentes maneiras de ação, relações sociais que estrutura a sociedade. ➔ associada as diversas formas de ações coletivas na busca por resolver problemáticas, ou para gerar transformação. ➔ exige a participação de pesquisadores e interessados onde se analisam os problemas de modo dinâmico para tomar decisões e executar ações.
  4. 4. Pesquisa-Ação Objetivos: Pesquisa é a ampliação do conhecimento da sociedade. Ação é a pratica levando a integração entre pesquisador e comunidade. Resultando na ação concreta, investigação de situações e problemas sociais. Dois tipos de pesquisa, a participante e a convencional. A pesquisa- ação se diferencia da pesquisa-participante por não envolver apenas a participação dos membros do grupo, mas por conter uma ação de forma planejada e de caráter social, reflexivo e lógico.
  5. 5. Pesquisa-Ação Para a metodologia a pesquisa-ação é uma estratégia de pesquisa, essa por sua vez é uma forma de idealizar e organizar uma pesquisa social prática. Tendo como métodos questionários, entrevistas, documentações, mapeamento, diagnósticos e resoluções. Para tanto, podemos concluir que a pesquisa-ação é de grande valia para a sociedade. Pois, através dela identifica-se as problemáticas e gera as possíveis soluções, seu maior beneficio é que se coloca em pratica o que foi desenvolvido pelos pesquisadores.
  6. 6. Etapas 1° Conhecer a realidade 2°Definir metas indicadores de mudança 3°Implantar soluções 4°Avaliar o resultado
  7. 7. Referencias Livro: THIOLLENT, Michel, 1947- Metodologia da Pesquisa-Ação. 18. ed. São Paulo:Cortez, 2011. Fonte de Imagem: http://cgmvs.blogspot.com.br/2013/09/sintese-do-texto-pedagogia-da- pesquisa.html

×